ESAB | Warrior™ 350i MV CC/CV | Instruction manual | ESAB Warrior™ 350i MV CC/CV Manual do usuário

ESAB Warrior™ 350i MV CC/CV Manual do usuário
Warrior™ 350i MV CC/CV
Manual de instruções
0463 441 001 BR 20181009
Valid for: 635-xxx-xxx
SUMÁRIO
1
SEGURANÇA ..............................................................................................
3
1.1
Significado dos símbolos ......................................................................
3
1.2
Precauções de segurança .....................................................................
3
1.3
Responsabilidade do usuário ...............................................................
8
1.4
Aviso da Proposta 65 da Califórnia ......................................................
10
INTRODUÇÃO .............................................................................................
11
2.1
Visão geral ..............................................................................................
11
2.2
Equipamento...........................................................................................
11
3
DADOS TÉCNICOS .....................................................................................
12
4
INSTALAÇÃO ..............................................................................................
14
4.1
Geral ........................................................................................................
14
4.2
Instruções de elevação ..........................................................................
14
4.3
Localização .............................................................................................
15
4.4
Alimentação da rede ..............................................................................
15
OPERAÇÃO.................................................................................................
17
5.1
Visão geral ..............................................................................................
17
5.2
Dispositivos de conexões e controle ...................................................
17
5.3
Conexão de cabos de solda e de retorno ............................................
17
5.4
Ligar/desligar a alimentação .................................................................
18
5.5
Controle do ventilador ...........................................................................
18
5.6
Símbolos e funções................................................................................
18
MANUTENÇÃO............................................................................................
22
6.1
Visão geral ..............................................................................................
22
6.2
Fonte de alimentação.............................................................................
22
6.3
Maçarico de solda ..................................................................................
23
SOLUÇÃO DE PROBLEMAS .....................................................................
24
PEDIDOS DE PEÇAS SOBRESSALENTES ..............................................
DIAGRAMA..........................................................................................................
NÚMEROS DOS PEDIDOS .................................................................................
ACESSÓRIOS .....................................................................................................
25
26
27
28
2
5
6
7
8
Direitos reservados para alterar as especificações sem aviso.
0463 441 001
© ESAB AB 2018
1 SEGURANÇA
1
SEGURANÇA
1.1
Significado dos símbolos
Como usado neste manual: Significa Atenção! Fique Atento!
PERIGO!
Significa perigos imediatos que, se não forem evitados, resultarão em
ferimentos pessoais graves e imediatos ou perda da vida.
AVISO!
Significa perigos potenciais que poderiam resultar em ferimentos pessoais
ou perda da vida.
ATENÇÃO!
Significa perigos que poderiam resultar em ferimentos pessoais mais
leves.
AVISO!
Antes do uso, leia e entenda o manual de instruções e siga
todas as etiquetas, práticas de segurança do empregado e
Folhas de Dados de Segurança (SDSs).
1.2
Precauções de segurança
AVISO!
Essas Precauções de Segurança são para a sua proteção. Elas resumem as
informações de precaução das referências listadas na seção de Informações de
Segurança Adicionais. Antes de executar qualquer procedimento de instalação
ou operação, certifique-se de ler e seguir as precauções de segurança listadas
abaixo, bem como outros manuais, folhas de dados de segurança de materiais,
etiquetas, etc. A não observância dessas Precauções de Segurança pode causar
ferimentos ou morte.
PROTEJA OS OUTROS E A SI MESMO
Alguns processos de soldagem, corte e goivadura são muito ruidosos
e exigem proteção auricular. O arco, assim como o sol, emite raios
ultravioleta (UV) e outras radiações e pode causar danos à pele e aos
olhos. O metal quente pode causar queimaduras. O treinamento para
o uso correto dos processos e equipamentos é essencial para evitar
acidentes. Portanto:
1.
2.
3.
Use uma máscara de solda equipada com o filtro de tom de escurecimento adequado
para proteger seu rosto e olhos durante o processo de soldagem.
Sempre use óculos de segurança com proteções laterais na área de trabalho, mesmo
se também forem necessários capacetes de soldagem com máscaras e óculos.
Use uma máscara equipada com o filtro correto e placas de cobertura para proteger
seus olhos, face, pescoço e orelhas de faíscas e raios do arco ao operar ou observar
operações. Avise as pessoas próximas para não ficarem olhando o arco e para não
se exporem aos raios do arco elétrico ou metal quente.
0463 441 001
-3-
© ESAB AB 2018
1 SEGURANÇA
4.
5.
6.
7.
Use proteções para as mãos à prova de chamas tipo luvas, camisas reforçadas de
mangas longas, calças sem bainhas, sapatos de cano alto e um chapéu ou capacete
de soldagem para proteção, para proteger contra raios do arco e faíscas quentes ou
metal quente. Um avental à prova de chamas também pode ser útil como proteção
contra o calor e faíscas.
Metal ou faíscas quentes podem alojar-se em mangas enroladas, bainhas de calças
ou bolsos. Mangas e golas devem ser mantidas abotoadas e bolsos abertos devem
ser eliminados da frente da roupa.
Proteja outras pessoas dos raios do arco e faíscas quentes usando uma repartição ou
cortinas não inflamáveis.
Use proteção adicional sobre os óculos de proteção ao cortar escória ou esmerilhar.
As lascas de escória podem estar quentes e ser arremessadas longe. As pessoas
próximas também devem usar proteção adicional sobre os óculos de segurança.
INCÊNDIOS E EXPLOSÕES
O calor das chamas e arcos pode dar início a incêndios. Escória
quente ou faíscas também podem causar incêndios e explosões.
Portanto:
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
Se proteja e a outros de faíscas e pedaços de metal quente que podem ser lançados
Remova todos os materiais combustíveis da área de trabalho ou cubra os materiais
com uma proteção não inflamável. Entre os materiais combustíveis estão madeira,
tecido, serragem, combustíveis líquidos e gasosos, solventes, calças e papel de
revestimento, etc.
Faíscas ou metais quentes podem cair através de rachaduras ou fendas no solo ou
aberturas na parede e causar um fogo oculto e de combustão lenta no piso abaixo.
Certifique-se de que essas aberturas estejam protegidas contra faíscas e metais
quentes.
Não solde, corte ou execute qualquer outro trabalho quente até que a peça de
trabalho esteja totalmente limpa de forma que não haja substâncias na peça de
trabalho que possam produzir vapores inflamáveis ou tóxicos. Não trabalhe em
contêineres fechados, eles podem explodir.
Tenha um equipamento de combate a incêndio disponível para uso imediato, como
uma mangueira de jardim, balde de água, balde de areia ou extintor de incêndio
portátil. Certifique-se de ter feito treinamento sobre como utilizá-lo.
Não use equipamentos além de suas classificações. Por exemplo, um cabo de
soldagem sobrecarregado pode superaquecer e criar um risco de incêndio.
Após a conclusão das operações, inspecione a área de trabalho para garantir que
não existam faíscas ou metais quentes que poderiam causar um incêndio
posteriormente. Use sensores de incêndio quando necessário.
CHOQUE ELÉTRICO
O contato com peças elétricas e o terra pode causar ferimentos
graves ou morte. NÃO use corrente de soldagem de CA em áreas
úmidas, se a movimentação for limitada, ou se houver perigo de
queda. Portanto:
1.
2.
3.
4.
Certifique-se de que a estrutura da fonte de energia (chassi) esteja conectada ao
sistema de aterramento da alimentação elétrica.
Conecte a peça de trabalho a um bom aterramento elétrico.
Conecte o cabo de trabalho à peça de trabalho. Uma conexão ruim ou ausente pode
expor você ou outras pessoas a um risco de choque fatal.
Use equipamentos que receberam manutenção adequada. Substitua cabos
desgastados ou danificados.
0463 441 001
-4-
© ESAB AB 2018
1 SEGURANÇA
5.
Mantenha tudo seco, incluindo as roupas, a área de trabalho, cabos,
maçarico/suporte do eletrodo e fonte de energia.
6. Certifique-se de que todas as peças de sua carcaça estejam isoladas da peça de
trabalho e do aterramento.
7. Não fique diretamente sobre metal ou sobre a terra ao trabalhar em ambientes
apertados ou uma área úmida; fique sobre placas secas ou uma plataforma com
isolamento e use sapatos com solados de borracha.
8. Coloque luvas secas e sem furos antes de ligar a energia.
9. Desligue a energia antes de remover suas luvas.
10. Consulte o Padrão Z49.1 ANSI/ASC para obter recomendações específicas de
aterramento. Não confunda o cabo de trabalho com o cabo de aterramento.
CAMPOS ELÉTRICOS E MAGNÉTICOS
Podem ser perigosos. A corrente elétrica que passa por qualquer
condutor gera Campos elétricos e magnéticos (EMF) localizados. A
corrente de soldagem e de corte cria EMFs ao redor de cabos e
máquinas de soldagem. Portanto:
1.
2.
3.
Os soldadores com marca-passos devem consultar seus médicos antes de soldarem.
O EMF pode interferir em alguns marca-passos.
A exposição a EMFs pode ter outros efeitos na saúde que são desconhecidos.
Os soldadores devem usar os procedimentos a seguir para minimizar a exposição a
EMFs:
a) Passe os cabos do eletrodo e de trabalho juntos. Prenda-os com fita sempre
que possível.
b) Nunca enrole o cabo do maçarico ou de trabalho em seu corpo.
c) Não coloque seu corpo entre o maçarico e os cabos de trabalho. Passe os
cabos pelo mesmo lado do seu corpo.
d) Conecte o cabo de trabalho à peça de trabalho o mais próximo possível da
área que está sendo soldada.
e) Mantenha a fonte de energia e os cabos o mais longe possível do seu corpo.
FUMAÇAS E GASES
Fumaças e gases podem causar desconforto ou danos,
principalmente em espaços estreitos. A proteção contra os gases
pode causar asfixia. Portanto:
1.
2.
3.
4.
Mantenha a cabeça distante deles. Não respire fumaças e gases.
Sempre garanta ventilação adequada na área de trabalho por meios naturais ou
mecânicos. Não solde, corte ou use goivadura em materiais como aço galvanizado,
aço inoxidável, cobre, zinco, chumbo, berílio ou cádmio a menos que seja fornecida
ventilação mecânica positiva. Não respire fumaça desses materiais.
Não opere próximo de operações de desengorduramento e pulverização. O calor do
arco pode reagir com os vapores de hidrocarboneto clorado para formar fosgênio, um
gás altamente tóxico, e outros gases que causam irritação.
Se você tiver irritação momentânea nos olhos, nariz ou garganta durante a operação,
isso pode ser uma indicação de que a ventilação não está adequada. Pare de
trabalhar e tome as medidas necessárias para melhorar a ventilação na área de
trabalho. Não continue a operar se o desconforto físico continuar.
0463 441 001
-5-
© ESAB AB 2018
1 SEGURANÇA
5.
6.
Consulte o Padrão Z49.1 ANSI/ASC para obter recomendações específicas de
ventilação.
AVISO: Esse produto, quando usado para soldagem ou corte, produz fumaças ou
gases que contêm substâncias químicas conhecidas pelo Estado da Califórnia como
causadoras de defeitos de nascença e, em alguns casos, câncer (Código de Saúde e
Segurança da Califórnia §25249.5 e seguinte)
MANUSEIO DE CILINDROS
Os cilindros, se manuseados de forma incorreta, podem se romper e
liberar o gás violentamente. A ruptura repentina da válvula do cilindro
ou do dispositivo de alívio pode causar ferimentos ou morte.
Portanto:
1.
2.
3.
4.
Deixe os cilindros longe de calor, faíscas e chamas. Nunca ative um arco em um
cilindro.
Use o gás adequado ao processo e use o regulador de redução de pressão correto
projetado para operar a partir do cilindro de gás comprimido. Não use adaptadores.
Mantenha as mangueiras e as conexões em boas condições. Siga as instruções de
operação do fabricante para montagem do regulador em um cilindro de gás
comprimido.
Sempre fixe os cilindros na posição vertical com corrente ou cinta em carrinhos
manuais adequados, subestruturas, bancadas, paredes, colunas ou prateleiras.
Nunca fixe os cilindros em mesas ou utensílios de trabalho quando eles fizerem parte
de um circuito elétrico.
Quando não estiverem em uso, mantenha as válvulas dos cilindros fechadas.
Coloque uma tampa de proteção da válvula se o regulador não estiver conectado.
Prenda e mova os cilindros usando carrinhos manuais adequados.
PEÇAS EM MOVIMENTO
Peças em movimento, como ventiladores, rotores e
correias podem causar danos. Portanto:
1.
2.
3.
4.
5.
6.
Mantenha todas as portas, painéis, proteções e tampas fechadas e firmes no local.
Desligue o motor ou sistemas de acionamento antes de instalar ou conectar uma
unidade.
Apenas pessoas qualificadas devem remover as tampas para manutenção e solução
de problemas conforme necessário.
Para prevenir a partida acidental do equipamento durante o serviço, desconecte a
cabo negativo (-) da bateria.
Mantenha as mãos, cabelos, roupas frouxas e ferramentas longe das partes em
movimento.
Reinstale os painéis ou tampas e feche as portas quando o serviço estiver concluído
e antes de dar a partida no motor.
0463 441 001
-6-
© ESAB AB 2018
1 SEGURANÇA
AVISO!
A QUEDA DE EQUIPAMENTOS PODE CAUSAR FERIMENTOS
•
•
•
•
Use apenas o olhal de içamento para levantar a unidade. NÃO use
carrinho de solda, cilindros de gás ou qualquer outro acessório
Use equipamentos com capacidade adequadas para levantar ou apoiar a
unidade.
Ao usar a empilhadeira, certifique-se de que as forquilhas sejam longas o
bastante para se estender até o lado oposto da unidade.
Mantenha os cabos e fios longe dos veículos em movimento ao trabalhar
em locais aéreos.
AVISO!
MANUTENÇÃO DO EQUIPAMENTO
Equipamentos com manutenção incorreta ou inadequada podem causar
ferimentos ou morte. Portanto:
1.
2.
3.
4.
5.
6.
0463 441 001
Sempre faça com que profissionais qualificados executem as tarefas de
instalação, resolução de problemas e manutenção. Não execute
nenhum trabalho elétrico a menos que você esteja qualificado para
executá-lo.
Antes de executar qualquer trabalho de manutenção dentro de uma
fonte de energia, desconecte a fonte de energia da alimentação elétrica
de entrada.
Mantenha os cabos, fio de aterramento, conexões, cabo de energia e
alimentação de energia em condições seguras de trabalho. Não opere
nenhum equipamento em más condições.
Não abuse de nenhum equipamento ou acessório. Mantenha o
equipamento longe de fontes de calor como fornalhas, condições
úmidas como poças de água, óleo ou graxa, atmosferas corrosivas e
condições climáticas rigorosas.
Mantenha todos os dispositivos de segurança e tampas dos gabinetes
na posição correta e em boas condições.
Use o equipamento somente para a finalidade planejada. Não
modifique de forma alguma.
-7-
© ESAB AB 2018
1 SEGURANÇA
ATENÇÃO!
INFORMAÇÕES ADICIONAIS DE SEGURANÇA
Para obter mais informações sobre práticas de segurança para
equipamentos de corte e soldagem a arco elétrico, peça ao seu fornecedor
uma cópia de “Precauções e práticas de segurança para arco, corte e
goivadura”, Formulário 52-529.
As seguintes publicações são recomendadas a você:
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.
1
0.
1.3
ANSI/ASC Z49.1 - “Safety in Welding and Cutting”
AWS C5.5 - “Recommended Practices for Gas Tungsten Arc Welding”
AWS C5.6 - “Recommended Practices for Gas Metal Arc welding”
AWS SP - “Safe practices” - Reprint, Welding Handbook
ANSI/AWS F4.1 - “Recommended Safe Practices for Welding and
Cutting of Containers That Have Held Hazardous Substances”
OSHA 29 CFR 1910 - "Safety and health standards"
CSA W117.2 - "Code for safety in welding and cutting"
NFPA Standard 51B, “Fire Prevention During Welding, Cutting, and
Other Hot Work"
CGA Standard P-1, “Precautions for Safe Handling of Compressed
Gases in Cylinders”
ANSI Z87.1, "Occupational and Educational Personal Eye and Face
Protection Devices"
Responsabilidade do usuário
Usuários do equipamento ESAB têm a responsabilidade final por garantir que quem trabalhe
com o equipamento ou esteja próximo observe todas as medidas de segurança relevantes.
As medidas de segurança devem atender aos requisitos que se aplicam a este tipo de
equipamento. As recomendações a seguir devem ser observadas além das normas padrão
que se aplicam ao local de trabalho.
Todo o trabalho deve ser realizado por pessoal especializado, bem familiarizado com a
operação do equipamento. A operação incorreta do equipamento pode levar a situações
perigosas, que podem resultar em ferimentos ao operador e danos ao equipamento.
1.
2.
3.
Qualquer pessoa que use o equipamento deve estar familiarizada com o seguinte:
○ sua operação
○ local de paradas de emergência
○ sua função
○ precauções de segurança pertinentes
○ soldagem e corte ou outra operação aplicável do equipamento
O operador deve garantir que:
○ nenhuma pessoa não autorizada se posicione dentro da área de trabalho do
equipamento quando ele for iniciado
○ nenhuma pessoa esteja desprotegida quando o arco for ativado ou o trabalho
for iniciado com o equipamento
O local de trabalho deve:
○ ser adequado para a finalidade
○ estar livre de correntes de ar
0463 441 001
-8-
© ESAB AB 2018
1 SEGURANÇA
4.
5.
Equipamento de proteção pessoal:
○ Use sempre o equipamento de proteção pessoal recomendado, como óculos de
segurança, roupas à prova de chamas, luvas de segurança
○ Não use itens soltos, como lenços, braceletes, anéis etc., que podem ficar
presos ou ocasionar incêndio
Precauções gerais:
○ Verifique se o cabo de retorno está conectado com firmeza
○ O trabalho em equipamento de alta tensão só pode ser executado por um
eletricista qualificado
○ O equipamento extintor de incêndio deve estar nitidamente marcado e próximo,
ao alcance das mãos
○ A lubrificação e a manutenção não devem ser realizadas no equipamento
durante a operação
AVISO!
Solda e corte a arco podem ser prejudiciais para você e as demais pessoas.
Tome medidas de precaução ao soldar e cortar.
CHOQUE ELÉTRICO - pode matar
•
•
•
•
Instale e aterre a unidade de acordo com o manual de instruções.
Não toque em peças elétricas sob tensão nem em eletrodos com a pele
desprotegida, luvas úmidas ou roupas úmidas.
Isole-se do trabalho e do piso.
Certifique-se quanto à segurança de sua posição de trabalho
CAMPOS MAGNÉTICOS E ELÉTRICOS - podem ser perigosos à saúde
•
•
•
Os soldadores com marca-passos devem consultar seus médicos antes
de soldarem. O EMF pode interferir em alguns marca-passos.
A exposição a EMFs pode ter outros efeitos na saúde que são
desconhecidos.
Os soldadores devem usar os procedimentos a seguir para minimizar a
exposição a EMFs:
○ Passe os cabos do eletrodo e de trabalho juntos pelo mesmo lado do
seu corpo. Prenda-os com fita sempre que possível. Não coloque
seu corpo entre o maçarico e os cabos de trabalho. Nunca enrole o
cabo do maçarico ou de trabalho em seu corpo. Mantenha a fonte de
alimentação da solda e os cabos o mais longe possível do seu
corpo.
○ Conecte o cabo de trabalho à peça de trabalho o mais próximo
possível da área que está sendo soldada.
FUMAÇAS E GASES - podem ser perigosos à saúde
•
•
Mantenha a cabeça distante deles.
Mantenha o ambiente ventilado, exaustão no arco, ou ambos, para manter
a fumaça e os gases fora da sua zona de respiração e da área geral.
Os RAIOS DE ARCOS podem danificar os olhos e queimar a pele.
•
•
Proteja os olhos e o corpo. Use a tela de soldagem e lente de filtro
corretas, e vista roupas de proteção.
Proteja os espectadores com telas ou cortinas adequadas.
RUÍDO - Ruído excessivo pode danificar a audição
Proteja os ouvidos. Use tampões para os ouvidos ou outra proteção auditiva.
0463 441 001
-9-
© ESAB AB 2018
1 SEGURANÇA
PEÇAS MÓVEIS - Podem causar danos
•
•
•
Mantenha todas as portas, painéis e tampas fechadas e firmes no local.
Apenas pessoas qualificadas devem remover as tampas para manutenção
e solução de problemas conforme necessário. Reinstale os painéis ou
tampas e feche as portas quando o serviço estiver concluído e antes de
dar a partida no motor.
Desligue o motor antes de instalar ou conectar uma unidade.
Mantenha as mãos, cabelos, roupas frouxas e ferramentas longe das
partes em movimento.
PERIGO DE INCÊNDIO
•
•
Faíscas (respingos) podem causar incêndio. Certifique-se de que não haja
materiais inflamáveis nas proximidades.
Não use em recipientes fechados.
FUNCIONAMENTO INCORRETO - Ligue para obter auxílio de um especialista em caso
de funcionamento incorreto.
PROTEJA OS OUTROS E A SI MESMO!
AVISO!
Não use a fonte de alimentação para descongelar tubos congelados.
ATENÇÃO!
Este produto destina-se exclusivamente a soldagem a arco.
ESAB tem uma variedade de acessórios de soldagem e equipamento de proteção
pessoal para compra. Para informações sobre pedidos, entre em contato com o
revendedor local ESAB ou visite-nos em nosso site.
1.4
Aviso da Proposta 65 da Califórnia
AVISO!
Equipamentos para soldagem ou corte produzem fumaças ou gases que contêm
substâncias químicas conhecidas pelo Estado da Califórnia como causadoras de
defeitos de nascença e, em alguns casos, câncer. (Código de Saúde e
Segurança da Califórnia §25249.5 e seguinte)
AVISO!
Este produto contém substâncias químicas, incluindo chumba, conhecido pelo
Estado da Califórnia como causador de câncer, defeitos de nascença e outros
danos no aparelho reprodutor. Lave as mãos após o uso.
0463 441 001
- 10 -
© ESAB AB 2018
2 INTRODUÇÃO
2
INTRODUÇÃO
2.1
Visão geral
O equipamento Warrior™ 350i MV CC/CV é uma fonte de alimentação da solda projetado
para a soldagem MIG/MAG, bem como para a soldagem com arame com núcleo preenchido
com pó (FCAW-S), soldagem TIG, soldagem com eletrodos revestidos (MMA) e para a
soldagem a arco para goivagem.
As fontes de alimentação são projetadas para uso com as seguintes unidades de
alimentação do arame:
•
•
•
•
•
•
Warrior™ Feed 304 e Warrior™ Feed 304w
Warrior™ Feed 304 Dual
Warrior™ 404HD
Warrior™ Yardfeed 200 e Warrior™ Yardfeed 200w
MobileFeed 201 AVS
MobileFeed 301 AVS
Acessórios ESAB para o produto podem ser encontrados no capítulo "ACESSÓRIOS"
deste manual.
2.2
Equipamento
A fonte de alimentação é provida com:
•
•
•
Cabo de retorno de 5 metros com grampo de aterramento
Cabo de alimentação de 3 metros
manual de instruções
0463 441 001
- 11 -
© ESAB AB 2018
3 DADOS TÉCNICOS
3
DADOS TÉCNICOS
Warrior™ 350i MV CC/CV
Tensão de alimentação
208-460 V ±10%, 3~ 50/60 Hz
Corrente principal I máx.
MIG/MAG (GMAW)
39 A
TIG (GTAW)
30 A
MMA (SMAW)
41 A
Carga residual no modo de economia
de energia 6,5 min. após a soldagem
50 W
Intervalo de ajuste
MIG/MAG (GMAW)
16 A/15 V - 350 A/32 V
TIG (GTAW)
5 A/10 V - 350 A/24 V
MMA (SMAW)
16 A/20 V - 350 A/34 V
Carga permitida em MIG/MAG (GMAW)
Ciclo de trabalho de 60%
350 A / 32 V
Ciclo de trabalho de 100%
300 A / 29 V
Carga permitida em TIG (GTAW)
Ciclo de trabalho de 60%
350 A / 24 V
Ciclo de trabalho de 100%
300 A / 22 V
Carga permitida em MMA (SMAW)
Ciclo de trabalho de 60%
350 A / 34 V
Ciclo de trabalho de 100%
300 A / 32 V
Fator de potência na corrente máxima
0,95
Eficiência na corrente máxima
85 %
Tipos de eletrodo
Básico
Rutílico
Celulósico
Tensão de circuito aberto
DRT 35 V desativado
Pico CC de 56 V
DRT 35 V ativado
Pico CC de 28 V
Tensão aparente na corrente máxima
14,7 kVA
Tensão ativa na corrente máxima
14,0 kW
Temperatura de operação
-10 a +40 °C (14 a -104 °F)
Temperatura de transporte
-20 a +55 °C (-4 a -131 °F)
Pressão sonora constante quando
ocioso
<70 dB(A)
Dimensões c × l × a
712 × 325 × 470 mm (28,03 × 12,80 × 18,50 pol.)
Peso
60,8 kg (134 lb.)
Classe de isolamento
A
0463 441 001
- 12 -
© ESAB AB 2018
3 DADOS TÉCNICOS
Warrior™ 350i MV CC/CV
Classe de proteção
IP23
Classe de aplicação
Ciclo de trabalho
O ciclo de trabalho se refere ao tempo como uma porcentagem de um período de dez
minutos em que você pode soldar ou cortar com determinada carga, sem sobrecarregar. O
ciclo de trabalho é válido para temperatura de 40 °C/104ºF ou inferior.
Classe de proteção
O código IP indica a classe de proteção, ou seja, o grau de proteção contra penetração por
objetos sólidos ou água.
Um equipamento marcado com IP23 é destinado ao uso interno e externo.
Classe de aplicação
O símbolo
indica que a fonte de alimentação é destinada ao uso em áreas com maior
risco elétrico.
0463 441 001
- 13 -
© ESAB AB 2018
4 INSTALAÇÃO
4
INSTALAÇÃO
4.1
Geral
A instalação deve ser realizada por um profissional.
4.2
0463 441 001
Instruções de elevação
- 14 -
© ESAB AB 2018
4 INSTALAÇÃO
AVISO!
Prenda o equipamento, principalmente
em caso de piso irregular ou inclinado.
4.3
Localização
Posicione a fonte de alimentação da solda de tal forma que suas entradas e saídas de ar de
resfriamento não sejam obstruídas.
4.4
Alimentação da rede
NOTA:
O Warrior™ 350i MV CC/CV foi projetado para trabalhar apenas com
alimentação de entrada de 3 fases.
Certifique-se de que a fonte de alimentação da solda esteja conectada à tensão de
alimentação especificada com classificação do fusível, disjuntor em miniatura (MCB) e cabo
de alimentação recomendados. Uma conexão de aterramento protetora deve ser feita, de
acordo com as normas.
Tamanhos de fusíveis recomendados e área mínima para o cabo do Warrior™ 350i
MV CC/CV
Tensão de
208 V 3~
alimentaçã
50/60 Hz
o
380 V 3~
50/60 Hz
400 V 3~
50/60 Hz
415 V 3~
50/60 Hz
440 V 3~
50/60 Hz
460 V 3~
50/60 Hz
Área do
cabo de
4 × 10 mm² 4 × 6 mm²
alimentaçã
o
4 × 6 mm²
4 × 6 mm²
4 × 6 mm²
4 × 6 mm²
Classificaç
ão da
corrente
41 A
máxima
Imáx.
22 A
21 A
20 A
19 A
18 A
I1eff
MIG/MAG
30 A
16 A
15 A
15 A
14 A
13 A
TIG
23 A
13 A
12 A
12 A
11 A
11 A
MMA
32 A
17 A
16 A
16 A
15 A
14 A
Fusível
antissurto
35 A
20 A
20 A
20 A
20 A
15 A
tipo C MCB 40 A
20 A
20 A
20 A
16 A
16 A
Alimentação por geradores de energia
A fonte de alimentação pode ser suprida por tipos diferentes de geradores. Porém, alguns
geradores podem não fornecer energia suficiente para que a fonte de alimentação de
soldagem funcione corretamente. Geradores com Regulador de Voltagem Automático (AVR)
0463 441 001
- 15 -
© ESAB AB 2018
4 INSTALAÇÃO
ou com tipo de regulador equivalente ou superior, com energia classificada ≥40 kW, são
recomendadas.
0463 441 001
- 16 -
© ESAB AB 2018
5 OPERAÇÃO
5
OPERAÇÃO
5.1
Visão geral
As normas gerais de segurança para lidar com o equipamento podem ser encontradas
no capítulo "Segurança" deste manual. Leia-o na íntegra antes de começar a usar o
equipamento.
5.2
Dispositivos de conexões e controle
1. Interruptor da fonte de alimentação da
8. Botão do método de soldagem
rede, O/I
2. Lâmpada indicadora, amarela, térmica
9. Terminal de soldagem negativo
3. Lâmpada indicadora, verde, função DRT 10. Terminal de soldagem positivo
(tensão em circuito aberto reduzida)
4. Visor, corrente (A) e tensão (V)
11. Disjuntor, 10 A, 42 V
5. Botão de configuração: MMA/TIG e
12. Conexão da unidade de alimentação do
goivagem: Modo de alimentação móvel da
arame
corrente (A): Tensão (V)
6. Botão para escolha do tipo de eletrodo
13. Conexão da unidade de controle remota
(opção)
7. Botão de indutância (MIG/MAG) e força do 14. Conexão da fonte de alimentação da rede
arco (MMA):
5.3
Conexão de cabos de solda e de retorno
A fonte de alimentação tem duas saídas, um terminal de soldagem positivo (+) e um
negativo (-), para conectar arames de solda e cabos de retorno. A saída na qual o cabo de
soldagem é conectado depende do método de soldagem ou do tipo de eletrodo usado.
0463 441 001
- 17 -
© ESAB AB 2018
5 OPERAÇÃO
Conecte o cabo de retorno na outra saída da fonte de alimentação. Segure a presilha de
contato do cabo de retorno na peça de trabalho e garanta que haja um bom contato entre a
peça de trabalho e a saída para o cabo de retorno na fonte de alimentação.
•
•
•
Para a soldagem MIG/MAG, é usado o terminal de soldagem negativo (-) para o cabo
de retorno e o terminal de soldagem positivo (+) para o cabo de soldagem.
Para a soldagem TIG, é usado o terminal de soldagem negativo (-) para o maçarico de
soldagem e o terminal de soldagem positivo (+) para o cabo de retorno.
Para a soldagem MMA, o cabo de soldagem pode ser conectado ao terminal de
soldagem positivo (+) ou negativo (-), dependendo do tipo de eletrodo usado. A
polaridade de conexão está indicada na embalagem do eletrodo.
5.4
Ligar/desligar a alimentação
Ligue a alimentação girando o interruptor para a posição ”ON” (LIGADO) (I).
Desligue a unidade girando o interruptor para a posição ”OFF” (DESLIGADO) (0).
Se a fonte de alimentação da rede for interrompida ou se a fonte de alimentação for
desligada de maneira normal, os dados de solda serão armazenados, assim estarão
disponíveis na próxima vez que a unidade for iniciada.
ATENÇÃO!
Não desligue a alimentação durante a soldagem (com carga).
5.5
Controle do ventilador
A fonte de alimentação tem um controle de tempo, para que o ventilador continue
funcionado por 6,5 minutos após a soldagem ter parado e a fonte de alimentação mude para
o modo de economia de energia. O ventilador voltará a funcionar quando a soldagem for
iniciada novamente.
5.6
0463 441 001
Símbolos e funções
Colocação do olhal de
içamento
Dispositivo de
redução de tensão
Proteção térmica
Eletrodo básico
Eletrodo rutílico
Eletrodo celulósico
Força do arco
Indutância
Soldagem TIG (Live
TIG)
Solda a arco para
goivagem
- 18 -
© ESAB AB 2018
5 OPERAÇÃO
Soldagem MMA
Soldagem MIG/MAG
Unidade de
alimentação do arame
Alimentação móvel
CV (tensão
constante)
Terra de proteção
Dispositivo de redução de tensão (DRT)
A função DRT garante que a tensão em circuito aberto não exceda 35 V quando a soldagem
não estiver sendo realizada. Isto é indicado por um LED DRT aceso.
A função DRT é bloqueada quando o sistema detecta que a soldagem começou.
Entre em contato com o serviço técnico ESAB autorizado para desativar/ativar a função.
Proteção térmica
A fonte de alimentação da solda tem proteção térmica que entra em ação se a temperatura
ficar muito alta. Quando isso ocorrer, a corrente de soldagem será interrompida e um LED
indicador térmico será aceso.
A proteção térmica é redefinida automaticamente quando a temperatura cair, dentro da
temperatura de operação normal.
Força do arco
A força do arco é importante para determinar como a corrente muda em resposta a uma
mudança no comprimento do arco. Um valor menor oferece um arco mais estável com
menos respingos.
Isso se aplica somente a soldagem MMA.
Indutância
Maior indutância resulta em um banho em fusão mais amplo e menos respingos. Menor
indutância produz um som mais áspero, mas um arco estável e concentrado.
Isso se aplica somente a soldagem MIG/MAG.
Soldagem TIG
A soldagem TIG derrete o metal da peça de trabalho, usando um arco atingido em um
eletrodo de tungstênio, que não se derrete sozinho. O banho em fusão e o eletrodo são
protegidos por gás de proteção.
"Início de Live TIG”
Em um ”Início de Live TIG” o eletrodo de tungstênio é colocado contra a peça de trabalho.
Quando o eletrodo é içado para fora da peça de trabalho, o arco é atingido em um nível
limitado de corrente.
Para a soldagem TIG, a fonte de alimentação da solda deve ser complementada com:
0463 441 001
- 19 -
© ESAB AB 2018
5 OPERAÇÃO
•
•
•
•
Um maçarico TIG com válvula de gás
um cilindro de gás argônio
um regulador de gás argônio
eletrodo de tungstênio
Solda a arco para goivagem
Com solda a arco para goivagem, em eletrodo especial, que inclui uma vareta de carbono
revestida de cobre, é usado.
Um arco é formado entre a vareta de carbono e a peça de trabalho, que derrete o material.
O ar comprimido é fornecido para que o material derretido seja eliminado.
Para arco para goivagem, a fonte de alimentação deve ser complementada com:
•
•
•
maçaricos a arco
cabo de retorno com presilha
pressão do ar
Requisitos de ar mínimos recomendados
Tipo de
maçarico
Pressão do
ar em psi
(kPa)
Trabalho geral
(acomoda os
eletrodos)
planos)
(pressão
enquanto o
maçarico está
em operação)
80 (550)
Consumo do
ar em cfm
(L/min)
Classificação do compressor
recomendada
Uso
intermitente
em hp (kW)
Uso contínuo
em hp (kW)
Tamanho do
receptor
ASME em
litros (gal)
5 (3,7)
7,5 (5,6)
303 (80)
25 (708)
AVISO!
Use somente ar comprimido. Uso de gases comprimidos combustíveis pode
causar explosões.
Recomendado para goivagem
Eletrodo
Tensão mín.
Tensão máx.
6 mm (1/4")
36 V
49 V
8 mm (5/16")
39 V
52 V
10 mm (3/8")
43 V
52 V
Extensão do
eletrodo
50 - 76 mm
(2 - 3")
Soldagem MMA
A soldagem MMA também pode ser referida como soldagem com eletrodos revestidos.
Ativar o arco derrete o eletrodo, e seu revestimento forma uma escória protetora.
Para a soldagem MMA, a fonte de alimentação deve ser complementada com:
•
•
cabo de soldagem com suporte para eletrodo
cabo de retorno com presilha
MIG/MAG e solda de arame autoprotegido com núcleo
Um arco derrete um arame fornecido continuamente. O banho em fusão é protegido pelo
gás de proteção.
Para a soldagem MIG/MAG e soldagem de arame autoprotegido com núcleo, a fonte de
alimentação deve ser complementada com:
•
•
unidade de alimentação do arame
maçarico de solda
0463 441 001
- 20 -
© ESAB AB 2018
5 OPERAÇÃO
•
•
•
•
cabo de conexão entre a fonte de alimentação e a unidade de alimentação do arame
cilindro de gás
Regulador de gás (não é necessário para a soldagem de arame autoprotegido com
núcleo)
cabo de retorno com presilha
0463 441 001
- 21 -
© ESAB AB 2018
6 MANUTENÇÃO
6
MANUTENÇÃO
6.1
Visão geral
A manutenção periódica é importante para uma operação segura e confiável.
Somente pessoas com habilidades elétricas adequadas (equipe autorizada) podem remover
as placas de segurança.
ATENÇÃO!
Todos os termos de compromisso de garantia do fornecedor deixarão de ser
aplicados se o cliente tentar algum trabalho de retificação de alguma falha no
produto durante o período de garantia.
6.2
Fonte de alimentação
Para manter o desempenho e aumentar a vida útil da fonte de alimentação, é obrigatório
limpá-la regularmente. Com que frequência depende do:
•
•
•
•
processo de soldagem
o tempo de arco
o ambiente de trabalho
o ambiente em volta, isto é, retífica, etc.
Ferramentas necessárias para o procedimento de limpeza:
•
•
•
chave torx: T20, T25 e T30
ar comprimido a seco, pressão 4 bar
equipamentos de proteção, como protetores de ouvido, óculos de segurança,
máscaras, luvas e sapatos de segurança
ATENÇÃO!
O procedimento de limpeza deve ser feito em um espaço de trabalho
devidamente preparado.
Procedimento de limpeza
1.
2.
3.
Desconecte a alimentação da rede.
Aguarde 6 minutos para descarregar os capacitores.
Remova os painéis laterais da fonte de alimentação.
0463 441 001
- 22 -
© ESAB AB 2018
6 MANUTENÇÃO
4.
5.
Remova o painel superior da fonte de alimentação.
Remova a tampa contra pó da caixa plástica para pó (f) instalada no dissipador
térmico.
6. Limpe a fonte de alimentação com ar comprimido a seco (4 bar), como segue:
a) A parte superior.
b) A partir do painel traseiro através do dissipador térmico secundário.
c) O indutor, transformador e sensor de corrente.
d) Os componentes de alimentação laterais, a partir da parte posterior atrás da
placa de alimentação.
e) PCBs nos dois lados.
f) A placa de alimentação auxiliar dentro da caixa de pó plástica (f).
g) O indutor boost.
7. Não deixe acumular sujeira em nenhuma parte.
8. Instale a tampa contra pó na caixa plástica para pó (f).
9. Instale o painel superior na fonte de alimentação.
10. Instale os painéis laterais na fonte de alimentação.
11. Conecte a alimentação da rede.
6.3
Maçarico de solda
Um programa periódico de cuidado e manutenção reduz tempo de paralisação
desnecessário e caro.
Toda vez que uma bobina de arame é trocada, o maçarico de soldagem deve ser removido
da fonte de alimentação e limpo com sopro de ar comprimido.
A extremidade do arame não deve ter pontas afiadas ao inserir no revestimento do arame.
Para obter informações detalhadas, consulte os manuais de instruções de pistolas e
maçaricos de soldagem.
0463 441 001
- 23 -
© ESAB AB 2018
7 SOLUÇÃO DE PROBLEMAS
7
SOLUÇÃO DE PROBLEMAS
Tente essas verificações e inspeções recomendadas antes de entrar em contato com um
técnico de serviço autorizado.
Tipo de falha
Não há arco.
Ação corretiva
•
•
•
•
A corrente de soldagem é interrompida
durante a soldagem.
•
•
•
A proteção térmica é ativada
frequentemente.
•
•
•
Mau desempenho da soldagem.
•
•
•
•
•
"Err" no visor no modo de circuito aberto
•
•
•
0463 441 001
- 24 -
Verifique se a fonte de alimentação da
rede está ligada.
Verifique se os cabos de rede,
soldagem e retorno estão corretamente
conectados.
Verifique se o valor de corrente correto
está definido.
Verifique o mini disjuntor (MCB) e os
fusíveis da fonte de alimentação da
rede.
Verifique se a proteção contra
sobrecarga foi implantada (indicado na
frente).
Verifique o MCB e os fusíveis da fonte
de alimentação da rede.
Verifique se o cabo de retorno está
preso corretamente.
Assegure-se de não estar
ultrapassando os dados definidos para
a fonte de alimentação (ou seja, que a
unidade não esteja sendo
sobrecarregada).
Certifique-se de que a temperatura de
operação da fonte de alimentação não
seja excedida. (Consulte o capítulo
DADOS TÉCNICOS deste manual.)
Verifique se o interior da fonte de
alimentação está completamente livre
de poeira. (Consulte o capítulo
MANUTENÇÃO deste manual.)
Verifique se a os cabos de soldagem e
retorno estão corretamente conectados.
Verifique se o valor de corrente correto
está definido.
Verifique se o arame ou eletrodo
correto foi usado.
Verifique o MCB e os fusíveis da fonte
de alimentação da rede.
Verifique a pressão do gás no
equipamento conectado à fonte de
alimentação.
Verifique o MCB e os fusíveis da fonte
de alimentação da rede.
Verifique se a tensão especificada é
igual à tensão de alimentação nominal.
Reinicie a fonte de alimentação através
do interruptor principal.
© ESAB AB 2018
8 PEDIDOS DE PEÇAS SOBRESSALENTES
8
PEDIDOS DE PEÇAS SOBRESSALENTES
ATENÇÃO!
Reparo e trabalhos de eletricidade devem ser executados por um técnico de
serviço autorizado da ESAB. Use apenas peças sobressalentes e de desgaste
originais da ESAB.
Warrior™ 350i MV CC/CV foi projetado e testado de acordo com a norma internacional IEC
60974-1 e a norma norte-americana ANSI/IEC 60974-1:2008. Na conclusão do serviço ou
reparo, é responsabilidade da pessoa que está realizando o trabalho garantir que o produto
ainda esteja em conformidade com os requisitos das normas acima.
Peças sobressalentes e peças de desgaste podem ser solicitadas por meio de seu
revendedor ESAB mais próximo, consulte esab.com. Ao solicitar, indique tipo de produto,
número de série, emprego e número da peça sobressalente, de acordo com a lista de peças
sobressalentes. Isso facilita o envio e garante a entrega correta.
0463 441 001
- 25 -
© ESAB AB 2018
DIAGRAMA
DIAGRAMA
0463 441 001
- 26 -
© ESAB AB 2018
NÚMEROS DOS PEDIDOS
NÚMEROS DOS PEDIDOS
Ordering number
Denomination
Type
Notes
0465 885 881
Welding power source
Warrior™ 350i MV CC/CV
208-460 V
0463 400 001
Spare parts list
Warrior™ 350i, 400i MV CC/CV
0463 402 001
Service manual
Warrior™ 350i, 400i MV CC/CV
A documentação técnica está disponível na Internet em: www.esab.com
0463 441 001
- 27 -
© ESAB AB 2018
ACESSÓRIOS
ACESSÓRIOS
0465 250 880
Warrior™ Feed 304
0465 250 881
Warrior™ Feed 304w,
with water cooling
0558 101 946
Warrior™ Feed 304 Dual
Conector europeu
0558 101 947
Warrior™ Feed 304 Dual
NAS
0558 102 235
Warrior™ 404HD
0459 906 900
Warrior™ Yardfeed 200
0459 906 901
Warrior™ Yardfeed 200w
com resfriamento a água
0463 441 001
- 28 -
© ESAB AB 2018
ACESSÓRIOS
0558 101 910
MobileFeed 201 AVS
com metro
0558 101 911
MobileFeed 201 AVS
com metro-REM V
0558 101 918
MobileFeed 301 AVS
com metro
0558 101 919
MobileFeed 301 AVS
com metro-REM V
O controle de tensão remoto funciona
apenas com o Warrior™ PS.
0558 102 195
MobileFeed 301 AVS
TWECO (NAS) com metro
0459 491 896
Remote control unit AT1
MMA and TIG current
0459 491 897
Remote control unit AT1 CF
MMA and TIG: course and fine setting of
current
0463 441 001
- 29 -
© ESAB AB 2018
ACESSÓRIOS
Remote control cable 12 pole - 8 pole
0459 552 880
5m
0459 552 881
10 m
0459 552 882
15 m
0459 552 883
25 m
0465 424 880
Remote outlet kit
0465 416 880
Wheel kit
0465 510 880
Trolley
0465 508 880
Trolley guide pin extension kit
Used together with the trolley when the wire
feed unit is equipped with wheel kit
0465 427 880
Cooling unit
0463 441 001
- 30 -
© ESAB AB 2018
ACESSÓRIOS
Connection set, 70 mm², 19 poles
0459 836 880
2m
0459 836 881
5m
0459 836 882
10 m
0459 836 883
15 m
0459 836 884
25 m
0459 836 885
35 m
Connection set water, 70 mm², 19 poles
0459 836 890
2m
0459 836 891
5m
0459 836 892
10 m
0459 836 893
15 m
0459 836 894
25 m
0459 836 895
35 m
Connection set, 95 mm², 19 poles
0459 836 980
2m
0459 836 981
5m
0459 836 982
10 m
0459 836 983
15 m
0459 836 984
25 m
0459 836 985
35 m
Connection set water, 95 mm², 19 poles
0459 836 990
2m
0459 836 991
5m
0459 836 992
10 m
0459 836 993
15 m
0459 836 994
25 m
0459 836 995
35 m
TIG torches
0700 300 539
TXH™ 151 V, OKC 50, 4 m
0700 300 545
TXH™ 151 V, OKC 50, 8 m
0700 300 553
TXH™ 201 V, OKC 50, 4 m
0700 300 556
TXH™ 201 V, OKC 50, 8 m
0463 441 001
- 31 -
© ESAB AB 2018
ACESSÓRIOS
Arc air torches
0468 253 880
Flair 600 incl. monocable 2.5 m
0468 253 016
Torch only
0468 253 015
Monocable only
0468 253 881
Flair 1600 incl. monocable 2.5 m
0468 253 036
Torch only
0468 253 035
Monocable only
0349 090 886
0463 441 001
Foot control FS002
MMA and TIG: current
- 32 -
© ESAB AB 2018
ACESSÓRIOS
0463 441 001
- 33 -
© ESAB AB 2018
For contact information visit esab.com
ESAB AB, Lindholmsallén 9, Box 8004, 402 77 Gothenburg, Sweden, Phone +46 (0) 31 50 90 00
http://manuals.esab.com
Was this manual useful for you? yes no
Thank you for your participation!

* Your assessment is very important for improving the work of artificial intelligence, which forms the content of this project

Download PDF

advertising