RAUVISIO brilhante

RAUVISIO brilhante
RAUVISIO BRILHANTE
INFORMAÇÕES TÉCNICAS 002600 PT
Válido a partir de 01.07.2013
Sujeito a alterações técnicas sem aviso prévio
www.rehau.com.br
Construção
Automotiva
Indústria
ÍNDICE
1 . . . . . . Orientações gerais . . . . . . . . . . . . . . . .3
8 . . . . . . Após o processamento da placa prensada . . . .10
2. .
2.1 .
2.2 .
2.3 .
9 . . . . . . Proteção /Acabamento final . . . . . . . . . . . .11
. . . . Descrição do produto . . . . . . . . . . . . . .
. . . . Vantagens do material . . . . . . . . . . . . .
. . . . Segurança no local de trabalho e descarte . .
. . . . Comportamento na queima . . . . . . . . . .
.
.
.
.
.4
.4
.4
.4
10 . . . . . .Ficha técnica RAUVISIO brilhante . . . . . . . . .12
11 . . . . . .Particularidades . . . . . . . . . . . . . . . . . .14
3 . . . . . . Instruções de segurança . . . . . . . . . . . . .5
12 . . . . . Instruções de montagem . . . . . . . . . . . . .15
4. .
4.1 .
4.2 .
4.3 .
. . . . Transporte, embalagem e armazenamento . .
. . . . Transporte . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . Embalagem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
. . . . Armazenamento do laminado e da placa prensada
.6
.6
.6
.6
5. .
5.1 .
5.2 .
5.3 .
5.4 .
.
.
.
.
.
. . .
. . .
. . .
. . .
. .
.7
.7
.7
.7
.7
6. .
6.1 .
6.2 .
6.3 .
6.4 .
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
. . Antes do processamento . . . . . . . . . .
. . Verificação de danos causados no transporte .
. . Inspeção dos laminados . . . . . . . . . . .
. . Acondicionamento . . . . . . . . . . . . . .
. . Documentos para a garantia do material . . .
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.8
.8
.8
.8
.8
7. .
7.1 .
7.2 .
7.3 .
.
.
.
.
. . . Processamento RAUVISIO brilhante . . . . .
. . . Preparação dos laminados e do substrato . . .
. . . Processamento mecânico da placa prensada .
. . . Deformação térmica do RAUVISIO brilhante . . .
.
.
.
.
.
.
.
.
.9
.9
.9
.9
2
Pré-requisitos para o processamento .
Substrato . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Adesivo . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Contra-capa . . . . . . . . . . . . . . . .
Fita de borda . . . . . . . . . . .
. . .
. . .
. . .
. . .
. .
13 . . . . . Instruções de utilização e manutenção
para o usuário final . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .16
1
ORIENTAÇÕES GERAIS
Para a montagem e a utilização de RAUVISIO brilhante devem ser
consultadas as nossas informações técnicas atuais. A documentação
atualizada deve ser obtida junto ao seu distribuidor competente, seu
escritório de vendas REHAU ou para download em
www.rehau.com/br_pt/design_para_moveis/rauvisio_superficies.
Aviso os nossos parceiros comerciais e clientes que prensam
laminados de alto brilho RAUVISIO brilhante e revendem as placas já
prensadas: Os seus clientes devem ser informados da necessidade
de seguir as informações técnicas atuais e as mesmas devem ser
fornecidas aos seus clientes.
Aviso para os processadores de painéis laminados prensados de alto
brilho: Certifique-se que as instruções de montagem (cap. 12) e as
instruções de utilização e manutenção (cap. 13) sejam fornecidas
aos seus clientes, as empresas transformadoras e empresas
montadoras.
As instruções de utilização e manutenção deverão ser fornecidas
aos consumidores finais pelos senhores ou pelos seus clientes.
Nossas informações técnicas baseiam-se em valores laboratoriais
e experiências até a data da publicação. A divulgação dessas
informações não inclui qualquer garantia das características dos
produtos descritos. A mesma não implica em qualquer garantia
expressa ou implícita.
As informações não isentam o usuário/comprador de sua obrigação
de avaliar a adequação deste material e o correto processamento
dos mesmos para atingir os resultados desejados em termos de
objetivo e aplicação.
As nossas informações técnicas são constantemente atualizadas
e, consequentemente, as publicações anteriores perdem a sua
validade.
3
2
DESCRIÇÃO DO PRODUTO
RAUVISIO brilhante é um material polimérico co-extrudado de multicamadas, fabricado a partir do acrilonitrilo-butadieno-estireno (ABS)
e polimetacrilato de metila (PMMA).
A combinação de material de 0,8 mm de espessura confere ao
RAUVISIO brilhante uma elevada força de tensão e cria, em conjunto
com um substrato de madeira, uma superfície espelhada.
O material durável e de alta qualidade impressiona pelo alto grau de
brilho e pelo respectivo visual espelhado.
2.1
Vantagens do material
RAUVISIO brilhante possui as seguintes vantagens:
- Alto brilho
- Resistente à luz
- Higiênico
- Resistente à àgua
- Termoformável
- Não poroso
- Bom processamento do material semelhante ao
processamento de corte e furação da madeira
- Alta força de tensão
2.2
Segurança do local de trabalho e descarte
RAUVISIO brilhante é um co-extrudado de ABS e PMMA ecológico.
Código de descarte conforme regulamento da lista de resíduos:
- 170203/Serviços de construção e demolição de madeira, vidro e
plástico.
- 120105/Resíduos de moldagem mecânica, bem como tratamento
físico e mecânico de superfícies de metais e plásticos (aparas e
rebarbas de plástico).
- O pó não é tóxico. A concentração de pó deverá ser minimizada
através de medidas de segurança apropriadas, tais como sistema de
exaustão apropriado ou máscara contra pó.
- O pó de RAUVISIO brilhante não representa nenhum risco
específico de explosão.
4
2.3
Comportamento na queima
Devido a sua composição de ABS e PMMA, RAUVISIO brilhante
apresenta um comportamento favorável à queima conforme a DIN
4102-B2 e é classificado como normalmente inflamável. No caso
de queima, nenhuma substância tóxica, como metais pesados ou
halogênios, é liberada. As técnicas de combate ao incêndio utilizadas
são as mesmas dos materiais que contém madeira.
3
INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA
As instruções e recomendações aqui especificadas não isentam o
processador de observar estritamente todos os regulamentos de
segurança e do meio ambiente, bem como os regulamentos da
inspeção do trabalho e da associação dos profissionais, porque eles
sempre têm prioridade.
As normativas de segurança da cola utilizada devem ser observadas
e rigorosamente cumpridas.
Materiais complementares como p.ex., produtos de limpeza que
contém álcool e outros materiais facilmente inflamáveis devem ser
armazenados em locais seguros e ventilados.
Equipamento de segurança, como luvas, óculos de proteção,
protetor auricular e máscara contra pó sempre devem ser utilizados.
5
4
TRANSPORTE, EMBALAGEM E ARMAZENAMENTO
4.1Transporte
4.3
As instruções de transporte e carregamento a seguir devem ser
observadas. Os pallets devem ser descarregados após a entrega por
meio de empilhadeiras ou equipamentos semelhantes.
Caso não exista o equipamento adequado, o descarregamento dos
laminados poderá ser realizado manualmente. Ao descarregar os
laminados manualmente, os mesmos não devem ser sujados e
não podem sofrer nenhum esforço mecânico (torcidos, enrolados,
dobrados) que possa danificá-los. Além disso, ao efetuar o
descarregamento manual devem ser utilizadas luvas de proteção
para evitar cortes devido a eventuais bordas cortantes.
Para evitar uma sobrecarga térmica do sistema laminado-adesivo,
não devem ser expostas a temperaturas superiores a 60°C durante
o transporte. Com alta carga térmica podem ocorrer interações entre
o adesivo e o laminado de alto brilho, que têm como consequência
a formação de efeito de casca de laranja/ondulação, prejudicando a
aparência espelhada.
Para evitar deformação ou torção, as placas laminadas de RAUVISIO
brilhante devem ser armazenadas horizontalmente, apoiadas em
local plano e nivelado.
Todos os materiais que serão colados entre si devem ser
aclimatizados por tempo suficiente e não podem apresentar
diferenças de temperatura.
O armazenamento logo após a colagem deve ser realizado em
ambientes aquecidos e fechados. A temperatura de armazenamento
não pode exceder os 60°C.
4.2Embalagem
As bordas e o laminado do RAUVISIO brilhante processado devem
ser absolutamente protegidas. Neste caso, recomenda-se proteger
as superfícies através manta de proteção. Isso impede que durante
o empilhamento dos componentes a pressão deixe marcas de
impurezas no laminado.
6
Armazenamento do laminado e da placa prensada
5
PRÉ-REQUISITOS PARA O PROCESSAMENTO
5.1Substrato
5.3Contra-capa
Os substratos para RAUVISIO brilhante podem ser de madeira,
placas colméia ou de material composto. Para garantir uma alta
qualidade de superfície, é imprescindível que a escolha do material
do substrato esteja de acordo com a utilização pretendida.
A estrutura superficial do substrato é fundamental para um bom
acabamento. Uma estrutura superficial fina é o pré-requisito para
obter uma superfície harmoniosa e de alta qualidade.
Neste caso, uma placa de MDF é recomendada como substrato. Ela
possui textura superficial muito fina, da qual são extraídas apenas
fibras menores durante o processamento (serrar, fresar, furar,
colar). Em placa de aglomerado de madeira, OSB ou de madeira
compensada, a extração de fibras é muito maior e, assim, existe
o perigo, que estas extrações/sujeiras penetrem no laminado,
causando “deformações” de superfície.
Para garantir a funcionalidade do sistema, para manter uma
estabilidade de forma em função de influências de temperatura
e umidade, é necessário o uso de uma contra-capa, que
garantirá a estabilidade do sistema mesmo com as variações
climáticas existentes. Uma instalação simétrica é ideal para evitar
empenamento do sistema. Porém, nem sempre é possível realizar
a instalação de forma simétrica. Por esta razão também podem
ser utilizados outros materiais como contra-capa. Dependendo dos
requisitos, materiais como CPL (Coninuous Pressing Laminates) ou
PS (Poliestireno) têm-se mostrado adequados.
Em soluções específicas existe a necessidade de ensaios dos
componentes, para tornar o conjunto todo apto. A utilização da
contra-capa escolhida deve ser individualmente discutida com
o departamento técnico da REHAU. Contate o escritório local da
REHAU para esta finalidade.
5.4
Para uma ótica de superfície de alta qualidade recomenda-se um
substrato de MDF.
5.2Adesivo
Além da escolha do substrato, a escolha do adesivo adequado
também é importante para a funcionalidade do sistema. Nos últimos
anos, os Hotmelts-PU reativos de um componente obtiveram bons
resultados. Estes adesivos são facilmente aplicados à placa, ou seja,
ao substrato por meio de rolos ou bicos pulverizadores. Geralmente
um curto período de pressão garante a adesão forte já no primeiro
contato. Os adesivos Hotmelt reagem com a umidade do ar/umidade
do material e a temperatura.
Fita de Borda
Para obter uma união perfeita da superfície RAUVISIO brilhante com
a borda recomenda-se a utilização da fita de borda RAUKANTEX. Os
melhores resultados, em termos óticos, são alcançados através da
utilização da RAUKANTEX laser edge. Através de camada funcional
tingida da fita laser, não há nenhuma emenda oticamente aparente.
A linha de fitas de borda RAUKANTEX pode ser fornecida em
conformidade com a superfície nos materiais ABS (acrilonitrilobutadieno-estireno) ou PMMA (polimetacrilato de metilo).
Assim é possível obter peças com uma ótica livre de emendas,
especialmente com o uso das fitas de PMMA laser edge que podem
ser polidas.
Uma adesão de aproximadamente 80 % é alcançada após algumas
horas e a adesão completa da junta de colagem em no máximo 7
dias.
7
6
6.1
ANTES DO PROCESSAMENTO
Verificação de danos causados no transporte
- A embalagem de transporte do material deve ser inspecionada
imediatamente após a chegada do material quanto a possíveis
danos causados.
6.3Acondicionamento
RAUVISIO brilhante e todos os outros materiais a serem utilizados
como substrato, adesivo, contra-capa ou fita de borda devem ser
acondicionados em temperatura ambiente (pelo menos 18 °C) e por
um período de tempo adequado.
- Na existência de danos, a embalagem deve ser aberta na presença
do transportador e a mercadoria deve ser inspecionada para verificar
eventuais danos.
Utilização somente após acondicionamento adequado
- Estes danos devem ser documentados e o motorista da
transportadora deve assinar o documento. O documento deve
conter o nome da transportadora, o nome do motorista, a data e a
assinatura do motorista.
- A transportadora deve ser notificada sobre os danos dentro de um
prazo de até 24 horas.
Caso os passos acima não sejam realizados, seguro do
transportador não se responsabilizará!
mportante observar que, principalmente nos meses mais frios, a
climatização de todos os laminados/substrato deve ser assegurada.
Em casos onde a climatização dos laminados localizados no meio
da pilha não seja adequada, devido ao tamanho da pilha no pallet, o
período de permanência deve ser ajustado.
6.4
Documentos para a garantia do material
A nota de entrega da mercadoria deve ser guardada para eventuais
verificações.
6.2
Inspeção dos laminados
- Danos externos, como p. ex. arranhões ou cortes
- Danos na superfície
- Tensão superficial no verso
- Uniformidade da cor dentro do mesmo lote
Ao agrupar diferentes laminados em um pedido, é necessário
garantir que apenas laminados do mesmo lote de produção sejam
utilizados. A uniformidade da cor deve ser avaliada à luz do dia (não
à luz do sol) e eventuais diferenças devem ser confirmadas com um
colorímetro. É essencial verificar a compatibilidade de cor durante o
processamento de laminados com diferentes números de lotes de
produção.
8
7
7.1
PROCESSAMENTO RAUVISIO BRILHANTE
Preparação dos laminados e do substrato
RAUVISIO brilhante possui um pré-tratamento de Corona na
superfície inferior de ABS. Este pré-tratamento garante uma boa
ancoragem do laminado ao adesivo. Através da superfície altamente
reticulada é garantida uma boa adesão. A reticulosidade pode
ser determinada pela utilização de tinta de ensaio. A medição é
feita através da tensão superficial que é indicada na unidade de
medida mN/m que é utilizada para esta determinação. Neste caso,
a tensão superficial deve ser sempre >38 mN/m. Comprovou-se
que a tensão superficial diminui com o decorrer do tempo, portanto,
recomendamos que os laminados sejam utilizados dentro do prazo
de um ano.
Caso a tensão superficial seja inferior a 38 mN/m, a superfície
inferior de ABS deve ser submetida a um novo tratamento. Isso pode
ser feito submetendo o fundo a um tratamento por chamas, corona
e por plasma ou pela aplicação de primer.
O laminado e o substrato devem passar por uma estação de
limpeza antes de serem colados. É importante que não permaneçam
impurezas na superfície superior e inferior do laminado após a
limpeza. Impurezas remanescentes podem deixar marcas durante o
processo de laminação que serão visíveis somente após a remoção
da película de proteção.
7.2
7.3
Deformação térmica do RAUVISIO brilhante
Como qualquer material termoplástico, RAUVISIO brilhante pode ser
deformado pela influência da temperatura. É importante observar
que não existam temperaturas elevadas aplicadas ao material. Isto
acaba refletindo diretamente na qualidade da superfície. Quando
a aplicação de temperatura é muito baixa, podem ocorrer fissuras
provocadas por tensão ou tensões superficiais, que poderão se
dissipar posteriormente, causando rachaduras.
Por este motivo a deformação térmica é uma característica muito
sensível, na qual o processo de produção tem que ser muito bem
ajustado com o laminado.
Processamento mecânico da placa prensada
Serrar/Fresar/Furar
Para um corte manual do laminado, pode-se usar um estilete, com
o qual a película de proteção é cortada e a superfície de PMMA é
marcada. Em seguida o laminado pode ser quebrado ao longo da
linha do corte, dobrando o por cima de uma borda.
RAUVISIO brilhante pode ser trabalhado com a maioria das
ferramentas de carpintaria convencionais. Para garantir um trabalho
de precisão é importante garantir que as ferramentas estejam
afiadas e as máquinas perfeitamente ajustadas.
Os dados de ajuste ideais da máquina devem ser determinados por
meio de amostragem antes de iniciar a produção em série.
Na utilização de decores metálicos deve ser assegurado que todas
as peças sejam formatadas no mesmo sentido de orientação da
placa prensada, seguindo a direção do logotipo RAUVISIO brilhante
impresso na película de proteção.
9
8
APÓS O PROCESSAMENTO DA PLACA PRENSADA
Antes de realizar um transporte do material processado, deve ser
respeitado um tempo de descanso / tempo de cura de no mín. 24
horas.
Para realizar processos posteriores no painel, é importante levar em
consideração as condições climáticas do local e características do
adesivo. Para tal poderá ser consultada a ficha técnica do adesivo.
Ao separar/armazenar os componentes, a superfície dos mesmos
deve ser protegida por meio de uma manta protetora ou similar para
evitar que eventuais impurezas fiquem impregnadas na superfície
durante o empilhamento.
10
9
PROTEÇÃO/ACABAMENTO FINAL
A superfície de RAUVISIO brilhante continua sensível após a
remoção da película de proteção, mas endurece, sob efeito das
condições ambientais, dentro de alguns dias.
Recomendamos a impermeabilização da superfície com o kit de
polimento da REHAU. A aplicação do kit de polimento confere um
toque suave e macio, selando a superfície e tornando ela mais
resistente a esforço mecânico/riscos.
A aplicação deve ser feita com a esponja de polimento e deve
formar uma película uniforme. Logo em seguida, o excesso de
selante pode ser removido com um pano de microfibra. É importante
que não haja nenhuma impureza na superfície, na esponja de
polimento ou no pano de microfibra uma vez que estas impurezas
podem riscar a superfície.
11
10
FICHA TÉCNICA RAUVISIO BRILHANTE
RAUVISIO brilhante é um laminado de alto brilho, composto por uma
camada de ABS e PMMA co-extrudadas. O laminado de alto brilho
é concebido para superfícies verticais em ambientes internos. A
superfície superior de PMMA, altamente brilhante, é protegida por
uma película de proteção de PE, a qual somente deve ser removida
no local da instalação.
Características do produto
Critério de ensaio
medidas
Espessura do laminado
Largura do laminado
Comprimento do laminado
Desvio angular
Padrão do ensaio
Especificação
Tolerância /valor limite
Conforme desenho técnico com base
na DIN 438-2
Conforme desenho técnico com base
na DIN 438-2
Conforme desenho técnico com base
na DIN 438-2
Conforme desenho técnico com base
na DIN 438-2
0,8 [mm]
± 0,05 [mm]
1300 [mm]
± 2,0 [mm]
2800 / 4100 [mm]
+ 5 [mm]
90°
± 5 [mm]
Caracterísiticas óticas
Cor
Resistência à luz
Grau de brilho superfície
Falhas da superfície
Nenhuma alteração significativa em
comparação com a amostra original;
características de cobertura uniforme
De acordo com DIN EN ISO 4892-2,
Método B
Duração do ensaio: conforme DIN EN ISO
105 B01-B06
Avaliação da amostra: conforme
DIN EN ISO 105 A02
Avaliação conforme escala azul
Escala 7
Avaliação conforme escala cinza
≥ 85 GLE
Distância da avaliação visual 0,5 m
≥ escala 4
Ensaio por meio de tinta de ensaio
DIN 68861/T1
DIN 68861/T7
DIN 68861/T8
DIN 438-2
DIN 68861/T4
DIN 68861/T4
≥ 44 mN/m na entrega
1A
Grupo de esforço no mínimo. 7 D
Grupo de esforço no mínimo 8 B
Grau 5
Classe 4E
Classe 4D
≥ 38 mN/m na colagem
1 A (fora 14, 15, 20 + 21)
Sem alterção a 70 °C
Sem alteração a 70 °C
DIN EN ISO 1183-1 (05.04)
DIN 4102/1
Resíduo de incineração conforme método
de ensaio
1,06 g/cm3
B2
≤1%
Conforme método de ensaio REHAU
com base na DIN EN 438-2
Falhas da superfície não
podem impactar óticamente
Características da superfície
Tensão superficial do lado de adesão
Resistência a materiais químicos
Comportamento em calor seco
Comportamento em calor úmido
Comportamento em vapor de água
Resistência a riscos
Resistência a riscos após a selagem Versiegelung
Características do material
Densidade
Comportamento na queima
Pureza de material/resíduos sólidos
12
Ficha técnica contra-capa RAUVISIO brilhante
A contra-capa é composta por um processo de extrusão de
poliestireno e é fornecido nas cores combinando com o laminado
RAUVISIO brilhante e possui uma leve textura superficial. A contracapa é concebida para a parte de trás do substrato, aplicados em
superfícies verticais de móveis para ambientes internos.
Características do produto
Critério de ensaio
Medidas
Espessura do laminado
Largura do laminado
Comprimento do laminado
Desvio angular
Padrão do ensaio
Especificação
Tolerância /valor limite
Conforme desenho técnico com base
na DIN 438-2
Conforme desenho técnico com base
na DIN 438-2
Conforme desenho técnico com base
na DIN 438-2
Conforme desenho técnico com base
na DIN 438-2
0,8 [mm]
± 0,05 [mm]
1300 [mm]
± 2,0 [mm]
2800 [mm]
+ 5 [mm]
90°
+ 5 [mm]
Caracterísiticas óticas
Cor
Falhas da superfície
Sem alteração significativa em
comparação com a amostra original;
características de cobertura uniforme
Com base na DIN EN 438-2
Distância da avaliação visual 0,5 m
Falhas da superfície não
podem impactar óticamente
Ensaio por meio de tinta de ensaio
DIN 68861/T7
DIN 68861/T8
DIN 438-2
DIN 68861/T4
≥ 44 mN/m na entrega
Grupo de esforço no mín. 7 D
Grupo de esforço no mín. 8 B
Grau 5
Classe 4F
≥ 38 mN/m na colagem
Sem alteração a 80 °C
Sem alteração a 75 °C
DIN 4102/1
Resíduo de incineração conforme método
de ensaio
B2
≤1%
Características da superfície
Tensão superficial do lado de adesão
Comportamento em calor seco
Comportamento em calor úmido
Comportamento em vapor de água
Resistência a riscos
Características do material
Comportamento na queima
Pureza de material/resíduos sólidos
13
11
PARTICULARIDADES
A direção da montagem de todas as peças dos decores metálicos
deve coincidir com o logotipo / a direção da seta da película de
proteção. Se um dos elementos for montado girado, a aparência
ótica pode ser alterada devido ao posicionamento das partículas
metálicas.
14
12
INSTRUÇÕES DE MONTAGEM
1. Os laminados e os elementos já prensados devem ser
transportados somente no pallet original.
2. Os pallets sempre devem ser descarregados pela lateral de
forma centralizada.
3. Os laminados e os elementos já prensados sempre devem ser
armazenados no pallet original.
4. Os laminados e os elementos já prensados não devem ser
armazenados ao ar livre ou em ambientes úmidos.
5. Os laminados e os elementos já prensados devem ser
armazenados de acordo com o local de instalação e não devem ser
expostos a forte irradiação de raios UV para evitar alterações da cor.
6. Antes da montagem, os elementos já prensados devem ser
aclimatizados por no mínimo 24 horas em temperatura ambiente
(no mínimo 18°C). Com temperaturas na entrega abaixo de 0°C,
os elementos devem ser aclimatizados de todos os lados, por pelo
menos 48 horas.
7. Nenhum objeto deve ser colocado em cima das placas e dos
elementos já prensados, uma vez que isso pode danifica-los.
8. RAUVISIO brilhante é apropriado para a aplicação vertical de
superfícies de móveis para ambientes internos. Aplicações especiais
devem ser verificadas através de consulta ao fabricante.
9. Todos os materiais e componentes devem ser inspecionados por
danos ou deficiências antes da utilização/montagem.
10. O armazenamento temporário antes da instalação deve ser
feito na embalagem original e em ambientes fechados e protegidos
contra gelo.
11. Bases de suporte devem ser alinhadas de forma plana e vertical
e devem ser unidas sem possibilidade de deslocamento.
12. A montagem e processamento das peças devem ser feitos
isenta de tensão para prevenir rachaduras.
13. Bordas desprotegidas nas juntas de canto dos substrato
derivados de madeira não devem ter contato com umidade antes da
montagem.
14. Todas as bordas recortadas dos substratos de madeira e as
bordas das placas devem ser seladas.
15. Todas as perfurações em substratos de madeira devem ser
impermeabilizadas durante a montagem.
16. A superfície não pode ser manipulada com ferramentas.
17. A superfície não pode ser limpa com solventes fortes, produtos
de limpeza especiais (p.ex., produtos de limpeza de ralos, produtos
de limpeza industriais, detergentes abrasivos ou panos de limpeza
abrasivos) e substâncias químicas fortes.
18. A remoção de sujeira pesada pode provocar riscos, por este
motivo os lugares sujos devem ser cuidadosamente limpos com um
pano de microfibra.
19. Não pisar em cima de superfícies aplicadas com RAUVISIO
brilhante ou sobre o laminado bruto.
20. A montagem somente pode ser feita em posição vertical e em
ambientes internos.
15
13
INSTRUÇÕES DE UTILIZAÇÃO E MANUTENÇÃO
PARA O USUÁRIO FINAL
Queremos parabenizá-lo pela escolha desse material de superfície
de acrílico não poroso e de alta qualidade.
RAUVISIO brilhante é aconchegante e termicamente agradável e
possui um excelente efeito de profundidade.
RAUVISIO brilhante é resistente a grande parte dos produtos
utilizados pelos consumidores finais. A exposição prolongada a
substâncias agressivas pode manchar ou danificar o material.
A tabela abaixo contém os métodos de ensaio e seu tempo de
exposição:
Substância ensaiada
1. Ácido acético
2. Ácido cítrico
3. Amoníaco
4. Álcool etílico
5. Vinho tinto
6. Cerveja
7. Coca-cola
8. Café
9. Chá preto
10. Suco de grosélha preta
Johannisbeersaft
11. Leite evaporado
12. Água
13. Gasolina
14. Acetona
15. Etilo-acetato de butilo
16. Manteiga
17. Azeite de oliva
18. Mostarda
19. Cebola
20. Desinfetantes
21. Tinta preta de caneta
22. Tinta de carimbo
23. Produtos de limpeza
24. Soluções de limpeza
Classe de resistência 1 A
D
A
16 h
5
16 h
5
16 h
5
16 h
5
16 h
5
16 h
5
16 h
5
16 h
5
16 h
5
16 h
5
16 h
5
16 h
5
16 h
5
16 h
1
16 h
1
16 h
5
16 h
5
16 h
5
16 h
5
16 h
3-4
16 h
2
16 h
5
16 h
5
16 h
5
D = Tempo de exposição
A = Esforço como código de classificação conforme DIN EN
12720:2009-07
16
Avaliação conforme DIN EN 12720 (07/2009)
5
Sem alteração
A área ensaiada não difere da área adjacente
4
Leve alteração
A área ensaiada somente difere da área adjacente quando a luz é
refletida na superfície p.ex., alterações de cor e brilho, descoloração.
Sem alteração da estrutura da superfície, p.ex., inchaço, formação de
bolhas, fissuras e levantamento de fibras.
3
Alteração moderada
A área ensaiada difere da área adjacente, quando vista de diversos
ângulos, p.ex., alterações de cor ou brilho, descoloração.
Nenhuma alteração da estrutura da superfície, p.ex., inchamento,
levantamento de fibras, formação de bolhas, fissuras.
2
Alteração significativa
A área ensaiada difere claramente da área adjacente, visível em
todos os ângulos, p.ex., descoloração, alterações da cor ou do brilho
e/ou alteração leve da estrutura da superfície, p.ex., inchamento,
levantamento de fibras, formação de bolhas, fissuras.
1
Alteração acentuada
Alteração acentuada da estrutura da superfície e/ou descoloração,
alteração da cor e do brilho e/ou o material da superfície soltou parcialou completamente e/ou o papel de filtro adere na superfície.
A superfície não deve ser limpa com produtos de limpeza abrasivos
ou que contém álcool uma vez que os mesmos podem danifica-la.
A remoção de sujeira pesada deve ser feita com um pano macio
(pano de microfibra) e água com sabão. A posterior aplicação do
selante da REHAU poderá valorizar ainda mais o visual da superfície.
Este impermeabilizante especialmente concebido melhora a textura
e protege a superfície durante a utilização diária, de modo que você
apreciará a sua exclusiva superfície de alto brilho por muito tempo.
ANOTAÇÕES
17
ANOTAÇÕES
18
ANOTAÇÕES
19
A PARCEIRA IDEAL EM QUALQUER DESAFIO
Fundada em 1948, na Alemanha, a REHAU desenvolve e comercializa produtos, sistemas e módulos a partir de termoplástico
e elastômeros, contribuindo para a solução de problemas técnicos em qualquer tipo de projeto. Presente em mais de 170 locais
do mundo, é uma empresa que atua em praticamente todos os setores, como indústria automobilística, engenharia, obras
publicas e civis, tecnologia médica, indústria de mobiliário e muitos outros.
A REHAU aplica todos os processos usuais na transformação de polímeros – extrusão, injeção, moldagem térmica e método de
sopro – e ainda oferece todas as possibilidades para acabamentos de superfícies e para produção e elaboração de produtos,
incluindo todo o processo de engenharia. Conheça a REHAU, seja um parceiro e conte com o apoio de quem é especialista
em superar desafios.
Recife
Mirassol Belo Horizonte
Arapongas
Cotia
Caxias
do Sul
REHAU no Mundo
REHAU no Brasil
Este documento tem direitos de autoria reservados. Todos os direitos daí resultantes, especialmente o de tradução, impressão posterior, utilização de imagens, transmissão via rádio, reprodução
fotomecânica ou similares e gravação encontram-se igualmente reservados. Nossas recomendações verbal e escrita relacionadas às aplicações técnicas são baseadas em experiência concretas e
estão corretas de acordo com o nosso conhecimento, porém feitas sem obrigação. A utilização dos produtos REHAU em condições fora do nosso controle ou aplicações diferenciadas das especificadas
nos libera de qualquer obrigação referente a reclamações de nossos produtos. Recomendamos que seja verificado se o produto REHAU é apropriado para o tipo de aplicação a ser realizada. Utilização
e processos dos nosso produtos que estejam fora de nosso controle são exclusivamente de responsabilidade do usuário. Em qualquer evento em que a responsabilidade civil/financeira não seja
considerada, a compensação será limitada ao valor da mercadoria fornecida pela REHAU e usada pelo consumidor. Nossa garantia assume qualidade consistente dos produtos de acordo com a nossa
especificação e de acordo com as condições gerais de venda.
https://www.facebook.com/rehaubrasil
www.rehau.com.br
https://twitter.com/rehaubrasil
https://www.youtube.com/rehaubrasil
Construção
Automotiva
Indústria
Was this manual useful for you? yes no
Thank you for your participation!

* Your assessment is very important for improving the work of artificial intelligence, which forms the content of this project

Download PDF

advertisement