Fujitsu AOHG24LAT3 Guia de instalação

Adicionar a Meus manuais
11 Páginas

Propaganda

Fujitsu AOHG24LAT3 Guia de instalação | Manualzz

AIR CONDITIONER

INSTALLATION MANUAL

OUTDOOR UNIT

For authorized service personnel only.

INSTALLATIONSANLEITUNG

AUSSENGERÄT

Nur für autorisiertes Fachpersonal.

MANUEL D’INSTALLATION

UNITÉ EXTÉRIEUR

Pour le personnel de service agrée uniquement.

MANUAL DE INSTALACIÓN

UNIDAD EXTERIOR

Únicamente para personal de servicio autorizado.

MANUALE D’INSTALLAZIONE

UNITÀ ESTERNA

A uso esclusivo del personale tecnico autorizzato.

ΕΓΧΕΙΡΙΔΙΟ ΕΓΚΑΤΑΣΤΑΣΗΣ

ΕΞΩΤΕΡΙΚΗ ΜΟΝΑΔΑ

Μόνο για εξουσιοδοτημένο τεχνικό προσωπικό.

MANUAL DE INSTALAÇÃO

UNIDADE EXTERIOR

Semente para o pessoal do serviço técnico autorizado.

РУКОВОДСТВО ПО УСТАНОВКЕ

ВНЕШНИЙ МОДУЛЬ

Только для авторизованного обслуживающего персонала.

KURULUM KILAVUZU

DIŞ ÜNİTE

Yalnızca yetkili servis personeli için.

21/2/2560 9:18:44 9374872145-04_IM.indb 1

MANUAL DE INSTALAÇÃO

N.º DE PEÇA 9374872145-04

UNIDADE EXTERIOR

Conteúdo

1.

2.

3.

4.

5.

6 .

7.

8.

9.

PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA ……………………………………………………… 1

INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUT O

2.1.

2.2.

2.3.

2.4.

Precauções na utilização do refrigerante R410A ……………………………… 1

Ferramentas especiais para R410A ……………………………………………… 2

Acessórios …………………………………………………………………………… 2

Configuração do sistema ………………………………………………………… 2

OPERAÇÕES DE INSTALAÇÃ O

3.1.

3.2.

3.3.

3.4.

3.5.

Selecção de um local de instalação ……………………………………………… 3

Instalação da drenagem …………………………………………………………… 4

Dimensões de instalação ………………………………………………………… 4

Transporte da unidade

Instalação da unidade

…………………………………………………………… 5

……………………………………………………………… 5

INSTALAÇÃO DA TUBAGEM I

4.1. Ligação por abocardamento (ligação de tubos) ………………………………… 6

INSTALAÇÃO ELÉCTRIC A

5.1.

5.2.

5.3.

5.4.

5.5.

As precauções da instalação eléctrica

Requisito eléctrico

…………………………………………… 7

………………………………………………………………… 7

Ligações eléctricas da unidade …………………………………………………… 7

Diagramas de ligação

Unidade exterior

……………………………………………………………… 7

…………………………………………………………………… 8

INSTALAÇÃO DA TUBAGEM I I

6 .1.

6 .2.

Vácuo ………………………………………………………………………………… 8

Abastecimento adicional …………………………………………………………… 9

ENERGIA ELÉCTRICA …………………………………………………………………… 9

TESTE DE FUNCIONAMENT O

8.1.

8.2.

TESTE DE FUNCIONAMENTO de acordo com o Manual de

Instalação da unidade interior …………………………………………………… 9

Os LED da unidade exterior ……………………………………………………… 9

BOMBAGEM …………………………………………………………………………… 10

11 PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA

Leia cuidadosamente este manual antes de proceder à instalação.

As indicações de aviso e cuidado incluídas neste manual contêm informações de segurança importantes. Devem ser respeitadas.

Este manual, juntamente com o Manual de Funcionamento, deve ser entregue ao cliente.

O cliente deverá mantê-los num local acessível, para utilização futura, como, por exemplo, para o reposicionamento ou a reparação da unidade.

Após a instalação, explique ao cliente o funcionamento correcto utilizando o manual de funcionamento.

ATENÇÃO

Esta indicação indica procedimentos que, se incorrectamente realizados, podem provocar a morte ou ferimentos graves ao utilizador.

Nunca toque em componentes eléctricos imediatamente após a corrente ter sido desligada. Pode ocorrer um choque eléctrico. Depois de desligar a corrente eléctrica, aguarde sempre 5 minutos ou mais antes de tocar em componentes eléctricos.

Solicite ao distribuidor ou a um profissional a instalação da unidade interior de acordo com as instruções deste Manual de Instalação. Uma instalação incorrecta pode provocar acidentes graves, tais como fuga de água, choque eléctrico ou incêndio. Se não forem respeitadas as instruções do Manual de Instalação para instalar a unidade interior, a garantia do fabricante perderá a validade.

O aparelho não deve ser ligado enquanto não estiverem concluídas todas as opera-

ções. Ligar o aparelho à corrente antes de concluir todas as operações poderá causar acidentes graves, tais como choque eléctrico ou incêndio.

Se ocorrer alguma fuga de refrigerante durante as operações, ventile a área. O contacto do refrigerante com uma chama produz um gás tóxico.

As operações de instalação devem ser realizadas apenas por técnicos autorizados e de acordo com as normas nacionais aplicáveis.

Não utilize este equipamento com ar ou qualquer outro refrigerante não especificado nos tubos de refrigerante.

Uma pressão excessiva poderá provocar uma ruptura.

Durante a instalação, certifique-se de que o tubo de refrigerante está devidamente instalado antes de utilizar o compressor.

Não utilize o compressor se o tubo de refrigerante não estiver devidamente instalado com a válvula de 2 ou 3 vias aberta. Isto pode causar pressão anormal no ciclo de refrigeração que leva a vazamento e até lesão.

Durante a instalação e reposicionamento do aparelho de ar condicionado, não misture gases para além do refrigerante especificado (R410A) para entrar no ciclo de refrigera -

ção.

Se ar ou outro gás entrar no ciclo de refrigeração, a pressão no interior do ciclo irá aumentar para um valor anormalmente elevado e causará rupturas, ferimentos, etc.

Instale o aparelho de ar condicionado conforme descrito neste manual de instalação para que funcione correctamente.

Ligue a unidade interior e a unidade exterior com as tubagens e cablagens standard que são fornecidas com o ar condicionado.

Este manual de instalação descreve as ligações correctas utilizando o conjunto de instalação disponível nas nossas peças standard.

Pt-1

9374872145-04_IM.indb 1

Além disso, não utilize uma extensão.

Não purgue o ar com refrigerantes; em vez disso, utilize uma bomba de vácuo para aspirar a instalação.

Não existe refrigerante adicional na unidade exterior para a purga de ar.

Utilize uma bomba de vácuo exclusivamente para o R410A.

A utilização da mesma bomba de vácuo para refrigerantes diferentes pode danificar a bomba de vácuo ou a unidade.

Utilize um tubo de manómetro e uma mangueira de abastecimento limpos, exclusivamente, para o R410A.

Durante a operação de bombeamento verifique se o compressor é desligado antes de remover a tubagem de refrigeração.

Não remova o tubo de ligação enquanto o compressor estiver a funcionar com a válvula de 2 vias ou 3 vias aberta. Isto pode causar pressão anormal no ciclo de refrigeração que leva a vazamento e até lesão.

CUIDADO

Esta indicação indica procedimentos que, se incorrectamente realizados, poderão causar ferimentos ao utilizador ou danos materiais.

Leia com atenção todas as informações de segurança antes de usar ou instalar o aparelho de ar condicionado.

Não tente instalar pessoalmente o aparelho de ar condicionado ou parte do mesmo.

Esta unidade tem de ser instalada por técnicos qualificados com um certificado que os habilite a trabalhar com fluidos refrigerantes. Consulte as regulamentações e a legisla -

ção em vigor no local da instalação.

A instalação tem de ser efectuada no cumprimento das regulamentações em vigor no local da instalação e as instruções de instalação emitidas pelo fabricante.

Esta unidade faz parte de um conjunto que constitui um aparelho de ar condicionado.

Não pode ser instalada independentemente ou de uma forma não autorizada pelo fabricante.

Utilize sempre uma fonte de alimentação separada, protegida por um disjuntor que opere em todos os cabos com uma distância entre contactos de 3 mm para esta unidade.

A unidade tem de estar correctamente ligada à terra e a linha de alimentação tem de estar equipada com um disjuntor diferencial para protecção das pessoas.

As unidades não estão protegidas contra explosão, pelo que não devem ser instaladas num ambiente explosivo.

Esta unidade não possui peças que possam ser reparadas pelo utilizador. Para reparações, consulte sempre os técnicos de assistência autorizados.

Se tiver que deslocar a unidade, consulte os técnicos de assistência autorizados para desligar e reinstalar a unidade.

As crianças devem ser supervisionadas, para garantir que não brinquem com o dispositivo.

A utilização deste produto não se destina a pessoas (incluindo crianças) portadoras de incapacidade física, sensorial ou mental, ou pessoas com falta de experiência ou conhecimentos, excepto se tiverem sido autorizadas por alguém responsável pela sua segurança, supervisão ou instrução relativamente à utilização do dispositivo.

21 INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO

21 11 Precauções na utilização do refrigerante R410A

ATENÇÃO

Os procedimentos básicos das operações de instalação são iguais aos dos modelos que utilizam refrigerante convencionais.

Contudo, preste especial atenção aos pontos que se seguem.

Visto que a pressão de funcionamento é 1,6 vezes superior à dos modelos de refrigerante convencional (R22), algumas tubagens e ferramentas de assistência e instalação são especiais. (Consulte a tabela abaixo.)

Em particular, durante a substituição de um modelo que utiliza refrigerante convencional (R22) por um novo modelo que utiliza refrigerante R410A, substitua sempre a tubagem e as porcas de abocardamento convencionais pela tubagem e porcas de abocardamento do R410A.

Os modelos que utilizam refrigerante R410A têm um diâmetro diferente das roscas da porta de abastecimento para evitar o abastecimento acidental com refrigerante convencional (R22), assim como por questões de segurança. Por conseguinte, o diâmetro deve ser verificado antecipadamente. [O diâmetro da rosca da porta de abastecimento para o R410A é de 1/2 UNF, 20 roscas por polegada.]

Tenha cuidado para não permitir a entrada de substâncias externas (óleo, água, etc.) na tubagem ao instalar modelos que utilizem refrigerante. Além disso, ao guardar a tubagem, é preciso selar cuidadosamente as aberturas com pinças, fita, etc.

Ao abastecer com refrigerante, convém levar em consideração a ligeira alteração na composição das fases gasosa e líquida. Abasteça sempre do lado da fase líquida, onde a composição do refrigerante é estável.

21/2/2560 9:20:01

21 21 Ferramentas especiais para R410A

Nome da ferramenta

Tubo de manómetro

Mangueira de abastecimento

Bomba de vácuo

Detector de fuga de gás

Itens alterados

A pressão é elevada e não pode ser medida com um manómetro convencional. Para evitar a mistura de outros refrigerantes, o diâmetro da cada porta foi alterado.

Recomenda-se o manómetro com vedantes –0,1 a 5,3 MPa

(-1 a 53 bar) para pressão alta. –0,1 a 3,8 MPa (-1 a 38 bar) para pressão baixa.

Para aumentar a resistência à pressão, o material da mangueira e o tamanho de base foram alterados.

Pode ser utilizada uma bomba de vácuo convencional se for instalado um adaptador de bomba de vácuo.

Detector de fuga de gás especial para refrigerante R410A do tipo HFC.

Tubos de cobre

É necessário utilizar tubos de cobre sem costura e recomenda-se que a quantidade de óleo residual seja inferior a 40 mg/10 m. Não utilize tubos de cobre que tenham partes danifica das, deformadas ou descoradas (especialmente na superfície interior). Caso contrário, a válvula de expansão ou o tubo capilar podem ficar bloqueados com contaminantes.

Tendo em conta que um aparelho de ar condicionado que utiliza refrigerante R410A está sujeito a uma pressão superior à de um refrigerante convencional, é necessário seleccionar materiais adequados.

As espessuras dos tubos de cobre utilizados com refrigerante R410A encontram-se indicadas na tabela. Nunca utilize tubos de cobre de espessura inferior à indicada na tabela, mesmo que estejam disponíveis no mercado.

Espessuras de tubos de cobre recozido (R410A)

Diâmetro externo do tubo

6,35 mm (1/4 pol.)

Espessura

0,80 mm

9,52 mm (3/8 pol.)

12,70 mm (1/2 pol.)

15,88 mm (5/8 pol.)

19,05 mm (3/4 pol.)

0,80 mm

0,80 mm

1,00 mm

1,20 mm

21 21 Acessórios

ATENÇÃO

Para efeitos de instalação, utilize as peças fornecidas pelo fabricante ou outras peças recomendadas por este. A utilização de peças não recomendadas pode provocar acidentes graves, tais como queda da unidade, fuga de água, choque eléctrico ou incêndio.

Não se deve deitar fora peças de ligação enquanto a instalação não estiver concluída.

Nome e figura

Manual de instalação

Qtd.

Aplicação

(Este manual)

1

21 41 Configuração do sistema

Exemplo de esquema para unidades interiores e unidade exterior.

UNIDADE EXTERIOR : TIPO 24

Fonte de alimentação

230 V ~ 50 Hz

Cabo de alimentação

(Conforme norma IEC57 Tipo 245.)

Disjuntor

Cabo de ligação

(Conforme norma IEC57 Tipo 245.) c

UNIT C

7-12

H1 b

UNIT B

7-12

H2

UNIDADE EXTERIOR

Tubo de refrigerante

H1 a

UNIT A

7-18

UNIDADES INTERIORES

21 41 11 TIPO DE CAPACIDADE PARA UNIDADES INTERIORES LIGADAS

CUIDADO

A capacidade total das unidades interiores ligadas deve situar-se entre 14.000 e

36.000 BTU.

Para a instalação, é indispensável consultar o padrão de ligação no manual técnico.

O funcionamento não pode ser assegurado se a ligação for feita através de um método não especificado no referido manual. Se tal acontecer, o produto poderá ter problemas.

Na unidade exterior têm de ser ligadas, pelo menos, duas unidades interiores.

• Para instalar uma unidade interior, consulte o Manual de Instalação fornecido com a mesma.

C

B

Porta exterior

Tamanho de porta standard

6,35/9,52

6,35/9,52

Modelo que pode ser ligado

7-12

7-12

7-12* 1 /14-18 A 6,35/12,7

*1

Para a ligação dos modelos 7–12 à unidade exterior, é necessário o adaptador fornecido.

(Para obter mais informações, consulte "4.1.3. Como utilizar o adaptador".)

Tampa de drenagem

Tubo de drenagem

Betume

Adaptador

12,7 mm/9,52 mm

2

1

1

Para a operação de instalação da tubagem de drenagem na unidade exterior

[apenas modelo de Aquecimento e

Arrefecimento (ciclo inverso)]

Para vedação

1

Para usar na ligação de modelos

7–12 à porta exterior A

UNIDADE C ø6,35, ø9,52

UNIDADE B ø6,35, ø9,52

UNIDADE A ø6,35, ø12,7

9374872145-04_IM.indb 2

Pt-2

21/2/2560 9:20:02

UNIDADE EXTERIOR : TIPO 18

Fonte de alimentação

230 V ~ 50 Hz

Cabo de alimentação

(Conforme norma IEC57 Tipo 245.)

Disjuntor

Cabo de ligação

(Conforme norma IEC57 Tipo 245.) c

UNIT C

7-12

H1 b

UNIT B

7-12

H2

UNIDADE EXTERIOR

Tubo de refrigerante

H1 a

UNIT A

7-18

UNIDADES INTERIORES

21 41 21 TIPO DE CAPACIDADE PARA UNIDADES INTERIORES LIGADAS

CUIDADO

A capacidade total das unidades interiores ligadas deve situar-se entre 14.000 e

30.000 BTU.

Para a instalação, é indispensável consultar o padrão de ligação no manual técnico.

O funcionamento não pode ser assegurado se a ligação for feita através de um método não especificado no referido manual. Se tal acontecer, o produto poderá ter problemas.

Na unidade exterior têm de ser ligadas, pelo menos, duas unidades interiores.

• Para instalar uma unidade interior, consulte o Manual de Instalação fornecido com a mesma.

C

Porta exterior

Tamanho de porta standard

6,35/9,52

Modelo que pode ser ligado

7-12

B

A

6,35/9,52

6,35/12,7

7-12

7-12*

1

/14

*1

Para a ligação dos modelos 7–12 à unidade exterior, é necessário o adaptador fornecido.

(Para obter mais informações, consulte "4.1.3. Como utilizar o adaptador".)

21 41 21 LIMITES DE COMPRIMENTO DE TUBAGEM DE REFRIGERANTE

CUIDADO

Os comprimentos de tubos e diferença de altura totais máximos deste produto são indicados na tabela.

Pode ocorrer uma anomalia de funcionamento se as unidades tiverem valores afastados dos mencionados.

Comprimento máx1 total (a+b+c)

Comprimento máx1 para cada unidade interior (a, b ou c)

Diferença de altura máx1 entre a unidade exterior e cada unidade interior (H1)

Diferença de altura máx1 entre unidades interiores (H2)

Comprimento mín. para cada unidade interior (a, b ou c)

Comprimento mín. total (a+b+c)

50 m (164 pés)

25 m (82 pés)

15 m (49 pés)

10 m (33 pés)

5 m (16 pés)

15 m (49 pés)

*1

*1

Se o comprimento total da tubagem for superior a 30 m, é necessário um abastecimento adicional de refrigerante. (Para obter mais informações, consulte "6.2. Abaste cimento adicional".)

Pt-2

UNIDADE C ø6,35, ø9,52

UNIDADE B ø6,35, ø9,52

UNIDADE A ø6,35, ø12,7

21 41 41 SELECÇÃO DAS DIMENSÕES DOS TUBOS

O diâmetro dos tubos de ligação varia consoante a capacidade da unidade interior.

Consulte na tabela seguinte os diâmetros correctos dos tubos de ligação entre as unidades interiores e as unidades exteriores.

Capacidade da unidade interior

7 – 12

14 – 18

Dimensão do tubo de gás (espessura) [mm]

ø9,52 (0,8)

ø12,7 (0,8)

Dimensão do tubo de líquido (espessura) [mm]

ø6,35 (0,8)

ø6,35 (0,8)

CUIDADO

Se não for usada a combinação correcta de tubos, válvulas, etc, para a ligação das unidades interiores e exteriores, pode ocorrer uma anomalia de funcionamento.

21 41 21 REQUISITOS DE ISOLAMENTO TÉRMICO EM TORNO DOS TUBOS DE

LIGAÇÃO

CUIDADO

Coloque o isolamento térmico à volta dos tubos de gás e de líquido. Se não o fizer, podem ocorrer fugas de água.

Utilize um isolamento térmico com uma resistência ao calor superior a 120 °C. (Apenas no modelo de ciclo inverso.)

Além disso, se for de esperar que o nível de humidade no local de instalação da tubagem de refrigerante ultrapasse os 70%, instale o isolamento térmico à volta da tubagem de refrigerante. Se o nível de humidade esperado se situar entre 70-80%, utilize isolamento térmico com uma espessura de 15 mm ou superior e, se o nível de humidade esperado exceder aos 80%, utilize isolamento térmico com uma espessura de 20 mm ou superior.

Se a espessura do isolamento térmico utilizado não corresponder ao especificado, pode formar-se condensação na superfície do isolamento.

Além disso, deve utilizar isolamento térmico com uma condutibilidade térmica de 0,045

W/(m·K) ou inferior (a 20 °C).

Ligue os tubos de ligação de acordo com "4. INSTALAÇÃO DA TUBAGEM I" neste Manual de Instalação.

21 OPERAÇÕES DE INSTALAÇÃO

Obtenha a autorização do cliente quando seleccionar o local de instalação e proceder à instalação da unidade.

21 11 Selecção de um local de instalação

ATENÇÃO

Instale com segurança a unidade exterior num local capaz de suportar o peso da unidade. Caso contrário, a unidade exterior pode cair e provocar ferimentos.

A unidade exterior deve ser instalada conforme descrito, para que seja capaz de suportar tremores de terra e tufões ou outros ventos fortes. Uma instalação inadequada pode causar a inclinação ou queda da unidade, bem como outros acidentes.

Não instale a unidade exterior próximo da extremidade de uma varanda. Caso contrário, as crianças podem subir pela unidade exterior e cair da varanda.

CUIDADO

A unidade exterior não deve ser instalada nas áreas que se seguem:

• Uma área com elevado grau de salinidade, tal como junto ao mar. Causará a deteriora-

ção das peças metálicas, fazendo com que falhem ou com que a unidade verta água.

Uma área contendo óleo mineral ou uma grande quantidade de óleo salpicado ou vapor, como, por exemplo, uma cozinha. Tal provocará a deterioração das peças plásticas, fazendo com que as mesmas falhem ou com que a unidade verta água.

Uma área que gere substâncias que afectem prejudicialmente o equipamento, tais como gás sulfúrico, gás de cloro, ácido ou álcali. Provocará a corrosão dos tubos de cobre e das juntas de brasagem, o que, por sua vez, pode causar fuga de refrigerante.

Uma área que contenha equipamentos que produzam interferências electromagnéticas. Provocará avarias no sistema, impedindo o funcionamento normal da unidade.

Uma área propensa a fugas de gás combustível, que contenha fibras de carbono suspensas, pó inflamável ou substâncias inflamáveis voláteis, tais como diluente ou gasolina. Se houver fuga de gás e este se depositar em torno da unidade, tal poderá provocar incêndio.

Uma área com fontes de calor, vapores ou com risco de fugas de gás inflamável nas proximidades.

Uma área onde possam estar a viver animais pequenos. Se os animais pequenos entrarem e tocarem nas peças eléctricas internas, podem provocar avarias, fumo ou incêndio.

Uma área onde os animais possam urinar na unidade ou passível de gerar amoníaco.

Instale a unidade exterior sem inclinação.

Instale a unidade exterior num local bem ventilado, afastado da chuva ou da luz solar directa.

Se a unidade exterior tiver de ser instalada numa área de acesso fácil ao público geral, instale uma cerca protectora ou algo semelhante se necessário para impedir o seu acesso.

Instale a unidade exterior num local que não irá incomodar os seus vizinhos, pois podem ser afectados pelo fluxo de ar que vem da saída, pelo ruído ou pela vibração. Se tiver de ser instalada num local próximo de vizinhos, deverá obter autorização deles.

Se a unidade exterior for instalada numa região fria que é afectada pela acumulação de neve, queda de neve ou congelamento, tome as medidas adequadas para protegêla desses elementos. Para garantir um funcionamento estável, instale as condutas de entrada e de saída.

Instale a unidade exterior num local afastado de portas de escape ou de ventilação que expelem vapor, fuligem, pó ou resíduos.

9374872145-04_IM.indb 3 21/2/2560 9:20:02

CUIDADO

Instale a unidade interior, a unidade exterior, o cabo de alimentação, o cabo de ligação e o cabo do controlo remoto a, pelo menos, 1 m de distância de receptores de televisão ou rádio. Esta medida visa evitar interferências na recepção do sinal de TV ou ruído radioeléctrico. (Mesmo instalados a mais de 1 m de distância, poderá ainda registar ruídos em determinadas condições de recepção do sinal.)

Comutador de derivação e disjuntor

1 m ou mais

1 m ou mais

Comutador de derivação e disjuntor

A unidade deve estar fora do alcance de crianças com menos de 10 anos e devem ser tomadas medidas preventivas neste sentido.

Mantenha o comprimento da tubagem das unidades interiores e exteriores dentro do intervalo permitido.

Por motivos de manutenção, a tubagem não deve ser enterrada.

21 21 Instalação da drenagem

CUIDADO

Realize as operações de drenagem de acordo com este manual e certifique-se de que a água de drenagem é devidamente drenada. Se as operações de drenagem não forem realizadas correctamente, a água pode pingar da unidade, molhando a mobília.

Quando a temperatura exterior é de 0 °C ou inferior, não utilize o tubo e a tampa de drenagem. Se o tubo e a tampa de drenagem forem utilizados, a água de drenagem no tubo poderá congelar em condições atmosféricas extremamente frias. (Apenas no modelo de ciclo inverso)

A unidade exterior tem de ser fixada, imperativamente, com parafusos nos quatro locais indicados pelas setas.

Parte de baixo

AR

Local de instalação da tampa de drenagem

Decida a posição de instalação com o cliente da forma que se segue.

(1) Instale a unidade exterior num local capaz de suportar o peso e a vibração da unidade exterior, e que permita a instalação na horizontal.

(2) Deixe o espaço indicado para assegurar uma boa passagem do fluxo de ar.

(3) Se for possível, não instale a unidade onde possa ficar exposta a luz solar directa.

(Se for necessário, instale uma persiana que não interfira com o fluxo do ar.)

(4) Não instale a unidade próximo de uma fonte de calor, vapor ou gás inflamável.

(5) Durante a operação de aquecimento, a água de drenagem sai da unidade exterior.

Assim sendo, instale a unidade exterior num local que não obstrua o fluxo da água de drenagem. (Apenas no modelo de ciclo inverso)

(6) Não instale a unidade onde circulem ventos fortes ou num local muito poeirento.

(7) Não instale a unidade onde circulem pessoas.

(8) Instale a unidade exterior num local em que não apanhe sujidade ou chuva, dentro do possível.

(9) Instale a unidade num local que permita a fácil ligação à unidade interior.

21 21 11 Instalação de uma única unidade exterior

Quando a área ascendente está aberta

(Unidade: mm)

(1) Obstáculos apenas na parte posterior (2) Obstáculos apenas nas partes posterior e laterais

100 ou mais

(3) Obstáculos apenas na parte frontal

100 ou mais

300 ou mais

250 ou mais

(4) Obstáculos apenas nas partes frontal e posterior

Local de instalação do tubo de drenagem

Visto que a água de drenagem flui para fora da unidade exterior durante a operação de aquecimento, instale o tubo de drenagem e ligue-o a uma mangueira comercial de 16 mm.

(Apenas no modelo de ciclo inverso)

Durante a instalação do tubo de drenagem, coloque betume em todos os orifícios (excepto no orifício de montagem do tubo de drenagem) situados na parte inferior da unidade exterior para que não ocorram fugas de água. (Apenas no modelo de ciclo inverso)

Orifício de montagem do tubo de drenagem

Base

Tubo de drenagem

600 ou mais

100 ou mais

600 ou mais

Quando se encontra igualmente uma obstrução na área ascendente

(Unidade: mm)

(1) Obstáculos apenas na parte posterior e superior

Máx. 500

(2) Obstáculos apenas nas partes posterior, superior e laterais

Máx. 500

600 ou mais

1000 ou mais

300 ou mais

100 ou mais

250 ou mais

500 ou mais

21 21 21 Instalação de várias unidades exteriores

Providencie pelo menos 250 mm de espaço entre as unidades exteriores se forem instaladas várias unidades.

Quando encaminhar a tubagem a partir da parte lateral de uma unidade exterior, providencie espaço para a tubagem.

Não devem ser instaladas mais de 3 unidades lado a lado.

Quando estão alinhadas 3 ou mais unidades, providencie espaço conforme indicado no seguinte exemplo se existe igualmente uma obstrução na área superior.

Quando a área ascendente está aberta

(Unidade: mm)

(1) Obstáculos apenas na parte posterior (2) Obstáculos apenas na parte frontal

21 21 Dimensões de instalação

CUIDADO

Seleccione locais de instalação capazes de suportar sem problemas o peso das unidades interiores e exteriores. Instale as unidades de forma segura, de forma a que não tombem nem caiam.

ATENÇÃO

Não instale em locais com risco de fuga de gás combustível.

Não instale a unidade próximo de uma fonte de calor, vapor ou gás inflamável.

A unidade deve estar fora do alcance de crianças com menos de 10 anos e devem ser tomadas medidas preventivas neste sentido.

CUIDADO

Instale a unidade num local onde não fique inclinada mais de 3˚. Seja como for, não instale a unidade inclinada para o lado onde está o compressor.

Quando instalar a unidade exterior num local onde possa ficar exposta a ventos fortes, prenda-a bem.

250 ou mais

300 ou mais

(3) Obstáculos apenas nas partes frontal e posterior

250 ou mais

250 ou mais

500 ou mais

1500 ou mais

1500 ou mais

Pt-4

9374872145-04_IM.indb 4 21/2/2560 9:20:04

Quando se encontra igualmente uma obstrução na área ascendente

(Unidade: mm)

• Obstáculos apenas na parte posterior e superior

Máx. 300

1500 ou mais

250 ou mais

1500 ou mais

250 ou mais

500 ou mais

21 21 21 Instalação de unidades exteriores em várias filas

(Unidade: mm)

* As definições seguintes não são recomendadas no caso de um arrefecimento a uma temperatura externa baixa.

(1) Disposição de uma única unidade paralela

21 21 Instalação da unidade

• Instale 4 parafusos de ancoragem nos locais indicados com setas na figura.

• Para reduzir a vibração, não instale a unidade directamente no solo. Instale-a sobre uma

• base segura (como blocos de cimento).

A base deve suportar as pernas da unidade e ter uma largura de 50 mm ou mais.

Dependendo das condições de instalação, a unidade exterior pode propagar a sua • vibração durante o funcionamento, podendo provocar ruído e vibração. Assim, instale materiais de amortecimento (como elementos de amortecimento) na unidade exterior durante a instalação.

• Instale a base, certificando-se de que existe espaço suficiente para a instalação dos tubos de ligação.

Prenda a unidade num bloco sólido utilizando os parafusos de ancoragem. (Utilize •

4 conjuntos de parafusos M10, porcas e anilhas disponíveis comercialmente.)

• Os parafusos devem estar sobressaídos 20 mm. (Consulte a figura.)

• Se for necessária uma prevenção contra o derrubamento, adquira os itens comercialmente disponíveis necessários.

Parte de baixo

AR

150 ou mais

2000 ou mais

600 ou mais

1000 ou mais

(2) Disposição de múltiplas unidades paralelas

250 ou mais

250 ou mais

500 ou mais

3000 ou mais

600 ou mais

1500 ou mais

650 mm

4 orifícios de ø12

Fixar firmemente com parafusos num bloco sólido. (Use 4 conjuntos de parafuso

M10, porca e anilha disponíveis comercialmente.)

Parafuso

Porca

Bloco

250 ou mais

1500 ou mais

500 ou mais

NOTAS:

• Se o espaço for superior ao indicado acima, as condições serão as mesmas como quando não existem obstáculos.

• A altura acima do nível do chão deve ser de 50 mm ou mais.

• Ao instalar a unidade exterior, certifique-se de que abre o lado frontal e o lado esquerdo para obter um funcionamento mais eficiente.

21 41 Transporte da unidade

ATENÇÃO

Não toque nas aletas. Se o fizer, pode sofrer ferimentos.

CUIDADO

Quando transportar a unidade, segure nas pegas no lado esquerdo e direito com cuidado.

Se a unidade exterior for segurada pela parte inferior, as mãos ou dedos podem ficar entalados.

• Certifique-se de que segura nas pegas localizadas nas partes laterais da unidade. Caso contrário, se segurar na grelha de sucção nas partes laterais da unidade, pode provocar deformações.

50 mm ou mais

Base

Não instale directamente no chão pois pode ocorrer uma falha do equipamento.

Certifique-se de que a base se encontra a uma distância de 50 mm do chão. Caso contrário, existe o risco de a água de drenagem congelar entre o dispositivo e a superfície, impedindo a drenagem.

CUIDADO

Não instale a unidade exterior em dois andares, uma vez que a água de drenagem pode congelar.

Caso contrário, a drenagem da unidade superior poderá formar gelo e causar uma avaria da unidade inferior.

Quando a temperatura exterior for igual ou inferior a 0 °C, não utilize o tubo de drenagem e a tampa de drenagem acessórios.

Se utilizar o tubo de drenagem e a tampa de drenagem, a água de drenagem no tubo pode congelar num clima extremamente frio. (Apenas modelo de ciclo inverso)

Em áreas sujeitas a neve intensa, onde a entrada e a saída da unidade exterior pode ficar bloqueada pela neve.

Recomenda-se que a unidade seja instalada sob uma cobertura ou apoiada numa base elevada.

Se não o fizer, não será obtido um aquecimento de qualidade e/ou ocorrerá uma falha prematura do equipamento.

Pega

Pega

Pt-2

9374872145-04_IM.indb 5 21/2/2560 9:20:06

41 INSTALAÇÃO DA TUBAGEM I

41 11 Ligação por abocardamento (ligação de tubos)

CUIDADO

Não utilize óleo mineral numa peça abocardada. Evite a entrada de óleo mineral no sistema, pois isso reduziria a vida útil das unidades.

Ao soldar os tubos, deve ser ventilado azoto seco através dos mesmos.

Os comprimentos máximos deste produto são apresentados na tabela. Pode ocorrer uma anomalia de funcionamento se as unidades tiverem valores afastados dos mencionados.

Abocardamento

(

(

(

(

• Utilize um corta-tubos especial e abocardador próprio para o R410A.

1

2

)

)

Corte o tubo de ligação pelo comprimento pretendido com o corta-tubos.

Segure no tubo com a abertura voltada para baixo para que os resíduos de corte não

3

4 )

) entrem no tubo e retire eventuais rebarbas.

Insira a porca de abocardamento (utilize sempre a porca de abocardamento instalada nas unidades interior e exterior respectivamente) no tubo e efectue a operação de alargamento com o abocardador. Se forem utilizadas outras porcas de abocardamento, pode ocorrer uma fuga de refrigerante.

Proteja os tubos com pinças ou com fita para evitar a entrada de pó, resíduos ou água nos tubos.

Verifique se [L] está uniformemente abocar dado e se não está rachado ou arranhado.

B

Matriz

L

A

Tubo

Diâmetro exterior do tubo [mm (pol.)]

Dimensão A (mm)

Abocardador para o

R410A, tipo engate

Dimensão B [mm]

6,35 (1/4)

9,52 (3/8)

12,70 (1/2)

15,88 (5/8)

19,05 (3/4)

0 a 0,5

9,1

13,2

16,6

19,7

24,0

• Ao utilizar abocardadores convencionais para alargamento de tubos para o R410A, a dimensão A deverá ser aproximadamente 0,5 mm superior à indicada na tabela (para alargamento com abocardadores próprios para o R410A) para conseguir o abocardamento especificado. Utilize um calibrador de espessura para medir a dimensão A.

Distância entre os lados

Diâmetro exterior do tubo [mm (pol.)]

6,35 (1/4)

9,52 (3/8)

12,70 (1/2)

15,88 (5/8)

19,05 (3/4)

Distância entre os lados da porca de abocardamento [mm]

17

22

26

29

36

41 11 11 Dobragem dos tubos

CUIDADO

Para evitar partir o tubo, evite dobras acentuadas. Dobre o tubo com um raio de curvatura de 100 mm ou mais.

Se o tubo for dobrado repetidamente no mesmo local, acabará por quebrar-se.

• Se modelar os tubos com as mãos, tenha cuidado para não vincá-los.

• Não dobre os tubos num ângulo superior a 90°.

• Quando os tubos são repetidamente dobrados ou alongados, o material endurece, o que

• torna difícil continuar a dobrá-los e a alongá-los.

Os tubos não devem ser dobrados nem alongados mais de 3 vezes.

41 11 21 Ligação dos tubos

CUIDADO

O tubo deve ser encostado à porta da unidade interior e da unidade exterior correctamente.

Se não ficar devidamente centrado, será difícil apertar a porca de abocardamento.

Se forçar o aperto da porca de abocardamento, as roscas ficarão danificadas.

Só deve retirar a porca de abocardamento da unidade exterior imediatamente antes de proceder à ligação do tubo.

CUIDADO

Depois de instalar a tubagem, certifique-se de que os tubos de ligação não tocam no compressor ou no painel exterior. Se os tubos tocarem no compressor ou no painel exterior, irão vibrar e produzir ruído.

( 1 )

( 2 )

Retire as tampas e os tampões dos tubos.

Centre o tubo contra a porta na unidade exterior, e depois rode a porca de abocardamento

à mão.

( 3 ) Instale o tubo de ligação.

( 4 ) Depois de apertar devidamente a porca de abocardamento com a mão, use uma chave dinamométrica para o aperto final.

Para evitar fugas de gás, revista a superfície abocardada com óleo alquilbenzeno (HAB).

Não use óleo mineral.

Válvula de 3 vias (gás)

Porca de abocardamento

Tubo de ligação (Gás)

Chave de retenção

CUIDADO

Chave dinamométrica

• O painel exterior pode ficar distorcido se for apertado apenas com uma chave. A parte elementar deve ser fixada com uma chave de retenção (chave de caixa) e apertada com uma chave dinamométrica (consulte o diagrama abaixo). Não aplique força na tampa da válvula nem pendure uma chave, etc. na tampa. Se uma tampa estiver partida, pode provocar fugas de refrigerante.

Porca de abocardamento

[mm (pol.)]

6,35 (1/4) diâm.

9,52 (3/8) diâm.

12,70 (1/2) diâm.

15,88 (5/8) diâm.

19,05 (3/4) diâm.

Momento de aperto [N·m (kgf·cm)]

16 a 18 (160 a 180)

32 a 42 (320 a 420)

49 a 61 (490 a 610)

63 a 75 (630 a 750)

90 a 110 (900 a 1100)

41 11 21 Como utilizar o adaptador (portas de ligação da unidade exterior)

• Se utilizar o ADAPTADOR, tenha cuidado para não apertar demasiadamente a porca e

• danificar o tubo pequeno.

Aplique uma camada de óleo na porta de ligação roscada da unidade exterior, onde é inserida a porca de abocardamento.

• Use chaves apropriadas para evitar danificar as roscas da ligação devido ao aperto

• excessivo da porca de abocardamento.

Aplique as chaves na porca de abocardamento (peça local) e no ADAPTADOR para os apertar.

Tipo de adaptador [mm]

ø12,7 → ø9,52

Momento de aperto [N·m (kgf·cm)]

49 a 61 (490 a 610)

9374872145-04_IM.indb 6

Pt-6

21/2/2560 9:20:07

21 INSTALAÇÃO ELÉCTRICA

21 11 As precauções da instalação eléctrica

ATENÇÃO

As instalações eléctricas devem ser realizadas por um indivíduo qualificado de acordo com as especificações.

A tensão nominal deste produto é de 50 Hz, 230 V. Utilize uma tensão dentro do intervalo 198-264 V.

Antes de ligar os cabos, certifique-se de que a fonte de alimentação está desligada.

Deve ser instalado um disjuntor com a capacidade especificada. Ao seleccionar um disjuntor, devem ser respeitadas as leis e regulamentos de cada país. Deve ser instalado um disjuntor na fonte de alimentação da unidade exterior. A selecção e configuração erradas do disjuntor provocarão choque eléctrico ou incêndio.

Tem de ser instalado um disjuntor de fuga à terra. Caso contrário, provocará um choque eléctrico ou incêndio.

Não ligue a fonte de alimentação CA à placa de terminais da linha de transmissão.

As ligações incorrectas podem danificar todo o sistema.

Ligue o cabo do conector ao terminal com firmeza.

A instalação incorrecta pode provocar um incêndio.

A parte de isolamento do cabo do conector deve ser presa com o aperta-cabo. Um isolamento danificado pode provocar um curto-circuito.

Nunca se deve instalar um condensador corrector do factor de potência. Em vez de corrigir o factor de potência, o condensador pode sobreaquecer.

Antes de efectuar operações de manutenção da unidade, desligue (OFF) o comutador de alimentação. Nos 5 minutos seguintes, não toque nas partes eléctricas, pois há o risco de choque eléctrico.

Certifique-se de que realiza operações de ligação à terra. Uma ligação à terra incorrec ta pode provocar choques eléctricos.

CUIDADO

A capacidade da fonte de alimentação principal destina-se ao próprio aparelho de ar condicionado e não prevê a utilização simultânea de outros dispositivos.

Não utilize ligações eléctricas cruzadas para a unidade exterior.

Se a energia eléctrica não for adequada, contacte a companhia de electricidade local.

Instale um disjuntor num local que não esteja exposto a temperaturas elevadas.

Se a temperatura em torno do disjuntor for demasiado elevada, a amperagem na qual o disjuntor dispara poderá diminuir.

Este sistema usa um inversor, o que quer dizer que tem de ser usado um disjuntor de fuga à terra com capacidade para lidar com os harmónicos, para evitar um funcionamento anormal do próprio disjuntor de fuga à terra.

Quando o quadro eléctrico está instalado no exterior, deve ser fechado à chave, para não estar facilmente acessível.

Não aperte o cabo de alimentação e o cabo de ligação em conjunto.

Respeite sempre o comprimento máximo do cabo de ligação. Exceder o tamanho máximo pode conduzir a um funcionamento erróneo.

A electricidade estática que é acumulada no corpo humano pode danificar a placa de circuito impresso de controlo enquanto a manuseia para a definição de endereço, etc.

Preste atenção aos pontos que se seguem.

Disponibilize uma ligação à terra ao equipamento de opção, da unidade interior e exterior.

Desligue a fonte de alimentação (disjuntor).

Toque numa parte de metal (como a secção da caixa de controlo que não está pintada) da unidade interior ou exterior durante mais de 10 segundos. Descarregue a electricidade estática do seu corpo.

Nunca toque nos terminais nem no circuito da placa de circuito impresso.

21 21 Requisito eléctrico

CUIDADO

Deve ser instalado um disjuntor com a capacidade especificada.

Tensão nominal

Gama de funcionamento

1Φ 230 V (50 Hz)

198-264 V

Cabo

Dimensão do cabo

(mm

2

)

*1

Tipo Observações

Cabo de alimentação

Cabo de ligação

4,0

1,5

Tipo 60245

IEC 66

Tipo 60245

IEC 57

2 cabos + terra, 1 Ø 230 V

3 cabos + terra, 1 Ø 230 V

*1

Amostra seleccionada: seleccione a dimensão e tipo de cabo correctos, de acordo com os regulamentos do país ou da região.

Comprimento máx. do cabo: defina um comprimento de modo a que a queda de tensão seja inferior a 2%. Aumente o diâmetro do cabo quando o comprimento do cabo for longo.

Disjuntor

Disjuntor (sobretensão)

Disjuntor de fuga à terra

Especificação

*2

Corrente: 25 (A)

Corrente de fuga: 30 mA 0,1 s ou inferior

*

3

*2

Seleccione o disjuntor adequado com a especificação descrita, de acordo com as

*3 normas nacionais ou regionais.

Seleccione o disjuntor que permita a passagem de uma corrente de carga suficiente.

• Antes de iniciar os trabalhos, deve ser verificado se todos os pólos da unidade interior e

• da unidade exterior não estão a receber corrente eléctrica.

Efectue todas as operações eléctricas de acordo com as normas.

Instale o dispositivo de desactivação com um intervalo de contacto de, pelo menos, 3 mm em todos os pólos que estão próximos das unidades. (Tanto na unidade interior como exterior.)

• A dimensão da cablagem deve estar em conformidade com o código local e nacional aplicável.

21 21 Ligações eléctricas da unidade

• Ao descarnar um fio condutor, deve ser sempre utilizada uma ferramenta especial como, por exemplo, um descarnador de cabos. Se não estiver disponível uma ferramenta especial, retire cuidadosamente o revestimento com uma faca, etc.

30 mm

Cabo de alimentação e cabo de ligação

Fio de terra

50 mm ou mais

Como ligar a cablagem ao terminal

Cuidados a ter durante a instalação eléctrica do cabo

(

( 1 )

( 2 )

( 3 )

4 )

( 5 )

(6)

Utilize terminais do tipo encastrado com mangas isoladoras, conforme ilustrado na figura, para ligação ao bloco de terminais.

Engate os terminais do tipo encastrado nos fios, utilizando uma ferramenta apropriada para que os fios não fiquem soltos.

Utilize os fios especificados, ligue-os com firmeza e aperte-os, de forma a não exercerem tensão sobre os terminais1

Utilize uma chave de parafusos apropriada para apertar os parafusos dos terminais.

Não utilize uma chave de parafusos demasiado pequena, pois pode danificar a cabeça dos parafusos e impedir que os parafusos fiquem devidamente apertados.

Os parafusos dos terminais não devem ser demasiadamente apertados, pois podem partir1

Consulte a tabela em baixo relativa aos momentos de aperto dos parafusos dos terminais1

Descarnar: 10 mm

Parafuso com anilha especial

Cabo

Terminal do tipo encastrado

Manga

Bloco de terminais

Cabo

Momento de aperto [N·m (kgf·cm)]

Parafuso M4 1,2 a 1,8 (12 a 18)

21 41 Diagramas de ligação

UNIDADE EXTERIOR

TERRA

L

C

1

2

3

B

1

2

3

A

1

2

3

Cabo de ligação

UNIDADE INTERIOR

1

2

3

C

Cabo de ligação

Cabo de ligação

1

2

3

1

2

3

B

A

Pt-7

9374872145-04_IM.indb 7 21/2/2560 9:20:07

21 21 Unidade exterior

( 1 ) Remoção do painel de serviço

• Retire os dois parafusos

• de montagem.

Remova o painel de serviço empurrando-o para baixo.

( 2 ) Ligue o cabo de alimentação e o cabo de ligação ao terminal.

( 3 ) Aperte o cabo de alimentação e o cabo de ligação com o aperta-cabo.

( 4 ) Verifique se os orifícios ficam vedados ao aplicar o betume.

Coloque os cabos lado a lado. (Não sobreponha os cabos.)

( 5 ) Reinstale o painel de serviço e a cobertura das válvulas após a conclusão do trabalho.

Betume

Cabo de alimentação

Cabo de ligação da

UNIT C (unidade C)

Cabo de ligação da

UNIT B (unidade B)

Cabo de ligação da

UNIT A (unidade A)

61 INSTALAÇÃO DA TUBAGEM II

61 11 Vácuo

CUIDADO

Utilize sempre uma bomba de vácuo para purgar o ar.

Na fábrica, não é carregado na unidade exterior refrigerante para purgar o ar.

Não deve ser libertado refrigerante para a atmosfera.

Para o R410A use uma bomba de vácuo, um tubo de manómetro e uma mangueira de abastecimento exclusivos. A utilização do mesmo equipamento de vácuo com refrigerantes diferentes pode danificar a bomba de vácuo ou a unidade.

Depois de ligar a tubagem, utilize um detector de fugas de gás ou água e sabão para verificar se há fugas de gás nas uniões.

61 11 11 VERIFICAÇÃO DE FUGAS DE GÁS E PURGA DE AR

(

(

(

(

(

(

(

A verificação de fugas de gás faz-se por meio de vácuo ou com azoto, pelo que deve ser seleccionado o meio adequado consoante a situação.

Verificação de fugas de gás por meio de vácuo:

1 )

( 2 )

Verifique se as ligações das tubagens estão bem apertadas.

3

4

5 )

)

)

(6)

Remova a tampa da válvula de 3 vias e ligue as mangueiras de abastecimento do tubo de manómetro à porta de abastecimento da válvula de 3 vias.

Abra completamente a válvula do tubo de manómetro.

Coloque a bomba de vácuo em funcionamento e comece a bombagem.

Verifique se o manómetro composto apresenta -0,1 MPa (76 cmHg) e coloque a bomba de vácuo em funcionamento durante 30 minutos ou mais em cada válvula.

No final da bombagem, feche totalmente a válvula do tudo de manómetro e desligue a bomba de vácuo.

7

8

9

)

)

)

(Deixe assim durante cerca de 10 minutos e, depois, verifique se a agulha não retorna.)

Desligue a mangueira de abastecimento da porta de abastecimento da válvula de 3 vias.

Após remover as tampas, abra completamente os fusos das válvulas de 2 e 3 vias com uma chave sextavada.

[momento de aperto: 6 a 7 N·m (60 a 70 kgf·cm)].

Aperte as tampas e a tampa da porta de abastecimento das válvulas de 2 e 3 vias de acordo com o momento de aperto especificado.

Verificação de fugas de gás por meio de azoto:

(6)

( 7 )

( 8 )

( 9 )

(

(

(

(

(

1

2

3

4

5

)

)

)

)

)

( 10 )

( 11 )

( 12 )

( 13 )

Verifique se as ligações das tubagens estão bem apertadas.

Remova a tampa da válvula de 3 vias e ligue as mangueiras de abastecimento do tubo de manómetro à porta de abastecimento da válvula de 3 vias.

Efectue a pressurização com o azoto, através da porta de abastecimento da válvula de 3 vias.

A pressurização até à pressão especificada deve ser feita gradualmente e não repentinamente.

① Aumente a pressão até 0,5 Mpa (5 kgf/cm

2

), deixe repousar durante cinco minutos

e, depois, verifique se há alguma diminuição da pressão.

Aumente a pressão até 1,5 Mpa (15 kgf/cm

2

), deixe repousar durante cinco

minutos e, depois, verifique se há alguma diminuição da pressão.

③ Aumente a pressão para a pressão especificada (a pressão atribuída ao produto)

e anote o valor da leitura.

Deixe repousar com a pressão de acordo com a especificação e, se a pressão não diminuir, o resultado é satisfatório. Se houver diminuição da pressão, há uma fuga, é necessário localizá-la e fazer pequenas reparações.

Descarregue o azoto e comece a retirar o gás com a bomba de vácuo.

Abra completamente a válvula do tubo de manómetro.

Coloque a bomba de vácuo em funcionamento e comece a bombagem.

Verifique se o manómetro composto apresenta -0,1 MPa (76 cmHg) e coloque a bomba de vácuo em funcionamento durante 30 minutos ou mais em cada válvula.

No final da bombagem, feche totalmente a válvula do tubo de manómetro e desligue a bomba de vácuo.

Desligue a mangueira de abastecimento da porta de abastecimento da válvula de 3 vias.

Após remover as tampas, abra completamente os fusos das válvulas de 2 e 3 vias com uma chave sextavada.

[momento de aperto: 6 a 7 N·m (60 a 70 kgf·cm)].

Aperte as tampas e a tampa da porta de abastecimento das válvulas de 2 e 3 vias de acordo com o momento de aperto especificado.

6,35 mm (1/4 pol.)

9,52 mm (3/8 pol.)

Tampa

12,70 mm (1/2 pol.)

15,88 mm (5/8 pol.)

19,05 mm (3/4 pol.)

Tampa da porta de abastecimento

Momento de aperto

20 a 25 N·m (200 a 250 kgf·cm)

20 a 25 N·m (200 a 250 kgf·cm)

28 a 32 N·m (280 a 320 kgf·cm)

30 a 35 N·m (300 a 350 kgf·cm)

35 a 40 N·m (350 a 400 kgf·cm)

10 a 12 N·m (100 a 120 kgf·cm)

Chave sextavada

Tampa serviço com válvula de regulação

Mangueira de serviço com válvula de regulação

Mangueira de de regulação

Fuso

Tampa

9374872145-04_IM.indb 8

Pt-8

21/2/2560 9:20:11

Tubo de manómetro

Lo Hi

Bomba de vácuo

Mangueira de serviço

3 locais

CUIDADO

Não purgue o ar com refrigerantes; em vez disso, utilize uma bomba de vácuo para aspirar a instalação! Não existe refrigerante adicional na unidade exterior para a purga de ar!

Para o R410A use uma bomba de vácuo, um tubo de manómetro e uma mangueira de abastecimento exclusivos. A utilização do mesmo equipamento de vácuo com refrigerantes diferentes pode danificar a bomba de vácuo ou a unidade.

61 21 Abastecimento adicional

Na fábrica, é carregado na unidade exterior refrigerante adequado para uma tubagem com um comprimento total de 30 m.

Se a tubagem tiver mais de 30 m, é necessário um abastecimento adicional.

Para saber qual a quantidade adicional, consulte a tabela que se segue.

Comprimento total da tubagem

Refrigerante extra

30 m

(98 pés)

Nenhum

40 m

(131 pés)

200 g

(7,1 oz)

50 m

(164 pés)

400 g

(14,1 oz)

20 g/m

(0,21 oz/pés)

CUIDADO

Se for necessário deslocar e reposicionar o aparelho de ar condicionado, não misture outros gases para além do refrigerante especificado (R410A) no ciclo refrigerante.

Para o abastecimento de refrigerante R410A, deve ser sempre usada uma balança electrónica (para pesar o refrigerante).

Ao abastecer com refrigerante, convém levar em consideração a ligeira alteração na composição das fases gasosa e líquida e abasteça sempre do lado da fase líquida, cuja composição é estável.

Gasosa

R410A

Líquida

Após a conclusão do trabalho, adicione refrigerante pela válvula de abastecimento.

Pode ocorrer uma anomalia de funcionamento se as unidades tiverem uma separação superior ao comprimento máximo da tubagem.

71 ENERGIA ELÉCTRICA

ATENÇÃO

Utilize sempre um circuito de derivação específico e instale uma tomada específica para fornecer energia ao aparelho de ar condicionado.

Utilize um disjuntor de circuito de derivação e uma tomada específicos, correspondentes à capacidade do aparelho de ar condicionado. (Instalar em conformidade com as normas.)

As ligações eléctricas devem ser realizadas de acordo com as normas, para que o aparelho de ar condicionado possa ser utilizado de forma eficaz e segura.

Instale um disjuntor de fugas de circuito de derivação de acordo com as leis e regulamentações vigentes e normas da companhia de electricidade.

CUIDADO

Quando a tensão é baixa e o aparelho de ar condicionado tem dificuldade em arrancar, contacte a companhia de electricidade para aumentar a tensão.

81 TESTE DE FUNCIONAMENTO

O método do teste de funcionamento pode ser diferente para cada uma das unidades interiores ligadas. Consulte o Manual de Instalação fornecido com cada unidade interior.

CUIDADO

Ligue sempre a corrente 12 horas antes de iniciar as operações para garantir a protecção do compressor.

81 11 TESTE DE FUNCIONAMENTO de acordo com o Manual de

Instalação da unidade interior

81 11 11 ITENS A VERIFICAR

(1) UNIDADE INTERIOR

( 1 )

( 2 )

( 3 )

( 4 )

( 5 )

O funcionamento de cada botão do controlo remoto é normal?

Todas as luzes acendem normalmente?

A aba de direcção do fluxo de ar funciona normalmente?

A drenagem é normal?

Ocorre algum ruído ou vibração anormais durante o funcionamento?

(2) UNIDADE EXTERIOR

( 1 )

( 2 )

Ocorre algum ruído ou vibração anormais durante o funcionamento?

( 3 )

O ruído, ar ventilado ou água de drenagem da unidade incomodam os vizinhos?

Há alguma fuga de gás?

Não ligue o aparelho de ar condicionado em teste de funcionamento durante muito tempo.

• Consulte este método no manual de funcionamento e teste o funcionamento.

81 21 Os LED da unidade exterior

Quando há uma avaria na unidade exterior, o LED da placa de circuitos acende-se para indicar o erro. Na tabela seguinte, encontra-se a descrição de cada erro de acordo com o LED.

Conteúdo do erro

Erro de comunicação (unidade exterior para unidade interior A)

Erro de comunicação (unidade exterior para unidade interior B)

Erro de comunicação (unidade exterior para unidade interior C)

Erro do sensor de temperatura da descarga

Erro do sensor de temperatura intermédio do permutador de calor da unidade exterior

Erro do sensor de temperatura exterior

Erro do sensor de temperatura da válvula de

2 vias (para a unidade interior A)

Erro do sensor de temperatura da válvula de

2 vias (para a unidade interior B)

Erro do sensor de temperatura da válvula de

2 vias (para a unidade interior C)

Erro do sensor de temperatura da válvula de

3 vias (para a unidade interior A)

Erro do sensor de temperatura da válvula de

3 vias (para a unidade interior B)

Erro do sensor de temperatura da válvula de

3 vias (para a unidade interior C)

Erro do sensor de temperatura do compressor

Erro do sensor de temperatura do dissipador de calor

Erro do comutador de alta pressão 1

Erro do comutador de alta pressão 2

Erro de capacidade da unidade interior

Detecção de disparo

Erro de detecção da posição do rotor do compressor

Erro L do terminal de disparo

Erro do motor da ventoinha da unidade exterior

Erro de comunicação do microcomputador da placa de circuito impresso da unidade exterior

Erro da temperatura de descarga

Erro da temperatura do compressor

Erro da válvula de 4 vias

Erro da informação do modelo da placa de circuito impresso da unidade exterior

Erro do filtro activo/Erro do circuito PFC

● : intermitente - : desligado

LED 1

●1 vez

-

-

●2 vezes

●3 vezes

●4 vezes

●5 vezes

-

-

●6 vezes

-

-

●7 vezes

●8 vezes

●9 vezes

●10 vezes

●11 vezes

●12 vezes

●13 vezes

●14 vezes

●15 vezes

●17 vezes

●18 vezes

●19 vezes

●20 vezes

●21 vezes

●22 vezes

LED 2

-

●1 vez

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

●5 vezes

-

-

●6 vezes

-

-

-

-

-

-

LED 3

-

●1 vez

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

●5 vezes

●6 vezes

-

-

-

-

-

-

-

-

-

Pt-9

9374872145-04_IM.indb 9 21/2/2560 9:20:12

Orifício

LED no lado inverso da placa.

91 BOMBAGEM

(

(

(

(

OPERAÇÃO DE BOMBAGEM

Para evitar a descarga de refrigerante para a atmosfera ao deslocar ou depor a unidade, recupere o refrigerante efectuando a operação de arrefecimento ou operação de arrefecimento forçado, de acordo com o procedimento que se segue. (Quando não é possível iniciar a operação de arrefecimento, como por exemplo no Inverno, proceder à operação de arrefecimento forçado).

( 1 )

2

3

)

)

Purgue o ar da mangueira de abastecimento ligando-a do tubo de manómetro à porta de abastecimento da válvula de 3 vias (pelo menos a uma das unidades ligadas) e abrindo a ligeiramente a válvula de baixa pressão.

Feche completamente o fuso da válvula de 2 vias (todas as unidades ligadas).

Inicie a operação de arrefecimento ou a operação de arrefecimento forçado. (Todas as unidades ligadas) Se utilizar o controlo remoto, prima o botão de "TEST RUN" (teste de funcionamento) depois de iniciar a operação de arrefecimento com o controlo remoto.

Os indicadores luminosos de funcionamento e do temporizador começam a piscar

4

5 )

) em simultâneo durante o teste de funcionamento. Quando utilizar o botão "MANUAL

AUTO" (manual automático) da unidade interior (se tiver perdido o controlo remoto, por exemplo), continue a premir o botão "MANUAL AUTO" (manual automático) da unidade interior durante mais de 10 segundos. (A operação de arrefecimento forçado não pode iniciar se o botão "MANUAL AUTO" (manual automático) não for premido durante mais de 10 segundos.)

Feche o fuso da válvula de 3 vias (todas as unidades ligadas) quando o valor no manómetro composto atingir 0,05~0 Mpa (0,5~0 kg/cm 2

(ligar/desligar) do controlo remoto para parar a operação. Prima o botão "MANUAL

AUTO" (manual automático) para parar a operação do lado da unidade interior. (Não é necessário manter premido mais de 10 segundos.)

).

Pare a operação. (todas as unidades ligadas) Prima o botão de "START/STOP"

9374872145-04_IM.indb 10

Pt-10

21/2/2560 9:20:13

Propaganda

Principais recursos

  • Space-saving installation
  • Wide range of indoor units with various models
  • Flexible installation

Manuais relacionados

Baixar PDF

Propaganda