ref 89000 português instruções de utilização

ref 89000 português instruções de utilização
INSTRUÇÕES DE UTILIZAÇÃO
Luer de uma via
REF 89000 PORTUGUÊS
REVOLUTION®
CATETER DE IMAGIOLOGIA ROTATIVO DE 45MHz
Transdutor
3,2 F
Guia única
23 mm
< 0,014”
Fig. 1
501-1700.08/003
3,5 F
Comprimento de recuo
da secção telescópica
150 mm
AVISO:
1. A lei federal dos Estados Unidos limita a venda deste dispositivo a médicos ou mediante
prescrição médica.
2. Antes de utilizar, leia estas Instruções de Utilização na totalidade.
UTILIZAÇÃO PRETENDIDA:
O cateter Revolution® 45MHz destina-se a exames de diagnóstico intravascular por ultra-som das artérias coronárias. A
imagiologia intravascular por ultra-som está indicada em pacientes que são candidatos a procedimentos de intervenção
transluminal.
Os cateteres Revolution® de imagiologia por ultrasom são concebidos para utilização como um auxiliar de procedimentos
angiográficos convencionais, com a finalidade de se obter uma imagem do lúmen venoso e das estruturas da parede vascular.
DESCRIÇÃO:
O cateter de imagiologia Revolution é composto por duas partes principais: o núcleo de imagiologia e o corpo do cateter. O corpo
do cateter divide-se em três secções: secção distal c/ porta F/X compatível de .014”, secção proximal (lúmen único), secção
telescópica.
A secção distal e as secções proximais (lúmen único) compreendem o “comprimento útil” do cateter; a secção telescópica fica fora
do cateter-guia. O eixo telescópico (secção) permite que o núcleo de imagiologia avance e retraia até 150 mm de movimento
linear. O movimento correspondente do transdutor ocorre da extremidade proximal da porta de saída do fio-guia para a
extremidade proximal da janela da secção distal.
O núcleo de imagiologia é composto por um cabo de transmissão rotativo, flexível, de binário elevado, com um transdutor
ultrasónico distal de 45 MHz virado para o exterior. Uma interface de conector electromecânico na extremidade proximal
estabelece a ligação com o módulo de interface do doente (PIM). A interface do cateter-PIM é composta por um conjunto
propulsor mecânico integrado e ligação eléctrica.
É utilizada uma porta de irrigação com uma válvula de uma só via (Fig. 1) para deslocar o ar existente inicialmente dentro
do cateter. Antes de ser utilizado, o cateter deve ser irrigado com soro fisiológico normal heparinizado esterilizado pois isso
proporciona os meios de acoplamento acústico necessários à imagiologia por ultra-som. A válvula de uma só via ajuda a reter o
soro fisiológico no interior do cateter durante a utilização.
O corpo do cateter tem um lúmen de fio-guia distal com uma porta de saída proximal localizada a 2 cm da extremidade distal
(Fig. 1). Um marcador radiopaco (RO) está embutido no corpo do cateter, a 0,5 cm da ponta. Além disso, há um indicador de
profundidade de inserção localizado no corpo do cateter a 100 cm, correspondente às inserções femorais.
Os cateteres Revolution só podem ser utilizados com os sistemas da série s5 e da série CORE da Volcano. Consulte o seu Manual
do Operador do Sistema.
CONTRA-INDICAÇÕES:
• ESTE DISPOSITIVO NÃO ESTÁ ACTUALMENTE INDICADO PARA UTILIZAÇÃO EM VASOS CEREBRAIS OU
PERIFÉRICOS. A UTILIZAÇÃO DOS CATETERES DE IMAGIOLOGIA IVUS ESTÁ CONTRA-INDICADA EM CASOS EM
QUE A INTRODUÇÃO DE QUALQUER CATETER PODERIA CONSTITUIR UMA AMEAÇA À SEGURANÇA DO DOENTE.
AS CONTRA-INDICAÇÕES INCLUEM: BACTEREMIA OU CHOQUE SÉPTICO, GRANDES ANOMALIAS DO SISTEMA
DE COAGULAÇÃO, DOENTES NÃO QUALIFICADOS PARA CIRURGIA DE BYPASS DA ARTÉRIA CORONÁRIA (CABG),
DOENTES NÃO QUALIFICADOS PARA INTERVENÇÕES CORONÁRIAS PRIMÁRIAS, CHOQUE OU INSTABILIDADE
HEMODINÂMICA GRAVE, DOENTES QUE SOFRERAM ESPASMO DA ARTÉRIA CORONÁRIA, CALCIFICAÇÃO
ARTERIAL GRAVE, ACENTUADA TORTUOSIDADE DOS VASOS E OCLUSÃO TOTAL.
EFEITOS ADVERSOS:
Com o uso de dispositivos (cateteres) intravasculares percutâneos têm-se registado situações de sangramento
no local de inserção do cateter, danos na parede vascular, trombose do vaso e embolização periférica. Os
efeitos adversos possíveis incluem, se bem que não de forma limitativa, os seguintes: morte; enfarte do
miocárdio; oclusão; dissecção de vasos coronários; espasmo de artérias coronárias.
ADVERTÊNCIAS:
• O uso de cateteres Revolution deve ser restringido a especialistas que estejam familiarizados com os procedimentos a
que este dispositivo se destina e que tenham recebido formação para a realização dos mesmos.
• NÃO faça avançar o cateter se encontrar resistência. O cateter nunca deve ser introduzido forçadamente em
lúmens mais estreitos que o corpo do cateter ou forçado através de uma estenose estreita.
• Dever ter-se cuidado quando se utilizam dispositivos que incluem uma guia única curta; em tais ocasiões o
avanço do dispositivo distal a um stent colocado pode resultar em exposição do fio-guia aos suportes do stent.
• Em ocasiões em que o dispositivo tenha atravessado um sent colocado, deve-se tomar cuidado ao retrair o
dispositivo para assegurar que não ocorre emaranhamento. Deve ser utilizada fluoroscopia para controlar
a posição do fio-guia em relação ao cateter de imagiologia e ao stent; em momento algum deve ser retraído
o cateter de imagiologia, caso existam indícios de prolapso do fio-guia ou se for sentida resistência significativa
à retracção. Caso ocorra uma destas situações, avance o cateter de imagiologia distal do stent, removendo em
seguida cuidadosamente todo o sistema sob orientação de fluoroscopia.
• Deve ter cuidado quando voltar a fazer avançar o fio-guia após ter colocado o stent. Um fio-guia pode sair por
entre os suportes do stent quando se volta a atravessar um stent que não está totalmente colocado diante da
parede do vaso. O avanço subsequente do cateter pode fazer com que o cateter e o stent fiquem emaranhados.
Deve ter cuidado para retirar lentamente o cateter de um vaso com stent.
PRECAUÇÕES:
O dispositivo Revolution é um instrumento científico delicado e deve ser tratado como tal. Observe sempre as seguintes
precauções:
• Conteúdo fornecido ESTÉRIL por intermédio de óxido de etileno (EtO). Não utilizar se a barreira estéril estiver
danificada. Caso esteja danificada, contacte o seu representante da Volcano Corporation.
• Para manter a segurança óptima do doente, inspeccione o produto antes da utilização. Não utilize, se existir
derrame de soro fisiológico de qualquer local que não seja a porta de ventilação na secção de guia única.
• Apenas para uma única utilização. Não volte a utilizar, processar ou a esterilizar. A reutilização, reprocessamento
ou reesterilização podem comprometer a integridade estrutural do dispositivo e/ou podem originar uma falha
do dispositivo, o que, por sua vez, pode dar origem a lesões, doença ou morte do doente.
• O cateter Revolution foi concebido apenas para uma única utilização. A Volcano Corporation (“VOLCANO”) não
oferece qualquer garantia, declaração ou condição de qualquer natureza, expressa ou implícita (incluindo
qualquer garantia de possibilidade de comercialização, conveniência ou adequação para determinados fins
relacionada com a reutilização do cateter.
• Além disso, a VOLCANO não assume qualquer responsabilidade por prejuízos incidentais ou danos indirectos,
que possam resultar de tal reutilização. A reutilização, incluindo a reesterilização do produto não utilizado, pode
ter, entre outras, as seguintes consequências:
• Potenciais danos críticos no doente devido a separação do dispositivo, deformação do material ou
infecção/sepsis;
• Não reprodução de imagens ou outras avarias do dispositivo.
• O cateter não possui quaisquer peças passíveis de reparação por parte do utilizador. Não tente reparar nem alterar
qualquer componente do conjunto do cateter.
• Limpe o fio-guia e irrigue o cateter cuidadosamente com soro fisiológico normal heparinizado esterilizado antes e
depois de cada inserção.
• Não tente ligar o cateter a equipamento electrónico diferente dos sistemas designados.
• Nunca tente ligar ou desligar o cateter enquanto o motor do PIM estiver a funcionar. Fazê-lo pode danificar o conector.
• Evite dobrar, apertar ou esmagar o cateter.
• Nunca entorte nem dobre demasiado o cateter. Isto poderá causar a falha do cabo de transmissão. Um ângulo
de inserção que exceda os 45º é considerado excessivo. Não utilize cateteres que apresentem torções ou dobras acentuadas.
• Desligue o PIM para “OFF”, antes de retrair o cateter de imagiologia.
• Ao avançar ou voltar a avançar o cateter sobre um fio-guia e através de um vaso com stent, na eventualidade
de o stent não se encontrar completamente aposto à parede do vaso, o fio-guia e/ou o cateter poderão ficar
emaranhados no stent, entre a junção do cateter e do fio-guia ou dentro de um ou mais suportes do stent. Tal
poderá resultar na preensão do cateter/fio-guia, na separação da ponta do cateter e/ou na deslocação do stent.
Nunca exerça força para fazer avançar o cateter.
• Proceda com precaução ao avançar novamente um cateter sobre um fio-guia para dentro de um vaso com
stent. O avanço forçado do cateter IVUS pode causar o emaranhamento entre o cateter e o(s) stent(s), com a
consequente preensão do cateter/fio-guia, separação da ponta do cateter e/ou deslocação do stent.
• Exerça precaução ao remover o cateter sobre o fio-guia a partir de um vaso com stent, de forma a minimizar o
risco para o doente.
INSTRUÇÕES DE UTILIZAÇÃO:
Materiais e Equipamento: Cateter Revolution; Tampa PIM estéril; Tubagem com 25,4 cm (10 pol.); Seringas de 3 cc e 10 cc; Válvula
de paragem de 3 vias; Cateter-guia montado previamente [1,63 mm (0,064 pol.) I.D. mín.] com conjunto de adaptador em Y;
Sistema de imagiologia In-Vision Gold com software V5.0 ou superior, sistema de imagiologia Volcano s5 e Volcano s5i*; Soro
fisiológico heparinizado*; Fio-guia, diâmetro máx. 0,36 mm (0,014 pol.)*
*não embalado com cateter
Inspecção antes da utilização
Antes de utilizar, inspeccione cuidadosamente a embalagem quanto a brechas na barreira estéril ou a danos no conteúdo. Se
a integridade da barreira estéril estiver em risco ou se o conteúdo estiver danificado, contacte o seu representante da Volcano
Corporation.
Preparação para utilização
Consulte o manual do operador ou o guia do utilizador para configurar o PIM e instrumentação.
Utilizando uma técnica estéril, retire o cateter da embalagem estéril. Retire a Embalagem em Espiral que protege o cateter. Retraia
completamente o Núcleo de Imagiologia para a posição proximal através do eixo telescópico.
Ligue as seringas de 3 cc e 10 cc à válvula de paragem de 3 vias e, em seguida, ligue o conjunto ao tubo de extensão e encha
ambas as seringas com soro fisiológico normal heparinizado esterilizado. Cerifique-se de que o ar todo é expelido do sistema.
Não utilize, se existir derrame de soro fisiológico de qualquer local que não seja a porta de ventilação na secção de guia única.
Ligue o tubo de extensão à válvula de uma via no centro do cateter. A seringa de 10 cc deve ser utilizada como reservatório para
voltar a encher a seringa de irrigação de 3 cc.
Irrigue o cateter de imagiologia continuamente DUAS VEZES, de cada vez com um volume de 3 cc. NÃO APLIQUE UMA PRESSÃO
EXCESSIVA. Avance o núcleo de imagiologia até à respectiva posição distal, por intermédio do eixo telescópico.
Porta de saída
do fio-guia
Comprimento útil
135 cm
Marcador
RO
Ligue o cateter de imagiologia ao módulo de interface do doente, inserindo a extremidade proximal do conector através da
abertura na tampa do PIM Estéril, rodando o conector com cuidado até prender. De modo a certificar-se de que o centro está bem
montado no PIM, puxe ligeiramente pelo centro do cateter.
Inicie a imagiologia premindo o botão IMAGE no PIM o tempo suficiente para assegurar o funcionamento correcto do cateter,
observando um padrão de anéis concêntricos parcialmente brilhantes no monitor. Volte a encher a seringa de 10 cc conforme
necessário e volte a ligar a válvula de paragem sem deixar entrar ar na linha.
Colocar o Cateter-guia
Prepare o local de entrada com um introdutor de baínha, de acordo com as práticas habituais.
Antes de inserir o cateter de imagiologia, certifique-se de que o doente foi preparado de acordo com o procedimento-padrão para
tratamentos de intervenção.
Retrocarregue o fio-guia na extremidade distal do cateter. Faça avançar o fio-guia para o interior do cateter, até o fio-guia sair da
porta de saída do fio. Coloque o cateter-guia e o adaptador em Y. Introduza o fio-guia e faça-o avançar até à região de interesse.
Introduza o cateter de imagiologia no cateter-guia.
Nota: Recomendam-se os fios-guia que são mais duros perto das pontas distais.
Nota: Lave sempre o fio-guia com soro fisiológico normal heparinizado esterilizado antes de carregar o cateter no fio-guia.
AVISO: Nunca avance o cateter de imagiologia sem apoiar o fio-guia.
AVISO: Nunca avance nem retraia o cateter de imagiologia sem que o conjunto do núcleo de imagiologia esteja na posição mais
distal.
AVISO: Nunca avance nem retraia o cateter de imagiologia sem visualização fluoroscópica directa.
AVISO: Nunca faça avançar a ponta distal do cateter de imagiologia até perto da extremidade muito flexível do fio-guia. Esta
parte do fio-guia não suportará o cateter de forma adequada. Um cateter que avançou até aí pode não acompanhar o fio-guia
quando este for retraído e pode fazer com que o fio-guia fique feito num nó. Por esse motivo, o cateter pode arrastar-se pela parte
interna do vaso e ficar preso na ponta do cateter-guia. Se tal ocorrer, retire o conjunto do cateter, fio-guia e cateter-guia. Se fizer
avançar o cateter até muito perto da extremidade do fio-guia, faça avançar o fio-guia enquanto segura firmemente no cateter de
imagiologia. Se este procedimento falhar, retraia o cateter e o fio-guia ao mesmo tempo.
Continue a avançar o cateter de imagiologia para o interior do cateter-guia, até ao marcador femoral. Aperte a válvula hemostática
no adapatador em Y do cateter-guia. Aperte apenas o suficiente para evitar o derrame de fluido/sangue.
Nota: UMA VÁLVULA HEMOSTÁTICA EXCESSIVAMENTE APERTADA PODE DISTORCER A IMAGEM DEVIDO À PRISÃO DO CABO DE
TRANSMISSÃO ROTATIVO.
Colocação do cateter e imagiologia
Com a imagem PIM desligada (“OFF”) e por intermédio de fluoroscopia, faça avançar o cateter de imagiologia por cima do fio-guia,
até o marcador distal atravessar um mínimo de 3 cm para além da região de interesse do vaso/lesão.
Mantendo o corpo do cateter e fio-guia fixos, ligue (“ON”) a imagem PIM e retraia devagar o núcleo de imagiologia ao longo do
respectivo curso de 150 mm, focando qualquer região de interesse.
Nota: Desligue sempre a imagem PIM para “OFF”, antes de fazer avançar o núcleo de imagiologia no interior do cateter.
Quando terminar, páre a sessão de imagiologia premindo o botão IMAGE no PIM, em modo manual, avance o núcleo de
imagiologia para a sua posição mais distal. Mantenha a posição do fio e retire o cateter.
Resolução de Problemas
Se o menu do seu sistema não incluir “Cateteres Revolution”, contacte o seu representante da Volcano Corporation antes de
prosseguir. Se as imagens começarem a ficar pouco nítidas durante a utilização, irrigue o cateter com soro fisiológico normal
heparinizado esterilizado. Se continuar a notar áreas menos nítidas depois da irrigação in situ, pode haver bolhas no interior do
lúmen distal ou do corpo do cateter.
Consulte o Manual do Operador do Volcano s5™ e s5i™ Opção Revo para informações sobre instrumentação, configuração,
utilização e resolução de problemas.
ARMAZENAMENTO E MANUSEAMENTO:
Os produtos devem ser armazenados num local seco, não devendo a temperatura ultrapassar os 54 graus Celsius (54ºC) no interior
da respectiva caixa de cartão original.
ESPECIFICAÇÕES DO PRODUTO:
TI: Índice Térmico definido como TI = W01x1fc
Parâmetro de Saída Acústica Modo B
210
ISPTA.3 (mW/cm2)*
70,778
W01x1: Potência Eficaz Limitada (mW)
ISPPA.3 (W/cm2)*
95,533
fc: Frequência Central (MHz)
Pr.3 (MPa)**
1,901
MI: Índice Mecânico definido como MI= Pr.3/(fc1/2)
PD (μs)
0,048
ISPPA.3: Intensidade Reduzida, Média de Pulsação, Pico
PRF (Hz)
15360
Espacial (W/cm2)
Freq. Central (MHz)
42,3
ISPTA.3: Intensidade Reduzida, Média Temporal, Pico
MI **
0,281
Espacial (mW/cm2)
TI *
0,010
Pr.3: Pressão Negativa de Pico Reduzida num local de
Incerteza * +/- 29,1% ** +/- 14,6%
intensidade de pulsação reduzida máxima
ModeloRevolution
integral (MPa)
Número de catálogo
89000
W0: Potência Total (mW)
Perfil cruzado no transdutor 3,2F
Fio-guia máximo
0,36 mm (0,014 pol.) PD: Duração da Pulsação (µs)
PRF: Frequência de Repetição de Pulsação (Hz)
Cateter-guia mínimo
1,63 mm (6F)
Comprimento útil
135 cm
GARANTIA LIMITADA:
Nas condições e dentro dos limites de responsabilidade a seguir previstos, a Volcano Corporation (“VOLCANO”) garante que o
cateter Revolution (“Cateter”), na forma em que é fornecido, está em conformidade material com as especificações actuais da
VOLCANO para o Cateter após a recepção, pelo período de um ano a contar da data de entrega. QUALQUER RESPONSABILIDADE
DA VOLCANO EM RELAÇÃO AO CATETER OU AO DESEMPENHO DO MESMO AO ABRIGO DE QUALQUER GARANTIA, NEGLIGÊNCIA,
RESPONSABILIDADE RESTRITA OU OUTRA TEORIA LIMITA-SE EXCLUSIVAMENTE À SUBSTITUIÇÃO DO CATETER OU, CASO
A SUBSTITUIÇÃO SEJA INADEQUADA COMO FORMA DE REPARAÇÃO, OU NA OPINIÃO DA VOLCANO, IMPRATICÁVEL, À
RESTITUIÇÃO DO MONTANTE PAGO PELO CATETER. À EXCEPÇÃO DO SUPRA REFERIDO, O CATETER É FORNECIDO “TAL COMO
ESTÁ”, SEM GARANTIAS DE QUALQUER TIPO, IMPLÍCITAS OU EXPLÍCITAS, INCLUINDO, SEM LIMITAÇÃO, QUALQUER GARANTIA
DE CONVENIÊNCIA, POSSIBILIDADE DE COMERCIALIZAÇÃO E ADEQUAÇÃO PARA DETERMINADO FIM OU NÃO INFRACÇÃO. ALÉM
DISSO, A VOLCANO NÃO FORNECE GARANTIAS OU DECLARAÇÕES DE QUALQUER TIPO RELACIONADAS COM A UTILIZAÇÃO OU OS
RESULTADOS DA UTILIZAÇÃO DO CATETER, OU MATERIAL ESCRITO EM TERMOS DE CONFORMIDADE, EXACTIDÃO, FIABILIDADE OU
OUTROS ASPECTOS. O titular toma conhecimento de que a VOLCANO não é responsável e não poderá ser considerada responsável
por quaisquer produtos ou serviços fornecidos por terceiros externos à VOLCANO. A VOLCANO não poderá ser considerada
responsável por atrasos ou falhas que estejam para além do seu controlo razoável. Além disso, esta garantia não se aplica caso:
1. O Cateter seja utilizado de outra forma que não a descrita pela VOLCANO nas Instruções de Utilização fornecidas com o
Cateter.
2. O Cateter seja utilizado de forma não conforme com as especificações de aquisição ou especificações que constam das
Instruções de Utilização.
3. O Cateter seja reutilizado ou reesterilizado.
4. O Cateter seja reparado, alterado ou modificado por pessoal não autorizado pela VOLCANO, ou sem a autorização da VOLCANO.
Se forem necessárias reclamações no âmbito desta garantia, contacte a VOLCANO para instruções e emissão de um número de
Autorização de Devolução de Material, caso o Cateter deva ser devolvido. O equipamento não será aceite no âmbito da garantia, a
não ser que a devolução tenha sido autorizada pela VOLCANO.
PATENTE www.volcanocorp.com/patents.php
Revolution é uma marca comercial da Volcano Corporation, registada nos Estados Unidos e noutros países.
Volcano e o logótipo da Volcano são marcas comerciais da Volcano Corporation e estão registadas nos Estados Unidos e noutros
países.
QUESTÕES ADICIONAIS RELACIONADAS COM ESTE PRODUTO DEVEM SER DIRIGIDAS À VOLCANO CORPORATION NOS EUA:
Fabricado por:
Volcano Corporation
2870 Kilgore Road
Rancho Cordova, CA 95670 USA
Telefone: (800) 228-4728
(916) 638-8008
Fax: (916) 638-8112
1
Fabricado para:
Volcano Corporation
2870 Kilgore Road
Rancho Cordova, CA 95670 USA
Por Volcarica S.R.L.
Coyol Free Zone and Business Park
Edifício B37
Coyol, Alajuela, Costa Rica
Telefone: (800) 228-4728
(916) 638-8008
Fax: (916) 638-8112
Representante autorizado
na Europa:
Volcano Europe BVBA/SPRL
Excelsiorlaan 41
B-1930 Zaventem, Bélgica
Telefone: +32.2.679.1076
Fax: +32.2.679.1079
0086
Data de validade
Não utilizar embalagens abertas ou
danificadas
Conteúdo: Um (1)
Só mediante receita médica
Apirogénico
Não contém látex de borracha natural
Contém ftalatos: di (2-etil-hexil) ftalato (DEHP)
805007001/017 Data da revisão: 02/2014
www.volcanocorp.com
Was this manual useful for you? yes no
Thank you for your participation!

* Your assessment is very important for improving the work of artificial intelligence, which forms the content of this project

Download PDF

advertising