Zanussi ZCM960NX, ZCG960GX User manual

Zanussi ZCM960NX, ZCG960GX User manual
Instruções de
uso e
instalação
Fogões a gás
e mistos
Bem-vindo ao mundo Electrolux
Obrigado por ter escolhido adquirir um produto de primeira classe da Electrolux,
que esperamos lhe traga muito prazer no futuro.
A ambição da Electrolux é oferecer uma vasta variedade de produtos de
qualidade que tornem a sua vida ainda mais confortável.
Pode encontrar alguns exemplos na capa deste manual.
Tire alguns minutos para estudar este manual para que possa começar a tirar
partido dos benefícios do seu novo aparelho.
Nós prometemos que lhe irá proporcionar uma experiência superior e confortante
como utilizador.
Boa sorte!
índice
Para o Utilizador
Para a sua segurança...........................................................................................3
Comportamentos a ter na primeira utilização........................................................6
Plano de cozedura...............................................................................................7
Forno a gás ..................................................................................................... 11
Forno eléctrico .....................................................................................................12
Contaminutos ............................................................................................................13
Alguns conselhos para a utilização do forno .................................................... 14
Tabela de cozedura................................................................................... 15
Limpeza e Manutenção ................................................................................... 16
O que se deve fazer, caso o aparelho não funcione .........................................19
Garantia/Assistência Técnica ........................................................................... 28
Para o Instalador
Características técnicas...............................................................................................21
Instruções para o Instalador.............................................................................. 22
Ligação ao gás ................................................................................................ 23
Adaptação aos diversos tipos de gás .............................................................. 25
Ligação eléctrica ............................................................................................. 27
2
Guia para uso do Manual de Instruções
Instruções de Segurança
Dicas e Conselhos
Instruções de Operação
Passo a Passo
Informações Ambientais
Esta máquina marcada CE cumpre as
Directivas CEE:
• 2006/95 - 90/683 (sobre o material électrico destinado a ser utilizado
com determinados limites de tensão);
• 89/336 (sobre a Compatibilidade Electromagnética);
• 90/396 (sobre o Directiva por máquinas a gas);
• 93/68 (sobre o Directiva general); e sucessivas mudanças.
Para a sua segurança
É importante que este manual de instruções seja conservado junto ao aparelho para
futuras consultas. Caso o aparelho seja vendido ou transferido para uma outra
pessoa, assegura-se que o manual também vai, de forma a que o novo utente possa
ser posto ao corrente do funcionamento do aparelho e suas advertências.
AS ADVERTÊNCIAS FORAM REDIGIDAS PARA SUA SEGURANÇA E PARA
SEGURANÇA DOS OUTROS. PEDIMOS-LHE POR ISSO, QUE VOLTE A LÊ-LAS
AT E N TA M E N T E A N T E S D E I N S TA L A R E U T I L I Z A R O A PA R E L H O .
Instalação
• O manual fornece as indicações
adequadas sobre a instalação, o uso, a
manutenção, e ainda outros conselhos
úteis.
• O trabalho de instalação deve ser
executado por instaladores
competentes e qualificados segundo as
normas em vigor.
• Qualquer modificação que se torne
necessária na montagem do aparelho
numa casa, deve ser executada por
pessoal competente.
• É perigoso modificar, ou tentar modificar,
as características deste aparelho.
Crianças
• Este aparelho foi projectado para ser
utilizado por adultos.
Por isso, tenha em atenção que as
crianças não se aproximem para brincar.
• ATENÇÃO: as partes accessíveis tornamse muito quentes quando o grill está a
funcionar. Conservar fora
do alcance das crianças.
• Durante a cozedura no forno ou na grelha,
o aparelho sofre um certo aquecimento
na porta do forno e partes adjacentes. É
necessário vigiar as crianças, para que
estas não se aproximem para brincar.
3
• É necessário vigiar as crianças, durante
todo o tempo de utilização e
arrefecimento, a fim de que não toquem
nas superfícies do fogão.
Durante a utilização
• A utilização deste aparelho é muito
•
•
•
•
•
•
•
•
4
simples. No entanto, a fim de obter os
melhores resultados, deve ler-se
atentamente este manual, bem como
seguir todas as suas instruções antes da
primeira utilização.
Este aparelho foi concebido para cozer
alimentos e não deve ser empregue para
outros fins.
Não devem ser colocados quer nos bicos,
quer no disco, panelas instáveis ou
deformadas, a fim de evitar acidentes em
que estas se virem ou se entornem.
Vigiar atentamente a cozedura com óleos
e outras gorduras.
A utilização de un aparelho de cozedura
a gás produz calor
e humidade no local onde foi instalado.
É preciso certificar-se de existåncia de
um bom arejamento do local, mantendo
abertos os orifícíos de ventilação natural
ou instalando uma capa de aspiração com
saída para escoamento.
Depois de ter sido apagado o lume, os
fervedores, as placas, as grelhas e
frigideiras mantêm-se quentes durante
muito tempo.
Ao ligar os electrodomésticos a uma tomada
perto do forno, assegure-se de que o fio
não toca nas zonas que
estão quentes, e que não fica entalado na
porta do forno.
Se o aparelho estiver apetrechado com
uma tampa, esta serve para proteger o
fogão do pó quando está fechado, e
receber os salpicos de gordura quando
está aberto.
Não se deve usar para outros fins.
Limpar sempre a tampa antes de a fechar
ou retirar. Deixar arrefecer os bicos e o
disco eléctrico antes de a fechar.
• Tenha em atenção para que os
manípulos fiquem sempre na posição «
» o « » quando o aparelho não estiver a
funcionar.
• Coloque sempre o tabuleiro, quando utilizar
a grelha. Deite um pouco de água no
tabuleiro para evitar que as gorduras, ao
se queimarem, exalem maus cheiros.
• Use sempre pegas para tirar o tabuleiro.
• Os acessórios (grelha e tabuleiros) devem
ser lavados antes de ser utilizados pela
primeira vez.
• Tenha cuidado ao usar produtos de spray:
nunca coloque o spray sobre a resistência
e o termóstato. Caso, ao colocar os
alimentos ou ao tirá-los, cair, por exemplo,
óleo, limpe o forno antes de iniciar a próxima
cozedura. Assim, evita fumos
desagradáveis e evita que as substâncias
entornadas se incendeiem.
• Assegure-se que há circulação de ar à volta
do aparelho a gás.
• Uma oxigenação escassa dá origem à
carência de oxigénio. Em caso de dúvida,
consulte o instalador.
• Por motivos de higiene e segurança deve
manter o aparelho sempre limpo. Resíduos
de gordura ou de outros alimentos podem
incendiar-se.
• Evite instalar o fogão próximo de materiais
inflamáveis (cortinas).
• O gás utilizado deve ser o que vem indicado
na etiqueta colada perto do tubo de ligação
ao gás.
• O forno a gás aquece com o movimento
do ar. Os orifícios que estão na base do
forno nunca devem estar obstruídos.
• Não revista as paredes do forno com
alumínio, sobretudo, as partes de baixo.
• O aparelho é pesado, coloque-o com
cuidado.
• Antes da manutenção ou limpeza desligueo e deixe-o arrefecer.
• A fim de facilitar o acendimento, acenda o
bico antes de colocar a panela. Ao acender
o bico, ou o forno, verifique se a chama é
regular. Reduza ou apague a chama antes
de tirar a panela.
• Assegure-se que a grelha do forno está
colocada correctamente.
• As partes que podem ser limpas, devem
sê-lo apenas com água e sabão (veja as
instruções de limpeza).
• Só pode colocar no forno elementos que
sejam resistentes ao calor. Não utilizar
materiais inflamáveis.
Para a segurança de terceiros
• A utilização do aparelho não é permitida
a pessoas (incluindo crianças) com
capacidades físicas, sensoriais ou
mentais reduzidas, ou com falta de
experiência ou conhecimentos, a
menos que tenham recebido instruções
relativas ao uso do aparelho por parte
de pessoas responsáveis pela sua
segurança.
• Esteja atento às crianças pequenas e
certifique-se de que não brincam com
o aparelho.
contacte o Departamento na sua localidade,
o seu serviço de eliminação de desperdícios
domésticos ou a loja onde adquiriu o
produto.
Assistência
• Caso hajam peças danificadas, dirija-se
ao Centro de Assistência Técnica
autorizado e exija a sua substituição.
• Caso seja necessária alguma reparação,
não tente fazêlo
você mesmo. As reparações efectuadas
por pessoas não competentes podem
causar danos. Contacte o Centro de
Assistência mais próximo e aplique
apenas peças
de origem.
Estas instruções são válidas apenas
nos países de destinação cujos símbolos
aparecem no livreto e no aparelho.
Ambiente
• Todo o material utilizado para o transporte
e embalagem do aparelho deve ser deitado
fora cuidadosamente.
• Os aparelhos danificados não devem ser
utilizados. Em caso de problema ou
qualquer avaria, a corrente deve ser
desligada no disjuntor.
• O símbolo
no produto, ou nos
documentos que acompanham o produto,
indica que este aparelho não pode receber
um tratamento semelhante ao de um
desperdício doméstico. Pelo contrário,
deverá ser depositado no respectivo centro
de recolha para a reciclagem de
equipamento eléctrico e electrónico.
• A eliminação deverá ser efectuada em
conformidade com as normas ambientais
locais para a eliminação de desperdícios.
• Para obter informações mais detalhadas
sobre o tratamento, a recuperação e a
reciclagem deste produto,
5
Comportamentos a ter na primeira utilização
Retire todos os materiais de
embalagem do seu novo fogão,
bem como as etiquetas
publicitárias e as eventuais
películas de protecção. Lave os
acessórios antes de os utilizar pela
primeira vez.
Todos os materiais usados são
compatíveis com o meio ambiente
e recicláveis. Dê o seu contributo
para a conservação do meio
ambiente, utilizando os respectivos
contentores de recolha
diferenciada.
O forno
Quando utilizar o aparelho pela primeira
vez, é aconselhável aquecer o forno em
vazio para eliminar o fumo e eventuais
odores desagradáveis provocados pelo
isolamento térmico e pelos resíduos de
fabrico.
1. Levante a tampa (se disponível)
do fogão;
2. Ligue o forno (de acordo com as
instruções relativas ao seu
modelo), regule a temperatura para
o máximo e deixe-o aquecer em
vazio durante cerca de 45 minutos;
3. Areje o ambiente durante toda a
operação.
No final, deixe arrefecer o forno e limpe-o
com um pano macio, água quente e um
detergente suave.
6
Placas eléctricas
Na primeira utilização, é sempre
aconselhável aquecer a placa eléctrica na
regulação máxima durante cerca de 10
minutos colocando na placa um recipiente
com água para eliminar eventuais odores
desagradáveis provocados pelo isolamento
térmico e pelos resíduos de fabrico.
Em seguida, coloque o comando da placa
na posição de mínimo e deixe a placa a
funcionar durante 20 minutos. Areje o
ambiente durante toda a operação.
Passados 30 minutos, deixe arrefecer a
placa, limpe-a com água quente e enxuguea com um pano macio.
Plano de cozedura
Os manípulos de funcionamento dos bicos
de gás do plano de cozedura estão
colocados no painel de comando.
nenhuma irigação de gaz
màxima irigação de gaz
mìnima irigação de gaz
Se após várias tentativas o queimador não
se acende, é preciso verificar se as tampas
(Fig.1C -"A") e os espalhadores ("B") estão
colocados correctamente.
Para interromper a alimentação de gás,
rodar o manípulo no sentido dos ponteiros
do relógio naté à posição « ».
Fig. 1A
Acendimiento de placa dos
queimadores
Para obter mais facilmente a
chama, ligue o forno antes de
colocar um recipiente na grelha.
O dispositivo de ligação não deve
ser accionado durante mais de 15
segundos. Se, após 15 segundos,
o queimador não se acender,
interrompa o accionamento do
dispositivo e aguarde pelo menos
um minuto antes de tentar de novo.
No caso de uma casual extinção
das chamas do queimador, fechar
o botão de comando e não tentar
acender senão depois de pelo
menos 1m.
Acendimento manual
Escolha o queimador que pretende de
acordo com o indicador de referência
colocado junto dos botões (fig. 1A).
Carregue completamente no botão do
queimador seleccionado (fig. 1B) e rodeo para a esquerda até ao símbolo de
“potência máxima”.
Verifique se a chama está regulada e
rode o botão até obter a intensidade
desejada.
Fig. 1B
Ligação automática com botão
Escolha o queimador que pretende de
acordo com o indicador de referência
colocado junto dos botões (fig. 1A).
Prima o botão identificado com uma
pequena faísca
.
Ao mesmo tempo, carregue
completamente no botão correspondente
ao queimador pretendido e rode-o para
a esquerda até ao símbolo de “potência
máxima”.
Certifique-se de que a chama está
regular e rode o botão até obter a
intensidade pretendida.
7
Se após várias tentativas o queimador não
se acende, é preciso verificar se as tampas
(Fig.1C -"A") e os espalhadores ("B") estão
colocados correctamente.
Para interromper a alimentação de gás,
rodar o manípulo no sentido dos ponteiros
do relógio naté à posição « ».
Queimador
Rápido, S/rápido,Auxiliar
A
B
C
D
Modelos com termopar de
segurança
Depois de acender a chama, mantenha o
botão premido durante cerca de 10-15
segundos; este tempo é necessário para
desactivar as válvulas de segurança que,
de outra forma, impediria a libertação do
gás.
Se após várias tentativas o queimador não
se acende, é preciso verificar se as tampas
(Fig.1C -"A") e os espalhadores ("B") estão
colocados correctamente.
Para interromper a alimentação de gás,
rodar o manípulo no sentido dos ponteiros
do relógio naté à posição «
».
Baixar ou apagar a chama
antes de retirar a panela.
Queimador coroa tripla (fig. 1C).
Queimador coroa tripla
A1
A
B
C
D
Fig. 1C
A - Tampas do bico
A1 - Tampas do bico cenral
B - Espalhadores
C - Acendedor
(apenas em alguns modelos)
D - Termopar
(apenas em alguns modelos)
8
Recomenda-se que o mesmo seja
aceso antes de se colocar o tacho
ou, se o tacho já estiver colocado,
acender o queimador no mínimo.
Se após várias tentativas o queimador não
se acende, é preciso verificar se as tampas
e os espalhadores estão colocados
correctamente (fig. 1C).
Utilização
Quadro dos diâmetros Mín. e Máx. dos
recipientes apenas de fundo liso que podem
ser colocados sobre osqueimadores.
Queimador
Rápido
S/rápido
Auxiliar
Coroa tripla
Diâm.
Diâm.
240
160
120
240
260
180
140
260
min.
max
É também aconselhável cobrir o recipiente
que vai ser aquecido não apenas ao
começar a ferver , mas durante o
aquecimento, reduza a chama até ao ponto
em que consegue manter a ebulição.
Quando utilizar recipientes com
diâmetro superior à 50 mm. sobre o
queimador auxiliar, colocar o
suporte especial panelas, como
indicado na Fig. 4.
Se utilizar uma caçarola mais pequena
do que o tamanho recomendado, a
chama espalha-se para além do fundo
da caçarola, provocando o
sobreaquecimento da pega.
Assim que um líquido começar a ferver,
reduza a chama para mantêlo numa
fervura lenta.
Recipientes para cozinhar
Deve ter-se em conta que um recipiente
largo possui uma maior superfície de
contacto com o calor, e é por isso que
cozinha mais depressa do que um estreito.
Use sempre recipientes com medidas
adaptadas àquilo que vai cozer. Sobretudo,
veja se os recipientes não são demasiado
pequenos para cozinhados com líquidos
porque estes podem facilmente entornarse. Além disso, verifique também, se não
são demasiado grandes para utilizar numa
cozedura rápida; na parte do fundo que
fica descoberta, as gorduras e as sujidades
incendiarse-ão mais facilmente.
Para os doces usar de preferência modelos
em chapa cobertos. Um modelo aberto
deixa passar o sumo da fruta e o açúcar,
os quais, ao cairem no fundo do forno,
colam-se, tornando-se difícil tirá-los de lá.
Evitar meter no forno caçarolas com asas
de plástico, já que estas, nem sempre
resistem ao calor.
Para obter do bico o rendimento máximo
poupando gás, aconselha-se a utilização
de panelas com um diâmetro igual ou
superior ao do bico / disco eléctrico utilizado
(Fig. 3 - 6).
SI
Fig. 3
SI
NO
Fig. 4
9
Disco eléctrico
Os manípulos do disco eléctrico (fig. 5)
podem ser regulados segundo as
necessidades, vão da posição 6
(máximo calor) até à posição 1 (mínimo
calor). Para que o disco dure mais, e para
um melhor aproveitamento da energia
eléctrica aconselha-se:
- use só panelas de fundo plano e de
diâmetro igual ou superior ao disco
(fig. 6);
- evitar que os líquidos a ferver se
entornem das panelas para a placa;
- nunca deixe o disco ligado sem uma
panela, nem use panelas esburacadas.
Durante as cozeduras em que são
utilizadas gorduras ou óleos, vigie
atentamente os seus cozinhados,
já que estas substâncias, quando
atingem temperaturas elevadas,
podem incendiar-se.
0
5
2
Fig. 5
Escolha a placa que pretende de acordo
com o indicador de referência colocado
junto dos botões.
3
4
Placa da frente
diâmetro 145
Placa traseira
diâmetro 180
0
0
4
6
6
5
2
2
5
1
1
3
4
10
3
6
1
Fig. 6
Forno a gás
Cozinhar sempre com a porta
fechada.
Ignição manual
1. Abra a porta do forno.
2. Aproxime uma chama do orifício no
fundo da cavidade do forno como
mostra o diagrama (fig 6A).
3. Ao mesmo tempo, prima o botão de
comando do forno a gás e rode-o
para a esquerda até atingir a
temperatura máxima.
O forno a gás e o grelhador eléctrico
não devem ser utilizados em
simultâneo. A ignição do queimador a
gás do forno impede o funcionamento
do botão de comando do grelhador
eléctrico.
Ligação automática com botão
ax
5
m
20
235
Depois de acender a chama, mantenha
premido o botão durante cerca de 10-15
segundos; este tempo é necessário para
desactivar a válvula de segurança que, de
outra forma, impediria a libertação do gás.
175
Modelos com termopar de segurança
Fig. 6A
6
150
1. Abra a porta do forno.
2. Prima o botão de comando do forno a
gás ( fig. 7) e rode-o para a esquerda
até atingir a temperatura máxima.
3. Ao mesmo tempo, prima o botão
identificado por uma pequena
faísca
.
A chama acende-se automaticamente.
Fig. 7
Se, na primeira tentativa, o forno não
permanecer aceso, repita a operação depois
de deixar a porta do forno aberta durante
pelo menos 1 minuto.
Depois de ligado, regule a chama conforme
necessário.
Se o queimador do forno se apagar
acidentalmente, rode o botão
de comando do forno a gás para
a posição Off "
" e aguarde pelo
menos um minuto antes de tentar
acender novamente o queimador.
11
Grelhador eléctrico
O forno a gás está também equipado com
um grelhador eléctrico, que emite um
intenso calor só por cima.
Para utilizar o grelhador, rode o botão do
forno para o símbolo do grelhador
(fig. 7) e o botão do termóstato para
200ºC (fig. 7A). O indicador luminoso
vermelho no painel de comandos acendese para indicar o funcionamento do
grelhador.
AVISO:
O grelhador deve ser usado com a porta
do forno fechada.
Durante a cozedura com forno
ou grelha, para evitar
aquecimentos, ter sempre aberta
a tampa do aparelho.
Quando o forno ou o grelhador
e s t i v e r e m e m u s o , pa r t e s
acessíveis podem ficar muito
quentes, é necessário manter as
crianças bem afastadas do
aparelho.
Forno eléctrico
Cozinhar sempre com a porta
fechada.
Selector das Funções do Forno
(fig. 12).
0
Forno desligado
Luce forno
Grelha tradicional
Forno con sistema tradicional
Aquecimento inferior
Selector do termostato do forno
(fig. 13)
Rodando o selector do termostato no
sentido horário, poderá seleccionar as
temperaturas desejadas, de 50ºC a 250ºC
(MAX).
0
Tecla de ligação da luz do
forno
.
(apenas disponível em alguns modelos)
Permite acender a luz no interior do forno.
100
0
100
20
0
150
150
Fig. 13
12
max
Fig. 7A
20
max
50
50
Fig. 12
Indicador luminoso do
termostato (°C)
Assim que a temperatura do forno seja
seleccionada, o indicador luminoso acendese e manterse-à aceso até a temperatura
pretendida no interior do forno ter sido
atingida, após o que passará a acender-se
intermitentemente mostrando que a
temperatura está a ser mantida.
Durante a cozedura com forno
ou grelha, para evitar
aquecimentos, ter sempre aberta
a tampa do aparelho.
F
L
Fig. 14
A
G
Contaminutos
Alguns modelos estão equipados com um
contaminutos. O contaminutos pode ser
regulado por um período máximo de uma
hora. O manipulo de regulação deve ser
rodado no sentído dos ponteiros do relógio
até à posição de 60 minutos e depois no
sentido contrário até ao tempo desejado.
Percorrido o tempo estabelecido intervém
um sinal acústico que se interrompe
automaticamente.
O contaminutos no momento do sinal
acústico, não interrompe o funcionamento
do forno.
5
0
55
50
45
40
Quando o forno ou o grelhador
e s t i v e r e m e m u s o , pa r t e s
acessíveis podem ficar muito
quentes, é necessário manter as
crianças bem afastadas do
aparelho.
M
10
Trata-se de uma função indicada para cozer
a partir de baixo, aquecer alimentos ou
esterilizar frascos de vidro. Além disso serve
para cozer alimentos que necessitam de um
tipo de cozedura demorada e lenta, como
por exemplo, alimentos que devem ser
cozidos em caçarola. Esta função pode ser
usada com uma regulação de temperatura
entre 50 e max.
15
Ligação de baixo
20
Funcionam a resistência inferior e a
resistência superior do forno.
Esta é a cozedura tradicional, óptima para
assar pernis, carnes de caça, ideal para
biscoitos, maçãs assadas e para tornar os
alimentos muito crocantes.
Obtém-se bons resultados para as cozedu­
ras feitas sobre uma prateleira com
regulação da temperatura de 50 a max °C.
25
Convecção natural
Uso do espeto rotativo
- Enfie a galinha ou os pedaços de carne
para assar no espeto L, assegure-se
que está esta segura entre os dois garfos
F (fig. 14)
- Coloque o suporte G dentro do forno
(fig. 14)
- Coloque o tabuleiro de recolha de molhos
com alguma água por baixo do espeto
rotativo, na posição mais à baixo.
- Quando estiver a retirar o espeto, segure
no punho do forno e retire o suporte G.
O espeto rotativo pode ser ligado rodando
o botão no sentido dos ponteiros do relógio
na posição
ou, de acordo com os
modelos, pressione o botão assinalado
com o símbolo
.
30
Nesta posição liga-se a resistência do grill
que utiliza raios infravermelhos. Serve para
grelhar ou gratinar pratos tradicionais.
Ponha o termóstato entre 180 : 200 como
valor de temperatura máxima.
35
Ligação do grill total
Fig. 16
13
Alguns conselhos para a utilização do forno
Cozinhar sempre com a porta
fechada.
Este horno está provisto de níveis para
colocar as grelhas ou o tabuleiro
(Fig. 18).
Preste atenção ao colocar e remover
a grelha e o tabuleiro colector de
pingos do forno, para não danificar
as partes esmaltadas do forno.
Este forno está equipado com um sistema
de cozedura exclusivo, que gera uma
circulação natural do ar e a recuperação
contínua dos vapores de cozedura. Isto
permite cozinhar num ambiente
constantemente húmido,
mantendo os alimentos tenros no interior e
estaladiços no exterior. Além disso, os
tempos de cozedura e os consumos de
energia são reduzidos ao mínimo. Durante
a cozedura, pode ser gerado vapor, que é
libertado aquando da abertura da porta.
Este fenómeno é natural.
No momento da abertura da porta
do forno, durante a fase de
cozedura ou no final da mesma,
tenha atenção ao fluxo de ar
quente que é libertado do forno.
Quando os alimentos são aquecidos,
geram vapor, da mesma forma que
uma cafeteira com água. Quando o
vapor entra em contacto com o vidro
da porta do forno, condensa-se e
produz gotas de água.
Para reduzir a condensação, préaquecer sempre o forno vazío
durante 10 minutos.
Aconselhamos que limpe a
condensação produzida após a
cozedura dos alimentos.
14
níveis
5
4
3
2
1
Fig. 18
Não coloque os acessórios para o
forno directamente na base do forno.
Preste atenção quando cozinhar com
óleos e/ou gorduras, para que não
aqueçam mais que o necessário, pois
este tipo de alimentos pode provocar
incêndios. Pela mesma razão ainda,
assegure-se que quando retirar ou colocar
alimentos no interior do forno, estes não
vertam gorduras e/ou óleos para o fundo
do mesmo. Caso isso aconteça, limpe
cuidadosamente o forno para evitar
odores e fumos desagradáveis.
Conselhos prácticos para cozinhar
Peixe e Carne
Pode colocar carne em recipientes
resistentes ao calor, bem como
directamente na grelha do forno. Neste
caso, lembre-se sempre de colocar o
tabuleiro por baixo, na primeira posição a
contar da base (Ver Fig. 18A), e verta
alguma água no mesmo. Este tabuleiro
evitará o derrame de gorduras no fundo do
forno.
Carnes brancas, aves e peixe no geral,
necessitam de uma temperatura média de
cozedura (entre 165 e 180ºC).
Se desejar cozinhar carne vermelha
(ligeiramente tostada na superfície e
pouco cozida no interior), deverá utilizar
uma temperatura mais alta (entre 200 e
230ºC).
Recomendamos no entanto, um período
de tempo de cozedura mais curto.
Conselhos prácticos para Pastelaria
Em geral a pastelaria requer uma
temperatura moderada, normalmente entre
os 160º e 200ºC.
É recomendado para bolos e pão um
aquecimento prévio do forno de 10 minutos,
aproximadamente. Mantenha a porta do
forno fechada desde que inicia a cozedura
até ao seu final, e controle o processo de
cozedura através do vidro da porta do forno.
Conselhos prácticos para Grelhar
Se desejar grelhar carne ou peixe, coloque
os alimentos directamente sobre a grelha,
após terem sido devidamente untados com
óleo. Na função de grelhador, o calor
provém apenas da resistência superior do
forno. Consequentemente, deverá ajustar
o nível de cozedura, tendo em consideração
a espessura da peça de carne ou peixe.
Coloque sempre o tabuleiro na posição
inferior, com um pouco de água no mesmo.
TABELA DE COZEDURA
Os tempos de cozedura indicados não incluem o pré-aquecimento.
É necessário pré-aquecer o forno de 10 minutos.
Posição da
Grelha
Temp. do
Forno ºC
2
240 - 250°C
170 - 180°C
3
Alimentos
Tempo de
Cozedura
Pizza - Gratinados
Pão – Peixe
30 min.
50 min
250°C
Frango
60 min
3
185°C
Torta de maçã
90 min
3
175°C
3
230 - 240°C
4
180 - 200°C
Pão espanhol
Borrego – porco
Pargo – Lasanha
Soufflè – Pudins
4
210 - 230°C
4
170°C
Bolachas
25 min
4
250°C
Hambúrgueres
32 min
5
165 - 180°C
Merengues - Bolos
40 min.
45 min.
Pombo - Faisão
Tortas – Massa tenra
Vitela
Legumes – Fogaça
40 min
60 min.
90 min.
35 min.
65 min.
30 min.
80 min.
NOTAS:
Para a cozedura de bolos, é aconselhável colocar as formas ou tabuleiros no centro da
grelha.
Depois de terminar a cozedura, desligue o forno e aguarde 5 minutos antes de retirar o
recipiente do forno.
No caso de bolos, bolachas, choux e fogaças, é aconselhável utilizar um tabuleiro de
alumínio.
15
Limpeza e Manutenção
Antes de qualquer operação
desligar o aparelho da
electricidade.
Este equipamento não pode ser
limpo com vapor ou com uma
máquina de limpeza a vapor.
Limpeza da placa
Os pingos dos molhos, os salpicos, os sumos
das frutas, etc. devem ser limpos
imediatamente com um pano húmido. Se
ficarem durante muito tempo podem
provocar a perda de brilho do esmalte.
Para fazer desaparecer as manchas do
esmalte, utilize detergentes normais em pó
que sejam ligeiramente abrasivos. Não utilize
palha de aço nem facas para tirar as
incrustações. Para a limpeza diária utilize
água e detergente, ou então, um dos muitos
produtos que existem no mercado.
As grelhas inox dos bicos podem ser
esfregadas ligeiramente com uma palha de
aço com sabão.
Lave as grelhas esmaltadas com água e
detergente; estas, podem também ser
lavadas na máquina de lavar louça. Tire as
coberturas e os espalhadores e lave-os
cuidadosamente com água quente e
detergente. Sequeos bem antes de os
recolocar.
Assegure-se de que estão bem encaixados.
A placa dos bicos pode ser esfregada com
uma palha de aço ou um pó ligeiramente
abrasivo.
Nos fogões com isqueiro automático limpeo periodicamente, com cuidado, a fim de
evitar dificuldades de acendimento. Além
disso, verifique se os buracos dos
espalhadores não estão obstruídos.
Limpeza do fogão
Os pingos dos molhos, os salpicos, os sumos
das frutas, etc. devem ser limpos
imediatamente com um pano húmido. Se
ficarem durante muito tempo podem
provocar a perda de brilho do esmalte.
16
Para fazer desaparecer as manchas do
esmalte, utilize detergentes normais em
pó que sejam ligeiramente abrasivos. Não
utilize palha de aço nem facas para tirar
as incrustações. Para a limpeza diária
utilize água e detergente, ou então, um
dos muitos produtos que existem no
mercado.
As grelhas inox dos bicos podem ser
esfregadas ligeiramente com uma palha
de aço com sabão.
Lave as grelhas esmaltadas com água e
detergente; estas, podem também ser
lavadas na máquina de lavar louça. Tire
as coberturas e os espalhadores e laveos cuidadosamente com água quente e
detergente. Sequeos bem antes de os
recolocar.
Assegure-se de que estão bem encaixados.
A placa dos bicos pode ser esfregada com
uma palha de aço ou um pó ligeiramente
abrasivo. Limpe a porta do forno e a
cobertura em vidro apenas com água
quente; evite o uso de esfregões e
substâncias abrasivas. Nos fogões com
isqueiro automático limpe-o
periodicamente, com cuidado, a fim de
evitar dificuldades de acendimento.
Além disso, verifique se os buracos dos
espalhadores não estão obstruídos.
Limpeza do disco eléctrico
Limpe os disco eléctrico quando estes estão
frios. Tanto os discos como os bordos
podem ser limpos com uma folha de lixa
grão extra-fino. De vez em quando, unteos com gordura (óleo
alimentar ou vaselina) enquanto estão
mornos.
Limpeza do forno
Limpe cuidadosamente o forno depois de
o usar, enquanto está morno. É nesta altura
que saem mais facilmente as gorduras, os
sumos das frutas, etc.; os pedaços de
açúcar e gordura
ainda não estarão incrustados. Use água
quente e detergente, ou então um dos
produtos em spray que existem no
mercado.
Para isso, siga as instruções do fabricante.
Não aplique o spray às partes em aço inox,
pois arrisca-se a danificá-las. Limpe os
acessórios do forno (grelha, tabuleiro, etc.)
com água quente e detergente.Retira as
incrustações com um pó ligeiramente abrasivo.
Nunca revista as paredes do forno, ou o
fundo do forno, com folhas de alumínio
para recolher os salpicos de gordura.
Nestas folhas, haverá uma acumulação de
calor que afectará a cozedura e pode
danificar o esmalte.
Verificações periódicas
Mande inspeccionar periodicamente o estado
de conservação do tubo flexível de ligação do
gás e, se apresentar qualquer anomalia,
mande-o substituir por pessoal qualificado.
É aconselhável substituí-lo antes do final do
período de validade indicado no tubo de
ligação. Se detectar anomalias de
funcionamento, mande verificar o fogão por
pessoal qualificado.
A porta do forno e a junta
Antes de limpar a porta do forno, retirea do forno.
Proceda do seguinte modo:
1. abra completamente a porta do forno;
2. procure as dobradiças A que fixam
a porta ao forno (vide figura 20);
3. desbloqueie e rode as pequenas B
alavancas localizadas nas dobradi
ças (vide figura 21);
4. segure a porta pelos dois lados e vire-a
lentamente na direcção do forno até ficar
meio fechada (vide figura 22);
5. retire cuidadosamente a porta do forno (vide
figura 22);
6. coloque-a numa superfície estável.
Limpe o vidro da porta do forno apenas
com água tépida e sabão e com um
pano suave. Não utilize abrasivos ásperos.
Depois de efectuar a limpeza, coloque
novamente a porta do forno seguindo as
operações de desmontagem na ordem
inversa.
Para voltar a montar a porta, coloque as
dobradiças nas respectivas sedes. Antes
de fechar a porta, não se esqueça de retirar
as alavancas B.
Atenção às dobradiças da porta do forno,
pois existe o perigo de trilhar as mãos.
Modelos em aço inoxidável ou
alumínio:
Recomendamos que limpe a porta do
forno utilizando apenas uma esponja
húmida e seque, em seguida, com um
pano macio.
Não utilize palha-de-aço, ácidos ou
produtos abrasivos que possam
danificar a superfície do forno.
Fig. 20
A
C
Fig. 21
B
Fig. 22
17
Como limpar a junta da porta
À volta da abertura do forno, uma junta
de borracha assegura o correcto
funcionamento. Verifique
periodicamente o estado desta junta.
Se for necessário, limpe-a, evitando a
utilização de objectos ou substâncias
abrasivas. Se verificar que a junta está
danificada, dirija-se ao Centro de
Assistência mais próximo e evite usar
o forno até estar reparado.
Com tampa de vidro
Durante a utilização, a tampa de vidro
não deve estar em contacto com as
panelas e, depois de utilizar o fogão,
não deve estar fechada se os
queimadores ou as placas ainda
estiverem quentes.
Limpe a tampa de vidro apenas com
água quente.
Se for necessário substituir a lâmpada
do forno, esta deve possuir as seguintes
especificações: potência eléctrica,
15 W/25 W; taxa eléctrica, 230 V (50
Hz); resistente a temperaturas de
300°C; tipo de ligação: E14.
Para substituir uma lâmpada avariada
1. Certifique-se de que desligou o forno
da corrente eléctrica.
2. Rode a cobertura de vidro para a
esquerda (Fig. 23A).
3. Retire a lâmpada fundida e substituaa pela nova.
4. Coloque de novo a cobertura de vidro.
Volte a ligar à corrente eléctrica.
Fogões com vão para a botija de
gás
Nos fogões com vão para a botija de
gás, este não deve ser usado como
depósito para botijas desligadas, vazias
ou supostamente vazias.
Gaveta inferior
Nota: Para abrir a gaveta inferior do fogão,
é necessário levantar e depois puxar para
a frente, como mostra a figura 23.
Fig. 23
Substituição da lâmpada do forno
Desligue o aparelho da corrente
eléctrica.
A
Fig. 23 A
18
O que se deve fazer, caso o aparelho não funcione
Se o aparelho não funcionar correctamente, antes de o levar ao serviço de assistência
técnica, verifique os pontos seguintes:
PROBLEMA
O afluxo de gás não
lhe parece normal
Há um cheiro a gás
na cozinha
SOLUÇÃO
Veja se:
- Os orifícios dos espalhadores dos bicos não estão
obstruídos;
- Caso o gás venha de uma botija, verifique se esta, ainda
tem gás;
- O regulador de pressão está a funcionar;
- A torneira da botija está completamente aberta.
Veja se:
- alguma torneira ficou aberta;
- o tubo de alimentação do gás está bem colocado e em
bom estado; lembre-se que tem de o substituir pelo
menos uma vez por ano.
Nunca procure a fuga de gás com uma chama.
Se tiver dúvidas, feche a torneira geral do gás e
contacte um centro de Assistência autorizado.
O forno não aquece
- Assegure-se que o manípulo do forno está em posição
de funcionar.
Demasiado tempo de
cozedura
- Verifique se a temperatura programada é a correcta para
os alimentos que estão a cozer.
O forno deita fumo
- Aconselhamo-lo a limpá-lo depois de cada utilização.
Durante as cozeduras das carnes, formam-se manchas
de gordura que, se não forem limpas, causarão fumos
e cheiros na próxima cozedura
A luz do forno não
funciona
- A lâmpada está, por certo, fundida. Para a substituir,
veja as indicações do capítulo relativo à mesma.
Depois de todas estas verificações, se o aparelho ainda não funcionar, leve-o ao centro
de assistência mais próximo, fornecendo todos os dados: modelo e número de série.
19
Características técnicas
141 cm
Dimensão dos aparelhos
85 cm
10 cm
90
60 c
m
98 c
m
Capacidade útil do forno
Classe
20
58 dm3
2 subclasse 1
cm
Potência das resistências - (Forno eléctrico)
Resistência superior
1000 W
Resistência inferior
1300 W
Resistência superior-inferior
2300 W
Resistência do grill eléctrico
2000 W
Lâmpada de iluminação do forno
Tensão de Alimentação
15 W
230 V ~ (50 Hz)
Potência das resistências - (forno a gás / grill )
Elemento riscaldante Grill
3000 W
Lampada forno
15 / 25 W
Tensão de Alimentação
230 V ~ (50 Hz)
Potência disco eléctrico
1000 W
(Diâm. 145 mm)
1500 W
(Diâm. 180 mm)
Tensão de Alimentação
230 V ~ (50 Hz)
Potência máxima:
indicada na chapa de características, acessível abrindo a gaveta inferior do forno.
Características dos injectores e dos bicos
TAB. D
gás
gás
natural
gás de
botija
mbar Injector
N.
20
129
99
77
145
115Y
30
28
37
87
66
50
98
85
Queimador
Rápido
Semi-rápido
Auxiliar
Coroa tripla
Forno
Rápido
Semi-rápido
Auxiliar
Coroa tripla
Forno
Potência Watt Consumo
max. min.
max.
3000 800
285 l/h
1750 550
166 l/h
1000 500
95 l/h
3800 1350
361 l/h
3100 950
295 l/h
3000 800
1750 550
1000 500
3800 1300
3100 950
214 g/h
125 g/h
73 g/h
271 g/h
225 g/h
Categoria II2H3+
Valores referentes ao
Hs-15ºC 1013,25 mbar
21
Instruções para o Instalador
As instruções que se seguem dizem
respeito à instalação e à regulação, e
devem ser executadas apenas por pessoal
qualificado. O aparelho deve ser instalado
correctamente em conformidade com as
normas e as leis em vigor.
Qualquer intervenção deve ser efectuada
com o aparelho desligado da corrente.
A SOCIEDADE CONSTRUTORA DECLINA
TODA A RESPONSABILIDADE POR
EVENTUAIS DANOS DERIVADOS
DE UMA INSTALAÇÃO QUE
NÃO ESTEJA EM CONFORMIDADE
COM AS NORMAS VIGENTES.
Condições de Ventilação
Este aparelho não está ligado a um
dispositivo de evacuação de produtos
de combustão. Deve ser instalado e ligado
de acordo com as normas de instalação em
vigor. Deve tomar especial atenção os
requisitos relativos à ventilação.
A utilização de um fogão a gás conduz
à formação de calor e humidade no
local onde estiver instalado. Certifiquese
de que a cozinha é bem ventilada:
mantenha as aberturas naturais de
ventilação abertas ou instale um dispositivo
de ventilação mecânico (exaustor).
Local de instalação
Para o bom funcionamento do aparelho a
gás, é indispensável que no local haja
ventilação natural necessária à combustão
do gás. (O instalador deve seguir a norma
nacional em vigor). A ventilação local deve
vir directamente duma abertura numa parede
externa não deve ser obstruída seja no seu
interior como no seu exterior.
Descarga dos produtos da
combustão
Os aparelhos de cozedura a gás devem
descarregar os produtos da sua combustão
segundo a norma em vigor.
22
Fogão com vão para a botija de gás
Os aparelhos equipados com vão para a
botija de gás devem ser instalados de forma
a assegurar uma adequada ventilação no
interior do vão.
Posicionamento
O aparelho foi projectado de modo a ser
encostado a um móvel cujas paredes não
sejam superiores, em altura, à superficie
de trabalho.
Montagem dos pés reguláveis e de
nivelamento
Retire o fogão da embalagem. Monte os
pés que se encontram na embalagem dos
acessórios, colocando-os nas respectivas
sedes fixas, situadas nos quatro cantos do
fogão (fig. 24B – fig. 24/C). Proceda ao
alinhamento ou ao nivelamento em altura
do fogão com os outros móveis regulando
os pés.
Fig. 24B
Fig. 24C
Nota: antes de posicionar o fogão, fixe os
espaçadores de borracha seguindo estas
indicações:
1) insira o parafuso A no interior do
espaçador B (fig 24D).
2) fixe a parte A-B nos orifícios C
(fig. 24D).
C
Os tipos de ligação possíveis são os
seguintes:
1) mediante tubo rígido de ferro ou cobre.
2) mediante tubo flexível de aço inoxidável
de parede contínua com racord mecânico
conforme as normas vigentes (compri­
mento máximo do tubo estendido de
2.000 mm).
3) mediante a introdução de um tubo de
borracha conforme as normas vigentes.
C
50 Min
A
700 Min
B
0 Min
Fig. 24D
INFORMAÇÕES PARA INSTALAÇÃO
A instalação deverá ser feita de acordo com
as regras em vigor. Instale o fogão numa
área bem ventilada. Verifique que o fluxo
do contador do gás e o diâmetro do tubo
tem capacidade suficiente para todos os
electrodomésticos e as ligações sejam feitas
à prova de água. As paredes à volta do
fogão deverão ter uma resistência ao calor
de 65ºC.
LIGAÇÃO AO GÁS
Importante: a instalação deverá ser feita de
acordo com as regras em vigor. Instale o
fogão num compartimento bem ventilado;
verifique de que a capacidade do contador
do gás e o diâmentro dos tubos têm força
para aguentar todos aqueles a que ele se
encontram ligados. Não se esqueça de
instalar, do lado de cima do fogão, uma
torneira de gás de pelo menos 1/2", visivel
e acessível.
Antes de proceder à sua instalação verifique
a informação que se encontra na matrícula
situada na parte de trás do fogão ou na
gaveta inferior do aparelho, onde poderá
ver o tipo de gás, pressão e capacidade do
mesmo.
Este tubo deve ser introduzido directa­
mente no porta-tubos, relativo ao gás utiliz
do, e bloqueado com uma braça deira (F)
em conformidade com as normas vigente
(fig. 26). No caso de gás natural o tubo de
fornecimento do gás deverá ser colocado
em um suporte de tubo grande (B) após
apertar e retirar a unidade de redução (A)
(suporte de gás liquido) (fig.26)
Fig. 26
B
A
F
F
23
LIGAÇÃO AO ESPAÇO DO CILINDRO
DE GÁS LIQUIDO
Os fogões com suporte para cilindros estão
regulados para serem usados com gás LPG.
O espaço do suporte do cilindro é de 620
mm de altura e 325 mm largura e tem a
capacidade para 10 / 15 Kg. Faça a ligação
equipando a botija com um redutor de
pressão do gás segundo as normas, ligandoo, com um tubo de borracha com 8 mm de
diâmetro interno, ao suporte do tubo B (ver
fig. 26), colocando depois a botija no vão
(fig. 27).
Rampa
Suporte da
mangueira
Tubo
Fig. 27
IMPORTANTE: Siga estas instruções:
1) A mangueira flexível deverá ser de
400 mm até 800 mm, longo e de
acordo com as regras.
2) O suporte do cilindro do redutor
deverá ficar virado para o lado direito
do espaço do suporte do cilindro.
3)
A ligação da mangueira ao
redutor/suporte do cilindro do fogão
deverá ser feita como indica a fig. 27, ex.:
entra pelo espaço do suporte para cima e
sai do fogão pelo orificio situado na parte
de trás. Para uma operação mais rápida
use ganchos.
4) Coloque o cilindro no espaço
destinado não deixando que este
entre em contacto com a parede do
forno.
Posicione correctamente o cesto porta
garrafas (fig. 27B).
5) Durante a mudança do cilindro, não
retire o tubo do local onde se
encontra instalado.
Fig. 27B
IMPORTANTE:
A mangueira não deverá ser estreita e
deverá ficar longe de fontes de
aquecimento, especialmente da parte
de trás do fogão.
Após a ligação, verifique que todos os
tubos se encontram devidamente
isolados, para verificação passe uma
solução de água com sabão pelas
juntas.
A mangueira flexivel nunca deverá
atravessar o fogão de um lado para o
outro e ser visível.
IMPORTANTE
Quando a instalação estiver terminada,
verifique todas as ligações usando
uma mistura de água e sabão.
Nunca use uma chama.
24
Adaptação aos diversos tipos de gás
Para adaptar o fogão a um tipo de gás diferente, siga as instruções seguintes.
Substituir a etiqueta de dados (colocada
junto ao tubo de abastecimento de gás ou
na gaveta inferior do aparelho) por uma nova
adequada ao novo tipo de abastecimento
de gás. Pode encontrar a etiqueta na
embalagem dos injectores fornecidos com
o aparelho.
Estes queimadores não necessitam de
qualquer regulação de ar.
Caso a pressão do gás empregue seja
diferente (ou variável) da prevista é
necessário instalar sobre os tubos
de entrada um regulador de pressão
adequado.
Se se utilizarem reguladores de pressão
para o GPL, estes devem estar em
conformidade com a norma nacional em
vigor.
Substituição dos injectores
1. Tirar a grelha.
2. Desaparafusar as tampas e os
espalhadores dos bicos.
3. Desaparafusar e tirar com uma chave
de tubos 7 os injectores (Fig. 30)
substituindo-os
pelos
que
correspondem ao tipo de gás em
funcionamento
(vd.
Tab.
Características dos injectores 27).
4. Voltar a montar as partes, efectuando
as operações descritas mas na ordem
inversa.
Recoloque os componentes seguindo
a operação inversa. No fim, verifique se,
rodando rapidamente a torneira do máximo
até ao mínimo, não se extingue o bico.
Fig. 30
Fig. 31
Regulação do mínimo
1. Acenda o queimador.
2. Para regular o mínimo coloque a
torneira na posição de chama mínima.
3. Extraia o manípulo.
4. Se transformar de Gás de Botija a Gás
Natural, desaperte cerca de 1/4 a agulha de
derivação H fig. 31 (by- pass), até se obter
uma chama regular. Para passar de Gás
Natural para gás de Botija, aparafuse a
agulha de derivação H (by-pass) a fundo.
25
29 rex-electrolux
Substituição do bico do queimador
do forno a gás
Para substituir o bico do forno a gás,
proceda do seguinte modo:
1. retire a placa inferior da cavidade
do forno .
2. Desaperte o parafuso de fixação ("D")
fig. 32 do queimador a gás.
3. Retire o queimador de gás
4. Com uma chave de parafusos 7,
desaperte e retire o injector do queimador
e substitua-o por um adequado(vd.Tab.
Características dos injectores 27).
5. Volte a montar o queimador seguindo
o mesmo procedimento na ordem
inversa.
Forno
D
Fig. 32
Afinação do nível mínimo do
queimador do forno a gás
Depois de colocar o forno à temperatura
máxima com a porta fechada durante cerca
de 10 minutos, rode o botão
para o mínimo.
Para alcançar o parafuso de by-pass do
termóstato e afinar o nível mínimo, proceda
do seguinte modo:
1. retire o botão de comando do forno a gás.
2. No caso de conversão de gás natural
para LPG, aperte bem o parafuso de bypass do termóstato (vide diagrama 32A,
letra "D").
3. Para converter de LPG para gás natural,
desaperte o parafuso de by- pass "D"
fig. 32A, até obter uma chama pequena
regular.
4. Por fim, certifique-se de que, rodando
rapidamente a torneira da posição máxima
para a mínima, a chama não se apaga.
5. Volte a montar os botões.
26
D
Fig. 32A
Ligação eléctrica
A ligação eléctrica deve ser
efectuada em conformidade com
as normas e as disposições legais
em vigor.
Antes de efectuar a ligação, certifique-se
de que:
- A potência eléctrica da instalação e das
tomadas de corrente são adequadas à
potência máxima do aparelho (consulte a
chapa de características).
- A tomada e a instalação estão ligadas a
um sistema eficiente de ligação à terra.
- Não utilize para a ligação reduções,
adaptadores ou derivadores, já que podem
provocar falsos contactos originando
perigosos sobreaquecimentos.
N.B. O cabo de alimentação deve estar
colocado de forma a não atingir em
nenhum ponto uma temperatura de 50ºC.
Ligação à rede de alimentação com uma
tomada
Aplique no cabo de alimentação, caso não
tenha, uma ficha normalizada adaptada à
carga indicada na chapa de características.
Ligue os fios do cabo respeitando as
correspondências abaixo indicadas:
L = (Fase) Fio castanho ou vermelho
N = (Neutro) Fio azul
= (Terra) Fio amarelo-verde (ver fig. 33)
Ligação directa à rede de alimentação
Se um aparelho fixo não estiver equipado
com cabo de alimentação e ficha, a rede de
alimentação deve possuir um dispositivo de
corte com uma distância de abertura dos
contactos que permita a desactivação total
nas situações de sobretensão de categoria
III, de acordo com as regras de instalação.
Tipo de aparelho
Alimentação monofásica 230 V~
Tipo de cabo
Secção
Forno gás + grill eléctrico
Forno eléctrico + grill eléctrico
Forno eléctrico + grill eléctrico + disco
eléctrico
Gomma H05 RR-F
Gomma H05 RR-F
Gomma H05 RR-F
3 x 1,5 mm2
3 x 1,5 mm2
3 x 2,5 mm2
A tomada ou o interruptor omnipolar
usados na ligação são facilmente
a c e s s í v e i s c o m o a pa r e l h o
instalado.
Substituição do
alimentação eléctrica
cabo
de
A substituição do cabo de
alimentação eléctrica deve ser
efectuada exclusivamente por um
serviço de assistência técnica ou
por pessoal qualificado.
É aconselhável verificar periodicamente o
estado de conservação do cabo de
alimentação eléctrica. Sempre que
apresentar fissuras, cortes, raspões ou
queimaduras, substitua-o imediatamente
por um cabo que corresponda à tabela
“Tipos e secções dos cabos de
alimentação”.
Para isso, é necessário:
- Desligar o aparelho da rede
- Abrir a tampa da caixa de terminais.
- Desapertar os três parafusos que fixam
os terminais do cabo e o parafuso que fixa
a braçadeira.
- Ligar o novo cabo de alimentação à caixa
de terminais do fogão, mantendo o fio de
terra o mais longe possível dos condutores
activos (fase/neutro) fig. 33.
- Fechar a tampa da caixa de terminais.
Fig. 33
27
Garantia/Assistência Técnica
Estimado Cliente:
Queremos felicitá-lo pela sua compra e agradecer a confiança depositada na nossa empresa.
O seu electrodoméstico dispõe de uma garantia de 24 meses para mão-de-obra e peças.
Se durante o período de garantia o seu electrodoméstico tiver uma avaria, contacte o Serviço Técnico
Oficial.
ASSISTÊNCIA TÉCNICA OFICIAL
21 440 39 39
SERVIÇO DE APOIO AO CLIENTE
21 440 39 00 (de 2a a 6a feira. das 10H-13H e das 14H-17H)
CONDIÇÕES DE GARANTIA
1. O aparelho que acaba de adquirir possui uma garantia de dois anos a partir da data de aquisição.
2.
3.
4.
Os pedidos de assistência na garantia são gratuitos, mediante apresentação do respectivo
certificado juntamente com a factura de compra.
A presente garantia do fabricante (2 anos) cobre a substituição de peças, mão de obra e
deslocação.
Em caso de imobilização do seu aparelho por período superior a 15 dias, a garantia será
prolongada adicionando o tempo de imobilização à data de entrega nos nossos serviços.
Nos pedidos de assistência na garantia de Pequenos Electrodomésticos, os aparelhos a reparar
deverão ser entregues directamente no ponto de assistência.
EXCLUSÕES DE GARANTIA
www.electrolux.com
537725
Substituições de peças danificadas por mau manuseamento, instalação incorrecta, danos de transporte
e danos provocados por condições atmosféricas adversas; Intervenções por pessoal técnico não
autorizado pelo ELECTROLUX SERVICE ; substituições de lâmpadas, filtros, juntas de borracha,
vidros, botões, puxadores e acessórios de aspiradores; Todos os serviços de manutenção provocados
pelo desgaste ou pela utilização do aparelho; Pedidos de demonstração de montagem e explicações
de funcionamento;
Danos no esmalte e/ou na pintura provocados por cortes ou pancadas; Uso intensivo em locais
públicos ou profissionais, a menos que se trate de um produto adequado para o efeito; Desobstrução
de bombas de limpeza e filtros.
•
MANIPULAÇÃO nos dados da placa de Matrícula do presente aparelho ou deste certificado.
•
INSTALAÇÃO INCORRECTA E NÃO REGULAMENTAR (tensão, pressão de gás ou de água,
ligações eléctricas ou hidráulicas não adequadas).
Assistência Técnica - ELECTROLUX SERVICE - Quinta da Fonte, Edifício Gonçalves Zarco - Q 35,
2774-518 Paço de Arcos.
NOTA 1: Deve conservar a factura de compra junto deste Certificado de Garantia
NOTA 2: Para a validade desta garantia, no momento da intervenção técnica é absolutamente
imprescindível apresentar ao pessoal autorizado o presente certificado junto da factura legal de
compra do aparelho devidamente preenchida.
Was this manual useful for you? yes no
Thank you for your participation!

* Your assessment is very important for improving the work of artificial intelligence, which forms the content of this project

Download PDF

advertisement