PHF 4.0 2012 01

PHF 4.0 2012 01
Outros฀modelos฀da฀linha฀฀de฀elevadores฀ Hidromar
Manual฀de฀Montagem฀• Instruções 2012 01
PHF 4.0
Fevereiro /2012
Cód. 32100010
LG10 2.5 R
HI 5.0 S
PF 4.0 S
HI 5.0 R
Indústria฀e฀Comércio฀Hidromar฀Ltda
CNPJ: 78.599.545/0001-53
Insc.Est:฀601.01957-46
R. Amélia Riskallah Abib Tauil, 151
Fone/Fax: + 55 43 3373-5600 Fax: + 55 43 3373-5601
CEP 86030-290 Londrina - Paraná - Brasil
email: [email protected]
Leia atentamente esse manual para entender o funcionamento do equipamento
e mantenha-o em poder do operador para a sua consulta periódica.
LG 4.0 PM
HI 4.0 S
Mod. PHF 4.0 · Foto Ilustrativa
HI 2.5 S
Imagens meramente ilustrativas
LG10 2.5
Agradecimentos
Queremos agradecê-lo pela aquisição de um genuíno
equipamento da marca HIDROMAR.
É extremamente importante que esse manual de instruções seja lido e compreendido antes de iniciar a montagem do seu elevador.
A sua satisfação com relação ao desempenho deste
produto vai depender da sua correta e perfeita montagem e
instalação.
Em caso de quaisquer dúvidas, ligue para o telefone
(43) 3373-5600, que teremos o maior prazer em atendê-lo.
Este manual deverá sempre permanecer afixado no
elevador, para sua consulta em caso de dúvidas quanto ao
funcionamento do mesmo.
Atenciosamente
Equipe฀Hidromar
Índice
02
Características técnicas
02
03
Recomendações importantes
04
04
Localização e instalação
06
05
Montagem e instalação
08
06
Responsabilidade do proprietário
16
07
Advertências
16
08
Instruções de segurança
18
09
Plano de manutenção preventiva
20
10
Quadro de soluções
22
11
Quadro de controle das revisões
24
12
Termo de garantia
25
1
02 Características técnicas
Identificação dos componentes do
elevador modelo PHF 4.0
Calha Superior
Coluna
Coluna
Botão de
acionamento
para elevação
Sapatas de
apoio do
veículo
Cantoneira
de fixação da base
Alavanca de
descida
Braços rebaixados
Conjunto
bomba
hidráulica
Parabolt
de fixação
Cantoneira de
fixação da base
Parabolt
de fixação
Sapata de apoio
Standard
2
Sapata de apoio em
“U” Opcional*
*Este apoio em forma de “U” deve ser utilizado obrigatoriamente
para erguer veículos com chassi ou longarina.
Características técnicas 02
MODELO
PHF 4.0
4000 kg
Tempo de elevação
50 segundos
Altura de elevação
1800 mm
Motor
3 HP – 220
Peso
680 kg
Sistema de elevação
Hidráulico
Sistema de segurança
Catracas nas duas colunas
Apoio standard com sapatas redondas
Sistema de apoio com braços rebaixados p/elevar
veículos com carroceria monobloco.
Apoio opcional em “U”
Sistema de apoio com braços rebaixados para elevar
veículos com chassi.
Conjunto Móvel
Pastilhas plásticas
Lubrificação das correntes
Óleo nos eixos, roldanas e corrente.
Graxa nos quatro cantos da coluna.
1,750 livre
Capacidade de carga
1 ,2
20
0
82
130 á 160 min
1.760 máx
3,780
1,500
2,800
2,670
3,540
450
3,540
Reservamos o direito de introduzir, efetuar mudanças no produto
sem prévio aviso. Estas medidas podem ser alteradas.
3
03 Recomendações importantes
Atenção
O manual é parte indispensável do produto e leia-o
cuidadosamente.Por favor, conservar bem o manual em
local de fácil acesso.
O elevador deve ser utilizado para os fins de levantamento de veículos nos quatro braços,
nunca para os outros fins.O fabricante não assume qualquer responsabilidade por danos
causados por utilização indevida ou outro.
Atenção
1) Por favor, leia atentamente o manual do
usuário e de serviço.
Atenção
3) Proporcionar a manutenção adequada e
de inspeção para operação de segurança.
Atenção
5) O elevador deverá
ser utilizado por operador treinado.
Atenção
7) Respeite os pontos
de apoio indicados
pelo fabricante do
veículo.
Atenção
4
9) Acessórios auxiliares podem reduzir a
capacidade de carga.
Atenção
2) Nunca ajustar a
pressão de segurança
manual. Estação de
bomba hidráulica de
elevação.
Atenção
4) Proibido operar
elevador danificado.
Atenção
6) Somente pessoa
autorizada pode realizar a operação no
âmbito elevador.
Atenção
8) Use cavaletes de
apoio à segurança ao
montar ou desmontar
peças pesadas do
veículo.
Atenção
10) Nas situações
de risco de queda
do veículo deve ser
evacuada a área.
Recomendações importantes 03
Atenção
11) O veículo deve
ser posicionado no
centro de gravidade
entre os apoios.
Atenção
13) Não interfira
nos controles
automáticos do
elevador.
Atenção
15) Deixe os pés
longe do elevador
na descida.
Atenção
12) Mantenha-se
longe do elevador na
subida e descida.
Atenção
14) Evitar balançar o
veículo no elevador.
Atenção
16) NUNCA opere
com carga acima de
4000 kg. Máximo de
1000 Kg por braço.
Atenção
17) Veículos com chassi ou longarina como, por
exemplo, F-1000, D-20 e similares - peso máximo
3500 Kg, quando estão com carga ou bagagem,
podem ultrapassar a capacidade do elevador.
Retire a carga ou bagagem para operar com
segurança.
Atenção
18) A parte central das sapatas de apoio devem ser
posicionadas nos pontos de apoio do veículo. Use
somente peças originais Hidromar. Veículos do
tipo monobloco devem ser erguidos com os apoios
redondos, e veículos do tipo chassi/longarina
devem ser erguidos com os apoios em“U”.
Atenção
19) Equipamento de alto risco. Necessita de
revisões periódicas.
Max:
4000
Kg
Reservamos o direito de introduzir, efetuar mudanças no produto
sem prévio aviso. Estas medidas podem ser alteradas.
5
04 Localização e instalação
4.1 – Escolha um local com cobertura e isento de umidade e poeira. O piso deve estar
obrigatoriamente plano, sem nenhuma ondulação e totalmente nivelado. O elevador
não pode ser instalado na terra ou sobre britas.
4.2 – Estes modelos de elevadores não foram desenvolvidos para lavagem de veículos.
Nunca jogue água nos elevadores sob risco de sérios acidentes. Para limpeza dos
elevadores desligue a chave disjuntora para sua maior segurança e utilize pano seco.
É indispensável o aterramento
utilizando o fio da rede
elétrica local.
5 cm
LOCAL - O local deve ser coberto, isento de umidade e poeira. Somente autorize a entrega
do elevador quando o local estiver totalmente pronto. Locais em construção dispersam
muita poeira e areia que é excessivamente prejudicial ao elevador.
É recomendável a colocação
de disjuntor de acordo com
o modelo do motor.
PISO – Deve estar totalmente nivelado,
plano, sem ondulações e com espessura de 5 cm na área do elevador e do
veículo.
Teto
Cabo elétrico
REDE ELÉTRICA E FIAÇÃO
Disjuntor
Deve corresponder com a voltagem do
elevador. A fiação deve obrigatoriamente
estar pronta.
É de responsabilidade do comprador puxar os fios da rede elétrica, da
caixa de luz, até o local onde será instalado o elevador.
Atenção
Piso totalmente nivelado, plano e sem ondulações
6
Localização e instalação 04
Especificação fiação/cabo elétrico conforme o modelo do seu elevador:
Modelo
Voltagem
PHF 4.0
220 volts monofásico
Cabo Elétrico
3x2,5 mm
Sendo 3 fios para fase, sendo
1 fio para o terra
DISJUNTOR – Sua finalidade é proteger o motor contra queima
além de servir como uma chave geral do elevador. Recomendamos
o uso de um disjuntor por elevador. Especificação do disjuntor
termo magnético conforme modelo de seu elevador.
Modelo
Rede
Disjuntor
PHF 4.0
220 volts monofásico
15 ampéres
Atenção
Motor Monofásico
Para o motor monofásico é indispensável que a fiação seja sem emendas e seja
ligada diretamente da caixa de luz até o elevador. A fiação recomendada pelo fabricante do motor, 3 x 2,5 mm é para uma distância máxima de 30 metros do elevador
até a caixa de luz. Para uma distância superior a 30 metros deve ser consultado o
fabricante do motor para uma correta recomendação.
* O eletricista deve medir a amperagem do elevador com carga e chegar com
a plaqueta de identificação do motor.
Atenção Conversores
Os conversores de energia são totalmente desaconselhados e desfiguram os
elevadores de sua versão original perdendo a garantia. Os fabricantes de motores
elétricos também não dão garantia nos motores que utilizam conversores de
energia.
7
05 Montagem e instalação
525
A
58
5
65
29
525
B
58
5
330
790
D
Caixa “C” (dentro da caixa “A”)
04 pinos dos braços
04 travas dos braços
01 kit de fixadores – calha, bomba e
cj hidráulico
02 borrachas protetoras das portas
02 cantoneiras sem reforço (fixação
calha superior)
02 cantoneiras com reforço (fixação
complemento da coluna)
02 conjuntos de esticador para
mangueira hidráulica
(04 peças em “u” e 02 roldanas)
Caixa “B”
01 coluna
02 braços
02 sapatas redondas
01 cabo de aço
01 pistão hidráulico
02 cantoneiras da base
01 mangueira hidráulica com conexões
(ligação bomba x distribuição)
01 mangueira hidráulica com conexões
(ligação distribuição x pistão 1)
01 mangueira hidráulica com conexões
(ligação distribuição x pistão 2)
Caixa “D” (papelão)
01 conjunto hidráulico
completo (motor e reservatório
acoplado, sem óleo)
0
202
290
65
29
Caixa “A”
01 coluna
02 braços
02 sapatas redondas
01 cabo de aço
01 pistão hidráulico
01 caixa “C”
315
E
Caixa “E”
02 complementos
para as colunas
01 caixa “F”
Caixa “F” (dentro da caixa “E”)
02 sapatas em “u” para chassis
01 kit de fixadores - travessão e base
(parabolts).
01 conjunto fim de curso (campainha)
28
0
Caixa “G"
01 calha superior
0
12
185
8
2850
G
Montagem e instalação 05
Para acessar as colunas, retire
a proteção de madeira e a
película plástica.
Ferramentas e equipamentos para instalação
Instalar este elevador é relativamente simples, e pode ser feito por dois homens em
poucas horas. São necessários os seguintes acessórios e ferramentas:
Uma escada de armar, de 3m ou 4m
Óleo Hidráulico Leve 68 (11 litros)
モ Trena
モ Alicate
モ Furadeira de impacto com mandril para brocas para concreto, de 3/8”
- para furo inicial passante é 9/16”. Para furo final de ancoragem é 5/8”.
モ Chave de boca 15 mm
モ Chave de boca de ¾”
モ Chave Allen 12mm
モ Chave estrela 7/8”
モ Chave estrela 5/8”
モ Chave de fenda
モ
モ
9
05 Montagem e instalação
Passo 1
Depois de descarregar o elevador, arranje as peças próximo
do local da montagem.
Passo 2
Retire as cintas de transporte e as embalagens. A embalagem
da bomba hidráulica será tirada de cima para baixo. Nota:
Muito cuidado para não deixar cair.
Passo 3
Retire as chapas de união e os parafusos que prendem as duas
colunas uma a outra (não perca os parafusos, serão usados na
montagem).
Passo 4
Uma vez decidido onde montar as colunas, veja se as distâncias
mínimas entre as colunas de 2.810 mm a obstáculos e paredes
foram respeitadas. Também, veja se a folga de altura ao teto
a adequada.
Esticador da
mangueira
Conector T
Mangueira
do pistão 02
Mangueira
do pistão
Mangueira
da bomba
hidráulica
10
Nota: a coluna da bomba hidráulica por ser
montada em qualquer dos lados. Mas montar
no lado do passageiro do veiculo encurta os
passos de operação.
Montagem e instalação 05
Passo 5
5.1 – Posicione as chapas de cobertura
nas testas das colunas e insira os cabos.
5.2 – Instale os cabos de equilíbrio: (siga o diagrama)
Solte os dois parafusos de ancoragem de cabo. Encaminhe o primeiro cabo. Aplique a porca na ponta do
cabo ate que trespasse o nylon da porca. Puxe a outra
ponta do cabo e aplique a porca. Repita estes passos
no segundo cabo. Uma vez instalados, aperte os parafusos de ancoragem.
Cabos de aço
Roldanas
Porcas e
Arruelas 5/8”
Cabo de aço
Roldana
11
05 Montagem e instalação
Passo 6
Posicione as colunas face contra face a 3,520 m medidos de fora
a fora das chapas de base. Verifique o esquadro medindo em
diagonal de vértice a vértice das chapas de base.
Passo 7
Use os furos que há na chapa de base da coluna com guia para
fazer os furos de 3/4” no concreto. Faça os furos e instale os
chumbadores conforme o trabalho progride. Veja que a chapa
que vai de coluna a coluna no piso se encaixa na sua posição antes
de ancorar a segunda coluna.
Passo 8
8.1 – Recomenda-se que os furos na laje sejam passantes para que
se possa trocar o chumbador nos casos de rosca danificada ou de
ter-se de deslocar a coluna, batendo o chumbador para dentro até
vazar a terra.
8.2 – Monte a chapa de piso como indicado. Faça furos de 3/8”
usando os furos na chapa como guia. Siga o mesmo procedimento
que na aplicação dos chumbadores de coluna e reabra o furo com
a broca 3/4".
12
Atenção
Use broca para concreto de ponta de tungstênio de
mesmo diâmetro que o chumbador, 3/4”. Não use broca
desgastada, ou afiada fora de medida.
Montagem e instalação 05
O torque de aperto é com chave estrela com alongador conforme instruções abaixo:
1) Pegue uma chave 7/8"
e corte uma das pontas.
2) Corte um tubo de Ø 27,
parede de 3 mm com
660 mm de comprimento.
3) Encaixe completamente
a chave no tubo.
4) Utilizar a chave conforme recomendações para não ocorrer excesso de força ao
fixar o parabolt. Aperte a porca e contraporca.
Passo 9
9.1 – Leve o suporte de braço até o primeiro encaixe de trava. Veja se
ambos os suportes estão na mesma altura, medindo da chapa de base
até a chapa inferior do suporte.
9.2 – Instale os braços articulados nos suportes de braço usando os pinos
de 1-1/2” fornecidos. Veja se a trava de braço funciona - os dentes de trava
tem de encaixar nos rasgos da engrenagem do braço. Nota, se os pinos
do braço não encaixam, puxe a trava do braço ate criar jogo que permita
mover o braço e, assim que o pino de braço entre corretamente.
Passo 10
Ajuste a tensão dos cabos nos suportes de braço. Ajuste os cabos
de forma a manter um jogo de 1/2” em ambos os sentidos. Verifique
pelos cabos de trava se os suportes de braço estão na posição
travada correta.
13
05 Montagem e instalação
Passo 11
Tire o bujão com respiro do tanque da bomba e encha o reservatório. Use óleo hidráulico 68, não espumante, não detergente (p.ex.
Texaco HD32, ou equivalente). O tanque comporta 13,6 litros. No
caso de perda do bujão, encomende um novo do seu distribuidor; é
OBRIGATÓRIO que o bujão seja com respiro.
Passo 12
Faca a ligação elétrica da bomba hidráulica — 220V, monofásica.
Recomenda-se instalar uma proteção de circuito de 30A em 220V, antes
da alimentação da chave de comando da bomba. A fiação tem de ser
própria para corrente de 30A.
Atenção
Passo 13
A fiação tem de ser conforme normas local. Solicite a um
eletricista gabaritado que faça a ligação elétrica da bomba
hidráulica. Proteja cada um dos circuitos com relê retardado
ou com disjuntor 220V, monofásico, 60Hz, 15A.
Ainda não é o momento de colocar um veículo no elevador. Faça o
elevador subir e descer muitas vezes certificando-se que as travas estão
sincronizadas e a sangria de todo o sistema hidráulico está feita. Para
baixar o elevador é obrigatório soltar ambas as travas manualmente. As
travas sempre bloqueiam a descida quando o elevador sobe os primeiros
43 cm. Se as travas encaixam de modo não sincronizado, estique o cabo
no lado da trava que engata primeiro.
Atenção
CERTO
Colunas motoras alinhadas.
14
Com o elevador totalmente baixado, verifique o nível de óleo
mais uma vez. Complete com óleo hidráulico 68.
ERRADO
Colunas motoras desalinhadas.
モ
O desalinhamento entre as
colunas pode provocar o
escorregamento dos braços
com riscos de acidentes.
モ
A correção deve ser efetuada
preferencialmente através da
correção do piso ou com a
utilização de calços sob a base
(máximo de 5mm).
モ
A verificação do alinhamento
pode ser feita a olho nu ou com
o auxílio de um fio de prumo.
Montagem e instalação 05
O elevador não deve ser instalado em locais expostos ao sol e à chuva.
Cuidado
O elevador não pode ser lavado sob risco de choque
elétrico e contaminação do óleo com a água. Para a limpeza
do equipamento, desligue a chave magnética e realize a
limpeza utilizando um pano seco.
RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO
15
06 Responsabilidades do proprietário ou operador
モ Cabe ao empregador garantir que os operadores do elevador são qualificados
e que estão treinados no uso e operação do elevador e conforme as instruções
de segurança do fabricante.
モ O empregador tem de estabelecer procedimentos de manutenção periódica
conforme as instruções do fabricante e manter as instruções de operação do
elevador próximo do local de operação.
モ O proprietário não deve de nenhuma forma modificar o elevador sem
consentimento do fabricante, por escrito.
モ O empregador tem de manter as instruções do fabricante, de operação do
elevador, a mostra e próximo do local de operação.
モ O proprietário/operador não deve, de nenhuma forma modificar o elevador
sem consentimento do fabricante, por escrito.
Atenção
Antes de qualquer reparo ou manutenção é necessário o
desligamento total do elevador junto ao quadro de força.
07 Bloqueio do elevador e etiquetas de advertência
Responsabilidade
A responsabilidade por fazer com que este procedimento seja respeitado e
submetido a todos os empregados e pessoal terceiro de empresas de manutenção
(p.ex. Instaladores Autorizados Hidromar, empreiteiros, etc.). Todos os empregados
tem de receber do proprietário ou gerente, ou de seus prepostos designados,
instrução sobre o significado da segurança do procedimento de desativação.
Preparação
16
Os operadores autorizados para a desativação devem assegurar que o dispositivo
de desligamento de energia (isto é, o disjuntor, o fusível, a chave de seccionar, etc.)
esteja com aviso que o elevador está desativado. Pode ser que na mesma área
existam outros dispositivos semelhantes para outros equipamentos instalados.
Havendo dúvida quanto a identificação do dispositivo, resolva o caso com o
chefe da oficina. Garanta-se com uma autorização oficial antes de cumprir os
procedimentos da desativação.
Bloqueio do elevador e etiquetas de advertência 07
1) Tire a carga do elevador objeto do procedimento. Desligue-o e
verifique se a chave esta em OFF.
2) A pessoa autorizada a desativar corta a energia no quadro que
alimenta o elevador objeto da manutenção.
モ Em se tratando de um dispositivo com provisão para cadeado, a pessoa autorizada para a desativação deve colocar o cadeado que previne que o dispositivo seja reativado. Também, deve-se pregar uma
etiqueta de aviso, de cor sinalizante medindo pelo menos 7,5 cm por
15 cm, com o seu nome e a advertência para que não de retire a etiqueta, ou se faça qualquer tentativa de operação.
モ Se o dispositivo não puder ser trancado, o responsável pela
desativação tem de substituir os fusíveis ou o relê, por fusíveis falsos
ou por relê falso e, ainda assim pregar uma etiqueta de aviso de
mesmas características das acima mencionadas
3) Tentar operar o elevador para se assegurar da desativação. Sempre,
vire todas as chaves para OFF.
4) O elevador está agora desativado e pronto para manutenção.
Reativação
1) Veja se o trabalho de manutenção está concluído e se foram retiradas todas as
ferramentas, e se não há pessoas ou veículos nas proximidades do elevador.
2) É nesta hora que se podem retirar o cadeado e a etiqueta e restabelecer a energia para
o elevador objeto da manutenção, e colocá-lo em uso.
Regras de aplicação do procedimento de desativado 07
Aplique o procedimento de desativação sempre que o elevador estiver aguardando
manutenção, ou em manutenção, e quando há possibilidade intencional ou não
intencional de acidente com pessoas.
Condições de operação
Este elevador não é próprio para uso ao
tempo e a faixa de temperatura ambiente
para operar é de 5ºC a 40ºC.
17
08 Instruções de segurança
Quando se usam as ferramentas de oficina, sempre se devem obedecer alguns
procedimentos de segurança, dentre eles:
1. Ler todas as instruções.
2. Cuidado ao manusear as peças quentes. Risco de queimaduras.
3. Não usar ferramentas com fio elétrico desencapado ou ferramentas que tenham
sofrido queda e dano até que examinadas pelo pessoal da manutenção.
4. Não deixar fio elétrico pendurado em borda de bancada, mesa ou balcão, ou que
encoste em partes quentes como coletor de escapamento.
5. Os fios de extensão tem de ser de capacidade igual ou superior do fio do
equipamento. Se inferior, aquecerão.
6. Sempre desengatar da tomada se não usado. Não tire da tomada puxando pelo
cabo. Pegar e puxar pelo corpo do pino macho.
7. Deixar que as ferramentas esfriem antes de guardá-las. Enrolar os cabos com
folga.
8. Não trabalhar perto de reservatórios de líquidos inflamáveis.
9. Manter seu cabelo, suas vestimentas, seus dedos e todo corpo longe de peças
em movimento.
10. Reduzir os riscos de choque elétrico nunca trabalhando sobre chão molhado
ou na chuva.
11. Utilizar-se do elevador como descrito neste manual. Usar somente os
equipamentos auxiliares recomendados pelo fabricante. SEMPRE USAR ÓCULOS
DE SEGURANCA E DEMAIS EPIs.
18
Instruções de segurança 08
Subir o elevador
モ Comandar o elevador para subir ate que os pneus saiam do chão (antes, cuidar
que os limitadores do giro dos braços estejam engrenados; não estando,
mover o braço ligeiramente para que engatem). Parar e verificar o contato dos
adaptadores e a distribuição de peso. Então, se tudo estiver em ordem levantar
o elevador ate a altura desejada.
モ SEMPRE acionar a alavanca de baixar de forma que a pressão caia e as lingüetas
de trava se encaixem.
モ JAMAIS entrar debaixo de um elevador não travado.
Baixar o elevador
モ Retirar todo e qualquer objeto de sob o elevador e o veiculo; também afastar
as pessoas.
モ Manter-se afastado do elevador e levantar ate poder soltar as travas de
segurança.
モ Puxar os cabos das travas e acionar a alavanca de comando de descida.
モ Baixar o elevador completamente, aliviando a carga. Então, gire os braços para
liberar a passagem e saia com o veículo.
Notas sobre os
pontos de apoio
Consulte os manuais dos fabricantes quanto aos
pontos de pega específicos dos veículos. Em alguns
veículos há uma etiqueta sob o trinco da porta
dianteira direita que mostra seus pontos de apoio,
em outros com chassi, há marcas triangulares
indicando-os.
19
09 Plano de manutenção preventiva
Equipamento de alto risco. Necessita de revisões periódicas.
A manutenção periódica tem de ser prestada em bases diária, semanal e anual conforme indicado no quadro abaixo:
Atenção
Anualmente
Semestralmente
Semanalmente
Diariamente
Tempo de Uso
Serviços a serem executados
Verificar as sapatas de borracha.
Verificar o alinhamento dos braços e soldas.
Verificar o funcionamento das travas.
Verificar o vazamento das conexões e mangueiras.
Verificar os cabos de aço - dobra, fissura e frouxidão.
Verificar desgaste dos mancais e polias.
Verificar fissuras no piso ao redor dos chumbadores (ruptura por tensão).
Verificar nível de óleo.
Verificar conj. de rolos dos cilindros - desgaste da articulação ou pino da polia.
Verificar as polias dos cabos - liberdade de movimento e desgaste.
Lubrificar as correntes.
Engraxar as guias de deslizamento das colunas.
Trocar o fluído hidráulico - um bom procedimento obriga que se mantenha
o óleo limpo. Verificar temperatura de operação, intensidade de uso, nível de
contaminação, filtragem e decomposição.
20
Aviso
É importantíssimo que o usuário inspecione o elevador a cada novo turno
de trabalho. Estas e outras tarefas de inspeção periódica são responsabilidade do usuário.
Atenção
O esquema de manutenção preventiva periódica sugerido compreende o mínimo que se exige e os menores intervalos, períodos mensais e de horas acumuladas, o que antes ocorrer.
Importante
Não respeitar este aviso pode levar a ferimentos graves aos operadores ou
a dano aos elevadores. Ao ouvir qualquer ruído anormal indicativo de defeito, PARE DE USAR IMEDIATAMENTE! As revisões deverão ser efetuadas
pela rede de Assistência Técnica Autorizada Hidromar. Os custos decorrentes de pessoal técnico, locomoção, transporte de peças ou equipamentos,
corre por conta do usuário.
Plano de manutenção preventiva 09
Tarefas de manutenção especiais
Nota
Os itens abaixo compreendem tarefas a serem
cumpridas somente por técnico especializado.
モ Troca de mangueiras hidráulicas.
モ Troca de correntes e rolos.
モ Troca de cabos e de polias.
モ Reparo de cilindro hidráulico.
モ Reparo de bomba e de motor.
モ Verificação do embolo do cilindro hidráulico e
deformação da rosca na cabeça do êmbolo.
Importante
モ Trocar a disposição ou trocar componente pode ser
causa de problemas.
モ Cada um dos componentes do sistema tem de ser
compatível, um estrangulamento ou uma bitola
menor na linha causam queda de pressão.
モ Todas as conexões de válvula, de bomba e de
mangueira tem de estar protegidas ate o momento
da instalação.
モ Pode-se usar ar comprimido para limpar conectores
e demais componentes. Mas o ar tem de ser seco e
filtrado.
モ O que mais importa é limpeza.
モ Contaminação é a causa mais freqüente de mau funcionamento e defeito nos equipamentos hidráulicos.
21
10 Quadro de problemas e soluções
Como o problema
pode aparecer
Motor não
funciona
Problemas
Soluções
A) Disjuntor aberto, ou
fusível queimado.
A) Ligar ou trocar.
B) Mal contato de terminal.
C) Chamar o eletricista.
B) Chamar o eletricista.
C) Botão `sobe’ com defeito
Motor
funciona, mas
o elevador não
sobe
A) A válvula de alivio pode A)Apertar a alavanca e, ao
estar engasgada.
mesmo tempo, por quinze segundos, apertar o botão `subir’.
Assim, se limpa o acento da
válvula.
B) Verificar a folga na válvula da
alavanca de baixar. A folga tem
de ser de 1,5mm.
C) Remover a capa da válvula e
limpar a esfera e o assento.
Elevador sobe e
desce ao pulos
O elevador
produz muitos
ruídos
22
A) Se o elevador der pulos
ao subir ou descer, em
geral é sinal de ar nas linhas
hidráulicas.
A) Levantar o elevador ao
máximo e baixar por complete.
Repetir quatro a seis vezes. Cuidado com superaquecimento
do motor da bomba.
A) Os conjuntos de polias dos A) Coluna precisa ser engraxada.
cabos e dos cilindros não rodam Iivremente.
B)Desgaste excessivo dos pinos ou das articulações dos
cilindros.
Quadro de problemas e soluções 10
Como o problema
pode aparecer
Motor ronca
e não parte
Vazamento
de óleo
Problemas
Soluções
A)Excesso de carga no
elevador.
A) Acerte a carga nos limites do
elevador.
A) Na Bomba
A) Verificar o nível de óleo. Tem de
estar 5 cm abaixo da linha do flange.
Usar uma chave de fenda como sonda de mergulho.
B) Cilindro - Haste do
Pistão: a vedação da haste
esta deslocada.
B) Trocar ou reformar o cilindro.
C) Cilindro - Respiro: o anel
C) Trocar ou reformar o cilindro.
do embolo esta deslocado
Óleo
soprando
pelo bujão
de respiro
A) Excesso de óleo no
reservatório.
Nível de óleo
baixo.
A)Nível de óleo baixo.
Atenção
A)Solte toda pressão e drene o
reservatório ate o nível correto.
B) Elevador desceu muito
B)Fazer descer lentamente.
rápido sob uma carga muito
grande.
A)Quando o elevador esta todo
baixado, o nível do óleo tem de
estar logo abaixo do bujão com respiro. Solte toda pressão e complete
o nível.
Este elevador usa óleo hidráulico ISO-AW32 ou 68 de alta
pressão. É necessário inteirar-se das suas propriedades
toxicológicas, das medidas de precaução a tomar e dos primeiros
socorros indicados no sumário de segurança antes de se fazer
qualquer manutenção no sistema hidráulico.
As voltagens de funcionamento do elevador podem causar morte ou ferimentos.
Cuidado para que as tarefas de manutenção que seguem sejam cumpridas por eletricista
qualificado, como segue:
1. Fiação defeituosa.................................................................................. Chame o eletricista
2. Capacitor com defeito...........................................................................Chame o eletricista
3. Voltagem esta baixa.............................................................................. Chame o eletricista
23
11 Quadro de controle das revisões
Atenção
Equipamento de alto risco. Necessita de revisões periódicas.
Aviso
Para garantir a segurança de operação deste equipamento
ao longo dos anos, siga as orientações contidas no plano de
manutenção preventiva.
Importante
As revisões deverão ser efetuadas pela rede de Assistência
Técnica Autorizada Hidromar. Os custos decorrentes de pessoal técnico, locomoção, transporte de peças ou equipamentos, corre por conta do usuário.
Atenção
O Assistente Técnico Autorizado que executar o serviço deverá carimbar e aplicar o visto no quadro correspondente a
cada revisão que efetuar indicando o número da nota fiscal
ou ordem de serviço e data em que o serviço foi executado.
Entrega Técnica
Visto
Data
/
/
18 meses
NF/OS:
Visto
Data /
/
36 meses
NF/OS:
Visto
Data /
24
/
6 meses
NF/OS:
Visto
Data /
/
24 meses
NF/OS:
Visto
Data /
/
42 meses
NF/OS:
Visto
Data /
/
12 meses
NF/OS:
Visto
Data /
/
30 meses
NF/OS:
Visto
Data /
/
48 meses
NF/OS:
Visto
Data /
/
Termo de garantia 12
Aviso
Seu elevador Hidromar somente terá garantia com o envio
à fábrica do “Protocolo de Entrega do Termo de Garantia e
Manual de Instruções”.
Os elevadores de uso especial e de uso automotivo, de duas colunas de 4.000kg
de capacidade tem garantia de cinco anos sobre os componentes estruturais e de dois
anos sobre a bomba hidráulica e sobre os cilindros, contados da data da fatura.
NOTA: TODA AS RECLAMAÇÕES EM GARANTIA SERÃO VÁLIDAS DEPOIS DE APROVADAS
PELO FABRICANTE.
O fabricante fará o reparo ou trocará a sua descrição, pelo período estipulado,
partes devolvidas para a fábrica com frete pré-pago, depois de comprovado por análise
serem defeituosas. A garantia somente se aplica a produto instalado, usado e mantido de
acordo com as instruções de instalação, de operação e de manutenção do fabricante.
A garantia é dada somente ao primeiro proprietário da mercadoria, não se estende aos seus sucessores. A garantia assegura que os produtos são isentos de defeito de
material e de mão-de-obra, mas não engloba ajustes e manutenção, danos e mau funcionamento causados: por manuseio displicente, por má instalação, por abuso, por falta de
cuidado na operação e descuido na operação e negligência quanto ao desgaste. Também,
não há cobertura tendo antes ocorrido tentativas de reparo e reparos e modificações no
produto do fabricante.
ESTA GARANTIA É EXCLUSIVA, E PREVALECE SOBRE TODAS AS DEMAIS GARANTIAS EXPRESSAS OU ASSOCIADAS INCLUINDO QUALQUER GARANTIA ASSOCIADA OU
MERCANTIBILIDADE OU QUALQUER GARANTIA ASSOCIADA DE DESEMPENHO DERIVADA
DE UM PROPOSITO EM PARTICULAR, E TODAS TAIS GARANTIAS ASSOCIADAS ESTÃO EXPRESSAMENTE EXCLUÍDAS.
AS CORREÇÕES ESCRITAS SÃO EXCLUSIVAS E DE FORMA ALGUMA O FABRICANTE
SERÁ, TAMBEM NENHUM AGENTE DE VENDAS OU OUTRA COMPANHIA AFILIADA A ELE
OU ELES, RESPONSABILIZADO POR DANOS CONSEQUENTES OU INCIDENTAIS POR VIOLAÇÃO DE OU DEMORA NO CUMPRIMENTO DESTA GARANTIA. ABRANGE, MAS NÃO SE LIMITA A LUCRO CESSANTE, ALUGUEL DE EQUIPAMENTO SUBSTITUTO OU OUTRAS PERDAS
COMERCIAIS.
25
12 Termo de garantia
DEVOLUÇÃO: Os produtos não podem ser devolvidos sem consentimento anterior do fabricante, por escrito.
As garantias prestadas não prorrogam e não reiniciam o prazo dessa garantia.
Para reivindicar a garantia, apresente ao técnico autorizado a nota fiscal de compra.
As despesas do pessoal técnico, sua locomoção e transporte de peças ou equipamentos, correm por conta do usuário.
Esta garantia não cobre indenizações de: lucros cessantes, prejuízos originais da
paralisação do equipamento, danos causados, inclusive a pessoas, por acidentes decorrentes pela falta de manutenção preventiva comprovada através do seu registro no Quadro de Controle das Revisões deste manual, e todas as peças que se desgastam naturalmente com o decorrer do uso e do tempo.
Não estão cobertos pela garantia Hidromar: chaves liga/ desliga, fiação elétrica,
sapatas de borracha e outros materiais que são de uso constante e uso inadequado.
Para os elevadores da linha “PH” a troca de óleo deve ser realizada periodicamente, considerando-se a freqüência de uso do equipamento, observando-se a colocação do
óleo, devendo ser imediatamente substituído, quando apresentar coloração escurecida
ou opaca, sob pena de perda de garantia do equipamento.
26
Anotações
27
Anotações
28
Sistema de fim de curso com campainha
Fixar os suportes no
parafuso da calha superior
Suporte
Campainha
Fim de curso
Alimentação
Ligar na entrada de
energia que alimenta
a bomba 220V
Fio limitador
de altura
Was this manual useful for you? yes no
Thank you for your participation!

* Your assessment is very important for improving the work of artificial intelligence, which forms the content of this project

Download PDF

advertisement