Agitadores de motor submersível tipo ABS RW

Agitadores de motor submersível tipo ABS RW
0551-0001
Agitadores de motor submersível tipo ABS RW
Bomba de recirculação tipo ABS RCP
Acelerador de fluxo tipo ABS SB-KA
RCP
RW
1 597 0551 PT 07.2014
SB-KA
pt
Instrução de montagem e de utilização
Tradução das instruções originais
www.sulzer.com
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
Instrução de montagem e de utilização
para:
Agitadores de motor submersível RW,
Bomba de recirculação RCP
Acelerador de fluxo SB-KA
RW 300
RW 400
RW 650
RW 400 LW
RW 550 DM
RW 650 LW
RCP 250
RCP 400
RCP 500
SB 1236 KA
SB 1237 KA
RW 900
RCP 800
Reservados os direitos a alterações devido ao desenvolvimento técnico contínuo!
484
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
Índice
1Generalidades.................................................................................................................................... 488
1.1Introdução............................................................................................................................................ 488
1.2
Utilização conforme as disposições..................................................................................................... 488
1.3
Limites de aplicação dos RW/RCP/SB-KA........................................................................................... 488
1.4
Áreas de aplicação............................................................................................................................... 489
1.4.1
Áreas de aplicação RW........................................................................................................................ 489
1.4.2
Áreas de aplicação RCP...................................................................................................................... 489
1.4.3
Áreas de aplicação SB-KA................................................................................................................... 490
1.5
Código de identificação........................................................................................................................ 490
1.6
Dados técnicos..................................................................................................................................... 490
1.6.1
Dados técnicos RW 50 Hz................................................................................................................... 491
1.6.2
Dados técnicos RW 60 Hz................................................................................................................... 492
1.6.3
Dados técnicos das versões especiais RW......................................................................................... 493
1.6.4
Dados técnicos RCP 50 Hz.................................................................................................................. 493
1.6.5
Dados técnicos RCP 60 Hz.................................................................................................................. 494
1.6.6
Dados técnicos SB-KA......................................................................................................................... 494
1.7
Pesos e medidas.................................................................................................................................. 495
1.7.1
Dimensões RW.................................................................................................................................... 495
1.7.2
Dimensões RCP................................................................................................................................... 496
1.7.3
Dimensões SB-KA................................................................................................................................ 498
1.8
Placa de características....................................................................................................................... 498
2Segurança........................................................................................................................................... 499
3
Transporte e armazenamento........................................................................................................... 499
3.1Transporte............................................................................................................................................ 499
3.2
Protecções para o transporte............................................................................................................... 499
3.2.1
Protecção dos cabos de ligação do motor contra a humidade............................................................ 499
3.3
Armazenamento dos unidades............................................................................................................ 500
4
Descrição do produto........................................................................................................................ 500
4.1
Descrição geral.................................................................................................................................... 500
4.2
Configuração construtiva RW/SB-KA .................................................................................................. 501
4.2.1
RW 300/400/650.................................................................................................................................. 501
4.2.2
RW 900/SB-KA..................................................................................................................................... 501
4.3
Sistema de enxaguamento para a vedação de anel deslizante (opção)............................................. 502
4.4
Configuração construtiva RCP............................................................................................................. 503
4.4.1
RCP 400/500........................................................................................................................................ 503
4.4.2
RCP 800............................................................................................................................................... 503
4.5
Operação com conversores de frequência.......................................................................................... 504
5Instalação............................................................................................................................................ 505
PT 0551-G
485
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
5.1
Instalação RW/SB-KA.......................................................................................................................... 505
5.2
Montagem da hélice (apenas na RW 900 e SB-KA)............................................................................ 505
5.3
Binários de aperto................................................................................................................................ 506
5.4
Exemplos de instalação RW/SB-KA..................................................................................................... 507
5.4.1
Exemplo de instalação com componentes acessórios existentes ...................................................... 507
5.4.2
Exemplo de instalação com outras possibilidades de fixação............................................................. 508
5.4.3
Exemplo de instalação fixa como acelerador de fluxo ........................................................................ 509
5.4.4
Exemplos de instalação SB-KA ........................................................................................................... 510
5.4.5
Instalação fixa com amortecedor de vibrações.................................................................................... 510
5.5
Suportes RW/SB-KA............................................................................................................................ 511
5.5.1
Montagem do suporte aberto de inclinação ajustáve (opção)............................................................. 511
5.5.2
Montagem do suporte fechado de inclinação ajustável (opção).......................................................... 512
5.6
Comprimento dos tubos guia (tubo quadrangular) RW/SB-KA............................................................ 513
5.7
Instalação RCP.................................................................................................................................... 514
5.7.1
Exemplo de instalação com aparelho de elevação ABS...................................................................... 514
5.7.2
Instalação do tubo guia........................................................................................................................ 515
5.7.3
Colocação do cabo de ligação do motor RCP..................................................................................... 516
5.7.4
Fazer descer o RCP pelo tubo guia..................................................................................................... 517
5.8
Ligação eléctrica.................................................................................................................................. 518
5.8.1
Esquemas de ligações standard do motor, domínio da tensão de rede 380 - 420 V a 50 Hz / 460 V a 60 Hz......519
5.8.2
Ocupação dos condutores................................................................................................................... 520
5.8.3
Sistema de arranque suave (Opção)................................................................................................... 520
5.8.4
Controlo do sentido da rotação............................................................................................................ 521
5.8.5
Alteração do sentido de rotação.......................................................................................................... 522
5.8.6
Ligação do controlo da estanquidade na instalação de comando....................................................... 523
6
Colocação em funcionamento.......................................................................................................... 524
6.1
Modos de funcionamento..................................................................................................................... 524
7Manutenção........................................................................................................................................ 525
7.1
Instruções gerais de manutenção........................................................................................................ 525
7.2
Manutenção RW, RCP e SB-KA........................................................................................................... 526
7.2.1
Perturbações de funcionamento.......................................................................................................... 526
7.3
Intervalos de inspecção e de manutenção para RW, RCP e SB-KA................................................... 526
486
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
PT 0551-G
487
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
1Generalidades
1.1Introdução
Estas Instruções de Montagem e de Serviço e o caderno em separado Indicações de Segurança contêm
instruções e indicações de segurança fundamentais, que devem ser observadas para efeitos de transporte,
instalação, montagem e colocação em funcionamento. Estes documentos devem, por isso, ser lidos previamente pelo montador e pelo pessoal técnico especializado/operador responsável, devendo estar sempre disponíveis no local de aplicação da unidade/instalação.
m
As indicações de segurança que, em caso de não-cumprimento, podem colocar as pessoas em risco
estão assinaladas por meio de um símbolo de perigo geral.
c
g
Os avisos de tensão eléctrica são assinalados através deste símbolo.
Os avisos de perigo de explosão são assinalados através deste símbolo.
ATENÇÃO
Aplica-se às instruções de segurança cuja inobservância pode causar danos à unidade ou afectar o seu funcionamento.
NOTA É utilizado para informações importantes.
Indicações de imagem, p.ex. (3/2) indicam o número da imagem através do primeiro algarismo e os números
de posição na mesma imagem através do segundo algarismo.
1.2
Utilização conforme as disposições
As unidades ABS foram montadas de acordo com o nível tecnológico actual e segundo as regras de segurança
reconhecidas. No entanto, a utilização indevida do produto poderá causar ferimentos ou por em risco a vida do
utilizador ou de terceiros, podendo ainda originar danos na máquina e outros danos materiais.
As unidades ABS só podem ser utilizadas em estado tecnicamente perfeito e conforme as disposições, com
sentido de segurança e dos perigos, tomando em consideração o modo indicado nas Instruções de Montagem e de Serviço. Qualquer outra utilização ou uma utilização além da descrita, é tida como uma utilização
indevida do produto.
O fabricante / fornecedor não se responsabiliza por quaisquer danos daí resultantes. O risco é totalmente
assumido pelo utilizador. Em caso de dúvida, antes da utilização do produto, o modo de funcionamento pretendido terá de ser autorizado pela empresa Sulzer Pump Solutions Germany GmbH.
No caso de avaria as unidades ABS deverão ser colocadas imediatamente fora de serviço e ser-lhes vedado o
acesso. Deverá ser reparada imediatamente a avaria. Se necessário, contactar a assistência técnica Sulzer.
1.3
Limites de aplicação dos RW/RCP/SB-KA
Os RW/RCP estão disponíveis tanto na versão normal como na versão Ex (ATEX II 2Gk Ex d IIB T4) a 50 Hz e
como versão FM (NEC 500, classe I, divisão 1, grupo C&D, T3C) a 60 Hz.
Limites de aplicação: Temperatura do líquido de refrigeração até, no máximo, 40 °C/104 °F
ATENÇÃO 488
Profundidade de submersão até, no máximo, 20 m/65 ft
Para cabos com comprimento < 20 m/65 ft, a máx. profundidade de submersão permitida diminui em conformidade! Em casos especiais é possível uma profundidade
de submersão > 20 m/65 ft. Isso necessita da autorização por escrito da empresa
fabricante Sulzer.
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
g
g
Com estes grupos não podem ser bombeados líquidos inflamáveis ou explosivos!
Em áreas com perigo de explosão apenas podem ser usadas unidades com protecção contra explosão.
Para a operação de grupos protegidos contra explosão é válido:
Em áreas com perigo de explosão é necessário assegurar que, na ligação e em qualquer tipo de funcionamento dos unidades com protecção contra explosões (Ex), a unidade esteja alagado ou submergido. Não são
admissíveis quaisquer outros modos de funcionamento, tais como funcionamento a sorver e operação a seco.
ATENÇÃO RW/RCP com licenciamento Ex d llB T4 não possuem nenhum DI na câmara de óleo.
ATENÇÃO RW 400/650 bem como RCP 400/500 com licenciamento FM (NEC 500) podem estar
equipadas opcionalmente com um DI especial na câmara de óleo. No RW 900 e RCP
800, tal não é possível devido ao tipo construtivo.
Para o funcionamento de RW/RCP Ex vigora:
Durante o arranque e o funcionamento, deve certificar-se que o motor do RW/RCP Ex deve estar sempre completamente submergido!
A monitorização da temperatura do RW/RCP Ex deve ser efectuada através de interruptores bimetálicos ou
resistências com coeficiente positivo da temperatura de acordo com a norma DIN 44 081-150 e um aparelho de
activação com funcionamento testado para o efeito de acordo com a norma RL 94/9/CE.
Para o funcionamento do RW/RCP Ex, no conversor de frequência vigora:
Os motores devem ser protegidos por um dispositivo para a monitorização directa da temperatura. Este é
constituído por sondas térmicas montadas na estator (resistência com coeficiente positivo da temperatura
DIN 44 081-150) e por um aparelho de activação com funcionamento testado para o efeito de acordo com a
norma RL 94/9/CE.
As máquinas Ex só podem, sem excepção, ser utilizadas com uma frequência de rede inferior ou até ao valor
máximo indicado na placa de catacterísticas, de 50 ou 60 Hz.
1.4
Áreas de aplicação
1.4.1
Áreas de aplicação RW
Os agitadores submersíveis ABS (RW300 a RW900) com motores estanques são de elevada qualidade e têm
a seguinte gama de aplicação:
• Mistura
• Agitação
em estações de tratamento de águas residuais municipais, na indústria e na agricultura.
Versão LW com hélice especial para aplicações na agricultura, Versão DM (Drilling Mud) com hélice especial
para lodos de perfuração.
1.4.2
Áreas de aplicação RCP
As bombas de recirculação ABS da RCP (250 até 800) com motor submersível encapsulado, estanque à água
pressurizada, são produtos de alta qualidade com as seguintes áreas de aplicação:
• Bombagem e circulação de lodo activado nas estações de tratamento de esgotos com eliminação de nitrogénio (nitrificação / desnitrificação).
• Transporte da água da chuva e água superficial.
PT 0551-G
489
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
1.4.3
Áreas de aplicação SB-KA
Os modelos SB-KA foram desenvolvidos para ir de encontro aos requisitos daqueles processos de tratamento
em que a biomassa não está a flutuar livremente sob a forma de flocos, mas forma um biofilme constituído à
superfície através de partículas de agregação. Um dos processos deste tipo com mais sucesso designa-se por
“Moving Bed” e foi desenvolvido pela companhia AnoxKaldnes.
Código de identificação
Sistema hidráulico
AAA BB C D
0551-0002
1.5
Motor
U VVV / W-XY.Z Ex EC; CR
Tipo de material
Modelo EX
Redução da caixa de engrenagens
(apenas no RW 900, RCP 800, SB-KA)
Dimensão do motor
Número de pólos do motor
Potência nominal do motor (P2 [KW] x 10)
Designação do motor (ex. A)
Número de identificação
Tipo de hélice *
Tubuladura de pressão DN [cm] para RCP
Hélice ø [cm] para RW/SB-KA
Série
*Tipo de hélice 1 = hélice de mistura (apenas sem anel de circulação); 2 = hélice de impulsão de 2 pás; 3 = hélice de
impulsão de 3 pás; 4 = hélice de impulsão de 2 pás com anel de circulação;
5 = hélice de impulsão de 3 pás com anel de circulação; 7 = 3 = hélice especial de 3 pás para o processo de cama flutuante de biopelícula (processo de corpos sólidos)
Fig. 1 Código de identificação RW/RCP/SB-KA
1.6
Dados técnicos
O nível de ruído máximo das unidades desta série é ≤ 70 dB(A). Conforme a configuração da instalação, é
possível que seja excedido o valor máximo do nível de pressão acústica, de 70 db(A), ou o nível de pressão
acústica medido.
ATENÇÃO
490
Temperatura máxima do líquido, em caso de funcionamento contínuo = 40 °C/104 °F,
com a unidade submergido.
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
Dados técnicos RW 50 Hz
Motor (50 Hz/400 V)
Tipo de cabo** (Ex. e padrão)
Monitorização de temperatura
Controlo da estanquidade
Ex d llB T4
Tubo guia □ 60
Peso total
(sem anel de circulação)
Peso total
(com anel de circulação)
[A]
[A]
[kg]
[kg]
A 15/6
2,21
1,5
●
4,6
16,8
1
●
●
○
●
48
54
RW 3022
300
904
○
A 15/6
2,21
1,5
●
4,6
16,8
1
●
●
○
●
48
54
RW 3031
300
904
○
A 15/6
2,21
1,5
●
4,6
16,8
1
●
●
○
●
48
54
Tubo guia □ 100
Potência nominal do motor P2
[kW]
○
Corrente de arranque a 400 V
Consumo nominal de energia P1
[kW]
904
Corrente nominal a 400 V
Tipo de motor
[1/min]
300
Tipo de arranque: directo (D.O.L)
Versão com anel de circulação
[mm]
RW 3021
Tipo de agitador
Número de rotações
Instalação
Diâmetro da hélice
Hélice
Tipo de arranque: estrela / triângulo
1.6.1
RW 3032
300
894
○
A 28/6
4,09
2,8
●
8,4
30,4
1
●
●
○
●
51
57
RW 3033
300
894
○
A 28/6
4,09
2,8
●
8,4
30,4
1
●
●
○
●
51
57
RW 3034
300
894
○
A 28/6
4,09
2,8
●
8,4
30,4
1
●
●
○
●
51
57
RW 4021
400
702
○
A 30/8
4,2
3,0
●
9,3
40
1
●
●
○
●
○
96
102
RW 4022
400
702
○
A 30/8
4,2
3,0
●
9,3
40
1
●
●
○
●
○
96
102
RW 4023
400
702
○
A 30/8
4,2
3,0
●
9,3
40
1
●
●
○
●
○
96
102
RW 4024
400
702
○
A 30/8
4,2
3,0
●
9,3
40
1
●
●
○
●
○
96
102
RW 4031
400
680
○
A 40/8
5,6
4,0
●
10,9
40
2
●
●
○
●
○
96
102
RW 4032
400
680
○
A 40/8
5,6
4,0
●
10,9
40
2
●
●
○
●
○
96
102
RW 4033
400
680
○
A 40/8
5,6
4,0
●
10,9
40
2
●
●
○
●
○
96
102
RW 6521
580
470
○
A 50/12
7,1
5,0
●
18,2
52
2
●
●
○
●
150
168
RW 6522
580
470
○
A 50/12
7,1
5,0
●
18,2
52
2
●
●
○
●
150
168
RW 6523
650
470
○
A 50/12
7,1
5,0
●
18,2
52
2
●
●
○
●
150
168
RW 6524
650
470
○
A 50/12
7,1
5,0
●
18,2
52
2
●
●
○
●
150
168
RW 6525
650
470
○
A 50/12
7,1
5,0
●
18,2
52
2
●
●
○
●
150
168
RW 6531
650
462
○
A 75/12
10,3
7,5
●
24,5
54
3
●
●
○
●
180
198
RW 6532
650
462
○
A 75/12
10,3
7,5
●
24,5
54
3
●
●
○
●
180
198
RW 6533
650
470
○
A 100/12
13,3
10,0
●
31,9
91
4
●
●
○
●
200
218
1
RW 9032
900
238
○
A 110/4
13,2
11,0
●
22,1
114
2
●
●*
○
●
180
258
RW 9033
900
2381
○
A 110/4
13,2
11,0
●
22,1
114
2
●
●*
○
●
180
258
RW 9034
900
1
238
○
A 110/4
13,2
11,0
●
22,1
114
2
●
●*
○
●
180
258
RW 9035
900
2381
○
A 150/4
17,8
15,0
●
31,3
172
4
●
●*
○
●
185
263
RW 9033
900
2852
○
A 150/4
17,8
15,0
●
31,3
172
4
●
●*
○
●
185
263
RW 9034
900
2852
○
A 220/4
25,8
22,0
●
43,9
242
4
●
●*
○
●
210
288
RW 9035
900
285
○
A 220/4
25,8
22,0
●
43,9
242
4
●
●*
○
●
210
288
2
P1 = consumo de energia ; P2 = débito de potência
1= Rotações da hélice com redução da caixa de engrenagens i=6; 2= Rotações da hélice com redução da caixa de engrenagens i=5
● = padrão ; ○ = opção; ●* = Controlo da estanquidade no espaço de união em vez de na câmara de óleo.
**Tipo de cabo: 10 m de cabo com extremidade livre fazem parte do âmbito de fornecimento padrão: 1 = 1 x 7G x 1.5 ; 2 = 1 x 10G x 1.5 ; 3 = 1 x 10 x G x 2.5 ; 4 = 2 x 4G x 4 + 2 x 0,75
INDICAÇÃO
PT 0551-G
Os dados também são válidos para as versões com anel de circulação. (consultar a alínea
1.5 Código de identificação). São possíveis outras tensões mediante pedido.
491
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
Dados técnicos RW 60 Hz
○
A 32/6
4,4
3,2
●
Tipo de agitador
300
Peso total
(com anel de circulação)
1097
RW 3032
Peso total
(sem anel de circulação)
●
[A]
[A]
[kg]
[kg]
4,3
15,5
1
●
●
○
●
48
54
4,3
15,5
1
●
●
○
●
48
54
8,8
24,8
1
●
●
○
●
51
57
8,8
24,8
1
●
●
○
●
51
57
Tubo guia □ 100
●
3,2
Tubo guia □ 60
1,7
4,4
1097
FM (NEC 500)
2,36
A 32/6
1111
300
Controlo da estanquidade
A 17/6
○
300
RW 3031
Monitorização de temperatura
○
RW 3022
Instalação
Tipo de cabo** (Ex. e padrão)
●
1111
Corrente de arranque a 460 V
1,7
[1/min]
300
Corrente nominal a 460 V
Potência nominal do motor P2
2,36
[mm]
RW 3021
Tipo de arranque: estrela / triângulo
Consumo nominal de energia P1
[kW]
A 17/6
Número de rotações
[kW]
○
Diâmetro da hélice
Tipo de motor
Motor (60 Hz/460 V)
Versão com anel de circulação
Hélice
Tipo de arranque: directo (D.O.L)
1.6.2
RW 4021
400
858
○
A 35/8
4,6
3,5
●
8,7
38
1
●
●
○
●
○
96
102
RW 4022
400
858
○
A 35/8
4,6
3,5
●
8,7
38
1
●
●
○
●
○
96
102
RW 4023
400
858
○
A 35/8
4,6
3,5
●
8,7
38
1
●
●
○
●
○
96
102
RW 4024
400
841
○
A 46/8
6,0
4,6
●
10,3
38
2
●
●
○
●
○
96
102
RW 4031
400
841
○
A 46/8
6,0
4,6
●
10,3
38
2
●
●
○
●
○
96
102
RW 6521
580
571
○
A 60/12
8,0
6,0
●
17,5
50
2
●
●
○
●
150
168
RW 6522
580
571
○
A 60/12
8,0
6,0
●
17,5
50
2
●
●
○
●
150
168
RW 6531
650
567
○
A 90/12
11,5
9,0
● 23,9
52
2
●
●
○
●
180
198
RW 6532
650
567
○
A 90/12
11,5
9,0
● 23,9
52
2
●
●
○
●
180
198
RW 6533
650
567
○
A 90/12
11,5
9,0
● 23,9
52
2
●
●
○
●
180
198
RW 6534
650
569
○
A 120/12
15,3
12,0
●
88
3
●
●
○
●
200
218
31,4
RW 6535
650
569
○
A 120/12
15,3
12,0
●
31,4
88
3
●
●
○
●
200
218
RW 9032
900
2381
○
A 130/4
15,3
13,0
●
21,8
109
2
●
●*
○
●
180
258
RW 9033
900
2381
○
A 130/4
15,3
13,0
●
21,8
109
2
●
●*
○
●
180
258
RW 9034
900
1
238
○
A 130/4
15,3
13,0
●
21,8
109
2
●
●*
○
●
180
258
RW 9035
900
2381
○
A 170/4
19,8
17,0
● 29,4
165
3
●
●*
○
●
185
263
RW 9033
900
2852
○
A 170/4
19,8
17,0
● 29,4
165
3
●
●*
○
●
185
263
RW 9034
900
2
285
○
A 250/4
28,8
25,0
●
41,7
229
4
●
●*
○
●
210
288
RW 9035
900
2852
○
A 250/4
28,8
25,0
●
41,7
229
4
●
●*
○
●
210
288
P1 = consumo de energia ; P2 = débito de potência
1= Rotações da hélice com redução da caixa de engrenagens i=7; 2= Rotações da hélice com redução da caixa de engrenagens i=6
● = padrão ; ○ = opção; ●* = Controlo da estanquidade no espaço de união em vez de na câmara de óleo.
**Tipo de cabo: 10 m de cabo com extremidade livre fazem parte do âmbito de fornecimento padrão: 1 = 1 x 7G x 1.5 ; 2 = 1 x 10G x 1.5 ; 3 = 1 x 10 x G x 2.5 ; 4 = 2 x 4G x 4 + 2 x 0,75
492
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
Tipo de cabo ** (Ex e padrão)
Monitorização de temperatura
Controlo da estanquidade
Ex d llB T4
[A]
4,0
●
10,9/400 V
40/400 V
1
●
●
○
50
RW 6532 LW
650
462
A 75/12
10,3
7,5
●
24,5/400 V
54/400 V
2
●
●
○
●
○
92
50
●
180
Peso total
●
Frequência
Tubo guia □ 100
Corrente nominal
[A]
5,6
Tubo guia □ 60
Tipo de arranque estrela / triângulo
[kW]
A 40/8
Corrente de arranque
Potência nominal do
Motor P2
[kW]
680
Tipo de arranque
directo (D.O.L)
Consumo nominal de
energia P1
[1/min]
400
Tipo de motor
[mm]
RW 4033 LW
Tipo de agitador
Número de rotações
Dados técnicos das versões especiais RW
Diâmetro de hélice
1.6.3
[Hz]
[kg]
RW 6533 LW
650
470
A 100/12
13,3
10,0
31,9/400 V
91/400 V
2
●
●
○
50
●
200
RW 5531 DM
550
470
A 100/12
13,3
10,0
●
31,9/400 V
91/400 V
2
●
●
○
50
●
205
RW 5531 DM
550
557
A 120/12
16,0
12,0
●
36,5/440-460 V
97/440-460 V
2
●
●
○
60
●
205
RW 5531 DM
550
569
A 120/12
15,3
12,0
●
20,9/690 V
65/690 V
2
●
●
○
60
●
205
Versão LW com hélice especial para aplicações na agricultura; Versão DM (Drilling Mud) com hélice especial para lodos de perfuração
P1 = consumo de energia ; P2 = débito de potência; ● = padrão ; ○ = opção; **Tipo de cabo: 10 m de cabo com extremidade livre fazem parte do âmbito de fornecimento padrão: 1 = 1x10Gx1,5; 2 = 3x6+3x6/3E+3x1,5
Dados técnicos RCP 50 Hz
Peso total
(unidade completo)
Ex d llB T4
Controlo da estanquidade
[A]
Monitorização de temperatura
[A]
Tipo de cabo** (Ex e padrão)
Corrente de arranque
a 400 V
[kW] [kW]
Corrente nominal a
400 V
Tipo de arranque:
directo (D.O.L)
Potência nominal
do motor P2
[l/s]
Consumo nominal
de energia P1
[m]
Tipo de motor
Qmax
[mm] [1/min]
Hmax
Motor (50 Hz/400 V)
Rotações da hélice
Diâmetro de hélice
Tipo hidráulico RCP
Hélice
Tipo de arranque:
estrela / triângulo
1.6.4
[kg]
RCP 2533
246
980
1,1
85
A 15/6
2,21
1,5
●
4,6
16,8
1
●
●
●
61
RCP 2534
246
980
1,6
120
A 28/6
4,09
2,8
●
8,4
30,4
1
●
●
●
66
●
RCP 2535
246
980
1,8
160
A 28/6
4,09
2,8
8,4
30,4
1
●
●
●
66
RCP 4022
394
730
1,13
165
A 40/8
5,6
4,0
●
10,9
40
2
●
●
●
118
RCP 4023
394
730
1,35
195
A 40/8
5,6
4,0
●
10,9
40
2
●
●
●
118
RCP 4024
394
730
1,49
215
A 40/8
5,6
4,0
●
10,9
40
2
●
●
●
118
RCP 4031
394
730
1,67
225
A 40/8
5,6
4,0
●
10,9
40
2
●
●
●
118
RCP 4032
394
730
1,40
245
A 40/8
5,6
4,0
●
10,9
40
2
●
●
●
118
RCP 4033
394
730
1,21
280
A 40/8
5,6
4,0
●
10,9
40
2
●
●
●
118
RCP 5031
492
470
1,08
390
A 50/12
7,1
5,0
●
18,2
52
2
●
●
●
215
RCP 5032
492
470
1,30
440
A 75/12
10,3
7,5
●
24,5
54
3
●
●
●
250
RCP 5033
492
470
1,38
500
A 75/12
10,3
7,5
●
24,5
54
3
●
●
●
250
RCP 5034
492
470
1,40
550
A 75/12
10,3
7,5
●
24,5
54
3
●
●
●
250
RCP 5035
492
470
1,45
585
A 100/12 13,3
10,0
●
31,9
91
3
●
●
●
255
RCP 5036
492
470
1,27
655
A 100/12 13,3
10,0
●
31,9
91
3
●
●
●
255
RCP 8031
792
2851
1,70
889
A 150/4
17,8
15,0
●
31,3
172
3
●
●*
●
285
RCP 8032
792
2851
1,85
986
A 220/4
25,8
22,0
●
43,9
242
4
●
●*
●
315
RCP 8031
792
3602
2,30 1097
A 220/4
25,8
22,0
●
43,9
242
4
●
●*
●
315
RCP 8032
792
360
1,10
A 220/4
25,8
22,0
●
43,9
242
4
●
●*
●
315
2
1194
P1 = consumo de energia ; P2 = débito de potência 1= Rotações da hélice com redução da caixa de engrenagens i=5; 2= Rotações da hélice com redução da caixa de engrenagens i=4
● = padrão ; ○ = opção; ●* = Controlo da estanquidade no espaço de união em vez de na câmara de óleo.
**Tipo de cabo: 10 m de cabo com extremidade livre fazem parte do âmbito de fornecimento padrão: 1 = 1 x 7G x 1.5 ; 2 = 1 x 10G x 1.5 ; 3 = 1 x 10 x G x 2.5 ; 4 = 2 x 4G x 4 + 2 x 0,75
PT 0551-G
493
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
Dados técnicos RCP 60 Hz
●
●
61
3,2
●
8,8
24.8
1
●
●
●
66
3,2
●
8,8
24,8
1
●
●
●
66
●
10,3
38
2
●
●
●
118
4,6
●
10,3
38
2
●
●
●
118
4,6
●
10,3
38
2
●
●
●
118
4,6
●
10,3
38
2
●
●
●
118
4,39
200
A 46/8
6,0
4,6
1,85
245
A 46/8
6,0
1,62
265
A 46/8
6,0
1,36
275
A 46/8
6,0
1,1
100
RCP 2534
246
1180
1,6
RCP 2535
246
1180
1,4
RCP 4022
394
841
1,70
RCP 4023
394
841
RCP 4024
394
841
RCP 4031
394
841
Tipo de motor
4,39
A 32/6
Qmax
A 32/6
Hmax
145
180
1180
Peso total
(unidade completo)
●
1,7
246
FM (NEC 500)
1
2,36
RCP 2533
Controlo da estanquidade
15,5
A 17/6
[l/s]
Monitorização de temperatura
Corrente de arranque
a 460 V
4,3
[kW]
[m]
Tipo de cabo** (Ex e padrão)
Corrente nominal a 460 V
●
Potência nominal
do motor P2
[A]
Consumo nominal
de energia P1
[A]
[kW]
[mm] [1/min]
Tipo de arranque: directo (D.O.L)
Motor (60 Hz/460 V)
Rotações da hélice
Diâmetro de hélice
Tipo hidráulico RCP
Hélice
Tipo de arranque: estrela / triângulo
1.6.5
[kg]
RCP 5031
492
570
1,62
460
A 90/12
11,5
9,0
●
23,9
52
2
●
●
●
250
RCP 5032
492
570
1,52
515
A 120/12
15,3
12,0
●
31,4
88
3
●
●
●
255
RCP 5033
492
570
1,20
590
A 120/12
15,3
12,0
●
31,4
88
3
●
●
●
255
RCP 5034
492
570
1,14
640
A 120/12
15,3
12,0
●
31,4
88
3
●
●
●
255
RCP 8031
792
285
1,70
889
A 130/4
15,3
13,0
●
21,8
109
2
●
●*
●
280
RCP 8032
RCP 8031
RCP 8032
1
792
1
285
1,85
986
A 250/4
28,8
25,0
●
41,7
229
4
●
●*
●
315
792
3602
2,30
1097
A 250/4
28,8
25,0
●
41,7
229
4
●
●*
●
315
792
360
1,10
1194
A 250/4
28,8
25,0
●
41,7
229
4
●
●*
●
315
2
P1 = consumo de energia ; P2 = débito de potência 1= Rotações da hélice com redução da caixa de engrenagens i=6; 2= Rotações da hélice com redução da caixa de engrenagens i=5
● = padrão ; ○ = opção; ●* = Controlo da estanquidade no espaço de união em vez de na câmara de óleo.
**Tipo de cabo: 10 m de cabo com extremidade livre fazem parte do âmbito de fornecimento padrão: 1 = 1 x 7G x 1.5 ; 2 = 1 x 10G x 1.5 ; 3 = 1 x 10 x G x 2.5 ; 4 = 2 x 4G x 4 + 2 x 0,75
Dados técnicos SB-KA
A 35/8
4,6
3,5
100
A 46/8
6,0
4,6
925
SB 1237 KA
1080
2
●
●
●
Peso total
1002
SB 1236 KA
●
Controlo da
estanquidade
4,0
[A]
Monitorização de
temperatura
3,0
5,6
1001
[A]
Tipo de cabo**
(Ex e padrão)
4,2
A 40/8
100
Peso
Corrente de arranque a 400 V (50 Hz)
/460 V (60 Hz)
A 30/8
925
1080
Tipo de motor
[kW]
Tipo de arranque:
estrela / triângulo
SB 1237 KA
[kW]
1
Tipo de arranque:
directo (D.O.L)
SB 1236 KA
Potência nominal
do motor P2
[1/min]
Consumo nominal
de energia P1
[mm]
tipo de acelerador
de fluxo
Número de
rotações
Motor
Diâmetro da hélice
Hélice
Corrente nominal
a 400 V (50 Hz)/
460 V (60 Hz)
1.6.6
[kg]
9,3/400 V
37/400 V
1
●
●
176
10,9/400 V
40/400 V
2
●
●
179
8,7/460 V
38/460 V
1
●
●
176
10,3/460 V
38/460 V
2
●
●
179
P1 = consumo de energia ; P2 = débito de potência 1= Rotações da hélice com redução da caixa de engrenagens i=7; 2= Rotações da hélice com redução da caixa de engrenagens i=8
● = padrão ; ○ = opção; **Tipo de cabo: 10 m de cabo com extremidade livre fazem parte do âmbito de fornecimento padrão: 1 = 1 x 7G x 1.5 ; 2 = 1 x 10G x 1.5
INDICAÇÃO
494
São possíveis outras tensões mediante pedido.
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
1.7
Pesos e medidas
INDICAÇÃO
RW 650
A50
(50 Hz)
A60
(60 Hz)
RW 650
A75
(50 Hz)
A90
(60 Hz)
RW 650
A100
(50 Hz)
A120
(60 Hz)
RW 900
A110/150
(50 Hz)
A130/170
(60 Hz)
RW 900
A220
(50 Hz)
A250
(60 Hz)
D1
ø 300
ø 400
ø 650
ø 650
ø 650
ø 900
ø 900
D2
ø 462
ø 560
ø 810
ø 810
ø 810
ø 1150
ø 1150
d1
ø 158
ø 222,5
ø 262,5
ø 262,5
ø 262,5
ø 222,5
ø 222,5
H □ 60
264
262
-
-
-
-
-
H □ 100
-
306
306
306
306
306
306
h1
700
700
1100
1100
1100
1500
1500
L1 □ 60
610
665
-
-
-
-
-
L1 □ 100
-
700
830
970
970
1150
1250
L 2 □ 60
610
685
-
-
-
-
-
L 2 □ 100
-
720
850
990
990
1170
1270
l1
725
795
925
1065
1065
1240
1340
l2 □ 60
-
300
-
-
-
-
-
l2 □ 100
-
300
400
630
530
-
-
X1 □ 60
230
360
-
-
-
-
500
X1 □ 100
-
280
320
420
400
470
X 2 □ 60
264
300
-
-
-
-
-
X 2 □ 100
-
310
330
430
410
520
550
min. l1
L1 (RW 900)
min. h1
min. 190
H
d1
D1
X1
0551-0003
Dimensão
RW 400
A30/40
(50 Hz)
A35/46
(60 Hz)
Dimensões RW
RW 300
A15/28
(50 Hz)
A17/32
(60 Hz)
1.7.1
Pode consultar o peso dos unidades na placa de características dos unidades ou nas
tabelas na alínea 1.6 Dados Técnicos.
min. 50
29 (□ 60, RW 300)
20 (□ 60)
44 (□100)
L1
□ 60 x 60
l2
D2
X2
□ 60 ± 22°/30°
□ 100 ± 15°/22°/30°
L2
Fig. 2 Dimensões RW
PT 0551-G
495
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
1.7.2
Dimensões RCP
0551-0004
210,5
85 125,5
X = flange PN6, DIN EN 1092-1
Ø 52
Ø 267
DN 250
784
615
X
Fig. 3 RCP 250
0551-0005
188,5
85
min. 400
DN 400
min. 800
332
683
X
X = flange PN6, DIN EN 1092-1
Fig. 4 RCP 400
496
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
187
0551-0006
85
min. 600
DN500
min. 1000
447
X
865 (A50/12)
1005 (A75/12, A90/12, A100/12, A120/12)
X = flange PN6, DIN EN 1092-1
0551-0007
Fig. 5 RCP 500
144
85
min. 700
DN 800
min. 1600
505
X
1174 (A130/4, A150/4)
1274 (A220/4, A250/4)
X = flange PN6, DIN EN 1092-1
Fig. 6 RCP 800
PT 0551-G
497
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
D
SB 1236 KA 900
SB 1237 KA 1085
0051-0040
Dimensões SB-KA
0051-0039
1.7.3
A
480
[18,9]
C
C = 15°
D
A
B
D
SB 1236 KA 1280 940 900
SB 1237 KA 1380 1040 1080
C = 30°
□ 100 x 100
□ 4" x 4"
A
B
D
SB 1236 KA 1250 1160 900
SB 1237 KA 1350 1270 1080
710
[28,0]
Fig. 7 Bracket: Versão para ângulo fixo 0º
1.8
A
B
D
SB 1236 KA 1280 1050 900
SB 1237 KA 1380 1160 1080
D
631
[24,9]
B
C = 22°
Fig. 8 Bracket: Versão para diferentes ângulos de ajustamento
Placa de características
0551-0008
Recomendamos o preenchimento dos dados do unidade fornecido com base na placa de características original em Fig. 9 Placa de características, para que a todo o momento possa ter um comprovativo dos dados.
1
Type
2
PN
3
UN
7
V 3~
P1N
11
P2N
TA max.
DN
18
5
SN
max.
12
4
8
6
IN
9
n 13
Ø
°C Nema Code 16
15
Q
Weight
19
H
A 10 Hz
14
Hmin. 17
Hmax. 21
20
IP68
22
Motor Eff. Cl.23
24
Fig. 9 Placa de características 42242501
Legenda
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14 498
Endereço Modelo Nº item
Número de item
Número de encomenda
Ano de fabrico [mês/ano]
Voltagem nominal Profundidade max. imersão [unidade flexível] Corrente nominal Frequência Potência (absorvida) [unidade flexível]
Potência (entregue) [unidade flexível]
Velocidade [unidade flexível]
Impulsor/hélice-ø [unidade flexível]
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
Máx. temperatura ambiente [unidade flexível]
Código Nema (apenas 60 Hz, ex. H)
Min. altura manométrica nominal [unidade flexível]
Diâmetro de descarga nominal [unidade flexível]
Caudal nominal [unidade flexível]
Altura manométrica nominal [unidade flexível]
Máx. altura manométrica nominal [unidade flexível]
Peso (sem acessórios) [unidade flexível]
Classe de eficiência do motor
Direcção de rotação do veio do motor
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
NOTA
Para responder às suas questões, é absolutamente necessário indicar o tipo dos
unidades, o nº de artigo e o nº do unidade.
NOTA São possíveis placas de identificação especificas.
2Segurança
Outros aspectos de higiene e segurança são descritos com detalhe em separado no folheto “Aspectos de Segurança”. Se algo não estiver claro ou se surgirem questões relativas à segurança não hesite em contactar a Sulzer.
3
Transporte e armazenamento
3.1Transporte
c
Os unidades não devem ser levantados pegando pelo cabo de ligação do motor.
m
Atender ao peso total dos unidades (ver fig. 9). O equipamento de elevação, por ex., guindastes e
correntes, tem de ter dimensões suficientemente grandes e corresponder às normas de segurança
aplicáveis no caso concreto.
m
m
Firmar a unidade para que não se desloque da sua posição!
Para o transporte do unidade ABS, este deve ser colocado sobre uma superfície devidamente firme e
horizontal em todas as direcções, fixando-o para que não se incline.
Dependendo da versão, as unidades são equipadas com um olhal para corrente, a qual deve ser utilizada para
transporte, instalação e remoção.
m
m
Não permanecer ou trabalhar na área de movimento de cargas suspensas!
A altura do gancho de carga tem de estar de acordo com a altura total dos unidades e o comprimento
da corrente limitadora!
3.2
Protecções para o transporte
3.2.1
Protecção dos cabos de ligação do motor contra a humidade
Os cabos de ligação do motor vêm de fábrica com capas de revestimento de mangueira retráctil nas pontas,
protegendo-os contra a humidade que se infiltre em sentido longitudinal.
ATENÇÃO
As capas de revestimento só deverão ser retiradas no momento em que se fizer a
ligação eléctrica do unidade.
Em especial na instalação ou armazenamento do unidade em obras, que poderão inundar-se antes de serem
instalados e conectados os cabos de ligação do motor, dever ter-se atenção, para que as pontas dos cabos, ou
as capas de revestimento dos cabos de ligação do motor não sejam inundadas.
ATENÇÃO
As capas de revestimento são apenas uma protecção contra salpicos e água, mas não
são estanques! As pontas dos cabos de ligação do motor não podem, por isso, ser mergulhadas, pois a humidade poderia penetrar até ao compartimento de ligação do motor.
NOTA
Nesses caso, dever-se-ão fixar as pontas dos cabos de ligação do motor num ponto
em que não possa haver inundações.
PT 0551-G
499
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
ATENÇÃO
3.3
Não danificar os isolamentos dos cabos e fios!
Armazenamento dos unidades
ATENÇÃO
Os produtos ABS necessitam ser protegidos contra os efeitos do tempo, tais como
as radiações ultravioleta causadas pela luz solar directa, ozono, elevada humidade
do ar, diversas emissões de poeiras (agressivas), contra influências mecânicas externas, geada etc.A embalagem original ABS com a respectiva protecção de transporte
(caso exista de fábrica) geralmente asseguram a óptima protecção dos unidades.
Quando os unidades se encontram sujeitos a temperaturas inferiores a 0°C, dever
prestar-se atenção, para que não reste qualquer tipo de humidade ou água no sistema hidráulico, no sistema de arrefecimento ou nas demais cavidades. No caso de
geadas fortes, se possível não movimente os unidades e cabos de ligação do motor.
No caso de armazenamento sob condições extremas, por exemplo em climas subtropicais ou desérticos, deverão ainda ser tomadas medidas de protecção suplementares adequadas. A pedido, poderemos informá-lo sobre as mesmas.
NOTA
Em regra, os unidades ABS não precisam de qualquer manutenção durante o armazenamento. Após tempos de armazenamento prolongados, (após aprox. um ano)
deve rodar-se o veio do motor várias vezes à mão, de modo a evitar uma prisão das
superfícies de vedação das vedações de anel deslizante. A rotação do eixo à mão
várias vezes faz chegar óleo lubrificante às superfícies de vedação, o que assegura,
assim, o funcionamento perfeito das vedações de anel deslizante. O apoio do eixo do
motor não necessita de manutenção.
4
Descrição do produto
4.1
Descrição geral
• Hélice hidraulicamente optimizada com elevada resistência ao desgaste.
• O apoio do veio do motor faz-se através de chumaceiras de rolos com lubrificação permanente e isentas de manutenção.
• Do lado do líquido, vedação de anel deslizante de carboneto de silício independente do sentido de rotação.
• Câmara de óleo com enchimento do óleo lubrificante. (Não é necessária a mudança de óleo).
Motor
• Motor de indução trifásico
• Tensão de rede: 400 V 3~ 50 Hz/460 V 3~ 60 Hz.
• Outras tensões de rede, a pedido.
• Classe de isolamento F = 155 °C, grau de protecção IP 68.
• Temperatura do meio em funcionamento prolongado: +40 °C/104 °F.
Monitorização do motor
• Todos os motores estão equipados com uma monitorização de temperatura, que desliga o motor submersível
em caso de sobreaquecimento. Para o efeito, a monitorização de temperatura deve ser ligada, em conformidade, à instalação de distribuição.
Controlo da estanquidade
• O eléctrodo DI (não em todos os modelos) assume o controlo da estanquidade e, através de um dispositivo
electrónico especial (opção), sinaliza a penetração de humidade no motor.
Funcionamento em conversores de frequência
• Todos os RW/RCP/SB-KA, em caso de configuração correspondente, são adequados para o funcionamento em conversores de frequência. Deve observar-se a directiva EMV, assim como as instruções de
montagem e de utilização do fabricante do conversor de frequência!
500
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
Configuração construtiva RW/SB-KA
4.2.1
RW 300/400/650
9
8
11
10
12
7
6
5
3
2
4
0551-0009
4.2
1
Fig. 10 RW 300/400/650
RW 900/SB-KA
9
8
10
7
12
6
13
5
11
3
2
4
0551-0010
4.2.2
1
Fig. 11 RW 900/SB-KA
PT 0551-G
501
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
Legenda
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
4.3
Suporte
Entrada de cabos
Espaço de ligações
Vedação em relação ao compartimento do motor
Enrolamento do motor
Anel de fixação com manilha
Invólucro de aço nobre (opção)
Vedação de anel deslizante
Cubo da hélice
Hélice
Veio com rotor e apoios
Anel SD
Caixa de engrenagens
Sistema de enxaguamento para a vedação de anel deslizante (opção)
Devido à possibilidade de ligação de um tubo de água industrial, a vedação de anel deslizante também pode
ser enxaguada ou limpa durante o funcionamento. Isto pode evitar sedimentações prejudiciais e prevenir um
desgaste prematuro, p. ex. devido a reacções químicas.
0551-0011
É possível reapetrechar o sistema de enxaguamento substituindo a tampa do motor.
“Z”
“Z”
Fig. 12 Sistema de enxaguamento para a vedação de anel deslizante
502
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
Configuração construtiva RCP
4.4.1
RCP 400/500
7
3
9
1
10
2
11
5
8
4
6
0551-0012
4.4
12
Fig. 13 RCP 400/500
RCP 800
4
7
8
0551-0037
4.4.2
Y
3
9
10
2
11
13
5
1
6
12
Fig. 14 RCP 800
PT 0551-G
503
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
Legenda
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
4.5
Veio com rotor e apoios
Vedação de anel deslizante
Cone de entrada
Estribo de retenção
Carcaça do motor
Enrolamento do motor
Espaço de ligações
Entrada de cabos
Hélice
Anel SD
Eléctrodo DI (controlo da estanquidade)
Vedação em relação ao compartimento do motor
Caixa de engrenagens
Operação com conversores de frequência
Os motores são apropriados para accionamento através de conversor de frequência tendo em vista o desenho
do estator e o isolamento dos enrolamentos. No entanto é necessário ter em atenção que, na operação do
conversor de frequência, devem estar satisfeitas as seguintes condições.
• As directivas CEM devem ser respeitadas.
• Motores de modelo protegido contra explosão devem estar equipados com controle de temperatura por termístor (PTC).
• As máquinas Ex só podem, sem excepção, ser utilizadas com uma frequência de rede inferior ou até ao valor
máximo indicado na placa de catacterísticas, de 50 ou 60 Hz.
• As máquinas não-Ex só podem ser utilizadas com uma frequência de rede até ao valor indicado na placa de
catacterísticas, inclusive, e, além desse valor, apenas após consulta e aprovação pelo fabricante Sulzer.
• Para a operação de máquinas EX com conversores de frequência vigoram regulamentações específicas no
que diz respeito aos tempos de activação dos elementos de controle térmico.
• A frequência mínima não deve ser inferior a 25 Hz.
• A frequência limite superior deverá ser ajustada de modo a que a potência nominal do motor não seja excedida.
Os modernos conversores de frequência trabalham cada vez mais com elevadas frequências de onda aumentando acentuadamente os correspondentes picos de tensão. Reduzem-se assim as perdas e ruídos no motor.
Infelizmente estes sinais de saída do conversor causam elevados picos de tensão nos enrolamentos do motor.
A experiência demonstrou que, dependendo da tensão nominal e do comprimento de cabo entre o motor e o
conversor, os picos de tensão podem reduzir o período de vida útil do motor. Para evitar que isto aconteça é
necessário que este tipo de conversores sejam equipados com filtros sinosoidais quando utilizados na zona
crítica (ver fig. 15). O filtro sinosoidal a utilizar deve ser adequado para o conversor no que respeita à corrente
nominal, frequência da onda, corrente nominal do conversor e máxima frequência de saída do conversor.
504
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
0562-0012
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
UN[V]
660
Área crítica
600
460
400
380
Área não crítica
230
10
50
100
150 L[m]
L = comprimento total do condutor (desde o conversor de frequência até ao motor)
Fig. 15 Área crítica / não crítica
5Instalação
m
5.1
Devem ser observadas as indicações de segurança nos capítulos antecedentes!
Instalação RW/SB-KA
c
Os cabos de ligação devem ser colocados de modo a não poderem chegar à hélice, nem estarem
sujeitos a tracção.
c
A ligação eléctrica deve ser efectuada de acordo com a alínea 5.8 Ligação eléctrica.
NOTA
5.2
Para a instalação dos agitadores RW e das bombas de recirculação RCP e aceleradores de fluxo SB recomendamos a utilizaçãodos acessórios de instalação ABS.
Montagem da hélice (apenas na RW 900 e SB-KA)
As hélices dos agitadores RW 900/SB-KA são fornecidas em separado e devem ser montadas por parte da
empresa construtora de acordo com as instruções que se seguem.
ATENÇÃO
Deve prestar-se atenção à correcta posição de montagem das anilhas de retenção (Fig. 17
Posição de montagem das anilhas de retenção) e ao binário de aperto prescrito!
1.
2.
3.
4.
5.
6.
Untar ligeiramente o cubo da hélice e munhão do veio.
Colocar a hélice (16/6).
Colocar o O-Ring (16/5).
Colocar a anilha da hélice (16/2).
Colocar o O-Ring (16/4).
Colocar as anilhas de retenção (16/3) e prestar atenção à posição de montagem - consultar também Fig.
17 Posição de montagem das anilhas de retenção.
7. Apertar o parafuso de cabeça cilíndrica (16/1) com um binário de aperto de 56 Nm.
PT 0551-G
505
Instrução de montagem e de utilização
0551-0013
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
7
8
6
1 3 4 2 5
Fig. 16 Montagem da hélice
Legenda
1
2
3
4
5
6
7
8
Parafuso de cabeça cilíndrica
Anilha da hélice
Anilhas de retenção
O-Ring
O-Ring
Hélice
Mola de chaveta (já montada de fábrica)
Vedante (já montado de fábrica)
Binários de aperto
0562-0009
5.3
Lado exterior das 2 arruelas de aperto
Lado interior das 2 arruelas de aperto
Fig. 17 Posição de montagem das anilhas de retenção Nord-Lock ®
Binários de aperto para parafusos de aço inoxidável ABS A4-70:
Rosca
Binários de aperto
506
M6
M8
M10
M12
M16
M20
M24
6,9 Nm
17 Nm
33 Nm
56 Nm
136 Nm
267 Nm
460 Nm
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
5.4
Exemplos de instalação RW/SB-KA
5.4.1
Exemplo de instalação com componentes acessórios existentes
1
0551-0014
Para este instalação recomenda-se a utilização de um suporte fechado (Consultar Fig. 23 Suporte fechado).
2
7
6
8
3
5
4
Fig. 18 Exemplo com acessórios existentes
Legenda
1
2
3
4
5
6
7
8
Cavalete de elevação com molinete e cabo
Suporte superior de fixação
Suporte fechado
Apoio do chão
Batente de aperto de segurança
Tubo guia quadrangular giratório
Fixador de ancoragem com gancho para cabo
Travão para amortecedor de vibração (opção)
PT 0551-G
507
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
5.4.2
Exemplo de instalação com outras possibilidades de fixação
1
0551-0015
Para esta instalação recomenda-se a utilização de um suporte aberto (Consultar Fig. 23 Suporte aberto).
2
3
8
7
4
5
6
Fig. 19 Exemplo com outras possibilidades de fixação
Legenda
1
2
3
4
5
6
7
8
508
Cavalete de elevação desmontável em separado
Punho giratório
Suporte (solidamente instalado)
Tubo guia quadrangular giratório
Apoio de parede giratório
Suporte aberto
Fixador de ancoragem com gancho para cabo
Cabeço de amarração de cabo
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
5.4.3
Exemplo de instalação fixa como acelerador de fluxo
0551-0016
Para esta instalação recomenda-se a utilização de um suporte aberto (Consultar Fig. 23 Suporte aberto).
1
4
3
2
5
6
7
8
9
Fig. 20 Exemplo com instalação fixa como acelerador de fluxo
Legenda
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Cabeço de amarração de cabo
Suporte do tubo guia
Fixador de ancoragem com gancho para cabo
Aparelho de elevação ABS 5 kN
Tubo guia quadrangular
Suporte aberto
Amortecedor de vibrações
União de tubo
Apoio de chão
PT 0551-G
509
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
5.4.4
Exemplos de instalação SB-KA
0551-0041
Para esta instalação recomenda-se a utilização de um suporte aberto (Consultar Fig. 23 Suporte aberto).
Fig. 21 Exemplo de instalação como acelerador de fluxo para particulas de agregação de biofilme
5.4.5
Instalação fixa com amortecedor de vibrações
Se o agitador for instalado num ponto fixo no reservatório, recomendamos a utilização da base de apoio com
o amortecedor de vibrações. Neste caso é necessário aplicar um outro tubo de secção quadrada como base
de apoio no tubo guia. O amortecedor de vibrações pode ser encomendado para o respectivo agitador; ver a
tabela abaixo:
Atribuição dos amortecedores de vibração
Agitador
N.º de art.
RW 300
6 162 0019
RW 650
6 162 0020 (A50/12, A 60/12), 6 162 0027 (A75/12, A 90/12, A100/12 A 120/12)
RW 900/SB-KA
padrão
0551-0017
RW 400
RW 400/650
RW 900/SB-KA
Fig. 22 Exemplo de instalação fixa com amortecedor de vibrações
510
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
5.5
Suportes RW/SB-KA
0551-0018
Os suportes que podem ser rodados verticalmente (opcional) estão disponíveis na versão aberta ou fechada
para todos os misturadores da série RW300 a RW900/SB-KA.
aberto
fechado
Fig. 23 Suporte aberto/Suporte fechado
Montagem do suporte aberto de inclinação ajustáve (opção)
0551-0022
5.5.1
8 (2x)
9 (2x)
5 (2x)
4 (2x)
10 (2x)
2 (2x)
13 (2x)
10
(2x)
VKT 60
1
7 (2x)
12 (2x)
10 (2x)
2
8 (2x)
9 (2x)
5 (2x)
4 (2x)
10 (2x)
9 (2x)
10 (2x)
9 (2x)
6 (2x)
2
3 (2x)
8 (2x)
5 (2x)
9 (2x)
4 (2x)
VKT 100
3 (2x)
11 (2x)
9 (2x)
10 (2x)
1
4 (2x)
9 (2x)
8 (2x)
5 (2x)
9 (2x)
10 (2x)
Fig. 24 Suporte aberto de inclinação ajustáve
PT 0551-G
511
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
Legende
Suporte
Revestimento
Bucim roscado
Parafuso sextavado Rolo
Patilha
5.5.2
7
8
9
10
11
12
Parafuso de cabeça plana
Tubo
Anilha
Porca sextavada
Parafuso de cabeça cilíndrica
Cavilha, longa
13Encaixe de charneira
Montagem do suporte fechado de inclinação ajustável (opção)
0551-0023
1
2
3
4
5
6
2 (2x)
5 (2x)
9
(2x)
1
VKT 60
2
11 (2x)
4 (2x)
5 (2x)
3 (2x)
4 (2x)
9 (2x)
8 (2x)
6 (2x)
3
10 (2x)
7
5 (2x)
VKT 100
3 (2x)
11 (2x)
8 (2x)
9 (2x)
1
3
4
5
Fig. 25 Suporte fechado de inclinação ajustáve
Legenda
1Suporte7Perno (comprido)
2Revestimento8Anilha
3Rolo9Porca sextavada
4 Perno (curto) 10 Bucim roscado
5 Encaixe de charneira 11 Parafuso de cabeça cilíndrica
6 Patilha
512
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
0551-0024
O agitador deve ficar calibrado com o suporte completo montado, livremente suspenso, de modo a que o suporte
aponte na vertical para baixo (consultar Fig. 26). Para o efeito é necessário deslocar a braçadeira do agitador em
conformidade, para que se possa ajustar a posição inclinada desejada do aparelho (consultar Fig. 26). Garante-se
assim que o agitador, depois de engatado no tubo guia, possa deslizar correctamente para cima e para baixo.
Fig. 26 Calibragem com suporte completamente montado
5.6
Comprimento dos tubos guia (tubo quadrangular) RW/SB-KA
A tabela seguinte mostra o comprimento máximo dos tubos guia, baseando-se na máxima flexão permitida de
1/300 do comprimento do tubo guia. Estes valores foram determinados através do impulso do jacto máximo,
dos RW/SB mais potentes de cada série, de água limpa com um densidade de 1000 kg/m3
0551-0021
0551-0020
L
L
L
0551-0019
Máximo comprimento do tubo guia (L) na instalação dos tubos quadrangulares
com cavaletes de elevação
com cavaletes de elevação
tubo guia com instalação de
Agitador/
de encaixe
em separado
parede adicional
acelerador de
fluxo
RW 300
RW 400
RW 650
RW 900 ≤ 15 kW/
SB-KA ≤ 15 kW
□ 2“ x 3/16“, L ≤ 5 m
□ 60 x 60 x 4, L ≤ 5 m
□ 2“ x 3/16“, L ≤ 5 m
□ 60 x 60 x 4, L ≤ 4 m
□ 100 x 100 x 4, L ≤ 9 m
□ 100 x 100 x 4, L ≤ 5 m
□ 100 x 100 x 6, L ≤ 6 m
□ 100 x 100 x 8, L ≤ 7 m
□ 100 x 100 x 6, L ≤ 5 m
□ 100 x 100 x 10, L ≤ 7 m
RW 900 > 15 kW/SB-KA > 15 kW
PT 0551-G
□ 2“ x 3/16“, L ≤ 5 m
□ 60 x 60 x 4, L ≤ 5 m
□ 2“ x 3/16“, L ≤ 5 m
□ 60 x 60 x 4, L ≤ 5 m
□ 100 x 100 x 4, L ≤ 10 m
□ 100 x 100 x 4, L ≤ 6 m
□ 100 x 100 x 6, L ≤ 7 m
□ 100 x 100 x 8, L ≤ 8 m
□ 100 x 100 x 6, L ≤ 6 m
□ 100 x 100 x 10, L ≤ 7 m
□ 2“ x 3/16“, L ≤ 5 m
□ 60 x 60 x 4, L ≤ 5 m
□ 2“ x 3/16“, L ≤ 5 m
□ 60 x 60 x 4, L ≤ 5 m
□ 100 x 100 x 4, L ≤ 10 m
□ 100 x 100 x 4, L ≤ 6 m
□ 100 x 100 x 4, L ≤ 6 m
□ 100 x 100 x 4, L ≤ 6 m
□ 100 x 100 x 6, L ≤ 6 m
□ 100 x 100 x 6, L ≤ 6 m
Montagem apenas com instalação especial!
513
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
Instalação RCP
5.7.1
Exemplo de instalação com aparelho de elevação ABS
0551-0025
5.7
Fig. 27 Exemplo de instalação com aparelho de elevação ABS 5 kN
514
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
Instalação do tubo guia
m
Devem ser observadas as indicações de segurança nos capítulos antecedentes!
ATENÇÃO
O tubo de pressão, assim como o flange necessário, norma DIN EN 1092-1 PN6 devem ser instalados, por parte da empresa construtora, antes da instalação do tubo
guia. O flange DIN deve ser instalado livre de eixos. Isto significa que os orifícios do
flange se encontram simetricamente ao lado do eixo vertical central do flange. Deve
assegurar-se uma fixação suficiente do flange DIN no betão.
1
4
2
3
0551-0026
5.7.2
9
10
5
6
7
8
Fig. 28 Instalação do tubo guia
• Aplicar o suporte (28/6) no flange DIN (28/9) e aparafusá-lo com os parafusos sextavados (28/7), incluindo as
anilhas elásticas (28/8) e as porcas especiais (28/10).
ATENÇÃO
O bordo de colar achatado da porca especial (28/10) deve apontar para o centro do
flange.
• Determinar a posição do dispositivo de aperto do tubo (28/1) na vertical sobre o suporte (28/6) e montar com
cavilhas de segurança (28/4). Não apertar ainda os parafusos!
• Colocar o tubo guia (28/5) ao lado do cone de encaixe do suporte (28/6) e determinar o comprimento definitivo do tubo guia. Para o efeito, medir até ao canto superior do cone do dispositivo de aperto do tubo (28/1).
• Encurtar o tubo guia (28/5) para o respectivo comprimento e colocar no cone do suporte (22/6).
• Pressionar o dispositivo de aperto do tubo (28/1) no tubo guia (28/5), de modo a que não fique nenhuma folga
no sentido vertical e aparafusar os parafusos sextavados (28/3), incluindo as anilhas elásticas (28/2).
PT 0551-G
515
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
5.7.3
Colocação do cabo de ligação do motor RCP
m
Devem ser observadas as indicações de segurança nos capítulos antecedentes!
As molas de fixação de cabos aqui descritas não fazem parte do âmbito de fornecimento de série do RCP.
0551-0027
NOTA
1
4
2
7
3
1
5
6
Fig. 29 Colocação do cabo de ligação do motor
• Colocar a mola de fixação de cabos (29/2) com a manga de borracha (29/3) ligeiramente acima do RCP, em
volta do cabo de ligação e aparafusar com o parafuso sextavado (29/1).
• Engatar o mosquetão (29/4) na mola de fixação de cabos (29/2) e no cabo de aço ou corrente.
c
Os cabos de ligação devem ser colocados de modo a não poderem chegar à hélice, nem estarem
sujeitos a tracção.
• Montar todas as outras molas de fixação de cabos do mesmo modo. As distâncias podem tornar-se maiores
com o aumento da distância ao RCP.
• Engatar o cabo de ligação, por meio do compensador de tracção (29/7), no gancho para cabos.
c
516
A ligação eléctrica deve ser efectuada de acordo com a alínea 5.8 Ligação eléctrica.
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
5.7.4
Fazer descer o RCP pelo tubo guia
m
Devem ser observadas as indicações de segurança nos capítulos antecedentes!
Engatar o RCP com a guia do tubo, de acordo com o desenho seguinte, no tubo guia e fazer descer até ao
acoplamento, ao mesmo tempo deve-se fazer acompanhar o cabo de ligação do motor.
ATENÇÃO
O cabo de ligação do motor deve ser fixo na corrente ou no cabo de aço limitador de
modo a que não possa chegar à hélice e não esteja sujeito a tracção.
0551-0028
Depois de se descer o RCP deve relaxar-se a corrente ou o cabo de aço limitador.
Fig. 30 Fazer descer o RCP / RCP acoplado
PT 0551-G
517
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
5.8
Ligação eléctrica
m
Devem ser observadas as indicações de segurança nos capítulos antecedentes!
Antes da colocação em funcionamento, deve ser assegurado, por meio de vistorias técnicas, que existem
as medidas de segurança eléctrica necessárias. Ligações à terra, ligações ao neutro, circuitos de protecção
contra corrente de falha etc. têm de estar em conformidade com as normas do fornecedor de energia local e
funcionar em perfeitas condições, de acordo com a vistoria do electrotécnico.
ATENÇÃO
c
Os sistemas condutores de corrente existentes na construção devem estar em conformidade com as normas electrotécnicas (VDE) no que respeita a secção e à perda
máxima de tensão. A tensão indicada na placa de características dos unidades tem
que corresponder à tensão de rede existente.
A ligação da linha de alimentação, bem como dos cabos de ligação do motor aos bornes da instalação de comando, devem ser efectuadas por um técnico de electricidade, de acordo com o esquema
de circuitos da instalação de comando e os esquemas de ligação do motor.
O cabo de potência tem que estar protegido através de um disjuntor adequadamente dimensionado para a
potência nominal da unidade.
Em estações de bombagem / reservatórios deve ser efectuada uma compensação de potencial de acordo com
a norma VDE 0190 (disposições para a inclusão de canalizações, medidas de segurança de instalações de
corrente forte).
Nos unidades com instalações de comando de série, a instalação de comando deverá ser protegida contra
humidade e instalada, numa zona segura contra inundações, em conjunto com uma tomada instalada de modo
regulamentar com contacto de segurança CEE.
ATENÇÃO
O único método de arranque permitido é o que aparece especificado no capítulo 1.6
dos dados técnicos ou na placa de identificação. Caso pretenda utilizar outro método
de arranque, por favor consulte a ABS.
No caso de o quadro de controle não ser fornecido como standard aplica-se o seguinte: A unidade só deve funcionar com uma protecção de motor constituída por
relé de sobrecarga e sensores térmicos ligados.
518
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
Esquemas de ligações standard do motor, domínio da tensão de rede 380 - 420 V a 50 Hz / 460 V a 60 Hz
0551-0031
5.8.1
PE
U2
U1
V2
V1
W2
M3 ~
50 Hz
60 Hz
A 15/6
A 17/6
U1
A 28/6
A 32/6
V1
A 30/8
A 35/8
W1
W1
F0
F1
DI
0551-0032
Fig. 31 (1 cabo de ligação do motor com condutores de comando integrados - conectado no motor, apenas para motor A < 3 kW)
PE
U2
U1
V2
V1
W2
M3 ~
50 Hz
60 Hz
A 40/8
A 46/8
V1
A 50/12
A 60/12
W1
A 75/12
A 90/12
A 110/4
A 120/12
U1
W1
W2
A 130/4
U2
A 170/4
V2
F0
F1
DI
Cabo 1
DI
DI
PE
0551-0033
Fig. 32 (1 cabo de ligação do motor com condutores de comando integrados)
50 Hz
60 Hz
A 100/12
A 250/4
A 150/4
A 220/4
U1
U2
U1
V2
V1
W2
W1
M3 ~
V1
W1
PE
W2
U2
V2
F0
F1
Cabo 2
Fig. 33 (2 cabos de ligação do motor, respectivamente com condutores de comando integrados)
PT 0551-G
519
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
Ocupação dos condutores
Arranque directo, circuito em estrela
L1
L2
L3
Ligação
América do Norte
1
2
3
4&5&6
Sulzer/Alemanha
U1
V1
W1
U2 & V2 & W2
0562-0033
5.8.2
1 U1
3
4 U2
6
5
W2 V2
W1
V1
2
América do Norte
Sulzer/Alemanha
c
L2
L3
-
1; 6
2; 4
3; 5
-
U1; W2
V1; U2
W1; V2
-
6 1
W2
U1
W1
3
5 V2
U2
4
V1 2
O „circuito controlador“ (F1) deve ser electricamente bloqueado através das protecções do motor, a
quitação deve suceder manualmente.
ATENÇÃO
5.8.3
L1
0562-0034
Arranque directo, circuito em triângulo
Os controladores da temperatura, de acordo com as especificações do fabricante, só
podem ser colocados em funcionamento com as capacidades de ruptura especificadas; ver a tabela abaixo:
Tensão de rede...AC/...DC
...500 V ~/...101 V=
Tensão nominal AC
250 V
Corrente nominal AC cos φ = 1,0
2,5 A
Corrente nominal AC cos φ = 0,6
1,6 A
Máx. corrente de comutação perm. IN
5,0 A
Sistema de arranque suave (Opção)
Para os unidades > 15 kW recomendamos a montagem de um sistema de arranque suave (Soft Starter).
Os unidades só podem conectados no tipo de ligação prescrito DOL, em conjunto
com um sistema de arranque suave.
0551-0029
ATENÇÃO
1
Legenda
1 arrancador suave
2 caixa de terminais
3 para quadro de controle
PE
U2
U1
U1
V2
V1
V1
W1
W1
W2
M3 ~
2
3
F0
F1
DI
RW/RCP/SB-KA
Fig. 34 Esquema eléctrico de ligação do motor com sistema de arranque suave (opção)
520
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
0551-0035
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
Fig. 35 Teste e ajuste do sistema de arranque suave
Teste e ajuste do sistema de arranque suave:
ATENÇÃO
Para o 1.º teste, ajustar o potenciómetro na posição C.
Para mais informações, consulte as instruções de instalação e de utilização, do fabricante do sistema de arranque suave, que se encontram em anexo na embalagem.
Teste:
• 1.º teste com ajustes do potenciómetro „C“.
Ajustar:
• Para o menor binário de arranque possível (dentro da margem de ajuste).
• Assim como, para o tempo de arranque mais longo possível (dentro da margem de ajuste possível).
5.8.4
Controlo do sentido da rotação
Na primeira colocação em funcionamento e também em cada novo local de utilização, deverá ser efectuado
um controlo do sentido de rotação por um técnico.
0551-0030
O sentido de rotação está correcto se a hélice (sentido do olhar, ver seta) girar no sentido dos ponteiros do
relógio (para a direita). Isto é válido para todas as versões dos unidades RW e RCP e SB-KA!
Fig. 36 Controlo do sentido da rotação
m
PT 0551-G
Durante o controlo do sentido da rotação, os unidades ABS devem ser protegidos de forma a que
não possam resultar danos para as pessoas causados pelas rodas propulsoras / hélices / rotores em
movimento de rotação e pela corrente de ar ou projecção de peças daí resultantes. Não introduzir as
mãos no sistema hidráulico ou hélice!
521
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
c
m
A alteração do sentido da rotação só pode ser efectuada por um técnico de electricidade.
Durante o controlo do sentido da rotação ou durante a conexão dos unidades ABS, ter em conta o
GOLPE DE ARRANQUE. Este pode ocorrer com uma força considerável!
NOTA
Caso estejam conectados vários unidades numa instalação de comando, deverá verificar-se cada um dos unidades.
ATENÇÃO
A linha de alimentação de rede da instalação de comando tem de ser aplicada com
campo magnético rotativo à direita. Ao conectar os unidades de acordo com o
esquema de ligações e com a designação dos, o sentido de rotação é o correcto.
5.8.5
Alteração do sentido de rotação
m
c
Devem ser observadas as indicações de segurança nos capítulos antecedentes!
A alteração do sentido da rotação só pode ser efectuada por um electrotécnico.
Se o sentido de rotação estiver errado, efectuar a alteração do sentido de rotação trocando duas fases do cabo
de alimentação na instalação de comando. Repetir o controlo do sentido de rotação.
NOTA
522
Com o aparelho de medição do sentido da rotação é controlado o campo magnético
rotativo da linha de alimentação de rede, ou um unidade de alimentação de energia
eléctrica de emergência.
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
5.8.6
Ligação do controlo da estanquidade na instalação de comando
As versões padrão dos unidades estão equipados de série com eléctrodos DI para o controlo da estanquidade. Para integrar o controlo da estanquidade na instalação de comando é necessário um módulo ABS-DI, que
deverá ser ligado de acordo com os esquemas de ligações a seguir apresentados.
M1-
M2+
10
14
6124009
1-8
15/18 11
Eléctrodo
Eléctrodo
X2
Lâmpada 24V 2-5 W
X1
PE
3 (DI)
REDE
M1-
M2+
PE
3 (DI)
REDE
0652-0038
Se a monitorização DI está activa a unidade deve ser imediatamente retirada de serviço. Por favor contacte o seu centro de serviço Sulzer.
0652-0037
ATENÇÃO
Bomba 3
7
15
8
9
11
6124007
6124008
6
Bomba 2
M1-
M2+
PE
3 (DI)
12
Fig. 38 Amplificador com relé para sinal individual
REDE
Eléctrodo
13
0652-0039
Fig. 37 Amplificador com lâmpada de sinalização
9
10
Fig. 39 Amplificador com relé para sinal colectivo
Amplificadores electrónicos para 50 Hz
Amplificadores electrónicos para 60 Hz
110 V
(Art.-Nr.: 6 124 0113)
115 V
(Art.-Nr.: 6 124 0170)
230 V
(Art.-Nr.: 6 124 0114)
230 V
(Art.-Nr.: 6 124 0171)
400 V
(Art.-Nr.: 6 124 0115)
460 V
(Art.-Nr.: 6 124 0172)
440 V
(Art.-Nr.: 6 124 0116)
575 V
(Art.-Nr.: 6 124 0173)
690 V
(Art.-Nr.: 6 124 0127)
ATENÇÃO
PT 0551-G
Máxima carga de contacto no relé : 2 ampere.
523
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
6
Colocação em funcionamento
m
Devem ser observadas as indicações de segurança nos capítulos antecedentes!
Antes da colocação em funcionamento deve verificar-se a unidade e efectuar-se a comprovação do seu funcionamento. Em especial dever verificar-se, se:
• As ligações eléctricas foram feitas de acordo com as normas em vigor?
• O(s) limitador(es) de temperatura/sonda(s) térmica(s) está/estão ligado(s)?
• A monitorização da estanquidade (se existente) está instalada?
• O disjuntor do motor está devidamente ajustado?
• Os cabos de ligação do motor estão instalados de modo regulamentar?
• Os cabos de ligação do motor estão colocados de modo a não poderem ser apanhados pela hélice?
• A sobreposição mínima está correcta? (Consultar alínea 1.7 Pesos e medidas)
Modos de funcionamento
min. H
0551-0034
6.1
min. 0,5 B
B = Largura do tanque; H = Altura da água
Fig. 40 Exemplo de instalação com arejamento
ATENÇÃO A ilustração é apenas um exemplo. Para uma correcta instalação, por favor, contacte
a Sulzer.
ATENÇÃO
Não é permitida a aplicação na área directamente ventilada!
ATENÇÃO
Os unidades devem trabalhar completamente submergidos no líquido. Durante o funcionamento não deve ser aspirado nenhum ar pelas hélices. Deve prestar-se atenção
a um fluxo calmo do líquido. A unidade deve funcionar sem fortes vibrações.
Podem surgir correntes instáveis e vibrações:
• Em caso de forte agitação em depósitos demasiado pequenos. (apenas com RW/SB-KA).
• Em caso de impedimento da livre entrada ou saída na área do anel de fluxo. (apenas com RW) Alterar, a
título de experiência, o sentido de trabalho do agitador.
• Em caso de impedimento da livre afluência ou escoamento na área do anel de entrada. (apenas com RCP).
524
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
7Manutenção
m
Devem ser observadas as indicações de segurança nos capítulos antecedentes!
7.1
Instruções gerais de manutenção
Especialmente deverão ter-se em atenção as Indicações relativas às Manutenção, mencionadas no Parágrafo
3.2 do caderno anexo, „Indicações de Segurança“.
c
Antes da desmontagem e de se iniciar os trabalhos de manutenção, os unidades deverão ser desligados por um electrotécnico da rede eléctrica em todos os pólos e protegidos contra qualquer ligação.
NOTA
As instruções sobre a manutenção aqui indicadas não constituem instruções para reparações a efectuar pelo próprio, uma vez que para tais reparações são necessários
conhecimentos técnicos especializados.
g
A intervenção em unidades protegidos contra explosões apenas podem ser realizadas nas oficinas
técnicas autorizadas / por indivíduos autorizados, utilizando peças originais do fabricante. De contrário, expira a validade do certificado de produto protegido contra explosões.
Agitadores e bombas de recirculação ABS são produtos de qualidade comprovados com cuidadoso controlo
final. Rolamentos de esferas de lubrificação permanente, aliados aos dispositivos de controlo, garantem a melhor aptidão de funcionamento dos unidades, desde que tenham sido conectados e aplicados de acordo com
as instruções de montagem e de serviço.
Caso, ainda assim, ocorra uma avaria, nunca se deverá improvisar uma solução, devendo antes contactar a
representação responsável do serviço de assistência técnica Sulzer.
Isto é válido, em especial , em caso de desactivação repetida através do disjuntor do motor na instalação de
comando, ao actuar o controlo da estanquidade (DI) ou monitorização da temperatura.
ATENÇÃO
Os meios de elevação, tais como correntes e manilhas têm de ser regularmente
(aprox. de 3 em 3 meses) submetidos a um controlo visual, no sentido de detectar
desgaste, corrosão, abrasão, etc., e, se necessário, terão de ser substituídos!
O serviço Sulzer está ao seu dispor para o aconselhar em qualquer tipo de aplicação e para o assistir na resolução dos seus problemas relacionados com o arejamento.
NOTA
A garantia da Sulzer verifica-se no âmbito das cláusulas de fornecimento apenas
quando as reparações tiverem sido executadas por uma representação autorizada do
serviço de assistência Sulzer e se puder provar que fora utilizadas peças de reposição originais ABS.
ATENÇÃO
Para se obter uma longa vida útil, são recomendados e em parte obrigatórios controlos e trabalhos de conservação periódicos (consultar alínea 7.2 Manutenção RW e
RCP e SB-KA).
PT 0551-G
525
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
7.2
Manutenção RW, RCP e SB-KA
m
Devem ser observadas as indicações de segurança nos capítulos antecedentes!
Uma inspecção periódica e manutenção preventiva asseguram um funcionamento seguro. É por isso necessário que, todo a unidade seja sujeito, em períodos regulares, a uma limpeza, manutenção e inspecção minuciosa. Nisto deve prestar-se atenção ao bom estado e segurança de funcionamento de todas as peças do unidade. O período de revisão é estipulado de acordo com as solicitações do unidade. No entanto, o período entre
duas revisões não pode exceder um ano.
Os trabalhos de manutenção e de inspecção devem ser efectuados de acordo com o esquema de inspecção
subsequente. Os trabalhos efectuados devem ser registados na lista em anexo. Em caso de não observação
cessa a garantia do fabricante!
7.2.1
Perturbações de funcionamento
Independentemente dos intervalos de manutenção e de inspecção descritos em seguida 7.3 Intervalos de inspecção e de manutenção para RW, RCP e SB-KA, um controlo do unidade ou da instalação é indicado como
urgente se, durante o funcionamento, p. ex. se formarem fortes vibrações ou se se formar um fluxo instável.
Possíveis causas de avaria:
• Sobreposição mínima insuficiente da hélice RW.
• Entrada de ar na zona da hélice RW.
• Sentido de rotação da hélice não está correcto.
• Hélice está danificada.
• Impedimento da livre entrada ou saída na zona do anel de fluxo RW.
• Impedimento da livre entrada ou saída na zona do cone de entrada RCP.
• Partes da instalação, tais como partes do suporte ou do acoplamento, estão defeituosas ou soltaram-se.
Nestes casos a unidade deve ser imediatamente desligado e inspeccionado. Se não for determinada nenhuma
causa ou se a avaria voltar a ocorrer após a eliminação da suposta causa, a unidade deverá ser imediatamente desligado. O mesmo é válido, também em caso de desactivação repetida através do disjuntor do motor na
instalação de comando, ao actuar o controlo da estanquidade (DI) ou monitorização da temperatura. Em qualquer dos casos deve contactar-se o representante responsável do serviço de assistência Sulzer.
7.3
Intervalos de inspecção e de manutenção para RW, RCP e SB-KA
m
Devem ser observadas as indicações de segurança nos capítulos antecedentes!
PERÍODO:
Prescrito: de 4 em 4 semanas
ACÇÃO:
Limpeza e exame visual ao cabo de ligação do motor.
DESCRIÇÃO:
Uma vez por mês, eventualmente mais vezes, conforme a aplicação (p. ex. em caso de forte
carga do líquido de agitação ou do líquido transportado com fibras e materiais sólidos), é
necessário inpeccionar regularmente o cabo de ligação do motor, libertando-o de eventuais
fibras aderentes (acumulações, entrelaçamentos). Para além disso, os cabos de ligação do
motor devem ser verificados em relação a danos no isolamento do cabo, tais como arranhões, fissuras, bolhas ou esmagamentos.
PROVIDÊNCIA:
Os cabos de ligação e de comando do motor danificados devem, em qualquer caso, ser
substituídos. Dirija-se ao seu representante responsável do serviço de assistência Sulzer.
526
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
PERÍODO:
Recomendação: de 4 em 4 semanas
ACÇÃO:
Controlo do consumo de corrente no amperímetro.
DESCRIÇÃO:
No regime de funcionamento normal o consumo de corrente é constante, oscilações ocasionais da corrente surgem devido à constituição do líquido do agitador ou do líquido transportado).
PROVIDÊNCIA:
Caso seja medido um consumo de corrente constantemente aumentado, deverá dirigir-se ao
representante responsável do serviço de assistência Sulzer.
PERÍODO:
Prescrito: de 3 em 3 meses
ACÇÃO:
Limpeza e exame visual das manilhas, assim como de todos os elementos dos dispositivos
de elevação.
DESCRIÇÃO:
Levantar a unidade para fora do reservatório e limpá-lo em conformidade. Devem verificarse as manilhas e todos os elementos dos dispositivos de elevação em relação a um eventual
desgaste ou danificação.
PROVIDÊNCIA:
As peças danificadas e desgastadas devem, se necessário, ser substituídas. Dirija-se ao
seu representante responsável do serviço de assistência Sulzer.
ACÇÃO:
Exame visual da hélice e do anel SD.
DESCRIÇÃO:
A hélice deve ser inspeccionada com precisão, ela pode apresentar danos de ruptura e
desgastar-se devido a um líquido do agitador ou líquido transportado muito abrasivo ou
agressivo. A formação do fluxo é deste modo negativamente afectada. Isto torna necessário
uma substituição da hélice. O anel SD (anel Solids Deflection) também deve ser verificado.
Se forem observados um forte desgaste, assim como estrias profundas de rodagem no cubo
da hélice, estas peças devem ser substituídas.
PROVIDÊNCIA:
Depois de se terem observado este tipo de danos, deverá dirigir-se ao seu representante
responsável do serviço de assistência Sulzer.
PERÍODO:
Recomendação: de 6 em 6 meses
ACÇÃO:
Verificação da resistência do isolamento.
DESCRIÇÃO:
Todas as 4.000 horas, ou pelo menos uma vez por ano, no âmbito das providências de manutenção, recomenda-se a medição da resistência do isolamento do enrolamento do motor.
Se a resistência do isolamento não for alcançada, pode ter entrado humidade no motor.
PROVIDÊNCIA:
Dirija-se ao seu representante responsável do serviço de assistência Sulzer. A unidade não
pode voltar a ser ligado!
ACÇÃO:
Efectuar uma comprovação do funcionamento dos dispositivos de monitorização.
DESCRIÇÃO:
Todas as 4.000 horas, ou pelo menos uma vez por ano, no âmbito das providências de
manutenção, recomenda-se que efectue uma comprovação do funcionamento em todos
os dispositivos de monitorização. Para estas comprovações do funcionamento, a unidade
deve ter arrefecido até à temperatura ambiente. O cabo de ligação eléctrico do dispositivo
de monitorização deve ser separado no armário de distribuição. As medições devem ser
efectuadas através de um aparelho de medição de resistências (ohmímetro), nas respectivas
extremidades dos cabos.
PROVIDÊNCIA:
Depois de se terem observado defeitos, deverá dirigir-se ao seu representante responsável
do serviço de assistência Sulzer.
PERÍODO:
Recomendação: de 12 em 12 meses
ACÇÃO:
Verificar os parafusos e as porcas em relação ao binário de aperto prescrito.
DESCRIÇÃO:
Por razões de segurança recomenda-se que verifique, uma vez por ano, as ligações aparafusadas em relação a uma boa fixação. Os binários de aperto, em Nm, para diferentes
tamanhos de rosca, são apresentados a seguir.
PROVIDÊNCIA:
Reapertar os parafusos com os binários de aperto prescritos. (ver 5.3).
PT 0551-G
527
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
1.
Fabricante:
Sulzer Pump Solutions Germany GmbH
Scheiderhöher Str. 30-38
D- 53797 Lohmar
2.
Ano de construção:
3.
N.º de série:
4.
Tipo:
5.
Verificação antes da primeira colocação em funcionamento:
Em:
Por:
Verificações periódicas (no min. uma vez por ano)
Data
528
observações
Horas de
funcionamento
Assinatura
Eliminação da avaria
em/por
PT 0551-G
Instrução de montagem e de utilização
RW 300/400/650/900 | RCP 250/400/500/800 | SB 1200 KA
Verificações periódicas (no min. uma vez por ano)
Data
PT 0551-G
observações
Horas de
funcionamento
Assinatura
Eliminação da avaria
em/por
529
I Sulzer Pump Solutions Germany GmbH I Scheiderhöher Straße 30-38, D-53797 Lohmar, Germany I
I Tel. +49 22 46 900 0 I Fax +49 22 46 900 200 I www.sulzer.com I
PT 0551-G
Was this manual useful for you? yes no
Thank you for your participation!

* Your assessment is very important for improving the work of artificial intelligence, which forms the content of this project

Download PDF

advertising