contra capa_190x127mm_com sangria.fm Page 1

contra capa_190x127mm_com sangria.fm Page 1
contra capa_190x127mm_com sangria.fm Page 1 Tuesday, August 11, 2009 4:56 PM
Black process 45,0° 240,0 LPI
Índice
Introdução ...................................... 2
Resumo ......................................... 6
Chaves, portas e vidros ............... 21
Bancos e dispositivos de
segurança .................................... 40
Compartimentos de carga ........... 64
Comandos e controles ................. 69
Luzes ........................................... 99
Conforto e conveniência ............ 106
Sistema de ventilação e ar
condicionado .............................. 124
Condução e operação ............... 131
Cuidados com o veículo ............ 165
Serviços e manutenção ............. 227
Especificações ........................... 238
Garantia ..................................... 246
Informações ao cliente ............... 253
Índice alfabético ......................... 256
2
Introdução
Introdução
Introdução
Quadro de informações do
veículo
Anote as especificações do seu
veículo na página anterior para que
estejam sempre à mão. Estas
informações estão disponíveis nas
seções "Serviços e manutenção"
e "Dados técnicos".
Introdução
Seu veículo foi projetado para ser
uma combinação de tecnologia
avançada, segurança, cuidado com
o meio ambiente e economia.
Este Manual do Proprietário fornece
todas as informações necessárias
para capacitar sua direção com
segurança e eficiência.
Certifique-se de que seus
passageiros conheçam o possível
risco de acidentes e ferimentos que
podem ocorrer devido ao uso
inadequado deste veículo.
Siga sempre as leis e normas
específicas do país em que se
encontra. Essas leis podem diferir
das informações contidas neste
manual.
Recomendamos que leia com
atenção o Certificado de garantia e o
Plano de manutenção preventiva
neste manual.
Quando este Manual do Proprietário
se refere a uma visita à oficina,
recomendamos sua Rede de
Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet.
Toda a Rede de Concessionárias
e Oficinas Autorizadas Chevrolet
fornece serviços de primeira classe.
Mecânicos treinados e experientes
trabalham de acordo com instruções
específicas Chevrolet.
A literatura de bordo encontra-se no
porta-luvas e deve ser mantida à mão
no veículo.
Você poderá conhecer um pouco
mais sobre a GM e os produtos
Chevrolet acessando o site:
www.chevrolet.com.br
3
Como utilizar este manual
■ A seção "Resumo" fornece uma
visão geral resumida sobre alguns
recursos importantes que podem
ou não ser específicos de seu
veículo. Para obter informações
mais detalhadas consulte cada um
dos recursos que podem ser
encontrados mais à frente neste
manual.
■ O índice no final desde manual
e em cada capítulo mostra onde as
informações estão e o ajudará
a procurar informações
específicas.
■ O Manual do Proprietário utiliza as
especificações de fábrica do
veículo.
■ As direções indicadas, por ex.
esquerda, direita ou dianteira,
traseira, sempre se relacionam ao
sentido de condução.
■ Dependendo da variação do
modelo, da variação para o país,
dos equipamentos e acessórios
especiais integrados, a gama de
4
Introdução
equipamentos em seu veículo pode
diferir dos itens mencionados no
Manual do Proprietário.
■ As mensagens exibidas
e classificações internas estão
escritas em negrito.
Perigo, atenção e cuidado
Algumas informações neste manual
são exibidas em destaque, pois são
muito importantes.
9 Perigo
Texto com a marca 9 Perigo
fornece informações sobre risco
de ferimentos fatais.
A inobservância dessas
informações pode colocar a vida
em perigo.
9 Atenção
O texto marcado com 9 Atenção
fornece informações sobre risco
de acidente ou ferimento.
A inobservância dessas
informações pode causar
ferimentos.
Cuidado
Texto com a marca Cuidado
fornece informações sobre danos
possíveis ao veículo.
A inobservância dessas
informações pode causar danos
ao veículo.
Este símbolo indica um procedimento
proibido que pode causar ferimentos
ou danos ao veículo.
Introdução
5
6
Resumo
Resumo
Destravamento das portas
Ajuste do banco
Bancos elétricos
Informações básicas de
condução
Pressione c para destravar a porta do
motorista. Pressione novamente em
um intervalo de cinco segundos para
destravar todas as outras portas.
Pressione e solte x para abrir
o porta-malas.
Mova o banco para frente ou para trás
movendo o interruptor de controle
para frente ou para trás.
Levante ou abaixe a parte dianteira
ou traseira do banco movendo
a extremidade do interruptor de
controle para cima ou para baixo.
Resumo
7
Encostos reclináveis elétricos
Ajuste lombar elétrico
Bancos dianteiros aquecidos
O banco do motorista possui um
encosto reclinável elétrico.
Para levantar ou reclinar o encosto,
mova a parte superior do interruptor
de controle para frente ou para trás.
Pressione a parte dianteira A ou
traseira B do interruptor de controle
para aumentar ou diminuir o apoio
lombar.
Pressione a parte superior do
interruptor para ligar o aquecimento
do banco em temperatura alta (2).
A luz indicadora 2 acenderá.
Pressione novamente a parte
superior do interruptor para ligar
o aquecimento do banco em
temperatura baixa (1). A luz
indicadora 1 acenderá.
Pressione a parte inferior do
interruptor para desligar a função.
A função de aquecimento dos bancos
também desligará quando a ignição
for desligada.
8
Resumo
Ajuste do apoio de cabeça
Cinto de segurança
Ajuste do espelho
Espelho retrovisor interno
Puxe os apoios de cabeça para cima
para levantá-los. Para abaixá-los,
pressione o botão (seta), localizado
na parte superior do encosto do
banco e pressione o apoio de cabeça
para baixo.
Para certificar-se de que o apoio de
cabeça está travado na posição,
pressione-o para baixo após soltar
o botão.
Puxe o cinto de segurança
e encaixe-o na fivela. O cinto de
segurança não deve estar torcido
e deve estar ajustado ao corpo.
O encosto do banco não deve estar
demasiado inclinado para trás.
Para liberar o cinto, pressione o botão
vermelho na fivela do cinto.
Segure o espelho retrovisor interno
no centro e mova-o para ajustá-lo
à melhor visão traseira.
Espelho retrovisor eletrocrômico
O veículo possui um espelho
retrovisor eletrocrômico interno.
O antiofuscamento automático reduz
o brilho de faróis vindos da traseira do
veículo. Sempre que o veículo
é ligado, a função de redução de
Resumo
intensidade e a luz indicadora no
espelho retrovisor interno são
acionadas automaticamente.
m (On/Off)(Liga/Desliga) : Pressione
para ligar ou desligar o recurso
antiofuscamento.
Espelho retrovisor externo
O controle dos espelhos retrovisores
externos localiza-se no apoio de
braço da porta do motorista.
Para ajustar os espelhos externos:
1. Mova o seletor localizado abaixo
do interruptor de quatro vias para
a esquerda ou direita, para
selecionar o espelho
correspondente.
2. Use o interruptor de quatro vias
para mover o espelho na direção
desejada.
9
Mantenha o seletor na posição
central quando não estiver ajustando
os espelhos externos.
10
Resumo
Ajuste de posição do
volante
Destrave puxando a alavanca (seta)
para baixo, regule o volante e, em
seguida, retorne a alavanca na
posição original e certifique-se de
que esteja totalmente travada.
Regule o volante apenas quando
o veículo estiver parado e com
a alavanca de ajuste da coluna de
direção destravada.
Resumo
11
12
Resumo
Visão geral do painel de
instrumentos
M
A
B
N
O
C
D
E
F
G
H
I
J
K
L
Difusores de ar ................... 129
Lampejador do farol alto .... 101
Sinalizadores de direção . . . 101
Alavanca de câmbio .......... 152
Painel de instrumentos ........ 70
Limpador/lavador do
para-brisa .............................. 73
Porta-objetos no painel
central .................................. 65
Rádio .................................. 107
Controle de iluminação do
painel de instrumentos ....... 103
Porta-objetos do painel de
instrumentos ........................ 64
Alavanca de
destravamento do capô ..... 170
Interruptor do farol de
neblina ............................... 102
Controle de velocidade de
cruzeiro ................................ 72
Controles do Centro de
informações ao motorista ..... 88
P
Q
R
S
T
U
V
X
Ajuste de posição do
volante (não aparece
nesta figura) ......................... 71
Buzina .................................. 72
Controles de áudio no
volante ................................. 72
Interruptor da ignição ......... 145
Sistema de ventilação e ar
condicionado ...................... 124
Sinalizador de advertência
(pisca-alerta) ...................... 101
Alavanca de mudança ....... 151
Porta-objetos no painel
central .................................. 65
Indicador de condição do
airbag do passageiro ........... 80
Lembrete do cinto de
segurança do passageiro .... 79
Botão do controle de
tração ................................. 157
Porta-luvas ........................... 64
Iluminação interna
Luzes internas
As luzes internas acendem quando
qualquer porta é aberta.
Elas apagam depois que todas as
portas estiverem fechadas.
Para acender as luzes internas
manualmente, gire totalmente
o botão de iluminação no painel de
instrumentos, localizado do lado
esquerdo da coluna de direção, no
sentido horário. As luzes internas
permanecerão acesas não
importando se as portas estão
abertas ou fechadas.
Lâmpadas de leitura
As lâmpadas de leitura dianteiras se
localizam no console de teto
dianteiro. As lâmpadas de leitura
traseiras estão junto à luz do teto,
próximas dos bancos traseiros.
Pressione as lentes para acender
e apagar as lâmpadas, enquanto as
portas estiverem fechadas.
Resumo
Luzes externas
m : Gire a extremidade da alavanca
para esta posição para ligar ou
desligar manualmente o controle
automático da lâmpada (o interruptor
retorna automaticamente).
AUTO : Dependendo das condições
externas de iluminação acende
automaticamente os faróis, luzes de
estacionamento, lanternas e luzes
laterais.
8 : Operação manual das luzes de
estacionamento, lanternas e luzes
laterais.
9 : Operação manual dos faróis,
luzes de estacionamento, lanternas
e luzes laterais.
13
Lampejador de farol alto, farol
alto e farol baixo
Lampejador
do farol alto
Farol alto
Farol baixo
= Puxe a alavanca
= Empurre
a alavanca
= Alavanca na
posição central
14
Resumo
Sinalizadores de direção
Direita
= Alavanca para cima
Esquerda = Alavanca para baixo
Sinalizador de advertência
(pisca-alerta)
Para ligar/desligar pressione
o interruptor ¨.
Buzina
Pressione próximo ou sobre os
símbolos de buzina j na cobertura
do volante para acioná-la.
Resumo
Limpadores e lavadores
dos vidros
Limpador do para-brisa
Lavador do para-brisa
Pressione o botão n (na
extremidade da alavanca) até que os
lavadores comecem a pulverizar.
Levante ou abaixe a alavanca do
limpador para as posições:
2 = Use para um ciclo de limpeza.
§ = Desliga os limpadores.
P = Para funcionamento
intermitente ou sensível
à velocidade. Enquanto
permanece nesta posição,
gire ◀P para variar
a frequência.
1 = Limpadores lentos.
7 = Limpadores rápidos.
15
16
Resumo
Sistema de ventilação e ar condicionado
Sistema automático de ventilação e ar condicionado
Resumo
A.
B.
C.
D.
E.
F.
G.
H.
I.
Controle do ventilador
Ar condicionado
Recirculação de ar
Entrada de ar externo
Desembaçador do vidro traseiro
e espelhos aquecidos
Controle do modo de distribuição
de ar
Visor
Controle de temperatura
Sensor de temperatura
17
Transmissão
Alavanca de mudança
P
R
N
D
Ao dirigir no modo manual, pressione
a alavanca de mudança ✚ localizada
na parte superior dos controles do
volante para frente para trocar para
uma marcha superior ou puxe
a alavanca para trás para reduzir
a marcha.
=
=
=
=
Estacionamento.
Marcha a ré.
Neutral (Ponto morto)
Posição de condução normal.
Fornece a melhor economia de
combustível
M = Esta posição permite a troca de
marchas de modo similar
a uma transmissão manual.
18
Resumo
Partida do motor
Partida do motor
Antes de dar partida no motor,
verifique
■ Pressão e estado dos pneus.
■ Nível do óleo do motor e níveis dos
fluidos.
■ Se todos os vidros, espelhos, luzes
externas e placa de licença estão
sem sujeira e se estão
funcionando.
■ Posição apropriada dos espelhos,
bancos e cintos de segurança.
O (PARTIDA) : Esta posição liga
o motor.
Estacionamento
J (Trava/DESLIGADO) : Esta
posição trava a ignição e ativa
o sistema de imobilização do motor.
ACC (ACC/ACESSÓRIOS) : Esta
posição permite o uso do rádio
e limpadores de para-brisa enquanto
o motor não está funcionando.
I (LIGADO/FUNCIONANDO) : Esta
posição pode ser usada para operar
os acessórios elétricos e para
mostrar algumas luzes de
advertência do painel de
instrumentos.
■ Sempre aplique o freio de
estacionamento.
■ Mude para P (Park)(Estacionar)
■ Desligue o motor e remova
a chave. Não acelere antes de
desligar o motor.
■ Se estacionar virado para baixo em
uma ladeira, esterce as rodas de
modo que a parte dianteira do pneu
fique voltada para a calçada. Se
estacionar virado para cima em
uma ladeira, esterce as rodas de
modo que a parte traseira do pneu
fique voltada para a calçada.
■ Feche todas as portas, vidros
e difusores de ar.
■ Não estacione o veículo sobre uma
superfície facilmente inflamável.
A alta temperatura do sistema de
escapamento pode incendiar
a superfície.
Resumo
■ Os ventiladores do motor podem
funcionar depois do motor ser
desligado.
19
20
Resumo
Recursos notáveis
Sistema de monitoramento
da pressão dos pneus
O monitoramento da pressão dos
pneus alerta quando ocorre uma
diminuição significativa em um ou
mais pneus acendendo a luz de
advertência de pressão do pneu
baixa A no painel de instrumentos.
Chaves, portas e vidros
Chaves, portas
e vidros
Chaves e travas
Chaves
Uma única chave é usada para todas
as fechaduras do veículo e para
a ignição. São fornecidas duas
chaves, uma delas como reserva.
A chave reserva não deve ser
mantida no veículo e sim em um lugar
seguro. Isto impedirá que outras
pessoas obtenham uma cópia da
chave. A solicitação de substituição
da chave, em caso de perda, só será
possível com o código de
identificação da chave no
INFOCARD ou na etiqueta da chave
reserva. A utilização da chave
adquirida na Rede de
Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet assegura que
o sistema de imobilização funcione
corretamente.
21
9 Atenção
Nunca deixe a chave no veículo
quando houver crianças dentro
dele. Deixar crianças pequenas
dentro do veículo com a chave na
ignição pode ser perigoso sob
diversos aspectos. As crianças ou
outras pessoas podem sofrer
ferimentos sérios ou até mesmo
morrer. As chaves permitirão que
os vidros elétricos e outros
controles funcionem, ou até
mesmo que o veículo se
movimente.
22
Chaves, portas e vidros
Nota
Se for necessário manter a chave na
ignição depois que o motor for
desligado, a chave deverá ser
removida do contato e ser
introduzida outra vez, para evitar
que o circuito eletrônico do veículo
consuma corrente. Esse consumo
poderá descarregar a bateria.
Quando uma porta for aberta,
o sistema eletrônico emitirá um som
audível para lembrar o motorista
que o procedimento descrito acima
não foi executado.
INFOCARD
O INFOCARD é um cartão, fornecido
com o veículo, que contém uma
senha. Ele inclui os seguintes
códigos que são essenciais no caso
de reparos:
■ Número de identificação do veículo
(VIN)
■ Chave
Controle remoto
9 Atenção
Não deixe o Infocard no veículo,
mas tenha-o disponível ao
consultar a Rede de
Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet.
Usado para operar:
■ Sistema central de travamento.
■ Sistema de alarme antifurto
■ Compartimento de carga
■ Partida remota do motor
O controle remoto possui um alcance
de aproximadamente 60 m. Este
alcance pode ser afetado por
influências externas. O sinalizador de
advertência (pisca-alerta) confirma
a operação.
Chaves, portas e vidros
Manuseie com cuidado, proteja
contra umidade e altas temperaturas
e evite o acionamento
desnecessário.
Botões
O
e
c
s
U
=
=
=
=
=
Partida remota do motor.
Travamento.
Destravamento.
Interruptor do porta-malas
Localizador do veículo /
Alarme de pânico.
Para travar:
Pressione o botão e:
■ As luzes indicadoras dos
sinalizadores de direção piscam,
confirmando ativação (se a opção
"LIGHT FLASH" (PISCAR LUZES)
estiver ON (LIGADA) no painel).
■ As portas travarão e o alarme será
ativado.
■ A buzina soará uma vez (se
a opção "LOCK HORN" (BUZINA
DE TRAVAMENTO) estiver ON
(LIGADA) no painel).
■ As luzes de cortesia apagarão.
Para destravar:
Pressione o botão c:
■ As luzes indicadoras dos
sinalizadores de direção piscam ao
confirmar o acionamento.
■ A porta do motorista ou todas as
portas ou nenhuma porta será
destravada (dependendo da opção
selecionada em "AUTO UNLK"
(DESTRAVAMENTO
AUTOMÁTICO) no painel).
■ A buzina soará duas vezes (se
a opção "UNLOCK HORN"
(BUZINA DE DESTRAVAMENTO)
estiver ON (LIGADA) no painel).
■ O sistema de alarme antifurto será
desativado.
■ A luz de cortesia acenderá durante
alguns segundos.
■ As luzes externas acenderão por
alguns instantes (se a opção "EXT
LIGHT" (LUZES EXTERNAS)
estiver ON (LIGADA) no painel).
23
Partida remota do motor
Quando estiver fora do veículo
pressione e solte o botão de trava e,
então pressione imediatamente
e segure o botão de partida remota
O durante alguns segundos até que
o motor ligue. Pressione o botão de
partida remota O novamente para
desligar o motor.
Trava
Pressione o botão e para travar todas
as portas.
Destrava
Pressione c uma vez para destravar
a porta do motorista e desarmar
o sistema antifurto. Pressione
novamente em um intervalo de cinco
segundos para destravar todas as
outras portas.
Interruptor do porta-malas
Pressione para destravar o porta-malas. O porta-malas só pode ser
aberto com a transmissão em
P (Park)(Estacionamento) ou quando
a ignição está desligada.
24
Chaves, portas e vidros
Localizador do veículo / Alarme de
pânico
Pressione e solte para localizar
o veículo. A buzina soará três vezes
e os faróis e as luzes indicadoras dos
sinalizadores de direção piscarão
três vezes.
Pressione e segure o botão
localizador do veículo / alarme de
pânico durante aproximadamente
três segundos para iniciar o alarme
de pânico. A buzina soará, os faróis
e as luzes indicadoras dos
sinalizadores de direção piscarão
durante 30 segundos. Pressione
novamente o botão localizador do
veículo / alarme de pânico para
cancelar o alarme de pânico.
Substituição da bateria do
controle remoto
Substitua a bateria se a mensagem
KEY FOB BATT LOW (BATERIA DO
CONTROLE REMOTO FRACA) for
exibida no Centro de informações ao
motorista.
Nota
Ao trocar a bateria, não toque em
nenhum dos circuitos do controle
remoto. A estática de seu corpo
poderá danificar o controle remoto.
3. Insira a bateria nova, o lado
positivo voltado para cima.
Substitua por uma bateria
CR2032 ou equivalente.
4. Feche novamente o controle
remoto.
Programação de controles
remotos para o veículo
Para substituir a bateria:
1. Separe o controle remoto com um
objeto fino e chato inserido na
ranhura na lateral.
2. remova a bateria antiga. Não use
um objeto de metal.
Somente Controles remotos
programados para o veículo
funcionarão. Caso um controle
remoto seja perdido ou roubado,
poderá ser adquirido e programado
um substituto em sua Concessionária
ou Oficina Autorizada Chevrolet.
Todos os outros controles remotos
remanescentes também deverão ser
programados quando um controle
remoto substituto for programado
para o veículo. Qualquer controle
remoto perdido ou roubado não
funcionará mais depois que
o controle remoto novo for
programado.
Chaves, portas e vidros
Nota
Este equipamento opera em caráter
secundário, ou seja, não tem
proteção contra interferência
nociva, mesmo de estações do
mesmo tipo, e não pode causar
interferência em sistemas que
funcionem em caráter primário.
Partida remota do motor
Este veículo possui uma função de
partida remota que permite dar
a partida no motor estando fora do
veículo. Também é possível ligar os
sistemas de aquecimento e ar
condicionado do veículo e o
desembaçador do vidro traseiro.
Quando o sistema de partida remota
é acionado, o sistema automático de
ventilação e ar condicionado regulará
automaticamente a temperatura
interna. A operação normal desses
sistemas será retomada após
a chave de ignição ser colocada em
I ON/RUN (Ligado/funcionando).
Não use a função de partida remota
se o veículo estiver com pouco
combustível. O veículo pode ficar
completamente sem combustível.
Operação da partida remota do
motor
25
1. Aponte o controle remoto na
direção do veículo.
2. Aperte e solte o botão e da trava
do controle remoto, mesmo se as
portas do veículo já estiverem
travadas, e imediatamente aperte
e segure o botão O da chave de
partida remota do controle
remoto, até que as luzes
indicadoras dos sinalizadores de
direção pisquem e o motor
comece a funcionar. O intervalo
entre apertar o botão e da trava
do controle remoto e o botão da
partida remota O não pode
ultrapassar 5 segundos, senão
o sistema de partida remota do
motor não será acionado e será
necessário repetir
o procedimento.
Ao apertar-se o botão de partida
remota O novamente após dar
a partida no motor, a ignição
é desligada.
26
Chaves, portas e vidros
Nota
Quando o veículo dá a partida, as
luzes de estacionamento e as luzes
laterais se acendem e permanecem
acesas enquanto o motor está em
funcionamento.
3. Caso esta seja a primeira partida
remota desde o veículo ter sido
dirigido, repita os passos
anteriores com o motor ainda em
funcionamento para estender seu
funcionamento por 10 minutos.
Nota
■ O motor desligará
automaticamente após
10 minutos, a menos que uma
extensão de tempo tenha sido
feita ou que a chave seja colocada
no contato e em I ON/RUN
(Ligado/Funcionando).
■ Pode-se estender o tempo de
funcionamento da partida remota
apenas uma vez, e apenas após
a primeira partida remota.
4. Após entrar no veículo durante
uma partida remota, coloque
a chave no contato e vire-a até
I ON/RUN (Ligado/funcionando)
para dirigir o veículo.
A função de partida remota permite
duas partidas alternadas por ciclo de
ignição, cada qual com 10 minutos de
funcionamento do motor, ou uma
partida e uma extensão de tempo.
Para conseguir duas partidas
alternadas de 10 minutos,
é necessário que a primeira partida
expire ou seja cancelada.
Desligamento manual de uma
partida remota
Para desligar a partida remota
manualmente enquanto o motor está
ligado, faça qualquer uma das
seguintes ações:
■ Aponte o controle remoto na
direção do veículo e aperte e solte
o botão de partida remota.
■ Ligue o sinalizador de advertência
(pisca-alerta).
■ Gire a chave no contato, tirando-a
da posição JLOCK/OFF (Trava/
Desligado), e depois e retornando
à mesma posição.
As luzes de estacionamento se
desligam para indicar que o motor
está desligado.
A partida remota do motor não
funciona
Após a partida remota ter sido
realizada duas vezes, ou uma vez
com extensão de tempo, deve-se
girar a chave de ignição do veículo
até a posição ON/RUN (Ligado/
funcionando) manualmente antes
que seja possível utilizar
o procedimento de partida remota.
A função de partida remota não
funcionará se qualquer uma das
seguintes situações ocorrer:
■ O sistema de partida remota
é desabilitado por meio do Centro
de informações ao motorista.
■ A chave do veículo está no contato.
■ O capô do veículo está aberto.
Chaves, portas e vidros
■ O sinalizador de advertência
(pisca-alerta) está aceso.
■ A luz indicadora de funcionamento
incorreto está acesa.
■ A temperatura do líquido de
arrefecimento do motor está alta
demais.
■ A pressão do óleo está baixa.
■ Duas partidas remotas do veículo
ou uma partida remota com
extensão de tempo já foram
realizadas no ciclo de ignição atual.
Pode-se habilitar ou desabilitar
o sistema através do Centro de
informações ao motorista.
■ Itens do menu do centro de
informações ao motorista
■ Personalização dos itens do menu
Usando o controle remoto
Travas das portas
As portas podem ser travadas
e destravadas pelo controle remoto,
pela chave, usando o pino de
travamento de cada porta ou pelo
sistema central de travamento.
Usando o pino de travamento
Para travar todas as portas:
■ Pressione o botão e.
Para destravar apenas a porta do
motorista:
■ Pressione o botão c.
Para destravar todas as portas:
■ Pressione o botão c: duas vezes.
Configurações de
memória
As configurações são armazenadas
automaticamente ao remover
a chave da ignição:
■ Sistema de ar condicionado (liga/
desliga, temperatura do ar
e velocidade do ventilador)
■ Circulação de ar interna
27
Usando a chave
Para travar a porta, abaixe o pino;
para destravar, levante-o.
Para travar todas as portas:
■ Com a chave no cilindro da
fechadura, gire-a no sentido
horário para trancar a porta do
28
Chaves, portas e vidros
motorista. Para travar todas as
outras portas, abaixe o pino de
travamento de cada uma.
Para destravar:
■ Com a chave no cilindro da
fechadura, gire-a no sentido
anti-horário para destrancar a porta
do motorista. Para destravar todas
as outras portas, levante o pino de
travamento de cada uma.
Sistema central de
travamento
Travamento (somente das
portas dianteiras)
Para travar por dentro, pressione
o botão de travamento e ao lado da
maçaneta no painel das portas
dianteiras ou pressione o pino em
cada porta para travá-la.
Destravamento (somente das
portas dianteiras)
Para destravar por dentro, pressione
o botão de destravamento c ao lado
da maçaneta no painel das portas
dianteiras ou levante o pino em cada
porta para destravá-la.
9 Atenção
Portas destravadas podem ser
perigosas.
■ Os passageiros, principalmente
crianças, podem facilmente
abrir as portas e cair do veículo
em movimento. Quando uma
porta está travada, a maçaneta
não a abrirá. A probabilidade de
ser lançado para fora do veículo
em uma colisão aumenta se as
portas não estão travadas.
Portanto, todos os passageiros
devem usar corretamente os
cintos de segurança, e deve-se
manter as portas travadas
sempre que o veículo estiver
sendo dirigido.
■ Crianças pequenas que entram
em um veículo aberto podem
não conseguir sair. A criança
pode se asfixiar devido ao calor
extremo, sofrendo lesões
permanentes ou mesmo
a morte. Sempre tranque
o veículo ao deixá-lo.
■ Alguém que está do lado de fora
do veículo pode facilmente
entrar por meio de uma porta
destravada quando você reduz
ou para o veículo. Travar as
portas pode ajudar a evitar que
isso aconteça.
Chaves, portas e vidros
Advertência de porta
entreaberta
Caso uma das portas não esteja
completamente fechada, uma
campainha soará e a mensagem
DOOR AJAR (Porta entreaberta)
será exibida. Isso acontece quando
a ignição está ligada e a alavanca de
câmbio sai da posição P (Park,
Estacionamento) ou N (Neutral,
Ponto morto).
Travamento temporizado
Esta função retarda o travamento das
portas e o acionamento do sistema
antifurto por cinco segundos quando
o veículo é trancado pelo botão do
sistema central de travamento das
portas ou pelo controle remoto (com
todas as portas fechadas).
Caso alguma porta esteja aberta no
momento de trancar o veículo, uma
campainha sonora soará por três
vezes consecutivas, indicando que
a função de travamento temporizado
está ativada. Cinco segundos após
o fechamento da última porta, todas
as portas se travarão.
Para cancelar o travamento
temporizado e travar as portas
imediatamente, aperte o botão para
travar no controle remoto ou pelo
botão do sistema central de
travamento das portas novamente.
O sistema antifurto se armará após
30 segundos.
Travas automáticas de
portas
Travamento
O veículo está programado para
travar todas as portas
automaticamente quando as
situações abaixo forem atendidas:
■ Todas as portas estão fechadas.
■ A ignição está ligada.
■ O veículo não está em P (Park)
(Estacionamento).
Este recurso não pode ser
desabilitado.
29
Destravamento
Todas as portas destravarão quando
o veículo for colocado em P (Park)
(Estacionamento).
A função de destravamento elétrico
das portas pode ser programada por
meio do Centro de informações ao
motorista.
Travas de segurança
O veículo possui travas de segurança
nas portas traseiras para evitar que
os passageiros as abram por dentro.
30
Chaves, portas e vidros
Abra as portas traseiras para acessar
as travas de segurança na borda
interna de cada porta. Para ajustar as
travas, insira a chave na ranhura
e gire-a para a posição horizontal (na
direção da seta). A porta só poderá
ser aberta por fora e com a porta
destravada. Para retornar ao
funcionamento normal, gire a ranhura
para a posição vertical.
Portas
Alça do porta-malas
Compartimento de carga
Abertura remota do
porta-malas
Além do botão de abertura do
porta-malas no controle remoto,
existe um botão de abertura
remota s localizado na porta do
motorista próximo ao porta-mapas.
O porta-malas só pode ser aberto
quando o veículo está em
P (Estacionamento) ou a ignição está
desligada.
Use a alça apenas para ajudar no
fechamento do porta-malas.
A mensagem TRUNK AJAR
(PORTA-MALAS ENTREABERTO)
aparecerá se o porta-malas não
estiver bem fechado.
Nota
Não é recomendado usar a alça do
porta-malas como ponto de
amarração ou âncora para prender
objetos no porta-malas. Use a alça
somente para auxiliar no
fechamento da tampa do portamalas.
Chaves, portas e vidros
Sistema antifurto
Cuidado
Sistema de travamento
antifurto
Ao fechar o porta-malas com
a alça, faça-o lentamente e solte
a alça quando a porta atingir
metade de seu curso de
fechamento.
Seu veículo possui um sistema de
alarme antifurto.
9 Atenção
Maçaneta de emergência para
abertura do porta-malas
Existe uma maçaneta de emergência
para abertura do porta-malas que
pode ser utilizada para abrir o mesmo
em emergências, ela se localiza no
interior do porta-malas próxima da
trava da tampa.
Existe uma maçaneta fosforescente
que brilha no escuro após
a exposição à luz.
31
Não use o sistema se houver
pessoas no interior do veículo!
Puxe a maçaneta de emergência
para abrir o porta-malas por dentro.
Nota
Não use a maçaneta de abertura de
emergência do porta-malas como
ponto de amarração ou âncora para
prender objetos no porta-malas pois
isso pode danificá-la. A maçaneta
de abertura de emergência do portamalas é projetada apenas para
auxiliar uma pessoa presa no portamalas, permitindo a ela abrir
o porta-malas por dentro.
Como armar o sistema
Com a ignição desligada, pressione
o botão de travamento do controle
remoto para armar o sistema.
O sistema se armará 30 segundos
após o fechamento de todas as
portas ou 60 segundos com qualquer
porta aberta. Caso pressione o botão
de travamento no controle remoto
uma segunda vez enquanto todas as
portas estiverem fechadas, o sistema
se armará imediatamente. Porém
mesmo acionando-se o botão uma
segunda vez o sistema se armará
32
Chaves, portas e vidros
após 60 segundos caso uma porta
esteja aberta. Quando a porta for
fechada, o sistema se armará.
A luz do imobilizador o, localizada no
painel de instrumentos, se acenderá
para indicar que o sistema foi
armado. Uma vez armado, a luz do
imobilizador o pisca uma vez a cada
três segundos.
Se a luz do imobilizador o estiver
piscando duas vezes por segundo
significa que uma porta está aberta.
O alarme será acionado se o sistema
estiver armado e a porta do motorista
foi aberta com o auxílio da chave.
Caso qualquer porta seja aberta
enquanto o sistema está armado,
o alarme soará e as luzes externas
piscarão.
Caso não deseje ativar o sistema de
travamento antifurto, trave a porta do
passageiro dianteira e as portas
traseiras por meio do botão de
travamento central, localizado nas
portas dianteiras, e depois trave
a porta do motorista com a chave.
Como desarmar o sistema
Para desarmar o sistema, realize um
dos procedimentos abaixo:
■ Pressione o botão de
destravamento do controle remoto.
■ Gire a ignição para I ON/RUN
(LIGADO/FUNCIONANDO).
A luz do imobilizador o parará de
piscar assim que o sistema estiver
desarmado.
Como a sirene de alarme
é acionada
Para acionar o sistema caso esteja
armado:
■ A porta do motorista está aberta.
Soará um pré-alarme de dez
segundos seguido por um alarme
completo de buzina e luzes de
30 segundos.
■ Qualquer outra porta está aberta.
Imediatamente soará um alarme
completo de buzina e luzes durante
30 segundos.
■ O capô está aberto. Isto ativará
o alarme completo.
O sistema se rearmará
automaticamente após 30 segundos
com o alarme ativado.
Como desligar a sirene de
alarme
Para desligar o sistema de alarme:
■ Pressione o botão de
destravamento no controle remoto.
Isto também desarmará o sistema.
■ Pressione o botão de travamento
no controle remoto. O sistema irá
rearmar.
■ Insira a chave na ignição e ligue-a.
Isto também desarmará o sistema.
Como detectar se o alarme
disparou anteriormente
Caso sejam ouvidos três bipes
quando for pressionado o botão c
destravar ou e travar no controle
remoto, significa que o alarme do
sistema antifurto disparou
anteriormente.
Chaves, portas e vidros
Imobilizador
Este veículo possui um sistema
antifurto passivo.
O sistema não precisa ser armado ou
desarmado manualmente.
O sistema é armado
automaticamente quando a chave
é removida da ignição.
Este sistema é totalmente
desarmado quando o veículo é ligado
com a chave correta. A chave utiliza
um transponder que corresponde
a uma unidade de controle do
imobilizador no veículo e desarma
automaticamente o sistema.
Somente a chave certa liga o veículo.
O veículo poderá não ligar se a chave
estiver danificada.
A luz indicadora do imobilizador o,
localizada no painel de instrumentos,
acende caso exista algum problema
para armar ou desarmar o sistema
antifurto. Ao tentar dar a partida no
veículo, a luz do imobilizador acende
rapidamente quando a ignição
é ligada. Se o motor não ligar e a luz
indicadora do imobilizador
permanecer acesa, existe um
problema no sistema. Desligue
a ignição e tente novamente.
Se ainda assim o motor não ligar e a
chave não parecer danificada, tente
com a chave reserva.
Se o motor não ligar com a outra
chave, então o veículo necessitará de
reparos. Para reparos do sistema
antifurto e para uma chave nova,
consulte a Concessionária ou Oficina
Autorizada.
33
Nota
Este equipamento opera em caráter
secundário, ou seja, não tem
proteção contra interferência
nociva, mesmo de estações do
mesmo tipo, e não pode causar
interferência em sistemas que
funcionem em caráter primário.
34
Chaves, portas e vidros
Espelhos externos
Espelhos elétricos
2. Pressione uma das quatro setas
localizadas no interruptor de
controle para mover o espelho na
direção desejada.
3. Regule cada espelho externo de
modo que seja visível uma
pequena parte do veículo e a área
atrás dele.
Mantenha o seletor na posição
central quando não estiver regulando
os espelhos externos.
Espelhos escamoteáveis
9 Atenção
Os controles dos espelhos externos
localizam-se no apoio de braço da
porta do motorista.
Para ajustar os espelhos:
1. Mova o seletor localizado abaixo
do controle de quatro vias para
a esquerda ou para a direita para
escolher entre o espelho do lado
do motorista ou do passageiro.
Ajuste sempre os espelhos
retrovisores antes de dirigir
o veículo, e mova o espelho para
uma vista mais clara e confortável
da parte traseira de seu veículo.
É aconselhável ajustar o espelho
externo de modo que um pouco do
veículo e a área atrás dele
possam ser vistos.
Os espelhos retrovisores externos
podem ser dobrados na direção
mostrada na figura, este recurso foi
projetado para a proteção de
pedestres em caso de colisão e para
evitar danos ao passar por lavagens
de carros automáticas. Os espelhos
também podem ser movimentados
manualmente para reduzir a largura
total do veículo e também para evitar
danos quando o veículo estiver
estacionado.
Chaves, portas e vidros
9 Atenção
Empurre o espelho para retorná-lo
à posição original antes de dirigir
o veículo.
Espelhos aquecidos
Este veículo possui espelhos
retrovisores externos aquecidos:
Ü = Pressione o interruptor do
desembaçador traseiro para
aquecer os espelho.
Antiofuscamento automático
O espelho externo do motorista
possui antiofuscamento automático
que reduz o clarão dos faróis vindos
por trás do veículo. Sempre que
o veículo é ligado, o recurso
antiofuscamento é acionado e a luz
indicadora acende.
Este recurso é ativado em conjunto
com o antiofuscamento do espelho
retrovisor interno, para ligar ou
desligar pressione o botão m no
espelho retrovisor interno.
35
Espelhos internos
Antiofuscamento
automático
O veículo possui um espelho
retrovisor interno com
antiofuscamento automático e com
visor de bússola.
Funcionamento do
antiofuscamento automático
O antiofuscamento automático reduz
o clarão dos faróis vindos por trás do
veículo. Sempre que o veículo
36
Chaves, portas e vidros
é ligado, o recurso antiofuscamento
é acionado e a luz indicadora
acende..
m (On/Off)(Liga/Desliga) : Pressione
para ligar ou desligar o recurso
antiofuscamento automático
Limpeza do espelho
Não pulverize limpa-vidros
diretamente no espelho. Use uma
toalha macia umedecida com água.
Vidros
9 Atenção
Jamais deixe crianças, adultos
indefesos ou animais de
estimação sozinhos dentro do
veículo, principalmente com os
vidros fechados em tempo quente.
Eles podem sofrer ferimentos
permanentes devido ao calor.
Vidros elétricos
Os interruptores dos vidros elétricos
localizam-se no apoio de braço da
porta do motorista. Além disso, existe
um interruptor em cada porta.
Abertura expressa do vidro
O vidro do motorista possui um
recurso de abertura expressa. Esse
interruptor possui a palavra AUTO
gravada. Para abaixar
automaticamente, pressione a parte
frontal do interruptor totalmente para
baixo e solte. Pressione a parte
dianteira do interruptor
momentaneamente para parar
o vidro enquanto está abrindo.
Fechamento expresso do vidro
O vidro do motorista possui um
recurso de fechamento expresso.
Esse interruptor possui a palavra
AUTO gravada. Puxe o interruptor
para cima até a segunda posição
e solte para ativar o recurso de
fechamento expresso. Puxe para
cima ou pressione o interruptor
rapidamente para parar o vidro
enquanto ele fecha.
Chaves, portas e vidros
Programação dos vidros
elétricos
Se a bateria do veículo foi
recarregada, desconectada ou não
está funcionando, o vidro elétrico do
motorista precisará ser
reprogramado para que os recursos
de abertura e fechamento expressos
funcionem. Substitua ou recarregue
a bateria do veículo antes de
reprogramar.
Siga os passos abaixo para
programar o vidro do motorista:
1. Com a ignição em ACC/
ACCESSORY, ON/RUN (ACC/
ACESSÓRIOS, LIGADO/
FUNCIONANDO) ou quando
estiver ativa a Retained
Accessory Power (Energia retida
de acessórios) (RAP), feche
todas as portas.
2. Pressione e segure o interruptor
do vidro elétrico até que o vidro
esteja totalmente aberto.
3. Puxe o interruptor do vidro
elétrico para cima até que o vidro
esteja totalmente fechado.
4. Continue mantendo o interruptor
para cima por aproximadamente
dois segundos depois que o vidro
esteja completamente fechado.
A reprogramação está completa.
Função vidro antiesmagamento
Caso qualquer objeto esteja no curso
do vidro quando o fechamento
expresso estiver ativado, o vidro para
na obstrução e retrocede para uma
posição regulada na fábrica. O vidro
volta à operação normal assim que
for removida a obstrução.
37
Cancelamento da função vidro
antiesmagamento
Cuidado
Caso o cancelamento expresso
seja ativado, o vidro não reverterá
automaticamente. Você ou outras
pessoas podem sofrer ferimentos,
e o veículo pode ser danificado.
Antes de usar o cancelamento
expresso, certifique-se de que
o curso do vidro está livre
obstruções.
Em uma emergência, a função
antiesmagamento pode ser
cancelada de modo supervisionado.
Segure o interruptor do vidro
totalmente para cima até a segunda
posição. O vidro continuará subindo
enquanto o interruptor continuar para
cima. O modo expresso estará
reativado assim que o interruptor for
liberado.
Neste modo, o vidro fechará com um
objeto em seu curso. Tome cuidado
ao usar o modo de cancelamento.
38
Chaves, portas e vidros
Travamento do vidro
Os controles do vidro elétrico do
motorista também incluem um botão
de travamento.
H (travamento do vidro) : Pressione
o botão de travamento para impedir
que os passageiros do banco traseiro
usem os interruptores do vidro.
O motorista e o passageiro do banco
dianteiro ainda podem abrir todos os
vidros com a trava acionada.
O funcionamento normal do vidro
estará acionado quando a parte
vermelha do interruptor estiver
visível.
Desembaçador do vidro
traseiro
O desembaçador do vidro traseiro
usa uma grade de aquecimento com
filamentos térmicos para remover
a umidade do vidro traseiro.
Ü (Desembaçador traseiro) :
Pressione para ligar e desligar
o desembaçador do vidro traseiro.
Uma luz indicadora acende para
mostrar que o desembaçador do
vidro traseiro está ligado.
Caso esteja dirigindo abaixo de 80
km/h (50 mph), o desembaçador do
vidro traseiro desligará após 15
minutos do acionamento do botão.
Pressione o botão novamente caso
seja necessário mais tempo de
aquecimento.
Caso a velocidade do veículo seja
mantida acima de 80 km/h (50 mph)
então o desembaçador do vidro
traseiro permanecerá ligado depois
que o botão for pressionado.
Este veículo possui espelhos
retrovisores externos aquecidos;
a superfície do espelho externo
também será aquecida quando
o desembaçador do vidro traseiro for
ativado.
Chaves, portas e vidros
Nota
Não use uma gilete ou qualquer
outro objeto pontiagudo para limpar
a parte interna do vidro traseiro
e não cole nada sobre os filamentos
térmicos do desembaçador do vidro
traseiro, pois essas ações poderiam
danificar o desembaçador traseiro
e os reparos não seriam cobertos
pela nossa garantia.
Consulte sua Concessionária ou
Oficina Autorizada Chevrolet.
Para-sóis
Incline os para-sóis para baixo para
bloquear a claridade. Também
é possível removê-los do suporte
central e incliná-los para o lado, para
bloquear a claridade vinda da lateral.
Seu veículo possui espelhos
iluminados localizados nos para-sóis
do motorista e do passageiro. A luz
acenderá ao levantar a tampa.
39
40
Bancos e dispositivos de segurança
Bancos e dispositivos
de segurança
Apoios de cabeça
9 Atenção
Dirija somente com o apoio de
cabeça colocado na posição
apropriada. Essa posição reduz
a probabilidade de lesão do
pescoço em caso de colisão.
Posição
Ajuste do apoio de cabeça
Cuidado
Os apoios de cabeça são
dispositivos de segurança. Dirija
sempre com os mesmos
ajustados corretamente. A parte
superior do apoio de cabeça deve
estar sempre mais perto da
cabeça, alinhada com sua parte
superior. Nunca ajuste-o no nível
do pescoço.
Puxe os apoios de cabeça para cima
para levantá-los. Para abaixá-los,
pressione o botão (seta), localizado
na parte superior do encosto do
banco e pressione o apoio de cabeça
para baixo.
Bancos e dispositivos de segurança
Certifique-se de que o apoio de
cabeça está travado, pressione-o
para baixo depois de soltar o botão.
Bancos dianteiros
Posição do banco
■
9 Atenção
Somente dirija com o banco
ajustado corretamente.
■
■
■ Sente o mais para trás possível
contra o encosto do banco. Ajuste
a distância entre o banco e os
pedais de modo que as pernas
estejam ligeiramente dobradas ao
■
41
pressionar os pedais. Deslize
o banco dianteiro do passageiro
para trás o máximo possível.
Sente com os ombros o mais para
trás possível contra o encosto do
banco. Ajuste a inclinação do
encosto de modo que seja possível
atingir com facilidade o volante
com os braços ligeiramente
dobrados. Mantenha contato entre
os ombros e o encosto ao girar
o volante.
Ajuste o volante.
Ajuste a altura do banco de modo
a ter um campo de visão claro de
todos os lados e de todos os
visores dos instrumentos. Deve
haver um espaço de pelo menos
uma mão entre a cabeça e o teto.
Suas coxas deverão descansar
levemente sobre o banco sem
pressioná-lo, de modo que exista
um espaço de aproximadamente
dois dedos entre a borda do banco
e o espaço do joelho.
Ajuste o apoio de cabeça.
42
Bancos e dispositivos de segurança
■ Ajuste a altura do cinto de
segurança.
■ Ajuste o apoio lombar de modo que
ele apoie o formato natural da
coluna.
Ajuste do banco
9 Perigo
Para permitir o acionamento
seguro do airbag, não sente perto
demais do volante.
9 Atenção
É possível perder o controle do
veículo caso você tente ajustar
manualmente o banco do
motorista com o veículo em
movimento. O movimento brusco
pode assustar e confundir, ou
pode fazer com que você pise em
um pedal sem querer. Ajuste
o banco do motorista apenas
quando o veículo não estiver em
movimento.
Se o encosto de algum dos
bancos não estiver travado,
o mesmo pode avançar em caso
de parada brusca ou colisão. Isso
poderia ferir a pessoa sentada no
banco. Sempre empurre e puxe os
encostos dos bancos para
certificar-se de que estão
travados.
Encostos reclináveis manuais
O banco do passageiro possui um
encosto reclinável manual e a
alavanca usada para operá-lo
localiza-se do lado externo do banco.
Para reclinar o encosto:
1. Levante a alavanca para reclinar.
2. Mova o encosto para a posição
desejada, então solte a alavanca
e trave o encosto na posição.
3. Empurre e puxe o encosto para
certificar-se de que esteja
travado.
Bancos e dispositivos de segurança
Para retornar o encosto para
a posição vertical:
1. Levante totalmente a alavanca
sem aplicar pressão no encosto
e ele voltará para a posição
vertical.
2. Solte a alavanca para travar
o encosto.
3. Empurre e puxe o encosto para
certificar-se de que esteja
travado.
Encostos reclináveis elétricos
Este veículo possui o encosto do
motorista reclinável e elétrico;
o controle usado para recliná-los se
localiza do lado externo do banco
atrás do controle do banco elétrico.
■ Para reclinar o encosto, mova
a parte superior do interruptor para
trás.
■ Para trazer o encosto para frente,
mova a parte superior do
interruptor para frente.
43
Cuidado
Mesmo que estejam afivelados,
os cintos de segurança podem
não protegê-lo adequadamente
caso o banco esteja reclinado.
O cinto diagonal não poderá
protegê-lo, pois não estará contra
seu corpo. Ao invés disso, estará
na sua frente. Em uma colisão
você poderá bater nele,
recebendo ferimentos no pescoço
ou outros. O cinto subabdominal
também não funcionará. Em uma
colisão o cinto poderá subir para
seu abdômen. As forças do cinto
estarão lá e não em seus ossos
pélvicos. Isto pode levar
a ferimentos internos graves. Para
obter uma proteção apropriada
quando o veículo estiver em
movimento, mantenha o encosto
na posição vertical. Então se
sente bem para trás no banco
e use o cinto de segurança
corretamente.
44
Bancos e dispositivos de segurança
Ajuste elétrico do banco
Bancos elétricos
■ Levante ou abaixe a parte traseira
do assento movendo a parte
traseira do controle para cima ou
para baixo.
Aquecimento
Apoio lombar elétrico
Este veículo possui bancos dianteiros
elétricos e os controles usados para
operá-los estão na lateral externa dos
assentos dos bancos.
Para ajustar o banco:
■ Mova o banco para frente ou para
trás deslizando o interruptor para
frente ou para trás.
■ Levante ou abaixe a parte dianteira
do assento movendo a parte
dianteira do controle para cima ou
para baixo.
O banco do motorista possui um
ajuste elétrico do apoio lombar.
Pressione a frente (A) ou a traseira
(B) do controle para aumentar ou
diminuir o apoio lombar.
Pressione a parte superior do
interruptor para ativar o aquecimento
do banco na temperatura mais alta
(2). A luz indicadora (2) acenderá.
Pressione a parte superior do
interruptor novamente para alternar
para a temperatura mais baixa (1).
A luz indicadora (1) acenderá.
Pressione a parte inferior do
interruptor para desligar
o aquecimento do banco.
Este recurso só funciona com
a ignição ligada.
Bancos e dispositivos de segurança
Apoio de braço
O apoio de braço do console central
pode ser ajustado para a posição
traseira, a posição dianteira ou
a posição central. Puxe ou empurre
a parte dianteira do apoio de braço
para ajustar na posição desejada.
A área dos porta-objetos do console
central possui uma bandeja de
armazenagem e um porta-objetos
principal. Puxe a trava "B" para cima
para acessar a bandeja de
armazenagem. Puxe a trava "A" para
cima para acessar o porta-objetos
principal.
Outro porta-objetos se localiza na
frente do porta-objetos principal
e contém um porta-copos em seu
interior. Para acessar pressione
a parte traseira da tampa para baixo
e para frente.
45
Bancos traseiros
Banco traseiro bipartido
rebatível
Com este recurso, cada lado do
encosto do banco pode ser rebatido
para aumentar o espaço de carga.
Antes de rebater um encosto,
certifique-se de que o banco dianteiro
não está reclinado. Caso esteja,
o encosto do banco traseiro não
rebaterá completamente.
Nota
Rebater o banco traseiro com os
cintos de segurança ainda presos às
fivelas pode danificar o banco ou os
cintos. Sempre solte os cintos de
segurança e recoloque-os em suas
posições normais antes de rebater
o banco traseiro.
46
Bancos e dispositivos de segurança
9 Atenção
Para rebater o encosto do banco
traseiro, puxe a tira do encosto (seta)
enquanto empurra e dobra o encosto
para baixo.
Para levantar o encosto do banco
traseiro puxe o encosto para cima
e certifique-se de que esteja travado.
Empurre e puxe o encosto para
certificar-se de que esteja travado na
posição. Certifique-se de que os
cintos de segurança estejam
colocados adequadamente sobre
o encosto em todas as três posições.
Um cinto de segurança passado
incorretamente, preso
incorretamente ou torcido não
fornecerá a proteção necessária
em caso de colisão. O usuário ou
usuária do cinto poderá ficar
gravemente ferido. Após elevar
o encosto do banco traseiro,
sempre certifique-se de que os
cintos de segurança estão
passados e afivelados
corretamente e que não estão
retorcidos.
Se o encosto de algum dos
bancos não estiver travado,
o mesmo pode avançar em caso
de parada brusca ou colisão. Isso
poderia ferir a pessoa sentada no
banco. Sempre empurre e puxe os
encostos dos bancos para
certificar-se de que estão
travados.
Quando o banco não está em uso ele
deve ser mantido na posição vertical
travada.
Cintos de segurança
O cinto de segurança é um dos
dispositivos de segurança mais
importantes para o motorista e seus
passageiros. Nunca deixe de usar
cintos de segurança. Antes de ligar
o veículo, puxe suavemente os cintos
de segurança para fora do
alojamento e trave-os. Quando
travado, o cinto não deverá estar
torcido. Além de não estar torcida,
a parte superior do cinto deverá estar
encostada em seu corpo. O encosto
do banco não deverá estar muito
Bancos e dispositivos de segurança
inclinado para trás. O veículo possui
cintos de segurança de três pontos
em todos os bancos.
9 Atenção
■ Todos os ocupantes do veículo
devem usar cintos de
segurança. Caso você não use
o cinto de segurança, os
ferimentos causados por uma
colisão poderão ser ainda mais
sérios. Você pode colidir em
objetos no compartimento de
passageiros e também ser
atirado para fora do veículo.
■ Um cinto de segurança sujeito
a esforços sérios, por exemplo,
em um acidente, deverá ser
substituído por um novo.
■ Antes de fechar a porta,
certifique-se de que o cinto de
segurança esteja fora de sua
trajetória. Caso o cinto de
segurança fique preso na porta,
o cinto ou o veículo poderá
sofrer danos.
Pré-tensionadores dos cintos
de segurança
Este veículo possui
pré-tensionadores dos cintos de
segurança para os ocupantes dos
bancos dianteiros. Embora os
pré-tensionadores não possam ser
vistos, eles fazem parte do conjunto
do cinto de segurança. Eles podem
ajudar a apertar os cintos de
segurança durante os estágios
iniciais de colisões moderadas
a severas frontais e quase frontais se
forem atingidos os limites das
condições de ativação do
pré-tensionador.
Os pré-tensionadores só funcionam
uma vez. Caso sejam ativados em
uma colisão, eles deverão ser
substituídos e, provavelmente, outras
peças novas para o sistema de cintos
de segurança do veículo.
Caso necessário, consulte
a Concessionária ou a Oficina
autorizada Chevrolet.
47
Como usar os cintos de
segurança corretamente
1. Feche e trave as portas.
2. Ajuste o banco de forma que possa
sentar-se na posição vertical.
3. Puxe suavemente a fivela e ajuste
o cinto sobre o corpo sem torcê-lo.
4. Encaixe a fivela do cinto no fecho,
até ouvir o ruído característico de
travamento.
48
Bancos e dispositivos de segurança
6. Para soltar o cinto, pressione
o botão no fecho. O cinto será
recolhido automaticamente.
Cinto de segurança de três
pontos
Ajuste da altura do cinto de
segurança de três pontos
5. Puxe-o na diagonal para ajustá-lo.
Este veículo possui um regulador da
altura do cinto de segurança para
o motorista e para a posição do
passageiro dianteiro.
Ajuste a altura de modo que a porção
do ombro do cinto esteja centralizada
no ombro. O cinto de segurança
deverá ficar longe da face e pescoço,
porém não deve cair do ombro.
O ajuste inadequado da altura do
cinto de segurança poderá reduzir
a eficiência do mesmo em uma
colisão.
Aperte os botões (A) nas laterais do
regulador de altura e mova-o para
a posição desejada.
Depois de regulado na posição
correta, tente mover o regulador para
baixo sem apertar os botões para
certificar-se de que esteja travado na
posição.
Cuidado
■ A parte subabdominal do cinto
deverá estar em posição baixa
rente aos quadris, tocando as
coxas. O cinto diagonal deverá
Bancos e dispositivos de segurança
passar sobre o ombro
e transversalmente ao toráx.
Estas partes do corpo são as
adequadas para receber os
esforços dos cintos de
segurança.
■ Os cintos não devem ficar
apoiados contra objetos nos
bolsos das roupas, tais como
canetas, óculos, etc., dado que
estes podem causar ferimentos
ao usuário.
■ Cintos cortados ou desfiados
podem não proteger você em
uma colisão. Sob o impacto, os
cintos poderão rasgar-se
totalmente. Se o cinto estiver
cortado ou desfiado, substitua-o
imediatamente.
Uso do cinto de segurança
durante a gestação
49
A melhor maneira de proteger o feto
é proteger a mãe. Em caso de
colisão, existem maiores
possibilidades de que o feto não seja
atingido se o cinto de segurança
estiver sendo usado corretamente.
Para as gestantes, bem como para as
demais pessoas, a palavra-chave
para tornar efetivos os cintos é usá-los corretamente.
9 Atenção
Cuidado
Os cintos de segurança servem
para todas as pessoas, incluindo
mulheres grávidas. Como todos
os ocupantes, podem se ferir
seriamente caso não usem cintos
de segurança. Uma ocupante
grávida deve usar cinto de
segurança de três pontos. A parte
do abdômen deve ser colocada
o mais baixa possível durante
toda a gravidez.
O cinto abdominal deve ser
posicionado o mais baixo possível
através da pélvis para impedir
a pressão sobre o abdômen.
Guias de conforto dos cintos de
segurança traseiros
Este veículo possui guias de conforto
dos cintos de segurança traseiros. As
guias aumentam o conforto no cinto
de segurança de crianças mais
velhas que já ultrapassaram
o tamanho para os bancos para
crianças e para alguns adultos.
Quando instaladas e ajustadas
adequadamente, as guias de
50
Bancos e dispositivos de segurança
conforto posicionam o cinto de
segurança longe do pescoço
e cabeça.
1. Puxe o cordão elástico que fica
entre a borda do encosto do
banco e a lateral interna para
remover a guia de seu grampo de
armazenamento.
3. Certifique-se de que o cinto de
segurança não está dobrado e de
que está reto. O cordão elástico
deve ficar sob o cinto de
segurança e a guia na parte
superior.
2. Coloque a guia sobre o cinto
e insira as duas bordas do cinto
de segurança nas ranhuras da
guia.
4. Afivele, posicione e solte o cinto
de segurança como descrito
anteriormente nesta seção.
Certifique-se de que o cinto cruza
a parte central do ombro.
Para remover e armazenar a guia de
conforto, aperte as bordas do cinto
juntas de modo que o cinto de
segurança possa ser removido da
guia. Puxe a guia para cima para
Bancos e dispositivos de segurança
expor o grampo de armazenagem
e então deslize a guia sobre
o grampo. Gire a guia e o grampo
para dentro e deslize-os entre
o encosto do banco e a lateral interna,
deixando somente o anel do cordão
elástico exposto.
9 Atenção
Um cinto de segurança colocado
incorretamente pode não fornecer
a proteção necessária em caso de
colisão. O usuário ou usuária do
cinto poderá ficar gravemente
ferido. O cinto diagonal deverá
passar sobre o ombro
e transversalmente ao tórax.
Estas partes do corpo são as mais
adequadas para receber as forças
dos cintos de segurança.
Cuidados com o cinto de
segurança
Mantenha os cintos sempre limpos
e secos. Para limpar, use sabão
e água morna. Certifique-se de que
os cintos não estão danificados ou
presos em objetos cortantes. Não
altere o sistema dos cintos de
segurança.
9 Atenção
■ Todos os componentes do cinto
devem ser inspecionados
regularmente; substitua os
componentes danificados.
■ Um cinto sujeito a forças como
as que ocorrem em um acidente
deve ser substituído por outro
novo.
9 Atenção
Não clareie nem tinja os cintos de
segurança. Isso pode
enfraquecê-los. Em caso de
colisão, é possível que não
forneçam proteção adequada.
Limpe os cintos de segurança
somente com sabão neutro
e água morna.
51
Sistema de airbag
O veículo possui os seguintes
airbags.
■ Um airbag dianteiro para
o motorista.
■ Um airbag dianteiro para
o passageiro dianteiro direito.
■ Um airbag lateral para o motorista.
■ Um airbag lateral para
o passageiro dianteiro direito.
■ Airbag de cortina para o motorista
e o passageiro sentado
diretamente atrás do motorista.
■ Airbag de cortina para o passageiro
dianteiro direito e o passageiro
sentado diretamente atrás deste.
Para os airbags dianteiros, a palavra
AIRBAG aparecerá no centro do
volante para o motorista e no painel
de instrumentos para o passageiro
dianteiro direito.
Com os airbags laterais, a palavra
AIRBAG aparecerá na lateral do
encosto do banco próximo à porta.
52
Bancos e dispositivos de segurança
Com a cortina, a palavra AIRBAG
aparecerá ao longo do teto ou do
acabamento.
Os airbags foram projetados para
suplementar a proteção fornecida
pelos cintos de segurança. Todos os
airbags devem inflar com muita
rapidez para que sejam úteis, pois os
airbags atuais também foram
projetados para ajudar a reduzir
o risco de ferimentos devido à força
com que o airbag é inflado.
Os airbags nunca devem ser
encarados como algo mais que um
suplemento aos cintos de segurança.
9 Atenção
Os cintos de segurança, cujo uso
é obrigatório por lei, são os mais
importantes equipamentos de
retenção dos ocupantes e devem
ser utilizados sempre. Somente
com a utilização dos cintos de
segurança, o sistema "Air bag"
pode contribuir para a redução da
gravidade de possíveis ferimentos
aos ocupantes do veículo em caso
de colisão.
Nota
Não coloque nada entre um
ocupante do veículo e um airbag.
O airbag pode não se inflar
corretamente, ou pode forçar
o objeto na direção da pessoa,
provocando graves lesões ou
mesmo a morte.Deve-se manter
o caminho do airbag livre para
eventual acionamento.
Não cole nada nas tampas dos
airbags, nem as cubra com outros
materiais.
Não use acessórios para os bancos
que fiquem no caminho de um
airbag lateral.
Jamais prenda algo ao teto do
veículo com uma corda passada
pela porta ou abertura do vidro. Isso
bloquearia o caminho do airbag em
caso de acionamento.
O veículo possui um recurso que
pode destravar automaticamente as
portas, acender as luzes internas e o
sinalizador de advertência
(pisca-alerta) e desligar o sistema de
combustível depois que os airbags
forem inflados. É possível travar as
Bancos e dispositivos de segurança
portas, apagar as luzes internas e o
sinalizador de advertência
(pisca-alerta) usando os controles
desses recursos.
9 Atenção
Você pode ser gravemente ferido
ou mesmo morrer em uma colisão
caso não esteja usando o cinto de
segurança - mesmo em um
veículo equipado com airbags. Os
airbags são projetados para
funcionar em conjunto com os
cintos de segurança, mas não os
substituem. Além do mais, os
airbags não são projetados para
acionar em qualquer colisão.Em
algumas colisões, o cinto de
segurança será sua única
contenção.
Usar o cinto de segurança ajuda
a reduzir a probabilidade de atingir
objetos dentro do veículo ou ser
lançado para fora do mesmo em
uma colisão. Os airbags são
dispositivos de "contenção
complementar", que
complementam os cintos de
segurança. Todos no veículo
devem usar o cinto de segurança
corretamente, haja ou não um
airbag correspondente.
53
Os airbags se inflam com enorme
força, mais rapidamente que um
piscar de olhos. Qualquer pessoa
que estiver encostada ou muito
próxima a um airbag quando
o mesmo se inflar pode sofrer
ferimentos graves. Não sente
perto demais do airbag, como, por
exemplo, ao sentar na beira do
banco ou inclinar-se para frente.
Os cintos de segurança ajudam
a lhe manter-lo no lugar antes
e durante uma colisão. Sempre
use o cinto de segurança, mesmo
quando há airbags. O motorista
deve sentar-se o máximo possível
para trás, sem comprometer
o controle do veículo.
Os ocupantes do veículo não
devem se apoiar ou dormir contra
a porta ou contra os vidros
laterais, nem devem sentar-se de
modo a ficar em contato com os
airbags de impacto lateral e/ou de
teto.
54
Bancos e dispositivos de segurança
9 Atenção
O airbag foi projetado para ser
tocado somente depois de inflar
inteiramente. Assim, antes de
dirigir, recomendamos ajustar
corretamente os assentos
dianteiros.
9 Atenção
■ Os cintos de segurança devem
estar afivelados
adequadamente.
■ Se ocorrer uma colisão, o airbag
se inflar e, se os passageiros do
veículo não estiverem usando
os cintos de segurança, o risco
de ferimentos sérios poderá
aumentar consideravelmente.
■ Crianças menores de 10 anos
sempre devem usar o banco
traseiro, especialmente em
veículos equipados com
sistema de airbag. Além de ser
um requisito legal, a força de
inflação do airbag poderá
causar ferimentos graves ou
a morte da criança.
Módulos dos airbags
Os módulos dos airbags dianteiros se
localizam no volante e no painel de
instrumentos; os módulos dos
airbags laterais se localizam na
lateral dos encostos dos bancos
próximos das portas e os módulos
dos airbags de cortina se localizam
no teto do veículo, próximos dos
vidros laterais.
Recomendações importantes:
■ Não mantenha nenhum tipo de
objeto entre o airbag e os
ocupantes dos bancos dianteiros,
pois caso os airbags inflem estes
objetos podem ser lançados contra
os ocupantes causando
ferimentos.
■ Não instale acessórios não
originais no volante ou no painel,
pois poderão interferir no curso do
airbag quando inflar, evitando
■
■
■
■
■
a operação do sistema ou mesmo
sendo lançados contra os
ocupantes causando ferimentos.
Nunca altere os componentes do
sistema do airbag. O manuseio
incorreto pode fazer com que
o airbag infle inadvertidamente
causando ferimentos no motorista
e no passageiro do banco
dianteiro.
O sistema eletrônico que controla
o airbag localiza-se no console
dianteiro. Para evitar falhas,
nenhum objeto imantado deve ser
colocado nas proximidades do
console.
Caso o veículo seja exposto
a inundação, solicite a assistência
da Rede de Concessionárias ou
Oficinas Autorizadas Chevrolet.
A desmontagem do volante e do
painel de instrumentos, somente
deverá ser executada na Rede de
Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet.
O "airbag" foi projetado para
disparar apenas uma vez. Uma vez
disparado, deverá ser substituído
Bancos e dispositivos de segurança
imediatamente em uma Rede de
Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet.
■ Não carregue quaisquer objetos ou
mantenha objetos na boca ao
dirigir; caso o "airbag" infle, o risco
de ferimentos ou acidente fatal
aumentam consideravelmente.
■ Ao transferir o veículo para outro
proprietário, solicitamos alertar
o novo proprietário que o veículo
está equipado com airbag e que ele
deve consultar as informações
descritas neste manual.
■ Desmontar um veículo com airbag
não-inflado pode ser muito
perigoso. Ao descartar um veículo
entre em contato com a Rede de
Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet.
Sistema de airbag
dianteiro
O airbag dianteiro do motorista
encontra-se no meio do volante.
O airbag dianteiro do passageiro
dianteiro direito está no painel de
instrumentos do lado do passageiro.
Para os airbags dianteiros, a ativação
é determinada pelo tipo de obstáculo
com que o veículo colidiu, pelo
ângulo de impacto e pela
desaceleração do veículo.
55
Os airbags dianteiros foram
projetados para inflar em colisões
frontais ou quase frontais, de
moderadas a severas, para ajudar
a reduzir o potencial de ferimentos
graves principalmente na cabeça
e tórax do motorista ou do passageiro
dianteiro direito. Entretanto, eles
estão projetados para inflar somente
se o impacto exceder um limite de
ativação predeterminado. Os limites
de ativação são usados para prever
quão severa deverá ser uma colisão
a tempo de que o airbag infle e ajude
a segurar os ocupantes.
A função do airbag é proteger
a cabeça e o peito dos passageiros
do veículo no caso de impactos
violentos contra o volante ou o painel
de instrumentos, no caso de
a proteção fornecida pelo cinto de
segurança não ser suficiente para
evitar ferimentos graves ou letais.
A ativação ou não dos airbags não se
baseia na velocidade do veículo. Ela
depende principalmente do que foi
atingido, da direção do impacto e da
desaceleração do veículo.
56
Bancos e dispositivos de segurança
O sistema do airbag não é ativado no
caso de impactos leves, impactos
laterais ou traseiros, capotamento,
derrapagens ou outras situações nas
quais os passageiros não são
atirados seriamente para frente (para
as quais o cinto de segurança
é suficiente para proteger os
passageiros).
Os airbags dianteiros podem inflar
a velocidades de impacto diferentes.
Por exemplo:
■ Se o veículo colide com um objeto
estacionário, os airbags podem
inflar a uma velocidade de colisão
do veículo diferente daquela que
o veículo colide com um objeto em
movimento.
■ Se o veículo atinge um objeto que
deforma, os airbags podem inflar
a uma velocidade de colisão do
veículo diferente daquela se
o veículo atinge um objeto que não
deforma.
■ Se o veículo colide com um objeto
estreito (como um poste), os
airbags podem inflar a uma
velocidade de colisão do veículo
diferente daquela que o veículo
colide com um objeto largo (como
uma parede).
■ Se o veículo atinge um objeto em
ângulo, os airbags podem inflar
a uma velocidade de colisão do
veículo diferente daquela quando
o veículo atinge o objeto de frente.
Os limites também podem variar com
o formato específico do veículo.
Os airbags dianteiros não são
projetados para inflar durante
capotamentos, impactos traseiros ou
em muitos tipos de impactos laterais.
Airbags dianteiros de duplo
estágio
Além disso, o veículo possui airbags
dianteiros de duplo estágio. Os
airbags de duplo estágio ajustam
a retenção de acordo com
a severidade da colisão. O veículo
possui sensores eletrônicos
dianteiros que ajudam o sistema
a distinguir entre um impacto frontal
moderado e um impacto frontal mais
severo. Para impactos frontais
moderados, os airbags de duplo
estágio inflam em um nível inferior ao
de ativação completa. Para impactos
frontais mais severos, ocorre
a ativação completa.
Bancos e dispositivos de segurança
Sistema de airbag lateral
Os airbags laterais para o motorista
e passageiro dianteiro direito estão
na lateral dos encostos dos bancos
próximos à porta.
colisão estiver acima do nível limite
projetado para o sistema. O nível
limite pode variar com o formato
específico do veículo.
Os airbags laterais não devem inflar
em impactos frontais, impactos
quase frontais, capotamentos ou
impactos traseiros. O airbag lateral
deve inflar do lado do veículo que
colidiu.
Em qualquer colisão específica
é impossível dizer se um airbag
deveria ter inflado simplesmente
devido aos danos ao veículo ou
devido aos custos de reparo.
Para os airbags laterais, a ativação
é determinada pela localização
e severidade do impacto lateral.
9 Atenção
Cuidado
Mantenha a área onde o airbag
infla livre de obstruções.
O objetivo dos airbags laterais é inflar
no caso de colisões laterais de
moderadas a severas. Os airbags
laterais inflarão se a severidade da
■ Não instale revestimento nos
bancos.
■ Não coloque seu corpo nem
nenhum objeto (inclusive
almofadas) entre os bancos
dianteiros e as portas. Os
57
passageiros dos bancos
dianteiros não devem se apoiar
nem dormir encostados na
porta. Sente sempre no meio do
banco.
■ Use sempre os cintos de
segurança.
Sistema de airbag de
cortina
58
Bancos e dispositivos de segurança
Os airbags de cortina para
o motorista, passageiro do lado
dianteiro direito e passageiros dos
bancos traseiros externos estão no
teto acima dos vidros laterais.
O objetivo dos airbags de cortina
é inflar no caso de colisões laterais de
moderadas a severas. Os airbags de
cortina inflarão se a severidade da
colisão estiver acima do nível limite
projetado para o sistema. O nível
limite pode variar com o formato
específico do veículo.
Os airbags de cortina não devem
inflar em impactos frontais, impactos
quase frontais, capotamentos ou
impactos traseiros. O airbag de
cortina deve inflar do lado do veículo
que colidiu.
Em qualquer colisão específica
é impossível dizer se um airbag
deveria ter inflado simplesmente
devido aos danos ao veículo ou
devido aos custos de reparo.
Para os airbags de cortina, a ativação
é determinada pela localização
e severidade do impacto lateral.
Cuidado
■ Não coloque seu corpo ou
quaisquer objetos (inclusive
almofadas) na area de inflação
do airbag.
■ Use os ganchos situados acima
das portas para pendurar
apenas roupas leves.
■ Não coloque objetos nos bolsos
das roupas penduradas.
■ Não segure nos apoios de mão
(puxadores) acima das portas
enquanto o veículo está em
movimento.
■ Use sempre os cintos de
segurança.
■ Não se apoie nem durma
encostado nas portas dianteiras
ou traseiras. Sente sempre no
meio do banco.
Sistemas de proteção
infantil
Sistema de proteção
infantil
Sempre que transportar crianças,
certifique-se de usar o sistema de
proteção infantil apropriado, que
fornece a proteção adequada para
a criança em caso de impacto.
Existem muitos modelos de sistemas
de proteção para bebês e crianças de
diversos fabricantes. Certifique-se de
que o sistema de proteção infantil
a ser utilizado em seu veículo possui
Bancos e dispositivos de segurança
etiqueta de aprovação do
cumprimento das normas de
segurança em termos de legislação
brasileira.
Nota
■ Ao transportar crianças de até dez
(10) anos, siga os procedimentos
para o transporte de crianças
estabelecidos pela legislação
brasileira.
■ Certifique-se de que o sistema de
proteção infantil esteja instalado
adequadamente.
■ Siga com atenção as instruções
de instalação e uso fornecidas
pelo fabricante do sistema de
proteção infantil.
■ Não instale nenhum objeto no
sistema de proteção infantil e não
o cubra com outros materiais.
■ Substitua o sistema de proteção
infantil sempre que ele tenha sido
submetido a um acidente.
9 Atenção
■ Após tirar a criança do veículo,
fixe o assento de segurança
usando o cinto do veículo para
evitar que seja jogado para
frente em caso de frenagem
brusca.
■ Se não for necessário manter
o assento de segurança no
compartimento de passageiros,
remova-o e coloque-o no
compartimento de carga,
prendendo-o com uma rede de
retenção.
■ Substitua o sistema de proteção
infantil caso o veículo se
envolva em uma colisão.
■ Antes de instalar o sistema de
proteção infantil, leia com
cuidado as instruções do
fabricante.
■ Se as instruções sobre
o sistema de proteção infantil
e as instruções do fabricante
não forem observadas, o risco
59
e/ou a gravidade dos ferimentos
poderá aumentar em caso de
acidente.
■ Se o assento de segurança
infantil não estiver
apropriadamente fixado, o risco
de ferimentos sérios à criança
aumentará consideravelmente.
Cuidado
Após a instalação do sistema de
proteção infantil, tente
movimentá-lo em todas as
direções para certificar-se de que
está instalado seguramente.
60
Bancos e dispositivos de segurança
Uso correto dos cintos de
segurança em crianças
pequenas
Cuidado
Bebês e crianças devem viajar
sempre nos assentos traseiros
e usar sistemas de proteção
infantil. Os ossos dos quadris de
uma criança muito nova são tão
pequenos que um cinto de
segurança normal não
permanecerá baixo nos quadris
como necessário. Inversamente,
o cinto de segurança pode
permanecer no abdômen da
criança. Em caso de acidente,
o cinto muito provavelmente
forçará o abdômen diretamente,
causando ferimentos sérios.
Assim, certifique-se de que
qualquer criança pequena seja
protegida usando um sistema de
proteção infantil.
Cuidado
Nunca segure um bebê nos
braços enquanto está dirigindo.
Um bebê não pesa muito, até que
ocorra uma colisão. Durante uma
colisão um bebê se tornará tão
pesado que você não conseguirá
segurá-lo. Por exemplo, em uma
colisão a somente 40 km/h, um
bebê de 5,5 kg fica
repentinamente com uma força
representada pelo peso de uma
pessoa de 110 kg. Será quase
impossível segurar o bebê.
Bancos e dispositivos de segurança
Uso correto dos cintos de
segurança em crianças maiores
Crianças maiores, para as quais
o sistema proteção infantil tornou-se
pequeno, deverão usar os cintos de
segurança do veículo.
Cuidado
■ As estatísticas de acidentes
mostram que as crianças estão
mais seguras se permanecerem
no banco traseiro e se usarem
o cinto de segurança
corretamente.
■ Crianças sem cinto de
segurança afivelado podem ser
jogadas para fora do veículo em
uma colisão.
■ Se uma criança for muito
pequena e o cinto diagonal
passar muito próximo de sua
face ou pescoço, posicione-a
nas laterais do banco traseiro
onde existem guias de conforto.
Essas guias de conforto
possibilitam que os cintos de
segurança sejam usados por
crianças pequenas.
■ Onde quer que a criança sente,
o cinto subabdominal deverá
ser afivelado baixo
e confortavelmente nos quadris,
apenas encostando-se a suas
coxas. Em uma colisão, a força
do cinto será aplicada nos
ossos dos quadris da criança.
61
Cuidado
Nunca faça isto. Esta imagem
mostra uma criança sentada em
um assento com um cinto de três
pontos (cintura-ombro), mas
a parte do ombro está atrás da
criança. Se a criança usar o cinto
dessa maneira, em uma colisão
poderá deslizar sob o cinto.
62
Bancos e dispositivos de segurança
Sistema de proteção
infantil ISOFIX
O veículo possui pontos de fixação
para ancorar o sistema de proteção
infantil localizados na parte inferior do
banco traseiro.
Certifique-se de fixar a proteção
infantil no local de ancoragem
correto.
A. Pontos de ancoragem inferiores
do banco traseiro do lado do
passageiro.
B. Pontos de ancoragem inferiores
do banco traseiro central.
C. Ponto de ancoragem inferior do
banco traseiro do lado do
motorista.
Não é possível fixar três sistemas de
proteção infantil usando os pontos de
ancoragem no banco traseiro ao
mesmo tempo, porém é possível fixar
dois. Caso deseje fazer isso, instale
um sistema de proteção infantil na
posição atrás do banco do
passageiro e instale o outro na
posição central ou na posição atrás
do motorista. Consulte a figura acima
para saber quais pontos de
ancoragem usar.
Para ajudar na localização dos
pontos de ancoragem inferiores,
cada posição de ancoragem traseiro
possui uma etiqueta, próximo da
dobra entre o encosto e o assento do
banco.
Bancos e dispositivos de segurança
Sistema de proteção
infantil
Para ajudar na localização dos
pontos de ancoragem superiores,
o símbolo de ancoragem superior
encontra-se localizado nas três
tampas existentes atrás do encosto
do banco traseiro.
Os pontos de ancoragem
localizam-se sob as tampas, atrás do
banco traseiro, no painel de
revestimento. Certifique-se de usar
um ponto de ancoragem localizado
do mesmo lado do veículo que
a posição de sentar onde será
colocado o sistema de proteção
infantil.
Não prenda um sistema de proteção
infantil sem a ancoragem superior se
as instruções que acompanham
63
o sistema de proteção infantil
indicarem que a ancoragem deve ser
usada.
As estatísticas de acidentes indicam
que as crianças estarão mais
seguras se ocuparem o banco
traseiro e estiverem usando os cintos
corretamente.
64
Compartimentos de carga
Compartimentos de
carga
Porta-objetos
Porta-objetos do painel de
instrumentos
Existe um porta-objetos do painel de
instrumentos, com um revestimento
removível, acima do rádio. Deslize
a trava em direção à parte traseira do
veículo para abrir o porta-objetos.
Porta-objetos do motorista
Existe um porta-objetos do motorista
localizado do lado esquerdo da
coluna de direção, na parte inferior do
painel de instrumentos. Para abrir,
puxe a tampa para baixo. Para
remover para limpeza, puxe para
fora.
Porta-luvas
Puxe a alavanca para abrir.
Porta-copos
Os porta-copos removíveis se
localizam na parte dianteira do
console central. Consulte "Portaobjetos do console central" a seguir
para saber como acessá-los.
Pressione e segure a aba na parte
traseira dos porta-copos e levante
para cima e para trás para removêlos. Isto soltará as duas abas
dianteiras.
Para reinstalar, coloque as duas abas
dianteiras nas ranhuras e pressione
a parte traseira do porta-copos para
baixo.
Pressione para baixo a porta na parte
traseira do console central para
acessar os porta-copos do banco
traseiro.
Compartimentos de carga
Nota
Evite acelerar ou frear bruscamente
quando o porta-copos estiver em
uso, para evitar derramamento de
líquidos. Recomenda-se que os
copos fiquem cobertos quando
estiverem posicionados no portacopos.
O porta-copos foi desenvolvido para
bebidas em lata e frascos pequenos
com tamanho padrão. Garrafas ou
copos maiores não deverão ser
forçados no porta-copos, porque
poderão se deformar.
Porta-objetos dianteiro
Existe um porta-objetos abaixo da luz
do sensor do air bag do passageiro,
que serve para acomodar objetos
pequenos.
Pressione a parte inferior da porta e o
porta-objetos abrirá
automaticamente.
Existe uma tomada dentro deste
porta-objetos.
Porta-objetos do console
central
O apoio de braço na parte superior do
console central pode ser ajustado
para uma posição para trás, central
ou para frente. Puxe ou empurre
a parte dianteira do apoio de braço
para ajustar na posição desejada.
A área dos porta-objetos do console
central possui uma bandeja de
armazenagem e um porta-objetos
principal. Puxe a trava "B" para cima
para acessar a bandeja de
65
armazenagem. Puxe a trava "A" para
cima para acessar o porta-objetos
principal.
Existe outro porta-objetos localizado
na frente do porta-objetos principal.
Para acessar pressione a parte
traseira da tampa para baixo e para
frente. Existe uma bandeja de
armazenagem e porta-copos
removíveis.
66
Compartimentos de carga
Compartimento de
carga
Extintor de incêndio
Capacidade de carga (em litros)
Porta-malas
428
Triângulo de segurança
O triângulo de segurança está
encaixado no porta-malas, entre
o pneu reserva e o painel traseiro.
Sempre que utilizar o extintor de
incêndios:
1. Pare e desligue o motor
imediatamente.
2. Abra a tampa de proteção
e remova o extintor de incêndio
localizado no assoalho, na parte
dianteira do banco do passageiro.
3. Acione o extintor de acordo com
as instruções impressas no
mesmo.
9 Atenção
A manutenção do extintor de
incêndio é de responsabilidade do
proprietário, e deve ser executada
rigorosamente nos intervalos
especificados pelo fabricante, de
acordo com as instruções
impressas na etiqueta do
equipamento. O proprietário deve
verificar periodicamente o estado
do extintor: se a sua pressão
interna ainda está na zona verde
do manômetro, se o lacre de
chumbo não está rompido ou se
a validade do extintor não está
vencida.
Em caso de alguma irregularidade
ou depois de usá-lo, o extintor
deverá ser substituído por um
novo, fabricado de acordo com
a legislação em vigor.
Compartimentos de carga
Nota
Note que, desde 01.01.05, com
a introdução do pó ABC, que pode
ser usado em materiais sólidos,
líquidos inflamáveis e em
equipamentos elétricos sob tensão,
a validade passou a ser de 5 anos
a partir da data de fabricação do
equipamento.
Informações sobre
disposição de cargas no
veículo
Ao carregar seu veículo:
Ao carregar seu veículo deverão ser
lembradas algumas informações
importantes.
■ Coloque os objetos no
compartimento de carga do
veículo. Tente distribuir o peso de
maneira uniforme.
■ Os objetos mais pesados devem
ser colocados no assoalho e na
frente do eixo traseiro. Coloque os
objetos pesados o mais a frente
possível.
■ Certifique-se de que a carga esteja
bem fixada para evitar que os
objetos se movam enquanto
o veículo estiver em movimento.
67
Cuidado
■ Ao dispor bagagem no porta-malas, coloque os objetos mais
pesados o mais próximo
possível da dianteira do veículo,
atrás do encosto do banco
traseiro. Se for necessário
empilhar objetos, coloque os
volumes mais leves sobre os
mais pesados. Os objetos soltos
no compartimento de carga
podem ser jogados para a parte
dianteira ao aplicar os freios
repentinamente.
■ Não carregue o veículo acima
dos valores especificados de
peso bruto do veículo ou do
peso total permitido no eixo
dianteiro e no eixo traseiro,
porque isto poderá causar
danos aos componentes do
veículo, bem como alterar
a direção do veículo, o que
poderia provocar perda de
68
Compartimentos de carga
controle. Além disso, o excesso
de carga pode reduzir a vida útil
de seu veículo.
■ A garantia não cobre
componentes ou peças
danificados por excesso de
carga.
Comandos e controles
Comandos
e controles
69
70
Comandos e controles
Comandos e controles
Visão geral do painel de
instrumentos
R Lâmpada de advertência
do Sistema de freio .............. 84
u Luz de advertência do
sistema de freio
antiblocante (ABS) ............... 84
I Luz indicadora de pressão
de óleo do motor .................. 86
o Imobilizador .......................... 33
m Controle de velocidade de
cruzeiro ................................ 87
2 3 Luzes indicadoras dos
sinalizadores de direção ...... 87
C Luz indicadora de faróis
altos ligados/piscar para
ultrapassar ........................... 87
v Controle eletrônico de
estabilidade .......................... 85
X Lembrete do cinto de
segurança ............................ 79
Z Indicador de
funcionamento incorreto
do motor ............................... 82
Sistema de
monitoramento da
pressão do pneu .................. 86
v Indicador do airbag .............. 80
W Luz de advertência de
temperatura do líquido de
arrefecimento do motor ........ 86
p Luz do sistema de carga
da bateria ............................. 81
w
71
Controles
Ajuste de posição do
volante
A alavanca se localiza do lado
esquerdo da coluna de direção. Para
ajustar o volante:
1. Puxe a alavanca para baixo.
2. Mova o volante para cima ou para
baixo ou para trás ou para frente
para uma posição confortável.
3. Puxe a alavanca para cima para
travar o volante na posição.
72
Comandos e controles
9 Atenção
Não ajuste o volante a menos que
o veículo esteja parado e a trava
do volante esteja liberada.
Controles do volante
SET - (CONFIGURAR) - : Pressione
para configurar ou diminuir
a velocidade.
Buzina
INFO (INFORMAÇÕES) : Pressione
para rolar as telas de informação do
veículo.
T : Pressione para restaurar
algumas telas de informação do
veículo, selecionar uma configuração
de personalização ou confirmar uma
mensagem de advertência.
C+ : Aumentar o volume.
C- : Diminuir o volume.
△/▽ : Pressione para trocar as
estações de rádio, selecionar
músicas no CD ou para selecionar
músicas e navegar pelas pastas no
dispositivo USB.
Estes controles se localizam no
volante.
m : Liga/desliga o controle de
velocidade de cruzeiro.
RES + (RETOMAR) : Pressione para
retomar ou acelerar a velocidade.
n : Pressione para rejeitar uma
ligação ou para terminar uma ligação.
(Este dispositivo não funciona em
veículos brasileiros).
q w : Pressione para silenciar os
alto-falantes do veículo. Pressione
novamente para ativar o som
novamente.
Pressione próximo ou sobre os
símbolos de buzina no volante para
tocar a buzina.
Comandos e controles
Limpador/lavador do
para-brisa
A alavanca dos limpadores do
para-brisa está do lado direito do
volante.
Mova a alavanca para controlar os
limpadores do para-brisa.
2 (Mist) (Neblina) : Pressione
a alavanca para baixo e libere-a para
um único ciclo dos limpadores. Para
obter mais ciclos, mantenha
a alavanca para baixo.
§ (Off) (Desligado) : Desliga os
limpadores do para-brisa.
P (Intermitente, limpadores
sensíveis à velocidade) : Para
funcionamento intermitente ou
sensível à velocidade. Enquanto
estiver nessa posição, gire _P para
cima ou para baixo para variar
a frequência.
O tempo de retardo varia entre os
ciclos devido à configuração de
retardo selecionada ou à velocidade
do veículo. À medida que
a velocidade do veículo aumenta ou
diminui, o intervalo do limpador
também aumenta ou diminui.
1 (Velocidade baixa) : Limpadores
lentos.
7 (Velocidade alta) : Limpadores
rápidos.
As palhetas dos limpadores
danificadas deverão ser substituídas.
Se os limpadores permanecem
ligados por mais de 15 segundos, os
faróis do veículo acenderão
automaticamente, este é mais um
recurso adicional de segurança. Eles
apagam 15 segundos depois dos
limpadores serem desligados.
Lavadores do para-brisa
73
Pressione o botão na extremidade da
alavanca dos limpadores do
para-brisa até que os lavadores
sejam acionados.
Ao soltar o botão, os lavadores
param, porém os limpadores
continuam a limpar
aproximadamente três vezes ou
retomam a velocidade anterior.
Bússola
Funcionamento da bússola
74
Comandos e controles
Pressione 4 para ligar ou desligar
o mostrador da bússola, com
a ignição ligada.
Após alguns segundos a bússola
exibirá a direção atual.
Calibração da bússola
Se após alguns segundos a tela não
mostrar uma direção da bússola, (N
para Norte por exemplo), pode existir
um forte campo magnético
interferindo com a bússola.
A interferência pode ser causada por
um suporte de antena, suporte de
bloco de notas ou objeto similar
magnético. Se C ou cal aparecer no
mostrador da bússola, então poderá
ser necessário resetada ou calibrar
a mesma. A bússola pode ser
calibrada dirigindo o veículo muito
devagar, em círculos, até que
o mostrador exiba uma direção.
Só calibre a bússola em um local sem
interferência magnética e seguro,
como um estacionamento aberto,
onde dirigir o veículo em círculos não
seja perigoso. Sugerimos que
a calibração, caso possível, seja feita
longe de edifícios altos, cabos de
eletricidade, tampas de bueiros ou
outras estruturas industriais.
Variação da bússola
A bússola foi ajustada na zona oito.
É necessário ajustar a bússola para
compensar a variação da mesma se
o veículo for conduzido fora da zona
oito. Sob certas circunstâncias, como
uma viagem de longa distância,
cruzando o país, é necessário ajustar
a variação da bússola.
Para ajustar a variação da bússola:
1. Estão disponíveis as regiões de 1 a
15. A melhor posição para o Brasil
para a calibração da bússola é a
posição 8.
2. Pressione e segure 4 até que seja
exibido o número da zona.
3. Assim que o número for exibido,
pressione 4 repetidamente até
alcançar o número da zona correta.
Se C ou cal aparecer na janela da
bússola, então poderá ser necessário
calibrar a mesma. Consulte
"Calibração da bússola" acima.
Relógio
O relógio é exibido na tela do rádio.
Para ajustar data e hora:
1. Gire a chave de ignição para
ACC/ACCESSORY (ACC/
ACESSÓRIOS) ou ⃒ ON/RUN
(LIGADO/FUNCIONANDO).
Pressione m para ligar o rádio.
2. Pressione X e será exibido HR,
MIN, MM, DD, YYYY (hora,
minuto, mês, dia e ano).
3. Pressione a tecla localizada
embaixo de qualquer aba que
deseja alterar.
4. Para aumentar a hora ou a data
siga este procedimento:
◆ Pressione a tecla localizada
abaixo da aba selecionada.
◆ Pressione ⊳⃓SEEK
(PROCURA) ou ⊳⊳ FWD
(AVANÇO)
◆ Gire 6 no sentido horário.
5. Para diminuir a hora ou a data
siga este procedimento:
Comandos e controles
◆ Pressione o botão localizado
abaixo da aba selecionada.
◆ Pressione ⃓⊲SEEK
(PROCURA) ou ⊲⊲ REV
(RETROCESSO).
◆ Gire 6 no sentido anti-horário.
A data não é exibida
automaticamente. Para ver a data
pressione X enquanto o rádio está
ligado. A data será exibida
e desaparecerá após alguns
segundos e a tela voltará para
a exibição normal do rádio e hora.
Para alterar a configuração padrão
de hora de 12 horas para 24 horas ou
para alterar a configuração padrão de
data de mês/dia/ano para dia/mês/
ano:
1. Pressione X e em seguida,
a tecla localizada sob a indicação
de seta direita, que aparece no
visor.
2. Assim que for exibida a hora 12H
e 24H e a data MM/DD (mês e dia)
e DD/MM (dia e mês). Pressione
a tecla localizada abaixo da
opção desejada.
3. Pressione X novamente para
aplicar o padrão selecionado ou
deixe o tempo da tela expirar.
Tomadas elétricas
As tomadas elétricas para acessórios
podem ser usadas para conectar
equipamentos elétricos auxiliares
como um telefone celular, operando
a uma voltagem de 12 V.
Existem duas tomadas elétricas para
acessórios. Uma tomada elétrica se
localiza dentro do porta-objetos sob
os controles do sistema de ventilação
e ar condicionado e a outra está na
parte de trás do console central.
Para usar a tomada, levante e tampa
protetora. Quando não estiver em
uso, sempre cubra a tomada com
a tampa protetora. A tomada elétrica
para acessórios sempre estará
operacional.
75
Nota
Deixar um equipamento elétrico na
tomada por um período prolongado
com o veículo desligado drenará
a bateria. A alimentação das
tomadas é contínua. Sempre tire
quaisquer equipamentos elétricos
da tomada quando não em uso,
e não ligue nenhum equipamento
elétrico que exceda a corrente
nominal de 20 ampères.
Alguns acessórios elétricos podem
não ser compatíveis com a tomada
elétrica e podem queimar os fusíveis
do veículo ou do adaptador. Caso
encontre algum problema, consulte
sua Rede de Concessionárias
e Oficinas Autorizadas Chevrolet
para obter mais informações sobre
a tomada elétrica para acessórios.
76
Comandos e controles
Nota
A instalação de qualquer
equipamento elétrico no veículo
pode danificá-lo ou impedir que
outros componentes funcionem
como devem. Os reparos não
seriam cobertos pela garantia do
veículo. Não use equipamentos que
excedam a corrente nominal
máxima de 20 ampères. Consulte
a Concessionária ou Oficina
autorizada Chevrolet antes de
instalar um equipamento elétrico.
Ao instalar equipamentos elétricos,
certifique-se de seguir as instruções
adequadas de instalação, incluídas
com o equipamento.
Nota
O uso impróprio da tomada elétrica
pode causar danos, os quais não
são cobertos pela garantia do
veículo. Não pendure nenhum tipo
de acessório ou suporte de
acessório no plugue. As tomadas
elétricas são projetadas somente
para o uso dos plugues elétricos de
acessórios.
Tomada elétrica 110 Volt corrente alternada
A tomada elétrica pode ser usada
para conectar um equipamento
elétrico que use um limite máximo de
150 watt.
A tomada se localiza na parte traseira
do console central.
Uma luz indicadora acende na
tomada para indicar que está em uso.
A luz acende quando a ignição está
em ⃒ ON/RUN (LIGADO/
FUNCIONANDO) e um equipamento
que usa menos de 150 watt está
conectado à tomada, e não
é detectada nenhuma falha no
sistema.
A luz indicadora não acende quando
a ignição está em J LOCK/OFF
(TRAVADO/DESLIGADO) ou se não
existe um equipamento conectado
à tomada.
Caso tente conectar um equipamento
que usa mais de 150 watt ou se for
detectada uma falha, um circuito de
proteção desliga a alimentação
elétrica e a luz indicadora apaga.
Para reinicializar o sistema,
desconecte o item e conecte-o
novamente.
A alimentação reinicia quando
é conectado na tomada um
equipamento dentro do limite e não
é detectada falha no sistema.
A tomada elétrica não foi projetada
para os seguintes equipamentos
elétricos e pode não funcionar
adequadamente caso estes itens
sejam conectados à tomada:
Comandos e controles
■ Equipamentos com uma alta
potência inicial de pico como:
refrigeradores acionados por
compressor e ferramentas
elétricas.
■ Outros equipamentos que
necessitem de uma fonte de
alimentação extremamente estável
como: cobertores elétricos
controlados por microcomputador,
lâmpadas com sensor de toque,
etc.
9 Atenção
Não permita que as crianças
tenham acesso a este
equipamento, pois elas poderiam
sofrer ferimentos causados pela
descarga elétrica.
Luzes de advertência,
medidores
e indicadores
As luzes de advertência e os
medidores podem sinalizar que algo
está errado antes que se torne sério
o suficiente para causar um reparo
caro ou uma substituição. Prestar
atenção nas luzes de advertência
e nos medidores pode evitar
ferimentos.
As luzes de advertência acendem
quando pode haver ou há um
problema com uma das funções do
veículo. Algumas luzes de
advertência acendem rapidamente
quando o motor é ligado para indicar
que estão funcionando.
Os medidores podem indicar quando
pode haver ou há um problema com
uma das funções do veículo.
Normalmente os medidores e as
luzes de advertência funcionam em
conjunto para indicar um problema
com o veículo.
77
Quando uma das luzes de
advertência acende ou permanece
acesa durante a condução, ou
quando um dos medidores mostra
que pode existir um problema,
verifique a seção que explica o que
fazer. Siga os conselhos deste
manual. Esperar para executar os
reparos pode ser oneroso e até
perigoso.
Volume da campainha de
aviso
O rádio pode ser usado para ajustar
o nível da campainha do veículo. Se
o rádio puder ser usado para alterar
o nível de volume da campainha,
pressione e segure o sexto botão
numerado ou o sexto botão FAV com
a ignição ligada e o rádio desligado.
O nível do volume se altera entre
Normal e Loud (Alto). O nível de
volume selecionado aparece no
mostrador do rádio.
Remover o rádio e não substituí-lo
por um rádio de fábrica ou módulo de
campainha desabilitará as
campainhas do veículo.
78
Comandos e controles
Velocímetro
Hodômetro parcial
O hodômetro parcial mostra
a distância percorrida pelo veículo
desde que o hodômetro foi zerado
pela última vez. O hodômetro parcial
é acessado e zerado por meio do
Centro de informações ao motorista.
Tacômetro
O velocímetro mostra a velocidade
do veículo em quilômetros por hora
(km/h) ou milhas por hora (mph).
Hodômetro
O hodômetro mostra a distância
percorrida pelo veículo, em
quilômetros ou milhas.
Este veículo possui um hodômetro
resistente a adulterações.
O hodômetro digital mostrará
999.999 caso seja girado para trás.
O tacômetro mostra a rotação do
motor em rotações por minuto (RPM)
(a leitura correta é feita multiplicandose o número indicado por 1000).
Cuidado
Se o ponteiro estiver na zona
vermelha de alerta, a rotação
máxima permitida do motor terá
sido ultrapassada. Isto poderá
danificar o motor.
Para obter o melhor desempenho do
motor, o veículo deverá ser
conduzido em uma faixa entre
a rotação de torque máximo e a
rotação de potência máxima.
Comandos e controles
Indicador de nível de
combustível
indica o lado do veículo onde se
encontra a portinhola de
abastecimento.
O indicador volta para vazio quando
a ignição é desligada.
Indicador de temperatura
do líquido de
arrefecimento do motor
Quando a ignição está ligada,
o indicador de nível de combustível
mostra quanto de combustível
permanece no tanque. Quando
o indicador estiver próximo de vazio,
é exibida uma mensagem no Centro
de informações ao motorista.
O veículo ainda possui um pouco de
combustível, porém deve ser
abastecido logo. Uma seta no
indicador de nível de combustível
Este indicador exibe a temperatura
do líquido de arrefecimento do motor.
O motor estará muito quente se
o ponteiro se mover em direção
à área do símbolo do termostato 6.
79
Uma luz indicadora de temperatura
acenderá e soará uma campainha.
Se o veículo for conduzido sob
condições normais e a luz indicadora
de temperatura acender, pare
o veículo e desligue o motor assim
que possível.
Lembrete do cinto de
segurança
X acende ou pisca em vermelho.
Quando o motor é ligado, soa um
aviso sonoro durante vários
segundos para lembrar o motorista
de afivelar o cinto de segurança,
a menos que o cinto já esteja
afivelado.
A luz do cinto de segurança X acende
e permanece acesa durante vários
segundos e então pisca por mais
alguns segundos até que se apaga.
Este aviso sonoro e a luz acesa se
repetirão se o motorista não afivelou
o cinto e o veículo já está em
movimento. Se o cinto de segurança
80
Comandos e controles
do motorista já estiver afivelado,
então o aviso sonoro não soará e a
luz também não acenderá.
Luz do lembrete do cinto de
segurança do passageiro
k acende ou pisca em vermelho.
Após alguns momentos de o motor
estar ligado, soará um aviso sonoro
durante alguns segundos para
lembrar o passageiro dianteiro de
afivelar seu cinto de segurança.
A luz do cinto de segurança do
passageiro k, localizada no console
central, se acenderá e permanecerá
acesa durante vários segundos,
depois piscará por mais alguns
segundos. Este aviso sonoro e a luz
se repetirão se o passageiro não
afivelou o cinto e o veículo já está em
movimento. Se o cinto de segurança
do passageiro estiver afivelado,
então o aviso sonoro não soará e a
luz também não acenderá. A luz de
advertência do cinto de segurança do
passageiro dianteiro poderá acender
e o aviso sonoro poderá soar caso
seja colocado um objeto no banco,
como uma pasta, bolsa, saco de
supermercado, laptop ou outro
objeto. Para apagar a luz de
advertência e o aviso sonoro, remova
o objeto do banco ou afivele o cinto
de segurança.
Luz indicadora do airbag
v acende ou pisca em vermelho.
O sistema verifica o sistema elétrico
do airbag quanto a possíveis falhas.
Se a luz permanece acesa indica que
existe um problema elétrico.
A verificação do sistema inclui
o sensor do airbag, os pré-tensionadores, os módulos do
airbag, a fiação e o módulo sensor
e de diagnóstico de colisões.
Quando o motor é ligado a luz
indicadora do airbag v pisca por
alguns segundos. Se a luz não
acender, consulte uma
Concessionária ou Oficina autorizada
Chevrolet.
9 Atenção
Caso a luz indicadora do airbag
permaneça acesa após dar
a partida no veículo ou se acenda
durante a condução, isso significa
que o sistema de airbag pode não
estar funcionando corretamente.
Os airbags do veículo podem não
inflar em caso de colisão, ou
podem atém mesmo inflar sem
haver colisão. Consulte
a Concessionária ou a Oficina
autorizada Chevrolet.
Caso haja algum problema com
o sistema de airbag, também poderá
aparecer uma mensagem do airbag
no Centro de informações ao
motorista.
Indicador de condição do
airbag do passageiro
W acende ou pisca em amarelo.
Comandos e controles
Quando a ignição é ligada,
o indicador de condição do airbag do
passageiro acenderá o símbolo V
para ligado e o símbolo W para
desligado, durante vários segundos
enquanto é executada a verificação
do sistema. A verificação pode não
ser vista caso use a partida remota
para ligar o veículo à distância.
Então, após mais alguns segundos,
a luz indicadora de condição
acenderá V ou W para informara
condição do airbag do passageiro
dianteiro direito e do airbag de
impacto lateral montado no banco.
Se o símbolo V estiver aceso no
indicador de condição do passageiro
significa que o airbag dianteiro do
passageiro dianteiro direito e o airbag
de impacto lateral montado no banco
estão habilitados (podem inflar).
Se o símbolo W estiver aceso no
indicador de condição do passageiro
significa que o sensor de presença de
passageiro desligou o airbag
dianteiro do passageiro dianteiro
direito e o airbag de impacto lateral
montado no banco.
Se, depois de vários segundos, as
duas luzes indicadoras de condição
permanecerem acesas ou se não
houver qualquer luz indicadora, pode
haver um problema com as luzes
indicadoras ou com o sensor de
presença de passageiro. Consulte
sua Rede de Concessionárias
e Oficinas Autorizadas Chevrolet
para manutenção.
81
9 Atenção
Caso a luz indicadora do airbag se
acenda e permaneça acesa,
significa que pode haver algo de
errado com o sistema de airbag.
Consulte a Concessionária ou
Oficina autorizada Chevrolet para
reparos.
Lâmpada do sistema de
carga da bateria
p acende em vermelho.
Esta luz p acende rapidamente
quando a chave de ignição é girada
para START (PARTIDA), porém
o motor não está ligado, como uma
verificação para mostrar que está
funcionando.
Se isso ocorrer, leve o veículo para
uma Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet para reparos.
A luz deve apagar quando o motor
ligar. Se permanecer acesa ou se
acender durante a condução, pode
existir um problema com o sistema de
carga da bateria. Também poderá
82
Comandos e controles
aparecer uma mensagem do sistema
de carga da bateria no Centro de
informações ao motorista. Esta luz
pode indicar que existem problemas
com a correia de acionamento do
alternador ou que existe um
problema elétrico. Verifique
imediatamente. Se o veículo
necessitar ser conduzido uma curta
distância com a luz acesa, desligue
os acessórios, como rádio e ar
condicionado.
Lâmpada indicadora de
falhas
Z acende ou pisca em amarelo.
Um sistema computadorizado
monitora o funcionamento dos
sistemas de controle de emissões,
ignição e combustível. Isto assegura
que as emissões estejam a um nível
aceitável durante a vida útil do
veículo, ajudando a produzir um
ambiente mais limpo.
Esta luz Z deverá se acender
quando a ignição está ligada, porém
o motor não está funcionando, como
uma verificação de que está
funcionando. Se isso não ocorrer,
leve o veículo para uma
Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet para reparos.
Se a luz de verificação do motor
acender e permanecer acesa
enquanto o motor está funcionando,
isto indica que existe um problema no
sistema e serão necessários reparos.
Consulte sua Rede de
Concessionárias e Oficinas
Autorizadas Chevrolet.
O funcionamento incorreto
geralmente é indicado pelo sistema
antes de qualquer problema se tornar
aparente. Ficar atento à luz pode
impedir danos mais sérios ao veículo.
Este sistema auxilia o técnico de
manutenção a diagnosticar
corretamente qualquer
funcionamento incorreto.
Nota
Caso o veículo continue a ser
dirigido enquanto esta luz está
acesa, após certo tempo, os
controles de emissão podem não
funcionar muito bem, a economia de
combustível pode ser afetada e o
motor pode não funcionar de
acordo. Isso poderia levar
à necessidade de reparos caros
e possivelmente não cobertos pela
garantia do veículo.
Comandos e controles
Nota
Modificações no motor,
transmissão, escapamento, sistema
de admissão ou sistema de
combustível, assim como troca dos
pneus originais por pneus sem os
mesmos critérios de desempenho,
podem afetar os controles de
emissão do veículo, provocando
o acendimento desta luz.
Modificações a esses sistemas
podem provocar necessidade de
reparos caros, não cobertos pela
garantia do veículo. Isso também
pode levar o veículo a ser reprovado
em uma inspeção obrigatória de
emissão de poluentes ou inspeção
de manutenção.
Esta luz poderá se acender ou piscar
durante uma falha.
Luz piscando: Foi detectada uma
falha de ignição. Uma falha de
ignição aumenta as emissões do
veículo e pode danificar seu sistema
de controle de emissões. Pode ser
necessário diagnóstico e reparo.
Para evitar danos mais sérios ao
veículo:
■ Reduza a velocidade.
■ Evite acelerações bruscas.
■ Evite subidas muito íngremes.
Se a luz continuar acesa, encontre
um local seguro para estacionar
o veículo. Desligue a ignição, espere
pelo menos dez segundos e ligue
novamente o motor. Se a luz
continuar piscando, siga as diretrizes
anteriores e leve o veículo
à Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet assim que
possível.
Luz acesa fixa: Foi detectado um
funcionamento incorreto do sistema
de controle de emissões do veículo.
Pode ser necessário diagnóstico
e reparo.
O funcionamento incorreto do
sistema de emissões pode ser
corrigido da seguinte forma:
■ Se o veículo passou por uma poça
de água profunda então o sistema
elétrico do veículo pode ter se
83
molhado. Normalmente essa
condição se corrige assim que
o sistema elétrico seca.
■ Certifique-se de abastecer
o veículo com combustível de boa
qualidade. Combustíveis de baixa
qualidade fazem com que o motor
não funcione tão eficientemente
quanto projetado e podem causar:
engasgos após a partida,
engasgos ao trocar de marcha,
falhas de ignição, hesitação na
aceleração ou falhas na
aceleração. Estas condições
podem desaparecer quando
o motor estiver aquecido.
Se nenhuma das instruções acima
fez com que a luz se apagasse, então
a Concessionária ou Oficina
autorizada Chevrolet pode verificar
o veículo. A Concessionária ou
Oficina Autorizada Chevrolet possui
os equipamentos de teste
e ferramentas de diagnóstico
adequados para resolver quaisquer
problemas mecânicos ou elétricos
que possam ocorrer.
84
Comandos e controles
Lâmpada de advertência
do Sistema de freio
R acende em vermelho.
O sistema hidráulico do freio do
veículo divide-se em dois sistemas
independentes. Caso um destes
sistemas não esteja funcionando,
o outro ainda pode funcionar e parar
o veículo. Para uma boa frenagem os
dois sistemas precisam estar
funcionando.
Esta luz R acende rapidamente
quando a chave de ignição é girada
para I ON/RUN (LIGADO/
FUNCIONANDO). Se isso não
ocorrer, conserte-a em uma
Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet pois assim ela
estará pronta para alertar caso haja
algum problema.
Quando a ignição está ligada, a luz de
advertência do sistema de freio
também acende quando o freio de
estacionamento é acionado. A luz
permanece acesa se o freio de
estacionamento não estiver
totalmente liberado. Se permanecer
acesa após o freio de
estacionamento estar liberado, isto
significa que existe um problema no
freio. Leve o veículo para inspeção do
sistema de freio imediatamente.
O Centro de informações ao
motorista poderá exibir uma
mensagem de BRAKE FLUID
(FLUÍDO DE FREIO).
Se a luz acender enquanto estiver
dirigindo, encoste e pare com
cuidado. O pedal do freio pode estar
mais duro de acionar, o pedal pode
estar mais próximo do assoalho e o
veículo pode demorar mais para
parar. Tente desligar e ligar
novamente o veículo uma ou duas
vezes. Se a luz permanecer acesa,
leve o veículo com guincho para
reparos.
9 Atenção
Caso a lâmpada de advertência
do sistema de freio esteja acesa,
é possível que o sistema de
frenagem não esteja funcionando
adequadamente. Dirigir com
a lâmpada de advertência do
sistema de freio acesa pode
ocasionar uma colisão. Caso
a lâmpada continue acesa após
o veículo ser cuidadosamente
conduzido ao acostamento
e estacionado, chame um guincho
para levar o veículo a uma
Concessionária ou Oficina
autorizada Chevrolet.
Lâmpada de advertência
do sistema de freio
antiblocante (ABS)
u acende em amarelo.
Esta luz u se acende quando
a chave de ignição é girada para ON/
RUN (LIGADO/FUNCIONANDO).
Comandos e controles
Caso contrário, leve o veículo para
uma Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet para reparos.
Se o sistema estiver funcionando
normalmente a luz indicadora se
apagará. Se a luz do sistema ABS
permanece acesa, desligue
a ignição.
Se a luz acender enquanto estiver
dirigindo, pare assim que possível,
com segurança, e desligue a ignição.
Dê partida no motor novamente para
restaurar o sistema.
O veículo necessita reparos caso
a luz do sistema ABS permanecer
acesa ou acender novamente
enquanto estiver dirigindo. Se a luz
de advertência do sistema de freio
normal não estiver acesa, o veículo
ainda possui freios, porém sem
auxílio do sistema ABS. Se a luz de
advertência do sistema de freio
normal também estiver acesa,
o veículo não tem auxílio do sistema
ABS e existe um problema com os
freios normais.
Sistema de controle de
tração e controle
eletrônico de estabilidade
v acende ou pisca em amarelo.
A luz indicadora de advertência do
sistema de Controle eletrônico de
estabilidade (ESC) ou do Sistema de
controle de tração (TCS) v se acende
rapidamente quando a chave de
ignição é girada para ⃒ ON/RUN
(LIGADO/FUNCIONANDO).
Caso contrário, leve o veículo para
uma Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet para reparos.
Se o sistema estiver funcionando
normalmente a luz indicadora se
apagará.
Se esta luz estiver acesa enquanto
são exibidas certas mensagens no
Centro de informações ao motorista,
isto indica que o ESC ou o TCS não
estão funcionando ou estão
desabilitados.
Se esta luz está acesa e não pisca,
o TCS e potencialmente o sistema
ESC foram desabilitados. Verifique
as mensagens do Centro de
85
informações ao motorista para
determinar qual função não está mais
funcionando adequadamente ou se
está desligada.
Se o TCS está desabilitado, o giro da
roda não é limitado. Se o sistema
ESC está desabilitado, o sistema não
auxilia na manutenção do controle
direcional do veículo.
Se a luz indicadora/advertência está
acesa e piscando, o TCS ou
o sistema ESC está ativado. Verifique
as mensagens do Centro de
informações ao motorista para obter
detalhes para determinar qual
sistema está ativado. Se aparecer
a mensagem LOW TRACTION
(TRAÇÃO BAIXA), o sistema está
limitando o giro das rodas. Se
aparecer a mensagem ESC ACTIVE
(ESC ATIVO), o sistema está
auxiliando na manutenção do
controle direcional do veículo.
86
Comandos e controles
Luz de advertência de
temperatura do líquido de
arrefecimento do motor
W acende em vermelho.
Esta luz W acende rapidamente
quando a chave de ignição é girada
para ON/RUN (LIGADO/
FUNCIONANDO).
Caso contrário, leve o veículo para
uma Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet para reparos.
Se o sistema estiver funcionando
normalmente a luz indicadora se
apagará.
Nota
Dirigir com a luz de advertência de
temperatura do líquido de
arrefecimento do motor acesa pode
provocar o superaquecimento.
O motor do veículo pode sofrer
danos, possivelmente não cobertos
pela garantia do veículo. Jamais
dirija com a luz de advertência de
temperatura do líquido de
arrefecimento do motor acesa.
A luz de advertência de temperatura
do líquido de arrefecimento do motor
acende quando o motor está
superaquecido.
Caso isto aconteça encoste
e desligue o motor o mais rápido
possível.
Uma mensagem sobre a pressão dos
pneus no Centro de informações ao
motorista pode acompanhar
o acendimento da luz. Pare
e verifique os pneus assim que seja
possível fazê-lo com segurança.
Caso esteja murcho, encha com
a pressão adequada.
Sistema de monitoramento
da pressão dos pneus
Quando a luz pisca primeiro e depois
fica acesa
Indica que pode existir um problema
com o Sistema de monitoramento da
pressão dos pneus. A luz pisca
durante aproximadamente um minuto
e depois permanece acesa durante
todo o restante do ciclo de ignição.
Esta sequência se repete em todos
os ciclos de ignição.
Luz indicadora da pressão dos
pneus
A acende ou pisca em amarelo.
Este veículo possui uma luz
indicadora de monitoramento dos
pneus A, que acende rapidamente
quando a chave de ignição é girada
para ON/RUN (LIGADO/
FUNCIONANDO). Ela indica
possíveis problemas com a pressão
dos pneus e o Sistema de
monitoramento.
Quando a luz fica acesa
Indica que um ou mais pneus estão
significativamente murchos.
Luz indicadora de pressão
de óleo do motor
I acende em vermelho.
Comandos e controles
9 Atenção
Não continue dirigindo caso
a pressão do óleo esteja baixa,
pois o motor pode superaquecer
levando a consequências graves.
Verifique o óleo o mais rápido
possível e leve o veículo a uma
Concessionária ou Oficina
autorizada Chevrolet para
reparos.
Nota
A falta de manutenção adequada do
óleo do motor pode danificar
o motor. Os reparos não seriam
cobertos pela garantia do veículo.
Sempre siga o programa de troca de
óleo disposto neste manual.
Esta luz I acende rapidamente
quando a chave de ignição é girada
para I ON/RUN (LIGADO/
FUNCIONANDO). Caso contrário,
leve o veículo para uma
Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet para reparos.
Se o sistema estiver funcionando
normalmente a luz indicadora se
apagará.
Se a luz acender e permanecer
acesa, significa que o óleo não está
fluindo através do motor
corretamente. O veículo pode ter
pouco óleo e poderão existir outros
problemas no sistema.
Luz indicadora de faróis
altos ligados
7 acende em azul.
Esta luz 7 acende quando os faróis
altos ou o lampejador de farol alto
estão em uso.
Luzes indicadoras dos
sinalizadores de direção
2 ou 3 piscam em verde.
Estas luzes 2 ou 3 piscam enquanto
os sinalizadores de direção estão
ligados para a direita ou para
a esquerda e/ou quando o pisca-alerta está ligado.
87
Cuidado
Se esta luz O piscar com
frequência maior que a normal,
isto indicará o não funcionamento
de uma das lâmpadas.
Luz indicadora do controle
de velocidade cruzeiro
m acende em verde.
A luz indicadora do controle de
velocidade cruzeiro m se acende
sempre que o sistema for ativado.
A luz apaga quando o controle de
velocidade de cruzeiro é desligado.
88
Comandos e controles
Mostrador digital de
informação
Para entrar no menu de
personalização, pressione e segure
os botões de informação
e reinicialização ao mesmo tempo
por um segundo, então os solte.
Centro de informações ao
motorista
Seu veículo possui um Centro de
informações ao motorista. O visor do
Centro de informações ao motorista
fornece a condição de vários
sistemas de seu veículo. Ele também
é usado para exibir os modos de
menu de personalização
e mensagens de advertência/
condição. Todas as mensagens
aparecerão no visor do Centro de
informações ao motorista localizado
na parte inferior do painel de
instrumentos.
Funcionamento e telas
Os botões do Centro de informações
ao motorista se localizam do lado
esquerdo do volante.
INFO (Informações) : Pressione este
botão para rolar entre as telas de
modo de informação do veículo.
T (Reset)(Restaurar) : Pressione
este botão para restaurar algumas
telas do modo de informação do
veículo, selecionar um modo de
ajuste do menu de personalização ou
confirmar uma mensagem de
advertência.
O Centro de informações ao
motorista liga quando a ignição está
ligada. Ele possui vários modos que
podem ser acessados pressionando
os botões. As funções dos botões são
detalhadas a seguir:
Comandos e controles
Mensagens do veículo
Modos de informação
INFO (Informações) : Pressione este
botão para rolar entre os seguintes
modos de informação do veículo:
Temperatura externa
A temperatura externa será exibida
ao mesmo tempo em que
o hodômetro e o hodômetro parcial.
Será mostrada em graus Celsius (ºC)
ou graus Fahrenheit (ºF).
A temperatura externa aparece do
lado esquerdo da tela do Centro de
informações ao motorista e o
hodômetro ou o hodômetro parcial
aparece do lado direito da tela.
Hodômetro
Pressione o botão INFO
(Informações) até que seja exibida
a temperatura externa e o
hodômetro. Este modo mostra
a distância total percorrida pelo
veículo em quilômetros (km) ou em
milhas (mi).
Para alterar o idioma do Centro de
informações ao motorista para Inglês
ou unidades métricas, consulte
"UNIDADES" no item Personalização
do Centro de informações ao
motorista do veículo.
Hodômetro parcial
Pressione o botão INFO até que seja
exibido o hodômetro parcial A ou
B (hodômetro parcial A ou hodômetro
parcial B). Estes modos mostram
a distância atual percorrida desde
a última restauração de cada
hodômetro parcial em quilômetros
(km) ou milhas (mi). Os dois
hodômetros podem ser usados ao
mesmo tempo.
Para restaurar o hodômetro parcial
para zero, pressione e segure o botão
de restauração T durante alguns
segundos enquanto é exibido
o hodômetro parcial desejado.
AUTONOMIA
Pressione o botão INFO
(Informações) até que seja exibido
FUEL RANGE (AUTONOMIA). Este
modo exibe a distância em
89
quilômetros (km) ou milhas (mi) que
o veículo pode percorrer com
o combustível restante no tanque
sem a necessidade de
reabastecimento. Ele se baseia no
consumo de combustível e na
quantidade de combustível restante
no tanque.
Quando o nível de combustível está
baixo, é exibido FUEL RANGE LOW
(POUCA AUTONOMIA).
Os dados de consumo de
combustível usados para determinar
a autonomia é uma média das
condições de direção mais recentes.
À medida que as condições de
direção mudam, este dado
é atualizando gradualmente. O modo
FUEL RANGE (AUTONOMIA) não
pode ser restaurado.
KM/l AVG (Consumo médio em km/l)
Pressione o botão INFO
(Informações) até que seja exibido
KM/l AVG (Consumo médio em km/l).
Este modo mostra quantos
quilômetros por litro seu veículo está
alcançando baseado nas condições
atuais e passadas de condução.
90
Comandos e controles
Para zerar as informações de
consumo de combustível, pressione
e segure o botão restaurar T
enquanto está sendo exibido KM/l
AVG (Consumo médio em km/l).
O consumo médio de combustível
será calculado a partir desse ponto.
Se o consumo médio de combustível
não for zerado, ele será atualizado
continuamente sempre que dirigir.
KM/l INST (Consumo instantâneo em
km/l)
Pressione o botão INFO
(Informações) até que seja exibido
KM/l INST (Consumo instantâneo em
km/l). Este modo mostra o consumo
de combustível em um momento
específico e muda frequentemente
à medida que as condições de
condução se alteram. Este modo
exibe o consumo instantâneo de
combustível em quilômetros por litro.
Diferentemente do consumo médio
de combustível, esta tela não pode
ser zerada.
AV SPEED (VELOCIDADE MÉDIA)
Pressione o botão INFO
(Informações) até que seja exibido
AV SPEED (VELOCIDADE MÉDIA).
Este modo mostra a velocidade
média do veículo em quilômetros por
hora (km/h) ou milhas por hora (mph).
Para zerar a velocidade média do
veículo, pressione e segure o botão
restaurar T enquanto é exibido AV
SPEED (VELOCIDADE MÉDIA).
OIL LIFE (VIDA ÚTIL DO ÓLEO)
Pressione o botão INFO
(Informações) até que seja exibido
OIL LIFE (VIDA ÚTIL DO ÓLEO).
O sistema de vida útil do óleo do
motor exibe uma estimativa da vida
útil do óleo remanescente. Ele mostra
100% quando o sistema é zerado
após uma troca de óleo. Ele alerta
para trocar o óleo dentro de um
cronograma consistente com suas
condições de condução.
Além do sistema monitoramento de
vida útil do óleo do motor,
recomendamos manutenções
adicionais na seção "Manutenção
programada" neste manual.
Sempre zere o sistema de vida útil do
óleo do motor após uma troca de
óleo.
Pressão dos pneus
Este veículo possui um Sistema de
monitoramento da pressão dos
pneus (TPMS) e pode ser visualizada
a pressão de cada pneu no Centro de
informações ao motorista. A pressão
dos pneus é exibida em quilopascal
(kPa) ou em libras por centímetro
quadrado (psi). Pressione o botão
INFO (Informações) até que seja
exibido LF (Dianteiro esquerdo) ##
PSI (kPa) ##RF (Dianteiro direito)
para os pneus dianteiros. Pressione
o botão INFO (Informações)
novamente até que seja exibido LR
(Traseiro esquerdo) ## PSI (kPa)
##RR (Traseiro direito) para os pneus
traseiros. Caso seja detectada pelo
sistema uma condição de pressão
baixa dos pneus enquanto dirige,
será exibida na tela uma mensagem
recomendando a calibração.
Comandos e controles
Advertências e mensagens do
centro de informações ao
motorista
Estas mensagens aparecem caso
exista algum problema detectado em
um dos sistemas do veículo.
A mensagem desaparece quando
a condição detectada não está mais
presente. Para confirmar uma
mensagem e excluí-la da tela,
pressione e segure qualquer um dos
botões do Centro de informações ao
motorista. Se a condição ainda
estiver presente, a mensagem de
advertência aparecerá novamente na
próxima vez que o veículo for
desligado e ligado. Um aviso sonoro
soa quando é exibida a maioria das
mensagens.
AUTO LIGHTS OFF (SISTEMA
AUTOMÁTICO DOS FARÓIS
DESATIVADO)
Essa mensagem é exibida se
o sistema automático de faróis estiver
desativado.
AUTO LIGHTS ON (SISTEMA
AUTOMÁTICO DOS FARÓIS
ATIVADO)
Essa mensagem é exibida se
o sistema automático de faróis estiver
ativado.
BRAKE FLUID (FLUIDO DE FREIO)
Essa mensagem é exibida quando
o nível do fluído de freio está baixo
e a ignição está ligada. A luz de
advertência do sistema de freio no
painel de instrumentos também se
acende. Leve o veículo para reparos
na Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet assim que
possível.
CHANGE OIL SOON (TROCAR
ÓLEO EM BREVE)
Esta mensagem é exibida quando
a vida útil do óleo do motor expirou
e ele deve ser trocado.
Quando esta mensagem
é confirmada e excluída da tela,
o sistema de vida útil do óleo do motor
ainda deverá ser zerado
separadamente.
91
CRUISE ENGAGED (CRUZEIRO
ACIONADO)
Esta mensagem é exibida quando
o sistema de controle de velocidade
de cruzeiro está ativo.
DOOR AJAR (PORTA ABERTA)
Esta mensagem é exibida se uma ou
mais portas do veículo não estão
fechadas adequadamente.
Certifique-se de que as portas
estejam bem fechadas.
ENGINE DISABLED (MOTOR
DESABILITADO)
Esta mensagem é exibida se
a partida do motor está desabilitada.
Leve o veículo para reparos na
Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet imediatamente.
ENG PWR REDUCED (POTÊNCIA
DO MOTOR REDUZIDA)
Esta mensagem é exibida quando
a potência do motor do veículo está
reduzida. A redução da potência do
motor pode afetar a capacidade do
veículo acelerar. Se esta mensagem
for exibida, porém não houver
redução no desempenho, continue
92
Comandos e controles
até seu destino. O desempenho
poderá ser reduzido na próxima vez
que o veículo for dirigido. O veículo
poderá ser conduzido a uma
velocidade reduzida enquanto está
mensagem é exibida, porém
a aceleração e a velocidade podem
estar reduzidas. Sempre que esta
mensagem permanece ativa,
o veículo deverá ser levado para
a Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet para reparos
assim que possível.
ESC ACTIVE (CONTROLE
ELETRÔNICO DE ESTABILIDADE
ATIVO)
Esta mensagem é exibida e a luz
ESC/TCS pisca no painel de
instrumentos quando o ESC está
auxiliando o controle direcional do
veículo. É possível sentir ou ouvir
o sistema funcionando e ver esta
mensagem exibida no Centro de
informações ao motorista. Podem
existir condições de estrada
escorregadia quando esta
mensagem é exibida, então ajuste
sua direção de acordo. Esta
mensagem pode permanecer ativa
por alguns segundos depois que
o ESC para de auxiliar o controle
direcional do veículo. Isto é normal
quando o sistema está funcionando.
ESC OFF (CONTROLE
ELETRÔNICO DE ESTABILIDADE
DESLIGADO)
Esta mensagem é exibida e a luz
ESC/TCS acende no painel de
instrumentos quando o ESC está
desligado. Ajuste sua direção de
acordo.
ICE POSSIBLE (POSSIBILIDADE
DE GELO)
Esta mensagem é exibida quando
a temperatura externa está fria
o suficiente para criar uma condição
de estrada com gelo. Ajuste sua
direção de acordo.
KEY FOB BATT LOW (BATERIA DO
CONTROLE REMOTO FRACA)
Esta mensagem é exibida se
a bateria do controle remoto está
fraca. Substitua a bateria do controle
remoto.
LOW FUEL (NÍVEL DE
COMBUSTÍVEL BAIXO)
Esta mensagem é exibida quando
o veículo está com pouco
combustível. Reabasteça o tanque
de combustível o mais rápido
possível.
LOW TRACTION (TRAÇÃO BAIXA)
Esta mensagem é exibida e a luz
ESC/TCS pisca no painel de
instrumentos quando o sistema está
limitando ativamente o giro das
rodas. Se esta mensagem for exibida
podem existir condições de estrada
escorregadia, então ajuste sua
direção de acordo. Esta mensagem
permanece ativa durante alguns
segundos após o sistema parar de
limitar o giro das rodas.
LOW WASHER FLUID (POUCO
FLUÍDO NO LAVADOR)
Esta mensagem é exibida quando
o nível do fluído do lavador do
para-brisa está baixo. Assim que
possível abasteça o reservatório do
fluído do lavador do para-brisa até
o nível adequado.
Comandos e controles
POWER STEERING (DIREÇÃO
ELÉTRICA)
Esta mensagem é exibida caso tenha
sido detectado um problema com
a direção elétrica. Leve o veículo para
reparos na Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet imediatamente.
SERVICE AIR BAG (REPARAR
AIRBAG)
Esta mensagem é exibida quando
existe um problema com o sistema de
airbag. Leve o veículo para reparos
na Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet imediatamente.
SERVICE ESC (REPARAR
CONTROLE ELETRÔNICO DE
ESTABILIDADE)
Esta mensagem é exibida e soa um
aviso sonoro caso tenha sido
detectado um problema com o ESC.
A luz ESC/TCS também acende no
painel de instrumentos. Esta luz
permanece acesa enquanto
o problema detectado permanecer
presente. O sistema não está
funcionando quando esta mensagem
é exibida. Ajuste sua direção de
acordo.
Se esta mensagem aparecer
enquanto estiver dirigindo, encoste
o mais rápido possível e pare com
cuidado. Tente restaurar o sistema
desligando a ignição e então ligando
novamente. Se esta mensagem
continuar aparecendo ou voltar
quando estiver dirigindo então seu
veículo necessita de reparos. Leve
o veículo para inspeção do ESC na
Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet o mais rápido
possível.
SERVICE TRACTION (REPARAR
TRAÇÃO)
Esta mensagem é exibida e um aviso
sonoro soa quando o sistema não
está funcionando adequadamente.
A luz ESC/TCS também acende no
painel de instrumentos. Esta luz
permanece acesa enquanto
o problema detectado permanecer
presente. O sistema não está
funcionando quando esta mensagem
é exibida. Ajuste sua direção de
93
acordo. Leve o veículo para reparos
na Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet o mais rápido
possível.
SVC TIRE MONITOR (REPARAR
SISTEMA DE MONITORAMENTO
DE PRESSÃO DOS PNEUS)
Esta mensagem é exibida se parte do
Sistema de monitoramento da
pressão dos pneus não está
funcionando adequadamente. A luz
indicadora da pressão do pneu
também pisca e então permanece
acesa durante o mesmo ciclo de
ignição. Esta condição pode aparecer
por diversos motivos. Se a luz de
advertência se acender
e permanecer acesa, pode existir um
problema no Sistema de
monitoramento da pressão dos
pneus. Consulte a Concessionária ou
Oficina Autorizada Chevrolet.
TIRE LOW ADD AIR (PNEU
DESCALIBRADO, ADICIONAR AR)
Esta mensagem é exibida quando
a pressão em um ou mais pneus do
veículo está baixa. A luz de
advertência de pressão baixa do
94
Comandos e controles
pneu também acende. Caso esta
mensagem apareça no Centro de
informações ao motorista, pare assim
que possível. Verifique a pressão dos
pneus e regule de acordo com
a etiqueta Informações sobre cargas
do pneu.
O Centro de informações ao
motorista também exibe os valores
de pressão dos pneus.
TRACTION OFF (TRAÇÃO
DESLIGADA)
Esta mensagem é exibida e a luz
ESC/TCS acende no painel de
instrumentos quando o sistema
é desligado. Ajuste sua direção de
acordo.
TRUNK AJAR (PORTA-MALAS
ABERTO)
Esta mensagem é exibida quando
o porta-malas não está
completamente fechado. Certifique-se de que o porta-malas está bem
fechado.
Personalização do
veículo
O veículo dispõe de características
de personalização que lhe permitem
programar determinados dispositivos
de acordo com suas preferências.
Nem todos os recursos listados
podem estar disponíveis em seu
veículo. Somente as funções
disponíveis serão exibidas no Centro
de informações ao motorista. Os
ajustes padrão para as funções foram
ajustados quando seu veículo saiu da
fábrica, mas podem ter sido alterados
de seu padrão desde então.
Como acessar o menu de
personalização
Use o procedimento abaixo para
alterar as configurações do recurso:
1. Ligue a ignição enquanto
o veículo está parado. Para evitar
drenagem excessiva da bateria,
é recomendável que os faróis
estejam apagados.
2. Pressione e segure os botões
INFO (Informações) e "reset"
T (Restaurar) ao mesmo tempo
durante um segundo, então os
solte para entrar no menu de
personalização. Se o veículo está
se movendo a uma velocidade
superior a 3 km/h (2 mph), só
o menu UNITS (UNIDADES)
estará acessível.
3. Pressione o botão INFO
(Informações) para rolar entre os
modos do menu de
personalização. Pressione
o botão "reset" (restaurar) T
para rolar entre as configurações
disponíveis para cada modo Caso
não faça uma seleção em um
intervalo de dez segundos, a tela
retornará para a informação
exibida anteriormente.
Comandos e controles
Modos do menu de
personalização
OIL LIFE RESET (RESTAURAR
VIDA ÚTIL DO ÓLEO)
Quando este recurso é exibido será
possível restaurar o sistema de vida
útil do óleo do motor.
UNITS (UNIDADES)
Este recurso permite selecionar as
unidades de medida com as quais
o Centro de informações ao motorista
exibirá as informações do veículo.
Quando UNITS (UNIDADES)
aparece na tela, pressione e segure
o botão "reset" T durante pelo
menos um segundo para rolar entre
as configurações disponíveis.
ENGLISH (INGLÊS) : Todas as
informações serão exibidas em
unidades de medida inglesas.
METRIC (MÉTRICO) : Todas as
informações serão exibidas em
unidades métricas.
Para selecionar uma configuração
e ir para o próximo recurso, pressione
o botão INFO (Informações)
enquanto a configuração desejada
é exibida no Centro de informações
ao motorista.
REMOTE START (PARTIDA
REMOTA)
A partida remota permite que o motor
seja ligado de fora do veículo usando
o controle remoto. Quando REMOTE
START (PARTIDA REMOTA)
aparece na tela, pressione e segure
o botão "reset" T durante pelo
menos um segundo para rolar entre
as configurações disponíveis:
OFF (DESLIGADO) : O recurso de
partida remota será desabilitado.
ON (LIGADO) (padrão) : O recurso de
partida remota será habilitado.
Para selecionar uma configuração
e ir para o próximo recurso, pressione
o botão INFO (Informações)
enquanto a configuração desejada
é exibida no Centro de informações
ao motorista.
95
LOCK HORN (BUZINA AO TRAVAR)
Este recurso, que permite que
a buzina do veículo toque sempre
que for pressionado o botão "lock"
(travar) no controle remoto, pode ser
habilitado ou desabilitado. Quando
LOCK HORN (BUZINA AO TRAVAR)
aparece na tela, pressione e segure
o botão "reset" T durante pelo
menos um segundo para rolar entre
as configurações disponíveis.
OFF (DESLIGADO) (padrão) : A
buzina não tocará quando o botão
"lock" (travar) for pressionado uma
vez no controle remoto. A buzina
ainda tocará quando o botão for
pressionado pela segunda vez.
ON (LIGADO) : A buzina tocará
quando o botão "lock" (travar) for
pressionado uma vez no controle
remoto.
Para selecionar uma configuração
e ir para o próximo recurso, pressione
o botão INFO (Informações)
enquanto a configuração desejada
é exibida no Centro de informações
ao motorista.
96
Comandos e controles
UNLOCK HORN (BUZINA AO
DESTRAVAR)
Este recurso, que permite que
a buzina do veículo toque quando
o botão "unlock" (destravar) for
pressionado uma vez no controle
remoto, pode ser habilitado ou
desabilitado. Quando UNLOCK
HORN (BUZINA AO DESTRAVAR)
aparece na tela, pressione e segure
o botão "reset" T durante pelo
menos um segundo para rolar entre
as configurações disponíveis.
OFF (DESLIGADO) (padrão) :
A buzina não tocará quando for
pressionado o botão "unlock"
(destravar) do controle remoto.
ON (LIGADO) : A buzina tocará
quando o botão "unlock" (destravar)
for pressionado uma vez no controle
remoto.
Para selecionar uma configuração
e ir para o próximo recurso, pressione
o botão INFO (Informações)
enquanto a configuração desejada
é exibida no Centro de informações
ao motorista.
LIGHT FLASH (PISCAR LUZES)
Este recurso, que permite que
o sinalizador de advertência (pisca-alerta)/luzes indicadoras dos
sinalizadores de direção pisquem
sempre que forem pressionados os
botões "lock" (travar), "unlock"
(destravar) e "trunk release"
(abertura do porta-malas) no controle
remoto, pode ser habilitado ou
desabilitado. Quando LIGHT FLASH
(PISCAR LUZES) aparece na tela,
pressione e segure o botão "reset"
T durante pelo menos um segundo
para rolar entre as configurações
disponíveis.
OFF (DESLIGADO) : O sinalizador
de advertência (pisca-alerta)/luzes
indicadoras dos sinalizadores de
direção não piscarão quando forem
pressionados os botões "lock"
(travar), "unlock" (destravar) e "trunk
release" (abertura do porta-malas).
ON (LIGADO) (padrão) : O
sinalizador de advertência (pisca-alerta)/luzes indicadoras dos
sinalizadores de direção piscarão
quando forem pressionados os
botões "lock" (travar), "unlock"
(destravar) e "trunk release"
(abertura do porta-malas).
Para selecionar uma configuração
e ir para o próximo recurso, pressione
o botão INFO (Informações)
enquanto a configuração desejada
é exibida no Centro de informações
ao motorista.
DELAY LOCK (RETARDO PARA
TRAVAR)
Este recurso, que atrasa
o travamento do veículo, pode ser
habilitado ou desabilitado. Quando
DELAY LOCK (RETARDO PARA
TRAVAR) aparece na tela, pressione
e segure o botão "reset" T durante
pelo menos um segundo para rolar
entre as configurações disponíveis.
ON (LIGADO) (padrão) : As portas só
travarão cinco segundos depois que
a última porta for fechada. É possível
cancelar temporariamente
o travamento com retardo
pressionando o interruptor da trava
Comandos e controles
elétrica ou pressionando novamente
o botão "lock" (travar) no controle
remoto.
ALL (TODAS) (padrão) : Todas as
portas destravarão
automaticamente.
OFF (DESLIGADO) : As portas
travarão imediatamente ao
pressionar o interruptor da trava
elétrica ou o botão "lock" (travar) no
controle remoto.
DRIVER (MOTORISTA) : A porta do
motorista destravará
automaticamente.
Para selecionar uma configuração
e ir para o próximo recurso, pressione
o botão INFO (Informações)
enquanto a configuração desejada
é exibida no Centro de informações
ao motorista.
AUTO UNLK (DESTRAVAR
AUTOMATICAMENTE)
Este recurso, que permite que
o veículo destrave automaticamente
as portas, pode ser habilitado ou
desabilitado. Quando AUTO UNLK
(DESTRAVAR
AUTOMATICAMENTE) aparece na
tela, pressione e segure o botão
"reset" T durante pelo menos um
segundo para rolar entre as
configurações disponíveis.
NONE (NENHUMA) : Nenhuma porta
destravará automaticamente. Será
necessário destravar as portas
manualmente.
Para selecionar uma configuração
e ir para o próximo recurso, pressione
o botão INFO (Informações)
enquanto a configuração desejada
é exibida no Centro de informações
ao motorista.
UNLK (DESTRAVAR)
Esta tela será exibida somente se for
selecionado DRIVER (MOTORISTA)
ou ALL (TODAS) no recurso AUTO
UNLK (DESTRAVAR
AUTOMATICAMENTE). Este
recurso determina quando ocorrerá
o destravamento automático das
portas. Quando UNLK
(DESTRAVAR) aparece na tela,
pressione e segure o botão "reset"
97
T durante pelo menos um segundo
para rolar entre as configurações
disponíveis.
KEY OFF (CHAVE DESLIGADA) : A
porta(s) destravará quando a chave
for desligada.
SHIFT TO P (ENGATAR P) (Parking
- Estacionamento) (padrão) : A porta
destravará quando a alavanca de
marcha for movida para
P (Estacionamento).
Para selecionar uma configuração
e ir para o próximo recurso, pressione
o botão INFO (Informações)
enquanto a configuração desejada
é exibida no Centro de informações
ao motorista.
EXT LIGHTS (LUZES EXTERNAS)
Este recurso, que permite que as
luzes externas acendam sempre que
for pressionado o botão "unlock"
(destravar) no controle remoto, pode
ser habilitado ou desabilitado.
Quando EXT LIGHTS (LUZES
EXTERNAS) aparece na tela,
pressione e segure o botão "reset"
98
Comandos e controles
T durante pelo menos um segundo
para rolar entre as configurações
disponíveis.
OFF (DESLIGADO) : A iluminação
externa não acenderá quando for
pressionado o botão "unlock"
(destravar) do controle remoto.
ON (LIGADO) (padrão) : A
iluminação externa acenderá quando
for pressionado o botão "unlock"
(destravar) do controle remoto.
Para selecionar uma configuração
e ir para o próximo recurso, pressione
o botão INFO (Informações)
enquanto a configuração desejada
é exibida no Centro de informações
ao motorista.
LANGUAGE (IDIOMA)
Este recurso permite selecionar
o idioma usado pelo Centro de
informações ao motorista nas telas.
Quando LANGUAGE (IDIOMA)
aparece na tela, pressione e segure
o botão "reset" durante pelo menos
um segundo para rolar entre as
configurações disponíveis.
ENGLISH (INGLÊS) (padrão) : Todas
as mensagens exibidas serão em
inglês.
FRENCH (FRANCÊS) : Todas as
mensagens exibidas serão em
francês.
SPANISH (ESPANHOL) : Todas as
mensagens exibidas serão em
espanhol.
GERMAN (ALEMÃO) : Todas as
mensagens exibidas serão em
alemão.
Para selecionar uma configuração
e sair do modo do menu de
personalização, pressione o botão
INFO (Informações) enquanto
a configuração desejada é exibida no
Centro de informações ao motorista.
Como sair do menu de
personalização
Será possível sair do menu de
personalização quando ocorrer uma
das condições abaixo:
■ Decorreu um intervalo de dez
segundos.
■ A ignição é desligada.
■ Foi alcançado o final da lista do
menu de personalização.
Luzes
Luzes
Luzes externas
Controles das luzes
externas
99
AUTO : Quando está escuro
o suficiente fora do veículo, acende
automaticamente os faróis, luzes de
estacionamento, luzes delimitadoras
e lanternas traseiras.
8 : Operação manual das luzes de
estacionamento, luzes delimitadoras
e lanternas.
9 : Operação manual dos faróis,
luzes de estacionamento, luzes
delimitadoras e lanternas.
Controle automático de
iluminação
Gire o interruptor da luz na
extremidade da alavanca.
m : Gire brevemente para esta
posição para ligar e desligar
manualmente o controle automático
de luzes. O interruptor de controle
automático retornará para a posição
AUTO (automática).
Quando está escuro o suficiente do
lado de fora do veículo, o sistema
automático de iluminação acende os
faróis juntamente com outras luzes
como as lanternas, luzes
delimitadoras, luzes de
estacionamento e luzes do painel de
instrumentos. As luzes do rádio
diminuirão de intensidade.
O veículo possui um sensor de
iluminação na parte superior do
painel de instrumentos que controla
o sistema automático de iluminação.
100
Luzes
Não cubra o sensor ou o sistema
automático de iluminação será
ativado quando não é necessário.
Existe um retardo na transição entre
a operação diurna e noturna do
sistema automático de iluminação, de
modo que dirigir sob pontes ou ruas
muito iluminadas não afeta o sistema.
O sistema automático de iluminação
só será afetado quando o sensor de
iluminação perceber uma alteração
de iluminação que dure mais que este
retardo.
Se o veículo for ligado em uma
garagem escura, o sistema
automático de iluminação acenderá
imediatamente. Assim que o veículo
deixar a garagem, demora
aproximadamente um minuto para
que o sistema automático de
iluminação desligue caso haja luz do
lado de fora. Durante esse retardo,
o painel de instrumentos pode não
estar tão brilhante como
normalmente. Certifique-se de que
o controle de brilho do painel de
instrumentos esteja na posição de
brilho máximo.
Para deixar o veículo em marcha
lenta com o sistema automático de
iluminação desligado, ligue a ignição
e ajuste o controle das luzes externas
para a posição desligado.
Os faróis normais deverão ser
usados quando necessário.
Comutador farol alto/baixo
Para trocar de farol baixo para farol
alto, pressione a alavanca dos
sinalizadores de direção/
multifunções para frente.
Esta luz P no painel de instrumentos se acende quando os faróis altos
estão acesos enquanto a ignição está
em ⃒ ON/RUN (LIGADO/
FUNCIONANDO).
Para trocar entre farol alto e farol
baixo, puxe a alavanca dos
sinalizadores de direção em sua
direção.
Foco dos faróis baixos
O farol baixo foi projetado de forma
a iluminar certas áreas com maior
intensidade, fornecendo
a visualização de placas e reduzindo
o efeito de ofuscamento para os
Luzes
motorista que vem em direção
contrária. Essas regiões
e intensidades de luz são
normalizadas (resoluções do
CONTRAN 227/07 e 294/08) e os
faróis do veículo foram projetados
para atender às normas de
segurança e fornecer um melhor
desempenho de iluminação. Dessa
forma, diferenças visuais ocasionais
com relação ao formato do feixe,
quando projetado em um anteparo ou
parede, são o resultado da condição
de projeto óptico descrito acima. Em
caso de dúvida, consulte
a Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet.
Lampejador de farol alto
Este recurso permite que os faróis
altos sejam usados para sinalizar
para o motorista à sua frente que
deseja ultrapassá-lo.
Puxe a alavanca dos sinalizadores de
direção/multifunção em sua direção
até que os faróis altos acendam,
então solte a alavanca para apagálos.
Sinalizador de advertência
(pisca-alerta)
101
Nota
Use o sinalizador de advertência
(pisca-alerta) para avisar aos outros
motoristas sempre que o veículo
estiver parado em uma condição
insegura, durante o dia ou à noite.
É proibido usar o sinalizador de
advertência (pisca-alerta) com
o veículo em movimento.
O sinalizador somente deve ser
usado em situações de emergência
e com o veículo parado.
Sinalizadores de direção
¨ Sinalizador de advertência (piscaalerta) : Pressione este botão,
localizado no painel central, para
fazer com que os sinalizadores de
direção dianteiros e traseiros
pisquem. Pressione o botão
novamente para desligar.
102
Luzes
Mova a alavanca totalmente para
cima ou para baixo para sinalizar uma
alteração de direção.
Alavanca
= Sinalizador de
para cima
direção direito
Alavanca
= Sinalizador de
para baixo
direção esquerdo
Levante ou abaixe a alavanca até que
a seta comece a piscar para sinalizar
uma troca de faixa. Mantenha na
posição até que a troca de faixa
esteja completada.
Se a alavanca não tiver sido movida
até o final de seu curso, ela voltará
para a posição normal quando for
liberada.
Uma seta no painel de instrumentos
pisca na direção da curva ou
mudança de faixa.
Se as luzes indicadoras do
sinalizador de direção no painel de
instrumentos piscarem com
frequência maior que a normal ou não
acenderem, isto indica que uma das
lâmpadas poderá estar queimada.
Verifique o fusível correspondente ao
circuito dessas lâmpadas.
Consulte a Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet.
Faróis de neblina
O interruptor deste recurso se
localiza no painel de instrumentos,
à esquerda do volante.
Para que os faróis de neblina
funcionem a ignição deve estar
ligada.
> : Pressione para acender ou
apagar os faróis de neblina. Uma luz
indicadora acende quando os faróis
de neblina estão acesos.
As luzes de estacionamento
acendem ou apagam
automaticamente quando os faróis de
neblina são acesos ou apagados.
Os faróis de neblina se apagam
quando são acesos os faróis altos.
Luzes
Luzes internas
Controle de iluminação do
painel de instrumentos
Este botão se localiza no painel de
instrumentos à esquerda da coluna
de direção.
Gire o botão no sentido horário ou
anti-horário para aumentar ou
diminuir a luminosidade.
Gire o botão totalmente no sentido
horário para acender as luzes
internas.
Luzes do teto
As luzes do teto acendem quando
qualquer porta é aberta. Elas apagam
depois que todas as portas estiverem
fechadas. As luzes do teto também
podem ser acesas girando no sentido
horário o botão de intensidade de
iluminação do painel de
instrumentos, localizado à esquerda
do volante. Nesta posição, as luzes
do teto permanecem acesas estando
as portas abertas ou fechadas.
103
Iluminação de entrada/saída
Quando qualquer porta é aberta as
lâmpadas internas do veículo
acendem. Estas lâmpadas apagam
lentamente aproximadamente
20 segundos depois de todas as
portas estarem fechadas ou quando
a ignição for girada para ON/RUN
(LIGADO/FUNCIONANDO). Elas
também acendem quando o botão
com o símbolo destravar ou
o símbolo de buzina forem
pressionados no controle remoto. As
lâmpadas internas permanecem
acesas por aproximadamente
20 segundos depois que a chave for
removida da ignição para fornecer
iluminação ao sair do veículo.
Luzes de leitura
Este veículo possui lâmpadas de
leitura dianteiras e traseiras.
Pressione as lentes para acender
e apagar as lâmpadas, enquanto as
portas estiverem fechadas.
104
Luzes
Luzes do para-sol
Este veículo possui para-sol
iluminado para o passageiro
e motorista. A luz acenderá ao
levantar a tampa do espelho.
Comandos das luzes
Proteção de energia da
bateria
Gestão de energia elétrica
O veículo possui Gestão de energia
elétrica que avalia a temperatura da
bateria e o estado de carga. Então ele
ajusta a voltagem para o melhor
desempenho e maior vida útil da
bateria.
Quando o estado de carga da bateria
está baixo, a voltagem é ligeiramente
aumentada para aumentar
rapidamente a carga. Quando
o estado da carga está alto,
a voltagem é ligeiramente diminuída
para evitar a sobrecarga.
A bateria pode ser descarregada em
marcha lenta se as cargas elétricas
forem muito altas.
Uma carga elétrica alta ocorre
quando vários dos seguintes
dispositivos estão ligados: faróis,
faróis altos, faróis de neblina,
desembaçador do vidro traseiro,
ventilador do sistema de ventilação
e ar condicionado em velocidade alta,
bancos aquecidos, ventoinhas de
resfriamento do motor e cargas
conectadas nas tomadas elétricas
para acessórios.
A Gestão de energia elétrica trabalha
para evitar o descarregamento
excessivo da bateria. Ela faz isto
equilibrando a saída do alternador
e as necessidades elétricas do
veículo. Ela pode aumentar
a velocidade de marcha lenta do
motor para gerar mais energia,
sempre que necessário ou pode
reduzir temporariamente as
demandas de energia de alguns
acessórios.
Normalmente essas ações ocorrem
sem serem notadas. Em alguns
casos raros, nos níveis mais altos de
ações corretivas, esta ação pode ser
notada pelo motorista. Nesse caso,
poderá ser exibida uma mensagem
no Centro de informações ao
motorista, como BATTERY SAVER
ACTIVE (ECONOMIA DE BATERIA
ATIVA), BATTERY VOLTAGE LOW
(VOLTAGEM DA BATERIA BAIXA)
Luzes
ou LOW BATTERY (BATERIA
FRACA). Caso qualquer uma dessas
mensagens seja exibida,
recomendamos que o motorista
reduza o máximo possível as cargas
elétricas.
Proteção contra esgotamento
da bateria
O veículo possui um recurso de
proteção contra esgotamento da
bateria para protegê-la.
Quando qualquer luz interna
(porta-malas, leitura ou espelho do
para-sol) for deixada acesa enquanto
a ignição está desligada, o sistema
de proteção contra esgotamento da
bateria apagará as luzes
automaticamente após 20 minutos.
Isto evitará que a bateria seja
drenada.
Para reativar as luzes internas, faça
qualquer uma das ações abaixo:
■ Ligue a ignição.
■ Desligue e depois ligue o controle
da luz externa.
■ Abra uma porta.
■ Pressione qualquer botão do
controle remoto.
■ Pressione o botão de abertura
remota do porta-malas.
■ Pressione o interruptor de
travamento elétrico da porta.
O recurso de esgotamento da bateria
também será ativado quando
qualquer porta do veículo for deixada
aberta e a ignição estiver em J
LOCK/OFF (TRAVADO/
DESLIGADO).
105
106
Conforto e conveniência
Conforto
e conveniência
Introdução
Dispositivo antifurto
O dispositivo antifurto do rádio do
veículo foi projetado para
desencorajar o roubo, gravando parte
do número de identificação do
veículo (número do chassis) em seu
sistema.
O rádio não funcionará caso roubado
ou instalado em outro veículo.
Conforto e conveniência
Visão geral
107
108
Conforto e conveniência
1. Informações
2. Mostrador de informações
3. Ajuste do tom (grave, médio
e agudo)
4. Botão de ajuste e navegação
5. Favoritos
6. Menu
7. Botões multifunção
8. Equalização
9. Categoria
10. Visualizar data e hora
11. Ranhura do CD
12. Ejetar o CD
13. Seleção de uma faixa de rádio
14. Seleção automática da próxima
estação de rádio, próxima música
do CD ou do dispositivo de
armazenamento USB.
15. Seleção automática da estação
de rádio anterior, música anterior
do CD ou do dispositivo de
armazenamento USB.
16. LIGA/DESLIGA
17. Aumentar ou diminuir o volume
18. Retrocesso rápido
19. Avanço rápido
20. Selecionar CD, dispositivo de
entrada auxiliar ou dispositivo
USB
21. Entrada auxiliar
22. Entrada USB
Operação
9 Atenção
Tirar os olhos da estrada por
períodos prolongados pode
provocar uma colisão. Você ou
outras pessoas podem se ferir, ou
mesmo morrer. Não preste
atenção prolongada a tarefas de
entretenimento enquanto dirige.
Para minimizar o tempo que tira os
olhos da estrada enquanto dirige,
faça o seguinte enquanto o veículo
está estacionado:
■ Familiarize-se com
o funcionamento e os controles do
sistema de áudio.
■ Configure o tom, ajustes de alto-falante e estações de rádio pré-configuradas.
Conforto e conveniência
Nota
Consulte a Concessionária ou
Oficina autorizada Chevrolet antes
de instalar qualquer equipamento.
A instalação de equipamentos de
áudio ou comunicação pode
interferir com o funcionamento do
motor, do rádio ou de outros
sistemas do veículo, e poderia
danificá-los.
Os sinais de campainha
relacionados aos cintos de
segurança, ao freio de
estacionamento e a outras funções
do veículo operam através do
sistema de rádio/entretenimento.
Caso esse equipamento seja
substituído ou complementado com
a instalação de equipamentos
adicionais, as campainhas podem
não funcionar. Certifique-se de que
os equipamentos substitutos ou
adicionais são compatíveis com seu
veículo antes de instalá-los.
Controles de áudio no volante
C+ / C - (Volume) : Pressione para
aumentar ou diminuir o volume do
rádio.
△ / ▽ (Próximo/ anterior) : Pressione
para mudar as estações de rádio,
selecionar faixas no CD ou selecionar
faixas e navegar por pastas em um
iPod® ou dispositivo USB.
109
Para mudar as estações de rádio:
■ Pressione e solte o botão △ ou
o botão ▽ para ir para a próxima
estação de rádio ou para a anterior
armazenada como préconfiguração.
■ Pressione e segure o botão △ ou
o botão ▽ para ir para a próxima
estação de rádio ou para a anterior,
na faixa selecionada, com um sinal
forte.
Para selecionar faixas em um CD:
Pressione e solte △ ou ▽ para ir para
a próxima faixa ou para a anterior.
Para selecionar faixas em um iPod®
ou dispositivo USB:
1. Pressione e segure o botão △ ou
o botão ▽ enquanto escuta uma
música até que o conteúdo da
pasta atual seja exibido na tela do
rádio.
2. Pressione e solte o botão △ ou
o botão ▽ para rolar para cima ou
para baixo na lista, então
pressione e segure o botão △ para
tocar a faixa destacada.
110
Conforto e conveniência
Para navegar pelas pastas em um
iPod® ou dispositivo USB:
1. Pressione e segure o botão △ ou
o botão ▽ enquanto escuta uma
música até que o conteúdo da
pasta atual seja exibido na tela do
rádio.
2. Pressione e segure o botão ▽
para voltar para a lista de pastas
anterior.
3. Pressione e solte o botão △ ou
o botão ▽ para rolar para cima ou
para baixo na lista.
■ Para selecionar uma pasta,
pressione e segure o botão △
quando a pasta está destacada.
■ Para voltar na lista de pastas,
pressione e segure o botão ▽.
Como ouvir o rádio
m (Liga/Volume) : Pressione para
ligar e desligar o sistema. Gire para
aumentar ou diminuir o volume.
Mensagens do rádio
Calibration Error (Erro de
regulagem) : É exibido se o rádio não
está mais regulado adequadamente
para o veículo. O veículo deve ser
levado à Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet para reparos.
Loc ou Locked (Travado) : É exibido
quando o sistema antifurto do veículo
foi ativado. Leve o veículo
à Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet para reparos.
Caso um erro ocorra repetidamente
ou se um erro não puder ser corrigido,
consulte a Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet.
Configurações de tom
BASS/MID/TREB (Grave, Médio ou
Agudo): O rádio pode permitir
o ajuste de BASS, MID e TREB
(grave, médio ou agudo).
Para ajustar as configurações de tom
(Grave, médio ou agudo):
1. Pressione o botão 6 até que
sejam exibidas as abas de
controle de tom.
2. Pressione a tecla sob a aba que
deseja ajustar.
3. Para aumentar os níveis de
grave, médio ou agudo:
◆ Pressione o botão ⊳⃓SEEK
(Procurar) ou o botão ⊳⊳FWD
(Avanço).
◆ Gire o botão 6 no sentido
horário.
4. Para diminuir os níveis de grave,
médio ou agudo:
◆ Pressione o botão ⃓⊲SEEK
(Procurar) ou o botão ⊲⊲REV
(Retrocesso).
◆ Gire o botão 6 no sentido antihorário.
O rádio pode ser capaz de ajustar
o grave, médio e agudo para
a posição média pressionando a tecla
sob a aba BASS, MID ou TREB
durante mais de dois segundos.
O rádio emite um bipe e o nível
é ajustado na posição média.
O rádio também pode ser capaz de
ajustar todos os controles dos alto-falantes e os tons para a posição
média pressionando o botão 6 por
mais de dois segundos até que
o rádio emita um bipe.
Conforto e conveniência
Se a frequência da estação estiver
baixa ou possuir estática, diminua os
agudos.
Equalização
EQ (Equalização) : Pressione este
botão para selecionar configurações
de equalização pré-ajustadas.
Para retornar ao modo manual,
pressione EQ até que seja exibido
Manual ou comece a ajustar
manualmente o grave, médio ou
agudo pressionando o botão 6.
Como ajustar os alto-falantes
(Balanço/Fade)
Para ajustar o balanço ou fade
usando o botão 6;
1. Pressione o botão 6 até que
sejam exibidas as abas de
controle do alto-falante.
2. Pressione a tecla sob a aba
desejada ou continue
pressionando o botão 6 para
destacar a aba desejada.
3. Gire o botão 6 para ajustar
a configuração destacada.
A configuração destacada
também pode ser ajustada
pressionando qualquer uma das
setas SEEK (PROCURAR).
O rádio pode ser capaz de ajustar
o balanço e o fade para a posição
média pressionando a tecla sob a aba
BAL ou FADE durante mais de dois
segundos. O rádio emite um bipe e o
nível é ajustado na posição média.
Ajustes de volume
Compensação de volume em
função da velocidade (SCV)
Este rádio possui um recurso de
Compensação de volume em função
da velocidade (SCV) que ajusta
automaticamente o volume do rádio
para compensar os ruídos da estrada
e do vento à medida que a velocidade
do veículo aumenta ou diminui, de
modo que o volume do rádio seja
consistente.
111
Para ativar o SCV:
1. Ajuste o volume do rádio para
o nível desejado.
2. Pressione MENU para exibir
o menu de configuração do rádio.
3. Pressione a tecla sob a aba
AUTO VOLUM (VOLUME
AUTOMÁTICO) na tela do rádio.
4. Pressione a tecla sob
a configuração de Compensação
de volume (DESLIGADO, Baixo,
Médio ou Alto) para selecionar
o nível da compensação de
volume do rádio. A tela expira
após aproximadamente dez
segundos. Cada configuração
mais alta permite uma maior
compensação de volume do rádio
para velocidades mais altas do
veículo.
112
Conforto e conveniência
Rádio
Sintonia de estação
BAND (BANDA) : Pressione para
escolher entre FM e AM.
♫ (Tune) (Sintonizar) : Gire para
selecionar as estações de rádio.
⃓⊲ SEEK (Procurar) ou SEEK
(Procurar) ⊳⃓ : Pressione para
procurar ou varrer as estações com
sinal mais forte na banda
selecionada.
■ Para procurar estações, pressione
e solte ⃓⊲ SEEK (Procurar)
ou o botão SEEK (Procurar)
⊳⃓ para ir para a estação
anterior ou para a próxima
e permanecer nela.
■ Para fazer a varredura das
estações, pressione e segure
o botão ⃓⊲ SEEK (Procurar) ou
o botão SEEK (Procurar) ⊳⃓
durante alguns segundos até que
o rádio emita um bipe. O rádio
passa para uma estação, toca
durante alguns segundos e depois
passa para a estação anterior ou
para a próxima. Pressione o botão
⃓⊲ SEEK (Procurar) ou o botão
SEEK (Procurar) ⊳⃓ novamente
para parar a varredura.
■ Para fazer a varredura entre
estações predefinidas na banda
escolhida, pressione e segure
o botão ⃓⊲ SEEK (Procurar) ou
o botão SEEK (Procurar) ⊳⃓
durante quatro segundos até que
o rádio emita dois bipes. O rádio
passa para uma estação
predefinida armazenada, toca
durante alguns segundos e depois
passa para a próxima estação
predefinida armazenada.
Pressione o botão ⃓⊲ SEEK
(Procurar) ou o botão SEEK
(Procurar) ⊳⃓ novamente para
parar a varredura das estações
predefinidas.
i (Informações): : Pressione o botão
para exibir informações de texto
adicionais relacionadas com
a estação FM-RDS atual. As
informações do título da música
serão exibidas na linha superior da
tela enquanto que as informações do
artista serão exibidas na linha
inferior. As informações estão
disponíveis também durante
a reprodução do CD, MP3 ou WMA.
Será exibido "No info" (Sem
informações) caso não haja
informações disponíveis.
Listas de favoritos
Como memorizar uma estação
de rádio como favorita
O rádio possui um botão FAV
(Favoritos) para memorizar estações
de rádio como favoritas.
Os motoristas devem configurar
qualquer estação de rádio como
favorita somente enquanto o veículo
está em P (Estacionamento).
Sintonize as estações favoritas
usando os botões do rádio e os
controles do volante.
FAV (Favoritas) : Podem ser
memorizadas, no máximo, 36
estações como favoritas usando as
seis teclas localizadas sob as abas
de frequência das estações de rádio
Conforto e conveniência
e usando o botão de paginação das
estações favoritas (botão FAV).
Pressione FAV para escolher entre
as seis páginas de favoritos, cada
uma com seis estações favoritas
disponíveis. Cada página de favoritos
pode conter uma combinação de
estações AM e FM. As configurações
atuais de balanço/fade e tom também
podem ser armazenadas com as
estações favoritas.
Para memorizar uma estação como
favorita:
1. Sintonize a estação de rádio
desejada e ajuste as
configurações de balanço/fade
e tom nos níveis desejados.
2. Pressione FAV para exibir
a página onde deseja memorizar
a estação.
3. Pressione e segure uma das seis
teclas até que seja ouvido um
bipe.
4. Repita os passos acima para
cada estação de rádio a ser
memorizada como favorita.
Para configurar o número de páginas
de favoritos:
1. Pressione MENU para exibir
o menu de configuração do rádio.
2. Pressione a tecla localizada sob
a aba FAV 1-6.
3. Selecione o número de paginas
de favoritos pressionando a tecla
localizada sob os números de
páginas exibidos.
4. Pressione FAV ou deixe o tempo
do menu expirar para voltar para
a tela principal original do rádio
mostrando as abas de frequência
da estação de rádio e para
começar a programar os
favoritos.
Auto Text (Texto automático)
(funções WMA, CD e MP3)
Caso existam informações adicionais
disponíveis para a música que está
sendo reproduzida, o Texto
automático rolará a tela/página das
informações a cada três segundos
acima das configurações FAV na tela
113
do rádio. A configuração "Auto Text"
(Texto automático) está habilitada,
por padrão.
Para alterar a configuração de "Auto
Text" (Texto automático):
1. Pressione MENU para exibir
o menu de configuração do rádio.
2. Pressione a tecla sob a aba
AUTO TXT (TEXTO
AUTOMÁTICO) na tela do rádio.
3. Pressione a tecla sob a aba ON
(LIGAR) ou OFF (DESLIGAR) na
tela do rádio.
Caso o botão Q seja pressionado e o
título da música ou informações do
artista seja maior do que pode ser
exibido, as informações extras
rolarão a cada três segundos quando
"Auto Text" (Texto automático)
estiver ativado.
114
Conforto e conveniência
Sistema de dados do rádio
(RDS)
O recurso RDS está disponível para
uso somente com estações FM que
transmitem informações RDS. Este
sistema depende da recepção de
informações específicas dessas
estações e só funciona quando as
informações estão disponíveis.
Enquanto o rádio está sintonizado em
uma estação FM-RDS, é exibido
o nome da estação ou as letras de
chamada.
Em casos raros, uma estação de
rádio pode transmitir informações
incorretas que fazem com que os
recursos do rádio não funcionem de
maneira adequada.
Recepção de rádio
Interferência de frequência e estática
podem ocorrer durante a recepção
normal do rádio, caso itens como
carregadores de telefone celular,
acessórios de conveniência do
veículo e dispositivos eletrônicos
externos estejam conectados na
tomada de acessórios. Caso haja
interferência ou estática, desconecte
o item da tomada de acessórios.
Estática também pode ocorrer
quando, por exemplo, tempestades
e linhas de energia elétrica interferem
na recepção do rádio ou se o veículo
está próximo de edifícios altos ou
montanhas, fazendo com que o som
suma e reapareça.
A recepção de rádio pode ser
interrompida por estática, ruído,
distorção ou perda de recepção
devido a:
■ alterações na distância do
transmissor;
■ recepção multiestações devido
à reflexão e;
■ sombras.
Uso do telefone celular
O uso do telefone celular pode causar
interferência com o rádio do veículo.
Esta interferência pode ocorrer ao
fazer ou receber ligações, carregar
a bateria do celular ou simplesmente
deixar o telefone celular ligado. Esta
interferência causa um maior nível de
estática ao se escutar o rádio.
Antena do vidro traseiro
A antena AM-FM está integrada ao
desembaçador do vidro traseiro.
Certifique-se de que a superfície
interna do vidro traseiro não esteja
arranhada e que os filetes no vidro
não estejam danificadas. Se
a superfície interna estiver danificada
ela pode interferir com a recepção de
rádio. O conector da antena próximo
da coluna traseira deve estar bem
fixado para proporcionar uma
recepção de rádio adequada.
Conforto e conveniência
Nota
O uso de uma gilete ou objeto
pontiagudo para limpar o lado
interno do vidro traseiro pode
danificar a antena do rádio e/ou
o desembaçador do vidro traseiro.
Os reparos não seriam cobertos
pela garantia do veículo. Não limpe
o lado interno do vidro traseiro com
objetos pontiagudos.
Não aplique película de segurança
(tipo Insulfilm) com filme metálico.
O filme metálico de algumas
películas interfere ou distorce
a recepção de rádio. Qualquer dano
à antena do vidro traseiro provocado
pelo uso de película metálica não
será coberto pela garantia do
veículo.
Leitores de áudio
Dispositivos auxiliares
Entrada auxiliar
O sistema de rádio possui uma
entrada auxiliar localizada na parte
da frente do rádio do lado esquerdo
inferior. Esta não é uma saída de
áudio, não conecte o fone de ouvido
na entrada auxiliar dianteira. Poderá
ser conectado à entrada auxiliar um
dispositivo externo de áudio como um
iPod®, laptop, MP3 player, CD
player, etc, para utilizar outra fonte de
áudio.
Os motoristas devem configurar
qualquer dispositivo auxiliar somente
enquanto o veículo está em
P (Estacionamento).
Para usar um dispositivo portátil de
áudio, conecte um cabo de 3,5 mm
à entrada auxiliar dianteira. Quando
o dispositivo estiver conectado,
pressione o botão CD/AUX para
começar a tocar o áudio a partir do
dispositivo, com os alto-falantes do
veículo.
115
m (Liga/Volume) : Gire para ajustar
o volume. Podem ser necessários
ajustes adicionais de volume no
dispositivo portátil caso o volume
esteja muito baixo ou muito alto.
BAND (BANDA) : Pressione para
escutar o rádio enquanto um
dispositivo portátil de áudio estiver
conectado à entrada auxiliar.O
dispositivo portátil de áudio continua
tocando até que seja parado ou
desligado.
CD/AUX (CD/Auxiliar) : Pressione
para escutar um CD enquanto um
dispositivo portátil de áudio estiver
conectado à entrada auxiliar.
Pressione novamente e o sistema
começa a reproduzir o áudio do
dispositivo portátil de áudio. Caso um
dispositivo portátil de áudio não
esteja conectado, poderá ser exibida
a mensagem "No Aux Input Device"
(Nenhum dispositivo de áudio
auxiliar).
116
Conforto e conveniência
Reprodutor de CD
Uso
Informações gerais
Cuidados com o CD
Como carregar um CD
Insira uma parte do CD na abertura
com o lado da etiqueta para cima.
O aparelho puxa o CD para dentro
e começa a tocar.
Quando o CD é inserido, é exibido
o símbolo CD. O número de faixa
é exibido no momento em que
a mesma começa a tocar.
O aparelho aceita os CDs singles de
8 cm com um anel adaptador. Tanto
os CDs comuns como os menores
são carregados da mesma maneira.
Como ejetar um CD
d (EJETAR) : Pressione para ejetar
o CD. Se o CD não for removido após
vários segundos, o aparelho o puxa
novamente para dentro.
A = Segure o CD pela borda e evite
tocar a superfície de execução
do CD.
B = Não cole etiqueta, fita, etc., ou
escreva em qualquer uma das
superfícies do CD.
C = Não exponha o CD à luz solar
direta ou fonte de calor como
dutos de ar quente.
D = Antes de introduzir o CD, limpe-o com tecido macio, do centro
para fora ao invés de usar
movimento circular. Não use
solventes como gasolina,
thinner, etc. Use produtos de
limpeza convencionais
disponíveis para CD.
Conforto e conveniência
Nota
Caso uma etiqueta seja colada
sobre um CD, mais de um CD seja
inserido na abertura de uma só vez,
ou se tente reproduzir CDs riscados
ou danificados, o CD player pode
sofrer danos. Ao usar o CD player,
use apenas CDs em boas
condições, sem etiquetas, coloque
apenas um CD por vez, e mantenha
o CD player e a abertura livres de
materiais estranhos, líquidos
e detritos.
Como reproduzir um CD
de áudio
Caso haja um CD no CD player e a
ignição ou o rádio for desligado, o CD
permanece dentro do CD player.
Quando a ignição ou o rádio for
ligado, o CD começa a tocar de onde
parou, caso tenha sido a última fonte
de áudio selecionada.
6 (Tune) (Sintonizar) : Gire para
selecionar as faixas no CD que está
sendo reproduzido.
⃓⊲ SEEK (PROCURAR) : Pressione
para ir para o início da faixa atual,
caso tenham sido tocados mais de
dez segundos. Pressione e segure ou
pressione várias vezes para
continuar indo para trás através das
faixas do CD.
⊳⃓ SEEK (PROCURAR) : Pressione
para ir para a próxima faixa.
Pressione e segure ou pressione
várias vezes para continuar indo para
frente através das faixas do CD.
⊲⊲ REV (Para trás) : Pressione
e segure para retroceder uma faixa
rapidamente. O som é ouvido a um
volume reduzido e será exibido
o tempo decorrido da faixa. Solte
para continuar ouvindo a faixa.
⊳⊳ FWD (Para frente) : Pressione
e segure para avançar uma faixa
rapidamente. O som é ouvido a um
volume reduzido e será exibido
o tempo decorrido da faixa. Solte
para continuar ouvindo a faixa.
RDM (Aleatório) : As faixas podem
ser ouvidas de modo aleatório ao
invés de em sequência.
117
Para usar o aleatório:
1. Pressione a tecla sob a aba
RDM até que seja exibido
"Random Current Disc"
(Reprodução de disco aleatória).
2. Pressione a tecla novamente
para desativar a reprodução
aleatória.
BAND (BANDA) : Pressione para
ouvir o rádio enquanto o CD está
sendo reproduzido. O CD permanece
dentro do rádio para ser ouvido mais
tarde.
CD/AUX (CD/Auxiliar) : Pressione
para reproduzir um CD enquanto
ouve o rádio. Serão exibidos o ícone
CD e uma mensagem com o número
da faixa quando existe um CD no
aparelho. Pressione este botão
novamente e o sistema procura
automaticamente um dispositivo
auxiliar de entrada, como um
dispositivo de áudio portátil. Caso um
dispositivo portátil de áudio não
esteja conectado, poderá ser exibida
a mensagem "No Aux Input Device
Found" (Nenhum dispositivo de áudio
auxiliar encontrado).
118
Conforto e conveniência
Mensagens do CD
CHECK DISC (VERIFICAR DISCO) :
Caso seja exibida uma mensagem de
erro e/ou o CD for ejetado, pode ser
por um dos seguintes motivos:
■ O reprodutor de CD está muito
quente. Quando a temperatura
voltar ao normal o CD deve ser
reproduzido.
■ A estrada é muito acidentada.
Quando a estrada ficar melhor
o CD deve ser reproduzido
■ O CD está sujo, arranhado, úmido
ou de cabeça para baixo.
■ O ar está muito úmido. Neste caso,
aguarde aproximadamente uma
hora e tente novamente.
■ Pode ter ocorrido algum problema
durante a gravação do CD:
■ A etiqueta pode ficar presa no
reprodutor de CD.
Se o CD não estiver sendo
reproduzido corretamente por
qualquer outro motivo, tente um CD
reconhecidamente bom.
Caso um erro ocorra repetidamente
ou se um erro não puder ser corrigido,
consulte a Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet. Se o rádio
exibir uma mensagem de erro, anote-a e forneça à Concessionária ou
Oficina Autorizada Chevrolet ao
relatar o problema.
Como reproduzir um CD
MP3
Usando um MP3
Este rádio pode tocar arquivos .mp3
que foram gravados em um CD-R ou
CD-RW. Ele também possui uma
porta USB e pode reproduzir
arquivos .mp3 e .wma que estão
armazenados em um dispositivo de
armazenagem USB, bem como
arquivos AAC que estão
armazenados em um iPod®.
Áudio compactado
O rádio pode reproduzir discos que
contenham tanto arquivos de áudio
não compactados como MP3 no CD.
O CD player lê todos os arquivos MP3
primeiro e depois os arquivos de
áudio não compactados do CD.
Arquivos suportados e estrutura de
pastas do CD-R ou CD-RW
O rádio suporta:
■ Até 50 pastas.
■ Até oito subpastas.
■ Até 50 listas de reprodução.
■ Até 255 arquivos.
■ Listas de reprodução com
a extensão .m3u ou .wpl.
■ Arquivos com extensão .mp3
ou .cda.
Arquivos suportados e estrutura de
pastas do USB
O rádio suporta:
■ Até 700 pastas.
■ Até oito subpastas.
■ Até 65.535 arquivos.
■ Nomes de pastas ou arquivos com
até 64 bytes.
■ Arquivos com extensão .mp3
ou .wma.
Conforto e conveniência
■ Arquivos AAC armazenados em
um iPod®.
■ FAT16
■ FAT32
Diretório raiz
O diretório raiz é tratado como uma
pasta. Os arquivos são armazenados
no diretório raiz quando o disco ou
o dispositivo de armazenagem não
contém pastas. Os arquivos
acessados a partir do diretório raiz de
um CD são exibidos como F1 RAIZ.
Pasta vazia
As pastas que não contêm arquivos
são ignoradas e o player avança para
a próxima pasta que contém
arquivos.
Ordem de reprodução
As faixas são reproduzidas na
seguinte ordem:
■ A reprodução começa na primeira
faixa na primeira lista de
reprodução e continua
sequencialmente por todas as
faixas em cada lista de reprodução.
Quando a última faixa da última
lista de reprodução foi reproduzida,
a reprodução continua a partir da
primeira faixa da primeira lista de
reprodução.
■ A reprodução começa na primeira
faixa na primeira pasta e continua
sequencialmente por todas as
faixas em cada pasta. Quando
a última faixa da última pasta foi
reproduzida, a reprodução
continua a partir da primeira faixa
da primeira pasta.
Quando a reprodução entra em uma
nova pasta, a tela não exibe
automaticamente o nome da nova
pasta, exceto se o modo pasta for
escolhido como padrão. O nome da
nova faixa é exibido.
Sistema de arquivos e nomes
O nome da música exibido é o nome
contido no arquivo .mpe. Se o nome
da música não estiver presente no
arquivo .mp3, então o rádio exibe
o nome do arquivo sem a extensão
(como, por ex. .mp3) como nome da
faixa.
119
Nomes de faixa com mais de 32
caracteres ou quatro páginas são
abreviados. Partes de palavras na
última página do texto e a extensão
do nome de arquivo não são
mostrados.
Listas de reprodução
pré-programadas
CDs que possuem listas de
reprodução pré-programadas que
foram criadas por um software
WinAmp™, MusicMatch™ ou Real
Jukebox™ podem ser acessadas,
contudo, não podem ser editadas
através do rádio. Estas listas de
reprodução são tratadas como
pastas especiais que contêm
arquivos de áudio compactados.
As listas de reprodução que possuem
extensão de arquivo .m3u ou .pls
e estão armazenadas em um
dispositivo USB poderão ser
suportadas pelo rádio com uma porta
USB.
120
Conforto e conveniência
Como reproduzir um CD-R ou
CD-RW MP3
6 (Tune) (Sintonizar) : Gire para
selecionar arquivos MP3 no CD que
está sendo reproduzido.
⃓⊲ SEEK (PROCURAR) : Pressione
para ir para o início da faixa, caso
tenham sido tocados mais de dez
segundos. Pressione e segure ou
pressione várias vezes para
continuar indo para trás através das
faixas.
⊳⃓ SEEK (PROCURAR) : Pressione
para ir para a próxima faixa.
Pressione e segure ou pressione
várias vezes para continuar indo para
frente através das faixas.
⊲⊲ REV (Para trás) : Pressione
e segure para ir rapidamente para
trás na execução. O som é ouvido
a um volume reduzido e será exibido
o tempo decorrido do arquivo. Solte
⊲⊲REV para continuar ouvindo.
⊳⊳ FWD (Para frente) : Pressione
e segure para ir rapidamente para
frente na execução. O som é ouvido
a um volume reduzido e será exibido
o tempo decorrido do arquivo. Solte
⊳⊳ FWD para continuar ouvindo. Será
exibido o tempo decorrido do arquivo.
<N (Pasta anterior) : Pressione
a tecla sob <N para ir para a primeira
faixa da pasta anterior.
N> (Próxima pasta) : Pressione
a tecla sob N> para ir para a primeira
faixa da próxima pasta.
RDM (Aleatório) : Os arquivos MP3
podem ser ouvidos em um CD em
modo aleatório, ao invés de em
sequência.
Para usar o aleatório:
1. Pressione a tecla sob a aba
RDM até que seja exibido
"Random Current Disc"
(Reprodução de disco aleatória)
para reproduzir músicas do CD
atual em ordem aleatória.
2. Pressione a mesma tecla
novamente para desativar
a reprodução aleatória.
M (Navegador de música) :
Pressione a tecla sob M para que
os arquivos sejam reproduzidos por
ordem de artista ou álbum.
O aparelho faz a varredura do disco
para classificar os arquivos por
informações da etiqueta ID3 de
artista e álbum. Poderão ser
necessários vários minutos para
fazer a varredura do disco
dependendo do número de arquivos
no mesmo. O rádio pode começar
a reproduzir enquanto faz
a varredura.
Quando a varredura estiver
completa, o disco começa
a reproduzir os arquivos em ordem de
artista. O artista atual é exibido na
segunda linha da tela. Assim que
todas as músicas de um artista
tiverem sido reproduzidas, o aparelho
vai para o próximo artista em ordem
alfabética e começa a reproduzir os
arquivos daquele artista.
Para ouvir músicas de outro artista,
pressione a tecla localizada sob cada
aba de seta. O disco vai para o artista
anterior ou para o próximo em ordem
alfabética. Continue pressionando
uma tecla sob uma das setas até que
seja exibido o artista desejado.
Conforto e conveniência
Para alternar entre reprodução por
artista e reprodução por álbum:
1. Pressione a tecla localizada sob
a aba Sort by (Classificar por).
2. Pressione uma das teclas sob
a aba By album (Por álbum) na
tela de classificação.
3. Pressione a tecla sob a aba
Back (Para trás) para retornar
para a tela do navegador principal
de músicas.
O nome do álbum é exibido na
segunda linha entre as setas, e as
músicas do álbum atual começam
a tocar. Assim que todas as músicas
daquele álbum tiverem sido
reproduzidas, o aparelho vai para
o próximo álbum em ordem alfabética
no CD e começa a reproduzir os
arquivos MP3 daquele álbum.
Para sair do modo do navegador de
músicas, pressione a tecla sob a aba
"Back" (Para trás) para retornar
à reprodução normal de MP3.
Porta USB
Informações gerais
Este rádio possui uma porta USB que
pode controlar um dispositivo de
armazenagem USB usando os
botões e teclas do rádio.
Suporte USB
O conector USB se localiza na frente
do rádio e usa o padrão USB 2.0.
Dispositivos USB suportados
■ Drives Flash USB
■ Discos rígidos portáteis USB
■ Ipod®
Nem todos os Drives USB são
compatíveis com a porta USB.
Certifique-se de que o IPod ® possui
o firmware atualizado para seu
funcionamento correto.
121
Como conectar
dispositivos USB
A Porta USB pode ser usada para
controlar um iPod® ou um dispositivo
de armazenagem USB.
Para conectar um dispositivo de
armazenagem USB, conecte
o dispositivo na porta USB localizada
na parte dianteira do rádio.
Como tocar arquivos de
áudio armazenados
O rádio pode controlar um dispositivo
de armazenagem USB ou um iPod®
usando as teclas e botões do rádio
e exibir informações sobre as
músicas na tela do rádio.
6 (Tune) (Sintonizar) : Para
selecionar os arquivos.
⃓⊲ SEEK (PROCURAR) : Pressione
para ir para o início da faixa, caso
tenham sido tocados mais de dez
segundos. Pressione e segure ou
pressione várias vezes para
continuar indo para trás através das
faixas.
122
Conforto e conveniência
⊳⃓ SEEK (PROCURAR) : Pressione
para ir para a próxima faixa.
Pressione e segure ou pressione
várias vezes para continuar indo para
frente através das faixas.
⊲⊲ REV (Para trás) : Pressione
e segure para ir rapidamente para
trás na execução. O som será ouvido
a um volume reduzido. Solte ⊲⊲
REV para continuar ouvindo. Será
exibido o tempo decorrido do arquivo.
⊳⊳ FWD (Para frente) : Pressione
e segure para ir rapidamente para
frente na execução. O som será
ouvido a um volume reduzido. Solte
⊳⊳ FWD para continuar ouvindo. Será
exibido o tempo decorrido do arquivo.
i (Informações) : Pressione para
exibir informações adicionais sobre
a faixa selecionada.
Como usar as teclas para
controlar um dispositivo de
armazenagem USB
As cinco teclas sob a tela do rádio são
usadas para controlar as funções
listadas abaixo.
Para usar as teclas, pressione
a primeira ou a quinta tecla sob a tela
do rádio para exibir as funções
listadas abaixo ou pressione a tecla
sob a função caso esteja sendo
exibida.
= (Pausa) : Pressione a tecla sob =
para pausar a faixa. A aba aparece
levantada quando pausa está em
uso. Pressione a tecla sob =
novamente para continuar ouvindo.
Back (Para trás) : Pressione a tecla
sob a aba Back (Para trás) para voltar
à tela do menu principal em um iPod®
ou para o diretório raiz em um
dispositivo de armazenagem USB.
N (Ver pasta) : Pressione a tecla sob
N para ver o conteúdo da pasta atual
no drive USB. Para navegar
e selecionar arquivos:
1. Pressione a tecla sob N.
2. Gire 6 para rolar entre a lista de
pastas.
3. Pressione 6 para selecionar
a pasta desejada. Caso exista
mais de uma pasta, repita os
Passos 1 e 2 até que seja
alcançada a pasta desejada.
4. Gire 6 para rolar entre os arquivos
da pasta selecionada.
5. Pressione 6 para selecionar
o arquivo que deseja que seja
tocado.
Para pular ao longo de listas
extensas, as cinco teclas podem ser
usadas para navegar na seguinte
ordem:
■ Primeira tecla, primeiro item da
lista.
■ Segunda tecla 1% ao longo da lista
cada vez que pressionar a tecla.
■ Terceira tecla 5% ao longo da lista
cada vez que pressionar a tecla.
■ Quarta tecla 10% ao longo da lista
cada vez que pressionar a tecla.
■ Quinta tecla, fim da lista.
Conforto e conveniência
M (Navegador de música) :
Pressione a tecla sob M para
visualizar e selecionar um arquivo em
um iPod®. Os arquivos são
classificados por:
Para pular através de listas extensas,
siga o mesmo procedimento usado
na função anterior (Visualização de
pasta).
■ Listas de músicas
■ Artistas
■ Álbuns
■ Gêneros
■ Músicas
■ Compositores
Para selecionar os arquivos:
1. Pressione a tecla sob M.
2. Gire 6 para rolar entre a lista de
menus.
3. Pressione 6 para selecionar
o menu desejado.
4. Gire 6 para rolar entre os arquivos
ou as pastas no menu
selecionado.
5. Pressione 6 para selecionar
o arquivo que deseja que seja
tocado.
Para usar Repetir:
Pressione a tecla sob L ou L¹ para
selecionar entre Repetir tudo
e Repetir faixa.
L (Repetir tudo) : Pressione a tecla
sob L para repetir todas as faixas.
A aba aparece levantada quando
Repetir tudo está em uso. Este é o
modo padrão quando um dispositivo
de armazenagem USB ou um iPod®
é conectado pela primeira vez.
Função Repetir
L¹ (Repetir faixa) : Pressione a tecla
sob L¹ para repetir uma faixa. A aba
aparece levantada quando Repetir
faixa está em uso.
Função Aleatório
Para usar Aleatório:
123
Pressione a tecla sob K, JS, JA
ou JF para selecionar entre
Aleatório desligado, Aleatório para
todas as músicas/Músicas aleatórias,
Álbum aleatório ou Pasta aleatória.
K (Aleatório desligado) : Este é o
modo padrão quando um dispositivo
de armazenagem USB ou um iPod®
é conectado pela primeira vez.
JS (Aleatório para todas as
músicas / Músicas aleatórias) :
Reproduz aleatoriamente todas as
músicas do dispositivo de
armazenamento USB ou iPod®.
JA (Álbum aleatório) : Reproduz
aleatoriamente todas as músicas do
álbum atual do iPod®.
JF (Pasta aleatória) : Reproduz
aleatoriamente todas as músicas da
pasta atual de um dispositivo de
armazenamento USB.
124
Sistema de ventilação e ar condicionado
Sistema de ventilação
e ar condicionado
Sistemas de ventilação
e ar condicionado
Sistema automático de
ventilação e ar
condicionado
Em veículos com este sistema,
o aquecimento, o resfriamento e a
ventilação podem ser controlados
automaticamente.
Sistema de ventilação e ar condicionado
125
126
A.
B.
C.
D.
E.
F.
G.
H.
I.
Sistema de ventilação e ar condicionado
Controle do ventilador
Ar condicionado
Recirculação do ar interno
Ar externo
Desembaçador do vidro traseiro
Controle da seleção do fluxo de ar
Visor
Controle de temperatura
Sensor de temperatura
Operação automática
AUTO (Automático) : Para ativar
o sistema automático, selecione
AUTO (Automático) no botão de
controle de velocidade do ventilador
e no botão de controle de seleção do
fluxo de ar. Quando a operação
automática encontra-se ativada,
o sistema controla a temperatura
interna e o fluxo de ar.
Para colocar o sistema em modo
automático, faça o seguinte:
1. Gire o botão de controle do
ventilador e o botão de seleção de
fluxo para a posição AUTO.
A temperatura atualmente
selecionada será exibida.
Quando o modo AUTO
(Automático) é selecionado,
a operação do ar condicionado
e a entrada de ar são controladas
automaticamente. O compressor
do ar condicionado funciona
quando a temperatura externa
excede cerca de 4°C (40°F).
Normalmente, a entrada de ar
estará no modo de ar externo. Se
estiver quente do lado de fora do
veículo, o sistema pode se alterar
automaticamente pois o modo de
recirculação do ar interno ajuda
a resfriar o veículo rapidamente.
2. Acerte a temperatura.
Recomenda-se uma temperatura
inicial de 23°C (73°F). Aguarde
mais ou menos 20 minutos para
o ajuste do sistema.
Aperte ∆ ou ∇ para ajustar
a temperatura conforme
necessário. Se a temperatura
está ajustada a 15°C (60°F),
o sistema permanece no modo de
resfriamento máximo. Se
a temperatura está ajustada
a 32°C (90°F), o sistema
permanece no modo de
aquecimento máximo.
Escolher a regulagem máxima,
seja de resfriamento ou
aquecimento, não faz com que
o veículo resfrie ou aqueça mais
rapidamente.
Cuidado
Não cubra o sensor situado no
topo do painel de instrumentos,
perto do para-brisa. Esse sensor
regula a temperatura do ar com
base na intensidade da luz solar.
Também não cubra a grade do
sensor do lado inferior direito do
painel do sistema de ventilação
e ar condicionado; esse sensor
regula a temperatura interna.
Sistema de ventilação e ar condicionado
Nota
Para evitar soprar ar frio ao dar
a partida em dias frios, o sistema
retarda o acionamento da ventoinha
até que ar morno esteja disponível.
A duração da espera depende da
temperatura do líquido de
arrefecimento do motor. Girar
o botão de comando do ventilador
cancela esta espera, e aciona
a ventoinha na velocidade
selecionada.
Operação manual
§ (Off) (Desligado) : Selecione esta
posição do botão de controle do
ventilador para desligar
completamente o sistema de
ventilação e ar condicionado. O ar
externo ainda entrará no veículo.
Pode-se ajustar a direção do fluxo de
ar e sua temperatura.
∇/∆ (Controle de temperatura) :
Aperte as setas para aumentar ou
diminuir a temperatura no interior do
veículo.
Z (Controle do ventilador) : Gire no
sentido horário ou anti-horário para
aumentar ou diminuir a velocidade do
ventilador.
Controle da seleção do fluxo de ar
Gire no sentido horário ou
anti-horário para mudar a direção do
fluxo de ar no interior do veículo.
Selecione uma das seguintes
opções:
M (Vent) : O ar é dirigido às saídas do
painel de instrumentos.
L (Bi-nível) : O ar é dividido entre as
saídas do painel de instrumentos e as
saídas do piso.
K (Piso) : O ar é dirigido às saídas do
piso; um pouco de ar é dirigido às
saídas dos vidros laterais.
J (Desembaçar) : Esse modo
desembaça ou desumidifica os
vidros. O ar é dirigido às saídas do
piso e do para-brisa.
V (Desembaçador) : Este modo
desembaça o para-brisa mais rápido,
pois a maior parte do ar é direcionada
para ele. Ao selecionar-se
127
Desembaçador no modo AUTO,
o sistema controla automaticamente
a velocidade do ventilador. Se
a temperatura externa for 40°F (4°C)
ou mais quente, o compressor do ar
condicionado funciona
automaticamente para ajudar
a desumidificar o ar e secar
o para-brisa. A luz indicadora do ar
condicionado pisca três vezes caso
o compressor seja desligado nesse
modo.
n (Ar condicionado) : Aperte para
ligar e desligar o ar condicionado.
A luz indicadora do ar condicionado
se acende para mostrar que
o sistema está ligado.
Quando o ar condicionado está
selecionado ou em modo AUTO,
o sistema aciona o ar condicionado
automaticamente para resfriar
e desumidificar o ar que entra no
veículo.
Em dias quentes, abra os vidros por
tempo suficiente para deixar o ar
quente sair do interior do veículo. Isso
reduz o tempo necessário para
resfriar o veículo. A seguir, deixe os
128
Sistema de ventilação e ar condicionado
vidros fechados para
o funcionamento ideal do ar
condicionado.
Em dias frescos mas ensolarados,
com o sistema automático em
operação manual, use o modo
Bi-nível para mandar ar morno ao
piso e ar mais fresco às saídas do
painel de instrumentos. Para aquecer
ou resfriar o ar fornecido, aperte os
botões de temperatura até chegar
à regulagem desejada.
No modo AUTO, o sistema resfria
e desumidifica o ar no interior do
veículo. No modo AUTO, o sistema
também usa a recirculação conforme
necessário para maximizar
o desempenho.
Aquecimento : Em dias frios, com
o sistema automático em operação
manual, use o modo Piso para
mandar o ar para as saídas do piso.
Para aquecer ou resfriar o ar
fornecido, aperte ∇ou∆ até chegar
à regulagem de temperatura
desejada.
Para usar o modo automático, gire
o botão de controle para AUTO
e aperte ∇ou∆ para ajustar
a temperatura.
E (Ar externo) : Aperte para ligar
o modo de ar externo. Uma luz
indicadora se acenderá para mostrar
que o modo está ligado. O ar externo
circulará por todo o interior do
veículo. Pode-se usar o modo de ar
externo com todos os outros modos,
mas não com o modo de
recirculação. Ao apertar este botão,
cancela-se o modo de recirculação.
D (Recirculação) : Aperte para ligar
o modo de recirculação. Uma luz
indicadora acima do botão se
acenderá para mostrar que o modo
está ligado. Este modo recircula o ar
no interior do veículo e ajuda
a resfriá-lo rapidamente. Pode-se
usar este modo para evitar que o ar
externo ou quaisquer odores
adentrem o veículo. Ao tentar usar
a recirculação em um modo que não
a suporta, a luz indicadora de
recirculação pisca três vezes.
Ao apertar este botão, cancela-se
a função de autorrecirculação. Cada
vez que o veículo dá partida,
o sistema volta para a função
recirculação automática.
Não é possível usar o modo de
recirculação com os modos Piso,
Desembaçar ou Desembaçador. Se
a recirculação é selecionada em
algum desses modos, o indicador
pisca três vezes e desliga para
indicar que a recirculação não
é possível. O objetivo é evitar
o embaçamento dos vidros.
Quando o tempo está fresco ou
úmido, a operação do sistema em
modo de recirculação por períodos
prolongados de tempo pode
ocasionar embaçamento dos vidros
do veículo. Para desembaçá-los,
selecione Desembaçar ou
Desembaçador. Certifique-se de que
o ar condicionado esteja ligado,
Deixe o ar condicionado em
funcionamento automático para
ajudar a desumidificar o ar.
Sistema de ventilação e ar condicionado
Operação do sistema de
ventilação e ar condicionado
com partida remota
Ao ativar-se a partida remota,
o sistema de ventilação e ar
condicionado aquece ou resfria
o interior do veículo com os últimos
parâmetros do sistema antes do
desligamento do veículo. Os botões
do sistema de ventilação e ar
condicionado e de seleção do fluxo
de ar permanecem ativos durante
uma partida remota. Contudo, os
outros botões do sistema de
ventilação e ar condicionado ficarão
inativos até a ignição ser acionada
pela chave no contato. Se
o ventilador estiver desligado,
o sistema de ventilação e ar
condicionado não operará durante
a partida remota.
Com o sistema automático de
ventilação e ar condicionado, o visor
exibe "RS" (Partida remota), e não
a temperatura, para indicar que
a partida remota está ativada. Para
melhor desempenho, coloque os
botões do ventilador e de controle de
modo em AUTO (Automático). Caso
a temperatura esteja baixa
o suficiente e o botão de modo em
AUTO, o sistema ligará em modo
Desembaçador para desembaçar os
vidros.
129
Difusores de ar
Use a alavanca localizada no centro
de cada difusor de ar, movendo-a
para cima e para baixo ou de um lado
para o outro, para mudar a direção
e quantidade do fluxo de ar ou para
fechar o difusor.
Dicas de operação
■ Tire quaisquer objetos de cima das
saídas de ar da base do
para-brisa, pois os mesmos podem
impedir o fluxo de ar para o interior
do veículo.
■ Não use nenhum defletor de capô
que não tenha sido aprovado pela
Chevrolet, pois os mesmos podem
afetar negativamente
o desempenho do sistema.
■ Mantenha o espaço sob os bancos
dianteiros livre de objetos, para
ajudar a aumentar a eficiência da
circulação de ar no interior do
veículo.
■ Ao perceber um odor desagradável
no exterior do veículo, use o modo
de recirculação, com o botão de
130
Sistema de ventilação e ar condicionado
temperatura em uma regulagem
confortável, para impedir que
o odor adentre o veículo pelo
sistema de ventilação. Isso pode
ser útil ao dirigir em um túnel longo
com má ventilação. Contudo, o uso
prolongado desse modo em dias
frios ou frescos pode ocasionar
embaçamento dos vidros.
Manutenção
Operação regular do ar
condicionado
O resfriamento deverá ser acionado
pelo menos uma vez por mês durante
alguns minutos para assegurar
o desempenho contínuo e eficiente,
seja qual for o clima ou estação do
ano. Não é possível ligar
o resfriamento quando a temperatura
externa está muito baixa.
Revisão
Para o desempenho ideal do sistema
de resfriamento, recomenda-se
realizar uma revisão anual do
sistema de ventilação e ar
condicionado em uma
Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet, que inclua:
■ Funcionamento e teste de pressão
■ Funcionamento do aquecimento
■ Verificação de vazamentos
■ Verificação das correias de
acionamento
■ Limpeza do condensador
e drenagem do evaporador
■ Verificação de desempenho
Condução e operação
Condução e operação
Informações sobre
condução do veículo
Ambiente de condução
131
condicionado utiliza um gás
refrigerante sem
clorofluorocarbonos. A porcentagem
poluidora do escapamento foi
reduzida.
Política ambiental da General
Motors
Durante o projeto e a montagem dos
nossos produtos, a General Motors
preocupa-se constantemente com
a proteção ambiental e utiliza muitos
materiais recicláveis e favoráveis ao
meio ambiente.
Os métodos de produção também
atendem os requisitos de proteção
ambiental. O uso de materiais
nocivos, como amianto e cádmio, foi
descontinuado. O sistema de ar
"A General Motors do Brasil está
comprometida com a preservação do
meio ambiente e dos recursos
naturais através do estabelecimento
de objetivos e metas que propiciem
a melhoria contínua de seu
desempenho ambiental, a redução
do desperdício, o cumprimento de
132
Condução e operação
leis e regulamentos, a prevenção da
poluição e a boa comunicação com
a comunidade."
É bom saber que:
■ O uso de óleos lubrificantes resulta
na sua destruição parcial, que se
reflete na formação de compostos
cancerígenos, resinas e outros.
■ A ABNT (NBR 10004) classifica
o óleo usado como resíduo
perigoso por sua toxicidade.
■ O descarte de óleo lubrificante
usado no solo ou em corpos d'água
é proibido por lei e traz graves
prejuízos para o meio ambiente.
■ A combustão descontrolada de
óleo lubrificante produz gases
residuais nocivos ao meio
ambiente.
■ A reciclagem é o instrumento
prioritário para o destino deste
resíduo.
Reciclagem obrigatória
De acordo com a Resolução nº 9 do
Conselho Nacional do Meio
Ambiente - CONAMA, de 31/08/93,
o óleo lubrificante deve ser destinado
para reciclagem ou regeneração.
Quando precisar trocar o óleo,
procure um estabelecimento que
atenda esses requisitos, de
preferência na Rede de
Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet.
Condução para maior
economia de combustível
Dependendo da forma como dirige
o veículo, você assume uma postura
compatível com o meio ambiente,
mantendo os níveis de ruído e as
emissões dentro dos limites
permitidos. Dirigir respeitando o meio
ambiente traz economia e melhora
a qualidade de vida.
Acelerações bruscas sem
necessidade aumentam bastante
o consumo de combustível. Partidas
rápidas com pneus cantando e alta
rotação aumentam o nível de ruído.
Sempre que possível, passe para
uma marcha mais alta. Observando
as distâncias de frenagem e evitando
ultrapassar outros veículos você
pode evitar as freadas e acelerações
frequentes que resultam em poluição
sonora e excesso de emissões, além
de aumentar o consumo de
combustível.
Sugestões
Ponto morto : Mesmo em ponto morto
o motor consome combustível
e produz ruído. Vale a pena desligar
o motor mesmo se a espera for de
apenas um minuto.
Alta velocidade : Quanto mais alta
a velocidade, maior o consumo de
combustível e o ruído produzido
pelos pneus e o vento.
Pressão dos pneus : Quando
a pressão está baixa, aumenta
a despesa em duas frentes: consumo
de combustível e desgaste dos
pneus.
Condução e operação
Carga : Carregar peso desnecessário
aumenta o consumo de combustível,
principalmente nas acelerações
(tráfego urbano).
Reparos e inspeções : Uma vez que
a General Motors aplica materiais
compatíveis com o meio ambiente
nas operações de reparo, bem como
na produção e inspeção, nunca faça
reparos, regulagens e inspeções por
conta própria, pelos seguintes
motivos: a falta de conhecimento
pode infringir a legislação em vigor
para a proteção do meio ambiente;
componentes recicláveis podem
deixar de ser reaproveitados;
o contato da pele com certos
materiais pode trazer riscos para
a saúde.
Controle de um veículo
Não rode o veículo com o motor
desligado
Muitos sistemas deixam de funcionar
nesta condição (p.ex., o servofreio,
direção elétrica, etc). Dirigir desta
maneira é um perigo para si mesmo
e para os outros.
Pedais
Para garantir que o curso do pedal
não sofra restrições, não deve haver
tapetes no local que possam interferir
com o curso do pedal.
Os pedais do freio e do acelerador
têm alturas diferentes para facilitar
o movimento do pé na passagem de
um para o outro.
Direção defensiva
O melhor conselho que se pode dar
é: pratique a direção defensiva.
Comece com um item
importantíssimo do seu veículo:
o cinto de segurança. Direção
defensiva significa estar pronto para
133
qualquer situação. Nas ruas da
cidade, em estradas rurais ou nas
grandes rodovias, significa estar
sempre pronto para o inesperado.
Suponha que pedestres ou outros
motoristas vão estar distraídos ou
cometer enganos. Antecipe o que
eles poderão fazer. Fique pronto para
os erros deles. Colisões traseiras são
o tipo mais evitável de acidente.
E são comuns. Sempre mantenha
distância. Este é o melhor
procedimento defensivo ao dirigir na
cidade e em zonas rurais. Nunca se
sabe quando o veículo à sua frente
vai parar ou manobrar de repente.
Portanto:
■ Mantenha uma distância segura
entre seu veículo e o da frente.
■ Concentre-se na tarefa de dirigir.
Frenagem
Uso dos freios
O ato de frear tem um tempo de
percepção e um tempo de reação.
Primeiro, você deve decidir pisar no
pedal do freio. Este é o tempo de
134
Condução e operação
percepção. Depois, é preciso trazer
o pé até ele. Este é o tempo de
reação.
O tempo médio de reação é de 3/4 de
um segundo. Mas isto é só uma
média. Pode demorar menos com um
motorista e dois, três ou até mais
segundos com outro. Idade, condição
física, nível de alerta, coordenação
e visão, tudo pode influenciar,
o mesmo ocorrendo com álcool
e drogas. Porém, mesmo em 3/4 de
um segundo, um veículo movendo-se
a 100 km/h percorre 20 m. Pode ser
demais em uma emergência. Por isto,
é importante manter espaço
suficiente entre o seu veículo e os
outros. E, é claro, a distância real de
frenagem varia muitíssimo conforme
a superfície da estrada (asfalto ou
cascalho); sua condição (molhada,
seca); o estado dos sulcos dos
pneus, a condição dos freios, o peso
do veículo e a quantidade de força
aplicada nos freios. A maioria dos
motoristas cuida dos freios do
veículo. Mesmo assim, alguns
sobrecarregam o sistema quando
usam os freios de modo incorreto.
Observe o seguinte
■ Não deixe obstáculos no curso do
pedal do freio.
■ Evite freadas bruscas. Há pessoas
que dirigem aos trancos acelerando muito e logo freando
muito - ao invés de fluir com
o tráfego. Isto é um erro. Seus
freios vão acabar muito mais
depressa se você pisar com força,
além do risco de provocar
derrapagens perigosas.
■ Para aumentar a vida útil dos
freios, tente seguir o fluxo do
trânsito, evite frear sem
necessidade e mantenha uma
distância adequada do carro à sua
frente. Se for preciso usar os freios
ou reduzir a velocidade, pise com
suavidade e continuamente.
■ Não dirija com o motor desligado.
O servofreio deixa de funcionar,
exigindo maior pressão no pedal.
■ Se o motor parar com o veículo em
movimento, freie normalmente mas
não bombeie o pedal, senão
o vácuo do sistema hidráulico será
esgotado e o pedal ficará mais
pesado, aumentando a distância
de frenagem.
Curso do pedal do freio
Leve o veículo para a Rede de
Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet sempre que
notar que o pedal do freio não retorna
ou seu curso aumenta. Isto pode ser
sinal de defeito no sistema do freio.
Direção
Direção elétrica
O veículo possui direção elétrica, se
o motor morrer enquanto o veículo
estiver rodando, o sistema de
assistência da direção elétrica
continuará funcionando até ser
possível parar o veículo. Caso
a assistência da direção elétrica for
perdida devido a um não
funcionamento do sistema de direção
elétrica, ainda será possível conduzir
o veículo, mas será necessário maior
esforço.
Condução e operação
Após esterçar o volante de um lado
para o outro várias vezes até o fim de
seu curso, ou após segurar o volante
no fim de seu curso por um período
prolongado, pode haver uma redução
na assistência da direção elétrica.
O nível normal de assistência da
direção elétrica deve voltar em breve,
após alguns movimentos normais do
volante.
Caso suspeite de problemas com
o sistema de direção, entre em
contato com a Concessionária ou
Oficina Autorizada Chevrolet para
reparos.
Direção em situações de
emergência
Em algumas situações, a direção
pode ser mais eficaz que a frenagem.
Por exemplo: ao subir uma ladeira,
você encontra um caminhão parado
em sua faixa; um carro aparece do
nada; uma criança sai correndo por
entre dois carros estacionados e para
bem em frente ao seu veículo. Frear
pode evitar esses problemas - se for
possível fazê-lo a tempo. Mas às
vezes, não é possível parar a tempo
pois não há espaço suficiente. É o
momento de realizar manobras
evasivas - contornar o problema.
O veículo é capaz de excelente
desempenho em tais emergências.
Primeiro, acione os freios: na
possibilidade de colisão, o melhor
a fazer é reduzir ao máximo
a velocidade. Então, contorne
o problema, dirigindo para a direita ou
para a esquerda, se possível,
dependendo do espaço disponível.
Uma emergência como essa requer
muita atenção e uma decisão rápida.
Segurando-se o volante na posição
recomendada, das "nove e quinze",
é possível esterçá-lo 180 graus muito
rapidamente sem ter que tirar
nenhuma das mãos. Mas
é necessário agir rapidamente, girar
o volante rapidamente e endireitá-lo
igualmente rápido assim que
o obstáculo for transposto.
O fato de tais emergências serem
sempre uma possibilidade é uma
excelente razão para se praticar
135
sempre a direção defensiva e usar
o cinto de segurança de maneira
adequada.
Dirigir fora de estrada
Recomendações sobre dirigir
fora de estradas
A direção "fora de estrada" pode ser
prazerosa, mas tem vários riscos, e o
maior deles é a própria superfície.
Fora de estrada significa fora do
sistema de rodovias. Não existe
demarcação de tráfego na superfície.
Não há placas de trânsito. As
superfícies podem ser
escorregadias, irregulares, em aclive
ou declive acentuado. Resumindo,
significa dirigir sobre as condições
naturais do solo.
Dirigir fora de estrada exige certas
habilidades adicionais. Damos
a seguir algumas recomendações
e sugestões que tornarão mais
segura e agradável a direção fora de
estrada.
136
Condução e operação
Antes de dirigir fora de estrada
É preciso observar alguns tópicos
antes de dirigir fora de estrada. Por
exemplo, providencie a execução de
todos os serviços de reparo
e manutenção.
■ Há combustível suficiente?
■ O pneu reserva está com a pressão
correta?
■ Os níveis dos fluidos estão dentro
do especificado?
■ Quais os regulamentos locais para
direção fora de estrada? Se não
souber, consulte as autoridades
locais. Você vai entrar em
propriedade privada? Neste caso,
obtenha a devida autorização.
Depois de dirigir fora de estrada
Remova todo o material aderido ao
fundo do veículo, no chassi ou
embaixo do capô. Alguns podem ter
risco de incêndio. Depois de dirigir
em lama ou areia, limpe e verifique as
pastilhas de freio.
Essas substâncias podem prejudicar
a frenagem e vitrificar as pastilhas.
Verifique carroceria, direção,
suspensão, rodas, pneus, sistema de
escapamento, tubulações de
combustível e sistema de
arrefecimento. Durante o uso fora da
estrada, seu veículo exigirá menores
intervalos de manutenção.
Familiarize-se com o método de
dirigir fora de estradas
A direção fora de estrada exige certas
habilidades novas e diferentes, tais
como: Ficar atento aos tipos de sinais
diferentes. Sua visão, por exemplo,
deve observar o terreno o tempo todo
quanto a restrições inesperadas.
Preste atenção em ruídos incomuns
nos pneus e no motor.
Seus braços, pés e corpo devem
reagir às vibrações e movimentos do
veículo. Controlar o veículo é o
principal fator para uma boa viagem
fora de estrada. A melhor maneira de
controlar o veículo é controlando sua
velocidade. Alguns pontos devem ser
observados: Em alta velocidade:
■ Os objetos se aproximam mais
rápido; há menos tempo para notar
as imperfeições do terreno;
■ O tempo de reação fica menor;
■ O veículo balança mais ao vencer
obstáculos;
■ É preciso mais distância para
a frenagem, principalmente em
estradas de terra.
Cuidado
Ao dirigir fora de estrada,
movimentos e manobras
repentinos poderão provocar
a perda de controle da direção.
Isto poderá causar a perda de
controle do veículo e colisões.
Assim, ao dirigir em estradas
e fora delas, você e seus
passageiros devem usar os cintos
de segurança.
Condução e operação
Dirigir com neblina
Ocorre neblina quando existe muita
umidade no ar ou geada intensa.
A neblina pode ser tão leve,
permitindo enxergar centenas de
metros à frente, ou espessa,
reduzindo a visão a poucos metros.
Pode surgir neblina de repente em
uma estrada normal, tornando-se um
risco. Dirigir com neblina limita
rapidamente a visibilidade.
Aumenta o perigo de colidir com
o veículo à frente ou ser atingido pelo
de trás. Procure determinar
a densidade da neblina. Se for difícil
enxergar o veículo à sua frente (ou,
durante a noite, as lanternas
traseiras) você deve estar em meio
a neblina espessa. Reduza
a velocidade, para que o veículo atrás
de você faça o mesmo.
A extensão da neblina pode se
prolongar por apenas alguns metros
ou por muitos quilômetros, sendo
impossível saber enquanto não sair
dela. Tudo o que há a fazer
é enfrentá-la com cuidado.
Mesmo que às vezes o tempo pareça
bom, pode haver neblina,
principalmente à noite ou durante
a madrugada, em estradas que
atravessem vales ou regiões
alagadas. De uma hora para outra,
a pessoa pode estar envolta em
neblina espessa, sem enxergar muito
pelo para-brisa.
Frequentemente os faróis tornam
possível notar estas ondas de
neblina, embora algumas vezes você
seja apanhado no alto de uma subida
ou no fundo de um vale. O limpador
137
e o lavador do para-brisa ajudam
a remover a sujeira proveniente da
estrada. Diminua a velocidade.
Recomendações para dirigir na
neblina
■ Quando entrar em um trecho
enevoado, ligue o farol baixo ou os
faróis de neblina, mesmo durante
o dia. Você enxergará melhor os
outros e também será visto por
eles.
■ Não ligue o farol alto, pois o clarão
vai lhe ofuscar.
■ Use o desembaçador. Se
a umidade estiver elevada, até
a menor condensação dentro do
veículo prejudicará a visibilidade,
que já está reduzida. Ligue por
alguns instantes o limpador e o
lavador do para-brisa. A umidade
no lado de fora do vidro pode
parecer neblina e esta pode ser
apenas isto.
■ Se a visibilidade tornar-se nula
e você tiver que parar mas não tiver
certeza se ainda está na estrada,
138
Condução e operação
acenda os faróis, ligue o pisca-alerta e toque a buzina de vez em
quando ou sempre que perceber
a aproximação de algum veículo.
■ Não ultrapasse com neblina, a não
ser que tenha boa visibilidade
à frente e a manobra for segura.
Mesmo assim, fique preparado
para recuar se a neblina à sua
frente ficar mais espessa. Se
outros veículos estiverem
ultrapassando, facilite a manobra
para eles.
Dirigir na lama ou na areia
Quando se dirige sobre lama ou
areia, as rodas perdem a tração. Não
se consegue acelerar com rapidez,
as manobras ficam mais difíceis
e frear o veículo exige maiores
distâncias.
Na lama, é melhor usar uma marcha
menor - quanto mais densa a lama,
menor deve ser a marcha. Se entrar
em um banco de lama espessa,
mantenha o veículo em movimento
para não atolar. Quando se passa por
areia muito macia (como em praias
ou dunas), os pneus tendem
a afundar. Isto prejudica a direção,
a aceleração e a frenagem. Para
melhorar a tração, reduza um pouco
a pressão dos pneus quando for
entrar em areia.
Nota
Limpe e verifique as pastilhas de
freio após dirigir sobre lama ou
areia. Caso contrário poderá causar
uma frenagem irregular ou
vitrificação das pastilhas dos freios.
Verifique a carroceria, direção,
suspensão, rodas, pneus e sistema
de escapamento quando a danos.
Condução em estradas
molhadas
Dirigindo em trechos alagados
Esta é uma situação que deve ser
evitada tanto quanto possível,
mesmo nas vias pavimentadas das
cidades. Além de não ser possível
avaliar com precisão o estado da
pista à frente, o veículo pode vir a se
danificar seriamente, pois não foi
projetado para essa utilização.
É recomendável não passar pelo
trecho alagado se a lâmina d´água for
superior à altura do centro da roda.
Condução e operação
Se realmente for preciso atravessar
um trecho alagado, fazê-lo sempre
em baixa velocidade, em torno de
10 km/h, utilizando a 1ª marcha.
É preciso ficar atento aos veículos de
grande porte trafegando nas
proximidades, pois podem ser
produzidas marolas de grandes
proporções, aumentando as
probabilidades de danos. O problema
mais sério ao passar por trechos
alagados é a possibilidade de
entrada de água no interior do motor
pelo sistema de captação do ar de
admissão.
Isto é conhecido como “calço
hidráulico”, em que a água impede
o movimento dos pistões
e consequentemente ocorrerão
danos nos componentes do motor.
Nesse caso, o motor sofre sérios
danos e o veículo pode vir a parar
imediatamente ou posteriormente,
dependendo do grau da avaria.
Não tente colocar o motor em
funcionamento novamente. Tal
atitude poderá aumentar os danos ao
veículo.
Avarias de motor por entrada de água
não são cobertas pela garantia.
Após dirigir em meio a uma grande
poça d'água ou após o veículo ter
sido lavado num posto de serviço,
pressione levemente o pedal de freio
até sentir que os freios estão
funcionando normalmente.
139
9 Atenção
Freios molhados podem provocar
colisões. Os freios molhados
podem não funcionar tão bem em
uma parada brusca, e podem
puxar para um lado. Você pode
perder o controle do veículo.
Após cruzar uma grande poça
d'água ou após passar por um
lava-rápido, acione levemente
o pedal do freio até que os freios
funcionem normalmente.
Correntezas podem ser
extremamente poderosas.
O veículo pode ser arrastado pela
força da água caso você tente
cruzar uma área de correnteza.
Caso isso aconteça, você e os
outros ocupantes do veículo
podem se afogar. Não ignore as
advertências das autoridades,
e tome muito cuidado ao tentar
cruzar uma área de correnteza
com o veículo.
140
Condução e operação
Cuidado
Dirigir através de um curso d'água
pode ser perigoso. A água pode
arrastar o veículo, causando
afogamento. Mesmo um córrego
pouco profundo pode danificar os
pneus no contato com o chão,
causando a perda de tração
e tombamento do veículo. Não
dirija em cursos d'água.
Dirigindo na chuva
A chuva e as estradas molhadas
podem trazer problemas ao dirigir.
Você não pode parar, acelerar ou
fazer curvas regularmente em pista
molhada, pois a aderência de seus
pneus à pista não é tão boa quanto
nas pistas secas. E caso a banda de
rodagem de seus pneus não esteja
em boas condições, a aderência será
menor ainda. Se começar a chover
quando você estiver ao volante,
reduza a velocidade e seja mais
cuidadoso.
A pista pode ficar molhada
repentinamente, ao passo que os
seus reflexos ainda podem estar
condicionados para dirigir em pista
seca. Quanto mais pesada a chuva,
mais precária será a visibilidade.
Mesmo que as palhetas do seu
limpador de para-brisa estejam em
boas condições, a chuva pesada
poderá dificultar a visão das placas
de sinalização, semáforos, das
marcações da pavimentação, do
limite do acostamento e até mesmo
de pessoas que estejam andando na
pista. Borrifos da estrada podem
dificultar mais a visão do que a chuva,
principalmente se forem em estrada
suja.
Portanto, é recomendável manter em
boas condições o limpador do
para-brisa e o seu depósito de água
abastecido. Substitua as palhetas do
limpador do para-brisa quando
apresentarem sinais de desgaste ou
falhas no para-brisa ou quando as
tiras de borracha começarem a se
separar das palhetas.
Dirigir rápido demais através de
grandes poças d'água ou mesmo em
alguns lavas-rápidos pode causar
problemas técnicos e colocar as
pessoas em perigo.
A água pode afetar os freios. Tente
evitar as poças, mas se não for
possível, tente reduzir a velocidade
antes de atingi-las. Freios úmidos
podem resultar em acidentes. Os
freios não funcionam bem em
paradas súbitas e podem fazer
o veículo puxar para um lado. Você
poderá perder o controle sobre
o veículo.
Condução e operação
Recomendações a serem
observadas em tempo chuvoso
■ Acenda os faróis baixos, para
tornar-se mais visível aos outros.
Se estiver chovendo forte, use os
faróis mesmo durante o dia.
■ Fique atento aos veículos pouco
visíveis que trafegam atrás de
você.
■ Além de diminuir a velocidade,
mantenha uma distância segura
entre seu veículo e o da frente. Seja
cuidadoso especialmente quando
ultrapassar outro veículo. Espere
que a pista esteja livre a sua frente
e esteja preparado para enfrentar
a má visibilidade causada por
borrifos de água na pista. Se os
jatos forem muito fortes a ponto de
dificultar a visão, desista. Não
ultrapasse se as condições não
forem ideais. Trafegar em
velocidade mais baixa é melhor do
que arriscar.
■ Caso necessário, utilize
o desembaçador.
■ Verifique periodicamente
a profundidade correta dos sulcos
dos pneus.
Aquaplanagem
O excesso de água poderá acumular
sob os pneus de modo que eles não
tenham contato com a pista e isto
é muito perigoso. Isto poderá
acontecer se houver muita água na
pista e se você estiver em alta
velocidade. Quando o veículo está
aquaplanando, há pouco ou nenhum
contato do pneu com a pista.
141
Pode ser que você não perceba
a aquaplanagem, e até mesmo dirija
durante algum tempo sem notar que
os pneus não estão em contato
constante com a pista. Talvez
perceba a aquaplanagem quando
tentar reduzir a velocidade, fizer
curvas, mudar de pista nas
ultrapassagens ou se for atingido por
uma rajada de vento.
De repente, você se dará conta de
que não consegue controlar
o veículo. A aquaplanagem não
ocorre com frequência, mas pode
acontecer.
Mas poderá acontecer se a banda de
rodagem dos pneus estiver gasta ou
se a pressão de um ou mais pneus
estiver baixa. Poderá ocorrer quando
houver grande quantidade de água
na pista. Se você notar reflexos das
árvores, dos postes de telefone ou de
outros veículos, ou se as gotas de
chuva formarem ondulações na
superfície da água, isto é sinal de que
pode haver aquaplanagem.
A aquaplanagem geralmente
acontece em velocidades altas.
142
Condução e operação
A aquaplanagem não obedece
a nenhuma regra definida. A melhor
recomendação é reduzir a velocidade
quando estiver chovendo
e permanecer atento.
Dirigindo à noite
É difícil avaliar a velocidade de um
veículo que está em movimento à sua
frente apenas observando suas
lanternas traseiras. Dirigir à noite
é mais perigoso do que durante o dia.
Uma razão é que alguns motoristas
podem estar sob o efeito de álcool,
drogas, fadiga ou com a visão
limitada pela escuridão.
Recomendações para dirigir à noite
■ Dirija na defensiva. Lembre-se de
que este é o período mais perigoso.
■ Não beba antes de dirigir.
■ Como a visão pode ser limitada,
reduza a velocidade e mantenha
maior distância entre o seu e os
demais veículos.
■ Reduza a velocidade,
especialmente nas autoestradas,
mesmo que seus faróis possam
iluminar muito bem a pista adiante.
■ Em áreas desertas esteja atento
a animais na pista.
■ Se estiver cansado, saia da pista
em local seguro e descanse.
■ Mantenha limpos interna
e externamente o para-brisa
e todos os vidros de seu veículo.
O reflexo da sujeira à noite é muito
pior do que durante o dia. Mesmo
a parte interna pode ficar
embaçada devido à sujeira.
A fumaça de cigarros também
embaça as superfícies internas dos
vidros, dificultando a visão.
■ Lembre-se de que os faróis
iluminam menos a pista nas curvas.
■ Mantenha os olhos em movimento;
desta forma, é mais fácil identificar
objetos mal iluminados.
■ Assim como os faróis de seu
veículo devem ser inspecionados
com frequência, você também
deve consultar um oftalmologista
periodicamente. Alguns motoristas
sofrem de cegueira noturna –
a incapacidade de enxergar com
luz pouco intensa – e nem mesmo
sabem disso.
Estradas em regiões
montanhosas
Dirigir em ladeiras ou montanhas
é diferente de dirigir em terreno plano
ou ondulado. Se você dirige
regularmente em terreno íngreme, ou
se está pensando em visitar algum,
deve tomar algumas precauções.
Estas são algumas sugestões que
podem tornar suas viagens mais
seguras e agradáveis.
Condução e operação
■ Mantenha o veículo em bom
estado. Verifique o nível de todos
os fluidos e também os freios,
pneus e sistema de arrefecimento.
Estes sistemas podem ser mais
solicitados em trajetos
montanhosos;
■ Aprenda a descer ladeiras. Não
confie só nos freios. Deixe também
o motor ajudar na redução da
velocidade. Passe para uma
marcha mais reduzida; assim você
reduzirá a velocidade sem abusar
dos freios;
Cuidado
Se você não reduzir a marcha, os
freios poderão ficar tão quentes
que não funcionarão bem. Reduza
a marcha para que o motor auxilie
os freios ao descer uma ladeira
íngreme. Dirigir para baixo em
ponto morto ou com a ignição
desligada é muito perigoso. Os
freios terão que fazer um trabalho
extra. Ficarão excessivamente
quentes e não serão eficazes. Ao
descer uma ladeira, mantenha
a ignição ligada e use uma marcha
apropriada.
■ Aprenda a subir ladeiras. Engate
uma marcha mais reduzida. Para
fins de arrefecimento, mantenha
a marcha menos acelerada que lhe
permita trafegar na velocidade
desejada sem esquentar demais
o motor. Mantenha-se na sua mão
em rodovias de mão dupla em
ladeiras ou montanhas. Não
ultrapasse a faixa divisória das
pistas no centro da estrada.
Mantenha a velocidade que lhe
143
permita ficar em sua própria mão.
Assim você não terá surpresas com
motoristas que venham na direção
oposta. A ultrapassagem em
aclives é mais demorada.
Mantenha distâncias seguras
quando ultrapassar. Facilite
a ultrapassagem dos outros
veículos.
■ Ao dirigir em aclives, não tente
ultrapassar bloqueios resultantes
de acidentes ou veículos
tombados.
■ Estradas montanhosas podem
carecer de sinalização adequada.
Alguns exemplos são longo trecho
em aclive/declive, zona de
ultrapassagem ou proibido
ultrapassar, risco de queda de
pedras ou estradas sinuosas.
Fique alerta e dirija com atenção.
Se o veículo atolar
O veículo possui um sistema de
controle de tração, que pode ajudar
a liberar um veículo atolado. Se
o veículo estiver atolado demais para
144
Condução e operação
o sistema de tração ser de ajuda,
desligue o mesmo e balance
o veículo.
Jamais permita que as rodas girem
em falso em alta velocidade se
o veículo atolar. O método conhecido
como balanço pode ajudar
a desatolá-lo, mas tenha cuidado.
Cuidado
Se girarem a alta velocidade, os
pneus poderão estourar causando
ferimentos a você e a outras
pessoas. A transmissão ou outros
componentes podem
superaquecer. Em caso de
atolamento, gire as rodas o menos
possível. Não as gire
a velocidades superiores
a 55 km/h.
Nota
Girar as rodas pode causar danos
aos componentes, bem como aos
pneus do veículo. Se as rodas
girarem a velocidades elevadas ao
se engatar marchas para a frente e à
ré, a transmissão poderá ser
destruída.
Balançar o veículo para soltá-lo
Vire o volante de um lado para o outro
para limpar a área ao redor das rodas
dianteiras. Desligue qualquer
sistema de tração ou estabilidade.
Mude repetidamente da marcha
R (Ré) para qualquer marcha
à frente, girando as rodas o mínimo
possível. Para evitar desgaste da
transmissão, espere as rodas
pararem de girar antes de trocar
a marcha. Ao trocar a marcha, solte
o pedal do acelerador, e aperte-o
levemente quando a marcha estiver
engatada. O giro lento das rodas para
a frente e para trás cria um
movimento de balanço que pode
liberar o veículo. Se isso não liberar
o veículo após algumas tentativas,
pode ser necessário chamar um
guincho.
Partida e operação
Amaciamento de veículo
novo
Nota
O veículo não precisa de nenhum
amaciamento complicado, mas
o desempenho a longo prazo será
melhor se você seguir essas
diretrizes:
■ Pelos primeiros 800 km (500
milhas), aproximadamente, não
dirija em uma única velocidade
constante (seja baixa ou alta).
Não faça arrancadas. Evite o uso
da redução de marcha para frear
ou reduzir a velocidade do
veículo.
■ Evite paradas bruscas nos
primeiros 320 km (200 milhas) de
rodagem, aproximadamente.
Durante esse período, as novas
pastilhas de freio ainda não foram
amaciadas. Frear bruscamente
com pastilhas novas pode
provocar desgaste prematuro
e necessidade de troca precoce.
Condução e operação
Siga esta instrução de
amaciamento cada vez que as
pastilhas de freio forem trocadas.
Após o amaciamento, é possível
aumentar gradualmente a rotação e a
carga do motor.
Posições da ignição
Funcionando) ou ACC/ACCESSORY
(Acessório) e que o pedal do freio
esteja acionado.
J (LOCK/OFF) (Travar/desligar) :
Esta posição trava a ignição.
Também trava a transmissão.
A chave só pode ser tirada do contato
em J LOCK/OFF (Travar/Desligar).
A alavanca de câmbio deve estar em
P (Estacionamento) para girar
a chave de ignição para J LOCK/
OFF (Travar/Desligar).
ACC (ACC/ACESSÓRIOS) : Esta
posição permite o uso de acessórios
como o rádio e os limpadores de
para-brisa enquanto o motor está
desligado.
A chave de ignição possui quatro
posições.
Para desengatar a marcha
P (Estacionamento), é preciso que
a ignição esteja em ON/RUN (Ligado/
⃒ (ON/RUN) (Ligado/funcionando) :
Pode-se usar esta posição para
operar os acessórios elétricos e exibir
algumas luzes de advertência do
painel de instrumentos. A chave fica
nesta posição enquanto o motor está
em funcionamento.
Deixar a chave na posição ACC/
ACCESSORY (Acessório) ou ⃒ ON/
RUN (Ligado/Funcionando) com
145
o motor desligado pode drenar
a bateria. Pode não ser possível dar
a partida no veículo se a bateria
houver sofrido drenagem por um
período prolongado.
O (PARTIDA) : Esta posição liga
o motor. Quando o motor der partida,
solte a chave. A chave de ignição
voltará a posição ON/RUN.
Um sinal de advertência soará
quando a porta do motorista for
aberta com a ignição em ACC/
ACCESSORY (Acessório) ou J
LOCK/OFF (Travar/Desligar) e a
chave no contato.
Cuidado
Antes de ligar o motor, certifique-se de se familiarizar com
o funcionamento dos controles
e dos vários instrumentos.
146
Condução e operação
Nota
Nunca dê partida no motor
continuamente por mais de
10 segundos. Se o motor não ligar
na primeira tentativa, desligue
a ignição, aguarde 15 segundos
e dê partida no motor novamente.
Não insista se o motor não ligar após
algumas tentativas. Consulte sua
Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet.
Cuidado
■ Crianças sozinhas no veículo
com a chave na ignição podem
causar acidentes sérios.
■ As chaves podem ativar os
vidros elétricos e outros
recursos, ou até mesmo mover
o veículo.
Nota
O uso de uma ferramenta para
forçar o giro da chave no contato
pode danificar a ignição ou quebrar
a chave. Use a chave correta,
certifique-se de que foi inserida até
o fim, e vire-a apenas com a mão.
Caso não seja possível virar a chave
com a mão, consulte sua
Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet.
Nota
Se você esquecer a chave no
cilindro da ignição, depois que
o motor for desligado e a porta for
aberta, o sistema eletrônico emitirá
um aviso sonoro para lembrar que
ela ficou no contato. Se for preciso
manter a chave no cilindro da
ignição depois de desligar o motor,
retire-a e coloque-a no cilindro outra
vez para desativar o sistema
eletrônico de alerta sonoro, evitando
o consumo desnecessário de carga
da bateria.
9 Atenção
Antes de ligar o motor, tome as
seguintes precauções para não
inalar gases tóxicos:
■ Não ligue o motor em áreas
fechadas, como garagens, por
um tempo maior que
o necessário para manobrar
o veículo. Os motores de
combustão interna geram gases
que contêm substâncias
altamente tóxicas, como
o monóxido de carbono, que
mesmo sendo incolor e inodoro,
é mortal.
■ Se houver suspeita de
penetração dos gases do
escapamento no habitáculo,
dirija o veículo com os vidros
abaixados e verifique o quanto
antes o sistema de
escapamento, o assoalho e a
carroceria.
Condução e operação
Energia retida para acessórios
(RAP)
Os acessórios do veículo podem ser
usados por até 10 minutos após
o desligamento do motor.
■ Sistema de áudio
■ Vidros elétricos
■ Bancos aquecidos
Essas funções continuam ativas por
até 10 minutos após a chave ser
colocada na posição J LOCK/OFF
(Travar/Desligar).
Se, nesse intervalo de 10 minutos,
uma das portas for aberta, então
essas funções serão desativadas.
Se, nesse intervalo de 10 minutos,
a porta do motorista for aberta, então
o rádio será desativado.
Todas estas funções funcionam
quando a chave está na posição ⃒
ON/RUN (Ligado/Funcionando) ou
ACC/ACCESSORY (Acessório).
Dando a partida
Mova a alavanca de marchas para
P (Estacionamento) ou N (Ponto
morto). O motor não dará a partida
em nenhuma outra posição. Para dar
a partida novamente com o veículo já
em movimento, use apenas
a posição N (Ponto morto).
Nota
Não tente engatar
P (Estacionamento) com o veículo
em movimento. Isso poderia
danificar a transmissão. Engate
P (Estacionamento) somente
quando o veículo estiver parado.
Procedimento de partida
Com o pé fora do pedal do
acelerador, vire a chave de ignição
até O START (Partida). Quando
o motor der a partida, solte a chave.
A rotação reduzirá conforme o motor
for aquecendo. Não acelere com
força demais imediatamente após dar
a partida. Opere o motor e a
transmissão delicadamente para
permitir que o óleo esquente
e lubrifique todas as partes móveis.
147
O veículo possui um sistema de
arranque controlado por computador.
Essa função ajuda a dar a partida
e protege os componentes. Se
a chave de ignição for colocada na
posição O START (Partida) e solta
quando o motor começar a arrancar,
o motor continuará arrancando por
alguns segundos ou até que o veículo
dê a partida. Se o motor não der
a partida e a chave for mantida na
posição O START (Partida),
o arranque será interrompido após
15 segundos para evitar danos ao
motor. Para evitar danos o sistema
também impede o arranque se
o motor já estiver funcionando. Podese interromper o arranque girando
a chave para a posição ACC/
ACCESSORY (Acessório) ou J
LOCK/OFF (Travar/Desligar).
148
Condução e operação
Nota
O motor foi projetado para funcionar
com os componentes eletrônicos de
fábrica. Caso você instale peças ou
acessórios elétricos, isso pode
alterar o funcionamento do motor.
Antes de instalar um equipamento
elétrico, verifique com
a Concessionária ou Oficina
autorizada Chevrolet. Caso
contrário, o motor pode não
funcionar adequadamente.
Quaisquer danos resultantes não
seriam cobertos pela garantia do
veículo.
Estacionamento
Estacionamento em ladeiras ou
montanhas
Tenha cuidado especial ao
estacionar. Para sua segurança,
quando estacionar em uma ladeira,
esterce as rodas da frente de modo
a evitar que o veículo desça
desgovernado ou saia da pista caso
venha a se mover.
Estacionar voltado para baixo
Esterce as rodas para a direita. Não
apoie os pneus contra nenhum
obstáculo, ainda que ele exista. Um
ligeiro contato é o bastante.
Estacionar sobre materiais
combustíveis
Estacionar voltado para cima
Se houver um obstáculo, esterce as
rodas para a esquerda se ele estiver
no lado direito do veículo.
Se parar voltado para cima no lado
esquerdo de uma ladeira de mão
única, as rodas devem ser
esterçadas para a direita. Se não
houver obstáculo para estacionar
numa ladeira, esterce as rodas para
o lado direito.
Evite estacionar ou manter o veículo
sobre capim seco, arbustos,
respingos de combustível e outros
materiais inflamáveis quando
o sistema de escapamento estiver
aquecido. Dependendo da situação,
isto pode causar um princípio de
incêndio.
Condução e operação
Cuidado
Objetos que queimam poderão
tocar partes quentes do
escapamento sob seu veículo
e inflamar-se. Não estacione
sobre papéis, folhas, grama seca
ou outras coisas que possam
queimar.
Sistema de
escapamento
9 Atenção
O sistema de escapamento
contém monóxido de carbono
(CO), que é invisível e inodoro.
A exposição ao CO pode causar
perda de consciência e até
mesmo a morte.
Os gases do escapamento pode
entrar no veículo se:
■ O veículo ficar parado em
marcha lenta em locais com má
ventilação (garagens, túneis).
■ O escapamento estiver com
cheiro ou ruído estranho ou
diferente.
■ O sistema de escapamento
vazar devido à corrosão ou
danos.
149
■ O sistema de escapamento do
veículo tiver sido modificado,
danificado ou reparado
incorretamente.
■ Houver furos ou aberturas na
carroceria devido a danos ou
modificações pós-venda com
vedação incompleta.
Ao detectar gases estranhos ou
suspeitar que os gases do
escapamento estão entrando no
veículo:
■ Dirija apenas com os vidros
completamente abertos.
Providencie o reparo imediato do
veículo.
Jamais estacione o veículo com
o motor ligado em uma área
fechada, como uma garagem ou
um prédio sem ventilação de ar
fresco.
Funcionamento do motor
enquanto estacionado
Antes de ligar o motor, observe
algumas precauções para não inalar
os gases nocivos do escapamento.
150
Condução e operação
■ Não deixe o motor ligado em locais
confinados - uma garagem, por
exemplo - por mais tempo do que
o necessário para manobrar;
motores de combustão interna
produzem gases altamente
tóxicos, como o monóxido de
carbono (CO), que é invisível
e inodoro mas pode matar.
9 Perigo
Os gases de escape do motor
contêm monóxido de carbono
venenoso, que é incolor e inodoro
e pode ser fatal se inalado.
Se os gases do escapamento
penetrarem no veículo, abra os
vidros. Repare a falha na Rede de
Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet.
Conversor catalítico
O equipamento, localizado no
sistema de escapamento, promove
a diminuição dos poluentes
indesejáveis antes de serem
expelidos para a atmosfera.
Defeitos ou funcionamento irregular
do motor depois de uma partida a frio,
perda significativa da potência do
motor e outras anomalias podem
indicar defeito no sistema de ignição.
Se necessário, o veículo pode ser
conduzido por pouco tempo em baixa
rotação até a Rede de
Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet mais próxima.
Cuidados com o conversor
catalítico
Se uma parte do combustível não
queimado entrar no conversor
catalítico, isto pode causar
superaquecimento e talvez danos
irreparáveis neste componente. Por
isto, com o motor aquecido é preciso
evitar:
■ Insistir na partida quando o motor
apresentar dificuldades para ligar.
■ Demorar demais com o motor de
arranque.
A penetração de água no cano de
escapamento pode danificar
o conversor catalítico, que trabalha
em alta temperatura.
Evite a aplicação de qualquer produto
por baixo do veículo, pois pode haver
risco de ignição devido à temperatura
do sistema de escapamento.
O uso de combustível com alto teor
de enxofre pode provocar, sob
determinadas condições de direção,
a presença de um odor desagradável
proveniente dos gases do
escapamento.
Para garantir o baixo nível de
emissão de poluentes e a
durabilidade do sistema do conversor
catalítico, todo serviço de
manutenção deve ser realizado na
Rede de Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet.
Condução e operação
Transmissão
automática
A transmissão automática permite
a troca de marchas automática
(modo automático) ou manual (modo
manual).
Indicador de marcha
O indicador de marcha exibe o modo
ou a marcha selecionada.
Alavanca seletora
P
R
N
D
M
=
=
=
=
=
Park (Estacionamento)
Reverse (Ré)
Neutral (Ponto morto)
Drive (Rodagem)
Manual (Modo manual)
P (Estacionamento)
Esta posição trava as rodas
dianteiras. É a melhor posição para
dar a partida, pois a mesma impede
que o veículo se movimente com
facilidade.
151
9 Atenção
É perigoso sair do veículo se
a marcha P (Estacionamento) e o
freio de estacionamento não
estiverem completamente
engatados. O veículo pode rolar.
Não deixe o veículo com o motor
ligado a menos que necessário.
Caso você deixe o motor
funcionando, o veículo pode se
mover bruscamente. Você pode
se ferir ou ferir outras pessoas.
Para certificar-se de que o veículo
não se moverá, mesmo quando
sobre uma superfície
relativamente plana, sempre
engate o freio de estacionamento
e coloque a marcha em
P (Estacionamento).
Certifique-se de que a alavanca do
câmbio está completamente na
posição P (Estacionamento) antes de
dar a partida. O veículo possui um
sistema de controle automático de
engate de marcha. Deve-se pisar no
pedal do freio até o fim, e então
152
Condução e operação
apertar o botão da alavanca de
câmbio, antes de trocar de
P (Estacionamento) quando a chave
da ignição estiver na posição ⃒ ON/
RUN (Ligado/Funcionando). Caso
não seja possível desengatar
a marcha P (Estacionamento),
diminua a pressão sobre a alavanca
de câmbio e empurre-a
completamente na direção da
marcha P (Estacionamento)
enquanto mantém o pé no freio.
Então, troque de marcha.
R (Ré)
Use para marcha-ré
Nota
Engatar a marcha a ré (R) enquanto
o veículo está andando para a frente
pode danificar a transmissão. Os
reparos não seriam cobertos pela
garantia do veículo. Engate
a marcha a ré somente após
o veículo ter parado.
N (Ponto morto)
Nesta posição, o motor não transmite
potência para as rodas. Para dar
a partida novamente com o veículo já
em movimento, use apenas
a posição N (Ponto morto). Também
se deve usar o ponto morto quando
o veículo estiver sendo guinchado.
9 Atenção
Engatar uma marcha motriz com
o motor funcionando em alta
rotação é perigoso. A menos que
o seu pé esteja pisando
firmemente o pedal do freio,
o veículo pode mover-se
rapidamente. É possível perder
o controle e atropelar pessoas ou
bater em objetos. Não engate uma
marcha motriz com o motor
funcionando em alta rotação.
Nota
Mudar de P (Estacionamento) ou
N (Ponto morto) com o motor
funcionando em alta rotação pode
danificar a transmissão. Os reparos
não seriam cobertos pela garantia
do veículo. Ao trocar de marcha,
certifique-se de que o motor não
está funcionando em alta rotação.
D (Rodagem)
Esta é a posição de rodagem normal
do veículo. Fornece a melhor
economia de combustível Caso haja
necessidade de maior potência para
uma ultrapassagem, e o veículo
esteja:
■ A menos de 56 km/h (35 mph), pise
no acelerador mais ou menos até
a metade.
■ A 56 km/h (35 mph) ou mais, pise
no acelerador até o fundo.
M (Modo Manual)
Esta posição permite trocar as
marchas de maneira similar a uma
transmissão manual e a troca é feita
usando as alavancas dos lados
esquerdo e direito do volante.
Modo manual
Alavanca de mudança
Para usar esta função, faça
o seguinte:
1. Reduza a marcha de
D (Rodagem) para M (Manual).
Condução e operação
Ao dirigir em modo manual,
a transmissão permanecerá na
marcha selecionada pelo
motorista. Ao frear o veículo no
modo manual, o veículo engatará
automaticamente a primeira
marcha.
2. Pressione o ✚ (mais) na alavanca
de câmbio para aumentar, ou
puxe para trás da alavanca de
câmbio para reduzir a marcha.
O Centro de informações ao
motorista no painel de instrumentos
deixará de exibir a mensagem atual
e exibirá a letra "M", de Manual, e um
número indicando a marcha
requisitada.
Ao usar-se a função "Driver Shift
Control" (Controle da marcha pelo
motorista), a troca de marchas será
mais firme e o desempenho da
transmissão será mais esportivo.
Pode-se usar este modo para direção
esportiva, ao subir ladeiras (para
manter a marcha engatada por mais
tempo) ou para reduzir a marcha para
obter mais potência ou usar
o freio-motor.
A transmissão só permitirá a troca
para marchas apropriadas
à velocidade e às rotações por minuto
(RPM) do motor.
■ A transmissão não engatará
a marcha seguinte
automaticamente se a velocidade
do veículo ou a rotação do motor
forem baixas demais.
■ A transmissão não permitirá
a redução para a marcha
imediatamente inferior se
153
a velocidade do veículo ou
a rotação do motor forem altas
demais.
Função de início de rodagem em
segunda ou terceira marcha
Ao acelerar o veículo parado em uma
superfície escorregadia, pode-se
querer engatar a segunda ou terceira
marcha diretamente com a borboleta
de câmbio. Uma marcha mais alta
permite a obtenção de maior tração
em superfícies derrapantes.
Com a função "Driver Shift Control"
(Controle da marcha pelo motorista),
pode-se regular o veículo de modo
que o mesmo parta em segunda ou
terceira marcha.
1. Mude a marcha de D (Rodagem)
para M (Manual).
2. Com o veículo parado, aperte
o botão ✚ para selecionar
a segunda ou terceira marcha.
Mesmo estando completamente
parado, o veículo começará
a rodar diretamente em segunda
ou terceira marcha.
154
Condução e operação
3. Assim que o veículo começar a se
mover, selecione a marcha
desejada para rodagem.
Freios
Sistema de freios
antiblocantes (ABS)
Este veículo possui sistema de freios
antiblocantes (ABS), um sistema
avançado de frenagem eletrônica
que ajuda a evitar a derrapagem ao
frear.
Quando o motor dá a partida e o
veículo começa a se afastar,
o sistema ABS realiza uma
autoverificação. Enquanto este teste
está sendo realizado, pode-se ouvir
um ruído de motor ou alguns cliques
momentaneamente, e pode-se até
mesmo perceber um pequeno
movimento do pedal de freio. Isto
é normal.
Se houver um problema com
o sistema ABS, a luz de advertência
u permanece ligada.
Digamos que a estrada está molhada
e você está dirigindo com segurança.
De repende, um animal pula na frente
do seu veículo. Você pisa no freio
com força e continua freando. Eis
o que acontece com o ABS:
Um computador detecta que
a velocidade das rodas está
reduzindo. Se uma das rodas estiver
prestes a parar de rodar,
o computador acionará os freios de
cada roda separadamente.
O ABS é capaz de mudar a pressão
do freio de cada roda, conforme
necessário, com mais rapidez do que
qualquer motorista. Isso pode ajudar
o motorista a contornar o obstáculo
enquanto freia com força.
Conforme os freios são acionados,
o computador continua recebendo
atualizações a respeito da velocidade
das rodas e controla a pressão dos
freios conforme necessário.
Frenagem em emergências
Não bombeie o freio. Simplesmente
mantenha o freio apertado com força
e deixe o sistema antiblocante
funcionar. Pode-se ouvir
o funcionamento da bomba
Condução e operação
antiblocante ou do motor, e pode-se
mesmo sentir o pedal do freio
pulsando, mas isso é normal.
O ABS permite que o motorista freie
e conduza o veículo ao mesmo
tempo. Em muitas emergências,
a direção pode ser mais útil que as
melhores práticas de frenagem
possíveis.
Freio de estacionamento
Cuidado
O sistema de freios antiblocantes
não muda o tempo necessário
para levar o pé ao pedal, e nem
sempre reduz a distância de
frenagem. Se você chegar perto
demais do veículo da frente, não
haverá tempo suficiente para
acionar os freios caso o veículo
pare ou reduza bruscamente.
Sempre mantenha distância
suficiente para frear, mesmo com
o ABS.
Para acionar o freio de
estacionamento, pise no pedal do
freio de estacionamento com o pé
esquerdo. Se a ignição estiver ligada,
a lâmpada de advertência do sistema
de freio acenderá.
Para desengatar o freio de
estacionamento, pise e segure
o pedal do freio de serviço com o pé
direito. Aperte o pedal do freio de
estacionamento com o pé esquerdo
até sentir o desengate deste. Se
o freio de estacionamento não
155
desengatar na retomada da direção,
a lâmpada de advertência do sistema
de freio permanecerá acesa.
Nota
Dirigir com o freio de
estacionamento acionado pode
causar superaquecimento do
sistema de freios e desgaste ou
dano prematuro às peças do
sistema de freios. Antes de dirigir,
certifique-se de que o freio de
estacionamento está
completamente desengatado e que
a luz de advertência do freio está
apagada.
Cuidado
Nunca aplique o freio de
estacionamento com o veículo em
movimento. Isto poderá causar
o rodopio do veículo e ferimentos
pessoais.
156
Condução e operação
Engatando a posição Park
(Estacionamento)
9 Atenção
Pode ser perigoso sair do veículo
se alavanca não estiver
totalmente em
P (Estacionamento) e o freio de
estacionamento não estiver
firmemente aplicado. O veículo
pode rolar. Caso você deixe
o motor funcionando, o veículo
pode se mover bruscamente.
Você pode se ferir ou ferir outras
pessoas. Para certificar-se de que
o veículo não se moverá, mesmo
quando sobre uma superfície
relativamente plana, siga os
passos a seguir.
1. Segure o pedal do freio e acione
o freio de estacionamento.
2. Coloque a alavanca em
P (Estacionamento), apertando
e segurando o botão na alavanca
de câmbio e empurrando-a
completamente na direção da
dianteira do veículo.
3. Vire a chave de ignição para
a posição J LOCK/OFF (Travar/
Desligar).
4. Tire a chave do contato e leve-a
consigo. Se for possível sair do
veículo com a chave na mão, isto
significa que a alavanca está em
P (Estacionamento).
Deixando o veículo com o motor
em funcionamento
Se for necessário deixar o veículo
com o motor em funcionamento,
certifique-se de que o veículo está em
P (Estacionamento) e que o freio de
estacionamento está firmemente
acionado antes de deixar o veículo.
Após colocar a alavanca em
P (Estacionamento), pise no freio
normal e mantenha o pedal
pressionado. Veja, então, se
é possível tirar a alavanca de
P (Estacionamento) sem antes
apertar o botão.
Se for possível, a alavanca não
estava completamente travada em
P (Estacionamento).
Travamento de torque
O travamento de torque ocorre
quando o peso do veículo exerce
força demais sobre a lingueta-trava
da transmissão. Isso ocorre quando,
ao se estacionar o veículo em um
aclive, a troca da posição da
alavanca para P (Estacionamento)
não é feita de maneira adequada,
tornando difícil sair desta posição.
Para evitar o travamento de torque,
acione o freio de estacionamento
e então coloque a alavanca em
P (Estacionamento). Para saber
como, consulte "Engatando
a posição Park (Estacionamento)"
acima.
Caso ocorra o travamento, pode ser
necessário que outro veículo
empurre o seu ladeira acima para
aliviar a pressão sobre a lingueta-trava, possibilitando desengatar
a alavanca da posição
P (Estacionamento).
Condução e operação
Desengatando a alavanca de
câmbio da posição
P (Estacionamento)
O veículo possui um sistema de
controle automático de engate de
marcha. É necessário colocar
a chave no contato, colocar a ignição
em ACC (Acessórios) ou ⃒ ON/RUN
(Ligado/Funcionando), pisar no freio
e apertar o botão da alavanca de
câmbio antes que seja possível tirar
o veículo de P (Estacionamento).
Caso não seja possível desengatar
a alavanca de câmbio da posição
P (Estacionamento), diminua
a pressão sobre a alavanca de
câmbio e empurre-a completamente
na direção da posição
P (Estacionamento) enquanto
mantém o pé no freio. Então, aperte
o botão da alavanca de câmbio
e engate a marcha desejada.
Sistemas de controle de
condução
Sistema de controle de
tração
Este veículo possui Sistema de
controle de tração (TCS), o qual limita
a rotação das rodas. Isso
é particularmente útil em condições
de derrapagem. O sistema opera
apenas ao detectar que as rodas
dianteiras estão rodando
excessivamente ou começando
a perder a tração. Quando isto
acontece, o sistema aciona os freios
dianteiros e reduz a potência do
motor, para limitar o giro da roda.
A luz v pisca quando o sistema de
controle de tração está limitando
a rotação das rodas.
Quando esta luz está acesa, sem
piscar, e a mensagem SERVICE
TRACTION (Reparar tração) ou
TRACTION OFF (Tração desligada)
está sendo exibida, o sistema não
limita a rotação das rodas.Ajuste sua
direção de acordo.
157
Pode ser possível ouvir ou sentir
o sistema funcionando, mas isso
é normal.
Se o Sistema de Controle de Tração
(TCS) começar a limitar a rotação das
rodas enquanto o veículo está em
modo de controle de velocidade de
cruzeiro, o controle de velocidade de
cruzeiro desarmará
automaticamente. O controle de
velocidade de cruzeiro pode ser
religado assim que as condições de
rodagem o permitirem.
O Sistema de controle de tração
é habilitado automaticamente
sempre que o veículo dá a partida.
Para limitar a rotação das rodas,
principalmente em condições de
derrapagem, sempre deixe o sistema
habilitado. É possível desligar o TCS
caso necessário.
Recomenda-se manter o sistema
ligado sob condições normais de
rodagem, mas pode ser necessário
desligá-lo se o veículo atolar em areia
ou lama e você quiser sacudir
o veículo para tentar soltá-lo.
Também pode ser necessário
158
Condução e operação
desligar o sistema ao dirigir sob
condições off-road extremas, nas
quais uma alta rotação das rodas
é necessária.
Pare desligar ou ligar o sistema,
aperte e solte o botão ESC/TCS,
localizado no console central.
O Centro de informações ao
motorista exibirá a mensagem
apropriada, conforme descrito
anteriormente, quando o botão for
apertado.
Operação do controle de tração
O controle de tração limita a rotação
das rodas reduzindo o fornecimento
de potência do motor às rodas
(gerenciamento da rotação do motor)
e aplicando os freios individuais de
cada roda (controle de tração pelos
freios) conforme necessário.
O sistema de controle de tração
é habilitado automaticamente
quando o veículo dá a partida,
e ativará e fará piscar a luz ESC/TCS
e exibir a mensagem "LOW
TRACTION" (Tração baixa) caso
detecte que qualquer uma das rodas
dianteiras está girando em falso ou
começando a perder a tração durante
a rodagem.
Nota
Se a(s) roda(s) de um eixo
rodar(em) excessivamente com as
luzes de advertência de ESC/TCS,
ABS e Freio acesas e as
mensagens SERVICE ESC
(Reparar ESC) e/ou SERVICE
TRACTION (Reparar tração) forem
exibidas, o diferencial pode ser
danificado. Os reparos não seriam
cobertos pela garantia do veículo.
Reduza a rotação do motor e não
permita que a(s) roda(s) gire(m)
excessivamente enquanto essas
luzes/mensagens estiverem
acesas/sendo exibidas.
Nota
Quando o controle de tração
é desligado, é possível haver perda
de tração. Caso você tente mudar
a marcha enquanto as rodas
dianteiras estão girando por perda
de tração, é possível danificar
a transmissão. Não tente engatar
a marcha quando as rodas
dianteiras estão sem tração.
A garantia não cobre danos
causados pelo mau uso do veículo.
Condução e operação
O sistema de controle de tração pode
ativar-se em estradas secas ou
difíceis, ou sob condições como
aceleração intensa ao fazer curva ou
mudança abrupta de marcha.
Quando isso ocorre, pode-se sentir
uma redução na aceleração, ou
talvez se ouça um ruído ou vibração.
Isto é normal.
Nota
A instalação de acessórios não
originais pode afetar o desempenho
do veículo.
Controle eletrônico de
estabilidade
O veículo possui um sistema de
Controle eletrônico de estabilidade
(ESC) que combina freios
antiblocantes, sistema de controle de
tração e de controle de estabilidade
e ajuda o motorista a manter
o controle direcional do veículo na
maioria das condições de rodagem.
Na primeira vez que a partida é dada
e o veículo é conduzido, o sistema
realiza várias verificações
diagnósticas para assegurar
a ausência de problemas. Pode ser
possível ouvir ou sentir o sistema
funcionando. Isso é normal, e não
significa que há um problema com
o veículo. O sistema deve inicializar
antes de o veículo atingir 32 km/h
(20 mph).
A luz v piscará no painel de
instrumentos quando o sistema TCS/
ESC estiver ligado e ativado.
Quando a luz estiver acesa e a
mensagem SERVICE ESC (Reparar
ESC) ou ESC OFF (ESC desligado)
for exibida, o sistema não auxiliará
o motorista a manter o controle da
direção do veículo. Ajuste sua
direção de acordo.
O sistema de Controle eletrônico de
estabilidade (ESC) é habilitado
automaticamente sempre que
o veículo dá a partida. Para ajudar
o motorista a manter o controle
direcional do veículo, especialmente
em condições de derrapagem, deve-se manter o sistema sempre ligado.
Contudo, é possível desligar o ESC
caso necessário.
159
Se o veículo estiver em modo de
controle de velocidade de cruzeiro
quando o sistema começar a ajudar
o motorista a manter o controle
direcional do veículo, a luz de ESC/
TCS piscará e o controle de
velocidade de cruzeiro desarmará
automaticamente. O sistema de
controle de velocidade de cruzeiro
pode ser religado assim que as
condições de rodagem o permitirem.
O botão do ESC/TCS encontra-se no
painel de instrumentos.
Pode-se desligar ou religar o sistema
de controle de tração apertando
o botão do ESC/TCS. Para
160
Condução e operação
desabilitar tanto o controle de tração
quanto o controle eletrônico de
estabilidade, aperte e segure
momentaneamente o botão.
Quando o sistema ESC estiver
desligado, as mensagens
TRACTION OFF (Tração desligada)
e ESC OFF (ESC desligado) serão
exibidas, e a luz de TCS/ESC ficará
ligada, sem piscar, para alertar
o motorista de que tanto o controle de
tração quanto o controle eletrônico de
estabilidade estão desligados.
Recomenda-se manter o sistema
ligado sob condições normais de
rodagem, mas pode ser necessário
desligá-lo se o veículo atolar em areia
ou lama e você quiser sacudir
o veículo para tentar soltá-lo.
Também pode ser necessário
desligar o sistema ao dirigir sob
condições off-road extremas, nas
quais uma alta rotação das rodas
é necessária.
O ESC também pode desligar
automaticamente caso o mesmo
determine que há um problema com
o sistema. As mensagens ESC OFF
(ESC desligado) e SERVICE ESC
(Reparar ESC) e a luz de TCS/ESC
ficarão ligadas para alertar ao
motorista que o ESC está desligado
e precisa de reparos. Se o problema
não for resolvido após desligar e ligar
o veículo, consulte sua
Concessionária ou Autorizada
Chevrolet para reparos.
Sistema de controle de
velocidade de cruzeiro
Controle de velocidade de
cruzeiro
O controle de velocidade de cruzeiro
permite manter uma velocidade de
aproximadamente 40 km/h (25 mph),
ou mais, sem a necessidade de
manter o pé no acelerador. Isso pode
ser muito útil em viagens longas.
O controle não funciona para
velocidades abaixo de
40 km/h (25 mph).
Condução e operação
9 Atenção
O controle de velocidade de
cruzeiro pode ser perigoso
quando não é possível dirigir com
segurança em velocidade
constante. Portanto, não use
o controle de velocidade de
cruzeiro em estradas sinuosas ou
em meio a tráfego pesado.
O controle de velocidade cruzeiro
pode ser perigoso em vias
escorregadias. Em tais vias,
mudanças rápidas na tração das
rodas podem provocar
derrapagem excessiva, e pode-se
perder o controle do veículo. Não
use o controle de velocidade de
cruzeiro em vias escorregadias.
Ajustando o controle de
velocidade de cruzeiro
9 Atenção
Caso você deixe o controle de
velocidade de cruzeiro ligado mas
não em uso, é possível esbarrar
em um botão e acionar o controle
de velocidade de cruzeiro
inadvertidamente. Você pode se
assustar e até mesmo perder
o controle do veículo. Deixe
o botão do controle de velocidade
de cruzeiro desligado até que
você queira usá-lo.
161
Os botões de controle do sistema de
velocidade de cruzeiro encontram-se
no volante.
m (On/Off)(Liga/Desliga) : Aperte
para ligar e desligar o controle de
velocidade de cruzeiro.
RES+ (Retomar) : Aperte para
retomar a velocidade ajustada
e acelerar.
SET- (Definir) : Aperte para definir
a velocidade e reduzi-la.
Para definir a velocidade, faça
o seguinte:
1. Aperte m para ligar o controle de
velocidade de cruzeiro. A luz
indicadora do botão acende.
2. Acelere até a velocidade
desejada.
3. Aperte e solte o botão SET−.
O símbolo de velocidade de
cruzeiro é exibido no painel de
instrumentos para mostrar que
o sistema está ativado.
4. Tire o pé do acelerador.
162
Condução e operação
Quando o freio é acionado, o sistema
de controle de velocidade de cruzeiro
é desligado.
Se o Sistema de Controle de Tração
(TCS) começa a limitar a rotação das
rodas enquanto o veículo está em
modo de controle de velocidade de
cruzeiro, o mesmo desarma
automaticamente. Pode-se usar
o controle de velocidade de cruzeiro
novamente assim que as condições
da estrada o permitirem.
Retomando a velocidade
definida
Se o controle de cruzeiro estiver
numa certa velocidade, ele será
desligado se você pisar no pedal do
freio. O símbolo de velocidade de
cruzeiro no painel de instrumentos
também desligará, mostrando que
o sistema não está mais ativado.
Para voltar à velocidade previamente
definida, não é necessário refazer
o processo de definição. Assim que
o veículo atingir uma velocidade de
aproximadamente 40 km/h (25 mph)
ou mais, aperte rapidamente o botão
RES+.
Isso faz com que o veículo retome
e mantenha a velocidade
previamente definida.
Acelerando enquanto o controle
de velocidade de cruzeiro está
em uso
Há duas maneiras de aumentar
a velocidade:
■ Caso o controle de velocidade de
cruzeiro já esteja ativado, aperte
RES+. Segure o botão até atingir
a velocidade desejada e então
o solte.
■ Para pequenos aumentos pontuais
de velocidade, aperte rapidamente
o botão RES+ e solte-o, sem
segurar. Cada vez que o botão
é pressionado, o veículo acelera
aproximadamente
1.6 km/h (1 mph).
Reduzindo enquanto o controle
de velocidade de cruzeiro está
em uso
Caso o controle de velocidade de
cruzeiro já esteja ativado:
■ Aperte e segure o botão SET− até
atingir a velocidade desejada
e então o solte.
■ Para pequenas reduções pontuais
de velocidade, aperte rapidamente
o botão SET−. Cada vez que
o botão é pressionado,
a velocidade do veículo é reduzida
em aproximadamente 1.6 km/h
(1 mph).
Ultrapassando enquanto
o controle de velocidade de
cruzeiro está em uso
Use o pedal do acelerador para
acelerar o veículo. Ao tirar o pé do
acelerador, o veículo reduz para
a velocidade previamente definida do
controle de velocidade de cruzeiro.
Condução e operação
Usando o controle de
velocidade de cruzeiro em
aclives
O desempenho do controle de
velocidade de cruzeiro dependerá da
velocidade do veículo, da carga e de
quão íngreme é o aclive. Ao subir
ladeiras íngremes, pode ser
necessário pisar no acelerador para
manter a velocidade do veículo. Ao
descer ladeiras, pode ser necessário
acionar o freio ou reduzir a marcha
para manter o veículo em uma
velocidade mais baixa.
O acionamento dos freios encerra
o controle de velocidade de cruzeiro.
Encerrando o controle de
velocidade de cruzeiro
Há duas maneiras de desligar
o controle de velocidade de cruzeiro:
■ Pise de leve no pedal do freio para
desligar o controle de velocidade
de cruzeiro.
■ Aperte o botão m liga/desliga para
desligar o controle de velocidade
de cruzeiro.
Apagando a memória de
velocidade
A memória de velocidade se apaga
quando o controle de velocidade de
cruzeiro ou a ignição são desligados.
163
Combustível
Aditivos para combustível
Aditivos ACDelco para gasolina
Se o veículo costuma ficar parado por
mais de duas semanas ou se é usado
apenas para viagens de pequena
distância com frequência não-diária,
recomendamos o uso de um frasco
de aditivo ACDelco (frasco branco)
a cada 4 tanques cheios ou 240L de
combustível.
164
Condução e operação
Abastecimento do tanque
9 Atenção
9 Atenção
Desligue o motor durante
o abastecimento do tanque. Não
fume perto de combustível ou ao
reabastecer o veículo. Não use
telefone celular. Mantenha
quaisquer faíscas, chamas, ou
materiais inflamáveis longe do
combustível. Não deixe a bomba
de combustível desacompanhada
durante o abastecimento do
tanque. Não entre no veículo
enquanto o combustível está
sendo bombeado. Mantenha as
crianças longe da bomba de
combustível.
A tampa do bocal de abastecimento
do tanque de combustível encontrase atrás da portinhola do bocal de
abastecimento de combustível do
lado do passageiro. Para abrir
a portinhola do bocal de
abastecimento de combustível,
aperte e solte a borda central traseira;
a portinhola se abrirá.
Gire a tampa do bocal de
abastecimento do tanque no sentido
anti-horário para removê-la.
Enquanto estiver abastecendo,
pendure a tampa do bocal de
abastecimento do tanque no gancho
que fica na portinhola.
Caso você abra a tampa do
tanque de combustível muito
rapidamente, pode espirrar
combustível. Se você derramar
combustível e algo o inflame, você
pode sofrer queimaduras sérias.
Esse tipo de esguicho de
combustível pode ocorrer quando
o tanque está quase cheio, e é
mais comum em tempo quente.
Abra a tampa do tanque de
combustível devagar, e espere
qualquer barulho de chiado parar.
Então, termine de desrosquear
a tampa.
Cuidados com o veículo
Cuidados com
o veículo
Informações gerais
Acessórios e modificações
Visando atender seus requisitos de
conforto e personalização do veículo,
a General Motors desenvolve
e oferece opcionais de fábrica
e acessórios aprovados para
instalação através da Rede de
Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet.
Este Manual foi impresso na data
indicada na capa e contém
informações baseadas em um
165
veículo totalmente equipado com os
opcionais e acessórios disponíveis
na ocasião.
Por isto, poderão haver diferenças
entre o conteúdo do Manual e a
configuração do seu veículo, que
pode não ter alguns dos itens ali
mencionados.
Havendo discrepância entre os itens
identificados e o conteúdo deste
manual, lembramos que todas as
concessionárias possuem o Manual
de Vendas contendo informações,
ilustrações e especificações atuais
no momento da produção do veículo.
Estes manuais encontram-se
166
Cuidados com o veículo
disponíveis para consulta do cliente,
de modo a esclarecer quaisquer
dúvidas.
A nota fiscal de venda do veículo
emitida no seu distribuidor detalha
todos os opcionais e acessórios
instalados originalmente. A referida
nota fiscal, junto com o Manual de
Vendas supracitado, deverão ser
consultados sempre que se aplicar
a garantia da General Motors aos
seus produtos.
A General Motors se reserva o direito
de, a qualquer momento e sem prévio
aviso, introduzir modificações em
seus produtos para atender as
necessidades e expectativas dos
seus consumidores.
Recomendamos usar Peças
e Acessórios Genuínos
e componentes aprovados pela
fábrica específicos para o seu tipo de
veículo. Não podemos avaliar ou
garantir a confiabilidade de outros
produtos - ainda que tenham
aprovação concedida por entidade
reguladora ou similar.
Não faça nenhuma modificação no
sistema elétrico, p.ex. alterações nas
unidades de controle eletrônico.
Nota
Devido à tecnologia aplicada no
sistema eletrônico, não instale
nenhum tipo de equipamento
elétrico que não seja genuíno nos
chicotes elétricos do veículo, como
do alarme, dos vidros elétricos, das
travas elétricas, da ignição e/ou do
combustível, do sistema de áudio
(por exemplo, rádio e módulo de
alimentação), sistema de ar
condicionado, iluminação auxiliar,
dentre outros. Assim, o veículo pode
sofrer danos, como avaria elétrica,
falha de comunicação entre os
componentes eletrônicos, sua
imobilização ou até mesmo incêndio
devido à sobrecarga do sistema.
ESTAS SITUAÇÕES NÃO SÃO
COBERTAS PELA GARANTIA.
A Rede de Concessionárias ou
Oficinas Autorizadas Chevrolet
é qualificada e tem o conhecimento
apropriado para instalar acessórios
genuínos compatíveis com
o sistema eletrônico disponível em
seu veículo.
Cuidados com o veículo
Rede de Concessionárias ou
Oficinas Autorizadas Chevrolet
É importante saber que se o seu
veículo apresentar qualquer
anomalia, você poderá levá-lo na
Rede de Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet para reparálo, dentro ou fora o período de
garantia, para ser atendido por
profissionais altamente qualificados.
Se for necessária qualquer
explicação adicional, procure
o Gerente de Serviços.
Cuidado
Este veículo foi projetado tento em
mente, entre outros aspectos,
a segurança total de seus
passageiros. Portanto, sua
montagem na linha de fabricação
usa alguns parafusos com
adesivo de travamento de rosca.
Se os parafusos forem removidos
por qualquer motivo, então eles
devem ser substituídos por
parafusos novos genuínos com
o código correto. Além disso,
também é essencial a limpeza
efetiva da peça que é fixada pelo
parafuso, além de colocar
o adesivo de travamento de rosca
para assegurar um torque perfeito
e reação físico-química eficiente
dos compostos químicos de
travamento quando é usado um
parafuso novo. Dessa forma,
recomendamos que os sistema de
segurança do veículo (freios,
bancos, suspensão, cintos de
segurança, etc), bem como os
serviços que afetam diretamente
167
tais sistemas, sejam sempre
executados pela Concessionária
ou Oficina autorizada Chevrolet.
Para obter mais detalhes consulte
a Concessionária ou Oficina
autorizada Chevrolet de sua
preferência.
Contate uma Concessionária ou
Oficina Autorizada Chevrolet para
saber se há algum acessório
disponível para seu veículo.
Levantamento do veículo
168
Cuidados com o veículo
Os apoios de um elevador ou macaco
devem ser posicionados somente
nos locais indicados nas figuras, nas
porções dianteira e traseira do
veículo, nas áreas entre o recesso
para instalação do macaco e as
caixas das rodas.
Nota
Se os apoios dos elevadores ou os
macacos forem metálicos, use uma
proteção de borracha para evitar
danos ao veículo.
Armazenamento do
veículo
Inatividade por período
prolongado
Se o veículo ficar guardado durante
vários meses:
■ Lave e encere o veículo.
■ Limpe e proteja as vedações de
borracha.
■ Troque o óleo do motor.
■ Esgote o reservatório do líquido do
limpador e do lavador do
para-brisa.
■ Verifique o nível do sistema de
arrefecimento do motor.
■ Calibre a pressão dos pneus para
o valor especificado para carga
total.
■ Estacione o veículo em um local
plano, seco e bem ventilado.
Coloque a alavanca de câmbio na
posição P (Estacionamento) para
evitar que o veículo se mova.
■ Não aplique o freio de
estacionamento (com o veículo em
uma superfície plana)
■ Abra o capô, feche todas as portas
e tranque o veículo.
■ Desconecte a garra do borne
negativo da bateria. Cuide para
que todos os sistemas sejam
desligados, p.ex. o sistema de
alarme antifurto.
Retorno à condição de atividade
Quando o veículo for recolocado em
operação:
■ Conecte a garra do borne negativo
da bateria. Ative o sistema
eletrônico dos vidros elétricos.
■ Verifique a pressão dos pneus de
acordo com a pressão
especificada.
■ Encha o reservatório do líquido do
lavador.
■ Verifique o nível do óleo do motor,
ou troque-o caso o veículo for
permanecer estacionado por mais
de 6 meses.
■ Confira o nível do líquido de
arrefecimento.
■ Feche o capô.
Cuidados com o veículo
Informações sobre
emissões
■ A emissão máxima de CO
(monóxido de carbono), na rotação
de marcha lenta e ponto de ignição
(avanço inicial) especificados,
deve ser até 0,5%. Estes valores
são válidos para combustível
padrão especificado para teste de
emissões.
■ A emissão de gases do cárter do
motor para atmosfera deve ser nula
em qualquer regime do veículo.
■ Este veículo possui um sistema
antipoluente de gases evaporados
do tanque de combustível (cânister
– veículos à gasolina).
■ Este veículo atende aos limites de
emissões de poluentes, conforme
o Programa de Controle de
Poluição do Ar por Veículos
Automotores (PROCONVE), de
acordo com a Resolução CONAMA
nº 18/86 e suas atualizações
vigentes na data de sua fabricação.
■ Não existe ajuste externo da
rotação da marcha lenta. O ajuste
da porcentagem de CO e da
rotação da marcha lenta são feitos
eletronicamente através do módulo
de controle eletrônico — ECM.
■ Use, de preferência, combustível
comum encontrado nos postos de
abastecimento.
■ Os motores a gasolina foram
projetados para utilizar gasolina do
tipo C sem chumbo
e comercializada nos postos de
abastecimento brasileiros,
aprovada conforme legislação
vigente.
169
Nota
O uso de um combustível diferente
daquele especificado pode
prejudicar o desempenho do veículo
e pode danificar os componentes do
sistema de alimentação e até
mesmo o motor; esses danos não
são cobertos pela garantia.
170
Cuidados com o veículo
Verificações no veículo
Capô
Trabalhando no veículo
Abertura
9 Atenção
Você pode se ferir e danificar
o veículo ao tentar repara-lo sem
saber o suficiente a respeito do
que está fazendo.
A Concessionária ou a Oficina
autorizada Chevrolet estão
qualificadas e possuem os
conhecimentos adequados para
trabalhar no veículo.
Para abrir o capô, faça o seguinte:
1. Puxe a alavanca de
destravamento do capô, a qual
possui este símbolo: /.
A alavanca encontra-se sob
o painel de instrumentos
à esquerda da coluna de direção.
2. Dirija-se à frente do veículo
e empurre a alavanca secundária
de destravamento do capô na
direção da seta.
Adicionando equipamentos ao
exterior do veículo
Qualquer coisa adicionada ao
exterior do veículo pode afetar o fluxo
de ar ao redor do mesmo. Isto pode
causar ruído devido ao vento e pode
afetar o consumo. Verifique com
a Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet antes de
instalar qualquer equipamento
à parte externa do veículo.
4. Após levantar ligeiramente
o capô, o mesmo continuará
a abrir-se até que esteja
completamente aberto.
Fechamento
Para fechar o capô, abaixe-o
gradualmente e, finalmente, deixe-o
cair. Certifique-se sempre de que
o capô está fechado corretamente
tentado levantá-lo. Caso não esteja,
repita a operação de fechamento.
Nota
Antes de fechar o capô, certifique-se
de que todas as tampas de
abastecimento estejam
posicionadas e que todas as tampas
dos reservatórios estejam fechadas.
Verifique se a vareta de nível do óleo
está instalada corretamente.
9 Atenção
■ Os ventiladores do motor
e outras peças do motor podem
causar ferimentos graves.
3. Levante o capô.
Cuidados com o veículo
Mantenha as mãos e as roupas
longe das peças do motor
quando ele está funcionando.
■ Produtos inflamáveis em
contato com peças quentes do
motor podem incendiar-se.
171
172
Cuidados com o veículo
Cuidados com o veículo
Vista geral do
compartimento do motor
Óleo do motor
A
B
Com o motor quente, troque o óleo
a cada 5.000 km ou 6 meses, o que
ocorrer primeiro, se o veículo for
dirigido em "Condições de uso
severo".
Se o veículo não for dirigido em
condições severas, troque o óleo
a cada 10.000 km ou 12 meses, o que
ocorrer primeiro. Troque-o sempre
com o motor aquecido.
Este veículo possui um sistema
computadorizado (Sistema de vida
útil do óleo do motor) que indica
quando se deve trocar o óleo do
motor e o filtro de óleo. O sistema
baseia-se na rotação e temperatura
do motor, e não na quilometragem.
Dependendo das condições de
rodagem, a quilometragem na qual
há indicação de troca de óleo pode
variar muito. Para que o sistema de
vida útil do óleo funcione
adequadamente, deve-se reiniciar
o sistema a cada troca de óleo.
C
D
E
F
G
H
I
J
Filtro de ar do motor ........... 176
Ventoinha do motor (não
visível) ................................ 177
Tampa de abastecimento
do óleo do motor ................ 173
Vareta de óleo do motor .... 173
Reservatório do líquido de
arrefecimento do motor ...... 177
Tampa de pressão ............. 173
Reservatório do cilindro
mestre do freio ................... 185
Bateria ................................ 186
Reservatório do líquido
lavador do para-brisa .......... 183
Caixa de fusíveis do
compartimento do motor .... 193
Troca do óleo do motor
173
Quando o sistema calcula que houve
uma redução na vida útil do óleo, ele
indica a necessidade de troca.
A mensagem CHANGE OIL SOON
(Troque o óleo o quanto antes)
é exibida. Troque o óleo o mais
rapidamente possível, antes dos
próximos 1.000 km (600 milhas). Se
o veículo for conduzido apenas sob
excelentes condições de rodagem,
é possível que o sistema demore
mais de um ano para indicar que
a troca de óleo é necessária. No
entanto, é necessário trocar o óleo do
motor e o filtro de óleo ao menos uma
vez por ano; no momento da troca,
deve-se reiniciar o sistema. A sua
Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet possui
mecânicos treinados que farão
a troca com peças genuínas
e reinicializarão o sistema. Também
é importante verificar o óleo
regularmente e mantê-lo no nível
adequado.
Caso o sistema venha a ser
reiniciado acidentalmente, deve-se
trocar o óleo com no máximo 5.000
km (3.000 milhas) após a última
174
Cuidados com o veículo
troca. Não se esqueça de reiniciar
o sistema de vida útil do óleo sempre
que o óleo for trocado.
O Sistema de vida útil do óleo para
motor calcula quando trocar o óleo do
motor e o filtro de óleo com base no
uso do veículo. A cada troca de óleo,
reinicialize o sistema para que
o mesmo possa calcular quando
a próxima troca é necessária. Caso
ocorra de o óleo ser trocado antes da
exibição da mensagem CHANGE OIL
SOON (Troque o óleo o quanto
antes), reinicialize o sistema.
Para reinicializar o sistema:
1. Com o motor desligado, vire
a ignição para ⃒ ON/RUN
(Ligado/Funcionando).
2. Aperte e segure ao mesmo tempo
os botões INFO (Informação)
e T, do lado esquerdo do
volante de direção para entrar no
menu de personalização.
A mensagem OIL LIFE RESET
(Reinicializar sistema de vida útil
do óleo) é exibida.
3. Aperte e segure o botão T
(reinicializar) até que o display do
Centro de informações do
motorista exiba
ACKNOWLEDGED (Confirmado)
por alguns segundos.
4. Vire a chave para J LOCK/OFF
(Travar/Desligar).
Caso a mensagem CHANGE OIL
SOON (Troque o óleo o quanto
antes) seja exibida novamente ao dar
a partida no veículo, o sistema de
vida do útil do óleo para motor não
reinicializou. Repita o procedimento.
Nota
Troque o óleo de acordo com os
intervalos de tempo ou
a quilometragem percorrida, pois os
óleos perdem suas propriedades de
lubrificação não apenas devido ao
funcionamento do motor, mas
também ao envelhecimento.
Preferivelmente, troque o óleo na
Rede de Concessionárias ou
Oficinas Autorizadas Chevrolet,
assegurando assim o uso do óleo
especificado para manter
a integridade dos componentes do
motor. Os danos causados por óleo
não especificado não são cobertos
pela garantia.
O tipo de óleo especificado é de grau
API-SL ou superior e viscosidade
SAE 5W30.
Confira o nível do óleo
semanalmente ou antes de fazer uma
viagem.
Deve-se conferir o nível do óleo com
o veículo nivelado e o motor (que
deve estar na temperatura normal de
operação) desligado.
Cuidados com o veículo
Espere pelo menos dois minutos
antes de conferir o nível, para que
o acúmulo normal do óleo no motor
escorra para o cárter. Se o óleo
estiver frio, pode demorar um pouco
mais para voltar ao cárter.
Verificação do nível de óleo no
motor
Para verificar o nível de óleo, remova
a vareta.
Limpe-a bem, introduza até o fim
e torne a retirar. O nível do óleo deve
estar entre as marcas Superior (MAX)
e Inferior (MIN) da vareta.
Complete o óleo somente se o nível
estiver na marca Inferior (MIN) da
vareta ou abaixo dela.
O nível do óleo não deve exceder
a marca Superior (MAX) da vareta.
Se isto ocorrer, haverá, por exemplo,
aumento no consumo do óleo,
encharcamento das velas e formação
excessiva de carvão.
Seu veículo sai da fábrica com óleo
de motor API-SL com viscosidade
SAE 5W30.
Se precisar completar o nível, use
sempre o mesmo tipo de óleo da
última troca.
A estabilização do consumo do óleo
ocorrerá depois que o veículo rodar
alguns milhares de quilômetros. Só
então será possível determinar seu
consumo real.
Filtro de óleo - troca
O filtro de óleo deve ser trocado
a cada troca de óleo do motor.
175
Nota
Efetue as trocas de filtro de óleo
preferivelmente na Rede de
Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet.
Fluido da transmissão
automática
Não é necessário verificar o nível do
fluido da transmissão. Um vazamento
de fluido de transmissão é o único
motivo para haver perda de fluido.
Caso ocorra um vazamento, leve
o veículo à Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet para reparos
assim que possível.
Troque o fluido e o filtro nos intervalos
listados em "Manutenção
preventiva", e certifique-se de usar
o fluido de transmissão listado em
"Fluidos e lubrificantes
recomendados".
176
Cuidados com o veículo
Nota
O uso de fluido incorreto na
transmissão automática pode
danificar o veículo, e tais danos
podem não ser cobertos pela
garantia do veículo. Sempre use
o fluido de transmissão automática
listado em Fluidos e lubrificantes
recomendados.
O fluido da transmissão não atingirá
a ponta da vareta a menos que
a transmissão esteja na temperatura
de operação. Caso necessite verificar
o nível do fluido da transmissão, leve
o veículo à Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet.
Troca do fluido da transmissão
Troque o óleo da transmissão
automática e o filtro de óleo a cada
80.000 km, caso ocorra alguma das
"condições de uso severo" descritas
abaixo:
■ Uso da marcha lenta por longos
períodos ou funcionamento
contínuo em baixa rotação (como
no "anda e para" do tráfego urbano
denso).
■ Condução do veículo em alta
velocidade por longos períodos
e com a temperatura externa acima
de 35ºC.
Caso não ocorra alguma dessas
condições, troque o óleo da
transmissão automática e o filtro de
óleo a cada 160.000 km.
Nota
Recomendamos que este reparo
seja realizado em uma
Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet.
Como inspecionar o filtro de ar
do motor
Para inspecionar o filtro de ar,
remova-o do veículo e delicadamente
sacuda-o para tirar quaisquer
partículas soltas de poeira e sujeira.
Caso o filtro continue incrustado de
sujeira, é preciso trocá-lo.
Para inspecionar ou trocar o filtro de
ar do motor, faça o seguinte:
Filtro de ar do motor/
elemento
Quando inspecionar o filtro de
ar do motor
Inspecione o filtro de ar nos intervalos
de manutenção programada
e troque-o a cada 80.000 km (50.000
milhas). Caso o veículo seja
conduzido sob condições de poeira/
sujeira, inspecione o filtro a cada
troca de óleo do motor.
1. Remova os prendedores de mola
que mantêm a tampa no lugar.
Cuidados com o veículo
9 Atenção
Nunca deixe o motor funcionar
com o filtro de ar instalado de
maneira incorreta, isto permite
a entrada de sujeira no motor,
podendo causar danos ao
mesmo. Sempre que o motor
estiver funcionando mantenha
o filtro de ar instalado.
2. Tire a tampa.
3. Inspecione ou troque o filtro de ar
do motor.
4. Alinhe o filtro corretamente,
usando a lingueta de
alinhamento.
5. Instale a tampa, inserindo as
linguetas da borda da tampa
superior nas dobradiças
inferiores, e gire-a para baixo
para fechar.
6. Os clipes de mola engatarão
facilmente se a tampa estiver
assentada corretamente.
Líquido de arrefecimento
do motor
Sistema de arrefecimento do
motor
O sistema de arrefecimento do motor
está abastecido com um aditivo para
radiador de longa duração
(etilenoglicol) cujas propriedades
fornecem uma proteção adequada
contra congelamento, ebulição
e corrosão.
O líquido de arrefecimento deve ser
substituído a cada cinco anos ou
240.000 km, o que ocorrer primeiro.
177
Nota
■ Realize a troca do fluido de
arrefecimento em uma
Concessionária ou Oficina
autorizada Chevrolet, pois
é necessário drenar o ar do
sistema ao reabastecer.
■ Limpe o sistema de arrefecimento
antes de adicionar o fluido de
arrefecimento.
9 Atenção
Uma ventoinha elétrica do motor,
localizado sob o capô, pode ligar
mesmo com o motor desligado
e provocar ferimentos. Mantenha
as mãos, roupas e ferramentas
longe de qualquer ventoinha
elétrica localizado sob o capô.
178
Cuidados com o veículo
9 Atenção
As mangueiras do aquecedor e do
radiador podem ficar muito
quentes, assim como outras
peças do motor. Não toque-as.
Você poderia se queimar.
Não ligue o motor se houver um
vazamento. Caso o motor
funcione quando há um
vazamento, pode ocorrer perda de
todo o líquido de arrefecimento.
Isso poderia causar um incêndio
no motor, e você poderia sofrer
queimaduras. Providencie
o reparo de qualquer vazamento
antes de conduzir o veículo.
Nota
O aditivo para radiador (longa vida
de cor laranja) não deve ser
misturado com aditivos
convencionais (de cor verde) ou
a outros produtos, tais como óleo
solúvel C. As misturas regem
formando borras que poderiam levar
ao entupimento do sistema
e consequente superaquecimento
do motor. Caso troque o tipo de
aditivo, é necessário lavar o sistema
antes.
A seguinte seção explica
o funcionamento do sistema de
arrefecimento, como verificar o nível
de líquido de arrefecimento e como
completá-lo quando está baixo.
O que usar
9 Atenção
O uso de água pura no sistema de
arrefecimento pode ser perigoso.
A água pura ou algum outro
líquido (como o álcool) pode ferver
antes do que a mistura correta de
água e aditivo ferveria. O sistema
de advertência de arrefecimento
do veículo está programado para
a mistura adequada de água
e aditivo. Caso seja usada água
pura ou uma mistura errada,
o motor pode superaquecer, mas
a advertência de
superaquecimento não seria
acionada.
Use uma mistura de água limpa
e potável e líquido de arrefecimento
ACDelco na proporção de 50% água
e 50% aditivo. Usando-se esta
mistura, não há necessidade de
adicionar mais nada. Essa mistura:
■ Protege contra congelamento.
■ Protege contra ebulição.
Cuidados com o veículo
■ Protege contra ferrugem
e corrosão.
■ Não danifica peças de alumínio.
■ Ajuda a manter a temperatura
correta do motor.
Nota
Se uma mistura inadequada de
líquido de arrefecimento for usada,
o motor pode superaquecer e ficar
seriamente danificado. Os custo dos
reparos não seria coberto pela
garantia do veículo. Um excesso de
água na mistura pode provocar
congelamento e rachaduras no
motor, no radiador, no núcleo do
aquecedor e em outras peças.
O uso de inibidores e/ou aditivos
extras no sistema de arrefecimento
pode danificar o veículo. Use
apenas a mistura correta de líquido
de arrefecimento do motor,
conforme listada neste manual, para
o sistema de arrefecimento.
Verificando o nível de líquido de
arrefecimento
Quase não há perdas em um circuito
de arrefecimento de circuito fechado.
Portanto, raramente é necessário
abastecer o nível, porém ele deve ser
verificado semanalmente, com
o veículo em uma superfície plana e o
motor frio.
Verifique se o líquido de
arrefecimento está visível no
reservatório de expansão. Caso
o líquido de arrefecimento contido no
reservatório esteja fervendo, não
faça mais nada até que o líquido
esfrie. Caso o líquido de
arrefecimento esteja visível no
reservatório mas o nível não esteja
na marcação FULL COLD (Cheio/
frio) ou acima, complete com uma
mistura de água limpa e potável
e líquido de arrefecimento ACDelco
na proporção de 50:50, mas
certifique-se de que o sistema está
frio antes de fazê-lo.
O nível de líquido de arrefecimento
deve estar alinhado com ou acima da
marca FULL COLD (cheio/frio) no
179
reservatório de líquido de
arrefecimento. Se não estiver, pode
haver um vazamento na tampa de
pressão ou nas mangueiras do
radiador ou do aquecedor, no
radiador, na bomba d'água ou em
outro lugar do sistema de
arrefecimento.
Como adicionar líquido de
arrefecimento ao tanque
9 Atenção
Você pode sofrer queimaduras
caso derrame líquido de
arrefecimento em peças quentes
do motor. O líquido de
arrefecimento contém
etilenoglicol, que queimará se as
peças do motor estiverem quentes
o suficiente.
Não derrame líquido de
arrefecimento sobre o motor
quente.
180
Cuidados com o veículo
Nota
O procedimento de
reabastecimento do líquido de
arrefecimento é específico para este
veículo. Caso não o procedimento
não seja seguido, o motor pode
superaquecer e sofrer danos sérios.
Caso seja necessário completar
o líquido, adicione a mistura
adequada de água e líquido ACDelco
no reservatório de expansão.
9 Atenção
Uma ventoinha elétrica do motor,
localizado sob o capô, pode ligar
mesmo com o motor desligado
e provocar ferimentos. Mantenha
as mãos, roupas e ferramentas
longe de qualquer ventoinha
elétrica localizado sob o capô.
9 Atenção
Enquanto quente, o sistema de
arrefecimento pode expelir vapor
e líquidos escaldantes, causando
queimaduras sérias. O vapor e o
líquido ficam sob alta pressão,
e desrosquear a tampa de
pressão do reservatório de
expansão - mesmo que somente
um pouco - pode fazer com que
saiam em alta velocidade. Jamais
desrosqueie a tampa quando
o sistema de arrefecimento,
inclusive a própria tampa, estiver
quente. Caso seja necessário
desrosquear a tampa por algum
motivo, espere que o sistema de
arrefecimento e a tampa do
reservatório de expansão esfriem.
Caso seja necessário completar
o líquido, adicione a mistura
adequada diretamente ao
reservatório de expansão, mas
certifique-se de que o sistema está
frio antes de fazê-lo.
1. Remova a tampa de pressão do
reservatório de líquido de
arrefecimento quando o sistema
de arrefecimento, inclusive
a tampa de pressão do
reservatório e a mangueira
superior do radiador, não estiver
mais quente. Gire lentamente
a tampa de pressão no sentido
anti-horário, dando mais ou
menos duas voltas a duas voltas
e meia.
Caso haja um chiado, espere
o mesmo terminar. Isto permitirá
que a pressão no sistema
diminua.
2. Continue girando lentamente
a tampa de pressão e remova-a.
3. Abasteça o reservatório de
líquido de arrefecimento com
a mistura adequada, até a marca
FULL COLD (cheio/frio). Aguarde
mais ou menos cinco minutos
e então verifique se o nível está
abaixo da marca. Caso o nível
ainda esteja abaixo da marca
FULL COLD (cheio/frio), adicione
mais líquido até que o nível atinja
Cuidados com o veículo
a marca. Repita o procedimento
até que o nível permaneça
constante na marca FULL COLD
(cheio/frio) por, no mínimo, cinco
minutos.
4. Ainda sem a tampa de pressão do
tanque do líquido de
arrefecimento, dê a partida
e deixe o motor funcionar até que
seja possível sentir a mangueira
superior do radiador aquecendo.
Tome cuidado com os
ventiladores do motor.
Nesse momento, é possível que
o nível de líquido de
arrefecimento no interior do
tanque esteja mais baixo. Se
o nível estiver abaixo da marca
FULL COLD (cheio/frio), continue
adicionando a mistura adequada
ao tanque até que o nível atinja
a marca FULL COLD (cheio/frio).
5. Então, recoloque a tampa de
pressão. Com as mãos,
certifique-se de que a tampa de
pressão está bem apertada
e completamente acomodada.
Nota
Caso a tampa de pressão não esteja
bem apertada, pode ocorrer perda
de líquido de arrefecimento, com
possível dano ao motor. Certifiquese de que a tampa está
corretamente instalada e bem
apertada.
Nota
Caso seja necessário abastecer
constantemente, dirija-se a uma
Concessionária ou Oficina
autorizada Chevrolet para verificar
a tampa do sistema (ou vazamento
ocasional) e trocar o fluído de
arrefecimento para obter a mistura
adequada.
Para assegurar o funcionamento
adequado do sistema,
recomendamos que pelo menos
uma vez ao ano, seja feito o teste de
pressão do sistema de
arrefecimento e um teste de pressão
da tampa do reservatório de
expansão, bem como uma limpeza
da parte externa do radiador e do
condensador do ar condicionado.
181
Superaquecimento do
motor
O veículo possui indicadores para
alertar quanto ao superaquecimento
do motor.
Há um medidor da temperatura do
líquido de arrefecimento do motor
e também uma luz de advertência de
temperatura no painel de
instrumentos.
Quando essa luz acender, você pode
decidir não abrir o capô, e sim pedir
assistência mecânica
imediatamente.
Caso você decida abrir o capô,
certifique-se de que o veículo está
estacionado sobre uma superfície
plana e em um local seguro.
Então, verifique se os ventiladores do
motor estão funcionando. Se o motor
estiver superaquecendo, ambas as
ventoinhas devem estar em
funcionamento. Caso não estejam,
desligue o motor e providencie
a manutenção do veículo.
182
Cuidados com o veículo
Nota
Danos ao motor causados pelo
funcionamento sem líquido de
arrefecimento não são cobertos pela
garantia.
Havendo saída de vapor do
compartimento do motor
Nota
O vapor que sai de um motor
superaquecido pode causar
queimaduras graves, mesmo se
você não fizer nada além de abrir
o capô. Mantenha distância do
motor caso haja saída visível ou
audível de vapor do mesmo.
Desligue o motor e faça todos
saírem do veículo até que o mesmo
esfrie. Espere não haver sinal algum
de vapor ou líquido antes de abrir
o capô.
Caso você continue dirigindo com
o motor superaquecido, os líquidos
nele contidos podem pegar fogo.
Você ou outras pessoas podem
sofrer queimaduras. Caso o motor
superaqueça, desligue-o e saia do
veículo até que o motor esfrie.
Não havendo saída de vapor do
compartimento do motor
Caso uma advertência de
superaquecimento do motor seja
exibida mas não houver saída de
vapor visível ou audível, é possível
que o problema não seja tão sério. Às
vezes, o motor pode superaquecer
ligeiramente quando o veículo:
■ Sobe uma ladeira longa em dia
quente.
■ Para após condução em alta
velocidade.
■ Passa longos períodos em marcha
lenta no trânsito.
Caso a advertência de
superaquecimento seja exibida e não
haja sinais de vapor:
1. Desligue o ar condicionado.
2. Ligue o aquecedor na
temperatura mais alta e na maior
velocidade de ventilador. Abra os
vidros, caso necessário.
3. No meio de trânsito pesado, deixe
o motor em N (Neutral, Ponto
morto) enquanto o carro estiver
parado. Se for seguro, encoste
o veículo, coloque a alavanca em
P (Estacionamento) ou N (Ponto
morto) e deixe o motor em marcha
lenta.
Caso o medidor de temperatura saia
da zona de superaquecimento ou
a advertência de superaquecimento
deixe de ser exibida, o veículo já pode
ser conduzido novamente. Continue
conduzindo em baixa velocidade por
mais ou menos 10 minutos.
Mantenha uma distância segura do
carro à frente. Se a advertência não
voltar a ser exibida, continue
conduzindo normalmente.
Se a advertência continuar, estacione
o veículo imediatamente.
Se não houver sinal de vapor, deixe
o carro parado e em marcha lenta por
três minutos. Se a advertência ainda
estiver sendo exibida, desligue
o motor até o mesmo esfriar. Veja
também "Modo de funcionamento
para proteção de motor
superaquecido" a seguir.
Cuidados com o veículo
Modo de funcionamento para
proteção de motor
superaquecido
Esse modo de funcionamento
emergencial permite que o veículo
seja conduzido a um local seguro em
caso de emergência. Havendo uma
condição de superaquecimento do
motor, o modo de proteção de motor
superaquecido, que alterna a ignição
dos grupos de cilindros, ajuda a evitar
danos ao motor. Nesse modo, há
uma sensível perda de potência
e desempenho do motor. O medidor
de temperatura indicará
superaquecimento. Deve-se evitar
conduzir o veículo por muitos
quilômetros (milhas) no modo de
proteção contra superaquecimento.
Nota
Após dirigir em modo de proteção de
motor superaquecido, deixe o motor
esfriar antes de tentar quaisquer
reparos, para evitar danos ao motor.
O óleo do motor estará seriamente
degradado. Conserte a causa da
perda de líquido de arrefecimento,
troque o óleo e reinicie o sistema de
vida útil do óleo.
Fluido do lavador
Quando o nível de líquido lavador no
reservatório está baixo, o Centro de
informações ao motorista exibe
a mensagem LOW WASHER FLUID
(Nível baixo de fluido do lavador).
O reservatório de líquido do sistema
de lavagem do para-brisa fica
situado no lado do motorista do
compartimento do motor.
Abra a tampa com o símbolo de
lavador. Complete o tanque com
fluido do lavador.
Para uma limpeza eficiente,
recomenda-se acrescentar à água
um aditivo de limpeza.
183
Não use sabão ou detergente
comum, pois estes formam espuma
e podem danificar a borracha dos
limpadores. Lembre-se de travar
a tampa após completar
o reservatório.
Freios
Desgaste dos freios
Este veículo possui freios a disco. As
pastilhas dos freios a disco possuem
indicadores embutidos de desgaste,
que emitem um som estridente de
advertência quando as pastilhas
estão desgastadas e precisam ser
substituídas. O som pode ser
intermitente ou pode ser ouvido
constantemente quando o veículo
está em movimento, exceto ao pisar
com força no pedal de freio.
184
Cuidados com o veículo
9 Atenção
O som de advertência de
desgaste dos freios significa que,
em breve, os freios deixarão de
funcionar adequadamente. Isso
poderia provocar um acidente. Ao
ouvir o som de advertência de
desgaste dos freios, providencie
o reparo do veículo em uma
Concessionária ou Oficina
autorizada Chevrolet.
Continuar a dirigir com as pastilhas
de freio desgastadas pode levar
à necessidade de reparos muito
caros nos freios.
Algumas condições climáticas ou de
rodagem podem provocar um chiado
nos freios quando são aplicados pela
primeira vez ou ao se pisar levemente
no pedal de freio. Isso não significa
que há algo de errado com os freios.
Para evitar pulsação dos freios,
é preciso que as porcas das rodas
estejam apertadas apropriadamente.
Quando é feito o rodízio dos pneus,
inspecione as pastilhas de freio
quanto ao desgaste e aperte as
porcas das rodas de maneira
uniforme e na sequência adequada.
As pastilhas de freio sempre devem
ser substituídas em conjunto
completo para cada eixo.
Cada vez que se aplica o freio, esteja
o veículo em movimento ou não, os
freios se ajustam em função do
desgaste.
Substituição de peças do
sistema de freio
O sistema de frenagem do veículo
é complexo. As suas peças precisam
ser da mais alta qualidade e precisam
funcionar bem em conjunto para que
a frenagem do veículo seja realmente
boa. Este veículo foi projetado
e testado com peças de freio da mais
alta qualidade. Ao fazer
a substituição de peças do sistema
de frenagem - por exemplo, quando
as pastilhas do freio se desgastam
e instalam-se novas pastilhas certifique-se de comprar peças novas
e originais. Caso contrário, os freios
podem não funcionar direito. Por
exemplo, se alguém instalar pastilhas
de freio erradas no veículo,
o balanceamento dos freios
dianteiros e traseiros pode ser
afetado. O desempenho de frenagem
esperado também pode mudar de
muitas outras maneiras caso as
peças erradas sejam instaladas no
sistema de frenagem.
Cuidados com o veículo
Fluido de freios
Troque o fluido de freios a cada
24 meses (sob uso normal) ou a cada
12 meses se o veículo é usado sob
condições severas de uso.
Verifique o nível de fluido
semanalmente.
O nível é visível através do
reservatório transparente. Certifiquese de que tal nível esteja entre as
marcas "MIM" e "MÁX" do
reservatório. Se o fluido estiver entre
esses níveis não remova a tampa do
reservatório, pois o contato com o ar
resultará na absorção rápida de
umidade, contaminando o fluido de
freio. Caso o nível esteja abaixo do
necessário procure a Concessionária
ou Oficina Autorizada Chevrolet, pois
existe uma relação entre o nível de
fluido e o desgaste das pastilhas de
freio.
Quando o fluido de freios cai a um
nível baixo, a luz de advertência dos
freios R acende-se.
Há apenas dois motivos para uma
queda no nível de fluido no
reservatório:
■ O nível do fluido de freios cai
devido ao desgaste normal das
pastilhas de freio. Após
a instalação de novas pastilhas,
o nível de fluido sobe novamente.
■ Um vazamento de fluido no
sistema hidráulico também pode
causar uma queda no nível de
fluido. Providencie o conserto do
sistema hidráulico, pois um
vazamento significa que, mais
cedo ou mais tarde, os freios
deixarão de funcionar
corretamente.
Não complete o reservatório do fluido
de freios. Adicionar fluido ao
reservatório não corrige
o vazamento. Caso mais fluido seja
adicionado e as pastilhas de freio
estejam gastas, haverá fluido demais
quando as pastilhas novas forem
instaladas. Adicione ou retire fluido,
conforme necessário, apenas
quando algum reparo for efetuado no
sistema hidráulico dos freios.
185
9 Atenção
■ Se o nível do fluido de freio no
reservatório estiver fora da
especificação, consulte a Rede
de Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet.
Caso seja adicionado fluido de
freios em excesso, o fluido pode
derramar no motor e pegar fogo,
caso o motor esteja quente
o suficiente. Você ou outras
pessoas podem sofrer
queimaduras, e o veículo pode
ser danificado.
■ O uso do veículo com pastilhas
desgastadas ou vazamentos no
sistema de freio pode prejudicar
a integridade do sistema, que
deverá ser reparado
imediatamente na Rede de
186
Cuidados com o veículo
Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet porque
há risco para sua segurança.
■ O fluido de freio é venenoso
e corrosivo. Evite contato com
os olhos, a pele, tecidos
e superfícies pintadas.
O reservatório do cilindro mestre do
freio contém fluido de freios DOT 3.
Use apenas fluido DOT 3 novo
proveniente de um recipiente lacrado.
Sempre limpe a tampa do
reservatório e a área ao redor da
mesma antes de removê-la. Isso
ajuda a impedir que qualquer sujeira
entre no reservatório.
9 Atenção
Caso o tipo errado de fluido seja
usado no sistema de freios
hidráulicos, os freios podem não
funcionar adequadamente. Isso
poderia provocar uma colisão.
Sempre use o fluido de freios
adequado.
Cuidados com as novas
pastilhas de freio
Quando instalar pastilhas novas, não
freie com força demais durante os
primeiros 300 km.
O desgaste das pastilhas não pode
passar de certo limite. Por isso,
a manutenção periódica detalhada no
Plano de manutenção preventiva
é da maior importância para a sua
segurança.
Bateria
A bateria ACDelco que equipa o seu
veículo dispensa manutenção
periódica. Se o veículo não for usado
durante 30 dias ou mais, desconecte
o cabo do pólo negativo da bateria
para não descarregá-la.
Cuidado
■ Palitos de fósforo perto da
bateria podem causar
a explosão dos gases nela
contidos. Se você necessitar de
mais iluminação no
compartimento do motor, use
uma lanterna.
■ A bateria, mesmo vedada,
contém ácido que pode causar
queimaduras. Se o ácido cair
em sua pele ou seus olhos, lave
Cuidados com o veículo
as partes afetadas com muita
água e procure cuidados
médicos imediatamente.
■ Para minimizar o risco de
contato de gotas da solução
com os olhos, use óculos de
proteção ao manusear baterias.
■ A General Motors não se
responsabiliza por acidentes
causados por negligência ou
pelo manuseio incorreto de
baterias.
Reciclagem obrigatória da
bateria
Sempre que trocar a bateria, deixe
a antiga no revendedor (resolução
CONAMA 401/08, de 04/11/08):
■ Todo consumidor/usuário final
deve devolver a bateria usada do
veículo. Ela não deve ser jogada
fora no lixo comum.
■ A loja da Rede Autorizada ou de
autopeças onde você comprou
a bateria do veículo deve aceitar
a devolução da bateria usada
e depois enviá-la ao fabricante
para fins de reciclagem.
Cuidado
Riscos ao entrar em contato com
a solução ácida e o chumbo:
■ Composição básica: chumbo,
ácido sulfúrico diluído e plástico.
■ Se a solução ácida e o chumbo
contidos na bateria forem
descartados no ambiente de
uma maneira incorreta, poderão
187
contaminar o solo, o subsolo e a
água, bem como causar riscos
à saúde de seres humanos.
■ Se houver contato acidental dos
olhos ou da pele com esses
produtos, as partes afetadas
deverão ser lavadas
imediatamente com água e será
necessário procurar cuidados
médicos.
■ Sempre que carregar a bateria,
mantenha-a em posição
horizontal para evitar
vazamento pelo respiro.
188
Cuidados com o veículo
Prevenção de danos aos
componentes eletrônicos
Substituição da palheta do
limpador
Palhetas do limpador no
para-brisa
Para evitar a pane de componentes
eletrônicos, nunca desconecte
a bateria com o motor ligado.
Sempre que for desconectá-la, solte
primeiro o cabo negativo e depois
o positivo. Não inverta a posição dos
cabos.
Ao reconectar, ligue primeiro o cabo
positivo e depois o negativo.
O funcionamento correto das
palhetas do limpador do para-brisa
e um campo de visão desimpedido
são condições essenciais para uma
direção segura. Verifique com
frequência as palhetas do limpador.
Limpe as palhetas com sabão neutro
diluído em água. Evite usar
o limpador a seco ou sem acionar os
lavadores. Por questões de
segurança, recomenda-se trocar as
palhetas pelo menos uma vez por
ano ou sempre que sua eficiência
estiver reduzida, prejudicando
a visibilidade na chuva.
Troca das palhetas do limpador do
para-brisa
1. Puxe o braço do limpador para
longe do para-brisa.
2. Pressione o pino de trava.
3. Deslize a palheta para frente.
4. Gire a palheta na sua direção
e continue a deslizá-la para frente
até que saia.
5. Instale a nova palheta no
conector do braço e certifique-se
de que as áreas sulcadas estão
completamente presas na
posição travada.
Cuidados com o veículo
Substituição de
lâmpadas
Aplicação
Potência (W)
Aplicação
Farol alto
65,0
A troca de lâmpadas deve ser
efetuada de preferência na Rede de
Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet. Quando for
trocar uma lâmpada, desligue
o respectivo interruptor. Evite tocar
no vidro da lâmpada com as mãos
nuas. Impressões digitais sobre
o vidro evaporam e embaçam o vidro.
Para limpar uma lâmpada manchada,
use álcool e um pano limpo sem
fiapos. A lâmpada trocada deve ter as
mesmas características
e capacidades da defeituosa.
Farol baixo
55,0
Lâmpada do quebra- 1,4
sol
Luz indicadora dos
sinalizadores de
direção dianteiros
28,5 / 8,2
Luzes de
estacionamento
dianteiras
5,0
Faróis de neblina
55,0
Luz elevada de freio
(luz de freio)
LED
Aplicação
Potência (W)
Luz de teto central
10,0
Lâmpada dianteira de 5,0
leitura / Luz de teto
dianteira
Lâmpada traseira de 5,0
leitura
189
Potência (W)
Luz do porta-malas
12,4
9 Atenção
Luzes indicadoras
LED
dos sinalizadores de
direção traseiros / Luz
de estacionamento
traseira / Freio
Luz de marcha à ré
19,5
Luz da placa
5,0 (x2)
Lanternas laterais
3,8
A lâmpadas halógenas contêm
gás pressurizado e podem
explodir se arranhadas ou
deixadas cair. Você pode se ferir
ou ferir outras pessoas. Não
esqueça de ler e seguir as
instruções da embalagem da
lâmpada.
Faróis halógenos
O sistema dos faróis é equipado com
lâmpadas separadas para os fachos
alto e baixo.
■ Lâmpada (lado externo): farol baixo
■ Lâmpada (lado interno): farol alto
190
Cuidados com o veículo
Luzes internas
Todas as lâmpadas não listadas aqui
devem ser trocadas na sua
Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet.
Antes de executar qualquer
procedimento de troca de lâmpada,
desconecte o cabo negativo da
bateria; e conecte-o novamente
quando o procedimento estiver
terminado.
Luz da placa de licença
Para trocar a luz da placa de licença
traseira:
1. Remova os parafusos do
conjunto da luz da placa de
licença traseira girando-os no
sentido anti-horário.
Antes de retirar, feche as portas
e desligue o interruptor das lâmpadas
dianteiras de leitura, para que
permaneçam desligadas durante
a troca.
Lâmpadas dianteiras de leitura/
cortesia
2. Gire e puxe o conjunto da luz da
placa de licença para a frente
através da abertura do painel.
3. Gire o soquete da lâmpada no
sentido anti-horário e puxe
a lâmpada para fora do soquete.
4. Insira a nova lâmpada e gire-a no
sentido horário para instalá-la.
5. Recoloque o conjunto da luz da
placa de licença empurrando-a
através da abertura do painel.
6. Gire os dois parafusos que
prendem o conjunto da luz da
placa de licença no sentido
horário para reinstalá-los.
1. Solte o conjunto da lente com
uma espátula de nylon,
introduzindo-a nos locais
indicados na figura (setas)
e girando-a.
Cuidados com o veículo
2. Puxe a lâmpada queimada para
removê-la.
191
3. Instale a lâmpada nova,
empurrando-a para dentro do
soquete.
4. Use apenas as mãos para instalar
a lente em seu alojamento.
Lâmpada traseira de cortesia
1. Solte a lente com uma espátula
de nylon, introduzindo-a nos
locais indicados na figura
e girando-a.
2. Puxe a lâmpada queimada para
removê-la.
3. Instale a lâmpada nova,
empurrando-a para dentro do
soquete.
4. Usando apenas as mãos instale
o conjunto da lente em seu
alojamento.
Lâmpadas traseiras de leitura
1. Solte a lente com uma espátula
de nylon, introduzindo-a nos
locais indicados e girando-a.
2. Puxe a lâmpada queimada para
removê-la.
192
Cuidados com o veículo
3. Instale uma nova lâmpada no
soquete.
4. Usando apenas as mãos instale
a lente.
3. Instale uma nova lâmpada no
soquete.
4. Usando apenas as mãos instale
a lente.
Lâmpadas do quebra-sol
1. Solte a lente com uma espátula
de nylon, introduzindo-a nos
locais indicados e girando-a.
2. Puxe a lâmpada queimada para
removê-la.
Cuidados com o veículo
Sistema elétrico
Caixa de fusíveis do
compartimento do motor
É possível que o veículo não possua
todos os fusíveis e funções descritas.
A caixa de fusíveis do compartimento
do motor está situada no lado
esquerdo do compartimento do
motor, próximo da bateria.
Nota
Derramar líquido sobre qualquer
componente elétrico do veículo
pode provocar danos, não cobertos
pela garantia de fábrica.
193
194
Fusíveis
Cuidados com o veículo
Cuidados com o veículo
Posição
dos
fusíveis
Amp. Circuito
Posição
dos
fusíveis
1
10A
Embreagem do
compressor do ar
condicionado
2
15A
Controle eletrônico
do corpo de
aceleração
3
-
4
195
Amp. Circuito
Posição
dos
fusíveis
Amp. Circuito
11
10A
Farol alto
esquerdo
20
30A
12
10A
Farol alto direito
13
10A
Módulo de controle
do motor
Não utilizado
14
25A
10A
Módulo de controle
da transmissão,
ignição 1
Limpador do
para-brisa
15
10A
5
-
Não utilizado
Sistema de freio
antiblocante
(IGN 1)
Módulo de controle
da carroceria, air
bag, painel de
instrumentos/
sistema antifurto,
controle
aquecimento/
ventilação/ar
condicionado,
sensor de ignição
e rádio
21
30A
6
10A
Emissões
7
10A
Farol baixo
esquerdo
Módulo de controle
da carroceria/
partida, air bag,
direção elétrica
8
15A
Buzina
9
10A
Farol baixo direito
10
15A
Farol de neblina
dianteiro
16
10A
Módulo de controle
do motor (IGN 1)
17
30A
Ventoinha 1
18
30A
Ventoinha 2
19
30A
Relé de partida,
aquecimento,
ventilação,
ventoinha do ar
condicionado
196
Posição
dos
fusíveis
22
23
24
Cuidados com o veículo
Amp. Circuito
Posição
dos
fusíveis
60A
Amplificador de
áudio, luz de
marcha a ré,
tomada auxiliar,
aquecimento dos
bancos, controle
remoto,
desembaçador do
vidro traseiro
25
Bancos elétricos,
emissões 2,
bomba de
combustível, luzes
de
estacionamento,
porta-malas
60A
60A
Sistema de freios
antiblocantes
(ABS)
Amp. Circuito
Posição
dos
fusíveis
Amp. Circuito
50A
34
20A
Vidros elétricos
35
-
Não utilizado
36
-
Não utilizado
37
5A
Controle do
regulador de
voltagem
Módulo de controle
da carroceria,
travas das portas,
luzes internas,
espelhos elétricos,
acessórios
26
30A
Partida
27
80A
Direção elétrica
38
30A
Inversor CC/CA
28
10A
Módulo de controle
da transmissão
39
30A
Sistema de freios
antiblocantes
29
15A
Módulo de ignição,
injetores, bobinas
de ignição
40
1A
Diodo do limpador
(400V)
30
10A
Injetores de
combustível
31
-
Não utilizado
32
-
Não utilizado
33
10A
Luz auxiliar de
freio (Brake light)
Cuidados com o veículo
Relés
197
198
Cuidados com o veículo
Posição do
relé
Circuito
Posição do
relé
A
Ventoinha 1
M
B
Ventoinha série/
paralelo
Limpador do
para-brisa 2
-
Não utilizado
C
Ventoinha 2
O
Luzes de freio
D
Partida
P
Não utilizado
E
Partida, ignição
F
Conjunto de motor
e transmissão
G
Embreagem do
compressor do ar
condicionado
H
Farol alto
I
Faróis de neblina
dianteiros
J
Buzina
K
Farol baixo
L
Limpador do
para-brisa 1
Circuito
Caixa de fusíveis do painel
de instrumentos
A caixa de fusíveis do painel de
instrumentos fica localizada sob
o painel de instrumentos (seta)
próximo do assoalho, no lado do
passageiro.
Retire a tampa do painel para obter
acesso à caixa de fusíveis, então
retire a tampa da caixa para obter
acesso aos fusíveis e ao relé.
É possível que o veículo não possua
todos os fusíveis e funções descritas.
Cuidados com o veículo
Fusíveis
199
200
Posição
dos
fusíveis
1
Cuidados com o veículo
Amp. Circuito
Posição
dos
fusíveis
2A
Espelhos
retrovisores
elétricos
2
2A
Direção elétrica
3
2A
Botão do controle
de velocidade de
cruzeiro,
indicador de
condição do air
bag do
passageiro
Amp. Circuito
Posição
dos
fusíveis
Amp. Circuito
10
-
Não utilizado
17
20A
11
10A
Lâmpadas
internas
12
-
Não utilizado
Botão do
aquecimento/
ventilação/ar
condicionado/
ventoinha
13
15A
Travas das portas
18
-
Não utilizado
14
10A
Aquecimento dos
bancos
dianteiros,
espelho retrovisor
interno
19
-
Não utilizado
20
10A
Conjunto do
painel de
instrumentos,
módulo de
controle do
sistema antifurto
21
10A
Conector do link
controle do
sistema de
aquecimento,
ventilação e ar
condicionado.
22
2A
Interruptor da
ignição
4
-
Não utilizado
15
30A
Vidros elétricos
5
-
Não utilizado
16
10A
6
10A
Airbag
7
-
Não utilizado
8
10A
Comando do
limpador/lavador
do para-brisa
Cabo de
diagnóstico
e falha/controle
do sistema de ar
condicionado
e aquecimento
9
2A
Iluminação do
volante
Cuidados com o veículo
Posição
dos
fusíveis
Amp. Circuito
23
10A
Sistema de áudio
24
10A
Airbag
25
-
Porta fusível de
reserva
26
-
Porta fusível de
reserva
27
-
Porta fusível de
reserva
28
-
Porta fusível de
reserva
29
-
Extrator de fusível
201
202
Relé
Cuidados com o veículo
Cuidados com o veículo
Posição do
relé
A
Circuito
Relé do
aquecimento/
ventilação/ar
condicionado/
ventoinha
Caixa de fusíveis do
compartimento de carga
A caixa de fusíveis do compartimento
de carga encontra-se no porta-malas
do veículo. Pode-se obter acesso
à caixa de fusíveis através do painel
do porta-malas do lado esquerdo da
área traseira de carga.
É possível que o veículo não possua
todos os fusíveis e funções descritas.
203
204
Fusíveis
Cuidados com o veículo
Cuidados com o veículo
Posição
dos
fusíveis
1
2
Amp. Circuito
Posição
dos
fusíveis
30A
30A
Amp. Circuito
Posição
dos
fusíveis
Amp. Circuito
10
-
Não utilizado
22
10A
11
-
Não utilizado
Abertura do porta-malas
Controles do
banco do
motorista
12
-
Não utilizado
23
30A
13
25A
Amplificador de
áudio
Desembaçador
traseiro
24
10A
14
15A
Controles do
aquecimento dos
bancos
Espelhos
retrovisores
aquecidos
25
15A
Não utilizado
Bomba de
combustível
26
1,5A Diodo da lâmpada
do porta-malas
(400 V)
Controles do
banco do
passageiro
3
-
Não utilizado
4
-
Não utilizado
5
10A
Emissão 2, válvula
solenoide de
purga do cânister
6
10A
205
Luzes de
estacionamento,
ajuste de
intensidade no
painel de
instrumentos
7
-
Não utilizado
8
-
Não utilizado
9
-
Não utilizado
15
-
16
7,5A Controle remoto
17
10A
Luz de marcha à ré
18
-
Não utilizado
19
-
Não utilizado
20
20A
Tomadas elétricas
auxiliares
21
-
Não utilizado
206
Relés
Cuidados com o veículo
Cuidados com o veículo
Posição do
relé
Circuito
A
Desembaçador do
vidro traseiro
B
Luzes de
estacionamento
C
Luz de marcha à ré
D
Abertura do portamalas
E
Bomba de
combustível
207
Ferramentas do veículo
Rodas e pneus
Ferramentas
As ferramentas do veículo ficam
guardadas embaixo do pneu reserva,
no porta-malas.
Os pneus originais de fábrica
atendem as características técnicas
do seu veículo e oferecem máximo
conforto e segurança ao dirigir.
São elas:
A. Macaco
B. Chave de roda e alavanca do
macaco
C. Extensão para fixação do pneu
reserva com pressão baixa no
porta-malas.
Colocar rodas ou pneus de tamanho
diferente dos originais pode afetar
o desempenho do veículo, inclusive
a frenagem, as características de
conforto e manejo, a estabilidade e a
resistência ao capotamento. Além do
mais, caso o veículo possua sistemas
eletrônicos tais como freios
antiblocantes, controle de tração
e controle eletrônico de estabilidade,
o desempenho desses sistemas
pode ser afetado.
Nota
Se for necessário substituir pneus
ou rodas com um tamanho diferente
daqueles instalados na fábrica,
consulte a Rede de
Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet. O uso de
pneus ou de rodas inadequados
pode causar a perda da garantia.
208
Cuidados com o veículo
Substitua qualquer roda que esteja
torta, rachada ou muito enferrujada
ou corroída.
Sempre use a roda, os parafusos
e porcas corretas para a troca.
Verifique-a semanalmente, incluindo
o pneu reserva, e antes de qualquer
viagem longa ou para o veículo
carregado. Os pneus devem ser
verificados ainda frios, com um
manômetro calibrado.
9 Atenção
Misturar pneus pode provocar
perda do controle ao dirigir.
Misturar pneus de diferentes
tamanhos, marcas ou tipos (radial
com não radial) pode afetar
a dirigibilidade do veículo,
possivelmente provocando uma
colisão e também pode causar
danos ao seu veículo. Certifiquese de que está usando pneus de
tamanho, marca e tipo corretos
em todas as rodas.
Conferência da pressão dos
pneus
É essencial para o conforto,
a segurança e a durabilidade dos
pneus que eles sejam mantidos na
pressão recomendada.
O excesso de pressão resultante do
aquecimento dos pneus depois de
uma viagem é normal e não deve ser
reduzido.
Depois de conferir a pressão,
recoloque as tampas das válvulas.
As pressões dos pneus estão
indicadas na etiqueta (seta) mostrada
na figura.
A pressão incorreta aumenta
o desgaste dos pneus e prejudica
o desempenho do veículo, o conforto
dos passageiros e o consumo de
combustível.
Balanceamento das rodas
As rodas do seu veículo devem estar
balanceadas para evitar vibrações no
volante e proporcionar uma direção
segura e confortável.
Caso você perceba desgaste
incomum dos pneus ou sinta que
o veículo está puxando para um dos
lados, pode haver necessidade de
Cuidados com o veículo
verificar o alinhamento. Caso você
perceba que o veículo vibra ao ser
conduzido em uma rua ou estrada em
boas condições, pode haver
necessidade de refazer
o balanceamento das rodas.
Cuidado
Após fazer o rodízio dos pneus,
recomenda-se verificar
o balanceamento dos conjuntos
de rodas e pneus.
Sistema de monitoramento
da pressão do pneu
Por meio da tecnologia de rádio
e monitoramento, os sensores do
TPMS monitoram a pressão do ar nos
pneus e transmitem as leituras de
pressão a um receptor localizado no
veículo.
Todos os pneus, inclusive o reserva,
devem ser verificados semanalmente
(quando frios) e enchidos até
a pressão recomendada pela
montadora, que se encontra na
etiqueta de pressão dos pneus.
(Caso os pneus do seu veículo sejam
de tamanho diferente do indicado na
etiqueta de pressão dos pneus,
determine a pressão de enchimento
adequada para os pneus.)
O monitor de pressão dos pneus
emite um alerta quando há uma
redução considerável na pressão de
um ou mais pneus, acendendo a luz
de advertência de baixa pressão dos
pneus no painel de instrumentos.
Como um recurso de segurança
adicional, seu veículo foi equipado
com um sistema de monitoramento
da pressão dos pneus (TPMS) por
meio da tecnologia de rádio
e monitoramento.
Quando esta luz se acender, você
deve parar o carro para verificar os
pneus o mais rapidamente possível
e inflá-los até a pressão adequada.A
luz de advertência permanecerá
acesa até a pressão do(s) pneu(s) ser
corrigida. Dirigir com o pneu
descalibrado provoca
superaquecimento do pneu, e pode
levar a uma falha do pneu. A perda de
pressão do pneu também reduz
209
a economia de combustível e a vida
útil do pneu, além de afetar
a dirigibilidade e a frenagem do
veículo.
Note-se que o TPMS não substitui
a manutenção adequada dos pneus.
É responsabilidade do motorista
manter a pressão correta dos pneus,
mesmo se estes não estiverem
descalibrados o suficiente para
acionar a luz indicadora de pressão
baixa do TPMS.
O seu veículo também possui um
indicador de falha do TPMS, para
indicar quando o sistema não estiver
funcionando adequadamente.
O indicador de falha do TPMS usa
a luz indicadora de baixa pressão dos
pneus. Quando o sistema detecta
uma falha, a luz indicadora piscará
durante aproximadamente um minuto
e então permanecerá acesa
continuamente. Essa sequência
continuará cada vez que for dada
a partida, até que a falha seja
solucionada.
210
Cuidados com o veículo
Quando o indicador de falha está
aceso, é possível que o sistema não
detecte ou não indique baixa pressão
nos pneus como deveria. As falhas
do TPMS podem ocorrer por vários
motivos, inclusive pela utilização de
pneus ou rodas não originais do
veículo. Após trocar um ou mais
pneus ou rodas, sempre verifique se
a luz de falha do TPMS está acesa,
para certificar-se de que os pneus
e rodas novos permitem que o TPMS
continue funcionando
adequadamente.
Simultaneamente, o Centro de
informações ao motorista exibe uma
mensagem pedindo a verificação da
pressão de um pneu específico. A luz
de advertência de baixa pressão do
pneu e a mensagem de advertência
do Centro de informações ao
motorista acenderão a cada ciclo de
ignição até que os pneus sejam
calibrados com a pressão correta.
O motorista pode consultar os níveis
de pressão dos pneus no Centro de
informações ao motorista.
Em dias frios, a luz de advertência de
baixa pressão do pneu pode
acender-se assim que o veículo der
a partida e apagar-se quando
o veículo começar a se movimentar.
Isso pode ser um indicador precoce
de que a pressão do(s) pneu(s) está
abaixando, e que os pneus precisam
ser calibrados.
Nota
Este equipamento opera em caráter
secundário, ou seja, não tem
proteção contra interferência
nociva, mesmo de estações do
mesmo tipo, e não pode causar
interferência em sistemas que
funcionem em caráter primário.
Luz de funcionamento incorreto
do TPMS e mensagem
O TPMS não funcionará
corretamente caso um dos sensores
do TPMS estiver faltando ou
inoperante. Quando o sistema
detecta um funcionamento incorreto,
a luz de advertência de pneu murcho
pisca durante 1 minuto e estão
permanece acesa durante o lembrete
do ciclo de ignição. Também
é exibida uma mensagem no Centro
de informações ao motorista. A luz de
advertência de baixa pressão do
pneu e a mensagem de advertência
acenderão a cada ciclo de ignição até
que o problema seja corrigido.
Algumas das condições que fazem
Cuidados com o veículo
com que a luz de funcionamento
incorreto e a mensagem de
advertência se acendam são:
■ Um dos pneus foi substituído por
um pneu reserva. O pneu reserva
não possui um sensor TPMS. A luz
de funcionamento incorreto e a
mensagem de advertência do
TPMS devem apagar assim que
o pneu que contém o sensor TPMS
for reinstalado.
■ O processo de combinação do
sensor TPMS foi iniciado porém
não foi completado ou não foi
completado com sucesso após
o rodízio dos pneus do veículo.
A mensagem do Centro de
informações ao motorista e a luz de
funcionamento incorreto do TPMS
devem apagar assim que
o processo de combinação do
sensor TPMS seja executado com
sucesso.
■ Um ou mais sensores TPMS estão
faltando ou estão danificados.
A mensagem de advertência e a luz
de funcionamento incorreto do
TPMS devem apagar assim que os
sensores estejam instalados e o
processo de combinação do sensor
seja executado com sucesso.
■ Os pneus ou as rodas de
substituição não combinam com os
pneus e rodas originais do veículo.
Pneus e rodas que não sejam os
recomendados para o veículo
podem impedir que o TPMS
funcione corretamente.
■ Operar dispositivos eletrônicos ou
estar próximo de instalações que
utilizam frequências de ondas de
rádio similares ao TPMS pode
causar o funcionamento incorreto
dos sensores do TPMS.
Se o TPMS não está funcionando ele
não pode detectar ou sinalizar uma
condição de pneu murcho. Consulte
a Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet para reparos se
a luz de funcionamento incorreto do
TPMS e a mensagem de advertência
se acenderem e permanecerem
acesas.
211
Processo de combinação do
sensor TPMS
Cada sensor TPMS possui um código
de identificação específico. Sempre
que substituir um ou mais sensores
TPMS ou fizer o rodízio dos pneus, os
códigos de identificação deverão ser
combinados para o pneu novo/local
novo da roda. Os sensores são
combinados, às posições dos pneus/
rodas, na seguinte ordem: pneu
dianteiro do lado do motorista, pneu
dianteiro do lado do passageiro, pneu
traseiro do lado do passageiro e pneu
traseiro do lado do motorista por meio
de uma ferramenta de diagnóstico
TPMS. Consulte a Concessionária ou
Oficina Autorizada Chevrolet para
reparo.
Os sensores TPMS também podem
ser combinados para cada posição
do pneu/roda aumentando ou
diminuindo a pressão de ar do pneu.
Ao aumentar a pressão do pneu, não
exceda a pressão máxima indicada
na lateral do pneu. Para diminuir
a pressão do pneu use a ponta da
tampa da válvula, um manômetro tipo
lápis ou uma chave.
212
Cuidados com o veículo
Você tem dois minutos para combinar
cada pneu e posição de roda. Caso
leve mais de dois minutos para
combinar cada pneu e posição de
roda, o processo de combinação para
e você precisará começar de novo.
O processo de combinação TPMS
é descrito abaixo:
1. Aplique o freio de
estacionamento.
2. Com o motor desligado, vire
a chave de ignição para ON/RUN
(Ligado/Funcionando).
3. Pressione e segure os botões e
travar e c destravar no controle
remoto, ao mesmo tempo,
durante cinco segundos para
iniciar o modo de gravação do
TPMS. A buzina soará duas
vezes indicando que o receptor
TPMS está pronto e no modo de
gravação.
4. Inicie com o pneu dianteiro do
lado do motorista. A luz de seta
dianteira do lado do motorista
também acende para indicar que
o sensor está pronto para ser
gravado.
5. Remova a tampa válvula de
enchimento do pneu. Ative
o sensor TPMS aumentando ou
diminuindo a pressão do pneu
durante aproximadamente oito
segundos. A buzina tocará uma
vez, (isto poderá levar até
30 segundos), e então as luzes de
seta piscarão uma vez para
confirmar que o código de
identificação do sensor foi
combinado com a posição da
roda/pneu.
6. A luz de seta dianteira do lado do
passageiro acende para indicar
que o sensor está pronto para ser
gravado. Vá para o pneu dianteiro
do lado do passageiro e repita
o procedimento no Passo 5.
7. A luz de seta traseira do lado do
passageiro acende para indicar
que o sensor está pronto para ser
gravado. Vá para o pneu traseiro
do lado do passageiro e repita
o procedimento no Passo 5.
8. A luz de seta traseira do lado do
motorista acende para indicar que
o sensor está pronto para ser
gravado. Vá para o pneu traseiro
do lado do motorista e repita
o procedimento no Passo 5.
9. Após ouvir o toque da buzina para
o pneu traseiro do lado do
motorista, a buzina soará mais
duas vezes para indicar que
o processo de gravação está
completo. Vire a chave de ignição
para a posição J LOCK/OFF
(Travar/Desligar).
Se não for gravado nenhum pneu
após entrar no modo de gravação
TPMS, ou se a comunicação com
o receptor parar ou se o tempo
limite expirar, gire a chave de
ignição para J LOCK/OFF
(Travar/desligar) e comece
novamente a partir do Passo 2.
10. Calibre os quatro pneus com
a pressão de ar recomendada,
como indicado no pneu e na
etiqueta de informações sobre
pneus e cargas no veículo,
localizada na coluna da porta do
lado do motorista.
11. Coloque as tampas novamente
nas hastes das válvulas.
Cuidados com o veículo
Inspeção dos pneus
Os impactos contra as guias da
calçada podem causar danos
internos nas rodas e pneus. Danos
ocultos nos pneus, percebidos
tardiamente, podem provocar risco
de acidentes em alta velocidade.
Portanto, se for preciso subir em uma
guia, faça-o lentamente e no ângulo
reto, se possível.
Ao estacionar, verifique se os pneus
não ficam pressionados contra a guia
da calçada. Verifique regularmente
o desgaste dos pneus (profundidade
dos sulcos) ou danos visíveis.
Verifique também possíveis danos às
rodas.
No caso de danos ou desgaste
anormal dos pneus, consulte
a Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet.
Rodízio dos pneus
Os pneus dianteiros e traseiros
exercem fenômenos de trabalho
distintos e podem apresentar
desgaste diferente, dependendo
diretamente da utilização nos
diversos tipos de pavimentos, modo
de dirigir, alinhamento da suspensão,
balanceamento das rodas, pressão
dos pneus etc.
O proprietário deve efetuar uma
avaliação das condições de uso do
veículo e praticar o rodízio dos pneus
em intervalos curtos de
quilometragem, não devendo
213
exceder 10.000 km rodados.
O resultado obtido será um desgaste
regular da banda de rodagem e,
consequentemente, maior
durabilidade dos pneus.
O rodízio dos pneus deve ser
efetuado conforme a figura.
A condição dos pneus é um dos itens
da inspeção periódica na Rede de
Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet, as quais
estão capacitadas para diagnosticar
indícios de desgaste irregular ou
qualquer defeito que comprometa
o produto.
Não inclua o pneu reserva compacto
no rodízio de pneus.
Nota
■ Após realizar o rodízio dos pneus,
ajuste a pressão de enchimento
dos pneus dianteiros e traseiros
conforme mostrado na etiqueta de
Informações sobre pressão,
e execute o processo do sistema
214
Cuidados com o veículo
de correspondência do Sistema
de monitoramento da pressão dos
pneus.
■ Certifique-se de que todas as
porcas das rodas estão apertadas
corretamente.
Cuidado
■ Devido ao envelhecimento,
a borracha do pneu se
deteriora. Isto também é válido
para pneus de reserva, mesmo
que não sejam usados.
■ O envelhecimento dos pneus
depende de muitas condições
de uso, incluindo-se
temperatura, condições de
carga e também sua pressão de
enchimento.
■ Os pneus devem ser levados
regularmente ao serviço de
assistência técnica do
fabricante para avaliar as
condições de uso.
■ Um pneu reserva que não seja
usado dentro de um período de
6 anos deverá ser usado
somente em emergências.
Quando esse pneu estiver em
uso, dirija a velocidades
reduzidas.
Reposição dos pneus
Por razões de segurança, os pneus
devem ser substituídos quando
a profundidade dos sulcos da banda
de rodagem se aproximar de 3 mm.
Cuidado
■ A profundidade mínima dos
sulcos é de 1,6 mm. O símbolo
(R), nos flancos dos pneus
como mostrado na figura,
identificam onde estão
Cuidados com o veículo
localizadas as saliências para
comparação de profundidade
mínima.
■ Observe que o perigo de
aquaplanagem será maior se os
pneus estiverem desgastados.
O pneu também deve ser substituído
quando apresentar cortes, bolhas
nas laterais ou qualquer outro tipo de
deformação.
Nota
Ao substituir, use pneus da mesma
marca e dimensão, substituindo,
preferivelmente, todo o jogo no
mesmo eixo, dianteiro e traseiro.
Comprando pneus novos
Caso necessite trocar os pneus,
a GM recomenda que obtenha pneus
com a mesma especificação
e características dos pneus originais.
Veículos que possuem sistema de
monitoramento da pressão dos
pneus podem exibir uma advertência
errônea de pressão baixa se forem
instalados pneus que não sejam
originais.
215
Troca de pneu
Ao trocar o pneu, tenha os seguintes
cuidados:
■ Nunca entre embaixo de um
veículo suspenso no macaco.
■ Não ligue o motor durante a troca.
■ Use o macaco somente para trocar
os pneus.
■ Não permita que os passageiros
permaneçam no veículo.
Faça a troca dos pneus como segue:
1. Estacione sobre uma superfície
plana.
2. Ligue o pisca-alerta e aplique
firmemente o freio de
estacionamento.
3. Coloque a alavanca de câmbio
em P (Estacionamento).
4. Coloque corretamente o triângulo
de advertência atrás do veículo.
5. Bloqueie a roda diagonalmente
oposta à que será trocada (B)
com calços de madeira (A),
quaisquer blocos de madeira ou
pedras disponíveis, na frente
e atrás dela.
216
Cuidados com o veículo
11. Aperte o botão (A) e puxe na
direção da seta.
6. Abra o porta-malas e remova
o tapete do mesmo (A).
7. Gire a porca borboleta (B) no
sentido anti-horário e remova-a.
Então, retire o pneu reserva
compacto (C).
8. Remova a porca borboleta que
prende o macaco (D).
9. Remova as ferramentas (E) do
porta-malas.
10. Gire a porca borboleta no sentido
anti-horário para soltar a chave de
roda/alavanca do macaco.
12. Com a chave de roda, afrouxe as
porcas da roda, soltando 1/2 a
1 volta no sentido anti-horário,
sem retirá-las.
Cuidados com o veículo
13. Observe os pontos de ancoragem
do macaco (setas) sob
a carroceria.
14. Posicione a parte superior do
macaco nos pontos de
ancoragem mais próximos do
pneu murcho. Certifique-se de
que a flange sob a carroceria está
devidamente encaixada no
rebaixo da parte superior do
macaco. Não posicione o macaco
sob um dos painéis da carroceria,
fora da flange.
15. Instale o macaco, certifique-se de
que a borda da sua base está
encostando completamente no
chão e que fique posicionado
diretamente embaixo do flange da
carroceria.
217
16. Para levantar o veículo, conecte
a alavanca ao macaco e gire-a no
sentido anti-horário conforme
mostrado na figura, primeiro na
direção da seta 1 e depois na
direção das setas 2, repetindo
a operação.
Nota
O macaco é projetado para permitir
a elevação ou abaixamento do
veículo sem a necessidade de dar
uma volta completa na alavanca do
macaco; para isso, use a articulação
da alavanca.
218
Cuidados com o veículo
9 Atenção
O posicionamento incorreto em
relação ao descrito acima poderá
fazer com que o veículo deslize do
macaco.
17. Retire as porcas da roda.
18. Remova qualquer ferrugem ou
sujeira das porcas das rodas,
superfícies de montagem e pneu
reserva.
19. Instale o pneu reserva compacto.
Nota
Jamais use óleo ou graxa nas
porcas e parafusos, pois isto pode
fazer com que as porcas se
afrouxem e caiam.
20. Instale as porcas da roda
e aperte-as parcialmente.
21. Baixe o veículo.
22. Aperte as porcas da roda na
sequência mostrada.
23. Guarde o pneu removido,
o macaco, a chave de roda e o
triângulo de segurança.
24. Mande o pneu danificado para
reparos, faça o balanceamento
e reinstale-o no veículo o mais
rápido possível.
Armazenando um pneu furado
e as ferramentas
Para armazenar o pneu furado e o
macaco no compartimento do pneu
reserva compacto:
1. Abra o porta-malas.
2. Guarde o triângulo de segurança.
3. Remova a extensão para fixação
(com a capa) da roda danificada
do macaco e remova a calota
central da roda.
Nota
A calota central não cabe no pneu
reserva compacto do veículo. Caso
você tente colocar a calota central
no reserva compacto, tanto a calota
central quando o pneu podem ser
danificados. Guarde a calota até
o reparo ou troca do pneu furado.
4. Feche a chave de roda com
o mesmo botão usado para
estendê-la.
Cuidados com o veículo
219
10. Alinhe o parafuso (G) com
o centro da roda.
11. Remova a capa da extensão para
fixação da roda.
12. Prenda o pneu e a roda com
a porca borboleta maior (B).
13. Guarde a capa da extensão para
fixação da roda.
14. Instale o tapete do porta-malas
(A) e feche o porta-malas.
5. Conecte a chave de roda ao
macaco, inserindo a lingueta da
chave no orifício lateral do
macaco. Coloque então o cabo da
chave sobre a lingueta lateral do
macaco. O conjunto deverá ser
como o da figura.
6. Instale o macaco, girando a porca
no sentido horário, até prender
a chave.
7. Coloque o macaco (F) sobre
o assoalho do porta-malas,
certificando-se de que o parafuso
(G) está inserido no furo central
da chave de roda.
8. Insira a porca do macaco (E) no
parafuso e rosqueie para fixar
o macaco.Com a capa colocada
para evitar que a roda se arranhe,
rosqueie a extensão para fixação
da roda (C) no parafuso (G).
9. Com a haste da válvula para
cima, coloque o pneu (D) no
assoalho do porta-malas.É
possível que o pneu não fique
completamente achatado.
Pneu reserva
Pneu reserva compacto
220
Cuidados com o veículo
O pneu reserva compacto tem
dimensões, pressão e vida útil
diferentes daquelas dos pneus
normais. Devem ser usados apenas
em emergências, e ser substituídos
o mais rapidamente possível.
Embora o pneu reserva compacto
esteja completamente cheio quando
o veículo é novo, é possível que
o pneu perca pressão ao longo do
tempo. Verifique a pressão de
enchimento periodicamente.
A pressão deve ser de 60 psi
(420 kPa).
Não use o pneu reserva compacto
em outro veículo.
Nota
As especificações técnicas do
conjunto roda/pneu reserva são
diferentes das do conjunto roda/
pneu normal. Devido a essa
diferença, recomendamos não usar
o conjunto roda/pneu reserva por
mais de 100 km nem inclui-lo no
rodízio de pneus. Essa diferença
não interfere com a segurança do
veículo.
9 Atenção
Ao usar o pneu reserva compacto,
não exceda a velocidade de
80 km/h.
Partida do motor com
cabos auxiliares
Para dar partida em um veículo com
a bateria descarregada, ligue os
cabos auxiliares na bateria de outro
veículo. Isto deve ser feito com
extremo cuidado e cumprindo as
instruções a seguir.
Cuidados com o veículo
9 Atenção
Tome muito cuidado ao dar
a partida com cabos auxiliares.
A inobservância das seguintes
instruções poderá causar danos
pessoais pela explosão da bateria
ou danos aos sistemas elétricos
de ambos os veículos.
9 Atenção
Evite contato com os olhos, a pele,
tecidos e superfícies pintadas.
O fluido contém ácido sulfúrico,
que pode causar ferimentos
e danos em caso de contato
direto.
Execute as operações na sequência
abaixo:
1. Verifique se a tensão da bateria
auxiliar é a mesma da bateria do
veículo cujo motor se deseja ligar.
2. Durante a operação de partida,
não se aproxime da bateria.
3. Com a bateria auxiliar instalada
no outro veículo, não permita
o contato entre os dois.
4. Verifique se os cabos auxiliares
não apresentam isolamentos
frouxos ou ausentes.
5. Não permita que os terminais dos
cabos auxiliares se toquem ou
toquem partes metálicas do
veículo.
6. Desligue a ignição de ambos os
veículos. Desligue o rádio,
qualquer outro acessório ou
equipamento e também as luzes
do veículo.
7. Aplique com firmeza o freio de
estacionamento. Coloque
a alavanca de câmbio em
P (Estacionamento).
8. Remova a tampa da bateria
e localize os terminais positivo (+)
e negativo (-) nas baterias.
221
9. Conecte os cabos auxiliares na
sequência indicada:
◆ + com +: o borne positivo da
bateria auxiliar (1) com o borne
positivo da bateria
descarregada (2).
◆ - com terra: o borne negativo da
bateria auxiliar (3) com um
ponto de aterramento do
veículo afastado 45 cm da
bateria e de partes móveis e/ou
fontes de calor (4).
10. Dê a partida no veículo com
a bateria boa e deixe-o funcionar
por algum tempo.
222
Cuidados com o veículo
11. Mantenha o motor funcionando
durante pelo menos quatro
minutos com os cabos
conectados, para estabilizar
a voltagem da bateria.
12. Ligue o motor do veículo cuja
bateria está descarregada. Se
o motor não ligar depois de
algumas tentativas, pode haver
a possibilidade de alguns
reparos.
13. Mantenha o motor funcionando
para remover os cabos auxiliares
como segue:
◆ Primeiro, o cabo auxiliar
negativo (4 e 3).
◆ Depois, o cabo auxiliar positivo
(1 e 2).
Durante a remoção de cada borne
auxiliar, certifique-se de que não há
contato com nenhum outro
componente de metal enquanto
a ponta oposta está conectada.
Nota
O motor do veículo que fornece
a alimentação auxiliar para a partida
deve funcionar durante a operação.
Nota
Caso o rádio esteja ligado durante
essa operação, ele poderá ser
seriamente danificado. O custo dos
reparos não será coberto pela
garantia.
Reboque
Reboque do veículo
Cuidado
Os ventiladores e outras partes
móveis do motor podem causar
ferimentos sérios. Mantenha as
mãos e roupas afastados das
partes móveis quando o motor
estiver funcionando.
Partida com a bateria
descarregada
Nota
■ Nunca dê partida no motor
quando ele está fornecendo uma
carga rápida na bateria.Isto
poderá causar danos aos
componentes elétricos.
■ Nunca ligue o motor enquanto
o veículo está sendo rebocado ou
guinchado; caso contrário
o veículo poderá ser danificado.
Em situações de emergência que
exijam o reboque do veículo, procure,
de preferência, empresas
especializadas em guinchos ou
a assistência oficial da rodovia,
usando veículos de reboque que
tenham apoio para as rodas ou
plataforma para receber o automóvel.
Cuidados com o veículo
Nota
O veículo não deve ser levantado
pelo sistema de suspensão tanto
dianteiro como traseiro; existe
o risco de danificá-lo.
Jamais reboque o veículo pela
traseira.
Em caso de uso de correntes ou de
cintas para segurar o veículo, tome
cuidado para não danificar
a tubulação ou os chicotes elétricos.
Cuidados com
a aparência
Limpeza externa
Aqui você encontra informações
sobre os cuidados periódicos com
a aparência do seu veículo. Observá-los é pré-requisito para
o atendimento em garantia de
reclamações sobre o acabamento e a
pintura externos. As recomendações
apresentadas nesta seção evitarão
danos resultantes dos efeitos do
meio ambiente a que o seu veículo
ficar exposto.
Limpeza externa
A melhor maneira de preservar
o acabamento do veículo é lavá-lo
com frequência.
Lavagem
■ Não lave o veículo sob os raios
diretos do sol.
■ Desloque os limpadores do
para-brisa.
223
■ Espalhe água em abundância
sobre toda a carroceria para
remover o pó.
■ Não jogue água diretamente no
radiador para não deformar seu
núcleo e, com isto, prejudicar
a eficiência do sistema. Use
apenas ar comprimido.
■ Se desejar, aplique um sabão
neutro ou xampu e esfregue com
uma esponja ou toalha macia
enquanto enxágua a área. Retire
todo detergente ou xampu antes de
secar.
■ Use uma esponja ou toalha
separada para limpar os vidros,
a fim de não deixá-los
engordurados.
■ Limpe a borracha das palhetas
com água em abundância
e detergente suave.
■ Pontos de óleo, asfalto ou lama da
estrada podem ser removidos com
solvente. É recomendável não
lavar a carroceria inteira com
o solvente.
■ Depois de lavar, seque-a bem.
224
Cuidados com o veículo
Aplicação de cera
Aplique cera de silicone no veículo se
notar gotas de água na pintura depois
de enxaguar. Não aplique cera nos
componentes plásticos ou de vidro,
pois é difícil remover as manchas
sobre eles.
Polimento
Uma vez que a maioria dos polidores
contém abrasivos, mande polir
o veículo em um serviço
especializado.
Riscos e corpos estranhos na
pintura
Qualquer lasca de pedra, rachadura
ou arranhão profundo no
acabamento deve ser prontamente
reparado na Rede de
Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet, pois o metal
exposto sofre corrosão acelerada
que pode se alastrar. Se você notar
manchas de óleo ou piche, resíduos
de pintura rodoviária, seiva de árvore,
excremento de aves, produtos
químicos de chaminés industriais, sal
marinho e outras, mande-as remover
o mais depressa possível. Use
solvente para remover manchas de
óleo, piche e restos de tinta (consulte
Lavagem, em Limpeza externa).
Embaixo do veículo
A água salgada e outros agentes
corrosivos podem acelerar
a corrosão precoce e deteriorar as
partes embaixo do veículo, como
pastilhas de freio, a chapa do
assoalho, painéis metálicos,
sistemas de escapamento,
braçadeiras, cabos do freio de mão
etc. Além disso, fragmentos do solo,
lama e terra compactadas na
abertura do para-lama acumulam
umidade. Para reduzir os estragos,
lave o veículo por baixo
periodicamente para eliminar esses
materiais.
Pulverização
Não pulverize óleo embaixo do
veículo. Além de segurar poeira da
estrada, a pulverização estraga
suportes, juntas, mangueiras etc.
Cuidados com o veículo
Portas
1. Lubrifique o cilindro das
fechaduras com grafite em pó.
2. Lubrifique as portas e as
dobradiças e batentes da tampa
da mala e do capô.
3. As aberturas localizadas na parte
inferior das portas deixam
escapar a água das lavagens ou
da chuva. Elas devem ficar
desimpedidas, para evitar
acúmulos capazes de provocar
ferrugem.
Rodas de alumínio
As rodas de alumínio recebem
proteção similar à da pintura do
veículo. Nunca use produtos
químicos, polidores, abrasivos ou
escovas, pois eles podem danificar
a camada protetora da roda.
Compartimento do motor
Nunca lave sem necessidade
o compartimento do motor. Antes de
lavar, proteja com plástico
o alternador, a ignição eletrônica e o
reservatório do cilindro mestre.
Limpeza interna
Cuidado
Muitos produtos de limpeza
podem ser perigosos ou
inflamáveis, ou também podem
causar ferimentos ou danos ao
seu veículo. Assim, ao limpar
partes do acabamento, não use
solventes voláteis, como
a acetona, tíner, alvejante ou
agentes redutores. Nunca use
gasolina para limpeza.
Nota
Lembre-se de remover o mais
rápido possível as manchas antes
que permaneçam.
Carpetes e estofamento
■ Para bons resultados, passe
o aspirador e escove o local.
■ Para remover manchas ou sujeira
leve, use uma esponja molhada em
água com sabão neutro.
225
■ Primeiro, use fita adesiva para
remover o excesso de sujeira em
manchas de gordura ou óleo.
Depois, esfregue com um pano
úmido com benzina.
■ Nunca aplique solvente de limpeza
em excesso; ele vai penetrar no
estofamento e causar estragos.
Painéis das portas, peças de
plástico e vinil
■ Use apenas um pano úmido
e depois outro seco.
■ Para remover manchas de graxa
ou óleo, use um pano úmido
e sabão neutro dissolvido em água;
depois, seque com um pano limpo.
226
Cuidados com o veículo
Acabamento em couro
Para tirar o pó, pode-se usar uma
flanela macia umedecida com água.
Havendo necessidade de uma
limpeza mais profunda, pode-se usar
uma flanela macia umedecida com
solução de detergente suave. Deixe
o couro secar naturalmente. Não use
calor para secá-lo. Jamais use vapor
para limpar o couro. Jamais use
removedor ou tira-manchas no couro.
Muitos limpadores e lustradores de
couro vendidos para preservar
e proteger o couro podem, na
verdade, alterar permanentemente
a aparência e a textura do couro;
o seu uso não é recomendado. Não
use produtos à base de silicone ou
cera ou produtos contendo solventes
orgânicos para limpar o interior do
veículo. Tais produtos podem alterar
a aparência do acabamento,
aumentando o brilho de maneira não
uniforme. Jamais use graxa de
sapato nas superfícies de couro.
Botões do console
Nunca use produtos de limpeza na
região dos botões Limpe-os com
aspirador e um pano úmido.
■ Nunca utilize produtos abrasivos
nos vidros, que podem causar
arranhões e danificar o filamento
do desembaçador elétrico.
Painel de instrumentos
Painel frontal
Limpe com um pano seco, pois
produtos químicos e mesmo a água
podem danificar o sistema.
Cintos de segurança
Mantenha-os sempre longe de
objetos cortantes ou pontiagudos.
Inspecione periodicamente as alças,
fivelas e pontos de ancoragem. Se
estiverem sujos, lave-os com sabão
neutro e água morna. Mantenha-os
limpos e secos.
Vidros
■ Para remover tabaco, camadas de
poeira e vapores provenientes dos
painéis plásticos, lave os vidros
com frequência passando um pano
limpo e macio molhado em água
e sabão.
Cuidado
Quando exposta ao calor do sol
por períodos prolongados,
a região superior do painel de
instrumentos e o interior do porta-luvas podem alcançar
temperaturas de até 100°C.
Assim, nunca use essas áreas
para armazenar isqueiros, fitas
adesivas, discos de computador,
CDs, óculos escuros, etc. que
possam distorcer ou mesmo se
inflamar quando expostos a altas
temperaturas. Também há risco
de danos aos próprios objetos
e ao veículo.
Serviços e manutenção
Serviços
e manutenção
Informações gerais
Informação de serviço
Nota
Os primeiros 1.000 km são muito
importantes para garantir uma
durabilidade elevada e o
desempenho ideal do motor,
portanto, não dirija por períodos
prolongados a velocidades
constantes muito altas ou muito
baixas.
Para garantir o funcionamento
econômico e seguro do veículo
e conservar o seu valor, é de vital
importância que todas as tarefas de
manutenção sejam realizadas dentro
dos intervalos especificados.
O Plano de Manutenção Preventiva
prevê inspeções a cada 10.000 km.
Contudo, se o veículo for pouco
usado e este limite não for atingido
em um ano, deve-se fazer
a manutenção anualmente, e não em
termos de quilometragem.
227
9 Atenção
Nunca efetue nenhum reparo ou
ajuste no motor, no chassi ou em
componentes de segurança do
veículo por conta própria. Devido
à falta de conhecimento, você
poderá infringir as leis de proteção
do meio ambiente ou de
segurança. A execução do
trabalho de forma inadequada
poderá comprometer a sua
própria segurança e a de outros.
228
Serviços e manutenção
Revisão especial:
Deve ser realizada no final do
primeiro ano de uso ou quando
o veículo completar 10.000 km
rodados (o que ocorrer primeiro), sem
nenhum custo para o proprietário exceto pelos itens de consumo
normais que são descritos no
Certificado de garantia - ver
instruções sobre as
"Responsabilidades do proprietário".
Esta revisão pode ser realizada em
qualquer Concessionária ou Oficina
Autorizada da Rede Chevrolet,
apresentando o cupom encontrado
no final do Certificado de garantia
e considerando os limites de
quilometragem indicados (ver
instruções sobre Regras da garantia).
Teste de estrada
Este teste é parte integrante do Plano
de manutenção preventiva e deve ser
realizado de preferência nos
intervalos recomendados pelo Plano,
de modo a detectar anormalidades
e necessidades de ajuste que
possam ser atendidas.
Antes do teste de estrada:
■ No compartimento do motor
1. Verifique possíveis vazamentos,
corrija-os ou complete o nível:
◆ Reservatório do lavador do
para-brisa.
◆ Reservatório do sistema de
arrefecimento do motor.
2. Verifique e corrija, se for o caso:
◆ Conexões e passagens de
chicotes da fiação.
◆ Fixação e passagem de
mangueiras de sucção,
combustível e do sistema de
arrefecimento.
3. Verifique peças frouxas
e conserte-as, se for o caso.
■ Com o veículo no solo:
Verifique o ajuste e corrija, se for
o caso:
1. Aperto dos parafusos das rodas.
2. Pressão e condição dos pneus
(incluindo estepe).
3. Funcionamento de todos os
acessórios e opcionais.
Sob o veículo
Inspecione e corrija, se for o caso:
Chassi do veículo: possíveis avarias
e elementos de fixação ausentes,
frouxos ou danificados.
Durante o teste de estrada:
1. Faça o teste de estrada de
preferência dirigindo o veículo
nos diferentes tipos de estradas
e ruas mais representativos das
suas condições reais de uso
(asfalto, paralelepípedos,
ladeiras, curvas fechadas etc.).
2. Verifique e corrija, se for o caso:
◆ Funcionamento do painel de
instrumentos e das luzes
indicadoras.
◆ Retorno automático da
alavanca das luzes indicadoras
dos sinalizadores de direção.
◆ Jogo do volante na posição
central, retorno automático
depois de girado e alinhamento
durante percurso em linha reta.
Serviços e manutenção
◆ Desempenho do motor e do
conjunto da transmissão em
acelerações, desacelerações,
marcha lenta, velocidade
constante e redução de
marchas.
◆ Eficiência dos freios de serviço
e estacionamento.
◆ Estabilidade do veículo em
curvas e pavimento irregular.
3. Elimine ocasionais ruídos
detectados durante o teste.
Efetuado pelo proprietário:
■ Verifique semanalmente o nível de
líquido de arrefecimento no
reservatório de expansão
e complete se necessário,
observando a marca indicada.
O nível de líquido deve estar
alinhado com ou acima da marca
FULL COLD (cheio/frio) no
reservatório de expansão. Caso
contrário, pode haver um
vazamento de pressão pela tampa,
ou nas mangueiras do radiador,
nas mangueiras de aquecimento,
no radiador, na bomba d'água ou
■
■
■
■
■
em outro lugar do sistema de
arrefecimento.
Com o motor frio, retire a tampa,
adicione ao reservatório de
expansão uma mistura de água
potável e aditivo para radiador
(longa duração - cor laranja)
ACDelco na proporção de 50% de
aditivo para 50% de água.
Verifique semanalmente o nível de
óleo do motor e complete, se
necessário.
Verifique semanalmente o nível do
reservatório do lavador do
para-brisa e complete, se
necessário.
Verifique semanalmente a pressão
dos pneus, inclusive o estepe.
Pare o veículo e confira
o funcionamento do freio de
estacionamento.
Verifique vazamentos.
229
Intervalo máximo de troca do
óleo do motor:
Troca com o motor quente, veja
"Fluidos e lubrificantes
recomendados".
■ A cada 5.000 km ou 6 meses, o que
ocorrer primeiro, se o veículo
trabalhar sob qualquer das
condições de uso severo; veja
"Condições de uso severo".
■ A cada 10.000 km ou 12 meses,
o que ocorrer primeiro, se não
ocorrer nenhuma das condições de
uso severo.
■ O filtro de óleo deve ser trocado
a cada troca de óleo do motor.
Condições de uso severo:
Consideram-se de uso severo as
seguintes condições:
■ Quando a maioria dos percursos
exige marcha lenta durante muito
tempo ou funcionamento contínuo
com baixa rotação frequente (como
no "anda e para" do tráfego urbano
denso).
230
Serviços e manutenção
■ Quando a maioria dos percursos
não passa de 6 km (trajeto curto)
com o motor pouco aquecido.
■ Operação frequente em estradas
de terra e areia.
■ Usado como táxi, veículo policial
ou atividade similar.
■ Quando o veículo permanece
parado por mais de dois dias com
frequência.
Serviços e manutenção
231
Manutenção preventiva
a cada 10.000 km ou
1 ano1)
Atividades na revisão
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Teste de estrada
Verificar ocasionais anormalidades do veículo.
Efetuar um teste de rodagem após a inspeção.
Motor e transmissão
o
o
o
2)
Pesquisar possíveis vazamentos no motor e na
transmissão.
o
o
o
o
o
o
o
Velas de ignição: trocar.
o
o
Correia dentada dos agregados ("acessórios"):
trocar.
A cada 240.000 km
Óleo do motor e filtro de óleo: trocar.
Ver intervalo recomendado em "Óleo do motor"
o
o
o
o
o
o
o
2)
o
o
o
Filtro de ar: trocar elemento.
1)
o
o
o
o
Correia dentada dos agregados ("acessórios"):
inspecionar condição, trocar se necessário
Filtro de ar: Inspecionar condição e limpar, se for
preciso.
o
O que ocorrer primeiro
Verificar o nível dos líquidos e completar, se necessário, no final de todos os serviços.
o
o
232
Serviços e manutenção
Atividades na revisão
a cada 10.000 km ou
1 ano1)
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Sistema eletrônico de aceleração (Motor 2.4L ECOTEC): inspecionar, procurando interferências,
travamento, danos e itens faltantes.
o
o
o
o
o
Sistema de arrefecimento: Inspecionar nível
e reparar quaisquer vazamentos.
o
o
o
o
o
Sistema de arrefecimento: trocar o líquido de
arrefecimento e reparar possíveis vazamentos.
Ver intervalo recomendado em "Sistema de arrefecimento"
Óleo da transmissão e filtro: trocar.
Ver intervalo recomendado em "Fluido da transmissão automática"
Sistema de ar condicionado/ventilação
Ar condicionado: inspecionar a operação do sistema. o
o
Tubulação de drenagem do ar: limpar
o
Freios
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
2)
Pastilhas e discos de freio: verificar desgaste.
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
Tubos e mangueiras do freio: verificar vazamentos. o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
Freio de estacionamento: inspecionar e regular, se o
for preciso. Lubrificar cabos e elos.
o
o
o
o
o
o
o
o
o
Fluido de freios: trocar.
1)
2)
Ver intervalo recomendado em "Fluido de freios"
O que ocorrer primeiro
Verificar o nível dos líquidos e completar, se necessário, no final de todos os serviços.
Serviços e manutenção
Atividades na revisão
a cada 10.000 km ou
1 ano1)
1
2
3
4
5
6
7
8
9
233
10
Direção, suspensão (dianteira e traseira) e pneus
Amortecedores: conferir fixação e possível
vazamento.
o
o
o
o
o
Sistema de direção: verificar jogo e torque do sem-fim - pesquisar vazamentos pelas coifas da
cremalheira.
o
o
o
o
o
Juntas e coifas: verificar condição, posição
e possíveis vazamentos.
o
o
o
o
o
Pneus: conferir pressão, desgaste e possíveis
danos, fazer o rodízio, se necessário; conferir
o torque das porcas da roda.
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
Mangueiras e conexões da direção: verificar
vazamentos e torque
o
o
o
o
o
Juntas homocinéticas: inspecionar as coifas quanto
a danos ou cortes.
o
o
o
o
o
Filtro de limpeza do ar condicionado: trocar
o
o
o
o
o
Cintos de segurança: inspecionar condição dos
cadarços e fivelas e o torque dos parafusos.
o
o
o
o
o
Carroceria
1)
2)
O que ocorrer primeiro
Verificar o nível dos líquidos e completar, se necessário, no final de todos os serviços.
234
Serviços e manutenção
Atividades na revisão
a cada 10.000 km ou
1 ano1)
1
2
3
Inspecionar o escapamento na parte inferior da
carroceria. Procurar por equipamentos danificados,
faltantes ou posicionados incorretamente.
4
5
6
7
o
Lubrificar os componentes da carroceria, como:
todos os cilindros das fechaduras, as dobradiças
e travas das portas e do capô e as dobradiças do
porta-luvas.
o
9
10
o
o
Sistema de combustível: inspecionar quanto a danos
e vazamentos.
8
o
o
o
o
o
Sistema elétrico
Usando o dispositivo "TECH 2", analisar os códigos o
de falhas no sistema elétrico armazenados na
memória do ECM.
o
o
o
o
o
o
o
o
o
Inspeção do equipamento de iluminação
e sinalização
o
o
o
o
o
o
o
o
o
Limpador e lavador do para-brisa: verificar condição
das palhetas e lavá-las, se necessário.
Altura dos faróis: verificar regulagem
o
o
o
o
o
o
o
o
Serviços e manutenção
Atividades na revisão
a cada 10.000 km ou
1 ano1)
235
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Sistema de limpador/lavador do para-brisa: verificar o
o nível do reservatório e seu funcionamento
o
o
o
o
o
o
o
o
o
"Reinicialização" da mensagem de advertência de
troca de óleo a partir do Centro de informações ao
motorista.
o
o
o
o
o
o
o
o
o
o
236
Serviços e manutenção
Fluídos e lubrificantes recomendados
Use somente produtos que tenham sido testados e aprovados. Avarias resultantes do uso de materiais não aprovados não
são cobertos pela garantia.
Lubrificante / fluido
Inspeção do nível
Troca
Óleo do motor
Óleo API-SL ou superior
e SAE 5W30
Semanalmente
Consulte as instruções do
item "Óleo do motor"
Transmissão
Dexron VI
Desnecessário
Consulte as instruções do
item "Fluido da transmissão
automática"
Freios
Fluido de freios DOT
3 ACDelco
Semanalmente
Consulte as instruções do
item "Fluido de freio"
Sistema de arrefecimento
Água potável e aditivo para Semanalmente
radiador (longa vida - cor
laranja) ACDelco (proporção
de 50% de água potável
e 50% de aditivo)
Consulte as instruções do
item "Líquido de
arrefecimento do motor"
Sistema de ar condicionado Gás R134a
Verifique a eficiência do
Não exige troca
sistema em cada "Manutenção
programada"
Serviços e manutenção
237
9 Atenção
Os materiais são perigosos e podem ser tóxicos. Manuseie com cuidado. Preste atenção nas informações fornecidas
na embalagem.
238
Especificações
Especificações
Identificação do veículo
Número de identificação
do veículo (VIN)
A plaqueta com o número de
identificação do veículo está no canto
dianteiro do painel de instrumentos,
do lado do motorista. O número
é visível pelo lado de fora, através do
para-brisa.
Esta é uma amostra da plaqueta:
O número de identificação do veículo
está gravado na torre da suspensão
dianteira direita.
Etiqueta de identificação das
peças de reposição
Esta etiqueta, localizada no interior
do porta-luvas, contém as seguintes
informações:
■ Número de identificação do veículo
(VIN).
■ Identificação do modelo.
■ Informação a respeito da tinta.
■ Opcionais de produção
e equipamentos especiais.
Não remova esta etiqueta do veículo.
Pode-se obter informação a respeito
dos códigos impressos na etiqueta
em uma Concessionária Autorizada
Chevrolet.
Placa de produção do ano de
fabricação
A placa do ano de fabricação do
veículo se localiza na coluna da porta
dianteira direita.
Especificações
Especificações do Veículo
Especificações do motor
MOTOR
2.4L ECOTEC
Combustível
Gasolina
Tipo
Transversal à frente do eixo dianteiro
Número de cilindros
4 em linha
Número de mancais
5
Sequência de ignição
1–3–4–2
Diâmetro do cilindro
88 mm
Curso do pistão
98 mm
Cilindrada
2.384 cm³
Marcha lenta
900 (+/- 100) rpm
Taxa de compressão
10,4:1
Potência máxima líquida (ABNT NBR 5484 - ISO 1585)
171 CV a 6.400 rpm
Torque máximo líquido (ABNT NBR 5484 - ISO 1585)
215,7 N/m (22 kgfm) a 4.500 rpm
Limite de rotações do motor
6.400 rpm
239
240
Especificações
SISTEMA ELÉTRICO
2.4L ECOTEC
Bateria
ACDelco - 12 V, 60AH
Alternador
130 Amp.
Velas
NGK - ILTR5E11
Abertura dos eletrodos
1,01 mm
Sistema de ignição
Mapeado
2.4L ECOTEC
TRANSMISSÃO AUTOMÁTICA
Relação (6 marchas)
1ª marcha
4,584:1
2ª marcha
2,984:1
3ª marcha
1,912:1
4ª marcha
1,446:1
5ª marcha
1,000:1
6ª marcha
0,746:1
Marcha a ré
2,940:1
Diferencial
2,89:1
Tração
Dianteiro
Especificações
241
FREIOS
Tipo
Freios a disco ventilados com sistema de freios antiblocantes (ABS)
Diâmetro x espessura, disco dianteiro
296 x 26 (mm)
Diâmetro x espessura, disco traseiro
270 x 14 (mm)
Fluido
DOT 3 (ACDelco)
Freio de estacionamento
Mecânico, atuação nas rodas traseiras
GEOMETRIA DA DIREÇÃO
Dianteira esquerda
Dianteira direita
Traseira esquerda
Traseira direita
Cambagem
-0,75° (+/- 0,75°)
-0,45° (+/- 0,75°)
-0,80° (+/- 0,60°)
-0,80° (+/- 0,60°)
Cáster
2,65° (+/- 0,75°)
2,65° (+/- 0,75°)
-
-
GEOMETRIA DA DIREÇÃO
Dianteira (esquerda + direita)
Traseira (esquerda + direita)
Convergência
0,20° (+/- 0,20°)
0,20° (+/- 0,20°)
DIÂMETRO DE GIRO
De parede a parede
12,3 m
242
Especificações
Peso do veículo
PESO DO VEÍCULO
2.4L ECOTEC
Carga útil (Passageiros e bagagem)
426,1 kg
Peso em ordem de marcha
1.582,8 kg
Peso máximo permissível por eixo (dianteiro)
1.185,3 kg
Peso máximo permissível por eixo (traseiro)
823,6 kg
Especificações
Dimensões do veículo
Todas as dimensões são em
milímetros.
E Distância entre o centro 983,3
da roda dianteira e o
para-choque dianteiro
A Altura Total
1.450
B Bitola
Dianteiro
Traseiro
1.514
1.524
C Largura total
1.783
D Largura total (incluindo
espelho retrovisor)
2.056,3
F Distância entre eixos
2.852
G Distância entre o solo e o 118,4
tubo intermediário do
sistema de escapamento
H Comprimento total
4.872
I Distância entre o centro 1.026,7
da roda traseira e o
para-choque traseiro
243
244
Especificações
Capacidades e especificações
CAPACIDADES DE LUBRIFICANTES E FLUIDOS
Capacidade do cárter (com filtro de óleo)
4,7 L
Caixa da transmissão automática
5,0 L
Sistema de arrefecimento
7,1 L
Sistema de freio
1,029 L
Tanque de combustível
61,7 L
Sistema de ar condicionado
0,5 kg
Pressão dos pneus
Carga máxima
Pneus1)
P225/50 R18 SL 94W BW HW4
Dianteira
30
(210)2)
Pneu reserva1)
Carga máxima
T125/70D16 SL 96M BW
60 (420)2)
1)
2)
Traseira
30 (210)2)
Os dados referem-se a pneus frios. A pressão do pneu que aumenta na operação de condução não deve ser reduzida.
A primeira especificação está em psi e a segunda, entre parênteses, em kPa.
Especificações
245
RODAS
Rodas
Alumínio 18 x 7J
Pneus
P225/50 R18 SL 94W BW HW4
Pneu
3)
reserva3)
Roda de aço estampado 16 x 4.0T, com pneu T125/70D16 SL 96M BW
Em veículos equipados com pneu reserva diferente dos pneus de rodagem, recomenda-se não usá-lo em distâncias
superiores a 100 km nem incluí-lo nos rodízios, devido à diferença de desempenho. Tais diferenças não alteram as
condições de segurança do veículo.
246
Garantia
Garantia
Garantia
Certificado de garantia e Plano
de manutenção preventiva*
Leia com cuidado as instruções
incluídas nesta seção, pois se
relacionam diretamente à garantia do
veículo.
Exija da sua Concessionária
vendedora o preenchimento correto
e completo do Quadro de
Identificação localizado no final deste
Manual, uma vez que dos informes
nele registrados dependerá
o processamento da Garantia, em
suas várias fases.
Nesta seção se encontram as
definições das responsabilidades da
Concessionária vendedora e da
General Motors do Brasil Ltda. em
relação ao veículo adquirido; também
se encontram as responsabilidades
do comprador em relação ao uso e a
manutenção do veículo, para ter
direito à garantia oferecida.
Nesta seção, encontra-se o Quadro
de controle das revisões cobertas
pelo Plano de manutenção
preventiva. Após cada revisão,
a Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet deverá
carimbar, datar e assinar o quadro
correspondente. Certifique-se de que
o procedimento mencionado
anteriormente tenha sido executado
para poder comprovar, a qualquer
momento, que o veículo recebeu os
cuidados devidos.
Na seção "Serviços e Manutenção"
deste manual encontram-se os itens
a serem revisados, de acordo com
o Plano de manutenção preventiva,
assim como sua frequência.
Ao executar os serviços de
manutenção descritos nesta seção,
a Rede de Concessionárias ou
Oficinas Autorizadas Chevrolet
procederá como explicado no tópico
anterior.
Nesta seção, encontra-se o cupom
da 1ª revisão, a ser destacado
somente ao executar o serviço
Garantia
correspondente. Não aceite o manual
com as vias do cupom previamente
destacadas.
Plano de manutenção
preventiva*
Nas páginas da seção "Serviços
e Manutenção" deste Manual do
Proprietário, apresentamos um Plano
de manutenção preventiva, que
é oferecido como uma
recomendação para que
o proprietário possa conservar seu
veículo em perfeitas condições de
funcionamento.
Em relação à primeira revisão, leia
com cuidado as informações aqui
descritas sobre os itens e os serviços
não cobertos pela Garantia.
Esclarecemos que o Plano de
manutenção preventiva foi concebido
para um veículo utilizado em
condições normais de
funcionamento.
Para outras condições consideradas
severas, os intervalos entre as
revisões devem ser
proporcionalmente reduzidos, de
acordo com a frequência e a
intensidade do serviço severo ao qual
se submete o veículo. Sob condições
consideradas severas, é necessário
revisar, limpar e/ou trocar com mais
frequência os seguintes itens:
■ Óleo lubrificante do motor e filtro de
óleo.
■ Elemento do filtro de ar do motor
Por exemplo, as condições de
funcionamento a seguir são
consideradas severas:
■ Funcionamento constante em
tráfego urbano lento, com paradas
e partidas excessivas.
■ Serviços de táxi e similares.
■ Viagens frequentes de curta
distância, sem que o motor alcance
a temperatura de funcionamento
normal.
■ Viagens longas em estradas de
terra e/ou areia (estradas
irregulares, com areia ou lama
excessiva).
247
■ Funcionamento prolongado em
marcha lenta.
■ Quando o veículo permanece
parado por mais de dois dias com
frequência.
* O Plano de manutenção preventiva
se encontra discriminado neste
Manual do Proprietário, sendo aqui
mencionado em virtude de sua
vinculação com o processo de
garantia. Ressaltamos que este
Plano aplica-se a veículos que
trabalham em condições normais de
funcionamento. Veículos que
trabalham em condições severas
requerem uma redução proporcional
da quilometragem indicada.
Certificado de garantia
internacional
A General Motors do Brasil,
procurando sempre maneiras
melhores de servir seus clientes,
conta com um programa de cobertura
de garantia para alguns países da
América do Sul. Assim, se o veículo
248
Garantia
se encontrar ainda dentro do período
de garantia, a Rede de
Concessionárias dos países
participantes oferecerão serviços
sem nenhum custo.
Os países participantes deste
programa são Argentina, Paraguai
e Uruguai.
Para aproveitar os direitos da sua
garantia nos países mencionados
acima, todos os procedimentos
listados nas seções "Garantia
limitada do veículo novo" e "Visão
rápida da cobertura da garantia"
devem ser cumpridos.
As revisões de Manutenção
Preventiva devem ser executadas em
Concessionárias localizadas em
território brasileiro.
Garantia : De acordo com os termos
do respectivo certificado inserido
neste Manual.
e esclarecimento de dúvidas na
Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet.
Orientação : Na entrega de um
automóvel novo, sobre:
Garantia do veículo
Revisão de manutenção preventiva :
Uma delas é executada antes da
entrega do veículo e a outra
é executada no final do primeiro ano
de uso ou a 10.000 km (o que ocorrer
primeiro), sem nenhum custo para
o proprietário (à exceção dos itens
normais de desgaste - ver as
instruções em "Garantia limitada de
peças e acessórios"). A primeira
revisão especial será executada na
Rede de Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet, mediante
a apresentação do cupom
encontrado no final desta seção,
e respeitados os limites de
quilometragem indicados (veja as
instruções em "Garantia limitada do
veículo novo").
A Rede de Concessionárias ou
Oficinas Autorizadas Chevrolet
concede ao proprietário de um
veículo Chevrolet, os seguintes
direitos:
Assistência técnica : Na seção
"Informações ao cliente", no final
deste manual, encontra-se
o procedimento garantido para sua
satisfação em tratamento
A. Itens de responsabilidade do
proprietário, regras e termos da
garantia.
B. Manutenção preventiva.
C. Uso correto dos comandos, dos
indicadores e dos acessórios do
veículo.
Para adquirir estes direitos,
é necessário
1. Que a Concessionária vendedora
preencha corretamente a Nota
Fiscal de Venda, um documento
que concede a garantia oferecida
pela General Motors do Brasil
Ltda.
2. O preenchimento correto do
Quadro de identificação do
proprietário, que pode ser
encontrado no final deste manual.
Certifique-se de que
a Concessionária onde adquiriu
Garantia
seu veículo assine, date
e carimbe o Quadro para que
você tenha seus direitos
assegurados em qualquer
Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet.
Mensagem importante aos
proprietários…
Para poder usufruir da garantia
oferecida pela General Motors do
Brasil Ltda. para o veículo,
o proprietário deverá observar com
atenção as instruções aqui indicadas,
relativas à manutenção do veículo.
Durante a vigência desta garantia, as
revisões de manutenção preventiva
previstas no Plano de Manutenção
Preventiva contido neste Manual do
Proprietário deverão,
obrigatoriamente, ser executadas em
uma Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet.
Visão rápida da cobertura
da garantia
Não existem quaisquer garantias
com relação ao veículo adquirido,
expressas ou inferidas, declaradas
pela Concessionária na condição de
vendedora e prestadora de serviços,
ou pela General Motors do Brasil
Ltda., na condição de fabricante ou
importadora, a não ser aquelas
contra defeitos de material ou de
manufatura estabelecidas no
presente Termo de Garantia. Toda
e qualquer reclamação do comprador
quanto a falhas, defeitos e omissões
verificados no veículo, durante
a vigência desta garantia, somente
será atendida mediante
a apresentação da nota fiscal
respectiva emitida pela Rede de
Concessionárias, junto com o Manual
do Proprietário preenchido
corretamente, sendo estes os únicos
documentos competentes para
assegurar o atendimento, com
exclusão de qualquer outro.
249
A General Motors do Brasil Ltda.,
garante que cada veículo novo de
sua fabricação ou importação
e entregue ao primeiro comprador
por uma Concessionária Chevrolet,
incluindo todo o equipamento
e acessórios nele instalados na
fábrica, é isento de defeitos de
material ou de manufatura, em
condições normais de uso,
transferindo-se automaticamente
todos os direitos cobertos por esta
garantia, no caso de o veículo vir
a ser revendido, ao(s) proprietário(s)
subsequente(s), até o término do
prazo previsto neste termo.
A obrigação da General Motors do
Brasil Ltda. limita-se ao conserto ou
substituição de quaisquer peças que,
dentro do período normal da Garantia
a que aludem estes Termos,
conforme a discriminação observada
no tópico abaixo, sejam devolvidas
a uma Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet, em seu
estabelecimento comercial, e cuja
inspeção revele satisfatoriamente
a existência do defeito reclamado.
250
Garantia
O conserto ou substituição das peças
defeituosas, de acordo com esta
Garantia, será feito pela
Concessionária ou Oficina
Autorizada Chevrolet, sem débito das
peças e mão-de-obra por ela
empregadas.
A presente garantia inclui as
garantias legais e a garantia
contratual, e é concedida nas
seguintes situações:
A. 36 meses ao comprador, se
pessoa física ou jurídica, que use
o veículo como destinatário final,
à exceção daqueles que usem
o veículo para serviços de
transporte remunerado de
pessoas ou bens; e
B. 36 meses ou 100.000 km, o que
ocorrer primeiramente, ao
comprador, pessoa jurídica, que
use o veículo para seu próprio
negócio ou produção, ou ao
comprador, pessoa física, que
use o veículo em serviços de
transporte remunerados de
pessoas ou bens.
Os termos desta garantia não
se aplicam nos seguintes
casos:
■ A um veículo Chevrolet submetido
a uso incorreto, negligência ou
acidente;
■ A veículo reparado ou modificado
fora da Rede de Concessionárias
ou Oficinas Autorizadas Chevrolet,
de modo que, no julgamento do
fabricante, tenha seu desempenho
e sua segurança afetados
negativamente;
■ A serviço de manutenção regular
(como: ajuste do motor, limpeza do
sistema de combustível,
alinhamento da direção,
balanceamento das rodas e ajustes
dos freios e da embreagem);
■ Substituição de itens de
manutenção normal (como: velas
de ignição, filtros, correias,
escovas do alternador e do motor
de partida, discos e pastilhas de
freio, sistema da embreagem
(platô, discos e rolamentos),
buchas da suspensão,
amortecedores, rolamentos de uso
geral e vedadores), quando tal
reposição seja executada junto
com serviços de manutenção
regulares;
■ Desgaste normal de itens de
estofamentos e de guarnições,
devido a desgaste ou a exposição
a intempéries.
Esta garantia substitui
definitivamente quaisquer outras
garantias, expressas ou inferidas,
incluindo quaisquer garantias
implícitas quanto à comercialização
ou adequação do veículo para um fim
específico, e quaisquer outras
obrigações ou responsabilidade por
parte do fabricante.
A General Motors do Brasil Ltda.
reserva-se o direito de modificar as
especificações ou de introduzir
melhorias nos veículos, a qualquer
momento, sem incorrer na obrigação
de executar os mesmos
procedimentos para veículos
vendidos anteriormente.
Garantia
Garantia limitada do
veículo novo
1. Preparação antes da entrega:
Para certificar-se de obter
a máxima satisfação com
o veículo novo, a Concessionária
vendedora submeteu o veículo
a uma revisão de entrega
cuidadosa, de acordo com
o programa de inspeção de
veículos novos, como
recomendado pelo fabricante.
2. Identificação do proprietário:
O Quadro de identificação do
veículo e do proprietário, que
pode ser encontrado no final
deste manual, preenchido de
maneira correta e assinado pela
Concessionária vendedora,
é usado para apresentar
o proprietário à Rede de
Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas em todo o território
nacional e, junto com a Nota
Fiscal de Venda, emitida pela
Concessionária vendedora,
permite receber todos os serviços
indicados nestas regras.
3. Garantia: De acordo com os
termos da garantia indicados,
o proprietário receberá os
serviços cobertos pela garantia
na Rede de Concessionárias ou
Oficinas Autorizadas Chevrolet.
4. Primeira revisão (Especial) do
Plano de manutenção preventiva
relacionada a um ano de uso ou
10.000 km: O cupom
correspondente autoriza
o proprietário a receber todos os
serviços correspondentes, em
qualquer Concessionária ou
Oficina Autorizada Chevrolet,
apresentando o Manual do
proprietário. A 1ª revisão deve ser
executada dentro de 12 meses
a partir da data da venda ao
primeiro comprador, com uma
tolerância de 30 dias a mais ou
a menos, ou dentro da faixa de
9.000 a 11.000 km, o que ocorrer
primeiro. A mão-de-obra
é gratuita para o proprietário, que
é responsável somente pelos
custos relacionados aos itens de
251
desgaste normal (ver instruções
detalhadas em "Garantia limitada
de peças e acessórios").
5. É responsabilidade do
proprietário: proporcionar
manutenção apropriada para
o veículo, o que não somente
reduz os custos operacionais,
mas também ajuda a impedir mau
funcionamento devido
a negligência, que não é coberto
pela garantia. Assim, para
a própria proteção do proprietário,
procurar sempre a Rede de
Concessionárias ou as Oficinas
Autorizadas Chevrolet para
executar a revisão programada,
como descrito no Plano de
manutenção preventiva, porque
a garantia somente será aplicável
com a apresentação do Manual
do Proprietário, com todos os
quadros correspondentes das
revisões devidamente
preenchidos de maneira correta
e assinados pela Rede de
Concessionárias ou Oficinas
Autorizadas Chevrolet que
executar os serviços.
252
Garantia
Garantia limitada de peças
e acessórios
Itens e serviços não cobertos
pela Garantia
Para os itens previstos na primeira
revisão de Manutenção Preventiva,
a mão-de-obra de verificação
é gratuita, desde que seja executada
dentro do período de garantia ou da
quilometragem estipulada como
indicado nas regras da garantia,
à exceção das despesas, incluindo-se as de mão-de-obra, relacionadas
aos itens normais de desgaste,
danos e outras falhas de
funcionamento causados por
terceiros.
Os itens e os serviços contidos nesta
categoria são descritos abaixo:
■ Óleos e fluidos em geral
■ Filtros em geral
■ Serviços relacionados ao Plano de
manutenção preventiva
■ Vidros
Peças e componentes com
desgaste natural
Algumas peças podem sofrer
desgaste natural (em níveis
diferentes), de acordo com
a operação à qual se submete
o veículo, e são cobertas pela
garantia legal por um período de 90
dias em relação a defeitos de
fabricação, a partir da data da compra
do veículo. Em caso de defeito de
fabricação (após confirmação de que
não foram sujeitos a uso abusivo), as
peças serão substituídas. Em
qualquer outra situação,
a substituição seguirá a orientação
específica do fabricante, e todas as
despesas serão de responsabilidade
do proprietário.
São elas:
■ Buchas da suspensão
■ Sistema da embreagem (platô,
discos e rolamentos)
■ Discos de freio
■ Lonas e pastilhas de freio
■ Amortecedores
■ Rolamentos em geral
■
■
■
■
■
■
■
■
Vedadores em geral
Velas de ignição
Fusíveis
Lâmpadas
Palhetas dos limpadores dos vidros
Pneus
Correias
Escovas do alternador e motor de
partida.
Informações ao cliente
Informações ao
cliente
Informações ao cliente
Informações ao cliente .............. 253
SAC - Serviço de Atendimento
Chevrolet
Escritórios de assistência
ao cliente
É possível entrar em contato
diretamente com a General Motors
gratuitamente em qualquer lugar
dentro do país pelo telefone
253
0800-702-4200. Para agilizar
o atendimento do SAC, tenha em
mãos as seguintes informações:
■ Número de identificação do veículo
- VIN (número do chassi).
■ Nome da Concessionária ou
Oficina Autorizada Chevrolet que
atendeu o proprietário.
■ Data da venda e quilometragem
atual do veículo.
254
Informações ao cliente
Serviço de Assistência Chevrolet Road Service
Chevrolet Road Service
O Chevrolet Road Service é um
serviço de assistência por telefone,
exclusivo para clientes Chevrolet,
que auxilia 24 horas por dia, 7 dias
por semana, o ano inteiro (além de
sábados, domingos e feriados), em
caso de ocorrência de pane* ou
acidente* no veículo durante seu
período de garantia.
O Chevrolet Road Service é válido
em todo o território nacional e nos
países do Mercosul (Paraguai,
Uruguai e Argentina), e oferece os
seguintes serviços:
Em casos de pane: conserto no local,
reboque, automóvel de reserva,
transporte alternativo, alojamento,
retirada do veículo consertado, troca
de pneus, abertura da porta do
veículo e envio de mensagens.
Entende-se por pane* os defeitos de
fabricação de origem mecânica ou
elétrica que:
A. Não permitem a locomoção do
veículo por seus próprios meios
ou o uso do cinto de segurança;
B. Causam trincas e/ou quebras nos
vidros dos veículos e afetam seus
mecanismos de acionamento,
impedindo seu fechamento;
C. Não permitem o deslocamento
devido a falta de combustível não
decorrente de negligência do
proprietário.
Em casos de acidente: reboque
e transporte alternativo.
Entende-se por acidente* o impacto,
a colisão ou o capotamento no qual
o veículo se envolve direta ou
indiretamente e não consegue
movimentar-se por si mesmo.
Quando o cliente viaja no Mercosul,
tem à disposição os mesmos serviços
oferecidos pelo programa no Brasil,
com a vantagem de estar sob
a garantia de mão-de-obra e de
peças de reposição (de acordo com
o item Certificado de garantia
internacional), o que proporciona
mais tranquilidade e vantagens para
quem viaja a negócios ou como
turista.
Entrar em contato com a Central de
Atendimento do Chevrolet Road
Service no país onde a falha ocorrer
e solicitar o serviço em português ou
espanhol através dos telefones:
Brasil 0800-702-4200
Informações ao cliente
Argentina 0800-555-11-15
Uruguai 0800-1115
Paraguai 0010 ligação a cobrar
0054-11-478-81-115
Para obter mais detalhes, ver
o Manual de Condições Gerais do
programa, incluído no envelope de
informações gerais fornecido ao
proprietário do veículo Chevrolet.
O INFOCARD é um cartão fornecido
ao proprietário no momento da
entrega do veículo, que inclui as
informações sobre o VIN (número de
identificação do veículo) e o código
da chave.
Nível de ruído
Este veículo está em conformidade
com as Resoluções CONAMA 01/93,
08/93 e 272/00, e com a Instrução
Normativa do IBAMA n 28/02 sobre
controle da poluição sonora para
veículos automotores. Limite máximo
de ruído para fiscalização (com
o veículo parado):
Veículo
dB(A)
Motor 2.4l
78,4 a 4.000 rpm
É importante que todo o serviço de
manutenção seja executado de
acordo com o Plano de manutenção
preventiva para manter o veículo
dentro dos padrões antipoluentes.
255
256
Índice alfabético
A
Abastecimento do tanque .......... 164
Acessórios e modificações ........ 165
Aditivos para combustível .......... 163
Advertência de porta entreaberta 29
Ajuste de posição do volante 10, 71
Ajuste do apoio de cabeça ............ 8
Ajuste do banco ....................... 6, 42
Ajuste do espelho .......................... 8
Ajuste elétrico do banco .............. 44
Ajustes de volume ..................... 111
Alavanca seletora ...................... 151
Amaciamento de veículo novo . . 144
Ambiente de condução .............. 131
Antiofuscamento automático ....... 35
Apoio de braço ............................ 45
Apoios de cabeça ........................ 40
Aquecimento ................................ 44
Armazenamento do veículo ....... 168
B
Bancos traseiros .......................... 45
Bateria ....................................... 186
Bússola ........................................ 73
Buzina .................................... 14, 72
C
Caixa de fusíveis do
compartimento de carga ........ 203
Caixa de fusíveis do
compartimento do motor ........ 193
Caixa de fusíveis do painel de
instrumentos ........................... 198
Capacidades e especificações . . 244
Capô .......................................... 170
Centro de informações ao
motorista .................................. 88
Certificado de garantia
internacional ........................... 247
Chaves ........................................ 21
Cinto de segurança ....................... 8
Cinto de segurança de três
pontos ...................................... 48
Cintos de segurança ................... 46
Como conectar dispositivos
USB ........................................ 121
Como reproduzir um CD de
áudio ...................................... 117
Como reproduzir um CD MP3 ... 118
Como tocar arquivos de áudio
armazenados ......................... 121
Como usar os cintos de
segurança corretamente .......... 47
Como utilizar este manual ............. 3
Compartimento de carga ....... 30, 66
257
Comutador farol alto/baixo ........ 100
Condução em estradas
molhadas ................................ 138
Condução para maior economia
de combustível ....................... 132
Configurações de memória ......... 27
Configurações de tom ............... 110
Controle automático de
iluminação ................................ 99
Controle de iluminação do
painel de instrumentos ........... 103
Controle de um veículo ............. 133
Controle de velocidade de
cruzeiro .................................. 160
Controle eletrônico de
estabilidade ............................ 159
Controle remoto ........................... 22
Controles das luzes externas ...... 99
Controles do volante ................... 72
Conversor catalítico ................... 150
Cuidados com o cinto de
segurança ................................ 51
D
Dando a partida ......................... 147
Desembaçador do vidro traseiro . 38
Destravamento das portas ............ 6
Difusores de ar .......................... 129
Dimensões do veículo ............... 243
Direção ...................................... 134
Direção defensiva ...................... 133
Dirigir fora de estrada ................ 135
Dispositivo antifurto ................... 106
Dispositivos auxiliares ............... 115
Freio de estacionamento ........... 155
Freios ......................................... 183
Frenagem .................................. 133
E
Garantia ..................................... 246
Garantia do veículo ................... 248
Garantia limitada de peças
e acessórios ........................... 252
Garantia limitada do veículo
novo ....................................... 251
Escritórios de assistência ao
cliente ..................................... 253
Especificações do motor ........... 239
Espelhos aquecidos .................... 35
Espelhos elétricos ....................... 34
Espelhos escamoteáveis ............. 34
Estacionamento ......................... 148
Estacionar sobre materiais
combustíveis .......................... 148
Estradas em regiões
montanhosas ......................... 142
Extintor de incêndio ..................... 66
F
Faróis de neblina ....................... 102
Faróis halógenos ....................... 189
Ferramentas .............................. 207
Filtro de ar do motor/elemento . . 176
Fluido da transmissão
automática .............................. 175
Fluido de freios .......................... 185
Fluido do lavador ....................... 183
Fluídos e lubrificantes
recomendados ....................... 236
G
H
Hodômetro ................................... 78
Hodômetro parcial ....................... 78
I
Iluminação interna ....................... 12
Imobilizador ................................. 33
Indicador de condição do airbag
do passageiro .......................... 80
Indicador de marcha .................. 151
Indicador de nível de
combustível .............................. 79
Indicador de temperatura do
líquido de arrefecimento do
motor ........................................ 79
INFOCARD .................................. 22
Informação de serviço ............... 227
Informações gerais ............ 116, 121
258
Informações sobre disposição
de cargas no veículo ................ 67
Informações sobre emissões ..... 169
Inspeção dos pneus .................. 213
Introdução ...................................... 3
L
Lâmpada de advertência do
Sistema de freio ....................... 84
Lâmpada de advertência do
sistema de freio antiblocante
(ABS) ........................................ 84
Lâmpada do sistema de carga
da bateria ................................. 81
Lâmpada indicadora de falhas .... 82
Lampejador de farol alto ............ 101
Lembrete do cinto de segurança . 79
Levantamento do veículo .......... 167
Limpador/lavador do para-brisa. . . 73
Limpadores e lavadores dos
vidros ........................................ 15
Limpeza externa ........................ 223
Limpeza interna ......................... 225
Líquido de arrefecimento do
motor ...................................... 177
Listas de favoritos ...................... 112
Luz da placa de licença ............. 190
Luz de advertência de
temperatura do líquido de
arrefecimento do motor ............ 86
Luzes de advertência,
medidores e indicadores .......... 77
Luzes de leitura ......................... 103
Luzes do para-sol ...................... 104
Luzes do teto ............................. 103
Luzes externas ............................ 13
Luzes indicadoras dos
sinalizadores de direção .......... 87
Luzes internas ........................... 190
Luz indicadora de faróis altos
ligados ...................................... 87
Luz indicadora de pressão de
óleo do motor ........................... 86
Luz indicadora do airbag ............. 80
Luz indicadora do controle de
velocidade cruzeiro .................. 87
M
Manutenção preventiva ............. 231
Mensagem importante aos
proprietários… ........................ 249
Mensagens do veículo ................ 89
Modo manual ............................. 152
N
Nível de ruído ............................ 255
Número de identificação do
veículo (VIN) .......................... 238
O
Óleo do motor ............................ 173
Operação ................................... 108
Operação regular do ar
condicionado .......................... 130
P
Para-sóis ..................................... 39
Partida do motor .......................... 18
Partida do motor com cabos
auxiliares ................................ 220
Partida remota do motor .............. 25
Perigo, atenção e cuidado ............. 4
Personalização do veículo .......... 94
Peso do veículo ......................... 242
Pneu reserva ............................. 219
Porta-copos ................................. 64
Porta-luvas .................................. 64
Porta-objetos dianteiro ................ 65
Porta-objetos do console central . 65
Porta-objetos do painel de
instrumentos ............................. 64
Posição do banco ........................ 41
Posições da ignição .................. 145
Pressão dos pneus .................... 244
Proteção de energia da bateria . 104
Q
Quadro de informações do
veículo ........................................ 3
259
R
Reboque do veículo .................. 222
Recepção de rádio .................... 114
Relógio ........................................ 74
Revisão ...................................... 130
Rodas e pneus .......................... 207
Rodízio dos pneus ..................... 213
S
Se o veículo atolar ..................... 143
Serviço de Assistência Chevrolet Road Service ......... 254
Sinalizador de advertência
(pisca-alerta) .......................... 101
Sinalizadores de direção ........... 101
Sintonia de estação ................... 112
Sistema automático de
ventilação e ar condicionado . 124
Sistema central de travamento .... 28
Sistema de airbag ........................ 51
Sistema de airbag de cortina ....... 57
Sistema de airbag dianteiro ......... 55
Sistema de airbag lateral ............. 57
Sistema de controle de tração ... 157
Sistema de controle de tração
e controle eletrônico de
estabilidade .............................. 85
Sistema de dados do rádio
(RDS) ..................................... 114
Sistema de escapamento .......... 149
Sistema de freios antiblocantes
(ABS) ...................................... 154
Sistema de monitoramento da
pressão do pneu .................... 209
Sistema de monitoramento da
pressão dos pneus ............. 20, 86
Sistema de proteção infantil . . 58, 63
Sistema de proteção infantil
ISOFIX ..................................... 62
Sistema de travamento antifurto . 31
Sistema de ventilação e ar
condicionado ............................ 16
Substituição da palheta do
limpador ................................. 188
Substituição de lâmpadas ......... 189
Superaquecimento do motor ..... 181
T
Tacômetro ................................... 78
Tomadas elétricas ....................... 75
Trabalhando no veículo ............. 170
Transmissão ................................ 17
Transmissão automática ........... 151
Travamento temporizado ............. 29
Travas automáticas de portas ..... 29
Travas das portas ........................ 27
Travas de segurança ................... 29
Triângulo de segurança ............... 66
Troca de pneu ........................... 215
U
Uso ............................................ 116
V
Velocímetro ................................. 78
Vidros .......................................... 36
Vidros elétricos ............................ 36
Visão geral ................................. 107
Visão geral do painel de
instrumentos ....................... 12, 71
Visão rápida da cobertura da
garantia .................................. 249
Vista geral do compartimento do
motor ...................................... 173
Volume da campainha de aviso . . 77
260
Quadro de controle das revisões_190x127mm_com sangria.fm Page 1 Tuesday, August 11, 2009 4:45 PM
Black process 45,0° 240,0 LPI
Quadro de controle das revisões_190x127mm_com sangria.fm Page 2 Tuesday, August 11, 2009 4:45 PM
Black process 45,0° 240,0 LPI
Quadro de controle das revisões_190x127mm_com sangria.fm Page 3 Tuesday, August 11, 2009 4:45 PM
Black process 45,0° 240,0 LPI
Quadro de controle das revisões_190x127mm_com sangria.fm Page 4 Tuesday, August 11, 2009 4:45 PM
Black process 45,0° 240,0 LPI
Quadro de controle das revisões_190x127mm_com sangria.fm Page 5 Tuesday, August 11, 2009 4:45 PM
Black process 45,0° 240,0 LPI
Quadro de controle das revisões_190x127mm_com sangria.fm Page 6 Tuesday, August 11, 2009 4:45 PM
Black process 45,0° 240,0 LPI
Quadro de controle das revisões_190x127mm_com sangria.fm Page 7 Tuesday, August 11, 2009 4:45 PM
Black process 45,0° 240,0 LPI
Quadro de controle das revisões_190x127mm_com sangria.fm Page 8 Tuesday, August 11, 2009 4:45 PM
Black process 45,0° 240,0 LPI
Quadro de controle das revisões_190x127mm_com sangria.fm Page 9 Tuesday, August 11, 2009 4:45 PM
Black process 45,0° 240,0 LPI
Quadro de controle das revisões_190x127mm_com sangria.fm Page 10 Tuesday, August 11, 2009 4:45 PM
Black process 45,0° 240,0 LPI
Was this manual useful for you? yes no
Thank you for your participation!

* Your assessment is very important for improving the work of artificial intelligence, which forms the content of this project

Download PDF

advertisement