IND231/IND236 Guia do usuário

IND231/IND236 Guia do usuário
Guia do usuário
IND231/IND236
Terminal de pesagem
IND231/IND236
Terminal de pesagem
Serviços essenciais para o desempenho confiável
Parabéns por escolher a qualidade e precisão da METTLER TOLEDO. O uso adequado de seu novo
equipamento de acordo com este manual e a calibração e manutenção regulares feitas por nossa
equipe treinada na fábrica garante uma operação confiável e precisa, protegendo o seu
investimento. Entre em contato para discutirmos um contrato de serviço adequado às suas
necessidades e ao seu orçamento. Mais informações estão disponíveis em www.mt.com/service.
Há vários meios importantes para garantir que o desempenho de seu investimento seja o ideal:
1. Registre seu produto: Convidamos você a registrar seu produto em
www.mt.com/productregistration para que possamos informá-lo sobre melhorias, atualizações
e notificações importantes sobre o seu produto.
2. Se precisar de serviço, fale com a METTLER TOLEDO: O valor de uma medição é
proporcional à sua exatidão – uma balança fora da especificação pode reduzir a qualidade,
diminuir os lucros e aumentar a responsabilidade. A manutenção da METTLER TOLEDO em
tempo hábil garante a exatidão e otimiza o tempo de operação e a vida do equipamento.
a. Instalação, configuração, integração e treinamento: Nossos representantes de
serviços treinados na fábrica são especialistas em equipamentos de pesagem.
Asseguramos que seu equipamento de pesagem está pronto para produzir de maneira
rentável e no momento adequado e que o pessoal é treinado para o sucesso.
b. Documentação de calibração inicial: O ambiente de instalação e os requisitos da
aplicação são peculiares para cada balança industrial, por isso o desempenho deve ser
testado e certificado. Nossos serviços de calibração e certificados documentam a exatidão
para garantir a qualidade da produção e fornecer um registro de desempenho para o
sistema de qualidade.
c. Manutenção da calibração periódica: Um Contrato de Serviço de Calibração confere
confiabilidade contínua ao seu processo de pesagem e uma documentação de
conformidade aos requisitos. Oferecemos uma variedade de planos de serviço
programados para atender às suas necessidades e idealizados para se adequarem a seu
orçamento.
© METTLER TOLEDO 2014
Nenhuma parte deste manual pode ser reproduzida ou transmitida em qualquer formato ou por
meios eletrônicos ou mecânicos, inclusive fotocópia e gravação, para qualquer finalidade sem a
expressa permissão escrita da METTLER TOLEDO.
Direitos restritos do governo dos EUA: Esta documentação é fornecida com Direitos restritos.
Copyright 2014 METTLER TOLEDO. Esta documentação contém informações proprietárias da
METTLER TOLEDO. Ela não pode ser copiada total ou parcialmente sem o consentimento expresso
por escrito da METTLER TOLEDO.
A METTLER TOLEDO reserva-se o direito de fazer melhorias ou alterações no produto e no manual
sem prévio aviso.
COPYRIGHT
METTLER TOLEDO é marca registrada da Mettler-Toledo, LLC. Todas as demais marcas e nomes
de produto são marcas comerciais ou marcas comerciais registradas de suas respectivas
empresas.
®
A METTLER TOLEDO RESERVA-SE O DIREITO DE FAZER MELHORIAS OU ALTERAÇÕES SEM
PRÉVIO AVISO.
Notificação FCC
Este dispositivo atende a Parte 15 das Normas FCC e os Requisitos para rádio interferência do
Departamento Canadense de Telecomunicações. A operação está sujeita às seguintes condições:
(1) este dispositivo pode causar interferência prejudicial e (2) é necessário que ele aceite toda e
qualquer interferência recebida, inclusive interferências que ocasionem operação indesejada.
Este equipamento foi testado e está em conformidade com os limites para um dispositivo digital
Classe A, conforme a Parte 15 das Normas FCC. Estes limites são projetados para fornecer
proteção razoável contra interferências prejudiciais quando o equipamento for operado em um
ambiente comercial. Este equipamento gera, utiliza e pode irradiar energia de radiofrequência e, se
não for instalado e utilizado de acordo com o manual de instruções, pode causar interferência
prejudicial às comunicações de rádio. A operação deste equipamento em uma área residencial
pode causar interferência prejudicial, caso em que o usuário será obrigado a corrigir a
interferência por sua própria conta.
A Declaração de conformidade consta do CD de documentação.
Declaração de Confo rmidade RoHS
A maioria dos nossos produtos está dentro das categorias 8 e 9. Essas categorias atualmente não
estão dentro do escopo da Diretiva 2002/95/EG (RoHS) de 27 de janeiro de 2003. Se nossos
produtos forem ser usados em outros produtos que estejam dentro do escopo da Diretiva RoHS, os
requisitos de conformidade precisam ser negociados em contratos separados.
Os produtos incluídos nas categorias 1-7 e 10 estarão em conformidade com a Diretiva EU RoHS
não posterior a 1 de julho de 2006.
Se, por razões técnicas, não for possível substituir substâncias que não estejam em conformidade
com RoHS em qualquer dos produtos acima conforme exigido, informaremos nossos clientes de
forma oportuna.
Declaração sobre substâncias perigosas.
Não fazemos uso direto de materiais nocivos como o amianto, substâncias radioativas ou
compostos de arsênico. No entanto, compramos componentes de fornecedores que podem conter
algumas dessas substâncias em quantidades muito pequenas.
Precauções
•
LEIA este manual ANTES de usar ou fazer a manutenção deste equipamento e SIGA
cuidadosamente estas instruções.
•
GUARDE este manual para consulta futura.
ADVERTÊNCIA
PARA PROTEÇÃO CONTÍNUA CONTRA RISCO DE CHOQUE, CONECTE A VERSÃO CA DO
TERMINAL IND231/IND236 APENAS A UMA SAÍDA DEVIDAMENTE ATERRADA. NÃO REMOVA O
PINO TERRA.
ADVERTÊNCIA
PERMITA QUE APENAS PESSOAL QUALIFICADO REALIZE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO NO
TERMINAL. TENHA CUIDADO AO MARCAR VERIFICAÇÕES, TESTES E AJUSTES QUE PRECISEM
SER EFETUADOS COM O APARELHO LIGADO. SE ESTA PRECAUÇÃO NÃO FOR SEGUIDA,
PODEM OCORRER LESÕES CORPORAIS E/OU DANOS MATERIAIS.
ADVERTÊNCIA
O TERMINAL IND231/IND236 NÃO FOI PROJETADO PARA USO EM ÁREAS CLASSIFICADAS
COMO PERIGOSAS DEVIDO A ATMOSFERAS COMBUSTÍVEIS OU EXPLOSIVAS. NÃO INSTALE
UM IND231/IND236 EM UM AMBIENTE EXPLOSIVO.
ADVERTÊNCIA
QUANDO ESTE EQUIPAMENTO FOR USADO COMO COMPONENTE DE UM SISTEMA, O PROJETO
RESULTANTE DEVE SER ANALISADO POR PESSOAL QUALIFICADO E FAMILIARIZADO COM A
CONSTRUÇÃO E OPERAÇÃO DE TODOS OS COMPONENTES DO SISTEMA E DOS RISCOS
POTENCIAIS ENVOLVIDOS. SE ESTA PRECAUÇÃO NÃO FOR SEGUIDA PODEM OCORRER
LESÕES CORPORAIS E/OU DANOS MATERIAIS.
ATENÇÃO
A BATERIA NiMH USADA NESTE DISPOSITIVO PODE APRESENTAR UM RISCO DE INCÊNDIO
OU QUEIMADURA QUÍMICA SE FOR INDEVIDAMENTE MANIPULADA. NÃO AMASSE,
DESMONTE, AQUEÇA ACIMA DE 60 °C OU INCINERE. TROQUE A BATERIA POR 30044650
APENAS. USAR OUTRA BATERIA PODE REPRESENTAR UM RISCO DE QUEIMADURA, INCÊNDIO
OU EXPLOSÃO.
ATENÇÃO
USE ATENÇÃO WHEN TESTING THE BATTERY. A LARGE AMOUNT OF CURRENT MAY BE
PRESENT IN THE BATTERY.
ATENÇÃO
Precauções
DESCARTE IMEDIATAMENTE A BATERIA USADA. MANTENHA-A FORA DO ALCANCE DE
CRIANÇAS. NÃO DESMONTE E NÃO INCINERE.
ATENÇÃO
ANTES DE CONECTAR/DESCONECTAR QUALQUER COMPONENTE ELETRÔNICO INTERNO OU
FIAÇÃO DE INTERCONEXÃO ENTRE EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS SEMPRE DESLIGUE A ENERGIA
E ESPERE PELO MENOS TRINTA (30) SEGUNDOS ANTES DE FAZER QUALQUER CONEXÃO OU
DESCONEXÃO. SE ESTAS PRECAUÇÕES NÃO FOREM SEGUIDAS, PODEM OCORRER DANOS, A
DESTRUIÇÃO DO EQUIPAMENTO E/OU LESÕES CORPORAIS.
AVISO
NÃO TENTE CARREGAR A BATERIA SE A TEMPERATURA DA BATERIA ESTIVER ABAIXO DE 0°C (32°F). A CARGA
NÃO É POSSÍVEL EM OU ABAIXO DESTA TEMPERATURA. NÃO OPERE O CARREGADOR DA BATERIA FORA DA SUA
FAIXA DE TEMPERATURA DE 0°C (32°F) A 40°C (104°F).
AVISO
PARA EVITAR DANOS À PLACA DE CIRCUITO IMPRESSO OU À CÉLULA DE CARGA, DESLIGUE A ALIMENTAÇÃO DO
TERMINAL IND231/IND236 E AGUARDE PELO MENOS 30 SEGUNDOS ANTES DE CONECTAR OU DESCONECTAR
QUALQUER CHICOTE ELÉTRICO.
AVISO
SIGA ESTAS PRECAUÇÕES AO MANUSEAR DISPOSITIVOS SENSÍVEIS À ELETRICIDADE
ESTÁTICA.
Requisito sobre disposição segura
Em conformidade com a Diretiva Europeia 2002/96/EC sobre Descarte de Equipamentos
Elétricos e Eletrônicos (WEEE) este dispositivo não deve ser descartado como resíduo
doméstico. Isto também é aplicável a países fora da EU, conforme requisitos específicos.
Descarte este dispositivo conforme os requisitos locais nos pontos de coleta especificados
para equipamentos elétricos e eletrônicos.
Se tiver dúvidas, entre em contato com a autoridade responsável ou distribuidor de quem
adquiriu este equipamento.
Se este dispositivo for transferido a terceiros (para uso privado ou profissional), é
necessário que o teor deste regulamento também esteja associado.
Agradecemos sua contribuição à proteção do meio ambiente.
Sumário
30094018 | 02 | 04/2014
1
Introdução ................................................................................... 1-1
1.1.
Introdução ao IND231/IND236....................................................... 1-1
1.1.1.
1.1.2.
Recursos Padrão ................................................................................................. 1-1
Tipos de Terminais IND231/IND236...................................................................... 1-2
1.2.
Uso em Áreas Perigosas ................................................................ 1-2
1.3.
Especificações .............................................................................. 1-2
1.4.
Identificação de Modelo ................................................................. 1-5
1.5.
Inspeção e Lista de Verificação de Conteúdo .................................... 1-5
1.6.
Dimensões Físicas ........................................................................ 1-6
1.7.
Placa Principal ............................................................................. 1-7
1.8.
Bases da Balança ......................................................................... 1-8
1.9.
Opções ........................................................................................ 1-8
1.9.1.
1.9.2.
1.9.3.
Interface Serial Isolada RS232/RS422/RS485 ........................................................ 1-8
E/S Discreta ........................................................................................................ 1-8
USB ................................................................................................................... 1-8
1.10.
Display e Teclado ......................................................................... 1-9
1.10.1.
1.10.2.
Layout do Display ............................................................................................... 1-9
Teclas do Painel Frontal ..................................................................................... 1-10
2
Operação .................................................................................... 2-1
2.1.
Visão Geral .................................................................................. 2-1
2.2.
Operação do Teclado e Elementos de Display .................................. 2-1
2.2.1.
2.2.2.
Operação do Teclado ........................................................................................... 2-1
Elementos de Display .......................................................................................... 2-3
2.3.
Teclas de Função Configuráveis ...................................................... 2-5
2.3.1.
2.3.2.
Configurar Teclas de Função ................................................................................ 2-5
Atribuição de Teclas de Função............................................................................. 2-6
2.4.
Funcionalidades Básicas ............................................................... 2-6
2.4.1.
2.4.2.
2.4.3.
2.4.4.
2.4.5.
2.4.6.
2.4.7.
Expandir x 10 ..................................................................................................... 2-6
Troca da Unidade ................................................................................................ 2-7
Data e Hora ........................................................................................................ 2-8
Ajuste de Backlight .............................................................................................. 2-8
Zero ................................................................................................................... 2-8
Tara ................................................................................................................... 2-9
Imprimir ........................................................................................................... 2-10
2.5.
Funcionalidade de Display Remoto ............................................... 2-11
2.5.1.
2.5.2.
2.5.3.
Introdução ........................................................................................................ 2-11
Configuração .................................................................................................... 2-11
Operação de Display Remoto ............................................................................. 2-13
METTLER TOLEDO IND231/IND236 Terminal Guia do usuário
1
Sumário
2
2.6.
Aplicações ................................................................................. 2-14
2.6.1.
2.6.2.
2.6.3.
2.6.4.
2.6.5.
Verificação de Peso ........................................................................................... 2-15
Chamada de Alvo .............................................................................................. 2-17
Contagem......................................................................................................... 2-18
Pesagem de Animais ......................................................................................... 2-20
Acúmulo........................................................................................................... 2-21
3
Configuração ............................................................................... 3-1
3.1.
Acesso ao Modo de Configuração ................................................... 3-1
3.1.1.
3.1.2.
3.1.3.
Como Entrar no Modo de Configuração ................................................................. 3-1
Como Sair do Modo de Configuração .................................................................... 3-2
Navegação pelo Menu de Configuração ................................................................. 3-3
3.2.
Estrutura de Menu de Configuração ................................................. 3-5
3.2.1.
3.2.2.
Menu de Configuração Principal ........................................................................... 3-5
Teclas de Função Configuráveis ............................................................................ 3-5
3.3.
Introdução de Configuração ........................................................... 3-6
3.4.
F1 Balança .................................................................................. 3-7
3.4.1.
3.4.2.
3.4.3.
3.4.4.
3.4.5.
3.4.6.
3.4.7.
3.4.8.
F1.1 Tipo de Balança .......................................................................................... 3-8
F1.2 Capacidade e Incremento ............................................................................. 3-9
F1.3 Calibração ................................................................................................ 3-11
F1.4 Zero ......................................................................................................... 3-14
F1.5 Tara ......................................................................................................... 3-16
F1.6 Segundas Unidades ................................................................................... 3-18
F1.7 Filtro......................................................................................................... 3-19
F1.10 Redefinição de Bloco de Balança .............................................................. 3-20
3.5.
F2 Aplicação .............................................................................. 3-21
3.5.1.
3.5.2.
3.5.3.
3.5.4.
3.5.5.
3.5.6.
F2.1 Operação .................................................................................................. 3-21
F2.2 Banco de Dados de Excesso ou Falta .......................................................... 3-23
F2.3 Contagem ................................................................................................. 3-27
F2.4 Pesagem de Animais ................................................................................. 3-27
F2.5 E/S Digital ................................................................................................. 3-28
Redefinição de Bloco de Aplicações F2.10 ........................................................... 3-29
3.6.
F3 Terminal................................................................................ 3-30
3.6.1.
3.6.2.
3.6.3.
3.6.4.
F3.1 Número Serial ........................................................................................... 3-30
F3.2 Display ..................................................................................................... 3-30
F3.3 Data e Hora .............................................................................................. 3-32
F3.10 Redefinição de Bloco Terminal .................................................................. 3-33
3.7.
F4 Comunicação ........................................................................ 3-34
3.7.1.
3.7.2.
F4.1 COM1....................................................................................................... 3-34
F4.2 COM 2...................................................................................................... 3-37
3.8.
F5 Manutenção .......................................................................... 3-39
3.8.1.
3.8.2.
3.8.3.
F5.1 Valor de Calibração ................................................................................... 3-39
F5.2 Estatísticas ............................................................................................... 3-40
F5.3 Teste de Teclado ........................................................................................ 3-41
METTLER TOLEDO IND231/IND236 Terminal Guia do usuário
30094018 | 02 | 04/2014
30094018 | 02 | 04/2014
3.8.4.
3.8.5.
3.8.6.
3.8.7.
3.8.8.
3.8.9.
F5.4 Teste de Display ........................................................................................ 3-42
F5.5 Teste da Serial ........................................................................................... 3-42
F5.6 Teste E/S Discreta ...................................................................................... 3-42
F5.7 Contagens Brutas ...................................................................................... 3-43
F5.8 Impressão de Configuração ........................................................................ 3-43
F5.10 Redefinir Tudo para Definições Padrão de Fábrica ....................................... 3-43
4
Serviço e Manutenção .................................................................. 4-1
4.1.
Limpeza e Manutenção.................................................................. 4-1
4.2.
Serviço ........................................................................................ 4-1
4.3.
Operação de Bateria ...................................................................... 4-2
4.3.1.
4.3.2.
4.3.3.
4.3.4.
4.3.5.
Uso de Bateria .................................................................................................... 4-2
Descarte de Bateria ............................................................................................. 4-2
Ícone de Status da Bateria .................................................................................... 4-3
Versão de Bateria Alcalina .................................................................................... 4-4
Versão de Pacote de Baterias NiMH....................................................................... 4-5
4.4.
Solução de Problemas................................................................... 4-6
4.4.1.
4.4.2.
4.4.3.
4.4.4.
Energia de Bateria ............................................................................................... 4-6
Diagnóstico de Problema ..................................................................................... 4-6
Códigos de Erro e Mensagens de Erro ................................................................... 4-7
Estatísticas de Balança ........................................................................................ 4-8
4.5.
Conexão ao InSite™ ..................................................................... 4-9
A
Valores de Parâmetros ................................................................. A-1
B
Comunicações ............................................................................. B-1
B.1.
Parâmetros da Interface Serial ........................................................ B-1
B.2.
Modo de Saída por Demanda ......................................................... B-2
B.2.1.
Modelos de Saída ............................................................................................... B-2
B.3.
Modo de Saída Contínua................................................................ B-4
B.3.1.
Saída Contínua Padrão ........................................................................................ B-5
B.4.
CTPZ ........................................................................................... B-7
B.5.
Protocolo de Definição de Comando com Interface Padrão (SICS) ...... B-7
B.5.1.
B.5.2.
B.5.3.
B.5.4.
B.5.5.
B.5.6.
B.5.7.
B.5.8.
Número da Versão do MT-SICS ............................................................................. B-8
Formados de Comandos ...................................................................................... B-8
Formatos de Resposta ......................................................................................... B-9
Recomendações para o Programador ................................................................. B-10
Comandos e Respostas MT-SICS Nível 0 ............................................................. B-11
Comandos e Respostas MT-SICS Nível 1 ............................................................. B-15
Comandos e Respostas MT-SICS Nível 2 ............................................................. B-18
Comandos e Respostas MT-SICS Nível 3 ............................................................. B-19
C
Códigos geográficos .................................................................... C-1
C.1.
Calibração do local original ........................................................... C-1
METTLER TOLEDO IND231/IND236 Terminal Guia do usuário
3
Ajuste do código geográfico do novo local ....................................... C-1
Sumário
C.2.
4
METTLER TOLEDO IND231/IND236 Terminal Guia do usuário
30094018 | 02 | 04/2014
1
Introdução
Este capítulo cobre
•
•
•
•
•
Introdução ao IND231/IND236
•
•
•
•
•
Dimensões Físicas
Uso em Áreas Perigosas
Especificações
Identificação de Modelo
Inspeção e Lista de Verificação
de Conteúdo
Placa Principal
O terminal de balança industrial IND231/IND236 fornece uma solução compacta,
embora flexível, para atender a uma variedade de necessidades de pesagem.
Disponível tanto com alimentação CA para aplicações estacionárias como com
alimentação por bateria para aplicações portáteis, este terminal adapta-se a
praticamente qualquer ambiente industrial.
As células de carga 2 mV/V e 3 mV/V são suportadas sem a necessidade de alteração
de configuração. O IND231/IND236 fornece dados de medição de precisão de gramas
a quilogramas em um único pacote com um excelente custo-benefício.
As aplicações padrão incluem pesagem básica, pesagem de animais, verificação de
excesso ou falta de peso, contagem e acúmulo. Modelos de impressão pré-definidos
específicos para a aplicação, incluindo data e hora, fornecem transmissão de
informações de transação de pesagem para impressoras e aplicativos de software de
PC.
Bases da Balança
Opções
Display e Teclado
1.1.
Introdução ao IND231/IND236
1.1.1.
Recursos Padrão
•
Design de gabinete plástico de fácil manipulação para o IND231, gabinete de aço
inoxidável resistente para o IND236
•
Suporte a uma plataforma de célula de carga analógica com até quatro células de carga de
350 Ω.
•
Pode ser usado como um monitor remoto para mostrar o peso de um terminal principal
separado
•
Grande display LCD com sete segmentos, backlight branca e ícones gráficos para facilitar a
leitura em condições variáveis de iluminação.
•
Alimentado por 100-240 V CA (nominal) ou pacote de bateria interno
•
Uma porta serial padrão (COM1) para comunicação bidirecional assíncrona
•
Suporte para uma das seguintes placas opcionais:
Interface serial RS232, RS422 e RS485 eletricamente isolada da COM2

Interface de dispositivo USB para conexão a um PC

Interface de E/S discreta
Acesso a teclas do painel frontal para funções básicas de pesagem - zerar, tara, limpar,
função configurável e impressão.

•
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
1-1
Introdução
•
Unidade primária selecionável de medidas incluindo gramas, quilogramas, libras e onças
•
Unidade secundária selecionável de medidas incluindo gramas, quilogramas, libras e onças
•
Backup e restauração de definições de configuração e calibração usando a ferramenta
InSite® SL.
•
WeighSync™ ST – aplicativo de integração flexível de dados para terminais de pesagem.
•
Recursos de desligamento automático e timeout de backlight para ajudar a preservar
energia e durabilidade de bateria estendida ao usar a versão com alimentação por
bateria.Tipos de Terminais IND231/IND236
O terminal está disponível nas seguintes quatro versões:
1.2.
•
Gabinete plástico de IND231, alimentação CA (tabém foi projetado para uso com pilhas
alcalinas AA)
•
Gabinete plástico do IND231, alimentação por bateria NiMH recarregável
•
Gabinete de aço inoxidável do IND236, alimentação CA
•
Gabinete de aço inoxidável do IND236, alimentação por bateria NiMH recarregável
Uso em Áreas Perigosas
ADVERTÊNCIA
O TERMINAL IND231/236 NÃO TEM APROVAÇÕES PARA ÁREA PERIGOSA! NÃO USE EM
ÁREAS CLASSIFICADAS COMO PERIGOSAS DIVISÃO 1/2 OU ZONA 0/1/2/21/22 DEVIDO À
PRESENÇA DE ATMOSFERAS INFLAMÁVEIS OU EXPLOSIVAS.
O terminal IND231/236 não possui nenhuma aprovação para área perigosa, para uso diretamente
em ambientes explosivos; no entanto, ele é capaz de operar com células de carga e plataformas
em uma área perigosa de Divisão 1/2 ou Zona 0/1/2/21/22 quando usado com barreiras
aprovadas ou quando a purga é utilizada. Entre em contato com o representante autorizado da
METTLER TOLEDO para aplicações em área perigosa do terminal IND231/236.
1.3.
Especificações
Os terminais IND231 e IND236 obedecem às especificações relacionadas na Tabela 1-1.
Tabela 1-1: Especificações de Terminal
Especificações
Tipo de Gabinete
1-2
IND231
Plástico, configurável como gabinete
de montagem em mesa ou
coluna/parede
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
IND236
Aço inoxidável, configurável como
gabinete de montagem em mesa ou
coluna/parede
30094018 | 02 | 04/2014
Especificações
Dimensões de Produto
(l × a × p)
IND231
IND236
220 mm x 150 mm x 102 mm
(8,66 pol. x 5,90 pol. x 4,02 pol.)
Dimensões de Envio
(l × a × p)
220 mm x 150 mm x 93,3 mm
(8,66 pol. x 5,90 pol. x 3,67 pol.)
350 mm x 220 mm x 195 mm
(13,78 pol. x 8,66 pol. x 7,68 pol.)
Peso de Produto
Versão CA: 1,2 kg (2,6 lb)
Versão de bateria: 1,5 kg (3,3 lb.)
Versão CA: 2,2 kg (4,9 lb)
Versão de bateria: 2,5 kg (5,5 lb.)
Peso de Expedição
2,0 kg
3,0 kg
Proteção Ambiental
IP54
IP66/67
Ambiente de Operação
Variação de temperatura de operação:
Variação de temperatura de armazenamento: -20 ℃ a +60 ℃
Umidade relativa:
Áreas Perigosas
Potência
-10 ℃ a +40 ℃
10-95%, sem condensação.
O terminal não pode ser operado em áreas classificadas como perigosas
devido a atmosferas de combustíveis ou explosivos nessas áreas. Fale com o
representante autorizado METTLER TOLEDO para obter informações sobre
aplicações em áreas perigosas.
Versão CA: Opera a 100-240 V CA, 50/60 Hz, e inclui um cabo de energia
para o país de uso.
Versão de bateria:
Versão de bateria:
Seis pilas alcalinas AA ou bateria
bateria NiMH recarregável (sobre 120
recarregável NiMH (máx. de 120
horas para uma célula de carga)
horas por uma célula de carga e com
backlight desligado)
Display
Display de Peso
Resolução máxima exibida de 30.000 divisões
Tipos de Balança
Células de carga analógicas
Número de Células
Até quatro células de carga de 350 ohm (2 ou 3 mV/V)
Número de Balanças
Um
Taxas de Atualização
Analógicas/Digitais
Analógica interna: 80 Hz
Tensão de Excitação da
Célula de Carga
Sensibilidade Mínima
Teclado
30094018 | 02 | 04/2014
LCD com caracteres de 40 mm de altura, sete dígitos e sete segmentos com
backlight branca, incluindo display de peso, unidades de peso, indicação de
líquido/bruto e símbolo para movimento, centro de zero e aplicações variáveis.
5 V CC
0,5 µV/e
Sete teclas: Zerar, Tara, Limpar, Ligar/Desligar, Imprimir, F1 e F2
(configurável)
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
1-3
Especificações
Opções de Comunicação
IND231
IND236
Interfaces seriais
Introdução
Padrão: uma porta serial (COM1) RS-232, 1.200 a 115.200 baud
Porta serial isolada opcional: (COM2) RS-232/422/485, 1.200 a
115.200 baud
Interface de E/S digital
Porta digital de E/S opcional: 2 entradas/4 saídas
Interface USB
Porta de dispositivo USB opcional
Protocolo
Entradas seriais: Comandos ASCII para CTPZ (Limpar, Tara, Imprimir,
Zerar), SICS (a maioria dos comandos nível 0 e nível 1)
Aplicação
Zerar, Tara, Imprimir, X10, Data e hora, Pesagem básica, Pesagem de
animais, Contagem com aprimoramentos de peso médio de peça, Verificação
de excesso ou falta de peso com banco de dados de dez registros, Acúmulo,
Display remoto
Aprovações
Pesos e medidas
EUA:
NTEP Classe III/IIIL - 10.000d; Cert. 14-049
Canadá:
Classe III - 10.000d; Classe IIIHD - 20.000d, AM-5913
Europa:
Classe III, 2 x 3000e e 6000e; TC8351, T8030
OIML:
Classe III, 2 x 3000e e 6000e; R76/2006-NL1-13.06
Segurança de produto
UL, cUL, CE
Acessórios
1-4
Suporte de montagem em parede, coluna e mesa.
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
1.4.
Identificação de Modelo
O número de modelo, o número de fábrica e o número serial IND231/IND236 estão localizados na
placa de dados do terminal. Consulte a Figura 1-1 para verificar a configuração do terminal
IND231/IND236 quando ele sai da fábrica da METTLER TOLEDO.
Figura 1-1: Gráfico de Configuração do IND231
1.5.
Inspeção e Lista de Verificação de Conteúdo
Verifique o conteúdo e inspecione a embalagem imediatamente após a entrega. Se a embalagem
de remessa estiver danificada, verifique se há danos internos e, se necessário, preencha uma
reclamação na transportadora. Se a embalagem não apresentar danos, retire o terminal da
embalagem de proteção, observando como o produto está embalado e verificando se há
componentes danificados.
Se for necessário transportar o terminal, é melhor utilizar a embalagem original de transporte. É
necessário embalar corretamente o terminal para assegurar que ele seja transportado com
segurança.
A embalagem deve incluir o seguinte:
30094018 | 02 | 04/2014
•
Terminal IND231 ou IND236
•
Manual de usuário (ou CD de recursos)
•
Manual de instalação (ou Instruções de
segurança)
•
Pacote de bateria (versão de bateria apenas)
•
Cabo de energia
•
Suportes de montagem (1)
•
Sacola de peças misturadas
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
1-5
Introdução
1.6.
Dimensões Físicas
As dimensões físicas do gabinete IND231/IND236 são exibidas na Figura 1-2 e Figura 1-3 em
mm e [polegadas].
Figura 1-2: Dimensões de gabinete de IND231
1-6
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
Figura 1-3: Dimensões do gabinete do IND236
1.7.
Placa Principal
A placa de circuito impresso principal IND231/IND236 fornece a interface da balança de célula de
carga analógica, bem como a porta serial COM1 RS-232. A porta serial COM1 RS-232 permite
comunicações bidirecionais em velocidades de até 115200 bps. Essa porta pode ser utilizada
para salvar dados de configuração de terminal em um PC através da ferramenta InSite® SL.
A placa principal também contém a conexão de entrada de CC, interface de display, interface de
teclado e porta de interface para as opções.
Uma placa de alimentação CA/CC alimenta o terminal com saída CC +12 V/1 A.
Uma placa de carga opcional é incluída com a versão alimentada por bateria recarregável.
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
1-7
1.8.
Bases da Balança
Introdução
O terminal IND231/IND236 oferece suporte a bases de balança analógica e fornece 5 V de
excitação para promover células de carga analógicas. Até quatro células de carga de 350 Ω
podem ser alimentadas pelo terminal.
É fornecida uma conexão de célula de carga de quatro a seis fios, com linhas de sensor para
ajudar a manter precisão à medida que a resistência do cabo de célula de carga é modificada em
decorrência das variações de temperatura.
1.9.
Opções
Três tipos de interface de opções podem ser montadas na COM2. As especificações de pinos de
conexão são impressas na placa.
As opções a seguir estão disponíveis para IND231 e IND236.
1.9.1.
Interface Serial Isolada RS232/RS422/RS485
Esta porta opcional fornece a comunicação RS-232 e RS-422/485, que pode ser configurada na
instalação. A porta é bidirecional e pode ser utilizada para diversas funções como imprimir,
imprimir automaticamente, saída contínua da Toledo ou comunicações SICS.
A porta COM2 é galvanicamente isolada para RS-232 e RS-485, para fornecer proteção de surto
de tensão .
A conexão RS-485 pode ser utilizada como uma transmissão RS-422 apenas, ao enviar saída
contínua a um display de pontuação ou display remoto.
A interface RS422/485 é necessária para transmissão de dados com taxa baud mais veloz em
distâncias mais longas de até 500 metros.
As definições de comunicação podem ser configuradas no menu de configuração de terminais.
1.9.2.
E/S Discreta
A opção de interface E/S discreta fornece quatro saídas de relé de contato seco. Os contatos do relé
chegam a 30 V CC ou 250 V CA a 1 A.
As duas entradas podem ser selecionadas através de chaves selecionáveis como ativas (para o
simples controle de um botão) ou passivas (para conectar a outros dispositivos que forneçam sua
própria energia para as entradas).
1.9.3.
USB
A porta USB fornecida é uma ponte de dispositivos UART-USB que atua como porta COM virtual e é
usada para comunicação de dados seriais para dispositivos como um PC. A porta é bidirecional e
pode ser configurada para várias funções como imprimir, imprimir automaticamente, saída
contínua da Toledo ou comunicações SICS. Teclados externos USB e scanners de código de barras
não são suportados.
1-8
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
O driver USB necessário para uso desta porta está incluído no CD-ROM de Recursos. Um link para
os arquivos de driver é fornecido na página Documentação e Utilitários.
1.10.
Display e Teclado
O IND231/IND236 usa um display LCD com segmento de tipo transflectivo com backlight branca.
A altura do principal caractere é 40 mm. O painel frontal, incluindo display e teclado, é mostrado
na Figura 1-4. A diferença de teclado apenas entre IND231 e IND236 é o nome no canto superior
direito do terminal.
Teclas de função
configuráveis
Tecla Imprimir
Ligar/Desliga
Figura 1-4: Layout de Painel Frontal do IND231
1.10.1.
Layout do Display
No topo do display, uma linha de sistema única exibe status de terminal como um número de
faixas, centro de zero, status de pesagem de verificação, contagem, acúmulo e acúmulo
automático.
Abaixo da linha de sistema está o bloco de exibição de peso. Durante a operação de pesagem
normal e básica, o display do terminal mostra o peso bruto ou líquido em tamanho maior de 40
mm (1,57 pol.). Quando uma das aplicações estiver em execução, mensagens ou caracteres de
índice de menu também são mostrados em uma altura de 40 mm (1,57 pol.). À direita do display
de peso, temos uma coluna vertical exibindo os símbolos bruto e líquido, um símbolo de peça
média e unidades de peso. O símbolo de estrela, símbolo de menos e símbolo dinâmico aparecem
em uma coluna à esquerda do bloco de exibição de peso.
Na base do display de peso básico normal, temos um bloco usado para as funções de atribuição
para
e
. Para operação de display e teclado durante configuração, consulte o Capítulo 3,
Configuração.
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
1-9
Introdução
1.10.2.
1-10
Teclas do Painel Frontal
A interface do operador de terminal IND231/IND236 fornece um total de sete teclas de
membranas. A tecla de impressão e cinco teclas de função de balança (três funções fixas, duas
com funções configuráveis) são posicionadas sob o display.
As setas nas primeiras quatro teclas indicam seu uso na navegação de menus.
A tecla LIGAR/DESLIGAR está localizada no canto inferior esquerdo do display. Essas teclas são
usadas para entrar no menu de configuração, navegar e selecionar elementos de configuração
conforme descrito no Capítulo 2, Operação.
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
2
Operação
2.1.
Visão Geral
Este capítulo cobre
• Introdução
• Operação do Teclado e
Elementos de Display
• Teclas de Função Configuráveis
• Funcionalidade Básica
• Funcionalidade de Display
Este capítulo fornece informações sobre funções básicas do terminal
IND231/IND236, incluindo operação de visor, funções de teclado e teclas de
função configuráveis.
A operação do terminal varia dependendo de que funções estejam ativadas e da
configuração dos parâmetros na configuração. A Configuração é descrita no
Capítulo 3, Configuração.
Remoto
• Aplicações
2.2.
Operação do Teclado e Elementos de Display
Consulte a Figura 2-1 para uma visão geral do layout do painel frontal do IND231/ IND236.
2.2.1.
Operação do Teclado
As teclas do painel frontal mostradas na Figura 2-1 são usadas para operar e configurar o
IND231/IND236.
Figura 2-1: Painel Frontal
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
2-1
2.2.1.1.
Teclas de Função
Operação
A Tabela 2-1 explica a função de cada uma das teclas durante a operação normal. Mais detalhes
sobre as funções de teclado no menu de instalação são fornecidos no Capítulo 3, Configuração.
Tabela 2-1: Funções de Teclado – Operação Normal
Teclas
Função
Explicação
FUNÇÃO 1
A função varia dependendo do que foi selecionado no
menu.
FUNÇÃO 2
A função varia dependendo do que foi selecionado no
menu.
ZERO
Usado para redefinir o peso exibido para Zero.
TARA
Captura peso atual como um valor de tara, e define o
terminal para o modo de Peso Líquido.
LIMPAR
Quando estiver no modo de peso líquido, pressione
LIMPAR para limpar o valor de tara atual e o visor
reverterá para o valor de peso bruto. LIMPAR opera
independentemente do movimento na balança.
Observe que depois que o valor de tara tiver sido
apagado, ele não pode ser recuperado. O processo de
tara completo como descrito acima deve ser
executado.
•
Transferir /
Imprimir /
Tecla Enter
Enviar informações sobre a interface do
RS232Acesso ao menu de instalação
pressionando longamente o íconeUsado para
aplicação de impressãoPressione a tecla ENTER
para aceitar o item ou a seleção e vá para o
próximo display.
As funções ZERO e TARA não operarão quando houver movimento na balança. Se uma
dessas teclas for pressionada enquanto a balança estiver em movimento, o comando será
retido pelo número de segundos programado enquanto o terminal aguarda a interrupção do
movimento. Se for detectada uma condição de não movimento no período de timeout, a
solicitação é cancelada e descartada.
2.2.1.2.
Teclas Direcionais
As teclas direcionais na Tabela 2-2 são usadas para alterar o foco entre itens na tela, para
confirmar a seleção.
Tabela 2-2: Teclas Direcionais
Teclas
Função
ESQUERDA
2-2
IND231/IND236 Guia do usuário
Explicação
•
Mover o foco para a esquerdaVoltar ao menu
anterior
30094018 | 02 | 04/2014
Teclas
Função
DIREITA
Explicação
•
•
PARA CIMA
PARA
BAIXO
2.2.1.3.
Mover foco para a direitaAcesso para o próximo
submenu
•
Mover foco para cimaPróxima opção
Mover o foco para baixoOpção anterior
Tecla Energia (Ligar/Desligar)
A tecla de energia na Tabela 2-3 é usada para ligar ou desligar a balança. A tecla precisa ser
pressionada por mais de dois segundos para desligar.
Tabela 2-3: Tecla de Energia
Teclas
Função
Ligar/Desligar
2.2.2.
Explicação
•
Ligar e desligar o terminal
•
Sair do menu de configuração
•
Cancelar a definição de edição em
aplicações/menu
Elementos de Display
A Figura 2-2 ilustra a apresentação de caracteres alfabéticos no display segmentado.
ABCDEFG
HIJKLMN
OPQRST
UVWXYZ
Figura 2-2: Display LCD Segmentado de Caracteres Alfabéticos
No modo de pesagem, o display é usado para indicar o valor do peso e outros tipos de
informações relacionadas. Consulte a Figura 2-3
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
2-3
Operação
Figura 2-3: Elementos do Display
Os símbolos que podem aparecer no display dividem-se em três partes:
•
No topo do display, uma única linha do sistema exibe o status do terminal.
•
Abaixo da linha do sistema, temos o display de peso.
•
Na base do display de pesagem básica, temos um bloco usado para exibir as opções de
função das teclas “F1” e “F2”.
Os símbolos são descritos na Tabela 2-4.
Tabela 2-4: Símbolos do Display Principal
Símbolo
2-4
IND231/IND236 Guia do usuário
Explicação
Símbolo
Explicação
Média de peso por
peça
Teclas de função:
F1 e F2
Peso acumulado
Display expandido
Peso acumulado
automático
Trocar unidade
Verificação de
excesso ou falta de
peso
Verificar peso
Centro de zero
Chamada
Faixa 1, Faixa 2
Contagem
Média ou peso x10
Pesagem de animais
Valor menos
Acúmulo
Estado dinâmico
Data e Hora
Traço e dois pontos
Ajuste de backlight
B/G e líquido
Zero
Contagens de
display
Tara
30094018 | 02 | 04/2014
Símbolo
Explicação
Símbolo
Unidade
Explicação
Indicador de pressão
de teclas
Status de bateria
2.3.
Teclas de Função Configuráveis
As funções executadas tipicamente por operadores podem ser acessadas usando as duas teclas
de função. As atribuições de tecla de função são exibidas na base do display normal de pesagem
básica no terminal IND231/IND236 (Figura 2-4).
Figura 2-4: Atribuições Disponíveis para Teclas de Função
As funções incluem o acesso a expandir a resolução de peso exibido por 10, troca de unidade,
verificação de pesagem, chamada, contagem, pesagem de animais, acúmulo, data e hora, zero e
tara e backlight, ajuste. O procedimento para atribuir funções para as teclas está descrito abaixo.
2.3.1.
Configurar Teclas de Função
2.3.1.1.
Atribuição de Tecla de Pesagem
Para acessar a interface de atribuição de teclas de função, pressione continuamente a tecla
ou
quando estiver no modo de pesagem básica. O display de peso normal será alterado para
exibir a faixa dos ícones de função, como visto na Figura 2-5. A função selecionada atualmente é
indicada por uma pequena seta e uma linha vinculando-a ao símbolo F1 ou F2. Use as teclas de
direção ESQUERDA e DIREITA (
e
) para a posição da seta ao lado da função desejada. A
Figura 2-5 mostra a função X10 atribuída a F1 (esquerda) e a tecla de função Trocar Unidade
atribuída a F2 (direita).
Figura 2-5: Interface de Atribuição de Teclas de Função
Quando a atribuição desejada for indicada, pressione a tecla IMPRIMIR
seleção e retorne ao modo de pesagem normal.
2.3.1.2.
para confirmar a
Atribuição da Configuração
Insira a configuração (consulte o Capítulo 3, Configuração) e acesse a interface mostrada na
Figura 2-5 em F2 – Aplicação > F2.1 – Operação > F2.1.1 – Tecla de função 1 e F2.1.2 Tecla de
função 2. Quando a tela de interface é exibida, o procedimento corresponde ao descrito acima em
Atribuição.
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
2-5
2.3.2.
Atribuição de Teclas de Função
Operação
As opções para a atribuição das teclas de FUNÇÃO são descritas na Tabela 2-5.
Tabela 2-5: Atribuição de Função
Teclas
Função
Display expandido
Trocar unidade
Verificação de Peso
Chamada de alvo de verificação de
pesagem
Contagem
Pesagem de animais
Acúmulo
Data e Hora
Zero
Tara
Ajuste de backlight
2.4.
Funcionalidades Básicas
Esta seção fornece informações sobre a funcionalidade básica do IND231/IND236. As seguintes
funções são endereçadas nesta seção:
•
Expandir x10
•
Trocar unidade
•
Data e Hora
•
Ajuste de brilho
•
Zero
•
Tara
•
Imprimir
Consulte o Capítulo 3, Configuração, para mais informações sobre a programação da
funcionalidade descrita nessa seção.
2.4.1.
Expandir x 10
Este ícone alterna o display de peso entre o modo padrão e expandido. É usado para aumentar a
resolução do display de peso selecionado por um dígito adicional.
2-6
IND231/IND236 Guia do usuário
30094018 | 02 | 04/2014
Por exemplo, uma resolução de dígito adicional é adicionada ao display de peso principal, que é
aparece
alterado de 2.264 para 2.2645, como mostrado na Figura 2-6; um símbolo de estrela
à esquerda do display de peso para indicar que o valor do peso foi expandido.
Padrão
Expandido
Figura 2-6: Modos de Pesagem Padrão e Expandida
Para sair do modo expandido:
•
Aguarde cinco segundos; o terminal retornará automaticamente à resolução normal.
•
Pressione a tecla de função x10 novamente
Ou
A impressão é desativada quando o peso é expandido.
2.4.2.
Troca da Unidade
Para oferecer suporte a localizações e aplicações que exigem várias unidades de medição, o
IND231/IND236 oferece suporte à troca de unidade. Isso é ilustrado na Figura 2-7, que mostra a
troca do display de Kg para g. A função UNIDADES DE CHAVE permite trocar entre as unidades
primárias (a principal unidade de medição) e as unidades alternativas.
A unidade primária é definida no submenu F1.2.1. A segunda unidade é definida no submenu
F1.6. Mais informações, consulte ao Capítulo 3, Configuração, Terminal.
Figura 2-7: Troca da Unidade Quilogramas a Gramas
Quando a função TROCAR UNIDADE é atribuída a uma tecla de função e essa tecla é pressionada,
o display altera da unidade primária para a unidade secundária. Pressionar a tecla de função
normalmente retorna o display para a unidade primária. Cada pressionamento de tecla
subsequente troca entre as unidades de exibição.
Quando as unidades são trocadas, o indicador de unidades é modificado para mostrar a unidade
selecionada e o valor do display é convertido. A divisão da exibição muda para um valor de peso
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
2-7
Operação
equivalente na unidade trocada (por exemplo, de 0,02 lb. para 0,01 kg) e a localização do
separador decimal é alterada para indicar a conversão.
Na troca de unidades, a capacidade das unidades é indicada pelo número original de divisões
estabelecido na capacidade e aumenta a área de configuração. Em algumas situações, isso pode
reduzir a capacidade do terminal ao converter para a segunda unidade. Se a troca resultar em um
valor que não seja suportado pelo IND231/IND236, a troca de unidades não ocorrerá.
2.4.3.
Data e Hora
A tecla de função Data e Hora é utilizada apenas para exibir a data ou a hora. Configure a Data e
a Hora na configuração na F3 - Terminal > F3.3 - Data e Hora. Quando a tecla de função for
pressionada pela primeira vez, a hora será mostrada. Um segundo pressionamento exibe a data.
O terceiro pressionamento retorna o display para o modo de pesagem. Para retornar diretamente
para o modo de pesagem a qualquer momento, pressione LIMPAR
.
2.4.4.
Ajuste de Backlight
A tecla de função Ajuste de Backlight é usada para definir o brilho da luz de fundo. Existem três
opções: desligado, baixo e alto. Cada pressionamento de tecla move a backlight para a próxima
configuração.
2.4.5.
Zero
Quando uma tecla de função é definida para ZERO, ela tem o mesmo efeito que a tecla zero
dedicada
.
A função Zero é usada para definir ou redefinir o ponto de referência zero inicial do terminal.
Existem três tipos de modos de configuração zero:
•
Manutenção Automática de Zero
•
Zerar na Inicialização
•
Botão Zero
Quando a plataforma da balança ou a balança para veículo estiver vazia, o terminal deverá indicar
zero. A referência de zero bruto é gravada durante a calibração. Se o botão zero estiver ativado na
configuração e o peso estiver dentro da faixa de zeros, pressionar ZERO capturará um novo ponto
de referência bruto de zero.
2.4.5.1.
Manutenção Automática de Zero
A Manutenção Automática de Zero (MAZ) permite que o IND231/IND236 redefina o centro de zero
para compensar condições como desvio de terminal ou célula de carga ou detritos em uma
plataforma de balança. A faixa operacional MAZ é selecionável a partir de divisões de 0,5, 1, 3 ou
10. Na faixa de configuração, quando o terminal estiver em uma condição sem movimento, ele faz
pequenos ajustes na leitura zero atual para impulsionar a leitura de peso na direção do centro zero
real. O recurso não funciona quando o peso está fora da faixa MAZ configurada.
2-8
IND231/IND236 Guia do usuário
30094018 | 02 | 04/2014
2.4.5.2.
Zerar na Inicialização
Zerar na Inicialização permite que o terminal IND231/IND236 capture um novo ponto de referência
zero após a energia ser aplicada. Se houver movimento durante uma função de captura de zero, o
terminal continuará a procurar uma condição sem movimento até o zero ser capturado.
A função Zerar na Inicialização pode ser desativada ou ativada, e uma faixa acima ou abaixo do
zero calibrado pode ser configurada. A faixa é selecionável de +/-2%, +/-10% ou +/-20% da
capacidade e pode incluir uma faixa positiva e também uma faixa abaixo do zero calibrado.
2.4.5.3.
Botão Zero
A função do botão zero (semiautomático) pode ativada pressionando-se a tecla ZERO
programando uma entrada discreta ou emitindo um comando serial.
,
Qualquer tipo de zero semiautomático pode ser definido para +/-2%, +/- 10% ou +/- 20%, em
relação ao ponto de zero calibrado.
O comando Zero semiautomático pode ser iniciado através de uma entrada discreta ou um
comando ASCII ‘Z’ enviado serialmente (nos modos de interface CPTZ e SICS).
2.4.6.
Tara
Quando uma tecla de função é definida para Tara, ela tem o mesmo efeito que a tecla Tara
.
A tara é o peso de um recipiente vazio. Um valor de tara é subtraído da medição de peso bruto,
fornecendo o cálculo do peso líquido (material sem contêiner). A função da tara também pode ser
usada para monitorar o valor líquido do material sendo adicionado ou removido de um frasco ou
recipiente. Neste secundo caso, o peso do material no recipiente é somado ao peso de tara do
recipiente e o display reflete o resultado líquido das adições ou subtrações do frasco.
Operações de tara no IND231/IND236 incluem:
2.4.6.1.
•
Tara automática
•
Apagar a tara
•
Intertravamento de tara
•
Tara via teclado
Tara Automática
O IND231 pode ser configurado para que a tara seja calculada automaticamente (tara automática)
depois que o peso na balança exceder um peso programado para limiar de tara. A tara automática
pode ser definida em Configuração como ativada ou desativada. Quando a tara automática for
ativada, a exibição muda para uma indicação de peso líquido zero após o peso exceder o valor
limiar. As operações de tara automática envolvem:
30094018 | 02 | 04/2014
Peso limiar de
tara automática
Quando o peso na plataforma da balança exceder o valor limiar da tara, o
terminal automaticamente executa a tara.
Peso limiar de
redefinição de
tara automática
O peso limiar redefinido deve ser inferior ao peso limite da tara. Quando o
peso na plataforma da balança cair abaixo do valor limiar redefinido, como
quando uma carga tiver sido removida, o terminal redefine
automaticamente o acionador de tara automática.
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
2-9
2.4.6.2.
Apagar a Tara
Operação
Os valores de tara podem ser excluídos manual ou automaticamente.
2.4.6.2.1.
Limpeza Manual
Limpe manualmente os valores de tara pressionando a tecla LIMPAR
no teclado quando
IND231/IND236 estiver em modo de peso líquido e tiver concluído a operação de pesagem. O
movimento na balança não afetará uma limpeza manual.
Se definido em Configuração, pressionar a tecla de função de ZERAR balança
primeiro limpa
a tara e depois emite um comando zero (veja o Capítulo 3, Configuração, Terminal, a seção
Balança, Limpeza automática).
2.4.6.2.2.
Limpeza Automática de Tara
O IND231/IND236 pode ser configurado para limpar a tara automaticamente quando o peso
retorna ao ponto zero. Quando a tara for apagada, a exibição retorna ao modo de peso bruto.
A limpeza automática é desativada ou ativada na Configuração. Consulte a seção F1.5, Limpeza
Automática do Capítulo 3, Configuração, Terminal, para mais informações sobre como configurar
a limpeza automática.
Tara via Teclado
O botão Tara pode ser configurado em Configuração como desativado ou ativado. Quando
desativado, pressionar a tecla TARA
não tem efeito.
Se o botão Tara estiver ativado, pressionar a tecla TARA
inicia uma tara semiautomática. O
IND231/IND236 tentará executar um processo de tara. Se o processo for bem-sucedido, a exibição
muda para uma indicação de peso líquido zero e o peso anterior na balança é armazenado como
valor de tara. O símbolo líquido será indicado na exibição.
2.4.7.
Imprimir
A função de impressão pode ser iniciada pressionando-se a tecla Transferir/Imprimir
configurações de impressão automática.
ou por
A iniciação automática de uma impressão ocorre quando o peso bruto excede o limiar mínimo e
não há movimento na balança. Depois da iniciação, o peso bruto deverá retornar abaixo do limiar
redefinido antes que ocorra uma impressão automática subsequente.
A impressão automática pode ser desativada ou ativada. A Impressão Automática pode ser
disparada e redefinida pelo peso que excede os limiares ou por desvio de peso de uma leitura
previamente estável.
2.4.7.1.
Definição de Impressão
Para mais informações sobre a definição de impressão, consulte o Capítulo 3, Configuração.
2-10
IND231/IND236 Guia do usuário
30094018 | 02 | 04/2014
2.4.7.2.
Formato de Impressão
Todos os formatos de impressão são fixos e não podem ser redefinidos. Dependendo do status de
função atual do terminal, um formato de impressão diferente pode ser selecionado. Consulte
Aplicações na página 2-11.
2.4.7.3.
Impressão Padrão
Se a Tara for zero, a impressão padrão não inclui valores de Tara e Líquido.
Um símbolo de estrela antes do peso indica que o é uma média, se o modo atual for pesagem
animal.
As saídas de linha única ou múltiplas linhas aparecem da seguinte forma:
Data
Saída de múltiplas
linhas
Saída de linha
única
AAA.MM.DD
Hora
HH:MM:SS
Bruto
XX.XXX unidade
Tara
XX.XXX unidade
Líquido
XX.XXX unidade
Data_AAAA.MM.DD_ _ Hora_HH :MM :SS_ _
Bruto_XXXX.XXX_Unidade_ _Tara
_XXXX.XXX_Unidade_ _ Líquido_XXXX.XXX_Unidade
Cada número inclui oito caracteres, incluindo o ponto decimal.
2.5.
Funcionalidade de Display Remoto
2.5.1.
Introdução
Em vez de operar como um display de peso normal para uma plataforma de pesagem conectada,
o IND231/IND236 pode funcionar como um display remoto para outro terminal METTLER TOLEDO,
enviando a saída contínua ou SICS da Toledo. O teclado no display remoto IND231/IND236
também pode ser utilizado para emitir comandos simples Limpar, Tara, Imprimir e Zero de volta
para o terminal Mestre quando a tecla apropriada for pressionada.
2.5.2.
Configuração
2.5.2.1.
Conexão Física dos Terminais Mestre e Remoto
Comunicação para função de display remoto ocorre em uma única conexão serial configurada
para a comunicação RS-232, RS-422 ou RS-485. A porta serial no IND231/IND236 pode ser
programada para aceitar os dados seriais a partir de Mestre e para enviar comandos de teclado de
volta para ele, para que apenas uma porta única seja necessária para operação do display
remoto. Sendo assim, se a porta COM2 opcional for instalada, uma porta pode ser usada para
comunicação com o terminal Mestre enquanto a outra porta pode ser configurada para fornecer
uma saída por demanda para uma impressora local.
As portas seriais devem ser configuradas de forma idêntica nos terminais Mestre e Remoto.
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
2-11
2.5.2.2.
Configuração de Display Remoto
2.5.2.2.1.
Seleção de Modo e Porta
Operação
No terminal IND231/IND236 que funcionará como o terminal de display remoto, o parâmetro
F.1.1.1 (Tipo de Balança) deve ser selecionado como Com1 (se COM1 for ser usada como porta
de entrada de dados) ou a Com2 (se COM2 será usada como porta de entrada de dados).
A Figura 2-8 mostra a COM1 do IND231/IND236 selecionada como porta de entrada de display
remoto.
Figura 2-8: Definição de Tipo de Balança para Operação Remota
2.5.2.2.2.
Seleção de Formato de Dados
Quando o Tipo de Balança estiver definido para Com1 ou Com2, um novo parâmetro F1.1.3 é
exibido permitindo a seleção do formato de dados usado na comunicação. As duas escolhas
possíveis são contínuos Toledo ou SICS, como mostrado na Figura 2-9.
Figura 2-9: Conexão Configurada para Dados Contínuos Toledo e SICS
2.5.2.2.3.
Opções de Parâmetros de Porta
Finalmente, os parâmetros da porta serial devem ser configurados no F4.x.3, onde "x" é "1" para
COM1 ou"2" para COM2. As opções de taxa baud, bits de dados e paridade devem ser iguais nos
dois terminais. As configurações recomendadas são:
Tabela 2-6: Parâmetros de Porta Serial
Parâmetro
F4.x.3.1 (taxa baud)
F4.x.3.2 (bits de dados / paridade)
F4.x.3.3 (controle de fluxo)
2.5.2.3.
Valor
9600
8 nonE
oFF
Configuração de Terminal Mestre
A porta do terminal Mestre usada para conexão ao terminal de display remoto deve ser configurada
para enviar informações de peso para a saída Toledo Continuous ou SICS, conforme a opção
selecionada no terminal de display remoto. Não é possível enviar uma impressão sob demanda do
terminal Mestre para o terminal remoto.
2-12
IND231/IND236 Guia do usuário
30094018 | 02 | 04/2014
Os parâmetros de portal serial para taxa baud, bits de dados e paridade devem corresponder às
selecionadas no display remoto IND231/IND236. Consulte a Tabela 2-6 quanto aos parâmetros
de portas seriais recomendados.
A Figura 2-10 mostra uma configuração de Display Remoto típica, com o terminal mestre
recebendo comandos enviados do IND231/IND236 remoto.
Figura 2-10: Exemplo de Configuração de Terminal para Função de Display Remoto
Se o teclado do display remoto for ser usado para enviar os comandos de teclado LIMPAR, TARA,
IMPRIMIR e ZERO de volta para o terminal Mestre, a porta do terminal mestre deve permitir a
entrada do comando CTPZ (se o modo contínuo Toledo tiver sido selecionado) ou os comandos
TAC, T, PRN e Z (em modo SICS). Quando a interface SICS for usada, apenas os comandos SICS
reconhecidos pelo Mestre funcionarão adequadamente do teclado de display remoto.
2.5.3.
Operação de Display Remoto
2.5.3.1.
Introdução à Operação Contínua da Toledo
No acionamento, o terminal Mestre começará automaticamente a enviar dados de peso para o
display remoto do IND231/IND236. O terminal remoto exibirá o peso conforme enviado para o
terminal Mestre.
Quando qualquer das três teclas de função da balança do terminal remoto (LIMPAR, TARA e ZERO)
for pressionada, o caractere ASCII correspondente será transmitido para o terminal Mestre. O
terminal Mestre executará o comando conforme apropriado. Por exemplo, se a tecla ZERO for
pressionada no display remoto, um comando "Z" é enviado para o terminal Mestre. Se o terminal
Mestre estiver fora da sua faixa de captura de zero, isso indica que há um erro no seu display,
mas nenhuma mensagem é retransmitida para o display remoto. O display remoto simplesmente
envia o comando ASCII correspondente para a tecla pressionada e cabe ao Mestre executar ou não
essa solicitação. As teclas F1 e F2 não enviam comandos para o terminal Mestre.
2.5.3.2.
Introdução à Operação SICS
No acionamento, o display remoto inicia automaticamente solicitando ao terminal Mestre que envie
as informações exibidas de peso e tara usando os comandos SI e TA. Quando o terminal Mestre
recebe esses comandos, ele responde enviando o peso e o valor da tara exibidos para o display
remoto do IND231/IND236. O display remoto exibirá os pesos conforme enviado para o terminal
Mestre.
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
2-13
Operação
Quando qualquer das três teclas de função da balança (LIMPAR, TARA e ZERO) for pressionada no
display remoto, o comando SICS correspondente será transmitido para o terminal Mestre. O
terminal Mestre executará o comando conforme apropriado. Ao usar o SICS, o terminal Mestre
sempre enviará o status de um comando de volta para o display remoto. O status indicará o
sucesso ou a falha do comando. As teclas F1 e F2 não enviam comandos para o terminal Mestre.
O display remoto avaliará a resposta do terminal Mestre. Se o terminal Mestre não conseguir
concluir o comando com sucesso, o terminal remoto exibirá
por cerca de três segundos.
Por exemplo, se a tecla ZERO for pressionada no display remoto, um comando "Z" é enviado para
o terminal Mestre. Se o terminal Mestre estiver acima do seu limite de captura de zero, ele
responderá com um E + para o display remoto. É uma das quatro respostas possíveis do
comando ZERO no SICS. O terminal remoto exibirá
, indicando que zero não poderia ser
obtido porque o peso estava acima do limite máximo.
2.5.3.3.
Operação da Tecla Imprimir nos Modos Contínuo e SICS
A operação da tecla IMPRIMIR depende da programação do terminal de display remoto:
2.5.3.4.
•
Se houver uma porta serial opcional, a porta no display remoto que não estiver programada
para operar com o terminal Mestre pode ser programada para a função Imprimir. Nesse caso,
uma impressora local com formato selecionado será criada no display remoto. Nada é
enviado para o terminal Mestre.
•
Se o display remoto não tiver uma porta atribuída a Imprimir, pressionar IMPRIMIR envia um
comando ASCII P (modo contínuo) ou ASCII PRN (modo SICS) para o terminal Mestre.
Depende do terminal Mestre executar a função de impressão.
Limites de Operação
Quando o IND231/IND236 está no seu modo de display remoto, ele não oferece suporte à E/S
discreta ou à troca de unidades.
Todos os modos de aplicação do IND231/IND236 padrão são suportados ao operar no modo de
display remoto. Verificação de peso, contagem, pesagem de animais e totalização são totalmente
funcionais com base no valor do peso recebido do terminal Mestre. Os recursos adicionais da
chamada de alvo e de data e hora também estão disponíveis para uso local no display remoto.
O modo de display remoto do IND231/IND236 oferece suporte a unidades de peso g, kg, lb e oz
do terminal Mestre. Se as unidades de peso forem diferentes das selecionadas no terminal Mestre,
o valor do peso será exibido, mas o display remoto não exibirá uma unidade de peso.
2.6.
Aplicações
Cada uma das cinco aplicações pode ser acessada pressionando-se as teclas de FUNÇÃO
configuráveis. Quando a tecla é pressionada, o terminal deixará o modo de pesagem básica e
entrará no modo de aplicação configurado em Tecla de Função > Atribuição. Pressione a tecla
para sair da aplicação e retornar ao modo de pesagem básica.
Quando uma aplicação tiver sido iniciada, apenas os símbolos das teclas de função ativas são
exibidos.
2-14
IND231/IND236 Guia do usuário
30094018 | 02 | 04/2014
2.6.1.
Verificação de Peso
A aplicação de Verificação de Peso permite comparar o peso na balança a um peso alvo
armazenado e indicar o status da comparação no display.
O display do IND231/IND236 indica o status Excesso/Falta graficamente na linha de status no
topo da tela. Três saídas discretas podem ser configuradas para controle de luzes externas ou um
dispositivo semelhante para indicar o status atual na comparação de peso.
2.6.1.1.
Configuração
A pesagem só pode ser iniciada a partir da pesagem básica ou na aplicação de verificação de
peso. Quando outra função estiver ativa, como contagem, X10 ou pesagem de animais, a
verificação de peso não pode ser iniciada e uma mensagem de advertência “—não—“ (Figura
2-11) será exibida por um breve período de tempo.
Figura 2-11: Símbolo “NÃO”
O símbolo
na linha superior indica o status de pesagem.
Para configurar a pesagem:
1. Defina o alvo da verificação de peso (valor absoluto apenas).
Exemplo:
Peso alvo
=
5,000kg
Tolerância +
=
1,000kg
Tolerância -
=
1,000kg
2. Pressione
ou
(a tecla que estiver atribuída à Verificação de Pesagem) para entrar na
tela de edição de alvo.
será exibido no topo da tela. Se houver um peso estável
na plataforma, ele será detectado como valor alvo original. “- - - - - - “ indica que o terminal
está tentando detectar um peso estável. O alvo pode ser selecionado de uma das duas formas:
a. Se um peso estável for detectado antes que o timeout de aproximadamente 0,5 segundos
passe, o “alvo” aparecerá por um segundo e depois o peso estável detectado será exibido.
b. Caso contrário, o terminal mostra “Alvo” por um segundo e depois exibe o peso zero
(Figura 2-12). Selecione um dígito para editar usando
para mover para esquerda e
para mover para a direita. Quando o dígito necessário for selecionado e piscar, o seu
valor pode ser aumentado usando
e diminuído usando
. No exemplo abaixo na
Figura 2-12, o alvo foi definido para 3 kg. Pressione
para aceitar esse valor atual
como alvo e seguir para a próxima tela, “Tolerância -“.
3.
30094018 | 02 | 04/2014
aparece no canto superior esquerdo do display. Defina o uso das teclas
direcionais, como indicado na etapa 2.b, acima. Neste exemplo (Figura 2-12, centro), a baixa
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
2-15
tolerância é definida para 1 kg. Pressione
"Tolerância +".
Operação
4.
para seguir para a próxima tela,
aparece no topo da tela. Defina o uso das teclas direcionais, como indicado na
etapa 2.b, acima. Aqui (Figura 2-12, à direita), a tolerância máxima é definida para 1 kg.
Figura 2-12: Displays de alvo e tolerância: Alvo (esquerda), Mínimo (centro) Máximo (direita)
2.6.1.2.
Procedimento
Para executar uma verificação de pesagem:
1. Pressione
ou
(a que estiver atribuída à Verificação de Peso) para entrar na tela de
verificação de peso. O status do peso é indicado da seguinte forma (com base na
configuração definida na seção Configuração, acima).
•
Abaixo Abaixo de 4 kg; (Figura 2-13, esquerda )
•
OK
•
Acima Acima de 6 kg; (Figura 2-13, direita)
Entre 4 kg e 6 kg ;( Figura 2-13, centro)
Figura 2-13: Displays Acima, OK e Abaixo
2. Quando a verificação de peso for concluída, pressione
pesagem básica.
2.6.1.3.
para sair da aplicação e retornar à
Exibição de Valores Configurados
Quando estiver na aplicação de verificação de peso, pressione continuamente a tecla de função
Alvo para ver os valores atuais ativos de alvo, tol- e tol+. As informações serão exibidas por um
segundo e depois o valor alvo aparecerá junto com
. Pressione a tecla “Alvo”
repetidamente para passar por esses três valores de verificação de pesagem – OK, baixa tolerância
e alta tolerância. Pressione
para sair.
2-16
IND231/IND236 Guia do usuário
30094018 | 02 | 04/2014
2.6.1.4.
Impressão de Excesso ou Falta
Se a Tara for zero, os valores Tara e Líquido não serão impressos.
As saídas de linha única ou múltiplas linhas aparecem da seguinte forma:
Saída de múltiplas
linhas
Saída de linha
única
2.6.2.
Data
AAA.MM.DD
Hora
HH:MM:SS
Alvo
XXXX.XXX
unidade
Tol +
XX unidade
Tol -
XX unidade
Bruto
XXXX.XXX
unidade
Tara
XXXX.XXX
unidade
Líquido
XXXX.XXX
unidade
Data_AAAA.MM.DD_ _ Hora_HH :MM :SS_ _Tara
_XXXX.XXX_Unidade_ _ Tol+_XX_%_ _ Tol-_XX_%_
_Bruto _XXXX.XXX_Unidade_ _Tara
_XXX.XXX_Unidade_ _ Líquido_XXXX.XXX_Unidade
Chamada de Alvo
A chamada de alvo é uma função usada para executar a verificação de pesagem com valores de
um banco de dados. Até 10 dez conjuntos de dados de excesso/falta estão disponíveis para
facilitar a chamada para reexibição no display do terminal. Cada conjunto inclui dados como
número de registro, valor alvo, valor de tolerância -, valor de tolerância + e valor de tara.
Os parâmetros gravados são definidos nas configurações de menu F2.2. Para mais informações,
consulte o Capítulo 3, Configuração.
2.6.2.1.
Operação
Quando a tecla de função CHAMADA é pressionada, a mensagem mostrada na Figura 2-14 será
exibida brevemente. Em seguida, se o banco de dados não estiver vazio, o primeiro registro será
exibido (Figura 2-15). Caso contrário, “VAZIO” (Figura 2-16) será exibido e depois o display de
peso será reexibido.
Figura 2-14: Mensagem de Chamada do Banco de Dados de Alvos
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
2-17
Operação
Figura 2-15: Registro 01 Mensagem
Figura 2-16: Mensagem Vazia do Banco de Dados de Alvos
Use as teclas
e
para selecionar o registro exibido e depois confirme a seleção
pressionando a tecla
. O display de verificação de peso aparecerá com os valores
selecionados definidos, e o procedimento de verificação de peso pode iniciar.
No modo de verificação de peso, os parâmetros predefinidos podem ser exibidos pressionando-se
continuamente a tecla CHAMADA. Cada pressionamento subsequente da tecla CHAMADA exibe
alternadamente os valores de parâmetros de alvo, tolerância - e tolerância +.
2.6.3.
Contagem
A aplicação de contagem do IND231/IND236 fornece uma sequência de contagem simples que
orienta um operador através de um processo de amostragem para determinar um valor de
contagem.
2.6.3.1.
Operação
A contagem só pode ser iniciada a partir da pesagem básica ou na aplicação de contagem.
2.6.3.1.1.
Procedimento
Para contar peças:
1. Pressione a tecla de função de contagem
como mostrado na Figura 2-17.
. “AMOSTRA” será exibido e depois “PCS 05”,
Figura 2-17: Número de Referência
2. O número de referência pode ser ajustado usando as teclas
(aumentar). As opções são 5, 10, 20, 50 e 100.
(diminuir) e
3. Confirme o número de referência pressionando
. “------“ exibirá (Figura 2-18) enquanto a
balança detecta o peso estável. Certifique-se de que o número de amostras na balança
corresponda ao tamanho de referência selecionado. Se o peso estável for detectado antes do
2-18
IND231/IND236 Guia do usuário
30094018 | 02 | 04/2014
timeout do processo, a aplicação de contagem é iniciada; caso contrário, a tela permanece no
estado de pesagem anterior.
Figura 2-18: Detecção de Peso Estável
4. Carregue as peças a serem contadas. A contagem será exibida (Figura 2-19).
Figura 2-19: Display de Contagem de Peças
5. Quando a contagem for concluída, pressione
peso e retornar à interface de pesagem básica.
2.6.3.1.2.
para sair da aplicação de verificação de
Revisão do Peso Médio da Peça
Quando o modo de contagem estiver ativo, pressione continuamente a tecla de função de
contagem para exibir o peso médio por peça atual (APW). O símbolo APW
aparecerá na linha
superior do display e o valor APW – na Figura 2-21, o valor é 0,015 kg.
Figura 2-20: Tela de Análise APW
Pressione a tecla de função de contagem novamente para exibir o número de referência na Figura
2-21 – aqui, 100 peças é a seleção atual.
Figura 2-21: Tela de Análise do Número de Referência
Cada vez que a tecla “contagem” é pressionada, o display troca entre APW e o número de
referência. Pressione a tecla
para sair das telas de análise.
2.6.3.1.3.
Troca de Unidade no Modo Contagem
Quando a aplicação de contagem estiver ativa, a troca de unidade tem uma função especial, ao
contrário da sua operação padrão. Pressione a tecla “Troca de Unidade” para alternar o display
entre PCS, unidade primária e unidade secundária.
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
2-19
2.6.3.2.
Impressão da Contagem
Operação
Se a Tara for zero, os valores Tara e Líquido não serão impressos.
As saídas de linha única ou múltiplas linhas aparecem da seguinte forma:
Data
AAA.MM.DD
Hora
HH:MM:SS
Peças
XXXXXXXX
unidade
APW
XXXX.XXX
unidade
Bruto
XXXX.XXX
unidade
Tara
XXXX.XXX
unidade
Líquido
XXXX.XXX
unidade
Saída de múltiplas
linhas
Saída de linha
única
2.6.4.
Data_AAAA.MM.DD_ _HORA _HH :MM :SS_ _
Peças_XXXXXXXX_PCS_ _APW _XXXX.XXX_Unidade_ _
Bruto_XXXX.XXX_Unidade_ _Tara _XXX.XXX_Unidade_
_Líquida _XXXX.XXX_Unidade
Pesagem de Animais
A aplicação de pesagem de animais fornece a capacidade de calcular e exibir um valor de peso
médio determinado ao longo de um período de amostragem definido pelo usuário. Isso é útil
quando o peso está constantemente instável, como é o caso na pesagem de animais vivos.
O modo de pesagem pode ser configurado na instalação. Se o modo automático for selecionado,
a pesagem de animais será iniciada automaticamente quando houver carga na balança. No modo
manual, a pesagem animal deve ser iniciada pressionando-se a tecla de função.
2.6.4.1.
Operação
A pesagem de animais só pode ser iniciada a partir do modo de pesagem básica. Caso contrário,
“—não—“ (Figura 2-11) será exibido.
A aplicação de pesagem de animais tem um limiar de peso líquido de 9d. Quando o peso
colocado na plataforma exceder as divisões de peso 9 (baseado no tamanho de divisão
configurado na instalação), a aplicação iniciará. Quando o peso líquido ou bruto estiver abaixo de
9d, a aplicação será redefinida na preparação para a próxima pesagem.
1. Coloque os animais na plataforma e pressione a tecla de função “pesagem de animal”
.
Embora o terminal colete os valores de peso, “------“ é exibido (Figura 2-22). O processo leva
de 2 a 3 segundos. Para atingir uma maior precisão, os primeiros 14 valores de peso são
descartados e os próximos 56 valores são coletados para uso no cálculo.
2-20
IND231/IND236 Guia do usuário
30094018 | 02 | 04/2014
Figura 2-22: Display Que Indica a Coleta de Valores de Peso no Progresso
2. O peso médio será exibido, juntos com um símbolo de estrela, como mostrado na Figura
2-23.
Figura 2-23: Valor de Peso de Animal Exibido
3. Para concluir a pesagem atual, remova o peso da plataforma ou pressione a tecla Limpar
. A Tara também será limpa.
2.6.4.2.
Impressão de Animal
As saídas de linha única ou múltiplas linhas aparecem da seguinte forma:
Data
Saída de múltiplas
linhas
Saída de linha
única
AAA.MM.DD
Hora
HH:MM:SS
Média G
XX.XXX unidade
Tara
XX.XXX unidade
Data_YYYY.MM.DD_ _ Hora_HH :MM :SS_ _ Média G
_XXXX.XXX_Unidade_ _Tara _XXXX.XXX_Unidade_ _
Média n_XXXX.XXX_Unidade
Cada número inclui oito caracteres, incluindo o ponto decimal.
2.6.5.
Acúmulo
Para muitas aplicações de pesagem, é útil saber quantas transações foram executadas e quanto
de material foi processado durante um período de tempo em particular.
O terminal IND231/IND236 fornece os registros e contadores de total geral (GT). Os contadores
possuem um limite de 999 e os registros acumularão até sete dígitos de peso, incluindo os dígitos
à direita do ponto decimal. Por exemplo, uma balança programada para 500 x 0,1 kg acumulará
valores de peso de até 999999,9 (sete dígitos no total). Se esses limites forem excedidos, uma
mensagem de erro “—não—“ será exibida, e os totais devem ser redefinidos antes de pesos
adicionais ou de as contagens serem adicionadas.
2.6.5.1.
Operação
O acúmulo só pode ser iniciado quando o terminal estiver no modo de pesagem básica. Se uma
das aplicações estiver ativa, “—não—“ (Figura 2-11) será mostrado.
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
2-21
Operação
Figura 2-24: Símbolo de valor de coleta
O procedimento para acúmulo é o seguinte:
1. Coloque o primeiro peso na plataforma, e pressione a tecla de função "acúmulo"
. Se o
peso estável for detectado em dois segundos, o valor total será de 1,5 kg, e o número será 1
(Figura 2-24).
2. Cada vez que o novo peso é colocado na plataforma, pressione a tecla de acúmulo para
adicionar o novo valor ao total.
3. Pressione continuamente a tecla de função para exibir o valor total (Figura 2-25, esquerda).
Observe que quando o acúmulo ou a contagem for exibida, o ícone Acúmulo piscará.
Pressione a tecla de função brevemente e a “Contagem” ou o número de valores aparecem
(Figura 2-25, direita). Cada vez que a tecla “acúmulo” é pressionada, o display troca entre
contagem e soma.
Figura 2-25: Símbolo de valor de coleta
4. Pressione a tecla
2-22
IND231/IND236 Guia do usuário
para sair do acúmulo e retornar ao modo de pesagem básica.
30094018 | 02 | 04/2014
2.6.5.2.
Impressão de Acúmulo
Quando o terminal estiver em modo de acúmulo e a tecla Imprimir
de acúmulo total impresso incluirá o valor líquido exibido.
for pressionada, o peso
As saídas de linha única ou múltiplas linhas aparecem da seguinte forma:
Data
Saída de múltiplas
linhas
Saída de linha
única
30094018 | 02 | 04/2014
AAA.MM.DD
Hora
HH:MM:SS
Total
XX.XXX unidade
Contagem
XXXX.XXX
Bruto
XXXX.XXX
unidade
Tara
XXXX.XXX
unidade
Líquido
XXXX.XXX
unidade
Data_AAAA.MM.DD_ _ Hora_HH :MM :SS_ _
Total_XXXX.XXX_Unidade_ _ Contagem_XXXX.XXX_
_ Bruto_XXXX.XXX_Unidade_ _
Tara_XXX.XXX_Unidade_ _
Líquido_XXXX.XXX_Unidade
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
2-23
3
Configuração
Este capítulo fornece informações sobre como configurar o terminal IND231/IND236.
Ele descreve o acesso ao menu de configuração onde as funções podem ser
ativadas, desabilitadas ou definidas inserindo-se valores de parâmetros.
Este capítulo cobre
• Acesso ao Modo de
Configuração
• Estrutura de Menu de
Configuração
•
•
•
•
•
•
Introdução de Configuração
O menu consiste nos seguintes blocos:
F1
Balança
F4
Comunicações
F2 - Aplicação
F2
Aplicação
F5
Manutenção
F3 - Terminal
F3
Terminal
F1 - Balança
F4 - Comunicação
F5 - Manutenção
3.1.
Acesso ao Modo de Configuração
3.1.1.
Como Entrar no Modo de Configuração
A configuração do terminal IND231/IND236 é acessada pressionando-se e mantendo a tecla
MENU
.
Uma tela de logon (Figura 3-1) é exibida e o usuário deve inserir a senha correta para entrar na
configuração.
Figura 3-1: Tela de Logon
O acesso a itens na configuração é controlado por uma senha. A Tabela 3-1 mostra que partes da
árvore de configuração são acessíveis ao usuário que fez login usando a senha de Supervisor.
Tabela 3-1: Senhase Níveis de Acesso
Senha
Supervisor
30094018 | 02 | 04/2014
F1.1.2 = Aprovado
F1.1.2 = Nenhum
F1.6 (segunda unidade), F2, F3, F4; F5.2 (estatística); F5.8 (imprimir
configuração)
IND231/IND236 Guia do usuário
3-1
Para inserir uma senha:
Configuração
1. Quando a tela de logon for exibida, use as teclas de função de balança pra inserir a senha
(Tabela 3-1).
2. Pressione a tecla
. Se a senha estiver correta, o terminal entrará no modo configuração e
o menu configuração será exibido. Se a senha não for válida, o display retorna ao modo de
pesagem.
Se o terminal for configurado para uso comercial, o usuário só pode acessar a
configuração pressionado a chave configuração (uma chave de hardware na placa
principal, indicada na Figura 3-2). O terminal exibirá a etiqueta do menu F1 (Balança) e
os parâmetros de balança podem ser modificados.
Figura 3-2: Localização de Chave de Configuração na Placa Principal do Terminal
3.1.2.
Como Sair do Modo de Configuração
Para sair do modo de configuração e retornar ao modo de pesagem:
1. Pressione a tecla
ou deixe a
quando estava na raiz da árvore de menu (F1, F2, etc.
exibido). Uma mensagem aparecerá perguntando se as alterações devem ser abortadas ou
salvas na Figura 3-3.
Figura 3-3: Avisos ao sair da configuração
2. Use
(para baixo) e
(para cima) para alternar entre Salvar e Abortar.
•
Salvar: Salve os parâmetros de configuração.
•
Abortar: Não salve os parâmetros de configuração.
3. Quando a seleção tiver sido realizada, existem duas opções:
ou
3-2
Confirme a opção de Salvar ou Abortar e vá para a tela principal.
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
Permaneça no menu de configuração, em F1.
3.1.3.
Navegação pelo Menu de Configuração
3.1.3.1.
Funções de Tecla
Depois de entrar na configuração, as teclas F1, F2, Zero e Tara tornam-se teclas de navegação, e
são usadas para se mover pela estrutura de menus e para ajustar as configurações na tela de
definições de parâmetros.
Tela de Definição
Estrutura de Menus
Voltar para a próxima
tela de menu.
Esquerda
Acessar a próxima tela
de submenu inferior
Direita
Retorne à estrutura de menus.
ou se for uma tela de entrada numérica,
Mova o foco para a esquerda.
Aceite o valor atual e retorne à estrutura de
menus
ou se for uma tela de entrada numérica,
mova o foco para a direita.
Para cima
Avançar para a próxima
tela no nível atual.
Próximo valor para item em foco*
Para baixo
Avançar para a tela
anterior no nível atual.
Valor anterior para item em foco*
* Os parâmetros de configurações discretas (como Ligar/Desligar ou 0,5, 1, 10) podem ser
percorridos para cima ou para baixo.
3.1.3.2.
Exemplo de Navegação
Cada tela da árvore do menu de configuração pode ser atingida usando as teclas acima. O
exemplo mostrado na Tabela 3-2 mostra como acessar a tela Aprovação da Balança (F1.1.2) e
definir uma aprovação e depois ativar o recurso Intertravamento de tara (F1.5.2) e finalmente sair
da configuração, salvando ou descartando essas alterações.
Tabela 3-2: Parâmetros de Acesso e Configuração
30094018 | 02 | 04/2014
Tecla
Display
n/a
F1
Ação
A configuração foi acessada.
F1.1
Retorne um nível na estrutura dos menus.
F1.1.1
Retorne um nível na estrutura dos menus.
F1.1.2
Avance para o próximo ramo neste nível
noNE
Exibe a tela de configuração de aprovação
oiML
Selecione a aprovação do OIML
IND231/IND236 Guia do usuário
3-3
Tecla
Display
Configuração
F1.2
Ação
O OIML foi aceito, o foco foi movido para o submenu F1.2.
Observação: A tecla Direita (F2) ou Enter aceita a seleção.
F1.3
F1.4
Avance para o próximo sub-ramo.
F1.5
F1.5.1
Volte para o próximo nível
F1.5.2
Avance para o próximo ramo no nível atual.
oFF
Definição atual de intertravamento de tara exibida –
DESLIGADO
on
Intertravamento de tara é definido para ON
Observação: A tecla Para cima ou Para baixo alterna entre os
valores LIGAR/DESLIGAR.
F1.5.3
ON aceito, o foco foi movido para o próximo ramo neste nível.
Observação: A tecla Direita (F2) ou Enter aceita a seleção.
F1.5
Retorne ao nível superior do menu.
F1
SALVAR
Saia da configuração – O aviso SALVAR é exibido
Retorna ao display de pesagem
Abortar
3.1.3.3.
Descarta as alterações, retorna ao display de pesagem
Definição de Números
Ao definir um parâmetro numérico como Capacidade (F1.2.3), as teclas de navegação Esquerda e
Direita movem o foco, e as teclas Para cima e Para baixo ajustam o valor. O número em foco
pisca:
Figura 3-4: Alteração de Valores Numéricos, Dígito em Foco Piscando
3-4
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
Para aumentar o valor, pressione
; e para diminuí-lo, pressione
. Para selecione a coluna
das unidades, pressione
; para selecionar as colunas de centenas, pressione
. Para
aceitar o valor exibido e sair da tela, pressione
.
3.2.
Estrutura de Menu de Configuração
3.2.1.
Menu de Configuração Principal
Ao entrar na configuração, o Bloco F1 é exibido como mostrado na Figura 3-5. As teclas de
direção podem ser utilizadas para selecionar diferentes blocos de menu (de F1 a F5).
Figura 3-5: F1 Tela de Menus
3.2.2.
Teclas de Função Configuráveis
As teclas de funções podem ser configuradas sem entrar na configuração. Na tela principal,
pressione e mantenha a tecla de função F1 ou F2 para inserir o display de configuração mostrado
na Figura 3-6. Use as teclas Para Baixo
e Para Cima
para selecionar a função dessa
tecla. No exemplo mostrado, a F1 é definida para x10 e a F2 é definida para Acúmulo (∑).
Figura 3-6: Definição de Atribuições para Teclas de Função F1 e F2
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário
3-5
Configuração
3.3.
Introdução de Configuração
A Figura 3-7 mostra todos os ramos principais do menu de configuração do terminal, exceto os
ramos que são específicos da aplicação.
Os detalhes de cada um dos cinco principais ramos são fornecidos nas seções que seguem a
introdução. Use essas informações para programar a configuração básica do terminal
IND231/IND236.
Figura 3-7: Estrutura de Menu de Configuração de IND231/IND236
Uma entrada válida durante calibração fará uma mensagem
ser exibida. A
mensagem desaparecerá após cerca de três segundos e o display retornará para seu estado
anterior.
3-6
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
3.4.
F1 Balança
A Figura 3-8 mostra uma vista detalhada dos parâmetros disponíveis no ramo da Balança do
menu de configuração. Cada um desses parâmetros é descrito nesta seção.
Se o terminal for aprovado (a F1.1.2), apenas a F1.6 estará disponível para edição. Para
acessar outros parâmetros no ramo Balança, a chave de metrologia (consulte a página 3-2)
deve ser pressionada.
Figura 3-8: Estrutura de Menus da Balança
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário
3-7
Configuração
3.4.1.
F1.1 Tipo de Balança
A tela de configuração de tipo de Balança é usada para configurar o terminal como um terminal de
pesagem ou como um segundo display e para configurar a definição de Pesos e Medidas.
3.4.1.1.
F1.1.1 Tipo
As Opções para o Tipo de Balança são:
SCL
(Definição de
fábrica)
COM1
Com 2
(se disponível)
Se o tipo de balança for SCL, as funções do terminal como um terminal de balança. Se o tipo de
balança for rCom1 ou rCom2, o terminal é usado como um segundo display (remoto). Neste
caso, use a porta COM 1 ou COM 2 para conectar outro terminal de balança.
Quando a rCom 1 ou a rCOM 2 for selecionada, o modo de porta e a definição de impressão
dessa porta (consulte a seção que inicia na página 3-33) ficarão ocultos, como a porta não pode
ser atribuída a qualquer função diferente da conexão do terminal como display remoto.
3.4.1.2.
F1.1.2 Aprovação
Quando SCL é selecionada para Tipo, F1.1.2 aparece. A aprovação refere-se à configuração de
aprovações metrológicas (pesos e medidas) para a balança específica. As opções são:
Nenhum
Nenhuma aprovação
desejada
OIML
NTEP
AR
SRI
Se uma aprovação de NTEP, OIML ou Sri Lanka for configurada, o acesso aos parâmetros
metrológicos no ramo de configuração da Balança será limitado a F1.6 (unidades) e F1.10
(Redefinir definições de balança). Como a Figura 3-9 mostra, pressionar continuamente a tecla
exibirá primeiro o tipo de aprovação e, em seguida, exibirá a etiqueta F1.
3-8
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
Figura 3-9: Menu Limitado a Visualização Apenas
Se a aprovação for configurada para a Argentina, é proibido fornecer acesso a todo o menu de
configuração. Se for feita uma tentativa de acessar o menu de configuração, uma mensagem de
erros será exibida: “Erro 11”.
Figura 3-10: Acesso Proibido ao Menu
Acesso à Configuração em um Terminal Aprovado
Para retomar acesso ao menu de configurações F1, é necessário abrir o compartimento do
gabinete e pressionar a chave de metrologia (consulte a Conexões de Fiação da Placa Principal no
Anexo A, Instalação). O terminal exibirá o menu Configurações de balança F1 e os parâmetros de
balança podem ser configurados.
3.4.1.3.
F1.1.3 Protocolo Remoto
Quando rCOM1 o rCOM2 é selecionada para Tipo, F1.1.3 aparece.As opções são:
Toledo Continuous, SICS
3.4.2.
F1.2 Capacidade e Incremento
Use a tela de configuração Capacidade e Incremento para selecionar unidades primárias, definir o
número de faixas de pesagem e a capacidade da balança e tamanho do incremento.
3.4.2.1.
F1.2.1 Unidades Primárias
Opções para Unidades Primárias são:
Quilogramas (kg) [padrão], Gramas (g), Libras (lb), Onças (oz)
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário
3-9
3.4.2.2.
F1.2.2 Faixas
Configuração
O terminal pode ser configurado com uma ou duas faixas. Se os dois forem selecionados, o
tamanho do incremento será modificado quando o peso atingir a segunda faixa.
Figura 3-11: Tela de Menu de Faixas e Configurações
3.4.2.3.
F1.2.3 Capacidade de Faixa 1
A capacidade do peso para a faixa 1 pode ser definida de qualquer valor de 1 a 500.000. Se
apenas uma faixa estiver ativada, este valor será a capacidade da balança e o display mostrará
um gráfico de capacidade excedente se o peso exceder o valor em mais de cinco incrementos.
Figura 3-12: Faixa 1 Capacidade
Se duas faixas forem ativadas, esse será o peso em que o tamanho do incremento muda do
tamanho de incremento da faixa 1 para o tamanho de incremento da faixa 2.
3.4.2.4.
F1.2.4 Tamanho de Incremento 1
A F1.2.4 especifica o tamanho do incremento da faixa 1. O terminal gerará automaticamente
opções de tamanho de incremento válidas, dependendo da definição de resolução
(1000~30.000). Selecione o valor apropriado. Se apenas uma faixa estiver ativada, esse será o
tamanho do incremento para a faixa de pesagem inteira da balança. Se duas faixas estiverem
ativadas, esse será o incremento utilizado na faixa inferior.
Figura 3-13: Incremento de Faixa 1
3.4.2.5.
F1.2.5 Capacidade de Faixa 2
Se apenas uma faixa for ativada, este parâmetro não será exibido. Se duas faixas forem ativadas,
a capacidade do peso para a faixa 2 pode ser definida de qualquer valor de 1 a 500.000. Este
valor será a capacidade da balança e o display mostrará um gráfico de capacidade excedente se o
3-10
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
peso exceder o valor em mais de cinco incrementos. A capacidade da faixa 2 capacidade deve ser
superior à capacidade da faixa 1.
Figura 3-14: Faixa 2 Capacidade
3.4.2.6.
F1.2.6 Tamanho de Incremento 2
A F1.2.6 especifica o tamanho de incremento para faixa 2 de pesagem. Se apenas uma faixa for
ativada, esse parâmetro não será mostrado. O terminal gerará automaticamente opções de
tamanho de incrementos válidos, dependendo da definição de resolução (1000~30.000).
Selecione o valor apropriado. Esse será o incremento usado na faixa superior.
Figura 3-15: Incremento de Faixa 2
Quando múltiplas faixas são configuradas, o incremento da faixa 2 deve ser maior do que o
incremento da faixa 1.
3.4.3.
F1.3 Calibração
Os menos de calibração permitem a entrada do código geográfico e os ajustes de linearidade e a
calibração de zero e as definições de amplitude.
3.4.3.1.
F1.3.1 Código Geográfico
Use as teclas para baixo
ou para cima
para inserir o código geográfico (0 – 31;
consulte o Anexo D, Códigos Geográficos (GEO) para uma lista de localizações geográficas e
códigos correspondentes.
Figura 3-16: Tela de Seleção de Valor de Código geográfico
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário
3-11
3.4.3.2.
F1.3.2 Calibração
Configuração
Selecione F1.3.2 para definir valores de calibração zero e de capacidade total.
1. Acesse o menu Calibração.
2. Esvazie a balança e pressione
para iniciar a calibração. “E
SCL” (esvazie a balança) é exibida no display. Pressione
novamente. O display fará uma contagem regressiva de 10…0
como o terminal captura zero.
3. ”Full Ld” aparece no display.
4. Pressione
. O valor capacidade total aparece, piscando. Use
as teclas para baixo
ou para cima
para alterar o valor
de peso de calibração.
5. Quando o valor tiver sido definido, coloque o peso de capacidade
total correspondente na balança e pressione
. O display fará
uma contagem regressiva de 10…0. Se a calibração for bemsucedida, “pronto” será exibido por dois segundos.
Melhor precisão pode ser obtida utilizando a capacidade nominal máxima da balança ao
calibrar em capacidade total.
3.4.3.3.
F1.3.3 Linearidade
Selecione F1.3.3 para incluir um ajuste de linearidade na calibração. Neste caso, zero, a
capacidade média e a capacidade total são calibradas.
1. Acesse o menu Ajuste de Linearidade.
2. Esvazie a balança. Pressione e a cal
para iniciar a
calibração. “E SCL” (esvazie a balança) é exibida no display.
Pressione
novamente. O display fará uma contagem
regressiva de 10…0 para capturar zero.
3. ”ADD LD” aparece no display.
4. Pressione
. O valor capacidade média aparece, piscando.
Use as teclas para baixo
ou para cima
para alterar o
valor de calibração.
3-12
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
5. Coloque o peso de capacidade intermediária correspondente na
balança e pressione
. O display fará uma contagem
regressiva de 10…0 enquanto a calibração é executada.
6. ”Full Ld” aparece no display.
7. Pressione
. O número da capacidade total aparece, piscando.
Use as teclas para baixo
ou para cima
para alterar o
valor de calibração.
8. Coloque o peso da capacidade total correspondente na balança e
pressione
. O display fará uma contagem regressiva de
10…0. Se a calibração for bem-sucedida, “pronto” será exibido
por dois segundos.
Melhor precisão pode ser obtida utilizando a capacidade nominal máxima da balança ao
calibrar em capacidade total.
Se a balança não estiver estável após 30 segundos, ela entrará em timeout e exibirá um código de
erro ”Erro 35” (Figura 3-17, esquerda). Essa mensagem será exibida por dois segundos e, em
seguida, o terminal retornará para a última operação. Recarregue o peso ou pressione
para
cancelar o processo. Se a calibração for cancelada, “Abortar” (Figura 3-17, direita) será exibida
por um breve período, a calibração será interrompida e a tela F1.3.3 reaparecerá.
Figura 3-17: Erro de Calibração de Linearidade e Mensagens para Abortar
Para interromper o processo e salvar os parâmetros anteriores, pressione
durante a
calibração. ”donE” (Figura 3-18) aparecerá brevemente. Os parâmetros anteriores foram salvos e
o display retorna para a tela F1.3.3.
Figura 3-18: Calibração de Linearidade Interrompida
Para abortar o processo e salvar os parâmetros anteriores, pressione o botão de energia
durante a calibração. ”Abortar” (Figura 3-17, direita) aparecerá brevemente. Calibração suspensa,
os parâmetros anteriores não foram salvos e o display retorna para a tela F1.3.3.
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário
3-13
Configuração
3.4.4.
F1.4 Zero
Zerar corrige a influência do acúmulo de uma pequena quantidade de detritos na placa de carga.
Esta seção fornece acesso às definições de Manutenção Automática de Zero (MAZ), aos
parâmetros branco abaixo de zero, zerar na inicialização e botão zero.
3.4.4.1.
F1.4.1 Manutenção Automática de Zero (MAZ)
A Manutenção Automática de Zero (MAZ) é uma forma de rastrear zero quando a balança estiver
vazia. Isso permite que o IND231/IND236 compense por condições como terminal ou desvio de
célula de carga ou detritos em uma plataforma de balança definido-se de volta para centro de
zero.
As opções disponíveis são baseadas em resolução. Em balanças não aprovadas pra comércio, as
opções são:
oFF, 0,5d [valor padrão], 1d, 3d, 10d
Nas balanças aprovadas, a única definição é 0.5d.
Figura 3-19: Tela de Seleção do Valor MAZ
3.4.4.2.
F1.4.2 Apagar Zero
Em alguns países, como a Tailândia, as autoridades de aprovação exigem que o terminal se
comporte de uma determinada forma quando uma carga inferior (valor do peso abaixo de zero) é
detectada e quando um peso válido é detectado após uma carga inferior. Opções para
comportamento abaixo da carga são as seguintes:
oFF, 20d [padrão], 20dZero
Essas definições funcionam da seguinte forma:
Desligado O display continuará a exibir os pesos brutos negativos sem limites.
20d
O símbolo de carga abaixo do limite é mostrado para valores inferiores a -20d. Assim
que o valor do peso é excedido -20d, o valor de peso é exibido novamente.
20dZero A advertência “Err 10” será mostrada assim que o peso for inferior a -20d. Essa
mensagem de advertência permanece na tela até a balança ser desligada ou um zero
ser executado. Apenas se ele for zerado com sucesso (nos limites válidos de definição
de zero ao pressionar a tecla zero ou dentro de limites zero de acionamento válidos
quando o dispositivo for desligado/ligado), o valor do peso é mostrado novamente.
Caso contrário, a advertência aparece novamente.
3-14
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
3.4.4.3.
F1.4.3 Zerar na Inicialização
Quando Inicialização estiver definida para Desligado, o terminal salvará e reutilizará a último peso
de referência zero após um ciclo de ligar/desligar; portanto, isso retorna ao mesmo valor de bruto
ou líquido.
Figura 3-20: Tela de Seleção de Valor ao Zerar na Inicialização
Quando uma faixa de inicialização de +/-2%, +/-10% ou +/-20% é selecionada, o terminal tenta
capturar zero na inicialização. Se houver movimento durante uma função de captura de zero, o
terminal continuará a procurar uma condição sem movimento até o zero ser capturado. Quando
uma condição sem movimento for atingida, isso capturará zero automaticamente.
Por exemplo, se a definição para Zerar na inicialização é definido em 2%, Zerar na inicialização
ocorrerá apenas quando a leitura de peso na balança está entre +/- 2% da condição zero
calibrada original.
As opções para balanças não aprovadas são:
oFF, 2, 10 [padrão], 20
As opções para as balanças aprovadas são:
oFF, 2, 10 [padrão]
Quando a aprovação da balança é definida para OIML, se a captura Zerar na inicialização
estiver ativada e o peso na balança está fora da faixa de captura de zero, uma mensagem de
advertência será exibida (Figura 3-21) até o peso ser removido e zero ser capturado.
Figura 3-21: Advertência de zero capturado OIML
3.4.4.4.
F1.4.4 Botão Zero
Quando o botão Zero estiver definido para Desligado, o botão ZERO do painel frontal não operará
para capturar um novo ponto de referência zero. Se uma faixa de +/-2% , +/- 10% ou +/- 20%
for selecionada, o botão Zero operará na faixa selecionada para zerar novamente a balança.
Por exemplo, o botão Zero é definido para +/-2%, o botão Zero só pode ser usado quando a
leitura de peso na balança estiver dentro de +/- 2% da condição zero calibrada original.
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário
3-15
Configuração
Figura 3-22: Tela de Seleção de Valor Zero do Botão
Se o botão Zero for Desligado, ainda é possível executar um Zero remoto via comandos SICS
ou CPTZ de um PC usando um comando de entrada discreta.
As opções para as balanças que não podem ser utilizadas para fins comerciais são:
oFF, 2 [padrão], 10, 20
As opções para as balanças aprovadas são:
oFF, 2 [padrão]
A função de zerar não afeta a faixa de pesagem geral da balança, e a capacidade da balança não
será afetada.
Se a Limp. autom. de tara for ativada (consulte a página 3-17), uma operação bem-sucedida do
Botão Zerar também limpa automaticamente o valor da Tara.
3.4.5.
F1.5 Tara
A Tara é usada para subtrair o peso de um contêiner vazio do peso bruto na balança para
determinar o peso líquido do conteúdo. A tara é inibida se a balança estiver em movimento.
3.4.5.1.
F1.5.1 Botão Tara
As opções do botão Tara são:
on [padrão], oFF
Se a tecla Tara
for pressionada quando a tara via teclado estiver desativada, uma mensagem
de advertência --no-- aparecerá
Figura 3-23: Mensagem de Advertência – Botão de Tara Desativado
3.4.5.2.
F1.5.2 Intertravamento de Tara
Se Intertravamento de Tara estiver ativado (F1.5.2 = on), o peso de tara só pode ser limpo quando
a plataforma de pesagem for descarregada para zero ou uma mensagem de advertência ” –no--“
for exibida após
ser pressionado.
on, oFF [padrão]
3-16
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
3.4.5.3.
F1.5.3 Tara Automática
As opções do botão Tara Automática são:
on, oFF [padrão]
Figura 3-24: Tela Definição de Tara Automática
Quando a Tara Automática estiver ativa, quando um recipiente vazio for colocado na plataforma, o
peso medido é automaticamente salvo como o peso de tara. “Zero” é exibido e o indicador NET
aparece.
Figura 3-25: Display após Tara Automática
3.4.5.4.
F1.5.4 Limiar de Tara Automática
Quando a Tara Automática está ativa, o menu F1.5.4 permite o ajuste do limiar de tara
automática. Quando o peso na plataforma da balança exceder o valor limiar da tara e não houver
mais movimento, o terminal automaticamente executa a tara.
A definição de fábrica é 10; portanto, quando o peso da tara está acima das dez divisões, uma
operação de tara automática pode ser executada.
3.4.5.5.
F1.5.5 Limiar de Redefinição de Tara Automática
Quando a Tara Automática está ativa, o F1.5.5 permite o ajuste do limiar de redefinição de tara
automática. Quando o peso na plataforma da balança cair abaixo do valor limiar redefinido, como
quando uma carga tiver sido removida, o terminal redefine automaticamente o acionador de tara
automática, dependendo de como a verificação de movimento (consulte a página 3-19) foi
programada. O peso limiar redefinido deve ser inferior ao peso limite da tara.
O valor padrão para o Limiar de Definição de Tara Automática é 10. Dessa forma, por exemplo,
depois da operação de tara automática inicial ser concluída e uma tara ser definida, uma carga de
menos de dez divisões pode ser adicionada sem alterar o valor da tara. Quando a primeira carga
for removida e a segunda carga de dez divisões ou mais for adicionada, o termina capturará um
novo peso de tara automaticamente.
3.4.5.6.
F1.5.6 Limpeza Automática de Tara
Opções para a função Limp. autom. de tara são:
on, oFF [padrão]
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário
3-17
Configuração
Figura 3-26: Tela Definição de Limpeza Automática de Tara
Depois que a balança for descarregada, o terminal automaticamente limpa a tara.
Figura 3-27: Display após Limpeza Automática de Tara
3.4.6.
F1.6 Segundas Unidades
Esta tela de configuração habilita a seleção de uma segunda unidade.
3.4.6.1.
Segunda Unidade
Para oferecer suporte a localizações e aplicações que usam várias unidades de medição, o
IND231/IND236 oferece suporte à troca de unidades. Use o menu de seleção de Segunda Unidade
para selecionar uma segunda unidade de pesagem ou selecionar nenhuma. O peso será
convertido da unidade principal para a segunda unidade selecionada quando a chave Troca de
Unidade
for pressionada.
As opções disponíveis são:
Quilogramas (kg) [padrão], Gramas (g), Libras (lb), Onças (oz)
Por exemplo, uma unidade primária de “kg” pode ser definida a partir do menu F1.2.1 (Figura
3-28), enquanto o menu F1.6 pode ser usado para definir a unidade secundária como “g” (Figura
3-29). Pressione a chave Troca de Unidade (por padrão, F2 – Figura 3-31) para trocar entre
1.500 kg (Figura 3-30) e 1500 g (Figura 3-32).
Figura 3-28 Tela de Definição de Unidades Primárias
Figura 3-29 Tela de Definição de Unidades Secundárias
3-18
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
Figura 3-30 Display Mostrando Unidades Primárias
Figura 3-31 Troca de Unidade pela Tecla F2
Figura 3-32 Display Mostrando Unidades Secundárias
3.4.7.
F1.7 Filtro
3.4.7.1.
F1.7.1 Filtrar
O terminal IND231/IND236 terminal tem um filtro de vibração que pode ser definido para várias
condições. Quanto mais pesado o filtro, mais lenta será a acomodação do display.
As opções de filtro são:
Baixo, Médio [padrão], Alto
Figura 3-33 Tela de Menu de Filtragem e Telas de Definição
3.4.7.2.
F1.7.2 Faixa de Movimento
O valor da Faixa de Movimento é definido com base no tamanho da divisão. Quando a faixa
de pesagem estiver dentro da faixa de movimento configurada, o terminal trata a balança
como estável.
As opções de Faixa de Movimento são:
0,5d [padrão], 1d, 3d.
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário
3-19
Configuração
Figura 3-34 Tela de Definição de Faixa de Movimento
3.4.8.
F1.10 Redefinição de Bloco de Balança
Para iniciar uma redefinição do ramo Balança, acesse o menu F1.10.
Figura 3-35 Tela de Menu de Redefinição do Bloco da Balança
Uma mensagem perguntará “Tem certeza?”
Figura 3-36 Aviso de Confirmação de Redefinição de Bloco de Balança
Pressione
ou
para redefinir o bloco da balança. Pressione
processo de redefinição.

3-20
ou
para abortar o
A redefinição da balança NÃO inclui a redefinição dos parâmetros metrológicos significativos –
tipo de balança, aprovação, unidades de peso, capacidade, incremento ou dados de
calibração. Esses dados são redefinidos apenas executando uma Redefinição Mestre (consulte
a página 3-42).
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
3.5.
F2 Aplicação
A Figura 3-37 mostra uma vista detalhada dos parâmetros disponíveis no ramo Manutenção do
menu de configuração. Cada um desses parâmetros de configuração é descrito nesta seção.
Figura 3-37 Estrutura de Menus de Aplicações
3.5.1.
F2.1 Operação
3.5.1.1.
F2.1.1, F2.1.2 Configuração de Teclas de Função
Cada uma das duas teclas de função no painel frontal do terminal
e
pode ser atribuída
para executar uma operação específica como a troca de unidade ou ativação de uma das
aplicações. Atribuições disponíveis são mostradas na Figura 3-38 e na Tabela 3-3.
Figura 3-38 Atribuições de Teclas de Função
Apenas uma aplicação pode ser selecionada para ativação por uma tecla de função. Se uma
aplicação for atribuída a cada tecla (por exemplo, F1 = Contagem, F2 = Pesagem de
Animais), apenas a primeira aplicação ativada funcionará. Se F1 for pressionada, o terminal
entrará no modo Contagem; pressionar F2 não ativará a Pesagem de Animais. Em vez disso,
um aviso de advertência será exibido (Figura 3-39). Saia da aplicação ativa antes de
pressionar F2 para ativar outra aplicação.
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário
3-21
Configuração
Figura 3-39 Mensagem de Advertência de Segunda Aplicação
As teclas de função também podem ser configuradas a partir da tela inicial. Pressione
continuamente a tecla de função a ser configurada para acessar a tela configurada (Figura
3-40, Figura 3-41).
3.5.1.2.
Atribuição
As opções para a atribuição das teclas de função são descritas na Tabela 3-3.
Tabela 3-3: Funções
Símbolo
Função
Símbolo
Função
Expanda a resolução do display de
peso em um dígito
Acúmulo
Troca de unidade
Data e Hora
Como verificar o peso
Ajuste de fundo de luz
Alvo armazenado de chamada
Zero
Contagem
Tara
Pesagem de animais
Para detalhes na instalação, configuração e operação de cada uma das aplicações, consulte o
Capítulo 2, Operação.
3.5.1.3.
F2.1.1 Tecla de Função 1
Acesse o menu F2.1.1. Use as teclas para cima
e para baixo
para selecionar a função
exigida das opções mostradas na Tabela 3-3. O foco será alterado para indicar a função
selecionada, como mostrado na Figura 3-40, onde Expandir um dígito estiver selecionada.
Pressione
para confirmar a seleção.
Figura 3-40 Configurar a Tecla de Função 1
3.5.1.4.
F2.1.2 Tecla de Função 2
Acesse o menu F2.1.1 e use as teclas de seta para cima
e para baixo
para selecionar a
função desejada. O foco será alterado para indicar a função selecionada, como mostrado na
Figura 3-41, onde a Pesagem de Animais está selecionada. Pressione
para confirmar a
seleção.
3-22
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
Figura 3-41 Configurar a Tecla de Função 2
3.5.2.
F2.2 Banco de Dados de Excesso ou Falta
Até dez valores de alvos e tolerâncias podem ser armazenados para verificação de peso de
excesso/falta. A estrutura de menu exibe registros existentes (Figura 3-43) em ordem numérica e
depois exibe as telas usadas para criar um novo conjunto de valores (Figura 3-44, etc.).
A Figura 3-42 fornece um resumo gráfico de procedimentos de gerenciamento de registros no
terminal IND231/IND236.
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário
3-23
Configuração
Figura 3-42 Selecionar, Visualizar e Criar Registros
3.5.2.1.
Visualizar Registros
Quando F2.2 for acessado, se existir um registro a sua etiqueta é exibida. Se não existir registros,
a tela Criar é exibida. A sequência de exibição é a seguinte:
Registro 1 (se já estiver definida)
Registro 2 (se já estiver definida)
……
Registro n (Último registro existente)
3-24
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
Criar registro
-
Índice remissivo: número de registro
-
Alvo
-
Tol -
-
Tol +
-
Tara
Figura 3-43 Número de Índice de Registro de Exibição de Tela
Quanto todos os registros existentes tiverem sido exibidos, a tela Criar (Figura 3-44) é exibida, e
depois dela uma série de telas para definição de parâmetros.
Figura 3-44 Tela Criar Registro
3.5.2.2.
Criar um Registro
Para criar um número x do novo registro (onde x é um valor de 1 a 10):
1. Com a tela Criar (Figura 3-44) sendo exibida, pressione
.
2. rEC no. aparece brevemente e, em seguida, a tela de edição de número de registro (Figura
3-45). O terminal pode salvar até dez registros. Por padrão, o sistema oferece o próximo
número disponível.
Figura 3-45 Telas Etiqueta de Número de Registro e Definição de Número de Registro
3. Aceite o número proposto pressionando
ou use as teclas de direção para ajudar o
número. Se um número existente for selecionado, uma mensagem de confirmação de
Sobrescrita (Figura 3-46) é exibida.
Figura 3-46 Tela Confirmação de Sobrescrita de Registro
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário
3-25
Configuração
Pressione
para confirmar a ação ou
para retornar à tela Criar.
4. Quando o número de registro for confirmado pressionando
, a tela alvo será exibida
brevemente, de depois a tela de edição de alvo será exibida (Figura 3-47).
Figura 3-47 Telas de Etiqueta de Alvo e Definição
Use as teclas de direção para selecionar e ajustar os números (consulte Definir Números na
página 3-4). Depois que o valor correto for exibido, pressione
para ir para a próxima
etapa.
5. Em seguida, a tela de tolerância negativa (Tol -) é exibida, seguida pela tela de edição de
tolerância negativa (Figura 3-48).
Figura 3-48 Telas de Etiqueta de Tolerância Negativa e Definição
Use as teclas de direção para ajustar o número. Depois que o valor correto for exibido,
pressione
para ir para a próxima etapa.
O valor alvo também pode ser definido acrescendo-se peso à balança.
6. A tolerância positiva (Tol +) é editada na próxima tela (Figura 3-49). Depois que o valor for
definido, pressione
para ir para a próxima etapa.
Figura 3-49 Telas de Etiqueta de Tolerância Positiva e Definição
7. Finalmente, um valor de tara pode ser definido para o registro (Figura 3-50). Pressione
para confirmar o registro e sair da função de edição de registro.
Figura 3-50 Telas de Etiqueta de Tolerância Positiva e Definição
Quando o registro for salvo no banco de dados, “Registro x” (o registro recém-criado) aparecerá
como o item ativo no submenu F 2.2. Pressione
para exibir os detalhes da sua configuração.
3-26
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
3.5.2.3.
Substituir Registros Existentes
Para substituir um registro, acesse a tela “Criar” e edite a tela Número de Registro para mostrar o
número de registros existentes a serem sobrescritos. Pressione
. Uma mensagem de
confirmação de sobrescrita (Figura 3-46) será exibida. Pressione
para confirmar a ação ou
para retornar à tela Criar.
3.5.2.4.
Excluir Registros Existentes
Para excluir um registro, acesse F2.2 e use as teclas PARA CIMA
ou PARA BAIXO
para
exibir o Número de Registro do registro a ser excluído. Como a etiqueta do registro exibida,
pressione
. Uma mensagem de confirmação (Figura 3-51) será exibida.
Figura 3-51 Tela Confirmação de Exclusão de Registro
Pressione
para preservar o registro e retornar à tela de display do Número de Registro ou
para confirmar sua exclusão. Se existir um registro de numeração superior, o próximo
número de registro será exibido. Se o registro excluído era o maior número de registro ou se não
existir nenhum outro registro, a tela Criar é exibida.
3.5.3.
F2.3 Contagem
3.5.3.1.
F2.3.1 Aprimoramentos de APW
O terminal IND231/IND236 pode ser configurado para aprimorar o valor do Peso Médio por Peça
(APW) continuamente durante a operação. As definições são:
on, oFF [padrão]
Quando o aprimoramento de peso médio por peça estiver definido para Ligado, o terminal de
pesagem automaticamente determina novamente o peso por peça quando o número de peças de
referência é aumentado.
3.5.4.
F2.4 Pesagem de Animais
3.5.4.1.
F2.4.1 Início Automático
A aplicação de Pesagem de Animais pode ser configurada para iniciar automaticamente quando o
peso é colocado na plataforma. As definições são:
on [padrão], oFF
Quando Início Automático está ativo, se o peso na plataforma for maior do que 9d, a função de
pesagem de animais será executada automaticamente. O peso médio final será mostrado no
display com o símbolo de estrela “*”.
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário
3-27
Configuração
Figura 3-52 Display de Pesagem de Animais, Peso Médio Final
Quando o peso for removido da plataforma, ele retornará para zero e o símbolo de estrela “*”
desaparecerá.
Figura 3-53 Pesagem de Animais, Peso da Balança Retornou a Zero
3.5.5.
F2.5 E/S Digital
As funções podem ser atribuídas às entradas digitais e os status às saídas digitais. Quando o
status estiver ativo (verdadeiro), a saída é definida para ativa.
3.5.5.1.
F2.5.1 Entrada
A entrada digital pode ser usada para monitorar as ações da tecla de função, como indicado na
Tabela 3-4. As definições padrão são exibidas em negrito.
Tabela 3-4: Atribuições de Entrada E/S Digital
3.5.5.2.
Endereço de
menu
Função
Atribuições
F2.5.1.1
Entrada 1
Desativado, Zero, Tara, Imprimir, Troca de
unidade, Limpar, Apagar
F2.5.1.2
Entrada 2
Desativado, Zero, Tara, Imprimir, Troca de
unidade, Limpar, Apagar
F2.5.2 Saída
A Tabela 3-5 lista atribuições de saída digital. Os status de cada atribuição são mostrados na
Tabela 3-6. Os valores padrão são mostrados em negrito.
Tabela 3-5: Atribuições de Saída E/S Digital
Endereço de
menu
3-28
Função
F2.5.2.x
Saída x
[x = 1 - 4]
[x = 1 - 4]
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
Atribuições
Desligar, Acima da tolerância, Abaixo da
tolerância, T OK, Líquido, Movimento,
Sobrecarga, Abaixo da carga, Centro de
zero
30094018 | 02 | 04/2014
Tabela 3-6: Status de Saída E/S Digital
Status
Desligado
Nenhum status atribuído, sempre inativo
Acima da
tolerância
Ativo quando o peso está acima de TOL+
Abaixo da
tolerância
Ativo quando o peso for inferior a TOL- e superior a 5% do
TOL-
Tolerância OK
Líquido
3.5.6.
Explicação
Ativo quando o peso está dentro da tolerância
Ativo quando está no modo de peso líquido
Movimento
Ativo quando o símbolo de movimento aparece
Carga
excedente
Ativo quando o peso é excedente
Falta de carga
Ativo quando o peso é inferior ao mínimo.
Centro de zero
Ativo quando
é mostrado.
Redefinição de Bloco de Aplicações F2.10
Para iniciar uma redefinição do ramo Aplicação, acesse o menu F2.10.
Figura 3-54 Tela de Menu de Redefinição do Bloco de Aplicações
Uma mensagem perguntará “Tem certeza?”
Figura 3-55 Aviso de Confirmação de Redefinição de Bloco de Aplicações
Pressione
ou
para redefinir o bloco da balança. Pressione
processo de redefinição.
30094018 | 02 | 04/2014
ou
para abortar o
IND231/IND236 Guia do usuário
3-29
3.6.
F3 Terminal
Configuração
A Figura 3-56 mostra uma vista detalhada dos parâmetros disponíveis no ramo Terminal do menu
de configuração. Cada um desses parâmetros de configuração é descrito nesta seção.
Figura 3-56 Estrutura de Menu Terminal
3.6.1.
F3.1 Número Serial
3.6.1.1.
F3.1.1 Número Serial
Esta tela exibe o número serial de dez dígitos do terminal. Este número pode ser visualizado, mas
não editado.
3.6.1.2.
F3.1.2 Versão do Firmware
Esta tela exibe o número de versão do firmware instalado atualmente.
3.6.2.
F3.2 Display
Use a tela de configuração Display para definir os timeouts de protetor de tela e de backlight e o
brilho do display.
3.6.2.1.
F3.2.1 Timeout de Protetor de Tela e Backlight
Este parâmetro seleciona o período de tempo que a backlight permanecerá ativo quando a balança
estiver no centro de zero, nenhum movimento de balança for detectado e não haja atividade de
teclado. Depois do tempo estabelecido, o protetor de tela substitui a vista na tela do display e a
backlight é novamente desligada. Se o movimento for detectado ou qualquer tecla for pressionada,
o protetor de tela fecha e a backlight acende.
3-30
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
Uma tecla usada para sair do modo de proteção de tela é ignorada para todos os outros
objetivos.
As opções de timeout disponíveis são:
0, 5, 10, 15, 30, 60 [padrão], 120, 300, 600 segundos
Quando 0 for selecionado, o display não entrará em timeout e a backlight permanecerá ligada até
a energia ser removida do terminal. Quando qualquer outro valor for selecionado, a backlight será
desligada após o intervalo especificado e a hora será exibida.
3.6.2.2.
F3.2.2 Brilho
Este parâmetro acessa uma tela onde o brilho do display pode ser ajustado. Use as teclas
para cima ou
para baixo para selecionar a definição apropriada para o ambiente do terminal.
As opções disponíveis são:
Desligado
Desligue a backlight.
Mínimo:
Brilho baixo (modo de economia de energia da bateria)
Máximo:
Alto brilho
Figura 3-57 Definições de backlight
Pressione
para sair da tela de ajuste e retorne ao menu F3.2.2. Pressione
confirmar a definição de brilho selecionada e retorne ao menu F3.2.3.
3.6.2.3.
ou
para
F3.2.3 Desligamento Automático
Este parâmetro ajuda a preservar a energia da bateria selecionando o período de tempo que o
terminal permanecerá ativo quando a balança estiver no centro de zero, nenhum movimento de
balança for detectado e não houver atividade de teclado.
As opções são:
0 [padrão, versão CA], 1, 5 [padrão, versão de bateria], 15, 30, 60 minutos
Se 0 minuto for selecionado, o terminal nunca desligará.
3.6.2.4.
F3.2.4 Manter o Peso
Este parâmetro determina o tempo que o peso é exibido na tela com um símbolo de estrela após
uma operação de impressão.
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário
3-31
As opções são:
Configuração
0 [padrão], 1, 2…9 segundos
3.6.3.
F3.3 Data e Hora
Selecione a hora, os minutos, dia, mês e ano na tela de configuração. O terminal ajusta
automaticamente a data de um ano bissexto e um backup de bateria mantém as definições de
hora e a data no caso de falta de energia.
Para ajustes de horário de verão, a hora deve ser alterada manualmente.
3.6.3.1.
F3.3.1 Formato de Data
As opções para o formato de data são:
MM/DD/AAAA, DD/MM/AAAA, AAAA/MM/DD [padrão]
3.6.3.2.
F3.3.2 Definir Data
3.6.3.2.1.
Dia, Mês e Ano
Quando F3.3.2 for acessado primeiro, a tela mostrada na Figura 3-58 é exibida brevemente e
depois a data foi definida atualmente. Use as teclas de função para ajustar Dia, Mês e Ano. No
exemplo abaixo, o formato de data é AA-MM-DD.
Figura 3-58 Tela de Ajuste de Data
Pressione
para salvar alterações e sair da tela de ajuste ou
salvar as alterações.
3.6.3.3.
para sair da tela sem
F3.3.3 Formato de Hora
As opções para o formato de hora são:
12, 24 [padrão]
3.6.3.4.
F3.3.4 Definir Hora
3.6.3.4.1.
Hora e Minutos
Use as teclas de direção para ajustar Hora e minutos na Figura 3-51. O formato de hora é:
24:MM:SS
Quando a tela mostrada na Figura 3-59 é exibida, use as teclas de direção para ajustar Horas e
Minutos. No exemplo abaixo, o formato de hora é HH:MM:SS.
3-32
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
Figura 3-59 Tela de Ajuste de Hora
Pressione
para salvar alterações e sair da tela de ajuste ou
salvar as alterações.
3.6.4.
para sair da tela sem
F3.10 Redefinição de Bloco Terminal
Para iniciar uma redefinição do ramo Terminal, acesse o menu F3.10.
Figura 3-60 Tela de Menu de Redefinição do Bloco do Terminal
Uma mensagem perguntará “Tem certeza?”
Figura 3-61 Aviso de Confirmação de Redefinição de Bloco de Terminal
Pressione
ou
para redefinir o bloco da balança. Pressione
processo de redefinição.
30094018 | 02 | 04/2014
ou
para abortar o
IND231/IND236 Guia do usuário
3-33
3.7.
F4 Comunicação
Configuração
A Figura 3-62 mostra uma vista detalhada dos parâmetros disponíveis no ramo Comunicação do
menu de configuração. Cada um desses parâmetros de configuração é descrito nesta seção.
Figura 3-62 Estrutura do Menu de Comunicação
3.7.1.
F4.1 COM1
3.7.1.1.
F4.1.1 Modo de Conexão
As telas de configuração de modo de conexão são usadas para atribuir uma função a uma porta
física no terminal. As portas opcionais estão disponíveis apenas se a placa de opção apropriada
tiver sido instalada.
As páginas de configuração estão disponíveis para as portas COM1, COM2, USB e Digital E/S do
terminal IND231/IND236. A Tabela 3-7 mostra o modo de conexão disponível, que determina o
tipo de comunicação que ocorrerá através da porta. Se nenhum modo for atribuído à porta,
nenhuma comunicação de dados ocorrerá usando essa porta. Os detalhes específicos desses
modos podem ser encontrados no Anexo C, Comunicações.
3-34
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
Tabela 3-7: Modos de Conexão
Modo
Descrição
Imprimir [padrão]
Impressão automática
Valores estáveis de peso são
impressos automaticamente.
SICS
Comunicação via METTLER
TOLEDO Standard Interface
Command Set
Toledo Continuous
3.7.1.2.
F4.1.2 Formato
As opções de formato para a conexão COM2 são detalhes na Tabela 3-8.
Tabela 3-8: Atribuições de Formato COM1
Porta
COM1=
RS-232
Atribuição se o modo de conexão for Imprimir ou Impressão automática
F4.1.2.1
Formato de linha
Linhas múltiplas, Linha
única
Figura 3-63
F4.1.2.2
Idioma de impressão
Inglês, Chinês
Figura 3-64
F4.1.2.3
Adicionar alimentação de linha 0,1,2,3,4,5,6,7,8,9
Atribuição se o modo de conexão for Impressão Automática
F4.1.2.4
Limiar de impressão
automático
0 - capacidade total
F4.1.2.5
Redefinir limiar de impressão
automático
0 - capacidade total
Figura 3-63 Opções de Formato de Linha
Figura 3-64: Opções de Idioma
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário
3-35
3.7.1.3.
F4.1.3 Parâmetros de Porta
3.7.1.3.1.
F4.1.3.1 Taxa Baud
Configuração
As opções de taxa baud para a porta serial são:
1200, 2400, 4800, 9600 [padrão], 19200, 38400, 57600, 115200
Figura 3-65 Tela de Taxa Baud
3.7.1.3.2.
F4.1.3.2 Bits de Dados / Paridade
Opções de bits de dados e paridade são:
7 – ímpar 7 bits, paridade ímpar, 7 – par 7 bits, paridade par, 8 – nenhum 8 bits, sem
paridade [padrão]
Figura 3-66 Tela Bits de dados/paridade
3.7.1.3.3.
F4.1.3.3 Controle de Fluxo
As opções de controle de fluxo são:
Ativado – Controle de fluxo XON-XOFF ativado (handshaking de software), Desligado –
Controle de fluxo desativado [padrão]
3.7.1.4.
F4.1.4 Dígito de Verificação
O parâmetro de Dígito de Verificação só está disponível quando F4.1.1 for definido para Toledo
Contínuo. As opções de dígito de verificação são:
Ligado, Desligado [padrão]
3.7.1.5.
F4.1.10 Redefinição de Comunicação
Para iniciar uma redefinição do ramo Terminal, acesse o menu F3.10.
3-36
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
Figura 3-67 Tela de Menu de Redefinição de Comunicação COM1
Uma mensagem perguntará “Tem certeza?”
Figura 3-68 Aviso de Confirmação de Redefinição de Comunicação COM1
Pressione
ou
para redefinir o bloco da balança. Pressione
processo de redefinição.
3.7.2.
ou
para abortar o
F4.2 COM 2
As portas COM2 são mostradas apenas se a placa de opções correspondente tiver sido instalada.
Se a COM2 for a opção RS232 ou USB, o menu de comunicação é o mesmo para a COM1,
descrito na seção F4.1 COM1.
Se COM2 for a opção RS422/485, F4.2.3.5 é usado para definir o endereço de rede.
3.7.2.1.
F4.2.1 Modo de Conexão
As opções para o modo de conexão COM2 são as mesmas mostradas na Tabela 3-7:
Imprimir [default], Impressão Automática, SICS, Toledo Continuous
Para informações sobre essas definições, consulte o F4.1.1 Modo conexão acima.
3.7.2.2.
F4.2.2 Formato
As opções de formato para a conexão COM2 são detalhadas na Tabela 3-9 e Tabela 3-10.
Tabela 3-9: Atribuições de Formato COM2 RS-232/USB
Porta
Atribuição se o modo de conexão for Imprimir ou Impressão automática
F4.2.2.1
Formato de linha
Linhas múltiplas, Linha
única
Figura 3-63
F4.2.2.2
Idioma de impressão
Inglês, Chinês
Figura 3-64
Adicionar alimentação de
linha
0,1,2,3,4,5,6,7,8,9
COM1= RS232 ou F4.2.2.3
USB
Atribuição se o modo de conexão for Impressão Automática
F4.2.2.4
30094018 | 02 | 04/2014
Limiar automático de
impressão
0 - capacidade total
IND231/IND236 Guia do usuário
3-37
Porta
Atribuição se o modo de conexão for Imprimir ou Impressão automática
Limiar automático de
impressão redefinido
Configuração
F4.2.2.5
0 - capacidade total
Tabela 3-10: Atribuições de Formato COM2 RS-422/RS-485
Porta
3.7.2.3.
Atribuição se o modo de conexão for Imprimir ou Impressão automática
F4.2.2.1
Formato de linha
Linhas múltiplas, Linha
única
Figura 3-63
F4.2.2.2
Idioma de impressão
Inglês, Chinês
Figura 3-64
COM1= RS- F4.2.2.3
422, RS485
Adicionar alimentação de linha 0,1,2,3,4,5,6,7,8,9
F4.2.2.4
Limiar automático de
impressão
0 - capacidade total
F4.2.2.5
Limiar automático de
impressão redefinido
0 - capacidade total
Atribuição se o modo de conexão for Impressão Automática
F4.2.3 Parâmetros de Porta
Para F4.2.3.1, F4.2.3.2 e F4.2.3.3, consulte as definições descritas em F4.1.3 Parâmetros de
Porta, acima.
Se COM2 for a opção RS422/485, F4.2.3.5 é usado para definir o endereço de rede.
3.7.2.3.1.
F4.2.3.4 Tipo RS (disponível apenas em COM2)
A F4.2.3.4 define o tipo de placa de opção usada por COM2. As opções são:
RS-232[padrão], RS422, RS485
3.7.2.3.2.
F4.2.3.5 Endereço de Rede (disponível apenas para RS4xx)
As opções de endereço disponíveis são:
Desligar [padrão], 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9
Exceto quando ele está no modo SICS, a comunicação RS-422/485 funciona da mesma forma
que o RS-232. Quando um endereço de rede for ativado no modo SICS, o terminal pode aceitar
apenas um comando que inclui o endereço de rede correto, como mostrado na Tabela 3-11 e no
exemplo abaixo.
Para mais informações sobre a comunicação SICS, consulte o Anexo C, Comunicações.
Tabela 3-11: Comando de Endereço de Rede, Modo SICS
ESC (Cabeçalho)
Endereço
Comando
Enviar:
ESC
9
SI
Receber:
ESC
9
SS
0,00 kg
Por exemplo, quando um endereço de rede de RS422/485 for 9, o comando deve ser:
3-38
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
S: ESC9SI
R: ESC9S S
3.7.2.4.
0,00 kg
F4.2.4 Dígito de Verificação
Quando F4.2.1, Modo de Conexão, é definido para Toledo Continuous, um dígito de verificação
pode ser ativado. As definições são:
Ligado – Controle de dígito de verificação ativado, Desligado – Dígito de verificação
[padrão]
3.8.
F5 Manutenção
A Figura 3-69 mostra uma vista detalhada dos parâmetros disponíveis no ramo Manutenção do
menu de configuração. Cada um desses parâmetros de configuração é descrito nesta seção.
Figura 3-69 Estrutura de Menu de Manutenção
3.8.1.
F5.1 Valor de Calibração
As teclas de Valores de Calibração exibem os valores de calibração atuais da balança. O número
de telas exibindo os valores de calibração da carga de teste (F5.1.1 a F5.1.5) é determinado pela
definição de Ajuste de Linearidade configurada para a balança – consulte a F1.3 Início de
Calibração na página 3-11.
Esses valores de calibração podem ser impressos (consulte F5.8 Configuração de Impressão, na
página 3-42) ou gravado, em seguida, inserido manualmente na nova placa de substituição caso
ocorra um erro, o que elimina ter que calibrar a balança com pesos de teste. Embora este método
seja rápido, não é tão preciso quando colocar pesos de teste colocados na balança.
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário
3-39
Configuração
Use as teclas de direção para selecionar um valor de calibração a ser modificado. Pressione
para retornar ao menu.
Se o terminal não for válido para uso comercial (consulte a F1.1.2 Aprovação na página 3-8),
a F5.1 está oculta.
3.8.1.1.
F5.1.1 Contagem de Zero
Exibe o valor de contagem bruta do ponto zero definido na calibração mais recente.
3.8.1.2.
F5.1.2 Peso de Carga 1 (meia capacidade)
Se a calibração de linearidade tiver sido executada, ela exibe o valor de peso de capacidade de
meia capacidade.
3.8.1.3.
F5.1.3 Contagem de Carga 1 (meia capacidade)
Se a calibração de linearidade tiver sido executada, ela exibe o valor de contagem bruta de meia
capacidade.
3.8.1.4.
F5.1.4 Peso de Carga 2 (capacidade total)
Exibe o valor de peso de capacidade total definido na calibração mais recente.
3.8.1.5.
F5.1.5 Contagem de Carga 2 (capacidade total)
Exibe o valor de contagem bruta de capacidade total definido na calibração mais recente.
3.8.2.
F5.2 Estatísticas
Este instrumento de pesagem apresenta várias funções de controle para monitorar a condição do
dispositivo. Um técnico de serviço da METTLER TOLEDO pode definir e ativar essas funções. Isso
ajuda o usuário e o técnico de serviço da METTLER TOLEDO a determinar como o dispositivo é
tratado e que medidas são necessárias para mantê-lo em boas condições de funcionamento.
Todas as estatísticas referem-se ao período desde que a última redefinição mestre. Consulte a
página 3-42.
3.8.2.1.
F5.2.1 Número de Pesagens
Exibe o número de sequências da operação de pesagem mais recente.
3.8.2.2.
F5.2.2 Número de Sobrecargas
Exibe o número de sobrecargas gravadas no terminal.
3.8.2.3.
F5.2.3 Valor de Peso de Pico
Exibe o peso gravado mais elevado de todas as pesagens.
3.8.2.4.
F5.2.4 Número de Comandos Zero
Exibe o número de vezes em que um comando zero foi emitido.
3-40
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
3.8.2.5.
F5.2.5 Número de Falhas de Comandos Zero
Mostra o número de falhas de operação zero.
3.8.2.6.
F5.2.6 Número de Ciclos de Carga
Mostra o número de vezes que a bateria foi carregada.
3.8.3.
F5.3 Teste de Teclado
A tela Teste de Teclado permite que as teclas do terminal sejam testadas, incluindo as teclas de
função de balança e tecla de impressão.
Pressione qualquer das teclas mostradas na Tabela 3-12, e a tela exibirá o gráfico
correspondente. Quando o teste for concluído, pressione a tecla
para retornar ao menu.
Tabela 3-12: Displays do Teste de Teclado
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário
3-41
3.8.4.
F5.4 Teste de Display
Configuração
Quando a F5.4 for acessada, a tela Teste de Display exibe todos os segmentos de LCD. Essa tela
continuará a ser exibida até que a tecla
seja pressionada para retornar ao menu.
Figura 3-70 Teste de Display, Todos os Segmentos LCD Exibidos
3.8.5.
F5.5 Teste da Serial
3.8.5.1.
F5.5.1 Teste COM1
O teste COM1 permite que o conector COM1 na placa principal seja testado. Faça o curto-circuito
de (jumper) COM1 Pino TxD e Pino RxD.
O terminal exibirá uma tela como a exibida na Figura 3-71, com os dados transmitidos mostrados
à esquerda e os recebidos à direita. Se há correspondência de dados transmitidos e recebidos, o
circuito de COM1 está correto. Se eles não corresponderem, o circuito está com problemas.
Figura 3-71 Tela de Teste da Serial da COM1
Pressione a tecla
3.8.6.
para finalizar o teste.
F5.6 Teste E/S Discreta
Essa função testa o status de entradas e saídas no conector E/S discreta. O terminal pode exibir o
status de entrada x (onde x é entrada 1 ou entrada 2) Saídas 1 a 4 podem ser testados
selecionando Ligar ou Desligar da tela F5.6.x (onde x 1, 2, 3 ou 4).
A F5.6 está visível na estrutura de menu apenas se COM2 for a placa E/S discreta opcional.
3.8.6.1.
F5.6.1, F5.6.2 Entrada 1 Teste e Entrada 2 Teste
Essas telas exibem o status de teste de entradas 1 e 2, respectivamente. Entradas são mostradas
ligadas ou desligadas.
3-42
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
3.8.6.2.
F5.6.3, F5.6.4, F5.6.5, F5.6.6 Saídas de Teste
ADVERTÊNCIA!
AS SAÍDAS DISCRETAS DO TERMINAL SERÃO ATIVADAS MANUALMENTE DURANTE ESTE TESTE.
REMOVA A ENERGIA DE CONTROLE DE SAÍDA PARA QUE O EQUIPAMENTO EXTERNO NÃO SEJA
ENERGIZADO POR ERRO. TENHA CUIDADO AO MARCAR VERIFICAÇÕES, TESTES E AJUSTES QUE
PRECISEM SER EFETUADOS COM O APARELHO LIGADO. SE ESTA PRECAUÇÃO NÃO FOR
SEGUIDA, PODEM OCORRER LESÕES CORPORAIS E / OU DANOS MATERIAIS.
Essas telas exibem o status de teste das saídas 1, 2, 3 e 4, respectivamente. Saídas são
mostradas ligadas ou desligadas.
3.8.7.
F5.7 Contagens Brutas
A tela F5.7 exibe o valor de contagem bruto atual do terminal.
3.8.8.
F5.8 Impressão de Configuração
Quando F5.8 é acessado, uma lista de todos os parâmetros de configuração visíveis e valores de
calibração são impressos. Se o terminal for aprovado, os blocos de configuração ocultos não
serão impressos. Embora os dados estejam sendo enviados, a mensagem “Imprimir” é exibida.
Figura 3-72 Mensagem de Impressão de Configuração do Terminal
3.8.9.
F5.10 Redefinir Tudo para Definições Padrão de Fábrica
As definições padrão de fábrica podem ser restauradas individualmente para ramos como balança,
aplicação, terminal e comunicação, em geral, do último ramo das respectivas estruturas de menu.
Com exceção das definições metrologicamente significantes como Tipo de Balança e Capacidade,
todos os parâmetros podem ser restaurados para seus padrões de fábrica usando a tela Redefinir
Tudo no ramo Manutenção.
Para iniciar a redefinição, acesse a tela F5.10 e pressione
ou
.
Figura 3-73 Tela de Menu Redefinir Tudo
Uma mensagem perguntará “Tem certeza?”
Pressione
30094018 | 02 | 04/2014
ou
para abortar o processo de redefinição e retorne à árvore de menus.
IND231/IND236 Guia do usuário
3-43
Configuração
3-44
Figura 3-74 Aviso de Confirmação de Redefinição Global
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
4
Serviço e Manutenção
Este capítulo cobre
•
•
•
•
•
Limpeza e Manutenção
Serviço
Força de Bateria
Solução de Problemas
Conexão ao InSite™
4.1.
O terminal IND231/IND236 foi projetado para proporcionar anos de operação confiável.
No entanto, a METTLER TOLEDO recomenda que – como em qualquer equipamento de
medição industrial – o terminal e o sistema de balança conectados passem por uma
manutenção periódica. Uma manutenção e calibração oportunas e especificadas em
fábrica por um técnico de serviços autorizado da METTLER TOLEDO garantirá e
documentará um desempenho preciso e confiável de acordo com as especificações.
Limpeza e Manutenção
Limpe o teclado e a tampa do terminal com um pano limpo e macio que tenha sido umedecido
com um limpador suave de vidro. Não use nenhum tipo de solvente industrial como tolueno ou
isopropanol (IPA) que possa danificar o acabamento do terminal. Não borrife diretamente no
terminal.
Inspeções e calibração regulares de manutenção por um técnico de serviços qualificado são
recomendadas. O terminal IND231/IND236 é um instrumento resistente; no entanto, o painel
frontal é uma cobertura relativamente fina sobre as chaves eletrônicas sensíveis e um display
iluminado. É preciso ter cuidado para evitar perfurações nesta superfície ou quaisquer vibrações ou
choques no instrumento. Se o painel frontal for perfurado, certifique-se de que sejam tomadas
providências para evitar que poeira e umidade entrem no dispositivo até ele poder ser consertado.
4.2.
Serviço
Apenas pessoal qualificado deve executar serviços de instalação, programação e manutenção.
Entre em contato com um representante autorizado local da METTLER TOLEDO para solicitar
assistência.
A METTLER TOLEDO recomenda uma manutenção preventiva periódica do terminal e do sistema de
balança para assegurar a confiabilidade e maximizar a duração do serviço de manutenção. Todos
os sistemas de medição devem ser calibrados e certificados periodicamente conforme exigido para
atender aos requisitos de produção, indústria e regulamentações. Podemos ajudá-lo a manter o
tempo de operação, a conformidade e a documentação de sistema de qualidade com serviços de
calibração e manutenção periódicas. Entre em contato com sua organização de serviços locais
autorizados da METTLER TOLEDO para discutir os requisitos.
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
4-1
Serviço e Manutenção
ADVERTÊNCIA!
PERMITA QUE APENAS PESSOAL QUALIFICADO REALIZE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO DO
TERMINAL. TENHA CUIDADO AO MARCAR VERIFICAÇÕES, TESTES E AJUSTES QUE PRECISEM SER
EFETUADOS COM O APARELHO LIGADO. SE ESTA PRECAUÇÃO NÃO FOR SEGUIDA, PODEM
OCORRER LESÕES CORPORAIS E / OU DANOS MATERIAIS.
4.3.
Operação de Bateria
Como a Tabela 4-1 mostra, dois tipos de configuração de bateria podem ser escolhidos para
alimentar o terminal.
Tabela 4-1: Opção de Bateria
Bateria
4.3.1.
IND231
IND236
6 baterias de tamanho"AA"
SIM
NÃO
Bateria recarregável NiMH
SIM
SIM
Uso de Bateria
O tempo que o IND231/IND236 operará com uma bateria totalmente carregada depende do
número de células de carga conectadas e do uso da backlight. Alimentar as múltiplas células de
carga e usar a backlight continuamente reduzirá consideravelmente o tempo operacional da
bateria. As baterias de tamanho AA e o pacote de baterias NiMH têm tempos de operação
semelhantes.
A tabela 4-2 lista o tempo de operação médio esperado fornecido por uma nova bateria
IND231/IND236, baseada no uso da backlight e no número de células de carga. À medida que o
pacote de baterias é usado, sua capacidade de armazenar energia diminui e, consequentemente,
seu o tempo de operação é reduzido.
Tabela 4-2: Durabilidade de Bateria Esperada
Carga Operacional Contínua
4.3.2.
Backlight ligada
Backlight desligada
Célula única de 350 Ω, sem opções
80 horas
120 horas
Quatro células de 350 Ω, sem opções
39 horas
46 horas
Célula única de 350 Ω, opção COM2
47 horas
58 horas
Quatro células de 350 Ω, opção COM2
29 horas
33 horas
Descarte de Bateria
As baterias alcalinas não podem ser recarregadas; portanto, quando as baterias atingem o ponto
em que não conseguem mais alimentar o terminal IND231, todas as seis baterias devem ser
substituídas.
Como resultado do uso normal durante um período de tempo, a energia disponível no pacote de
baterias 30044650 NiMH será reduzida e ela perderá sua capacidade de alimentar o terminal
4-2
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 por um período estendido. Quando isso ocorre, o pacote de baterias deve ser
substituído e o pacote de baterias original deve ser descartado adequadamente.
ATENÇÃO
DESCARTE IMEDIATAMENTE A BATERIA GASTA. MANTENHA-A LONGE DAS CRIANÇAS. NÃO
DESMONTE E NÃO DESCARTE EM FOGO.
Siga a legislação e as normas locais sobre descarte de pacotes de baterias NiMH.
4.3.3.
Ícone de Status da Bateria
O terminal IND231/IND236 fornece um ícone de status de bateria no canto inferior direito do
display para indicar a quantidade de energia restante na bateria . A Tabela 4-3 mostra os ícones
de energia cheia e energia fraca.
Tabela 4-3: Ícone de Status da Bateria
Gráfico
Condição de Bateria
Cheia
Menos de 10% de carga restante
Quando a energia restante da bateria atinge o limite “extremamente baixo”, o gráfico de bateria no
visor pisca, indicando que a bateria está ficando fraca. Ele continuará a piscar até as baterias
serem substituídas (versão de bateria alcalina) ou o terminal ser conectado à energia CA (versão
NiMH). Se a condição de bateria não for solucionada e a tensão continuar a cair, o terminal
desligará sozinho.
ATENÇÃO
A BATERIA USADA NESTE DISPOSITIVO PODE APRESENTAR UM RISCO DE INCÊNDIO OU
QUEIMADURA QUÍMICA SE FOR INDEVIDAMENTE MANIPULADA. NÃO AMASSE, DESMONTE,
AQUEÇA ACIMA DE 60°C OU INCINERE. TROQUE A BATERIA POR 30044650 APENAS. USAR
OUTRA BATERIA PODE REPRESENTAR UM RISCO DE QUEIMADURA, INCÊNDIO OU EXPLOSÃO.
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
4-3
Serviço e Manutenção
4.3.4.
Versão de Bateria Alcalina
Para acessar a bateria alcalina, é necessário remover a tampa de bateria plástica a partir da parte
traseira do terminal IND231. Pressione a extremidade marcada como PUSH e deslize a tampa na
direção das setas.
Figura 4-1: Removendo a Tampa da Bateria
No IND231, seis células de bateria de tamanho AA são usadas. As células são montadas em um
suporte plástico, mostradas instaladas na Figura 4-2. Observe a orientação dos polos positivos.
4-4
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
+
+
+
+
+
+
Figura 4-2: Suporte de Célula Vazio do IND231 AA (à Esquerda) e com Células (à Direita)
As baterias alcalinas podem ser substituídas sem afetar as aprovações regulatórias do terminal.
Troque as células secas com exatamente o mesmo tamanho. Baterias alcalinas de alta qualidade
são recomendadas.
Para reinstalar a tampa, encaixe-a sobre os trilhos com slots visíveis na Figura 4-2 e empurre-a
até ela encaixar.
4.3.5.
Versão de Pacote de Baterias NiMH
O IND231 e o IND236 podem ser configurados para uso com o pacote de baterias NiMH
recarregável. O pacote de baterias está internamente montado e não foi projetado para ser
substituído.
Para um melhor desempenho de bateria, opere o IND231/IND236 com bateria interna em uma
temperatura ambiente na faixa de 10°C a 30°C (50°F a 86°F). Isso se aplica a carregar e
descarregar a bateria.
4.3.5.1.
Carga da Bateria
O pacote de baterias NiMH de 7,2 volts foi projetado para ser carregado enquanto estiver dentro do
IND231/IND236 conectando o cabo de linha CA a uma fonte de alimentação externa.
Quando um terminal alimentado por NiMH for conectado a uma alimentação CA, o processo de
carga é iniciado. O gráfico de baterias é alterado como mostrado na Ícone de Status da Bateria
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
4-5
Serviço e Manutenção
para indicar o status da carga. O tempo aproximado para recarregar uma bateria totalmente
descarregada é de 5 horas. O terminal pode ser usado para a operação de pesagem normal em
alimentação CA enquanto recarrega simultaneamente a bateria.
Quando a bateria for totalmente carregada, o gráfico de carga total será exibido até o terminal ser
desligado e o plugue de alimentação ser retirado.
4.4.
Solução de Problemas
As atividades de solução de problema descritas aqui são para auxiliar na identificação, quer o
problema esteja no terminal IND231/IND236 ou tenha uma causa externa.
4.4.1.
•
Energia de bateria
•
Diagnóstico de problema
•
Códigos de erro e mensagens de erro
•
Diagnóstico interno
Energia de Bateria
Nos terminais IND231/IND236 alimentados por bateria, se a tensão da bateria estiver abaixo de
um limite mínimo, o terminal não será ligado quando a tecla Ligar/Desligar for pressionada.
Use um multímetro para verificar a tensão de bateria. A tensão da bateria pode ser testada no final
do compartimento de bateria interna, onde o chicote da placa principal conecta-se ao
compartimento da bateria. Certifique-se de que o cabo de dois metros não seja reduzido durante
este teste visto que pode haver uma grande quantidade de corrente presente.
ATENÇÃO
TENHA CAUTELA AO TESTAR A BATERIA. UMA GRANDE QUANTIDADE DE CORRENTE PODE ESTAR
PRESENTE NA BATERIA.
A tensão mínima exigida para operar o terminal IND231/IND236 é de 6,8 volts CC. Se a tensão da
bateria estiver abaixo desse limite, a bateria deve ser recarregada. O valor para uma bateria
totalmente carregada é de aproximadamente 8,3 volts CC.
4.4.2.
Diagnóstico de Problema
O seguinte gráfico lista alguns sintomas potenciais e algumas sugestões para solucionar o
problema. Use eletricistas qualificados para testar problemas com a fonte de alimentação CA. Se
ocorrer um problema que não esteja na lista da Error! Not a valid bookmark self-reference. ou se a
correção sugerida não solucionar o problema, entre em contato com um representante de serviços
autorizado da METTLER TOLEDO para assistência.
4-6
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
Tabela 4-4: Sintoma e Ações Corretivas
Sintoma
Display fica em branco.
Display está ofuscado
Display ligado, mas o peso
não é alterado.
Sem comunicação de porta
serial
Sugestão
1. Confirme se a fonte de alimentação CA está OK ou se a bateria está
totalmente carregada (NiMH) ou substitua as baterias (alcalina).
2. Entre em contato com o representante de serviços.
1. Confirme se a backlight foi definida corretamente.
2. Verifique se o chicote está solto.
1. Verificar fiação para a célula de carga. Procure fios quebrados, conexões
abertas ou fios com conexões erradas.
2. Entre em contato com o representante de serviços.
1. Na configuração, acesse a F5.5, a seção de diagnóstico serial de
Manutenção, para determinar se o problema é interno ou externo ao
terminal.
2. Entre em contato com o representante de serviços.
Entradas ou saídas
discretas não operam
4.4.3.
1. Na configuração, acesse a F5.6, a seção de diagnósticos de entrada e
saída de Manutenção ou o display de status DIO na linha do sistema, para
determinar se o problema é interno ou externo ao terminal.
2. Entre em contato com o representante de serviços.
Códigos de Erro e Mensagens de Erro
O terminal IND231/IND236 usa uma combinação de códigos de erro e mensagens de erro para
indicar as condições de erro que ocorrem no terminal. A Tabela 4-5 fornece uma lista de códigos
de erro que podem ser exibidos.
Tabela 4-5: Códigos de Erro
Mensagem
Razões Possíveis
Solução
Sobrecarga, mais de 9d acima
da capacidade da balança
Reduzir a carga
Abaixo de zero em mais de 5d
Zerar a balança
Remover a carga
30094018 | 02 | 04/2014
Fora da faixa de zero
Confirmar se todo o peso inicial
está ativo na plataforma da
balança.
Entrada incorreta e
pressionamento de tecla
inválido
Aguarde a mensagem
desaparecer, insira a entrada
correta.
Erro de verificação de EEPROM.
1. Ligar e desligar o terminal.
2. Entrar em contato com o
representante de serviços.
Falha de calibração de balança.
1. Recalibrar a balança.
2. Entrar em contato com o
representante de serviços.
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
4-7
Serviço e Manutenção
Mensagem
O terminal desliga
sozinho.
Razões Possíveis
Solução
Número de amostra muito
pequeno.
Aumentar a quantidade de
amostras.
Erro de gravação/leitura
EEPROM.
Entrar em contato com o
representante de serviços.
Quando F1.4.2 = 20dZero, o
display mostrará este erro após
o peso cair mais de 20d abaixo
do zero bruto.
Limpar a plataforma e
pressionar a tecla zero.
Configure o acesso negado
Pressionar a chave metrologia
para retomar acesso ao menu
de configuração.
Balança não calibrada
Calibrar a balança.
Quando o terminal for usado
como um display remoto: Erro
de comunicação na porta
configurada para display
remoto.
1. Verificar as configurações
da porta (rCOM n)
definidas como interface de
display remoto.
2. Confirmar que o terminal
principal é programado
para saída de dados.
3. Verificar o cabeamento.
Não é possível exibir todos os
dados no display.
Reduzir a carga na balança.
O terminal é automaticamente
desligado.
Tensão de bateria muito baixa
Pressionar a tecla
Ligar/Desligar.
Recarregar a bateria.
A mensagem de erro aparece na parte intermediária do display. A mensagem é exibida
rapidamente e depois o display retorna ao seu estado antes de o erro ter sido detectado. A Figura
4-3 mostra um exemplo de um display de mensagem de erros. Neste caso, uma entrada de valor
incorreto ou o pressionamento de botão inválido.
Figura 4-3: Display de Mensagem de Erro
4.4.4.
Estatísticas de Balança
Este instrumento de pesagem apresenta várias funções de controle para monitorar a condição do
dispositivo. O técnico de serviços da METTLER TOLEDO pode definir e habilitar essas funções. Isso
ajuda o usuário e o técnico de serviços da METTLER TOLEDO a determinar como o dispositivo é
tratado e que medidas são necessárias para mantê-lo em boas condições de funcionamento.
4-8
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
4.4.4.1.
F5.2.1 Número de Pesagens
Exibe o número de pesagens realizadas no terminal.
4.4.4.2.
F5.2.2 Número de Sobrecargas
Exibe o número de sobrecargas gravadas no terminal.
4.4.4.3.
F5.2.3 Valor de Peso de Pico
Exibe o peso gravado mais elevado de todas as pesagens.
4.4.4.4.
F5.2.4 Número de Comandos Zero
Exibe o número de vezes em que um comando zero foi emitido.
4.4.4.5.
F5.2.5 Número de Falhas de Comandos Zero
Mostra o número de comandos zero que falharam.
4.4.4.6.
F5.2.6 Número de Ciclos de Carga
Mostra o número de vezes que o pacote de baterias NiMH foi carregado.
4.5.
Conexão ao InSite™
Ao conectar o IND231/236 ao InSite SL (para configurações de salvar e carregar), a porta COM1
deve ser utilizada. O InSite poderá se conectar à porta COM1 independentemente da sua atribuição
(Imprimir, Autoimprimir, SICS ou Contínuo); portanto, a configuração de porta não precisa ser
alterada. Certifique-se de que a taxa baud do IND231/IND236 e do InSite e as configurações de
bits de dados correspondam antes de estabelecer a conexão. Essas configurações devem ser:
•
Taxa Baud:
9600
•
Bits de dados/paridade:
8 nenhum
Consulte o Guia de Usuário do InSite SL para detalhes sobre as funções e recursos da
ferramenta.
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
4-9
A
Valores de Parâmetros
A tabela a seguir lista cada um dos parâmetros de configuração mostrados no modo
Configuração. Um nome descritivo é incluído, seguido por uma lista de opções com valores de
opção correspondentes.
Valores padrão são indicados por um asterisco [*].
Código F
F1.1.
F1.1.1
F1-Balança
Opções e Valores
Tipo de balança
*SCL
RCOM1
RCOM2
Tipo
F1.1.2
Aprovação
F1.1.3
Protocolo Remoto
F1.2
30094018 | 02 | 04/2014
Nome Descritivo
*Nenhum
OIML
NTEP
AR
SRI
*Toledo Continuous
SICS
Capacidade e incremento
F1.2.1
Unidade
F1.2.2
Faixa
F1.2.3
Capacidade de faixa 1
g
*kg
oz
lb
*1r: Uma faixa
2r: Duas faixas
*50, Faixa :1~500’000
F1.2.4
Tamanho do incremento *0.01, As opções são baseadas na faixa de
1
resolução: 1000~30’000
F1.2.5
Capacidade da faixa 2
[disponível apenas com
F1.2.2= 2r]
*50, Faixa :1~500’000
F1.2.6
Tamanho do Incremento
2
[disponível apenas com
F1.2.2= 2r]
0,0001
0,0002
0,0005
0,001
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
A-1
Código F
Nome Descritivo
Parameter Values
0,002
0,005
*0,01
0,02
0,05
0,1
0,2
0,5
1
2
5
10
20
50
100
200
F1 - Balança
F1.3
Calibração
F1.3.1
Geográfico (GEO)
F1.3.2
Calibração
F1.3.3
Calibração de
linearidade
F1.4
*16 [01 – 31]
Zero
F1.4.1
Manutenção automática
de zero
Desligado
*0,5d
1d
3d
10d
F1.4.2
Branco zero
*Desligado
20d
20dZero
F1.4.3
Zerar na Inicialização
[Unidade: %]
Desligado
2
*10
20
Botão Zero
[Unidade: %]
Desligado
*2
10
20
F1.4.4
F1.5
A-2
Opções e Valores
Tara
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
Código F
Nome Descritivo
F1.5.1
Botão Tara
Desligado
*Ligado
F1.5.2
Intertravamento de tara
*Desligado
Ligado
F1.5.3
Tara automática
*Desligado
Ligado
F1.5.4
Limiar de tara
automática
[disponível apenas com
F1.5.3=On]
Faixa 0~FS [Escala real] *10
Limiar de redefinição de
tara automática
[disponível apenas com
F1.5.3=On]
Faixa *0~FS [Escala real]
Limpeza automática de
tara
*Desligado
Ligado
F1.6
Segunda unidade
*g
kg
oz
lb
F1.7
Filtro e estabilidade
F1 - Balança
F1.5.5
F1.5.6
F1.7.1
F2 – Aplicação
F1.7.2
30094018 | 02 | 04/2014
Filtragem
Faixa de movimento
Opções e Valores
Mínimo
*Médio
Máx.
Desligado
*0,5d
1d
3d
F1.10
Redefinição de bloco de balança
F2.1
Operação
F2.1.1
Tecla de função 1
*Display expandido
Trocar unidade
Verificar peso
Chamada
Contagem
Pesagem de animais
Acúmulo
Data e Hora
Ajuste de backlight
Zero
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
A-3
Código F
Nome Descritivo
Opções e Valores
Parameter Values
Tara
F2 - Aplicação
F2.1.2
F2.2
F2.3
F2.3.1
F2.4
F2.4.1
F2.5
Tecla de função 2
Banco de dados de
excesso ou falta
[Número máximo de
registro =10]
A-4
Registro 1
Registro 2
……
Registro n
Criar registro:
- número de registro
- Alvo
- Tol - Tol +
- Tara
Contagem de peso
Aprimoramento de APW
*Desligado
Ligado
Pesagem de animais
Início automático
*Desligado
Ligado
E/S digital
F2.5.1
Entrada
F2.5.1.1
Entrada 1
F2.5.1.2
Entrada 2
F2.5.2
Display expandido
*Trocar unidade
Verificar peso
Chamada
Contagem
Pesagem de animais
Acúmulo
Data e Hora
Ajuste de backlight
Zero
Tara
*Desligado
Zero
Tara
Imprimir
Trocar unidade
Limpar
Apagar display
Saída
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
Código F
F2.5.2.1
Saída 1
F2.5.2.2
Saída 2
F2.5.2.3
Saída 3
F2.5.2.4
Saída 4
F3 – Terminal
Opções e Valores
*Desligado
Acima da tolerância
Abaixo da tolerância
Boa faixa
Líquido
Movimento
Carga excedente
Falta de carga
Centro de zero
F2,10
Redefinição de Bloco de Aplicações
F3.1
Dispositivo
F3.1.1
Número serial
F3.1.2
Versão de firmware
F3.2
[10 dígitos máx.]
xx.xx.xx
Display
F3.2.1
Timeout
[Unidade: seg]
F3.2.2
Brilho
F3.2.3
Desligamento
automático
[Unidade: min]
F3.2.4
Manutenção de peso
F3.3
30094018 | 02 | 04/2014
Nome Descritivo
0
5
10
15
30
*60
120
300
600
Desligado
*Mínimo
Máx.
*0 (versão CA)
1
*5 (versão de bateria)
15
30
60
*0[0-9]
Data e Hora
F3.3.1
Formato de Data
F3.3.2
Data
MMDDAA
AAMMDD
*AAMMDD
xx-xx-xx
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
A-5
Parameter Values
Código F
Nome Descritivo
F3.3.3
Formato de Hora
F3.3.4
Hora
F3.10
F4- Comunicação
F4.1
12h
*24h
xx:xx:xx
Redefinição de Bloco Terminal
COM1
F4.1.1
Modo
[Disponível apenas
quando F1.1.1 ≠
RCOM1
F4.1.2
Formato
[Disponível apenas
quando F4.1.1
=Impressão ou
impressão automática,
e F1.1.1 ≠ RCOM1]
F4.1.2.1
Formato de linha
F4.1.2.2
Idioma de impressão
*Imprimir
Impressão automática
SICS
Toledo Continuous
*Múltiplas linhas
Linha única
*Inglês
Chinês
F4.1.2.3
Adicionar alimentação
0,1,2,*3,4,5,6,7,8,9
de linha
F4.1.2.4
Limiar automático de
impressão
[Disponível apenas
*0 - capacidade total
quando
F4.1.1=Impressão
automática]
F4.1.2.5
Limiar automático de
impressão redefinido
[Disponível apenas *0 - capacidade total
quando
F4.1.1=Impressão
automática]
F4.1.3
A-6
Opções e Valores
Parâmetros
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
Código F
F4 - Comunicação
F4.1.3.1
F4.1.3.2
Opções e Valores
1200
2400
4800
*9600
Taxa baud
19200
38400
57600
115200
7 ímpar
Bits de dados/paridade 7 par
*8 nenhum
Controle de fluxo
*Desligado
Ligado
F4.1.4
Dígito de verificação
[Disponível apenas
quando F4.1.1=Toledo
Continuous]
*Desligado
Ligado
F4.x.10
Redefinição de Bloco
COM1
[Por porta, por número]
F4.1.3.3
F4.2
COM2/USB [Visível apenas quando a opção estiver instalada]
F4.2.1
Modo de conexão
[Disponível apenas
quando F1.1.1 ≠
RCOM2]
F4.2.2
Formato
[Disponível apenas
quando F4.2.1
=Impressão ou
impressão automática,
e F1.8.1 ≠ COM2]
F4.2.2.1
Formato de linha
F4.2.2.2
Idioma de impressão
F4.2.2.3
30094018 | 02 | 04/2014
Nome Descritivo
*Imprimir
Impressão automática
SICS
Toledo Continuous
*Múltiplas linhas
Linha única
*Inglês
Chinês
Adicionar alimentação
0,1,2,*3,4,5,6,7,8,9
de linha
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
A-7
Parameter Values
Código F
Nome Descritivo
F4.2.2.4
Limiar automático de
impressão
[Disponível apenas *0 - capacidade total
quando
F4.2.1=Impressão
automática]
F4.2.2.5
Limiar automático de
impressão redefinido
[Disponível apenas *0 - capacidade total
quando
F4.2.1=Impressão
automática]
F4.2.3
Parâmetros de porta
F4- Comunicação
F4.2.3.1
F4.2.3.2
F5
Man
utenç
ã
1200
2400
4800
*9600
Taxa Baud
19200
38400
57600
115200
7 ímpar
Bits de dados/paridade 7 par
*8 nenhum
*Desligado
Ligado
F4.2.3.3
Controle de fluxo
F4.2.3.4
Tipo RS
[Disponível apenas em
Com 2]
F4.2.3.5
Endereço de rede
F4.2.3.6
Endereço de rede
[disponível apenas para
RS4xx]
*Desligar, 0, 1, 2, …, 9
F4.2.4
Dígito de verificação
[Disponível apenas
quando F4,2.1=Toledo
Continuous]
*Desligado
Ligado
F4.2.10
Redefinição de Bloco
COM2
F5.1
A-8
Opções e Valores
F5.1.1
*RS232
RS422
RS485
*0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9
Valores de calibração
Contagem de Zero
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
xxxxxxx
30094018 | 02 | 04/2014
Código F
Nome Descritivo
F5.1.2
Peso carga 1 [meia
capacidade]
F5.1.3
Contagem carga 1
[meia capacidade]
xxxxxxx
F5.1.4
Peso carga 2
[capacidade total]
xxxxxxx
F5.1.5
Contagem carga 2
[capacidade total]
xxxxxxx
F5.2
F5- Manutenção
xxxxxxx
Estatísticas
F5.2.1
Número de pesos
xxxxxxx
F5.2.2
Número de sobrecargas
xxxxxxx
F5.2.3
Valor de Pico do Peso
xxxxxxx
F5.2.4
Comandos de número
de zero
xxxxxxx
F5.2.5
Falhas de número de
zero
xxxxxxx
Número de ciclos de
carga
xxxxxxx
F5.2.6
F5.3
Teste de teclado
F5.4
Teste de display
F5.5
Teste da serial
F5.5.1
F5.6
30094018 | 02 | 04/2014
Opções e Valores
Teste COM1
xx xx
[Faixa :00~99]
Teste DIO [Visível apenas quando a opção estiver instalada]
F5.6.1
Entrada 1
Ligar/Desligar
F5.6.2
Entrada 2
Ligar/Desligar
F5.6.3
Saída 1
Ligar/Desligar
F5.6.4
Saída 2
Ligar/Desligar
F5.6.5
Saída 3
Ligar/Desligar
F5.6.6
Saída 4
Ligar/Desligar
F5.7
Contagens de matéria
prima
F5.8
Configuração de impressão
F5.10
Redefinir tudo
xxxxxxx
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
A-9
B
Comunicações
B.1.
Parâmetros da Interface Serial
Este anexo cobre
•
•
•
•
•
Parâmetros da Interface Serial
Modo de saída por demanda
Modo de saída contínua
CTPZ
O terminal IND231/IND236 oferece suporte a uma porta serial padrão e uma porta
serial opcional. Elas são designadas como COM1 (porta padrão na placa
principal) e como COM2 (opcional).
A COM1 fornece a interface RS-232 apenas. A interface RS-232 tem três fios (TxD,
RxD e GND) com handshaking XON-XOFF selecionável.
Protocolo de Definição de
Comandos com Interface Padrão
(SICS)
A porta COM2 opcional fornece as interfaces RS-232 e RS-422/485. A interface
RS-232 tem três fios (TxD, RxD e GND) com handshaking XON-XOFF selecionável.
A conexão RS-485 é uma interface de dois fios e oferece suporte a uma
comunicação de múltiplos pontos com endereçamento. A porta deve ser definida
na configuração para uso como RS-232 ou RS-485 devido aos diferentes requisitos operacionais
das interfaces.
A estrutura de caracteres é programável no modo de configuração. A estrutura pode ser:
•
1 bit de início
•
8 ou 7 bits de dados ASCII (selecionável)
•
0 ou 1 bit de paridade (selecionável como nenhum, par ou ímpar)
•
1 bit de parada
A taxa baud pode ser configurada de 1200 a 115,2K baud e um dígito de verificação também
pode ser configurado ao usar a sequência de saída contínua.
As portas seriais do terminal IND231/IND236 oferecem suporte às seguintes funções:
30094018 | 02 | 04/2014
•
Saída de impressão com entrada CTPZ.
•
Saída contínua com entrada CTPZ.
•
SICS (nível 0 e nível 1)
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
B-1
B.2.
Modo de Saída por Demanda
Comunicações
O modo de saída de impressão transmite dados apenas quando o terminal recebe uma solicitação
de impressão. As solicitações de impressão são enviadas para o terminal IND231/IND236
quando:
•
O operador pressiona IMPRIMIR
•
Uma entrada discreta configurada como impressão é acionada.
•
Um ASCII “P” é enviado através de uma demanda ou de uma porta contínua.
•
A impressão automática é habilitada e todas as condições para impressão automática são
atendidas.
Quando acionados, os dados são transmitidos em uma sequência programada na parte de
modelo de saída de configuração. O modo de impressão é usado normalmente ao enviar dados
para uma impressora ou PC por transação.
Quando o modo de saída de impressão é atribuído, a porta é configurada automaticamente
para receber também determinados caracteres ASCII para duplicar as funções do teclado.
Consulte a seção C,T,P,Z posterior neste anexo para mais detalhes.
B.2.1.
Modelos de Saída
O terminal IND231/IND236 fornece cinco formatos para definir as sequências de dados a serem
transmitidas e impressas. O modelo de impressão é determinado pela aplicação ativa. As
configurações de impressão são mais bem explicadas na seção Comunicação do Capítulo 3,
Configuração.
B.2.1.1.
Formato de Impressão Padrão
A saída em múltiplas linhas é semelhante a:
Um símbolo de estrela antes do peso será mostrado para indicar que o peso é uma média se
o modo atual for pesagem de animais.
Data
AAAA.MM.DD
Hora
HH:MM:SS
Bruto
XXXX.XXX unidade
Tara
XXXX.XXX unidade
Líquido
XXXX.XXX unidade
A saída em linha única é semelhante a (8 caracteres por número, incluindo “.”):
Data_AAAA.MM.DD_ _ Hora_HH :MM :SS_ _ Bruto_XXXX.XXX_Unidade_ _Tara
_XXXX.XXX_Unidade_ _ Líquido_XXXX.XXX_Unidade
B-2
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
B.2.1.2.
Impressão de Excesso ou Falta
A saída em múltiplas linhas é semelhante a:
Data
AAAA.MM.DD
Hora
HH:MM:SS
ID do registro
Alvo
XX
XXXX.XXX unidade
Tol +
XX unidade
Tol -
XX unidade
Bruto
XXXX.XXX unidade
Tara
XXXX.XXX unidade
Líquido
XXXX.XXX unidade
A saída em linha única é semelhante a:
Data_AAAA.MM.DD_ _ Hora_HH :MM :SS_ _ID do registro_XX_ _Alvo_XXXX.XXX_Unit_ _ Tol+_
XXXX.XXX _Unidade_ _ Tol-_ XXXX.XXX _Unidade_ _Bruto _XXXX.XXX_Unidade_ _Tara
_XXXX.XXX_Unidade_ _ Líquido_XXXX.XXX_Unidade
B.2.1.3.
Impressão da Contagem
A saída em múltiplas linhas é semelhante a:
Data
AAAA.MM.DD
Hora
HH:MM:SS
Peças
XXXXXXX PCS
APW
XXXX.XXX unidade
Bruto
XXXX.XXX unidade
Tara
XXXX.XXX unidade
Líquido
XXXX.XXX unidade
A saída em linha única é semelhante a:
Data_AAAA.MM.DD_ _Hora _HH :MM :SS_ _ Peças_XXXXXXX_PCS_ _APW _XXXX.XXX_Unidade_ _
Bruto_XXXX.XXX_Unidade_ _Tara _XXX.XXX_Unidade_ _Líquido _XXXX.XXX_Unidade
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
B-3
B.2.1.4.
Impressão Acumulada
Comunicações
A saída em múltiplas linhas é semelhante a:
Data
AAAA.MM.DD
Hora
HH:MM:SS
Total
XXXX.XXX unidade
Contagem
XXX
Bruto
XXXX.XXX unidade
Tara
XXXX.XXX unidade
Líquido
XXXX.XXX unidade
A saída em linha única é semelhante a:
Data_AAAA.MM.DD_ _ Hora_HH :MM :SS_ _ Total_XXXX.XXX_Unidade_ _ Contagem_ XXX_ _
Bruto_XXXX.XXX_Unidade_ _ Tara_XXXX.XXX_Unidade_ _ Líquido_XXXX.XXX_Unidade
B.2.1.5.
Impressão de Animal
A saída de múltiplas linhas é semelhante a:
Data
AAAA.MM.DD
Hora
HH:MM:SS
Bruto Méd.
XXXX.XXX unidade
Tara
XXXX.XXX unidade
Líq. Méd.
XXXX.XXX unidade
A saída em linha única é semelhante a:
Data_AAAA.MM.DD_ _ Hora_HH :MM :SS_ _ Bruto Méd_XXXX.XXX_Unidade_ _Tara
_XXXX.XXX_Unidade_ _ Líq.Méd_XXXX.XXX_Unidade
B.3.
Modo de Saída Contínua
O modo de saída contínua do terminal IND231/IND236 pode ser usado para enviar continuamente
dados de peso e informações de status de balança para um dispositivo remoto como um PC ou
um display remoto, incluindo o terminal IND231 ou IND236.
OBSERVAÇÃO: Quando o modo de saída contínua for atribuído, a porta será configurada
automaticamente para receber também determinados caracteres ASCII para duplicar as
funções de teclado. Consulte a seção C,T,P,Z posterior neste anexo para mais detalhes.
B-4
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
B.3.1.
Saída Contínua Padrão
A Saída Contínua pode ser atribuída para COM1 ou COM2. Um dígito de verificação pode ser
habilitado ou desabilitado com a saída contínua. Uma sequência de dados será fornecida
aproximadamente 20 vezes por segundo por taxas baud acima de 4800 baud. Se uma taxa baud
abaixo de 4800 for selecionada, a taxa de saída ficará mais lenta. Em 300 baud, a taxa de saída
é de aproximadamente apenas um por segundo. Os dados consistem em 17 ou 18 bytes, como
mostrado na Tabela B-1.
Os dados de peso não significativos e os dígitos de dados de tara são transmitidos como espaços.
O modo de saída contínua fornece compatibilidade com os produtos METTLER TOLEDO que
exibem dados de peso em tempo real. A Tabela B-1 mostra o formato para a saída contínua
padrão.
Tabela B-1: Formato de Saída Contínua Padrão
Status
Caractere
1
2
1
Dados STX
3
2
3
4
Peso Indicado
4
5
6 7 8 9 10
Peso de Tara
11
SB-A SB-B SB-C MSD - - - - LSD MSD
12 13 14 15 16
-
-
-
-
17
18
5
CHK
LSD CR
6
Notas de Formato de Saída Contínua
1. Caractere de início de texto ASCII (02 hex), sempre transmitido.
2. Bytes de status A, B e C. Consulte a Tabela B-2, a Tabela B-3 e a Tabela B-4 para detalhes da estrutura.
3. Peso exibido, seja bruto ou líquido. Seis dígitos, sem ponto decimal ou sinal. Zeros iniciais
insignificantes são substituídos por espaços.
4. Peso de tara. Seis dígitos de dados de peso de tara. Sem ponto decimal no campo.
5. Caractere de Retorno de carro ASCII <CR> (0D hex).
6. Dígito de verificação, transmitido apenas se habilitado na configuração. O dígito de verificação é usado
para detectar erros na transmissão de dados. O dígito de verificação é definido como o complemento de
dois dos sete bits de ordem inferior da soma binária de todos os caracteres que precedem o dígito de
verificação, incluindo os caracteres <STX> e <CR>.
A Tabela B-2, a Tabela B-3 e a Tabela B-4 detalham os bytes de status para a saída contínua padrão.
Tabela B-2: Definição de Bit A Byte de Status
Bits 2, 1 e 0
30094018 | 02 | 04/2014
2
1
0
Localização de ponto decimal
0
0
0
XXXXX00
0
0
1
XXXXX0
0
1
0
XXXXXX
0
1
1
XXXXX.X
1
0
0
XXXX.XX
1
0
1
XXX.XXX
1
1
0
XX.XXXX
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
B-5
1
1
1
X.XXXXX
Comunicações
Bits 4 e 3
4
3
Cód. build
0
1
X1
1
0
X2
1
1
X5
Bit 5
Sempre = 1
Bit 6
Sempre = 0
Tabela B-3: Definição de Bit B Byte de Status
Bits de Status
Função
Bit 0
Bruto = 0, Líquido = 1
Bit 1
Sinal, Positivo = 0, Negativo = 1
Bit 2
Fora da faixa = 1 (acima da capacidade ou abaixo de zero)
Bit 3
Movimento = 1, Estável = 0
Bit 4
lb = 0, kg = 1 (veja também Status Byte C, bits 0, 1, 2)
Bit 5
Sempre = 1
Bit 6
Zero não capturado após acionamento = 1
Tabela B-4: Definições de Bit C Byte de Status
Bits 2, 1 e 0
B-6
Descrição de Peso
2
1
0
0
0
0
lb ou kg, selecionado por byte de status B, bit 4
0
0
1
gramas (g)
0
1
0
não utilizado
0
1
1
onças (oz)
1
0
0
não utilizado
1
0
1
não utilizado
1
1
1
não utilizado
1
1
1
sem unidades
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
Bits 2, 1 e 0
2
B.4.
1
Descrição de Peso
0
Bit 3
Solicitação de impressão = 1
Bit 4
Dados de expansão x 10 = 1, Normal = 0
Bit 5
Sempre = 1
Bit 6
Sempre = 0
CTPZ
Quando uma porta serial for programada como impressão, a saída contínua, o modo de entrada
CTPZ é automaticamente atribuído. O modo de entrada CTPZ fornece um método para um
dispositivo serial remoto acionar várias funções básicas quando um caractere de comando é
enviado ao terminal. Não é preciso ter um caractere de terminação. Caracteres de comando remoto
ASCII incluem:

C – Limpa a balança para bruto

T – Aplica tara à balança (cria um botão Tara)

P – Inicia um comando de impressão

Z – Zera a balança

S – Troca as unidades
Os caracteres de comando ASCII devem ser enviados em letras maiúsculas. Todos os outros
caracteres são ignorados.
Observação: Algumas aplicações de IND231/IND236 possuem comandos seriais. Eles são
descritos nos detalhes da aplicação no capítulo de Aplicação.
Exemplo
Para iniciar um botão de tara, programe o terminal para imprimir ou saída contínua para uma
porta específica, programe os parâmetros de porta serial para corresponderem a outro dispositivo e
depois envie o caractere ASCII “T”.
B.5.
Protocolo de Definição de Comando com Interface
Padrão (SICS)
O terminal IND231/IND236 oferece suporte ao Conjunto de Comandos de Interface Padrão da
METTLER TOLEDO (MT-SICS), que é dividido em quatro níveis (0, 1, 2, 3), dependendo da
funcionalidade do dispositivo. Este terminal oferece suporte a partes de nível 0 e 1:
30094018 | 02 | 04/2014
• MT-SICS nível 0
Comando definido para o dispositivo mais simples.
• MT-SICS nível 1
Extensão do conjunto de comandos para dispositivos padrão.
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
B-7
Comunicações
• MT-SICS nível 2
Extensão de comandos definida pelos comandos específicos para uma
família de balanças.
• MT-SICS nível 3
Extensão de comandos definida pelos comandos específicos para uma
determinada aplicação de uma família de balanças.
Um recurso dessa interface é que os comandos combinados no MT-SICS nível 0 e 1 são idênticos
para todos os dispositivos. Tanto o mais simples dispositivo de pesagem como uma estação de
pesagem totalmente expandida podem reconhecer os comandos do MT-SICS níveis 0 e 1.
O MT-SICS nível 0 e nível 1 contém as seguintes funções:
B.5.1.

Solicitar resultados de pesagem

Aplicar tara à balança e predefinir o peso de tara

Zerar a balança

Identificar a implementação do MT-SICS

Identificar a balança

Redefinir a balança
Número da Versão do MT-SICS
Cada nível do MT-SICS tem seu próprio número de versão, o que pode ser solicitado com o
comando I1 a partir do nível 0. Este terminal oferece suporte a:
B.5.2.
•
MT-SICS nível 0, versão 2.2x
•
MT-SICS nível 1, versão 2.2x (exceto os comandos D, DW e K)
•
MT-SICS nível 2, versão 2.2x
•
MT-SICS nível 3, versão 2.2x
Formados de Comandos
Cada comando recebido pelo terminal através da interface SICS é reconhecido por uma resposta
ao dispositivo de transmissão. Os comandos e as respostas são sequências de dados com um
formato fixo. Os comandos enviados para o terminal são compostos por um ou mais caracteres
do conjunto de caracteres ASCII. Os comandos devem estar em maiúsculas.
Os parâmetros do comando devem ser separados um do outro e do nome de comando por um
espaço (ASCII 32 dec). Nos exemplos mostrados nesta seção, um espaço é representado como _.
Cada comando deve ser terminado por <CR>< LF> (ASCII 13 dec., ASCII 10 dec.).
SI
B-8
SP
CR
LF

SI
Comando ASCII, 1-2 Bytes, deve estar em letras maiúsculas

SP
Espaço (ASCII 32 dec.).

CR
Retorno de carro (ASCII 13 dec.).

LF
Alimentação de linha (ASCII 10 dec.).
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
Os caracteres <CR> e <LF>, que podem ser inseridos usando a tecla ENTER ou RETURN na
maioria dos teclados do terminal do PC, não são exibidos nesta descrição; no entanto, é essencial
que eles estejam incluídos para comunicação com o terminal.
Exemplo
Comando para aplicar tara ao terminal:
“TA_20.00_lb” (Os terminadores de comando <CR>< LF> não são mostrados.)
B.5.3.
Formatos de Resposta
Todos os formatos de respostas enviados pelo terminal para o dispositivo de transmissão
reconhecendo os comandos recebidos possuem um dos seguintes formatos:
B.5.3.1.

Resposta com valor do peso

Resposta sem valor do peso

Mensagem de erro
Formato da Resposta com Valor de Peso
Uma descrição geral da resposta com o valor de peso da seguinte forma:
ID
Identificação de resposta.
__
Espaço (ASCII 32 dec.)
Status
Status do terminal. Veja a descrição dos comandos e respostas.
Valor do peso
Resultado da pesagem, mostrado como um número de 10
dígitos, incluindo sinais diretamente na frente do primeiro dígito. O
valor de peso aparece justificado à direita. Zeros iniciais são
eliminados com a exceção do zero à esquerda do ponto decimal.
Unidade–
Unidade de peso exibida.
CR
Retorno de carro (ASCII 13 dec.)
LF
Alimentação de linha (ASCII 10 dec.)
Comentário
Os caracteres <CR> e <LF> não serão exibidos nas descrições abaixo.
Exemplo
Resposta com um valor de peso estável de 0,256 kg.
S _ S_ _ _ _ _ _ 0.256 _ kg
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
B-9
B.5.3.2.
Formato da Resposta sem Valor de Peso
Comunicações
Uma descrição geral da resposta sem o valor de peso da seguinte forma:

ID - Identificação de resposta.

__ – Espaço (ASCII 32 dec.).

Status – Status do terminal. Veja a descrição dos comandos e respostas.

Parâmetros– Código de resposta dependente do comando.

CR- Retorno de carro (ASCII 13 dec.)

LF - Alimentação de linha (ASCII 10 dec.)
Comentário
Os caracteres <CR> e <LF> não serão exibidos nesta descrição.
B.5.3.3.
Formato de Mensagem de Erros
I
D
C
R
L
F
Existem três mensagens de erro diferentes, cada uma identificada por dois
caracteres:

ID - Identificação de erros
As mensagens de erro possíveis são
ES

Erro de sintaxe
A balança não reconheceu o comando recebido.
EL
Erro lógico
A balança não pode executar o comando recebido.
CR- Retorno de carro (ASCII 13 dec.)

LF - Alimentação de linha (ASCII 10 dec.)
Comentário
Os caracteres <CR> e <LF> não serão exibidos nesta descrição.
B.5.4.
Recomendações para o Programador
Recomendações para criar uma comunicação robusta com o terminal usando o protocolo SICS
incluem:
B.5.4.1.
Comando e Resposta
Melhore a confiabilidade do software de aplicação fazendo o programa avaliar a resposta do
terminal a um comando. A resposta é o reconhecimento de que o terminal recebeu o comando.
B-10
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
B.5.4.2.
Redefinir
Ao estabelecer a comunicação entre o terminal e o sistema, envie um comando de redefinição para
o terminal para permitir um início a partir de um determinado estado. Quando o terminal ou o
sistema é ligado ou desligado, caracteres com problemas podem ser recebidos ou enviados.
B.5.4.3.
Aspas (“ ”)
As marcas incluídas nas respostas de comando são usadas para designar campos e serão
enviadas sempre.
B.5.5.
Comandos e Respostas MT-SICS Nível 0
O terminal recebe um comando do computador do sistema e reconhece o comando com uma
resposta apropriada. As seções a seguir contêm uma descrição detalhada do conjunto de
comandos, organizadas em ordem alfabética e incluindo as respostas associadas. Os comandos
e as respostas são finalizados com <CR> e <LF>. Esses caracteres de terminação não são
mostrados na descrição a seguir, mas eles devem sempre ser inseridos com comandos ou
enviados com respostas.
Os seguintes comandos MT-SICS nível 0 são suportados:
I0
Consulte a lista de todos os comandos MT-SICS implementados
I1
Consulta do nível MT-SICS e as versões MT-SICS
I2
Consulta de dados da balança
I3
Consulta de versão de software de balança e número de definição de tipo
I4
Consulta de número serial
S
Enviar valor de peso estável
SI
Enviar valor de peso imediatamente
SIR
Enviar valor de peso de forma imediata e repetida
Z
Zerar a balança quando estável
ZI
Zerar a balança imediatamente, independentemente da estabilidade
@
Redefinir
A seguir, temos descrições detalhadas desses comandos Nível 0:
B.5.5.1.
I0 – CONSULTA DE TODOS OS COMANDOS MT-SICS IMPLANTADOS
Comando:
I0
Resposta:
30094018 | 02 | 04/2014
I0_B_0_“I0”
Comando de nível 0 “IO” implantado
I0_B_0_“I1”
Comando de nível 0 “I1” implantado
I0_B_0_“I2”
Comando de nível 0 “I2” implantado
I0_B_0_“I3”
Comando de nível 0 “I3” implantado
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
B-11
Comunicações
Resposta:
B.5.5.2.
I0_B_0_“I4”
Comando de nível 0 “I4” implantado
I0_B_0_“S”
Comando de nível 0 “S” implantado
I0_B_0_“SI”
Comando de nível 0 “SI” implantado
I0_B_0_“SIR”
Comando de nível 0 “SIR” implantado
I0_B_0_“Z”
Comando de nível 0 “Z” implantado
I0_B_0_“ZI”
Comando de nível 0 “ZI” implantado
I0_B_0_“@”
Comando de nível 0 “@” implantado
I0_B_1_“T”
Comando de nível 1 “T” implantado
I0_B_1_“TAC”
Comando de nível 1 “TAC” implantado
I0_B_1_“TA”
Comando de nível 1 “TA” implantado
I0_B_1_“TI”
Comando de nível 1 “TI” implantado
I0_B_2_“PRN”
Comando de nível 1 “PRN” implantado
I0_B_2_“SIH”
Comando de nível 1 “SIH” implantado
I0_B_3_“DAT”
Comando de nível 1 “DAT” implantado
I0_A_3_“TIM”
Comando de nível 1 “TIM” implantado
I0_I
Não é possível executar o comando neste momento.
I1 –CONSULTA DO NÍVEL MT-SICS E AS VERSÕES MT-SICS
Comando:
I1
Resposta:
I1_A_"0123"_"2.20"_"2.20"_"2.20"_"2.20"
Resposta:
I1_I
“0123”
2.20
2.20
2.20
O IND231 oferece suporte aos níveis 0 a 3
Nível 0, versão V2.2x
Nível 1, versão V2.2x
Nível 2, versão V2.2x
2.20
Nível 3, versão V2.2x
Comando entendido, não executável no presente.
Comentários
Para o nível MT-SICS, apenas os níveis totalmente implantados são listados. Neste caso, o nível 0
ou o nível 1 foi totalmente implantado; portando, o nível não é especificado.
No caso da versão MT-SICS,todos os níveis são especificados, mesmo os que foram apenas
parcialmente implantados.
B.5.5.3.
I2 – CONSULTA DE DADOS
Comando:
I2
Resposta:
I2_A_“IND231/IND236_XXyy” (XX = capacidade do terminal, yy = unidades primárias)
IND231/IND236
XXyy
B-12
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
Número do modelo do terminal
Capacidade e unidade primária da balança
30094018 | 02 | 04/2014
Resposta:
I2_I
Comando entendido, não executável no presente.
Comentário
O número de caracteres no campo “texto” depende da capacidade da balança.
B.5.5.4.
I3 – CONSULTA DA VERSÃO DO SOFTWARE
Comando:
I3
Resposta:
I3_A_“0047226 01.00.00”
0047226
01.00.00
Resposta:
I3_I
BOM do terminal.
Versão do firmware do terminal
Comando entendido, não executável no presente.
Comentário
O número de caracteres de “texto” depende do nível de revisão.
B.5.5.5.
I4 – CONSULTA DO NÚMERO SERIAL
Comando:
I4
Resposta:
I4_A_“123456”
123456 Número serial do terminal
Resposta:
B.5.5.6.
I4_I
Comando entendido, não executável no presente.
S – ENVIA O VALOR DO PESO ESTÁVEL
Comando:
S
Resposta:
S_S_ _ _ _ _ 436.2_lb
436.2
peso exibido estável
lb
unidade de peso
Resposta:
S_I
Comando entendido, não executável no presente.
Resposta:
S_+
Terminal em faixa de sobrecarga.
Resposta:
S_-
Terminal em faixa abaixo da carga.
Comentário
O terminal aguardará até 3 segundos após receber um comando “S” para nenhum movimento. Se
o movimento não parar dentro desse prazo, o comando é abortado e a resposta S_I é enviada.
B.5.5.7.
30094018 | 02 | 04/2014
SI – ENVIA IMEDIATAMENTE O VALOR DO PESO
Comando:
SI
Resposta:
S_S_ _ _ _ _ 436.2_lb
Valor de peso estável.
Resposta:
S_D_ _ _ _ _ 436.2_lb
Valor de peso não estável (dinâmico).
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
B-13
Comunicações
Resposta:
S_I
Comando entendido, não executável no presente.
Resposta:
S_+
Terminal em faixa de sobrecarga.
Resposta:
S_-
Terminal em faixa abaixo da carga.
Comentário
A resposta ao comando SI é o último valor de peso interno (estável ou dinâmico) antes do
recebimento do comando “SI”.
B.5.5.8.
SIR – ENVIA IMEDIATAMENTE O VALOR DO PESO E REPITA
Comando:
SIR
Resposta:
S_S_ _ _ _ _ 436.2_lb
Valor de peso estável.
Resposta:
S_D_ _ _ _ _ 436.2_lb
Valor de peso não estável (dinâmico).
Resposta:
S_I
Comando entendido, não executável no presente.
Resposta:
S_+
Terminal em faixa de sobrecarga.
Resposta:
S_-
Terminal em faixa abaixo da carga.
Exemplo
Comando:
SIR
Resposta:
S_D_ _ _ _ _ 129.07_kg
S_D_ _ _ _ _ 129,09_kg
S_S_ _ _ _ _ 129,09_kg
S_S_ _ _ _ _ 129,09_kg
S_D_ _ _ _ _ 114,87_kg
. . . A balança continua a enviar valores de peso estáveis e dinâmicos.
Comentários
O comando SIR é substituído e cancelado pelos comandos S, SI, SR, @ e quebra de hardware e,
portanto, cancelado.
A taxa de saída de dados é de aproximadamente 4 por segundo.
B.5.5.9.
B-14
Z – ZERO
Comando:
Z
Resposta:
Z_A
O comando é executado, o que significa que a balança estava em modo de peso
bruto, a balança estava estável e o peso estava dentro da faixa de captura zero.
Resposta:
Z_I
Comando entendido, não executável no presente.
Resposta:
Z_+
O limite superior da faixa de definição zero foi excedido.
Resposta:
Z_-
O limite inferior da faixa de definição zero foi excedido.
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
Comentários
O ponto de zero calibrado determinado durante a calibração não é influenciada por este comando.
O terminal aguardará até 3 segundos após receber um comando “Z” para nenhum movimento. Se
o movimento não parar dentro desse prazo, o comando é abortado e a resposta Z_I é enviada.
B.5.5.10.
ZI – Zerar a Balança Imediatamente, Independentemente da Estabilidade
Comando:
ZI
Resposta:
ZI D
A definição de zero executada em condições dinâmicas
ZI S
A definição de zero executada em condições estáveis
ZI
A definição de zero não é executada.
ZI+
O limite superior da faixa de definição zero foi excedido.
ZI-
O limite inferior da faixa de definição zero foi excedido.
Comentários
O terminal sempre responde a Z I, se OIML ou NTEP for aprovado.
B.5.5.11.
@ – REDEFINIR
Comando:
@
Resposta:
I4_A_“12345678”
“12345678”
Número serial da balança, a balança está pronta para operação.
Comentários
Redefine a balança para a condição encontrada após ser ligada, mas sem uma definição zero ser
executada.
Cancela todos os comandos que estão aguardando respostas.
Limpa o registro da tara.
Cancela os comandos SIR e SR.
O comando Redefinir é sempre executado, exceto quando o comando é recebido pelo terminal
durante o procedimento de calibração e teste. Neste caso, o comando Redefinir não pode ser
processado.
B.5.6.
Comandos e Respostas MT-SICS Nível 1
Os seguintes comandos de MT-SICS nível 1 estão disponíveis:
30094018 | 02 | 04/2014
SR
Enviar valor do peso quando o peso mudar (Enviar e Repetir)
T
Tara
TA
Pré-Tara
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
B-15
Comunicações
B.5.6.1.
TAC
Limpa o valor de tara
TI
Aplicar tara imediatamente
SR – ENVIAR VALOR DO PESO QUANDO O PESO MUDAR (ENVIAR E REPETIR)
Comando:
SR_PresetValue_Unit
Enviar o valor atual do peso estável e, então, continuamente
após qualquer mudança do peso igual ou maior que o valor
predefinido para valor não estável (dinâmico) seguido do
valor estável seguinte , faixa = 1d sob a carga máxima.
Se nenhum valor predefinido for inserido, a mudança do
peso precisa ser superior a 12,5% do ultimo peso estável,
mínimo = 30d.
Resposta:
S_S_WeightValue_Unit
Valor do peso estável atual. Mudança de peso.
Resposta:
S_D_WeightValue_Unit
Valor do peso instável
Resposta:
S_S_WeightValue_Unit
Valor do peso estável seguinte.
Resposta:
S_I
Comando entendido, não executável no presente.
Resposta:
S_L
O comando não é executável.
Resposta:
S_+
Terminal na faixa de sobrecarga.
Resposta:
S_-
Terminal na faixa de subcarga.
Comando:
SR_0.50_kg
Envia o valor de peso estável seguido de qualquer mudança
de carga > 0.50 kg.
Resposta:
S_S_ _ _ _ _100.00_kg
Balança estável.
Example
S_D_ _ _ _ _115.23 _ kg
Carga superior a 0.50 kg.
S_S_ _ _ _ _200.00 _ kg
Balança novamente estável.
Comentários
SR é sobrescrito ou cancelado pelos comandos S, SI, SR e @ e pela parada do hardware.
Se, após um valor de peso não estável, a estabilidade não for atingida dentro do timeout, a
resposta “S_I “ é enviada e, depois, um valor não estável de peso. O timeout começa novamente a
ser contado.
É necessário que o peso predefinido seja inserido na unidade primária exibida após ligar o
terminal.
B.5.6.2.
B-16
T – TARA
Comando:
T
Resposta:
T_S_ _ _ _100.00_kg
Resposta:
T_I
Comando entendido, não executável no presente.
Resposta:
T_+
O limite superior da faixa de definição de tara foi excedido.
Resposta:
T_-
O limite inferior da faixa de definição de tara foi excedido.
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
A tara executada, o que significa que a balança estava estável
e o peso estava dentro da faixa de pesagem.
30094018 | 02 | 04/2014
Comentários
A tara existente será sobrescrita e substituída pelo novo valor de peso de tara predefinido.
O terminal aguardará até 3 segundos após receber um comando “T” para nenhum movimento. Se
o movimento não parar dentro desse prazo, o comando é abortado e a resposta T_I é enviada.
B.5.6.3.
TA – Consulta/Predefinição de Valor de Peso da Tara
Consulta:
Comando:
TA
Consulta de valor de tara atual
Resposta:
TA A
Unidade de valor de tara
O valor de peso de tara atual na unidade exibida.
TA I
Comando não executável
TA A
Unidade de valor de tara
Definição:
Comando:
Entrada de um valor de predefinição de tara na unidade
exibida
Resposta:
TA A
Unidade de valor de peso
Aplicar a tara executada com o valor de tara predefinida na
unidade exibida
TA I
Aplicar tara não é executada
TA L
Comando entendido, parâmetro errado
Exemplo
Comando:
TA 100,00 g
Resposta:
TA_A_____100.00 g
A balança tinha 100.00g na memória de tara
Comentários
A memória de tara será substituída pelo valor de peso de tara predefinido.
O valor de tara digitado será automaticamente arredondado pela balança para a capacidade de
leitura atual.
O valor predefinido deve ser inserido na unidade atual.
A faixa de tara é especificada no tipo da balança.
B.5.6.4.
30094018 | 02 | 04/2014
TAC – LIMPAR O VALOR DE TARA
Comando:
TAC
Resposta:
TAC_A
O valor de tara é limpo.
Resposta:
TAC_I
Comando entendido, não executável no presente.
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
B-17
Comunicações
B.5.6.5.
TI – APLICAR TARA IMEDIATAMENTE
Comando:
TI
Resposta:
TI_S_WeightValue_Unit
Tara executada, valor de tara estável.
Resposta:
TI_D_WeightValue_Unit
Tara executada, valor de tara não estável (dinâmico).
Resposta:
TI_I
Comando entendido, não executável no presente.
Resposta:
TI_L
O comando não é executável.
Resposta:
TI_+
O limite superior da faixa de tara foi excedido.
Resposta:
TI_-
O limite inferior da faixa de tara foi excedido.
Exemplo
Comando:
TI
Resposta:
TI_D_ _ _ _117.57_kg
Tara aplicada com valor de peso dinâmico.
Comentários
Todo o valor de tara anterior será substituído pelo novo valor de peso de tara.
Os valores de peso de tara determinados durante o movimento não serão precisos.
O valor de peso de tara é enviado nas unidades atuais.
B.5.7.
Comandos e Respostas MT-SICS Nível 2
Os seguintes comandos de MT-SICS nível 2 estão disponíveis:
B.5.7.1.
B.5.7.2.
PRN
Impressão
SIH
Peso de alta resolução
PRN – Iniciar Impressão
Comando:
PRN
Iniciar impressão no canal da impressora
Resposta
PRN A
Comando executado
PRIN-I
Comando não executável no presente.
Comando:
PRN
Envie o peso em alta resolução imediatamente
Resposta
H S WeightValue Unit
Peso líquido estável em alta resolução na unidade
atual
H D WeightValue Unit
Peso líquido dinâmico em alta resolução na unidade
atual
SIH
Exemplo
B-18
Comando:
SIH
Resposta:
H_S___1.99982_kg
O peso líquido atual em alta resolução é 1.99982 kg e estável.
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
30094018 | 02 | 04/2014
B.5.8.
Comandos e Respostas MT-SICS Nível 3
Os seguintes comandos de MT-SICS nível 3 estão disponíveis:
B.5.8.1.
DAT
Data
TIM
Hora
DAT – Consulta e Definição de Data
Consulta:
Comando:
DAT
Consulta de data atual da balança
Resposta:
DAT A
dd mm aaaa
DAT I
Comando não executável
Comando:
DAT
dd mm aaaa
Resposta:
DAT A
Data foi enviada
DAT I
A data não pode ser enviada no momento
DAT L
O comando não executado como formato de datas não está
correto.
Definição:
B.5.8.2.
DAT – Consulta e Definição de Hora
Consulta:
Comando:
TIM
Consulta de hora atual da balança
Resposta:
TIM A hh mm ss
Representa a hora no formato de horas, minutos, segundos
TIM I
Consulta de hora não é possível
Comando:
TIM hh mm ss
Define a hora no formato 24 horas
Resposta:
TIM A
A hora foi definida, com o relógio em operação
TIM I
A hora não pode ser enviada no momento
TIM L
O comando não executado porque o formato de hora não
está correto.
Definição:
30094018 | 02 | 04/2014
IND231/IND236 Guia do usuário METTLER TOLEDO
B-19
C
Códigos geográficos
O recurso de Códigos geográficos do terminal IND231-IND236 permite reajustar a calibração em
função de mudanças de elevação ou latitude sem reaplicar os pesos padrões. Este ajuste assume
a exatidão da calibração anteriormente feita com o código geográfico configurado corretamente
para a localização original e que o Código geográfico do novo local pode ser determinado com
exatidão. O procedimento para utilizar este recurso é o seguinte.
C.1.
Calibração do local original
1. Use a tabela de códigos geográficos (Tabela C-1) nas páginas seguintes para determinar o
código geográfico da altitude e localização atual em que a balança será calibrada.
2. Digite o valor geográfico no parâmetro Código geográfico na configuração em Balança >
Calibração.
3. Imediatamente após digitar o código geográfico, execute um ajuste do zero e da amplitude
usando pesos padrões exatos.
4. Saia da árvore do menu de configuração.
Agora, a balança pode ser usada em sua nova localização.
C.2.
Ajuste do código geográfico do novo local
Quando um terminal tiver que ser instalado numa nova localização geográfica, as mudanças
gravitacionais e da altitude podem ser levadas em conta através das etapas seguintes. Este
procedimento não é necessário se a balança for recalibrada no local.
1. Use a tabela de códigos geográficos (Tabela C-1) nas páginas seguintes para determinar o
código geográfico da nova altitude e localização em que a balança será usada.
2. Digite o valor geográfico no parâmetro Código geográfico na configuração em Balança >
Calibração.
3. Imediatamente após digitar o código geográfico, saia da árvore de menu de configuração.
NÃO execute uma calibração normal.
Agora a calibração está ajustada quanto às diferenças de gravidade do local original de calibração
para o novo local de uso.
O ajuste da calibração com o código geográfico não é tão preciso quanto a reaplicação de
pesos padrões certificados e a recalibração da balança no local novo.
30094018 | 01 | 03/2014
METTLER TOLEDO IND231/IND236 Guia do usuário
C-1
Tabela C-1: Códigos geográficos
Códigos geográficos
Altura acima do nível do mar, em metros
C-2
Latitude Norte
ou Sul,
em graus e
minutos
0
325
650
975
1300
1625
1950
2275
2600
2925
3250
325
650
975
1300
1625
1950
2275
2600
2925
3250
3575
Altura acima do nível do mar, em pés
0
1060
2130
3200
4260
5330
6400
7460
8530
9600
10660
1060
2130
3200
4260
5330
6400
7460
8530
9600
10660
11730
0° 0'–5° 46'
5
4
4
3
3
2
2
1
1
0
0
5° 46'–9° 52'
5
5
4
4
3
3
2
2
1
1
0
9° 52'–12° 44'
6
5
5
4
4
3
3
2
2
1
1
12° 44'–15° 6'
6
6
5
5
4
4
3
3
2
2
1
15° 6'–17° 0'
7
6
6
5
5
4
4
3
3
2
2
17° 10'–19° 2'
7
7
6
6
5
5
4
4
3
3
2
19° 2'–20° 45'
8
7
7
6
6
5
5
4
4
3
3
20° 45'–22° 22'
8
8
7
7
6
6
5
5
4
4
3
22° 22'–23° 54'
9
8
8
7
7
6
6
5
5
4
4
23° 54'–25° 21'
9
9
8
8
7
7
6
6
5
5
4
25° 21'–26° 45'
10
9
9
8
8
7
7
6
6
5
5
26° 45'–28° 6'
10
10
9
9
8
8
7
7
6
6
5
28° 6'–29° 25'
11
10
10
9
9
8
8
7
7
6
6
29° 25'–30° 41'
11
11
10
10
9
9
8
8
7
7
6
30° 41'–31° 56'
12
11
11
10
10
9
9
8
8
7
7
31° 56'–33° 9'
12
12
11
11
10
10
9
9
8
8
7
33° 9'–34° 21'
13
12
12
11
11
10
10
9
9
8
8
34° 21'–35° 31'
13
13
12
12
11
11
10
10
9
9
8
35° 31'–36° 41'
14
13
13
12
12
11
11
10
10
9
9
36° 41’–37° 50’
14
14
13
13
12
12
11
11
10
10
9
37° 50’–38° 58’
15
14
14
13
13
12
12
11
11
10
10
38° 58’–40° 5’
15
15
14
14
13
13
12
12
11
11
10
40° 5’–41° 12’
16
15
15
14
14
13
13
12
12
11
11
41° 12’–42° 19’
16
16
15
15
14
14
13
13
12
12
11
42° 19’–43° 26’
17
16
16
15
15
14
14
13
13
12
12
43° 26’–44° 32’
17
17
16
16
15
15
14
14
13
13
12
44° 32’–45° 38’
18
17
17
16
16
15
15
14
14
13
13
METTLER TOLEDO IND231/IND236 Guia do usuário
30094018 | 01 | 03/2014
Altura acima do nível do mar, em metros
Latitude Norte
ou Sul,
em graus e
minutos
0
325
650
975
1300
1625
1950
2275
2600
2925
3250
325
650
975
1300
1625
1950
2275
2600
2925
3250
3575
Altura acima do nível do mar, em pés
0
1060
2130
3200
4260
5330
6400
7460
8530
9600
10660
1060
2130
3200
4260
5330
6400
7460
8530
9600
10660
11730
45° 38’–46° 45’
18
18
17
17
16
16
15
15
14
14
13
46° 45’–47° 51’
19
18
18
17
17
16
16
15
15
14
14
47° 51’–48° 58’
19
19
18
18
17
17
16
16
15
15
14
48° 58’–50° 6’
20
19
19
18
18
17
17
16
16
15
15
50° 6’–51° 13’
20
20
19
19
18
18
17
17
16
16
15
51° 13’–52° 22’
21
20
20
19
19
18
18
17
17
16
16
52° 22’–53° 31’
21
21
20
20
19
19
18
18
17
17
16
53° 31’–54° 41’
22
21
21
20
20
19
19
18
18
17
17
54° 41’–55° 52’
22
22
21
21
20
20
19
19
18
18
17
55° 52’–57° 4’
23
22
22
21
21
20
20
19
19
18
18
57° 4’–58° 17’
23
23
22
22
21
21
20
20
19
l9
18
58° 17'–59° 32'
24
23
23
22
2\2
21
21
20
20
19
19
59° 32'–60° 49'
24
24
23
23
22
22
21
21
20
20
19
60° 49'–62° 9'
25
24
24
23
23
22
22
21
21
20
20
62° 9'–63° 30'
25
25
24
24
23
23
22
22
21
21
20
63° 30'–64° 55'
26
25
25
24
24
23
23
22
22
21
21
64° 55'–66° 24'
26
26
25
25
24
24
23
23
22
22
21
66° 24'–67° 57'
27
26
26
25
25
24
24
23
23
22
22
67° 57'–69° 35'
27
27
26
26
25
25
24
24
23
23
22
69° 5'–71° 21'
28
27
27
26
26
25
25
24
24
23
23
71° 21'–73° 16'
28
28
27
27
26
26
25
25
24
24
23
73° 16'–75° 24'
29
28
28
27
27
26
26
25
25
24
24
75° 24'–77° 52'
29
29
28
28
27
27
26
26
25
25
24
77° 52'–80° 56'
30
29
29
28
28
27
27
26
26
25
25
80° 56'–85° 45'
30
30
29
29
28
28
27
27
26
26
25
85° 45'–90° 00'
31
30
30
29
29
28
28
27
27
26
26
30094018 | 01 | 03/2014
METTLER TOLEDO IND231/IND236 Guia do usuário
C-3
Para proteger o futuro do seu produto
METTLER TOLEDO:
Parabéns por escolher a qualidade e precisão da
METTLER TOLEDO. O uso adequado de acordo com
essas instruções, e a calibração e manutenção
regulares feitas pela nossa equipe treinada na
fábrica garantem uma operação confiável e precisa,
protegendo o seu investimento. Entre em contato
com METTLER TOLEDO para discutirmos um
contrato de serviço adequado às suas necessidades
e ao seu orçamento.
Convidamos você a registrar seu produto em
www.mt.com/productregistration para que
possamos informá-lo sobre aprimoramentos,
atualizações e notificações importantes sobre o seu
produto.
www.mt.com/IND231-IND236
Mettler-Toledo, LLC
1900 Polaris Parkway
Columbus, OH 43240
Phone 800 438 4511
Fax 614 438 4900
© 2014 Mettler-Toledo, LLC
30094018 Rev. 02, 04/2014
Versão do documento B
Para mais informações
Was this manual useful for you? yes no
Thank you for your participation!

* Your assessment is very important for improving the work of artificial intelligence, which forms the content of this project

Download PDF

advertisement