Protégé™ - Scott Safety
Manual de Instruções
Protégé™
Monitor de Gás Portátil
AVISO
LEIA E SIGA AS INSTRUÇÕES DESTE MANUAL ANTES DE UTILIZAR O
PRODUTO. NÃO O FAZER PODE RESULTAR EM GRAVES LESÕES OU
MORTE.
COPYRIGHT © 2010, SCOTT, Todos os direitos reservados
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Monitor de Gás Portátil Protégé
Manual de Instruções
Esta página foi intencionalmente deixada em branco
ii
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Monitor de Gás Portátil Protégé
Manual de Instruções
Índice
1.
Segurança e informações gerais................................................................... 1
1.1.
1.2.
1.3.
1.3.1.
1.3.2.
1.3.3.
1.4.
1.5.
1.5.1.
1.6.
2.
Introdução ................................................................................................... 11
2.1.
2.2.
3.
Especificações dos sensores ............................................................. 14
Visor LCD ........................................................................................... 15
Configuração ............................................................................................... 17
3.1.
3.1.1.
3.1.1.1.
3.1.2.
3.2.
3.2.1.
3.2.2.
4.
Notas importantes ................................................................................ 1
Certificações e homologações ............................................................. 2
Avisos, precauções e notas ................................................................. 3
Avisos e precauções gerais ................................................................. 4
Avisos e precauções do sensor de combustível .................................. 5
Avisos e precauções da bateria ........................................................... 6
Normas gerais de utilização do Protégé .............................................. 7
Declaração de garantia ........................................................................ 8
Contactar a Scott Health & Safety........................................................ 8
Lista de acrónimos ............................................................................... 9
Bateria ................................................................................................ 17
Carregar a bateria .............................................................................. 17
Carregar a Bateria com o Multi-carregador (Opcional) ...................... 18
Substituir a bateria ............................................................................. 19
Software do Protégé .......................................................................... 20
Instalação do software Gas Monitor ................................................... 20
Instalação do software JAVA ............................................................. 25
Operação .................................................................................................... 28
4.1.
4.1.1.
4.1.2.
4.2.
4.2.1.
4.2.2.
4.2.3.
4.2.4.
4.2.5.
4.3.
4.3.1.
4.3.2.
4.3.3.
Ligar e desligar o Protégé .................................................................. 28
Powering On ...................................................................................... 28
Desligar .............................................................................................. 29
Alertas e visores LCD ........................................................................ 31
Avisos de gás e alertas de alarme ..................................................... 31
Bateria fraca ....................................................................................... 31
Condições de intervalo suplementar .................................................. 31
Aviso de baixo débito da bomba ........................................................ 31
Falhas dos sensores .......................................................................... 31
Calibração e teste funcional do Protégé ............................................ 32
Calibração do zero ............................................................................. 34
Calibração do intervalo ...................................................................... 35
Teste funcional ................................................................................... 37
iii
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Monitor de Gás Portátil Protégé
Manual de Instruções
4.4.
4.4.1.
4.4.2.
4.4.3.
4.5.
4.6.
4.6.1.
4.6.2.
4.6.3.
4.6.4.
4.6.5.
4.6.6.
5.
5.1.
5.2.
5.3.
5.4.
5.5.
5.6.
Operação da bomba opcional ............................................................ 39
Instalar a bomba opcional com o Protégé desligado .......................... 39
Instalar a bomba opcional com o Protégé ligado ............................... 40
Desligar a bomba opcional ................................................................. 41
Interferências de gases ...................................................................... 42
Utilização do software Gas Monitor .................................................... 43
Ligar o Protégé a um PC .................................................................... 43
Descrição do software ........................................................................ 45
Alterar definições de alarme............................................................... 46
Configurar a data e a hora ................................................................. 48
Visualizar o registo de dados ............................................................. 49
Definições do software ....................................................................... 50
Manutenção ................................................................................................ 53
Bateria ................................................................................................ 53
Substituição de sensores ................................................................... 53
Resolução de problemas da bomba ................................................... 56
Procedimento de limpeza da bomba .................................................. 57
Lista de peças e acessórios ............................................................... 63
Reparações Scott ............................................................................... 63
Anexo ................................................................................................................. 64
iv
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Monitor de Gás Portátil Protégé
Manual de Instruções
Lista de Figuras
Figura 2-1. Componentes do Protégé ........................................................................ 12
Figura 2-2. Acessórios do Protégé ............................................................................. 13
Figura 2-3. Indicações do LCD .................................................................................. 16
Figura 3-1. Carregar a Bateria do Protégé ................................................................. 18
Figura 3-2. Windows Vista Controlo de conta de utilizador ........................................ 21
Figura 3-3. Instalação do Software Gas Monitor ........................................................ 22
Figura 3-4. Instalação do Software Gas Monitor ........................................................ 22
Figura 3-5. Instalação do Software Gas Monitor ........................................................ 23
Figura 3-6. Instalação do Software Gas Monitor ........................................................ 23
Figura 3-7. Instalação do Software Gas Monitor ........................................................ 24
Figura 3-8. Instalação do Software JAVA .................................................................. 25
Figura 3-9. Instalação do Software JAVA .................................................................. 26
Figura 3-10.
Instalação do Software JAVA ............................................................... 26
Figura 4-1. Ligar o Protégé ........................................................................................ 28
Figura 4-2. Desligar o Protégé ................................................................................... 30
Figura 4-3. Calibração do zero ................................................................................... 34
Figura 4-4. Configuração da Calibração do Intervalo ................................................. 36
Figura 4-5. Span Calibration ...................................................................................... 37
Figura 4-6. Configuração do teste funcional .............................................................. 38
Figura 4-7. Instalação da Bomba ............................................................................... 39
Figura 4-8. Configuração da Bomba .......................................................................... 40
Figura 4-9. Ligação Protégé / PC ............................................................................... 44
Figura 4-10. Gas Monitor Software Tabs ...................................................................... 45
Figura 4-11.
Separador Settings .............................................................................. 46
Figura 4-12.
Separador Set Clock ............................................................................ 48
Figura 4-13.
Separador View Log ............................................................................. 49
Figura 5-1. Remoção da Tampa do Protégé .............................................................. 54
Figura 5-2. Remoção do Sensor ................................................................................ 54
Figura 5-3. Alinhamento dos Pinos ............................................................................ 55
Figura 5-4. Parafusos da Bomba ............................................................................... 57
Figura 5-5. Desmontagem da Bomba ........................................................................ 58
Figura 5-6. Portas e Mangueiras da Bomba .............................................................. 59
Figura 5-7. Preparação da Seringa ............................................................................ 60
Figure 5-8. Instalação da Bomba ............................................................................... 61
Figura 5-9. Remontagem da Bomba .......................................................................... 61
v
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Monitor de Gás Portátil Protégé
Manual de Instruções
Lista de Tabelas
Tabela 1-1.
Tabela 2-1.
Tabela 2-2.
Tabela 4-1.
Tabela 4-2.
Tabela 4-3.
Tabela 5-1.
Lista de Acrónimos ................................................................................. 9
Componentes do Protégé .................................................................... 12
Descrições dos Indicadores do LCD .................................................... 16
Quando efectuar calibração ou teste funcional .................................... 33
Interferências de Gases Tóxicos .......................................................... 42
Definições de Software ........................................................................ 50
Resolução de Problemas da Bomba .................................................... 56
vi
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
1. Segurança e informações gerais
AVISO
TODAS AS PESSOAS QUE TIVEREM A RESPONSABILIDADE DE UTILIZAR OU DE TESTAR ESTE PRODUTO DEVEM LER
E COMPREENDER O CONTEÚDO DESTE MANUAL. O PRODUTO IRÁ FUNCIONAR PARA O FIM A QUE SE DESTINA
APENAS SE FOR UTILIZADO E TESTADO DE ACORDO COM AS INSTRUÇÕES DO FABRICANTE. O INCUMPRIMENTO
DESTAS INSTRUÇÕES RESULTARÁ NA ANULAÇÃO DA GARANTIA E DAS HOMOLOGAÇÕES. NÃO O FAZER TAMBÉM
PODERÁ RESULTAR EM GRAVES LESÕES OU MORTE.
1.1. Notas importantes
A Scott Health & Safety não assume qualquer responsabilidade pela utilização do seu
equipamento, caso este não seja utilizado de acordo com as instruções. Caso sejam necessários
outros detalhes operacionais ou de manutenção que não estejam incluídos neste manual, contacte
a Scott Health & Safety ou um agente. A Scott Health & Safety não será responsável por quaisquer
danos incidentais ou consequenciais relacionados com quaisquer alterações, erros ou omissões
deste manual. Num esforço contínuo para garantir a maior precisão deste manual do proprietário, a
Scott Health & Safety declina qualquer responsabilidade por quaisquer erros ou omissões. Este
documento não se destina a constituir a base de um contrato e a empresa reserva-se o direito de
alterar o design, conteúdo e especificações do detector sem aviso prévio. Adicionalmente, as
normas, códigos e legislação industriais estão sujeitas a alterações. Os utilizadores devem obter
cópias actualizadas para garantirem que as mais recentes regulações, normas e directrizes
emitidas estão disponíveis.
O detector Protégé pode ser configurado com vários sensores de gás para fornecer protecção
contra gás específico para a aplicação e requisitos de conformidade do utilizador.
1 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
1.2. Certificações e homologações
O Protégé foi testado e cumpre as seguintes directivas, normas ou documentos normalizados:
UL913
EN 60079-0
IEC 60079-0
EN 60079-1
IEC 60079-1
EN 60079-11
IEC 60079-11
EUA
CLASSE I DIVISÃO 1 GRUPOS A B C D
Temperatura ambiente: -20° C to +50°C
INTERNACIONAL
Ex d ia IIC T4
DEMKO 08 ATEX 0813482X
Temperatura ambiente: -20° C to +50°C
2 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
1.3. Avisos, precauções e notas
Foram colocados avisos, precauções e notas ao longo deste documento para chamar a atenção do
utilizador para situações únicas, potencialmente arriscadas e perigosas. Todos os avisos,
precauções e notas estão classificados e são rapidamente identificados através de um ícone.
AVISO - INDICA UMA SITUAÇÃO POTENCIALMENTE PERIGOSA QUE, SE NÃO FOR EVITADA, PODE RESULTAR EM
GRAVES LESÕES OU MORTE.
CUIDADO - INDICA UMA SITUAÇÃO POTENCIALMENTE PERIGOSA QUE, SE NÃO FOR EVITADA, PODE RESULTAR
EM LESÕES LIGEIRAS OU MODERADAS. TAMBÉM PODE SER USADO PARA ALERTAR PARA PRÁTICAS PERIGOSAS.
NOTA - SALIENTA VÁRIOS CASOS EM QUE A ATENÇÃO AOS DETALHES É FUNDAMENTAL PARA O DESEMPENHO
DO PRODUTO.
3 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
1.3.1. Avisos e precauções gerais
A seguinte lista de avisos e precauções diz respeito à utilização e cuidados gerais do Protégé.
O incumprimento destes avisos e precauções poderá resultar em morte, lesões ou mau
desempenho do equipamento.
AVISOS
PARA
EVITAR A IGNIÇÃO DE UMA ATMOSFERA EXPLOSIVA, LEIA E CUMPRA OS PROCEDIMENTOS DE
MANUTENÇÃO EM VIGOR DO FABRICANTE.
LEIA ESTE MANUAL PARA OBTER PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA INTRÍNSECA. A SUBSTITUIÇÃO DE COMPONENTES
PODE PÔR EM CAUSA A SEGURANÇA INTRÍNSECA, RESULTANDO EM GRAVES LESÕES OU MORTE.
UMA LEITURA ALTA FORA DA ESCALA PODE INDICAR UMA CONCENTRAÇÃO EXPLOSIVA.
PARA
EVITAR A IGNIÇÃO DE UMA ATMOSFERA PERIGOSA, O
RECONHECIDA COMO NÃO PERIGOSA.
PROTÉGÉ
DEVE SER CARREGADO NUMA ÁREA
A
ACTIVAÇÃO DA BOMBA É VERIFICADA DEPOIS DOS COMANDOS BLOCK PUMP, CLEAR PUMP SEREM
CONCLUÍDOS. LIGAR UMA BOMBA AO PROTÉGÉ QUANDO O PROTÉGÉ JÁ ESTIVER LIGADO IMPLICA PREMIR O
BOTÃO ESQUERDO PARA INICIAR A ACTIVAÇÃO.
PRECAUÇÕES
VERIFIQUE SE AS PORTAS DE ENTRADA DE GÁS ESTÃO ISENTAS DE SUJIDADE E RESÍDUOS ANTES DE UTILIZAR.
NENHUM GÁS SERÁ DETECTADO ENQUANTO ESTIVER NO MODO DE CONFIGURAÇÃO.
NÃO
EXPONHA O DETECTOR A GRAVES CHOQUES MECÂNICOS OU ELÉCTRICOS. EFECTUE SEMPRE OS
PROCEDIMENTOS DE ARRANQUE DO MONITOR E DE TESTE FUNCIONAL APÓS UMA EXPOSIÇÃO DESSE TIPO PARA
VERIFICAR A OPERAÇÃO E PRECISÃO DO MONITOR.
NÃO OPERAR A BOMBA SEM MANGUEIRA E SISTEMA DE AMOSTRAGEM, QUE INCLUI A SONDA COM FITROS
HIDROFÓBICO E PARTICULAS.
4 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
1.3.2. Avisos e precauções do sensor de combustível
A seguinte lista de avisos e precauções diz respeito à utilização e cuidados gerais dos sensores do
Protégé.
O incumprimento destes avisos e precauções poderá resultar em morte, lesões ou mau
desempenho do equipamento.
AVISOS
A EXPOSIÇÃO PROLONGADA DO DETECTOR A ELEVADAS CONCENTRAÇÕES DE GASES TÓXICOS OU COMBUSTÍVEIS
PODE RESULTAR NUM DESEMPENHO DEGRADADO DO SENSOR. SE OCORRER UM ALARME DEVIDO A UMA
ELEVADA CONCENTRAÇÃO DE GASES COMBUSTÍVEIS, RECALIBRE O MONITOR OU, SE NECESSÁRIO, SUBSTITUA O
SENSOR.
O
SENSOR DE COMBUSTÍVEL REQUER 10% DE OXIGÉNIO NA ATMOSFERA PARA OPERAR. SE DESCONHECER A
CONCENTRAÇÃO DE OXIGÉNIO OU SE ESTA FOR INFERIOR A 10%, NÃO UTILIZE O PROTÉGÉ PARA MONITORIZAR
CONCENTRAÇÕES DE GÁS COMBUSTÍVEL.
PRECAUÇÕES
NÃO UTILIZE QUAISQUER SOLVENTES, QUÍMICOS OU POLIDORES COM COMPOSTOS DE SILICONE PARA LIMPAR O
DETECTOR, POIS ESTES PODEM DANIFICAR O SENSOR.
A SENSIBILIDADE DO SENSOR DE GÁS COMBUSTÍVEL PODE SER NEGATIVAMENTE AFECTADA PELA EXPOSIÇÃO A
COMPOSTOS DE ENXOFRE, HALOGÉNEOS, COMPOSTOS COM SILICONE/CHUMBO OU COMPOSTOS COM FÓSFORO.
EVITE A EXPOSIÇÃO A ESTAS SUBSTÂNCIAS. CASO SE SUSPEITE QUE O DETECTOR TENHA ESTADO EXPOSTO A
TAIS SUBSTÂNCIAS, EFECTUE UM TESTE DE GÁS PARA VERIFICAR A SUA PRECISÃO E SE ESTÁ CALIBRADO EM
CONFORMIDADE.
5 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
1.3.3. Avisos e precauções da bateria
A seguinte lista de avisos e precauções diz respeito à utilização e cuidados gerais da bateria
recarregável instalada no Protégé.
O incumprimento destes avisos e precauções poderá resultar em morte, lesões ou mau
desempenho do equipamento.
AVISOS
NÃO TENTE CARREGAR AS CÉLULAS DA BATERIA EM ÁREAS POTENCIALMENTE PERIGOSAS.
PRECAUÇÕES
NÃO DEVE SER EFECTUADA QUALQUER TENTATIVA DE ALTERAÇÃO OU REPARAÇÃO DO CARREGADOR.
NÃO TENTE SUBSTITUIR A BATERIA DO MONITOR. ENVIE PARA A SCOTT HEALTH & SAFETY PARA SUBSTITUIÇÃO
OU REPARAÇÕES.
UMA
BATERIA COMPLETAMENTE DESCARREGADA PODE CAUSAR A PERDA DA DATA E HORA DO MONITOR,
PODENDO ORIGINAR DADOS DE REGISTO DE EVENTOS INCORRECTOS. RECARREGUE IMEDIATAMENTE A BATERIA
QUANDO O AVISO DA BATERIA FOR DETECTADO.
A VIDA DA BATERIA (TEMPO DE OPERAÇÃO DO INSTRUMENTO) SERÁ REDUZIDA A BAIXAS TEMPERATURAS.
RECARREGUE O CONJUNTO DA BATERIA ASSIM QUE O DETECTOR INDICAR UM ALARME DE BATERIA FRACA.
6 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
1.4. Normas gerais de utilização do Protégé
É essencial que este detector de gás seja utilizado e mantido adequadamente. Não o fazer pode
pôr em risco as pessoas cujas vidas dependem da sua operação e pode causar lesões ou morte.
•
•
•
UTILIZE O MONITOR CORRECTAMENTE! Utilize o Protégé apenas para monitorizar a
atmosfera em relação a gases e concentrações para os quais está configurado para
detectar.
A ALIMENTAÇÃO DEVE ESTAR LIGADA PARA FUNCIONAR. O Protégé apenas
detectará gases enquanto tiver a alimentação ligada e não enquanto estiver ligado ao PC ou
no modo de calibração. Carregue imediatamente a bateria quando ocorrer um alarme de
bateria fraca.
EFECTUE UM TESTE FUNCIONAL (BUMP TEST) DIÁRIO Antes de cada utilização diária,
teste os sensores utilizando uma concentração conhecida de gás de calibração. O monitor
deve indicar uma concentração de gás dentro de 10% do gás real listado na etiqueta do
cilindro de calibração. Quando a indicação de gás está fora do limite de 10%, a calibração do
intervalo deve ser efectuada.
AVISO
Efectue um teste funcional diariamente. Não efectuar um teste funcional diário pode originar graves lesões
ou morte.
•
•
•
•
TENHA ATENÇÃO a sensores de combustível contaminados! A operação de sensores
de gás combustível do tipo catalítico pode ser gravemente afectada por silicones,
halogéneos livres, hidrocarbonetos halogenados e óxidos metálicos presentes no ar
ambiente em monitorização. Se se suspeitar da presença de qualquer uma destas
substâncias, recomenda-se o aumento da frequência de verificação da calibração.
QUANDO EM DÚVIDA – SAIA DA ÁREA IMEDIATAMENTE! Os utilizadores devem sair da
área imediatamente caso o Protégé indique um aviso ou uma condição de alarme. Os
utilizadores devem conhecer e compreender os protocolos de segurança da sua empresa.
A CALIBRAÇÃO É ESSENCIAL! Deve ser efectuada periodicamente uma calibração que
tenha em consideração a utilização do monitor e as condições ambientais.
o Adicionalmente, o Protégé deve ser sempre recalibrado:
ƒ Após exposição a elevadas concentrações de gases ou vapores tóxicos ou
combustíveis.
ƒ Se o monitor tiver caído ao chão, se estiver cheio de água ou se tiver sido
submergido.
ƒ Após uma alteração na guarda do monitor.
ALARMES E CONDIÇÕES DE FORA DO INTERVALO! Os operadores devem estar cientes
das condições em que a concentração de gás está fora do intervalo detectado pelo monitor.
Se o monitor indicar uma condição de intervalo suplementar, saia da área imediatamente. Se
for detectada uma condição de intervalo suplementar, efectue um teste funcional para
garantir a funcionalidade do monitor. Se o monitor falhar no teste funcional, efectue um
procedimento de calibração completa.
7 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
1.5. Declaração de garantia
SCOTT HEALTH & SAFETY
Garantia Limitada do Monitor de Gás Protégé TM
A Scott Health & Safety (SCOTT), uma divisão da Scott Technologies Inc., garante que os seus
produtos de detecção de gás portáteis Protégé (PRODUTOS) estão isentos de defeitos de fabrico e
de material durante um período de dois (2) anos a partir da data de fabrico original pela SCOTT.
Esta garantia aplica-se a todos os componentes dos PRODUTOS fornecidos na altura da venda
original dos PRODUTOS, EXCEPTO bomba e filtros consumíveis. A SCOTT garante que a bomba
fornecida com os PRODUTOS está isenta de defeitos de fabrico e de material durante um período
de um (1) ano a partir da data de fabrico original pela SCOTT. A obrigação da SCOTT ao abrigo
desta garantia está limitada à substituição ou reparação (à discrição da SCOTT) dos PRODUTOS
ou componentes comprovadamente com defeito de fabrico ou material.
Apenas o pessoal da SCOTT ou, quando indicado pela SCOTT, agentes autorizados da SCOTT
têm permissão para cumprir obrigações de garantia. Esta garantia não se aplica a defeitos ou
danos causados por quaisquer reparações ou alterações aos PRODUTOS efectuadas pelo
proprietário ou outras pessoas, excepto se expressamente permitido pelos manuais de produtos
SCOTT ou autorização por escrito da SCOTT. Para obter o serviço ao abrigo desta garantia, e
como condição precedente de qualquer dever da SCOTT, o comprador deve devolver esses
produtos à SCOTT, a um distribuidor autorizado SCOTT ou a um centro de assistência autorizado
SCOTT. Qualquer produto devolvido à SCOTT deve ser enviado para “SCOTT HEALTH &
SAFETY” ( Warranty Claim Dept.), P.O. Box 569, Monroe, NC 28111.
Esta garantia não se aplica a qualquer avaria ou danos dos PRODUTOS resultantes de acidente,
alteração, utilização incorrecta ou negligência.
ESTA GARANTIA SUBSTITUI TODAS AS OUTRAS GARANTIAS, EXPRESSAS OU IMPLÍCITAS,
INCLUINDO MAS NÃO LIMITADA A QUALQUER GARANTIA IMPLÍCITA DE COMERCIALIZAÇÃO
OU ADEQUAÇÃO A UM DETERMINADO FIM. ADICIONALMENTE, A SCOTT RENUNCIA
EXPRESSAMENTE A QUALQUER RESPONSABILIDADE POR DANOS ESPECIAIS,
INCIDENTAIS OU CONSEQUENCIAIS RELACIONADOS COM A VENDA OU UTILIZAÇÃO DE
PRODUTOS SCOTT, E NENHUMA OUTRA FIRMA OU PESSOA ESTÁ AUTORIZADA A
ASSUMIR TAL RESPONSABILIDADE.
1.5.1. Contactar a Scott Health & Safety
Contacte a Scott Health & Safety por telefone, fax, correio electrónico ou escreva para:
Scott Health & Safety
4320 Goldmine Road
Monroe, NC 28110
Sítio web: www.scotthealthsafety.com
Telefone: 800.247.7257
FAX 704.291.8330
8 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
1.6. Lista de acrónimos
Ao longo deste manual são utilizados vários acrónimos. A tabela 1-1 mostra um quadro de consulta
rápida para que os utilizadores identifiquem rapidamente quaisquer acrónimos que desconheçam.
Tabela 1-1. Lista de Acrónimos
Acrónimo
CA
CO
°C
°F
H2S
DI
JRE
LCD
LED
LEL
O2
PC
ppm
HR
STEL
TWA
USB
Definição
Corrente Alternada
Monóxido de Carbono
Graus Celsius
Graus Fahrenheit
Sulfureto de Hidrogénio
Diâmetro Interior
Java Runtime Environment
Visor de Cristal Líquido
Díodo Emissor de Luz
Limite Inferior de Explosividade
Oxigénio
Computador Pessoal
Partes por Milhão
Humidade Relativa
Limite de Exposição de Curta Duração
Média Ponderada no Tempo
Universal Serial Bus
9 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Esta página foi intencionalmente deixada em branco
10 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
2. Introdução
A unidade Protégé é fornecida com uma bateria de iões de lítio recarregável e sensores já
instalados e prontos a utilizar. É fornecido um CD-ROM que contém o software Protégé Gas
Monitor com a unidade e que deve ser instalado para modificar as definições do Protégé ou
capturar dados da unidade.
Dependendo dos sensores com que estiver equipado, o monitor multi-gás pessoal Scott Protégé foi
concebido para a monitorização da atmosfera em relação a níveis potencialmente perigosos de
gases combustíveis, enriquecimento ou empobrecimento de oxigénio, monóxido de carbono e
sulfureto de hidrogénio.
A indicação de gás é apresentada aos utilizadores num LCD com retroiluminação de leitura directa,
diversos LEDs brilhantes, um alarme sonoro alto e um alarme vibratório. O Protégé inclui um
registo de dados transferíveis, para até 4000 eventos, e regista exposições STEL / TWA / PEAK,
calibrações e valores de gás. Uma porta USB incorporada no módulo de carregamento permite
transferir o registo de dados do monitor e, quando utilizada com o software da interface do Protégé
(incluído), permite aos utilizadores configurar rapidamente os respectivos parâmetros de operação
e alarme.
O Protégé é alimentado por uma bateria de iões de lítio recarregável com vida útil longa. Uma
bomba de extracção de amostra opcional está disponível para amostragem remota. Para além
disso, está disponível um multi-carregador opcional que irá carregar até seis unidades Protégé em
simultâneo.
Consulte a figura 2-1 e a figura 2-2.
11 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Figura 2-1.
Componentes do Protégé
Tabela 2-1. Componentes do Protégé
Número
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
Componente
Alarmes LED (2)
Visor LCD
Porta de alarme sonoro
Botão de operação (2)
Orifício roscado para bomba
Porta de entrada de gás (3)
Contactos da alimentação da bomba
Clipe jacaré
Tomada de encaixe de
carga/comunicação
Tomada de entrada do adaptador de
calibração
Conector de entrada da bomba
12 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Figura 2-2.
Acessórios do Protégé
13 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
2.1. Especificações dos sensores
Especificações do sensor de sulfureto de hidrogénio
Intervalo:
0 a 500 ppm
Tempo de resposta:
T90 < 30 sec
Temperatura de operação:
-4.0° F a +122° F / -20° C a +50° C
Humidade:
15% a 90% de HR, não condensável
Temperatura de armazenamento:
+32° F a +68°F / 0° a 20° C
Sensibilidade cruzada do sensor:
Monóxido de carbono a 300 ppm: < 2 ppm
Dióxido de enxofre, 5 ppm: aprox. –1 ppm
Óxido nítrico, 35 ppm: < 1 ppm
Hidrogénio, 10,000 ppm: < 10 ppm
Dióxido de azoto, 5 ppm: aprox. 1 ppm
Especificações do sensor de monóxido de carbono
Intervalo:
0 a 999 ppm
Tempo de resposta:
T90 < 25 seconds
Temperatura de operação:
-4° a +122° F / -20° a +50° C
Humidade:
15 a 90% de HR, não condensável
Temperatura de armazenamento:
+32° a +68° F /0° a 20° C
Sensibilidade cruzada do sensor:
Filtrado contra H2S, 15 ppm: < 0,5 ppm
Filtrado contra SO2, 5 ppm: aprox. 0 ppm
Óxido nítrico, 35 ppm: < 3 ppm
Dióxido de azoto, 5 ppm: aprox. –1 ppm
Cloro, 1 ppm: aprox. 0 ppm
Hidrogénio, 100 ppm: < 40 ppm
Etileno, 100 ppm: < 50 ppm
Etanol, 200 ppm: aprox. 0 ppm
14 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Oxygen Sensor Specifications
Intervalo:
0,0 a 25,0 %
Tempo de resposta:
T95 = 15 seconds
Temperatura de operação:
-4° a +122° F / -20° a +50° C
Humidade:
0 a 99% de HR, não condensável
Temperatura de armazenamento:
+32° a +68° F / 0° a 20° C
Combustible Sensor Specifications
Intervalo:
0 a 80% LEL
0 a 5,0% v/v Gas
Tempo de resposta:
T50 = 10 seconds
T90 = 30 seconds
Temperatura de operação:
-40° a + 392° F / -40° a 200° C
Humidade:
0 to 99% de HR, não condensável
Temperatura de armazenamento:
+32° a +68° F / 0° a 20° C
2.2. Visor LCD
A interface do operador primária do Protégé é através do visor LCD. Durante a operação, os dados
contínuos de concentrações de gás e de condições de alarme serão apresentados. Os utilizadores
também poderão monitorizar valores de pico de concentrações de gás.
No arranque, o visor mostra os valores de referência de alarme actuais para cada sensor instalado,
data e hora actuais, versão de software instalada e quando deve ser efectuada a próxima
calibração.
AVISO
SE
O PROTÉGÉ NÃO RESPONDER ADEQUADAMENTE APÓS O ARRANQUE, OU SE A CALIBRAÇÃO ESTIVER
ATRASADA, NÃO UTILIZE O MONITOR ATÉ QUE SEJAM EFECTUADAS A REVISÃO OU CALIBRAÇÃO ADEQUADAS.
NÃO O FAZER PODE RESULTAR EM LESÕES OU MORTE.
Consulte a figura 2-3 e a tabela 2-2 para obter mais informações acerca das indicações do LCD.
15 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Figura 2-3.
Indicações do LCD
Tabela 2-2. Descrições dos Indicadores do LCD
Número
Indicador
1
Etiqueta do tipo
de gás
2
TWA
3
Carga da bateria
4
STEL
5
PEAK
6
Batimento
cardíaco
7
ALARM
8
Alarme LOW
9
PUMP
10
Alarme HIGH
Descrição
Indica o tipo de gás em detecção. A etiqueta irá
piscar se um alarme estiver associado àquele
tipo de gás.
Indica TWA apresentada quando os valores de
referência de alarme são atingidos.
A diminuição da carga da bateria é indicada à
medida que as barras desaparecem à esquerda.
STEL é apresentado quando os valores de
referência de alarme STEL são atingidos.
Indica a mais elevada exposição de gás
detectada pelos sensores LEL e tóxicos desde
que o instrumento foi ligado, e os valores alto e
baixo do sensor de oxigénio. Prima e liberte o
botão esquerdo para visualizar.
Pisca para indicar que o instrumento está em
modo de monitorização. Não irá piscar durante o
procedimento de arranque ou calibração.
É apresentado quando os valores de referência
de alarme são atingidos.
Indica valores de referência de alarme baixo ou
quando os valores de referência de alarme baixo
são atingidos.
É apresentado quando uma bomba está ligada.
Indica valores de referência de alarme alto ou
quando os valores de referência de alarme alto
são atingidos.
16 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
3. Configuração
A unidade Protégé é fornecida com uma bateria de iões de lítio recarregável e um, dois ou três
sensores já instalados e prontos a utilizar. É fornecido um CD-ROM que contém o software Protégé
Gas Monitor com a unidade e que deve ser instalado para modificar as definições do Protégé ou
capturar dados da unidade.
ATENÇÃO
A
BATERIA DO PROTÉGÉ DEVE SER CARREGADA ANTES DA PRIMEIRA UTILIZAÇÃO E DIARIAMENTE APÓS A
UTILIZAÇÃO. NÃO O FAZER PODE CAUSAR A REDUÇÃO DA VIDA ÚTIL DA BATERIA E FALHA DE OPERAÇÃO DA
UNIDADE.
3.1. Bateria
O Protégé é alimentado por uma bateria de iões de lítio recarregável. O tempo de operação
habitual é de 18 horas sem bomba; no entanto, as condições de alarme reduzirão os tempos de
operação. O tempo de carga habitual é de 4 a 6 horas. Verifique se a bateria está completamente
carregada antes de utilizar.
NOTA
A VIDA ÚTIL DA BATERIA VARIA CONSOANTE A UTILIZAÇÃO DO MONITOR, CONDIÇÕES AMBIENTAIS E IDADE DA
BATERIA.
3.1.1. Carregar a bateria
Para carregar a bateria, proceda como se segue. Consulte a figura 3-1.
AVISO
Não tente carregar as células da bateria em áreas potencialmente perigosas. Não o fazer pode resultar em
lesões ou morte.
Encaixe o módulo de alimentação e de comunicações, e ligue o Protégé inserindo o encaixe do
conector dentro da tomada do Protégé. A retroiluminação do LCD do monitor irá acender-se
brevemente e o ícone de indicação de carga da bateria começará a piscar. O LCD irá indicar
BATTERY CHARGED no visor quando a bateria estiver completamente carregada.
NOTA
SE A VOLTAGEM DA BATERIA FICAR MUITO FRACA, A RETROILUMINAÇÃO IRÁ ACENDER-SE QUANDO FOR LIGADA
AO CARREGADOR; NO ENTANTO, O ÍCONE DE CARREGAMENTO DA BATERIA PODERÁ NÃO APARECER
IMEDIATAMENTE.
17 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Figura 3-1.
Carregar a Bateria do Protégé
NOTA
UMA BATERIA COMPLETAMENTE DESCARREGADA PODE CAUSAR A PERDA DAS DEFINIÇÕES DE DATE E TIME
DO MONITOR, PODENDO ORIGINAR UM REGISTO INCORRECTO DE EVENTOS DE GÁS. SE DATE E TIME FOREM
PERDIDAS, CONSULTE O PARÁGRAFO 4.6.4 .
HHH
H
Recarregue o conjunto da bateria assim que o detector indicar um alarme de bateria fraca.
3.1.1.1.
Carregar a Bateria com o Multi-carregador (Opcional)
O Multi-carregador do Protégé (P/N 096-3283) pode ser utilizado para carregar até seis unidades
Protégé em simultâneo. Ao contrário do módulo de alimentação única e de comunicações, o Multicarregador não pode ser ligado a um PC. A única função é carregar as unidades Protégé.
Para obter mais informações sobre o Multi-carregador, consulte o guia rápido do Multi-carregador
(P/N 062-0027).
18 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
3.1.2. Substituir a bateria
A bateria de iões de lítio instalada é uma unidade recarregável que não pode ser substituída ou
reparada pelos utilizadores do produto. Se já não for possível recarregar a bateria, esta deve ser
substituída na fábrica. Não tente substituir o conjunto da bateria do monitor. Envie a unidade para a
Scott Health & Safety para substituição ou reparações.
19 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
3.2. Software do Protégé
O Protégé é fornecido com um CD-ROM que inclui a aplicação de software Gas Monitor, exclusiva
para monitores Scott, que permite aos utilizadores modificar as definições do Protégé e aceder ao
registo de dados.
A aplicação Gas Monitor requer a instalação da aplicação JAVA Runtime da Sun Microsystems®.
Se não estiver instalada no PC, é possível instalar a aplicação JAVA Runtime no PC após a
instalação do software Gas Monitor.
Requisitos de sistema do PC:
•
•
•
•
Sistemas operativos: Windows XP ou Windows Vista
JAVA versão 5 ou superior
Suporte de browser: Microsoft Internet Explorer, FireFox
Porta USB
3.2.1. Instalação do software Gas Monitor
Para instalar o software da interface Gas Monitor, proceda como se segue.
NOTA
NÃO LIGUE O PROTÉGÉ AO PC ATÉ A INSTALAÇÃO ESTAR CONCLUÍDA.
NOTA
PARA
O WINDOWS® VISTA, EFECTUE O PASSO
PROSSIGA PARA O PASSO 2.
1
ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO.
PARA
O
WINDOWS XP,
1) Apenas para utilizadores do Windows Vista, é necessário aceder ao painel de controlo, clicar
em "Contas de utilizador e segurança familiar" e remover "Controlo de conta de utilizador"
(UAC), como mostrado na figura 3-2. A caixa de verificação desta opção deve estar
desmarcada. Reinicie o computador conforme necessário.
20 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Figura 3-2.
Windows Vista Controlo de conta de utilizador
2) Insira o CD-ROM fornecido com a unidade Protégé no dispositivo de CD-ROM do PC.
3) Se o PC tiver a execução automática activada, o programa de instalação será iniciado. Se a
funcionalidade de execução automática do CD-ROM estiver desactivada, navegue para o
ficheiro “gasmon.msi” no CD-ROM e faça duplo clique no mesmo para iniciar o procedimento
de instalação.
4) Quando lhe for solicitado, clique em NEXT para continuar a instalação.
21 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Figura 3-3.
Instalação do Software Gas Monitor
5) Quando lhe for solicitado, assinale a caixa para aceitar os termos do License Agreement.
Clique em NEXT para continuar.
Figura 3-4.
Instalação do Software Gas Monitor
6) Se pretender, seleccione uma localização personalizada para instalar o software ou utilize a
localização predefinida. Clique em NEXT para continuar.
22 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Figura 3-5.
Instalação do Software Gas Monitor
7) Clique em INSTALL e monitorize o progresso da instalação.
Figura 3-6.
Instalação do Software Gas Monitor
8) Quando lhe for solicitado, clique em FINISH para concluir a instalação.
23 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Figura 3-7.
Instalação do Software Gas Monitor
24 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
3.2.2. Instalação do software JAVA
O software JAVA deve ser instalado para utilizar o software Scott Gas Monitor. O software de
instalação está disponível no mesmo CD-ROM do software Gas Monitor fornecido com o Protégé.
Os utilizadores avançados com acesso à internet podem optar por transferir e instalar a aplicação
JAVA Runtime a partir do respectivo sítio web em www.java.com.
Para instalar JAVA a partir do CD-ROM, proceda como se segue.
1) Navegue para a pasta Java e seleccione o ficheiro de instalação JAVA adequado ao sistema
operativo do PC.
2) Faça duplo clique no ficheiro para iniciar o processo de instalação:
3) Veja se a instalação de Java Runtime Environment (JRE) é iniciada. Os ficheiros de
instalação podem ser descompactados durante um processo automatizado.
4) Quando lhe for solicitado, seleccione ACCEPT para aceitar o License Agreement de
utilizador e prosseguir com a instalação.
Figura 3-8.
Instalação do Software JAVA
5) Quando lhe for solicitado, seleccione ou desmarque qualquer aplicação de software de
terceiros, como a Google Toolbar, que a Sun Microsystems fornece juntamente com a
instalação do software JAVA.
NOTA
APENAS O SOFTWARE JAVA É NECESSÁRIO PARA EXECUTAR O SOFTWARE SCOTT GAS MONITOR. A INSTALAÇÃO
OU NÃO DE QUALQUER SOFTWARE OPCIONAL NESTE ECRÃ NÃO AFECTARÁ A OPERAÇÃO DO SCOTT GAS
MONITOR.
25 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Figura 3-9.
Instalação do Software JAVA
6) Clique em NEXT para continuar.
7) Veja se o ecrã de progresso da instalação progride ao longo da instalação. Os tempos de
instalação irão variar consoante o desempenho do PC, mas nunca devem ser muito longos.
8) Quando lhe for solicitado, após a conclusão com êxito da instalação do software, clique em
FINISH para concluir a instalação do software JAVA.
Figura 3-10. Instalação do Software JAVA
26 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Esta página foi intencionalmente deixada em branco
27 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
4. Operação
4.1. Ligar e desligar o Protégé
O monitor Protégé é fornecido com um conjunto de bateria de iões de lítio recarregável instalado.
Se o monitor não se ligar depois de iniciar os passos seguintes, ligue o monitor à respectiva base
de recarregamento até ficar completamente carregado. Os operadores devem carregar o monitor
antes da sua primeira utilização e diariamente antes da operação do mesmo. O visor do monitor
indicará BATTERY CHARGED quando completamente carregada.
4.1.1. Powering On
Prima e mantenha premido o botão de operação esquerdo ou direito até o temporizador de
contagem decrescente terminar e RELEASE for apresentado no LCD. Se o botão de operação for
mantido premido durante 5 segundos após RELEASE ser apresentado, o monitor não se irá ligar.
NOTA
SE A VOLTAGEM DA BATERIA FICAR MUITO FRACA ENQUANTO ESTIVER DESLIGADA, A UNIDADE PODERÁ
APRESENTAR PLEASE CHARGE QUANDO A TENTAR LIGAR. CARREGUE SEMPRE COMPLETAMENTE A BATERIA
ANTES DE UTILIZAR.
NOTA
O
PARÂMETRO DO TEMPORIZADOR DE CONTAGEM DECRESCENTE IRÁ VARIAR CONFORME ESPECIFICADO NO
SOFTWARE SCOTT GAS MONITOR. CONSULTE O PARÁGRAFO 4.6.3 PARA OBTER INFORMAÇÕES ACERCA DE COMO
AJUSTAR ESTE PARÂMETRO.
HHH
H
Figura 4-1.
Ligar o Protégé
O Protégé iniciará a sua sequência automática de teste de arranque assim que o botão de
operação for libertado. Esta sequência consiste nos seguintes.
28 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
1) Verificação de LEDs, alarme vibratório e alarme sonoro – Todos os LEDs são acesos, o
alarme sonoro é soado e o alarme vibratório é activado.
2) Software - A versão actual é apresentada.
3) A data é apresentada.
4) A hora é apresentada.
5) As definições de alarme LOW são apresentadas.
6) As definições de alarme HIGH são apresentadas.
7) A definição de alarme STEL é apresentada.
8) A definição de alarme TWA é apresentada.
9) Cal Due – indica quando deve ser efectuada a próxima calibração (em dias).
AVISO
A OPERAÇÃO DE UM MONITOR PROTÉGÉ QUE TENHA ULTRAPASSADO A RESPECTIVA DATA DE CALIBRAÇÃO PODE
ORIGINAR FALSAS LEITURAS DE GASES DETECTADOS. NÃO CONFIE EM LEITURAS INVÁLIDAS OBTIDAS QUANDO A
UNIDADE TIVER A CALIBRAÇÃO ATRASADA. A OPERAÇÃO DE UM PROTÉGÉ COM CALIBRAÇÃO ATRASADA PODE
NÃO INDICAR DE FORMA EXACTA AS CONDIÇÕES AMBIENTAIS QUE PODEM ORIGINAR LESÕES OU MORTE.
AVISO
SE CAL EXPIRED
FOR APRESENTADO APÓS A SEQUÊNCIA DE LIGAÇÃO E ARRANQUE, INDICANDO QUE A
UNIDADE NÃO TEM UMA CALIBRAÇÃO ACTUAL VÁLIDA, PRIMA O BOTÃO DE OPERAÇÃO DIREITO PARA IGNORAR E
CALIBRE IMEDIATAMENTE O MONITOR. UM PROTÉGÉ QUE NÃO TENHA SIDO ADEQUADAMENTE CALIBRADO PODE
ORIGINAR LESÕES OU MORTE.
AVISO
NUNCA
OPERE UM MONITOR PROTÉGÉ NO MODO DE MONITORIZAÇÃO DE GÁS COM O ADAPTADOR DE
CALIBRAÇÃO ACOPLADO. ISTO PODE ORIGINAR FALSAS LEITURAS DE GASES DETECTADOS. NÃO O FAZER PODE
ORIGINAR LESÕES OU MORTE.
Após a conclusão desta sequência, o Protégé voltará à monitorização habitual.
4.1.2. Desligar
Prima e mantenha premidos ambos os botões de operação em simultâneo até o temporizador de
contagem decrescente terminar e o LCD ficar em branco. Se os botões forem mantidos premidos
durante 5 segundos após o LCD ficar em branco, o Protégé tentará ligar-se novamente.
NOTA
O PARÂMETRO DE TEMPORIZAÇÃO IRÁ VARIAR CONFORME ESPECIFICADO NO SOFTWARE SCOTT GAS MONITOR.
CONSULTE O PARÁGRAFO 4.6.3 PARA OBTER INFORMAÇÕES ACERCA DE COMO AJUSTAR ESTE PARÂMETRO.
HHH
H
29 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Figura 4-2.
Desligar o Protégé
30 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
4.2. Alertas e visores LCD
4.2.1. Avisos de gás e alertas de alarme
Tanto os avisos de gás como os alarmes irão piscar indicando o tipo de gás específico que estiver
em alerta. Os alarmes sonoro, visual e vibratório serão activados e a concentração/o valor do
sensor em alarme será indicado.
Se a etiqueta do tipo de gás piscar sem estar presente nenhum alarme, significa que o sensor está
a detectar um desvio negativo. Efectue uma calibração do zero para eliminar o desvio.
Se a opção "Operate with failed sensors" tiver sido activada utilizando o software Gas Monitor, o
Protégé apresentará FAL em vez da leitura desse sensor específico. Não se recomenda a
utilização desta opção, excepto se for prestada uma atenção redobrada às capacidades de
monitorização reduzidas do Protégé e se forem cumpridas as práticas estabelecidas localmente.
4.2.2. Bateria fraca
O ícone de carga da bateria piscará e o monitor activará os alarmes visual, sonoro e vibratório
quando a bateria ficar fraca. As condições de bateria fraca podem ser silenciadas premindo o botão
esquerdo. Os utilizadores devem sair imediatamente do ambiente e carregar o Protégé assim que
um alarme de bateria fraca for indicado.
4.2.3. Condições de intervalo suplementar
Se um sensor no monitor for exposto a uma concentração de gás meta que excede o intervalo do
sensor, o Protégé activará os respectivos alarmes visual, sonoro e vibratório, e apresentará +++ na
localização do sensor no LCD. As condições de alarmes irão cessar quando a concentração de gás
diminuir.
AVISO
SE
FOR DETECTADA UMA CONDIÇÃO DE INTERVALO SUPLEMENTAR, EFECTUE UM TESTE FUNCIONAL PARA
GARANTIR A FUNCIONALIDADE DO MONITOR. SE O MONITOR FALHAR NO TESTE FUNCIONAL, EFECTUE UM
PROCEDIMENTO DE CALIBRAÇÃO COMPLETA. NÃO O FAZER PODE RESULTAR EM MONITORIZAÇÃO INEXACTA DA
UNIDADE E CAUSAR LESÕES OU MORTE.
4.2.4. Aviso de baixo débito da bomba
O aviso de baixo débito da bomba é apresentado quando o débito de ar na bomba está diminuído
ou restringido e pode comprometer leituras exactas. O Protégé desliga a bomba e o monitor dispara
um alarme sonoro, visual e vibratório enquanto o ícone PUMP pisca. Depois de eliminada a causa
do baixo débito da bomba, rearme a bomba premindo e libertando o botão esquerdo ou direito.
4.2.5. Falhas dos sensores
FAL será indicado para cada sensor que falhe a calibração do zero ou intervalo. Caso isto ocorra,
recalibre o monitor. Se um sensor continuar a falhar, substitua o sensor e recalibre ou contacte um
centro de assistência autorizado.
31 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
4.3. Calibração e teste funcional do Protégé
AVISO
A OPERAÇÃO DE UM MONITOR PROTÉGÉ QUE TENHA ULTRAPASSADO A RESPECTIVA DATA DE CALIBRAÇÃO PODE
ORIGINAR FALSAS LEITURAS DE GASES DETECTADOS. AS LEITURAS OBTIDAS QUANDO A UNIDADE TIVER A
CALIBRAÇÃO ATRASADA SÃO INVÁLIDAS E PODEM ORIGINAR LESÕES OU MORTE.
ATENÇÃO
SE CAL EXPIRED
FOR APRESENTADO APÓS A SEQUÊNCIA DE LIGAÇÃO E ARRANQUE, INDICANDO QUE A
UNIDADE NÃO TEM UMA CALIBRAÇÃO ACTUAL VÁLIDA, PRIMA O BOTÃO DE OPERAÇÃO DIREITO PARA IGNORAR E
CALIBRE IMEDIATAMENTE O MONITOR. NÃO O FAZER PODE RESULTAR EM MONITORIZAÇÃO INEXACTA DOS
SENSORES DA UNIDADE.
A Scott Health & Safety reconhece o potencial do Protégé enquanto dispositivo salva-vidas quando
operado e mantido correctamente. Assim sendo, a verificação da operação correcta do Protégé
através da calibração do intervalo e da realização diária do teste funcional são essenciais para
garantir que o Protégé funciona correctamente num ambiente potencialmente perigoso.
A frequência da realização da calibração do intervalo e do teste funcional deve ser determinada
com base nas normas regulamentares locais, normas da empresa e melhores práticas da indústria.
A Scott Health & Safety não é responsável pela determinação de normas ou práticas.
A calibração do Protégé ocorre em duas fases. A calibração do zero é efectuada para determinar
leituras de referência de atmosferas reconhecidas como estando isentas de gases tóxicos ou
combustíveis. A calibração do intervalo é efectuada para garantir que o monitor detecta gases meta
dentro dos parâmetros de operação especificados.
A calibração do intervalo é o ajuste da resposta do Protégé para corresponder a uma concentração
conhecida de gás. Os sensores podem perder sensibilidade devido a degradação normal,
exposição a elevadas concentrações de gás ou contaminação dos sensores. A calibração exacta
pode ser obtida apenas se forem utilizadas concentrações específicas dos gases correctos. A
calibração do intervalo deve ser efectuada quando um novo sensor for instalado ou quando o
Protégé apresentar CAL EXPIRED. A calibração do intervalo deve ser efectuada sempre que um
teste funcional diário falhar.
O teste funcional verifica a calibração do intervalo, submetendo o Protégé a uma exposição
conhecida de gás, verificando se a resposta está dentro de 10% da concentração real e se todos os
alarmes funcionam correctamente. A Scott Health & Safety recomenda a realização de um teste
funcional diário antes de cada utilização diária e sempre que o sensor tenha sido exposto a uma
elevada concentração de gás, submergido em água ou exposto a choque mecânico, como uma
queda.
32 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
A Scott Health & Safety recomenda a realização de uma calibração do zero diária antes de cada
utilização diária e quando o monitor apresentar uma leitura diferente da respectiva leitura de
referência numa atmosfera reconhecida como estando isenta de gases tóxicos ou combustíveis.
Quando uma atmosfera não for reconhecida como estando isenta de gases tóxicos ou
combustíveis, pode ser utilizado um cilindro de calibração de ar zero.
Tabela 4-1. Quando efectuar calibração ou teste funcional
Calibração ou
teste
Calibração do
zero
Calibração do
intervalo
Teste funcional
Efectuar quando
• Diariamente
Quando as leituras de referência forem
incorrectas ou suspeitas
• Antes de uma calibração do intervalo
• CAL EXPIRED é apresentado
• Após a instalação de novos sensores
• Quando um teste funcional falhar
• Diariamente
• Quando um sensor for exposto a uma elevada
concentração de gás
• Quando submergido em água
• Quando exposto a choque mecânico, como uma
queda
•
33 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
4.3.1. Calibração do zero
1) Verifique se o ar ambiente está isento de gases tóxicos ou combustíveis. Se o ar não estiver
isento ou não for possível confirmá-lo, obtenha um cilindro de gás de ar zero.
2) Ligue o Protégé.
3) Prima e mantenha premido o botão de operação direito até PLEASE WAIT ser apresentado.
AVISO
PARA EVITAR A OCORRÊNCIA DE UMA CALIBRAÇÃO DO
CLEAR? SE O MONITOR INDICAR UMA LEITURA DE
ZERO INCORRECTA, O PROTÉGÉ APRESENTARÁ IS AIR
GÁS SUPERIOR, EM 50% OU MAIS, A UM VALOR DE
REFERÊNCIA DE ALARME PARA QUALQUER DOS GASES QUE ESTÁ EQUIPADO PARA DETECTAR. O UTILIZADOR TEM
20 SEGUNDOS PARA CONFIRMAR O ALERTA. SE O ALERTA NÃO FOR CONFIRMADO DENTRO DE 20 SEGUNDOS, O
PROTÉGÉ IRÁ DESLIGAR-SE. NÃO PROSSIGA COM A CALIBRAÇÃO DO ZERO ATÉ QUE SEJA CONFIRMADO QUE O AR
ESTÁ ISENTO DE GASES TÓXICOS E COMBUSTÍVEIS. NÃO EFECTUAR CORRECTAMENTE UMA CALIBRAÇÃO DO
ZERO PODE RESULTAR EM LESÕES OU MORTE.
NOTA
AS LEITURAS DE REFERÊNCIA PARA UMA CALIBRAÇÃO DO ZERO SÃO DE
PARA O2.
0 PARA H2S, CO E LEL, E DE 20,9%
4) Se o visor indicar IS AIR CLEAR? e tiver sido confirmada uma atmosfera limpa, prima o
botão direito para iniciar a calibração do zero.
5) Aguarde que o Protégé conclua a calibração do zero. Se passar, o LCD apresentará APPLY
GAS. Se falhar, o LCD apresentará FAILED e o sensor ou sensores que falharam.
Figura 4-3.
Calibração do zero
6) Se pretender efectuar a calibração do intervalo, prossiga para o parágrafo 4.3.2.
7) Se não pretender efectuar a calibração do intervalo, prima o botão de operação esquerdo
para sair ou aguarde que o temporizador de 80 segundos expire.
34 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
8) Quando o LCD apresentar CAL STOPPED, prima o botão de operação esquerdo ou direito
para sair do modo de calibração.
4.3.2. Calibração do intervalo
NOTA
PARA
FACTORES K EXACTOS QUANDO EFECTUAR UMA CALIBRAÇÃO DO INTERVALO DE UM SENSOR DE
COMBUSTÍVEL, CONSULTE O ANEXO.
HHH
Equipamento necessário:
•
•
•
•
Gás de calibração - verifique se o nível de concentração corresponde aos valores de
referência de detecção do monitor e se a data de validade do cilindro não expirou.
Tubagem Tygon™ - 2 pés (61 cm) com DI de 3/16"
Regulador - configure para fornecer um débito de 0,5 l/min
Adaptador de calibração - incluído com o Protégé
CAUTION
O
GÁS DEVE SER APLICADO A UM DÉBITO DE 0,5 LITROS/MIN PARA A REALIZAÇÃO DA CALIBRAÇÃO DO
INTERVALO. NÃO APLICAR O GÁS AO DÉBITO ADEQUADO IRÁ RESULTAR NUMA CALIBRAÇÃO FALHADA OU
INEXACTA.
NOTA
A
CALIBRAÇÃO DO INTERVALO PODE SER EFECTUADA NO PROTÉGÉ UTILIZANDO CILINDROS DE GÁS DE
CALIBRAÇÃO INDIVIDUAIS, QUE CONTENHAM UM GÁS META ESPECÍFICO PARA O SENSOR A CALIBRAR, OU UM
CILINDRO DE MISTURA DE GASES, QUE CONTENHA UMA MISTURA DE CADA UM DOS GASES META NECESSÁRIOS
PARA CALIBRAR CADA UM DOS SENSORES QUE O INSTRUMENTO ESTIVER ACTUALMENTE CONFIGURADO PARA
DETECTAR. SE FOREM UTILIZADOS CILINDROS DE GÁS INDIVIDUAIS PARA A CALIBRAÇÃO DO INTERVALO, DEVE
SER EFECTUADO O PROCEDIMENTO SEGUINTE PARA CADA SENSOR.
NOTA
O PROTÉGÉ
TEM UM TEMPORIZADOR AUTOMÁTICO DE 80 SEGUNDOS QUANDO O ECRÃ APPLY GAS É
APRESENTADO. SE NÃO FOR POSSÍVEL AOS UTILIZADORES APLICAR GÁS NOS SENSORES NO PERÍODO DE 80
SEGUNDOS, CAL STOPPED SERÁ APRESENTADO. AO PREMIR O BOTÃO DE OPERAÇÃO DIREITO OU ESQUERDO,
SAIRÁ DO MODO DE CALIBRAÇÃO E SERÁ NECESSÁRIO REPETIR O PROCEDIMENTO.
1) Verifique se o nível de concentração do gás meta do cilindro corresponde às definições do
Protégé, conforme especificadas no software Scott Gas Monitor. Se necessário, consulte o
parágrafo 4.6.3 para obter informações acerca de como ajustar ou verificar as definições.
2) Fixe o regulador ao cilindro de gás e verifique a pressão do cilindro.
3) Ligue a tubagem Tygon ao regulador e ao adaptador de calibração.
4) Com o Protégé ligado, e se ainda não o tiver efectuado, prima e mantenha premido o botão
de operação direito até que a calibração do zero seja concluída e APPLY GAS ou o ecrã de
introdução de palavra-passe opcional seja apresentado no LCD.
35 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
NOTA
SE O ECRÃ DE PALAVRA-PASSE OPCIONAL FOR APRESENTADO, EFECTUE O PASSO 5. CASO CONTRÁRIO, PROSSIGA
PARA O PASSO 6.
5) Se necessário, introduza a palavra-passe de 4 dígitos, utilizando o botão esquerdo para se
deslocar pelos caracteres numéricos e o botão direito para aceitar a introdução e mover-se
para o carácter seguinte.
NOTA
CAL STOPPED SERÁ
CARACTERES. PRIMA O
PROCEDIMENTO.
APRESENTADO SE DECORREREM MAIS DE 30 SEGUNDOS ENTRE INTRODUÇÕES DE
BOTÃO ESQUERDO OU DIREITO PARA SAIR DO MODO DE CALIBRAÇÃO E REINICIAR O
6) Fixe o adaptador de calibração ao Protégé e aplique gás a partir do regulador.
Figura 4-4.
Configuração da Calibração do Intervalo
7) Para cilindros de gás único, aguarde que o visor apresente CAL PASSED e depois
apresente APPLY GAS. Fixe a tubagem Tygon ao cilindro seguinte e aplique gás a partir do
regulador. Quando o último gás tiver sido aplicado e passado na calibração, REMOVE GAS
será apresentado. Desligue o cilindro de gás e remova o adaptador de calibração. O monitor
voltará automaticamente ao modo de monitorização de gás.
8) Para cilindros de mistura de gases, aguarde que o visor apresente CAL PASSED e depois
apresente REMOVE GAS. Desligue o cilindro de gás e remova o adaptador de calibração. O
monitor voltará automaticamente ao modo de monitorização de gás.
36 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Figura 4-5.
Span Calibration
4.3.3. Teste funcional
Equipamento necessário:
•
•
•
•
Gás de calibração - verifique se o nível de concentração excede os valores de referência do
monitor e se a data de validade do cilindro não expirou.
Tubagem Tygon™ - 2 pés (61 cm) com DI de 3/16"
Regulador - configure para fornecer um débito de 0,5 l/min
Adaptador de calibração - incluído com o Protégé
1) Verifique se o nível de concentração do gás meta do cilindro excede as definições de alarme
do Protégé, conforme especificadas no software Scott Gas Monitor. Se necessário, consulte
o parágrafo 4.6.3 para obter informações acerca de como ajustar ou verificar as definições.
2) Fixe o regulador ao cilindro de gás e verifique a pressão do cilindro.
3) Ligue a tubagem Tygon ao regulador e ao adaptador de calibração.
4) Se estiver instalada, remova a bomba opcional do monitor e reinicie-o.
5) Fixe o adaptador de calibração ao Protégé e aplique gás.
37 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Figura 4-6.
Configuração do teste funcional
6) Verifique se o Protégé responde rapidamente ao gás meta activando os alarmes visual,
sonoro e vibratório.
7) Verifique se as leituras no visor LCD estão dentro de 10% de concentração real do gás meta.
8) Desligue o cilindro de gás e remova o adaptador de calibração.
AVISO
SE
O PROTÉGÉ NÃO ACTIVAR TODOS OS ALARMES ATEMPADAMENTE, DEVE SER EFECTUADA UMA REVISÃO À
UNIDADE ANTES DE SER UTILIZADA. SE O PROTÉGÉ NÃO OBTIVER UMA LEITURA DE CONCENTRAÇÃO DO GÁS
META DENTRO DE 10%, EFECTUE UMA CALIBRAÇÃO DO INTERVALO. NÃO O FAZER PODE ORIGINAR LESÕES OU
MORTE.
38 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
4.4. Operação da bomba opcional
A bomba de extracção de amostra automática do Protégé é alimentada pela bateria interna do
monitor. O tempo de operação habitual com bomba é de 12 horas; no entanto, as condições
ambientais e de alarme reduzirão o tempo de operação. Se a bomba for fixada ao monitor quando
este estiver ligado, a bomba é reconhecida automaticamente.
Scott Health & Safety recomendamos não operamos a bomba sem mangueira e sistema de
amostragem, que inclui a sonda com fitros hidrofóbico e particulas.
Resolva problemas relativos a um fraco desempenho da bomba, utilizando o parágrafo 5.3.
PRECAUÇÕES
QUANDO
UTILIZAR A BOMBA DE EXTRACÇÃO DE AMOSTRA, PERMITA UM TEMPO DE AMOSTRA SUFICIENTE,
BASEADO NO COMPRIMENTO DA TUBAGEM DE AMOSTRA QUE ESTIVER A UTILIZAR. PERMITA UM MÍNIMO DE 1
SEGUNDO PARA CADA PÉ (30 CM) DE TUBAGEM DE AMOSTRA E AGUARDE QUE AS LEITURAS DE GÁS ESTABILIZEM.
NÃO O FAZER PODE ORIGINAR LEITURAS INEXACTAS.
4.4.1. Instalar a bomba opcional com o Protégé desligado
1) Ligue a bomba inserindo, em ângulo, o conector traseiro da bomba no conector de entrada
da bomba no monitor. Rode a bomba para a frente até esta ficar alinhada com o monitor.
Aparafuse o parafuso de retenção da bomba no orifício roscado localizado na parte dianteira
do monitor.
Figura 4-7.
Instalação da Bomba
39 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
2) Ligue o Protégé e permita que a unidade execute o respectivo procedimento de arranque. A
bomba ainda não estará a funcionar.
3) Após conclusão do procedimento de arranque, a bomba será activada e BLOCK PUMP será
apresentado. Para bloquear a entrada da bomba, coloque um dedo sobre a entrada. Depois
de passar no teste, CLEAR PUMP será apresentado.
Figura 4-8.
Configuração da Bomba
NOTA
SE O MONITOR NÃO INDICAR CLEAR PUMP, VERIFIQUE SE EXISTEM POSSÍVEIS FUGAS NA LIGAÇÃO DA BOMBA
AO MONITOR OU NO INTERIOR DO SISTEMA DE EXTRACÇÃO DE AMOSTRA, INCLUINDO OS FILTROS HIDROFÓBICOS
E DE PARTÍCULAS NO CONJUNTO DA SONDA.
4) Remova o dedo da monitor fica pronto a utilizar.
4.4.2. Instalar a bomba opcional com o Protégé ligado
AVISO
A
BOMBA NÃO SERÁ AUTOMATICAMENTE ACTIVADA QUANDO ACOPLADA A UM PROTÉGÉ LIGADO. OS
UTILIZADORES DEVEM PREMIR O BOTÃO ESQUERDO PARA INICIAR A ACTIVAÇÃO DA BOMBA. NÃO EFECTUAR A
ACTIVAÇÃO DA BOMBA PODE ORIGINAR UMA MONITORIZAÇÃO NÃO FIÁVEL, QUE PODE RESULTAR EM LESÕES OU
MORTE.
1) Ligue a bomba inserindo, em ângulo, o conector traseiro da bomba no conector de entrada
da bomba no monitor. Rode a bomba para a frente até esta ficar alinhada com o monitor.
Aparafuse o parafuso de retenção da bomba no orifício roscado localizado na parte dianteira
do monitor. Consulte a Figura 4-7.
2) A bomba ainda não estará a funcionar. Prima e mantenha premido o botão esquerdo para
activar a bomba. Liberte o botão esquerdo quando BLOCK PUMP for apresentado.
3) Para bloquear a entrada da bomba, coloque um dedo sobre a entrada. Depois de passar no
teste, CLEAR PUMP será apresentado. Consulte a Figura 4-8.
40 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
NOTA
SE O MONITOR NÃO INDICAR CLEAR PUMP, VERIFIQUE SE EXISTEM POSSÍVEIS FUGAS NA LIGAÇÃO DA BOMBA
AO MONITOR OU NO INTERIOR DO SISTEMA DE EXTRACÇÃO DE AMOSTRA, INCLUINDO OS FILTROS HIDROFÓBICOS
E DE PARTÍCULAS NO CONJUNTO DA SONDA.
4) Remova o dedo da monitor fica pronto a utilizar.
4.4.3. Desligar a bomba opcional
1) Desaparafuse o parafuso de retenção da bomba enquanto segura a bomba contra o monitor.
2) Se a unidade estiver ligada, prima e mantenha premido o botão esquerdo até o monitor
começar a apresentar as exposições PEAK.
NOTA
O ALARME DA BOMBA SOAR, CONFIRME-O PREMINDO E LIBERTANDO O BOTÃO ESQUERDO OU DIREITO, E
DEPOIS PRIMA E MANTENHA PREMIDO O BOTÃO ESQUERDO ATÉ O MONITOR COMEÇAR A APRESENTAR AS
EXPOSIÇÕES PEAK. AS EXPOSIÇÕES PEAK IRÃO PISCAR BREVEMENTE ANTES DE VOLTAR AO ECRÃ DE
MONITORIZAÇÃO NORMAL.
SE
3) Rode a bomba para trás até se desprender do monitor.
41 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
4.5. Interferências de gases
Existem interferências de gases conhecidas para um número limitado de compostos químicos. A
Scott H & S tenta identificar possíveis interferências de gases às quais os sensores de gás possam
ser expostos; no entanto, nem todos os compostos químicos que existem presentemente foram
testados.
A tabela 4-2 apresenta interferências de gases tóxicos conhecidas.
NOTA
A TABELA 4-2 NÃO MOSTRA, NEM ISSO DEVE SIGNIFICAR, QUE NÃO POSSAM OCORRER OUTRAS INTERFERÊNCIAS.
ESTES RÁCIOS DE SELECTIVIDADE SÃO UTILIZADOS APENAS COMO ORIENTAÇÕES. NÃO DEVEM SER UTILIZADOS
COMO FACTORES DE CALIBRAÇÃO. AS SENSIBILIDADES CRUZADAS REAIS DOS TIPOS DE GASES PODEM DIFERIR
DOS VALORES APRESENTADOS.
H
Tabela 4-2. Interferências de Gases Tóxicos
Todos os valores
em PPM
~ Cerca de
< Inferior a
</= Inferior ou
igual a
Tipos de sensores
CO
CO
CO
CO
CO
H2S
<3
H2S
<3
H2S
SO2
0
SO2
0
SO2
NO
< 10
NO
< 10
NO
NO2
</= -20
NO2
</= -20
NO2
CL2O
0
CL2O
0
CL2O
H2
< 40
H2
< 40
H2
HCN
HCN
HCN
HCL
HCL
HCL
42 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
4.6. Utilização do software Gas Monitor
4.6.1. Ligar o Protégé a um PC
1) Inicie o software Gas Monitor, fazendo duplo clique no ícone Protégé PCI. O ícone é
instalado no ambiente de trabalho durante uma instalação típica do software Gas Monitor. O
ícone Protégé PCI pode estar noutra localização, caso tenha sido efectuada uma instalação
personalizada.
2) Se ainda não o tiver efectuado, ligue o cabo adaptador de corrente CA ao módulo de
comunicações e ligue o cabo USB ao módulo de comunicações e à porta USB do seu PC.
NOTA
SE
ESTA FOR A INSTALAÇÃO INICIAL DO MÓDULO DE COMUNICAÇÕES, PERMITA QUE O
RECONHEÇA O MÓDULO DE COMUNICAÇÕES ANTES DE PROSSEGUIR.
PC
CARREGUE E
3) Ligue o Protégé ao módulo de comunicações, inserindo o encaixe do conector na parte
traseira do
Protégé
43 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
.
Figura 4-9.
Ligação Protégé / PC
A aplicação de software Gas Monitor confirma a ligação entre o PC e o Protégé através do
separador HOME. Abaixo da imagem do Protégé será apresentado CONNECTED ou PLEASE
CONNECT YOUR INSTRUMENT. Navegue pelo software utilizando o rato e o teclado do PC.
44 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
4.6.2. Descrição do software
O software Scott Gas Monitor proporciona uma interface entre o PC e o Protégé para transferir o
registo de dados, ajustar definições e determinar valores de referência de alarme. A navegação
pelo software é efectuada utilizando o rato e o teclado do PC. Os quatro separadores localizados
na parte superior da interface são HOME, SETTINGS, SET CLOCK e VIEW DATA.
Figura 4-10. Gas Monitor Software Tabs
O separador HOME é o ecrã predefinido que aparece ao iniciar o software Gas Monitor. Os
utilizadores podem seleccionar o idioma de apresentação e ver o estado da ligação ao Protégé
neste separador.
O separador SETTINGS contém diversas opções diferentes para o utilizador. Podem ser alterados
os valores de referência de alarme, pode ser introduzida uma palavra-passe, podem ser definidos
os temporizadores e pode ser configurada a duração da retroiluminação do LCD neste separador
de definições.
O separador SET CLOCK é utilizado para definir a data e a hora do Protégé. Existe uma opção
para sincronizar a hora do Protégé com o PC para a manutenção da hora certa.
O separador VIEW LOG não tem opções configuráveis pelo utilizador. Apresenta o registo de
dados internos de eventos do Protégé. Estes dados podem ser lidos, guardados, apagados e
recuperados de ficheiros guardados anteriormente.
45 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
4.6.3. Alterar definições de alarme
Figura 4-11. Separador Settings
Aceda ao separador SETTINGS para alterar definições de alarme. As opções seguintes estão
disponíveis para os utilizadores.
RESTORE DEFAULT - Restaura todas as definições do monitor para as predefinições de fábrica.
READ - Carrega as definições actuais do monitor para revisão ou modificação.
WRITE - Transfere as alterações de parâmetros efectuadas no software Gas Monitor para o
Protégé ligado.
NOTA
ALTERAR DEFINIÇÕES NO
WRITE SEJA EFECTUADO.
SOFTWARE
GAS MONITOR
NÃO ALTERA AS DEFINIÇÕES NO
PROTÉGÉ
ATÉ QUE
OPEN - Abre e apresenta perfis de definição de parâmetros do Protégé guardados anteriormente.
SAVE - Guarda perfis de definição de parâmetros do Protégé.
46 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
CO, H2S, O2, and Combustible / LEL - Utilize as setas para cima e para baixo para ajustar os
valores de referência para cada alarme, consoante pretendido.
OPTIONS Password - Pode ser utilizada uma palavra-passe de 4 dígitos para limitar o acesso à
calibração do intervalo do Protégé. Seleccione a caixa de verificação que diz USE PASSWORD e
introduza um número com 4 dígitos na caixa. Uma vez escrita no Protégé, todos os utilizadores que
tentarem efectuar uma calibração do intervalo na unidade irão necessitar desta palavra-passe. A
predefinição é não seleccionada.
Enable Latching Alarms - Quando seleccionada, esta opção requer que o utilizador
confirme todos os alarmes, mesmo quando a concentração do gás meta volta a um nível de
concentração de não alarme. A predefinição é não seleccionada.
On/Off Hold Timer - Define o tempo necessário em segundos para os utilizadores
manterem premidos os botões de operação ao ligarem e desligarem o Protégé. A predefinição é de
4 segundos.
Consulte a tabela 4-3 para obter todas as predefinições e intervalos de cada definição opcional.
47 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
4.6.4. Configurar a data e a hora
Figura 4-12. Separador Set Clock
Aceda ao separador SET CLOCK para alterar definições de alarme. As opções seguintes estão
disponíveis para os utilizadores.
Synch with PC Clock - Dá aos utilizadores a opção de sincronizar o relógio interno do Protégé
com o relógio do PC.
Get - Obtém a definição da hora do Protégé actualmente ligado e apresenta-a na caixa de diálogo
Set Clock do software Gas Monitor.
Set - Carrega a hora apresentada na caixa de diálogo Set Clock do software Gas Monitor no
Protégé actualmente ligado.
48 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
4.6.5. Visualizar o registo de dados
Figura 4-13. Separador View Log
Aceda ao separador VIEW LOG para visualizar o registo de dados transferido do Protégé. As
opções seguintes estão disponíveis para os utilizadores.
Read - Lê o registo de dados do Protégé actualmente ligado.
Clear - Apaga o registo de dados no Protégé actualmente ligado.
Open - Abre os ficheiros de texto de registo de dados guardados anteriormente.
Save - Guarda os dados do registo de dados num ficheiro de texto para utilização futura.
49 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
4.6.6. Definições do software
A tabela 4-3 contém as definições de software disponíveis e predefinidas do software Scott Gas
Monitor.
Tabela 4-3. Definições de Software
Predefinição
de Fábrica
Monóxido de Carbono
Predefinição
de Fábrica
Sulfureto de Hidrogénio
Intervalo
CO Low Alarm 0 a 500 ppm
CO High
Alarm
CO STEL
Alarm
CO TWA
Alarm
35 ppm
0 a 500 ppm
35 ppm
0 a 250 ppm
200 ppm
0 a 100 ppm
35 ppm
CO Calibration
0 a 999 ppm
Gas
50 ppm
Intervalo
H2S Low
Alarm
H2S High
Alarm
H2S STEL
Alarm
H2S TWA
Alarm
H2S
Calibration
Gas
Oxigénio
0 a 200 ppm
10 ppm
0 a 200 ppm
10 ppm
0 a 15 ppm
15 ppm
0 a 15 ppm
15 ppm
0 a 500 ppm
25 ppm
Combustível
O2 Low Alarm
0 a 25%
19.50%
O2 High Alarm
0 a 25%
23.50%
LEL Low
Alarm
LEL High
Alarm
LEL
Calibration
Gas
0 a 60%
10.00%
0 a 60%
10.00%
0 a 70%
32% LEL
Opções
Password
1234
Zero
calibration on
power-on
Ligado/desligado
Desligado
Use Password
Sim/não
Não
Sim/não
Não
Sim/não
Não
Sim/não
Não
Sim/não
Não
Sim/não
Não
Backlight Auto
Off Delay
0-255 seg
30 seg
Silence Alarm
Sim/não
Não
Calibration
Period
1-180 dias
30 dias
Button Hold
Timer
1-4 seg
2 seg
0-9 seg
2 seg
Fahrenheit/
Fahrenheit
On/Off Hold
Timer
Temperature
Backlight
Always On
Enable
Latching
Alarms
Require
calibration
when overdue
Allow use with
failed sensor**
Confidence
50 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Intervalo
Units
Celsius
Predefinição
de Fábrica
Beep On
Show CH4%
instead of
LEL% (Metano)
Intervalo
Predefinição
de Fábrica
Sim/não
Não
**-AVISO
NÃO SE RECOMENDA A UTILIZAÇÃO DESTA OPÇÃO. A OPERAÇÃO DO PROTÉGÉ COM UM SENSOR COM FALHA NÃO
IRÁ FORNECER CAPACIDADES DE MONITORIZAÇÃO COMPLETAS. UTILIZE ESTA OPÇÃO APENAS APÓS
CONSIDERAÇÃO E COMPREENSÃO CUIDADAS DAS CAPACIDADES DE MONITORIZAÇÃO REDUZIDAS DO MONITOR E
DO CUMPRIMENTO DAS REGULAÇÕES LOCAIS. NÃO COMPREENDER COMO OPERAR O PROTÉGÉ COM UM SENSOR
COM FALHA PODE ORIGINAR LESÕES OU MORTE.
51 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Esta página foi intencionalmente deixada em branco
52 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
5. Manutenção
5.1. Bateria
O Protégé é fornecido com uma bateria de iões de lítio recarregável instalada que, se necessário,
deve ser substituída na fábrica. Contacte a Scott Health & Safety, se necessário.
5.2. Substituição de sensores
As unidades Protégé serão fornecidas numa de quatro configurações de sensores possíveis.
Uma unidade única será fornecida com um sensor LEL instalado.
Uma unidade de 2 gases será fornecida com um sensor de O2 e um sensor LEL instalados.
Uma unidade de 3 gases será fornecida com um sensor de O2, um sensor LEL e um sensor de CO
ou H2S instalados.
Uma unidade de 4 gases será fornecida com um sensor de O2, um sensor LEL e um sensor de
toxicidade dupla de H2S/CO instalados.
Os sensores podem ser substituídos por sensores semelhantes ou uma ficha falsa substituída por
outra ficha falsa. As fichas falsas e os sensores não são intermutáveis.
Utilizando uma ficha falsa, o Protégé pode ser configurado com um sensor de O2 e um sensor LEL,
ou apenas com um sensor LEL.
Para substituir um sensor, proceda como se segue.
ATENÇÃO
SE INSTALAR UMA FICHA FALSA EM VEZ DE UM SENSOR, DEFINA OU VERIFIQUE AS DEFINIÇÕES NO SOFTWARE
SCOTT GAS MONITOR. NÃO O FAZER IRÁ ORIGINAR LEITURAS E OPERAÇÃO INCORRECTAS DO PROTÉGÉ.
Equipamento necessário
•
•
Sensor de substituição ou ficha falsa
Chave Torx T8
1) Verifique se o Protégé está desligado; caso contrário, desligue-o.
2) Desaparafuse e remova os 7 parafusos de cabeça Torx da parte traseira do Protégé.
Consulte a figura 5-1.
53 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Figura 5-1.
Remoção da Tampa do Protégé
3) Levante e retire a tampa da caixa com firmeza. Não a puxe em ângulo ou torcendo.
4) Rode a placa de circuito impresso dos sensores para cima para expor os três sensores.
5) Desligue o sensor substitua-o pelo novo sensor ou ficha falsa. Consulte a figura 5-2.
NOTA
CADA
TIPO DE SENSOR TEM UMA POSIÇÃO E LOCALIZAÇÕES DE PINOS EXCLUSIVAS PARA EVITAR QUE OS
SENSORES SEJAM INSTALADOS EM LOCALIZAÇÕES ERRADAS.
Figura 5-2.
Remoção do Sensor
6) Rode a placa de circuito impresso novamente para a sua posição original enquanto
alinhando os 2 pinos com a respectiva tomada receptáculo. Consulte a figura 5-3.
54 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Figura 5-3.
Alinhamento dos Pinos
7) Recoloque a tampa traseira e insira os 7 parafusos Torx. Aperte os parafusos à mão, tendo
cuidado para não apertar demasiado, pois isso pode danificar a caixa do Protégé.
8) Utilize o software Scott Gas Monitor para definir ou verificar as definições do sensor
recentemente instalado. Consulte o parágrafo 4.6.3 acerca da alteração de valores de
referência de alarme.
9) Efectue as calibrações do zero e do intervalo do Protégé, em conformidade com o parágrafo
4.3.1.
55 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
5.3. Resolução de problemas da bomba
Tabela 5-1. Resolução de Problemas da Bomba
Condição
Alarme de baixo débito
Ruído inesperado vindo da bomba
A bomba não funciona quando
ligada
Acções Sugeridas
• Verifique se existem obstruções, torções
na mangueira ou outro bloqueio
• Verifique se não entrou humidade na
mangueira ou bomba
• Desaparafuse o conjunto da sonda e
substitua os filtros da sonda
• Limpe a bomba, de acordo com o
parágrafo 5.4
• Verifique se não entrou humidade na
mangueira ou bomba
• Limpe a bomba, de acordo com o
parágrafo 5.4
• Substitua a bomba
• Verifique se não existem outros alarmes
activos. Os alarmes activos podem
impedir o arranque da bomba
• Substitua a bomba
56 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
5.4. Procedimento de limpeza da bomba
A bomba do Protégé requer limpeza periódica para garantir um desempenho óptimo. A bomba
pode ser limpa como parte de um programa de manutenção preventiva, que dependerá da
frequência de utilização e das condições ambientais em que a bomba for utilizada.
Efectue o procedimento de limpeza da bomba se:
•
•
•
•
A bomba falhar no teste de débito de arranque.
O instrumento disparar periodicamente o alarme de baixo débito sem motivo aparente.
A bomba fizer um ruído vibratório durante a operação.
A leitura da extracção de amostra indicar menos de 300 cc/min (0,3 Lpm).
Para limpar o conjunto da bomba opcional, proceda como se segue.
Equipamento necessário:
•
•
•
•
•
Seringa de 10 ml (077-0422)
Tubagem Tygon (40011392)
Chave para parafusos com cabeça Torx T8 (073-0324)
Álcool isopropílico (IPA)
Lata de ar comprimido (grau electrónico)
1) Utilizando a chave de cabeça Torx T8, remova os quatro parafusos de cabeça Torx
localizados na parte traseira do conjunto da bomba.
Figura 5-4.
Parafusos da Bomba
2) Retire a tampa traseira da caixa da bomba e remova a placa de retenção da bomba. Isto
permite aceder à bomba. Retire suavemente a bomba para fora da caixa.
57 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Figura 5-5.
Desmontagem da Bomba
3) Remova cuidadosamente a tubagem das portas da bomba.
CAUTION
UTILIZE
APENAS A FORÇA MÍNIMA NECESSÁRIA PARA REMOVER AS MANGUEIRAS DAS PORTAS.
BOMBA IRÃO PARTIR-SE FACILMENTE SE FOR UTILIZADA FORÇA EXCESSIVA.
AS
PORTAS DA
NOTA
PARA IDENTIFICAR FACILMENTE AS MANGUEIRAS PARA A REINSTALAÇÃO, CRIE ETIQUETAS NO LOCAL E FIXE-AS
ÀS MANGUEIRAS. A MANGUEIRA MAIS CURTA É A SAÍDA E A MAIS COMPRIDA É A ENTRADA.
58 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Figura 5-6.
Portas e Mangueiras da Bomba
4) Ligue um bocado de tubagem Tygon à seringa e extraia cerca de 3 ml de álcool isopropílico
para a tubagem e seringa.
5) Ligue a seringa e a tubagem Tygon à porta INLET.
6) Ligue uma extremidade de outro bocado de tubagem Tygon à porta OUTLET e coloque a
outra extremidade desse bocado de tubagem Tygon num recipiente de recolha, como um
pequeno copo ou balde.
59 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Figura 5-7.
Preparação da Seringa
7) Injecte lentamente o álcool através da bomba, pressionando o êmbolo da seringa.
8) Depois de inserido o álcool no interior da bomba e da tubagem, bombeie o êmbolo da
seringa para dentro e para fora 5 a 7 vezes. Depois, pressione completamente o êmbolo da
seringa para ejectar o álcool da bomba.
9) Retire cuidadosamente a tubagem Tygon das portas da bomba.
10) Utilize a lata de ar comprimido para purgar o excesso de álcool da bomba. O tubo fino
fornecido com a lata de ar pode ser útil para direccionar a corrente de ar para as portas da
bomba. A bomba deve fazer um som de rotação ao girar.
11) Volte a fixar a tubagem da bomba à porta INLET (longa) e à porta OUTLET (curta).
12) Coloque o conjunto da bomba na caixa, com as portas posicionadas uma sobre a outra. A
porta INLET deve estar mais alta do que a porta OUTLET. Verifique que os fios passam por
cima do conjunto da bomba, tal como apresentado na Figura 5-8.
60 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Figure 5-8.
Instalação da Bomba
13) Insira a placa de retenção da bomba.
14) Insira o espigão de entrada da bomba na ranhura da caixa da bomba.
Figura 5-9.
Remontagem da Bomba
61 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
15) Coloque suavemente a tampa traseira na caixa da bomba e insira os quatro (4) parafusos de
cabeça Torx. Aparafuse por ordem cruzada (em X) para garantir que as metades da caixa
ficam bem encaixadas.
ATENÇÃO
NÃO
APERTE DEMASIADO OS PARAFUSOS.
NA CAIXA.
APERTAR
DEMASIADO OS PARAFUSOS IRÁ DESGASTAR OS ORIFÍCIOS
16) Instale a bomba num Protégé operacional e verifique se é obtido o débito adequado.
62 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
5.5. Lista de peças e acessórios
Descrição
Peça #
Sensor de combustível
093-0231
Sensor de oxigénio
093-0232
Sensor de CO/H2S
093-0230
Sensor de CO
093-0470
Sensor de H2S
093-0471
Conjunto de substituição de filtro
096-3249
Bases de espuma - bateria
023-0022
Junta tórica
009-0050
Bases de espuma - LCD
023-0024
Conjunto de substituição do LCD
096-3247
Bomba
096-3259
Copo de calibração
074-0547
Ferramenta Torx #8
073-0324
Sensor falso
074-0558
CD sobre Detecção de Gás Portátil
096-3279
Guia rápido
062-0026
Kit da bomba
096-3271
Clipe jacaré e parafuso
096-3278
Multi-carregador
096-3283
5.6. Reparações Scott
Para uma manutenção rápida e eficaz do seu equipamento, e de forma a reduzir o tempo
dispendido nas reparações, o departamento de manutenção de equipamentos da SCOTT pede que
seja emitido um número de retorno de autorização de manutenção antes de qualquer produto ser
enviado para os serviços de reparação.
Contacte o departamento de manutenção através do:
Telefone: 1- 800-247-7257 • Fax: 1-704-291-8330
Monday - Friday
8.30 AM to 5.00 PM EST.
e-mail: techsupport.scotths.us@tycoint.com
www.scotthealthsafety.com
63 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Protégé Portabela Gas Monitor
Instruction Manual
Anexo
Factores K do sensor de combustível
A tabela lista factores K relativos à calibração com metano. Os factores são os rácios habituais de
resposta aos gases listados relativos à resposta ao metano. Os valores são habituais, mas irão
diferir consoante o sensor e ao longo da vida útil de um determinado sensor. Quando um gás, que
não o gás de calibração, for detectado, divida a leitura pelo factor correspondente para calcular a
concentração real do gás. Por exemplo, pode ser detectado propano por um Protégé calibrado com
metano. Se a leitura for 32% LEL: 32% LEL de metano indicado/0,65 = 49% LEL de propano
calculado. Normalmente, se houver a possibilidade de existir metano no ambiente de operação, o
instrumento deve ser calibrado com metano. Se houver também a possibilidade de existirem outros
gases no ambiente de operação, o nível de alarme LEL deve ser ajustado de acordo com o factor K
mais baixo dos gases possíveis. Por exemplo, se for possível existir metano ou propano, e o alarme
pretendido for 25% LEL, calibre o instrumento com metano e defina o nível de alarme para (25% x
0,65 = 16% LEL). Para uma melhor precisão, calibre o Protégé com um gás semelhante ao gás
meta monitorizado.
Gás conhecido presente
Factor K
n-Butano
0 ,6
Metanol
1 ,04
Etano
0 ,8
Hidrogénio
1 ,1
Metano
1
Propano
0 ,65
n-Pentano
0 ,5
n-Hexano
0 ,45
n-Octano
0 ,4
Etanol
0 ,8
Isopropanol
0 ,69
Acetona
0 ,7
Amoníaco
1 ,3
Tolueno
0 ,35
Gasolina
0 ,6
Isobutanol
0 ,53
Xileno
0 ,49
Estireno
0 ,46
64 de 64
P/N 087-0038 Rev. J 02/10
Health & Safety
Monroe Corporate Center
PO Box 569
Monroe, NC 28111
Telephone 1-800-247-7257
FAX (704) 291-8330
www.scotthealthsafety.com
Impresso nos EUA
Copyright © 2010, SCOTT, Todos os direitos reservados
Was this manual useful for you? yes no
Thank you for your participation!

* Your assessment is very important for improving the work of artificial intelligence, which forms the content of this project

Download PDF

advertising