Simrad GO XSE/XSR Manual do usuário

Simrad GO XSE/XSR Manual do usuário
GO XSE
Manual do operador
PORTUGUÊS
www.simrad-yachting.com
Prefácio
Exoneração de responsabilidade
Visto que a Navico melhora este produto de forma contínua,
reservamo-nos o direito de fazer, a qualquer momento, alterações
ao produto que podem não estar refletidas nesta versão do manual.
Se precisar de assistência adicional, contacte o distribuidor mais
próximo.
O proprietário é o único responsável pela instalação e pela
utilização deste equipamento de forma a não provocar acidentes,
ferimentos pessoais ou danos materiais. O utilizador deste produto
é o único responsável por garantir práticas de navegação seguras.
A NAVICO HOLDING E AS SUAS SUBSIDIÁRIAS, SUCURSAIS E
AFILIADAS RECUSAM QUALQUER RESPONSABILIDADE POR
QUALQUER UTILIZAÇÃO DESTE PRODUTO DE UMA FORMA QUE
POSSA PROVOCAR ACIDENTES OU DANOS OU QUE POSSA VIOLAR
A LEGISLAÇÃO EM VIGOR.
Idioma aplicável: esta declaração, quaisquer manuais de instruções,
guias de utilizador ou outras informações relacionadas com o
produto (Documentação) podem ser traduzidos, ou foram
traduzidos, para outros idiomas (Tradução). Na eventualidade de
surgirem conflitos entre qualquer Tradução da Documentação, a
versão em idioma Inglês da Documentação será considerada a
versão oficial da Documentação.
Este manual representa o produto no momento da impressão. A
Navico Holding AS e as suas subsidiárias, sucursais e afiliadas
reservam-se o direito de efetuar alterações nas especificações, sem
aviso prévio.
Marcas comerciais
Simrad® é utilizado sob um contrato de licença com a Kongsberg.
Navionics® é uma marca registada da Navionics, Inc.
NMEA® e NMEA 2000® são marcas registadas da National Marine
Electronics Association.
SiriusXM® é uma marca registada da Sirius XM Radio Inc.
Fishing Hot Spots® é uma marca registada da Fishing Hot Spots Inc.
Copyright© 2012 Fishing Hot Spots.
Prefácio | GO XSE Manual do operador
3
FUSION-Link™ Marine Entertainment Standard™ é uma marca
registada da FUSION Electronics Ltd.
C-MAP® é uma marca registada da C-MAP.
SD™ e microSD™ são marcas comerciais e marcas registadas da
SD-3C, LLC nos Estados Unidos, em outros países ou em ambos.
Dados de mapeamento adicionais: Copyright© 2012 NSI, Inc.:
Copyright© 2012 by Richardson’s Maptech.
Bluetooth® é uma marca registada da Bluetooth SIG, Inc.
Referências de produtos da Navico
Este manual pode fazer referência aos seguintes produtos da
Navico:
• Broadband Sounder™ (Broadband Sounder)
• DownScan Imaging™ (DownScan)
• DownScan Overlay™ (Overlay)
• ForwardScan™ (ForwardScan)
• GoFree™ (GoFree)
• INSIGHT GENESIS® (Insight Genesis)
• StructureMap™ (StructureMap)
• StructureScan® (StructureScan)
• StructureScan® HD (StructureScan HD)
Copyright
Copyright © 2017 Navico Holding AS.
Garantia
O cartão de garantia é fornecido como um documento separado.
Em caso de dúvidas, consulte o website da marca do seu ecrã ou
sistema: www.simrad-yachting.com.
Declarações de conformidade
Este equipamento está em conformidade com:
• CE ao abrigo da diretiva 2014/53/UE
• Requisitos de dispositivos de nível 2 da norma 2008 para
Comunicações por rádio (compatibilidade eletromagnética)
• Parte 15 das regras da FCC. A utilização está sujeita às seguintes
duas condições: (1) este dispositivo não pode provocar
4
Prefácio | GO XSE Manual do operador
interferências prejudiciais e (2) este dispositivo deve aceitar
qualquer interferência recebida, incluindo interferências que
possam provocar uma operação não desejada.
A declaração de conformidade correspondente encontra-se
disponível na secção do produto, no seguinte website:
www.simrad-yachting.com.
Utilização da Internet
Algumas funcionalidades deste produto utilizam a ligação à Internet
para efetuar transferências e carregamentos de dados. A utilização
da Internet através de uma ligação à Internet por telemóvel ligado
ou uma ligação à Internet com pagamento por Megabyte pode
requerer uma grande utilização de dados. O seu fornecedor de
serviços poderá cobrar-lhe com base na quantidade de dados que
transferir. Se não tiver a certeza, contacte o seu fornecedor de
serviços para confirmar as tarifas e restrições.
Acerca deste manual
Este manual é um guia de referência para utilizar as unidades GO
XSE. Assume que todos os equipamentos estão instalados e
configurados e que o sistema está pronto a utilizar.
O manual assume que o utilizador tem conhecimentos básicos de
navegação, de terminologia náutica e dos procedimentos.
O texto importante que exija especial atenção do leitor está
destacado da seguinte forma:
Ú Nota: utilizado para chamar a atenção do leitor para um
comentário ou para alguma informação importante.
Atenção: utilizado quando é necessário alertar as
pessoas para a necessidade de prosseguirem
cuidadosamente para evitar o risco de lesão e/ou de
danos no equipamento ou ferimentos em pessoas.
Versão do manual
Este manual foi elaborado para a versão de software 3.0. Este
manual é atualizado de forma permanente para corresponder a
novos lançamentos de software. A versão mais recente do manual
pode ser transferida em www.simrad-yachting.com.
Prefácio | GO XSE Manual do operador
5
Ver o manual no ecrã
O PDF Viewer incluído na unidade permite ler os manuais e outros
ficheiros PDF no ecrã. Os manuais podem ser transferidos a partir de
www.simrad-yachting.com.
Os manuais podem ser lidos a partir de um cartão inserido no leitor
de cartões ou copiados para a memória interna da unidade.
Utilize as opções do menu e os botões no ecrã para percorrer o
ficheiro PDF, tal como descrito abaixo:
• Search (Procurar), Goto page (Ir para a página), Page Up (Página
para cima) e Page Down (Página abaixo)
Selecione o botão do painel pretendido.
• Scroll pages (Percorrer as páginas)
Arraste o dedo no ecrã em qualquer direção.
• Deslocamento na página
Arraste o dedo no ecrã em qualquer direção.
• Aumentar/diminuir zoom
Selecione o botão do painel pretendido.
No ecrã tátil: utilize os gestos para aproximar ou afastar os dedos.
• Sair do PDF Viewer
Selecione o X no canto superior direito do painel.
6
Prefácio | GO XSE Manual do operador
Versão do software
A versão do software existente nesta unidade está disponível na
caixa de diálogo About (Acerca). A caixa de diálogo About (Acerca)
está disponível em System Settings (Definições do sistema).
Para obter informações acerca da atualização do software, consulte
"Atualizações do software" na página 205.
Prefácio | GO XSE Manual do operador
7
8
Prefácio | GO XSE Manual do operador
Conteúdo
15 Introdução
15
16
18
20
21
Página inicial
Páginas de aplicação
Integração de dispositivos de terceiros
Desbloqueio de funcionalidade
Controladores remotos
22 Funcionamento básico
22
22
23
23
24
24
24
25
25
25
26
Caixa de diálogo System Controls (Controlos do sistema)
Ligar e desligar o sistema
Iluminação do ecrã
Sem fios
Bloquear o ecrã tátil
Barra de instrumentos
Utilizar os menus e as caixas de diálogo
Selecionar páginas e painéis
Apresentar o painel Favoritas como um pop-up numa página
Criar um waypoint Homem ao Mar
Captura de ecrã
27 Personalizar o sistema
27
27
28
28
29
30
30
Personalizar a imagem de fundo da página inicial
Ajustar o tamanho do painel
Personalizar a função de pressão longa
Proteção por palavra-passe
Adicionar novas páginas favoritas
Editar as páginas favoritas
Definir o aspeto da Barra de instrumentos
34 Cartas
34
35
35
36
36
36
36
37
Painel da carta
Dados da carta
Mostrar dois tipos de carta
Símbolo da embarcação
Escala da carta
Deslocar a carta
Posicionar a embarcação no painel da carta
Apresentar informações sobre itens da carta
Conteúdo | GO XSE Manual do operador
9
38
39
39
40
40
41
42
42
47
54
Utilizar o cursor no painel da carta
Medir a distância
Guardar waypoints
Criar rotas
Localizar objetos em painéis de cartas
Cartas 3D
Sobreposição da carta
Cartas Insight e C-MAP
Cartas da Navionics
Definições da carta
57 Waypoints, rotas e trajetos
57
59
63
65
Waypoints
Rotas
Tracks
Caixas de diálogo de waypoints, rotas e trajetos
66 Navegar
66
68
68
68
69
Painéis de navegação
Navegar para a posição do cursor
Navegar numa rota
Navegar com o piloto automático
Definições de navegação
71 Informações de viagem
71
72
72
73
73
74
74
75
Estatísticas da viagem atual
Gravação automática da viagem
Iniciar e parar gravações de viagem
Estatísticas a longo prazo
Círculo do alcance previsto do combustível
Indicador de combustível
Indicador da maré
Ver registos de viagem
77 Piloto automático
77
77
77
78
80
10
Operação segura com o piloto automático
Ativar o piloto automático
Mudar do modo automático para a pilotagem manual
Indicação do piloto automático nas páginas
Painel do piloto automático
Conteúdo | GO XSE Manual do operador
81
81
81
82
82
83
84
86
88
92
92
Modos de piloto automático
Modo de espera
Não acompanhar (NFU, Direção assistida)
Pilotagem Follow-up (FU) (Acompanhamento)
Modo AUTO (Automático) (Manter o rumo)
Modo Sem deriva
Modo NAV
Modo WIND (Vento)
Direção do padrão de mudança de direção
Utilização do piloto automático num sistema EVC
Definições de piloto automático
97 Radar
97
98
99
99
100
101
101
102
103
107
109
115
116
117
119
120
Painel do radar
Radar duplo
Sobreposição do radar
Modos de funcionamento do radar
Alcance do radar
Utilizar o cursor num painel com radar
Guardar waypoints
Supressão de setores do radar
Ajustar a imagem do radar
Opções avançadas do radar
Opções de visualização de radares
Marcadores EBL/VRM
Definir uma zona de proteção à volta da embarcação
Alvos MARPA
Gravação de dados do radar
Definições do radar
122 Sonar
122
123
123
124
125
125
127
128
129
Imagem do sonar
Fazer zoom da imagem
Utilizar o cursor na imagem
Guardar waypoints
Ver o histórico
Configurar a imagem
Opções avançadas
Começar a gravar dados de registo
Parar de gravar os dados de registo
Conteúdo | GO XSE Manual do operador
11
130 Ver os dados de sonda gravados
130 Opções de visualização do sonar
132 Definições de trajetos
135 StructureScan
135
136
136
138
138
139
140
Imagem do StructureScan
Fazer zoom da imagem do StructureScan
Utilizar o cursor no painel StructureScan
Guardar waypoints
Ver histórico do StructureScan
Configurar a imagem do StructureScan
Definições avançadas do StructureScan
142 StructureMap
142
142
143
144
144
145
145
Imagem do StructureMap
Ativar a sobreposição de estrutura
Fontes do StructureMap
Sugestões do StructureMap
Gravação de dados do StructureScan
Utilizar o StructureMap com cartões de mapeamento
Opções de estrutura
147 ForwardScan
147
148
148
149
150
Imagem do ForwardScan
Configurar a imagem do ForwardScan
Opções de visualização do ForwardScan
Extensão do rumo
Configuração do ForwardScan
154 Ligação sem fios
154
155
155
157
158
Ligar e desligar a partir de um hotspot sem fios
Loja GoFree
GoFree Link
Carregar ficheiros de registo para a Insight Genesis
Definições de rede sem fios
161 AIS
161 Símbolos de objetos AIS
162 Ver informações dos alvos AIS
12
Conteúdo | GO XSE Manual do operador
163
163
165
166
Contactar uma embarcação AIS
AIS SART
Alarmes de embarcação
Definições do barco
170 Painéis de instrumentos
170 Painéis de informação
170 Personalizar o painel do Instruments
172 Áudio
172
173
173
177
178
181
Ativar áudio
Funcionamento do sistema de áudio
Controlador de áudio
Configurar o sistema de áudio
SonicHub 2
Rádio Sirius (apenas na América do Norte)
183 Meteorologia
183
184
184
187
Farpas de vento
Mostrar detalhes de meteorologia
Boletim meteorológico GRIB
Meteorologia SiriusXM
194 Registos de tempo
194 Painel Time plot (Registo de tempo)
194 Selecionar dados
196 Alarmes
196
196
196
196
197
197
Sistema de alarme
Tipos de mensagem
Alarmes únicos
Vários alarmes
Validar uma mensagem
Caixa de diálogo Alarmes
199 Ferramentas
199 Waypoints/rotas/trajetos
199 Marés
199 Alarmes
Conteúdo | GO XSE Manual do operador
13
199
200
200
200
200
201
201
Definições
Embarcações
Sol, Lua
Informações de viagem
Ficheiros
Localizar
Loja GoFree
202 Simulador
202 Modo de demonstração
202 Ficheiros de fonte do simulador
203 Definições avançadas do simulador
204 Manutenção
204
204
204
204
205
206
Manutenção preventiva
Limpeza da unidade de visualização
Limpar o compartimento da porta de multimédia
Verificação dos conectores
Atualizações de software
Efetuar uma cópia de segurança do sistema
209 Funcionamento do ecrã tátil
14
Conteúdo | GO XSE Manual do operador
1
Introdução
Página inicial
A página inicial é acedida a partir de qualquer operação,
selecionando o botão Home no canto superior esquerdo de um
painel.
1
Ferramentas
Selecione um botão para aceder às caixas de diálogo
utilizadas para realizar uma tarefa ou para procurar
informações armazenadas.
2
Aplicações
Selecione um botão para apresentar a aplicação como um
painel de página inteira. Prima e mantenha premido um
botão para apresentar as opções de página dividida préconfigurada da aplicação.
3
Botão Close (Fechar)
Selecione para sair da página Home e voltar para a página
ativa anterior.
Introdução | GO XSE Manual do operador
15
4
Favoritas
Selecione um botão para apresentar a combinação de
painéis.
Prima e mantenha premido um botão de favorita para
aceder ao modo de edição do painel Favorites (Favoritas).
5
Botão Man Over Board (MOB) (Homem ao mar)
Selecione esta opção para guardar um waypoint Man Over
Board (MOB) (Homem ao Mar) na posição atual da
embarcação.
Páginas de aplicação
Cada aplicação ligada ao sistema é apresentada em painéis. A
aplicação pode ser apresentada como uma página inteira ou
combinada com outros painéis numa página de vários painéis.
Todas as páginas de aplicação são acessíveis a partir da página
inicial.
16
1
Painel de aplicações
2
Barra de instrumentos
Informações de navegação e do sensor. A barra pode ser
desativada e configurada pelo utilizador.
3
Caixa de diálogo System controls (Controlos do
sistema)
Aceda rapidamente às definições básicas do sistema.
Apresente a caixa de diálogo com uma pressão breve na
tecla Power ou deslizando o dedo para baixo a partir do
topo do ecrã.
Introdução | GO XSE Manual do operador
4
Barra de estado
5
Caixa de diálogo
Informações para o utilizador ou que o utilizador deve
introduzir.
6
Barra de controlo
Seleciona um botão de funcionalidade para apresentar os
controlos da mesma.
7
Mensagem de alarme
Apresentada se ocorrerem situações perigosas ou falhas de
sistema.
8
Menu
Menu específico do painel.
Aceda ao menu selecionando o botão de painel MENU.
Barra de controlo
Apresenta botões de funcionalidades que estão disponíveis na
unidade. Selecione um botão da barra de controlo para abrir o
controlador da funcionalidade. Se selecionar o mesmo botão, fecha
o controlador aberto. Se selecionar um botão da barra de controlo
diferente, fecha o controlador aberto e abre o controlador
selecionado.
Páginas divididas
Pode ter até 2 painéis em cada página nas unidades de 5" e até 4
painéis em unidades maiores.
Página de 2 painéis
Página de 3 painéis
Página de 4 painéis
O tamanho dos painéis numa página dividida pode ser ajustado a
partir da caixa de diálogo System Controls (Controlos do sistema).
Introdução | GO XSE Manual do operador
17
Utilizar o cursor num ecrã dividido
Ao utilizar o cursor na imagem do sonar ou da estrutura num ecrã
dividido do sonar/estrutura ou sonar/carta, o cursor é obscurecido
no outro ecrã dividido.
Páginas divididas pré-configuradas
Cada aplicação com ecrã completo tem várias páginas divididas
pré-configuradas, que incluem a aplicação selecionada combinada
com cada um dos outros painéis.
Ú Nota: O número de páginas divididas pré-configuradas não
pode ser alterado e as páginas não podem ser personalizadas
ou eliminadas.
Aceda a uma página dividida pré-configurada premindo e
mantendo premido o botão do painel principal.
Páginas favoritas
Todas as páginas favoritas pré-configuradas podem ser modificadas
e eliminadas e pode criar as suas páginas. Pode ter um total de 12
páginas favoritas.
Para obter mais informações, consulte "Adicionar novas páginas favoritas" na
página 29.
Integração de dispositivos de terceiros
Podem ser ligados vários dispositivos de terceiros ao GO XSE. As
aplicações são apresentadas em painéis separados ou integrados
com outros painéis.
Um dispositivo ligado à rede NMEA 2000 deve ser identificado
automaticamente pelo sistema. Se não for o caso, ative a função a
partir da opção Advanced (Avançadas) na caixa de diálogo System
settings (Definições do sistema).
18
Introdução | GO XSE Manual do operador
O dispositivo de terceiros é controlado através de menus e caixas de
diálogo, tal como em outros painéis.
Este manual não inclui instruções de funcionamento específicas
para qualquer dispositivo de terceiros. Para obter as características e
funcionalidades, consulte a documentação fornecida com o
dispositivo de terceiros.
Integração do SmartCraft VesselView
Se estiver disponível na rede um Mercury VesselView® 4, 7, 403, 502,
702, 703 ou Link, os dados do SmartCraft podem ser apresentados e
a interação ativada através da unidade.
O ícone Mercury é apresentado na página Home quando um
dispositivo está disponível. Os botões de controlo da embarcação e
Mercury também estão disponíveis na barra de controlo. Selecionar
o botão da barra de controlo Mercury apresenta os dados do motor
e da embarcação, selecionar o botão de controlo da embarcação
apresenta comandos do motor associado a VesselView.
Quando as funcionalidades estão ativadas, o ecrã pode solicitar ao
utilizador algumas informações básicas de configuração.
Para obter mais informações sobre configurações, a página da
aplicação Mercury, dados do motor e da embarcação Mercury
apresentados e o controlador do controlo da embarcação, consulte
o manual do VesselView® ou o fornecedor do motor.
Painel do motor Suzuki
Se um indicador Suzuki C10 estiver disponível na rede, um ícone do
motor Suzuki é adicionado à página inicial. Um ícone é também
adicionado ao Page editor (Editor de páginas). Pode optar por
apresentar o painel do motor Suzuki como um painel de página
inteira ou como parte de uma página com vários painéis.
O esquema e o conteúdo do painel do motor dependem do
tamanho do painel selecionado. Os indicadores digitais podem ser
personalizados; consulte "Personalizar o painel do" na página 170.
Integração de FUSION-Link
Os dispositivos FUSION-Link ligados à rede NMEA 2000 podem ser
controlados a partir do sistema GO XSE.
Introdução | GO XSE Manual do operador
19
Quando utiliza a função de áudio, os dispositivos FUSION-Link
aparecem como fontes adicionais. Não estão disponíveis ícones
adicionais.
Consulte "Áudio" na página 172 para obter mais informações.
Integração de CZone da BEP
O GO XSE pode ser integrado com o sistema CZone da BEP utilizado
para controlar e monitorizar um sistema de alimentação distribuído
na sua embarcação.
O ícone CZone está disponível no painel Tools (Ferramentas) na
página inicial quando um sistema CZone está disponível na rede.
É fornecido um manual em separado com o sistema CZone.
Consulte esta documentação e o manual de instalação do GO XSE
para saber como instalar e configurar o sistema CZone.
Painel CZone
Quando a CZone está instalada e configurada, um painel CZone
adicional é adicionado aos painéis Instruments.
Pode alternar entre painéis selecionando os símbolos de seta para a
esquerda e direita ou selecionando o painel a partir do menu.
Editar um painel CZone
Pode personalizar um painel CZone alterando os dados de cada um
dos indicadores. As opções de edição disponíveis dependem do
tipo de indicador e das fontes de dados ligadas ao sistema.
Para obter mais informações, consulte "Painéis de instrumentos" na página
170.
Desbloqueio de funcionalidade
As funcionalidades podem ser desbloqueadas, introduzindo um
código de desbloqueio de funcionalidade.
20
Introdução | GO XSE Manual do operador
Ú Nota: A opção de Desbloqueio de funcionalidade só está
disponível se a unidade suportar uma funcionalidade
bloqueada.
Selecione a opção de Desbloqueio de funcionalidade na caixa de
diálogo Definições e, em seguida, a funcionalidade que pretende
desbloquear. Siga as instruções para comprar e introduza o código
de desbloqueio de funcionalidade.
Depois de ter sido introduzido um código de desbloqueio de
funcionalidade na unidade, a funcionalidade está disponível para
utilização.
Controladores remotos
Pode ligar um controlador remoto à rede e controlar remotamente
a unidade. Para saber que controladores remotos podem ser
utilizados, consulte a página Web do produto em:
www.simrad-yachting.com.
O controlador remoto é fornecido com um manual em separado.
Introdução | GO XSE Manual do operador
21
2
Funcionamento básico
Caixa de diálogo System Controls
(Controlos do sistema)
A caixa de diálogo System Controls (Controlos do sistema) fornece
acesso rápido às definições básicas do sistema. Para apresentar a
caixa de diálogo, prima ligeiramente a tecla Power ou percorra para
baixo a partir da parte superior do ecrã.
Os ícones apresentados na caixa de diálogo podem ser diferentes.
Por exemplo, a opção Adjust splits (Ajustar divisões) só está
disponível se visualizar uma página dividida quando abre a caixa de
diálogo System Controls (Controlos do sistema).
Funções de ativação
Selecione o ícone da função que pretende definir ou ativar ou
desativar. Para as funções que são ativadas ou desativadas, um
ícone realçado indica que a função está ativada, como indicado no
ícone da Barra de instrumentos acima.
Ligar e desligar o sistema
Ligue e desligue o sistema mantendo premida a tecla
Power.Também pode desligar a unidade através da caixa de
diálogo System Controls (Controlos do sistema).
Se a tecla Power for libertada antes do encerramento ser concluído,
o processo de encerramento é cancelado.
22
Funcionamento básico | GO XSE Manual do operador
Primeira utilização
Quando a unidade é iniciada pela primeira vez, ou após a reposição
de fábrica, a unidade apresenta um assistente de configuração.
Responda às solicitações do assistente de configuração para
selecionar algumas opções de configuração fundamentais.
Pode efetuar uma configuração adicional utilizando a opção de
definições do sistema e mais tarde alterar as definições efetuadas
com o assistente de configuração.
Modo de espera
No modo Standby (Espera), o sonar e a retroiluminação do ecrã e
das teclas são desligados para poupar energia. O sistema continua a
funcionar em segundo plano.
Selecione o modo Standby (Espera) a partir da caixa de diálogo
System Controls (Controlos do sistema).
Mude do modo Standby (Espera) para o modo de funcionamento
normal premindo de forma breve a tecla Power.
Iluminação do ecrã
Brilho
A retroiluminação do visor pode ser ajustada a qualquer momento a
partir da caixa de diálogo System Controls (Controlos do sistema).
Também pode percorrer os níveis de retroiluminação predefinidos
com breves pressões na tecla de ligar/desligar.
Modo noturno
A opção de modo noturno otimiza a paleta de cores e a
retroiluminação para condições de luminosidade reduzida.
Ú Nota: se o modo Noturno estiver selecionado, os detalhes
sobre a carta poderão estar menos visíveis!
Sem fios
Oferece opções de ligação sem fios dependentes do estado da rede
sem fios. Por exemplo, ligar a um hotspot ou mudar para ponto de
acesso. Para uma explicação das opções, consulte "Ligação sem fios" na
página 154.
Funcionamento básico | GO XSE Manual do operador
23
Bloquear o ecrã tátil
Pode bloquear temporariamente um ecrã tátil para impedir o
funcionamento acidental do sistema. Bloqueie o ecrã tátil quando
estiver cheio de água, por exemplo, em mar agitado e condições
meteorológicas adversas. Esta função também é útil quando limpar
o ecrã quando a unidade estiver ligada.
Pode bloquear o ecrã tátil a partir da caixa de diálogo System
Controls (Controlos do sistema).
Para retirar a função de bloqueio com um breve toque na tecla
Power.
Barra de instrumentos
Apenas liga/desliga a Barra de instrumentos da página atual.
Utilizar os menus e as caixas de diálogo
Menus
Pode aceder a um menu de página selecionando o botão MENU no
canto superior direito da página.
• Ative um item de menu e alterne entre ativar/desativar uma
opção selecionando-a
• Ajuste um valor da barra deslizante do seguinte modo:
- arrastando a barra deslizante
- selecionando os ícones + ou Selecione a opção Back (Retroceder) para voltar para o nível de
menu anterior e sair.
Pode fazer com que o menu deixe de ser apresentado tocando no
ecrã fora da área de menu ou premindo o botão MENU. Se voltar a
premir o botão MENU, o menu abre-se no estado que tinha antes
que seja fechado.
O estado do cursor (ativo ou inativo) muda as opções de menu.
Caixas de diálogo
Se necessário, os teclados numéricos e alfanuméricos são
apresentados automaticamente para introduzir as informações de
utilizador nas caixas de diálogo.
Para fechar uma caixa de diálogo, guarde ou cancele a entrada.
24
Funcionamento básico | GO XSE Manual do operador
Uma caixa de diálogo também pode ser fechada selecionando o X
no canto superior direito da caixa de diálogo.
Selecionar páginas e painéis
Selecionar uma página
• Selecione um painel de página inteira com o botão de aplicação
relevante na página inicial
• Selecione uma página favorita selecionando o respetivo botão
de favorita
• Selecione um painel dividido predefinido premindo e mantendo
premido o respetivo ícone de aplicação
Selecionar painel ativo
Numa página com vários painéis, só pode estar ativo um painel de
cada vez. O painel ativo é realçado com um contorno.
Só pode aceder ao menu de página de um painel ativo.
Para ativá-lo, basta tocar-lhe.
Apresentar o painel Favoritas como um
pop-up numa página
Pode ver o painel Favorites (Favoritas) como pop-up em qualquer
página se premir continuamente a tecla Home.
Selecione uma página de favorita no pop-up para visualizá-la. O
painel muda para a favorita selecionada após 3 segundos.
Criar um waypoint Homem ao Mar
Se ocorrer uma situação de emergência, pode criar um waypoint
Homem ao Mar (MOB) na posição atual da embarcação
selecionando o botão MOB na página inicial.
Quando ativa a função MOB, as seguintes ações são executadas
automaticamente:
• um waypoint MOB é criado na posição da embarcação
• o ecrã muda para um painel da carta ampliado, centrado na
posição da embarcação
• o sistema apresenta informações de navegação para o waypoint
MOB
Se premir várias vezes os botões MOB, são guardados vários
waypoints MOB. A embarcação continua a mostrar informações de
Funcionamento básico | GO XSE Manual do operador
25
navegação para o waypoint MOB inicial. A navegação para os
waypoints MOB subsequentes tem de ser efetuada manualmente.
Eliminar um waypoint MOB
1. Selecione o waypoint MOB para ativá-lo
2. Selecione o pop-up do waypoint MOB para apresentar a caixa
de diálogo do waypoint MOB
3. Selecione a opção de eliminação na caixa de diálogo.
Um waypoint MOB também pode ser eliminado a partir do menu
quando é ativado.
Captura de ecrã
Tem de ativar a opção Screen capture (Captura de ecrã) na caixa de
diálogo System Settings (Definições do sistema) para poder captar
uma imagem num ecrã tátil. Quando a função está ativada, pode
captar uma imagem num ecrã tátil selecionando duas vezes a barra
de título de uma caixa de diálogo aberta, ou selecionando duas
vezes a barra de estado se nenhuma caixa de diálogo estiver aberta.
Para ver ficheiros, consulte "Ficheiros" na página 200.
26
Funcionamento básico | GO XSE Manual do operador
3
Personalizar o sistema
Personalizar a imagem de fundo da página
inicial
A imagem de fundo da página inicial pode ser personalizada. Pode
selecionar uma das imagens incluídas no sistema, ou pode utilizar a
sua própria imagem no formato .jpg ou .png.
As imagens podem estar disponíveis em qualquer local que possa
ser acedido no browser de ficheiros. Quando uma imagem é
escolhida como imagem de fundo, é copiada automaticamente
para a pasta Wallpaper (Imagem de fundo).
Ajustar o tamanho do painel
Pode alterar o tamanho do painel para uma página dividida ativa. O
tamanho do painel pode ser ajustado tanto para as páginas
favoritas como para as páginas divididas predefinidas.
1. Ative a caixa de diálogo System Controls (Controlos do
sistema)
2. Selecione a opção de ajuste da divisão na caixa de diálogo
3. Ajuste o tamanho do painel arrastando o ícone de ajuste
Personalizar o sistema | GO XSE Manual do operador
27
4. Confirme as alterações tocando num dos painéis ou
selecionando a opção de guardar no menu.
As alterações são guardadas na página favorita ativa ou dividida.
Personalizar a função de pressão longa
Utilize a caixa de diálogo Advanced settings (Definições
avançadas) para especificar se a pressão longa no painel abre o
menu ou apresenta a função de auxílio do cursor no painel.
Proteção por palavra-passe
Pode definir um código PIN para impedir o acesso não autorizado às
suas definições do sistema.
Nota: Se utilizar esta funcionalidade, recomendamos que registe o
código PIN (palavra-passe) e que o guarde num local seguro.
Quando estabelecer proteção por palavra-passe, o código PIN tem
de ser introduzido quando uma das seguintes opções são
selecionadas. Depois de introduzir o código PIN correto, todas
28
Personalizar o sistema | GO XSE Manual do operador
podem ser acedidas sem que seja necessário introduzir o código
PIN.
• Settings (Definições), ativada a partir do painel Tools
(Ferramentas) ou da caixa de diálogo System Controls (Controlos
do sistema)
• Alarms (Alarmes), ativada a partir do painel Tools (Ferramentas)
• Files (Ficheiros), ativada a partir do painel Tools (Ferramentas)
• GoFree Shop (Loja GoFree), ativada a partir do painel Tools
(Ferramentas)
• Settings (Definições), ativada a partir do menu Chart (Carta) em
Chart Options (Opções da carta)
Pode definir e remover a proteção por palavra-passe a partir da
caixa de diálogo System Settings (Definições do sistema).
Adicionar novas páginas favoritas
1. Selecione o ícone New (Nova) no painel de favoritos na página
inicial para abrir a caixa de diálogo do editor de páginas
2. Arraste e largue ícones de páginas para configurar uma nova
página
Ú Nota: as páginas de favoritos da unidade de 5" podem ter, no
máximo ,2 aplicações.
3. Altere a disposição do painel (disponível apenas para 2 ou 3
painéis), se necessário
4. Guarde o esquema de página.
O sistema mostra a nova página favorita e a nova página é incluída
na lista de páginas favoritas na página inicial.
Personalizar o sistema | GO XSE Manual do operador
29
Editar as páginas favoritas
1. Selecione o ícone de edição no painel Favorite (Favoritas):
- Selecione o ícone X num ícone de favorita para remover a
página
- Selecione o ícone de ferramenta num ícone de favorita para
aceder à caixa de diálogo do editor de páginas
2. Adicionar ou remover painéis na caixa de diálogo do editor de
páginas
3. Guarde ou elimine as suas alterações para sair do modo de
edição de favoritas.
Definir o aspeto da Barra de instrumentos
As fontes de dados ligadas ao sistema podem ser visualizadas na
Barra de instrumentos.
Pode configurar a Barra de instrumentos para apresentar uma ou
duas barras. Se especificar para apresentar duas barras, pode definir
para alternar entre as barras automaticamente. Pode especificar as
informações apresentadas nas barras de instrumentos.
Pode desligar a Barra de instrumentos na caixa de diálogo System
controls (Controlos do sistema).
Ú Nota: esta ação apenas desliga a Barra de instrumentos da
página atual.
30
Personalizar o sistema | GO XSE Manual do operador
Ativar/desativar a barra de instrumentos
1. Ative a caixa de diálogo System controls (Controlos do
sistema)
2. Desative/ative o ícone da barra de instrumentos para ativar e
desativar a barra.
Selecionar uma barra de atividade predefinida
1. Selecione a Barra de instrumentos para ativá-la
2. Selecione o botão MENU para abrir o menu
3. Selecione Bar 1 (Barra 1) ou Bar 2 (Barra 2) e, em seguida, uma
barra de atividade predefinida.
Os indicadores predefinidos são apresentados na barra de
instrumentos. Pode alterar um indicador na Barra de instrumentos
de atividade; consulte Editar o conteúdo da barra de instrumentos
abaixo.
Editar o conteúdo da barra de instrumentos
1. Selecione a Barra de instrumentos para ativá-la
2. Selecione o botão MENU para abrir o menu
3. Selecione Edit (Editar) para alterar um indicador de
instrumento, seguido do indicador que pretende alterar
4. Selecione o conteúdo que pretende ver a partir da caixa de
diálogo Choose Data (Escolher dados)
5. Selecione Menu e, em seguida, Finish editing (Concluir a
edição) para guardar as suas alterações.
Indicador de poupança de combustível
Pode ver um indicador de poupança de combustível na barra de
instrumentos das páginas de aplicação (Carta, Radar, Eco,
Navegação, etc.). Selecione a barra de atividade de combustível
predefinida ou altere uma fonte de medição para Fuel Economy
(Poupança de combustível). Para alterar uma fonte de medidor,
consulte "Definir o aspeto da barra de instrumentos" na página 30.
Personalizar o sistema | GO XSE Manual do operador
31
1
Leitura digital da poupança atual
2
Unidades de medida de poupança de combustível
3
100% de eficiência, que correspondem ao "consumo
nominal"
4
120% de eficiência
5
Poupança de combustível média
6
Poupança instantânea
7
Nível atual de combustível
O indicador de poupança de combustível apresenta a eficiência
instantânea por oposição à eficiência de combustível média
histórica. O início da zona verde representa a "Poupança de
combustível nominal" e apresenta uma área adicional de 20% para
permitir que a eficiência de combustível seja apresentada acima da
poupança nominal de combustível.
Quanto mais eficiente for a sua poupança de combustível, mais o
botão azul exterior ocupa a parte verde da escala. Se conseguir a
eficiência nominal da sua embarcação, ficará na zona verde. Se
conseguir atingir uma eficiência superior à eficiência nominal, ficará
algures na zona verde superior.
A poupança nominal de combustível pode ser introduzida na caixa
de diálogo Vessel Setup (Configurar embarcação) apresentada na
caixa de diálogo Fuel Settings (Definições do combustível).
32
Personalizar o sistema | GO XSE Manual do operador
Pode repor a poupança média de combustível através do botão
Reset Fuel Economy (Repor poupança de combustível) na caixa de
diálogo Fuel Settings (Definições do combustível). Quando fizer a
reposição, o sistema inicia o cálculo de uma nova média.
Defina as unidades de medida do medidor de poupança de
combustível no campo Economy (Poupança) na caixa de diálogo
Unit settings (Definições de unidades).
Personalizar o sistema | GO XSE Manual do operador
33
4
34
Cartas
A função de carta apresenta a posição da sua embarcação em
relação a terra e outros objetos na carta. No painel da carta, pode
planear e navegar em rotas, colocar waypoints e apresentar alvos
AIS.
Painel da carta
1
Waypoint*
2
Embarcação com linha de extensão (a linha de extensão é
opcional)
3
Rota*
4
Indicador de Norte
5
Linhas de grelha*
6
Anéis de alcance*
7
Trajeto*
8
Escala de alcance da carta
9
Intervalo dos anéis de alcance (só é apresentado se os anéis
de alcance estiverem ativados)
Cartas | GO XSE Manual do operador
*Itens de carta opcionais. Pode ativar/desativar os itens de carta
opcionais individualmente na caixa de diálogo Chart settings
(Definições de cartas).
Dados da carta
O sistema é fornecido com uma cartografia integrada que depende
da região.
Todas as unidades suportam cartas Insight da Navico, incluindo a
Insight Genesis. O sistema suporta cartas da Navionics e da C-MAP,
assim como o conteúdo criado por vários fornecedores de
mapeamento no formato AT5. Para obter uma seleção completa
das cartas disponíveis, visite www.gofreeshop.com, www.cmap.com ou www.navionics.com.
Ú Nota: neste manual, estão descritas todas as possíveis opções
do menu de cartas. Estas opções variam consoante a carta que
utilizar.
Ú Nota: se o cartão de cartas for removido, o sistema não muda
automaticamente para cartografia integrada. Uma carta de
baixa resolução é apresentada até que volte a inserir o cartão
ou mude manualmente para a cartografia integrada.
Mostrar dois tipos de carta
Se tiver vários tipos de cartas disponíveis – integrados ou na ranhura
para cartões – pode apresentar dois tipos de carta diferentes em
simultâneo numa página com dois painéis de carta.
Pode selecionar um painel de carta duplo premindo e mantendo
premido o botão da aplicação Chart (Carta) na página inicial, ou
criando uma página favorita com dois painéis de carta.
Cartas | GO XSE Manual do operador
35
Selecionar tipo de carta
Pode especificar o tipo de carta no painel Chart (Carta)
selecionando um dos tipos de carta disponíveis na opção de menu
da fonte da carta.
Se tiver um painel com vários painéis de carta, o tipo de carta é
definido individualmente para cada painel de carta. Ative um dos
painéis de carta e, em seguida, selecione um dos tipos de carta
disponíveis na opção de menu Chart source (Fonte de carta). Repita
o processo para o segundo painel de carta e selecione um tipo de
carta alternativo para este painel.
Se tiver cartas idênticas disponíveis – integradas ou na ranhura para
cartões – o sistema seleciona automaticamente a carta com o maior
número de detalhes de carta para a região apresentada.
Símbolo da embarcação
Quando o sistema tem uma posição de GPS válida, o símbolo de
embarcação indica a respetiva posição. Se não houver uma posição
de GPS disponível, o símbolo de embarcação inclui um ponto de
interrogação.
Escala da carta
Pode ampliar ou reduzir o tamanho na carta utilizando os ícones do
painel de zoom ou utilizando os dedos a afastar (reduzir) e
aproximar (aumentar).
A escala de alcance da carta e o intervalo dos círculos de alcance
(quando estão ativados) são apresentados no canto inferior direito
do painel da carta.
Deslocar a carta
Pode deslocar a carta em qualquer direção, arrastando o dedo no
ecrã.
Selecione a opção de menu Clear cursor (Apagar cursor) para
remover o cursor e a janela do cursor do painel. Isto também centra
a carta na posição da embarcação.
36
Cartas | GO XSE Manual do operador
Posicionar a embarcação no painel da carta
Orientação da carta
Estão disponíveis várias opções para saber como rodar a carta no
painel. O símbolo de orientação da carta no canto superior direito
do painel indica a direção norte.
Norte para cima
Rumo para cima
Rota para cima
Norte para cima
Apresenta a carta com o norte para cima.
Rumo para cima
Apresenta a carta com o rumo da embarcação direcionado para
cima. As informações de rumo são recebidas através de uma
bússola. Se o rumo não estiver disponível, é utilizado o COG a partir
do GPS.
Rota para cima
Apresenta a carta em que a embarcação está DE FACTO a navegar
para cima, o que, em alguns casos não é a direção para a qual a
embarcação está virada.
Visão para a frente
Aproxima o ícone da embarcação da parte inferior do ecrã, para que
possa maximizar a visão para a frente.
Apresentar informações sobre itens da
carta
Quando seleciona um item da carta, um waypoint, uma rota ou um
alvo, as informações básicas do item selecionado são apresentadas.
Selecione o pop-up do item da carta para apresentar todas as
informações disponíveis sobre esse item. Também pode ativar a
caixa de diálogo de informações detalhadas a partir do menu.
Ú Nota: Se estiver a visualizar cartas C-MAP aplicáveis no seu
sistema, pode selecionar objetos marinhos para visualizar
Cartas | GO XSE Manual do operador
37
informações sobre os serviços e multimédia (fotografias)
disponíveis associados ao local ou objeto.
Ú Nota: As informações do pop-up têm de ser ativadas nas
definições da carta para visualizar informações básicas sobre
itens.
Utilizar o cursor no painel da carta
Por predefinição, o cursor não é apresentado no painel da carta.
Quando ativa o cursor, a janela de posição do cursor é apresentada.
Quando o cursor está ativo, a carta não se desloca nem roda para
seguir a embarcação.
Selecione a opção de menu Clear cursor (Apagar cursor) para
remover o cursor e a janela do cursor do painel. Isto também centra
a carta na posição da embarcação.
Selecione a opção de menu Restore cursor (Repor cursor) para
apresentar o cursor na localização anterior. As opções Clear cursor
(Apagar cursor) e Restore cursor (Repor cursor) são
funcionalidades úteis para alternar entre a localização atual da
embarcação e a posição do cursor.
Ir para o cursor
Pode navegar para uma posição selecionada na imagem se
posicionar o cursor no painel e, em seguida, utilizar a opção Goto
Cursor (Ir para o cursor) no menu.
38
Cartas | GO XSE Manual do operador
Função de auxílio do cursor
A função de auxílio do cursor permite ajustar e colocar de maneira
precisa o cursor sem abranger os detalhes com o dedo.
Ative o cursor no painel e, em seguida, prima e mantenha o dedo
no ecrã para mudar o símbolo do cursor para um círculo de seleção,
que aparece acima do seu dedo.
Sem retirar o dedo do ecrã, arraste o círculo de seleção para a
posição pretendida.
Quando retira o dedo do ecrã, o cursor volta para o modo de
funcionamento normal do cursor.
Medir a distância
O cursor pode ser utilizado para medir a distância entre a
embarcação e uma posição selecionada, ou entre 2 pontos no
painel da carta.
1. Posicione o cursor no ponto a partir do qual pretende medir a
distância. Inicie a função de medição a partir do menu
- Os ícones de medição são apresentados com uma linha
desenhada entre o centro da embarcação e a posição do
cursor e a distância é listada na janela de informações do
cursor.
2. Pode repor os pontos de medição, arrastando o ícone, desde
que a função de medição esteja ativa
Ú Nota: A direção é sempre medida desde o ícone cinzento até
ao ícone azul.
Também pode iniciar a função de medição sem um cursor ativo.
Ambos os ícones de medição são localizados inicialmente na
posição da embarcação. O ícone cinzento segue a embarcação à
medida que a embarcação se desloca, enquanto o ícone azul
permanece na posição indicada quando ativou a função.
Para terminar a função de medição, selecione a opção de menu
Finish measuring (Concluir a medição).
Guardar waypoints
Pode guardar um waypoint num determinado local se posicionar o
cursor no painel e, em seguida, selecionar a opção de novo
waypoint no menu.
Cartas | GO XSE Manual do operador
39
Nos painéis Chart (Carta) e Nav (Navegação), pode guardar um
waypoint na posição da embarcação, quando o cursor não estiver
ativo, selecionando a opção de novo waypoint no menu.
Criar rotas
Pode criar rotas do seguinte modo no painel da carta.
1. Posicione o cursor no painel da carta
2. Selecione New (Nova), seguido de New route (Nova rota) no
menu
3. Toque no painel da carta para posicionar o primeiro ponto de
rota
4. Continue a posicionar os pontos de rota restantes
5. Guarde a rota selecionando a opção Save (Guardar) no menu.
Ú Nota: Para obter mais informações, consulte "Waypoints, rotas e
trajetos" na página 57.
Localizar objetos em painéis de cartas
Pode procurar outras embarcações ou vários itens de carta a partir
de um painel da carta.
Ative o cursor no painel para procurar a partir da posição do cursor.
Se o cursor não estiver ativo, o sistema procura itens a partir da
posição da embarcação.
40
Cartas | GO XSE Manual do operador
Ú Nota: Deve ter uma subscrição de pacote de dados SIRIUS para
procurar estações de abastecimento e um recetor AIS ligado
para pesquisar embarcações. O SIRIUS não está disponível nas
unidades de 5" e 7" .
Cartas 3D
A opção 3D fornece uma vista gráfica da terra e dos contornos do
mar.
Ú Nota: Todos os tipos de cartas funcionam no modo 3D, mas
sem a cartografia 3D para a área adequada, a carta parece
plana.
Quando a opção de carta 3D está selecionada, os ícones Pan
(Deslocar) e Rotate (Rodar) aparecem no painel da carta.
Deslocar a carta 3D
Pode mover a carta em qualquer direção, selecionando o ícone Pan
(Deslocar) e, em seguida, deslocando-o na direção pretendida.
Selecione a opção de menu Return to vessel (Voltar para a
embarcação) para parar o deslocamento e centrar a carta na
posição de embarcação.
Controlar o ângulo de visualização
Pode controlar o ângulo de visualização selecionando o ícone
Rotate (Rodar) e, em seguida, deslocando o painel da carta.
• Para alterar a direção que está a visualizar, desloque-o na
horizontal
• Para alterar o ângulo de inclinação da área de visualização,
desloque-o na vertical
Ú Nota: Quando estiver centrado na posição da embarcação, só
pode ajustar o ângulo de inclinação. A direção de visualização é
controlada pela definição de orientação da carta. Consulte
"Posicionar a embarcação no painel da carta" na página 36.
Fazer zoom numa carta 3D
Pode ampliar ou reduzir a imagem de uma carta 3D utilizando os
botões de zoom (+ ou -) ou o método tátil de aproximar ou afastar
os dedos.
Cartas | GO XSE Manual do operador
41
Sobreposição da carta
A estrutura, o SonarChart Live (apenas nas cartas da Navionics) e os
dados meteorológicos podem ser apresentados de maneira
sobreposta no seu painel da carta.
Ú Nota: o radar também pode ser apresentado como sobreposto
nos painéis de cartas nas unidades com radar. As funções do
radar estão descritas no capítulo "Radar" neste manual.
Quando uma sobreposição é selecionada, o menu da carta
expande-se para incluir funções de menu básicas para a
sobreposição selecionada.
As informações sobre dados sobrepostos estão descritas de maneira
mais detalhada em secções separadas neste manual.
Cartas Insight e C-MAP
Todas as opções de menu possíveis das cartas Insight e C-MAP
estão descritas abaixo. As características e opções de menu
disponíveis podem variar de acordo com as cartas que utiliza. Esta
secção apresenta os menus de uma carta Insight.
Ú Nota: uma opção de menu aparece esbatida se não estiver
disponível na carta apresentada. Por exemplo, as cartas raster
não dispõem de Insight, pelo que a opção de menu Raster
charts (Cartas raster) aparece esbatida quando as cartas Insight
são apresentadas.
Marés e correntes de Insight e de C-MAP
O sistema pode apresentar marés e correntes da Insight e da CMAP. Com esta informação, é possível prever o tempo, o nível, a
direção e a força de correntes e marés. Esta é uma ferramenta
importante quando considerar o planeamento e a navegação de
uma viagem.
Em grandes escalas de zoom, as marés e correntes são apresentadas
como um ícone quadrado, incluindo a letra T (Tides, marés) ou C
(Current, correntes). Quando seleciona um dos ícones,, as
informações sobre marés ou correntes desse local são apresentadas.
Os dados de corrente dinâmicos podem ser visualizados através da
função de zoom dentro de uma gama de alcance de 1 milha
náutica. Nessa gama, o ícone Current (Corrente) muda para um
42
Cartas | GO XSE Manual do operador
ícone dinâmico animado que mostra a velocidade e a direção da
corrente. Os ícones dinâmicos têm as cores preto (superior a 6 nós),
vermelho (superior a 2 nós e inferior ou igual a 6 nós), amarelo
(superior a 1 nó e inferior ou igual a 2 nós) ou verde (igual ou
inferior a 1 nó), dependendo da corrente nesse local.
Se não houver corrente (0 nós), será apresentado como um ícone
branco e quadrado.
Ícones de corrente e maré estáticos
Ícones de corrente dinâmicos
Opções de carta específicas de Insight e de C-MAP
As opções Orientation (Orientação), Look ahead (Visão para a
frente), 3D e Change Chart source (Alterar fonte da carta) (descritas
anteriormente nesta secção) são comuns a todos os tipos de cartas.
Apresentação
As cartas podem ser apresentadas em estilos de imagem diferentes.
Relevo sombreado
Cartas | GO XSE Manual do operador
Sem contornos
43
Imagens raster
Batimetria de alta resolução
Relevo sombreado
Sombreia o terreno do leito marinho.
Sem contornos
Remove as linhas de contorno da carta.
Cartas raster
Muda para uma visualização tipo carta em papel tradicional.
Transparência de imagens raster
Controla a transparência de imagens raster.
Batimetria de alta resolução
Ativa e desativa uma maior concentração de linhas de contorno.
Camada Genesis
A camada Genesis apresenta contornos de alta resolução
provenientes de utilizadores Genesis que tenham passado um
controlo de qualidade.
Esta opção liga/desliga a camada Genesis na imagem da carta.
Quando a camada Genesis está ligada, o batómetro de alta
resolução está desativado.
Disponível apenas se a carta C-MAP contiver dados da camada
Genesis.
44
Cartas | GO XSE Manual do operador
Opções de visualização de Insight e de C-MAP
Detalhe da carta
• Full (Total)
Todas as informações disponíveis da carta que está a ser utilizada.
• Medium (Médio)
Informações mínimas suficientes para a navegação.
• Low (Baixo)
Nível básico de informações que não pode ser removido e inclui
informações necessárias em todas as áreas geográficas. Não foi
concebido para ser suficiente para uma navegação segura.
Categorias de cartas Insight e C-MAP
As cartas Insight e C-MAP incluem várias categorias e subcategorias
que pode ativar/desativar individualmente, consoante a informação
que pretenda ver.
Sobreposição de fotografias
Photo overlay (Sobreposição de fotografias) permite-lhe ver
imagens de fotografias por satélite de uma área como uma
sobreposição na carta. A disponibilidade de tais fotografias está
limitada a determinadas regiões e a versões de cartografia.
Pode ver sobreposições de fotografias nos modos 2D ou 3D.
Sem sobreposição de
fotografias
Sobreposição de fotografias, Sobreposição de fotografias
apenas terra
completas
Transparência de fotografia
A Photo transparency (Transparência de fotografia) define a
opacidade da sobreposição de fotografias. Com as definições de
transparência mínimas, os detalhes da carta são quase escondidos
pela fotografia.
Cartas | GO XSE Manual do operador
45
Transparência mínima
Transparência em 80
Paleta de profundidade
Controla a palete de profundidade utilizada na carta.
Carta em papel
Altera o aspeto da carta para um estilo semelhante a uma carta em
papel.
Profundidade de segurança
As cartas Insight e C-MAP recorrem a diferentes tons de azul para
fazer a distinção entre águas rasas (sombras mais claras) e profundas
(tons mais escuros). Depois de ativar a profundidade de segurança,
especifique o limite de profundidade de segurança pretendido. A
profundidade de segurança define o limite ao qual as
profundidades são traçadas sem sombreado azul.
Filtro de profundidade
Filtra os valores de profundidade mais rasa do que o limite do filtro
de profundidade selecionado.
Sombreado
Sombreia áreas diferentes do leito marinho, dependendo da
categoria de sombreado selecionada.
Ú Nota: os sombreados Composition (Composição) e Vegetation
(Vegetação) não se aplicam às cartas C-MAP.
46
Cartas | GO XSE Manual do operador
Profundidade 1 e Profundidade 2
Predefinições de profundidade que colocam profundidades
diferentes em cores diferentes.
Personalizado
Pode ajustar o limiar de profundidade, a cor e a opacidade
(transparência) de sombreado de cor para Depth 1 (Profundidade 1)
e Depth 2 (Profundidade 2).
Exagero 3D
As definições gráficas estão disponíveis apenas no modo 3D. O
exagero é um multiplicador aplicado à altura traçada de colinas em
terra e depressões em água para parecerem mais altos ou mais
profundos.
Ú Nota: esta opção aparece esbatida se os dados não estiverem
disponíveis no cartão de cartas inserido.
Cartas da Navionics
Algumas funcionalidades da Navionics requerem dados mais atuais
da Navionics. Para essas funcionalidades, é apresentada uma
mensagem a indicar que a funcionalidade não está disponível se
não tiver cartas da Navionics adequadas ou um cartão de cartas
inserido. Para obter mais informações sobre o que é necessário para
estas funcionalidades, consulte www.navionics.com.
Cartas | GO XSE Manual do operador
47
Pode obter também uma mensagem se tentar utilizar uma
funcionalidade restrita quando o cartão da carta Navionics não está
ativado. Para ativar o cartão, contacte a Navionics.
Opções específicas das cartas Navionics
As opções Orientation (Orientação), Look ahead (Visão para a
frente), 3D e Change Chart source (Alterar fonte da carta) (descritas
anteriormente nesta secção) são comuns a todos os tipos de cartas.
Edições da comunidade
Ativa a camada de carta com as edições da Navionics. São edições
ou informações de utilizador carregadas para a Comunidade da
Navionics pelos utilizadores e disponibilizadas em cartas da
Navionics.
Para obter mais informações, consulte as informações da Navionics
incluídas na carta ou o website da Navionics: www.navionics.com.
SonarChart Live
O SonarChart Live é uma funcionalidade em tempo real onde o
dispositivo cria uma sobreposição de contornos de profundidade
com base no meio circundante do seu radar.
No menu da carta da Navionics, selecione Overlay (Sobreposição) e
depois SonarChart Live para que seja apresentado como uma
sobreposição na carta.
Quando seleciona a sobreposição do SonarChart Live, o menu
expande-se para apresentar as opções do SonarChart Live. Utilize as
opções para definir a transparência e a profundidade mínima.
Transparência
A sobreposição do SonarChart Live é desenhada por cima dos
outros dados da carta. Os dados da carta ficam completamente
cobertos com uma transparência mínima. Ajuste a transparência
para permitir que os detalhes da carta possam ser vistos.
Profundidade mínima
Ajusta o que o SonarChart Live trata como profundidade de
segurança. Isto afeta as cores da área do SonarChart Live. À medida
que a embarcação se aproxima da profundidade de segurança, a
área do SonarChart Live muda gradualmente de um cinzento/
branco simples para vermelho.
48
Cartas | GO XSE Manual do operador
Histórico SCL
Ú Nota: Se não houver nenhuma subscrição ativa de carta
Navionics, a opção de menu SonarChart Live muda para
Histórico SCL.
Selecione para apresentar os dados anteriormente gravados na
sobreposição de cartas.
Opções da vista Navionics
Sombreamento da carta
O sombreamento adiciona informações do terreno ao gráfico.
Ícones dinâmicos de corrente e maré da Navionics
Mostra as marés e correntes com um indicador e uma seta em vez
dos ícones de diamante utilizados para informações estáticas sobre
marés e correntes.
Os dados disponíveis sobre marés e correntes em cartas da
Navionics estão relacionados com uma data e hora específicas. O
sistema anima as setas e/ou medidores para mostrar a evolução das
marés e correntes ao longo do tempo.
Informações dinâmicas sobre marés
Informações dinâmicas sobre correntes
Os seguintes ícones e códigos são utilizados:
Cartas | GO XSE Manual do operador
49
Velocidade atual
O comprimento das setas depende da taxa e o
símbolo é rodado em conformidade com a direção
do caudal. O caudal é apresentado no interior do
símbolo de seta. O símbolo vermelho é utilizado
quando a velocidade da corrente aumenta e o
símbolo azul é utilizado quando a velocidade da
corrente diminui.
Altura da maré
O medidor tem 8 etiquetas e está definido de acordo
com o valor máx./mín. absoluto do dia avaliado. A
seta vermelha é utilizada quando a maré está a subir
e a seta azul é utilizada quando maré começa a
vazar.
Ú Nota: Todos os valores numéricos são apresentados nas
respetivas unidades do sistema (unidade de medida) definidas
pelo utilizador.
Visualização fácil
Funcionalidade de ampliação que aumenta o tamanho dos itens e
texto das cartas.
Ú Nota: não há qualquer indicação na carta que mostre que esta
funcionalidade está ativa.
Sobreposição de fotografias
Photo overlay (Sobreposição de fotografias) permite-lhe ver
imagens de fotografias por satélite de uma área como uma
sobreposição na carta. A disponibilidade de tais fotografias está
limitada a determinadas regiões e a versões de cartografia.
Pode ver sobreposições de fotografias nos modos 2D ou 3D.
Sem sobreposição de
fotografias
50
Sobreposição de fotografias, Sobreposição de fotografias
apenas terra
completas
Cartas | GO XSE Manual do operador
Transparência de fotografia
A Photo transparency (Transparência de fotografia) define a
opacidade da sobreposição de fotografias. Com as definições de
transparência mínimas, os detalhes da carta são quase escondidos
pela fotografia.
Transparência mínima
Máxima transparência
SonarChart
O sistema é compatível com a função Navionics SonarChart.
A SonarChart apresenta um mapa de batimetria com detalhes com
contornos em alta resolução e dados de navegação padrão. Para
obter mais informações, consulte www.navionics.com.
Densidade SC
Controla a densidade dos contornos do SonarChart e do SonarChart
Live.
Intervalo de pesca
Selecione um intervalo de profundidades entre os quais a Navionics
preenche com uma cor diferente.
Isto permite-lhe realçar um intervalo específico de profundidades
para efeitos de pesca. O intervalo é tão preciso como os dados de
carta subjacentes, o que significa que, se a carta tiver apenas
intervalos de 5 metros para linhas de contorno, o sombreado é
arredondado para a linha de contorno mais próxima disponível.
Cartas | GO XSE Manual do operador
51
Sem intervalo de realce de profundidade
Intervalo de realce de profundidade: 6 m 12 m
Realçar águas rasas
Realça as áreas de águas rasas.
Isto permite-lhe realçar áreas de água entre 0 e a profundidade
selecionada (até 10 metros/30 pés).
Sem águas rasas realçadas
52
Cartas | GO XSE Manual do operador
Realce das águas rasas: 0 m - 3 m
Definições de cartas da Navionics
Áreas do leito do mar coloridas
Utilizado para apresentar diferentes áreas de profundidade em tons
de azul diferentes.
Anotação
Determina que informações da área, como, por exemplo, os nomes
dos locais e notas de áreas, estão disponíveis no visor.
Tipo de apresentação
Fornece informações sobre cartas marinhas, como símbolos, cores
da carta de navegação e legenda dos tipos de apresentação
Internacional ou U.S. .
Detalhes da carta
Fornece-lhe diferentes níveis de informações de camadas
geográficas.
Profundidade de segurança
As cartas Navionics recorrem a diferentes tons de azul para fazer a
distinção entre águas rasas e profundas.
A profundidade de segurança, tendo em conta um determinado
limite, é traçada sem sombreado azul.
Ú Nota: a base de dados da Navionics incorporada inclui dados
até 20 m; após esse valor tudo é branco.
Contornos de profundidade
Determina que contornos estão disponíveis na carta para o valor de
profundidade de segurança selecionada.
Nível do filtro de rochas
Oculta a identificação de rochas na carta abaixo de uma
determinada profundidade.
Isto ajuda-o a simplificar cartas em áreas onde existam muitas
rochas localizadas a profundidades muito abaixo do calado da
embarcação .
Cartas | GO XSE Manual do operador
53
Definições da carta
As definições e opções de visualização especificadas na página
Chart settings (Definições da carta) são comuns a todos os painéis
de carta.
Seleção da embarcação 3D
Determina que ícone é utilizado em cartas 3D.
Definições do barco
As definições do barco são utilizadas para calcular uma rota
automática. O calado, a largura e a altura da embarcação devem ser
introduzidos para utilizar as funções de rota automática e rota fácil
de cais para cais.
Ú Nota: Dock-to-doc Autorouting (Rota automática de cais para
cais) não está disponível nas unidades utilizadas em águas
territoriais dos E.U.A.
Círculos de alcance
Os círculos de alcance podem ser utilizados para apresentar a
distância entre a sua embarcação e outros objetos na carta.
A escala de alcance é definida automaticamente pelo sistema de
acordo com a escala da carta.
54
Cartas | GO XSE Manual do operador
Linhas de extensão
A: Rumo
B: Rota sobre o solo (COG, Course Over Ground)
Os comprimentos das linhas de extensão são definidos como uma
distância fixa ou para indicar a distância que a embarcação vai
percorrer no período de tempo selecionado. Se nenhuma opção
estiver ativada para a embarcação, não serão apresentadas linhas de
extensão para a sua embarcação.
O rumo da embarcação baseia-se nas informações do sensor de
rumo ativo e o COG baseia-se nas informações do sensor GPS ativo.
ForwardScan
Se tiver o ForwardScan e esta opção estiver selecionada, a extensão
do rumo do ForwardScan é apresentada na carta. Consulte "Extensão
do rumo" na página 149.
Correção da maré do SonarChart Live
Quando é selecionada, a função de correção da maré utiliza as
informações das estações de observação das marés próximas (se
disponíveis) para ajustar os valores da profundidade utilizados pelo
SonarChart Live quando o sonar é gravado.
Cartas | GO XSE Manual do operador
55
Sincronizar cartas 2D/3D
Associa a posição apresentada numa carta à posição apresentada
na outra carta quando uma carta 2D e uma carta 3D são
apresentadas lado a lado.
Informações em pop-up
Seleciona se as informações básicas para itens da carta são
apresentadas quando seleciona o item.
Linhas de grelha
Liga/desliga a visualização das linhas de grelha de longitude e
latitude na carta.
Waypoints, rotas, trajetos
Ativa/desativa a apresentação destes itens nos painéis das cartas.
Abre também as caixas de diálogo dos waypoints, rotas e trajetos
que pode utilizar para geri-los.
56
Cartas | GO XSE Manual do operador
5
Waypoints, rotas e trajetos
Waypoints
Um waypoint é uma marca criada pelo utilizador numa carta ou na
imagem do sonar. Cada waypoint tem uma posição exata com
coordenadas de latitude e longitude. Um waypoint posicionado na
imagem do sonar tem um valor de profundidade além das
informações de posição. Um waypoint é utilizado para marcar uma
posição à qual poderá regressar mais tarde. Pode também combinar
dois ou mais waypoints para criar uma rota.
Guardar waypoints
Pode guardar um waypoint num determinado local se posicionar o
cursor no painel e, em seguida, selecionar a opção de novo
waypoint no menu.
Nos painéis Chart (Carta) e Nav (Navegação), pode guardar um
waypoint na posição da embarcação, quando o cursor não estiver
ativo, selecionando a opção de novo waypoint no menu.
Mover um waypoint
1. Selecione o waypoint que pretende mover. O ícone de
waypoint expande-se para indicar que está ativo.
2. Ative o menu e selecione o waypoint no menu
3. Selecione a opção de mover
4. Selecione a nova posição do waypoint
5. Selecione Finish (Concluir) no menu.
O waypoint é guardado automaticamente na nova posição.
Waypoints, rotas e trajetos | GO XSE Manual do operador
57
Editar um waypoint
Pode editar todas as informações sobre um waypoint a partir da
caixa de diálogo Edit Waypoint (Editar waypoint).
Esta caixa de diálogo é ativada se selecionar o pop-up do waypoint,
ou a partir do menu quando o waypoint está ativado.
A caixa de diálogo também pode ser acedida a partir da ferramenta
Waypoints na página inicial.
Eliminar um waypoint
Pode eliminar um waypoint a partir da caixa de diálogo Edit
Waypoint (Editar waypoint) ou selecionando a opção de menu
Delete (Eliminar) se o waypoint estiver ativado.
Também pode eliminar waypoints a partir da ferramenta
Waypoints na página inicial.
Pode eliminar waypoints MOB do mesmo modo.
Definições de alarme de waypoints
Pode definir um raio de alarme para cada waypoint individual que
criar. O alarme é definido na caixa de diálogo Edit Waypoint (Editar
waypoint).
Ú Nota: o alarme do raio do waypoint deve ser ativado na caixa
de diálogo de alarme para que seja acionado um alarme
quando a embarcação entrar no raio definido. Para obter mais
informações, consulte "Caixa de diálogo Alarmes" na página 197.
58
Waypoints, rotas e trajetos | GO XSE Manual do operador
Rotas
Uma rota é composta por uma série de pontos de rota introduzidos
pela ordem em que pretende passar por eles.
Quando seleciona uma rota no painel da carta, esta muda para
verde e o nome da rota é apresentado.
O sistema inclui o suporte de Navionics Autorouting (Rota
automática da Navionics) e C-MAP Easy Routing (Rota fácil de CMAP). Esta funcionalidade sugere automaticamente pontos de rota
entre o primeiro e o último ponto de rota de uma rota ou entre
pontos de rota selecionados numa rota complexa. Pode utilizar a
funcionalidade quando cria uma nova rota, ou pode utilizá-la para
editar rotas já guardadas.
Criar uma nova rota no painel da carta
1.
2.
3.
4.
Ative o cursor no painel da carta
Selecione a opção de nova rota no menu
Posicione o primeiro waypoint no painel da carta
Continue a posicionar novos pontos de rota no painel da carta
até a rota ser concluída
5. Selecione a opção Save (Guardar) no menu para guardar a rota.
Editar uma rota a partir do painel da carta
1. Selecione a rota para ativá-la
2. Selecione a opção de edição de rotas no menu
3. Posicione o novo ponto de rota no painel da carta:
- Se definir o novo ponto de rota numa pernada, um novo
ponto é adicionado entre pontos de rota existentes
- Se definir o novo ponto de rota fora da rota, o novo ponto de
rota é adicionado a partir do último ponto na rota
4. Arraste um ponto de rota para movê-lo para uma nova posição
5. Guarde a rota selecionando a opção de guardar no menu.
Ú Nota: o menu é alterado consoante a opção de edição
selecionada. Todas as edições são confirmadas ou canceladas a
partir do menu.
Waypoints, rotas e trajetos | GO XSE Manual do operador
59
Eliminar uma rota
Pode eliminar uma rota, selecionando a opção de menu Delete
(Eliminar) quando a rota estiver ativada. Também pode eliminar
rotas a partir da ferramenta Routes (Rotas) na página inicial.
Rota automática e rota fácil de cais para cais
A rota automática e a rota fácil de cais para cais sugerem novas
posições de ponto de rota com base nas informações da carta e no
tamanho da embarcação. Antes de poder começar a utilizar esta
funcionalidade, é necessário introduzir o calado, a largura e a altura
da embarcação no sistema. A caixa de diálogo de definições do
barco é apresentada automaticamente se houver informações em
falta quando inicia a funcionalidade.
Ú Nota: As unidades concebidas para venda na região dos E.U.A.
não têm funcionalidades de rota automática. As
funcionalidades de rota automática estão desativadas em todas
as unidades que não são dos E.U.A. quando estas são utilizadas
nos E.U.A. dos E.U.A.
Ú Nota: Não é possível iniciar as funcionalidades de rota
automática ou rota fácil de cais para cais se um dos pontos de
rota selecionados estiver numa área perigosa. Uma mensagem
de aviso é apresentada e tem de mover o(s) respetivo(s)
ponto(s) de rota para uma área segura para avançar.
Ú Nota: Se não estiver disponível uma cartografia compatível, a
opção de menu Rota automática ou rota fácil de cais para cais
não está disponível. A cartografia compatível inclui C-MAP
MAX-N+, Navionics+ e Navionics Platinum. Para uma vasta
seleção de cartas disponíveis, visite www.gofreemarine.com,
www.c-map.com ou www.navionics.com.
1. Posicione pelo menos dois pontos de rota numa nova rota, ou
abra uma rota existente para edição.
2. Selecione Dock-to-dock Autorouting (Rota automática de
cais para cais), seguido de:
- Entire Route (Rota completa) se quiser que o sistema
adicione novos pontos de rota entre o primeiro e o último
ponto de rota da rota aberta.
- Selection (Seleção) se pretender selecionar manualmente os
pontos de rota que definem os limites para a rota automática,
60
Waypoints, rotas e trajetos | GO XSE Manual do operador
3.
4.
5.
6.
7.
selecione os respetivos pontos de rota. Os pontos de rota
selecionados aparecem a vermelho. Só podem ser
selecionados dois pontos de rota e o sistema rejeitar
quaisquer pontos de rota entre os pontos de início e de fim
selecionados.
Selecione Accept (Aceitar) para iniciar a rota automática.
- Quando a rota automática for concluída, a rota aparece no
modo de pré-visualização e as pernadas aparecem com
códigos de cores para indicar áreas seguras e perigosas. A
Navionics utiliza vermelho (perigosa) e verde (segura),
enquanto a C-MAP utiliza vermelho (perigosa), amarelo
(perigosa) e verde (segura).
Se necessário, desloque os pontos de rota se a rota estiver no
modo de pré-visualização.
Selecione Keep (Manter) para aceitar as posições dos pontos de
rota.
Eventualmente, repita o passo 2 (Selection (Seleção) e o passo
3 se quiser que o sistema posicione automaticamente os pontos
de rota de outras partes da rota.
Selecione Save (Guardar) para concluir a rota automática e
guardar a rota.
Exemplos de rota automática e rota fácil de cais para cais
• A opção Rota completa é utilizada quando o primeiro e o
último ponto de rota são selecionados.
Primeiro e último ponto de rota
Resultado após a rota automática
• A opção Seleção é utilizada para a parte de rota automática de
uma rota.
Waypoints, rotas e trajetos | GO XSE Manual do operador
61
Dois pontos de rota selecionados
Resultado após a rota automática
Criar rotas utilizando waypoints existentes
Pode criar uma nova rota combinando waypoints existentes a partir
da caixa de diálogo Routes (Rotas). A caixa de diálogo é utilizada
através da ferramenta Routes (Rotas) na página inicial.
Converter trajetos em rotas
Pode converter um trajeto numa rota a partir da caixa de diálogo
Edit Track (Editar trajeto). A caixa de diálogo é ativada se selecionar
o trajeto e, em seguida, ao pop-up do trajeto ou se selecionar as
opção de Track a partir do menu.
A caixa de diálogo Edit Tracks (Editar trajetos) também pode ser
acedida se selecionar a ferramenta Tracks (Trajetos) na página
inicial.
62
Waypoints, rotas e trajetos | GO XSE Manual do operador
Caixa de diálogo Editar rota
Pode adicionar e remover pontos de rota a partir da caixa de
diálogo Edit Route (Editar rota). Para ativa esta caixa de diálogo,
selecione o pop-up de uma rota ativa ou a partir do menu.
A caixa de diálogo também pode ser acedida através da ferramenta
Routes (Rotas) na página inicial.
Tracks
Os trajetos são representações gráficas dos percursos efetuados
pela embarcação, permitindo-lhe relembrar o que viajou. Os trajetos
podem ser convertidos em rotas na caixa de diálogo Edit (Editar).
De fábrica, o sistema está definido para localizar automaticamente e
desenhar o movimento da embarcação no painel da carta. O
sistema continua a gravar os percursos até que o comprimento
Waypoints, rotas e trajetos | GO XSE Manual do operador
63
atinja o máximo de pontos e, em seguida, inicia automaticamente a
substituição dos pontos mais antigos.
A função de seguimento automático pode ser desligada a partir da
caixa de diálogo Tracks .
Criar novos trajetos
Pode iniciar um novo trajeto a partir da caixa de diálogo Tracks
(Trajetos), que é ativada se utilizar a ferramenta Tracks (Trajetos) na
página Home.
Definições de trajetos
Os trajetos são compostos por uma série de pontos ligados por
segmentos de linha cujo comprimento depende da frequência do
registo.
Pode selecionar o posicionamento dos pontos dos trajetos com
base nas definições de hora ou distância ou permitir que o sistema
posicione um waypoint automaticamente quando é registada uma
alteração de direção.
Ú Nota: a opção Trajetos também deve estar ativada nas
definições da carta para estar visível.
Pode colorir trilhos, selecionando o trilho na caixa de diálogo
Trilhos, e definir a cor na caixa de diálogo Editar trilho.
64
Waypoints, rotas e trajetos | GO XSE Manual do operador
Caixas de diálogo de waypoints, rotas e
trajetos
As caixas de diálogo de waypoints, rotas e trajetos dão acesso a
definições e funções de edição avançadas para estes itens.
As caixas de diálogo são acedidas a partir do painel Tools
(Ferramentas) na página inicial.
Waypoints, rotas e trajetos | GO XSE Manual do operador
65
6
Navegar
A função de navegação incluída no sistema permite-lhe navegar
para a posição do cursor, para um waypoint ou ao longo de uma
rota predefinida.
Se a funcionalidade de piloto automático estiver incluída no seu
sistema, o piloto automático pode ser definido para pilotar a
embarcação automaticamente.
Para obter informações sobre como posicionar waypoints e criar
rotas, consulte "Waypoints, rotas e trajetos" na página 57.
Painéis de navegação
Os painéis Nav (Navegação) podem ser utilizados para apresentar
informações quando estiver a navegar.
Painel Nav
O painel Nav (Navegação) é ativado a partir da página inicial, como
um painel com página inteira ou como parte de uma página com
vários painéis.
66
1
Campos de dados
2
Informações de rota
Navegar | GO XSE Manual do operador
3
Rumo da embarcação
4
Direção para o próximo ponto de rota
5
Linha de direção com o limite de desvio de rota
permitido
Quando viaja numa rota, a linha de direção mostra a rota
pretendida de um waypoint para o seguinte. Quando
navega para um waypoint (posição do cursor, MOB ou
posição de latitude/longitude introduzida), a linha de
direção mostra a rota pretendida do ponto em que a
navegação foi iniciada até ao waypoint.
6
Símbolo da embarcação
Indica a distância e a direção relativamente à rota
pretendida.
Se o Cross Track Error (XTE, erro de abatimento) exceder o
limite de XTE definido, isto é indicado por uma seta
vermelha, incluindo a distância a partir da linha de trajetória.
Consulte "Limite de XTE" na página 69.
Painéis de posição
Pode alternar entre a apresentação do painel Nav (Navegação) ou
do painel (Posição). O painel Position (Posição) é ativado a partir do
menu.
Por predefinição, há um painel de posição disponível que mostra a
posição do GPS.
Se o sistema Loran estiver ativado, há dois painéis de posição. Isto é
indicado com símbolos de setas no lado esquerdo e direito do
painel.
Pode alternar entre os painéis selecionando os símbolos de seta
para a esquerda ou para a direita, ou utilizando as teclas de seta.
Informações da posição de GPS
Navegar | GO XSE Manual do operador
Informações da posição Loran
67
Editar campos de dados
Para alterar os campos de dados apresentados nos painéis de
navegação:
1. Ative o menu
2. Selecione a opção de edição a partir do menu
3. Ative o campo que pretende editar
4. Selecione o tipo de informação
5. Guarde as suas alterações.
Navegar para a posição do cursor
Pode iniciar a navegação para uma posição do cursor em qualquer
painel de carta, radar ou sonar.
Posicione o cursor no destino selecionado no painel e, em seguida,
selecione a opção Goto Cursor (Ir para o cursor) no menu.
Ú Nota: A opção de menu Go to Cursor (Ir para o cursor) não
está disponível se já estiver a navegar.
Navegar numa rota
Pode começar a navegar numa rota a partir do painel da carta ou da
caixa de diálogo Route (Rota).
Quando a navegação por rota é iniciada, o menu expande-se e
apresenta as opções para cancelar a navegação, ignorar um ponto
de passagem e reiniciar a rota a partir da posição atual da
embarcação.
Navegar com o piloto automático
Quando inicia a navegação num sistema com a funcionalidade de
piloto automático, é-lhe solicitado que defina o piloto automático
para o modo de navegação.
Se optar por não ativar o piloto automático ou se a embarcação
estiver definida para SAIL (Vela), o piloto automático pode ser
definido para o modo de navegação a partir da opção Autopilot
Controller (Controlador do piloto automático) mais tarde. Para obter
mais informações sobre as funcionalidades de piloto automático,
consulte "Piloto automático" na página 77.
68
Navegar | GO XSE Manual do operador
Definições de navegação
Método de navegação
Estão disponíveis métodos diferentes para calcular a distância e o
rumo entre dois pontos numa carta.
Círculo máximo é o caminho mais curto entre dois pontos. No
entanto, se estiver a viajar ao longo de uma rota, seria difícil
manobrar manualmente, uma vez que o rumo estaria sempre a
mudar (exceto no caso do verdadeiro norte, sul ou ao longo do
equador).
Linhas loxodrómicas são trajetos de direção constante. É possível
viajar entre duas posições utilizando o cálculo de linha loxodrómica,
mas a distância normalmente seria maior do que se fosse utilizado o
Círculo máximo.
Raio de chegada
Define um círculo imaginário à volta do waypoint de destino.
Considera-se que a embarcação chegou ao destino quando estiver
dentro deste raio.
Limite de XTE
Esta definição especifica a distância que a embarcação se pode
desviar da rota selecionada. Se a embarcação ultrapassar esse limite,
um alarme é ativado.
Navegar | GO XSE Manual do operador
69
Alarme de chegada
Quando o alarme de chegada está ativado, um alarme é acionado
quando a embarcação chega ao waypoint ou quando atinge o raio
de chegada especificado.
Variação magnética
Variação magnética é a diferença entre rumos verdadeiros e rumos
magnéticos, causada pelas localizações diferentes do polo
geográfico e do polo norte magnético. Quaisquer anomalias locais,
como, por exemplo, depósitos de ferro também podem afetar os
rumos magnéticos.
Se a opção estiver definida para Auto (Automático), o sistema
converte automaticamente o norte magnético em norte verdadeiro.
Selecione o modo manual se necessitar de introduzir a sua própria
variação magnética local.
Referência
A maioria das cartas em papel são realizadas no formato WGS84,
que também é utilizado pelo GO XSE.
Se as suas cartas em papel estiverem num formato diferente, pode
alterar as definições de referência em conformidade para que
correspondam às suas cartas em papel.
Sistema de coordenadas
Vários sistemas de coordenadas podem ser utilizados para controlar
o formato das coordenadas de latitude e longitude apresentadas na
carta.
Phantom Loran
Permite a utilização do sistema de posicionamento Phantom Loran.
Definições de Loran
Define as cadeias de Loran (GRI) e a estação preferida para a entrada
do ponto de passagem, a posição do cursor e o painel de posição.
O gráfico de exemplo mostra uma janela de posição do cursor com
informações sobre a posição de Loran.
Para obter mais informações, consulte a documentação do sistema
Loran.
70
Navegar | GO XSE Manual do operador
7
Informações de viagem
O TripIntel (Informações de viagem) permite-lhe armazenar e
recuperar informações sobre viagens. Pode utilizar as informações
para tomar decisões informadas antes de iniciar uma viagem, ou
quando a viagem estiver em curso.
Ú Nota: É necessário configurar Vessel Fuel (Combustível da
embarcação) para esta funcionalidade. Consulte o manual de
instalação da unidade em separado.
Ú Nota: Para obter os melhores resultados, recomenda-se a
execução da versão de software 2.4.0 ou mais recente no seu
dispositivo de armazenamento EP-85R ou do software mais
recente no gestor Fuel Data (Dados de combustível).
Selecione o botão TripIntel no painel Tools (Ferramentas) para
apresentar a página TripIntel (Informações de viagem).
Estatísticas da viagem atual
O separador Information (Informações) na página TripIntel
(Informações de viagem) mostra as estatísticas da viagem atual:
• Distância percorrida
• Tempo de viagem
• Velocidade média
• Velocidade máxima
Informações de viagem | GO XSE Manual do operador
71
• Poupança de combustível
• Combustível utilizado
Gravação automática da viagem
Existe uma função de deteção automática de viagem. Quando inicia
a navegação, é-lhe solicitado para iniciar a gravação da viagem se
não estiver em curso uma viagem e se a sua velocidade for superior
a 2 nós durante 20 segundos. Ser-lhe-á solicitado que continue a
viagem ou inicie uma nova viagem se esta não tiver sido guardada
explicitamente antes de desligar.
Pode iniciar manualmente a gravação mais tarde a partir da página
TripIntel (Informações de viagem).
Pode desativar a funcionalidade de deteção automática de viagem
na caixa de diálogo Tracks and Trip settings (Definições de trajetos e
viagem).
Iniciar e parar gravações de viagem
Se optar por não iniciar a gravação de uma viagem, desde a
mensagem de deteção automática da viagem, pode iniciar
manualmente uma gravação a partir da página TripIntel
(Informações de viagem).
As opções de viagem Start (Iniciar) e Stop (Parar) permitem
especificar a gravação de viagens. Pode utilizá-las para segmentar
72
Informações de viagem | GO XSE Manual do operador
uma única passagem em várias viagens, proporcionando um nível
mais aperfeiçoado de controlo das informações que são registadas
para uma viagem.
Estatísticas a longo prazo
Selecione Long Term Statistics (Estatísticas a longo prazo) para ver
informação de viagem, tais como horas de funcionamento do
motor, a distância total percorrida e a poupança de combustível.
Ajustar a distância total
Selecione o botão Adjust total distance (Ajustar a distância total)
para alterar a distância total. Utilize esta opção se não tiver gravado
uma viagem ou parte de uma viagem efetuada por si e pretende
incluir a distância nas estatísticas de distância total.
Repor poupança de combustível
Selecione Reset fuel economy (Repor poupança de combustível)
para repor a poupança de combustível no medidor de poupança de
combustível na barra de instrumentos.
Círculo do alcance previsto do combustível
A opção Estimated fuel range ring (Círculo do alcance previsto do
combustível) indicada na página TripIntel (Informações de viagem)
representa a distância total prevista que a embarcação pode viajar
Informações de viagem | GO XSE Manual do operador
73
com base histórico de consumo e na quantidade de combustível
restante nos depósitos.
Ú Nota: A opção Estimated fuel range ring (Círculo do alcance
previsto do combustível) representa o consumo de
combustível apenas numa viagem de ida e não inclui a
estimativa de combustível para a viagem de regresso até à sua
localização atual. Representa a distância à qual a sua
embarcação fica sem combustível.
Ú Nota: A opção Estimated fuel range ring (Círculo do alcance
previsto do combustível) é calculada apenas a partir da opção
Vessel Fuel Remaining (Combustível restante da embarcação) e
não a partir dos sensores de nível. Quando estiver a gravar o
reabastecimento, é necessário selecionar "Set to full" (Definir
como cheio) ou "Add fuel" (Adicionar combustível) para que o
círculo de alcance seja preciso.
Indicador de combustível
O indicador de combustível na página TripIntel (Informações de
viagem) e no medidor de poupança é apresentado com base na
definição indicada na página Vessel Setup (Configuração da
embarcação). Deve selecionar o tipo de medição de combustível
restante.
• Combustível consumido pelo(s) motor(es)
• Sensor(es) de nível de depósito de combustível
Ú Nota: Isto diz respeito apenas à página TripIntel (Informações
de viagem) e ao gráfico de poupança.
Registar o seu reabastecimento
Selecione o botão Fuel (Combustível) para registar a quantidade de
combustível que abasteceu. As informações de reabastecimento
são utilizadas para calcular a quantidade de combustível restante na
embarcação.
Indicador da maré
O indicador de maré na página TripIntel (Informações de viagem)
mostra a altura da maré na estação de observação da maré
selecionada.
74
Informações de viagem | GO XSE Manual do operador
Gráficos e estações de observação de marés
As estações de observação de marés nos cartões de cartas
proporcionam informações sobre as marés. Selecione o botão Tide
(Maré) para visualizar gráficos das marés e especificar que estação
de observação de marés fornece as respetivas informações. Se não
escolher uma estação de observação de marés, serão utilizadas as
informações fornecidas pela estação mais próxima.
Ver registos de viagem
As viagens gravadas estão listadas no separador History (Histórico)
na página TripIntel (Informações de viagem). Para obter
informações pormenorizadas de viagens, selecione primeiro uma
viagem na lista.
Informações de viagem | GO XSE Manual do operador
75
Alterar os nomes de gravações de viagem
Quando são criadas, as viagens recebem nomes genéricos. Para
alterar o nome da viagem para um mais significativo, selecione-o na
lista History (Histórico) e, em seguida, selecione o nome na caixa de
diálogo Trip History details (Detalhes do histórico de viagens). Esta
função abre a caixa de diálogo Trip name (Nome da viagem), onde
pode alterar o nome da viagem.
76
Informações de viagem | GO XSE Manual do operador
8
Piloto automático
Se o sistema tiver um computador de piloto automático ligado, a
funcionalidade de piloto automático está disponível no sistema.
O sistema não permite a ligação na rede de mais do que um
computador de piloto automático.
A unidade de visualização deteta automaticamente o computador
de piloto automático disponível na rede e as definições,
configuração e opções de utilizador atuais para o computador
ligado.
Para mais informações sobre a instalação e configuração de um
computador de piloto automático, consulte os manuais específicos
fornecidos com o computador de piloto automático.
Operação segura com o piloto automático
Atenção: um sistema de piloto automático é uma
importante ajuda à navegação, mas NÃO substitui a
navegação humana.
Atenção: Deve existir uma tecla física de colocação
em modo de espera para o piloto automático.
Ativar o piloto automático
Ative o piloto automático a partir de qualquer painel selecionando a
opção de piloto automático na barra de controlo e, em seguida,
selecionando um modo em Autopilot Controller (Controlador do
piloto automático).
O piloto automático também pode ser ativado no modo de
navegação a partir de aplicações, quando opta por navegar para o
cursor, um waypoint ou uma rota.
Mudar do modo automático para a
pilotagem manual
Pode mudar o piloto automático para o modo Standby (Modo de
espera) a partir de qualquer modo de funcionamento automático a
Piloto automático | GO XSE Manual do operador
77
partir do controlador de piloto automático ou através de uma tecla
standby física.
Ú Nota: se a unidade estiver ligada a um sistema EVC através do
SG05, pode assumir o controlo manual da direção,
independentemente do modo de piloto automático. Consulte
"Utilização do piloto automático num sistema EVC" na página 92.
Indicação do piloto automático nas páginas
1
Barra de controlo
2
Controlador de piloto automático
3
Indicação do piloto automático na barra de estado
Indicação do modo do piloto automático na barra de
estado
A barra de estado apresenta informações do piloto automático
desde que um computador com piloto automático esteja ligado à
rede.
Os ícones são incluídos se o piloto automático for passivo ou estiver
bloqueado por outra unidade de controlo do piloto automático.
78
Piloto automático | GO XSE Manual do operador
Controlador de piloto automático
Selecione o piloto automático na barra de controlo para ativar o
controlador de piloto automático.
O controlador de piloto automático tem uma posição fixa no lado
esquerdo da página.
Feche o controlador de piloto automático selecionando Fechar/
Anterior no controlador de piloto automático.
Também pode fechar o controlador de piloto automático,
selecionando Piloto automático ou outro botão na barra de
controlo.
Abra-o novamente, selecionando Piloto automático na barra de
controlo.
As páginas seguintes do controlador de piloto automático estão
disponíveis:
• Autopilot controller (Controlador do piloto automático), que
mostra o modo ativo, rumo, leme e várias informações de
direção, dependendo do modo de piloto automático ativo. Os
ajustes manuais para o rumo definido só podem ser efetuados se
os indicadores de seta de bombordo e estibordo estiverem
acesos a vermelho e verde.
• Mode selection (Seleção do modo), que inclui o acesso à seleção
de um padrão de mudança de direção.
• Seleção de um padrão de mudança de direção, disponível no
modo Heading Hold (Manter o rumo).
Piloto automático | GO XSE Manual do operador
79
Controlador de piloto
automático
Seleção do modo
Seleção do padrão de
mudança de direção
Painel do piloto automático
O painel do piloto automático é utilizado para apresentar dados de
navegação. Pode ser apresentado como um painel de ecrã
completo ou numa página com vários painéis.
Ú Nota: Para que o painel do piloto automático fique disponível,
ative a opção Mostrar as funcionalidades de piloto automático
na secção Avançado, Funcionalidades da caixa de diálogos de
definições do sistema.
O número de campos de dados incluídos no painel do piloto
automático depende do tamanho do painel disponível.
80
Piloto automático | GO XSE Manual do operador
Campos de dados
As seguintes abreviaturas são utilizadas no painel do piloto
automático:
CTS
Course to steer (Direção a navegar)
DTD
Distance to destination (Distância até ao destino)
DTW
Distance to next waypoint (Distância até ao próximo
waypoint)
SOG
Speed over ground (Velocidade em relação ao solo)
COG
Course over ground (Direção em relação ao solo)
XTE
Erro de abatimento (L: esquerda ou R: direita)
Modos de piloto automático
O piloto automático tem diversas opções de direção. O número de
modos e funções dentro de um modo depende do computador de
piloto automático, do tipo de embarcação e das entradas
disponíveis, tal como explicado na descrição dos seguintes modos
de direção.
Modo de espera
O modo Standby (Modo de espera) é utilizado quando dirige a
embarcação ao leme. Mude o piloto automático para o modo
Standby (Modo de espera) a partir de qualquer operação,
selecionando o botão de modo Standby (Modo de espera) no
controlador do piloto automático ou através de uma tecla standby
física.
Não acompanhar (NFU, Direção assistida)
No modo NFU (Non-Follow-up - Não acompanhar), pode utilizar os
botões de setas de bombordo e estibordo no controlador de piloto
automático para controlar o leme. O leme move-se quando o botão
é premido.
• Ative o modo NFU selecionando o botão de seta para bombordo
ou estibordo no controlador de piloto automático quando o
piloto automático estiver no modo Stanby (Espera) ou FU.
Piloto automático | GO XSE Manual do operador
81
Pode voltar ao modo Standby (Espera) se selecionar a opção de
modo Standby (Espera) no controlador de piloto automático ou
através de uma tecla standby física.
Pilotagem Follow-up (FU)
(Acompanhamento)
Ú Nota: o modo FU está disponível apenas se tiver um
controlador remoto incluído no sistema. A unidade MFD não
tem um botão rotativo.
No modo FU, pode utilizar o botão rotativo para controlar o ângulo
do leme. Prima o botão rotativo e, em seguida, rode o botão para
definir o ângulo do leme. O leme desloca-se para o ângulo
comandado e, em seguida, para.
• Selecione o modo FU a partir do controlador de piloto
automático
Ú Nota: Se o controlador de piloto automático estiver fechado ou
se uma caixa de diálogo de alarme for ativada na unidade que
controla o piloto automático no modo FU, o piloto automático
muda automaticamente para o modo Standby (Espera).
Atenção: enquanto estiver no modo FU, não pode
assumir o controlo manual do leme.
Modo AUTO (Automático) (Manter o rumo)
No modo AUTO (Automático) (Manter o rumo), o piloto automático
emite os comandos de leme necessários para dirigir
automaticamente a embarcação de acordo com o rumo definido.
Mude para o modo AUTO (Automático), selecionando a opção do
modo Manter o rumo no controlador de piloto automático. Quando
este modo está ativado, o piloto automático seleciona a direção
atual da embarcação de acordo com o rumo definido.
Alterar o rumo definido no modo AUTO (Automático)
(Manter o rumo)
Pode ajustar o rumo definido utilizando os botões de seta Port and
Starboard (Bombordo e Estibordo) no controlador de piloto.
82
Piloto automático | GO XSE Manual do operador
Ocorre imediatamente a alteração de rumo. O novo rumo é
mantido até ser definido outro novo rumo.
Captura de rumo
Quando a embarcação está a virar no modo AUTO (Automático),
uma reposição instantânea do modo ativa a função de captura de
rumo. Isto cancela automaticamente a viragem e a embarcação
continua no rumo detetado pela bússola no exato momento em
que reativou o modo.
Viragem de bordo no modo AUTO (Automático)
Ú Nota: A função de viragem de bordo está disponível apenas
quando o tipo de embarcação está definido como SAIL (Vela).
Ú Nota: A viragem de rumo deve ser experimentada em águas
calmas com vento fraco para saber como funciona a sua
embarcação. Graças a uma vasta gama de características da
embarcação (desde cruzeiros até barcos de corrida), o
desempenho da função de viragem de direção pode variar
consoante a embarcação.
A viragem de rumo no modo AUTO (Automático) (Manter o rumo) é
diferente da viragem de bordo no modo WIND (Vento). No modo
AUTO (Automático), o ângulo de viragem de bordo é fixado e
definido pelo utilizador. Para obter mais detalhes, consulte "Viragem de
bordo no modo WIND (Vento)" na página 87.
A função de viragem de bordo é iniciada no modo AUTO
(Automático).
Quando a opção de viragem de bordo é selecionada, o piloto
automático altera o rumo definido atual de acordo com o ângulo de
viragem de bordo fixo definido.
Modo Sem deriva
O modo NoDrift (Sem deriva) combina o piloto automático e as
informações de posicionamento do GPS.
No modo NoDrift (Sem deriva), a embarcação é dirigida ao longo de
uma linha de trajetória calculada numa direção definida pelo
utilizador. Se o rumo de uma embarcação estiver a desviar-se do
rumo original devido à corrente e/ou ao vento, a embarcação segue
a linha com um ângulo de correção.
Piloto automático | GO XSE Manual do operador
83
1. Vire a embarcação para o rumo pretendido
2. Ative o modo NoDrift (Sem deriva). O piloto automático traça
uma linha de direção invisível com base no rumo atual da
posição da embarcação
Ao contrário do modo AUTO (Automático) (Manter orumo), o piloto
automático utiliza agora as informações de posição para calcular o
erro de abatimento e mantém automaticamente o trajeto em linha
reta.
Pode utilizar os botões do painel com setas de bombordo/
estibordo no controlador de piloto automático para repor a linha de
direção quando estiver no modo NoDrift (Sem deriva).
Desvio
Se precisar de evitar um obstáculo utilizando o modo NoDrift (Sem
deriva), pode definir o piloto automático para o modo Standby
(Modo de espera) e direção assistida ou utilizar o leme até passar o
obstáculo.
Se regressar ao modo NoDrift (Sem deriva) em menos de 60
segundos, pode optar por continuar na linha de rumo
anteriormente definida.
Se não responder, a caixa de diálogo desaparece e o piloto
automático passa para o modo NoDrift (Sem deriva) com a rota
atual como linha de rumo.
Modo NAV
Atenção: O modo NAV apenas deve ser utilizado em
águas abertas.
Pode utilizar o piloto automático para manobrar a embarcação
automaticamente para uma determinada localização do waypoint
ou ao longo de uma rota predefinida. A informação da posição a
partir do GPS é utilizada para alterar o rumo de manobra, para
manter a embarcação na linha do trajeto e para o waypoint de
destino.
Ú Nota: Para obter uma direção de navegação satisfatória, o GO
XSE deve ter uma entrada de posição válida. A direção
automática deve ser testada e considerada satisfatória antes da
entrada no modo NAV.
84
Piloto automático | GO XSE Manual do operador
Iniciar a navegação automática
Quando começar a navegar uma rota ou para um waypoint a partir
do painel da carta, é-lhe solicitado que defina o piloto automático
para o modo NAV. Se rejeitar este pedido, pode iniciar o modo NAV
a partir do controlador do piloto automático.
Ú Nota: A mensagem para definir o piloto automático para o
modo de navegação é desativada se o tipo de embarcação
estiver definido para SAIL (Vela) na caixa de diálogo Autopilot
Commissioning (Colocação em funcionamento do piloto
automático). Para iniciar a navegação, deve selecionar o modo
NAV a partir do controlador do piloto automático.
Quando o modo NAV é iniciado, o piloto automático mantém a
embarcação automaticamente na pernada.
Quando a embarcação atinge o círculo de chegada de um ponto de
rota, o piloto automático reproduz um aviso audível e apresenta
uma caixa de diálogo com as informações de novo rumo. Se a
alteração de rumo necessária para o próximo waypoint for inferior
ao limite de alteração de navegação, o piloto automático muda
automaticamente de rumo. Se a alteração de direção necessária
para o próximo waypoint numa rota for superior ao limite definido,
é solicitado ao utilizador que confirme que a alteração de direção a
efetuar é aceitável.
Ú Nota: Para obter informações sobre definições de navegação,
consulte "Definições de navegação" na página 69.
Círculo de chegada do waypoint
O raio de chegada define o ponto no qual uma viragem é iniciada
quando navega numa rota.
Piloto automático | GO XSE Manual do operador
85
O círculo de chegada (1) deve ser ajustado de acordo com a
velocidade da embarcação. Quanto mais alta for a velocidade, maior
é o círculo. A intenção é fazer com que o piloto automático inicie a
mudança do rumo na devida altura para preparar uma mudança de
rumo suave para a próxima pernada.
Quando criar a rota, a figura abaixo pode ser utilizada para
selecionar o respetivo círculo do waypoint.
Eixo X = Velocidade da embarcação em nós
Eixo Y = Círculo de chegada, raio em 1/100 Nm
Exemplo: com a velocidade de 20 nós, deve utilizar um círculo de
waypoint com um raio de 0,09 Nm.
Ú Nota: a distância entre quaisquer waypoints numa rota não
deve ser inferior ao raio do círculo de chegada do waypoint.
Modo WIND (Vento)
Ú Nota: O modo WIND (Vento) só está disponível se o sistema
tiver sido configurado para o tipo de embarcação SAIL (Vela) na
caixa de diálogo Autopilot Commissioning (Colocação em
funcionamento do piloto automático). Este modo não está
disponível para computadores com o piloto automático NAC-1
e AC70. Não é possível ativar o modo WIND (Vento) se faltarem
informações sobre o vento.
Quando o modo Wind (Vento) é ativado, o piloto automático capta
o ângulo do vento atual como referência de direção e ajusta o rumo
da embarcação para manter esse ângulo de vento.
Mude para modo WIND (Vento), selecionando-o no controlador de
piloto automático.
86
Piloto automático | GO XSE Manual do operador
Atenção: No modo Wind (Vento), o piloto
automático dirige de acordo com o ângulo de vento
aparente ou real e não de acordo com a orientação da
bússola. Qualquer alteração no vento pode fazer com
que a embarcação se desvie para uma rota não
desejada.
Viragem de bordo no modo WIND (Vento)
Ú Nota: A função de viragem de bordo no modo WIND (Vento) só
está disponível se o sistema estiver configurado para o tipo de
embarcação SAIL (Vela) na caixa de diálogo Autopilot
Commissioning (Colocação em funcionamento do piloto
automático) e não está disponível para computadores de piloto
automático NAC-1 ou AC70.
O virar de bordo em modo Wind (Vento) pode ser efetuado ao
navegar com vento aparente ou real como referência. Em qualquer
caso, o ângulo de vento real deve ser inferior a 90 graus.
A operação de virar de bordo/cambar reflete o ângulo de vento
definido na amura oposta.
Ú Nota: A viragem de rumo deve ser experimentada em águas
calmas com vento fraco para saber como funciona a sua
embarcação. Graças a uma vasta gama de características da
embarcação (desde cruzeiros até barcos de corrida), o
desempenho da função de viragem de direção pode variar
consoante a embarcação.
A taxa de viragem durante o virar de bordo é indicada pelo tempo
de viragem de bordo definido na configuração dos parâmetros de
vela. O tempo de viragem de bordo é também controlado pela
velocidade da embarcação, para evitar a perda de velocidade
durante uma viragem de rumo.
Pode iniciar a função de viragem de bordo no modo WIND (Vento).
Quando inicia a viragem de bordo, o piloto automático reflete de
imediato o ângulo de vento definido para o lado oposto da proa.
Pode interromper a operação de viragem de bordo, selecionando o
modo standby, reativando o modo Wind (Vento) ou ativando o
modo Manter o rumo ou Sem deriva.
Piloto automático | GO XSE Manual do operador
87
Cambar
Cambar é possível quando o ângulo de vento real é superior a 120°.
A altura certa para cambar é determinada pela velocidade da
embarcação, para que seja tão rápida quanto possível e de maneira
controlada.
Direção do padrão de mudança de direção
O piloto automático inclui várias funcionalidades de pilotagem
automática quando o piloto automático está no modo AUTO
(Automático).
Ú Nota: a opção de pilotagem automática não está disponível se
o tipo de embarcação estiver definido para SAIL (Vela) na caixa
de diálogo Autopilot Commissioning (Colocação em
funcionamento do piloto automático). Em vez disso, está
implementada a função virar de bordo/cambar.
Iniciar uma mudança de direção
Inicia a mudança de direção selecionando a opção de mudança de
direção e depois a opção de bombordo ou estibordo na caixa de
diálogo de mudança de direção para selecionar a direção de
mudança de direção.
Parar a curva
Pode interromper a mudança de direção na página de mudança de
direção do controlador de piloto automático.
Em qualquer altura, durante uma mudança de direção, pode
selecionar Standby (Modo de espera) no controlador de piloto
automático ou Autopilot standby (Modo de espera do piloto
automático) na caixa de diálogo System controls (Controlos do
sistema) para voltar para o modo Standby (Modo de espera) e a
direção manual.
Variáveis de mudanças de direção
As opções de mudança de direção, exceto a mudança de direção
em U, têm definições que pode ajustar antes de iniciar uma
mudança de direção e algumas podem ser ajustadas quando a
embarcação está a fazer uma mudança de direção.
Mudança de direção em U
A mudança de direção U altera o rumo atual definido para 180° na
direção oposta.
88
Piloto automático | GO XSE Manual do operador
A taxa de mudança de direção é idêntica para as definições de
limite de taxa. Esta ação não pode ser alterada durante a mudança
de direção.
Ú Nota: para obter informações sobre as definições de limite de
taxa, consulte o manual de instalação GO XSE em separado.
Mudança de direção em C
Conduz a embarcação em círculo.
Pode ajustar a taxa de mudança de direção a partir da caixa de
diálogo de mudança de direção antes de a mudança de direção ser
iniciada e durante a mudança de direção. Se aumentar a taxa de
mudança de direção, faz com que a embarcação descreva um
círculo mais pequeno.
Mudança de direção em espiral
A mudança de direção em espiral faz com que a embarcação mude
de direção em espiral com um raio decrescente ou crescente. Pode
definir o raio inicial antes da viragem ser iniciada e a alteração por
volta durante a viragem. Se a alteração por volta estiver definida
para zero, a embarcação muda de direção num círculo. Valores
negativos indicam raios decrescentes, enquanto valores positivos
indicam raios crescentes.
Mudanças de direção em ziguezague
Dirige a embarcação num padrão de zigzag.
Para navegar num padrão em ziguezague, deve definir a mudança
do rumo inicial antes da viragem ser iniciada.
Durante a viragem, pode alterar o rumo principal, a mudança do
rumo e a distância de pernada.
Mudança de direção em quadrado
Faz a embarcação mudar de direção automaticamente 90° após a
deslocação numa distância de pernada definida.
Em qualquer altura durante a viragem, pode alterar o rumo principal
e a distância da pernada até que a embarcação faça uma nova
viragem de 90°.
Piloto automático | GO XSE Manual do operador
89
Mudança de direção Lazy-S
Faz a embarcação percorrer um percurso sinuoso ao longo do
rumo.
Durante a mudança de direção, é possível alterar a mudança do
rumo e o raio de mudança de direção.
Seguimento de contorno de profundidade (Depth
contour tracking), DCTTM
Se o sistema tiver a entrada de sonar, o piloto automático pode ser
definido para seguir um contorno de profundidade.
Atenção: utilize esta funcionalidade apenas se o leito
marinho for adequado. Não utilize em águas rochosas
onde a profundidade varia substancialmente em áreas
pequenas.
Utilize o seguinte procedimento para iniciar a pilotagem DCT:
1. Certifique-se de que a leitura de profundidade é apresentada no
painel ou num instrumento de profundidade distinto.
2. Dirija a embarcação para a profundidade que pretende seguir e
na direção do contorno de profundidade.
3. Ative o modo AUTO (Automático), selecione a seguimento de
contorno de profundidade e monitorize a leitura da
profundidade.
4. Selecione a opção de bombordo ou estibordo na caixa de
diálogo de viragem para iniciar o seguimento de contorno de
profundidade de modo a acompanhar o fundo inclinado no
lado de estibordo ou no lado de bombordo:
90
Piloto automático | GO XSE Manual do operador
Opção bombordo
(a profundidade diminui para o lado de
bombordo)
Opção estibordo
(a profundidade diminui para o lado de
estibordo)
Os parâmetros que se seguem estão disponíveis para seguimento
dos contornos de profundidade:
Aumento da profundidade
Este parâmetro determina o rácio entre o leme comandado e o
desvio face ao contorno de profundidade selecionado. Quanto
maior for o aumento de profundidade, mais leme é aplicado.
Se o valor for demasiado baixo, será necessário muito tempo para
compensar o desvio face ao seguimento dos contornos de
profundidade definido e o piloto automático não conseguirá
manter a embarcação de acordo com a profundidade selecionada.
Se o valor definido for demasiado elevado, a ultrapassagem
aumenta e a direção torna-se instável.
Ângulo de cruzamento de contornos (CCA)
O CCA é um ângulo que é adicionado ou subtraído ao rumo
definido.
Este parâmetro permite-lhe fazer a embarcação percorrer um
percurso sinuoso ao longo da profundidade de referência com
movimentos lazy-s.
Quanto mais elevado for o CCA, maiores serão as mudanças de
rumo permitidas. Se o CCA estiver definido como zero, não haverão
movimentos lazy-s .
Piloto automático | GO XSE Manual do operador
91
Utilização do piloto automático num
sistema EVC
Quando o GO XSE é ligado a um sistema EVC através do SG05, pode
assumir controlo manual da direção, independentemente do modo
de piloto automático.
O indicador de modo no controlador do piloto automático é
substituído por um traço para indicar a sobreposição do EVC.
O sistema retoma o controlo do GO XSE no modo Standby (Modo
de espera) se não for dado qualquer comando ao leme a partir do
sistema EVC dentro de um período de tempo predefinido.
Definições de piloto automático
As definições de piloto automático podem ser divididas entre
definições controladas pelo utilizador e definições efetuadas
durante a instalação e colocação em funcionamento do sistema de
piloto automático.
• As definições de utilizador podem ser alteradas para diversas
condições de funcionamento ou preferências de utilizador
• As definições de instalação são efetuadas durante a colocação
em funcionamento do sistema de piloto automático. Não devem
ser efetuadas alterações a estas definições posteriormente.
Tanto as definições de utilizador como as de instalações dependem
do computador de piloto automático que está ligado ao sistema.
As seguintes secções descrevem as definições que podem ser
alteradas pelo utilizador. As definições de instalação estão
disponíveis na documentação fornecida juntamente com o
computador do piloto automático.
Definições comuns do utilizador
As seguintes definições do utilizador são comuns a todos os pilotos
automáticos.
Bússola da carta
Pode optar por apresentar um símbolo de bússola em torno da sua
embarcação no painel da carta. O símbolo de bússola é desligado
quando o cursor está ativo no painel.
92
Piloto automático | GO XSE Manual do operador
Bloquear o funcionamento do piloto automático de uma unidade
Pode bloquear uma unidade para impedir o funcionamento não
autorizado do piloto automático. Quando a unidade está
bloqueada, isto é indicado com um símbolo de bloqueio e com
texto no controlador de piloto automático. Quando o monitor está
bloqueado, não podem ser selecionados modos automáticos.
Ú Nota: A função de bloqueio não está disponível numa unidade
que tenha o controlo do piloto automático!
Definições específicas de utilizador do NAC 1
Resposta da direção
Utilizado para aumentar ou diminuir a sensibilidade da direção. Um
nível baixo de resposta reduz a atividade do leme e proporciona
uma direção mais solta. Um nível alto de resposta aumenta a
atividade do leme e proporciona uma direção mais apertada. Um
nível de resposta demasiado elevado pode fazer com que a
embarcação faça movimentos de ziguezague.
Definições específicas de utilizador do NAC2/NAC3
Piloto automático | GO XSE Manual do operador
93
Direção
Estas opções permitem alterar manualmente os parâmetros de
velocidade baixa e de velocidade alta que foram definidos durante a
colocação em funcionamento do computador de piloto
automático. Para mais informações, consulte os documentos
específicos do computador de piloto automático.
Selecionar a opção de velocidade baixa ou a opção de velocidade
alta abre caixas de diálogos onde podem ser alterados os seguintes
parâmetros:
• Turn rate (Taxa de mudança de direção): taxa de mudança de
direção preferida em graus por minuto.
• Rudder gain (Ganho de leme): este parâmetro determina o rácio
entre o leme de direção comandado e o erro de rumo. Quanto
maior for o valor do leme, mais leme é aplicado. Se o valor for
demasiado baixo, será necessário muito tempo para compensar
o erro de rumo e o piloto automático não conseguirá manter um
rumo estável. Se o valor definido for demasiado elevado, a
ultrapassagem aumenta e a direção torna-se instável.
• Counter rudder (Contra leme): relação entre a alteração no erro
de rumo e o leme aplicado. Um contra leme elevado reduz mais
rapidamente o leme aplicado ao aproximar-se do rumo definido.
• Auto trim (Ajuste fixo automático): controla o grau de
agressividade que o piloto precisa de exercer no leme para
compensar um desvio constante do rumo, por exemplo quando
forças externas como o vento ou a corrente afetam o rumo. Um
ajuste fixo automático reduzido garante uma eliminação mais
rápida de um desvio constante do rumo
Ú Nota: no modo VRF, este parâmetro controla a constante de
tempo da estimativa de leme. Um valor mais baixo faz com que
94
Piloto automático | GO XSE Manual do operador
a estimativa de leme seja mais rápida, ou seja, acompanha mais
rapidamente os movimentos da embarcação.
• Init rudder (Inicialização de leme): define de que forma o sistema
move o leme ao mudar de direção manual para um modo
automático.
- Center (Centro): move o leme para a posição zero.
- Actual (Atual): mantém o desvio atual do leme.
• Rudder limit (Limite de leme): determina o movimento máximo
do leme em graus, a partir da posição média, em que o piloto
automático pode comandar o leme nos modos automáticos. A
definição de limite de leme apenas está ativada durante a
direção automática em percursos retos e NÃO em mudanças de
rumo. O limite de leme não afeta a direção em modo NonFollow-up (Não acompanhar).
• Off heading limit (Limite de saída de rumo): define o limite para o
alarme de saída de rumo. É desencadeado um alarme quando o
rumo atual se desvia do rumo definido em mais do que o limite
selecionado.
• Track response (Resposta ao abatimento): define a velocidade a
que o piloto automático deve responder após registar uma
distância de abatimento.
• Track approach angle (Ângulo de abordagem): define o ângulo
utilizado quando a embarcação se aproxima de uma pernada.
Esta definição é utilizada quando começa a navegar e quando
utiliza o desvio de rumo.
• Course change confirm angle (Ângulo de confirmação de
alteração de rumo): define os limites de alteração de rumo em
direção ao próximo ponto de referência num percurso. Se a
alteração de rumo for superior ao limite definido, é solicitado ao
utilizador que confirme se a alteração de curso a efetuar é
aceitável.
Sailing (Navegação)
Ú Nota: Os parâmetros de navegação apenas estão disponíveis
quando o tipo de embarcação está definido como Sail (Vela).
Piloto automático | GO XSE Manual do operador
95
Esta opção permite alterar manualmente os parâmetros que foram
definidos durante a colocação em funcionamento do computador
de piloto automático. Para mais informações sobre as definições,
consulte os documentos específicos do computador de piloto
automático.
• Tack time (Tempo de viragem de bordo): controla a taxa de
viragem (tempo de viragem de bordo) ao efetuar uma viragem
de bordo em modo Wind (Vento).
• Tack angle (Ângulo de viragem de bordo): controla o ângulo de
viragem de bordo entre 50º - 150º no modo AUTO (Automático).
• Função Wind (Vento): seleção de qual a função de vento que será
utilizada pelo piloto automático durante a utilização do modo
Wind (Vento).
- Auto:
se TWA for ≤70º: o modo Wind (Vento) utilizará AWA
se TWA for ≥70º: o modo Wind (Vento) utilizará TWA
- Aparente
- Real
• Manual speed (Velocidade manual): se a velocidade da
embarcação e os dados SOG não estiverem disponíveis ou não
forem fiáveis, é possível introduzir um valor de velocidade
manual na origem para que seja utilizado pelo piloto automático
para auxiliar os cálculos de direção
96
Piloto automático | GO XSE Manual do operador
9
Radar
Ú Nota: o radar está disponível se a unidade tiver uma ligação de
radar na parte traseira.
O painel com radar pode ser configurado como uma vista de ecrã
completo ou combinado com outros painéis.
A imagem do radar também pode ser apresentada como
sobreposição num painel de carta. Para obter mais informações,
consulte "Sobreposição de carta" na página 42.
Ú Nota: A sobreposição de radares requer os dados de um sensor
de rumo ou de uma bússola para garantir a orientação
adequada com a carta.
Painel do radar
1
Alcance
2
Orientação
3
Movimento
4
Bússola*
Radar | GO XSE Manual do operador
97
5
Linha de rumo*
6
Controlos rotativos
7
Círculos de alcance*
8
Marcadores de alcance*
9
Barra de dados
* Símbolos de radares opcionais.
Os símbolos de radares opcionais podem ser ativados/desativados
coletivamente a partir do menu Radar, ou individualmente, como
descrito em "Painel Radar settings (Definições do radar)" na página 120.
Radar duplo
Pode ligar a qualquer combinação de dois radares suportados e ver
as imagens de ambos os radares ao mesmo tempo.
Ú Nota: As interferências são apresentadas no radar de banda
larga na maior parte dos alcances quando um radar Halo ou por
impulsos e um radar de banda larga estão a transmitir em
simultâneo na mesma embarcação. É recomendável que
apenas um radar esteja a transmitir. Por exemplo, utilize a
transmissão do radar de banda larga para uma utilização de
navegação típica ou a transmissão de um radar por impulsos ou
Halo para localizar células meteorológicas, linhas costeiras
definidas a uma certa distância e acionar Racons.
Pode selecionar um painel de radar duplo se premir continuamente
o botão da aplicação Radar na página inicial ou criar uma página
favorita com dois painéis de radar.
Selecionar a fonte do radar
Pode especificar o radar no painel Radar selecionando um dos
radares disponíveis na opção de menu Radar source (Fonte do
radar). Se tiver vários painéis de radar, o radar é definido
individualmente para cada painel de radar. Ative um dos painéis de
radar e, em seguida, selecione um dos radares disponíveis na opção
de menu Radar source (Fonte do radar). Repita o processo para o
segundo painel de radar e depois selecione um radar alternativo
para este painel.
Ú Nota: um número de fonte de radar com 3 dígitos é o número
formado pelos últimos 3 dígitos do número de série do radar.
98
Radar | GO XSE Manual do operador
Sobreposição do radar
Pode sobrepor a imagem do radar na carta. Isto pode ajudá-lo a
interpretar facilmente a imagem do radar correlacionando os alvos
do radar com objetos na carta.
Ú Nota: Deve estar presente no sistema um sensor de rumo para
a sobreposição do radar.
Quando a sobreposição do radar está selecionada, as funções
básicas de funcionamento do radar estão disponíveis no menu do
painel Chart (Carta).
Selecionar a fonte de sobreposição do radar nos painéis
de cartas
Para selecionar a fonte de radar da sobreposição do radar
apresentada no painel da carta, utilize Radar options (Opções do
radar) e depois as opções do menu do painel da carta Source
(Fonte) para selecionar a fonte do radar.
Para as páginas de cartas com mais de uma carta com sobreposição
do radar, é possível configurar várias fontes de radar para cada
painel de carta. Ative um dos painéis de carta e, em seguida,
selecione um dos radares disponíveis na opção de menu da fonte
de radar. Repita o processo para o segundo painel de carta com
sobreposição do radar e selecione um radar alternativo para este
painel.
Modos de funcionamento do radar
Os modos de funcionamento do radar são controlados a partir do
menu Radar. Estão disponíveis os seguintes modos:
Power off (Desligar)
A alimentação do scanner do radar está desligada. Power off
(Desligar) só está disponível quando o radar estiver em modo de
espera.
Em espera
A alimentação do scanner do radar está ligada, mas o radar não está
a transmitir.
Radar | GO XSE Manual do operador
99
Ú Nota: Também pode colocar o radar em modo de espera na
caixa de diálogo System Controls (Controlos do sistema).
Luz do Halo
Controla os níveis de luz de realce azul do pedestal do radar Halo.
Existem quatro níveis possíveis de iluminação. A luz de realce só
pode ser ajustada quando o radar está em modo standby.
Ú Nota: A iluminação do pedestal de realce de azul pode não ser
aprovada para utilização na sua embarcação local. Verifique os
regulamentos locais da embarcação antes de ligar as luzes azuis
de realce.
Transmitir
O scanner está ligado e a transmitir. Os alvos detetados estão
indicados no PPI do radar (Indicador de posição do plano).
Ú Nota: Também pode colocar o radar em modo de transmissão
na caixa de diálogo System Controls (Controlos do sistema).
Alcance do radar
Selecione os ícones de zoom no painel do radar para ajustar o
alcance do radar.
Alcance duplo
(Apenas nos radares 4G de banda larga e Halo)
Quando estiver ligado a um radar 4G de banda larga ou Halo, é
possível executar o radar no modo Dual Range (Alcance duplo).
O radar aparece no menu Radar sources (Fontes de radar) como
duas fontes de radar virtuais, A e B. O alcance e os controlos do
radar de cada fonte de radar virtual são totalmente independentes e
a fonte pode ser selecionada para um determinado painel de carta
ou radar do mesmo modo que o radar duplo, como descrito em
"Selecionar a fonte de radar" na página 98.
Ú Nota: alguns controlos que estão relacionados com as
propriedades físicas do radar não são independentes da fonte.
Estes são Fast Scan (Varrimento rápido), Antenna Height (Altura
da antena) e Bearing alignment (Alinhamento da direção).
100
Radar | GO XSE Manual do operador
O MARPA é totalmente independente e podem ser monitorizados
até 10 alvos para cada fonte de radar virtual.
Pode ser definido também um máximo de duas zonas de proteção
independentes para cada fonte de radar virtual.
Utilizar o cursor num painel com radar
Por predefinição, o cursor não é apresentado no painel com radar.
Quando posiciona o cursor no painel com radar, a janela de posição
do cursor é ativada e as opções do menu do cursor são
apresentadas.
Para remover o cursor e os elementos do cursor do painel, selecione
Clear cursor (Apagar cursor) ou prima a tecla X.
Ir para o cursor
Pode navegar para uma posição selecionada na imagem se
posicionar o cursor no painel e, em seguida, utilizar a opção Goto
Cursor (Ir para o cursor) no menu.
Função de auxílio do cursor
A função de auxílio do cursor permite ajustar e colocar de maneira
precisa o cursor sem abranger os detalhes com o dedo.
Ative o cursor no painel e, em seguida, prima e mantenha o dedo
no ecrã para mudar o símbolo do cursor para um círculo de seleção,
que aparece acima do seu dedo.
Sem retirar o dedo do ecrã, arraste o círculo de seleção para a
posição pretendida.
Quando retira o dedo do ecrã, o cursor volta para o modo de
funcionamento normal do cursor.
Guardar waypoints
Pode guardar um waypoint num determinado local se posicionar o
cursor no painel e, em seguida, selecionar a opção de novo
waypoint no menu.
Radar | GO XSE Manual do operador
101
Nos painéis Chart (Carta) e Nav (Navegação), pode guardar um
waypoint na posição da embarcação, quando o cursor não estiver
ativo, selecionando a opção de novo waypoint no menu.
Supressão de setores do radar
(Apenas no radar Halo)
Pode definir até quatro setores no PPI, no interior do qual não há
transmissão de dados do radar. Isto permite-lhe suprimir as
interferências causadas pelas funcionalidades na sua embarcação
ou de um radar secundário. A supressão ocorre na imagem do radar
principal e na sobreposição do radar numa carta. Um setor ativado é
apresentado como um contorno magenta com 3 arcos a atravessar
a área de supressão. Para especificar a supressão de setores do
radar, consulte o Manual de instalação do radar Halo.
Ú Nota: A supressão de setores do radar está disponível apenas
para os radares Halo.
PPI do radar principal
102
Radar | GO XSE Manual do operador
Sobreposição do radar numa carta
Ajustar a imagem do radar
O utilizador poderá conseguir melhorar a imagem do radar através
do ajuste da sensibilidade do radar e filtrando os ecos aleatórios das
condições do mar e as meteorológicas.
Também pode ajustar as definições de imagem a partir do menu
Radar.
Modos de utilização do radar
(Apenas no radar Halo)
Os modos de radar estão disponíveis com predefinições de controlo
ótimo para diferentes ambientes. Estão disponíveis os seguintes
modos:
• Custom (Personalizado) - Neste modo, todos os controlos do
radar podem ser ajustados e mantidos após uma alteração do
modo ou se desligar e voltar a ligar o radar. As predefinições do
radar estão definidas para uso geral.
• Harbor (Porto) - Neste modo, as definições de radar estão
otimizadas para áreas como vias navegáveis congestionadas e
grandes estruturas criadas pelo Homem onde é necessária uma
discriminação positiva dos alvos e atualizações rápidas de
imagens.
• Offshore (Ao largo) - Neste modo, as definições do radar estão
otimizadas para as condições do mar ao largo e para aumentar o
tamanho e facilitar a visualização de alvos isolados.
• Weather (Meteorologia) - Neste modo, as definições do radar
estão otimizadas para uma melhor deteção e apresentação de
interferências de chuva. A taxa de atualização da imagem é
reduzida e a profundidade de cor é aumentada.
• Bird (Aves) - Neste modo, as definições do radar são otimizadas
para uma melhor deteção de aves. O radar está configurado para
o máximo de sensibilidade. Este modo não é recomendado para
utilização em ambientes de porto muito movimentados.
Nem todos os controlos são ajustáveis em cada modo. A lista
seguinte apresenta os controlos predefinidos e a capacidade de
ajuste para cada um dos controlos.
Radar | GO XSE Manual do operador
103
Range (Alcance)
Custom (Personalizar): ajustável
Harbor (Porto): total*
Offshore (Ao largo): total*
Weather (Meteorologia): total*
Bird (Aves): até 24 nm
Threshold (Limiar)
Custom (Personalizar): ajustável
Harbor (Porto): 30%
Offshore (Ao largo): 30%
Weather (Meteorologia): 0%
Bird (Aves): 0%
Gain (Ganho)
Custom (Personalizar): ajustável
Harbor (Porto): ajustável
Offshore (Ao largo): ajustável
Weather (Meteorologia):
ajustável
Bird (Aves): ajustável
Target Expansion (Expansão
de alvos)
Custom (Personalizar): ajustável
Harbor (Porto): baixo
Offshore (Ao largo): médio
Weather (Meteorologia):
desligado
Bird (Aves): desligado
Sea (Mar)
Custom (Personalizar): ajustável
Harbor (Porto): ajustável
Offshore (Ao largo): ajustável
Weather (Meteorologia):
ajustável
Bird (Aves): ajustável
Interference Reject (Rejeitar
interferências)
Custom (Personalizar): ajustável
Harbor (Porto): ajustável
Offshore (Ao largo): ajustável
Weather (Meteorologia):
ajustável
Bird (Aves): ajustável
Rain (Chuva)
Custom (Personalizar): ajustável
Harbor (Porto): ajustável
Offshore (Ao largo): ajustável
Weather (Meteorologia):
ajustável
Bird (Aves): ajustável
Target Separation
(Separação de alvos)
Custom (Personalizar): ajustável
Harbor (Porto): médio
Offshore (Ao largo): desligado
Weather (Meteorologia):
desligado
Bird (Aves): desligado
Noise Rejection (Rejeição de
ruído)
Custom (Personalizar): ajustável
Harbor (Porto): médio
Offshore (Ao largo): alto
Weather (Meteorologia): médio
Bird (Aves): alto
Fast scan (Varrimento
rápido)
Custom (Personalizar): ajustável
Harbor (Porto): alto
Offshore (Ao largo): alto
Weather (Meteorologia):
desligado
Bird (Aves): desligado
*O alcance máximo depende do comprimento da antena.
104
Radar | GO XSE Manual do operador
Modos em dois alcances
(Apenas no radar Halo)
Os modos podem ser definidos de forma independente para cada
alcance. Por exemplo, pode ter o modo Offshore (Ao largo) para o
intervalo A e o modo Weather (Condições meteorológicas) para o
intervalo B. No entanto, a interação entre alcances ocorre em alguns
casos:
• Quando utilizar o modo Bird (Aves) para ambos os alcances, o
alcance máximo está restringido para 24 NM e a resolução do
alcance é reduzida.
• Fast scan (Varrimento rápido) - A velocidade de rotação da
antena está definida para o modo mais lento selecionado. Por
exemplo, Fast scan (Varrimento rápido) é desativado quando
utiliza os modos Harbor (Porto) e Weather (Condições
meteorológicas) porque Fast scan (Varrimento rápido) está no
modo Off (Desligado) no modo Weather (Condições
meteorológicas).
• A definição Interference reject (Rejeição de interferências) pode
afetar a interferência visualizada ou removida em ambos os
alcances.
Rejeição de interferência direcional
(Apenas no radar 4G de banda larga)
Este modo funciona automaticamente quando GAIN (Ganho) =
AUTO (Automático) e SEA (Mar) = HARBOR (Porto) ou OFFSHORE
(Ao largo). O objetivo é permitir que pequenas embarcações sejam
visualizadas a sotavento do ruído provocado pelo mar. O GAIN
(ganho) do recetor de radar é aumentado dinamicamente durante
o varrimento, a sotavento, para uma maior sensibilidade do alvo em
condições de mar mais adversas.
Se GAIN (Ganho) ou SEA (Mar) = MANUAL, o modo Directional
Clutter Rejection (Rejeição de interferência direcional) estará OFF
(Desligado) (não direcional).
Além disso, as definições de curva STC CALM (Calmo), MODERATE
(Moderado) ou ROUGH (Agitado) estão disponíveis no menu de
opções de radar para melhor otimizar a imagem do radar de acordo
com as suas preferências.
Radar | GO XSE Manual do operador
105
Ganho
O ganho controla a sensibilidade do recetor de radar.
Um ganho superior torna o radar mais sensível às ocorrências do
radar, permitindo-lhe apresentar alvos mais fracos. Se o ganho for
definido para um nível demasiado alto, a imagem pode ficar
sobrecarregada com ruído de fundo.
O ganho tem um modo manual e um automático. Pode alternar
entre modos automático e manual na barra deslizante.
Interferências do mar
A opção Sea clutter (Interferências do mar) é utilizada para filtrar o
efeito de ecos aleatórios de ondas ou condições meteorológicas
adversas perto da embarcação.
Se aumentar o Sea clutter (Interferências do mar), a filtragem de
artefactos no ecrã causados pelos ecos das ondas é reduzida.
O sistema inclui as predefinições de interferências do mar de porto
e ao largo, além do modo manual, onde pode ajustar as definições.
Pode selecionar os modos de interferências do mar a partir do
menu. É possível ajustar o valor de interferências do mar no modo
manual.
Desvio automático do mar
(Apenas no radar Halo)
Para permitir a otimização do controlo Sea (Mar) no modo Auto
(Automático) (esta opção utiliza rejeições de interferências
adaptativas direcionais), a definição Auto (Automático) pode ser
desviada.
Interferências de chuva
A opção Rain clutter (Interferências de chuva) são utilizadas para
reduzir o efeito de chuva, neve ou outras condições meteorológicas
na imagem do radar.
O valor não deve ser aumentado demasiado, porque pode filtrar os
verdadeiros alvos.
106
Radar | GO XSE Manual do operador
Opções avançadas do radar
Noise Rejection (Rejeição de ruído)
(Apenas nos radares 4G de banda larga e Halo)
O controlo Noise Rejection (Rejeição de ruído) define a quantidade
de filtragem de ruído aplicada pelo radar. A sensibilidade do alvo é
maior em intervalos mais prolongados quando este controlo é
definido para Low (Baixa) ou High (Alta), mas causa alguma perda
de discriminação do alvo.
Dica: Para obter o máximo desempenho de alcance do radar 4G de
banda larga, transmita apenas num alcance e defina o controlo
Noise Reject (Rejeição de ruído) para High (Alta) e o limiar para o
valor mais baixo possível. A predefinição é 30% para obter menos
interferência no ecrã. Se a opção OFF (Desligado) estiver
selecionada para o GO XSE, o desempenho de gama é quase igual
ao radar 3G. Em algumas áreas onde pode existir interferência
extremamente elevada, tente desligar para obter melhores imagens
de radar.
Limiar do radar
O limiar define a intensidade do sinal necessária para os sinais de
radar mais baixos. As ocorrências do radar abaixo deste limite são
filtradas e não são apresentadas.
Valor de predefinição: 30%.
Expansão de alvos
Target expansion (Expansão de alvos) aumenta o comprimento dos
alvos dentro do alcance, tornando-os mais fáceis de ver.
Rejeitar interferências do radar
As interferências podem ser causadas por sinais de radar de outras
unidades de radar que funcionam na mesma banda de frequência.
Uma definição alta reduz as interferências de outros radares.
Para não perder alvos fracos, a rejeição de interferências deve ser
definida para um valor baixo quando não houver interferências.
Radar | GO XSE Manual do operador
107
Separação de alvos
(Apenas nos radares 4G de banda larga e Halo)
O controlo Target separation (Separação de alvos) permite
controlar a discriminação de alvos do radar (a separação entre
objetos é mais visível).
Fast scan (Varrimento rápido)
(Apenas nos radares de banda larga e Halo)
Define a velocidade de rotação da antena do radar. Esta opção
fornece atualizações de alvos mais rápidas.
Ú Nota: Pode não ser possível obter a velocidade máxima,
dependendo das definições, do modo e do alcance
selecionados no radar. O radar só irá rodar com a velocidade
que as definições de controlo atuais permitirem.
Estado do mar
Defina o controlo Sea State (Estado do mar) de acordo com as atuais
condições do mar para obter as melhores interferências.
Intensificação do alvo
(Apenas radar 3G e 4G de banda larga e radar de impulsos)
O controlo de intensificação do alvo aumenta o comprimento dos
impulsos ou reduz a largura de banda do radar para aumentar os
alvos dentro do alcance e aumentar a sensibilidade do radar.
108
Radar | GO XSE Manual do operador
Opções de visualização de radares
As opções do menu Visualização variam consoante a antena do
radar.
VelocityTrack
Esta opção está disponível para antenas de radar que tenham a
funcionalidade de cor Doppler.
Esta é uma funcionalidade de desbloqueio, consulte "Desbloqueio de
funcionalidade" na página 20.
Ú Nota: Quando o VelocityTrack está ativado, a velocidade de
rotação da antena pode ser reduzida.
A cor Doppler é um auxiliar à navegação para distinguir alvos em
movimento que se aproximam ou se afastam da embarcação. O
radar indica se um alvo se está a aproximar ou a afastar da
embarcação se estas condições forem verdadeiras:
• O velocidade relativa do alvo é maior que o limiar de velocidade
do VelocityTrack.
• O alvo não é geoestacionário (p. ex., terra ou uma boia de
marcação).
Estão disponíveis as seguintes opções:
• Off (Desligado) - desliga a cor Doppler
• Normal - aproximação de alvos e afastamento de alvos são
coloridos.
• Aproximação de alvos - apenas são coloridos os alvos que se
aproximam
A cor da aproximação de alvos e afastamento de alvos depende da
paleta utilizada:
Paletas da imagem do radar
• O afastamento de alvos é colorido a azul em todas as paletas da
imagem do radar.
• Cores de aproximação de alvos nas paletas da imagem do radar:
- Paleta preto/vermelho - Amarelo
- Paleta branco/vermelho - Amarelo
- Paleta preto/verde - Vermelho
- Paleta preto/amarelo - Vermelho
Paletas de sobreposição do radar nas cartas
Radar | GO XSE Manual do operador
109
• O afastamento de alvos é de cor cinzenta escura.
• A aproximação de alvos é de cor amarela.
Definições do VelocityTrack
Utilize esta caixa de diálogo para definir os limiares de velocidade de
alvos a serem coloridos.
O limiar de velocidade pode ser definido para solicitar a fonte do
radar apenas do painel do radar selecionado ou a todas as fontes de
radar ligadas ao sistema. A definição é aplicável apenas aos radares
ligados no momento em que a definição é efetuada. Se a opção
todas as fontes de radar estiver selecionada, os radares ligados
recentemente utilizarão os valores especificados automaticamente.
Exemplos de VelocityTrack
A aproximação e a divergência de alvos em movimento pode ser
indicada como neutro (sem cor) em algumas circunstâncias. O
navegador deve estar consciente destas situações para utilizar com
segurança a funcionalidade do VelocityTrack como uma ajuda para
evitar colisões.
São ilustrados abaixo exemplos de como se comporta o
VelocityTrack em 2 cenários de navegação. As ilustrações mostram
um alvo (A) a atravessar o percurso (B)da embarcação.
110
Radar | GO XSE Manual do operador
A
B
0°
0°
5
4
3
2
1
5
C
4
3
2
1
D
Os exemplos mostram o movimento do alvo (1-5) em 5 radares com
os radares em modo de movimento relativo.
No exemplo C, a direção em relação ao solo (COG) da embarcação é
de 0° e a velocidade é 0 nós.
No exemplo D, a direção em relação ao solo (COG) da embarcação
é de 0° e a velocidade é 10 nós.
Em ambos os exemplos, a direção em relação ao solo (COG) alvo é
270° e a velocidade é de 20 nós.
As cores no exemplo estão de acordo com as cores utilizadas para
as paletas do radar preto/verde e preto/amarelo:
• Vermelho, indica que o alvo está localizado num percurso
próximo da embarcação. A respetiva velocidade relativa nesse
momento é maior que o limiar de velocidade do VelocityTrack.
• Sem cor, indica que está temporariamente neutro porque a
respetiva velocidade relativa nesse momento é menor que o
limiar de velocidade do VelocityTrack.
• Azul, indica que o alvo está a afastar-se da embarcação e a
respetiva velocidade relativa nesse momento é maior que o
limiar de velocidade do VelocityTrack.
Radar | GO XSE Manual do operador
111
Simbologia do radar
A simbologia do radar definida no painel Radar settings (Definições
do radar) pode ser ativada/desativada em conjunto. Consulte a
figura do painel com radar que mostra os itens do radar opcionais.
Rastos de alvos
Pode definir durante quanto tempo permanecem os rastos gerados
por cada alvo no seu painel com radar. Também pode desativar
rastos de alvos.
Ú Nota: o movimento real é recomendado quando utilizar rastos
de alvos
Apagar rastos de alvos a partir do painel
Quando os rastos dos alvos são apresentados no painel, o menu do
radar é expandido para incluir uma opção onde pode apagar
temporariamente rastos de alvos do seu painel com radar. Os rastos
de alvos começam a aparecer novamente, a menos que os desligue,
como descrito acima.
Paleta do radar
Podem ser utilizadas diferentes cores (paletas) para representar os
detalhes no seu painel com radar.
Orientação do radar
A orientação do radar é indicada no canto superior esquerdo do
painel com radar, como HU (Heading UP, Rumo para cima), NU
(North Up, Norte para cima) ou CU (Course up, Rota para cima).
Direção para cima
No modo Head-up (Direção para cima), a linha de rumo no PPI é
orientada para o ângulo 0° na escala de direção e no sentido da
parte superior do ecrã. A imagem do radar é apresentada em
relação à própria embarcação e, quando a embarcação muda de
direção, a imagem do radar roda.
Ú Nota: Head-up (Direção para cima) só está disponível no modo
de movimento relativo e este é o único modo de orientação
disponível se o radar não estiver ligado a uma fonte de direção.
112
Radar | GO XSE Manual do operador
Norte para cima
No modo Norte para cima, a indicação de 0° no PPI representa o
norte. A linha de rumo no PPI é orientada de acordo com o rumo da
própria embarcação obtido a partir da bússola giroscópica. Quando
a embarcação muda de direção, a linha de rumo altera a respetiva
direção em conformidade com o rumo da embarcação, enquanto a
imagem do radar permanece estabilizada.
A orientação Norte para cima não está disponível se nenhuma fonte
de rumo estiver ligada ao radar. Em caso de perda dos dados de
rumo, o sistema muda automaticamente para a orientação Direção
para cima.
Rota para cima
No modo Rota para cima, a parte superior da escala de direção
indica a verdadeira rota da embarcação medida a partir do norte no
momento em que a Rota para cima foi ativada. Quando a
embarcação muda de direção, a escala de direção permanece fixa,
enquanto que a linha de rumo roda com a mudança de direção da
embarcação e a alteração da rota.
A orientação da Rota para cima é reposta, selecionando novamente
o modo Rota para cima.
Modo de movimento do radar
O movimento do radar é indicado no canto superior esquerdo do
painel com radar, como TM (True Motion, Movimento real) ou RM
(Relative motion, Movimento relativo).
Movimento relativo
Em movimento relativo, a sua embarcação permanece num local
fixo no PPI do radar e todos os outros objetos deslocam-se
relativamente à sua posição.
Pode selecionar a posição do local fixo, tal como descrito em "Desvio
do centro do PPI" na página 114.
Movimento real
No modo True motion (Modo de movimento real), a sua
embarcação e os alvos em movimento deslocam-se no PPI do radar
enquanto viaja. Todos os objetos fixos permanecem numa posição
fixa. Quando o símbolo da embarcação atinge os 75% do raio do PPI
(A), a imagem do radar é redesenhada e o símbolo da embarcação
Radar | GO XSE Manual do operador
113
é reposicionado (B) a 180° na direção oposta ao rumo da direção
atual.
A
B
Quando o Movimento real estiver selecionado, a opção de
reposição do Movimento real está disponível no menu. Isto permite
repor manualmente a imagem do radar e o símbolo da embarcação
para a respetiva posição inicial.
Ú Nota: O Movimento real só está disponível quando o PPI estiver
no modo de orientação North Up (Norte para cima) ou Course
Up (Rota para cima).
Desvio do centro do PPI
Pode definir a origem da posição da antena para uma localização
diferente no PPI do radar. As opções descritas nas seguintes secções
estão disponíveis.
Ú Nota: O desvio do centro do PPI é permitido apenas em modo
de movimento relativo.
Centro do PPI: Centro
Centro do PPI: Visão para a
frente
Centro do PPI: Desvio
Pode regressar o centro da antena para o centro do PPI utilizando a
opção de desvio no menu View (Visualização).
Ú Nota: A escala de direção está de acordo com o ponto de
referência comum consistente (Consistent Common Reference
114
Radar | GO XSE Manual do operador
Point - CCRP), enquanto que o desvio define a posição da
antena do radar no PPI. O valor de centralização do desvio
máximo permitido é 75% do raio no intervalo atual. Tal pode
fazer com que o CCRP esteja fora da escala de direção. Nesses
casos, as medições continuam a ser obtidas pelo CCRP e a
escala de direção é comprimida em conformidade.
Centro
A opção Centro repõe a posição da antena para o centro do PPI.
Visão para a frente
A opção Visão para a frente é utilizada para maximizar a visão à
frente da embarcação. Quando selecionada, o centro do PPI é
colocado a 70% do raio do PPI, a 180° na direção oposta à parte
superior do ecrã.
Ú Nota: A Visão para a frente está disponível apenas para
orientação Heading Up (Rumo para cima) do radar.
Desvio para a posição do cursor
Esta opção permite-lhe utilizar o cursor para selecionar o centro da
antena. Quando a opção é selecionada, o centro do PPI é
imediatamente movido para a posição do cursor.
Marcadores EBL/VRM
A EBL (linha de direção eletrónica) e o VRM (marcador de alcance
variável) permitem medições rápidas de alcance e direção para
embarcações e massas de terra dentro do alcance do radar. É
possível colocar dois EBL/VRM diferentes sobre a imagem de radar.
Os EBL/VRM são posicionados por predefinição a partir do centro da
embarcação. No, entanto, é possível deslocar o waypoint para
qualquer posição selecionada na imagem do radar.
Quando em posição, pode ligar/desligar o EBL/VRM selecionando
os respetivos marcadores na barra de dados ou retirando a seleção
do marcador no menu.
Definir um marcador EBL/VRM
1. Certifique-se de que o cursor não está ativo
2. Ative o menu, selecione EBL/VRM e, em seguida, selecione
EBL/VRM 1 ou EBL/VRM 2
Radar | GO XSE Manual do operador
115
- O EBL/VRM está agora posicionado sobre a imagem de radar
3. Selecione a opção de ajuste a partir do menu se for necessário
reposicionar o marcador e depois ajuste o marcador arrastandoo para a respetiva posição na imagem do radar
4. Selecione a opção de guardar para guardar as definições
Colocar marcadores EBL/VRM utilizando o cursor
1. Posicione o cursor sobre a imagem de radar
2. Ative o menu
3. Selecione um dos marcadores EBL/VRM
- A linha EBL e o círculo VRM estão posicionados em
conformidade com a posição do cursor.
Desvio de um marcador EBL/VRM
1. Certifique-se de que o cursor não está ativo
2. Ative o menu, selecione EBL/VRM e, em seguida, selecione o
marcador que pretende desviar
3. Selecione a opção Set offset (Definir desvio)
4. Posicione o cursor no painel com radar para definir a posição de
desvio
5. Selecione a opção de guardar para guardar as definições.
Pode repor o centro de EBL/VRM para a posição de embarcação a
partir do menu.
Definir uma zona de proteção à volta da
embarcação
Uma zona de proteção é uma área (circular ou um setor) que pode
definir na imagem de radar. Quando é ativada, um alarme avisa-o se
um alvo do radar entra ou sai da zona.
Definir uma zona de proteção
1. Certifique-se de que o cursor não está ativo
2. Ative o menu, selecione Guard zones (Zonas de proteção) e,
em seguida, selecione uma das zonas de proteção
3. Selecione a forma da zona
- As opções de ajuste dependem da forma da zona de
proteção
116
Radar | GO XSE Manual do operador
4. Selecione Adjust (Ajustar) para especificar as definições da zona
de proteção. Os valores podem ser definidos a partir do menu
ou arrastando o dedo no painel com radar.
- A: direção relativa ao rumo da embarcação
- B: profundidade
- C: alcance relativo ao centro da embarcação
- D: largura
5. Selecione a opção de guardar para guardar as definições.
Quando em posição, pode ativar/desativar as zonas de proteção
selecionando a respetiva secção na barra de dados.
D
C A
C
B
B
Forma: setor
Forma: círculo
Definições de alarme
Um alarme é ativado quando um alvo do radar viola os limites da
zona de proteção. Pode selecionar se o alarme será ativado quando
o alvo entra ou quando sai da zona.
Sensibilidade
A sensibilidade da zona de proteção pode ser ajustada para eliminar
alarmes para alvos pequenos.
Alvos MARPA
Se o sistema incluir um sensor de rumo, a função MARPA (Mini
Automatic Radar Plotting Aid, Mini-instrumento automático de
traçado de radar) pode ser utilizada para monitorizar até dez alvos
do radar.
Pode definir alarmes para notificá-lo se um alvo se aproximar
demasiado. Consulte "Definições do radar" na página 120.
O seguimento MARPA é uma ferramenta importante para evitar
colisões.
Radar | GO XSE Manual do operador
117
Ú Nota: O MARPA requer dados de rumo tanto para o radar como
para o GO XSE.
Símbolos de alvos AIS
O sistema utiliza os seguintes símbolos de alvos.
A obter o alvo MARPA. Normalmente, isto demora até 10
rotações completas do scanner.
A seguir o alvo MARPA, sem movimento ou ancorado.
Alvo MARPA em seguimento e seguro com linhas de
extensão.
Alvo MARPA perigoso.
Um alvo é definido como perigoso quando entra na zona
de proteção definida no painel com radar.
Quando nenhum sinal é recebido num determinado
intervalo de tempo, o alvo é definido como perdido.
O símbolo de objeto representa a última posição válida do
objeto antes da perda de receção de dados.
Alvo MARPA selecionado, ativado pelo posicionamento do
cursor sobre o ícone do alvo.
O alvo regressa ao símbolo de alvo predefinido quando o
cursor é removido.
Seguir alvos MARPA
1. Posicione o cursor no alvo na imagem do radar
2. Selecione Acquire targets (Adquirir alvos) no menu
3. Repita o processo se quiser seguir mais alvos
Depois de os alvos serem identificados, podem ser necessários
cerca de 10 feixes do radar para adquirir e, em seguida, seguir o
alvo.
Cancelar o seguimento de alvos MARPA
Quando os alvos estão a ser seguidos, o menu do radar é expandido
para incluir opções para o cancelamento de alvos individuais ou
para parar a função de seguimento.
118
Radar | GO XSE Manual do operador
Para cancelar o seguimento de alvos individuais, selecione o ícone
de alvo antes de ativar o menu.
Ver informações do alvo MARPA
Se o pop-up estiver ativado, pode selecionar um alvo MARPA para
visualizar informações básicas do alvo. As informações dos 3 alvos
MARPA que estão mais próximos da embarcação também são
apresentadas na barra de dados.
Quando o alvo é selecionado, as informações detalhadas acerca do
alvo podem ser apresentadas no menu.
Pode visualizar informações sobre todos os alvos MARPA utilizando
a opção Vessels (Embarcações) na página inicial.
Definições do alarme MARPA
Pode definir os seguintes alarmes MARPA:
• Alvo MARPA perdido
Controla se um alarme é ativado quando um alvo MARPA é
perdido.
• MARPA indisponível
Controla se um alarme é ativado se não tiver as entradas
necessárias para que o MARPA funcione (posição de GPS válida e
o sensor de rumo ligado ao servidor do radar).
Gravação de dados do radar
Pode gravar os dados do radar e guardar o ficheiro internamente na
unidade GO XSE ou então guardá-los num cartão de memória
inserido no leitor de cartões da unidade.
Um ficheiro de radar gravado pode ser utilizado para documentar
um evento ou um erro operacional. Um ficheiro de radar registado
também pode ser utilizado pelo simulador.
Se houver mais do que um radar disponível, pode selecionar que
fonte pretende gravar.
Radar | GO XSE Manual do operador
119
Definições do radar
Simbologia do radar
Pode selecionar que itens do radar opcionais devem ser ativados/
desativados em conjunto a partir do menu. Consulte a figura do
painel do radar.
Direções
Utilizado para selecionar se a direção do radar deve ser medida em
relação ao Norte verdadeiro/magnético (°T/°M) ou ao rumo relativo
(°R).
Barra de dados
Ativa/desativa a barra de dados do radar. Consulte a figura do painel
do radar.
A barra de dados pode apresentar até 3 alvos, dispostos com os
alvos mais perigosos na parte superior. Pode optar por mostrar os
alvos MARPA no topo e antes de quaisquer alvos AIS, mesmo que os
alvos AIS estejam mais perto da sua embarcação.
Definições MARPA
Pode definir o comprimento do rasto MARPA, o que facilita o
seguimento do movimento do alvo.
120
Radar | GO XSE Manual do operador
Pode ser adicionado um círculo à volta da embarcação para
apresentar a zona de perigo. O raio do círculo é idêntico ao do
ponto de aproximação mais próximo, tal como definido na caixa de
diálogo Dangerous Vessels (Embarcações perigosas). Consulte "Definir
embarcações perigosas" na página 168. Um alarme dispara se uma
embarcação estiver a entrar na sua zona de segurança.
Instalação
A opção Installation (Instalação) é utilizada para a instalação do
radar, descrita nos manuais de instalação do radar ou instalação do
GO XSE em separado.
Radar | GO XSE Manual do operador
121
10
122
Sonar
A função Sonar fornece uma visão da água e do fundo sob a
embarcação, permitindo-lhe detetar peixes e examinar a estrutura
do leito do mar.
Imagem do sonar
1
Profundidade
2
Temperatura
3
Frequência e escala de zoom
4
Fundo do mar
5
Botões de zoom
6
Escala do alcance de profundidade
7
Painel de instrumentos
8
Coluna de zoom
9
Arcos de peixe
Sonar | GO XSE Manual do operador
Fazer zoom da imagem
Pode aumentar o zoom da imagem do seguinte modo:
• utilizando os botões de zoom (+ ou -)
O nível de zoom é apresentado no canto superior esquerdo da
imagem.
Ao aumentar o tamanho, o fundo do mar é mantido junto à parte
inferior do ecrã, independentemente de se encontrar no alcance
automático ou do alcance manual.
Se o alcance estiver definido para um valor consideravelmente
inferior à profundidade real, a unidade não consegue encontrar o
fundo durante o zoom.
Se o cursor estiver ativo, o tamanho da unidade aumenta no local
para o qual o cursor está a apontar.
Barra de zoom
A barra de zoom é apresentada quando faz zoom na imagem.
Arraste a barra de zoom na vertical para ver as diferentes partes da
coluna de água.
Utilizar o cursor na imagem
O cursor pode ser utilizado para medir a distância até um alvo,
marcar uma posição e selecionar alvos.
Por predefinição, o cursor não é apresentado na imagem.
Quando posiciona o cursor sobre a imagem, o ecrã é colocado em
pausa, a profundidade na posição do cursor é apresentada e a
janela de informações é ativada.
Para remover o cursor e os elementos do cursor do painel, selecione
a opção de menu Clear cursor (Apagar cursor).
Ir para o cursor
Pode navegar para uma posição selecionada na imagem se
posicionar o cursor no painel e, em seguida, utilizar a opção Goto
Cursor (Ir para o cursor) no menu.
Sonar | GO XSE Manual do operador
123
Função de auxílio do cursor
A função de auxílio do cursor permite ajustar e colocar de maneira
precisa o cursor sem abranger os detalhes com o dedo.
Ative o cursor no painel e, em seguida, prima e mantenha o dedo
no ecrã para mudar o símbolo do cursor para um círculo de seleção,
que aparece acima do seu dedo.
Sem retirar o dedo do ecrã, arraste o círculo de seleção para a
posição pretendida.
Quando retira o dedo do ecrã, o cursor volta para o modo de
funcionamento normal do cursor.
Medir a distância
O cursor pode ser utilizado para medir a distância entre a posição
de duas observações na imagem.
1. Posicione o cursor no ponto a partir do qual pretende medir a
distância
2. Inicie a função de medição a partir do menu
3. Posicione o cursor no segundo ponto de medição
- Uma linha é traçada entre os pontos de medição e a distância
é listada no painel Cursor Information (Informações do cursor)
4. Continue a selecionar novos pontos de medição, se necessário
Pode utilizar o menu para reposicionar o ponto inicial e o ponto
final, desde que a função de medição esteja ativa.
Se selecionar Finish measuring, (Concluir a medição), a imagem é
reposta para a apresentação normal.
Guardar waypoints
Pode guardar um waypoint num determinado local se posicionar o
cursor no painel e, em seguida, selecionar a opção de novo
waypoint no menu.
124
Sonar | GO XSE Manual do operador
Ver o histórico
Pode deslocar a imagem para ver o histórico do sonar.
Para retomar o deslocamento normal, selecione a opção de menu
Clear cursor (Apagar cursor).
Configurar a imagem
Utilize as opções do menu Sonar para configurar a imagem. Quando
o cursor estiver ativo, algumas opções no menu Sonar são
substituídas por funções do modo do cursor. Selecione Clear
cursor (Apagar cursor) para regressar para o menu Sonar normal.
Alcance
A definição de alcance determina a profundidade da água que é
visível no ecrã.
Frequência
A unidade é compatível com várias frequências de transdutor. As
frequências disponíveis dependem do modelo de transdutor que
esteja ligado.
Pode ver duas frequências ao mesmo tempo selecionando dois
painéis de sonar a partir da página inicial.
A frequência é o "tom" transmitido pelo transdutor. Os transdutores
são concebidos para funcionar em frequências diferentes, uma vez
que estas têm qualidades diferentes.
• Uma baixa frequência, por exemplo, 50 kHz, atinge uma grande
profundidade. Gera um grande cone, mas é um pouco mais
sensível ao ruído. É adequada para uma discriminação do fundo
e uma ampla área de pesquisa.
Sonar | GO XSE Manual do operador
125
• Uma alta frequência, por exemplo, 200 kHz, oferece uma maior
discriminação e é menos sensível ao ruído. É adequada para
separar os alvos para uma embarcação de maior velocidade.
Ganho
O ganho controla a sensibilidade. Quanto maior for o aumento do
ganho, maior será o número de detalhes apresentados na imagem.
No entanto, uma definição de ganho mais elevada pode provocar
ruído de fundo na imagem. Se o ganho for definido para um nível
muito baixo, os ecos fracos podem não aparecer.
Ganho automático
A opção Auto gain (Ganho automático) mantém a sensibilidade a
um nível adequado na maioria das condições. Com o ganho no
modo automático, pode definir um desvio positivo ou negativo que
é aplicado ao ganho automático.
Cor
Os sinais fortes e fracos têm cores diferentes para indicar as
diferentes intensidades de sinal. As cores utilizadas dependem da
paleta que selecionar. Quanto maior for a definição de cor, mais
ecos são apresentados na cor da extremidade de retorno forte da
escala.
Opções do DownScan
Fornece opções para especificar a imagem do DownScan. Esta
opção de menu está disponível quando a opção Overlay downscan
(Sobreposição do downscan) está selecionada na caixa de diálogo
Echo settings (Definições de eco). Para obter mais informações,
consulte "Definições do sonar" na página 132.
Colocar uma imagem em pausa
Pode colocar uma imagem em pausa, para que possa analisá-la.
Esta função é útil quando necessita de posicionar um waypoint
preciso na imagem e se estiver a utilizar o cursor para medir a
distância entre 2 elementos na imagem.
A função de pausa impede que o sonar faça ping a partir do
transdutor. O sistema não está a recolher dados do sonar quando
está no modo de pausa.
126
Sonar | GO XSE Manual do operador
Opções avançadas
A opção Advanced (Avançado) só está disponível se o cursor não
estiver ativo.
Rejeição de ruído
As interferências de sinal de bombas de porão, vibração do motor e
as bolhas de ar podem criar artefactos na imagem.
A opção de rejeição de ruído filtra as interferências de sinal e reduz
os artefactos no ecrã.
TVG
A ação das ondas e os rastos das embarcações podem provocar
perturbações perto da superfície no ecrã. A opção TVG (Time
Variable Gain, Ganho variável de tempo) reduz a interferência na
superfície, diminuindo a sensibilidade do recetor perto da superfície.
Ú Nota: Para obter a melhor imagem e nitidez na maioria das
condições, o valor predefinido é definido para 3 no máximo (o
intervalo é 0-3).
Velocidade de deslocamento
Pode selecionar a velocidade de deslocamento da imagem
apresentada no ecrã. Uma velocidade de deslocamento elevada
atualiza a imagem de maneira rápida, enquanto uma baixa
velocidade de deslocamento apresenta um maior historial.
Ú Nota: em determinadas condições, pode ser necessário ajustar
a velocidade de deslocamento para obter uma imagem mais
útil. Como o ajuste da imagem para uma velocidade mais
rápida quando pesca na vertical sem se deslocar.
Velocidade de ping
A velocidade de ping controla a frequência com que o transdutor
transmite o sinal para a água. Por predefinição, a velocidade de ping
está definida para o valor máx. Pode ser necessário ajustar a
velocidade de ping para limitar as interferências ou para ajustar a
condições específicas de pesca.
Sonar | GO XSE Manual do operador
127
Começar a gravar dados de registo
Pode começar a gravar dados de registo e guardar o ficheiro
internamente na unidade, ou guardá-lo num cartão inserido no
leitor de cartões da unidade.
A função de gravação é ativada a partir da opção de menu
Advanced (Avançado).
Quando os dados estiverem a ser gravados, é apresentado um
símbolo vermelho intermitente no canto superior esquerdo e é
apresentada uma mensagem periodicamente na parte inferior do
ecrã.
Nome do ficheiro
Especifique o nome da gravação (registo).
Formato de ficheiro
Selecione um formato de ficheiro a partir da lista pendente, slg
(apenas sonar), xtf (apenas Structure*), sl2 (sonar e Structure) ou sl3
(inclui o StructureScan 3D).
Ú Nota: O formato XTF destina-se a ser utilizado com ferramentas
de visualização de sonar de terceiros.
128
Sonar | GO XSE Manual do operador
Guardar em
Selecione se a gravação deve ser guardada a nível interno ou num
cartão de memória no leitor de cartões.
Bytes por sondagem
Selecione o número de bytes por segundo que são utilizados
quando guardar o ficheiro de registo. Quanto maior for o número
de bytes, melhor será a resolução, mas isto pode fazer com que o
ficheiro de registo aumente de tamanho em comparação com
definições de bytes menores.
Criar o StructureMap
Se o transdutor StructureScan estiver ligado à unidade, pode
converter os registos .sl2 e .sl3 para o formato StructureMap (.smf)
quando a gravação for concluída. O ficheiro de registo também
pode ser convertido para o formato StructureMap a partir da opção
Files (Ficheiros).
Carregar para a Insight Genesis
Quando a gravação é concluída, os ficheiros são transmitidos para a
Insight Genesis se estiver ligado a um hotspot sem fios. Para obter
informações sobre hotspots sem fios, consulte "Ligação sem fios" na
página 154.
Privacidade
Se for permitido pela sua conta Insight Genesis selecionada, pode
optar entre definir os ficheiros de registo gravados como Private
(Privados) ou Public (Públicos) na Insight Genesis.
Tempo restante
Apresenta o espaço restante disponível para gravações.
Parar de gravar os dados de registo
Selecione Stop (Parar) na caixa de diálogo Recording echo (Gravar
ecos) para parar por completo a gravação de todos os dados do
sonar.
Ú Nota: Se tiver selecionado a opção Upload to Insight
Genesis (Carregar para a Insight Genesis) e tiver uma ligação a
Sonar | GO XSE Manual do operador
129
um hotspot sem fios, os seus ficheiros gravados são
transmitidos para a Genesis quando selecionar Stop (Parar).
Ver os dados de sonda gravados
Os registos de sonda armazenados a nível interno como externo
podem ser revistos se a opção View sonar log (Ver o registo da
sonda) for selecionada na caixa de diálogo Echo settings (Definições
de eco). Consulte "Definições do sonar" na página 132.
O ficheiro de registo é apresentado como uma imagem em pausa e
o utilizador pode controlar o deslocamento e a visualização a partir
da opção de menu Replay (Reproduzir).
Pode utilizar o cursor na imagem reproduzida e deslocar a imagem
como uma imagem de eco normal.
Se mais do que um canal estiver gravado no ficheiro de eco
selecionado, pode selecionar o canal a apresentar.
Para sair do modo de reprodução, selecione o símbolo X no canto
superior direito da imagem reproduzida.
Opções de visualização do sonar
Opções de ecrã dividido
Zoom
O modo Zoom apresenta uma visualização ampliada da imagem da
sonda no lado esquerdo do painel.
Por predefinição, o nível do zoom está definido para 2x. Pode
selecionar um máximo de zoom de 8x através do menu pendente
ou dos botões de zoom (+ ou -).
As barras de zoom do intervalo no lado direito do ecrã indicam o
intervalo ampliado. Se aumentar o fator de zoom, o alcance é
130
Sonar | GO XSE Manual do operador
reduzido. Isto é representado pela redução da distância entre as
barras de zoom.
Bloqueio do fundo
O modo de bloqueio do fundo é útil quando pretende visualizar
ecos próximos do fundo do mar. Neste modo, o lado esquerdo do
painel mostra uma imagem onde o fundo é plano. A escala de
alcance é alterada para medir a partir do leito marinho (0) e para
cima. A parte inferior e a linha zero são sempre apresentadas na
imagem à esquerda, independente da escala de alcance. O fator de
escala da imagem no lado esquerdo do painel é ajustado conforme
descrito para a opção de zoom.
Paletas
Pode selecionar entre várias paletas de visualização otimizadas para
uma grande variedade de condições de pesca.
Gráfico da temperatura
O gráfico da temperatura é utilizado para ilustrar as alterações na
temperatura da água.
Quando é ativado, é apresentada uma linha a cores e dígitos de
temperatura na imagem do sonar .
Linha de profundidade
Uma linha de profundidade pode ser adicionada à superfície inferior
para facilitar a distinção do fundo em relação aos peixes e
estruturas.
A-Scope
O A-Scope é um visor de ecos em tempo real à medida que
aparecem no painel. A força do próprio eco é indicada pela largura
e a intensidade de cor.
Barras de zoom
As barras de zoom mostram o intervalo ampliado num painel
dividido com vistas de zoom.
As barras de zoom de alcance no lado direito do visor indicam o
alcance que é ampliado e apresentado no lado esquerdo. Se
Sonar | GO XSE Manual do operador
131
aumentar o fator de zoom, o alcance é reduzido. Isto é representado
pela redução da distância entre as barras de zoom.
Pode mover as barras de zoom no lado direito para cima ou para
baixo, fazendo com que a imagem do lado esquerdo mostre as
diferentes profundidades da coluna de água.
ID de peixe
Pode selecionar a forma como pretende que os ecos sejam
apresentados no ecrã. Também pode selecionar se pretende ser
notificado por um sinal sonoro quando um ID de peixe aparece no
painel.
Ecos de pesca tradicionais
Símbolos de pesca
Símbolos de pesca e
indicação da profundidade
Ú Nota: nem todos os símbolos de pesca são peixes reais.
Definições de trajetos
132
Sonar | GO XSE Manual do operador
Sobreposição do Downscan
Quando um transdutor HDI com DownScan está ligado ao seu
sistema, pode sobrepor imagens do DownScan na imagem do
sonar normal.
Quando ativado, o menu Sonar é expandido para incluir opções
básicas do DownScan.
Ver registo do sonar
Utilizado para visualizar as gravações do sonar. O ficheiro de registo
é apresentado como uma imagem em pausa e o utilizador pode
controlar o deslocamento e a apresentação através do menu.
Pode utilizar o cursor na imagem, medir distâncias e definir as
opções de visualização, tal como numa imagem do sonar em
tempo real. Se foi gravado mais do que um canal no ficheiro de
sonar selecionado, pode selecionar o canal que pretende
apresentar.
Para sair da função de visualização, selecione o X no canto superior
direito.
Desvio de profundidade da estrutura
Definição para transdutores de estrutura.
Todos os transdutores medem a profundidade da água do
transdutor ao fundo. Como resultado, as leituras de profundidade
da água não têm em consideração a distância do transdutor ao
ponto mais baixo do barco dentro de água ou do transdutor à
superfície da água.
Para apresentar a profundidade do ponto mais baixo da
embarcação até ao fundo, faça o seguinte. Antes de definir o desvio
da estrutura, meça a distância do transdutor de estrutura ao ponto
mais baixo da embarcação dentro de água. Se, por exemplo, a
distância for 0,3 m (1 pé), passa a ser introduzida como (negativo) 0,3 m (-1 pé).
Para apresentar a profundidade da superfície da água até ao fundo,
faça o seguinte. Antes de definir o desvio da estrutura, meça a
distância do transdutor de estrutura à superfície da água. Se, por
exemplo, a distância for 0,3 m (1 pé), passa a ser introduzida como
(positivo) 0,3 m (1 pé).
Uma definição de 0 (zero) faz com que a profundidade apresentada
seja a distância do transdutor até ao fundo.
Sonar | GO XSE Manual do operador
133
Instalação
Utilizada para instalação e configuração. Consulte o manual de
instalação do GO XSE em separado
Instalação do ForwardScan
Utilizada para a instalação e configuração do ForwardScan. Consulte
"Configuração do ForwardScan" na página 150.
134
Sonar | GO XSE Manual do operador
11
StructureScan
O StructureScan utiliza as altas frequências para fornecer uma
imagem de resolução elevada, semelhante a uma imagem, do leito
marinho.
Ú Nota: Deve ter um transdutor StructureScan HD ou TotalScan
instalado para utilizar as funcionalidades do StructureScan.
O StructureScan fornece uma ampla cobertura em grande detalhe
com o SideScan, enquanto o DownScan fornece imagens
detalhadas da estrutura e de peixes diretamente abaixo da
embarcação. A página StructureScan é acedida a partir da página
inicial quando o transdutor é ligado.
Imagem do StructureScan
Vista
O painel StructureScan pode ser configurado como uma imagem
do DownScan ou apresentar a análise no lado esquerdo/direito.
A imagem do DownScan também pode ser adicionada como
sobreposição à imagem do sonar tradicional.
StructureScan | GO XSE Manual do operador
135
1
Profundidade
Ú Nota: A leitura da profundidade depende da
definição Structure depth offset (Desvio de
profundidade da estrutura), consulte "Desvio de
profundidade da estrutura" na página 133
2
Temperatura
3
Frequência
4
Fundo do mar
5
Ícones de zoom (downscan)/alcance (sidescan)
6
Escala de alcance
Fazer zoom da imagem do StructureScan
Pode fazer zoom numa imagem do StructureScan do seguinte
modo:
• utilizando os ícones de zoom do painel
• aproximando ou afastando os dedos no ecrã
Utilizar o cursor no painel StructureScan
Por predefinição, o cursor não é apresentado na imagem do
StructureScan.
Quando posiciona o cursor numa imagem do DownScan, o ecrã é
colocado em pausa e a janela de informações do cursor e a barra do
histórico são ativadas. Numa imagem do DownScan, a
profundidade é apresentada na posição do cursor.
136
StructureScan | GO XSE Manual do operador
Quando posiciona o cursor numa imagem do SideScan, o ecrã é
colocado em pausa e a janela de informação é ativada. Numa
imagem do SideScan, a distância no lado esquerdo/direito entre a
embarcação e o cursor é apresentada na posição do cursor.
Ir para o cursor
Pode navegar para uma posição selecionada na imagem se
posicionar o cursor no painel e, em seguida, utilizar a opção Goto
Cursor (Ir para o cursor) no menu.
Função de auxílio do cursor
A função de auxílio do cursor permite ajustar e colocar de maneira
precisa o cursor sem abranger os detalhes com o dedo.
Ative o cursor no painel e, em seguida, prima e mantenha o dedo
no ecrã para mudar o símbolo do cursor para um círculo de seleção,
que aparece acima do seu dedo.
Sem retirar o dedo do ecrã, arraste o círculo de seleção para a
posição pretendida.
Quando retira o dedo do ecrã, o cursor volta para o modo de
funcionamento normal do cursor.
Medir a distância
O cursor pode ser utilizado para medir a distância entre a posição
de duas observações na imagem.
1. Posicione o cursor no ponto a partir do qual pretende medir a
distância
2. Inicie a função de medição a partir do menu
3. Posicione o cursor no segundo ponto de medição
- Uma linha é traçada entre os pontos de medição e a distância
é listada no painel Cursor Information (Informações do cursor)
4. Continue a selecionar novos pontos de medição, se necessário
Pode utilizar o menu para reposicionar o ponto inicial e o ponto
final, desde que a função de medição esteja ativa.
Se selecionar Finish measuring, (Concluir a medição), a imagem é
reposta para a apresentação normal.
StructureScan | GO XSE Manual do operador
137
Guardar waypoints
Pode guardar um waypoint num determinado local se posicionar o
cursor no painel e, em seguida, selecionar a opção de novo
waypoint no menu.
Ver histórico do StructureScan
Sempre que o cursor está ativo num painel do StructureScan, a
barra de deslocamento é apresentada no painel. A barra de
deslocamento mostra a imagem que está a visualizar em relação ao
histórico de todas as imagens do StructureScan armazenadas.
Dependendo da vista selecionada, a barra de deslocamento está no
lado mais à direita (SideScan) ou na parte superior do ecrã
(DownScan).
Pode deslocar o histórico de imagens arrastando para cima/baixo
(SideScan) ou para a esquerda/direita (DownScan).
Para retomar o deslocamento normal do StructureScan, prima Clear
cursor (Apagar cursor).
138
StructureScan | GO XSE Manual do operador
Configurar a imagem do StructureScan
Alcance
A definição de alcance determina a profundidade da água e o
alcance de SideScan visível no ecrã.
Alcance automático
Quando o alcance é definido para Auto (Automático), o sistema
define automaticamente o alcance consoante a profundidade da
água.
Níveis de alcance predefinidos
Pode optar entre vários níveis de alcance predefinidos.
Frequências do StructureScan
O StructureScan suporta duas frequências. A frequência de 455 kHz
proporciona um alcance e uma qualidade de imagem ideais na
maioria das situações, enquanto a frequência de 800 kHz é utilizada
para proporcionar mais detalhes em águas rasas.
Contraste
Determina a relação de brilho entre as áreas claras e as áreas escuras
do ecrã.
Para ajustar a definição de contraste:
1. Selecione o ícone de contraste ou ative a opção de contraste no
menu para visualizar a barra de ajuste de cor
2. Arraste a barra para cima ou para baixo para obter a definição
de contraste pretendida ou selecione Auto contrast (Contraste
automático).
Ú Nota: recomendamos que utilize a opção Auto contrast
(Contraste automático).
Paletas
Pode selecionar entre várias paletas de visualização otimizadas para
uma grande variedade de condições de pesca.
StructureScan | GO XSE Manual do operador
139
Ver
Pode configurar a página StructureScan como uma imagem
DownScan ou como varrimento para a esquerda, para a direita ou
para a esquerda/direita.
Selecione a opção do menu View (Ver) e, em seguida, a vista que
pretende ver.
Fazer uma pausa na imagem do StructureScan
Pode fazer uma pausa na imagem do StructureScan, para que possa
analisar as estruturas e outras imagens de maneira mais detalhada e
profunda.
Esta função é útil quando necessita de posicionar um ponto de
passagem preciso na imagem do StructureScan e se estiver a utilizar
o cursor para medir a distância entre 2 elementos na imagem.
Definições avançadas do StructureScan
TVG
A ação das ondas e os rastos das embarcações podem provocar
perturbações perto da superfície no ecrã. A opção TVG (Time
Variable Gain, Ganho variável de tempo) reduz a interferência na
superfície, diminuindo a sensibilidade do recetor perto da superfície.
Ú Nota: Para obter a melhor imagem e nitidez na maioria das
condições, o valor predefinido é definido para 3 no máximo (o
intervalo é 0-3).
Inverter a imagem do Structure para a esquerda/direita
Se necessário, as imagens de esquerda/direita do SideScanning
podem ser invertidas para corresponder à direção da instalação do
transdutor.
Linhas de alcance
As linhas de alcance podem ser adicionadas à imagem de forma a
facilitar estimar a profundidade (Downscan) e a distância (SideScan).
140
StructureScan | GO XSE Manual do operador
Gravação de dados do StructureScan
Pode gravar dados do StructureScan e guardar o ficheiro
internamente na unidade GO XSE ou no cartão de memória, como
descrito em "Iniciar gravação de dados do sonar " na página 128.
StructureScan | GO XSE Manual do operador
141
12
StructureMap
A função StructureMap sobrepõem as imagens do SideScan a partir
de uma fonte StructureScan na carta. Isto faz com que seja mais fácil
visualizar a posição subaquática em relação à sua posição e ajuda a
interpretar imagens de SideScan.
Imagem do StructureMap
O exemplo abaixo mostra um painel de carta com uma
sobreposição de estrutura em conjunto com um painel SideScan
tradicional.
Desloca-se na carta, como habitual, quando tem uma sobreposição
de estrutura:
• Aumente o tamanho da carta e a imagem digitalizada utilizando
os botões de zoom (+ ou -). Arraste o painel para visualizar a
imagem digitalizada.
Ativar a sobreposição de estrutura
1. Ativar a sobreposição de estrutura a partir do menu da carta
- O menu da carta é ampliado para mostrar as opções de
estrutura
- Os dados de estrutura aparecem inicialmente no ecrã da
carta, assim que a sobreposição de estrutura é ativada
2. Selecionar a fonte de estrutura
- Live data (Dados em tempo real) é a opção predefinida
142
StructureMap | GO XSE Manual do operador
Ú Nota: a sobreposição de estrutura também pode ser ativada se
selecionar um ficheiro do StructureMap guardado no gestor de
ficheiros.
Fontes do StructureMap
Podem ser utilizadas duas fontes para sobrepor os registos de
estrutura nas cartas, mas só pode ser visualizada uma de cada vez:
• Live data (Dados em tempo real) - Utilizados se os dados do
StructureScan estiverem disponíveis no sistema.
• Saved files (Ficheiros guardados) - São dados do StructureScan
(*.sl2 ou *.sl3) gravados que são convertidos para o formato
StructureMap (*.smf). Os ficheiros *.smf guardados podem ser
utilizados mesmo se não houver fontes do StructureScan ligadas.
Fonte em tempo real
Quando os dados em tempo real são selecionados, o histórico de
imagens do SideScan é apresentado como um rasto atrás do ícone
da embarcação. O comprimento deste rasto depende da memória
disponível na unidade e das definições de alcance. À medida que a
memória é preenchida, os dados mais antigos são eliminados
automaticamente e os novos dados são adicionados. Ao aumentar
o alcance de pesquisa, a velocidade de ping do transdutor
StructureScan é reduzida, mas a largura e o comprimento do
histórico de imagens são aumentados.
Ú Nota: o modo em tempo real não guarda quaisquer dados. Se a
unidade for desligada, todos os dados mais recentes são
perdidos.
Ficheiros guardados
Quando a opção Saved files (Ficheiros guardados) é selecionada, o
ficheiro StructureMap é sobreposto na carta com base nas
informações de posição no ficheiro.
Se a escala da carta for grande, a área do StructureMap é indicada
com uma caixa de limite até a escala ter tamanho suficiente para
mostrar os detalhes do Structure.
O modo Saved (Guardado) é utilizado para rever e examinar
ficheiros do StructureMap e para posicionar a embarcação em
pontos específicos de interesse numa área analisada anteriormente.
Ú Nota: quando os ficheiros guardados são utilizados como
fonte, todos os ficheiros StructureMap encontrados no cartão
StructureMap | GO XSE Manual do operador
143
de memória e na memória interna do sistema são
apresentados. Se houver mais do que um StructureMap da
mesma área, as imagens são sobrepostas e sobrecarregam a
carta. Se forem necessários vários registos da mesma área, os
mapas devem ser colocados em cartões de memória separados.
Sugestões do StructureMap
• Para obter uma imagem de estruturas mais altas (um navio
afundado, etc.), não navegue por cima. Em vez disso, manobre a
embarcação de forma a que estrutura fique à esquerda ou à
direita da embarcação.
• Quando utilizar o StructureScan, não selecione a opção
Autorange (Seleção automática). Defina o seu alcance de
estrutura para um nível significativamente maior (duas a três
vezes) em relação à profundidade da água, para garantir uma
leitura completa e a maximizar a precisão da conversão.
• Não sobreponha trajetos do histórico quando efetuar uma
análise lado a lado de uma área.
Gravação de dados do StructureScan
Os dados do StructureScan podem ser gravados a partir de um
painel da carta com a opção Structure overlay (Sobreposição do
Structure) ativada.
As gravações do StructureScan também podem ser iniciadas a partir
de um painel StructureScan.
Quando os dados do StructureScan estão a ser gravados, é
apresentado um símbolo vermelho intermitente e uma mensagem
periodicamente na parte inferior do ecrã.
Ú Nota: a mensagem inclui informações sobre o tamanho do
ficheiro. Mantenha o tamanho dos seus registos em 100 MB ou
menos para permitir a conversão de ficheiros mais rápida.
A gravação é interrompida se selecionar de novo a função de
gravação.
Converter dados do StructureScan para o formato
StructureMap
Um ficheiro de registo do StructureScan (.sl2) é convertido para o
formato StructureMap (.smf) após a gravação a partir da caixa de
diálogo de gravação ou a partir do gestor de ficheiros.
144
StructureMap | GO XSE Manual do operador
Pode criar ficheiros padrão ou ficheiros de elevada resolução. Os
ficheiros .smf de alta resolução captam mais detalhes, mas
demoram mais tempo a converter e são maiores do que os ficheiros
de resolução padrão.
Para poupar espaço em disco, recomenda-se que retire os ficheiros
StructureScan (.sl2) após a conversão.
Utilizar o StructureMap com cartões de
mapeamento
O StructureMap permite-lhe manter a capacidade total das cartas e
pode ser utilizado com cartografia integrada, bem como cartões de
cartas da Navionics, Insight e de outros fabricantes compatíveis com
o sistema.
Quando utilizar o StructureMap com cartões de mapeamento, copie
os ficheiros do StructureMap (.smf) para a memória interna da
unidade. Recomendamos que guarde cópias dos ficheiros do
StructureMap em cartões de mapeamento externos.
Opções de estrutura
Pode ajustar as definições do StructureMap a partir do menu de
opções Structure (Estrutura). O menu está disponível se a opção
Structure overlay (Sobreposição de estrutura) estiver ativada.
Nem todas as opções estão disponíveis quando os ficheiros
StructureMap guardados são utilizados como fonte. As opções não
disponíveis aparecem como esbatidas.
Alcance
Define o alcance de pesquisa.
Transparência
Define a opacidade da sobreposição da Structure overlay
(Sobreposição de estrutura). Com as definições de transparência
mínima, os detalhes da carta são quase escondidos pela
sobreposição do StructureMap.
Paleta
Seleciona a palete Structure (Estrutura).
StructureMap | GO XSE Manual do operador
145
Contraste
Determina a relação de brilho entre as áreas claras e as áreas escuras
do ecrã.
Coluna de água
Mostra/oculta a coluna de água no modo Live (Real).
Caso esteja desativada, os cardumes podem não ser vistos na
imagem do SideScan.
Se estiver ativada, a precisão da imagem SideScan na carta pode ser
afetada pela profundidade da água.
Frequência
Define a frequência do transdutor utilizada pela unidade. A
frequência de 800 kHz oferece a melhor resolução, enquanto a de
455 kHz tem uma maior cobertura de profundidade e alcance.
Rejeição de ruído
As interferências de sinal de bombas de porão, vibrações do motor
e as bolhas de ar podem interferir com o ecrã do sonar. A opção de
rejeição de ruído filtra as interferências de sinal e reduz os artefactos
no ecrã.
Limpar o histórico de tempo real
Limpa os dados do histórico de tempo real existentes no ecrã e
começa a mostrar apenas os dados mais recentes.
Gravar dados
Grava os dados do StructureScan.
Fonte
Seleciona a fonte do StructureMap.
146
StructureMap | GO XSE Manual do operador
13
ForwardScan
O sonar ForwardScan é um auxiliar à navegação que ajuda a
monitorizar o ambiente subaquático à frente da sua embarcação
quando executa manobras em velocidade lenta.
Para utilizar a funcionalidade ForwardScan, deve ter um transdutor
ForwardScan instalado na sua embarcação. Para obter instruções de
instalação, consulte o manual de instalação do transdutor
ForwardScan.
Atenção: Não confie neste equipamento como fonte
principal de navegação ou deteção de perigo.
Atenção: Não utilize este equipamento para avaliar a
profundidade ou outras condições para a prática de
natação ou mergulho.
Imagem do ForwardScan
ForwardScan | GO XSE Manual do operador
147
1
A localização do transdutor é apresentada como a origem
na página
2
Escala do alcance de profundidade e posição da
embarcação
3
Escala do alcance para a frente
4
Dados de pontos
5
Fundo do mar
6
Histórico de profundidade
Configurar a imagem do ForwardScan
Profundidade
Controla o intervalo de profundidade. Por predefinição, o intervalo
de profundidade é definido para o modo automático.
Alcance para a frente
Controla o alcance de pesquisa para frente. O alcance máximo para
a frente é 91 metros (300 pés).
Rejeição de ruído
Filtra as interferências de sinal e reduz as interferências.
Gravar
Grava os registos do sonar ForwardScan.
Pausa
Faz uma pausa em transmissões do sonar futuras.
148
ForwardScan | GO XSE Manual do operador
Opções de visualização do ForwardScan
Paleta
Estão disponíveis várias paletas para diversas condições da água.
Relação do histórico
Controla a quantidade de histórico do sonar apresentada atrás da
embarcação. Quanto maior for a relação, maior será o histórico.
Dados de pontos
Por predefinição, o ForwardScan mostra apenas a parte inferior.
Selecione a opção de menu Point data (Dados de pontos) para
especificar que não pretende ver qualquer ponto com dados de
sonar, que pretende ver todos os pontos com dados de sonar ou
que pretende apenas ver pontos (Objetos) na coluna de água.
Mostrar zonas
Apresenta zonas de aviso (amarelo) e zonas críticas (vermelho) no
ecrã. Consulte "Alcance de avanço crítico e profundidade crítica" na página 151.
Linhas de profundidade
Apresenta linhas no ecrã que facilitam uma estimativa mais rápida
da profundidade e de objetos subaquáticos.
Extensão do rumo
Pode utilizar a extensão do rumo para monitorizar o ForwardScan
no painel da carta. As cores da extensão de rumo baseiam-se nos
valores de alarme do ForwardScan.
ForwardScan | GO XSE Manual do operador
149
Extensão ForwardScan
1
Vermelho - Crítica
2
Amarelo - Aviso
3
Verde - Segura
Selecione ForwardScan na caixa de diálogo Chart Settings
(Definições de carta) para ver a extensão do rimo do ForwardScan
no painel da carta.
Configuração do ForwardScan
Especifique a configuração na caixa de diálogo ForwardScan
installation (Instalação do ForwardScan).
150
ForwardScan | GO XSE Manual do operador
Alcance de avanço crítico e profundidade crítica
Critical Forward Range (Alcance de avanço crítico) e Critical Depth
(Profundidade crítica) são limiares selecionados pelo utilizador que
definem um avanço de zona crítico da embarcação.
Se viajar em águas rasas o suficiente para atingir uma zona crítica, o
alarme de Zona crítica é ativado. Para visualizar as zonas de aviso
críticas, ative a opção de menu Show zones (Mostrar zonas).
Imagem do ForwardScan com a opção Show zones (Mostrar zonas) ativa
1
Zona crítica
ForwardScan | GO XSE Manual do operador
151
2
Zona de aviso
Os valores de Warning Forward Range (Alcance de avanço de aviso)
e Warning Depth (Profundidade de aviso) têm como base os valores
de Critical Forward Range (Alcance de avanço crítico) e Critical
Depth (Profundidade crítica) selecionados.
Ú Nota: para receber alertas de zona crítica, ative ForwardScan
alarm (Alarme do ForwardScan) na caixa de diálogo Alarm
settings (Definições de alarme). Para obter mais informações
sobre como ativar alarmes, consulte Alarmes.
Ângulo do transdutor
Recomendamos a instalação do transdutor na posição vertical em
relação à linha de água. Nos casos em que isso não for possível, a
definição Transducer Angle (Ângulo do transdutor) ajuda a desviar a
diferença entre o ângulo do transdutor e a linha de água.
O ângulo pode ser ajustado de 0 (vertical) a 20 graus.
Atenção: os ajustes ao valor do ângulo do transdutor
devem ser efetuados com cuidado. Grandes variações
no valor do ângulo do transdutor podem distorcer os
dados de profundidade, aumentando o risco de
embate em obstáculos subaquáticos.
Desvio de profundidade
Todos os transdutores medem a profundidade da água do
transdutor ao fundo. Como resultado, as leituras de profundidade
da água não têm em consideração a distância do transdutor ao
ponto mais baixo do barco (por exemplo, o fundo da quilha, do
leme ou do prolongamento da quilha para a ré) dentro de água ou
do transdutor à superfície da água.
Antes de definir o desvio, meça a distância entre o transdutor e o
ponto mais baixo da embarcação dentro de água ou entre o
transdutor e a superfície da água.
152
ForwardScan | GO XSE Manual do operador
B
A
A
Desvio para o ponto mais baixo da embarcação: defina a
distância entre o transdutor e o ponto mais baixo do barco
dentro de água - este deve ser definido como um valor
negativo. Por exemplo, -0,3 m (-1 pé).
B
Desvio da profundidade abaixo da superfície (linha de
flutuação): defina a distância entre o transdutor e a
superfície - este deve ser definido como um valor positivo.
Por exemplo, +0,5 m (+1,77 pés).
Para a profundidade abaixo do transdutor, defina o desvio para 0.
ForwardScan | GO XSE Manual do operador
153
14
Ligação sem fios
A conetividade GoFree sem fios permite-lhe:
• Utilizar um dispositivo sem fios para visualizar remotamente
(smartphones e tablets) e controlar o sistema (apenas tablets).
• Aceda à Loja GoFree.
• Carregue os seus registos do sonar para criar cartas
personalizados na Insight Genesis.
• Transferir atualizações de software
• Ligar a aplicações de terceiros
Ú Nota: os mapas, as cartas, as atualizações de software e outros
ficheiros de dados podem ser grandes. O seu fornecedor de
dados pode cobrar-lhe com base na quantidade de dados que
transferir. Se não tiver a certeza, contacte o fornecedor de
serviços para obter mais informações.
A unidade inclui a funcionalidade de rede sem fios integrada para
ligação à Internet e dispositivos sem fios, como, por exemplo,
smartphones e tablets.
A instalação e configuração iniciais da funcionalidade sem fios
integrada está descrita no Manual de instalação do sistema.
Ú Nota: para utilizar a funcionalidade de rede sem fios, tem de a
ativar primeiro. Consulte "Rede sem fios interna" na página 160.
Ligar e desligar a partir de um hotspot sem
fios
Para ligar a um hotspot sem fios, selecione a opção Wireless (Sem
fios) na caixa de diálogo System Controls (Controlos do sistema) e,
em seguida, selecione Not Connected (Não ligado). Em seguida, é
aberta a caixa de diálogo Wireless Devices (Dispositivos sem fios).
Utilize esta caixa de diálogo para selecionar o hotspot pretendido,
introduza as informações de início de sessão e, em seguida,
selecione Connect (Ligar). Ligar a um hotspot sem fios altera o
modo sem fios para o modo Client (Cliente). Neste modo, pode
aceder à Loja GoFree.
154
Ligação sem fios | GO XSE Manual do operador
Para desligar de um hotspot sem fios, selecione a opção Wireless
(Sem fios) na caixa de diálogo System Controls (Controlos do
sistema) e, em seguida, selecione Connected nome_do_hotspot e, em
seguida, Disconnect (Desligar). Esta opção altera o modo sem fios
para o modo Access point (Ponto de acesso). Neste modo, pode
ligar um dispositivo sem fios para que as aplicações, como GoFree
Link possa aceder às informações de navegação da embarcação.
Loja GoFree
A unidade sem fios deve ser ligada a um hotspot sem fios externo
para poder aceder à Loja GoFree.
Na Loja GoFree, pode procurar, comprar e transferir conteúdos
compatíveis para o seu sistema, incluindo as cartas de navegação e
os Mapas Insight Genesis. Quando iniciar sessão, o sistema fornecelhe automaticamente uma notificação se estiver disponível uma
nova versão do software para o seu sistema. Se estiver disponível
uma atualização, pode transferi-la para uma ranhura para cartões ou
agendar a transferência para mais tarde. Se agendar a transferência
para mais tarde, a notificação está disponível na caixa de diálogo
About (Acerca) a partir de System Settings (Definições do sistema).
GoFree Link
A funcionalidade sem fios permite-lhe utilizar um dispositivo sem
fios para visualizar remotamente (smartphones e tablets) e controlar
o sistema (apenas em tablets). O sistema é visualizado e controlado
a partir do dispositivo sem fios pelas aplicações GoFree Link
transferidas a partir da loja de aplicações. Quando o controlador
remoto é aceite, a página ativa é reproduzida no dispositivo sem
fios.
Ú Nota: Para utilizar smartphones e tablets para visualizar e
controlar o sistema, é necessário desligar a funcionalidade sem
fios do hotspot sem fios (no modo Access Point (Ponto de
acesso)).
Ú Nota: Por razões de segurança, as funções Autopilot (Piloto
automático) e CZone não podem ser controladas a partir de um
dispositivo sem fios.
Ligação sem fios | GO XSE Manual do operador
155
Ligação de um tablet
Instale a aplicação GoFree no tablet antes de seguir este
procedimento.
1. Defina a rede sem fios interna para o modo Access Point
(Ponto de acesso). Para fazê-lo, selecione a página Wireless
devices (Dispositivos sem fios) na caixa de diálogo Wireless
settings (Definições sem fios) e depois selecione a opção
Internal wireless (Rede sem fios interna). Em seguida, selecione a
opção Mode (Modo) e selecione Internal Access Point (Ponto
de acesso interno).
2. Selecione o dispositivo Sem fios interno na página Wireless
devices (Dispositivos sem fios) para ver a respetiva chave de
rede.
3. Navegue para a página de ligação de rede sem fios no tablet e
encontre a unidade ou a rede xxxx sem fios GoFree. Se houver
mais do que uma dentro do alcance, reveja a página Wireless
devices (Dispositivos sem fios) na unidade para confirmar qual
é o dispositivo sem fios que está ligado à unidade.
4. Introduza a chave de rede no tablet para estabelecer ligação à
rede.
5. Abra a aplicação GoFree - a unidade deve ser detetada
automaticamente. O nome apresentado é a predefinição ou o
nome atribuído na definição Device Name (Nome do
dispositivo). Se a unidade não aparecer, siga as instruções
apresentadas no ecrã para encontrar o dispositivo
manualmente.
6. Selecione o ícone de gráfico da unidade. A unidade apresenta
uma mensagem semelhante à seguinte:
7. Selecione Yes (Sim) para uma ligação única ou Always
(Sempre) se pretender que o dispositivo seja memorizado para
ligações frequentes. Esta definição pode ser alterada mais tarde,
se necessário.
Ú Nota: O módulo sem fios interno apenas suporta a ligação
GoFree para ele próprio. Outras unidades ligadas na rede não
são visíveis.
156
Ligação sem fios | GO XSE Manual do operador
Ligar um smartphone
Instale a aplicação GoFree no smartphone antes de seguir este
procedimento.
1. Defina a rede sem fios interna para o modo Access Point
(Ponto de acesso). Para fazê-lo, selecione a página Wireless
devices (Dispositivos sem fios) na caixa de diálogo Wireless
settings (Definições sem fios) e depois selecione a rede sem fios
interna da unidade. Em seguida, selecione a opção Mode
(Modo) e selecione Internal Access Point (Ponto de acesso
interno).
2. Selecione o dispositivo Sem fios interno na página Wireless
devices (Dispositivos sem fios) para ver a respetiva chave de
rede.
3. Navegue para a página de ligação de rede sem fios no
smartphone e encontre a unidade ou a rede xxxx sem fios
GoFree. Se houver mais do que uma dentro do alcance, reveja a
página Wireless devices (Dispositivos sem fios) na caixa de
diálogo Wireless settings (Definições sem fios) da unidade para
confirmar qual é o dispositivo sem fios que está ligado à
unidade.
4. Introduza a chave de rede no smartphone para estabelecer
ligação à rede.
5. Abra a aplicação GoFree no smartphone - a unidade deve ser
detetada automaticamente. O nome apresentado é a
predefinição ou o nome atribuído na definição Device Name
(Nome do dispositivo). Se a unidade não aparecer, siga as
instruções apresentadas no ecrã para encontrar o dispositivo
manualmente.
O visor do MFD é apresentado no smartphone. Para alterar o visor
do MFD no smartphone, utilize o MFD para alterar o visor do MFD. A
alteração do visor no MFD reflete-se no smartphone.
Carregar ficheiros de registo para a Insight
Genesis
Para carregar um ficheiro de registo do sonar para a Insight Genesis,
selecione o ficheiro que pretende carregar a partir do painel Files
(Ficheiros) e selecione a opção Upload to Insight Genesis (Carregar
para a Insight Genesis).
Ligação sem fios | GO XSE Manual do operador
157
Ú Nota: deve estar ligado a um hotspot sem fios para carregar os
ficheiros de registo gravados para a Insight Genesis.
Ú Nota: os dados de registo gravados também podem ser
carregados para a Insight Genesis se tiver especificado Upload
to Insight Genesis (Carregar para a Insight Genesis) na caixa
de diálogo Record Echo (Gravar eco). Para obter mais
informações, consulte "Iniciar gravação de dados de registo" na página
128.
Definições de rede sem fios
Fornece opções de configuração e instalação para a funcionalidade
sem fios.
Para obter mais informações, consulte o Manual de instalação GO
XSE.
158
Ligação sem fios | GO XSE Manual do operador
Ligar a um hotspot sem fios
Apresenta a caixa de diálogo Wireless device (Dispositivo sem fios)
que pode utilizar para ligar a funcionalidade sem fios a um hotspot
sem fios.
Controladores remotos
Quando um dispositivo sem fios (smartphone ou tablet) é ligado,
este é apresentado na lista Remote Controllers (Controladores
remotos). Selecionar Always allow (Permitir sempre) significa que
o dispositivo consegue estabelecer ligação automática sem ser
necessário inserir a palavra-passe. Este menu permite-lhe também
desligar os dispositivos que já não necessitem de acesso.
Dispositivos sem fios
Esta caixa de diálogo mostra as redes sem fios internas e os
dispositivos WIFI-1 ligados, bem como o respetivo IP e número de
canal. Se selecionar a rede sem fios interna ou um dispositivo WiFi-1, verá detalhes adicionais.
Ú Nota: o WIFI-1 está disponível se a unidade tiver uma ligação
de radar na parte traseira da unidade. A ligação de radar pode
ser utilizada como uma ligação Ethernet para o WIFI-1.
Para ver e alterar os valores dos detalhes da rede sem fios interna
(Nome da rede (SSID), chave de rede, ou canal), a rede sem fios
interna deve estar no modo Access Point (Ponto de acesso) (Wi-Fi
interna). Para selecionar uma rede (hotspot) para estabelecer
ligação, a rede sem fios interna deve estar no Client Mode (Modo
cliente). Utilize a opção Mode (Modo) para alternar entre modos.
Definições do cliente
Apresenta informações sobre o hotspot sem fios ao qual a sua
unidade está ligada ou o último hotspot a que a sua unidade foi
ligada. Pode selecionar o hotspot na caixa de diálogo para defini-lo
como um hotspot ao qual pretende sempre ligar quando estiver
dentro do alcance ou pode optar por eliminá-lo.
Avançada
Inicia as ferramentas Iperf e DHCP Probe (Sonda DHCP) que ajudam
na deteção de falhas e na configuração da rede sem fios.
Ligação sem fios | GO XSE Manual do operador
159
Ú Nota: Iperf e DHCP Probe (Sonda DHCP) são ferramentas
fornecidas para fins de diagnóstico por utilizadores
familiarizados com terminologia e configuração de redes. A
Navico não é responsável pelo desenvolvimento destas
ferramentas e não fornece assistência relacionada com a sua
utilização.
Rede sem fios interna
Selecione esta opção para ativar ou desativar o módulo de rede sem
fios interno.
Se desativar a rede sem fios quando não estiver a ser utilizada, reduz
o consumo de energia da unidade.
160
Ligação sem fios | GO XSE Manual do operador
15
AIS
Se uma fonte AIS (Automatic Identification System - Sistema de
identificação automática) compatível estiver ligada ao sistema,
todos os alvos detetados por estes dispositivos podem ser
apresentados e seguidos. Pode ver também as mensagens e a
posição dos dispositivos de transmissão DSC dentro do alcance.
Os alvos AIS podem ser apresentados como sobreposições nas
imagens da carta, o que torna esta funcionalidade uma ferramenta
importante para garantir a segurança em viagem e evitar colisões.
Pode definir alarmes para notificar o utilizador se um alvo AIS ficar
demasiado perto ou em caso de perda do alvo.
Símbolos de objetos AIS
O sistema utiliza os seguintes símbolos de objetos AIS:
Objeto AIS parado (sem movimento ou ancorado).
Objeto AIS em movimento e seguro com linha de
extensão de percurso.
Objeto AIS perigoso, ilustrado com uma linha a negrito.
Um objeto é definido como perigoso com base nas
definições CPA e TCPA. Consulte "Definir embarcações
perigosas" na página 168.
AIS | GO XSE Manual do operador
161
Objeto AIS perdido.
Quando nenhum sinal é recebido num determinado
intervalo de tempo, o objeto é definido como perdido.
O símbolo de objeto representa a última posição válida
do objeto antes da perda de receção de dados.
O objeto AIS selecionado é ativado selecionando um
símbolo de objeto.
O objeto regressa ao símbolo de objeto predefinido
quando o cursor é removido do símbolo.
AIS SART (AIS Search And Rescue Transmitter Transmissor de busca e salvamento).
Ver informações dos alvos AIS
Procurar itens AIS
Pode procurar alvos AIS, utilizando a opção Find (Localizar) no
painel Tools (Ferramentas).
A partir de um painel da carta, pode procurar alvos AIS, utilizando a
opção Find (Localizar) no menu. Se o cursor estiver ativo, o sistema
procura embarcações à volta da posição do cursor. Sem um cursor
ativo, o sistema procura embarcações à volta da posição da
embarcação.
Ver informações dos alvos AIS únicos
Quando seleciona um ícone AIS no painel da carta, o símbolo muda
para o símbolo de alvo selecionado e o nome da embarcação é
apresentado.
Quando o alvo é selecionado, pode visualizar informações
detalhadas sobre um alvo selecionando o pop-up AIS ou a partir do
menu.
162
AIS | GO XSE Manual do operador
Contactar uma embarcação AIS
Se o sistema incluir um rádio VHF que permita efetuar chamadas
com DSC (Digital Select Calling, Chamada seletiva digital) através de
NMEA 2000, pode iniciar uma chamada DSC para outras
embarcações a partir do GO XSE.
A opção de chamada está disponível na caixa de diálogo AIS
Vessel Details (Detalhes da embarcação AIS) e na caixa de diálogo
Vessel status (Estado da embarcação) no painel Tools
(Ferramentas).
Na caixa de diálogo Call (Chamar), pode alterar o canal ou cancelar
a chamada. A caixa de diálogo Call (Chamada) é encerrada após o
estabelecimento da ligação.
AIS SART
Quando é ativado um AIS SART (Search and Rescue beacon - Sinal
de busca e salvamento), este começa imediatamente a transmitir a
sua posição e dados de identificação. Estes dados são recebidos
pelo seu dispositivo AIS.
AIS | GO XSE Manual do operador
163
Se o seu recetor AIS não for compatível com AIS SART, este
interpreta os dados AIS SART como um sinal de um transmissor AIS
padrão. A carta apresenta um ícone, mas este ícone é um ícone de
embarcação AIS.
Se o seu recetor AIS for compatível com AIS SART, acontece o
seguinte quando são recebidos dados AIS SART:
• Um ícone AIS SART é localizado na carta na posição recebida do
AIS SART
• Aparece uma mensagem de alarme
Se tiver ativado a sirene, é apresentada uma mensagem de alarme
seguida de um alarme sonoro.
Ú Nota: o ícone é verde se os dados AIS SART recebidos
resultarem de um teste em vez de uma mensagem ativa.
Mensagem de alarme AIS SART
Quando os dados são recebidos a partir de um AIS SART, aparece
uma mensagem de alarme. Esta mensagem inclui o número MMSI
único do AIS SART, a respetiva posição, distância e a orientação da
sua embarcação.
Tem as seguintes opções:
• Ignorar o alarme
- O alarme é silenciado e a mensagem fechada. O alarme não
volta a ser apresentado
Ú Nota: Se ignorar o alarme, o ícone AIS SART permanece visível
na carta e o AIS SART permanece na lista Vessels (Embarcações).
• Guardar o waypoint
- O waypoint é guardado na sua lista de waypoints. O nome
deste waypoint tem o prefixo MOB AIS SART - seguido do
164
AIS | GO XSE Manual do operador
número de MMSI único do SART. Por exemplo, MOB AIS SART 12345678.
• Ativar a função MOB
- O ecrã muda para um painel de carta ampliado, centrado na
posição AIS SART
- O sistema cria uma rota ativa para a posição AIS SART
Ú Nota: Se a função MOB já estiver ativa, esta será terminada e
substituída pela nova rota em direção à posição AIS SART!
Ú Nota: Se o AIS deixar de receber a mensagem AIS SART, o AIS
SART permanece na lista de embarcações durante 10 minutos
depois de receber o último sinal.
Se selecionar o ícone AIS SART no painel da carta, pode ver os
detalhes de AIS MOB.
Alarmes de embarcação
Pode definir vários alarmes para o alertar se um objeto se aproximar
dentro de um limite predeterminado ou se perder um objeto
previamente identificado.
Embarcações perigosas
Controla se será acionado um alarme quando uma embarcação se
aproximar mais do que a distância CPA dentro do limite TCPA.
Consulte "Definir embarcações perigosas" na página 168.
AIS | GO XSE Manual do operador
165
Embarcação AIS perdida
Define o alcance de deteção de embarcações perdidas. Se uma
embarcação estiver perdida no alcance definido, é acionado um
alarme.
Ú Nota: a caixa de verificação controla se é apresentada uma
caixa pop-up de alarme e se é acionada uma sirene. O CPA e
TCPA definem se uma embarcação é perigosa
independentemente do estado ativado ou desativado.
Mensagem de embarcação
Controla se é acionado um alarme quando recebe uma mensagem
de um objeto AIS.
Definições do barco
Número MMSI da sua embarcação
Deve ter o seu próprio número de MMSI (Maritime Mobile Service
Identity, Identificação do Serviço Móvel Marítimo) introduzido no
sistema para receber mensagens endereçadas de embarcações AIS
e DSC.
Também é importante ter o número MMSI introduzido para evitar
que a sua embarcação apareça como um alvo AIS na carta.
166
AIS | GO XSE Manual do operador
Ú Nota: a opção Vessel message (Mensagem da embarcação) nas
definições de alarme deve estar ativada para a apresentação de
mensagens MMSI.
Filtros de ícones
Por predefinição, todos os alvos são apresentados no painel se um
dispositivo AIS estiver ligado ao sistema.
Pode optar por não mostrar quaisquer alvos, ou filtrar os ícones com
base nas definições de segurança, distância e velocidade da
embarcação.
Linhas de extensão
O comprimento das linhas de extensão da embarcação e de outras
embarcações pode ser definido pelo utilizador.
• A: Rumo
• B: Rota sobre o Solo (COG, Course Over Ground)
O comprimento das linhas de extensão é definido como uma
distância fixa ou para indicar a distância que a embarcação
percorrerá no período de tempo selecionado. Se nenhuma opção
estiver ativada para This vessel (Esta embarcação), nenhuma linha
de extensão será apresentada para a sua embarcação.
AIS | GO XSE Manual do operador
167
As informações de rumo da embarcação são lidas a partir do sensor
de rumo ativo e as informações de COG são recebidas do GPS ativo.
Para outras embarcações, os dados COG são incluídos na
mensagem recebida pelo sistema AIS.
Definição de embarcações perigosas
Pode identificar uma zona de proteção invisível à volta da sua
embarcação. Quando um objeto se aproxima dos limites definidos,
o símbolo muda para o símbolo de objeto perigoso. Caso esteja
ativado no painel de definições de alarme, é acionado um alarme.
Indicação da velocidade e da rota
A linha de extensão pode ser utilizada para indicar a velocidade e a
rota de alvos, como movimento (verdadeiro) absoluto na carta ou
relativo à sua embarcação.
Um outro estilo de linha é utilizado nas linhas de extensão para
indicar movimento, como indicado abaixo.
168
AIS | GO XSE Manual do operador
Embarcações AIS apresentadas com
movimento absoluto
Embarcações AIS apresentadas com
movimento relativo
Orientação dos ícones AIS
Define a orientação dos ícones AIS, com base nas informações de
rumo ou COG.
AIS | GO XSE Manual do operador
169
16
Painéis de instrumentos
Os painéis de Instruments são compostos por vários medidores analógicos, digitais e rotativos - que podem ser personalizados para
apresentar dados selecionados. O painel de Instruments apresenta
os dados em quadros de controlo, podendo ser definidor até dez no
painel de Instruments.
Ú Nota: Para incluir informações de combustível/motor, as
informações do motor e do depósito têm de ser configuradas
no painel Settings (Definições).
Painéis de informação
Um conjunto de tipos de painéis de informação estão predefinidos
para apresentar informações sobre embarcações, navegação e
pesca.
Pode alternar entre os painéis selecionando os botões de seta para
a esquerda e direita no painel. Também pode selecionar o painel a
partir do menu.
Painel da embarcação
Painel de navegação
Painel do pescador
Ú Nota: Os painéis adicionais podem ser ativados a partir do
menu se estiverem disponíveis outros sistemas (por exemplo, o
CZone) na rede.
Personalizar o painel do Instruments
Pode personalizar o painel do Instruments alterando os dados de
cada um dos indicadores no painel, alterando o esquema do painel
e adicionando novos painéis. Também pode definir limites para
indicadores analógicos.
Todas as opções de edição estão disponíveis a partir do menu do
painel do Instruments.
170
Painéis de instrumentos | GO XSE Manual do operador
As opções de edição disponíveis dependem das fontes de dados
ligadas ao sistema.
Editar um painel
Ative o painel que pretende editar e, em seguida:
1. Ative o menu
2. Selecione a opção de edição
3. Selecione o medidor que pretende alterar. O medidor
selecionado é indicado com um fundo colorido
4. Selecione as informações que pretende que sejam
apresentadas, configure os limites, e, se necessário, altere a
fonte das informações
5. Guarde as alterações, selecionando a opção de guardar no
menu
Painéis de instrumentos | GO XSE Manual do operador
171
17
Áudio
Se um servidor SonicHub , um sistema de entretenimento marítimo
FUSION ou o sistema de áudio NMEA 2000 compatível estiverem
ligados à rede NMEA 2000, pode utilizar o GO XSE para controlar e
personalizar o sistema de áudio na embarcação.
Pode ligar um rádio/sintonizador SiriusXM a servidores de áudio
compatíveis para receber o rádio SiriusXM no sistema. Os canais
SiriusXM disponíveis variam de acordo com o seu pacote de
subscrição selecionado. O rádio SiriusXM só está disponível em
determinados locais. Para mais informações consulte
www.siriusXM.com e a documentação do servidor.
Ú Nota: O áudio SiriusXM está disponível se a unidade tiver uma
ligação de radar na parte traseira. A ligação de radar pode ser
utilizada como uma ligação Ethernet para áudio SiriusXM.
Antes de poder começar a utilizar o seu equipamento de áudio, este
deve ser instalado de acordo com o manual de instalação do GO
XSE e com a documentação fornecida com o dispositivo de áudio.
Ativar áudio
Um dispositivo áudio compatível ligado à rede NMEA 2000 deve ser
identificado automaticamente pelo sistema . Caso contrário, ative a
função a partir da caixa de diálogo Advanced Settings (Definições
avançadas).
172
Áudio | GO XSE Manual do operador
Servidor de áudio
Se várias fontes de áudio estiverem ligadas à mesma rede, um dos
dispositivos tem de ser selecionado como servidor de áudio. Se
apenas existir um dos dispositivos, esse é o servidor de áudio
selecionado por predefinição.
Funcionamento do sistema de áudio
1. Selecione Áudio na barra de controlo para abrir o controlador
de áudio
2. Selecione o botão da fonte de áudio e, em seguida, selecione a
fonte de áudio
- O número de fontes depende do servidor de áudio ativo
3. Utilize os botões do controlador para controlar o sistema de
áudio
Para obter uma visão geral dos botões e ferramentas de controlo de
áudio, consulte "Botões de controlo de áudio" na página 174. Consulte
também "Ferramentas de áudio" na página 176.
Para obter informações sobre as opções disponíveis, consulte a
documentação sobre o seu equipamento de áudio.
Controlador de áudio
Ative o controlador de áudio ao selecionar Áudio na barra de
controlo.
Os botões de controlo, as ferramentas e as opções variam de uma
fonte de áudio para outra, como descrito posteriormente neste
capítulo.
Áudio | GO XSE Manual do operador
173
1
Controlador de áudio
2
Fonte de áudio
3
Botões do controlador de áudio
4
Ferramentas do controlador de áudio
Botões de controlo de áudio
Ú Nota: Os controlos VHF estão disponíveis quando os servidores
de áudio com recetores VHF incluídos estão ligados.
A fonte Mic (microfone) permite-lhe transmitir mensagens de
saudação com voz alta através do sistema de áudio.
Ícone
Sintoniza
dor
VHF
DVD
Reproduç
ão
Selecione para visualizar a lista de fontes disponíveis
174
Áudio | GO XSE Manual do operador
Ícone
Sintoniza
dor
VHF
DVD
Reproduç
ão
Selecione
para
retroceder
Prima e
mantenha
premido
para
retroceder.
Selecione
para
reproduzir a
faixa
anterior.
Selecione para aceder à
frequência seguinte.
Prima e mantenha
premido para sintonizar
um canal.
Selecione
para
reproduzir
em avanço
rápido
Prima e
mantenha
premido
para
reproduzir
em avanço
rápido.
Selecione
para
reproduzir a
faixa
seguinte.
Selecione para aceder ao
canal favorito seguinte/
anterior
N/D
N/D
Selecione para aceder à
frequência anterior.
Prima e mantenha
premido para sintonizar
um canal.
N/D
N/D
Selecione para iniciar
N/D
N/D
Selecione para fazer uma
pausa na reprodução
Selecione para visualizar a barra de controlo do
volume.
Selecione para silenciar.
Áudio | GO XSE Manual do operador
175
Ícone
Sintoniza
dor
VHF
DVD
Reproduç
ão
Selecione para ligar o som.
Ferramentas de áudio
Ícone
Sintonizador
Intensidade do
sinal
N/D
N/D
VHF
Reprodução
N/D
N/D
N/D
Selecione esta
opção para
ativar/desativar
a função de
repetição.
Quando a
função está
ativa, o ícone é
apresentado a
cores.
N/D
Selecione para
ativar/desativar
modo de
reprodução
aleatória.
Quando a
função está
ativa, o ícone é
apresentado a
cores.
Selecione para ligar/desligar a fonte ativa. A
localização deste botão depende do tamanho da
unidade. Este encontra-se no painel do
controlador de áudio principal em unidades
maiores e no painel da fonte do controlador de
áudio em unidades mais pequenas.
Selecione para visualizar as opções para
configurar zonas e o controlo principal
176
Áudio | GO XSE Manual do operador
Ícone
Sintonizador
VHF
Reprodução
Selecione para
visualizar as
estações
favoritas no
sintonizador
Selecione para
visualizar o
explorador de
dispositivos.
Utilize o
Selecione para
explorador
visualizar os
para aceder ao
canais favoritos
menu nativo
do VHF
ou à estrutura
de ficheiros da
fonte e para
selecionar
faixas.
Selecione para visualizar definições opcionais da
fonte ativa
Configurar o sistema de áudio
Misturador de áudio
Utilize o misturador para:
• Ajustar o equilíbrio, o volume e os respetivos limites
individualmente para cada zona.
• Ajustar o nível de graves e agudos e o equilíbrio entre as zonas.
• Ligar ou desligar as zonas das colunas individualmente em
Master control (Controlo principal).
As opções do Misturador variam consoante o dispositivo de áudio
ativado. Segue-se um exemplo da opção de mistura de fonte USB
para All Zones (Todas as zonas):
• Graves
• Médios
• Agudos
Áudio | GO XSE Manual do operador
177
Altifalantes
Zonas das colunas
O GO XSE pode ser configurado para controlar diferentes zonas de
áudio. O número de zonas depende do servidor de áudio ligado ao
seu sistema.
Pode ajustar o balanço, o volume e as definições de limite de
volume individualmente para cada zona. Os ajustes das definições
de graves e agudos irão alterar todas as zonas.
Controlo principal do volume
Por predefinição, o volume de todas as zonas de altifalantes é
ajustado quando se ajusta o volume. O utilizador pode definir que
zonas são alteradas quando aumenta/diminui o volume.
Selecionar a região do sintonizador
Antes de reproduzir rádio FM ou AM, e de utilizar um rádio VHF,
deve selecionar a região adequada para a sua posição.
Canais favoritos
Quando um sintonizador ou um canal VHF está sintonizado, pode
adicionar o canal à sua lista de favoritos. Os canais favoritos podem
ser visualizados, selecionados e eliminados a partir da lista Favorite
(Favoritos).
Pode percorrer os canais favoritos utilizando os botões do
controlador de áudio para cima/baixo.
SonicHub 2
É suportado um SonicHub 2 ligado à rede NMEA 2000.
Informações do dispositivo SonicHub 2
Abra a caixa de diálogo Network Settings (Definições de rede) e
selecione o dispositivo SonicHub 2 na lista Devices (Dispositivos).
Esta função abre a caixa de diálogo SonicHub 2 Device Information
(Informações do dispositivo SonicHub 2).
178
Áudio | GO XSE Manual do operador
Configurar
Selecione para configurar o dispositivo.
Atualizar
Atualiza o software do dispositivo.
Ú Nota: um memory stick USB com a atualização de software
deve ser ligado ao dispositivo. O website do produto pode ter
atualizações de software periódicas. Os ficheiros de atualização
incluem instruções detalhadas sobre como instalar o software.
Reposição de fábrica
Repõe o dispositivo para as predefinições de fábrica.
O SonicHub 2 é compatível com Bluetooth
O SonicHub 2 é um dispositivo compatível com Bluetooth. Pode
utilizar a rede sem fios Bluetooth integrada do SonicHub 2 para ligálo a dispositivos de áudio compatíveis com Bluetooth.
Para emparelhar o SonicHub 2 com um dispositivo compatível com
Bluetooth, selecione o ícone de dispositivos Bluetooth no
controlador de áudio. Escolha o dispositivo Bluetooth com o qual
pretende emparelhar a partir da lista de dispositivos disponíveis e,
em seguida, selecione Pair (Emparelhar).
Áudio | GO XSE Manual do operador
179
O SonicHub 2 é ligado ao dispositivo emparelhado.
Ligar e desligar dispositivos emparelhados
O SonicHub 2 liga-se automaticamente a um dispositivo quando os
emparelha. Pode emparelhá-lo com vários dispositivos, mas só
pode ser ligado um dispositivo de cada vez.
Pode desligar e ligar manualmente o SonicHub 2 a dispositivos
emparelhados.
Para desligar um dispositivo emparelhado, selecione o dispositivo
emparelhado na lista de dispositivos e, em seguida, selecione
Disconnect (Desligar).
Para ligar a um dispositivo emparelhado, selecione o dispositivo
emparelhado na lista de dispositivos e, em seguida, selecione
Connect (Ligar).
180
Áudio | GO XSE Manual do operador
Pandora
O Pandora SonicHub 2 suporta transmissão de música do sistema
Pandora a partir de um dispositivo Android (através de Bluetooth)
ou de um dispositivo IOS (através de USB e Bluetooth).
Ú Nota: Deve encontrar-se numa localização válida para utilizar o
Pandora. Consulte o website do Pandora para obter mais
informações.
Utilize o controlador de áudio para executar o Pandora no
dispositivo inteligente.
Rádio Sirius (apenas na América do Norte)
Lista de canais
A lista de canais apresenta todos os canais Sirius disponíveis, quer
tenha ou não uma subscrição do canal.
Lista de favoritos
Pode criar uma lista dos seus canais Sirius favoritos a partir da lista
de canais. Não é possível adicionar canais não subscritos.
Bloquear canais
Pode bloquear a receção de canais Sirius selecionados. Deve
introduzir um código de 4 dígitos para bloquear e desbloquear
canais.
Fontes auxiliares
É possível utilizar a entrada AUX e AUX 2 (com as etiquetas AUX e
SAT IN no SonicHub) para o rádio Sirius e dispositivos de áudio
externos compatíveis com ligações RCA. É possível controlar a
Áudio | GO XSE Manual do operador
181
reprodução do rádio Sirius quando se liga um módulo de
meteorologia Lowrance à entrada SAT IN. As outras fontes de áudio
auxiliares apenas dispõem de controlo do volume.
Retirar Sirius da fonte AUX
Se um rádio Sirius estiver ligado ao rádio/servidor FUSION, a fonte
AUX é anexada automaticamente ao feed Sirius. Em seguida, Sirius
é apresentado na lista de fontes se o servidor FUSION estiver ativo.
Para utilizar a fonte AUX para um dispositivo diferente, o Sirius tem
de ser desligado da fonte AUX.
Ú Nota: para utilizar o SiriusXM,, é necessário ligar um
sintonizador SiriusXM opcional ao servidor FUSION.
182
Áudio | GO XSE Manual do operador
18
Meteorologia
O sistema inclui a função de meteorologia que permite ao utilizador
ver dados de previsão sobrepostos na carta. Isto permite obter uma
nítida compreensão das condições meteorológicas que possam
aparecer.
O sistema é compatível com dados meteorológicos no formato
GRIB, disponível para transferência a partir de vários fornecedores de
serviços meteorológicos.
Farpas de vento
A rotação das farpas de vento indica a direção do vento relativo , em
que a cauda mostra a origem da direção do vento. Nos gráficos
abaixo, o vento vem do noroeste.
A velocidade do vento é indicada por uma combinação de
pequenas e grandes farpas na ponta da cauda da farpa de vento.
Zero nós/direção do vento indeterminada
Farpa pequena = 5 nós
Farpa grande = 10 nós
Farpa de seta = 50 nós
Se uma combinação de farpas de 5 e 10 nós for apresentada numa
cauda, some os valores para determinar a velocidade total do vento.
O exemplo que se segue mostra 3 farpas grandes + 1 farpa
pequena = 35 nós e 60 nós indicados com 1 farpa de seta + 1 farpa
grande.
Velocidade do vento: 35 nós
Meteorologia | GO XSE Manual do operador
Velocidade do vento: 60 nós
183
Mostrar detalhes de meteorologia
Se o pop-up estiver ativado, pode selecionar um ícone de
meteorologia para apresentar a identidade da observação. Se
selecionar o pop-up, as informações detalhadas sobre a observação
são apresentadas. Se selecionar o ícone de meteorologia, também
pode visualizar as informações detalhadas a partir do menu.
Boletim meteorológico GRIB
Um ficheiro GRIB contém informações de previsão para um
determinado número de dias. É possível animar os dados
meteorológicos, que mostram como os sistemas de condições
climatéricas estão a desenvolver-se.
Importar dados GRIB
Os dados GRIB importados para a memória podem ser
apresentados como sobreposição da carta. Consulte "Apresentar o
boletim meteorológico GRIB como sobreposição" na página 186. O ficheiro pode
ser importado a partir de qualquer local que pode ser visualizado no
gestor de ficheiros.
Ú Nota: Os dados GRIB importados substituem os dados GRIB na
memória.
Pode importar o ficheiro de meteorologia utilizando o Gestor de
ficheiros no painel Tools (Ferramentas) ou a opção de menu
Forescast (Previsão) no painel Chart (Carta):
• Se selecionar um ficheiro GRIB com o Gestor de ficheiros, a opção
Import (Importar) fica disponível. Utilize-a para importar um
ficheiro GRIB para a memória.
184
Meteorologia | GO XSE Manual do operador
Selecione o ficheiro GRIB para importar os dados.
• Selecionar a opção de menu Forecast (Previsão) no painel Chart
(Carta) apresenta a caixa de diálogo GRIB Weather (Meteorologia
GRIB). Utilize a opção Import file (Importar ficheiro) nesta caixa de
diálogo para abrir o File Manager (Gestor de ficheiros) e importar
um ficheiro GRIB para a memória.
Esta caixa de diálogo também permite selecionar um ficheiro
GRIB disponível. Selecionar um ficheiro GRIB disponível é o
mesmo que importar o ficheiro para a memória. Os ficheiros GRIB
disponíveis são ficheiros transferidos de um fornecedor de
serviço de meteorologia para o diretório Gribs (no Gestor de
ficheiros).
Meteorologia | GO XSE Manual do operador
185
Apresentar o boletim meteorológico GRIB como
sobreposição
Os dados meteorológicos GRIB importados podem ser
apresentados como uma sobreposição no painel da carta.
Se a sobreposição do boletim meteorológico GRIB estiver
selecionada, o menu da carta aumenta para apresentar as opções
de meteorologia GRIB. A partir deste menu pode escolher que
símbolos meteorológicos pretende visualizar, definir a distância
entre as farpas e ajuste a opacidade dos símbolos meteorológicos.
A partir deste menu pode também animar a previsão
meteorológica. Consulte "Boletim meteorológico GRIB com animações" na
página 187.
A opção de menu Forecast (Previsão) apresenta o ficheiro GRIB
atualmente na memória e sobreposto na carta. Selecione a opção
de menu Forecast (Previsão) para importar um novo ficheiro GRIB
para a memória. A importação de um novo ficheiro substitui os
dados GRIB na memória.
1
Farpas de vento
2
Contornos de pressão
3
Janela de informações GRIB
Janela de informações GRIB
A janela de informações GRIB mostra a data e hora do boletim
meteorológico GRIB e a hora da previsão selecionada entre
parênteses retos. Um valor negativo entre parênteses retos indica os
dados meteorológicos do histórico.
186
Meteorologia | GO XSE Manual do operador
Se selecionar uma posição na carta, a janela de informação
expande-se para incluir detalhes da meteorologia da posição
selecionada.
Boletim meteorológico GRIB com animações
Os dados GRIB contêm informações de previsão para um
determinado número de dias. É possível animar os dados
meteorológicos e apresentar as previsões para uma hora e uma
data específicas. As escalas de tempo variam de acordo com o
ficheiro que está a utilizar.
A mudança de hora é apresentada entre parênteses na janela de
informações de GRIB. O tempo é relativo à hora atual, tal como
fornecido por um dispositivo GPS ligado ao sistema.
Selecione o tempo e a velocidade de animação a partir do menu.
Meteorologia SiriusXM
Quando se ligar a um módulo Navico Weather, pode subscrever e
incluir áudio Sirius e o serviço de meteorologia marítima Sirius no
seu sistema (apenas na América do Norte).
Ú Nota: a meteorologia SiriusXM está disponível se a unidade
tiver uma ligação de radar na parte traseira. A ligação de radar
pode ser utilizada como uma ligação Ethernet para a
meteorologia SiriusXM.
Dependendo do pacote de subscrição selecionado, o áudio Sirius e
o serviço de meteorologia abrangem uma variedade de águas
interiores e áreas costeiras da América do Norte. Para obter mais
informações, consulte www.siriusxm.com/sxmmarine.
Painel de estado Sirius
Quando o módulo de meteorologia é ligado ao sistema, obtém
acesso ao painel de estado Sirius.
O painel de estado apresenta a força do sinal como 1/3 (fraco), 2/3
(bom) ou 3/3 (preferível). Também inclui o estado da antena, o nível
de serviço e o número de série eletrónico do módulo de
meteorologia .
Meteorologia | GO XSE Manual do operador
187
Ecrã do boletim meteorológico Sirius
A meteorologia Sirius pode ser apresentada como uma
sobreposição no painel da carta.
Se a sobreposição do boletim meteorológico estiver selecionada, o
menu da carta aumenta para apresentar as opções de meteorologia
disponíveis.
188
1
Sombreado de cor da precipitação
2
Ícone de previsão da cidade
3
Farpa de vento
Meteorologia | GO XSE Manual do operador
4
Ícone de tempestade
5
Barra de cores SST
6
Sombreado de cor SST
Utilize o menu de opção de meteorologia Sirius para selecionar a
simbologia meteorológica que deve ser apresentada e como deve
ser apresentada no painel da carta.
Opçõ es de visualização Sirius
Precipitação
São utilizados tons de cores para mostrar o tipo e a intensidade da
precipitação. A cor mais escura indica a intensidade mais alta.
Chuva
Entre verde claro (chuva fina) - amarelo - laranja e vermelho escuro (chuva forte)
Neve
Azul
Mista
Rosa
Temperatura da superfície do mar (SST)
Pode apresentar a temperatura da superfície do mar como
sombreado de cor ou como texto.
Quando a codificação por cor é selecionada, a barra de cores SST é
apresentada no lado esquerdo do ecrã.
Pode definir o modo como os códigos de cores são utilizados para
identificar a temperatura da superfície do mar. Consulte "Ajustar códigos
de cores" na página 192.
Indicação das ondas
São utilizadas cores para indicar a altura prevista das ondas. As
ondas mais altas são indicadas em vermelho escuro, enquanto as
mais baixas são em azul.
Pode definir a forma como os códigos de cores são utilizados para
identificar a altura das ondas. Consulte "Adjusting color codes" na página
192 (Ajustar códigos de cores).
Meteorologia | GO XSE Manual do operador
189
Funções de superfície
Liga/desliga as funções de superfície. Entre as funções de superfície
incluem-se as frentes, as linhas isobáricas e os pontos de pressão. As
funções de superfície não podem ser apresentadas ao mesmo
tempo que o vento.
Topo das nuvens
Ligue/desligue Cloud tops (Topo das nuvens). Cloud tops (Topo das
nuvens) indica o topo das nuvens. A palete de cores utilizada é
cinzento com cinzentos mais escuros que indicam nuvens mais
baixas. Cloud tops (Topo das nuvens) não pode ser apresentado ao
mesmo tempo que Precipitation (Precipitação) ou Echo Tops (Topos
de eco).
Ú Nota: Esta funcionalidade está apenas disponível em
determinadas subscrições SiriusXM.
Partes superiores no sonar
Ativa/desativa as partes superiores no sonar. As partes superiores no
sonar indicam as partes superiores das tempestades. A palete de
cores utilizada é idêntica à da precipitação. As partes superiores no
sonar não podem ser apresentadas ao mesmo tempo que as partes
superiores da precipitação ou das nuvens.
Ú Nota: Esta funcionalidade está apenas disponível em
determinadas subscrições SiriusXM.
Ícones de meteorologia
Estão disponíveis vários ícones de meteorologia para apresentar as
condições meteorológicas atuais ou previstas. Pode selecionar um
ícone para apresentar informações meteorológicas detalhadas.
Previsão da cidade
Observação da superfície
Acompanhamento de tempestades tropicais;
passadas (cinzento) - atuais (vermelho) - futuras
(amarelo)
190
Meteorologia | GO XSE Manual do operador
Acompanhamento de furacões (categoria 1-5);
passados (cinzento) - atuais (vermelho) - futuros
(amarelo)
Acompanhamento de perturbações/depressões
tropicais; passadas (cinzento) - atuais (vermelho) futuras (amarelo)
Atributos de tempestade
Trovoada
Localização da caixa de observação e aviso
Localização da zona marítima
Informação meteorológica local
Selecione a opção de menu Local weather (Informação
meteorológica local) para apresentar a caixa de diálogo Local
weather (Informação meteorológica local). Esta caixa de diálogo
mostra a previsão meteorológica e os alertas para a área.
Selecione uma faixa horária para ver a previsão para essa faixa
horária.
Meteorologia | GO XSE Manual do operador
191
Zonas marítimas
Dependendo da subscrição selecionada, os serviços SiriusXM
incluem boletins meteorológicos das zonas marítimas dos E.U.A. e
do Canadá, exceto as zonas de mar alto.
Pode selecionar uma zona marítima numa carta e visualizar a sua
previsão. Também pode selecionar uma zona marítima como a sua
zona atual de interesse e será notificado relativamente aos avisos
meteorológicos nessa zona.
Declarações tropicais
Pode ler declarações tropicais, incluindo informações acerca das
condições meteorológicas tropicais. Estas declarações estão
disponíveis para todo o Atlântico e para o Pacífico Oriental.
Ajustar códigos de cores
Pode definir o intervalo de temperatura da superfície do mar e a
codificação por cor da altura das ondas.
A cor da temperatura acima dos valores de alta temperatura e
abaixo dos valores de baixa temperatura vai ficando gradualmente
mais vermelha escura e azul escuro.
As ondas acima do valor máximo são indicadas com uma cor que
vai ficando gradualmente mais vermelha escura. As ondas abaixo do
valor mínimo não são codificadas por cor.
Gráficos de meteorologia Sirius com animações
O GO XSE regista as informações meteorológicas que ativou, e estas
informações podem ser utilizadas para animar as condições
meteorológicas passadas ou futuras. A quantidade de informação
disponível no sistema depende da quantidade de atividade
meteorológica; quanto mais complexa for, menos tempo estará
disponível para a animação.
Pode animar o passado ou o futuro, dependendo da vista
meteorológica que está ativada:
• Com a sobreposição de precipitação, pode animar o passado e
assumir apenas as condições meteorológicas no futuro imediato.
• Com a sobreposição colorida da altura das ondas, pode animar o
futuro (as previsões).
192
Meteorologia | GO XSE Manual do operador
Quando está ativada, a duração da animação gráfica atual é
apresentada no canto inferior esquerdo do painel da carta.
Meteorologia | GO XSE Manual do operador
193
19
Registos de tempo
O GO XSE pode apresentar um histórico de dados em diferentes
registos. Os registos podem ser visualizados numa página inteira ou
em combinação com outros painéis.
Painel Time plot (Registo de tempo)
O painel de registo de tempo é composto por dois esquemas
predefinidos. Para alternar entre disposições, selecione as setas de
painel esquerda e direita. Também pode selecionar o esquema a
partir do menu.
Pode selecionar quais os dados a presentar num painel de registo
de tempo e pode também definir o intervalo de tempo para cada
registo.
Esquema 1
Esquema 2
Dados em falta
Se os dados não estiverem disponíveis, o respetivo registo
transforma-se numa linha tracejada e desaparece no ponto em que
os dados foram perdidos. Quando os dados voltam a ficar
disponíveis, uma linha tracejada une os dois pontos, representando
uma linha de tendência média que colmata a falta de dados.
Selecionar dados
Cada campo de dados pode ser alterado para mostrar o tipo de
dados preferido e o intervalo de tempo.
1. Selecione a opção de edição a partir do menu
2. Ative o campo que pretende editar
3. Altere o tipo de informações e, eventualmente, o intervalo
4. Guarde as alterações
Os dados disponíveis para os registos de tempo são, por
predefinição, as fontes utilizadas pelo sistema. Se houver mais do
que uma fonte de dados disponível para um determinado tipo de
194
Registos de tempo | GO XSE Manual do operador
dados, pode optar por apresentar uma fonte de dados alternativa
no registo de tempo. Pode alterar o tipo de dados utilizando a
opção de fonte de dados no menu.
Registos de tempo | GO XSE Manual do operador
195
20
Alarmes
Sistema de alarme
Enquanto está em funcionamento, o sistema verifica em
permanência situações perigosas e falhas de sistema. Quando há
uma situação de alarme, uma mensagem de alarme aparece no
ecrã.
Se tiver ativado a sirene, é apresentada uma mensagem de alarme
seguida de um alarme sonoro e o interruptor do alarme externo é
acionado.
O alarme é gravado na lista de alarmes para que possa ver os
detalhes e tomar as medidas corretivas adequadas.
Tipos de mensagem
As mensagens são classificadas de acordo com a forma como a
situação comunicada afeta a embarcação. É utilizado o seguinte
código de cores:
Cor
Importância
Vermelho
Crítica
Laranja
Importante
Amarelo
Normal
Azul
Alerta
Verde
Aviso luminoso
Alarmes únicos
É acionado um alarme único com o nome do alarme como título e
com detalhes do alarme.
Vários alarmes
Se mais de um alarme for ativado em simultâneo, a mensagem de
alarme mostra uma lista com um máximo de 3 alarmes. Os alarmes
são listados na ordem em que ocorrem, apresentando no topo o
alarme que foi acionado em primeiro lugar. Os restantes alarmes
estão disponíveis na caixa de diálogo Alarms (Alarmes).
196
Alarmes | GO XSE Manual do operador
Validar uma mensagem
Estão disponíveis as seguintes opções na caixa de diálogo para
validar uma mensagem:
• Close (Fechar)
Define o estado de alarme para validado, o que significa que tem
conhecimento do estado do alarme. A sirene/sinal sonoro para e
a caixa de diálogo de alarme é removida.
No entanto, o alarme permanece ativo na lista de alarmes até
que o motivo do alarme seja removido.
• Disable (Desativar)
Desativa a definição atual do alarme. O alarme não é apresentado
de novo, a menos que volte a ativá-lo na caixa de diálogo Alarms
(Alarmes).
Não há um limite de tempo para a mensagem de alarme ou sirene.
Estes permanecem até que valide o alarme ou até remover o
motivo do alarme.
Caixa de diálogo Alarmes
Todos os alarmes são configurados na caixa de diálogo Alarms
Settings (Definições de alarmes).
As caixas de diálogo de alarme também podem ser ativadas a partir
do painel Tools (Ferramentas). As caixas de diálogo de alarme
incluem informações sobre alarmes ativos e histórico de alertas.
Alarmes | GO XSE Manual do operador
197
198
Alarmes | GO XSE Manual do operador
21
Ferramentas
Por predefinição, o painel Tools (Ferramentas) inclui os ícones
utilizados para aceder a opções e ferramentas que não sejam
específicas para qualquer painel.
Se estiver integrado equipamento externo na unidade , podem ser
adicionados novos ícones ao painel Tools (Ferramentas). Estes
ícones são utilizados para aceder às funcionalidades do
equipamento externo.
Waypoints/rotas/trajetos
Lista de waypoints, rotas e trajetos com detalhes.
Selecione o waypoint, rota ou trajeto que pretende editar ou
eliminar.
Marés
Apresenta informações de marés da estação de observação de
marés mais próxima da sua embarcação.
Selecione os botões do painel de setas para alterar a data ou
selecione o campo de dados para aceder à função de calendário.
As estações de observação de marés disponíveis podem ser
selecionadas a partir do menu.
Alarmes
Alarmes ativos
Lista de alarmes ativos.
Histórico de alarmes
Lista de todos os alarmes com carimbo de data/hora.
Definições de alarme
Lista de todas as opções de alarme disponíveis no sistema, com as
definições atuais.
Definições
Permite o acesso às definições de aplicações e do sistema.
Ferramentas | GO XSE Manual do operador
199
Embarcações
Lista de estado
Lista de todas as embarcações AIS e DSC com as informações
disponíveis.
Lista de mensagens
Lista de todas as mensagens recebidas de outras embarcações AIS
com carimbo de data/hora.
Sol, Lua
Apresenta as horas do nascer e do pôr do sol e do nascer e do pôr
da lua para uma posição baseada na data inserida e nas
coordenadas de latitude/longitude da posição.
Informações de viagem
Fornece a funcionalidade de gestão de viagens e informações de
viagem. Para obter mais informações, consulte "Informações de viagem"
na página 71.
Ficheiros
Sistema de gestão de ficheiros, utilizado para navegar nos
conteúdos de memória interna da unidade e no cartão SD
introduzido.
Ver ficheiros
Selecione um ficheiro no painel Files (Ficheiros) e, em seguida, a
opção de visualização de ficheiros na caixa de diálogo Details
(Detalhes).
Copiar ficheiros para um cartão no leitor de cartões
Pode copiar capturas de ecrã e registos para um cartão no leitor de
cartões. Pode também exportar definições do sistema, waypoints,
rotas e trajetos para um cartão. Para saber como exportar ficheiros,
consulte a secção "Manutenção" na página 204.
200
Ferramentas | GO XSE Manual do operador
Localizar
Função de pesquisa para itens de cartas (waypoints, rotas, trajetos,
etc.).
Loja GoFree
Ú Nota: A funcionalidade sem fios incorporada deve ser ligada a
um hotspot sem fios externo para poder aceder à Loja GoFree.
Consulte "Ligar e desligar a partir de um hotspot sem fios" na página 154.
Abre o website da Loja GoFree. Na Loja GoFree, pode procurar,
comprar e transferir cartas compatíveis para o seu sistema. Também
pode carregar os seus registos do sonar para partilha nas cartas
sociais. Quando iniciar sessão, o sistema fornece-lhe
automaticamente uma notificação se estiver disponível uma nova
versão do software para o seu sistema. Se estiver disponível uma
atualização, pode transferi-la para uma ranhura para cartões ou
agendar a transferência para mais tarde.
Ferramentas | GO XSE Manual do operador
201
22
Simulador
A funcionalidade de simulação permite-lhe ver como a unidade
funciona em posição estacionária sem estar ligada a sensores ou
outros dispositivos.
A barra de estado indica se o simulador está ativado.
Modo de demonstração
Neste modo, a unidade percorre automaticamente as características
principais do produto: altera automaticamente as páginas, ajusta as
definições, abre os menus, etc.
Se tocar no ecrã tátil quando o modo de demonstração estiver a ser
executado, a demonstração é colocada em pausa. Após um período
de tempo limite, o modo de demonstração é retomado e quaisquer
definições alteradas são repostas para as predefinições.
Ú Nota: o modo de demonstração foi concebido para
demonstrações em locais de venda/salões de exposições.
Ficheiros de fonte do simulador
Pode selecionar que ficheiros de dados são utilizados pelo
simulador. Um conjunto de ficheiros de origem está incluído no seu
sistema e pode importar ficheiros utilizando um cartão inserido no
leitor de cartões. Também pode utilizar os seus ficheiros de dados
de registo gravados no simulador.
202
Simulador | GO XSE Manual do operador
Definições avançadas do simulador
A opção Advanced simulator settings (Definições avançadas do
simulador) permite um controlo manual do simulador.
Simulador | GO XSE Manual do operador
203
23
Manutenção
Manutenção preventiva
A unidade não inclui nenhum componente que exija manutenção
em campo. Logo, o operador tem de efetuar uma quantidade muito
reduzida de manutenção preventiva.
Recomenda-se que, quando a unidade não estiver em utilização,
coloque sempre a capa de proteção solar fornecida.
Limpeza da unidade de visualização
Sempre que possível, deve ser utilizado um pano limpo próprio para
limpar o ecrã. Utilize bastante água para dissolver e eliminar
resíduos de sal. Se utilizar um pano seco, o sal cristalizado pode
riscar o revestimento. Exerça pouca pressão sobre o ecrã.
Quando não for possível remover as marcas do ecrã apenas com o
pano, utilize uma mistura de 50/50 de água quente e álcool
isopropílico para limpar o ecrã. Evite qualquer contacto com
solventes (acetona, terebintina mineral, etc.) ou amoníaco presente
em produtos de limpeza, pois podem danificar a camada
antirreflexo ou o caixilho de plástico.
Para evitar danos provocados pelos raios UV no caixilho de plástico,
recomenda-se a colocação da capa de proteção solar sempre que a
unidade não for utilizada durante um longo período de tempo.
Limpar o compartimento da porta de
multimédia
Limpe o compartimento da porta de multimédia com regularidade
para evitar a cristalização do sal na superfície, que causa a entrada
de água dentro da ranhura do cartão.
Verificação dos conectores
Deve ser efetuada apenas uma inspeção visual aos conectores.
Pressione as fichas para dentro os conectores. Se as fichas estiverem
equipadas com um bloqueio, certifique-se de que este se encontra
na posição correta.
204
Manutenção | GO XSE Manual do operador
Atualizações de software
A versão mais recente do software está disponível a partir do nosso
website: www.simrad-yachting.com.
Antes de iniciar uma atualização da própria unidade, certifique-se
de que faz uma cópia de segurança de dados de utilizador
potencialmente valiosos. Consulte "Efetuar uma cópia de segurança do
sistema" na página 206.
O analisador do sistema ou da rede e o assistente de serviço podem
aconselhar acerca das atualizações de software que estão
disponíveis.
Analisador de rede e assistente de serviço
O sistema tem um assistente de serviço incorporado que cria um
relatório dos dispositivos instalados na rede NMEA 2000, tais como
as versões do software, números de série e as informações do
ficheiro de definições, para prestar apoio se a assistência técnica
fizer perguntas.
Para utilizar o analisador, abra a página About (Acerca) da caixa de
diálogo System (Sistema) e selecione Support (Assistência). São
apresentadas duas opções:
Criar relatório
Analisa a rede, pede-lhe as informações necessárias para obter
assistência e cria um relatório com informações recolhidas
automaticamente a partir da rede. Pode adicionar capturas de ecrã
e ficheiros de registo que serão anexados ao relatório. Há um limite
de 20 MB para os anexos de relatórios. Pode guardar o relatório num
cartão de memória e enviá-lo para a assistência ou carregá-lo
diretamente se tiver ligação à Internet. Se ligar primeiro para a
assistência técnica, pode introduzir um número de incidente que
ajudará no acompanhamento da resolução.
Verificar a existência de atualizações
Analisa a rede e verifica se existem atualizações disponíveis para
dispositivos compatíveis.
Ú Nota: Ligue a unidade à Internet para procurar as versões de
software disponíveis mais recentes. As versões do software
serão atualizadas de acordo com a última data em que
atualizou a unidade ou estabeleceu ligação à Internet.
Manutenção | GO XSE Manual do operador
205
Software de atualização
Ú Nota: Remova os cartões de mapas da sua unidade e instale
um cartão de memória com armazenamento suficiente antes
de transferir as atualizações do software para o cartão de
memória ou criar e guardar relatórios no cartão de memória.
Ú Nota: Não desligue o MFD ou o dispositivo antes da conclusão
da atualização ou se o reinício da unidade ou dispositivo que
está a ser atualizado for solicitado.
1. Se o MFD estiver ligado à Internet, pode transferir a atualização
de software através da caixa de diálogo Updates (Atualizações)
num cartão de memória. Também pode transferir a atualização
de software através de www.simrad-yachting.com para um
cartão de memória inserido num dispositivo inteligente ou PC
ligado à Internet.
2. Insira o cartão que contém as atualizações de software no MFD.
3. Selecione o item que vai ser atualizado na caixa de diálogo
Updates (Atualizações) e siga as indicações.
A atualização ocorre à medida que responde às indicações. As
indicações podem solicitar o reinício do dispositivo para concluir a
atualização. Pode reiniciar os dispositivos para concluir a atualização
posteriormente a uma hora mais conveniente.
Efetuar uma cópia de segurança do sistema
Os waypoints, rotas e trajetos que criar são arquivados no sistema.
Recomenda-se que copie regularmente estes ficheiros e os ficheiros
de definições do sistema como parte da sua rotina de cópia de
segurança. Os ficheiros podem ser copiados para um cartão inserido
no leitor de cartões.
Não existem opções de formato de ficheiro de exportação para o
ficheiro de definições do sistema. Os seguintes formatos de saída
estão disponíveis para exportar waypoints, rotas e ficheiros de
trajeto:
• Ficheiro de dados do utilizador, versão 5
Esta opção é utilizada para importar e exportar waypoints e rotas
com um identificador único padronizado universalmente (UUID),
que é muito fiável e fácil de utilizar. Os dados incluem
informações como a data e hora em que a rota foi criada.
• Ficheiro de dados do utilizador, versão 4
206
Manutenção | GO XSE Manual do operador
•
•
•
•
Esta opção é mais adequada durante a transferência de dados
entre sistemas, uma vez que contém todas as informações
adicionais que estes sistemas armazenam sobre itens.
Ficheiro de dados do utilizador, versão 3 (c/ profundidade)
Deve ser utilizado quando transferir dados de um sistema para
um produto antigo (Lowrance LMS, CX)
Ficheiro de dados do utilizador, versão 2 (sem
profundidade)
Pode ser utilizado quando transferir dados do utilizador de um
sistema para um produto antigo (Lowrance LMS, CX)
GPX (GPS Exchange, sem profundidade)
Este é o formato mais utilizado na Web, partilhado entre a
maioria dos sistemas GPS do mundo. Utilize este formato se
estiver a captar dados para uma unidade de outra marca.
Northstar.dat (sem trajetos)
Esta opção é utilizada para transferir dados para um dispositivo
Northstar antigo.
Exportar todos os waypoints, rotas e trajetos
Utilize a opção de exportação se quiser efetuar uma cópia de
segurança de todos os waypoints, rotas, trajetos e viagens
existentes no seu sistema.
Exportar região
A opção de exportação de região permite selecionar a área da qual
pretende exportar dados.
Manutenção | GO XSE Manual do operador
207
1. Selecione Export region (Exportar região)
2. Arraste a caixa de limite para definir a região pretendida
3. Selecione a opção de exportação a partir do menu
4. Selecione o formato de ficheiro adequado
5. Selecione Export (Exportar) para iniciar a exportação
Purgar waypoints, rotas e trajetos
Os waypoints, rotas e trajetos eliminados são armazenados na
memória da unidade do visor até os dados serem purgados. Se tiver
vários waypoints eliminados e não purgados, a purga pode
melhorar o desempenho do seu sistema.
Ú Nota: Quando os dados do utilizador são purgados da
memória, não pode recuperá-los.
Importar uma base de dados
Mais tarde, se a unidade tiver sido reposta para as predefinições de
fábrica ou os dados do utilizador forem eliminados acidentalmente,
volte para a página de ficheiros, selecione os ficheiros de cópia de
segurança e, em seguida, Import (Importar). Veja os detalhes do
ficheiro para saber qual é a data de criação.
208
Manutenção | GO XSE Manual do operador
24
Funcionamento do ecrã tátil
O funcionamento básico do ecrã tátil em diferentes painéis é
indicado na tabela abaixo.
As secções do painel indicadas neste manual têm mais informações
sobre o funcionamento do ecrã tátil específico do painel.
Ícone
Descrição
Toque para:
• Ativar um painel numa página com vários painéis
• Posicionar o cursor sobre um painel
• Selecionar um menu e um item da caixa de
diálogo
• Ativar ou desativar uma opção da caixa de
verificação
• Mostrar informações básicas sobre um item
selecionado
Premir continuamente:
• Num botão do painel para ver as opções de ecrã
dividido disponíveis
• Num botão de favorito para aceder ao modo de
edição
Percorrer uma lista das opções disponíveis sem
ativar qualquer opção.
Gesto de folhear para percorrer rapidamente, por
exemplo, a lista de waypoints. Toque no ecrã para
parar o deslocamento.
Funcionamento do ecrã tátil | GO XSE Manual do operador
209
Ícone
Descrição
Desloque para posicionar uma carta ou uma
imagem do sonar no painel.
Aproxime os dedos para reduzir a carta ou uma
imagem.
Afaste os dedos para ampliar a carta ou uma
imagem.
210
Funcionamento do ecrã tátil | GO XSE Manual do operador
Índice
A
A rota do círculo máximo 69
AIS 161
Contactar uma
embarcação 163
DSC 163
Filtros de ícones 167
Orientação dos ícones 169
Procurar itens AIS 162
Símbolos de objeto 161
Ver informações dos
alvos 162
AIS SART 163
Mensagem de alarme 164
Ajustar o tamanho do
painel 27
Alarme de chegada 70
Alarme de zona crítica 151
Alarmes de embarcação 165
Alarmes
Caixa de diálogo Alarm
settings (Definições de
alarme) 197
Single alarm (Alarme
individual) 196
Tipos de mensagem 196
Validar 197
Vários alarmes 196
Alarme
Zona crítica 151
Alcance 125
Alcance de avanço
crítico 151
Alcance duplo, radar 100
Altifalantes 178
Aplicação de controlador e
visualizador
GoFree Link 155
Aplicação
GoFree Link 155
Assistente de configuração
Primeira utilização 23
Atualização do software 205
Auxiliares, fontes de
áudio 181
Auxílio do cursor 39, 101,
124, 137
Personalizar a função de
pressão longa 28
B
Barra de controlo 17
Barra de instrumentos 30
Aspeto 30
Ativar/desativar 31
Barra de atividade 31
Editar o conteúdo 31
Indicador de poupança de
combustível 31
Base de dados
Importar 208
Bloquear o ecrã tátil 24
Bloqueio do fundo 131
Boletim meteorológico
GRIB 184
Importar dados 184
Janela de informações 186
Previsão meteorológica com
animação 187
Sobreposição no painel da
carta 186
C
Caixa de diálogo System
Controls (Controlos do
sistema) 22
Caixas de diálogo 24
Captura de ecrã 26
Cartas 34
Bússola da carta 92
Cartas 3D 41
Cartografia integrada 35
Criar rotas 40
Dados da carta 35
Definições 54
Deslocar 36
Escala da carta 36
Fazer zoom 36
Fonte da sobreposição do
radar 99
Localizar objetos em
cartas 40
Medir a distância 39
Norte para cima 37
Opções das cartas
Navionics 48
Opções de cartas CMAP 42
Opções de cartas
Insight 42
Orientação 37
Painel da carta 34
Posicionar a embarcação no
painel da carta 36
Rota para cima 37
Rumo para cima 37
Selecionar tipo de carta 36
Sobreposição 42
Símbolo da
embarcação 36
Utilizar o cursor 38
Visão para a frente 37
Cartas
Símbolo 37
Cartão
Copiar ficheiros para 200
Converter trajetos em
rotas 62
Copiar ficheiros para um
cartão 200
Cor 126
Cor Doppler 109
CZone 20
Código PIN
Proteção por palavrapasse 28
D
DCT 90
Definições de navegação 69
Definições de sistema
Referência 70
Sistema de
coordenadas 70
Variação magnética 70
Definições do barco 166
Definições
Ferramentas 199
Piloto automático 92
Desbloqueio de
funcionalidade 20
Desligar
Hotspot sem fios 154
Desvio de profundidade 152
Direção do padrão de
mudança de direção
Piloto automático 88
E
Ecrã
Operação 209
Ecrã tátil
Bloquear 24
Efetuar uma cópia de
segurança do sistema 206
Embarcações perigosas 168
Estado do mar 108
Exportar região 207
F
Farpas de vento 183
Favoritas 25
Ferramenta para localizar
itens 201
Ferramentas 199
Ferramentas de áudio 176
Ferramentas
Definições 199
Localizar itens 201
Ficheiros para um cartão,
copiar 200
Ficheiros, gestão 200
Ficheiros
Ver 200
Formato SL2 128
Formato SL3 128
Formato SLG 128
Formato xtf 128
ForwardScan 147
Alarme de zona crítica 151
Alcance de avanço
crítico 151
Configuração 150
Extensão do rumo 149
Imagem 147
Instalação 134
Profundidade crítica 151
Ângulo do transdutor 152
Frequência 125
Função de pressão longa
Personalizar 28
FUSION-Link 19, 172
G
Ganho 126
Ganho automático 126
Garantia 4
Gestão de viagem 71
GoFree
Ligação sem fios 154
Loja 155
GoFree
Ligação do
smartphone 157
Ligação do tablet 156
Link 155
Gravar dados do sonar 141
Gravar
Começar a gravar dados de
registo 128
Começar a gravar dados do
sonar 128
Gráfico da temperatura 131
Guardar waypoints 39, 57,
101
H
Homem ao mar
Criar um MOB 25
Eliminar um waypoint
MOB 26
Hotspot sem fios
Ligar e desligar 154
I
Iluminação 23
Iluminação do ecrã 23
Imagem de fundo da página
inicial 27
Imagem de fundo,
personalizar 27
Importar
Base de dados 208
Indicador de poupança de
combustível 31
Indicação da velocidade e da
rota 168
Informações de viagem 71
Integração de dispositivos de
terceiros 18
Ir para o cursor 38, 101, 123,
137
L
Ligar e desligar a unidade 22
Ligar
Hotspot sem fios 154
Smartphone e tablet 155
Ligação do smartphone 157
Ligação do tablet
GoFree, sem fios 156
Limite de XTE 69
Linha de profundidade 131
Linhas de extensão 167
Linhas loxodrómicas 69
M
Manuais, ver 6
Manual
Acerca de 5
Versão 5
Manutenção preventiva 204
Marcadores EBL/VRM 115
Medir a distância 39, 124,
137
Melhorar o desempenho do
sistema 208
Menus 24
Meteorologia 183
Mostrar detalhes de
meteorologia 184
Meteorologia Sirius
Códigos de cores 192
Declarações tropicais 192
Gráficos de meteorologia
com animação 192
Indicação das ondas 189
Painel de estado 187
Precipitação 189
Sobreposição no painel da
carta 188
Temperatura da superfície
do mar (SST) 189
Zonas marítimas 192
Ícones de
meteorologia 190
Meteorologia SiriusXM 187
Modo de demonstração 202
N
Navegar 66
Alarme de chegada 70
Com o piloto
automático 68
Métodos 69
Círculo máximo 69
Linhas loxodrómicas 69
Painel de posição 67
Painel Nav 67
Painéis 66
Para a posição do
cursor 68
Raio de chegada 69
Referência 70
Rotas 68
Número MMSI 166
O
Operação
Ecrã 209
Opções das cartas
Navionics 48
Opções de cartas C-MAP 43
Opções de cartas Insight 43
P
Painel ativo 25
Painel de registo de
tempo 194
Dados em falta 194
Painéis de informação 170
Painéis de instrumentos 170
Painéis
Ajustar o tamanho do
painel 27
Paletas 131, 139
PDF, ver ficheiros 6
Personalizar o sistema 27
Phantom Loran 70
Definições 70
Piloto automático 77
Ativar 77
Bússola da carta 92
Cambar 88
Controlador de piloto
automático 79
Círculo de chegada do
waypoint 85
Definições 92
Desvio 84
Direção do padrão de
mudança de direção 88
Indicação na barra de
estado 78
Indicação nas páginas 78
Manter o rumo (Modo
automático) 82
Modo AUTO (Automático)
(Manter o rumo) 82
Modo de espera (STBY,
Standby) 81
Modo Non-Follow Up (Não
acompanhar) 81
Modos 81
Mudar para pilotagem
manual 77
Painel do piloto
automático 80
Pilotagem Follow-up
(Acompanhamento) 82
Seguimento de contorno de
profundidade 90
Sistema EVC 92
Viragem de bordo no modo
AUTO (Automático) 83
Viragem de bordo no modo
WIND (Vento) 87
Piloto automático: modo
Wind (Vento) 86
Primeira utilização
Assistente de
configuração 23
Profundidade crítica 151
Proteção por palavrapasse 28
Purgar 208
Página inicial 15
Páginas de aplicação 16
Páginas divididas 17
Pré-configuradas 18
Páginas favoritas 18
Adicionar novo 29
Editar 30
Páginas
Selecionar painel ativo 25
Selecionar uma página 25
R
Radar 97
Alcance 100
Alcance duplo 100
Definições 120
Definições de alarme 117,
119
Direção para cima 112
Duplo 98
EBL/VRM
Colocar 116
EBL/VRM
Desvio 116
Estado do mar 108
Expansão de alvos 107
Fast scan (Varrimento
rápido) 108
Fonte 98
Fonte da sobreposição do
radar 99
Ganho 106
Gravação de dados 119
Intensificação do alvo 108
Interferências 107
Interferências de
chuva 106
Interferências do mar 106
Limiar 107
Marcadores EBL/VRM 115
MARPA
Alvos 117
Seguir alvos 118
Símbolos de
objeto 118
Ver informações do
alvo 119
Modo de movimento 113
Modos de
funcionamento 99
Norte para cima 112
Orientação 112
Painel do radar 97
Paleta 112
Rastos de alvos 112
Rota para cima 112
Sensibilidade 117
Sobreposição 99
Zona de proteção 116
Radar duplo 98
Raio de chegada 69
Referência 70
Registos de tempo 194
Selecionar dados 194
Rejeição de ruído 127
Rota automática de cais para
cais
Exemplo 61
Rota completa 60, 61
Seleção 61
Rota automática, consulte
Rota automática de cais para
cais 60
Rota automática
De cais para cais 60
Rota fácil 60
Exemplo 61
Rotas 59
Caixa de diálogo 65
Caixa de diálogo Editar
rota 63
Converter trajetos em
rotas 62
Criar uma nova rota no
painel da carta 59
Criar uma rota a partir de
waypoints existentes 62
Editar no painel da carta 59
Eliminar 60
Navegar 68
Rota automática de cais para
cais 60
Rota fácil 60
Rádio Sirius 181
Bloquear canais 181
Lista de canais 181
Lista de favoritos 181
S
Sem fios
Ativar ou desativar a rede
sem fios interna 160
Detalhes dos
dispositivos 159
Ligação do
smartphone 157
Ligação do tablet 156
Simulador 202
Ficheiros de fonte 202
Modo de
demonstração 202
Sistema de coordenadas 70
SmartCraft VesselView 19
Sobreposição do
Downscan 133
Software de atualização 206
Software
Como atualizar 206
Sonar 122
A-Scope 131
Barra de zoom 123
Barras de zoom 131
Colocar em pausa 126
Começar a gravar dados do
sonar 128
Fazer zoom 123
Imagem 122
Opções de
visualização 130
Parar de gravar os dados de
registo 129
Utilizar o cursor 123
Ver dados registados 130
Ver o histórico 125
Sonar
Zoom dividido 130
Sonda acústica
Desvio de
profundidade 152
SonicHub 172
StructureMap 129, 142
Ativar 142
Cartões de
mapeamento 145
Ficheiros guardados 143
Fonte em tempo real 143
Fontes 143
Imagem 142
Opções 145
Sugestões 144
StructureScan 135
Alcance 139
Alcance automático 139
Colocar uma imagem em
pausa 140
Contraste 139
Converter dados para o
formato StructureMap 144
Definições avançadas 140
Fazer zoom 136
Frequências 139
Gravação de dados 144
Imagem 135
Linhas de alcance 140
Níveis de alcance
predefinidos 139
Opções de
visualização 135
Rejeição de ruído 146
Rotação da imagem 140
Utilizar o cursor 136
Ver o histórico 138
Vista para baixo ou
varrimento lateral 140
T
Trajetos
Caixa de diálogo 65
Trajetos
Criar novo 64
Definições 64
TVG 127, 140
Botões de controlo 174
Canais favoritos 178
Configurar o sistema 177
Controlador 173
Controlo principal do
volume 178
Funcionamento 173
Misturador 177
Retirar Sirius 182
Rádio Sirius 181
Selecionar a região do
sintonizador 178
Seleção do servidor 173
Zonas das colunas 178
U
Unidade
Verificação dos
conectores 204
Utilização da Internet 5
V
Variação magnética
Velocidade de
deslocamento 127
Velocidade de ping
VelocityTrack 109
Ver ficheiros 200
Ver registo do sonar
Versão do software
70
127
133
7
W
Waypoints, rotas, trajetos e
viagens
Exportar 207
Waypoints 57
Caixa de diálogo 65
Definições de alarme 58
Editar 58
Eliminar 58
Guardar 39, 57, 101
Mover 57
Z
Zonas das colunas 178
Zoom dividido
Sonar 130
Á
Áudio 172
Altifalantes 178
Ativar 172
Auxiliares 181
Â
Ângulo do transdutor,
ForwardScan 152
*988-11609-002*
Was this manual useful for you? yes no
Thank you for your participation!

* Your assessment is very important for improving the work of artificial intelligence, which forms the content of this project

Download PDF

advertisement