ESAB | ERD-100/ERI-100 | Instruction manual | ESAB ERD-100/ERI-100 Manual do usuário

ESAB ERD-100/ERI-100 Manual do usuário
ERD-5/ERI-5, ERD-10/ERI-10,
ERD-20/ERI-20, ERD-30/ERI-30,
ERD-30X/ERI-30X,
ERD-60/ERI-60,
ERD-100/ERI-100
Bases de rolos convencionais
Manual de instruções
Tradução do manual original
0463 635 001 PT 20181218
Valid for: serial no. 827-, 851-xxx-xxxx
ÍNDICE
1
2
3
SEGURANÇA ..............................................................................................
5
1.1
Significado dos símbolos ......................................................................
5
1.2
Funcionamento não conforme ..............................................................
5
1.3
Precauções de segurança .....................................................................
5
INTRODUÇÃO .............................................................................................
9
2.1
Equipamento...........................................................................................
9
2.2
Finalidade e função das bases de rolos ..............................................
9
2.3
Nomenclatura utilizada neste manual ..................................................
9
DADOS TÉCNICOS .....................................................................................
11
3.1
ERD/ERI-5................................................................................................
11
3.1.1
Unidade de transmissão.......................................................................
11
3.1.2
Unidade de polia ..................................................................................
12
3.1.3
Definições de parâmetros do inversor..................................................
12
ERD/ERI-10..............................................................................................
13
3.2.1
Unidade de transmissão.......................................................................
13
3.2.2
Unidade de polia ..................................................................................
14
3.2.3
Definições de parâmetros do inversor..................................................
14
ERD/ERI-20..............................................................................................
15
3.3.1
Unidade de transmissão.......................................................................
15
3.3.2
Unidade de polia ..................................................................................
16
3.3.3
Definições de parâmetros do inversor..................................................
16
ERD/ERI-30..............................................................................................
17
3.4.1
Unidade de transmissão.......................................................................
17
3.4.2
Unidade de polia ..................................................................................
18
3.4.3
Definições de parâmetros do inversor..................................................
18
ERD/ERI-30X ...........................................................................................
19
3.5.1
Unidade de transmissão.......................................................................
19
3.5.2
Unidade de polia ..................................................................................
20
3.5.3
Definições de parâmetros do inversor..................................................
20
ERD/ERI-60..............................................................................................
21
3.6.1
Unidade de transmissão.......................................................................
21
3.6.2
Unidade de polia ..................................................................................
22
3.6.3
Definições de parâmetros do inversor..................................................
22
ERD/ERI-100............................................................................................
23
3.7.1
Unidade de transmissão.......................................................................
23
3.7.2
Unidade de polia ..................................................................................
24
3.7.3
Definições de parâmetros do inversor..................................................
24
INSTALAÇÃO ..............................................................................................
26
4.1
Local ........................................................................................................
26
4.2
Instruções de elevação ..........................................................................
26
4.3
Ajustar os suportes das rodas..............................................................
27
3.2
3.3
3.4
3.5
3.6
3.7
4
0463 635 001
© ESAB AB 2018
ÍNDICE
4.4
Ajustar o ângulo incluído ......................................................................
27
4.5
Procedimento de instalação..................................................................
28
4.6
Funcionamento pela primeira vez ........................................................
28
4.7
Configuração da PEK.............................................................................
29
4.8
Configurações da base de rolos ...........................................................
30
FUNCIONAMENTO......................................................................................
31
5.1
Detalhes da máquina .............................................................................
31
5.2
Painel de controlo ..................................................................................
31
5.3
Pendente .................................................................................................
32
5.4
Ligar a alimentação da rede ..................................................................
33
5.5
Operar as bases de rolos ......................................................................
33
5.6
Segurança de operação .........................................................................
33
5.7
Soldadura ................................................................................................
35
5.8
Parar as bases de rolos .........................................................................
36
MANUTENÇÃO E ASSISTÊNCIA ...............................................................
37
6.1
Geral ........................................................................................................
37
6.2
Armazenamento .....................................................................................
37
6.3
Reparação e manutenção ......................................................................
37
6.4
Limpeza ...................................................................................................
38
6.5
Avarias.....................................................................................................
38
6.6
Caixa de engrenagens ...........................................................................
38
6.6.1
Inspeção e manutenção de caixa de engrenagens..............................
38
6.6.2
Lubrificação da caixa de engrenagens.................................................
39
DETEÇÃO DE AVARIAS .............................................................................
41
ENCOMENDAR PEÇAS SOBRESSELENTES...........................................
DIAGRAMA DA CABLAGEM..............................................................................
NÚMEROS DE ENCOMENDA ............................................................................
PEÇAS SOBRESSELENTES ..............................................................................
ACESSÓRIOS .....................................................................................................
43
44
70
72
91
5
6
7
8
Reservamo-nos o direito de alterar as especificações sem aviso prévio.
0463 635 001
© ESAB AB 2018
1 SEGURANÇA
1
SEGURANÇA
1.1
Significado dos símbolos
Conforme utilizados ao longo deste manual, significam que deve ter atenção e estar
alerta!
PERIGO!
Indica perigos imediatos que, se não forem evitados, resultarão em
ferimentos pessoais graves ou fatais.
AVISO!
Indica potenciais perigos que poderão resultar em ferimentos
pessoais ou fatais.
CUIDADO!
Indica perigos que poderão resultar em ferimentos pessoais menores.
AVISO!
Antes de utilizar, leia e compreenda o manual de
instruções e respeite todas as etiquetas, as práticas de
segurança do empregador e as fichas de dados de
segurança (SDS).
1.2
Funcionamento não conforme
CUIDADO!
Estas bases de rolos não são adequadas para o seguinte:
•
•
•
1.3
Qualquer recipiente com um peso superior ao limite máximo de peso das
bases de rolos.
Qualquer recipiente maior/mais pequeno do que o diâmetro máximo/mínimo
que pode ser suportado.
Se as bases de rolos tiverem pneus de poliuretano ou borracha: Não utilize
em recipientes pré-aquecidos acima dos 60 °C.
Precauções de segurança
São os utilizadores de equipamento ESAB a quem em última análise cabe a
responsabilidade de assegurar que qualquer pessoa que trabalhe no equipamento ou
próximo do mesmo respeita todas as medidas de precaução de segurança pertinentes. As
medidas de precaução de segurança têm de satisfazer os requisitos que se aplicam a este
tipo de equipamento. Além dos regulamentos normais aplicáveis ao local de trabalho, devem
respeitar-se as seguintes recomendações.
Todo o trabalho deve ser executado por pessoal especializado, bem familiarizado com o
funcionamento do equipamento. A utilização incorreta do equipamento pode resultar em
situações perigosas que podem dar origem a ferimentos no operador e danos no
equipamento.
0463 635 001
-5-
© ESAB AB 2018
1 SEGURANÇA
1.
2.
3.
4.
5.
Qualquer pessoa que utilize o equipamento tem de estar familiarizada com:
○ a utilização do equipamento
○ a localização das paragens de emergência
○ o funcionamento do equipamento
○ as medidas de precaução de segurança pertinentes
○ soldadura e corte ou outra operação aplicável do equipamento
O operador deve certificar-se de que:
○ dentro da área de funcionamento do equipamento, aquando da sua colocação
em funcionamento, apenas estão pessoas autorizadas
○ ninguém está desprotegido quando se forma o arco ou se inicia o trabalho com
o equipamento
O local de trabalho deverá satisfazer os seguintes requisitos:
○ ser adequado ao fim a que se destina
○ não ter correntes de ar
Equipamento de segurança pessoal:
○ Use sempre o equipamento de segurança pessoal recomendado como, por
exemplo, óculos de segurança, vestuário à prova de chama, luvas de segurança
○ Não use artigos largos ou soltos como, por exemplo, lenços ou cachecóis,
pulseiras, anéis, etc., que possam ser apanhados pelo equipamento ou
provocar queimaduras
Precauções gerais:
○ Certifique-se de que o cabo de retorno está bem ligado
○ O trabalho em equipamento de alta tensão só pode ser executado por um
eletricista qualificado
○ O equipamento de extinção de incêndios apropriado tem de estar claramente
identificado e em local próximo
○ A lubrificação e a manutenção nãopodem ser executadas no equipamento
durante o seu funcionamento
AVISO!
A soldadura por arco e o corte acarretam perigos para si e para os outros. Tome as
precauções adequadas sempre que soldar e cortar.
0463 635 001
-6-
© ESAB AB 2018
1 SEGURANÇA
CHOQUE ELÉTRICO – Pode matar
•
•
•
•
Instale a unidade e ligue-a à terra de acordo com o manual de instruções.
Não toque em peças elétricas ou em elétrodos com carga com a pele
desprotegida, com luvas molhadas ou roupas molhadas.
Isole-se a si próprio da peça de trabalho e da terra.
Certifique-se de que a sua posição de trabalho é segura
CAMPOS ELÉTRICOS E MAGNÉTICOS – Podem ser perigosos para a
saúde
•
•
•
Os soldadores portadores de "pacemakers" devem contactar o seu médico
antes de realizar trabalhos de soldadura. Os campos elétricos e
magnéticos (EMF) podem provocar interferências em alguns
"pacemakers".
A exposição a campos elétricos e magnéticos (EMF) pode ter outros
efeitos sobre a saúde que são desconhecidos.
Os soldadores devem seguir os seguintes procedimentos para minimizar a
exposição a campos elétricos e magnéticos (EMF):
○ Encaminhe conjuntamente o elétrodo e os cabos de trabalho no
mesmo lado do seu corpo. Prenda-os com fita adesiva sempre que
possível. Não coloque o seu corpo entre o maçarico e os cabos de
trabalho. Nunca enrole o maçarico nem o cabo de trabalho em redor
do seu corpo. Mantenha a fonte de alimentação de soldadura e os
cabos tão longe do seu corpo quanto possível.
○ Ligue o cabo de trabalho à peça de trabalho tão perto quanto
possível da área a ser soldada.
FUMOS E GASES – Podem ser perigosos para a saúde
•
•
Mantenha a cabeça afastada dos fumos.
Utilize ventilação, extração no arco, ou ambas, para manter os fumos e os
gases longe da sua zona de respiração e da área geral.
RAIOS DO ARCO – Podem ferir os olhos e queimar a pele
•
•
Proteja os olhos e o corpo. Utilize as proteções para soldadura e lentes de
filtro corretas e use vestuário de proteção.
Proteja as pessoas em volta através de proteções ou cortinas adequadas.
RUÍDO – O ruído excessivo pode provocar danos na audição
Proteja os ouvidos. Utilize protetores auriculares ou outro tipo de proteção
auricular.
PEÇAS MÓVEIS - Podem provocar ferimentos
•
•
•
Mantenha todas as portas, painéis e tampas fechados e fixos no devido
lugar. Permita apenas a remoção de tampas para a realização de
trabalhos de manutenção e resolução de problemas por pessoas
qualificadas, conforme necessário. Volte a colocar os painéis ou as
tampas e feche as portas quando terminar os trabalhos de manutenção e
antes de ligar o motor.
Desligue o motor antes de instalar ou de ligar a unidade.
Mantenha as mãos, o cabelo, o vestuário largo e as ferramentas afastados
de peças móveis.
PERIGO DE INCÊNDIO
•
•
0463 635 001
As faíscas (fagulhas) podem provocar incêndios. Certifique-se de que não
existem materiais inflamáveis por perto.
Não utilizar em compartimentos fechados.
-7-
© ESAB AB 2018
1 SEGURANÇA
AVARIAS - Peça a assistência de um perito caso surja uma avaria.
PROTEJA-SE A SI E AOS OUTROS!
CUIDADO!
Este produto foi concebido exclusivamente para soldadura por arco elétrico.
AVISO!
Não utilize a fonte de alimentação para descongelar tubos congelados.
CUIDADO!
O equipamento de Classe A não se destina a ser
utilizado em zonas residenciais onde a alimentação
elétrica seja fornecida pela rede pública de baixa
tensão. Poderá haver dificuldades em garantir a
compatibilidade eletromagnética de equipamento de
Classe A nessas zonas devido a perturbações
conduzidas bem como a perturbações radiadas.
NOTA!
Eliminação de equipamento eletrónico nas
instalações de reciclagem!
De acordo com a Diretiva Europeia 2012/19/CE relativa
a resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos e
respetiva implementação em conformidade com o
direito nacional, o equipamento elétrico e/ou eletrónico
que atingiu o fim da sua vida útil deve ser eliminado em
instalações de reciclagem.
Como responsável pelo equipamento, faz parte das
suas funções informar-se sobre estações de recolha
aprovadas.
Para mais informações, contacte o revendedor ESAB
mais perto de si.
A ESAB dispõe de uma variedade de acessórios de soldadura e equipamento de
proteção pessoal para aquisição. Para obter informações de encomenda, contacte o
seu revendedor ESAB local ou visite o nosso website.
0463 635 001
-8-
© ESAB AB 2018
2 INTRODUÇÃO
2
INTRODUÇÃO
Este manual de instruções descreve a utilização e manutenção das bases de rolos
convencionais, referidas como bases de rolos neste documento. As ações que devem ser
realizadas pelo fabricante não se encontram incluídas neste manual.
Este manual faz parte da máquina. Mantenha uma cópia do manual junto da máquina e o
original num local seguro. Se vender as bases de rolos, forneça o manual juntamente com
as mesmas.
As imagens e diagramas utilizados neste manual destinam-se apenas a fins ilustrativos,
para ajudar a explicar as instruções no texto. O equipamento fornecido pode ser
ligeiramente diferente.
2.1
Equipamento
A transmissão da base de rolos é fornecida com:
•
•
•
•
•
Unidades de transmissão
Armário de controlo montado
Pendente
Estrutura da base
Manual de instruções
A polia da base de rolos é fornecida com:
•
•
•
Unidades de polia
Estrutura da base
Manual de instruções
2.2
Finalidade e função das bases de rolos
As bases de rolos foram concebidas para ajudar na soldadura de recipientes cilíndricos.
Ao utilizar unidades de transmissão e de polia independentes, podem ser colocados
recipientes de diferentes comprimentos nas bases de rolos suportadas nas rodas das
mesmas. As rodas podem ser ajustadas na estrutura da base para acomodar diferentes
diâmetros de recipientes.
2.3
Nomenclatura utilizada neste manual
Unidade de
transmissão
Secção da base de rolos com rodas motoras.
Unidade de polia
Secção da base de rolos com rodas de rotação livre.
Conjunto da base de
rolos
Um conjunto é constituído por 1 unidade de transmissão e 1 ou mais
unidades de polia.
Estrutura da base
A estrutura em que as rodas de transmissão ou de polia estão
montadas. Estas são pré-perfuradas de forma que os suportes das
rodas possam ser posicionados para diferentes diâmetros de
recipientes.
Suporte da roda
O suporte que aloja as rodas da base de rolos. Este é aparafusado
à estrutura da base.
Painel de controlo
Caixa de controlo elétrico montada na unidade de transmissão.
0463 635 001
-9-
© ESAB AB 2018
2 INTRODUÇÃO
Pendente
Pendente de controlo manual pelo operador.
Recipiente
Qualquer componente ou dispositivo que seja manuseado no
conjunto da base de rolos.
0463 635 001
- 10 -
© ESAB AB 2018
3 DADOS TÉCNICOS
3
DADOS TÉCNICOS
3.1
ERD/ERI-5
3.1.1
Unidade de transmissão
ERD-5
Capacidade de carga máx.
2500 kg (5512 lb)
Capacidade de rotação
7500 kg (16535 lb)
Motor de comando de rotação
1×0,55 kW
Velocidade de rotação
140-1500 mm/min (5,51-59,05 pol./min)
Diâmetro mínimo da peça de trabalho
Ø200 mm (7,87 pol.) a um ângulo incluído de 80°
Diâmetro máximo da peça de trabalho
Ø3500 mm (137,79 pol.) a um ângulo incluído de
50°
Alimentação de entrada
380-440 V, trifásica, 50 Hz
Tipo de rolo
Borracha (100 °C/85 °A Shore)
Largura/diâmetro do rolo
127 mm (5 pol.)/381 mm (15 pol.)
Dimensões (C × L × A)
2150 × 610 × 620 mm (84,64 × 24,01 ×
24,41 pol.)
Peso
590 kg (1301 lb)
Pendente de controlo
Sim
Tensão de controlo
24 V
Classificação IP
IP 65 (armário de controlo) IP 55 (motor)
Definições da PEK para ERD-5
Mudança 1 N1:N2
1025:2
Mudança 2 N1:N2
48:18
Mudança 3 N1:N2
1:1
Diâmetro da roda
381 mm
Velocidade manual alta
150 cm/min
Relação de frequência N1
61 Hz
Relação de frequência N2
50 Hz
Rpm máx. do motor
1400
0463 635 001
- 11 -
© ESAB AB 2018
3 DADOS TÉCNICOS
3.1.2
Unidade de polia
ERI-5
Capacidade de carga máx.
2500 kg (5512 lb)
Tipo de rolo
Borracha (100 °C/85 °A Shore)
Largura/diâmetro do rolo
127 mm (5 pol.)/381 mm (15 pol.)
Dimensões (C × L × A)
2150 × 440 × 620 mm (84,64 × 17,32 ×
24,41 pol.)
Peso
470 kg (1036 lb)
3.1.3
Definições de parâmetros do inversor
Definições de fábrica:
Número do parâmetro
Valor
1
2,5
2
61
3
2
4
2
5
AI.AV
6
1,7
7
1370
8
400
9
0,85
10
L3
11
1
22
A
41
FD
Para obter instruções de programação, consulte o manual do inversor. Todos os outros
valores são definidos na fábrica pelo fabricante do inversor e não necessitam de ser
alterados.
NOTA!
As sobrecargas do motor de rotação estão definidas como 2,8 A e as sobrecargas de
ventilação forçada como 0,4 A.
0463 635 001
- 12 -
© ESAB AB 2018
3 DADOS TÉCNICOS
3.2
ERD/ERI-10
3.2.1
Unidade de transmissão
ERD-10
Capacidade de carga máx.
5000 kg (11023 lb)
Capacidade de rotação
15000 kg (33069 lb)
Motor de comando de rotação
2×0,55 kW
Velocidade de rotação
140-1500 mm/min (5,51-59,05 pol./min)
Diâmetro mínimo da peça de trabalho
Ø350 mm (13,78 pol.) a um ângulo incluído de
80°
Diâmetro máximo da peça de trabalho
Ø3500 mm (137,79 pol.) a um ângulo incluído de
50°
Alimentação de entrada
380-440 V, trifásica, 50 Hz
Tipo de rolo
Poliuretano (90 °C/92 °A Shore)
Largura/diâmetro do rolo
76 mm (3 pol.)/381 mm (15 pol.)
Dimensões (C × L × A)
2850 × 610 × 625 mm (112,2 × 24,01 ×
24,61 pol.)
Peso
675 kg (1488 lb)
Pendente de controlo
Sim
Tensão de controlo
24 V
Classificação IP
IP 65 (armário de controlo) IP 55 (motor)
Definições da PEK para ERD-10
Mudança 1 N1:N2
1025:2
Mudança 2 N1:N2
48:18
Mudança 3 N1:N2
1:1
Diâmetro da roda
381 mm
Velocidade manual alta
150 cm/min
Relação de frequência N1
61 Hz
Relação de frequência N2
50 Hz
Rpm máx. do motor
1400
0463 635 001
- 13 -
© ESAB AB 2018
3 DADOS TÉCNICOS
3.2.2
Unidade de polia
ERI-10
Capacidade de carga máx.
5000 kg (11023 lb)
Tipo de rolo
Poliuretano (90 °C/92 °A Shore)
Largura/diâmetro do rolo
76 mm (3 pol.)/381 mm (15 pol.)
Dimensões (C × L × A)
2850 × 410 × 625 mm (112,2 × 16,14 ×
24,61 pol.)
Peso
400 kg (882 lb)
3.2.3
Definições de parâmetros do inversor
Definições de fábrica:
Número do parâmetro
Valor
1
2,5
2
61
3
2
4
2
5
AI.AV
6
2,8
7
1500
8
400
9
0,85
10
L3
11
1
22
A
41
FD
Para obter instruções de programação, consulte o manual do inversor. Todos os outros
valores são definidos na fábrica pelo fabricante do inversor e não necessitam de ser
alterados.
NOTA!
As sobrecargas do motor de rotação estão definidas como 2,8 A e as sobrecargas de
ventilação forçada como 0,4 A.
0463 635 001
- 14 -
© ESAB AB 2018
3 DADOS TÉCNICOS
3.3
ERD/ERI-20
3.3.1
Unidade de transmissão
ERD-20
Capacidade de carga máx.
10000 kg (22046 lb)
Capacidade de rotação
30000 kg (66139 lb)
Motor de comando de rotação
2×0,75 kW
Velocidade de rotação
140-1500 mm/min (5,51-59,05 pol./min)
Diâmetro mínimo da peça de trabalho
Ø350 mm (13,78 pol.) a um ângulo incluído de
80°
Diâmetro máximo da peça de trabalho
Ø5000 mm (196,85 pol.) a um ângulo incluído de
50°
Alimentação de entrada
380-440 V, trifásica, 50 Hz
Tipo de rolo
Poliuretano (90 °C/92 °A Shore)
Largura/diâmetro do rolo
127 mm (5 pol.)/381 mm (15 pol.)
Dimensões (C × L × A)
2850 × 610 × 625 mm (112,2 × 24,01 ×
24,61 pol.)
Peso
750 kg (1653 lb)
Pendente de controlo
Sim
Tensão de controlo
24 V
Classificação IP
IP 65 (armário de controlo) IP 55 (motor)
Definições da PEK para ERD-20
Mudança 1 N1:N2
1025:2
Mudança 2 N1:N2
48:18
Mudança 3 N1:N2
1:1
Diâmetro da roda
381 mm
Velocidade manual alta
150 cm/min
Relação de frequência N1
59 Hz
Relação de frequência N2
50 Hz
Rpm máx. do motor
1445
0463 635 001
- 15 -
© ESAB AB 2018
3 DADOS TÉCNICOS
3.3.2
Unidade de polia
ERI-20
Capacidade de carga máx.
10000 kg (22046 lb)
Tipo de rolo
Poliuretano (90 °C/92 °A Shore)
Largura/diâmetro do rolo
127 mm (5 pol.)/381 mm (15 pol.)
Dimensões (C × L × A)
2850 × 410 × 625 mm (112,2 × 16,14 ×
24,61 pol.)
Peso
500 kg (1102 lb)
3.3.3
Definições de parâmetros do inversor
Definições de fábrica:
Número do parâmetro
Valor
1
2,5
2
59
3
2
4
2
5
AI.AV
6
3,8
7
1500
8
400
9
0,85
10
L3
11
1
22
A
41
FD
Para obter instruções de programação, consulte o manual do inversor. Todos os outros
valores são definidos na fábrica pelo fabricante do inversor e não necessitam de ser
alterados.
NOTA!
As sobrecargas do motor de rotação estão definidas como 1,8 A e as sobrecargas de
ventilação forçada como 0,4 A.
0463 635 001
- 16 -
© ESAB AB 2018
3 DADOS TÉCNICOS
3.4
ERD/ERI-30
3.4.1
Unidade de transmissão
ERD-30
Capacidade de carga máx.
15000 kg (33069 lb)
Capacidade de rotação
45000 kg (99208 lb)
Motor de comando de rotação
2×1,1 kW
Velocidade de rotação
130-1300 mm/min (5,12-51,2 pol./min)
Diâmetro mínimo da peça de trabalho
Ø570 mm (22,44 pol.) a um ângulo incluído de
80°
Diâmetro máximo da peça de trabalho
Ø6800 mm (267,72 pol.) a um ângulo incluído de
50°
Alimentação de entrada
380-440 V, trifásica, 50 Hz
Tipo de rolo
Poliuretano (90 °C/92 °A Shore)
Largura/diâmetro do rolo
178 mm (7 pol.)/521 mm (20,5 pol.)
Dimensões (C × L × A)
3570 × 755 × 765 mm (140,55 × 29,72 ×
30,12 pol.)
Peso
1525 kg (3362 lb)
Pendente de controlo
Sim
Tensão de controlo
24 V
Classificação IP
IP 65 (armário de controlo) IP 55 (motor)
Definição da PEK para ERD-30
Mudança 1 N1:N2
615:1
Mudança 2 N1:N2
58:19
Mudança 3 N1:N2
1:1
Diâmetro da roda
521 mm
Velocidade manual alta
130 cm/min
Relação de frequência N1
52 Hz
Relação de frequência N2
50 Hz
Rpm máx. do motor
1445
0463 635 001
- 17 -
© ESAB AB 2018
3 DADOS TÉCNICOS
3.4.2
Unidade de polia
ERI-30
Capacidade de carga máx.
15000 kg (33069 lb)
Tipo de rolo
Poliuretano (90 °C/92 °A Shore)
Largura/diâmetro do rolo
178 mm (7 pol.)/521 mm (20,5 pol.)
Dimensões (C × L × A)
3570 × 520 × 765 mm (140,55 × 20,47 ×
30,12 pol.)
Peso
960 kg (2116 lb)
3.4.3
Definições de parâmetros do inversor
Definições de fábrica:
Número do parâmetro
Valor
1
2,5
2
52
3
2
4
2
5
AI.AV
6
3,8
7
1500
8
400
9
0,85
10
L3
11
1
22
A
41
FD
Para obter instruções de programação, consulte o manual do inversor. Todos os outros
valores são definidos na fábrica pelo fabricante do inversor e não necessitam de ser
alterados.
NOTA!
As sobrecargas do motor de rotação estão definidas como 1,8 A e as sobrecargas de
ventilação forçada como 0,4 A.
0463 635 001
- 18 -
© ESAB AB 2018
3 DADOS TÉCNICOS
3.5
ERD/ERI-30X
3.5.1
Unidade de transmissão
ERD-30X
Capacidade de carga máx.
15000 kg (33069 lb)
Capacidade de rotação
45000 kg (99208 lb)
Motor de comando de rotação
2×1,1 kW
Velocidade de rotação
130-1400 mm/min (5,12-55,12 pol./min)
Diâmetro mínimo da peça de trabalho
Ø300 mm (11,81 pol.) a um ângulo incluído de
80°
Diâmetro máximo da peça de trabalho
Ø5500 mm (216,54 pol.) a um ângulo incluído de
50°
Alimentação de entrada
380-440 V, trifásica, 50 Hz
Tipo de rolo
Poliuretano (90 °C/92 °A Shore)
Largura/diâmetro do rolo
250 mm (9,84 pol.)/330 mm (12,99 pol.)
Dimensões (C × L × A)
2500 × 620 × 605 mm (98,43 × 24,41 ×
23,82 pol.)
Peso
700 kg (1543,24 lb)
Pendente de controlo
Sim
Tensão de controlo
24 V
Classificação IP
IP 65 (armário de controlo) IP 55 (motor)
Definição da PEK para ERD-30X
Mudança 1 N1:N2
600:1
Mudança 2 N1:N2
27:14
Mudança 3 N1:N2
1:1
Diâmetro da roda
300 mm
Velocidade manual alta
140 cm/min
Relação de frequência N1
55 Hz
Relação de frequência N2
50 Hz
Rpm máx. do motor
1400 rpm a 50 Hz
0463 635 001
- 19 -
© ESAB AB 2018
3 DADOS TÉCNICOS
3.5.2
Unidade de polia
ERI-30X
Capacidade de carga máx.
15000 kg (33069 lb)
Tipo de rolo
Poliuretano (90 °C/92 °A Shore)
Largura/diâmetro do rolo
250 mm (9,84 pol.)/330 mm (12,99 pol.)
Dimensões (C × L × A)
2500 × 480 × 605 mm (98,43 × 18,90 ×
23,82 pol.)
Peso
400 kg (881,85 lb)
3.5.3
Definições de parâmetros do inversor
Definições de fábrica:
Número do parâmetro
Valor
1
0
2
55
3
2
4
2
5
AV
6
5,6
7
1500
8
400
9
0,85
10
Tudo
41
FD
06,004
0
12,041
Relé
Para obter instruções de programação, consulte o manual do inversor. Todos os outros
valores são definidos na fábrica pelo fabricante do inversor e não necessitam de ser
alterados.
0463 635 001
- 20 -
© ESAB AB 2018
3 DADOS TÉCNICOS
NOTA!
As sobrecargas do motor de rotação estão definidas como 2,8 A e as sobrecargas de
ventilação forçada como 0,4 A.
3.6
ERD/ERI-60
3.6.1
Unidade de transmissão
ERD-60
Capacidade de carga máx.
30000 kg (66139 lb)
Capacidade de rotação
90000 kg (198416 lb)
Motor de comando de rotação
2×1,5 kW
Velocidade de rotação
130-1300 mm/min (5,12-51,2 pol./min)
Diâmetro mínimo da peça de trabalho
Ø570 mm (22,44 pol.) a um ângulo incluído de
80°
Diâmetro máximo da peça de trabalho
Ø6800 mm (267,72 pol.) a um ângulo incluído de
50°
Alimentação de entrada
380-440 V, trifásica, 50 Hz
Tipo de rolo
Poliuretano (90 °C/92 °A Shore)
Largura/diâmetro do rolo
256 mm (14 pol.)/521 mm (20,5 pol.)
Dimensões (C × L × A)
3570 × 880 × 765 mm (140,55 × 34,65 ×
30,12 pol.)
Peso
2050 kg (4519 lb)
Pendente de controlo
Sim
Tensão de controlo
24 V
Classificação IP
IP 65 (armário de controlo) IP 55 (motor)
Definições da PEK para ERD-60
Mudança 1 N1:N2
615:1
Mudança 2 N1:N2
58:19
Mudança 3 N1:N2
1:1
Diâmetro da roda
521 mm
Velocidade manual alta
130 cm/min
Relação de frequência N1
52 Hz
0463 635 001
- 21 -
© ESAB AB 2018
3 DADOS TÉCNICOS
Relação de frequência N2
50 Hz
Rpm máx. do motor
1445
3.6.2
Unidade de polia
ERI-60
Capacidade de carga máx.
30000 kg (66139 lb)
Tipo de rolo
Poliuretano (90 °C/92 °A Shore)
Largura/diâmetro do rolo
256 mm (14 pol.)/521 mm (20,5 pol.)
Dimensões (C × L × A)
3570 × 705 × 765 mm (140,55 × 27,76 ×
30,12 pol.)
Peso
1250 kg (2756 lb)
3.6.3
Definições de parâmetros do inversor
Definições de fábrica:
Número do parâmetro
Valor
1
2,5
2
52
3
2
4
2
5
AI.AV
6
7,2
7
1500
8
400
9
0,85
10
L3
11
1
22
A
41
FD
Para obter instruções de programação, consulte o manual do inversor. Todos os outros
valores são definidos na fábrica pelo fabricante do inversor e não necessitam de ser
alterados.
0463 635 001
- 22 -
© ESAB AB 2018
3 DADOS TÉCNICOS
NOTA!
As sobrecargas do motor de rotação estão definidas como 3,5 A e as sobrecargas de
ventilação forçada como 0,4 A.
3.7
ERD/ERI-100
3.7.1
Unidade de transmissão
ERD-100
Capacidade de carga máx.
50000 kg (110231 lb)
Capacidade de rotação
150000 kg (330693 lb)
Motor de comando de rotação
2×2,2 kW
Velocidade de rotação
130-1300 mm/min (5,12-51,2 pol./min)
Diâmetro mínimo da peça de trabalho
Ø570 mm (22,44 pol.) a um ângulo incluído de
80°
Diâmetro máximo da peça de trabalho
Ø6800 mm (267,72 pol.) a um ângulo incluído de
50°
Alimentação de entrada
380-440 V, trifásica, 50 Hz
Tipo de rolo
Poliuretano (90 °C/92 °A Shore)
Largura/diâmetro do rolo
533 mm (21 pol.)/521 mm (20,5 pol.)
Dimensões (C × L × A)
3570 × 1120 × 765 mm (140,55 × 44,1 ×
30,12 pol.)
Peso
2800 kg (6173 lb)
Pendente de controlo
Sim
Tensão de controlo
24 V
Classificação IP
IP 65 (armário de controlo) IP 55 (motor)
Definições da PEK para ERD-100
Mudança 1 N1:N2
615:1
Mudança 2 N1:N2
58:19
Mudança 3 N1:N2
1:1
Diâmetro da roda
521 mm
Velocidade manual alta
130 cm/min
Relação de frequência N1
52 Hz
0463 635 001
- 23 -
© ESAB AB 2018
3 DADOS TÉCNICOS
Relação de frequência N2
50 Hz
Rpm máx. do motor
1445
3.7.2
Unidade de polia
ERI-100
Capacidade de carga máx.
50000 kg (110231 lb)
Tipo de rolo
Poliuretano (90 °C/92 °A Shore)
Largura/diâmetro do rolo
533 mm (21 pol.)/521 mm (20,5 pol.)
Dimensões (C × L × A)
3570 × 900 × 765 mm (140,55 × 35,43 ×
30,12 pol.)
Peso
1600 kg (3527 lb)
3.7.3
Definições de parâmetros do inversor
Definições de fábrica:
Número do parâmetro
Valor
1
2,5
2
52
3
2
4
2
5
AI.AV
6
13,00
7
1500
8
400
9
0,85
10
L3
11
1
22
A
41
FD
Para obter instruções de programação, consulte o manual do inversor. Todos os outros
valores são definidos na fábrica pelo fabricante do inversor e não necessitam de ser
alterados.
0463 635 001
- 24 -
© ESAB AB 2018
3 DADOS TÉCNICOS
NOTA!
As sobrecargas do motor de rotação estão definidas como 5,0 A e as sobrecargas de
ventilação forçada como 0,4 A.
0463 635 001
- 25 -
© ESAB AB 2018
4 INSTALAÇÃO
4
INSTALAÇÃO
4.1
Local
AVISO!
Certifique-se sempre de que existe espaço suficiente à volta das bases de rolos.
Certifique-se de que tem acesso adequado e espaço suficiente à volta das bases de rolos,
incluindo do recipiente, quando carregado. Posicione-o de forma a permitir o carregamento e
descarregamento desimpedido de recipientes nas bases de rolos através de uma ponte
rolante ou de outros dispositivos de elevação.
4.2
Instruções de elevação
Utilize pontes rolantes ou empilhadeiras com a potência correta para mover as bases de
rolos.
AVISO!
Para elevar as bases de rolos com uma empilhadeira, utilize as ranhuras no lado
longo das estruturas das forquilhas. Tome nota das posições dos suportes das rodas
nas estruturas para o caso de causarem um desequilíbrio ao elevar a estrutura.
Certifique-se de que estão ambos a uma distância igual da linha central da estrutura,
que estão corretamente aparafusados à estrutura e que não se movem durante a
elevação.
Elevação por grua:
As bases de rolos podem ser elevadas utilizando os
pontos de elevação nos suportes das rodas da base de
rolos. Utilize um ponto de elevação em cada lado do
suporte da roda; existem 4 pontos de elevação no total.
O ângulo recomendado entre a corrente e os pontos de
elevação nas bases de rolos é de 60°.
Coloque as bases de rolos num piso duro, macio e nivelado que seja capaz de suportar o
peso da base de rolos e do recipiente sobre a área de contacto da base de rolos com o piso.
As distâncias entre as estruturas da base devem corresponder às dimensões do recipiente.
Se o recipiente for perfeitamente simétrico e forem utilizadas uma transmissão e uma polia,
coloque a transmissão e a polia num terço do comprimento do recipiente para garantir que
cada secção suporta uma carga igual. Se uma extremidade do recipiente for mais pesada,
mova a secção da transmissão e da polia para mais perto desta extremidade, de modo a
equilibrar a carga em cada secção.
0463 635 001
- 26 -
© ESAB AB 2018
4 INSTALAÇÃO
CUIDADO!
Equilibre a carga de forma uniforme entre as secções da transmissão e da polia. Se
não o fizer, poderá sobrecarregar uma das secções, o que irá fazer com que as rodas
deslizem ao tentar rodar o recipiente. Também pode resultar em recuo, situação em
que o recipiente pode continuar a rodar após parar as bases de rolos. Isto tem de ser
retificado posicionando corretamente a secção da transmissão e da polia, uma vez
que, se não o fizer, irá causar danos ao equipamento.
AVISO!
Assim que o botão de direção (para a frente ou para trás) for premido, as bases de
rolos começam a rodar o recipiente.
4.3
Ajustar os suportes das rodas
As posições dos dois suportes das rodas na estrutura da base têm de ser ajustadas para
carregar recipientes de diferentes diâmetros.
1.
2.
3.
4.
Desaperte o suporte da roda da estrutura da base.
Utilize uma grua para elevar o suporte da roda através dos pontos de elevação.
Mova o suporte para a posição pretendida para o diâmetro do recipiente.
Fixe novamente os suportes das rodas à estrutura da base utilizando todos os
parafusos e aperte.
Consulte a secção "Ajustar o ângulo incluído" para obter detalhes sobre as distâncias
entre os dois suportes das rodas.
NOTA!
Ajuste os suportes das rodas de forma que o eixo de rotação do recipiente esteja na
linha central das estruturas da transmissão e da polia.
4.4
Ajustar o ângulo incluído
O ângulo incluído é o ângulo entre as duas linhas do centro do eixo de rotação do recipiente
e o centro de cada roda na secção da transmissão e da polia. À medida que o ângulo
aumenta, a carga resultante em cada roda também e, consequentemente, a carga nos
rolamentos. Além disso, ao aumentar o ângulo, é necessário mais binário e, por
conseguinte, mais energia para rodar o recipiente.
A distância entre os suportes das rodas em ambas as secções da transmissão e da polia
depende do diâmetro do recipiente. O ângulo incluído deve ser entre 50° e 80°, e
recomenda-se que defina sempre as bases de rolos o mais próximo possível dos 60°.
0463 635 001
- 27 -
© ESAB AB 2018
4 INSTALAÇÃO
Ângulo incluído de 80°
Ângulo incluído de 60°
Ângulo incluído de 50°
NOTA!
Equação para calcular a distância entre os suportes das rodas para obter um ângulo
incluído de 60°:
Distância central das rodas = Raio do recipiente + Raio da roda
4.5
Procedimento de instalação
Siga este procedimento de instalação antes da primeira utilização, após trabalhos de
manutenção ou reparação ou após um período de armazenamento das bases de rolos.
As bases de rolos são totalmente testadas antes da expedição da fábrica. É recomendável
verificar o funcionamento de todos os controlos antes das bases de rolos serem colocadas
em produção.
Procedimento de instalação:
•
•
•
•
•
•
•
Verifique se todas as peças móveis, por exemplo, as rodas, se movem livremente.
Verifique o nível do óleo na caixa de engrenagens; consulte a secção "Lubrificação da
caixa de engrenagens".
Verifique a integridade de todos os cabos, da alimentação da rede e do pendente de
controlo e certifique-se de que não existem cortes, etc.
Verifique se todos os pendentes de controlo funcionam corretamente.
Verifique se a paragem de emergência no pendente funciona e bloqueia todos os
restantes controlos de forma que as bases de rolos não possam ser reiniciadas e, em
seguida, efetue a reposição no painel de controlo.
Verifique se a paragem de emergência no painel de controlo funciona e bloqueia todos
os restantes controlos de forma que as bases de rolos não possam ser reiniciadas e,
em seguida, efetue a reposição no painel de controlo.
Verifique se existem danos na estrutura de aço.
4.6
Funcionamento pela primeira vez
Para que a caixa de engrenagens de rosca atinja a eficiência ideal, quando instaladas pela
primeira vez, as bases de rolos têm de ser operadas em ambas as direções durante os
seguintes períodos de tempo:
•
•
•
Pelo menos 8 horas de funcionamento sem carga nas bases de rolos.
10 horas de funcionamento com um terço da carga.
15 horas de funcionamento com dois terços da carga.
0463 635 001
- 28 -
© ESAB AB 2018
4 INSTALAÇÃO
Após o procedimento de funcionamento, as bases de rolos podem ser operadas com a
carga total.
4.7
Configuração da PEK
NOTA!
A descrição seguinte requer conhecimentos básicos sobre a unidade de controlo PEK
do processo de soldadura ESAB. Para mais informações sobre a unidade de controlo
PEK, consulte o manual de instruções da unidade de controlo.
Siga estas instruções para configurar a unidade de controlo PEK quando uma base de rolos
está ligada a um ESAB CaB.
1.
2.
Para configurar uma base de rolos ligada na PEK, selecione MENU PRINCIPAL »
CONFIGURAÇÃO DA MÁQUINA » CONFIGURAÇÕES.
Selecione CÓDIGO DO PRODUTO » FREE 3 AXIS.
CONFIGURAÇÃO DA MÁQUINA
CÓDIGO DO PRODUTO
FREE 3 AXIS
EIXO DE ALIMENTAÇÃO DE FIO►
EIXO DE DESLOCAÇÃO►
EIXO EXTERNO►
3.
4.
TANDEM
OFF
ALIMENTAÇÃO DE FIO ICE
OFF
FUNÇÃO INDIRETA►
Selecione EIXO EXTERNO » BASE DE ROLOS. Consulte as definições da PEK no
capítulo "DADOS TÉCNICOS" para ver as tabelas referidas. Introduza valores para:
○ MUDANÇA 1 - valores da tabela para o tamanho específico da base de rolos.
○ MUDANÇA 2 - valores da tabela para o tamanho específico da base de rolos.
○ MUDANÇA 3 - não utilizada para bases de rolos, o valor predefinido é 1:1.
Introduza os restantes valores do EIXO EXTERNO . Consulte as definições da PEK
no capítulo "DADOS TÉCNICOS" para ver as tabelas referidas.
○ DIÂMETRO DA RODA - introduza os valores da tabela para o tamanho
específico da base de rolos.
○ Parâmetros não utilizados: VELOCIDADE DA RODA, CODIFICADOR PARA
IMPULSOS e ENTRADAS DO CODIFICADOR.
○ VELOCIDADE MANUAL ALTA - introduza o valor da velocidade máxima de
rotação da tabela para o tamanho específico da base de rolos.
NOTA!
As unidades utilizadas na tabela e na PEK podem diferir.
○ RELAÇÃO DE FREQUÊNCIA N1 - introduza o valor de definição da frequência
do inversor da tabela para o tamanho específico da base de rolos.
○ RELAÇÃO DE FREQUÊNCIA N2 - o valor predefinido é 50 Hz.
○ RPM MÁX. DO MOTOR - introduza o valor da tabela para o tamanho específico
da base de rolos, saída do motor a 50 Hz.
○ DIÂMETRO DA SOLDA - introduzir o diâmetro (mm) da peça de trabalho em
que a solda será realizada. No caso de soldagem na superfície, este valor será
igual ao diâmetro do rolo.
○ DIÂMETRO DO ROLO - introduza o diâmetro exterior (mm) da peça de trabalho
real.
0463 635 001
- 29 -
© ESAB AB 2018
4 INSTALAÇÃO
4.8
Configurações da base de rolos
A figura abaixo mostra as diferentes opções de configuração para o CaB e a base de rolos.
Para obter mais informações, consulte a secção "DIAGRAMA DE CABLAGEM". Para o
cabo de interface e o cabo de sincronização, consulte a secção "ACESSÓRIOS".
0463 635 001
- 30 -
© ESAB AB 2018
5 FUNCIONAMENTO
5
FUNCIONAMENTO
5.1
Detalhes da máquina
O conjunto da base de rolos é normalmente constituído por uma unidade de transmissão e
1, 2 ou 3 unidades de polia.
A unidade de polia é constituída por uma estrutura da base com dois suportes de roda
aparafusados na parte superior da mesma. São perfurados orifícios na parte superior da
estrutura da base para que os suportes das rodas sejam posicionados a diferentes
distâncias consoante o diâmetro do recipiente.
A transmissão é constituída por dois suportes de rodas que podem ser posicionados de
acordo com o diâmetro do recipiente. Dependendo do modelo, um ou dois suportes das
rodas são motorizados. A roda é girada por um motor elétrico através de uma caixa de
engrenagens redutora. O motor é novamente ligado ao painel de controlo na unidade de
transmissão. Dentro do painel de controlo, existe um inversor que controla os motores. Um
pendente com um cabo flexível é ligado ao painel de controlo.
5.2
1.
2.
3.
4.
Painel de controlo
Alimentação da rede LIGADA – acende (branco) quando o painel de controlo é ligado
(o isolador (8) está na posição LIGADO).
Alarme – acende (vermelho) se tiver ocorrido qualquer tipo de avaria.
Botão de reposição – repõe a máquina após uma paragem de emergência ter
ocorrido. O botão acende (azul) para indicar que a base de rolos tem de ser reposta.
Controlo remoto – acende (verde) quando a base de rolos é controlada remotamente,
por exemplo, através de um CaB.
0463 635 001
- 31 -
© ESAB AB 2018
5 FUNCIONAMENTO
5.
6.
7.
Interruptor de seleção – alterna o funcionamento do pendente entre rotação das
bases de rolos ou deslocação do bogie (opcional). O interruptor é ignorado quando
está a ser controlado remotamente.
Botão de paragem de emergência – se for premido, causa uma perda de
funcionamento. O botão tem de ser solto para que seja possível a reposição.
Isolador elétrico da porta – tem de ser desligado antes de ser possível abrir a porta do
painel de controlo.
5.3
Pendente
CUIDADO!
Prima sempre Parar antes de alterar a direção de rotação.
NOTA!
Quando um dos botões de direção (para a frente ou para trás) é premido, as bases
de rolos começam imediatamente a rodar o recipiente.
1.
2.
3.
Botões de direção de rotação:
1a. Para trás
1b. Parar (Stop)
1c. Para a frente
Potenciómetro de controlo da velocidade.
Rodar o botão para a direita aumenta a velocidade da base de rolos e, por
contrapartida, rodá-lo para a esquerda diminui a velocidade.
Botão de paragem de emergência, situado sob a proteção na extremidade do
pendente.
Botão amarelo: Para trás, confere rotação para a direita quando voltado para a secção de
transmissão da base de rolos com as caixas de engrenagens no lado mais próximo.
Botão verde: Para a frente, confere rotação para a esquerda quando voltado para a secção
de transmissão da base de rolos com as caixas de engrenagens no lado mais próximo.
0463 635 001
- 32 -
© ESAB AB 2018
5 FUNCIONAMENTO
5.4
Ligar a alimentação da rede
AVISO!
Não opere a base de rolos se existirem sinais de danos; solicite sempre a verificação
e reparação, se necessário, por um técnico de serviço autorizado da ESAB.
Antes de ligar as bases de rolos, verifique se:
•
•
•
os suportes das rodas estão corretamente aparafusados à estrutura da base.
as rodas estão corretamente posicionadas sob o recipiente.
não existem obstáculos que impeçam a rotação do recipiente (se estiver carregado).
Inspecione visualmente se existem sinais de danos nas rodas, nos motores, nas caixas de
engrenagens, no pendente, no painel de controlo e nos cabos.
AVISO!
Certifique-se de que a fonte de alimentação da rede corresponde à tensão elétrica
indicada no painel de controlo.
AVISO!
Certifique-se de que os cabos de alimentação da rede e do pendente não estão
colocados sobre faixas de rodagem de veículos ou empilhadeiras e que não causam
perigo de tropeçar.
1.
2.
3.
4.
Ligue o cabo de alimentação da rede à fonte de alimentação.
Ligue a fonte de alimentação; a luz de alimentação ligada acende-se no painel de
controlo.
Certifique-se de que os botões de paragem de emergência não são premidos.
Prima o botão de reposição.
No caso de um ESAB CaB estar ligado à base de rolos, verifique se as definições na PEK
estão corretas e correspondem aos parâmetros da base de rolos.
A máquina está agora pronta a funcionar.
5.5
Operar as bases de rolos
Quando as bases de rolos estiverem corretamente alinhadas e os suportes das rodas
estiverem na posição correta, inicie o carregamento do recipiente nas bases de rolos. Isto
deve ser feito de forma contínua para não provocar um choque de carga nas bases de rolos.
Um choque de carga pode causar danos na corrente de transmissão.
Certifique-se de que não existem partes salientes no recipiente que possam embater em
objetos em torno das bases de rolos ou no piso durante a rotação.
Defina o potenciómetro de controlo da velocidade para a velocidade pretendida.
Prima a direção de deslocação pretendida (botão verde ou amarelo). As bases de rolos
começam a rodar o recipiente.
5.6
Segurança de operação
Não coloque unidades de transmissão sob um recipiente. Isto só é possível se o cabo de
sincronização opcional tiver sido fornecido com as bases de rolos. Neste caso, o painel de
controlo principal controla a transmissão secundária.
0463 635 001
- 33 -
© ESAB AB 2018
5 FUNCIONAMENTO
Não deixe que partes do recipiente entrem em contacto com as bases de rolos, o piso ou
objetos nas proximidades durante a rotação. Isto pode causar danos às bases de rolos e
fazer com que as rodas deslizem ou sobrecarregar as unidades.
Certifique-se de que tem uma boa ligação à terra durante a soldadura. A falta de uma boa
ligação à terra pode causar um curto-circuito nas bases de rolos.
Se o botão de paragem de emergência estiver premido, descubra o motivo da ação antes de
reiniciar a máquina.
Certifique-se de que os suportes das rodas
NÃO estão demasiado afastados.
As bases de rolos podem estar
sobrecarregadas, uma vez que é colocada
mais carga em cada roda se os suportes das
rodas estiverem demasiado afastados.
Certifique-se de que os suportes das rodas
NÃO estão demasiado próximos.
PERIGO!
Posição muito pouco segura.
Nunca opere as bases de rolos num ângulo incluído inferior a 50°.
Durante a rotação, o recipiente pode deslizar para fora das bases de rolos, causando
ferimentos graves a qualquer pessoa nas proximidades. Isto também pode acontecer
com um desequilíbrio da carga, quando o centro de gravidade do recipiente está
deslocado do eixo de rotação.
Consulte a secção "Ajustar o ângulo incluído" para obter mais informações.
0463 635 001
- 34 -
© ESAB AB 2018
5 FUNCIONAMENTO
Certifique-se de que as unidades de transmissão e da polia estão paralelamente alinhadas
entre si. Caso contrário, o recipiente pode deslizar longitudinalmente e cair das bases de
rolos. Isto pode também causar desgaste e danos nas rodas das bases de rolos.
A ilustração mostra o procedimento de alinhamento correto entre as secções de
transmissão e da polia. Alinhamento convencional da base de rolos:
1.
2.
3.
4.
5.
Certifique-se de que: A1 = A2 ± 0,5 mm (0,02 pol.) e B1 = B2 ± 0,5 mm (0.02 pol.)
Certifique-se de que as secções não estão inclinadas
Certifique-se de que as secções não estão inclinadas
Certifique-se de que as alturas estão dentro dos limites
Certifique-se de que as secções não estão inclinadas
5.7
Soldadura
AVISO!
Ao soldar, o recipiente tem de ser ligado à terra de forma independente face às bases
de rolos. A ligação à terra através da base de rolos causa danos graves às bases de
rolos.
A única exceção são bases de rolos com rodas de aço especiais que foram
equipadas com um ponto de ligação à terra. Ao utilizar estas bases de rolos, é
essencial que o cabo de ligação à terra seja corretamente ligado a este ponto de
ligação à terra antes da soldadura.
0463 635 001
- 35 -
© ESAB AB 2018
5 FUNCIONAMENTO
Os requisitos de ligação à terra de procedimentos de soldadura específicos têm de ser
conhecidos e a ligação à terra deve ser corretamente efetuada ao recipiente antes da
soldadura. As bases de rolos padrão não foram concebidas para ligar o recipiente à terra
durante a soldadura.
5.8
Parar as bases de rolos
Prima o botão vermelho de paragem no pendente para parar a rotação. A rotação começa
novamente quando um botão de direção for premido.
NOTA!
Utilize o botão de paragem de emergência no painel de controlo e no pendente
apenas em caso de emergência.
0463 635 001
- 36 -
© ESAB AB 2018
6 MANUTENÇÃO E ASSISTÊNCIA
6
MANUTENÇÃO E ASSISTÊNCIA
6.1
Geral
AVISO!
Durante todos os procedimentos de manutenção ou reparação, as bases de rolos têm
de estar eletricamente isoladas. Desligue a fonte de alimentação elétrica principal e
desligue o cabo de alimentação da rede.
AVISO!
Depois de desligar a alimentação, pode existir alguma carga residual em alguns
componentes do painel. Aguarde alguns minutos após desligar a alimentação da
rede, antes de iniciar os trabalhos em quaisquer elementos elétricos da máquina.
O procedimento de instalação tem de ser realizado após um período de manutenção, de
reparação ou de armazenamento; consulte a secção "Procedimento de instalação".
6.2
Armazenamento
Armazene as bases de rolos num local fresco e seco. Depois de um longo período de
armazenamento, as bases de rolos têm de ser minuciosamente verificada antes da
utilização.
AVISO!
Se as bases de rolos forem armazenadas ou transportadas num clima frio e
transportadas para uma localização quente, pode acumular-se condensação nas
bases de rolos ou nos controlos elétricos. Para impedir danos, deixe a máquina
adaptar-se à nova temperatura ambiente.
CUIDADO!
Não armazene as bases de rolos desprotegidas no exterior. As bases de rolos têm de
ser cobertas e as áreas de metal nu, os rolamentos, as engrenagens e os veios têm
de ser adequadamente lubrificados para impedir a corrosão.
6.3
Reparação e manutenção
Mantenha as bases de rolos limpas e livres de poeiras ou resíduos do processo de
soldadura.
Verifique regularmente o óleo da caixa de engrenagens e mantenha-o nos níveis corretos;
consulte a secção "Manutenção da caixa de engrenagens".
Inspecione toda a instalação das bases de rolos pelo menos uma vez por ano. Preste
especial atenção a:
•
•
•
•
•
•
•
Contactos elétricos
Interruptores e controlos
Se as peças mecânicas e as fixações não estão soltas
Se instalados: estado dos pneus nas rodas
Se instaladas: estado das rodas de aço maciço
Se a rotação das rodas é completa e se não existe rotação excêntrica em torno dos
eixos
Corrosão de metal
0463 635 001
- 37 -
© ESAB AB 2018
6 MANUTENÇÃO E ASSISTÊNCIA
•
•
•
•
•
•
Danos na estrutura
Sinais de danos nos rolamentos das rodas
Manutenção da caixa de engrenagens
Danos em cabos: alimentação da rede, pendente e qualquer cabo visível entre o painel
de controlo e os motores
Funcionamento correto das paragens de emergência e do isolador da porta do painel
de controlo
Remova as proteções e verifique o estado da engrenagem e do pinhão nas rodas
motrizes
Remova e substitua quaisquer peças danificadas.
6.4
Limpeza
AVISO!
As bases dos rolos têm de ser eletricamente isoladas antes da limpeza. Os
componentes elétricos não podem entrar em contacto com água ou outros líquidos de
limpeza.
NOTA!
Certifique-se de que as bases das rodas estão limpas. Quaisquer faíscas de arco,
fundente ou escória têm de ser removidos das bases de rolos logo que possível.
As bases de rolos não necessitam de instruções de limpeza especiais. As bases de rolos
não criam qualquer poluição ambiental nas imediações durante o funcionamento normal,
embora o processo de soldadura que está a ser realizado nas mesmas possa poluir as
bases de rolos.
6.5
Avarias
Se as bases de rolos deixarem de funcionar, o equipamento tem de ser reparado por
técnicos de serviço autorizados da ESAB.
NOTA!
Avarias repetidas indicam um problema com as bases de rolos. Informe a pessoa
responsável pela assistência e manutenção.
6.6
Caixa de engrenagens
6.6.1
Inspeção e manutenção de caixa de engrenagens
Para garantir uma vida útil longa das bases de rolos, o óleo nas caixas de engrenagens tem
de ser regularmente verificado e mudado.
NOTA!
Remova e mude o óleo da caixa de engrenagens após as primeiras 100 horas de
funcionamento.
Verificações de manutenção regulares:
•
•
Exceto na primeira mudança do óleo, mude o óleo na caixa de engrenagens a cada
2500 horas ou 6 meses.
Verifique se o vedante apresenta fugas ou irregularidades.
0463 635 001
- 38 -
© ESAB AB 2018
6 MANUTENÇÃO E ASSISTÊNCIA
•
•
•
•
Verifique se existem ruídos estranhos durante o funcionamento. Se sim, o rolamento
pode estar avariado.
Verifique se o orifício de respiração da caixa de engrenagens está isento de
obstruções.
Para ajudar no arrefecimento da caixa de engrenagens, recomenda-se que a caixa
exterior seja mantida limpa.
Verifique os parafusos e aperte-os se estiverem soltos.
6.6.2
Lubrificação da caixa de engrenagens
As caixas de engrenagens nas bases de rolos foram cheias com a quantidade adequada de
lubrificante antes da expedição da fábrica. Consulte a seguinte tabela de óleos
recomendados para utilização nas caixas de engrenagens.
NOTA!
Não misture óleos de marcas diferentes. Drene o óleo da caixa de engrenagens
antes de reabastecer com óleo de uma marca diferente.
Tabela de seleção de lubrificante
Carga padrão/entrada de 600 RPM ou superior a 600 RPM
Temperatura
CPC
ISO VG
Mobil
Shell
-30 °C – -15 °C
HD 100
VG 100
Mobilgear 627
Omala 100
HD 150
VG 150
Mobilgear 629
Omala 150
HD 220
VG 220
Mobilgear 630
Omala 220
HD 320
VG 320
Mobilgear 632
Omala 320
HD 460
VG 460
Mobilgear 634
Omala 460
(-22 °F – 5 °F)
-15 °C – -3 °C
(5 °F – 26,6 °F)
-3 °C – 23 °C
(26,6 °F – 73,4 °F)
23 °C – 40 °C
(73,4 °F – 104 °F)
40 °C – 80 °C
(104 °F – 176 °F)
Carga pesada/entrada de 600 RPM ou superior a 600 RPM
Temperatura
CPC
ISO VG
Mobil
Shell
-30 °C – -15 °C
HD 150
VG 150
Mobilgear 629
Omala 150
HD 220
VG 220
Mobilgear 630
Omala 220
HD 320
VG 320
Mobilgear 632
Omala 320
HD 460
VG 460
Mobilgear 634
Omala 460
HD 680
VG 680
Mobilgear 636
Omala 680
(-22 °F – 5 °F)
-15 °C – -3 °C
(5 °F – 26,6 °F)
-3 °C – 23 °C
(26,6 °F – 73,4 °F)
23 °C – 40 °C
(73,4 °F – 104 °F)
40 °C – 80 °C
(104 °F – 176 °F)
0463 635 001
- 39 -
© ESAB AB 2018
6 MANUTENÇÃO E ASSISTÊNCIA
1.
2.
Antes de substituir o óleo, limpe o interior da caixa de engrenagens e drene o óleo
antigo.
Durante o funcionamento, se o calor foi superior a 80 °C ou se for ouvido qualquer
ruído anormal, desligue e verifique imediatamente. Não inicie a operação novamente
até o problema ter sido identificado e resolvido.
0463 635 001
- 40 -
© ESAB AB 2018
7 DETEÇÃO DE AVARIAS
7
DETEÇÃO DE AVARIAS
Efetue estas verificações e inspeções antes de chamar um técnico de assistência
autorizado.
•
•
•
•
•
Verifique se a fonte de alimentação de soldadura está ligada à tensão da rede elétrica
correta.
Verifique se as três fases estão sob tensão (a sequência das fases não é significativa).
Verifique se nenhum dos cabos e ligações estão danificados.
Verifique se os controlos estão corretamente definidos.
Verifique se a tensão da rede elétrica está desligada antes de iniciar qualquer tipo de
ação de reparação.
Tipo de avaria
Causa possível
Ação
A luz de
Sem alimentação de entrada Verificar a alimentação da rede de
alimentação não
entrada
está acesa
Possível perda de fase
Verificar se todas as fases estão
presentes
Falha na
reposição
quando o botão
de reposição é
premido
Disjuntor avariado ou
disparado
Verificar reposição do disjuntor
Paragem de emergência
premida
Verifique se todas as paragens de
emergência foram repostas
Disparo do disjuntor
Verificar e repor o(s) disjuntor(es)
Falha de alimentação de
baixa tensão
Verificar a saída da fonte de alimentação
de baixa tensão (24 V)
NOTA!
Os disjuntores do tipo D NÃO são
adequados
Sem rotação
Rutura no cabo do pendente Substituir o cabo do pendente
(lâmpada acesa) O inversor não está a receber Verificar o potenciómetro de velocidade e
referência de velocidade
o cabo do pendente
O botão de paragem não é
Limpar o botão, verificar ligações no
libertado
pendente
Parar conectores 1 e 2 (N/C)
Pinos FWD e de recuo 3 e 4 (N/O)
A ficha do pendente não está Verificar o cabo e a ficha do pendente
totalmente inserida
Luz LIGADA/relé ativo
Substituir o inversor
A máquina roda
mas as rodas
estão a vibrar
Avaria do motor
Verificar se o motor gira livremente
Falha do rolamento da roda
Verificar se existem danos ou folgas no
rolamento
A máquina tem
dificuldade em
ligar o
componente
A peça de trabalho excede a
capacidade da máquina
Verificar o peso do componente
Os centros das rodas estão
demasiado distantes
Verificar se os centros das rodas estão
corretos para o diâmetro do componente
O carregamento
desequilibrado foi excedido
Verificar se o carregamento
desequilibrado é aceitável
0463 635 001
- 41 -
© ESAB AB 2018
7 DETEÇÃO DE AVARIAS
Tipo de avaria
Causa possível
Ação
A rotação ocorre Relé de segurança não ativo
apenas numa
Rutura no cabo do pendente
direção
0463 635 001
- 42 -
Verificar o relé de segurança
Verificar o bloco de contactos 3 e 4
© ESAB AB 2018
8 ENCOMENDAR PEÇAS SOBRESSELENTES
8
ENCOMENDAR PEÇAS SOBRESSELENTES
CUIDADO!
Os trabalhos de reparação e elétricos deverão ser efetuados por um técnico
autorizado ESAB. Utilize apenas peças sobresselentes e de desgaste originais da
ESAB.
ERD-5 e ERI-5, ERD-10 e ERI-10, ERD-20 e ERI-20, ERD-30 e ERI-30, ERD-30X e
ERI-30X, ERD-60 e ERI-60, ERD-100 e ERI-100 foram concebidos e testados em
conformidade com as normas internacionais e europeias EN 12100:2010,
EN ISO 13857:2008, EN ISO 349:1993/A1:2008, EN 60204-1:2006/AC:2010,
EN 61000-6-2:2005/AC:2005 e EN 61000-6-4:2007/A1:2011. Depois de terminada a
assistência ou trabalho de reparação, é da responsabilidade da pessoa ou pessoas que
efetuaram o trabalho certificar-se de que o produto está em conformidade com os requisitos
das normas acima mencionadas.
As peças sobressalentes e de desgaste podem ser encomendadas junto do representante
ESAB mais próximo; consulte esab.com. Quando fizer a encomenda, indique o tipo de
produto, o número de série, a designação e o número da peça sobressalente de acordo com
a lista de peças sobressalentes. Isto facilita o despacho e assegura uma entrega correta.
0463 635 001
- 43 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Distribuição de energia
0463 635 001
- 44 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Circuito de paragem de emergência
0463 635 001
- 45 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Interbloqueios de controlo
0463 635 001
- 46 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Ligações dos terminais
0463 635 001
- 47 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Ligações laterais do painel de controlo P1, P2, P3
0463 635 001
- 48 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Opções P3
0463 635 001
- 49 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Ligações internas da ficha fictícia
0463 635 001
- 50 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Diagrama do bloco da base de rolos única
0463 635 001
- 51 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Discriminação das ligações da base de rolos única
0463 635 001
- 52 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Interligações da paragem de emergência da base de rolos única
0463 635 001
- 53 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Diagrama do bloco principal e secundário
0463 635 001
- 54 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Discriminação das ligações principal e secundária
0463 635 001
- 55 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Discriminação das ligações principal e secundária
0463 635 001
- 56 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Discriminação das ligações do painel de controlo principal
0463 635 001
- 57 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Discriminação das ligações do painel de controlo secundário
0463 635 001
- 58 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Diagrama dos blocos de configuração principal e secundário 1 e secundário 2
0463 635 001
- 59 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Discriminação das ligações do painel de controlo principal
0463 635 001
- 60 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Discriminação das ligações do painel de controlo secundário 1
0463 635 001
- 61 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Discriminação das ligações do painel de controlo secundário 2
0463 635 001
- 62 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
ESAB CaB para base de rolos
0463 635 001
- 63 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Diagrama do bloco de configuração do ESAB CaB e da base de rolos 1 e base de
rolos 2
0463 635 001
- 64 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Discriminação das ligações do painel de controlo principal
0463 635 001
- 65 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Discriminação das ligações do painel de controlo da base de rolos 1
0463 635 001
- 66 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Discriminação das ligações do painel de controlo da base de rolos 2
0463 635 001
- 67 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Esquema do bogie da calha (opcional)
0463 635 001
- 68 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA DA CABLAGEM
Ligações do bogie da calha (opcional)
0463 635 001
- 69 -
© ESAB AB 2018
NÚMEROS DE ENCOMENDA
NÚMEROS DE ENCOMENDA
Ordering number
Denomination
Type
0370 254 886
Roller Bed Drive Unit
ERD-5
0370 254 887
Roller Bed Idler Unit
ERI-5
0370 254 888
Roller Bed Drive Unit
ERD-10
0370 254 889
Roller Bed Idler Unit
ERI-10
0370 254 890
Roller Bed Drive Unit
ERD-20
0370 254 891
Roller Bed Idler Unit
ERI-20
0370 254 892
Roller Bed Drive Unit
ERD-30
0370 254 893
Roller Bed Idler Unit
ERI-30
0370 254 900
Roller Bed Drive Unit
ERD-30X
0370 254 901
Roller Bed Idler Unit
ERI-30X
0370 254 894
Roller Bed Drive Unit
ERD-60
0370 254 895
Roller Bed Idler Unit
ERI-60
0370 254 896
Roller Bed Drive Unit
ERD-100
0370 254 897
Roller Bed Idler Unit
ERI-100
0463 635 001
- 70 -
Notes
© ESAB AB 2018
NÚMEROS DE ENCOMENDA
Poderá consultar a documentação técnica disponível na Internet em: www.esab.com
0463 635 001
- 71 -
© ESAB AB 2018
PEÇAS SOBRESSELENTES
PEÇAS SOBRESSELENTES
Reparações e peças de substituição
Durante o período de garantia, as reparações devem ser realizadas sob orientação dos
fabricantes. Quaisquer reparações não autorizadas podem danificar a máquina e invalidar a
garantia.
Recomenda-se que contacte o fabricante para o fornecimento de todas as peças de
substituição. Isto garante que a peça correta ou as peças alternativas adequadas são
fornecidas e utilizadas no equipamento.
AVISO!
Não seguir as recomendações para as peças de substituição pode ter consequências
para a segurança do equipamento. Os fabricantes não podem ser responsabilizados
por eventuais problemas subsequentes após a instalação de peças não
recomendadas.
0463 635 001
- 72 -
© ESAB AB 2018
PEÇAS SOBRESSELENTES
Lista de peças mecânicas para ERD-5 – secção da transmissão
Item Qty Ordering no. Denomination
Notes
1
1
On request
Base frame
2
2
On request
Wheel bracket
3
2
0370 254 103 Wheel
4
2
0370 254 104 Rubber roll
5
1
0370 254 105 Spur gear
6
1
0370 254 106 Pinion
7
1
8
1
0370 254 108 Drive shaft
9
4
0370 254 110 Wheel shaft bearing
10
1
0370 254 111 Reduction gearbox
11
1
0370 254 112 AC motor with force vent fan
12
1
0370 254 113 Set of wheel bracket guards
13
1
0370 254 109 Idler shaft
0463 635 001
On request
Pinion keep plate
- 73 -
0.55 kW
© ESAB AB 2018
PEÇAS SOBRESSELENTES
Lista de peças mecânicas para ERI-5 – secção da polia
Item Qty Ordering no. Denomination
Notes
1
1
On request
Idler base frame
2
2
On request
Idler wheel bracket
3
2
0370 254 116 Idler wheel
4
2
0370 254 117 Rubber roll
5
2
0370 254 109 Idler shaft
6
4
0370 254 118 Wheel shaft bearing
0463 635 001
- 74 -
© ESAB AB 2018
PEÇAS SOBRESSELENTES
Lista de peças mecânicas para ERD-10 – secção da transmissão
Item Qty Ordering no. Denomination
Notes
1
1
On request
Base frame
2
2
On request
Wheel bracket
3
2
0370 254 132 Wheel
4
2
0370 254 133 Polyurethane roll
5
2
0370 254 134 Spur gear
6
2
0370 254 135 Pinion
0463 635 001
- 75 -
© ESAB AB 2018
PEÇAS SOBRESSELENTES
Item Qty Ordering no. Denomination
On request
Notes
7
2
Pinion keep plate
8
2
0370 254 137 Drive shaft
9
4
0370 254 138 Wheel shaft bearing
10
2
0370 254 139 Reduction gearbox
11
2
0370 254 140 AC motor with force vent fan
12
2
0370 254 141 Set of wheel bracket guards
0.55 kW
Lista de peças mecânicas para ERI-10 – secção da polia
Item Qty Ordering no. Denomination
Notes
1
1
On request
Idler base frame
2
2
On request
Idler wheel bracket
3
2
0370 254 144 Idler wheel
4
2
0370 254 145 Polyurethane roll
0463 635 001
- 76 -
© ESAB AB 2018
PEÇAS SOBRESSELENTES
Item Qty Ordering no. Denomination
Notes
5
2
0370 254 146 Idler shaft
6
4
0370 254 147 Wheel shaft bearing
Lista de peças mecânicas para ERD-20 – secção da transmissão
Item Qty Ordering no. Denomination
1
1
On request
Base frame
2
2
On request
Wheel bracket
3
2
0463 635 001
Notes
0370 254 162 Wheel
- 77 -
© ESAB AB 2018
PEÇAS SOBRESSELENTES
Item Qty Ordering no. Denomination
Notes
4
2
0370 254 163 Polyurethane roll
5
2
0370 254 164 Spur gear
6
2
0370 254 165 Pinion
7
2
8
2
0370 254 167 Drive shaft
9
4
0370 254 168 Wheel shaft bearing
10
2
0370 254 169 Reduction gearbox
11
2
0370 254 170 AC motor with force vent fan
12
2
0370 254 171 Set of wheel bracket guards
On request
Pinion keep plate
0.75 kW
Lista de peças mecânicas para ERI-20 – secção da polia
Item Qty Ordering no. Denomination
Notes
1
1
On request
Idler base frame
2
2
On request
Idler wheel bracket
0463 635 001
- 78 -
© ESAB AB 2018
PEÇAS SOBRESSELENTES
Item Qty Ordering no. Denomination
Notes
3
2
0370 254 174 Idler wheel
4
2
0370 254 175 Polyurethane roll
5
2
0370 254 176 Idler shaft
6
4
0370 254 177 Wheel shaft bearing
0463 635 001
- 79 -
© ESAB AB 2018
PEÇAS SOBRESSELENTES
Lista de peças mecânicas para ERD-30 – secção da transmissão
Item Qty Ordering no. Denomination
Notes
1
1
On request
Base frame
2
2
On request
Wheel bracket
3
2
0370 254 192 Wheel
4
2
0370 254 193 Polyurethane roll
5
2
0370 254 194 Spur gear
6
2
0370 254 195 Pinion
7
2
8
2
0370 254 197 Drive shaft
9
4
0370 254 198 Wheel shaft bearing
10
2
0370 254 199 Reduction gearbox
11
2
0370 254 201 AC motor with force vent fan
12
2
0370 254 202 Set of wheel bracket guards
0463 635 001
On request
Pinion keep plate
- 80 -
1.1 kW
© ESAB AB 2018
PEÇAS SOBRESSELENTES
Lista de peças mecânicas para ERI-30 – secção da polia
Item Qty Ordering no. Denomination
Notes
1
1
On request
Idler base frame
2
2
On request
Idler wheel bracket
3
2
0370 254 205 Idler wheel
4
2
0370 254 206 Polyurethane roll
5
2
0370 254 207 Idler shaft
6
4
0370 254 208 Wheel shaft bearing
0463 635 001
- 81 -
© ESAB AB 2018
PEÇAS SOBRESSELENTES
Lista de peças mecânicas para ERD-30X – secção da transmissão
Item Qty Ordering no. Denomination
Notes
1
1
On request
Base frame
2
2
On request
Wheel bracket
3
2
0370 254 273 Polyurethane wheel
4
2
0370 254 274 Spur gear
5
2
0370 254 275 Pinion
6
2
7
2
0370 254 277 Drive shaft
8
4
0370 254 278 Wheel shaft bearing
9
2
0370 254 279 Reduction gearbox
10
2
0370 254 280 AC motor with force vent fan
11
2
0370 254 281 Set of wheel bracket guards
0463 635 001
On request
Pinion keep plate
- 82 -
1.1 kW
© ESAB AB 2018
PEÇAS SOBRESSELENTES
Lista de peças mecânicas para ERI-30X – secção da polia
Item Qty Ordering no. Denomination
Notes
1
1
On request
Idler base frame
2
2
On request
Idler wheel bracket
3
2
0370 254 284 Polyurethane idler wheel
4
2
0370 254 285 Idler shaft
5
4
0370 254 286 Wheel shaft bearing
0463 635 001
- 83 -
© ESAB AB 2018
PEÇAS SOBRESSELENTES
Lista de peças mecânicas para ERD-60 – secção da transmissão
Item Qty Ordering no. Denomination
Notes
1
1
On request
Base frame
2
2
On request
Wheel bracket
3
2
4
4
5
4
0370 254 224 Polyurethane roll
6
2
0370 254 225 Spur gear
7
2
0370 254 226 Pinion
8
2
9
2
0370 254 228 Drive shaft
10
4
0370 254 229 Wheel shaft bearing
11
4
0370 254 230 Wheel shaft bearing keep plate
12
2
0370 254 231 Reduction gearbox
13
2
0370 254 232 AC motor with force vent fan
14
2
0370 254 233 Set of wheel bracket guards
0463 635 001
0370 254 222 Wheel
On request
On request
Wheel keep plate
Pinion keep plate
- 84 -
1.5 kW
© ESAB AB 2018
PEÇAS SOBRESSELENTES
Lista de peças mecânicas para ERI-60 – secção da polia
Item Qty Ordering no. Denomination
Notes
1
1
On request
Idler base frame
2
2
On request
Idler wheel bracket
3
2
0370 254 236 Idler wheel
4
4
0370 254 237 Polyurethane roll
5
2
0370 254 238 Idler shaft
6
4
0370 254 239 Wheel shaft bearing
7
4
0370 254 240 Wheel shaft bearing keep plate
0463 635 001
- 85 -
© ESAB AB 2018
PEÇAS SOBRESSELENTES
Lista de peças mecânicas para ERD-100 – secção da transmissão
Item Qty Ordering no. Denomination
Notes
1
1
On request
Base frame
2
2
On request
Wheel bracket
3
2
4
4
5
6
0370 254 254 Polyurethane roll
6
2
0370 254 255 Spur gear
7
2
0370 254 256 Pinion
8
2
9
2
0370 254 258 Drive shaft
10
4
0370 254 259 Wheel shaft bearing
11
4
0370 254 260 Wheel shaft bearing keep plate
12
2
0370 254 261 Reduction gearbox
13
2
0370 254 262 AC motor with force vent fan
14
2
0370 254 263 Set of wheel bracket guards
0463 635 001
0370 254 252 Wheel
On request
On request
Wheel keep plate
Pinion keep plate
- 86 -
2.2 kW
© ESAB AB 2018
PEÇAS SOBRESSELENTES
Lista de peças mecânicas para ERI-100 – secção da polia
Item Qty Ordering no. Denomination
Notes
1
1
On request
Idler base frame
2
2
On request
Idler wheel bracket
3
2
0370 254 266 Idler wheel
4
6
0370 254 267 Polyurethane roll
5
2
0370 254 268 Idler shaft
6
4
0370 254 269 Wheel shaft bearing
7
4
0370 254 270 Wheel shaft bearing keep plate
0463 635 001
- 87 -
© ESAB AB 2018
PEÇAS SOBRESSELENTES
Lista de peças elétricas
Armário de controlo e pendente
Item Qty Ordering no. Denomination
Notes
1
1
0370 254 060 Digital display meter
2
1
0370 254 061 LED light
White
3
1
0370 254 062 LED light
Red
4
1
0370 254 063 LED pushbutton
Blue
5
1
0370 254 064 LED light
Green
6
2
0370 254 065 2 position control panel selector switch
7
2
0370 254 066 Control panel emergency stop button
8
1
0370 254 070 Pendant body
4 position
9
1
0370 254 071 Pushbutton
Yellow
10
1
0370 254 072 Pushbutton
Red
11
1
0370 254 073 Pushbutton
Green
12
1
0370 254 074 Speed potentiometer
13
1
0370 254 075 Pendant button legends set
14
1
0370 254 076 E-stop guard
15
1
0370 254 077 Emergency stop button
Under guard
1
0370 254 003 Pendant complete with cable and plug
15 m
0463 635 001
- 88 -
© ESAB AB 2018
PEÇAS SOBRESSELENTES
Item Qty Ordering no. Denomination
Marking
Notes
3 ph, 24 V DC
in, 6.25 A out
1
1
0370 254 020 Power supply
PSU-1
2
2
0370 254 021 Contactor with Aux
MC0, MC01
3
1
0370 254 022 3-phase fuse holder
FU1
4
1
0370 254 023 3-phase circuit breaker
CB1
2A
5
1
0370 254 024 1-phase circuit breaker
CB2
5A
6
1
0370 254 050 Inverter drive 0.55 kW
Rotation
inverter
ERD-5
6
1
0370 254 051 Inverter drive 1.1 kW
Rotation
inverter
ERD-10
6
1
0370 254 052 Inverter drive 1.6 kW
Rotation
inverter
ERD-20
6
1
0370 254 053 Inverter drive 2.2 kW
Rotation
inverter
ERD-30 &
ERD-30X
6
1
0370 254 054 Inverter drive 3.0 kW
Rotation
inverter
ERD-60
6
1
0370 254 055 Inverter drive 5.5 kW
Rotation
inverter
ERD-100
7
1
0370 254 025 16-pin control panel mount
socket
P3
Female
8
1
0370 254 026 Safety relay
ES1
9
3
0370 254 027 Single mini relay
RH, BPR
10
1
0370 254 028 Double mini relay
CR1, CR1A
11
4
0370 254 029 14-pin relay and base
CR2, CR3,
CR4, RCR
24 V DC
12
26 0370 254 030 Terminals
13
2
0370 254 040 Motor circuit breaker
O/L 1, O/L 2
ERD-10 &
ERD-20
13
2
0370 254 041 Motor circuit breaker
O/L 1, O/L 2
ERD-30 &
ERD-30X &
ERD-60
13
2
0370 254 042 Motor circuit breaker
O/L 1, O/L 2
ERD-100
14
1
0370 254 031 Earthing bar
15
1
0370 254 032 Door isolator
16
4
0370 254 033 Earth terminals
17
2
0370 254 034 24-pin control panel mount
socket
32 A
P1, P2
Female
NOTA!
O disjuntor do motor não é utilizado para ERD-5.
0463 635 001
- 89 -
© ESAB AB 2018
PEÇAS SOBRESSELENTES
0463 635 001
- 90 -
© ESAB AB 2018
ACESSÓRIOS
ACESSÓRIOS
Qty Ordering no.
Denomination
Notes
1
0370 254 001 Interface cable to ESAB CaB
20 m
1
0370 254 002 Synchronization cable
20 m
0463 635 001
- 91 -
© ESAB AB 2018
For contact information visit esab.com
ESAB AB, Lindholmsallén 9, Box 8004, 402 77 Gothenburg, Sweden, Phone +46 (0) 31 50 90 00
http://manuals.esab.com
Was this manual useful for you? yes no
Thank you for your participation!

* Your assessment is very important for improving the work of artificial intelligence, which forms the content of this project

Download PDF

advertising