Canon | Wireless File Transmitter WFT-E2II B | User manual | Canon Wireless File Transmitter WFT-E2II B User manual

Canon Wireless File Transmitter WFT-E2II B User manual
Transmissor de Ficheiros Sem Fios
WFT-E2 II
ENGLSIH
PORTUGUÊS
Manual de Instruções para Utilização com a EOS-1D Mark IV
Aos Utilizadores da EOS-1D Mark III ou da EOS-1Ds Mark III
Este manual de instruções descreve a utilização do transmissor quando ligado à EOS-1D Mark IV.
Se utilizar o transmissor com a EOS-1D Mark III ou a EOS-1Ds Mark III, consulte o manual em
PDF incluído na pasta EOS_1DIII_1DsIII.
Para estar em conformidade com os regulamentos locais de ondas rádio, a Canon oferece
quatro versões do transmissor específicas por região (WFT-E2 IIA, E2 IIB, E2 IIC e E2 IID) em
várias áreas do mundo (p.8). Por razões de comodidade, referimo-nos ao produto descrito
neste manual simplesmente como “o transmissor,” sem referência às versões A, B, C, ou D.
MANUAL DE INSTRUÇÕES
Introdução
O Transmissor de Ficheiros Sem Fios WFT-E2 II é um acessório para a câmara EOS-1D Mark
IV. Dá à câmara funcionalidade LAN sem fios e com fios e adiciona uma porta USB, permitindo
a utilização das seguintes operações.
Funções de LAN Sem Fios e Com Fios
Transferência FTP
Transfira imagens para um servidor FTP
EOS Utility
Utilize o EOS Utility para captar, visualizar
e transferir imagens em modo remoto
Servidor WFT
Utilize um web browser para captar, visualizar
e transferir imagens em modo remoto
Disparo Ligado
Disparo sem fios com câmaras slave
ligadas a uma câmara principal
2
Introdução
Funções Quando Ligado via USB
Periférico
Grave ou faça um backup de imagens para um periférico
GPS
Ligado através de cabo USB
Ligado através de Bluetooth
Adicione a latitude, longitude, altitude, data e hora e outras
informações de disparo às imagens
3
Convenções Utilizadas neste Manual
Estas instruções só devem ser seguidas depois de estarem completas as definições da
LAN sem fios ou com fios e do servidor FTP. Para obter mais detalhes sobre como
configurar estas definições, consulte a documentação fornecida com o respectivo
equipamento.
Os termos entre parênteses [ ] indicam nomes de botões ou de ícones ou outros
elementos do software. Os parênteses também indicam itens de menu da câmara.
Os números de página entre parênteses indicam que pode encontrar informações
adicionais.
Só deve seguir as instruções sobre operações da câmara depois de ler o Manual de
Instruções da Câmara e de estar familiarizado com o funcionamento da mesma.
As secções deste manual assinaladas com os símbolos a seguir contêm informações
correspondentes.
: Os avisos para evitar potenciais problemas são assinalados com um símbolo de cuidado.
: As informações suplementares são assinaladas com um símbolo de nota.
Windows é uma marca comercial ou registada da Microsoft Corporation nos Estados
Unidos e noutros países.
Macintosh é uma marca registada da Apple Corporation nos Estados Unidos e noutros
países.
Wi-Fi é uma marca registada da Wi-Fi Alliance.
Wi-Fi Certified, WPA, WPA2 e o logótipo da Wi-Fi Certified são marcas comerciais da
Wi-Fi Alliance.
WPS como utilizado nos ecrãs de definições da câmara e neste manual significa Wi-Fi
Protected Setup.
UPnP é uma marca comercial da UPnP Implementers Corporation.
Bluetooth e os logótipos Bluetooth são marcas comerciais detidas pela Bluetooth SIG, Inc.
Todos os outros nomes de marcas e de empresas referidos neste manual são marcas
comerciais ou marcas registadas dos respectivos proprietários.
A utilização do transmissor para transferir, captar ou visualizar imagens em modo remoto requer
conhecimentos adequados sobre como configurar a LAN sem fios ou com fios e o servidor FTP.
A Canon não fornece suporte para configuração de LAN sem fios ou com fios ou de servidores FTP.
A Canon não se responsabiliza por quaisquer perdas ou danos no transmissor provocados por
definições incorrectas da rede ou do servidor FTP. Além disso, a Canon não se responsabiliza por
quaisquer perdas ou danos resultantes da utilização do transmissor.
4
Lista de Capítulos
Introdução
2
1
Definições de Rede Básicas
15
2
Transferir Imagens para um Servidor FTP
29
3
Captura Remota Utilizando o EOS Utility
43
4
Captura Remota Utilizando o Servidor WFT
49
5
Disparo Ligado
61
6
Gerir Informações de Definições
65
7
Utilizar Periférico
71
8
Utilizar Dispositivos GPS
83
9
Resolução de Problemas
91
10
Referência
109
5
Índice
Introdução
2
Convenções Utilizadas neste Manual................................................................................................ 4
Lista de Capítulos .............................................................................................................................. 5
Índice ................................................................................................................................................. 6
Áreas de Utilização e Restrições ....................................................................................................... 8
Avisos de Segurança ....................................................................................................................... 10
Nomenclatura................................................................................................................................... 11
Montar na Câmara ........................................................................................................................... 12
Organização Subsequente deste Manual........................................................................................ 13
1
2
3
Definições de Rede Básicas
15
Como Começar................................................................................................................................
Mostrar o Assistente de Ligação......................................................................................................
Seleccionar o Método de Comunicação e Tipo LAN .......................................................................
Utilizar o Assistente para Estabelecer uma Ligação........................................................................
Ligações WPS (Modo PBC).............................................................................................................
Ligações WPS (Modo PIN) ..............................................................................................................
Configurar Definições de Rede........................................................................................................
16
17
18
21
23
24
25
Transferir Imagens para um Servidor FTP
29
Configurar Definições de Comunicação FTP...................................................................................
Transferência Automática de Imagem Após cada Disparo..............................................................
Transferir Imagens Individualmente.................................................................................................
Transferência por Lotes ...................................................................................................................
Verificar o Histórico de Transferências de Imagem .........................................................................
Visualizar Imagens Transferidas......................................................................................................
30
32
34
36
40
41
Captura Remota Utilizando o EOS Utility
43
Configurar Definições de Comunicação EOS Utility ........................................................................ 44
Utilizar o EOS Utility......................................................................................................................... 47
4
5
Captura Remota Utilizando o Servidor WFT
49
Configurar Definições de Comunicação do Servidor WFT ..............................................................
Visualizar o Servidor WFT ...............................................................................................................
Visualizar Imagens...........................................................................................................................
Captura Remota [Camera control/Controlo da câmara] ..................................................................
Captura Remota [Simple control/Controlo simples] .........................................................................
Captura Remota...............................................................................................................................
50
52
53
55
58
59
Disparo Ligado
61
Configurar o Disparo Ligado ............................................................................................................ 62
Dispor as Câmaras Escravas .......................................................................................................... 64
6
Índice
6
Gerir Informações de Definições
65
Verificar Definições .......................................................................................................................... 66
Alterar Definições............................................................................................................................. 67
Guardar e Carregar Definições........................................................................................................ 69
7
8
Utilizar Periférico
71
Ligar Periférico.................................................................................................................................
Escolher Periférico de Gravação Durante o Disparo .......................................................................
Copiar Imagens................................................................................................................................
Fazer Backup em Periférico.............................................................................................................
72
75
77
78
Utilizar Dispositivos GPS
83
Ligar Dispositivos GPS com um Cabo USB .................................................................................... 84
Ligar Dispositivos GPS através de Bluetooth .................................................................................. 87
9
Resolução de Problemas
91
Responder a Mensagens de Erro .................................................................................................... 92
Notas Sobre a LAN Sem Fios........................................................................................................ 106
Verificar Definições de Rede ......................................................................................................... 107
10 Referência
109
Criar e Registar Legendas ............................................................................................................. 110
Características Técnicas................................................................................................................ 111
Índice Remissivo............................................................................................................................ 118
7
Áreas de Utilização e Restrições
Para estar em conformidade com os regulamentos locais de ondas rádio em várias áreas
do mundo, a Canon oferece quatro versões do transmissor específicas por região
(WFT-E2 IIA, E2 IIB, E2 IIC e E2 IID), tal como descrito abaixo. Não utilize o seu modelo
(versão) de transmissor em regiões para as quais não foi concebido.
Para obter informações sobre outras áreas onde o transmissor pode ser utilizado, contacte
o Centro de Assistência da Canon.
Modelo
(Versão)
Especificação LAN Sem Fios
e Canais Suportados
36 – 64 can.
IEEE 802.11a
149 – 165 can.
IEEE 802.11b/g
1 – 11 can.
Área de Utilização
WFT-E2 IIA Estados Unidos, Canadá, Singapura e Hong Kong
Japão, França, Itália, Alemanha, Reino Unido, Bélgica,
Países Baixos, Luxemburgo, Irlanda, Dinamarca, Grécia,
Espanha, Portugal, Áustria, Finlândia, Suécia, Polónia,
WFT-E2 IIB Hungria, Roménia, Bulgária, República Checa, Eslováquia,
Eslovénia, Estónia, Letónia, Lituânia, Chipre, Malta, Islândia,
Noruega, Suíça, Listenstaine, Austrália, Nova Zelândia,
Rússia e Hong-Kong
WFT-E2 IIC China Continental e Hong-Kong
WFT-E2 IID Pode ser utilizado em todas as áreas mencionadas acima
IEEE 802.11a
36 – 64 can.
100 – 140 can.
IEEE 802.11b/g
1 – 13 can.
IEEE 802.11a
IEEE 802.11b/g
IEEE 802.11a
IEEE 802.11b/g
149 – 161 can.
1 – 13 can.
Não suportado
1 – 11 can.
Em França, é proibida a utilização no exterior.
Nalgumas áreas da China continental, a utilização no exterior requer uma licença.
Restrições IEEE 802.11a
Durante o funcionamento em rede sem fios segundo a norma IEEE 802.11a, não podem ser
utilizados os canais a cinzento na tabela que se segue. Estas restrições são estabelecidas
pelos regulamentos locais, que têm de ser cumpridos.
O transmissor pode ser utilizado nos canais a azul. Relativamente aos canais a amarelo, são
aplicáveis algumas restrições. Consulte as notas de rodapé.
Método de Ligação LAN
Sem Fios
Infraestrutura
No interior
Ad hoc
WFT-E2 IIA
Infraestrutura
No exterior
Ad hoc
Infraestrutura
No interior
Ad hoc
WFT-E2 IIB
Infraestrutura
No exterior
Ad hoc
Canal
36 – 48
36 – 48
36 – 48
36 – 48
36 – 48
36 – 48
52 – 64
52 – 64
52 – 64
52 – 64
52 – 64
52 – 64
149 – 165
149 – 165
149 – 165
149 – 165
100 – 140
100 – 140
36 – 48
52 – 64*J
52 – 64
100 – 140
36 – 48
149 – 161*C
*J: No Japão, é proibida a utilização no exterior nos canais 52 – 64.
*C: Nalgumas áreas da China continental, a utilização no exterior requer uma licença.
WFT-E2 IIC
8
100 – 140
Áreas de Utilização e Restrições
As acções que se seguem podem ser punidas por lei. Desmontar ou modificar o
transmissor ou remover a respectiva etiqueta de certificação.
Não utilize o transmissor junto de outros dispositivos que emitam ondas rádio, como
equipamento médico ou dispositivos electrónicos. O transmissor pode interferir no
funcionamento desses dispositivos.
Utilize o transmissor apenas com uma câmara EOS DIGITAL compatível. Utilizá-lo com
câmaras incompatíveis pode resultar em avarias, acidentes e outros problemas não
cobertos pela garantia.
Utilize o transmissor como um dispositivo LAN sem fios ou com fios, tal como descrito neste
manual de instruções. Se utilizar o transmissor para qualquer outro objectivo, a Canon não
se responsabiliza por quaisquer perdas ou danos que possam ocorrer.
9
Avisos de Segurança
As precauções a seguir destinam-se a prevenir acidentes consigo ou com os outros, bem
como danos no equipamento. Familiarize-se com as precauções antes de utilizar o
transmissor, a fim de garantir um funcionamento correcto e seguro.
Aviso Prevenir Ferimentos Graves ou Morte
Para prevenir incêndios, calor excessivo, fuga de químicos ou explosão, siga estas directivas de segurança.
• Não introduza objectos metálicos entre contactos eléctricos do transmissor, acessórios ou cabos de ligação.
Não utilize o transmissor em locais com gás inflamável. Corre o risco de explosão ou incêndio.
Se deixar cair o transmissor, não toque nas peças internas se elas ficarem expostas. Corre o risco de choque
eléctrico.
Não desmonte nem modifique o transmissor. As peças internas de alta tensão podem provocar um choque eléctrico.
Não guarde o transmissor em locais com poeira ou humidade. Corre o risco de incêndio ou choque eléctrico.
Antes de utilizar o transmissor a bordo de aviões ou em hospitais, verifique se a utilização é permitida. As ondas
electromagnéticas emitidas pelo transmissor podem interferir nos instrumentos ou no equipamento médico.
Cuidado Prevenir Ferimentos ou Danos no Equipamento
Não deixe o transmissor dentro de um veículo com tempo quente, nem perto de uma fonte de calor. O
transmissor pode aquecer e provocar queimaduras.
Não tape nem embrulhe o transmissor com um pano. Pode acumular-se calor no interior, correndo-se o risco de
deformação da caixa ou incêndio.
Não utilize diluentes, benzina ou outros solventes orgânicos para limpar o transmissor. Pode correr o risco de
incêndio e ser perigoso para a sua saúde.
Se o produto se avariar, ficar danificado ou precisar de reparação, contacte o seu
revendedor ou o Centro de Assistência da Canon da sua zona.
Precauções de Manuseamento
O transmissor é um instrumento de precisão. Não o deixe cair nem o sujeite a choques.
O transmissor não é estanque. Não o utilize debaixo de água.
Limpe toda a humidade com um pano limpo e seco. Se o transmissor esteve exposto a ar
salgado, limpe-o com um pano limpo e húmido, mas bem espremido para retirar todo o
excesso de água.
Nunca deixe o transmissor perto de equipamentos que gerem um campo magnético forte,
como ímanes ou motores eléctricos.
Não deixe o transmissor exposto a calor excessivo, como no interior de um veículo sob a
luz solar directa. A temperatura elevada pode danificar o transmissor.
Não limpe o transmissor com produtos de limpeza que contenham solventes orgânicos. Se
for difícil limpar o transmissor, leve-o ao Centro de Assistência da Canon da sua zona.
Para evitar corrosão, não guarde o transmissor onde haja produtos químicos fortes, como
em câmaras escuras ou laboratórios químicos.
10
Nomenclatura
Patilha de
bloqueio
Pino de encaixe
Porta USB
Porta
Ethernet RJ-45
Parafuso de
fixação
Tampa da porta
Terminal
Lâmpada USB <USB>
Lâmpada de rede <LAN>
Área de encaixe
da tampa do terminal (Não se utiliza com a EOS-1D Mark IV)
Estojo para Transmissor
Tampa USB Estanque/Anti-poeira*2
Estojo para Periférico*1
*1: Para guardar discos rígidos portáteis ou outros dispositivos.
*2: Coloque esta tampa antes de ligar o cabo USB com tempo chuvoso ou com outras condições adversas.
11
Montar na Câmara
Desligue a câmara antes de montar o transmissor.
Certifique-se de que a bateria da câmara tem carga suficiente. Se a carga for inferior a 19%,
não pode transferir imagens captadas nem fazer backup das mesmas para o periférico.
1
Abra a tampa do terminal na câmara.
2
Coloque a patilha na posição de
abertura.
3
Monte o transmissor.
4
Coloque a patilha na posição de fecho.
Abra a tampa do terminal do sistema de extensões
e vire-a para baixo.
Alinhe o pino de encaixe com o orifício de
montagem do WFT-E2 II/IIA na câmara.
Empurre o terminal com firmeza para dentro da
câmara.
À medida que empurra o terminal para dentro da
câmara, rode o parafuso de fixação até ao fim
para que o transmissor fique montado com
segurança.
O transmissor encontra-se montado na câmara.
O transmissor passa a ser alimentado pela
câmara.
Desmontagem
Desligue a câmara.
Empurre a patilha para baixo, para a posição de abertura.
Desaperte o parafuso de fixação até rodar livremente.
Retire o terminal da câmara.
12
Organização Subsequente deste Manual
Clique num dos títulos dos capítulos seguintes para ver a página correspondente.
1 Definições de Rede Básicas (p.15)
2 Transferir Imagens para um Servidor FTP (p.29)
3 Captura Remota Utilizando o EOS Utility (p.43)
4 Captura Remota Utilizando o Servidor WFT (p.49)
5 Disparo Ligado (p.61)
6 Gerir Informações de Definições (p.65)
7 Utilizar Periférico (p.71)
8 Utilizar Dispositivos GPS (p.83)
13
14
Definições de Rede
Básicas
Complete as definições de rede básicas seguindo as instruções de ligação
do transmissor no ecrã de menu da câmara.
15
Como Começar
[FTP trans./Trans. FTP], [EOSUtility], [WFTserver/Servid WFT]
As instruções de ligação ajudam-no a seguir os passos necessários para ligar o transmissor a
uma LAN sem fios ou com fios já existente.
Para ligar a uma LAN sem fios, prepare previamente o terminal da LAN sem fios (ponto de
acesso à LAN sem fios ou adaptador de LAN sem fios) e o computador, de modo a que estejam
prontos para a ligação do transmissor à rede sem fios. Quando configurar definições de rede
básicas, coloque o transmissor a uma distância até 3 m / 9,8 pés do terminal LAN sem fios.
Para fazer a ligação a uma LAN com fios, utilize um cabo LAN para ligar o transmissor e o
computador. Defina o transmissor para ligação à rede com fios.
Transmissão de Filmes sem Fios
Os ficheiros individuais de filmes são grandes e a transmissão de ficheiros sem fios demora
algum tempo. Quando configurar um ambiente para transmissão estável para o terminal LAN
sem fios, consulte a informação da página .106
[Linked Shot/Disparo Ligado]
Configurar duas ou mais câmaras EOS-1D Mark IV com transmissores ligados.
16
Mostrar o Assistente de Ligação
Esta secção descreve o processo de seguimento das instruções de ligação. Se aparecer um
erro, consulte “Resolução de Problemas” no Capítulo 9 (p.91) e verifique as definições.
Se carregar no botão do obturador ou noutro controlo da câmara durante a configuração
das instruções de ligação, fecha as instruções de ligação. Não carregue no botão do
obturador nem noutros controlos até ter terminado a configuração.
No separador [5], coloque [Auto power off/Desligar auto] para [Off]. Se a função de
desligar auto estiver activada, as instruções de ligação fecham-se durante o processo de
configuração.
1
Ligue a câmara.
2
Visualize o menu do transmissor.
3
Seleccione [Connection wizard/
Assistente de ligação].
Na câmara, carregue no botão <7>.
No separador [7], seleccione [WFT settings/
Definições WFT] e carregue em <0>. [WFT
settings/Definições WFT] é adicionado ao
separador depois de ligar o transmissor.
X Aparece o ecrã [Select communication method/
Sel. método de comunicação].
X A lâmpada <LAN> começa a piscar.
17
Seleccionar o Método de Comunicação e Tipo LAN
Seleccionar o Método de Comunicação
Rode o selector <5> para seleccionar o método
de comunicação e carregue em <0>.
Seleccione [OK] e carregue em <0> para ir para
o ecrã seguinte.
• FTP trans. (Trans. FTP)
Escolha esta opção para transferir imagens captadas para um servidor FTP.
As imagens podem ser automaticamente transferidas depois de as captar ou pode seleccionar
imagens a transferir mais tarde.
Sistemas Operativos
A operação via [FTP trans./Trans. FTP] requer a instalação no computador do Windows
Vista (Business, Enterprise ou Ultimate Edition para sistemas de 32 ou 64 bits), Windows
XP Professional, Windows 2000 ou Mac OS X 10.4/10.5. Além disso, o computador tem de
ser configurado previamente como servidor FTP.
Para saber como configurar o computador como servidor FTP, consulte a documentação do
computador.
O Windows Vista Home Premium e o Home Basic Edition, assim como o Windows XP
Home Edition, não podem ser utilizados porque não suportam a funcionalidade de
servidor FTP.
• EOSUtility
Escolha esta opção para efectuar captura remota numa LAN sem fios ou com fios utilizando o
software EOS Utility incluído na câmara.
Além da captura remota, o EOS Utility suporta todas as operações da câmara. Com esta
opção, é utilizada uma rede sem fios ou com fios, em vez do cabo USB.
Requer um computador com o EOS Utility (incluído nas câmaras EOS-1D Mark IV) instalado.
18
Seleccionar o Método de Comunicação e Tipo LAN
• WFTserver (Servid WFT)
Escolha esta opção para efectuar captura remota numa LAN sem fios ou com fios, com o
transmissor a funcionar como servidor.
Além disso, pode visualizar e transferir para um computador as imagens contidas num cartão
de memória existente na câmara.
Utilizadores num máximo de três computadores podem aceder à câmara como se estivessem
a fazer uma procura numa página web.
Sistemas Operativos
Pode ser utilizado qualquer computador com um web browser, seja qual for o sistema operativo.
Podem mesmo ser utilizados dispositivos diferentes de computadores, desde que incluam
um web browser. Contudo, se o web browser não suportar JavaScript, as funções do
Servidor WFT serão limitadas. Note, também, que a apresentação de imagens nos
dispositivos com desempenho limitado poderá ser mais lenta, e a transferência de imagens
para estes dispositivos poderá não ser possível.
• LinkedShot (DispLigado)
Escolha esta opção para disparo ligado com várias câmaras EOS-1D Mark IV ligadas a
transmissores. É possível ligar até 10 câmaras escravas à câmara principal, na qual o
obturador é liberto. Note que haverá um pequeno atraso entre a libertação do obturador da
câmara principal e o disparo das câmaras escravas. A captura de filmes não é suportada.
Para mais instruções sobre [LinkedShot/DispLigado], consulte a página 61 deste manual.
19
Seleccionar o Método de Comunicação e Tipo LAN
Seleccionar o Tipo LAN
Para obter instruções sobre [LinkedShot/DispLigado], consulte a página 61. Note que
este capítulo não dá informações sobre [LinkedShot/DispLigado].
Rode o selector <5> para seleccionar o tipo LAN
e carregue em <0>.
Seleccione [OK] e carregue em <0> para ir para
o ecrã seguinte.
LAN sem fios
Aparece o ecrã [Wireless LAN setup method/
Método de config. LAN sem fios].
[Connect with wizard/Ligar com assistente]:
Consulte a p.21
[WPS (PBC mode)/WPS (modo PBC)]: Consulte a
p.23
[WPS (PIN mode)/WPS (modo PIN)]: Consulte a p.24
Seleccione [WPS (PBC mode)/WPS (modo PBC)]
ou [WPS (PIN mode)/WPS (modo PIN)] quando
utilizar um terminal LAN sem fios compatível com
Wi-Fi Protected Setup (WPS).
LAN com fios
Aparece o ecrã das definições de [Network/Rede]. Se tiver seleccionado uma rede com fios,
consulte a página 25, “Configurar Definições de Rede.”
Utilize um cabo LAN STP de Categoria 5 ou superior. (STP: Par de Fios Torcidos Blindado)
20
Utilizar o Assistente para Estabelecer uma Ligação
Seleccionar a Rede Sem Fios
Se seleccionar [Connect with wizard/Ligar com assistente], os terminais LAN sem fios
activos na sua área são listados, juntamente com a informação relativa aos mesmos.
Seleccione o SSID (ou ESS-ID) do terminal LAN sem fios que pretende.
1
2 3
4
1
Seleccione [Connect with wizard/Ligar
com assistente].
2
Seleccione o terminal LAN sem fios.
Rode o selector <5> para seleccionar [Connect
with wizard/Ligar com assistente] e carregue
em <0>.
Para seleccionar o terminal LAN sem fios, carregue
em <0>.
Rode o selector <5> para seleccionar o terminal
LAN sem fios e carregue em <0>.
Seleccione [OK] e carregue em <0> para ir para
o ecrã seguinte.
1 Indica se o dispositivo está numa infraestrutura ou no modo ad hoc
2 Aparece um ícone se o terminal LAN sem fios estiver a encriptar a comunicação
3 Indica os primeiros 9 caracteres do SSID
4 Indica o canal utilizado
Encriptação por Terminais LAN Sem Fios
Se o terminal LAN sem fios estiver a encriptar a comunicação, seleccione o método
correspondente em [Authentication/Autenticação] e [Encryption/Encriptação].
[Authentication/Autenticação]: Sistema aberto, Chave partilhada, WPA-PSK ou WPA2-PSK
[Encryption/Encriptação]: WEP, TKIP ou AES
[Enter connection/Ligação] e [Search again/Nova procura]
Para configurar manualmente definições para o terminal LAN sem fios, seleccione [Enter
connection/Ligação] e carregue em <0>. Complete as definições dos itens visualizados,
um após outro.
Para procurar novamente terminais LAN sem fios, seleccione [Search again/Nova procura]
e carregue em <0>.
21
Utilizar o Assistente para Estabelecer uma Ligação
Introduzir a Chave de Encriptação da LAN Sem Fios
Em seguida, introduza a chave de encriptação do terminal LAN sem fios. Para mais detalhes
sobre a chave de encriptação, consulte o manual de instruções do dispositivo.
Os ecrãs que aparecem nos passos 1 a 3 abaixo variam consoante a autenticação e a
encriptação do terminal LAN sem fios.
22
1
O ecrã [Key index/Índice chave] só aparece se o
terminal LAN sem fios utilizar a encriptação WEP.
Rode o selector <5> para seleccionar o número
do índice chave especificado como ponto de
acesso e carregue em <0>.
Seleccione [OK] e carregue em <0> para ir para
o ecrã seguinte.
2
Rode o selector <5> para seleccionar o formato
da chave e carregue em <0>.
Seleccione [OK] e carregue em <0> para ir para
o ecrã seguinte.
3
Introduza a chave de encriptação.
Para alternar entre áreas de entrada, carregue no
botão <H>.
Para mover o cursor, rode o selector <5>.
Na área de entrada inferior, rode o selector <5>
e carregue em <0> para introduzir a chave de
encriptação.
Se se enganar, carregue no botão <L> para
apagar.
Se carregar no botão <7> para completar a
ligação do terminal LAN sem fios, aparece o ecrã
[Network/Rede] (p.25).
Para voltar ao ecrã anterior, carregue no botão
<6>. A entrada é apagada.
Ligações WPS (Modo PBC)
Este é um modo de ligação se utilizar um terminal LAN sem fios compatível com Wi-Fi
Protected Setup (WPS). O modo Pushbutton Connection (modo PBC) torna fácil estabelecer
uma ligação entre a câmara e o dispositivo LAN sem fios se carregar no botão WPS do
terminal LAN sem fios.
Se estiverem muitos terminais LAN sem fios activos na sua área, pode ser mais difícil
estabelecer uma ligação. Neste caso, tente utilizar [WPS (PIN mode)/WPS (modo PIN)] para
estabelecer uma ligação.
Confirme previamente a posição do botão WPS no terminal LAN sem fios.
Pode levar cerca de um minuto a estabelecer uma ligação.
A ligação poderá não ser possível, se as funções furtivas estiverem activadas no
terminal LAN sem fios. Desactive as funções furtivas.
1
Seleccione [WPS (PBC mode)/WPS
(modo PBC)].
2
Estabeleça uma ligação com o terminal
LAN sem fios.
Rode o selector <5> para seleccionar [WPS
(PBC mode)/WPS (modo PBC)], e carregue em
<0>.
Seleccione [OK] e carregue em <0> para ir para
o ecrã seguinte.
Carregue no botão WPS no terminal LAN sem
fios. Para mais informações sobre a localização
do botão e o tempo durante o qual deve mantê-lo
pressionado, consulte o manual de instruções do
terminal LAN sem fios.
Seleccione [OK] e carregue em <0> para
estabelecer uma ligação ao terminal LAN sem fios.
Quando a ligação ao terminal LAN sem fios estiver
estabelecida, aparece o ecrã [Network/Rede] (p.25).
23
Ligações WPS (Modo PIN)
Este é um modo de ligação se utilizar um terminal LAN sem fios compatível com Wi-Fi
Protected Setup (WPS). No modo de ligação por código PIN (modo PIN), um número de
identificação de 8 dígitos especificado na câmara é estabelecido no terminal LAN sem fios
para estabelecer uma ligação.
Mesmo se existirem muitos terminais LAN sem fios activos na sua área, este é um método
relativamente seguro de estabelecer uma ligação utilizando um número de identificação partilhado.
Pode levar cerca de um minuto a estabelecer uma ligação.
A ligação poderá não ser possível, se as funções furtivas estiverem activadas no
terminal LAN sem fios. Desactive as funções furtivas.
24
1
Seleccione [WPS (PIN mode)/WPS
(modo PIN)].
2
Especifique o botão PIN no terminal
LAN sem fios.
3
Estabeleça uma ligação com o terminal
LAN sem fios.
Rode o selector <5> para seleccionar [WPS (PIN
mode)/WPS (modo PIN)], e carregue em <0>.
Seleccione [OK] e carregue em <0> para ir para
o ecrã seguinte.
No terminal LAN sem fios, especifique o código
PIN de 8 dígitos apresentado no LCD da câmara.
Para obter instruções sobre como definir códigos
PIN no dispositivo LAN sem fios, consulte o
manual de instruções do terminal LAN sem fios.
Seleccione [OK] e carregue em <0> para
visualizar o ecrã de confirmação.
Seleccione [OK] e carregue em <0> para
estabelecer uma ligação ao terminal LAN sem fios.
Quando a ligação ao terminal LAN sem fios estiver
estabelecida, aparece o ecrã [Network/Rede] (p.25).
Configurar Definições de Rede
Rode o selector <5> para seleccionar como quer
configurar as definições de rede e carregue em
<0>.
Seleccione [OK] e carregue em <0> para ir para
o ecrã seguinte.
[Auto setting/Definição auto]
As definições configuradas com [Manual setting/Definição manual] podem ser
configuradas automaticamente. No entanto, o endereço IP e definições semelhantes
devem ser automaticamente atribuídas e configuradas em ambientes utilizando servidores
DHCP ou terminais LAN sem fios ou routers que suportem as funções do servidor DHCP.
Se aparecer um erro, seleccione [Manual setting/Definição manual] independentemente
de o endereço IP e definições semelhantes serem automaticamente atribuídas e
configuradas.
[Manual setting/Definição manual]
O ecrã [IP address set./Def.endereço IP] aparece depois de
seleccionar [Manual setting/Definição manual]. Se [Auto
setting/Definição auto] resultar num erro, introduza o
endereço IP manualmente. Como endereço IP, introduza o
endereço IP atribuído à câmara.
Introduza o [IP address/Endereço IP], [Subnet mask],
[Gateway], e [DNS address/Endereço DNS] em cada ecrã,
à medida que aparecem.
Se não tem a certeza do que deve introduzir, consulte a
página 107, “Verificar Definições de Rede,” ou pergunte ao
administrador da rede ou a outra pessoa com conhecimentos
sobre a rede.
Quando introduzir números para o endereço IP, subnet
mask, etc., carregue em <0> para mover a posição de
entrada e rode o selector <5> para introduzir o número.
25
Configurar Definições de Rede
Completar Definições para o Método de Comunicação
As instruções que se seguem destinam-se a ecrãs de definições que variam consoante o
método de comunicação (Transferência FTP, EOS Utility ou Servidor WFT), como se mostra
abaixo. Leia a página de introdução ao método de comunicação seleccionado.
FTP trans. (Trans. FTP)
Capítulo 2 (p.29)
EOSUtility
Capítulo 3 (p.43)
Utilizadores do Windows Vista
Antes de executar as operações da página 43, efectue as operações abaixo. Se estas operações não
forem efectuadas, o WFT Pairing Software descrito na página 44 pode não ser iniciado.
Abra a pasta [C Drive/Unidade C] [Program Files/Ficheiros de Programas] [Canon] [EOS
Utility] [WFTPairing/EmparelhamentoWFT] (por esta ordem) e faça duplo clique no ícone [WFT
FirewallSettings/DefiniçõesFirewall WFT].
Depois de executar esta operação, efectue a operação da página 43.
WFTserver (Servid WFT)
Capítulo 4 (p.49)
26
Configurar Definições de Rede
Operação do Teclado Virtual
O teclado virtual aparece durante a introdução da chave de encriptação, nome do servidor e
outras informações.
Alternar para outras áreas de entrada
Para alternar entre áreas de entrada, carregue no
botão <H>.
Mover o cursor
Para mover o cursor, rode o selector <5>.
Também pode mover o cursor com <9>.
Introduzir texto
Na área de entrada inferior, rode o selector <5>
para mover o cursor e carregue em <0> para
introduzir texto.
Também pode mover o cursor com <9>.
Apagar texto
Se se enganar, carregue no botão <L> para apagar.
Confirmar entradas
Carregue no botão <7> para confirmar o que
introduziu e ir para o ecrã seguinte.
Cancelar entradas
Carregue no botão <6> para apagar a entrada e
voltar ao ecrã anterior.
27
28
Transferir Imagens
para um Servidor FTP
Com a transferência FTP, é possível transferir automaticamente cada uma
das imagens para o servidor FTP enquanto dispara ou transfere um
conjunto de disparos.
29
Configurar Definições de Comunicação FTP
Estas instruções são a continuação do Capítulo 1.
1
Rode o selector <5> para seleccionar [Address
setting/Definição de endereço] e carregue em
<0>.
2
Se tiver programado a definição do servidor DNS
para [Disable/Desactiv], aparece o ecrã à
esquerda.
Carregue em <0> para seleccionar a posição de
entrada e depois rode o selector <5> para
introduzir o endereço IP do servidor FTP.
Se tiver programado a definição do endereço IP
do servidor DNS para [Auto assign/Atribuição
auto] ou [Manual setting/Definição manual],
aparece o ecrã à esquerda.
Para obter instruções sobre operações do ecrã,
consulte “Operação do Teclado Virtual” (p.27).
Introduza o nome de servidor do servidor FTP ou
o endereço IP.
30
3
Em [Port number setting/Def. de nº de porta],
introduza 00021, na maioria dos casos.
Rode o selector <5> para seleccionar [OK] e
carregue em <0> para ir para o ecrã seguinte.
4
Complete as definições de [Passive mode/Modo
passivo].
Se for apresentado um Erro 41 (“Cannot connect to
FTP server” (Não pode ligar ao servidor FTP)) no
passo 8, definir o [Passive mode/Modo passivo]
para [Enable/Activar] poderá resolver o erro.
5
Complete as definições de [Proxy server/
Servidor Proxy].
Rode o selector <5> para seleccionar [OK] e
carregue em <0> para ir para o ecrã seguinte.
Configurar Definições de Comunicação FTP
6
Complete as definições de [Login method/
Método de login].
Rode o selector <5> para seleccionar [OK] e
carregue em <0> para ir para o ecrã seguinte.
7
Complete as definições de [Target folder/Pasta
de destino].
Seleccione [Root folder/Pasta raiz] para guardar
as imagens na pasta raiz, tal como especificado
nas definições do servidor FTP. (p.41)
Seleccione [Select folder/Seleccionar pasta]
para especificar uma subpasta na pasta raiz. Se
não houve nenhuma pasta, é criada uma
automaticamente.
Rode o selector <5> para seleccionar [OK] e
carregue em <0> para fazer a ligação ao
servidor FTP.
8
9
No ecrã de confirmação que aparece a seguir,
seleccione [OK] e carregue em <0>.
X A lâmpada <LAN> acende-se a verde.
Carregue em <0>. Rode o selector <5> para
seleccionar o número definido e carregue em
<0>.
Rode o selector <5> para seleccionar [OK] e
carregue em <0>. Depois de estar fechado o
assistente de ligação, volta a aparecer o ecrã dos
menus.
As informações das definições são guardadas na
câmara. Não são guardadas no transmissor.
Estão completas as definições de rede da transferência FTP.
31
Transferência Automática de Imagem Após cada Disparo
Pode transferir automaticamente uma imagem para o servidor FTP logo depois de ter sido
captada. Também pode continuar a disparar, mesmo durante a transferência das imagens.
Antes de disparar, não se esqueça de inserir um cartão de memória na câmara ou de ligar um
periférico (p.71). Se disparar sem gravar as imagens, não pode transferi-las.
A transferência automática de filmes não é suportada. Transfira o filme após a captação, como
descrito nas páginas 35-39.
1
Em [WFT settings/Definições WFT],
seleccione [Set up/Config.].
2
Seleccione [Automatic transfer/
Transferência auto].
3
Tire a fotografia.
Seleccione [Enable/Activar].
X A imagem captada é transferida para o servidor
FTP.
Durante a transferência de imagens, a lâmpada
<LAN> fica a piscar.
Durante o disparo contínuo, as imagens são transferidas para o servidor FTP pela ordem com que
são captadas.
As imagens captadas também ficam guardadas no cartão de memória.
Se a transferência de uma imagem falhar ou for interrompida, pode ser efectuada mais tarde.
32
Transferência Automática de Imagem Após cada Disparo
Seleccionar Tamanhos ou Tipos de Imagens Particulares para Transferir
Na transferência automática durante o disparo, pode escolher quais as imagens a transferir, se
forem gravadas imagens de tamanhos diferentes no cartão de memória e no periférico, ou
durante o disparo para RAW+JPEG.
1
Em [WFT settings/Definições WFT],
seleccione [Set up/Config.].
2
Seleccione [Transfer type/size/Transf
por Tam/Tipo].
3
Seleccione o tamanho e o tipo de
imagens a transferir.
Se a câmara estiver configurada para gravar imagens JPEG grandes num cartão CF e
imagens JPEG pequenas num cartão SD, e quiser transferir as imagens JPEG pequenas,
defina [Larger/smaller JPEG/JPEG grande/pequeno] para [Smaller JPEG/JPEG peq.].
Se a câmara estiver configurada para gravar imagens RAW num cartão CF e imagens
JPEG num cartão SD, especifique que imagens pretende transferir na definição
[RAW+JPEG transfer/Transf. RAW+JPEG]. De igual modo, complete a mesma definição
se houver imagens RAW+JPEG gravadas simultaneamente num único cartão de memória.
Se gravar simultaneamente imagens do mesmo tamanho num cartão CF, num cartão SD e
num periférico, as imagens gravadas no cartão CF são transferidas, independentemente da
qualidade da imagem (compressão).
33
Transferir Imagens Individualmente
Basta seleccionar uma imagem e carregar em <0> para transferi-la. Também pode adicionar
uma legenda antes de transferir as imagens. Também pode continuar a disparar, mesmo
durante a transferência das imagens.
Transferir a Imagem Actual
34
1
Em [WFT settings/Definições WFT],
seleccione [Set up/Config.].
2
Seleccione [Transfer with SET/
Transferir c/ "SET"].
3
Seleccione a imagem.
Seleccione [Enable/Activar].
No corpo da câmara, carregue no botão <x>.
Seleccione a imagem a transferir e carregue em
<0> para transferir a imagem.
Os filmes não podem ser transferidos deste
modo. Se seleccionar filme e carregar em
<0> aparece o ecrã de reprodução de filmes.
Transferir Imagens Individualmente
Adicionar uma Legenda Antes de Transferir
Pode adicionar uma legenda registada a cada imagem antes de a transferir. Isto é útil, se
pretender informar o destinatário sobre, por exemplo, a quantidade de impressões. A legenda
também pode ser adicionada a imagens guardadas na câmara.
Para saber como criar e gravar legendas, consulte a página 110.
Pode verificar as legendas adicionadas a imagens examinando a informação Exif, nos comentários
do utilizador.
1
2
Tire a fotografia
Em [WFT settings/Definições WFT],
seleccione [Transfer with caption/
Transferência com legenda].
X Aparece a última imagem captada.
Não é possível seleccionar outras imagens no
ecrã [Transfer with caption/Transferência com
legenda]. Para seleccionar outra imagem para
transferência com legenda, visualize essa imagem
antes de seguir estes passos.
3
Seleccione uma legenda.
4
Transfira a imagem.
Rode o selector <5> para seleccionar o
enquadramento [Caption/Legenda] e carregue
em <0>.
Rode o selector <5> para seleccionar o
conteúdo da legenda e carregue em <0>.
Rode o selector <5> para seleccionar [Transfer/
Transf.] e carregue em <0>.
Se adicionar legendas às imagens que incluem dados de decisão originais, essas imagens deixam de
ser consideradas originais.
35
Transferência por Lotes
Depois de disparar, pode seleccionar várias imagens e transferi-las todas de uma vez.
Também pode transferir imagens não enviadas ou que não tenha conseguido enviar
anteriormente.
Se utilizar simultaneamente um cartão CF e um cartão SD ou se um periférico estiver ligado,
as imagens são transferidas da origem especificada no separador do menu [5], em [Record
func+media/folder sel./Fun grav+sel pasta/periférico] [Record/play/Grava/repr.].
Também pode continuar a disparar, mesmo durante a transferência das imagens.
Seleccionar Imagens a Transferir
1
Em [WFT settings/Definições WFT],
seleccione [Image sel./transfer/Transf./
Sel. imagem].
2
Seleccione [Sel.Image/Sel.Imag.].
3
Seleccione imagens a transferir.
X Aparece uma imagem.
Carregue em <0>. Rode o selector <5> para
ver <X> no canto superior esquerdo da imagem a
transferir.
Carregue em <0> para confirmar a selecção.
Pode seleccionar até 9999 imagens.
Carregue no botão <y> para ver três imagens
por ecrã. Carregue no botão <u> para ver
novamente uma imagem por ecrã.
Depois de seleccionar imagens a transferir,
carregue no botão <7>.
36
Transferência por Lotes
4
Transfira as imagens.
Seleccione [Transfer/Transf.].
Seleccione [OK] no ecrã de confirmação que
aparece a seguir.
X Aparece o ecrã do progresso da transferência.
Durante a transferência de imagens, a lâmpada
<LAN> fica a piscar.
Operação do Menu Durante a Transferência de Imagens
Pode utilizar o menu mesmo durante a transferência de imagens. No entanto, para evitar
problemas de transferência, alguns itens de menu ficam indisponíveis durante a mesma,
incluindo [WFT settings/Definições WFT], [Protect images/Proteger imagens], [Erase
images/Apagar imagens], [Format/Formatar] e [Record func+media/folder sel./Fun
grav+sel pasta/periférico].
37
Transferência por Lotes
Transferência por Lotes de Imagens numa Pasta
1
Em [WFT settings/Definições WFT],
seleccione [Image sel./transfer/Transf./
Sel. imagem].
2
Seleccione [Sel.n].
3
Seleccione [Folder images not transfer’d/
Pasta de imagens não transf.].
4
Seleccione uma pasta.
5
Transfira as imagens.
Para transferir imagens que não conseguiu
transferir anteriormente, seleccione [Folder
images failed transf./Falhou transf. pasta
imags].
Seleccione [Transfer/Transf.].
Seleccione [OK] no ecrã de confirmação que
aparece a seguir.
X Aparece o ecrã do progresso da transferência.
Durante a transferência de imagens, a lâmpada
<LAN> fica a piscar.
Se seleccionar [Clear folder transf. history/Limpar hist. pasta. transf] o histórico de transferência
de imagens fica definido como “unsent" (não enviadas) na pasta seleccionada. Isto permite voltar a
enviar mais tarde todas as imagens da pasta seleccionando [Folder images not transfer’d/Pasta de
imagens não transf.].
38
Transferência por Lotes
Transferência por Lotes de Imagens em Cartões de memória
1
Em [WFT settings/Definições WFT],
seleccione [Image sel./transfer/Transf./
Sel. imagem].
2
Seleccione [All image/Tod.imag.].
3
Seleccione [Card images not
transferred/Imags de cartão não
transf.].
Para transferir imagens que não conseguiu
transferir anteriormente, seleccione [Card images
failed transfer/Falhou transf. imags cartão].
4
Transfira as imagens.
Seleccione [Transfer/Transf.].
Seleccione [OK] no ecrã de confirmação que
aparece a seguir.
X Aparece o ecrã do progresso da transferência.
Durante a transferência de imagens, a lâmpada
<LAN> fica a piscar.
Se seleccionar [Clear card’s transf. history/Limpar hist. cartão transf], define o histórico de
transferências de imagens no cartão de memória para “não enviado”. Isso permite reenviar todas as
imagens do cartão mais tarde, seleccionando [Card images not transferred/Imags de cartão não
transf.].
39
Verificar o Histórico de Transferências de Imagem
Verificar o Histórico de Transferências de Imagens Individuais
Para verificar o histórico de transferências, em [Image sel./transfer/Transf./Sel. imagem],
seleccione [Sel.Image/Sel.Imag.].
Imagem não seleccionada para
transferência (sem ícone)
Imagem seleccionada para
transferência
Não foi possível transferir a imagem
Imagem transferida
Verificar o Histórico de Transferências de Pastas ou Cartões de Memória
No ecrã [Image sel./transfer/Transf./Sel. imagem],
pode verificar o número de imagens para
transferência, assim como o histórico de
transferências de imagens na pasta seleccionada ou
no cartão de memória. Sobretudo, pode verificar o
número de imagens classificadas como [Images
failed trans./Falhou transf. imags.] e [Images
transferred/Imagens transferidas].
40
Visualizar Imagens Transferidas
As imagens transferidas para o servidor FTP ficam guardadas na pasta a seguir, tal como
especificado nas definições do servidor FTP.
Windows
Nas definições por defeito do servidor FTP, as imagens ficam guardadas na pasta [C drive/
Unidade C] pasta [Inetpub] pasta [ftproot] ou numa subpasta desta pasta.
Se a pasta raiz do destino de transferência tiver sido alterada nas definições do servidor
FTP, pergunte ao administrador respectivo para onde serão transferidas as imagens.
Macintosh
Abra a pasta [Macintosh HD/DR Macintosh] [Users/Utilizadores]. A pasta onde as
imagens são guardadas está localizada na pasta do utilizador que iniciou a sessão ou
numa subpasta dessa pasta.
Pastas para Armazenamento de Imagens
Nas definições por defeito do transmissor, as imagens transferidas são guardadas na pasta
raiz especificada nas definições do servidor FTP, numa estrutura de pastas como A/DCIM/
100EOS1D criada automaticamente.
Além disso, se tiver seleccionado um cartão CF como periférico para gravar e reproduzir, é
automaticamente criada uma estrutura de pastas, como “A/DCIM/100EOS1D”, para
armazenamento de imagens. No caso de um cartão SD, é criada “B/DCIM/100EOS1D” e, no
caso do periférico, é criada “C/DCIM/100EOS1D”. (As imagens do cartão CF são atribuídas à
pasta A, as imagens do cartão SD à pasta B e as imagens do periférico à pasta C.)
41
42
Captura Remota
Utilizando o EOS Utility
Pode utilizar o EOS Utility para disparar em modo remoto através de uma
LAN sem fios ou com fios.
Além da captura remota, o EOS Utility suporta todas as operações da
câmara porque esta opção utiliza uma rede sem fios ou com fios, em vez do
cabo USB.
43
Configurar Definições de Comunicação EOS Utility
Estas instruções são a continuação do Capítulo 1.
Com EOS Utility, pode utilizar o WFT Pairing Software incluído para estabelecer uma ligação
entre o transmissor e um computador.
O WFT Pairing Software é instalado automaticamente durante a instalação fácil do software
fornecido com a câmara. Se não estiver instalado, antes deste procedimento, instale-o no
computador para poder comunicar com o transmissor.
O procedimento de configuração é o seguinte, utilizando o Windows XP como exemplo.
1
Primeiro, aparece o ecrã de emparelhamento.
Rode o selector <5> para seleccionar [OK]. Se
carregar em <0>, aparece a seguinte
mensagem. Aqui, ****** representa os últimos seis
dígitos do endereço MAC do WFT-E2 II para a
ligação.
2
Inicie o software de emparelhamento.
Normalmente, está instalado no mesmo local do
EOS Utility.
X Depois de ser iniciado o software de
emparelhamento, aparece um ícone na barra de
tarefas.
X Quando a câmara for detectada, aparece uma
mensagem.
44
Configurar Definições de Comunicação EOS Utility
3
Faça duplo clique no ícone do software de
emparelhamento.
X As câmaras detectadas aparecem numa lista. A
lista não inclui as câmaras que já foram ligadas.
Clique em [Connect/Ligar].
Se aparecerem várias câmaras, identifique a
câmara à qual vai fazer a ligação pelo respectivo
[MAC address/Endereço MAC] ou [IP address/
Endereço IP].
Pode verificar o [MAC address/Endereço MAC] e
o [IP address/Endereço IP] acedendo a [Confirm
settings/Confirmar definições] no menu (p.66).
4
Quando a câmara detectar o computador onde
clicou em [Connect/Ligar] no passo 3, aparece a
mensagem à esquerda.
Rode o selector <5> para seleccionar [OK] e
carregue em <0>.
5
Carregue em <0>. Rode o selector <5> para
seleccionar o número definido e carregue em
<0>.
Depois de rodar o selector <5> para seleccionar
[OK] e carregar em <0>, fecha-se o assistente
de ligação e inicia-se o EOS Utility.
X A lâmpada <LAN> do transmissor acende-se a verde.
As informações das definições são guardadas na
câmara. Não são guardadas no transmissor.
Estão completas as definições da rede do EOS Utility.
45
Configurar Definições de Comunicação EOS Utility
Não é necessário concluir novamente o emparelhamento se continuar a utilizar em
conjunto uma câmara, transmissor e computadores específicos após o emparelhamento e
sem alterar as definições.
Antes da próxima sessão de PTP, basta ligar a câmara à qual o transmissor está ligado e
iniciar o software de emparelhamento. A ligação entre a câmara e o computador é
estabelecida automaticamente.
Pode adicionar o software de emparelhamento ao software iniciado na altura do arranque
do computador. No EOS Utility, no separador [Preferences/Preferências] [Basic
Settings/Config.básicas], seleccione [ Add WFT Pairing Software to the Startup
folder/ Adicionar WFT Pairing Software à pasta Startup].
46
Utilizar o EOS Utility
Para obter instruções sobre o EOS Utility, consulte o Manual de Instruções do Software (PDF)
em CD-ROM. Pode tirar o máximo partido do EOS Utility através do transmissor, tal como
através de uma ligação USB, sem restrições.
No Disparo Remoto no modo de Visualização Directa, a velocidade de transmissão das imagens é
mais lenta do que via USB. Não é possível visualizar a deslocação dos motivos em movimento com
suavidade.
47
48
Captura Remota
Utilizando o Servidor WFT
Com um web browser, pode ver as imagens contidas num cartão de
memória existente na câmara e transferi-las para um computador.
Adicionalmente, pode disparar em modo remoto através de uma LAN sem
fios ou com fios. Note que a captura em modo "Bulb" e a captura de filmes
não são suportadas.
49
Configurar Definições de Comunicação do Servidor WFT
Estas instruções são a continuação do Capítulo 1.
Carregue em <0>. Rode o selector <5> para
seleccionar o número definido e carregue em
<0>.
Carregue novamente em <0>. Depois de estar
fechado o assistente de ligação, volta a aparecer o
ecrã dos menus.
X A lâmpada <LAN> do transmissor acende-se a verde.
As informações das definições são guardadas na
câmara. Não são guardadas no transmissor.
Configurar uma Conta
Introduza um nome de utilizador e uma palavra-passe para aceder à câmara a partir de um
computador. O nome de utilizador e a palavra-passe que especificar aqui são utilizados no
computador quando fizer a ligação à câmara.
50
1
Rode o selector <5> para seleccionar [Set up/
Config.] e carregue em <0>.
2
Rode o selector <5> para seleccionar [WFT
server settings/Def. servidor WFT] e carregue
em <0>.
Configurar Definições de Comunicação do Servidor WFT
3
Rode o selector <5> para seleccionar [WFT
account/Conta WFT] e carregue em <0>.
Se alterar o número da porta, rode o selector
<5> para seleccionar [Port number/Número da
porta] e carregue em <0>. Normalmente não é
necessário alterar o número da porta (80).
4
Seleccione um número de conta.
Com o Servidor WFT, pode ligar a câmara a um
máximo de três computadores. Seleccione aqui
um número de utilizador, para evitar conflitos
quando for feita a ligação de outros computadores
ao transmissor em simultâneo.
Rode o selector <5> para seleccionar [User */
Utilizador *] e carregue em <0>.
5
Depois de seleccionar [Login name/Nome de
utilizador] e [Password/Palavra passe], aparece
o seguinte ecrã de entrada.
Para obter instruções sobre as operações do ecrã
de entrada, consulte “Operação do Teclado
Virtual” (p.27).
Estão completas as definições da rede do Servidor WFT.
51
Visualizar o Servidor WFT
No web browser, visualize o servidor WFT, um ecrã das operações do transmissor. Certifiquese de que já estabeleceu uma ligação entre a câmara e o computador.
1
2
3
Inicie o web browser.
Primeiro, inicie o Internet Explorer ou outro web
browser.
Introduza o URL.
No campo do endereço, introduza o endereço IP
atribuído à câmara.
Carregue na tecla <Enter>.
Complete as definições de [Login name/
Nome de utilizador] e [Password/
Palavra passe].
Introduza o nome de utilizador e a palavra-passe, tal
como especificado no procedimento na página 51.
Clique em [OK] para ver o ecrã do Servidor WFT.
Os web browsers que suportam JavaScript
apresentam o ecrã à esquerda por baixo do passo 4.
Caso contrário, é apresentada uma mensagem se o
Javascript não for suportado. Se optar por não
utilizar JavaScript, é apresentado o ecrã à direita por
baixo do passo 4, com funções limitadas.
4
JavaScript suportado
Seleccione o idioma.
Seleccione um idioma na parte inferior do ecrã.
JavaScript não suportado
Se não souber o URL (endereço IP)
Pode verificar o URL (endereço IP) acedendo a [Confirm settings/Confirmar def.] no menu (p.66).
52
Visualizar Imagens
Procure imagens no cartão de memória da câmara da seguinte maneira.
1
Clique em [Viewer/Visualizador].
2
Seleccione o cartão de memória.
3
Seleccione uma imagem.
X É apresentado o ecrã de visualização da imagem.
Clique em [CF], [SD] ou no periférico.
Clique na pasta [DCIM] e seleccione a pasta que
contém as imagens.
Para ver outra imagem, clique nos botões
<
> ou salte para outras páginas.
Nos web browsers compatíveis com JavaScript, é
possível especificar quantas miniaturas devem ser
apresentadas por ecrã, clicando na lista pendente
no canto superior direito do ecrã.
53
Visualizar Imagens
4
Transfira imagens para o computador.
Clique numa miniatura.
X A imagem aparece num tamanho maior.
Para transferir a imagem para o seu computador,
clique em <
>.
Clique em [Return/Voltar] para voltar ao ecrã de
visualização da imagem.
Apesar das imagens e filmes RAW reais não aparecerem aqui, podem ser transferidos para o
computador do mesmo modo que as imagens JPEG.
54
Captura Remota [Camera control/Controlo da câmara]
Primeiro, prepare a câmara para o disparo no modo Visualização Directa. A captura
remota de filmes não é suportada.
Para os web browsers que não suportam JavaScript, consulte a página 59, “Captura
Remota.”
1
Clique em [Camera control/Controlo da
câmara].
X É apresentado o ecrã de captura avançada.
①② ③ ④
⑱
⑫
⑬
⑭
⑤⑥
⑦
⑧
⑨
⑩
⑪
⑮
⑯
⑰
①
Verificação da bateria
⑪
Qualidade
②
Modo de disparo
⑫
Modo de disparo
③
Disparos possíveis
⑬
Balanço de brancos
④
Modo AF
⑭
Modo de medição
⑤
Botão de desprendimento
⑮
Menu
⑥
Interruptor AF/MF
⑯
Botão de Disparo no modo Visualização Directa
⑦
Velocidade do obturador
⑰
Botão do foco manual
⑧
Abertura
⑱
Ecrã da imagem da Visualização Directa
⑨
Sensibilidade ISO
⑩
Compensação de exposição
* Os itens sombreados não podem ser configurados através do Servidor WFT. ② e ④ são configurados na própria
câmara.
55
Captura Remota [Camera control/Controlo da câmara]
2
Defina o interruptor de modo de
focagem da lente para <f>.
3
Veja a imagem de Visualização Directa.
4
Ajuste manualmente do foco.
⑯
56
Nestas condições, clique no botão de
desprendimento (⑤). Quando largar o botão do
rato, a câmara foca automaticamente e dispara.
(Consulte o passo 5.)
Com One-Shot AF, a câmara não dispara, salvo se
tiver conseguido focar. Tente seguir os passos
seguintes para visualizar a imagem de
Visualização Directa e disparar após focagem
manual.
Clique no botão de disparo no modo Visualização
Directa (⑯).
X O interruptor AF/MF (⑥) está definido para
<g>, e é apresentada a imagem de
Visualização Directa.
Se a imagem de Visualização Directa não for
apresentada, active o disparo no modo
Visualização Directa no menu (⑮).
Clique nos botões <
>, <
>, <
>,
<
>, <
>, e <
> para ajustar o foco.
Note que a focagem automática não é suportada
durante a apresentação da imagem de
Visualização Directa.
Para focar de perto, clique em <
>, <
>, ou
<
>. Para focar de perto, clique em <
>,
<
>, ou <
>.
Estão disponíveis três níveis de ajuste do foco.
<
><
> : Incremento maior
<
><
> : Incremento intermédio
<
><
> : Incremento menor
Captura Remota [Camera control/Controlo da câmara]
5
Configure as definições de disparo.
6
Tire a fotografia.
Clique nos itens a definir (tais como qualidade)
para ver os detalhes das definições, que pode
configurar.
Complete as definições, conforme necessário.
Clique no botão de desprendimento (⑤). Quando
largar o botão do rato, a câmara foca
automaticamente e dispara.
X A imagem capturada é apresentada.
As imagens captadas ficam guardadas no cartão
de memória.
Para transferir imagens para o computador,
consulte a página 53, e utilize a função [Viewer/
Visualizador].
A imagem de Visualização Directa pode ficar imobilizada ao disparar, se a câmara for acedida por
múltiplos computadores.
57
Captura Remota [Simple control/Controlo simples]
Primeiro, prepare a câmara para o disparo no modo Visualização Directa. A captura
remota de filmes não é suportada.
Para os web browsers que não suportam JavaScript, consulte a página 59, “Captura
Remota.”
1
Clique em [Simple control/Controlo
simples].
X É apresentado o ecrã de captura básico, e é
apresentada a imagem de Visualização Directa.
Ecrã da imagem da Visualização Directa
Botão do foco manual
<
<
><
><
><
><
>: Foca de perto
>: Foca de longe
Níveis de ajuste de foco
Botão de desprendimento
58
<
<
<
><
><
><
>
>
> : Incremento maior
: Incremento intermédio
: Incremento menor
2
Ajuste manualmente do foco.
3
Tire a fotografia.
Defina o interruptor de modo de focagem da lente
para <f>.
Clique nos botões <
>, <
>, <
>,
<
>, <
>, e <
> para ajustar o foco.
Clique no botão de desprendimento. Quando
largar o botão do rato, a câmara foca
automaticamente e dispara.
X A imagem capturada é apresentada.
As imagens captadas ficam guardadas no cartão
de memória.
Para transferir imagens para o computador,
consulte a página 53, e utilize a função [Viewer/
Visualizador].
Captura Remota
As instruções que se seguem destinam-se a captura remota com web browsers que não
suportam JavaScript.
Primeiro, prepare a câmara para o disparo no modo Visualização Directa. A captura
remota de filmes não é suportada.
Ecrã
1
Clique em [Capture/Captar].
2
Tire a fotografia
Botão de desprendimento
3
X Aparece o ecrã de captura.
A imagem de Visualização Directa não é
apresentada.
Defina o interruptor de modo de focagem da lente
para <g>. Ajuste o foco na câmara.
Clique no botão de desprendimento. Quando
largar o botão do rato, a câmara foca
automaticamente e dispara.
X A imagem capturada é apresentada.
As imagens captadas ficam guardadas no cartão
de memória.
Transfira imagens para o computador.
Clique na imagem.
X A imagem aparece num tamanho maior.
Para transferir a imagem para o seu computador,
clique em <
>.
Clique em [Return/Voltar] para voltar ao ecrã de
captura.
Apesar das imagens e filmes RAW reais não aparecerem aqui, podem ser transferidos para o
computador do mesmo modo que as imagens JPEG.
59
60
Disparo Ligado
O disparo ligado permite ligar até 10 câmaras escravas numa rede sem fios
(através de IEEE 802.11g no modo ad hoc) à câmara principal, na qual o
obturador é liberto. Pode utilizar como câmara escrava qualquer modelo
compatível com disparo ligado que tenha um transmissor da série WFT ligado.
Note que haverá um pequeno atraso entre a libertação do obturador da
câmara principal e o disparo das câmaras escravas. A captura de filmes
não é suportada.
Câmara escrava
Câmara principal
61
Configurar o Disparo Ligado
Primeiro, estabeleça uma ligação das câmaras escravas para a câmara principal. Dado que o
disparo ligado utiliza uma ligação sem fios através de IEEE 802.11g no modo ad hoc, não está
disponível através de LAN com fios.
1
Visualize o menu do transmissor.
2
Seleccione [Connection wizard/
Assistente de ligação].
3
Seleccione [LinkedShot/DispLigado].
4
Configure as câmaras escravas.
Na câmara, carregue no botão <7>.
No separador [7], seleccione [WFT settings/
Definições WFT] e carregue em <0>. [WFT
settings/Definições WFT] é adicionado ao
separador depois de ligar o transmissor.
Seleccione [Slave/Escrava].
X As câmaras escravas estão prontas e apresentam
o ecrã que se segue.
Se utilizar várias câmaras escravas, configure
todas as câmaras escravas para o estado escrava.
Assim que as definições estiverem concluídas,
não é possível adicionar nem remover escravas.
Tem de repetir o processo de configuração desde
o passo 1.
62
Configurar o Disparo Ligado
5
Configure a câmara principal.
Configure as definições na câmara principal
seguindo os passos 1-3 na página anterior e, em
seguida, seleccione [Master/Principal].
X É apresentado o ecrã que se segue.
6
Nesta altura, configure as câmaras
escravas.
7
Verifique o número das câmaras escravas.
8
Estabeleça a ligação.
Nas câmaras escravas, seleccione [OK].
X O monitor LCD da câmara principal apresenta o
número de câmaras escravas detectadas.
Na câmara principal e em todas as câmaras
escravas, seleccione [OK].
X É apresentado um ecrã à medida que a ligação é
testada.
As informações que especificou são guardadas
nas câmaras. Não são guardadas nos
transmissores.
63
Dispor as Câmaras Escravas
Câmara escrava
Câmara escrava
Câmara escrava
Câmara escrava
Câmara principal
Disponha as câmaras escravas ao redor da câmara principal, sem objectos entre elas.
Pode dispor a câmara principal numa circunferência máxima global de aproximadamente
100 m / 328 pés. Contudo, a distância suportada pelo disparo ligado pode ser menor,
dependendo das condições da comunicação sem fios, que são afectadas pelo modo como
as câmaras estão dispostas, o ambiente de utilização, e as condições meteorológicas.
Se carregar até meio no botão do obturador da câmara principal, coloca as câmaras
escravas no mesmo estado como se tivesse carregado até meio nos respectivos botões de
obturador. De igual modo, se carregar totalmente no botão do obturador da câmara
principal, acontece o mesmo com as câmaras escravas que respondem como se tivesse
carregado totalmente nos respectivos botões de obturador.
Haverá um ligeiro atraso entre a libertação do obturador da câmara principal e a libertação
dos obturadores das câmaras escravas. (A captura simultânea não é possível.)
Durante o disparo, se carregar no botão de bloqueio AE ou de previsão de profundidade de
campo, a câmara foca e mede como se tivesse carregado no botão do obturador até meio.
Assim que tiver estabelecido uma ligação entre a câmara principal e as câmaras escravas, as
definições são retidas mesmo após substituição das baterias.
Se deixou de utilizar uma câmara escrava no disparo ligado, defina o [Communication mode/
Modo comunicação] para [Disconnect/Desligar] nessa câmara escrava.
Pode utilizar como câmara escrava qualquer modelo compatível com disparo ligado que tenha um
transmissor da série WFT ligado.
64
Gerir Informações
de Definições
65
Verificar Definições
Verifique as definições de rede da seguinte maneira.
1
Em [WFT settings/Definições WFT],
seleccione [Set up/Config.].
2
Seleccione [Confirm settings/Confirmar
def.].
X Aparecem as definições.
Exemplo de definições de transferência FTP e LAN com fios
66
Exemplo de definições de transferência FTP e LAN sem fios
Alterar Definições
As definições originalmente completadas com o assistente de ligação podem ser alteradas da
seguinte maneira. Pode também alterar as definições de segurança IP (IPsec) não
completadas com o assistente de ligação, bem como outras definições, como a que determina
o que acontece se uma imagem com um nome de ficheiro já existente for enviada para o
servidor FTP. (p.68)
1
Em [WFT settings/Definições WFT],
seleccione [Set up/Config.].
2
Seleccione [LAN settings/Definições
LAN].
3
Seleccione o número de definições.
4
Seleccione [Change/Mudar].
5
Seleccione o item a mudar.
Pode seleccionar aqui o número de definições que
identifica as definições LAN.
Depois de seleccionar [Change settings name/
Mudar definições nome], pode mudar o nome
das definições.
Seleccione o item desejado em [LAN type/Tipo
LAN], [TCP/IP], [FTP server/Servidor FTP] ou
[Wireless LAN/WLAN] e mude a definição.
67
Alterar Definições
Segurança IP (IPsec)
Configurado em [TCP/IP] [Security/Segurança].
O IPsec é um conjunto de normas para comunicação encriptada via Internet. Fornece
segurança efectiva para LAN sem fios e com fios. Para utilizar esta função, tem de activar o
IPsec nas definições de rede do seu computador. Se utilizar o IPsec, só é suportado o modo
de transporte e é utilizada a encriptação DES e a autenticação SHA1. O endereço IP do
computador para comunicação com o transmissor tem de ser introduzido em [Destination
address/Endereço de destino] no ecrã de definições.
Estrutura do Directório da Pasta de Destino
Configurado em [FTP server/Servidor FTP] [Directory structure/Estrut. do directório].
Se seleccionar [Camera/Câmara], cria automaticamente uma estrutura de pastas que
corresponde à da câmara (como A/DCIM/100EOS1D), na pasta raiz do servidor para
armazenamento de imagens. Se tiver criado uma subpasta na pasta raiz, alterando a definição
[Target folder/Pasta de destino], é automaticamente criada uma estrutura de pastas, como A/
DCIM/100EOS1D, nessa pasta para armazenamento de imagens.
Se seleccionar [Default/Defeito], utiliza a pasta raiz para armazenar imagens. Se tiver criado
uma subpasta na pasta raiz, alterando a definição [Target folder/Pasta de destino], as
imagens são guardadas nessa pasta.
Substituir Ficheiros do Mesmo Nome
Configurado em [FTP server/Servidor FTP] [Overwrite same file/Subst. mesmo ficheiro].
Quando o transmissor está configurado para evitar a substituição
Se já houver um ficheiro com o mesmo nome na pasta de destino no servidor FTP, o novo
ficheiro é guardado com uma extensão formada por um traço de sublinhado e um número,
como em IMG_0003_1.JPG.
Quando reenviar imagens, se falhar a transferência inicial
Mesmo que o transmissor esteja configurado para substituir ficheiros do mesmo nome, se
reenviar um ficheiro de imagem que não tenha conseguido transferir inicialmente, o ficheiro
existente pode não ser substituído, em alguns casos. Se isso acontecer, o novo ficheiro é
guardado com uma extensão formada por um traço de sublinhado, uma letra e um número,
como em IMG_0003_a1.JPG.
Modo Passivo
Configurado em [FTP server/Servidor FTP] [Passive mode/Modo passivo].
Active esta definição nos ambientes de rede protegidos por um firewall. Se ocorrer um Erro 41
(“Cannot connect to FTP server” (Não pode ligar ao servidor FTP)), definir o modo passivo
para [Enable/Activar] pode dar-lhe acesso ao servidor FTP.
Prevenir Alterações nas Definições
Para prevenir alterações acidentais nas definições LAN,
defina [Protect settings/Proteger definições] para [On].
68
Guardar e Carregar Definições
As definições de rede podem ser guardadas num cartão de memória para utilização com
outras câmaras.
Guardar Definições
1
Em [WFT settings/Definições WFT],
seleccione [Set up/Config.].
2
Seleccione [LAN settings/Definições
LAN].
3
Seleccione o número de definições.
4
Seleccione [Change/Mudar].
5
Seleccione [Save settings/Guardar
definições].
Pode seleccionar aqui o número de definições que
identifica as definições LAN.
69
Guardar e Carregar Definições
6
Seleccione [Save/Guardar].
X As definições são guardadas como um ficheiro no
cartão de memória.
As definições são guardadas como um ficheiro
(WFTNPF**.NIF) na área do cartão de memória que
aparece quando abrir o cartão (no directório raiz).
O nome de ficheiro é determinado
automaticamente pela câmara: WFTNPF, seguido
de um número (01 a 99) e a extensão NIF. Pode
mudar o nome de ficheiro como quiser,
seleccionando [Change file name/Mudar nome
do ficheiro].
Carregar Definições
Carregue ficheiros de definições guardados num cartão de memória da seguinte maneira. Utilize
também este procedimento quando carregar ficheiros de definições criados num computador.
Verifique se o ficheiro de definições está guardado na pasta que aparece quando abrir o cartão
de memória (ou seja, o directório raiz).
70
1
Seleccione [Load settings/Carregar
definições].
2
Seleccione o ficheiro de definições.
3
Carregue o ficheiro de definições.
X Seleccione um ficheiro de definições que
corresponda ao seu ambiente de rede.
X As informações do ficheiro de definições são
carregadas no número de definições
seleccionado.
Utilizar Periférico
Pode utilizar um periférico à venda no mercado, ligado via USB, do mesmo
modo que utiliza cartões CF e SD. Também pode fazer backup de imagens
existentes em cartões CF e SD para o periférico.
O periférico tem de cumprir os seguintes requisitos.
O periférico deve ser utilizado de acordo com a USB Mass Storage
Class Specification (Especificação de Classe de Armazenamento em
Massa USB).
Se for usada uma unidade de disco rígido Externa, utilize uma unidade
com alimentação própria. Em algumas situações, as unidades
alimentadas por bus não funcionam.
A área principal de armazenamento de imagens tem de ser formatada
com um sistema de ficheiros FAT16 ou FAT32.
Utilize um periférico com uma área principal de armazenamento de
imagens de menos de 1 TB (terabyte), com 512 bytes por sector.
Não utilize um periférico equipado com uma ranhura para cartão.
71
Ligar Periférico
Antes de ligar um periférico ao transmissor, coloque o botão ON/OFF da câmara na posição
<OFF>. Além disso, desligue o periférico se ele tiver a sua própria fonte de alimentação.
Quando ligar um periférico, certifique-se de que utiliza o cabo USB fornecido com a câmara.
A porta USB do transmissor não é 'hot-pluggable' (ligação directa e independente). Não
é possível ligar ou desligar os cabos USB em qualquer altura. Siga as instruções desta
secção quando ligar ou desligar cabos USB.
1
Ligue o periférico à porta USB.
2
Em [WFT settings/Definições WFT],
seleccione [USB device connec./Ligado
a disp.USB].
Abra a tampa da porta e ligue o periférico.
Não ligue o periférico através de um hub USB.
Se o periférico tiver alimentação própria, ligue
essa alimentação depois de ligar o periférico.
Se não utilizar uma LAN sem fios ou com fios ao
mesmo tempo que um periférico, defina o
[Communication mode/Modo comunicação]
para [Disconnect/Desligar].
72
3
Seleccione [Storage/Armazenam.].
4
Seleccione [Connect/Ligar].
Ligar Periférico
5
Seleccione [OK].
Operações da câmara, tais como disparar,
visualizar menu ou reprodução de imagens, só
são possíveis depois de estabelecida a ligação.
Se o transmissor estiver ligado ao periférico, a
lâmpada <USB> do transmissor acende-se em
verde e aparece uma mensagem a indicar que foi
estabelecida uma ligação.
Quando aparecer a mensagem de confirmação,
seleccione [OK].
X Neste ponto, fica disponível a opção de menu
[Disconnect/Desligar]. Seleccione esta opção
antes de desligar o periférico.
X Depois de sair do menu, o painel LCD posterior
indica que há um periférico ligado.
Não pode formatar o periférico utilizando a câmara. Formate-o com um sistema de ficheiros FAT16 ou
FAT32 utilizando o computador.
73
Ligar Periférico
Desligar Periférico da Porta USB
Antes de desligar o periférico da porta USB, seleccione sempre [Disconnect/Desligar], como
se mostra no passo 5. Siga as instruções que aparecem para terminar a ligação.
Não consegue terminar a ligação se se limitar a desligar a câmara e o periférico. Se desligar o
periférico na ficha enquanto a ligação ainda estiver activa, ligue novamente o periférico à porta
USB e siga os passos anteriores para terminar a ligação.
Fonte de Alimentação de Periférico
O periférico é alimentado através da porta USB do transmissor, sempre que é necessário. No
entanto, em alguns casos, as unidades de disco rígido externas podem não funcionar após a
ligação.
Gestão de Energia
Se não utilizar uma LAN sem fios ou com fios ao
mesmo tempo que um periférico, defina o
[Communication mode/Modo comunicação]
para [Disconnect/Desligar]. A bateria da câmara
gasta-se mais depressa com definições diferentes
de [Disconnect/Desligar], porque é desactivada
a poupança de energia.
Se definir [Power saving/Poupar energia] para
[Enable/Activar], a fonte de alimentação do
periférico é automaticamente interrompida,
poupando assim a bateria da câmara. A alimentação
é de novo fornecida automaticamente durante o
disparo, quando as imagens são guardadas.
Antes de captar filmes, defina [Power saving/Poupar energia] para [Disable/Desactiv] e certifique-se
de que a lâmpada <USB> do transmissor está acesa a verde. Se iniciar a captação de um filme
quando a lâmpada <USB> está apagada ou a piscar, o filme pode não ser gravado para o periférico.
74
Escolher Periférico de Gravação Durante o Disparo
É possível guardar imagens no periférico ligado via USB tal como em cartões CF e SD.
Também pode configurar as definições de [Record func./Função grav.], [Record/play/Grava/
Repr.] e [Folder/Pasta] (descritas abaixo) para utilizar o periférico. Para mais informações,
consulte o Manual de Instruções da Câmara (página 56).
Se gravar filmes num disco rígido, utilize um que tenha velocidades de escrita elevadas.
No separador [5], seleccione [Record
func+media/folder sel./Fun grav+sel
pasta/periférico].
X O ícone do periférico aparece ao lado dos ícones
dos cartões CF e SD.
Complete as seguintes definições, conforme
necessário. Para mais informações sobre a
utilização de [Record/play/Grava/repr.] com o
periférico, consulte a página seguinte.
Embora a lâmpada <USB> pisque a verde durante um momento, se reiniciar a câmara ou se a câmara
recuperar de uma situação de desligar automático, pode continuar a disparar. Todas as imagens
captadas nessa altura são guardadas temporariamente na memória interna da câmara, sendo depois
gravadas no periférico quando a lâmpada <USB> ficar com luz fixa a verde.
75
Escolher Periférico de Gravação Durante o Disparo
Definição de [Record/play/Grava/repr.]
Se seleccionar o periférico em [Record/play/Grava/repr.], aparece o ecrã [Select location for
DCIM folder/Selec. destino para pasta DCIM]. A pasta DCIM contém a pasta EOS1D, onde
as imagens são guardadas.
Para criar a pasta DCIM na primeira pasta que
aparece quando abrir o periférico (ou seja, o
directório raiz), seleccione a definição por
defeito de [/].
Para criar outra pasta principal para a pasta DCIM,
seleccione [Create folder/Criar pasta]. Aparece
um ecrã para introduzir o nome da pasta.
Por defeito, o nome da pasta inclui a data actual
(os últimos dois dígitos do ano, o mês e o dia) e
números que representam a ordem de criação da
pasta, num intervalo de 01 a 99.
Utilize sempre 8 caracteres no nome da pasta.
Para saber como introduzir o nome da pasta,
consulte “Operação do Teclado Virtual” (p.27).
76
Copiar Imagens
É possível copiar imagens para o periférico ligado via USB tal como para cartões CF e SD.
1
No separador [5], seleccione [Record
func+media/folder sel./Fun grav+sel
pasta/periférico].
X O ícone do periférico aparece ao lado dos ícones
dos cartões CF e SD.
2
Seleccione o suporte de origem em
[Record/play/Grava/repr.].
3
No separador [3], seleccione [Image
copy/Copiar imagem].
Após a selecção, carregue no botão <7> para
voltar ao ecrã dos menus.
Para mais instruções, consulte o Manual de
Instruções da Câmara (página 176). As operações
são idênticas às relacionadas com um cartão CF
ou SD, salvo a apresentação do ícone de
periférico <u>.
77
Fazer Backup em Periférico
É possível fazer backup de imagens guardadas em cartões CF ou SD para um periférico.
Inicialmente, em cartões CF ou SD, as imagens captadas ficam guardadas na pasta DCIM. Se
seleccionar [External media backup/Backup do periférico], faz o backup desta pasta DCIM
para o periférico.
1
No separador [3], seleccione [External
media backup/Backup do periférico].
2
Verifique o espaço livre no periférico.
3
Seleccione o método de backup.
Certifique-se de que o espaço disponível no
periférico é superior ao utilizado no cartão de
memória. Se houver menos espaço livre no
periférico, não pode fazer o backup.
Seleccione [Quick backup/Backup rápido] ou
[Backup].
Também pode fazer o backup da pasta MISC, onde estão guardadas as instruções de impressão
e transferência.
Não pode fazer backup do periférico para cartões de memória.
Se o destino do backup já tiver uma pasta com o mesmo número, contendo imagens com o
mesmo número, aparecem as opções [Skip image and continue/Saltar imagem e continuar],
[Replace existing image/Substituir imagem existente] e [Cancel backup/Cancelar backup].
Seleccione o método de backup e carregue em <0>.
• [Skip image and continue/Saltar imagem e continuar]: É feito o backup de todas as imagens,
excepto as que têm o mesmo número do que as imagens existentes
• [Replace existing image/Substituir imagem existente]: É feito o backup de todas as imagens,
incluindo as que têm o mesmo número do que as imagens existentes
Não é possível disparar durante o backup. Carregue em [Cancel/Cancelar] antes de disparar.
78
Fazer Backup em Periférico
Backup Rápido
Existe um método de backup simples que é o seguinte.
1
Seleccione [Quick backup/Backup
rápido].
2
Seleccione o cartão de memória de
origem.
3
Seleccione [Start/Iniciar].
4
Seleccione [OK].
X Começa o processo de backup.
Quando aparecer a mensagem a indicar que está
terminado, seleccione [OK].
79
Fazer Backup em Periférico
Onde é Guardada a Pasta DCIM
A pasta DCIM é guardada num directório indicado
por um caminho de ficheiro, como [u/09103102/].
O nome da pasta de destino inclui a data actual
(os últimos dois dígitos do ano, o mês e o dia) e
números que representam a ordem de criação da
pasta, num intervalo de 01 a 99.
No exemplo à esquerda, a pasta que aparece
quando se abre o periférico (ou seja, o directório
raiz) tem a designação de 09103102. A pasta
DCIM é guardada nesta pasta.
Este é também o nome da pasta de destino que
aparece quando se utiliza a opção de [Backup]
normal.
Backup
Seleccione a opção de [Backup] normal para criar ou utilizar uma pasta à sua escolha como
pasta principal da pasta DCIM. Também pode dar o nome que pretender a esta pasta. As
outras funções deste método são iguais às do [Quick backup/Backup rápido].
80
1
Seleccione [Backup].
2
Seleccione o cartão de memória de
origem.
3
Seleccione [DCIM location/Local DCIM].
Fazer Backup em Periférico
4
Seleccione [Create folder/Criar pasta].
5
Introduza o [Folder name/Nome da
pasta].
6
Seleccione [Start/Iniciar].
7
Seleccione [OK].
Utilize sempre 8 caracteres no nome da pasta.
Para saber como introduzir o nome da pasta,
consulte “Operação do Teclado Virtual” (p.27).
X Começa o processo de backup.
Quando aparecer a mensagem a indicar que está
terminado, seleccione [OK].
81
Fazer Backup em Periférico
Estojo para Periférico
O estojo para periférico fornecido tem capacidade para discos rígidos portáteis com um
tamanho máximo de 120 x 75 x 15 mm/4,72 x 2,95 x 0,59 pol.
82
Utilizar Dispositivos GPS
Os dispositivos GPS, à venda no mercado, ligados via USB podem obter
informações, incluindo a latitude, longitude, altitude e data e hora do
disparo, adicionando-as às imagens. É possível verificar informações
adicionais na câmara, bem como utilizar software de mapeamento
compatível com o GPS.
O transmissor pode ser usado com dispositivos GPS da série Garmin
GPSMAP, eTrex ou Magellan eXplorist, que produzem dados no formato
NMEA 0183 Ver. 3.0.1, assim como com alguns dispositivos que produzem
dados do protocolo Garmin (a partir de Novembro de 2009).
Para obter uma lista dos dispositivos GPS específicos suportados, contacte
o Centro de Assistência da Canon.
Para obter instruções sobre o dispositivo GPS, consulte o manual de instruções do
dispositivo ou contacte o fabricante.
83
Ligar Dispositivos GPS com um Cabo USB
Desligue o dispositivo GPS e a câmara antes de os ligar entre si.
Quando ligar dispositivos GPS, não se esqueça de usar o cabo USB fornecido com a câmara.
A porta USB do transmissor não é 'hot-pluggable' (ligação directa e independente). Não
é possível ligar ou desligar os cabos USB em qualquer altura. Siga as instruções desta
secção quando ligar ou desligar cabos USB.
1
Ligue o dispositivo GPS à porta USB.
2
Em [WFT settings/Definições WFT],
seleccione [USB device connec./Ligado
a disp.USB].
Abra a tampa da porta e ligue o GPS.
Não ligue o GPS através de um hub USB.
Só pode ligar o GPS depois do passo 5.
Se não vai utilizar uma LAN sem fios ou com fios
ao mesmo tempo que o GPS, defina
[Communication mode/Modo comunicação]
para [Disconnect/Desligar].
84
3
Seleccione [GPS].
4
Seleccione [Connect/Ligar].
Ligar Dispositivos GPS com um Cabo USB
5
Seleccione [OK].
Depois de seleccionar [OK], ligue o dispositivo GPS.
Pode demorar alguns minutos a estabelecer-se a
ligação com o GPS. Operações da câmara, tais
como disparar, visualizar menu ou reprodução
de imagens, só são possíveis depois de
estabelecida a ligação.
Quando se liga o transmissor ao GPS, a lâmpada
<USB> do transmissor acende-se a verde e
aparece uma mensagem a indicar que foi
estabelecida uma ligação.
Quando aparecer a mensagem de confirmação,
seleccione [OK].
X Neste ponto, fica disponível a opção de menu
[Disconnect/Desligar]. Seleccione esta opção
antes de desligar o GPS.
6
Tire a fotografia.
7
Verifique os dados do GPS.
Verifique se a lâmpada <USB> do transmissor está
acesa a verde antes de disparar.
Se a lâmpada <USB> não estiver acesa a verde
quando disparar, não são adicionados à
imagem os dados correctos do GPS.
Visualize uma imagem.
Carregue no botão <6> para ver o ecrã de
informações de disparo com os dados do GPS.
De cima para baixo: latitude, longitude,
altitude e Hora Universal Coordenada
Se desligar e voltar a ligar a câmara ou se ela recuperar de uma situação de desligar automático,
dispare apenas quando a lâmpada <USB> ficar acesa com uma luz fixa a verde. Se disparar enquanto
a lâmpada estiver a piscar, pode não conseguir adicionar às imagens os dados correctos do GPS.
A data e hora indicadas baseiam-se na Hora Universal Coordenada (UTC), tal como obtida pelo GPS,
que é praticamente igual ao Tempo Médio de Greenwich (TMG). Em alguns casos, é indicada a data
e a hora da zona especificada no GPS.
85
Ligar Dispositivos GPS com um Cabo USB
Desligar Dispositivos GPS da Porta USB
Antes de desligar dispositivos GPS da porta USB, seleccione sempre [Disconnect/Desligar],
como se mostra no passo 5. Siga as instruções que aparecem para terminar a ligação.
Para terminar a ligação, não basta desligar a câmara e o dispositivo GPS. Se desligar o GPS
na ficha com a ligação ainda activa, ligue novamente o GPS à porta USB e siga os passos
anteriores para terminar a ligação.
Gestão de Energia
Se não vai utilizar uma LAN sem fios ou com fios
ao mesmo tempo que o GPS, defina
[Communication mode/Modo comunicação]
para [Disconnect/Desligar]. A bateria da câmara
gasta-se mais depressa com definições diferentes
de [Disconnect/Desligar], porque é desactivada
a poupança de energia.
86
Ligar Dispositivos GPS através de Bluetooth
Ao montar a Unidade Canon Bluetooth BU-30 à porta USB, pode ligar sem fios os dispositivos
GPS Bluetooth®. (Os dispositivos Bluetooth® diferentes dos dispositivos GPS não podem ser
ligados). Antes de utilizar unidades Bluetooth não-Canon, confirme a operação normal.
Desligue o dispositivo GPS e a câmara antes de montar a unidade Bluetooth no transmissor.
A porta USB do transmissor não é 'hot-pluggable' (ligação directa e independente). As
unidades Bluetooth não podem ser ligadas nem desligadas indiscriminadamente. Siga
as instruções apresentadas nesta secção ao montar ou desmontar unidades Bluetooth.
1
Monte a unidade Bluetooth.
2
Em [WFT settings/Definições WFT],
seleccione [USB device connec./Ligado
a disp.USB].
Abra a tampa da porta e ligue a unidade Bluetooth.
Se não vai utilizar uma LAN sem fios ou com fios
ao mesmo tempo que a unidade Bluetooth, defina
[Communication mode/Modo comunicação]
para [Disconnect/Desligar].
3
Seleccione [Bluetooth].
4
Seleccione [Connect/Ligar].
87
Ligar Dispositivos GPS através de Bluetooth
5
Seleccione [OK].
Depois da unidade Bluetooth estar ligada ao
transmissor, a lâmpada <USB> do transmissor
pisca a verde e é apresentada uma mensagem
indicando que foi estabelecida uma ligação.
Quando aparecer a mensagem de confirmação,
seleccione [OK].
X Neste ponto, fica disponível a opção de menu
[Disconnect/Desligar]. Seleccione esta opção
antes de desligar o GPS.
88
6
Estabeleça uma ligação sem fios entre o
dispositivo GPS e a unidade Bluetooth.
7
Seleccione o dispositivo GPS.
Ligue o dispositivo GPS e active o Bluetooth®.
Seleccione [Bluetooth device connection/
Ligação disp. Bluetooth].
X É apresentada uma lista dos dispositivos
Bluetooth® nas proximidades. (Apenas os
dispositivos GPS podem ser ligados.)
Carregue em <0> para visualizar o estado da
ligação dos dispositivos Bluetooth®.
Se carregar em <0> quando o estado for [Not
conn./Não ligado] é apresentada uma lista dos
dispositivos Bluetooth® em utilização nas
proximidades.
Rode o selector <5> para seleccionar [GPS] e
carregue em <0>.
Seleccione [OK] e carregue em <0>.
Se tiver sido definido uma palavra-passe
Bluetooth® no dispositivo GPS, é apresentado o
ecrã de introdução da palavra-passe. Introduza a
palavra-passe.
X O transmissor começa a estabelecer uma ligação
ao dispositivo GPS.
Pode demorar alguns minutos a estabelecer-se a
ligação com o GPS.
Operações da câmara, tais como disparar,
visualizar menu ou reprodução de imagens, só
são possíveis depois de estabelecida a ligação.
Ligar Dispositivos GPS através de Bluetooth
8
Quando aparecer a mensagem de
confirmação, seleccione [OK].
9
Tire a fotografia.
O estado da ligação GPS muda para
[Connecting/A ligar]. Se carregar em <0> sob
estas condições, pode desligar o dispositivo GPS.
Verifique se a lâmpada <USB> do transmissor está
acesa a verde antes de disparar.
Se a lâmpada <USB> não estiver acesa a verde
quando disparar, não são adicionados à
imagem os dados correctos do GPS.
Verifique os dados do GPS.
10
Visualize uma imagem.
Carregue no botão <6> para ver o ecrã de
informações de disparo com os dados do GPS.
De cima para baixo: latitude, longitude,
altitude e Hora Universal Coordenada
Se desligar e voltar a ligar a câmara ou se ela recuperar de uma situação de desligar automático,
dispare apenas quando a lâmpada <USB> ficar acesa com uma luz fixa a verde. Se disparar enquanto a
lâmpada estiver a piscar, pode não conseguir adicionar às imagens os dados correctos do GPS.
A data e hora indicadas baseiam-se na Hora Universal Coordenada (UTC), tal como obtida pelo GPS,
que é praticamente igual ao Tempo Médio de Greenwich (TMG). Em alguns casos, é indicada a data
e a hora da zona especificada no GPS.
89
Ligar Dispositivos GPS através de Bluetooth
Desmontar unidades Bluetooth da porta USB
Antes de desligar unidades Bluetooth da porta USB, seleccione sempre [Disconnect/Desligar],
como se mostra no passo 5. Siga as instruções que aparecem para terminar a ligação.
A ligação à unidade Bluetooth não será concluída se desligar simplesmente a câmara. Se
desmontar uma unidade Bluetooth enquanto a ligação estiver activa, volte a montar a unidade
Bluetooth e siga os passos anteriores para concluir a ligação.
Gestão de Energia
Se não vai utilizar uma LAN sem fios ou com fios
ao mesmo tempo que a unidade Bluetooth, defina
[Communication mode/Modo comunicação]
para [Disconnect/Desligar]. A bateria da câmara
gasta-se mais depressa com definições diferentes
de [Disconnect/Desligar], porque é desactivada
a poupança de energia.
90
Resolução de Problemas
91
Responder a Mensagens de Erro
Se aparecerem erros do transmissor no LCD da câmara, consulte os exemplos de acções
correctivas nesta secção para eliminar a causa do erro. Os detalhes do erro também podem
ser verificados no separador [7] [WFT settings/Definições WFT] [Error description/
Descrição de erro].
Clique no número do erro no quadro a seguir para saltar para a página correspondente.
11 (p.93)
12 (p.93)
21 (p.93)
22 (p.94)
23 (p.94)
24 (p.95)
31 (p.97)
32 (p.97)
33 (p.97)
34 (p.97)
41 (p.98)
42 (p.99)
43 (p.99)
44 (p.99)
46 (p.100)
47 (p.101)
51 (p.101)
52 (p.101)
53 (p.101)
54 (p.101)
61 (p.102)
62 (p.102)
63 (p.103)
64 (p.103)
66 (p.104)
67 (p.104)
68 (p.104)
69 (p.104)
71 (p.105)
72 (p.105)
25 (p.96)
26 (p.96)
81 (p.105)
99 (p.105)
92
45 (p.100)
65 (p.103)
Responder a Mensagens de Erro
11: Connection target not found (Ligação dest. não encontrada)
O software de emparelhamento está a funcionar?
X Inicie o software de emparelhamento e siga as instruções para restabelecer a ligação. (p.44)
O transmissor e o terminal LAN sem fios foram configurados com a mesma chave
de encriptação para autenticação?
X Este erro ocorre se as chaves de encriptação não coincidirem, quando o método de
autenticação para encriptação é [Open system/Sistema aberto].
Verifique os caracteres maiúsculos e minúsculos, uma vez que a definição é sensível a
maiúsculas e minúsculas. Verifique se introduziu no transmissor a chave de encriptação
correcta para autenticação. (p.22)
12: Connection target not found (Ligação dest. não encontrada)
O computador de destino e o terminal LAN sem fios estão ligados?
X Ligue o computador de destino e o terminal LAN sem fios.
21: No address assigned by DHCP server (Sem endereço atribuído
pelo servidor DHCP)
O que deve verificar no transmissor
No transmissor, a definição de rede é [Auto setting/Definição auto] ou a definição do
endereço IP é [Auto assign/Atribuição auto]. O erro ocorreu com estas definições?
X Se não estiver a utilizar um servidor DHCP, programe a definição de rede do transmissor
para [Manual setting/Definição manual] e a definição de endereço IP para [Manual
setting/Definição manual]. (p.25)
O que deve verificar no servidor DHCP
O servidor DHCP está ligado?
X Ligue o servidor DHCP.
Há endereços suficientes para atribuição pelo servidor DHCP?
X Aumente o número de endereços atribuídos pelo servidor DHCP.
X Remova da rede endereços atribuídos a dispositivos pelo servidor DHCP, para reduzir o
número de endereços em utilização.
O servidor DHCP está a funcionar correctamente?
X Verifique as definições do servidor DHCP para ter a certeza de que está a funcionar
correctamente como um servidor DHCP.
X Se for caso disso, pergunte ao administrador de rede se o servidor DHCP está disponível.
Responder a Mensagens de Erro 21 - 26
Verifique também os seguintes pontos quando responder a erros numerados de 21 a 26.
O transmissor e o terminal LAN sem fios foram configurados com a mesma chave de
encriptação para autenticação?
X Este erro ocorre se as chaves de encriptação não coincidirem, quando o método de autenticação
para encriptação é [Open system/Sistema aberto]. Verifique os caracteres maiúsculos e
minúsculos, uma vez que a definição é sensível a maiúsculas e minúsculas. Verifique se
introduziu no transmissor a chave de encriptação correcta para autenticação. (p.22)
93
Responder a Mensagens de Erro
22: No response from DNS server (Sem resposta do servidor DNS)
O que deve verificar no transmissor
No transmissor, a definição do endereço DNS é [Auto assign/Atribuição auto] ou
[Manual setting/Definição manual]. O erro ocorreu com estas definições?
X Se não estiver a utilizar um servidor DNS, programe a definição de endereço DNS do
transmissor para [Disable/Desactiv]. (p.25)
No transmissor, a definição de endereço IP do servidor DNS corresponde ao
endereço real do servidor?
X Configure o endereço IP no transmissor para que corresponda ao endereço real do
servidor DNS. (p.25, 107)
O que deve verificar no servidor DNS
O servidor DNS está ligado?
X Ligue o servidor DNS.
As definições de servidor DNS para endereços IP e os nomes correspondentes
estão correctos?
X No servidor DNS, verifique se os endereços IP e os nomes correspondentes foram
introduzidos correctamente.
O servidor DNS está a funcionar correctamente?
X Verifique as definições do servidor DNS para ter a certeza de que está a funcionar
correctamente como um servidor DNS.
X Se for caso disso, pergunte ao administrador de rede se o servidor DNS está disponível.
O que deve verificar na rede a nível global
A sua rede inclui um router ou um dispositivo semelhante que funcione como
gateway?
X Se for caso disso, pergunte ao administrador de rede o endereço gateway de rede e
introduza-o no transmissor. (p.25, 107)
X Verifique se a definição de endereço gateway foi correctamente introduzida em todos os
dispositivos de rede, incluindo o transmissor.
23: Duplicate IP address (Duplicação de endereço IP)
O que deve verificar no transmissor
Existe outro dispositivo na rede do transmissor a utilizar o mesmo endereço IP do
transmissor?
X Mude o endereço IP do transmissor para evitar utilizar o mesmo endereço de outro
dispositivo da rede. Caso contrário, mude o endereço IP do dispositivo que tem um
endereço duplicado.
X Em ambientes de rede com um servidor DHCP, se a definição de endereço IP do
transmissor for [Manual setting/Definição manual], mude-a para [Auto assign/
Atribuição auto]. (p.25)
94
Responder a Mensagens de Erro
24: No response from proxy server (Sem resposta do servidor proxy)
O que deve verificar no transmissor
A definição de servidor proxy do transmissor é [Enable/Activar]. O erro ocorreu
com esta definição?
X Se não estiver a utilizar um servidor proxy, programe a definição de servidor proxy do
transmissor para [Disable/Desactiv]. (p.30)
As definições [Address setting/Definição de endereço] e [Port No./Nº da porta] do
transmissor correspondem às do servidor proxy?
X Configure o número da porta e o endereço de servidor proxy do transmissor para que
correspondam aos do servidor proxy. (p.30)
Nas definições [Proxy server/Servidor Proxy] do transmissor, introduziu apenas
[Server name/Nome servidor]?
X Se a definição [Address/Endereço] do servidor proxy não estiver configurada no
transmissor, introduza-a juntamente com o endereço de servidor DNS. (p.25) Verifique se
introduziu correctamente o nome de servidor e o número de porta para o servidor proxy.
(p.30)
O que deve verificar no servidor proxy
O servidor proxy está ligado?
X Ligue o servidor proxy.
O servidor proxy está a funcionar correctamente?
X Verifique as definições do servidor proxy para ter a certeza de que está a funcionar
correctamente como um servidor proxy.
X Se for caso disso, pergunte ao administrador de rede o endereço de servidor proxy ou o
nome de servidor e o número de porta e introduza-os no transmissor.
O que deve verificar na rede a nível global
A sua rede inclui um router ou um dispositivo semelhante que funcione como
gateway?
X Se for caso disso, pergunte ao administrador de rede o endereço gateway de rede e
introduza-o no transmissor.
X Verifique se a definição de endereço gateway foi correctamente introduzida em todos os
dispositivos de rede, incluindo o transmissor.
95
Responder a Mensagens de Erro
25: Another terminal has set the same IP address (Outro terminal
definiu o mesmo endereço IP)
Existe outro dispositivo na rede do transmissor a utilizar o mesmo endereço IP do
transmissor?
X Este erro ocorre se o transmissor estiver ligado a uma rede onde outro dispositivo se
ligue depois com o mesmo endereço IP. Mude o endereço IP do transmissor para evitar
utilizar o mesmo endereço de outro dispositivo da rede. Caso contrário, mude o endereço
IP do dispositivo que tem um endereço duplicado.
26: No response from DHCP server (Sem resposta do servidor DHCP)
O que deve verificar no transmissor
No transmissor, a definição de rede é [Auto setting/Definição auto]. O erro ocorreu
com esta definição?
X Se não estiver a utilizar um servidor DHCP, programe a definição de rede do transmissor
para [Manual setting/Definição manual]. (p.25)
O que deve verificar no servidor DHCP
O servidor DHCP está ligado?
X Ligue o servidor DHCP.
As definições de servidor DHCP para endereços IP e os nomes correspondentes
estão correctos?
X No servidor DHCP, verifique se os endereços IP e os nomes correspondentes foram
introduzidos correctamente.
O servidor DHCP está a funcionar correctamente?
X Verifique as definições do servidor DHCP para ter a certeza de que está a funcionar
correctamente como um servidor DHCP.
X Se for caso disso, pergunte ao administrador de rede se o servidor DHCP está disponível.
O que deve verificar na rede a nível global
A sua rede inclui um router ou um dispositivo semelhante que funcione como
gateway?
X Se for caso disso, pergunte ao administrador de rede o endereço gateway de rede e
introduza-o no transmissor. (p.25)
X Verifique se a definição de endereço gateway foi correctamente introduzida em todos os
dispositivos de rede, incluindo o transmissor.
96
Responder a Mensagens de Erro
31: USB connection disconnected (Ligação USB desligada)
O cabo USB foi desligado?
X Depois de ligar o cabo USB, em [WFT settings/Definições WFT], seleccione [USB
device connec./Ligado a disp.USB] e volte a ligar o dispositivo.
O dispositivo USB está ligado?
X Ligue o dispositivo USB. Em seguida, em [WFT settings/Definições WFT], seleccione
[USB device connec./Ligado a disp.USB] e volte a ligar o dispositivo.
32: Incompatible USB device (Dispositivo USB incompatível)
Ligou um dispositivo USB diferente de um periférico, um dispositivo GPS ou uma
unidade Bluetooth?
X Ligue apenas um periférico, dispositivos GPS ou unidades Bluetooth.
O dispositivo é incompatível com o transmissor.
X Periféricos com ranhuras de cartão incorporadas não são compatíveis. De igual modo, os
leitores de cartões USB não podem ser utilizados.
Formatou o periférico num sistema de ficheiros FAT16 ou FAT32?
X Formate o periférico com um sistema de ficheiros FAT16 ou FAT32, utilizando o
computador.
O dispositivo GPS é incompatível com o transmissor.
X Entre os dispositivos GPS, recomendamos aqueles cujo funcionamento tenha sido
verificado pela Canon.
33: USB device error (Erro de dispositivo USB)
Existe um problema no periférico.
X Ligue o periférico a um computador e confirme se está a funcionar correctamente.
34: Cannot connect to USB device (Não pode ligar dispositivo USB)
Ligou um dispositivo USB diferente de um periférico, um dispositivo GPS ou uma
unidade Bluetooth?
X Ligue apenas um periférico, dispositivos GPS ou unidades Bluetooth.
97
Responder a Mensagens de Erro
41: Cannot connect to FTP server (Não pode ligar ao servidor FTP)
O que deve verificar no transmissor
No transmissor, a definição de endereço IP do servidor FTP corresponde ao
endereço real do servidor?
X Configure o endereço IP no transmissor para que corresponda ao endereço real do
servidor FTP. (p.30)
O transmissor e o terminal LAN sem fios foram configurados com a mesma chave
de encriptação para autenticação?
X Este erro ocorre se as chaves de encriptação não coincidirem, quando o método de
autenticação para encriptação é [Open system/Sistema aberto].
Verifique os caracteres maiúsculos e minúsculos, uma vez que a definição é sensível a
maiúsculas e minúsculas. Verifique se introduziu no transmissor a chave de encriptação
correcta para autenticação. (p.22)
No transmissor, a [Port number setting/Def. de nº de porta] para o servidor FTP
corresponde ao número de porta real do servidor FTP?
X Configure o mesmo número de porta (geralmente 21) no transmissor e no servidor FTP.
Configure o número de porta no transmissor para que corresponda ao número de porta
real do servidor FTP. (p.30)
Se apenas o [Server name/Nome servidor] do servidor FTP estiver configurado no
transmissor, as definições de servidor DNS estão completas?
X Se a definição [Address/Endereço] do servidor FTP não estiver configurada no
transmissor, active a utilização do servidor DNS no transmissor e introduza o respectivo
endereço. (p.25) Verifique se introduziu correctamente o nome de servidor FTP. (p.30)
O que deve verificar no servidor FTP
O servidor FTP está a funcionar correctamente?
X Configure o computador correctamente para que funcione como um servidor FTP.
X Se for caso disso, pergunte ao administrador de rede o endereço de servidor FTP e o
número de porta e introduza-os no transmissor.
O servidor FTP está ligado?
X Ligue o servidor FTP. O servidor pode ter sido desligado por estar no modo de poupança
de energia.
No transmissor, a definição de endereço IP do servidor FTP (em [Address/
Endereço]) corresponde ao endereço real do servidor?
X Configure o endereço IP no transmissor para que corresponda ao endereço real do
servidor FTP. (p.30)
Há algum firewall ou outro software de segurança activado?
X Alguns programas de software de segurança utilizam um firewall para restringir o acesso
ao servidor FTP. Mude as definições de firewall para permitir o acesso ao servidor FTP.
X Pode conseguir aceder ao servidor FTP definindo [Passive mode/Modo Passivo] para
[Enable/Activar] no transmissor. (p.68)
98
Responder a Mensagens de Erro
Está a ligar-se ao servidor FTP através de um router de banda larga?
X Alguns routers de banda larga utilizam um firewall para restringir o acesso ao servidor
FTP. Mude as definições de firewall para permitir o acesso ao servidor FTP.
X Pode conseguir aceder ao servidor FTP definindo [Passive mode/Modo Passivo] para
[Enable/Activar] no transmissor. (p.68)
Se estiver a utilizar o Windows XP Service Pack 2 ou posterior, o acesso ao
servidor FTP está bloqueado por [Windows Firewall/Firewall Windows]?
X Mude as definições de Windows Firewall (Firewall Windows) para permitir o acesso ao
servidor FTP.
O que deve verificar na rede a nível global
A sua rede inclui um router ou um dispositivo semelhante que funcione como
gateway?
X Se for caso disso, pergunte ao administrador de rede o endereço gateway de rede e
introduza-o no transmissor. (p.25)
X Verifique se a definição de endereço gateway foi correctamente introduzida em todos os
dispositivos de rede, incluindo o transmissor.
42: FTP server rejected connection (Servidor FTP rejeitou a ligação)
O que deve verificar no servidor FTP
O servidor FTP está configurado para restringir o acesso apenas a alguns
endereços IP?
X Mude as definições de servidor FTP para permitir o acesso a partir do [IP address/
Endereço IP] configurado no transmissor nas definições TCP/IP.
43: Cannot connect to FTP server. Error code received from server.
(Não pode ligar ao servidor FTP. Código de erro recebido do
servidor.)
O que deve verificar no servidor FTP
Excedeu o número máximo de ligações do servidor FTP?
X Desligue alguns dispositivos de rede do servidor FTP ou aumente o número máximo de
ligações.
44: Cannot disconnect FTP server. Error code received from server.
(Não pode desligar o servidor FTP. Código de erro recebido do
servidor.)
Este erro ocorre se o transmissor, por algum motivo, não se desligar do servidor
FTP.
X Reinicie o servidor FTP e a câmara.
99
Responder a Mensagens de Erro
45: Cannot login to FTP server. Error code received from server. (Não
pode entrar no servidor FTP. Código de erro recebido do servidor.)
O que deve verificar no transmissor
No transmissor, o [Login name/Nome de utilizador] foi introduzido correctamente?
X Verifique o nome de utilizador para aceder ao servidor FTP. Verifique os caracteres
maiúsculos e minúsculos, uma vez que a definição é sensível a maiúsculas e
minúsculas. Verifique se introduziu o nome de utilizador correcto no transmissor. (p.31)
No transmissor, a [Login password/Palavra passe] foi introduzida correctamente?
X Se tiver configurado uma palavra passe no servidor FTP, verifique os caracteres
maiúsculos e minúsculos, para ter a certeza de haver correspondência com a palavra
passe do transmissor. (p.31)
O que deve verificar no servidor FTP
Os direitos de utilizador do servidor FTP incluem acesso ao sistema para entrada,
leitura e escrita?
X Configure os direitos de utilizador do servidor FTP para que incluam acesso para
entrada, leitura e escrita.
A pasta especificada como destino de transferência no servidor FTP tem
caracteres ASCII no nome (p.27)?
X Utilize caracteres ASCII para o nome da pasta.
46: For the data session, error code received from FTP server (Para a
sessão de dados, foi recebido um código de erro do servidor FTP)
O que deve verificar no servidor FTP
A ligação foi terminada pelo servidor FTP.
X Reinicie o servidor FTP.
Os direitos de utilizador do servidor FTP incluem acesso ao sistema para entrada,
leitura e escrita?
X Configure os direitos de utilizador do servidor FTP para que incluam acesso para
entrada, leitura e escrita.
Os direitos de utilizador permitem aceder à pasta de destino do servidor FTP?
X Configure os direitos de utilizador para acesso à pasta de destino do servidor FTP, para
poder guardar imagens a partir do transmissor.
O servidor FTP está ligado?
X Ligue o servidor FTP. O servidor pode ter sido desligado por estar no modo de poupança
de energia.
O disco rígido do servidor FTP está cheio?
X Aumente o espaço disponível no disco rígido.
100
Responder a Mensagens de Erro
47: Image file transfer completion not confirmed by FTP server
(A conclusão de transferência do ficheiro de imagem não foi
confirmada pelo servidor FTP)
Este erro ocorre se, por algum motivo, o transmissor não receber confirmação do
servidor FTP de que a transferência do ficheiro de imagem está concluída.
X Reinicie o servidor FTP e a câmara e envie novamente as imagens.
51: Connection with Bluetooth unit lost (A ligação à unidade
Bluetooth perdeu-se)
A unidade Bluetooth está muito afastada do dispositivo GPS?
X Aproxime o dispositivo GPS da unidade Bluetooth.
Existem obstáculos a bloquear a linha de visão entre a unidade Bluetooth e o
dispositivo GPS?
X Mova o dispositivo GPS para uma posição visível do ponto de vista da unidade Bluetooth.
A unidade Bluetooth e o dispositivo GPS foram desligados, por qualquer razão, e a
ligação não pode ser restaurada.
X A probabilidade de perder a ligação é maior se houver terminais LAN sem fios, telefones
sem fios, microfones, fornos microondas, ou dispositivos semelhantes nas proximidades,
a trabalhar na mesma banda de 2.4 GHz utilizada para a comunicação Bluetooth. Note,
também, que a probabilidade de perder a ligação aumenta com mau tempo ou em
ambiente muito húmido.
O dispositivo GPS está ligado?
X Ligue o dispositivo GPS.
52: Bluetooth unit not found (Unidade Bluetooth não encontrada)
O dispositivo GPS está pronto para a ligação Bluetooth?
X Ligue o dispositivo GPS e configure-o para ligação através de Bluetooth.
A unidade Bluetooth está muito afastada do dispositivo GPS?
X Aproxime o dispositivo GPS da unidade Bluetooth.
O dispositivo GPS está ligado?
X Ligue o dispositivo GPS.
53: Incorrect Bluetooth password (Password Bluetooth incorrecta)
Foi definida a mesma palavra-passe na unidade Bluetooth e no dispositivo GPS?
X Verifique os caracteres maiúsculos e minúsculos, uma vez que a definição é sensível a
maiúsculas e minúsculas. Certifique-se de que foi introduzida a palavra-passe correcta
no dispositivo GPS e na unidade Bluetooth.
54: No Bluetooth service (Sem serviço Bluetooth)
O dispositivo GPS não suporta SPP (Serial Port Profile).
X Confirme que o dispositivo GPS suporta SPP.
101
Responder a Mensagens de Erro
61: Same SSID wireless LAN terminal not found (O mesmo terminal
LAN sem fios SSID não foi encontrado)
Existem obstáculos a bloquear a linha de visão entre o transmissor e a antena do
terminal LAN sem fios?
X Mova a antena para uma posição bem visível do ponto de vista do transmissor. (p.106)
O que deve verificar no transmissor
No transmissor, a definição SSID corresponde à do terminal LAN sem fios?
X Verifique o SSID no terminal LAN sem fios e configure o mesmo SSID no transmissor. (p.21)
O que deve verificar no terminal LAN sem fios
O terminal LAN sem fios está ligado?
X Ligue o terminal LAN sem fios.
Quando utiliza o WFT-E2 IID com terminais LAN sem fios compatíveis com IEEE
802.11a, as definições dos terminais estão bloqueadas em IEEE 802.11a?
X Configure o terminal LAN sem fios para permitir o acesso via IEEE 802.11b e g.
Se está a filtrar por endereço MAC, registou o endereço MAC do transmissor no
terminal LAN sem fios?
X Registe o endereço MAC do transmissor (p.66) no terminal LAN sem fios.
62: No response from wireless LAN terminal (Sem resposta do
terminal LAN sem fios)
O que deve verificar no transmissor
O transmissor está configurado para comunicação no modo de infraestrutura?
X Configure o transmissor para comunicação no modo ad hoc.
O que deve verificar no terminal LAN sem fios
Existe algum terminal LAN sem fios próximo para comunicação ad hoc?
X Prepare um terminal LAN sem fios para comunicação ad hoc perto do transmissor.
102
Responder a Mensagens de Erro
63: Wireless LAN authentication failed (A autenticação do LAN sem
fios falhou)
O transmissor e o terminal LAN sem fios estão configurados para o mesmo
método de autenticação?
X O transmissor suporta os seguintes métodos de autenticação: [Open system/Sistema
aberto], [Shared key/Chave partilhada], [WPA-PSK] e [WPA2-PSK]. (p.21)
X Se utilizar uma AirPort para comunicação no modo de infraestrutura, o método [Open
system/Sistema aberto] não é suportado. Configure [Shared key/Chave partilhada] no
transmissor. (p.21)
O transmissor e o terminal LAN sem fios foram configurados com a mesma chave
de encriptação para autenticação?
X Verifique os caracteres maiúsculos e minúsculos, uma vez que a definição é sensível a
maiúsculas e minúsculas. Verifique se introduziu no transmissor e no terminal LAN sem
fios a chave de encriptação correcta para autenticação. (p.22)
Se está a filtrar por endereço MAC, registou o endereço MAC do transmissor no
terminal LAN sem fios?
X Registe o endereço MAC do transmissor (p.66) no terminal LAN sem fios.
64: Cannot connect to wireless LAN terminal (Não pode ligar ao
terminal sem fios LAN)
O transmissor e o terminal LAN sem fios estão configurados para o mesmo
método de encriptação?
X O transmissor suporta os seguintes métodos de encriptação: [WEP], [TKIP] e [AES]. (p.21)
Se está a filtrar por endereço MAC, registou o endereço MAC do transmissor no
terminal LAN sem fios?
X Registe o endereço MAC do transmissor (p.66) no terminal LAN sem fios.
65: Wireless LAN connection lost (A ligação sem fios LAN perdeu-se)
Existem obstáculos a bloquear a linha de visão entre o transmissor e a antena do
terminal LAN sem fios?
X Mova a antena para uma posição bem visível do ponto de vista do transmissor. (p.106)
Por algum motivo, a ligação LAN sem fios perdeu-se e não pode ser restaurada.
X Seguem-se algumas das razões possíveis: acesso excessivo ao terminal LAN sem fios
por parte de outros terminais, um forno microondas ou outro dispositivo em utilização nas
proximidades (interferindo com a recepção IEEE 802.11b/g), mau tempo e ambiente
muito húmido. (p.106)
103
Responder a Mensagens de Erro
66: Incorrect wireless LAN encryption key (Chave de encriptação
LAN sem fios incorrecta)
O transmissor e o terminal LAN sem fios foram configurados com a mesma chave
de encriptação para autenticação?
X Verifique os caracteres maiúsculos e minúsculos, uma vez que a definição é sensível a
maiúsculas e minúsculas. Verifique se introduziu no transmissor e no terminal LAN sem
fios a chave de encriptação correcta para autenticação. (p.22)
Se o método de autenticação for [Open system/Sistema aberto], aparece o Erro 41
(“Cannot connect to FTP server” (Não pode ligar ao servidor FTP)).
67: Incorrect wireless LAN encryption method (Método de
encriptação LAN sem fios incorrecto)
O transmissor e o terminal LAN sem fios estão configurados para o mesmo
método de encriptação?
X O transmissor suporta os seguintes métodos de encriptação: [WEP], [TKIP] e [AES]. (p.21)
Se está a filtrar por endereço MAC, registou o endereço MAC do transmissor no
terminal LAN sem fios?
X Registe o endereço MAC do transmissor (p.66) no terminal LAN sem fios.
68: Cannot connect to wireless LAN terminal. Retry from the
beginning. (Não consegue ligar ao terminal LAN sem fios. Volte
a tentar do início.)
Carregou no botão Wi-Fi Protected Setup (WPS) do dispositivo LAN sem fios
durante o tempo indicado nas instruções do terminal LAN sem fios?
X Consulte o manual de instruções do terminal LAN sem fios para determinar durante
quanto tempo deve pressionar o botão WPS.
Está a tentar estabelecer a ligação perto do terminal LAN sem fios?
X Tente estabelecer a ligação quando ambos os dispositivos estiverem próximos.
69: Multiple wireless LAN terminals have been found. Cannot
connect. Retry from the beginning. (Detectaram-se múltiplos
terminais LAN sem fios. Não consegue ligar. Volte a tentar do
início.)
A ligação está em progresso com outros terminais LAN sem fios no modo
Pushbutton Connection (modo PBC) do Wi-Fi Protected Setup (WPS).
X Aguarde alguns instantes antes de voltar a tentar estabelecer a ligação, ou tente
estabelecer uma ligação no modo de ligação por código PIN (modo PIN). (p.24)
104
Responder a Mensagens de Erro
71: Cannot connect to slave camera (Não pode ligar à câmara escrava)
Está a seguir o procedimento correcto para estabelecer a ligação às câmaras
escravas?
X Utilize as câmaras escravas seguindo as instruções correctas (p.62, 63).
As câmaras escravas estão muito afastadas da câmara principal?
X Aproxime as câmaras escravas da câmara principal.
72: Cannot connect to master camera (Não pode ligar à câmara
principal)
Está a seguir o procedimento correcto para estabelecer a ligação à câmara principal?
X Utilize a câmara principal seguindo as instruções correctas (p.62, 63).
A câmara principal está muito afastada das câmaras escravas?
X Aproxime a câmara principal das câmaras escravas.
81: Wired LAN connection lost (A ligação LAN com fios perdeu-se)
O cabo LAN está ligado com segurança?
X Volte a ligar o cabo LAN entre o transmissor e o servidor. Como o cabo pode estar
danificado, experimente utilizar outro cabo para ligar os dispositivos.
O hub ou o router estão ligados?
X Ligue o hub ou o router.
O servidor está ligado?
X Ligue o servidor. O servidor pode ter sido desligado por estar no modo de poupança de
energia.
99: Other error (Outros erros)
Ocorreu outro problema, identificado com um número de erro fora do intervalo de
11 a 81.
X Desligue e volte a ligar o botão ON/OFF da câmara.
105
Notas Sobre a LAN Sem Fios
Quando utilizar o transmissor com uma LAN sem fios, tente as seguintes acções correctivas se
a velocidade de transmissão diminuir, se perder a ligação ou se ocorrerem outros problemas.
Instalação do Terminal LAN Sem Fios e Posicionamento da Antena
Quando utilizar o transmissor dentro de casa, instale o terminal LAN sem fios na mesma
sala onde está a disparar.
Instale o terminal LAN sem fios mais alto do que o transmissor.
Instale o dispositivo de modo a não existirem pessoas ou objectos entre ele e a câmara.
Instale o dispositivo o mais perto possível da câmara. Sobretudo, tenha em atenção que
na utilização fora de casa com mau tempo, a chuva pode absorver as ondas rádio e
interromper a ligação.
Dispositivos Electrónicos Próximos
Se a velocidade de transmissão através de uma LAN sem fios diminuir devido a interferências
dos seguintes dispositivos electrónicos, pode ser que o problema se resolva mudando para
uma LAN com fios.
O transmissor comunica através de LAN sem fios, por meio de IEEE 802.11b/g e
Bluetooth utilizando ondas rádio na banda 2.4 GHz. Por esse motivo, a velocidade de
transmissão através da LAN sem fios pode diminuir se existirem fornos microondas,
telefones sem fios, microfones ou outros dispositivos semelhantes nas proximidades, a
operar na mesma banda de frequência.
Se um terminal LAN sem fios, a operar na mesma banda de frequência do transmissor, for
utilizado nas proximidades, a velocidade de transmissão da LAN sem fios pode diminuir.
Utilizar Transmissores Múltiplos
Se estiverem vários transmissores ligados a um único terminal LAN sem fios, tenha
cuidado para não duplicar endereços IP da câmara.
A velocidade de transmissão diminui se estiverem vários transmissores a aceder a um
único terminal LAN sem fios.
Para reduzir a interferência das ondas rádio, se houver múltiplos dispositivos IEEE
802,11b/g sem fios, deixe um intervalo de quatro canais entre cada canal LAN sem fios.
Por exemplo, utilize os canais 1, 6, e 11, os canais 2, 7, e 12, ou os canais 3, 8, e 13.
Quando for possível utilizar IEEE 802.11a, mude para IEEE 802.11a e especifique um
canal diferente.
Segurança
As ondas rádio da LAN sem fios podem ser facilmente interceptadas. Assim,
recomendamos que active a comunicação encriptada nas definições do terminal LAN
sem fios.
106
Verificar Definições de Rede
Windows
Clique no botão [Start/Iniciar] [All Programs/Todos os programas] [Accessories/
Acessórios] [Command Prompt/Linha de comandos]. Escreva ipconfig/all e carregue
na tecla <Enter>.
Aparece o endereço IP atribuído ao computador, bem como a subnet mask, gateway e
informações sobre o servidor DNS.
Para evitar utilizar o mesmo endereço IP para o computador e outros dispositivos na rede,
quando configurar o endereço IP atribuído à câmara (página 25), mude aqui os números mais
à direita.
Macintosh
No Mac OS X, abra a aplicação [Terminal], escreva ifconfig -a e carregue na tecla <Return>. O
endereço IP atribuído ao computador está indicado no item [en0] por [inet], no formato
***.***.***.***.
Para evitar utilizar o mesmo endereço IP para o computador e outros dispositivos na rede,
quando configurar o endereço IP atribuído à câmara (página 25), mude aqui os números mais
à direita.
* Para obter informações sobre a aplicação [Terminal], consulte a ajuda do Mac OS X.
107
108
Referência
109
Criar e Registar Legendas
Siga estes passos para criar legendas e as gravar na câmara, como se mostra em “Adicionar
uma Legenda Antes de Transferir” (p.35). Quando criar e gravar legendas, utilize um
computador com o EOS Utility instalado.
Antes de começar, monte o transmissor na câmara e use o cabo USB fornecido com a
câmara para fazer a ligação da câmara ao computador. Para saber como ligar a câmara e o
computador com o cabo USB e iniciar o EOS Utility, consulte o Manual de Instruções do
Software em PDF no CD-ROM fornecido com a câmara. Não é possível criar legendas para
câmaras que não tenham um transmissor instalado.
1
Inicie o EOS Utility e seleccione
[Camera settings/Remote shooting/
Definições da câmara/Disparo remoto].
X Aparece o ecrã de definições da
câmara/disparo remoto.
110
2
No separador [ ], seleccione [WFT
Captions/Legendas WFT].
3
Introduza a(s) legenda(s).
4
Registe as legendas na câmara.
X Aparece o ecrã de criação de legendas.
Para obter dados de legendas guardadas na
câmara, seleccione [Load settings/Carregar
definições].
Introduza até 31 caracteres (no formato ASCII).
Seleccione [Apply to camera/Aplicar à câmara]
para gravar as suas novas legendas na câmara.
Características Técnicas
Tipo
Tipo:
Acessório de transferência de imagens que pode ser utilizado em
LANs sem fios e através de Ethernet em LANs com fios (compatíveis
com IPsec). Pode ser ligado via USB a periféricos, dispositivos GPS, e
unidades Bluetooth.
LAN sem fios
Compatibilidade de normas: IEEE 802.11a (WFT-E2 IIA/B/C) e ARIB STD-T71
IEEE 802.11b e ARIB STD-T66
IEEE 802.11g e ARIB STD-T66
Método de transmissão:
Modulação OFDM (IEEE 802.11a/g)
Modulação DS-SS (IEEE 802.11b)
Intervalo de transmissão:
Aprox. 150 m / 492 pés
* Sem obstruções entre as antenas de transmissão e recepção e sem
interferências de rádio
* Com uma antena grande, de alto desempenho, montada no ponto de
acesso à LAN sem fios
Frequência de transmissão: WFT-E2 IIA: 5.180 - 5.320 MHz, canais 36 - 64
(frequência central)
5.745 - 5.825 MHz, canais 149 - 165
2.412 - 2.462 MHz, canais 1 - 11
WFT-E2 IIB: 5.180 - 5.320 MHz, canais 36 - 64
5.500 - 5.700 MHz, canais 100 - 140
2.412 - 2.472 MHz, canais 1 - 13
WFT-E2 IIC: 5.745 - 5.805 MHz, canais 149 - 161
2.412 - 2.472 MHz, canais 1 - 13
WFT-E2 IID: 2.412 - 2.462 MHz, canais 1 - 11
Método de ligação:
Modo de infraestrutura ou ad hoc
* Wi-Fi Protected Setup suportado
Segurança:
Método de autenticação: Aberto, Chave partilhada, WPA-PSK, e
WPA2-PSK
Encriptação: WEP, TKIP e AES
LAN com fios
Compatibilidade de normas: IEEE 802.3u (Ethernet 10BASE-T e 100BASE-TX)
Ligação USB
Dispositivos conectáveis:
Periféricos, dispositivos GPS, e unidades Bluetooth
Interfaces
Câmara:
LAN com fios:
Periférico:
Terminal do sistema de extensões
Porta Ethernet RJ-45
Porta Hi-Speed USB (para ligação de periféricos, dispositivos GPS, e
unidades Bluetooth)
111
Características Técnicas
Capacidade de Captura de Imagens
LAN
LAN sem fios
LAN com fios
À Temperatura Normal
(23°C / 73°F)
1100
1200
Número de imagens aprox.
A Baixa Temperatura
(0°C / 32°F)
900
900
* Utilizando uma LP-E4 totalmente carregada.
* Testes baseados nas normas CIPA (Camera & Imaging Products
Association).
* São menos as imagens que pode captar durante a transferência de
imagens através de uma LAN sem fios.
* São menos as imagens que pode captar quando se utilizam
dispositivos GPS ou um periférico accionado por bus.
Dimensões e Peso
Dimensões (L x A x P):
Peso:
26,0 x 97,7 x 31,8 mm / 1,0 x 3,8 x 1,3 pol.
Aprox. 80 g / 2,8 oz. (Só o corpo)
Ambiente de Funcionamento
Temperatura:
Humidade:
0°C - 45°C / 32°F - 113°F
85% ou menos
Todas as características técnicas acima são baseadas em padrões de teste da Canon.
Características técnicas e aspecto do transmissor sujeitos a alteração sem aviso prévio.
Apenas para a União Europeia (e AEE)
Estes símbolos indicam que este produto não deve ser eliminado juntamente
com o seu lixo doméstico, segundo a Directiva REEE de 2002/96/CE, a
Directiva de Baterias (2006/66/CE) e / ou a sua legislação nacional que
transponha estas Directivas.
Se houver um símbolo químico impresso como mostrado abaixo, de acordo
com a Directiva de Baterias, isto indica que um metal pesado (Hg = Mercúrio,
Cd = Cádmio, Pb = Chumbo) está presente nesta pilha ou acumulador, numa concentração acima
de um limite aplicável especificado na Directiva.
Este produto deve ser entregue num ponto de recolha designado, por exemplo num local
autorizado de troca quando compra um equipamento novo idêntico, ou num local de recolha
autorizado para reciclar equipamento eléctrico e electrónico (EEE) em fim de vida, bem como pilhas
e baterias. O tratamento inadequado deste tipo de resíduos pode ter um impacto negativo no
ambiente e na saúde humana, devido a substâncias potencialmente perigosas que estão
associadas com equipamentos do tipo EEE.
A sua cooperação no tratamento correcto deste produto irá contribuir para a utilização mais eficaz
dos recursos naturais.
Para obter mais informações acerca de como reciclar este produto, por favor contacte as suas
autoridades locais responsáveis pela matéria, serviço de recolha aprovado para pilhas e baterias
ou serviço de recolha de resíduos sólidos domésticos da sua municipalidade, ou visite
www.canon-europe.com/environment.
(AEE: Noruega, Islândia, e Liechtenstein)
Número do Modelo
WFT-E2 IIA
: DS585802
WFT-E2 IIB
: DS585801
WFT-E2 IIC
: DS585803
WFT-E2 IID
: DS585804
112
113
114
115
Statement on EC directive
Canon Inc. tímto prohlašuje, že tento CH9-1161 je ve shodČ se základními požadavky a dalšími pĜíslušnými
ustanoveními smČrnice 1999/5/ES.
Undertegnede Canon Inc. erklærer herved, at følgende udstyr CH9-1161 overholder de væsentlige krav og
øvrige relevante krav i direktiv 1999/5/EF.
Hiermit erklärt Canon Inc., dass sich das Gerät CH9-1161 in Übereinstimmung mit den grundlegenden
Anforderungen und den übrigen einschlägigen Bestimmungen der Richtlinie 1999/5/EG befindet.
Käesolevaga kinnitab Canon Inc. seadme CH9-1161 vastavust direktiivi 1999/5/EÜ põhinõuetele ja
nimetatud direktiivist tulenevatele teistele asjakohastele sätetele.
Hereby, Canon Inc., declares that this CH9-1161 is in compliance with the essential requirements and other
relevant provisions of Directive 1999/5/EC.
Por medio de la presente Canon Inc. declara que el CH9-1161 cumple con los requisitos esenciales y
cualesquiera otras disposiciones aplicables o exigibles de la Directiva 1999/5/CE.
ȂǼ ȉǾȃ ȆǹȇȅȊȈǹ Canon Inc. ¨ǾȁŸȃǼǿ ȅȉǿ CH9-1161 ȈȊȂȂȅȇĭŸȃǼȉǹǿ ȆȇȅȈ ȉǿȈ ȅȊȈǿŸ¨ǼǿȈ
ǹȆǹǿȉǾȈǼǿȈ Ȁǹǿ ȉǿȈ ȁȅǿȆǼȈ ȈȋǼȉǿȀǼȈ ¨ǿǹȉǹȄǼǿȈ ȉǾȈ ȅ¨ǾīǿǹȈ 1999/5/ǼȀ.
Par la présente Canon Inc. déclare que l'appareil CH9-1161 est conforme aux exigences essentielles et aux
autres dispositions pertinentes de la directive 1999/5/CE.
Con la presente Canon Inc. dichiara che questo CH9-1161 è conforme ai requisiti essenziali ed alle altre
disposizioni pertinenti stabilite dalla direttiva 1999/5/CE.
Ar šo Canon Inc. deklarƝ, ka CH9-1161 atbilst DirektƯvas 1999/5/EK bnjtiskajƗm prasƯbƗm un citiem ar to
saistƯtajiem noteikumiem.
Šiuo Canon Inc. deklaruoja, kad šis CH9-1161 atitinka esminius reikalavimus ir kitas 1999/5/EB Direktyvos
nuostatas.
Hierbij verklaart Canon Inc. dat het toestel CH9-1161 in overeenstemming is met de essentiële eisen en de
andere relevante bepalingen van richtlijn 1999/5/EG.
Hawnhekk, Canon Inc., jiddikjara li dan CH9-1161 jikkonforma mal-ƫtiƥijiet essenzjali u ma provvedimenti
oƫrajn relevanti li hemm fid-Dirrettiva 1999/5/EC.
Alulírott, Canon Inc. nyilatkozom, hogy a CH9-1161 megfelel a vonatkozó alapvetõ követelményeknek és az
1999/5/EC irányelv egyéb elõírásainak.
Niniejszym Canon Inc. oĞwiadcza, Īe CH9-1161 jest zgodny z zasadniczymi wymogami oraz pozostaáymi
stosownymi postanowieniami Dyrektywy 1999/5/EC.
Canon Inc. declara que este CH9-1161 está conforme com os requisitos essenciais e outras disposições da
Directiva 1999/5/CE.
Canon Inc. izjavlja, da je ta CH9-1161 v skladu z bistvenimi zahtevami in ostalimi relevantnimi doloþili
direktive 1999/5/ES.
Canon Inc. týmto vyhlasuje, že CH9-1161 spĎĖa základné požiadavky a všetky príslušné ustanovenia
Smernice 1999/5/ES.
Canon Inc. vakuuttaa täten että CH9-1161 tyyppinen laite on direktiivin 1999/5/EY oleellisten vaatimusten ja
sitä koskevien direktiivin muiden ehtojen mukainen.
Härmed intygar Canon Inc. att denna CH9-1161 står I överensstämmelse med de väsentliga egenskapskrav
och övriga relevanta bestämmelser som framgår av direktiv 1999/5/EG.
Hér með lýsir Canon Inc. yfir því að CH9-1161 er í samræmi við grunnkröfur og aðrar kröfur, sem gerðar eru
í tilskipun 1999/5/EC.
Canon Inc. erklærer herved at utstyret CH9-1161 er i samsvar med de grunnleggende krav og øvrige
relevante krav i direktiv 1999/5/EF.
ɋ ɧɚɫɬɨɹɳɢɹ ɞɨɤɭɦɟɧɬ Canon Inc. ɞɟɤɥɚɪɢɪɚ, ɱɟ CH9-1161 ɟ ɜ ɫɴɝɥɚɫɢɟ ɫ ɨɫɧɨɜɧɢɬɟ ɢɡɢɫɤɜɚɧɢɹ ɢ
ɫɴɨɬɜɟɬɧɢɬɟ ɩɨɫɬɚɧɨɜɥɟɧɢɹ ɧɚ Ⱦɢɪɟɤɬɢɜɚ 1999/5/ȿɋ.
Prin prezenta, Canon Inc. declară că acest CH9-1161 este conform cu cerinĠele principale úi cu celelalte
prevederi relevante ale Directivei 1999/5/EC.
116
FCC / IC Notice
Model DS585802/DS585804 (including WLAN Module
Model CH9-1161, FCC ID is 161)
This device complies with Part 15 of FCC Rules and RSS-Gen of IC Rules. Operation is subject
to the following two conditions: (1) this device may not cause interference, and (2) this device
must accept any interference, including interference that may cause undesired operation of this
device.
Note: This equipment has been tested and found to comply with the limits for a Class B digital
device, pursuant to part 15 of the FCC Rules. These limits are designed to provide reasonable
protection against harmful interference in a residential installation.
This equipment generates, uses and can radiate radio frequency energy and, if not installed and
used in accordance with the instructions, may cause harmful interference to radio
communications. However, there is no guarantee that interference will not occur in a particular
installation. If this equipment does cause harmful interference to radio or television reception,
which can be determined by turning the equipment off and on, the user is encouraged to try to
correct the interference by one or more of the following measures:
• Reorient or relocate the receiving antenna
• Increase the separation between the equipment and receiver.
• Connect the equipment into an outlet on a circuit different from that to which the receiver is
connected.
• Consult the dealer or an experienced radio/TV technician for help.
The cable with the ferrite core provided with the digital camera must be used with this equipment
in order to comply with Class B limits in Subpart B of Part 15 of the FCC rules.
Do not make any changes or modifications to the equipment unless otherwise specified in the
manual. If such changes or modifications should be made, you could be required to stop
operation of the equipment.
This transmitter must not be co-located or operated in conjunction with any other antenna or
transmitter.
The available scientific evidence does not show that any health problems are associated with
using low power wireless devices. There is no proof, however, that these low power wireless
devices are absolutely safe. Low power Wireless devices emit low levels of radio frequency
energy (RF) in the microwave range while being used. Whereas high levels of RF can produce
health effects (by heating tissue), exposure to low-level RF that does not produce heating
effects causes no known adverse health effects. Many studies of low-level RF exposures have
not found any biological effects. Some studies have suggested that some biological effects
might occur, but such findings have not been con- firmed by additional research. DS585782/
DS585784 has been tested and found to comply with FCC/IC radiation exposure limits set forth
for an uncontrolled equipment and meets the FCC radio frequency (RF) Exposure Guidelines in
Supplement C to OET65 and RSS-102 of the IC radio frequency (RF) Exposure rules.
For body worn operation, this model has been tested and meets the FCC RF exposure
guidelines when used with the CANON INC. Cameras supplied or designated for this product.
Use of other Cameras may not ensure compliance with FCC RF exposure guidelines.
Canon U.S.A Inc.
One Canon Plaza, Lake Success, NY 11042, U.S.A.
Tel No. (516)328-5600
This class B digital apparatus complies with Canadian ICES-003.
117
Índice Remissivo
Funções de LAN
Sem Fios e Com Fios
A
Ad hoc ................................................... 8, 21
Área de utilização........................................ 8
Armazenamento ........................................ 41
Assistente.................................................. 17
Autenticação........................................ 21, 68
B
Browser ..................................................... 52
C
Cabo LAN.................................................. 20
Câmara escrava ........................................ 62
Câmara principal ....................................... 63
Canal ........................................................... 8
Captura remota ........... 13, 43, 49, 55, 58, 59
Chave de encriptação ............................... 22
Chave partilhada ....................................... 21
Conta......................................................... 50
Controlo da câmara................................... 55
Controlo simples........................................ 58
D
Desligar automático................................... 17
Destino ...................................................... 31
Disparo ligado ........................................... 61
E
Emparelhamento ................................. 26, 44
Encriptação ......................................... 21, 68
Endereço DNS .......................................... 25
Endereço IP......................................... 25, 30
Endereço MAC .......................................... 44
EOS Utility ..................................... 13, 43, 47
EOSUtility .................................................. 18
Erro............................................................ 92
Especificação LAN sem fios........................ 8
ESS-ID ...................................................... 21
F
Ficheiro com o mesmo nome .................... 68
Filme.............................................. 32, 54, 55
Formato chave .......................................... 22
118
FTP trans. (Trans. FTP)............................ 18
Funções furtivas.................................. 23, 24
G
Gateway.................................................... 25
H
Histórico de transferências ....................... 40
I
IEEE 802.11a.............................................. 8
IEEE 802.11b/g........................................... 8
Imagens transferidas ................................ 41
Informações de definições ........................ 65
Infraestrutura......................................... 8, 21
IPsec ......................................................... 68
J
JPEG......................................................... 33
L
LAN com fios............................................. 20
Legenda .................................................... 35
Ligação ..................................................... 17
LinkedShot (DispLigado)........................... 19
Login ......................................................... 31
M
Modo de ligação por código PIN............... 24
Modo passivo............................................ 68
Modo PBC................................................. 23
Modo PIN .................................................. 24
Modo Pushbutton Connection................... 23
N
Nome de utilizador .................................... 50
Número da porta ....................................... 30
P
Palavra passe ........................................... 50
Pasta................................................... 31, 41
Pasta de destino ....................................... 68
Proteger definições ................................... 68
Proxy......................................................... 30
R
RAW.......................................................... 33
RAW+JPEG .............................................. 33
Índice Remissivo
Rede.......................................................... 15
Resolução de Problemas .......................... 91
Router........................................................ 25
S
Seleccionar pasta...................................... 31
Servidor DHCP.......................................... 25
Servidor DNS ............................................ 30
Servidor FTP ....................................... 13, 29
Servidor WFT ...................................... 13, 49
Sistema aberto .......................................... 21
SSID .......................................................... 21
Subnet mask ............................................. 25
T
Teclado...................................................... 27
TKIP .......................................................... 21
Transferência de imagem.................... 13, 29
Transferência por lotes.................. 36, 38, 39
Transferir após disparo ............................. 36
Transferir c/ "SET"..................................... 34
Transferir imagens, automático................. 32
Transferir imagens, imagens individuais ... 34
U
URL ........................................................... 52
V
Visualizar imagens .................................... 53
W
Web ........................................................... 52
WEP .......................................................... 21
WFTserver (Servid WFT) .......................... 19
Wi-Fi Protected Setup ............................... 23
WPA2-PSK................................................ 21
WPA-PSK.................................................. 21
WPS (Wi-Fi Protected Setup).............. 23, 24
Funções Quando
Ligado via USB
Backup rápido ........................................... 79
Bluetooth................................................... 87
C
Com alimentação própria.......................... 71
Copiar imagens......................................... 77
D
Dados GPS ............................................... 85
Disco rígido ............................................... 71
Dispositivo GPS ........................................ 13
E
Energia...................................................... 74
Erro ........................................................... 92
F
Fazer backup de imagens......................... 78
G
Gestão de energia .............................. 74, 86
GPS .......................................................... 83
L
Ligação USB ............................................. 71
M
Multimédia................................................. 71
P
Periférico....................................... 13, 71, 75
R
Resolução de Problemas.......................... 91
S
Saltar imagem e continuar ........................ 78
Substituir imagem existente...................... 78
A
Alimentado por bus ................................... 71
B
Backup ................................................ 71, 80
119
CANON INC.
30-2 Shimomaruko 3-chome, Ohta-ku, Tokyo 146-8501, Japão
Europa, África e Médio Oriente
CANON EUROPA N.V.
PO Box 2262, 1180 EG Amstelveen, Países Baixos
CANON UK LTD
For technical support, please contact the Canon Help Desk:
Canon UK, RCC Customer Service
Unit 130, Centennial Park, Elstree, Herts, WD6 3SE, Reino Unido
Helpdesk: 0844 369 0100 (5 pence/min from a BT landline, other costs may vary)
Fax: 020 8731 4164
www.canon.co.uk
CANON FRANCE SAS
17, quai du Président Paul Doumer
92414 Courbevoie cedex, França
Hot line 0170480500
www.canon.fr
CANON DEUTCHLAND GmbH
Europark Fichtenhain A10, 47807 Krefeld, Alemanha
Helpdesk: 069 2999 3680
www.canon.de
CANON ITALIA S.P.A.
Via Milano 8, I-20097 San Donato Milanese (MI), Itália
Servizio clienti: 848 800519 (0,0787 €+ 0,0143 €/min)
Fax: 02-8248.4600
www.canon.it
CANON ESPAÑA S.A.
Avenida de Europa n° 6. 28108 Alcobendas (Madrid)
Helpdesk: 901.900.012 (€0,039/min)
Fax: (+34) 91 411 77 80
www.canon.es
CANON BELGIUM N.V. / S.A.
Berkenlaan 3, B – 1831 Diegem, Bélgica
Helpdesk : (02) 620.01.97 (0,053 € + 0,053 €/min)
Fax: (02) 721.32.74
www.canon.be
CANON LUXEMBOURG S.A.
Rue des Joncs 21, L-1818 Howald, Luxemburgo
Helpdesk : 27 302 054 (0,12 €/min)
Fax: (352) 48 47 96232
www.canon.lu
CANON NEDERLAND N.V.
Bovenkerkerweg 59-61
1185 XB Amstelveen, Países Baixos
Helpdesk: 020 7219 103
www.canon.nl
CANON DANMARK A/S
Knud Høgaards Vej 1, DK-2860 Søborg, Dinamarca
Helpdesk: 70 20 55 15 (0,25 DKK + 0,25 DKK/min)
Fax: 70 155 025
www.canon.dk
CANON NORGE as
Hallagerbakken 110, Postboks 33, Holmlia, 1201 Oslo, Noruega
Helpdesk: 23 50 01 43 (0,89 NOK + 0,49 NOK/min)
www.canon.no
CANON OY
Kuluttajatuotteet, Huopalahdentie 24, PL1, 00351 Helsinki, Finlândia
Helpdesk: 020 366 466 (0,0821 €+ 0,0149 €/min)
www.canon.fi
CANON SVENSKA AB
Gustav III:s Boulevard 26, S-169 88 Solna, Suécia
Helpdesk: +46 (0)8 519 923 69 (0,23 SEK + 0,45 SEK/min))
Fax: +46 (0)8 97 20 01
www.canon.se
CANON (SCHWEIZ) AG
Industriestrasse 12, 8305 Dietlikon, Suíça
Helpdesk: 0848 833 838 (0,08 CHF/min)
www.canon.ch
CANON AUSTRIA GmbH
Oberlaaer Strasse 233, A – 1110 Wien, Áustria
Helpdesk: 0810 081009 (0,07 €/min)
www.canon.at
CANON PORTUGAL, S.A.
Rua Alfredo Silva, 14 - Alfragide, 2610-016 Amadora, Portugal
Helpdesk: +351 21 42 45 190 (€0,0847 + €0,031/min)
www.canon.pt
WEB SELF-SERVICE: www.canon-europe.com
Este manual de instruções tem efeito a partir de Novembro de 2009. Para obter mais informações
sobre a utilização do transmissor com acessórios lançados no mercado após esta data, contacte o
Centro de Assistência da Canon da sua zona.
CEL-SP1KA2B0
© CANON INC. 2009
Was this manual useful for you? yes no
Thank you for your participation!

* Your assessment is very important for improving the work of artificial intelligence, which forms the content of this project

Download PDF

advertising