Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso

Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Capnostream®20p
Monitor Portátil de Cabeceira
Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Manual do Operador
PN: 015111B
0482
Aviso: A aquisição deste produto não confere qualquer licença expressa ou implícita, sob qualquer patente da
Oridion Medical 1987 Ltd., para utilizar o instrumento com qualquer acessório não fabricado ou licenciado pela
Oridion Medical 1987 Ltd.
A posse ou aquisição deste dispositivo não transmite qualquer autorização expressa ou implícita para utilização do
dispositivo com sensores ou cabos não autorizados que poderiam, por si só ou em conjunto com este dispositivo,
estar no âmbito de uma ou mais patentes relativas a este dispositivo.
A componente de capnografia deste produto está protegida por uma ou mais das seguintes patentes dos EUA:
6,437,316; 6,428,483; 6,997,880; 7,488,229; 7,726,954 e respectivas equivalentes estrangeiras. Estão pendentes
pedidos adicionais de patentes.
Oridion®, Microstream®, FilterLine, Smart CapnoLine®, CapnoLine®, Smart BiteBloc™, NIV Line™,
CapnoBloc™, Smart CapnoLine Guardian™, SARA™, Integrated Pulmonary Index™, Capnostream®20p,
Microcap®, Microcap® Plus e VitalCap® são marcas comerciais ou marcas registadas da Oridion Medical 1987 Ltd.
A Nellcor Puritan Bennett LLC é uma empresa Covidien.
As seguintes são marcas comerciais da Nellcor Puritan Bennett LLC: Oxiband™, Durasensor™, OxiCliq®,
Dura-Y™, Max-Fast™ e OXIMAX™ .
Oximetria de pulso: Patentes dos EUA 5,485,847; 5,676,141; 5,743,263; 6,035,223; 6,226,539; 6,411,833;
6,463,310; 6,591,123; 6,708,049; 7,016,715; 7,039,538; 7,120,479; 7,120,480; 7,142,142; 7,162,288; 7,190,985;
7,194,293; 7,209,774; 7,212,847; 7,400,919.
Isenções
A responsabilidade da Oridion Medical 1987 Ltd. segundo esta garantia não inclui quaisquer danos ou encargos
resultantes do transporte nem responsabilidade por danos directos, indirectos ou consequenciais ou atraso
resultantes da utilização ou aplicação indevidas do produto ou da subsequente substituição de peças ou acessórios
não aprovados pela Oridion Medical 1987 Ltd.
Cremos estar correcta toda a informação contida neste manual. A Oridion Medical 1987 Ltd. não será responsável
por erros resultantes do desempenho ou da utilização deste manual.
Copyright © 2013 Oridion Medical 1987 Ltd. Todos os direitos reservados.
Índice
Índice
Capnostream®20p Monitor Portátil de Cabeceira
Capnógrafo/Oxímetro de Pulso Manual do Operador
1
Índice
3
Oridion Medical 1987 Ltd. ("Oridion Medical") - Garantia de
Monitores Oridion
13
Informações de segurança
15
Avisos............................................................................................................................ 15
Geral ........................................................................................................................................... 15
Exames de ressonância magnética ........................................................................................... 16
Alarmes ...................................................................................................................................... 16
Risco de incêndio ....................................................................................................................... 16
Eléctrico...................................................................................................................................... 16
Interferência electromagnética................................................................................................... 17
Definições ..................................................................................................................... 17
Capítulo 1
18
Acerca deste manual
18
Descrição ...................................................................................................................... 18
Utilização prevista ......................................................................................................... 18
Indicações de utilização específicas ............................................................................. 19
Quem deve ler este manual .......................................................................................... 19
Contactar o apoio técnico.............................................................................................. 19
Símbolos ....................................................................................................................... 20
Capítulo 2
21
Descrição da tecnologia
21
Introdução ..................................................................................................................... 21
Características .............................................................................................................. 21
Descrição da tecnologia ................................................................................................ 22
O que é a capnografia?.............................................................................................................. 22
O que é a oximetria de pulso? ................................................................................................... 22
Capítulo 3
23
O monitor Capnostream
23
Desembalamento e inspecção ...................................................................................... 23
Instalar a bateria ........................................................................................................... 24
Testar a bateria e as ligações eléctricas ................................................................................... 25
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
3
Índice
Manusear a bateria .................................................................................................................... 25
Armazenar a bateria .................................................................................................................. 26
Eliminar a bateria ....................................................................................................................... 26
Utilização da bateria e da electricidade ..................................................................................... 26
Montar o monitor ........................................................................................................... 27
Configurar a manutenção periódica............................................................................... 27
Acessórios ..................................................................................................................... 27
Acessórios disponíveis .............................................................................................................. 27
Placa de montagem do monitor ................................................................................................. 28
Cabo de transferência de dados digitais para analógicos ........................................................ 28
Papel da impressora .................................................................................................................. 29
Botões, indicadores e ligações ...................................................................................... 29
Vista frontal do monitor .............................................................................................................. 29
Botões de controlo do painel frontal .............................................................................. 30
Painel traseiro do monitor .......................................................................................................... 31
Vistas esquerda e direita do monitor ......................................................................................... 32
Ligar o monitor............................................................................................................... 33
Secções padrão do ecrã de visualização ...................................................................... 34
Visualização padrão do ecrã de início ....................................................................................... 34
Visualização numérica do ecrã de início ................................................................................... 38
Terminar a utilização do monitor ................................................................................... 40
Navegação no ecrã ....................................................................................................... 40
Alterações à configuração ......................................................................................................... 40
Definir a data, hora, idioma e outras opções ................................................................. 41
Tempo limite do ecrã ..................................................................................................... 41
Tempo limite do ecrã ................................................................................................................. 41
Capnostream®20p: Folha de verificação operacional .................................................... 42
Capítulo 4
45
Utilizar o monitor Capnostream
45
Preparar o monitor para um paciente ............................................................................ 45
Configurar o tipo de paciente ..................................................................................................... 46
Utilizar casos de paciente e números de identificação de paciente .............................. 46
Introduzir eventos de pacientes ..................................................................................... 47
Alterar o volume de alarme e da pulsação .................................................................... 48
Volume de alarme ...................................................................................................................... 48
Volume do tom da pulsação ...................................................................................................... 49
Opções predefinidas do volume de alarme ............................................................................... 49
Atraso de alarme ........................................................................................................... 50
Utilização do sistema de exaustão ................................................................................ 50
Desligar a bomba para sucção ou lavagem .................................................................. 50
4
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Índice
Modo de demonstração................................................................................................. 51
Gráfico de referência de menus do ecrã do monitor ..................................................... 51
Capítulo 5
54
Capnografia com o monitor Capnostream
54
Consumíveis Microstream® EtCO2 ................................................................................ 54
Princípios básicos ...................................................................................................................... 54
Consumíveis Microstream® EtCO2 ............................................................................................ 55
Ligar um FilterLine ........................................................................................................ 55
Dados de CO2 apresentados pelo monitor Capnostream ............................................. 55
Parâmetros de CO2 ajustáveis ...................................................................................... 57
Monitorização de CO2 durante exames de ressonância magnética .............................. 57
Capítulo 6
59
Oximetria de pulso com o monitor Capnostream
59
Sensores Nellcor SpO2 ................................................................................................. 59
Seleccionar sensores Nellcor SpO2 ........................................................................................... 60
Considerações relativas ao desempenho.................................................................................. 60
Ligar um sensor de SpO2 ao monitor ............................................................................ 61
Dados de SpO2 apresentados pelo monitor Capnostream............................................ 62
Parâmetros de SpO2 ajustáveis .................................................................................... 63
Mensagem de limite de alarme de SPO2 ...................................................................... 63
Capítulo 7
64
Integrated Pulmonary Index™
64
Introdução ..................................................................................................................... 64
Avisos............................................................................................................................ 65
Visor IPI......................................................................................................................... 65
Opções IPI .................................................................................................................... 65
Capítulo 8
67
Apneias por hora e índice de dessaturação de oxigénio
67
Introdução ..................................................................................................................... 67
Apneias por hora ........................................................................................................... 67
As apneias por hora no Capnostream ....................................................................................... 67
Alerta visual de A/h .................................................................................................................... 67
Índice de dessaturação de oxigénio (ODI) .................................................................... 68
Relatório de apneia e dessaturação de O2.................................................................... 68
Monitorizar com A/h e ODI ............................................................................................ 68
Visualização do ecrã de início de A/h e ODI inteligente ................................................ 69
Opção de A/h e ODI ...................................................................................................... 69
Modo de demostração de A/h e ODI ............................................................................. 69
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
5
Índice
Capítulo 9
70
Alarmes e mensagens
70
Introdução ..................................................................................................................... 70
Visualização de alarmes................................................................................................ 71
Prioridades das mensagens .......................................................................................... 73
Atraso de alarme ........................................................................................................... 73
Tipos de alarmes ........................................................................................................... 73
Alarmes de prioridade alta ......................................................................................................... 75
Alarmes de prioridade média ..................................................................................................... 75
Advertências .............................................................................................................................. 76
Advertências silenciosas............................................................................................................ 77
Modo standby dos parâmetros ...................................................................................... 78
Silenciar alarmes ........................................................................................................... 80
Alterar os limites de alarme ........................................................................................... 81
Testar as definições de alarme de capnografia ............................................................. 82
Alarmes de SpO2 e segundos de saturação .................................................................. 82
Visualização do alarme de segundos de saturação .................................................................. 83
Limites de alarme - predefinições de fábrica ................................................................. 83
Capítulo 10
84
Utilizar as tendências
84
Introdução ..................................................................................................................... 84
Os ecrãs de visualização de tendências ....................................................................... 85
Ecrã de visualização de tendência gráfica .................................................................... 85
Visualização de tendência gráfica ............................................................................................. 86
Utilizar DESLOCAR e ZOOM .................................................................................................... 86
Ecrã de visualização de tendência tabular .................................................................... 88
Seleccionar parâmetros de tendências ......................................................................... 90
Notas importantes relativas a relatórios de tendências ................................................. 90
Eventos específicos tal como visualizados nos dados de tendências ........................... 91
Utilizar o ecrã de tendência gráfica para monitorizar pacientes .................................... 91
Imprimir os dados de tendências ................................................................................... 91
Limpar a memória de tendências .................................................................................. 91
Configurar tendências ................................................................................................... 92
Modo de marcação de eventos ................................................................................................. 93
Visualização de tendência gráfica ............................................................................................. 93
Visualização de incrementos de tendências ............................................................................. 93
6
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Índice
Capítulo 11
94
Relatórios
94
Relatório de apneia e dessaturação de O2.................................................................... 94
Opções do relatório impresso ....................................................................................... 98
Relatórios impressos ..................................................................................................... 98
Exemplos de relatórios ................................................................................................ 102
Exemplos de relatórios de caso ............................................................................................... 102
Exemplos de relatórios de tendência....................................................................................... 103
Capítulo 12
104
Transferir dados de pacientes
104
Introdução ................................................................................................................... 104
Transferência de dados através da porta de dados USB ............................................ 104
Convenção de nomes para os ficheiros USB .......................................................................... 108
Exemplos.................................................................................................................................. 109
Mensagens de erro USB .......................................................................................................... 109
Leitura dos dados do paciente a partir de ficheiros Capnostream guardados........................ 109
Transferência de dados através da porta RS-232....................................................... 109
Exportação de dados analógicos com o Capnostream®20p ....................................... 110
Ligar o Capnostream e um dispositivo analógico com o cabo D/A ......................................... 111
Alterar valores predefinidos de canais digitais/analógicos no Capnostream .......................... 112
Calibrar o dispositivo analógico para o Capnostream ............................................................. 113
Trabalhar com o sistema digital/analógico .............................................................................. 115
Funcionamento da chamada de enfermeiro ................................................................ 116
Tipos de sistemas de chamada de enfermeiro............................................................ 116
O cabo de chamada de enfermeiro ......................................................................................... 116
Activar a chamada de enfermeiro ............................................................................................ 118
Testar a chamada de enfermeiro ............................................................................................. 118
Funcionamento com sistemas de dados de pacientes hospitalares ........................... 118
Funcionamento com monitores de paciente Philips e com o módulo VueLink ............ 119
Funcionamento com sistemas Nuvon VEGA .............................................................. 120
Capítulo 13
121
Manutenção e resolução de problemas
121
Introdução ................................................................................................................... 121
Determinar as horas para assistência técnica do monitor ........................................... 121
Calibração de CO2 ...................................................................................................... 122
Verificação da calibração de CO2................................................................................ 123
Procedimento de verificação da calibração ............................................................................. 123
Manutenção ................................................................................................................ 124
Substituir os fusíveis ................................................................................................... 125
Substituição do rolo de papel da impressora .............................................................. 125
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
7
Índice
Limpeza ....................................................................................................................... 125
Resolução de problemas ............................................................................................. 126
Eléctrico ................................................................................................................................... 126
Problemas de CO2 ................................................................................................................... 127
Sensor de SpO2 ....................................................................................................................... 128
Impressora ............................................................................................................................... 129
Chamada de enfermeiro .......................................................................................................... 129
Ligação D/A.............................................................................................................................. 129
Calibração de CO2 ................................................................................................................... 130
Devolução do monitor.................................................................................................. 130
Assistência técnica ...................................................................................................... 130
Apêndice 1
131
Definições institucionais
131
Predefinições institucionais ......................................................................................... 131
Alterar as predefinições institucionais ......................................................................... 131
Repor as predefinições de fábrica ............................................................................... 132
Enviar ou transferir predefinições institucionais .......................................................... 132
Alterar as definições do monitor .................................................................................. 133
Limites de alarme ..................................................................................................................... 133
Atraso de alarme ...................................................................................................................... 135
Definições de tendências ......................................................................................................... 135
Alterar a ordem de parâmetros na visualização de tendências .............................................. 136
Eventos .................................................................................................................................... 136
Como alterar as predefinições de eventos .............................................................................. 137
Definições do monitor .............................................................................................................. 137
Parâmetros de CO2 .................................................................................................................. 138
Parâmetros de SpO2 ................................................................................................................ 138
Definições do canal digital para analógico .............................................................................. 139
Apêndice 2
140
Especificações
140
Fonte de alimentação .................................................................................................. 140
Bateria ......................................................................................................................... 140
Controlos ..................................................................................................................... 140
Visor ............................................................................................................................ 141
Capnografia Microstream® .......................................................................................... 141
Oximetria de Pulso Nellcor OxiMaxTM.......................................................................... 142
Alarmes ....................................................................................................................... 142
Saídas ......................................................................................................................... 143
Saída analógica ....................................................................................................................... 143
Chamada de enfermeiro .......................................................................................................... 143
8
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Índice
RS-232 ............................................................................................................................................... 144
USB .......................................................................................................................................... 144
Impressora térmica interna (opcional) ......................................................................... 144
Características gerais.................................................................................................. 145
Classificação do equipamento .................................................................................... 145
Conformidade.............................................................................................................. 145
Imunidade electromagnética .................................................................................................... 146
Apêndice 3
148
Consumíveis Microstream EtCO2
148
Consumíveis Microstream EtCO2 ................................................................................ 148
Apêndice 4
150
Palavra-passe de assistência técnica do Capnostream
150
Palavra-passe de assistência técnica do Capnostream .............................................. 150
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
9
Lista de Figuras
Lista de Figuras
Figura 1 - Instalar a bateria ...................................................................................................................24
Figura 2 - Grande plano da bateria .......................................................................................................24
Figura 3 - Barra de menus com o nível de carga da bateria ................................................................25
Figura 4 - Vista da parte de baixo do monitor .......................................................................................27
Figura 5 - Vista frontal do Capnostream ...............................................................................................29
Figura 6 - Botões de controlo do painel frontal .....................................................................................30
Figura 7 - Vista traseira do Capnostream .............................................................................................31
Figura 8 - Vista esquerda do Capnostream ..........................................................................................32
Figura 9 - Ecrã de boas-vindas .............................................................................................................33
Figura 10 - Ecrã de início típico ............................................................................................................34
Figura 11 - Ecrã de início típico quando A/h e ODI não estão disponíveis ..........................................35
Figura 12 - Ecrã de início padrão sem opção IPI .................................................................................36
Figura 13 - Área do cabeçalho ..............................................................................................................36
Figura 14 - Ecrã de início numérico típico ............................................................................................38
Figura 15 - Ecrã de configuração do sistema .......................................................................................41
Figura 16 - Barra de menus ..................................................................................................................48
Figura 17 - Selecção do volume de alarme ..........................................................................................49
Figura 18 - Selecção do volume do tom da pulsação...........................................................................49
Figura 19 - Ponto de ligação do sistema de exaustão..........................................................................50
Figura 20 - Gráfico de referência de menus quando A/h e ODI estão disponíveis ..............................52
Figura 21 - Gráfico de referência de menus quando A/h e ODI não estão disponíveis .......................53
Figura 22 - Dados de CO2 no monitor Capnostream ............................................................................56
Figura 23 - Secção de CO2 do ecrã de início numérico .......................................................................56
Figura 24 - Dados de SpO2 no monitor Capnostream - ecrã padrão ...................................................62
Figura 25 - Dados de SpO2 no monitor Capnostream – ecrã padrão com IPI desactivado ................62
Figura 26 - Secção de SpO2 do ecrã de início numérico .....................................................................63
Figura 27 - Gráfico de tendência IPI .....................................................................................................64
Figura 28 - Ecrã de analisar alarme do Capnostream ..........................................................................72
Figura 29 - Exemplo de apresentação de alarmes ...............................................................................74
Figura 30 - Ecrã de limites de alarme ...................................................................................................81
Figura 31 - Visualização de tendência gráfica ......................................................................................85
Figura 32 - Modo de deslocar na tendência gráfica .............................................................................87
Figura 33 - Visualização de tendência tabular ......................................................................................88
Figura 34 - Mensagem de memória de tendências ..............................................................................92
Figura 35 - Ecrã de relatório de apneia e dessaturação.......................................................................96
Figura 36 - Relatório impresso de apneia e dessaturação ...................................................................97
Figura 37 - Ecrã de imprimir ..................................................................................................................99
Figura 38 - Impressão de exemplos de relatórios de caso ................................................................ 102
Figura 39 - Relatórios de tendências impressos ............................................................................... 103
Figura 40 - Dispositivo de memória flash típico ................................................................................. 106
Figura 41 - Ícone USB ........................................................................................................................ 107
Figura 42 - O cabo D/A do Capnostream (PN 010492) ..................................................................... 111
Figura 43 - A porta analógica no Capnostream ................................................................................. 111
Figura 44 - Ecrã de configuração digital/analógica do Capnostream ................................................ 113
Figura 45 - Ficha de áudio estéreo para chamada de enfermeiro .................................................... 117
Figura 46 - Ponto de ligação para chamada de enfermeiro .............................................................. 117
Figura 47 - Ecrã de assistência técnica ............................................................................................. 122
10
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Lista de Figuras
Figura 48 - Inserção do rolo de papel na impressora ........................................................................ 125
Figura 49 - Ecrã de predefinições institucionais ................................................................................ 132
Figura 50 - Ecrã de suporte de software ............................................................................................ 133
Figura 51 - Ecrã de limites de alarme das predefinições institucionais ............................................. 134
Figura 52 - Predefinições Institucionais: Monitor ............................................................................... 137
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
11
Lista de Tabelas
Lista de Tabelas
Tabela 1 - Símbolos que aparecem no monitor ....................................................................................20
Tabela 2 - Acessórios do Capnostream ................................................................................................27
Tabela 3 - Especificações do papel da impressora ..............................................................................29
Tabela 4 - Vista frontal do Capnostream ..............................................................................................30
Tabela 5 - Vista traseira do Capnostream ............................................................................................31
Tabela 6 - Vista esquerda do Capnostream .........................................................................................32
Tabela 7 - Secção do cabeçalho...........................................................................................................36
Tabela 8 - Marcações de eventos .........................................................................................................48
Tabela 9 - Volume de alarme de áudio .................................................................................................49
Tabela 10 - Parâmetros de CO2 ajustáveis ..........................................................................................57
Tabela 11 - Sensores Nellcor SpO2 ......................................................................................................60
Tabela 12 - Parâmetros de SpO2 ajustáveis.........................................................................................63
Tabela 13 - Opções IPI ajustáveis ........................................................................................................66
Tabela 14 - Indicações de alarme .........................................................................................................70
Tabela 15 - Alarmes de prioridade alta .................................................................................................75
Tabela 16 - Alarmes de prioridade média .............................................................................................75
Tabela 17 - Alarmes de advertência .....................................................................................................76
Tabela 18 - Alarmes de advertência silenciosos ..................................................................................77
Tabela 19 - Mensagens e estados dos alarmes em diferentes situações de standby
dos parâmetros ..................................................................................................................79
Tabela 20 - Exemplo de visualização tabular .......................................................................................89
Tabela 21 - Exemplo de visualização tabular detalhada ......................................................................90
Tabela 22 - Parâmetros do monitor ......................................................................................................92
Tabela 23 - Relatórios impressos – parâmetros ...................................................................................99
Tabela 24 - Tipos de transferência de dados .................................................................................... 105
Tabela 25 - Seleccionar o tipo de exportação de dados ................................................................... 107
Tabela 26 - Convenções de nomes para ficheiros ............................................................................ 108
Tabela 27 - Códigos de cor do cabo D/A ........................................................................................... 112
Tabela 28 - Valores da calibração D/A .............................................................................................. 114
Tabela 29 - Resolução de problemas ................................................................................................ 115
Tabela 30 - Especificações de chamada de enfermeiro.................................................................... 117
Tabela 31 - Indicadores de chamada de enfermeiro ......................................................................... 118
Tabela 32 - Limites de alarme predefinidos de fábrica ...................................................................... 134
Tabela 33 - Predefinições de fábrica e definições opcionais de atraso de alarme ........................... 135
Tabela 34 - Definições de tendências predefinidas de fábrica e opcionais ...................................... 135
Tabela 35 - Indicações e declaração do fabricante – emissões electromagnéticas ......................... 146
Tabela 36 - Indicações e declaração do fabricante – imunidade electromagnética ......................... 146
Tabela 37 - Distâncias de separação recomendadas entre equipamentos de comunicações
de RF portáteis e móveis e o monitor............................................................................. 147
12
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Oridion Medical 1987 Ltd. ("Oridion Medical") –
Garantia de Monitores Oridion
ESTA GARANTIA LIMITADA aplica-se a qualquer monitor de paciente fabricado pela Oridion Medical 1987 Ltd.
(“Oridion”), (“Produtos”). Sujeita às limitações aqui contidas, a Oridion garante que os Produtos, quando fornecidos
pela Oridion ou pelo seu distribuidor autorizado, durante dois (2) anos após a data de entrega, mas não mais de
27 meses após a data de produção, estarão isentos de defeitos de material e de mão-de-obra, e estarão substancialmente
em conformidade com as especificações publicadas pela Oridion para os respectivos Produtos e em vigor na altura do
fabrico. Esta garantia limitada exclui (i) Produtos adquiridos através de terceiros não autorizados, (ii) Produtos que
tenham sido sujeitos a utilização incorrecta, manuseamento incorrecto, acidente, alteração, negligência, reparação ou
instalação não autorizadas e (iii) Produtos que tenham sido utilizados com produtos consumíveis acessórios que não os
produtos FilterLine® da Oridion. Para além disso, esta garantia limitada não será aplicada à utilização de Produtos em
qualquer aplicação ou ambiente não incluídos nas especificações da Oridion ou em caso de qualquer acto, erro,
negligência ou falha do Cliente. A Oridion reparará ou substituirá, à sua descrição exclusiva, os Produtos danificados.
O Cliente não poderá devolver Produtos sem obter primeiro um número de autorização de devolução de material do
cliente (RMA) junto da Oridion ou de um dos Centros de Assistência Técnica autorizados e uma cópia da factura de
compra do Produto.
Exclusão de responsabilidade
O UTILIZADOR PODERÁ UTILIZAR OS PARÂMETROS (INCLUINDO TODAS E QUAISQUER
REFERÊNCIAS A CO2, SPO2, CURRENT INTEGRATED PULMONARY INDEX™ E A ÍNDICES FUTUROS E
RELACIONADOS, CONFIGURAÇÕES E NOTIFICAÇÕES DE SINAIS DE ALARME) EXISTENTES NOS
DISPOSITIVOS DE MONITORIZAÇÃO DE PACIENTES DA ORIDION E/OU O PROTOCOLO DE
COMUNICAÇÃO DA ORIDION E/OU QUAISQUER RESULTADOS DE RELATÓRIOS TRANSFERIDOS DOS
DISPOSITIVOS DE MONITORIZAÇÃO DE PACIENTES DA ORIDION PARA IMPRESSORAS OU
DISPOSITIVOS DE MEMÓRIA USB OU SISTEMAS APROVADOS ("DADOS") ÚNICA E EXCLUSIVAMENTE
PARA FINS DE CUIDADOS DE SAÚDE AOS PACIENTES. O UTILIZADOR RECONHECE QUE OS DADOS
TRANSMITIDOS PELOS DISPOSITIVOS DE MONITORIZAÇÃO DE PACIENTES DA ORIDION NÃO
PODERÃO SER TRANSFERIDOS, COLOCADOS EM INTERFACE, TROCADOS OU TRANSMITIDOS POR
QUALQUER OUTRA FORMA, E QUE A ORIDION DECLINA TODA E QUALQUER RESPONSABILIDADE
PELA PRECISÃO OU EXAUSTIVIDADE DOS DADOS TRANSFERIDOS, COLOCADOS EM INTERFACE,
TROCADOS OU TRANSMITIDOS POR QUALQUER OUTRA FORMA. O UTILIZADOR RECONHECE AINDA
QUE NÃO PODERÁ VENDER, LICENCIAR OU COMERCIALIZAR POR QUALQUER MEIO OS DADOS, NO
SEU TODO OU EM PARTE. QUALQUER OUTRA UTILIZAÇÃO DOS DADOS OU COLOCAÇÃO EM
INTERFACE COM OUTROS SISTEMAS, POR PARTE DO UTILIZADOR OU DE TERCEIRA PESSOA EM SUA
REPRESENTAÇÃO, SERÁ SUJEITA A UM CONTRATO DE LICENÇA SEPARADO COM A ORIDION
INCORPORATING, MAS NÃO SERÁ LIMITADA A CONDIÇÕES COMERCIAIS A NEGOCIAR EM BOA FÉ.
O UTILIZADOR RECONHECE E COMPREENDE QUE OS DADOS SÃO FORNECIDOS "TAL COMO ESTÃO"
E QUE A ORIDION RENUNCIA A TODAS AS GARANTIAS, EXPRESSAS OU IMPLÍCITAS, INCLUINDO
GARANTIAS DE COMERCIALIZAÇÃO E ADEQUAÇÃO A UM DETERMINADO FIM. A ORIDION NÃO
SERÁ RESPONSÁVEL POR QUAISQUER LESÕES OU DANOS A QUAISQUER PESSOAS OU
PROPRIEDADE TANGÍVEL OU INTANGÍVEL RESULTANTES DE QUALQUER QUE SEJA A CAUSA. A
ORIDION RENUNCIA A TODA E QUALQUER RESPONSABILIDADE POR DANOS DIRECTOS,
INDIRECTOS, INCIDENTAIS, ESPECIAIS, CONSEQUENCIAIS OU OUTROS DANOS SEMELHANTES,
INDEPENDENTEMENTE DA FORMA DE ACÇÃO, SEJA POR CONTRATO, ACTO ILÍCITO (INCLUINDO
NEGLIGÊNCIA), RESPONSABILIDADE OBJECTIVA PELO PRODUTO OU QUALQUER OUTRA TEORIA
LEGAL OU EQUITATIVA, MESMO QUE A ORIDION TENHA SIDO INFORMADA DA POSSIBILIDADE DE
TAIS PREJUÍZOS OU DANOS.
Em caso de discrepância entre a versão em Inglês e a versão traduzida desta garantia e exclusão de responsabilidade, a
versão em Inglês prevalecerá.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
13
Oridion Medical 1987 Ltd. ("Oridion Medical") Warranty for Oridion Monitors
THIS LIMITED WARRANTY applies to any patient monitor manufactured by Oridion Medical 1987 Ltd.
(“Oridion”), (“Products”). Subject to the limitations herein, Oridion warrants that Products, when delivered by Oridion
or its authorized distributor, for two (2) years following the delivery date, but no more than 27 months following the
date of production, will be free from defects in material and workmanship and will substantially conform to published
Oridion specifications for the respective Products and in effect at the time of manufacture. This limited warranty
excludes (i) Products purchased through unauthorized third parties; (ii) Products that have been subject to misuse,
mishandling, accident, alteration, neglect, unauthorized repair or installation; and (iii) Products that have been used
with accessory consumable products other than Oridion’s FilterLine® products. Furthermore, this limited warranty
shall not apply to the use of Products in an application or environment that is not within Oridion specifications or in
the event of any act, error, neglect or default of Customer. Oridion at its sole discretion will replace or repair the
damaged Products. Customer may not return Products without first obtaining a customer return material authorization
(RMA) number from Oridion or one of the Authorized Service centers and a copy of the Product purchase invoice.
Disclaimer
USER MAY USE THE PARAMETERS (INCLUDING ANY AND ALL REFERENCES TO CO2, SPO2,
CURRENT INTEGRATED PULMONARY INDEX™ AND FUTURE AND RELATED INDICES AND
CONFIGURATIONS AND SIGNAL ALARM NOTIFICATIONS) WHICH APPEAR ON ORIDION'S PATIENT
MONITORING DEVICES AND/OR ORIDION’S COMMUNICATION PROTOCOL AND/OR ANY OUTPUT IN
REPORTS DOWNLOADED FROM ORIDION'S PATIENT MONITORING DEVICES TO PRINTERS OR USB
MEMORY STICKS OR APPROVED SYSTEMS ("DATA") SOLELY AND EXCLUSIVELY FOR THE PURPOSE
OF PATIENT CARE. USER ACKNOWLEDGES THAT DATA TRANSMITTED FROM ORIDION'S PATIENT
MONITORING DEVICES MAY NOT BE TRANSFERRED, INTERFACED, EXCHANGED OR OTHERWISE
TRANSMITTED AND THAT ORIDION ACCEPTS NO RESPONSIBILITY WHATSOEVER FOR THE
ACCURACY OR COMPLETENESS OF DATA THAT HAS BEEN TRANSFERRED, INTERFACED,
EXCHANGED OR OTHERWISE TRANSMITTED. USER FURTHER ACKNOWLEDGES THAT IT MAY NOT
SELL, LICENSE OR OTHERWISE COMMERCIALIZE THE DATA, IN WHOLE OR IN PART. ANY OTHER
USE OF THE DATA OR INTERFACE WITH OTHER SYSTEMS, WHETHER BY USER OR ANY PARTY ON
ITS BEHALF, SHALL BE SUBJECT TO A SEPARATE LICENSING ARRANGEMENT WITH ORIDION
INCORPORATING, BUT NOT LIMITED TO, COMMERCIAL TERMS TO BE NEGOTIATED IN GOOD FAITH.
USER ACKNOWLEDGES AND UNDERSTANDS THAT THE DATA IS PROVIDED “AS-IS” AND THAT
ORIDION DISCLAIMS ALL WARRANTIES, EXPRESS OR IMPLIED, INCLUDING WARRANTIES OF
MERCHANTABILITY AND FITNESS FOR A PARTICULAR PURPOSE. ORIDION WILL NOT BE LIABLE
FOR ANY INJURIES OR DAMAGES TO ANY PERSONS OR TANGIBLE OR INTANGIBLE PROPERTY
RESULTING FROM ANY CAUSE WHATSOEVER. ORIDION DISCLAIMS ANY AND ALL LIABILITY FOR
DIRECT, INDIRECT, INCIDENTAL, SPECIAL, CONSEQUENTIAL, OR OTHER SIMILAR DAMAGES
REGARDLESS OF THE FORM OF ACTION WHETHER IN CONTRACT, TORT (INCLUDING NEGLIGENCE),
STRICT PRODUCT LIABILITY OR ANY OTHER LEGAL OR EQUITABLE THEORY, EVEN IF ORIDION HAS
BEEN ADVISED OF THE POSSIBILITY OF SUCH LOSSES OR DAMAGES.
In case of discrepancy between the English and translated version of this warranty and disclaimer, the English version
shall prevail.
14
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Do not touch this field - it is invisible and does not appear in the
final document
Informações de segurança
Avisos
Definições
Para utilizar o monitor Capnostream®20P (daqui em diante referido como Capnostream) de modo correcto e seguro,
leia atentamente este manual do operador e as Instruções de Utilização que acompanham os consumíveis
Microstream® EtCO2 (FilterLines®, daqui em diante referidos como FilterLines) e os sensores de SpO2. A
utilização do monitor requer a total compreensão e estrita observância destas instruções, das informações de
advertência a negrito e das especificações.
Avisos
Geral
AVISO:
Em caso de dúvida sobre a precisão de qualquer medição, verifique os sinais vitais do paciente através
de meios alternativos e, em seguida, certifique-se de que o monitor está a funcionar correctamente.
AVISO:
O dispositivo não deve ser utilizado como monitor para a apneia.
AVISO:
O dispositivo deve ser considerado como um dispositivo de aviso precoce. À medida que é indicada
uma tendência para a desoxigenação do paciente, devem analisar-se amostras de sangue por um cooxímetro de laboratório de modo a compreender inteiramente a condição do paciente.
AVISO:
Para assegurar a segurança do paciente, não coloque o monitor numa posição que possa provocar a
sua queda em cima do paciente.
AVISO:
Oriente cuidadosamente os cabos (sensor de SpO2 e FilterLine) do paciente para reduzir a
possibilidade de aprisionamento ou estrangulamento do paciente.
AVISO:
Não levante o monitor pelo cabo do sensor de SpO2 ou pelo FilterLine, pois poderá desligá-los do
monitor e causar a sua queda em cima do paciente.
AVISO:
O monitor não deve ser utilizado adjacente a ou empilhado sobre outro equipamento e, se for
necessária uma tal utilização, deve ser verificado o funcionamento normal do monitor na configuração
em que for utilizado.
AVISO:
Para assegurar um desempenho preciso e prevenir avarias do dispositivo, não exponha o monitor a
humidade extrema (por ex., chuva).
AVISO:
A utilização de acessórios, transdutores, sensores e cabos diferentes dos especificados poderá resultar
no aumento da emissão e/ou na diminuição da imunidade do equipamento e/ou sistema.
AVISO:
As leituras de CO2, frequência respiratória, oximetria de pulso e sinais de pulsação podem ser
afectadas por erros de aplicação do sensor, determinadas condições ambientais e certas condições do
paciente.
AVISO:
O monitor é um dispositivo de prescrição e deve ser operado apenas por profissionais de saúde
qualificados.
AVISO:
Não é permitida qualquer modificação deste equipamento.
AVISO:
Se a calibração não decorrer como indicado no manual de assistência técnica relevante, a calibração
do monitor pode estar desactualizada. Um monitor com calibração desactualizada poderá fornecer
resultados imprecisos.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
15
Informações de segurança
Nota:
Os dispositivos ligados ao monitor só podem ser do tipo hospitalar.
Nota:
A visualização precisa dos parâmetros seguintes é necessária para o desempenho essencial do
dispositivo: níveis de dióxido de carbono na expiração (CO2) e frequência respiratória durante a
monitorização com capnografia, e saturação de oxigénio do sangue arterial (SpO2) e frequência de pulso
durante a monitorização com oximetria de pulso. Se o paciente estiver a ser monitorizado com ambas as
funções, todos estes parâmetros serão apresentados.
Exames de ressonância magnética
AVISO:
Não utilize sensores de oximetria durante exames de ressonância magnética (RM). A corrente
conduzida poderá causar queimaduras. Os sensores poderão afectar a imagem obtida por ressonância
magnética e a unidade de ressonância magnética poderá afectar a precisão das medições de oximetria.
AVISO:
Não utilize o Conjunto FilterLine H Lactente/Neonatal durante exames de ressonância magnética
(RM). A utilização do Conjunto FilterLine H Lactente/Neonatal durante exames de ressonância
magnética poderá lesionar o paciente.
CUIDADO: Durante um exame de RM, o monitor deve ser colocado fora da sala de ressonância magnética.
Quando o monitor é utilizado fora da sala de ressonância magnética, é possível implementar a
monitorização de EtCO2 utilizando o FilterLine XL. (Consulte Monitorização de CO2 durante exames
de ressonância magnética na página 57).
CUIDADO: A utilização de um tubo de amostragem de CO2 com a designação H (indicando que se destina a
utilização em ambientes humidificados) pode causar interferência durante um exame de RM.
Recomenda-se a utilização de tubos de amostragem sem a designação H. Para obter uma lista de
tubos de amostragem com a designação H, consulte Consumíveis Microstream EtCO2 na página 148.
Alarmes
AVISO:
Não silencie o alarme audível se a segurança do paciente estiver em risco.
AVISO:
Responda sempre imediatamente a um alarme do sistema, uma vez que o paciente poderá não estar a
ser monitorizado durante certas condições de alarme.
AVISO:
Antes de cada utilização, verifique se os limites de alarme são apropriados ao paciente que está a ser
monitorizado.
AVISO:
Verifique a duração do silenciamento do alarme audível antes de silenciar temporariamente os
alarmes audíveis.
Risco de incêndio
AVISO:
Quando utilizar o monitor com anestésicos, tais como protóxido de azoto ou elevadas concentrações
de oxigénio, ligue as saídas de gás a um sistema de exaustão.
AVISO:
O monitor não é adequado para utilização na presença de uma mistura de anestésicos inflamáveis com
ar, oxigénio ou protóxido de azoto.
AVISO:
O FilterLine pode incendiar-se na presença de O2 quando exposto directamente a um laser,
dispositivos electrocirúrgicos ou temperaturas elevadas. Quando efectuar procedimentos na cabeça e
pescoço que envolvam a utilização de laser, dispositivos electrocirúrgicos ou temperaturas elevadas,
utilize com cuidado para evitar a inflamabilidade do FilterLine ou dos campos cirúrgicos envolventes.
Eléctrico
16
AVISO:
Para protecção relativamente a risco de choque eléctrico, a tampa do monitor só pode ser removida
por técnicos de assistência qualificados. Não há peças internas que possam ser reparadas pelo
utilizador.
AVISO:
Para assegurar o isolamento eléctrico do paciente, só efectue ligações a outro equipamento que tenha
circuitos com isolamento eléctrico.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Informações de segurança
AVISO:
Ligue o dispositivo unicamente a uma tomada com três entradas, com ligação à terra, própria para
utilização em hospitais. A ficha com três pinos deve ser inserida numa tomada apropriadamente
ligada, com três entradas; caso não esteja disponível, um electricista qualificado terá de proceder à
respectiva instalação, em conformidade com o código eléctrico vigente. Não remova, em
circunstância alguma, a ligação à terra da ficha de alimentação. Não utilize extensões eléctricas ou
adaptadores de qualquer tipo. O cabo e a ficha de alimentação devem estar intactos e sem danos.
AVISO:
Em caso de dúvida sobre a integridade da instalação de ligação à terra, utilize o dispositivo apenas
com a bateria interna até que a instalação de ligação à terra da energia eléctrica (CA) esteja
inteiramente funcional.
AVISO:
Não ligue a uma tomada eléctrica controlada por um interruptor de parede ou regulador de intensidade
de luz.
AVISO:
Meça a corrente de fuga do dispositivo sempre que um dispositivo externo for ligado à porta de série.
A corrente de fuga não deve exceder 100 microamperes.
AVISO:
Para evitar o risco de choque eléctrico, este equipamento só deve ser ligado a uma tomada de
electricidade com terra.
CUIDADO: A instalação eléctrica da sala ou do edifício onde o monitor será utilizado deve estar em conformidade
com os regulamentos especificados no país onde o equipamento será utilizado.
CUIDADO: Mantenha o cabo de alimentação, a ficha e a tomada desimpedidos caso seja necessário desligar a
alimentação eléctrica urgentemente.
Interferência electromagnética
Este dispositivo foi testado e considerado em conformidade com os requisitos aplicáveis a dispositivos médicos das
normas EN 60601-1-2/2001. Estas normas foram concebidas para proporcionar uma protecção razoável contra
interferências prejudiciais numa instalação clínica normal.
No entanto, devido à proliferação de equipamento radiotransmissor e outras fontes de ruído eléctrico nos ambientes
de cuidados de saúde (por ex., telemóveis, rádios móveis bidireccionais, equipamento eléctrico), é possível que os
níveis mais elevados deste tipo de interferência, devido à proximidade ou à intensidade de uma fonte, possam
resultar na perturbação do desempenho deste dispositivo.
AVISO:
A utilização de equipamento electrocirúrgico de alta frequência nas proximidades do monitor pode
produzir interferência no monitor e causar medições incorrectas.
AVISO:
Não utilize o monitor com tomografia nuclear (MRT, NMR, NMT), pois isso pode perturbar o
funcionamento do monitor.
Definições
Nota: Uma Nota é inserida para indicar procedimentos ou condições que possam ser mal interpretados ou
ignorados, e para clarificar possíveis situações contraditórias ou confusas.
Cuidado: Um Cuidado é inserido para chamar a atenção para um procedimento que, se não for rigorosamente
seguido, pode originar danos ou destruição do equipamento.
Aviso: Um Aviso é inserido para chamar a atenção para condições perigosas ou de risco inerentes à operação,
limpeza e manutenção do equipamento, e que podem resultar em danos pessoais ou morte do operador ou paciente.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
17
Do not touch this field - it is invisible and does not appear in the
final document
Capítulo 1
Acerca deste manual
Descrição
Utilização prevista
Quem deve ler este manual
Contactar o apoio técnico
Símbolos
Descrição
Este manual fornece instruções para a configuração e operação do monitor Capnostream.
O Capnostream é um monitor portátil de cabeceira que monitoriza continuamente os seguintes parâmetros do
paciente:
•
•
•
•
•
Dióxido de carbono corrente final (EtCO2) - nível de dióxido de carbono no ar expirado.
Frequência respiratória (FR).
Fracção inspirada de dióxido de carbono (FiCO2) - nível de dióxido de carbono presente durante a inalação.
Saturação de oxigénio (SpO2).
Frequência de pulso (FP).
O dispositivo também fornece um valor Integrated Pulmonary Index™ (índice pulmonar integrado, daqui em diante
referido como IPI), que é um valor numérico que integra os quatro principais parâmetros medidos pelo
Capnostream para fornecer uma indicação simples do estado de ventilação do paciente. Os parâmetros integrados
são EtCO2, FR, SpO2 e FP. Só estes quatro parâmetros são utilizados para calcular o IPI; os outros parâmetros não
são tidos em consideração.
Para além disso, o dispositivo fornece as apneias por hora (A/h) e um índice de dessaturação de oxigénio (ODI),
utilizados para ajudar na identificação e quantificação de eventos de apneia e dessaturação de oxigénio em
pacientes com idade superior a 22 anos, como se segue:
•
A/h: uma contagem do número de pausas na respiração (de pelo menos 10 segundos) do paciente na última
hora (no ecrã de Início) ou média de pausas por hora num determinado período de tempo (no ecrã de Apneia
e Dessaturação de O2).
•
ODI: o número de vezes que o valor de SpO2 desceu 4% ou mais desde a referência e voltou à referência em
240 segundos ou menos na última hora (no ecrã de Início) ou média de pausas por hora num determinado
período de tempo (no ecrã de Apneia e Dessaturação de O2).
Os índices de A/h e ODI não estão disponíveis em todas as localizações. Para equipar o seu dispositivo com as
funcionalidades A/h e ODI, contacte [email protected]
Utilização prevista
O monitor combinado de capnógrafo/oxímetro de pulso Capnostream®20p e os seus acessórios destinam-se a
fornecer, aos prestadores de cuidados de saúde com formação profissional, a medição e monitorização contínuas
não invasivas da concentração de dióxido de carbono da inspiração e expiração e da frequência respiratória, e
também a monitorização contínua não invasiva da saturação do oxigénio funcional da hemoglobina arterial (SpO2)
e frequência de pulso. Destina-se à utilização com pacientes de tipo neonatal, pediátrico e adulto em hospitais,
instalações de tipo hospitalar, transporte intra-hospitalar e ambientes domésticos.
18
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Acerca deste manual
O Capnostream®20p deve ser operado apenas por profissionais de saúde qualificados.
O monitor Capnostream®20p fornece um índice pulmonar integrado (IPI) ao médico. O IPI baseia-se em quatro
parâmetros fornecidos pelo monitor: dióxido de carbono corrente final, frequência respiratória, saturação do
oxigénio e frequência de pulso. O IPI é um índice único do estado de ventilação de um paciente adulto ou
pediátrico apresentado numa escala de 1 - 10, em que 10 indica estado pulmonar óptimo. A
monitorização IPI apresenta um valor único que representa os parâmetros pulmonares do paciente e alerta os
médicos em relação a alterações no estado pulmonar do paciente.
O IPI é um complemento da monitorização dos sinais vitais e não se destina a substituí-la.
Indicações de utilização específicas
O monitor está também indicado para fornecer informações para ajudar na identificação de eventos de apneia e
dessaturação de oxigénio em pacientes adultos (a partir dos 22 anos) em UCI e ambientes hospitalares, através do
registo destes eventos e do cálculo da apneia por hora (A/h) e do índice de dessaturação de oxigénio (ODI)
associados.
Quem deve ler este manual
Este manual deve ser lido por:
•
•
Profissionais de cuidados de saúde que irão utilizar o Capnostream.
•
•
Investigadores ou pessoal de laboratório que irão transferir os dados dos pacientes.
Gestores de equipamento responsáveis por garantir que o equipamento está em conformidade com as
políticas institucionais.
Peritos técnicos que irão ligar o Capnostream a um computador através da interface RS-232.
AVISO:
Nos Estados Unidos, a legislação federal restringe a venda deste dispositivo por médicos ou por
prescrição médica.
Contactar o apoio técnico
Para qualquer questão técnica relativa ao monitor Capnostream, contacte o Apoio Técnico Oridion, como se segue:
América do Norte: Tel: 1-888-ORIDION (674-3466), Fax: (781) 453-2722;
Fora da América do Norte: Tel: + (972) 2-589-9104, Fax: + (972) 2-582-8868;
E-mail: [email protected]om
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
19
Acerca deste manual
Símbolos
Os símbolos seguintes aparecem no corpo do monitor.
Tabela 1 - Símbolos que aparecem no monitor
Símbolo
Descrição
Botão de LIG/DESL monitor
Indicador de energia eléctrica (CA) ligada
Indicador de UNIDADE LIGADA
Selecção de evento
Admitir/dar alta ao paciente
Bomba desligada
Alarmes temporariamente silenciados
Protecção de tipo BF à prova de desfibrilhador
Entrada de gás
Saída de gás
Terra equipotencial
Porta de ligação de memória USB flash
Símbolo CE
Só para utilização com prescrição
Directiva relativa aos resíduos de equipamento
eléctrico e electrónico
20
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Capítulo 2
Descrição da tecnologia
Introdução
Características
Descrição da tecnologia
Introdução
O monitor de cabeceira Capnostream fornece capnografia e oximetria de pulso exactas e contínuas para
monitorização de pacientes entubados e não entubados, de recém-nascidos a adultos. Utilizando a tecnologia
Microstream®, os consumíveis patenteados FilterLine® EtCO2 e tecnologia de oximetria de pulso, o Capnostream
permite a monitorização simultânea e "sem complicações" de EtCO2 e SpO2.
Características
•
•
Monitor de parâmetros duplos, que suporta o actual padrão de cuidados, fornecendo medições de CO2 e SpO2
•
Apneias por hora e índice de dessaturação de oxigénio, índices utilizados para ajudar na identificação e
quantificação de eventos de apneia e dessaturação de oxigénio (se disponíveis)
•
•
•
•
•
Interface de utilizador simples, com ecrã a cores
•
Marcação de eventos para comparação de eventos e administração de medicamentos com alterações no
estado do paciente
•
•
•
•
•
•
Gravação de casos para ajudar a organizar os ficheiros dos pacientes
Integrated Pulmonary Index™ (IPI, índice pulmonar integrado), que fornece uma indicação simples, clara e
abrangente do estado e tendências de ventilação de um paciente
Acesso às funções de rotina com 2 cliques
Tendências de 72 horas para analisar o histórico do paciente
Análise de alarmes com um só clique
SARA™ (Smart Alarm for Respiratory Analysis, alarme inteligente para análise respiratória), uma
tecnologia incorporada de gestão de alarmes inteligentes de capnografia, que reduz alarmes clinicamente
insignificantes
Chamada de enfermeiro
Impressora interna opcional
Saída USB para transferência de dados do paciente para dispositivos de memória USB flash
Saída analógica para utilização em laboratórios de sono e outros ambientes laboratoriais
Porta RS-232 para transferência de dados
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
21
Descrição da tecnologia
Descrição da tecnologia
Esta secção fornece uma descrição básica da capnografia e da oximetria de pulso.
O que é a capnografia?
A capnografia é um método não invasivo de monitorização do nível de dióxido de carbono no ar expirado (EtCO2)
para avaliar o estado ventilatório de um paciente.
O Capnostream utiliza espectroscopia não-dispersiva por infravermelhos Microstream® (NDIR) para medir
continuamente a quantidade de CO2 durante cada respiração, a quantidade de CO2 presente no final da exalação
(EtCO2), a quantidade de CO2 presente durante a inalação (FiCO2) e a frequência respiratória.
A espectroscopia por infravermelhos é utilizada para medir a concentração das moléculas que absorvem a luz
infravermelha. Dado que a absorção é proporcional à concentração da molécula absorvente, a concentração pode
ser determinada comparando essa absorção à de uma norma conhecida.
Os consumíveis Microstream® EtCO2 fornecem uma amostra dos gases inalados e exalados do consumível do
ventilador ou directamente do paciente (via cânula oral/nasal) ao monitor para a medição do CO2. A humidade e
secreções do paciente são extraídas da amostra, mantendo a forma de onda de CO2.
A taxa de fluxo da amostragem, de 50 ml/min., reduz a acumulação de líquidos e secreções, diminuindo o risco de
obstrução no percurso da amostra em ambientes húmidos de Cuidados Intensivos.
Uma vez dentro do sensor Microstream® CO2, a amostra de gases passa através uma célula de micro-amostra
(15 microlitros). Este volume extremamente pequeno é rapidamente expelido, proporcionando um tempo rápido de
subida e leituras precisas de CO2, mesmo com frequências respiratórias altas.
A fonte de infravermelhos Microbeam (de micro-feixe) ilumina a célula da micro-amostra e a célula de referência.
Esta fonte de luz de infravermelhos exclusiva gera apenas comprimentos de onda específicos, característicos do
espectro de absorção de CO2. Assim, não são necessárias quaisquer compensações na presença de concentrações
diferentes de N2O, O2, agentes anestésicos e vapor de água na respiração inalada e exalada. Os infravermelhos que
passam através da célula de micro-amostra e os que passam através da célula de referência são medidos pelos
detectores de infravermelhos.
O microprocessador do monitor calcula a concentração de CO2, comparando os sinais de ambos os detectores.
O que é a oximetria de pulso?
A oximetria de pulso tem por base o seguinte:
•
A diferença na absorção de luz vermelha e infravermelha (espectrofotometria) pela oxi-hemoglobina e a
desoxi-hemoglobina.
•
As alterações no volume de sangue arterial nos tecidos durante o ciclo de pulsação (pletismografia) e, por
conseguinte, a absorção de luz por esse sangue.
Um oxímetro de pulso determina a SpO2 (Spot Oxygen Saturation, saturação de oxigénio local), fazendo passar luz
vermelha e infravermelha por um leito arteriolar e medindo as alterações na absorção de luz durante o ciclo pulsátil.
Os díodos emissores de luz (LEDs) vermelha e infravermelha de baixa potência do sensor de oximetria servem de
fontes de luz; um fotodíodo serve de fotodetector.
Dado que a oxi-hemoglobina e a desoxi-hemoglobina diferem na absorção de luz, a quantidade de luz vermelha e
infravermelha absorvida pelo sangue está relacionada com a saturação de oxigénio da hemoglobina. Para identificar
a saturação de oxigénio da hemoglobina arterial, o monitor utiliza a natureza pulsátil do fluxo arterial. Durante a
sístole, um novo pulso de sangue arterial entra no leito vascular e o volume sanguíneo e absorção de luz aumentam.
Durante a diástole, o volume sanguíneo e absorção de luz atingem o seu ponto mais baixo. O monitor baseia as
medições de SpO2 na diferença entre a absorção máxima e mínima (medições em sístole e diástole). O foco da
absorção de luz pelo sangue arterial pulsátil elimina os efeitos de absorventes não pulsáteis, tais como tecido, osso
e sangue venoso.
22
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Do not touch this field - it is invisible and does not appear in the
final document
Capítulo 3
O monitor Capnostream
Desembalamento e inspecção
Instalar a bateria
Montar o monitor
Configurar a manutenção periódica
Acessórios
Botões, indicadores e ligações
Botões de controlo do painel frontal
Ligar o monitor
Secções padrão do ecrã de visualização
Visualização numérica do ecrã de início
Terminar a utilização do monitor
Navegação no ecrã
Definir a data, hora, idioma
Tempo limite do ecrã
Capnostream®20p: Folha de verificação operacional
Este capítulo descreve os componentes físicos do monitor e a forma de configurar o monitor para ficar pronto a
utilizar.
A folha de verificação operacional do Capnostream®20p é fornecida no fim deste capítulo para simplificar os
processos de instalação, configuração e iniciação. Fotocopie a folha de verificação do manual e assinale os passos
na folha de verificação à medida que configura o monitor.
Desembalamento e inspecção
Desembale o monitor e verifique todos os componentes antes de efectuar quaisquer outros procedimentos.

PARA DESEMBALAR E INSPECCIONAR O MONITOR:
1.
Retire o monitor Capnostream e os acessórios da caixa com cuidado.
2.
Verifique se os itens que constam da lista da embalagem anexa estão incluídos:
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
Monitor Capnostream
Manual de operação
Dois fusíveis de 3,15 A Tipo F
Kit inicial FilterLine
Cabo de alimentação eléctrica
Conjunto de sensor de SpO2
Cabo de extensão SpO2
Rolo de papel de impressora (um instalado e um extra)
Bateria
CD com documentação adicional (Protocolos de Transferência de Dados Capnostream RS-232, a Nota da
Aplicação de Transferência de Dados do Paciente e este manual noutros idiomas)
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
23
O monitor Capnostream
3.
Inspeccione cada componente.
Se algum componente estiver danificado ou em falta, contacte o representante local.
Nota:
Quando desembalar o monitor, os resíduos do embalamento devem ser eliminados de acordo com as
regulamentações locais relativas à eliminação dos mesmos.
Instalar a bateria
AVISO:
A unidade deve ser sempre utilizada com a bateria instalada, de modo a fornecer energia alternativa
em caso de falha momentânea ou temporária da electricidade.
O monitor funciona com electricidade (corrente alternada) ou com bateria. Está equipado com uma bateria
recarregável de iões de lítio. Para instalar a bateria, abra a tampa da bateria (na parte lateral do monitor) como
mostrado em seguida.
Tomada de
ligação da
bateria
Alavanca de fixação
Porta do
compartimento da
bateria
Figura 1 - Instalar a bateria

1.
PARA INSTALAR A BATERIA:
Faça deslizar as duas linguetas de libertação da porta do compartimento da bateria para dentro e abra a porta.
2.
Enquanto segura a bateria com os fios virados para a direita, rode a alavanca de fixação para a posição
horizontal e coloque a bateria no monitor.
3.
Empurre a bateria completamente para o interior.
4.
Mantenha a bateria pressionada no interior e prenda-a na posição pretendida, voltando a colocar a alavanca de
fixação na posição vertical.
5.
Ligue o cabo da bateria à tomada de ligação da bateria. Volte a colocar os fios no interior do monitor.
Tomada de
ligação da
bateria
Alavanca de fixação
Figura 2 - Grande plano da bateria
24
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
O monitor Capnostream
6.
Alinhe as abas da porta do compartimento da bateria com as ranhuras da estrutura do monitor, feche a porta e
faça deslizar as duas linguetas de libertação para fora.
Certifique-se de que a bateria está completamente carregada antes de utilizar o monitor sem electricidade. Uma
bateria completamente carregada fornece 2,5 horas de funcionamento (sem utilização da impressora). Quando o
monitor está ligado à electricidade, a bateria carrega-se automaticamente. Demora cerca de 12 horas para carregar
totalmente uma bateria vazia.
Quando começar a utilizar o monitor, verifique se o ícone da bateria na parte inferior esquerda do ecrã do monitor
indica que a bateria está cheia. Consulte Testar a bateria e as ligações eléctricas abaixo para obter mais detalhes.
AVISO:
Recomenda-se que tenha sempre a bateria instalada. Se a bateria não estiver instalada, a unidade irá
funcionar adequadamente com electricidade, mas se houver perda de electricidade por qualquer
motivo, o monitor não irá funcionar.
Tenha em atenção que, sem a bateria, o indicador do nível de carga da bateria irá indicar erradamente
a presença de uma bateria completamente carregada.
Nota:
Caso a bateria não esteja completamente carregada, o ícone da bateria irá indicar o nível de carga da
mesma.
Testar a bateria e as ligações eléctricas
O nível de carga da bateria e as ligações à electricidade devem ser confirmadas antes de cada utilização.

PARA TESTAR A BATERIA:
1.
Prima o botão LIG/DESL
2.
Observe o nível do ícone da bateria no canto inferior esquerdo do ecrã.
Indicador do
nível de carga
da bateria
3.
para ligar o monitor.
Figura 3 - Barra de menus com o nível de carga da bateria
Caso tenha carregado anteriormente a bateria, o ícone da bateria deve indicar que esta está completamente
carregada.
Nota:
Como parte do arranque do monitor, o indicador do nível de carga da bateria irá apresentá-la como
completamente carregada por cerca de 15 segundos após ligar o monitor. O monitor irá então actualizar o
indicador do nível de carga da bateria para mostrar o verdadeiro nível da bateria.
Recarregue a bateria quando a mensagem de advertência BATERIA FRACA aparecer no ecrã de visualização. Para
recarregar a bateria, certifique-se de que o monitor está ligado à electricidade. O indicador laranja de energia
eléctrica (CA) no painel frontal do monitor
irá acender-se.
Para um funcionamento normal, verifique sempre se o indicador laranja de energia eléctrica (CA) está aceso
durante a utilização do monitor. Isto irá garantir que a bateria é carregada durante a utilização e que o monitor está
preparado em caso de falha de electricidade ou de transferência do paciente. Se um paciente tiver de ser transferido
para outro local, a unidade pode ser desligada da tomada e transferida com o paciente. Deve ter-se o cuidado de
voltar a ligar o monitor à electricidade após a transferência.
Manusear a bateria
CUIDADO: Não mergulhe a bateria em água; poderá provocar avaria.
CUIDADO: Recarregue a bateria apenas no monitor para evitar possível aquecimento, queimadura ou ruptura da
bateria.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
25
O monitor Capnostream
Armazenar a bateria
Há diferentes requisitos consoante o período de tempo de armazenamento da bateria sem utilização:
• Armazenamento a curto prazo (um mês ou menos)
A bateria tem uma funcionalidade de descarregamento automático. Deverá verificar periodicamente o nível de
carga da bateria.
• Armazenamento a longo prazo (6 meses ou mais)
A bateria deve ser armazenada num local fresco e seco, fora do monitor. A carga diminui ao longo do tempo.
Para restaurar a bateria para a sua capacidade completa, recarregue-a antes de utilizar.
CUIDADO: Armazenar ou transportar o monitor em condições ambientais para além das mencionadas nas
especificações irá afectar o desempenho do monitor e danificá-lo.
Eliminar a bateria
CUIDADO: Não queime a bateria; poderá explodir.
Siga as regulamentações locais e instruções de reciclagem no que diz respeito à eliminação e reciclagem de
baterias.
Utilização da bateria e da electricidade
No caso de falha de energia durante o funcionamento do monitor com electricidade (corrente alternada), o monitor
comuta automaticamente para a bateria interna.
O indicador laranja de energia eléctrica (CA) fica aceso quando o monitor funciona com uma fonte de alimentação
externa, sem relação com o estado da bateria.
O indicador verde de unidade ligada fica aceso quando o monitor é ligado.
Se o indicador laranja de energia eléctrica (CA) estiver desligado e o indicador verde de unidade ligada estiver
aceso, o monitor está a funcionar com a bateria.
O ícone da bateria indica o nível aproximado de carga da bateria. A mensagem de advertência BATERIA FRACA
surge quando restarem cerca de 15 minutos de carga da bateria (o equivalente a 14,0 V).
26
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
O monitor Capnostream
Montar o monitor
A parte inferior do dispositivo Capnostream foi concebida para se ajustar a uma placa de montagem padrão VESA
de 100 mm. (Um exemplo é a placa de montagem GCX modelo FLP-002-17C, que se ajusta à Estrutura de Suporte
Móvel GCX modelo RS-0006-64C). A placa de montagem VESA pode ser encomendada à Oridion; peça número
010713. Consulte as Instruções de Utilização apropriadas para estes produtos.
Calços de
borracha (4)
Orifícios de
montagem (4)
Figura 4 - Vista da parte de baixo do monitor
CUIDADO: Não retire os calços de borracha da parte inferior do monitor. Estes calços de borracha são necessários
para a operação do monitor numa mesa, de forma a evitar o movimento não intencional do monitor
durante a utilização. Mesmo que os calços de borracha não estejam em utilização, recomenda-se que
sejam mantidos no lugar para utilização futura.
Configurar a manutenção periódica
Se a sua instituição tiver uma base de dados de manutenção periódica, registe o monitor nessa base de dados para a
realização do procedimento de calibração periódica. A calibração é necessária após as primeiras 1200 horas de
utilização (ou 12 meses, consoante o que ocorrer primeiro) e posteriormente a cada 4000 horas de utilização (ou
12 meses, consoante o que ocorrer primeiro). O número de horas de funcionamento irá aparecer assim que ligar o
monitor e no ecrã de Assistência Técnica do monitor. Para obter mais detalhes acerca da calibração e de outros
procedimentos de manutenção, consulte Manutenção e resolução de problemas na página 121.
Acessórios
Acessórios disponíveis
Consulte a lista seguinte de acessórios disponíveis para o Capnostream.
Tabela 2 - Acessórios do Capnostream
Acessório
Papel (6 rolos)
Número de peça
Oridion
010516
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Utilizar
Papel indicado para a impressora integrada do
Capnostream. O monitor é enviado com um rolo de
papel instalado e um rolo de papel sobresselente.
Consulte Substituição do rolo de papel da impressora
na página 125 acerca da instalação do papel.
27
O monitor Capnostream
Acessório
Número de peça
Oridion
Utilizar
Placa do adaptador de
montagem (Vesa)
010713
Utilizada para montar o Capnostream em suportes
móveis GCX e outras estruturas de montagem.
Consulte Montar o monitor na página 27 para obter
instruções de montagem.
Grampo da coluna de libertação
rápida
011782
O grampo encaixa-se na coluna de suporte (diâmetro
da coluna de 19 mm [0.75"] a 38 mm [1.5"]) ou
montagem em calha (tamanho da calha de 10 mm
[0.39"] x 25 mm [0.98"]).
Com mecanismo de libertação rápida.
A placa do adaptador de montagem está incluída.
Suporte móvel com cesto
Não armazenado
pela Oridion
GCX modelo RS-0006-64C
Kit de suporte móvel com coluna de 96,52 cm (38") e
placa de montagem tipo deslizante de 12,7 cm (5"),
incluindo: base de 53,34 cm (21"), rodízios de
10,16 cm (4"), contrapeso de 4,54 kg (10 lb), pega e
cesto de 15,24 cm (6").
A placa de montagem é necessária para utilizar o
suporte móvel.
Adaptador de montagem para
transmissor Bernoulli
011892
Utilizado com um sistema hospitalar Bernoulli/Oxinet.
Consulte Funcionamento com sistemas de dados de
pacientes hospitalares na página 118.
Bateria
010520
Cabo de chamada de
enfermeiro
011149
Cabo digital/analógico (D/A)
010492
Fusível (2 de 3,15 A, 250 V)
010543
Cabo de alimentação Y
CS08707
Consulte Instalar a bateria na página 24 acerca da
instalação da bateria.
Cabo com 3,5 m de comprimento: O cabo é fornecido
sem terminação para ser adaptado ao sistema.
Consulte Funcionamento da chamada de enfermeiro
na página 116 para obter instruções de configuração.
Utilizado para transferir dados do Capnostream para
um dispositivo analógico, como um polissonógrafo.
Consulte Exportação de dados analógicos com o na
página 110 para obter instruções de configuração.
Consulte Substituir os fusíveis na página 125 para
obter instruções acerca de como substituir fusíveis.
Cabo máx. 125V só para utilização nos EUA e
Japão. Para utilização com Capnostream e uma
ponte sem fios Bernoulli/Oxinet. Consulte
Funcionamento com sistemas de dados de pacientes
hospitalares na página 118 para obter detalhes.
Cabo de alimentação EUA
Cabo de alimentação europeu
PE03833
PE00208
Placa de montagem do monitor
O kit de montagem contém um adaptador de montagem VESA, 100 x 100 mm a 75 x 75 mm, que pode ser fixado
na parte inferior do monitor conforme descrito anteriormente. Isto permite que o monitor seja montado numa vasta
gama de plataformas e suportes GCX, incluindo a Estrutura de Suporte Móvel GCX modelo RS-0006-64C.
Contacte a GCX (www.gcx.com) para obter mais informações acerca das soluções disponíveis para montagem do
monitor.
Tenha em atenção que, quando montar o monitor num suporte móvel ou noutra coluna de suporte, é importante
utilizar um suporte que tenha um diâmetro entre eixos de 53,5 cm (21"), no mínimo, para garantir a estabilidade.
Cabo de transferência de dados digitais para analógicos
A interface digital-para-analógico requer o cabo de dados D/A da Oridion (peça número 010492 da Oridion).
28
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
O monitor Capnostream
Papel da impressora
O monitor utiliza papel térmico com as seguintes especificações:
Tabela 3 - Especificações do papel da impressora
Item
Valor
Largura do papel
Diâmetro do rolo de papel (máximo)
Comprimento do papel (máximo)
Nota:
58 mm (2 ¼")
1/2
40 mm (1 ")
15,2 metros (50 ft)
Alguns fabricantes utilizam uma espessura de papel diferente, pelo que um rolo de 15,2 metros de um
fabricante diferente poderá exceder o limite máximo de diâmetro e não irá caber no monitor.
Podem obter-se rolos de papel de substituição que cumpram as especificações junto da Oridion (peça número
010516 para uma embalagem de 6 rolos) ou na América do Norte em www.thermalpaperdirect.com (modelo
número 22550).
Botões, indicadores e ligações
Seguem-se as vistas frontal, traseira e laterais do monitor, apresentando o ecrã, controlos e pontos de ligação
externa.
Vista frontal do monitor
O painel frontal do monitor contém o ecrã de visualização, botões de acção e o manípulo de controlo.
12
1
11
10
2
3
4
5
6
7
8
9
Figura 5 - Vista frontal do Capnostream
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
29
O monitor Capnostream
A Tabela 4 - Vista frontal do Capnostream lista as etiquetas numeradas.
Tabela 4 - Vista frontal do Capnostream
Etiqueta
1
Nome
Descrição
Etiqueta
Nome
Descrição
Botão de
silenciar alarme
temporariamente
Indicador
vermelho de
alarme
Desactiva temporariamente o
Alarme Áudio por dois minutos.
Botão de
LIG/DESL
monitor
Indicador de
energia eléctrica
(CA)
Botão interruptor
7
Luz laranja
8
3
Indicador de
monitor ligado
Luz verde
9
Indicador
amarelo de
alarme
4
Botão de evento
10
Manípulo de
controlo
5
Botão de
admitir/dar alta
ao paciente
Inicia o processo de
colocar um marcador
Rápido ou de Evento
Detalhado na tendência
dos dados.
Permite iniciar e parar um
caso e introduzir uma
identificação de paciente.
11
Ecrã de
visualização
6
Botão de bomba
desligada
Desliga a bomba de
capnografia por um
período de tempo
predefinido para proteger
o monitor durante
procedimentos de
sucção.
12
Pega de
transporte
2
Indicador que pisca durante os
alarmes de Prioridade Alta
(consulte Alarmes de
prioridade alta na página 75).
Indicador que se acende ou
pisca conforme o estado do
alarme (consulte Visualização
de alarmes na página 71).
Manípulo rotativo utilizado para
a navegação no ecrã e para
seleccionar uma função
quando premido.
Ecrã que apresenta os dados
do paciente, barra de menus,
modo do paciente, data-hora e
quaisquer informações ou
mensagens de erro.
Permite o transporte do
monitor.
Botões de controlo do painel frontal
A figura seguinte é um grande plano dos controlos apresentados na Figura 5 - Vista frontal do Capnostream na
página 29 e descritos na Tabela 4 - Vista frontal do Capnostream anteriormente.
Figura 6 - Botões de controlo do painel frontal
30
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
O monitor Capnostream
Painel traseiro do monitor
O painel traseiro do monitor contém ligações para electricidade e comunicações.
9
4
8
3
2
6
1
5
10
7
Figura 7 - Vista traseira do Capnostream
A Tabela 5 - Vista traseira do Capnostream descreve as funções das ligações da parte traseira do monitor.
Tabela 5 - Vista traseira do Capnostream
Etiqueta
Função
Descrição
Etiqueta
Função
1
Compartimento do
fusível de energia
eléctrica
Dois fusíveis de disparo
rápido 3,15 A.
6
Saída analógica
2
Ligação para energia
eléctrica (CA).
7
Terra equipotencial
3
Entrada de
alimentação
eléctrica
Porta USB
8
4
RS-232
Etiquetas do
fabricante
Pega de transporte
5
Chamada de
enfermeiro
Para suporte de
memória flash.
Conector de tipo D
fêmea de 9 pinos para
comunicação RS-232.
Porta utilizada para
ligação do sistema de
Chamada de
Enfermeiro.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
9
10
Descrição
Conector de tipo D
fêmea de 15 pinos
para saída
analógica de
7 canais.
Para ligação
externa à terra.
Alívio de tensão do
cabo de
alimentação
31
O monitor Capnostream
Vistas esquerda e direita do monitor
O lado esquerdo do monitor contém o compartimento da bateria e os pontos de ligação à interface do paciente.
1
2
5
3
4
Figura 8 - Vista esquerda do Capnostream
A Tabela 6 descreve as funções das características do lado esquerdo do monitor.
Tabela 6 - Vista esquerda do Capnostream
Etiqueta
1
Função
2
Conector de entrada do
FilterLine
Saída de gás
3
SpO2
4
5
Compartimento da bateria
Etiqueta de código de barras
Descrição
Para ligar o FilterLine ao monitor. Fornecido com fecho
automático da porta.
Para ligar a um sistema de exaustão quando o monitor é
utilizado na presença de gases anestésicos. A saída de gás
consiste num conector de tipo espeto destinado a tubagem
com diâmetro interno de 76 mm (3/32").
Para ligar o sensor de SpO2 ao monitor com um cabo de
extensão.
Onde se instala a bateria.
Código de barras do número de série e número do modelo
do monitor.
O lado direito do monitor inclui apenas o rolo de papel utilizado para impressão de relatórios de pacientes e botões
utilizados para controlar essa impressora. Este suporte de rolo da impressora é apresentado na Figura 48 - Inserção
do rolo de papel na impressora na página 125, e as instruções de substituição do rolo da impressora são
apresentadas em Substituição do rolo de papel da impressora na página 125.
32
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
O monitor Capnostream
Ligar o monitor
Esta secção explica como ligar o monitor.
CUIDADO: O monitor destina-se exclusivamente ao auxílio na avaliação da condição do paciente. Deve ser
utilizado em conjunto com os sinais e sintomas clínicos.
CUIDADO: Utilize apenas consumíveis Microstream® EtCO2 e sensores Nellcor para garantir o funcionamento
correcto do monitor.

1.
PARA LIGAR O MONITOR:
Ligue o cabo de electricidade à entrada de alimentação eléctrica na parte traseira do monitor (consulte a Figura
7 - Vista traseira do Capnostream na página 31). Prenda o alívio de tensão do cabo de alimentação à volta do
cabo e aperte para garantir que o cabo de alimentação não se desliga acidentalmente do monitor.
2.
Ligue o cabo de electricidade à fonte de energia eléctrica.
3.
O indicador laranja de energia eléctrica (CA) no painel frontal irá acender-se.
CUIDADO: Caso a luz laranja não esteja acesa, o monitor estará a funcionar apenas com a bateria e irá parar de
funcionar quando esta estiver descarregada.
4.
Prima o botão de LIG/DESL monitor
no painel frontal para ligar o monitor. Acontece o seguinte:
•
•
O indicador verde de unidade ligada acende-se, mostrando que o monitor está ligado.
•
As luzes de alarme vermelho e alarme amarelo irão acender-se brevemente e o altifalante irá emitir um sinal
sonoro.
Aparece a imagem de uma ampulheta no ecrã durante alguns segundos, seguida de um ecrã azul de boasvindas durante cerca de 5 segundos, enquanto o monitor efectua um auto-teste.
CUIDADO: Caso as luzes vermelha e amarela de alarme não se acendam ou o altifalante não emita qualquer som,
o monitor não deve ser utilizado e deve ser enviado para assistência técnica.
•
Irá ouvir a bomba a ligar-se brevemente por alguns segundos e depois desligar-se. No entanto, se um
FilterLine estiver ligado ao monitor, a bomba permanecerá ligada.
Figura 9 - Ecrã de boas-vindas
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
33
O monitor Capnostream
Secções padrão do ecrã de visualização
Após o ecrã de boas-vindas, irá aparecer um ecrã a solicitar-lhe que limpe a memória de tendências. Para obter uma
explicação desse ecrã, consulte Utilizar casos de paciente e números de identificação na página 46. Após esse ecrã,
irá aparecer o ecrã de Início.
O ecrã de Início apresenta as informações de CO2 e SpO2, juntamente com o valor IPI e outras informações que são
habituais na maioria dos outros ecrãs. Esta secção explica as principais partes do ecrã.
O ecrã de Início pode ser apresentado num de dois formatos básicos: gráfico e numérico. A visualização
predefinida é a visualização padrão, descrita em seguida. O formato numérico permite uma visualização numérica
maior e mais fácil de ler, sem a distracção da visualização da forma de onda gráfica. Para obter mais informações
acerca da visualização numérica, consulte Visualização numérica do ecrã de início na página 38.
Visualização padrão do ecrã de início
O ecrã de início padrão típico apresentado nas duas figuras seguintes mostra dados e formas de onda de um
paciente em monitorização com um FilterLine e um sensor de SpO2.
Área do
cabeçalho
Dados
numéricos
de CO2 em
tempo real
Forma de onda
de CO2
IPI em tempo
real, dados
numéricos de
A/h e ODI
Dados
numéricos
de SpO2 em
tempo real
Barra de
menus
Dados de
tendência IPI
Figura 10 - Ecrã de início típico
34
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
O monitor Capnostream
Figura 11 - Ecrã de início típico quando A/h e ODI não estão disponíveis
O ecrã de Início contém as seguintes secções:
•
•
•
•
•
•
Área do cabeçalho com descrição na página 36
Barra de menus com descrição na página 37
Dados IPI em tempo real com visualização de tendência gráfica com descrição na página 39
Dados de A/h e ODI com descrição na página 38 (se disponíveis)
Dados de CO2 em tempo real e forma de onda de CO2, com descrição na página 37
Dados de SpO2 em tempo real com descrição na página 37
A maioria dos outros ecrãs contém a Área do cabeçalho, a Barra de menus, os Dados de CO2 em tempo real e os
Dados de SpO2 em tempo real.
Na maior parte dos casos, ao deslocar-se de ecrã em ecrã, o monitor irá apresentar o Cabeçalho, a Barra de menus,
os Dados numéricos de CO2 em tempo real e os Dados numéricos de SpO2 em tempo real. A visualização contínua
de Dados numéricos de CO2 e de SpO2 em tempo real, à direita, permite a monitorização contínua do paciente,
mesmo enquanto se alteram as definições do sistema ou enquanto se observa o histórico do paciente nos ecrãs de
tendências.
A opção IPI no ecrã pode ser desactivada como parte das predefinições institucionais. (Se o Tipo de Paciente for
Lactente/Neonatal, o IPI é desactivado automaticamente e a única opção disponível para a visualização padrão do
ecrã de Início mostra a forma de onda de SpO2 em vez da forma de onda de tendência IPI.) Consulte o Capítulo 8
Integrated Pulmonary Index™ na página 64 para obter mais informações. Se a opção IPI estiver desactivada, é
apresentado um ecrã de início sem a opção IPI. Um exemplo deste ecrã de Início é apresentado na Figura 12 - Ecrã
de início padrão sem opção IPI na página 36.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
35
O monitor Capnostream
Área do
cabeçalho
Dados
numéricos
de CO2 em
tempo real
Forma de onda
de CO2
Dados de A/h e
ODI
Dados
numéricos
de SpO2 em
tempo real
Forma de onda
de SpO2
Barra de
menus
Figura 12 - Ecrã de início padrão sem opção IPI
Área do cabeçalho
A secção do cabeçalho é sempre apresentada ao longo do topo do ecrã e contém a informação listada na tabela
seguinte.
4
1
5
2
6
3
Figura 13 - Área do cabeçalho
7
A Tabela 7 descreve os elementos da área do cabeçalho.
Tabela 7 - Secção do cabeçalho
Item
36
Função
1
2
Hora/Data
Tipo de paciente
3
4
Nome do ecrã
Área de mensagens
5
Identificação do paciente
6
Indicador do estado de
alarme
7
Indicador USB
Descrição
Apresenta a Hora e a Data nos formatos seleccionados.
Indica o modo do paciente. As opções são ADULTO, PEDIÁT
1-3 a, PEDIÁT 3-6 a, PEDIÁT 6-12 a e LACTENTE/NEONATAL
(para bebés com menos de 1 ano).
Apresenta o nome do ecrã actual.
As mensagens de explicação dos alarmes ou do estado do
equipamento aparecem nesta área.
Se tiver sido introduzida uma identificação de paciente para o
caso actual, será apresentada a ID do paciente.
Indica se os alarmes de áudio estão activados, temporariamente
desactivados ou permanentemente desactivados.
Indica se um dispositivo de memória flash USB está actualmente
ligado ao monitor.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
O monitor Capnostream
Barra de menus
A barra de menus, com as opções e funções disponíveis, localiza-se ao longo da parte inferior do ecrã de
visualização do monitor. No lado esquerdo está o indicador do nível de carga da bateria. No lado direito está o
controlo do volume do altifalante.
A barra de menus irá alterar-se consoante as opções e funções que estejam disponíveis para um ecrã específico.
Nalguns ecrãs, há opções adicionais seleccionáveis na área específica para esse ecrã.
Dados de CO2 em tempo real
Esta área do ecrã apresenta os valores de EtCO2 e FiCO2 em tempo real, juntamente com as unidades
seleccionadas, bem como a frequência respiratória (FR) em respirações por minuto. A visualização numérica é
apresentada à direita e uma visualização da forma de onda à esquerda. Para obter mais detalhes acerca das
informações apresentadas, consulte Dados de CO2 apresentados pelo monitor Capnostream na página 55.
Quando o limiar do limite do alarme de CO2 é ultrapassado, o dispositivo emite um alarme: o valor numérico
afectado pisca, o valor numérico é apresentado com um fundo vermelho ou amarelo (consoante seja um alarme
urgente ou de cautela) e uma mensagem é apresentada na área do cabeçalho do ecrã.
Esta área do ecrã pode ser seleccionada como se fosse uma opção de menu. Seleccionar esta área dá acesso ao ecrã
de Configuração para alteração dos valores do parâmetro CO2.
Dados de SpO2 em tempo real
Esta área do ecrã apresenta dados numéricos de SpO2 em tempo real: SpO2, FP e forma de onda pletismográfica ou
barra de batimentos de pulsação – são sempre mostrados. (Se o IPI estiver activado e nenhuma forma de onda de
SpO2 for apresentada, os batimentos de pulsação de SpO2 são representados pela barra verde à esquerda desta
caixa.)
Para obter mais detalhes acerca dos dados de SpO2 apresentados, consulte o Capítulo 7 Oximetria de pulso com o
monitor Capnostream na página 59.
Quando o limiar do limite do alarme de SpO2 é ultrapassado, o dispositivo emite um alarme: o valor numérico
afectado pisca, o valor numérico é apresentado com um fundo vermelho ou amarelo (consoante seja um alarme
urgente ou de cautela) e uma mensagem é apresentada na área do cabeçalho do ecrã.
Esta área do ecrã pode ser seleccionada como se fosse uma opção de menu. Seleccionar esta área dá acesso ao ecrã
de Configuração para alteração dos valores do parâmetro SpO2 , incluindo a opção de ligar ou desligar o som dos
batimentos de pulsação.
Dados IPI em tempo real com visualização de tendência gráfica
Esta área do ecrã apresenta o valor em tempo real do IPI, um valor numérico que resume quatro parâmetros
(EtCO2, FR, SpO2 e FP) para fornecer uma indicação rápida do estado respiratório do paciente. O gráfico de
tendência IPI indica a tendência deste valor num determinado período de tempo (o período predefinido é de uma
hora).
No gráfico de tendência IPI, as linhas horizontais vermelha e amarela indicam, respectivamente, os limites
actualmente definidos para os alarmes urgente e de cautela.
Para obter mais informações acerca deste parâmetro, consulte o Capítulo 8 Integrated Pulmonary Index™ na
página 64.
Quando o limite do alarme IPI é excedido, o dispositivo emite um alarme: o valor numérico afectado pisca, o valor
numérico é apresentado com um fundo vermelho ou amarelo (consoante seja um alarme urgente ou de cautela) e
uma mensagem é apresentada na área do cabeçalho do ecrã.
Os dados IPI não estão disponíveis para alguns pacientes; para obter mais informações, consulte o Capítulo 8
Integrated Pulmonary Index™ na página 64.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
37
O monitor Capnostream
Dados de A/h e ODI
Esta área do ecrã apresenta os valores de A/h e ODI (se disponíveis).
Para obter mais informações acerca de A/h e ODI, consulte Apneias por hora e índice de dessaturação de oxigénio
na página 67.
Quando a contagem de apneia em qualquer período de uma hora durante as últimas 12 horas excede um valor
predefinido, será apresentado no ecrã um alerta visual, na forma de asterisco, junto ao valor de A/h, indicando ao
utilizador que deve visualizar o ecrã de A/h e Dessaturação de O2. O ecrã de A/h e Dessaturação de O2 é acedido
através do botão do menu RELATÓRIOS. Para obter mais informações acerca do alerta visual de A/h, consulte
Alerta visual de A/h na página 67.
Visualização numérica do ecrã de início
Área do
cabeçalho
Dados
numéricos
de CO2 em
tempo real
Dados
numéricos IPI
em tempo real,
dados de
tendência IPI,
dados de A/h e
ODI
Dados
numéricos
de SpO2 em
tempo real
Barra de
menus
Figura 14 - Ecrã de início numérico típico
O ecrã numérico contém as seguintes secções:
•
•
•
•
•
•
Área do cabeçalho na página 38
Barra de menus na página 37
Dados IPI em tempo real com visualização de tendência gráfica na página 39
Dados de CO2 em tempo real na página 37
Dados de SpO2 em tempo real na página 37
Dados de A/h e ODI na página 38 (se disponíveis)
Área do cabeçalho
A secção do Cabeçalho é idêntica à área do Cabeçalho apresentada no ecrã de Início padrão.
38
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
O monitor Capnostream
Barra de menus
A barra de menus é idêntica à barra de menus apresentada no ecrã de Início padrão.
Dados de CO2 em tempo real
Esta área do ecrã apresenta os valores de EtCO2 e FiCO2 em tempo real, juntamente com as unidades
seleccionadas, bem como a frequência respiratória (FR) em respirações por minuto. Só é fornecida a visualização
numérica, dimensionada para ser facilmente lida mesmo à distância. Para obter mais detalhes relativos às
informações apresentadas, consulte o Capítulo 5 Dados de CO2 apresentados pelo monitor Capnostream na
página 55.
Quando o limiar do limite do alarme de EtCO2, FiCO2 ou FR é ultrapassado, o dispositivo emite um alarme: o valor
numérico afectado pisca, o valor numérico é apresentado com um fundo vermelho ou amarelo (consoante seja um
alarme urgente ou de cautela) e uma mensagem é apresentada na área do cabeçalho do ecrã.
Esta área do ecrã pode ser seleccionada como se fosse uma opção de menu. Seleccionar esta área dá acesso ao ecrã
de Configuração para alteração dos valores do parâmetro CO2.
Dados de SpO2 em tempo real
Esta área do ecrã apresenta dados de SpO2 em tempo real. É fornecida a visualização numérica, dimensionada para
ser facilmente lida mesmo à distância. Tal como no ecrã padrão, apenas os parâmetros medidos pela sonda
actualmente ligada ao dispositivo aparecerão no ecrã. Para obter mais detalhes acerca dos dados de SpO2
apresentados, consulte o Capítulo 7 Oximetria de pulso com o monitor Capnostream na página 59.
Quando o limiar do limite do alarme de SpO2 é ultrapassado, o dispositivo emite um alarme: o valor numérico
afectado pisca, o valor numérico é apresentado com um fundo vermelho ou amarelo (consoante seja um alarme
urgente ou de cautela) e uma mensagem é apresentada na área do cabeçalho do ecrã.
Dados de A/h e ODI
Esta área do ecrã apresenta os valores de A/h e ODI (se disponíveis).
Para obter mais informações acerca de A/h e ODI, consulte Apneias por hora e índice de dessaturação de oxigénio
na página 67.
Quando a contagem de apneia em qualquer período de uma hora durante as últimas 12 horas excede um valor
predefinido, será apresentado no ecrã um alerta visual, na forma de asterisco, junto ao valor de A/h, indicando ao
utilizador que deve visualizar o ecrã de A/h e Dessaturação de O2. O ecrã de A/h e Dessaturação de O2 é acedido
através do botão do menu RELATÓRIOS. Para obter mais informações acerca do alerta visual de A/h, consulte
Alerta visual de A/h na página 67.
Dados IPI em tempo real com visualização de tendência gráfica
Esta área do ecrã apresenta o valor em tempo real do IPI, um valor numérico que resume quatro parâmetros
(EtCO2, FR, SpO2 e FP) para fornecer uma indicação rápida do estado respiratório do paciente. O gráfico de
tendência IPI abaixo do valor numérico indica a tendência deste valor num determinado período de tempo.
No gráfico de tendência IPI, as linhas horizontais vermelha e amarela indicam, respectivamente, os limites
actualmente definidos para os alarmes urgente e de cautela.
Para obter mais informações acerca deste parâmetro, consulte o Capítulo 8 Integrated Pulmonary Index™ na
página 64.
Quando o limite do alarme IPI é excedido, o dispositivo emite um alarme: o valor numérico afectado pisca, o valor
numérico é apresentado com um fundo vermelho ou amarelo (consoante seja um alarme urgente ou de cautela) e
uma mensagem é apresentada na área do cabeçalho do ecrã.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
39
O monitor Capnostream
Terminar a utilização do monitor
Após a monitorização do paciente, a utilização do monitor deve ser terminada como se segue:
1.
Retire o FilterLine e o sensor de SpO2 do paciente.
2.
Desligue o monitor, colocando o interruptor de ligar/desligar na posição "desligar" (situa-se na parte frontal do
monitor).
3.
Se o monitor estiver ligado à electricidade através do adaptador CA, pode agora desligá-lo da electricidade.
Para continuar a carregar o monitor quando não estiver a ser utilizado para medição, deve manter o monitor
ligado à electricidade. O monitor irá continuar a carregar a bateria interna mesmo se estiver desligado.
Navegação no ecrã
Seleccione as opções e predefina os valores utilizando o manípulo de controlo. O manípulo de controlo tem um
funcionamento semelhante ao de um rato de computador normal. É também utilizado como teclado para a
introdução de letras e números.

1.
PARA SE DESLOCAR NO ECRÃ:
Gire o manípulo de controlo para a direita ou para a esquerda para se deslocar para a área seguinte do ecrã,
que é realçada pela alteração da moldura para azul.
2.
Para fazer uma selecção, empurre o manípulo de controlo até que este clique.

1.
PARA INTRODUZIR LETRAS E NÚMEROS:
Quando for necessário introduzir dados alfanuméricos, gire o manípulo de controlo para a navegação e, em
seguida, clique no bloco de introdução de dados no ecrã.
O conteúdo do bloco de dados é apagado e um pequeno bloco com um fundo amarelo aparecerá no lugar do
primeiro carácter. No bloco estará uma letra A, a preto.
2.
Ao girar o manípulo de controlo para a direita ou para a esquerda, verá o alfabeto completo e os algarismos
0-9, o símbolo de retorno ←, um espaço em branco e o símbolo Enter  .
3.
Quando for apresentado o carácter pretendido, prima o manípulo de controlo até que este clique. O carácter
introduzido voltará à sua cor normal (branco) e o bloco amarelo irá mover-se para o próximo espaço de
carácter.
4.
Gire novamente o manípulo de controlo para iniciar uma nova selecção de carácter.
5.
Para finalizar uma entrada alfanumérica, prima o manípulo de controlo duas vezes após introduzir a letra ou
símbolo final.

PARA ALTERAR AS DEFINIÇÕES:
1.
Quando estiver num ecrã cujas definições possam ser alteradas, gire o manípulo de controlo até realçar a
definição pretendida (a respectiva moldura fica azul).
2.
Para seleccionar a definição, empurre o manípulo de controlo até que este clique.
3.
Gire o manípulo de controlo até atingir a nova definição.
4.
Para estabelecer a definição, empurre o manípulo de controlo até que este clique.
5.
Continue a seleccionar as definições ou gire o manípulo de controlo para seleccionar RETROCEDER ou
INÍCIO.
Alterações à configuração
Na maior parte dos ecrãs de selecção, ao fazer uma alteração em um ou mais dos parâmetros do sistema, as novas
definições só se tornarão efectivas quando sair do ecrã, seleccionando INÍCIO ou RETROCEDER. Caso saia do
ecrã de selecção ao premir um dos botões de controlo do painel frontal localizado abaixo do ecrã ou caso aguarde
mais de um minuto e seja ultrapassado o limite de tempo do ecrã e este reinicie, as definições alteradas não serão
guardadas.
40
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
O monitor Capnostream
Definir a data, hora, idioma e outras opções
Após ligar o monitor, verifique o canto superior esquerdo do cabeçalho para se certificar de que a data e a hora
estão correctas.

1.
PARA ALTERAR A DATA, HORA, IDIOMA OU OUTRAS OPÇÕES:
No ecrã de Início, utilize o manípulo de controlo para seleccionar SISTEMA na barra de menus.
2.
Para ajustar a data e a hora, utilize o manípulo de controlo para seleccionar e alterar cada definição. A data e
hora actualizadas são guardadas na memória do monitor ao sair do ecrã, e não será necessário reajustá-las após
desligar o monitor.
3.
Para alterar o idioma do visor, utilize o manípulo de controlo para alterar o idioma.
4.
As opções recentemente definidas (incluindo o idioma) permanecerão em vigor até o monitor ser desligado.
Para alterar permanentemente o idioma do visor e outras definições, consulte as informações em Alterar as
predefinições institucionais na página 131.
5.
Para alterar qualquer outro dos parâmetros listados, seleccione a opção pretendida e, em seguida, seleccione o
botão do menu de INÍCIO para voltar ao ecrã de Início.
6.
Se A/h e ODI não estiverem disponíveis, a opção de visualização não aparecerá neste ecrã.
Figura 15 - Ecrã de configuração do sistema
Tempo limite do ecrã
Tempo limite do ecrã
Todos os ecrãs de configuração e do sistema têm um tempo limite de 60 segundos sem actividade com o manípulo
de controlo e irá regressar ao ecrã onde se encontrava anteriormente. Isto repetir-se-á a cada 60 segundos até que
chegue ao ecrã de Início ou de Tendência (consoante o ecrã onde foi iniciado o processo de configuração).
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
41
O monitor Capnostream
Capnostream®20p: Folha de verificação operacional
Para colocar o monitor Capnostream rápida e eficazmente em funcionamento, siga a lista de instruções seguinte:
 1.
Desembalar o monitor
•
•
•
 2.
 6.
Ligue o cabo de alimentação à entrada de alimentação eléctrica na traseira do monitor. Prenda o alívio
de tensão do cabo de alimentação à volta do cabo e aperte para garantir que o cabo de alimentação
não se desliga acidentalmente do monitor.
•
•
•
Ligue o cabo de alimentação à fonte de energia eléctrica.
 8.
42
O indicador laranja de energia eléctrica (CA) na parte frontal do monitor acende-se.
Prima o botão de LIG/DESL monitor
no painel frontal para ligar o monitor. O indicador verde de
unidade ligada acende-se, mostrando que o monitor está ligado.
Tenha em atenção que o indicador laranja de energia eléctrica (CA) e o indicador verde de unidade
ligada devem estar acesos durante o funcionamento do monitor.
Alterar data, hora ou idioma
Utilize o manípulo de controlo para seleccionar SISTEMA na barra de menus.
Altere cada definição nesse ecrã, se pretendido.
Definir tipo de paciente e modo
•
Utilize o manípulo de controlo para seleccionar a função TIPO DE PACIENTE na barra de menus do
ecrã de Início.
•
Seleccione ADULTO, PEDIÁTRICO (por idade) ou LACTENTE/NEONATAL, consoante
apropriado.
Ligar um FilterLine
•
•
 7.
Consulte Instalar a bateria na página 24 para obter instruções de instalação.
•
•
•
 5.
Verifique se o papel está na impressora.
Ligar o monitor
•
 4.
Verifique se os itens que constam da lista da embalagem anexa estão incluídos.
Instalar a bateria
•
 3.
Retire o monitor Capnostream e os acessórios da caixa.
Abra a tampa do conector de entrada do FilterLine e ligue o FilterLine apropriado.
Ligue o FilterLine ao paciente, tal como descrito nas Instruções de Utilização fornecidas com o
FilterLine. O conector do tubo de amostragem deve ser aparafusado no sentido horário à porta CO2 do
monitor até deixar de ser possível aparafusar mais, de forma a garantir que está bem fixo ao monitor.
Isto vai assegurar que não existe fuga de gases durante a medição no ponto de ligação e que a precisão
da medição não é comprometida.
Ligar um sensor de SpO2
•
Ligue firmemente o cabo de extensão de SpO2 à porta do sensor de SpO2 do monitor e depois ligue o
sensor de SpO2 apropriado ao cabo de extensão.
•
Ligue o sensor de SpO2 ao paciente, tal como descrito nas respectivas Instruções de Utilização.
Assim que um ou ambos os sensores forem ligados ao monitor, este fica pronto a funcionar.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
O monitor Capnostream
 9.
Verificar os limites de alarme
•
Verifique a predefinição de limites de alarme e efectue quaisquer alterações permanentes nas
predefinições institucionais.
•
Consulte Alarmes e mensagens na página 70 para obter mais detalhes acerca de alarmes.
 10. Abrir um caso de paciente
•
Para ser mais fácil controlar e obter dados de pacientes, recomenda-se que os grave, abrindo um caso
de paciente. É necessário abrir um caso de paciente quando gravar um Relatório de caso tabular.
•
Consulte Utilizar casos de paciente e números de identificação de paciente na página 46 para obter
instruções.
 11. Imprimir dados de paciente
•
•
Seleccione o tipo pretendido de relatório de paciente e prima o botão IMPRIMIR no ecrã.
Consulte o Capítulo 12 Relatórios na página 94 para obter informações detalhadas.
 12. Configurar o funcionamento de chamada de enfermeiro (se aplicável, os acessórios de
conectividade de chamada de enfermeiro devem ser adquiridos separadamente)
•
Ligue o cabo de chamada de enfermeiro à tomada correspondente na parte de trás do monitor e ligue a
outra extremidade do cabo ao sistema da instituição, consoante determinado pelos requisitos da
instituição. Verifique se todos os cabos estão ligados e apertados.
•
Active a chamada de enfermeiro no monitor, como descrito em Funcionamento da chamada de
enfermeiro na página 116.
•
Verifique a comunicação entre o monitor e o sistema de chamada de enfermeiro.
 13. Configurar o funcionamento da exportação de dados analógicos (se aplicável, os acessórios de
conectividade do sistema analógico devem ser adquiridos separadamente)
•
Ligue o cabo de dados D/A (digital/analógico) da Oridion (peça número 010492) na parte de trás do
monitor e ligue a outra extremidade do cabo a um sistema analógico, como um polissonógrafo,
consoante necessário. Verifique se todos os cabos estão ligados e apertados.
•
Configure a exportação de dados analógicos no monitor, como descrito em Exportação de dados
analógicos com o na página 110.
•
Verifique se a transferência de dados entre o monitor e o sistema está a decorrer.
 14. Configurar a interface do sistema Bernoulli (se aplicável, o sistema de monitorização central e os
acessórios devem ser adquiridos separadamente)
•
Ligue a ponte de cliente à porta RS-232 na parte de trás do monitor. Certifique-se de que todas as
ligações foram efectuadas e estão correctamente apertadas.
•
•
Verifique se a ponte de cliente está bem montada.
•
Consulte Funcionamento com sistemas de dados de pacientes hospitalares na página 118 para obter
mais detalhes.
Verifique a comunicação entre o monitor Capnostream, a ponte de cliente e a estação central
Bernoulli.
 15. Configurar um sistema VueLink (se aplicável, o monitor Philips, o módulo VueLink e os acessórios
de conectividade devem ser adquiridos separadamente)
•
Ligue o cabo de interface VueLink (peça número CS08745, que inclui este cabo e instruções) à porta
RS-232 na parte de trás do monitor e ligue a outra extremidade do cabo a um sistema VueLink,
consoante necessário. Verifique se todos os cabos estão ligados e apertados.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
43
O monitor Capnostream
•
Configure o sistema; para obter mais informações, consulte Funcionamento com monitores de
paciente Philips e com o módulo VueLink na página 119 e o manual da interface de comunicação
VueLink (Oridion PN 012422).
•
Certifique-se de que as Predefinições Institucionais para a Função RS-232 estão activadas para o
VueLink. (Consulte Funcionamento com monitores de paciente Philips e com o módulo VueLink na
página 119 para obter mais detalhes.)
•
Verifique se a transferência de dados entre o monitor e o sistema está a decorrer.
 16. Configurar a transferência de dados através de USB (unidade flash USB deve ser adquirida
separadamente)
•
•
•
44
Ligue a unidade flash USB na parte de trás do monitor.
Seleccione o tipo pretendido de relatório de paciente e prima o botão INICIAR USB no ecrã.
Consulte Transferência de dados através da porta de dados USB na página 104 para obter informações
detalhadas.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Do not touch this field - it is invisible and does not appear in the
final document
Capítulo 4
Utilizar o monitor Capnostream
Preparar o monitor para um paciente
Utilizar casos de paciente e números de identificação de paciente
Introduzir eventos de pacientes
Alterar o volume de alarme e da pulsação
Atraso de alarme
Utilização do sistema de exaustão
Desligar a bomba para sucção ou lavagem
Modo de demonstração
Gráfico de referência de menus do ecrã do monitor
Preparar o monitor para um paciente
CUIDADO: Se qualquer resposta do monitor não parecer apropriada, não utilize o monitor. Contacte o seu
representante local.
Os passos seguintes descrevem o procedimento de preparação do monitor para um paciente.

PARA PREPARAR O MONITOR PARA UM PACIENTE:
1.
Ligue o monitor, premindo o interruptor de ligar/desligar
2.
A sequência completa para ligar o monitor é descrita em Ligar o monitor na página 32.
3.
Confirme se o indicador verde de unidade ligada e o indicador laranja de energia eléctrica (CA) estão ambos
acesos.
no painel frontal.
CUIDADO: Caso a luz laranja não esteja acesa, o monitor estará a funcionar apenas com a bateria e irá parar de
funcionar quando esta estiver descarregada. Consulte Ligar o monitor na página 32.
4.
As luzes de alarme vermelho e alarme amarelo irão acender-se brevemente e o altifalante irá emitir um sinal
sonoro.
CUIDADO: Caso as luzes vermelha e amarela de alarme não se acendam ou o altifalante não emita qualquer som,
o monitor não deve ser utilizado e deve ser enviado para assistência técnica.
5.
Ligue um ou ambos os sensores ao monitor, seguindo as instruções deste manual. Para ligar os sensores,
consulte Ligar um FilterLine na página 55 e Ligar um sensor de SpO2 ao monitor na página 61.
Assim que um ou ambos os sensores forem ligados ao monitor, este fica pronto a funcionar.
Caso não esteja ligado nenhum FilterLine, não há forma de onda de CO2 e irá aparecer a mensagem FILTERLINE
DESLIGADO.
Caso não esteja ligado nenhum sensor de SpO2, não há forma de onda de SpO2 e irá aparecer a mensagem
SENSOR SpO2 DESLIGADO.
É possível utilizar a função de Capnografia (EtCO2) ou a função de Oximetria de Pulso (SpO2) sem utilizar a outra
função. Se pretender utilizar só uma das funções, ligue APENAS o sensor para essa função e o monitor irá
funcionar normalmente.
Nota:
O monitor Capnostream deve ser utilizado apenas com um paciente de cada vez.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
45
Utilizar o monitor Capnostream
Configurar o tipo de paciente
Existem cinco tipos de paciente diferentes reconhecidos pelo monitor, listados em seguida.

Lactente/Neonatal: para pacientes desde o nascimento até a um ano de idade

Pediátrico 1-3 anos: para pacientes entre um e três anos de idade

Pediátrico 3-6 anos: para pacientes entre três e seis anos de idade

Pediátrico 6-12 anos: para pacientes entre seis e doze anos de idade

Adulto: para pacientes acima de 12 anos de idade
O tipo de paciente é apresentado no canto superior esquerdo do ecrã. A definição do tipo de paciente é obrigatória.
O tipo de paciente predefinido original no monitor é ADULTO; assim que o tipo de paciente for alterado, a
predefinição será o tipo de paciente actual.
CUIDADO: As características de uma respiração são calculadas de forma diferente para os diferentes tipos de
paciente. Definir o tipo correcto de paciente é, portanto, muito importante. A definição incorrecta irá
resultar numa monitorização imprecisa da respiração do paciente e afectar o valor IPI do paciente.

1.
PARA ALTERAR O TIPO DE PACIENTE:
Caso o tipo de paciente que aparece no ecrã seja o correcto para o paciente actual, não há necessidade de fazer
qualquer alteração ao tipo de paciente. Se quiser fazer uma alteração, utilize o manípulo de controlo para
seleccionar a função TIPO DE PACIENTE na barra de menus do ecrã de Início.
2.
Gire o manípulo de controlo para alterar o tipo de paciente e prima o manípulo de controlo para registar a
alteração. Esta alteração irá permanecer activa até que seja alterado o tipo de paciente.
O monitor tem definições de limite de alarme independentes para os tipos de paciente Adulto/Pediátrico e
Lactente/Neonatal, que podem ser configuradas consoante a fisiologia observada nos grupos etários particulares.
Consulte a informação relevante em Alterar os limites de alarme na página 71.
Utilizar casos de paciente e números de identificação de paciente
Recomenda-se vivamente que associe todos os dados armazenados no monitor a uma ID de paciente que
identifique a sua origem com um paciente específico. Isto permite que os dados armazenados de tendências sejam
associados a uma ID de paciente e evita a possibilidade de confusão de dados de diversos pacientes numa
impressão ou transferência de tendências.

PARA COMEÇAR UM NOVO CASO:
1.
no painel
Assim que o paciente estiver ligado ao monitor, prima o botão Admitir/dar alta ao paciente
frontal do monitor. O campo ID PAC é apresentado no ecrã e um número de identificação de 14 dígitos
gerado automaticamente aparecerá no campo ID:
ID PAC
46
20101209072645
2.
Esta ID gerada automaticamente indica a data e hora de início da sessão do caso (formato AAAAMMDDhhmmss,
indicando o ano, mês, dia, hora, minuto e segundo do início da sessão). Para utilizar o número de ID gerado
automaticamente, utilize o manípulo de controlo para seleccionar INICIAR CASO e clique no botão INICIAR
CASO para iniciar o caso.
3.
Para alterar o número de ID, se pretendido, gire o manípulo de controlo para realçar ID PAC a azul no ecrã e
clique no manípulo de controlo. Utilize o manípulo de controlo para introduzir uma nova ID de paciente
alfanumérica, rodando e premindo o manípulo de controlo para seleccionar letras e números. Se quiser
introduzir um espaço, gire o manípulo até ver um quadrado vazio em vez de uma letra ou um número e clique
para introduzir um espaço. Irá reparar que o espaço que está a preencher actualmente está realçado a amarelo.
O comprimento máximo permitido para a ID do paciente é de 20 caracteres. Seleccione o símbolo Enter 
para terminar. Consulte a secção Navegação no ecrã na página 40 para obter instruções acerca de como
introduzir letras e números.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Utilizar o monitor Capnostream
4.
Se pretender mudar o tipo de paciente para este paciente, poderá fazê-lo a partir deste ecrã, utilizando o
manípulo de controlo para seleccionar e alterar o tipo de paciente.
5.
Utilize o manípulo de controlo para seleccionar INICIAR CASO.
Nota:
Assim que for premido o botão INICIAR CASO, o caso começa e esse botão transforma-se em PARAR
CASO.
Nota:
Não é possível iniciar um novo caso até que o caso anterior tenha sido parado com o botão PARAR
CASO.
Nota:
Se não tiver a certeza se o monitor está actualmente a monitorizar um caso, clique na tecla Admitir/dar alta
para visualizar o ecrã em que aparece o botão INICIAR CASO. O estado do botão
INICIAR CASO pode fornecer uma indicação do estado actual: quando não há nenhum caso iniciado, irá
apresentar INICIAR CASO, e, a meio de um caso, irá apresentar PARAR CASO.
ao paciente
6.
Para terminar um caso quando a monitorização do paciente estiver concluída, prima a tecla Admitir/dar alta ao
paciente
e depois seleccione PARAR CASO. Isto marca o final dos dados para esse paciente. Parar um
caso irá apagar a memória de tendências e irá aparecer no ecrã um aviso que indica PARAR O CASO
APAGA A MEMÓRIA DA TENDÊNCIA; PREMIR "PARAR CASO" DE NOVO PARA CONFIRMAR
quando PARAR CASO for premido. Se quiser transferir ou imprimir os dados do caso ou de tendências, isto
tem de ser feito antes de o caso ser parado. Se não quiser parar o caso, gire simplesmente o manípulo para
remover a questão do ecrã e continuar o caso. Se quiser efectivamente parar o caso, clique novamente no
manípulo de controlo.
7.
Se PARAR CASO não for premido quando o utilizador terminar a monitorização e desligar o monitor, o caso
irá continuar quando o monitor for desligado e depois ligado novamente. No entanto, quando o monitor for
ligado novamente num caso destes, um aviso irá sugerir ao utilizador que limpe os dados de tendências e feche
o caso (para limpar a ID do paciente) antes de iniciar uma nova sessão de monitorização. Este ecrã pode ser
visto na Figura 34 - Mensagem de memória de tendências na página 92. A Oridion sugere vivamente que o
faça para evitar a identificação incorrecta dos dados do paciente. Contudo, se pretender continuar a
monitorizar o mesmo paciente como anteriormente, poderá querer manter os dados de tendência e do caso.
Clicar em SIM e CONFIR? no ecrã visto na Figura 34 - Mensagem de memória de tendências na página 92 irá
apagar a memória da tendência e fechar o caso actual, apagando assim todos os dados no monitor relativos a esse
caso.
AVISO:
O monitor só consegue armazenar um caso de cada vez. A memória de tendências inclui apenas os
dados do caso actual e, quando o caso é parado, a memória de tendências é apagada.
O monitor armazena automaticamente os dados do paciente e grava a data e a hora para todos os eventos, quer seja
utilizada ou não a opção de caso do paciente. Desde que a memória de tendências não seja apagada, estes dados
permanecem armazenados no monitor até que a memória de tendências esteja cheia e o início dos dados de
tendências seja substituído por novos dados. (Consulte o Capítulo 11 Utilizar as tendências na página 84 para obter
mais informações acerca da capacidade da memória de tendências.) No entanto, as impressões dos casos só irão
incluir os dados registados após o início do caso actual (mesmo que a memória de tendências também inclua dados
anteriores ao caso actual). Por outro lado, os dados de tendências apresentados e as impressões das tendências irão
incluir todos os dados armazenados na memória de tendências.
Introduzir eventos de pacientes
Ao analisar o histórico do paciente no monitor, é frequentemente útil ter um registo de eventos do paciente que
possam ter tido influência nas leituras registadas. O monitor tem a capacidade de registar uma enorme variedade de
eventos do paciente. Há duas opções: eventos rápidos e eventos detalhados.
Se o monitor estiver definido para gravar eventos rápidos, premir o botão de evento ( ) coloca uma marca na
memória de tendências a assinalar que um dado evento ocorreu na data e hora em que o botão foi premido.
Consulte a Tabela 20 - Exemplo de visualização tabular para um exemplo de uma marca de evento rápido.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
47
Utilizar o monitor Capnostream
Os eventos detalhados permitem ao médico registar mais pormenores. Há três categorias de eventos: administração
de medicação, actividade física do paciente e intervenções. Estes eventos podem ser assinalados na memória do
monitor para ajudarem a controlar os cuidados do paciente e aparecerem nas visualizações de tendências e na
exportação de dados.

1.
PARA UTILIZAR OS EVENTOS DETALHADOS:
no painel frontal do monitor.
Prima o botão de evento
2.
A tabela seguinte irá aparecer no visor. Utilize o manípulo de controlo para clicar num evento.
3.
Clique novamente no manípulo de controlo para armazenar o evento e voltar ao ecrã de INÍCIO.
A tabela seguinte apresenta as predefinições de fábrica. Os nomes dos eventos podem ser alterados utilizando as
predefinições institucionais, como descrito em Alterar as predefinições institucionais na página 131.
Tabela 8 - Marcações de eventos
MEDICAÇÃO
PACIENTE
INTERVIDO
FENTANYL
COMER
OXIGÉNIO
VERSED
BEBER
SUCÇÃO
MIDAZOLAM
TOSSIR
AJUS V RESP
MORFINA
DEAMBULAR
NARCAN
DEMEROL
PEITO PC
ROMAZICON
PROPOFOL
VIRADO
NEB TX
SURFACTANTE
RESSONAR
ESTIMULADO
OUTROS
OUTROS
CO2 INSUF*
ABG
OUTROS
* Insuflação de CO2
Se o monitor estiver definido para gravar eventos detalhados, mas não pretender designar um nome de evento
específico, premir o botão de evento
duas vezes irá gravar um evento não marcado, semelhante a uma marca de
evento rápido. Isto é útil quando não houver tempo para especificar os detalhes.
Alterar o volume de alarme e da pulsação
Pode aumentar-se ou diminuir-se o volume de alarme para os alarmes do paciente e o tom da pulsação. O tom da
pulsação pode também ser desligado, utilizando o menu SpO2. Por predefinição, o tom da pulsação está desligado.
Volume de alarme

PARA AUMENTAR OU DIMINUIR O VOLUME DE ALARME:
1.
Utilize o manípulo de controlo para seleccionar o ícone do altifalante no lado direito do menu.
Ícone de
volume do
altifalante
Figura 16 - Barra de menus
2.
48
Clique uma vez no manípulo de controlo para seleccionar o controlo do volume de alarme.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Utilizar o monitor Capnostream
3.
Gire o manípulo de controlo para aumentar ou diminuir o volume. O nível do volume de alarme seleccionado
irá ser audível ao girar o manípulo. Clique duas vezes no manípulo para definir o novo nível do volume.
Figura 17 - Selecção do volume de alarme
Nota:
O volume de alarme não pode ser definido para zero utilizando o controlo do volume de alarme. O alarme
audível só pode ser desactivado nas Predefinições Institucionais.
Volume do tom da pulsação
O monitor pode ser configurado para emitir um sinal sonoro audível para cada batimento de pulsação. O monitor é
enviado de fábrica com o tom da pulsação desligado.
O tom da pulsação pode também ser desligado, utilizando o menu SpO2. Por predefinição, o tom da pulsação está
desligado.
Definir o volume do tom da pulsação
Para tornar o tom da pulsação mais alto ou mais baixo, utilize o manípulo de controlo para seleccionar o ícone do
altifalante e clique duas vezes para seleccionar a definição do volume do tom da pulsação.
Figura 18 - Selecção do volume do tom da pulsação
O volume do tom da pulsação pode ser definido para zero.
Ligar/desligar o tom da pulsação

1.
PARA LIGAR O VOLUME DO TOM DA PULSAÇÃO:
Utilize o manípulo de controlo para seleccionar a área de visualização de SpO2. Clique no manípulo de
controlo para ir para o ecrã de Configuração de SpO2.
2.
Gire o manípulo de controlo para realçar a definição do TOM DA PULSAÇÃO, clique no manípulo para
seleccionar a opção, gire o manípulo uma vez para alterar a definição para LIG e empurre novamente o
manípulo para definir a opção.
3.
Por cada batimento de pulsação, o monitor emite um som. Para desligar o tom da pulsação, repita o
procedimento e defina o TOM DA PULSAÇÃO para DESL.
Opções predefinidas do volume de alarme
O volume de alarme das predefinições institucionais pode ser definido para uma de três opções descritas em
seguida, no ecrã de PREDEFINIÇÕES INSTITUCIONAIS>MONITOR. Estas opções determinam o volume de
alarme de áudio quando o dispositivo é ligado. Consulte Predefinições institucionais na página 131 para obter mais
informações acerca das Predefinições Institucionais.
Tabela 9 - Volume de alarme de áudio
Opção do volume
de alarme de áudio
Máximo
Últ def
Áudio desl
Descrição
O volume de alarme de áudio reverterá para o volume máximo quando o
dispositivo for ligado, independentemente das definições anteriores.
O volume de alarme de áudio permanecerá no último nível definido no
dispositivo, mesmo depois de desligado e ligado novamente.
O volume de alarme de áudio está desligado.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
49
Utilizar o monitor Capnostream
CUIDADO: A opção Áudio Desligado (que causará o silenciamento permanente do alarme) deve ser definida nas
Predefinições Institucionais, mas apenas quando o prestador de cuidados de saúde monitorizar o
paciente por outros meios para evitar a ocorrência de alarmes perdidos.
Atraso de alarme
Está disponível a opção Atraso Alarme (para diversos alarmes). Para obter mais informações, consulte Atraso de
alarme na página 73.
Utilização do sistema de exaustão
Quando o paciente está a ser sedado com um anestésico gasoso, pode ligar-se um sistema de exaustão ao monitor.
A ligação da saída de gás consiste num conector de tipo espeto destinado a tubagem com diâmetro interno de
76 mm (3/32"). Utilizando qualquer tubagem apropriada, ligue o sistema de exaustão à saída de gás, localizada
entre as ligações do FilterLine e SpO2, como mostrado em seguida na Figura 19, abaixo.
A eliminação de gases de amostra deve efectuar-se em conformidade com os procedimentos padrão de operação ou
com os regulamentos locais para a eliminação de gases.
Ponto de ligação do sistema de exaustão
Figura 19 - Ponto de ligação do sistema de exaustão
Desligar a bomba para sucção ou lavagem
Utilize o modo Bomba Desligada sempre que efectuar uma sucção ou lavagem. Durante o modo Bomba Desligada,
a actividade da bomba é suspensa para proteger o monitor contra a aspiração de líquidos, o que poderia causar uma
avaria.
No modo Bomba Desligada, a bomba do módulo de CO2 é desligada DESL por um tempo predefinido para
impedir que os líquidos entrem no monitor.
AVISO:
50
Se, em qualquer altura, o dispositivo apresentar a mensagem OBSTRUÇÃO FILTERLINE, substitua
o FilterLine.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Utilizar o monitor Capnostream

PARA ALTERAR O MODO DA BOMBA:
1.
Antes de efectuar uma lavagem ou sucção, prima o botão Bomba Desligada
localizado na parte frontal do
monitor.
A bomba do módulo de CO2 desliga-se, o temporizador de contagem decrescente começa e é apresentado o
ecrã de Bomba Desligada. O temporizador de contagem decrescente é apresentado na área da forma de onda
de CO2.
Nota:
Enquanto a bomba está desligada, o CO2 não é monitorizado e não são apresentados os valores
numéricos da forma de onda de respiração, EtCO2, FiCO2 ou frequência respiratória. A monitorização de
SpO2 e da frequência de pulso continua.
2.
O modo Bomba Desligada pode ser terminado, premindo novamente o botão Bomba Desligada.
3.
O modo Bomba Desligada pode ser prolongado, utilizando o manípulo de controlo para seleccionar a opção de
menu AUMENTAR TEMP.
Quando o monitor estiver no modo Bomba Desligada, aparece um temporizador na área de mensagens no topo do
ecrã que apresenta o número total de horas e minutos que a monitorização de CO2 esteve desligada.
Quando o temporizador terminar ou sair manualmente do modo Bomba Desligada (premindo novamente o botão
respectivo), a bomba irá ligar-se e a monitorização de CO2 será retomada. O monitor regressa automaticamente ao
ecrã de Início.
Nota:
O botão Bomba Desligada não funciona ao deslocar-se pelos ecrãs de Tendência Gráfica e Tendência
Tabular.
Modo de demonstração
O monitor Capnostream fornece a possibilidade de visualizar os dados padrão pré-gravados para apresentar um
exemplo do aspecto do monitor em condições de medição padrão. O Modo de Demonstração permite aos médicos e
técnicos compreender o que o ecrã irá apresentar ao monitorizar pacientes e é-lhes útil como guia antes de ligar o
monitor a pacientes reais.

PARA UTILIZAR O MODO DE DEMONSTRAÇÃO:
1.
Para entrar no Modo de Demonstração, clique em SISTEMA e depois em ASSIST TÉCNICA na barra de
menus na parte inferior do ecrã. Introduza a palavra-passe de assistência técnica (consulte Alterar as
predefinições institucionais na página 131) para entrar no ecrã de Assistência Técnica.
2.
No ecrã de Assistência Técnica, clique no botão MODO DEMO na barra de menus. O monitor irá agora
entrar no Modo de Demonstração e apresentar os dados pré-gravados de CO2 e SpO2. Como um indicador de
funcionamento no Modo de Demonstração, o cabeçalho irá indicar MODO DEMO – DADOS PRÉGRAVADOS. Não estão disponíveis para o utilizador as opções de assistência técnica nem a funcionalidade
de Verificação da Calibração enquanto o dispositivo está no Modo de Demonstração.
3.
Para sair do Modo de Demonstração, tem de desligar o monitor utilizando o botão LIG/DESL na parte frontal
do monitor. Quando o monitor for novamente ligado, terá regressado ao seu estado normal de funcionamento.
Gráfico de referência de menus do ecrã do monitor
O gráfico seguinte apresenta os percursos de fluxo dos menus para navegar através dos diferentes ecrãs do
Capnostream.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
51
Utilizar o monitor Capnostream
Figura 20 - Gráfico de referência de menus quando A/h e ODI estão disponíveis
52
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Utilizar o monitor Capnostream
Figura 21 - Gráfico de referência de menus quando A/h e ODI não estão disponíveis
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
53
Do not touch this field - it is invisible and does not appear in the
final document
Capítulo 5
Capnografia com o monitor Capnostream
Consumíveis Microstream® EtCO2
Ligar um FilterLine
Dados de CO2 apresentados pelo monitor Capnostream
Parâmetros de CO2 ajustáveis
Monitorização de CO2 durante exames de ressonância magnética
Consumíveis Microstream® EtCO2
CUIDADO: Antes de utilizar, leia atentamente as Instruções de Utilização dos consumíveis Microstream® EtCO2.
CUIDADO: Utilize apenas consumíveis Microstream® EtCO2 para garantir o funcionamento correcto do monitor.
CUIDADO: Os consumíveis Microstream® EtCO2 foram concebidos para uma só utilização por paciente e não
devem ser reprocessados. Não tente limpar, desinfectar ou soprar o FilterLine, pois poderá danificar o
monitor.
CUIDADO: Elimine os consumíveis Microstream® EtCO2 de acordo com os procedimentos padrão ou com as
regulamentações locais relativas à eliminação de lixo médico contaminado.
AVISO:
Ligações frouxas ou danificadas podem comprometer a ventilação ou causar uma medição imprecisa
dos gases respiratórios. Ligue firmemente todos os componentes e verifique as ligações em relação a
fugas, de acordo com os procedimentos clínicos padrão.
AVISO:
Caso entre demasiada humidade no FilterLine (por ex., devido a humidade ambiente ou respiração de
ar anormalmente húmido), irá aparecer a mensagem Desobstruir FilterLine na área de mensagens do
Capnostream. Caso o FilterLine não possa ser limpo, irá aparecer a mensagem Obstrução FilterLine
na secção de visualização da forma de onda de CO2 no ecrã de Início e na área de mensagens do
Capnostream. (Se não existir visualização da forma de onda, a mensagem irá aparecer apenas na área
de mensagens.) Substitua o FilterLine assim que aparecer a mensagem Obstrução FilterLine.
AVISO:
O FilterLine pode incendiar-se na presença de O2 quando exposto directamente a um laser,
dispositivos electrocirúrgicos ou temperaturas elevadas. Ao efectuar procedimentos na cabeça e
pescoço que envolvam a utilização de laser, dispositivos electrocirúrgicos ou temperaturas elevadas,
utilize com cuidado para evitar a combustão do FilterLine ou dos campos cirúrgicos envolventes.
Nota:
Quando ligar um tubo de amostragem ao monitor, aparafuse o conector do tubo de amostragem no sentido
horário à porta CO2 do monitor até deixar de ser possível aparafusar mais, de forma a garantir que está
bem fixo ao monitor. Isto vai assegurar que não existe fuga de gases durante a medição no ponto de
ligação e que a precisão da medição não é comprometida.
Nota:
Após a ligação do tubo de amostragem de CO2, verifique se os valores de CO2 aparecem no visor do monitor.
Princípios básicos
Quando escolher consumíveis Microstream® EtCO2, deve considerar os seguintes:
•
•
•
•
Se o paciente está entubado ou não entubado
Se o paciente está a ter ventilação assistida
Duração da utilização
Tamanho e peso do paciente
Para obter mais informações, contacte o seu representante local.
54
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Capnografia com o monitor Capnostream
Seleccione o FilterLine apropriado e ligue-o ao monitor antes de fazer a ligação às vias aéreas do paciente.
Certifique-se de que segue as Instruções de Utilização dos consumíveis Microstream® EtCO2 para uma ligação
correcta.
Consumíveis Microstream® EtCO2
É apresentada uma lista dos consumíveis Microstream® EtCO2 em Consumíveis Microstream EtCO2 na
página 148.
Nota:
Os produtos Smart permitem efectuar a amostragem oral e nasal.
Os produtos H destinam-se a utilização a longo prazo.
Nota:
O termo genérico FilterLine, utilizado neste manual, é aplicável a qualquer dos consumíveis Microstream
EtCO2.
Nota:
Os produtos listados estão também disponíveis em versões concebidas para outros tamanhos de paciente.
®
Esta listagem descreve os principais produtos disponíveis. Para obter mais informações acerca de FilterLines da
Oridion, tamanhos e opções de embalagem adicionais para estes produtos, consulte http://www.oridion.com/.
Ligar um FilterLine
Antes de monitorizar um paciente com capnografia, é necessário ligar o FilterLine apropriado ao monitor e ao
paciente.
 PARA FAZER AS LIGAÇÕES:
1. Abra a tampa do conector de entrada do FilterLine e ligue o FilterLine apropriado. Aparafuse o conector do
FilterLine ao monitor no sentido horário até deixar de ser possível aparafusar mais.
2. Ligue o FilterLine ao paciente, tal como descrito nas Instruções de Utilização fornecidas com o FilterLine.
Quando o FilterLine for ligado, o monitor irá imediatamente começar a procurar a respiração, mas não irá indicar
uma condição de Sem Respiração antes que tenham ocorrido quaisquer respirações válidas.
Nota:
A função de CO2 do monitor Capnostream entrará automaticamente no modo Standby quando o monitor
Capnostream for deixado ligado durante 30 minutos ou mais sem um FilterLine ligado. Neste caso, a
monitorização de CO2 no monitor entrará automaticamente no modo Standby e reinicializará assim que for
ligado um FilterLine. Este processo de inicialização demora normalmente 30 segundos, mas poderá
demorar até 180 segundos.
Dados de CO2 apresentados pelo monitor Capnostream
O ecrã de Início do monitor Capnostream apresenta dados de CO2 em tempo real. Os dados apresentados incluem:
•
Valores de EtCO2 e FiCO2 em tempo real juntamente com a unidade seleccionada (consulte Dados de CO2
apresentados pelo monitor Capnostream na página 55 para obter detalhes relativos às unidades disponíveis)
•
Valores de FiCO2 em tempo real juntamente com a unidade seleccionada (consulte Parâmetros de CO2
ajustáveis na página 57 para obter detalhes relativos às unidades disponíveis)
•
•
Frequência respiratória (FR) em respirações por minuto
Forma de onda de CO2
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
55
Capnografia com o monitor Capnostream
Valores de
EtCO2, FiCO2
e frequência
respiratória
Forma de
onda de CO2
Figura 22 - Dados de CO2 no monitor Capnostream
Adicionalmente, o monitor pode apresentar dados de CO2 sob a forma de tendência, apresentando a hora, data,
EtCO2, FR, alarmes, eventos e um marcador de INIC CASO. Para obter mais informações acerca da visualização
de tendências, consulte o Capítulo 11 Utilizar as tendências na página 84.
Quando os limites de alarme máximo ou mínimo de EtCO2 são excedidos, o valor numérico afectado irá piscar para
alertar o profissional de cuidados de saúde responsável de que este parâmetro específico foi afectado.
Se pretendido, é possível definir um atraso em diversos alarmes para que estes soem apenas se o parâmetro exceder
o número de segundos definido dos limites de alarme. Esta opção pode ser definida utilizando as Predefinições
Institucionais. Consulte Predefinições institucionais na página 131 para obter mais informações acerca de como
definir as Predefinições Institucionais.
Se o ecrã de início numérico estiver seleccionado, a forma de onda de CO2 não irá aparecer. Em vez disso, os dados
de CO2 serão apresentados num tipo de letra grande, para facilitar a visualização mesmo à distância. A secção de
CO2 do ecrã de início numérico é apresentada na Figura 23 - Secção de CO2 do ecrã de início numérico, abaixo.
Nota:
Para os pacientes do tipo neonatal e adulto, o valor numérico de EtCO2 apresentado no ecrã é o valor
máximo de CO2 durante os últimos 20 segundos, actualizado uma vez por segundo. Ocorrerá um alarme
de EtCO2 baseado no valor de EtCO2 apresentado no ecrã.
Nota:
Em ambientes de alta altitude, os valores de EtCO2 podem ser mais baixos do que os observados ao nível
do mar, tal como descrito pela lei de pressões parciais de Dalton. Quando utilizar o monitor em ambientes
de alta altitude, é aconselhável considerar o ajustamento das definições de alarme de EtCO2 em
conformidade.
Nota:
O modo de medição corrige o valor de CO2 para a definição TEMP CORP,PRESSÃO,SAT (temperatura
corporal, pressão, saturação ou BTPS), que assume que os gases alveolares estão saturados com vapor
de água. A TEMP CORP,PRESSÃO,SAT deve permanecer activada para a medição do paciente. Para
outros fins, é possível desligá-la no ecrã de Configuração de CO2.
Figura 23 - Secção de CO2 do ecrã de início numérico
56
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Capnografia com o monitor Capnostream
Parâmetros de CO2 ajustáveis
O monitor Capnostream fornece a opção de ajustar algumas definições de parâmetros utilizados para a medição de
CO2 para se adequarem aos seus pacientes, requisitos da sua instituição ou outras necessidades. Para alterar estas
definições temporariamente, até que o dispositivo seja desligado, siga o procedimento seguinte. Para definir as
alterações como predefinições institucionais para que as definições continuem activas mesmo depois de o monitor
ser desligado, consulte Parâmetros de CO2 na página 138.

PARA ALTERAR AS DEFINIÇÕES DOS PARÂMETROS DE CO2:
1.
No ecrã de Início, desloque o manípulo de controlo para a secção de CO2 no ecrã para a realçar a azul. Clique
no manípulo de controlo.
2.
Irá aparecer o ecrã de Configuração de CO2. Desloque o manípulo de controlo para o parâmetro que pretende
alterar e clique para seleccionar esse parâmetro. Desloque o manípulo de controlo para seleccionar a definição
pretendida e clique para seleccionar a definição. Uma lista das definições que podem ser alteradas aparece na
Tabela 10 - Parâmetros de CO2 ajustáveis, abaixo.
3.
Desloque o manípulo de controlo para o botão INÍCIO e clique para seleccionar. O ecrã irá também reverter
para o ecrã de Início após alguns segundos se não forem efectuadas acções adicionais nesse ecrã, mas se o ecrã
tiver excedido o tempo limite e revertido para o ecrã de INÍCIO desta maneira, as alterações não serão
guardadas.
4.
As alterações aos parâmetros permanecerão activas até que o dispositivo seja desligado.
Tabela 10 - Parâmetros de CO2 ajustáveis
Parâmetro
*
Escolhas
Predefinição de fábrica
TEMP CORP,PRESSÃO,SAT*
Lig/Desl
Lig
VISUALIZAÇÃO FICO2
Lig/Desl
Lig
TP LI BOMBA DESL [min]
5, 10, 15 ou 30
15
ESCALA FORMA ONDA CO2 (mmhg)
50, 100, 150, Auto
Auto
ESCALA ETCO2 VIS TEND
50, 100, 150
50
ESCALA FR VIS TEND
50, 100, 150
50
VELOC EXAME (mm/seg)
[para o tipo de paciente actual]
1, 2, 3, 6,3, 12,5, 25
6,3
NÍVEL ALERTA VIS A/H
(se disponível)
1-99
10
Temp corp, pressão, sat (ou BTPS) denota a correcção padrão utilizada durante a medição da temperatura corporal,
pressão e saturação. A temp corp, pressão, sat deve ser definida para lig durante todos os procedimentos de medição. O
dispositivo desliga automaticamente a correcção temp corp, pressão, sat durante os procedimentos de calibração e volta a
ligá-la após estes procedimentos. Não há necessidade de o utilizador fazer quaisquer alterações à definição temp corp,
pressão, sat.
Monitorização de CO2 durante exames de ressonância magnética
AVISO:
Não utilize o Conjunto FilterLine H Lactente/Neonatal durante exames de ressonância magnética
(RM). A utilização do Conjunto FilterLine H Lactente/Neonatal durante exames de ressonância
magnética poderá lesionar o paciente.
CUIDADO: Durante um exame de RM, o monitor deve ser colocado fora da sala de ressonância magnética.
Quando o monitor é utilizado fora da sala de ressonância magnética, é possível implementar a
monitorização de EtCO2, ligando o FilterLine XL para se obter uma extensão do comprimento.
CUIDADO: A utilização de um tubo de amostragem de CO2 com a designação H (indicando que se destina a
utilização em ambientes humidificados) pode causar interferência durante um exame de RM.
Recomenda-se a utilização de tubos de amostragem sem a designação H. Para obter uma lista de
tubos de amostragem com a designação H, consulte Consumíveis Microstream EtCO2 na página 148.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
57
Capnografia com o monitor Capnostream
A monitorização não invasiva de EtCO2 durante exames de ressonância magnética pode ser efectuada com o
monitor, um FilterLine XL e um tubo de amostragem de CO2 apropriado.

PARA UTILIZAR O MONITOR DURANTE O EXAME DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA:
1.
Coloque o monitor fora da sala de ressonância magnética. Deverá existir um orifício na parede da sala (com
cerca de 10 cm de diâmetro).
2.
Ligue o FilterLine XL ao monitor e oriente o FilterLine XL através do orifício na parede da sala de
ressonância magnética.
3.
Ligue o FilterLine XL ao paciente.
Nota:
Devido à extensão do comprimento do FilterLine XL, poderá haver um atraso mais longo e,
consequentemente, uma resposta mais lenta.
Para adquirir o FilterLine XL, contacte o seu representante local.
58
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Do not touch this field - it is invisible and does not appear in the
final document
Capítulo 6
Oximetria de pulso com o monitor Capnostream
Sensores Nellcor SpO2
Ligar um sensor de SpO2 ao monitor
Dados de SpO2 apresentados pelo monitor Capnostream
Parâmetros de SpO2 ajustáveis
Mensagem de limite de alarme de SPO2
Sensores Nellcor SpO2
AVISO:
Antes de utilizar, leia atentamente as Instruções de Utilização do sensor, incluindo todos os avisos,
cuidados e instruções.
AVISO:
Não utilize um sensor danificado. Não utilize um sensor com componentes ópticos expostos. Não
mergulhe o sensor em água, solventes ou soluções de limpeza (o sensor e os conectores não são à
prova de água). Não esterilize por irradiação, vapor ou óxido de etileno. Consulte as instruções de
limpeza nas instruções de utilização para os sensores reutilizáveis de oximetria de pulso.
AVISO:
Utilize apenas sensores Nellcor para medições de SpO2. Outros sensores poderão causar um
desempenho incorrecto do monitor.
AVISO:
Não utilize sensores de oximetria durante exames de ressonância magnética (RM). A corrente
conduzida poderá causar queimaduras. Os sensores poderão afectar a imagem obtida por ressonância
magnética e a unidade de ressonância magnética poderá afectar a precisão das medições de oximetria.
AVISO:
A aplicação ou utilização incorrectas de um sensor de oximetria de pulso (por ex., apertar demasiado
o sensor) poderão causar danos nos tecidos. Inspeccione o local do sensor conforme indicado nas
Instruções de Utilização do sensor para assegurar a integridade da pele e o posicionamento e adesão
correctos do sensor.
AVISO:
Não utilize cabos de paciente danificados. Não mergulhe os cabos de paciente em água, solventes ou
soluções de limpeza (os conectores do cabo do paciente não são à prova de água). Não esterilize por
irradiação, vapor ou óxido de etileno. Consulte as instruções de limpeza nas Instruções de Utilização
para os cabos de paciente reutilizáveis.
Nota:
Os transdutores de oxigénio (sensores) utilizados neste dispositivo podem ser categorizados como
dispositivos de superfície de contacto com a pele durante um período de tempo limitado. Os sensores
passaram nos testes de biocompatibilidade recomendados e estão, portanto, em conformidade com a
norma ISO 10993–1.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
59
Oximetria de pulso com o monitor Capnostream
Seleccionar sensores Nellcor SpO2
Quando seleccionar um sensor, considere o peso e a actividade do paciente, a adequação da perfusão, os locais
disponíveis para colocação do sensor e a duração prevista da monitorização. Os modelos de sensores são resumidos
na Tabela 11 - Sensores Nellcor SpO2, abaixo. Para obter mais informações, contacte o seu representante local.
Tabela 11 - Sensores Nellcor SpO2
Sensor de oxigénio
Modelo
TM
Transdutor de oxigénio OXIMAX
(uma só utilização por paciente)
Transdutor de oxigénio OXIMAX
(uma só utilização)
TM
OxiCliq
®
Transdutor de oxigénio para múltiplos locais
TM
®
OXIMAX Dura-Y (não esterilizado,
reutilizável)
®
Para utilização com o sensor Dura-Y :
Mola de orelha (reutilizável, não esterilizada)
Mola para verificação local pediátrica PediCheck™ (reutilizável, não esterilizada)
TM
®
Transdutor de oxigénio OXIMAX Oxiband
(reutilizável com adesivo não esterilizado
descartável)
TM
Transdutor de oxigénio OXIMAX
®
Durasensor
(não esterilizado, reutilizável)
Peso do
paciente
Comprimento do
sensor
MAX-N
MAX-I
MAX-P
MAX-A
MAX-AL
MAX-R
MAX-FAST
P
N
I
A
D-YS
<3 kg ou >40 kg
3 a 20 kg
10 a 50 kg
>30 kg
>30 kg
>50 kg
>40 kg
10 a 50 kg
<3 kg ou >40 kg
3 a 20 kg
>30 kg
>1 kg
0,5 m (1,5 ft.)
0,5 m (1,5 ft.)
0,5 m (1,5 ft.)
0,5 m (1,5 ft.)
0,9 m (3 ft.)
0,5 m (1,5 ft.)
0,8 m (2,5 ft.)
0,9 m (3 ft.)
0,9 m (3 ft.)
0,9 m (3 ft.)
0,9 m (3 ft.)
1,2 m (4 ft.)
D-YSE
D-YSPD
30 kg
3 a 4 kg
1,2 m (4 ft.)
1,2 m (4 ft.)
OXI-A/N
OXI-P/I
<3 kg ou >40 kg
3 a 40 kg
0,5 m (1,5 ft.)
0,9 m (3 ft.)
DS-100A
>40 kg
0,9 m (3 ft.)
Considerações relativas ao desempenho
AVISO:
As leituras de oximetria de pulso e sinal de pulsação podem ser afectadas por determinadas condições
ambientais, erros de aplicação do sensor e condições do paciente.
AVISO:
A aplicação incorrecta ou a duração de utilização inadequada de um sensor de SpO2 poderá causar
danos nos tecidos. Inspeccione o local do sensor conforme indicado nas Instruções de Utilização do
sensor.
AVISO:
Utilize apenas sensores e cabos de oximetria de pulso aprovados pela Nellcor. Outros sensores ou
cabos de oximetria poderão causar um desempenho incorrecto do monitor.
Medições imprecisas podem ser causadas por:
60
•
•
aplicação incorrecta do sensor
•
•
•
•
luz ambiente
colocação do sensor numa extremidade onde já está a ser utilizada uma braçadeira de pressão arterial, um
cateter arterial ou uma linha intravascular
movimentação prolongada e/ou excessiva do paciente
opacos intravasculares ou matérias de aplicação externa, tais como verniz de unhas ou creme pigmentado
não cobrir o local do sensor com material opaco em condições de luz ambiente intensa
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Oximetria de pulso com o monitor Capnostream
A perda do sinal de pulsação pode ocorrer pelas seguintes razões:
•
•
•
•
o sensor está demasiado apertado
uma braçadeira de pressão arterial está insuflada na mesma extremidade onde está aplicado o sensor
há uma oclusão arterial próxima do sensor
perfusão periférica fraca
Limpe e remova quaisquer substâncias, como verniz de unhas, do local de aplicação. Efectue uma verificação
periodicamente para garantir que o sensor permanece correctamente posicionado no paciente.
Seleccione um sensor apropriado, aplique-o como indicado e cumpra todos os avisos e cuidados mencionados nas
instruções de utilização que acompanham o sensor.
As fontes de luz ambiente intensa, como a iluminação cirúrgica (especialmente com fonte de luz de xénon),
lâmpadas de bilirrubina, luzes fluorescentes, lâmpadas de aquecimento de infravermelhos e a luz directa do sol
podem interferir no desempenho de um sensor de SpO2. Para evitar a interferência da luz ambiente, certifique-se de
que o sensor está correctamente aplicado e cubra o local de aplicação com material opaco.
CUIDADO: Não cobrir o local do sensor com material opaco em condições de luz ambiente intensa poderá
resultar em medições imprecisas.
Se a movimentação do paciente constituir um problema, tente uma ou mais das seguintes soluções:
•
•
•
•
Verifique se o sensor está correctamente aplicado e bem fixo.
Mude o sensor para um local menos activo.
Utilize um sensor adesivo que tolere alguma movimentação do paciente.
Utilize um sensor novo com fita adesiva nova.
Se uma perfusão fraca afectar o desempenho, considere a utilização do sensor MAX-R; este sensor obtém medições
na artéria etmóide anterior septal nasal, cuja circulação provém da carótida interna. Este sensor pode obter
medições quando a perfusão periférica é relativamente fraca.
Ligar um sensor de SpO2 ao monitor
Antes de monitorizar um paciente com oximetria de pulso, é necessário ligar o sensor de SpO2 adequado ao
monitor e ao paciente.

1.
PARA LIGAR O SENSOR SPO2:
Ligue firmemente o cabo de extensão de SpO2 à porta do sensor de SpO2 do monitor e depois ligue o sensor
Nellcor SpO2 apropriado ao cabo de extensão.
2.
Ligue o sensor Nellcor SpO2 ao paciente, como descrito nas respectivas Instruções de Utilização, utilizando
um cabo de extensão para sensor Nellcor SpO2.
3.
Quando o sensor de SpO2 é ligado ao cabo de extensão e ao monitor, este irá imediatamente começar a
procurar a pulsação. Irá indicar PULSO NÃO ENCONTRADO e SENSOR SpO2 FORA DO PACIENTE
até que o sensor seja colocado no paciente. Este é classificado como um Alarme de Prioridade Média e irá
gerar um sinal sonoro triplo a cada trinta segundos. Para evitar a mensagem de alarme e o sinal sonoro, pode
ligar o cabo de extensão ao monitor, mas aguarde para ligar o sensor de SpO2 ao cabo de extensão até que seja
altura de ligar o paciente ao monitor.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
61
Oximetria de pulso com o monitor Capnostream
Dados de SpO2 apresentados pelo monitor Capnostream
O ecrã de Início do monitor Capnostream apresenta dados de SpO2 em tempo real. Os dados apresentados incluem:
•
•
•
SpO2 numérico
•
Pletismógrafo (forma de onda de SpO2)
Frequência de pulso
Valor de segundos de saturação (consulte Alarmes de SpO2 e segundos de saturação na página 82 para obter
uma explicação acerca desta questão)
Barra da forma de
onda de SpO2
(pletismógrafo)
Segundos de
saturação
SpO2
Frequência de
pulso
Figura 24 - Dados de SpO2 no monitor Capnostream - ecrã padrão
No ecrã de início padrão com IPI activado (ecrã de início padrão predefinido), o pletismógrafo (a forma de onda de
SpO2) é visto como uma barra vertical verde na secção de SpO2 do ecrã (mesmo à esquerda do valor de Segundos
de Saturação). A barra indica os batimentos de pulsação, subindo e descendo de acordo com os batimentos de
pulsação do paciente.
Quando o visor IPI no ecrã de início está desactivado (consulte Opções IPI na página 65 e Predefinições
institucionais na página 131), a secção de SpO2 no ecrã de início aparecerá como apresentada na Figura 25 - Dados
de SpO2 no monitor Capnostream – ecrã padrão com IPI desactivado, abaixo.
Forma de onda
de SpO2
(pletismógrafo)
Valores de
SpO2, segundos
de saturação e
frequência de
pulso
Figura 25 - Dados de SpO2 no monitor Capnostream – ecrã padrão com IPI desactivado
Adicionalmente, o monitor pode apresentar dados de SpO2 sob a forma de tendência, apresentando a hora, data,
SpO2, frequência de pulso (FP), alarmes, eventos e marcadores de casos para diferenciar pacientes. Para obter mais
informações acerca da visualização de tendências, consulte o Capítulo 11 Utilizar as tendências na página 84.
Quando os limites de alarme máximo ou mínimo de SpO2 são excedidos, a leitura afectada irá piscar para alertar o
profissional de cuidados de saúde responsável de que esta leitura específica foi afectada.
Se o ecrã de início numérico estiver seleccionado, a forma de onda de SpO2 não irá aparecer. Em vez disso, os
dados de SpO2 serão apresentados num tipo de letra grande, para facilitar a visualização mesmo à distância. A
secção de SpO2 do ecrã de início numérico é apresentada em Visualização numérica do ecrã de início na página 38.
62
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Oximetria de pulso com o monitor Capnostream
Valores de
SpO2, segundos
de saturação e
frequência de
pulso
Figura 26 - Secção de SpO2 do ecrã de início numérico
Parâmetros de SpO2 ajustáveis
O monitor Capnostream fornece a opção de ajustar algumas definições de parâmetros utilizados para a medição de
SpO2 para se adequarem aos seus pacientes, requisitos da sua instituição ou outras necessidades. Para alterar estas
definições temporariamente, até que o dispositivo seja desligado, siga o procedimento seguinte. Para definir as
alterações como predefinições institucionais para que as definições continuem activas mesmo depois de o monitor
ser desligado, consulte Predefinições institucionais na página 131.

PARA ALTERAR AS DEFINIÇÕES DOS PARÂMETROS DE SPO2:
1.
No ecrã de Início, desloque o manípulo de controlo para a secção de SpO2 no ecrã para a realçar a azul. Clique
no manípulo de controlo.
2.
Irá aparecer o ecrã de Configuração de SpO2. Desloque o manípulo de controlo para o parâmetro que pretende
alterar e clique para seleccionar esse parâmetro. Desloque o manípulo de controlo para seleccionar a definição
pretendida e clique para seleccionar a definição. Uma lista das definições que podem ser alteradas aparece na
Tabela 12 - Parâmetros de SpO2 ajustáveis, abaixo.
3.
Desloque o manípulo de controlo para o botão INÍCIO e clique para seleccionar. O ecrã também irá reverter
para o ecrã de Início ao fim de alguns segundos se não forem efectuadas mais acções nesse ecrã.
4.
As alterações aos parâmetros permanecerão activas até que o dispositivo seja desligado.
Tabela 12 - Parâmetros de SpO2 ajustáveis
Parâmetro
Escolhas
Predefinição de fábrica
TOM DA PULSAÇÃO
Lig/Desl
Lig
SEGSAT (segundos de saturação)
Lig/Desl
Lig
ESCALA SpO2 Vis Tend
0-100, 50-100
50-100
ESCALA FP VIS TEND
150, 300
150
VELOC EXAME (mm/seg)
[para o tipo de paciente actual]
3, 6,3, 12,5, 25
25
Mensagem de limite de alarme de SPO2
Quando o limite de alarme de SpO2 está definido abaixo de 85%, a mensagem LIMITE ALARME MÍN SpO2: XX
irá aparecer na área do cabeçalho, indicando o nível do limite de alarme mínimo de SpO2.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
63
Do not touch this field - it is invisible and does not appear in the
final document
Capítulo 7
Integrated Pulmonary Index™
Introdução
Avisos
Visor IPI
Opções IPI
Introdução
O Integrated Pulmonary Index™ (índice pulmonar integrado, daqui em diante referido como IPI) é um valor
numérico que integra os quatro principais parâmetros medidos pelo Capnostream para fornecer uma indicação
simples do estado de ventilação geral do paciente. Os parâmetros integrados são EtCO2, FR, SpO2 e FP. Só estes
quatro parâmetros são utilizados para calcular o IPI; os outros parâmetros não são tidos em consideração.
O IPI é calculado utilizando os valores actuais destes quatro parâmetros e respectivas interacções, com base em
dados clínicos conhecidos. Desta forma, o IPI pode fornecer uma indicação precoce de uma alteração no estado de
ventilação, que pode não ser indicada pelo valor actual individual de qualquer um destes quatro parâmetros. O IPI
foi concebido para fornecer informação adicional relativa ao estado do paciente, possivelmente antes de os valores
de EtCO2, FR, SpO2 ou FP atingirem níveis de preocupação clínica.
O gráfico de tendência IPI (apresentado no ecrã de início do Capnostream) é particularmente útil, pois apresenta a
tendência do estado de ventilação do paciente num gráfico de fácil utilização, podendo alertar desta forma os
prestadores de cuidados em relação a alterações no estado do paciente. Assim, a importância do IPI reside não só
no seu valor numérico absoluto, mas também na sua relação com os valores anteriores, de forma a que um gráfico
possa apresentar uma tendência ascendente ou descendente do estado do paciente e indicar ao prestador de
cuidados que poderá ser necessária atenção ou intervenção.
Figura 27 - Gráfico de tendência IPI
Uma nota técnica com detalhes relativos ao algoritmo IPI está disponível junto da Oridion.
Dado que o índice utiliza dados da monitorização de CO2 e SpO2, só estará disponível quando ambos os parâmetros
estiverem disponíveis.
64
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Integrated Pulmonary Index
O intervalo do índice é de 1-10; os valores do índice devem ser interpretados como apresentados na tabela seguinte.
Intervalo do índice
10
8-9
7
5-6
3-4
1-2
Nota:
Estado do paciente
Normal
Dentro do intervalo normal
Perto do intervalo normal; requer atenção
Requer atenção e poderá requerer intervenção
Requer intervenção
Requer intervenção imediata
A interpretação do resultado IPI do paciente poderá alterar-se em diferentes ambientes clínicos. Por
exemplo, pacientes com dificuldades respiratórias específicas (em comparação com pacientes
normalmente saudáveis monitorizados durante sedação ou gestão da dor) poderão necessitar de um limiar
mais baixo do Alarme Mín IPI para reflectir a sua capacidade respiratória diminuída.
O IPI está disponível para os três grupos de pacientes pediátricos (1-3 anos, 3-6 anos e 6-12 anos) e para pacientes
adultos. Não está disponível para pacientes do tipo Neonatal/Lactente (pacientes até um ano de idade) e, por isso,
não irá aparecer em ecrãs de pacientes do tipo Neonatal/Lactente.
Avisos
AVISO:
Certifique-se de que o tipo de paciente está correctamente seleccionado antes de iniciar a
monitorização de um paciente. Seleccionar um tipo de paciente incorrecto poderá produzir dados IPI
do paciente incorrectos.
AVISO:
Quando um Alarme Mín IPI é accionado para um paciente, o pessoal médico deverá analisar o estado
do paciente para determinar se é necessária uma alteração nos cuidados médicos.
Visor IPI
O IPI aparece no ecrã de Início e está disponível em todas as funções do Capnostream como uma opção
predefinida, juntamente com todos os outros parâmetros do paciente, como EtCO2 ou SpO2. No ecrã de Início, são
fornecidos valores numéricos e um gráfico de tendência para IPI.
A opção IPI pode ser desactivada no ecrã de Predefinições Institucionais; consulte mais informações em seguida.
No modo de medição Neonatal, a opção IPI é automaticamente desactivada.
Opções IPI

1.
PARA ALTERAR DEFINIÇÕES DA OPÇÃO IPI:
No ecrã de Início, clique no botão SISTEMA na barra de menus na parte inferior do ecrã.
2.
Irá aparecer o ecrã de Configuração do Sistema. Desloque o manípulo de controlo para o parâmetro que
pretende alterar e clique para seleccionar esse parâmetro. Desloque o manípulo de controlo para seleccionar a
definição pretendida e clique para seleccionar a definição. Uma lista das definições IPI que podem ser
alteradas aparece na Tabela 13 - Opções IPI ajustáveis, abaixo.
3.
Desloque o manípulo de controlo para o botão INÍCIO e clique para seleccionar. O ecrã também irá reverter
para o ecrã de Início ao fim de alguns segundos se não forem efectuadas mais acções nesse ecrã.
4.
Se o Alarme IPI estiver desactivado, não irá aparecer no ecrã de Início ou em qualquer outro ecrã. Estará
indicado, mas apresentado a cinzento no ecrã de Limites de Alarme.
5.
As alterações aos parâmetros permanecerão activas até que o dispositivo seja desligado.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
65
Oximetria de pulso com o monitor Capnostream
Tabela 13 - Opções IPI ajustáveis
Parâmetro
Escolhas
Predefinição de fábrica
Visor ipi iní
1 hora, 2 horas, 4 horas
1 hora
Alarme ipi
Activ/desact
Desact
Para alterar as opções Visor IPI e Alarme IPI de forma mais permanente, utilize a opção Predefinições
Institucionais, descrita em Predefinições institucionais na página 131. As definições do Visor IPI Iní podem ser
alteradas no ecrã de Predefinições Institucionais: Tendência e o Alarme Mín IPI (activado ou desactivado) pode ser
alterado no ecrã de Predefinições Institucionais: Monitor. Os limites de alarme do Alarme Mín IPI podem ser
alterados no ecrã de Predefinições Institucionais: Limites de Alarme: Def Adulto/Pediát.
66
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Do not touch this field - it is invisible and does not appear in the
final document
Capítulo 8
Apneias por hora e índice de dessaturação de
oxigénio
Introdução
Apneias por hora
Índice de dessaturação de oxigénio (ODI)
Monitorizar com A/h e ODI
Introdução
O algoritmo de apneias por hora (A/h) e índice de dessaturação de oxigénio (ODI) faz parte da família de
capnografia inteligente de algoritmos inovadores desenvolvidos pela Oridion. A capnografia inteligente simplifica
a utilização da monitorização de CO2 nos produtos com Microstream® para melhorar a segurança do paciente e o
fluxo de trabalho clínico.
A/h e ODI não estão disponíveis em todas as localizações. Para equipar o seu dispositivo com estes algoritmos,
contacte [email protected]
A/h e ODI fornecem uma forma fácil de ajudar na identificação e quantificação de eventos de apneia e dessaturação
de oxigénio durante o internamento do paciente no hospital.
A/h e ODI registam eventos de apneia e dessaturação de oxigénio, e calculam a apneia por hora (A/h) e o índice de
dessaturação de oxigénio (ODI) associados. Utilizando A/h e ODI, os médicos conseguem reconhecer anomalias de
ventilação e oxigenação durante a monitorização dos pacientes com o Capnostream durante o internamento no
hospital. A/h e ODI estão apenas disponíveis para pacientes adultos (a partir dos 22 anos).
A/h e ODI são apresentados em tempo real no ecrã de início e num ecrã de Relatório de Apneia e Dessaturação de
O2 de leitura fácil, que está disponível para relatórios impressos e em formato de ficheiro exportado para uma
unidade flash USB.
Apneias por hora
Uma apneia é um período de tempo durante o qual a respiração é interrompida ou significativamente reduzida.
A apneia por hora (A/h) calculada pelo monitor Capnostream, tal como vista no ecrã de Início, fornece uma
contagem do número de pausas na respiração, de pelo menos 10 segundos, que o paciente teve na última hora.
No ecrã de Relatório de Apneia e Dessaturação de O2, A/h é a média de apneias por hora que ocorreram no período
de tempo seleccionado de 2, 4, 8 e 12 horas. Nesse ecrã, é também mostrado o número de eventos de apneia de
≥10 segundos; 10-19 segundos, 20-30 segundos e > 30 segundos que ocorreram no período de tempo seleccionado.
Este valor de A/h é um indicador da regularidade da respiração do paciente para o prestador de cuidados de saúde.
As apneias por hora no Capnostream
No dispositivo Capnostream, a apneia por hora é uma contagem do número de vezes numa hora que a respiração
foi interrompida durante dez ou mais segundos. Dado que esta é uma contagem por hora, aparecerão linhas
tracejadas no ecrã até que tenha começado uma hora desde o início da monitorização.
A/h está actualmente apenas disponível para pacientes adultos (a partir dos 22 anos). Não está disponível para
lactentes (0-1 anos) ou para pacientes com menos de 22 anos.
Alerta visual de A/h
O Alerta Visual de A/h, que aparece como um asterisco junto ao valor de A/h, é utilizado para indicar ao prestador
de cuidados de saúde que a contagem de apneia em qualquer período de uma hora durante as últimas 12 horas
excedeu um determinado valor. (O valor predefinido que activará um Alerta Visual de A/h é 10.) O asterisco só
aparecerá quando um Alerta Visual de A/h for activado, sendo actualizado a cada 10 minutos. O alerta visual no
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
67
Apneias por hora e índice de dessaturação de oxigénio
ecrã indica ao prestador de cuidados de saúde que o ecrã de Apneia e Dessaturação de O2 deve ser visualizado para
obter mais informações acerca dos padrões respiratórios do paciente. Para alterar o valor de activação de um Alerta
Visual de A/h, consulte Parâmetros de CO2 ajustáveis na página 57.
Índice de dessaturação de oxigénio (ODI)
O índice de dessaturação de oxigénio (ODI) indica as "quedas" na SpO2 – isto é, o número de vezes que o valor de
SpO2 desceu 4% ou mais desde a referência e voltou à referência em 240 segundos ou menos. (Isto refere-se à
percentagem de saturação do oxigénio e não à percentagem da taxa de SpO2 actual do paciente). O ODI da última
hora é apresentado no ecrã de Início. Um ODI mais baixo (isto é, menos ocorrências desse tipo) indica uma maior
estabilidade da saturação do oxigénio do paciente. Dado que este índice é uma contagem por hora, aparecerão
linhas tracejadas no ecrã até que tenha começado uma hora desde o início da monitorização.
No ecrã de Relatório de Apneia e Dessaturação de O2, ODI é a média de "quedas" por hora na SpO2 que ocorreram
no período de tempo seleccionado de 2, 4, 8 e 12 horas.
ODI está actualmente apenas disponível para pacientes adultos (a partir dos 22 anos). Não está disponível para
lactentes (0-1 anos) ou para pacientes com menos de 22 anos.
Relatório de apneia e dessaturação de O2
Os relatórios de apneia e dessaturação no ecrã e impressos mostram um panorama abrangente do número de
eventos de A/h e ODI num determinado período de tempo de 2, 4, 8 ou 12 horas. Estes relatórios fornecem detalhes
relativos ao estado de A/h e ODI do paciente, e um panorama geral que pode ajudar o prestador de cuidados de
saúde a detectar tendências do paciente nestas áreas. Para obter mais informações acerca deste relatório, consulte
Relatório de apneia e dessaturação de O2 na página 94.
Monitorizar com A/h e ODI
Quando monitorizar pacientes com A/h e ODI, tenha em consideração os pontos seguintes:
CUIDADO: Lembre-se de que A/h e ODI não registam eventos de hipopneia.
CUIDADO: Apneia por hora (A/h) e índice de dessaturação de oxigénio (ODI) não representam e não devem ser
interpretados como um índice de apneia-hipopneia (AHI), tal como indicado por estudos de
polissonografia formais.
CUIDADO: Apneia por hora (A/h) e índice de dessaturação de oxigénio (ODI) não representam e não devem ser
utilizados para diagnosticar distúrbios respiratórios do sono.
CUIDADO: Os alarmes e um ambiente ruidoso podem afectar os valores de A/h e ODI. Consulte a Nota seguinte,
relativa a recomendações de alteração de definições do dispositivo quando um paciente está a dormir.
CUIDADO: A/h e ODI são registados pelo monitor durante o período de monitorização; no entanto, o monitor não
detecta se o paciente está realmente a dormir. Além disso, se um paciente remover um sensor, o
monitor poderá indicar apneias que não ocorreram.
CUIDADO: A administração de analgesia opióide e de sedativos pode causar depressão respiratória, que resultará
em eventos transitórios de apneia e dessaturação de O2 que serão reflectidos nos valores de A/h e
ODI.
CUIDADO: Leia todas as informações do utilizador para garantir que compreende plenamente a A/h.
CUIDADO: Os valores de ODI podem ser afectados pelos algoritmos utilizados pelo módulo de oximetria de
pulso.
Nota:
68
Lembre-se de que o tipo de paciente é utilizado para calcular A/h e ODI. Por este motivo, é importante
seleccionar correctamente o tipo de paciente. Pelo mesmo motivo, a alteração do tipo de paciente (de
adulto para pediátrico, por ex.) irá apagar os dados de A/h e ODI armazenados para o paciente actual. Os
cabeçalhos de A/h e ODI não aparecerão para pacientes do tipo lactente/neonatal ou pediátrico.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Apneias por hora e índice de dessaturação de oxigénio
Nota:
Não serão apresentados dados de A/h ou ODI no ecrã de Início durante a primeira hora de monitorização,
dado que A/h e ODI indicam o número de eventos ocorridos durante a última hora. Assim que tiver
decorrido uma hora de monitorização, A/h e ODI serão apresentados no ecrã de Início.
Nota:
Quando utilizar os índices A/h e ODI do Capnostream num paciente que esteja a dormir, recomenda-se
que o dispositivo Capnostream seja ligado a uma estação de monitorização central na qual os alarmes
sejam ouvidos. Após este procedimento, o som do alarme do Capnostream na cabeceira do paciente pode
ser desactivado para não perturbar o sono do paciente. Os alarmes audíveis são silenciados através de
SISTEMA>ASSIST TÉCNICA>palavra-passe de assistência técnica (consulte Palavra-passe de
assistência técnica do Capnostream na página 150)>PREDEF INST>MONITOR. Na lista de opções
deste ecrã, altere VOL ALARME ÁUDIO para ÁUDIO DESL. Isto só deve ser efectuado se o
Capnostream estiver sob vigilância constante através da ligação a uma estação central (ou outro meio de
vigilância), para que os alarmes do paciente sejam detectados pelos prestadores de cuidados de saúde
quando o som do alarme estiver desligado no dispositivo Capnostream de cabeceira.
Visualização do ecrã de início de A/h e ODI inteligente
A/h e ODI aparecem no ecrã de Início e estão disponíveis em todas as funções do Capnostream como uma opção
predefinida, juntamente com outros parâmetros do paciente, como EtCO2 ou SpO2.
A opção A/h e ODI pode ser desactivada no ecrã de SISTEMA ou no ecrã de Predefinições Institucionais; consulte
mais informações em seguida. Para pacientes do tipo Lactente/Neonatal e Pediátrico, a opção de A/h e ODI
inteligente é automaticamente desactivada.
Opção de A/h e ODI

1.
PARA ALTERAR AS DEFINIÇÕES DA OPÇÃO DE A/H E ODI:
No ecrã de Início, clique no botão SISTEMA na barra de menus na parte inferior do ecrã.
2.
Irá aparecer o ecrã de Configuração do Sistema. Altere VISUALIZAÇÃO A/H, ODI para ACTIV ou
DESACT, consoante pretendido.
3.
Desloque o manípulo de controlo para o botão INÍCIO e clique para seleccionar. O ecrã também irá reverter
para o ecrã de Início ao fim de alguns segundos se não forem efectuadas mais acções nesse ecrã.
4. As alterações efectuadas à visualização de A/h e ODI permanecerão em vigor até o dispositivo ser desligado.
Para alterar a opção de A/h e ODI de forma mais permanente, utilize a opção Predefinições Institucionais, descrita
em Predefinições institucionais na página 131.
Modo de demostração de A/h e ODI
Para consultar a visualização de A/h e ODI sem efectuar a ligação a um paciente, pode definir o monitor para o
Modo de Demonstração, clicando em SISTEMA>ASSIST TÉCNICA>INTROD PAL-P>MODO DEMO. (Para
obter a palavra-passe de assistência técnica, consulte Palavra-passe de assistência técnica do Capnostream na
página 150.)
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
69
Capítulo 9
Do not touch this field - it is invisible and does not appear in the
final document
Alarmes e mensagens
Introdução
Visualização de alarmes
Prioridades das mensagens
Atraso de alarme
Tipos de alarmes
Modo standby dos parâmetros
Silenciar alarmes
Alterar os limites de alarme
Testar as definições de alarme de capnografia
Limites de alarme - predefinições de fábrica
Introdução
O Capnostream desencadeia alarmes relacionados com a condição do paciente, bem como erros de equipamento.
Os alarmes alertam o prestador de cuidados de saúde de que a condição do paciente está para além dos limites
predefinidos, ou indica uma avaria ou problema de funcionamento do hardware do monitor.
O monitor contém quatro níveis de alarmes e advertências, cada um dos quais definido por um conjunto de
indicações auditivas e/ou visuais:
•
•
•
•
Alarmes de prioridade alta
Alarmes de prioridade média
Advertências
Advertências silenciosas
Os Alarmes de Prioridade Alta são fornecidos com a opção de definir dois níveis de alarmes, o vermelho para
urgente e o amarelo para cautela, para cada emissão de alarme, se pretendido, para permitir ao médico seguir o
desenvolvimento de situações de alarme.
A tabela seguinte descreve a forma como os alarmes são indicados.
Tabela 14 - Indicações de alarme
Tipo de alarme
Indicadores
Audível
70
Numérico
Mensagens
Luz indicadora
Alarmes (paciente)
de prioridade alta
(alarmes vermelhos
urgentes e alarmes
amarelos de
cautela)
Padrão repetido de
sinais sonoros
Vermelho a piscar
para alarmes
urgentes (excepto
S/ RESP) e
amarelo a piscar
para alarmes de
cautela
Área de
mensagens
Vermelho a piscar
ou amarelo a
piscar, conforme
necessário
Alarme S/ RESP
(paciente) de
prioridade alta
Padrão repetido de
sinais sonoros
Numérico reverte
para zero (0)
Área de
mensagens (com
indicação de tempo
decorrido desde
S/ RESP) e na área
da forma de onda
Vermelho a piscar
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Alarmes e mensagens
Tipo de alarme
Indicadores
Audível
Numérico
Mensagens
Luz indicadora
Prioridade média
Sinal sonoro triplo
repetido
N/D
Área de
mensagens
(algumas
mensagens
também na área da
forma de onda –
consulte em
seguida)
Amarelo a piscar
Advertências
Sinal sonoro único
N/D
N/D
Advertências
silenciosas
Nenhum
N/D
Área de
mensagens
Área de
mensagens
N/D
Algumas mensagens são apresentadas na área da forma de onda, bem como na área de mensagens. Estas mensagens
são:
Mensagens na área da forma de onda de CO2:
•
•
•
•
•
•
OBSTRUÇÃO FILTERLINE
EFECTUAR AUTOZERO
DESOBSTRUIR FILTERLINE
ERRO CO2
CO2 EM STANDBY
FILTERLINE DESLIGADO
Mensagens na área da forma de onda de SpO2:
•
•
•
•
•
SENSOR SpO2 FORA DO PACIENTE
SpO2 EM STANDBY
SENSOR SpO2 DESLIGADO
ERRO SpO2
PULSO NÃO ENCONTRADO
Visualização de alarmes
As ocorrências de alarmes são proeminentemente apresentadas na secção numérica em tempo real de todos os ecrãs
através da intermitência dos valores numéricos e de uma alteração da cor do fundo numérico: o fundo do valor
numérico irá piscar a vermelho se o valor ultrapassar o limiar do limite do alarme urgente e irá piscar a amarelo se
o valor ultrapassar o limiar do limite do alarme de cautela. (Este último só é relevante se os limites do alarme de
cautela, que são opcionais, estiverem activados.)
As ocorrências de alarmes também são apresentadas na área do cabeçalho de todos os ecrãs, para permitirem ao
prestador de cuidados de saúde uma entrada imediata nos alarmes. A preferência de visualização de alarmes na área
do cabeçalho é descrita em Prioridades das mensagens na página 73.
Adicionalmente, as mensagens "S/ RESP" e "OBSTRUÇÃO FILTERLINE" aparecem na área da forma de onda de
CO2, bem como no cabeçalho, se esta condição de alarme existir. Se a opção de ecrã de início numérico estiver
apresentada (para que não exista área da forma de onda), esta mensagem irá aparecer apenas na área do cabeçalho.
Similarmente, a mensagem "SENSOR SpO2 FORA DO PACIENTE" aparece na área da forma de onda de SpO2,
bem como no cabeçalho, se esta condição de alarme existir. Se a opção IPI estiver activada ou o ecrã de início
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
71
Alarmes e mensagens
numérico estiver apresentado (para que não exista área da forma de onda), esta mensagem irá aparecer apenas na
área do cabeçalho.
As ocorrências de alarmes para um paciente específico num determinado período de tempo podem ser analisadas
no ecrã de tendências (consulte o Capítulo 11 Utilizar as tendências na página 84 para obter mais detalhes). O
Capnostream também contém um ecrã de Analisar Alarme, que apresenta o número absoluto de cada tipo de alarme
gerado na última hora para o paciente actualmente em monitorização. O ecrã de Analisar Alarme é apresentado na
Figura 28 - Ecrã de analisar alarme do Capnostream, abaixo.
Este ecrã permite ao prestador de cuidados de saúde ver num relance quantos alarmes foram gerados na última hora
pelo paciente, de forma a avaliar o estado do paciente. Para aceder a este ecrã, clique no botão ALARMES na barra
de menus no ecrã de Início ou em ecrãs de tendências.
Figura 28 - Ecrã de analisar alarme do Capnostream
O ecrã de Analisar Alarme abrange os seguintes alarmes:
•
•
•
•
•
•
Alarme de sem respiração
Alarmes máximo e mínimo de EtCO2
Alarmes máximo e mínimo de frequência respiratória
Alarmes máximo e mínimo de SpO2
Alarmes máximo e mínimo de frequência de pulso
Alarme mínimo de IPI
A ordem de apresentação dos parâmetros neste ecrã pode ser alterada no ecrã de Predefinições Institucionais
(depois de efectuada uma alteração, esta irá afectar este ecrã e os ecrãs de tendências). Consulte Alterar a ordem de
parâmetros na visualização de tendências na página 136 para obter mais informações.
O ecrã de Analisar Alarme apresenta o número absoluto de alarmes ocorridos na última hora. Cada tipo de alarme é
indicado por uma barra horizontal de uma cor diferente, dimensionada para representar a quantidade de alarmes.
72
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Alarmes e mensagens
O número de alarmes aparece à direita da barra. As linhas verticais vermelhas finas apresentadas na barra indicam
o ponto em que ocorreu uma alteração nos limites de alarme.
Todos os alarmes apresentados são baseados no limite de alarme urgente definido no dispositivo. Por exemplo, se o
limite de alarme máximo de EtCO2 estiver definido para 60, um nível de 60 será apresentado no ecrã de Analisar
Alarme para alto EtCO2, à direita da barra branca superior. Se o limite de alarme tiver sido alterado, o limite actual
irá aparecer, mas o número de alarmes irá reflectir o limite em vigor quando esse alarme ocorreu, representando de
forma precisa o número de alarmes ocorridos em cada limite de alarme diferente.
O ecrã de Analisar Alarme será apagado se o monitor for desligado ou se a memória de tendências for apagada.
O ecrã de Analisar Alarme irá apresentar alarmes para a última hora, se o monitor estiver a funcionar há uma hora
ou mais. Se o monitor estiver a funcionar há menos de uma hora, o ecrã irá apresentar dados a partir do momento
em que o monitor foi ligado. Se a memória de tendências foi apagada, serão apresentados dados a partir do
momento em que a memória de tendências foi apagada.
Prioridades das mensagens
Os alarmes e as mensagens de advertência são apresentados na área do cabeçalho do monitor por ordem de
prioridade. Quando há um alarme, apenas as mensagens de alarme irão aparecer na área de mensagens e as
mensagens de advertência não irão aparecer até que a condição que originou o alarme seja eliminada. Por exemplo,
se houver um ALARME MÁX FR, esta mensagem de alarme irá aparecer na área de mensagens, e a mensagem de
advertência SpO2 FRACO. REPOSIC SENSOR. não irá aparecer, mesmo que exista a condição para gerar esta
mensagem.
Se existir mais do que uma condição de alarme, o monitor irá apresentar cada mensagem de alarme por cerca de
4 segundos e continuar a repetir as mensagens alternadamente até que sejam eliminadas as condições que
originaram o alarme. Por exemplo, as mensagens ALARME MÁX FR e ALARME MÍN SpO2 irão alternar na área
de mensagens.
Se não existir nenhuma condição de alarme, mas existir mais do que uma condição de mensagem de advertência, as
mensagens de advertência irão aparecer durante quatro segundos cada uma, tal como descrito anteriormente. As
mensagens de advertência irão continuar a aparecer até que a condição seja eliminada ou ocorra uma condição de
alarme e seja apresentada a mensagem de alarme em vez da mensagem de advertência.
Atraso de alarme
O Capnostream fornece a opção de atrasar alarmes (o alarme audível e o indicador de alarme no ecrã) por um
período de x segundos. Se esta opção for utilizada, o sinal de alarme (áudio ou visual) só aparecerá se a condição de
alarme continuar presente após o período de atraso definido.
Os alarmes máximos de EtCO2, FR e FP, e os alarmes mínimos de SpO2 e FP podem ser atrasados por um período
de 10, 15, 20 ou 30 segundos, ou nenhum (Atraso Alarme desactivado). A predefinição é o Atraso Alarme
desactivado. Esta opção está disponível para todos os tipos de pacientes.
O Atraso Alarme pode ser definido no ecrã de Predefinições Institucionais, acedido através de SISTEMA>
ASSIST TÉCNICA>INTROD PAL-P>PREDEF INST>LIMITES ALARME>DEF ATRASO ALARME.
Tipos de alarmes
Há dois níveis de alarmes de paciente de prioridade alta: alarmes vermelhos urgentes e alarmes amarelos de
cautela.
Os alarmes urgentes indicam que um parâmetro em particular excedeu o limite de urgência. É fornecido um limite
de urgência predefinido para cada situação de alarme. Os limites dos alarmes de urgência podem ser alterados para
se adequarem a uma instituição em particular, se pretendido.
Os alarmes de cautela permitem ao médico resolver uma situação em desenvolvimento antes que esta se torne
crítica. Por predefinição, os alarmes de cautela estão desactivados. Se forem activados os alarmes de cautela, é
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
73
Alarmes e mensagens
fornecido para cada situação de alarme um limite entre o alarme vermelho urgente e o nível normal. Para activar
alarmes de cautela, consulte Alterar os limites de alarme na página 81.
O valor numérico associado no visor irá piscar a amarelo se o valor numérico tiver atingido o limite do alarme de
cautela ou a vermelho se tiver atingido o limite do alarme urgente. Além disso, os indicadores vermelho de alarme
e amarelo de cautela irão acender-se de forma apropriada. Se um utilizador não pretender utilizar este sistema de
advertência precoce em qualquer alarme em particular, pode definir os alarmes urgente e de cautela desse alarme
para os mesmos limites (consulte Alterar os limites de alarme na página 81). Nesse caso, apenas ocorrerá o alarme
vermelho urgente. Pode ainda reverter para um sistema de nível único para todos os alarmes, premindo o botão
Desactivar Cautela.
Todas as gravações e relatórios digitais dos alarmes do paciente envolvem apenas os alarmes vermelhos de
urgência.
Para além dos dois níveis de alarmes de prioridade alta, são também fornecidos alarmes de prioridade média que
alertam o médico para questões relativas ao dispositivo (por oposição a questões relativas ao paciente, que são
abrangidas pelos alarmes de prioridade alta).
Segue-se um exemplo apenas para fins ilustrativos, que mostra como aparecem no monitor o alarme vermelho
urgente e o alarme amarelo de cautela.
Figura 29 - Exemplo de apresentação de alarmes
No exemplo anterior, a FR excedeu o limite de ALARME MÁX FR. A leitura de FR irá piscar a vermelho, a seta
vermelha a apontar para cima indica que foi excedido o limite superior e a mensagem ALARME MÁX FR aparece
na área de mensagens no topo do ecrã. Adicionalmente, o valor IPI está abaixo do limite de alarme do Alarme Mín
IPI, indicado pelo valor IPI a piscar a vermelho e a seta vermelha a apontar para baixo. A mensagem MÍN IPI irá
também aparecer no cabeçalho do ecrã (alternadamente com ALARME MÁX FR).
O alarme amarelo no valor de SpO2, juntamente com a seta amarela a apontar para baixo, indica que foi excedido o
nível de ALARME MÍN SPO2 de cautela.
74
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Alarmes e mensagens
Alarmes de prioridade alta
Tabela 15 - Alarmes de prioridade alta
Mensagem
*
Descrição
Acção correctiva
SEM RESPIRAÇÃO XXX
SEGUNDOS
Nenhuma respiração válida
detectada em xxx segundos
O paciente requer atenção
médica imediata.
ALARME MÁX ETCO2
EtCO2 está acima do limite
superior do alarme
O paciente requer atenção
médica imediata.
ALARME MÍN ETCO2
EtCO2 está abaixo do limite
inferior do alarme
O paciente requer atenção
médica imediata.
ALARME MÁX FR
A frequência respiratória está
acima do limite superior do
alarme
O paciente requer atenção
médica imediata.
ALARME MÍN FR
A frequência respiratória está
abaixo do limite inferior do
alarme
O paciente requer atenção
médica imediata.
ALARME MÁX SPO2
SpO2 está acima do limite
superior do alarme
O paciente requer atenção
médica imediata.
ALARME MÍN SPO2
SpO2 está abaixo do limite
inferior do alarme
O paciente requer atenção
médica imediata.
ALARME MÁX FREQUÊNCIA
PULSO
A frequência de pulso está
acima do limite superior do
alarme
O paciente requer atenção
médica imediata.
ALARME MÍN FREQUÊNCIA
PULSO
A frequência de pulso está
abaixo do limite inferior do
alarme
O paciente requer atenção
médica imediata.
ALARME MÁX FiCO2
FiCO2 está acima do limite
superior do alarme
O paciente requer atenção
médica imediata.
ALARME MÍN IPI
IPI está abaixo do limite inferior
do alarme
O paciente requer atenção
médica imediata.
SISTEMA REINICIOU,
VERIFICAR DEFS
O sistema reiniciou e irá repor
as predefinições institucionais
Reponha os seus limites de
alarme e outras definições para
corresponderem aos requisitos
do paciente em monitorização.
O ALARME MÍN IPI é um alerta que se destina a indicar ao médico uma alteração no estado do
paciente. Quando este alerta aparecer, deverão ser avaliados os níveis dos outros parâmetros do paciente.
Alarmes de prioridade média
Tabela 16 - Alarmes de prioridade média
Mensagem
Descrição
Acção correctiva
ERRO CO2
Ocorreu uma falha que impede a
operação da função de CO2.
Contacte o pessoal autorizado da
Oridion.
ERRO SpO2
Ocorreu uma falha que impede a
operação da função de SpO2.
Contacte o pessoal autorizado da
Oridion.
PULSO NÃO
ENCONTRADO
Sem pulsação detectável.
O paciente requer atenção médica
imediata. Reposicione o sensor no
paciente.
FILTERLINE DESLIGADO
Nenhum FilterLine está ligado ao
dispositivo.
Isto só ocorrerá quando o standby
dos parâmetros estiver activado.
Insira o FilterLine na porta de CO2
do dispositivo.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
75
Alarmes e mensagens
Mensagem
Descrição
Acção correctiva
SENSOR SPO2
DESLIGADO
Nenhum sensor de SpO2 está ligado
ao dispositivo.
Isto só ocorrerá quando o standby
dos parâmetros estiver activado.
Insira o sensor de SpO2 na porta
de SpO2 do dispositivo.
SENSOR SPO2 FORA DO
PACIENTE
O sensor não se encontra no paciente.
Coloque correctamente o sensor
no paciente.
SUBSTITUIR CABO SpO2
O cabo de SpO2 está defeituoso.
Substitua o cabo de SpO2.
OBSTRUÇÃO
FILTERLINE
O FilterLine está dobrado ou entupido.
Desligue e volte a ligar o
FilterLine. Verifique o adaptador
das vias aéreas e, se necessário,
substitua o FilterLine.
BATERIA FRACA
O nível de carga da bateria está baixo
e o monitor irá desligar-se em breve.
Ligue o monitor à electricidade
(corrente alternada).
SISTEMA REMOTO
DESLIGADO
O Capnostream já não está ligado a
um sistema remoto. Esta mensagem
só será apresentada se for activada
pelo computador anfitrião e poderá ter
um texto diferente se tiver sido
programada no computador anfitrião.
Verifique a ligação com o sistema
remoto.
Advertências
Tabela 17 - Alarmes de advertência
Mensagem
76
Descrição
DESOBSTRUIR FILTERLINE
O FilterLine está dobrado ou entupido com água. Aparece
durante o tempo de limpeza até que o FilterLine fique
desentupido ou seja determinado o estado de bloqueio.
DISPOSITIVO USB NÃO ENCONTRADO
Não está ligado nenhum dispositivo válido de memória
flash à porta USB.
USB FLASH CHEIO
Sem espaço no dispositivo de memória USB flash.
TEMPO LIMITE USB
A comunicação USB foi interrompida devido a ausência de
resposta do dispositivo USB.
SPO2 FRACO. REPOSIC SENSOR.
SPO2 FRACO. DEMASIADA LUZ.
SPO2 FRACO. TENTE SENSOR OUVIDO.
SPO2 FRACO. TENTE SENSOR NASAL.
SPO2 FRACO. TENTE SENS ADESIVO.
SPO2 FRACO. TEN USAR FITA CAB.
SPO2 FRACO. SENSOR MUITO FRIO.
SPO2 FRACO. VERIFICAR FAIXA.
SPO2 FRACO. VERNIZ DE UNHAS?
SPO2 FRACO. SENSOR MT APERTADO?
SPO2 FRACO DEV INTERFERÊNCIA.
SPO2 FRACO. LIMPAR LOCAL SENSOR.
O módulo de SpO2 detecta uma pulsação fraca e sugere
causas possíveis.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Alarmes e mensagens
Advertências silenciosas
Tabela 18 - Alarmes de advertência silenciosos
Mensagem
Descrição
AQUECIMENTO DE CO2
O módulo de CO2 está a preparar-se para o funcionamento.
CO2 PRONTO
Antes da primeira medição de CO2, após o FilterLine estar ligado e
antes de ser detectada a respiração do paciente, a mensagem CO2
PRONTO substitui a mensagem AQUECIMENTO DE CO2.
CALIBRAÇÃO NECESSÁRIA
Passou o prazo para a calibração de CO2.
MANUTENÇÃO NECESSÁRIA
Passou o prazo para a manutenção de CO2.
EFECTUAR AUTOZERO
O monitor efectua automaticamente uma calibração de ponto zero.
TRANSF DADOS USB EM CURSO
A comunicação de dados USB está em curso.
TRANSF DADOS RS-232 EM
CURSO*
A comunicação de dados RS-232 está em curso.
TRANSF DADOS USB ABORTADA
A comunicação de dados USB foi interrompida.
TRANSF DADOS RS-232
ABORTADA
A comunicação de dados RS-232 foi interrompida.
DISPOSITIVO USB FALHOU
Um dispositivo USB ligado ao monitor falhou.
TRANSF RELATÓRIO
CONCLUÍDA
A comunicação de dados está concluída.
MONIT CO2 DESLIG HÁ [HH:MM]
Apresenta as horas e minutos em que a bomba esteve desligada
durante o modo BOMBA DESLIGADA.
MODO DEMO - DADOS PRÉGRAVADOS
Apresentada durante o modo de demonstração quando não é
apresentada nenhuma outra mensagem.
LIMITE ALARME MÍN SPO2: XX
Apresentada se o limite de alarme Mín SpO2 estiver definido abaixo
de 85%.
SISTEMA REMOTO LIGADO*
O Capnostream está ligado a um sistema remoto. Esta mensagem
só será apresentada se for activada pelo computador anfitrião e
poderá ter um texto diferente se tiver sido programada no
computador anfitrião.
SISTEMA REMOTO DESLIGADO*
O Capnostream já não está ligado a um sistema remoto. Esta
mensagem só será apresentada se for activada pelo computador
anfitrião e poderá ter um texto diferente se tiver sido programada no
computador anfitrião.
VERSÃO SOFTWARE
INCOMPATÍVEL
Apresentada durante a transferência de predefinições institucionais.
NENHUM FICHEIRO
ENCONTRADO
Apresentada durante a transferência de predefinições institucionais.
A/H REQUER 1 HORA DE DADOS
(se disponível)
A/h não aparece, dado que é necessária uma hora de dados para
calcular este valor e ainda não está disponível uma hora completa
de dados.
ODI REQUER 1 HORA DE DADOS
(se disponível)
ODI não aparece, dado que é necessária uma hora de dados para
calcular este valor e ainda não está disponível uma hora completa
de dados.
CO2 EM STANDBY
CO2 em standby foi activado.
SPO2 EM STANDBY
SpO2 em standby foi activado.
* Quando utilizada com um sistema remoto, esta mensagem poderá ser apresentada com um texto diferente se
tiver sido programada no computador anfitrião. O computador anfitrião poderá também iniciar uma
mensagem que será apresentada ao interromper as comunicações.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
77
Alarmes e mensagens
Modo standby dos parâmetros
Existe uma opção para colocar o monitor num modo standby dos parâmetros separado para capnografia e para
oximetria de pulso. Uma vez neste modo, o utilizador pode activar o standby dos parâmetros consoante necessário.
A finalidade desta opção é a de permitir uma situação em que o dispositivo emitirá um alarme quando um tubo de
amostragem/sensor for desligado do dispositivo, mas dar ao utilizador a possibilidade de desactivar esta opção
conforme entender.
As opções são as seguintes:
No Modo Padrão (quando o Modo Standby dos Parâmetros não está activado), retirar um FilterLine ou sensor/cabo
de extensão de SpO2 do dispositivo fará aparecer uma mensagem no ecrã (FILTERLINE DESLIGADO ou
SENSOR SpO2 DESLIGADO, conforme relevante), mas não soarão alarmes. Retirar o sensor de SpO2 do
paciente irá accionar um alarme audível e uma mensagem no ecrã. Por predefinição, o Modo Standby dos
Parâmetros está desactivado.
Quando o Modo Standby dos Parâmetros está activado, depois de um FilterLine ser ligado e depois retirado do
dispositivo, será emitido um alarme de prioridade média FILTERLINE DESLIGADO. Da mesma forma, depois de
um sensor de oximetria de pulso/cabo de extensão ser ligado e depois desligado do dispositivo, será emitido um
alarme de prioridade média SENSOR SpO2 DESLIGADO. Este alarme destina-se a impedir que um
FilterLine/sensor de SpO2 seja desligado do dispositivo sem autorização, seja por pacientes ou visitantes.
Quando o Modo Standby dos Parâmetros está activado, retirar o sensor de SpO2 do paciente irá accionar um alarme
audível e uma mensagem no ecrã, tal como no Modo Padrão.
O Modo Standby dos Parâmetros pode ser activado através de SISTEMA>ASSIST TÉCNICA INTROD
PAL-P>PREDEF INST>MONITOR> defina MODO STANDBY DOS PARÂMETROS para ACTIV.
Volte ao ecrã de Início, clicando em RETROCEDER>RETROCEDER>INÍCIO.
No entanto, pode haver situações em que o médico queira utilizar o Modo Standby dos Parâmetros, mas não queira
que estes alarmes soem por causa de um Filterline ou sensor de SpO2 desligado porque foi dada autorização para
tal. Para estas situações, o monitor fornece uma opção para colocar um ou ambos os parâmetros em standby
enquanto decorrem estas actividades.
78
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Alarmes e mensagens
Assim que o Modo Standby dos Parâmetros for activado nas Predefinições Institucionais, pode iniciá-lo como se
segue:
1.
Retire o FilterLine e/ou o sensor de SpO2 do dispositivo ou retire o sensor de SpO2 do paciente.
Nota:
O Modo Standby dos Parâmetros do capnógrafo só pode ficar activo se o alarme FilterLine Desligado
estiver accionado ou se ainda não tiver sido ligado um FilterLine ao dispositivo desde que este foi ligado.
Da mesma forma, o Modo Standby dos Parâmetros do oxímetro de pulso só pode ser acedido se o alarme
Sensor SpO2 Desligado ou o alarme Sensor SpO2 Fora do Paciente estiver accionado, ou se ainda não
tiver sido ligado um sensor de SpO2 ao dispositivo ou sido detectada a pulsação desde que o dispositivo foi
ligado.
Nota:
O Modo Standby dos Parâmetros do capnógrafo não pode ser activado se o monitor estiver a monitorizar
um paciente com capnografia. Da mesma forma, o Modo Standby dos Parâmetros do oxímetro de pulso
não pode ser activado se o monitor estiver a monitorizar um paciente com oximetria de pulso.
2.
Para activar o Modo Standby dos Parâmetros, prima o botão de silenciar alarme na parte inferior do painel
frontal (
) durante 2 ou mais segundos. Irá aparecer uma nova mensagem CO2 EM STANDBY e/ou SPO2
EM STANDBY (conforme necessário) na área da forma de onda (se esta estiver disponível) e na área de
mensagens. (Este é uma adição aos alarmes FILTERLINE DESLIGADO ou SENSOR SpO2 DESLIGADO
ou SENSOR SpO2 FORA DO PACIENTE, conforme relevante, que continuará a aparecer nas áreas da
forma de onda e de mensagens.)
Nota:
Uma pressão curta no botão Silenciar Alarme continuará a desligar os alarmes temporariamente (por
2 minutos), tal como anteriormente.
3.
Após a activação do standby dos parâmetros, ocorrerá o seguinte: Neste modo, os alarmes de CO2 e/ou SpO2
não existem, pelo que não ocorrerão: alarmes audíveis, LED amarelo a piscar no painel frontal do
Capnostream, armazenamento destes alarmes por qualquer método de armazenamento de dados, transferência
destes alarmes para estações centrais, indicações de chamada de enfermeiro, etc.
4.
Para aceder a ambos os modos standby dos parâmetros em simultâneo, entre num de cada vez ou prima o
botão Silenciar Alarme (
) enquanto o FilterLine estiver desligado e o sensor de SpO2 não estiver ligado a
um paciente ou dispositivo, ou entre nos dois ao mesmo tempo.
Para sair do Modo Standby dos Parâmetros do capnógrafo, volte a ligar um FilterLine. Para sair do Modo Standby
dos Parâmetros do oxímetro de pulso, volte a ligar o sensor de SpO2 ao paciente e ao dispositivo. (Desta forma, se o
utilizador não souber que o monitor está no Modo Standby dos Parâmetros, basta voltar a ligar um FilterLine ao
monitor ou um sensor de SpO2 ao paciente para o monitor sair do Modo Standby dos Parâmetros e retomar a
monitorização.)
Tabela 19 - Mensagens e estados dos alarmes em diferentes situações de standby dos parâmetros
Funcionalidade
Estado quando o
Modo Standby dos
Parâmetros está
desactivado
Estado quando o Modo
Standby dos
Parâmetros está
activado, mas não
iniciado
Estado quando o Modo
Standby dos Parâmetros
está activado e o standby
dos parâmetros iniciado
Mensagem no ecrã
FILTERLINE DESLIGADO
(do dispositivo) / Mensagem
no ecrã SENSOR SpO2
DESLIGADO (do dispositivo)
Sim
Sim
Sim
Alarme FILTERLINE
DESLIGADO (do dispositivo) /
Alarme SENSOR SpO2
DESLIGADO (do dispositivo)
Não
Sim
Não
Alarme audível de prioridade
média SENSOR SpO2 FORA
DO PACIENTE
Sim
Sim
Não
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
79
Alarmes e mensagens
Funcionalidade
Estado quando o
Modo Standby dos
Parâmetros está
desactivado
Estado quando o Modo
Standby dos
Parâmetros está
activado, mas não
iniciado
Estado quando o Modo
Standby dos Parâmetros
está activado e o standby
dos parâmetros iniciado
Mensagem no ecrã SENSOR
SpO2 FORA DO PACIENTE
Sim
Sim
Sim
Mensagem CO2 EM
STANDBY / Mensagem SpO2
EM STANDBY
Não
Não
Sim
Alarmes (de paciente) de
prioridade alta
Sim
Sim
Não (para o parâmetro em
standby)
LEDs vermelho e amarelo a
piscar no painel frontal do
Capnostream durante
alarmes (de paciente) de
prioridade alta
Sim
Sim
Não, para o parâmetro em
standby (dado que os alarmes
[de paciente] de prioridade alta
relacionados com o parâmetro
em standby não existem neste
caso)
Armazenamento em ou
transferência para estações
remotas de alarmes (de
paciente) de prioridade alta
SIM
SIM
Não, para o parâmetro em
standby (dado que os alarmes
[de paciente] de prioridade alta
relacionados com o parâmetro
em standby não existem neste
caso)
Silenciar alarmes
Para silenciar/desactivar temporariamente um alarme, prima o botão de silenciar alarme:
.
Quando o botão de silenciar alarme é premido, todos os alarmes audíveis são silenciados por 2 minutos. Isto inclui
os alarmes que já estejam a soar e os alarmes que possam ocorrer durante o período de 2 minutos. O silenciamento
de alarmes de 2 minutos pode ser cancelado através de uma segunda pressão no botão de silenciar alarme.
Os alarmes visuais continuam presentes. Enquanto o período de silenciamento de alarmes está activo, é apresentada
). É apresentado um símbolo de campainha com
no ecrã uma campainha com uma cruz de linhas tracejadas (
uma cruz de linhas contínuas ( ) se os alarmes de áudio forem desactivados permanentemente nas predefinições
institucionais.
Se o silenciamento de alarmes permanente tiver sido definido nas Predefinições Institucionais (através de
SISTEMA>ASSIST TÉCNICA>INTROD PAL-P>PREDEF INST>VOL ALARME ÁUDIO>ÁUDIO DESL,
consulte Alterar as predefinições institucionais na página 131), este botão não irá definir o silenciamento de
alarmes temporário. Enquanto o silenciamento de alarmes permanente estiver definido nas Predefinições
Institucionais, este botão será utilizado para ligar e desligar os alarmes audíveis.
Se este botão ( ) for premido uma vez durante o silenciamento de alarmes permanente, irá ligar os alarmes
audíveis. Se premido novamente, irá desligá-los. Um símbolo de campainha sem linhas vermelhas será apresentado
no canto superior direito do ecrã quando os alarmes audíveis estiverem ligados; um símbolo de campainha com
uma cruz de linhas contínuas será apresentado quando os alarmes audíveis estiverem desligados. Se o
silenciamento de alarmes permanente for desligado através deste botão, ficará novamente activo quando o monitor
for desligado e ligado novamente.
AVISO:
80
Não silencie os alarmes audíveis até verificar se o paciente está a ser monitorizado por outros meios.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Alarmes e mensagens
Alterar os limites de alarme
Os limites de alarme diferem para pacientes do tipo Adulto/Pediátrico (para adultos e todos os pacientes
pediátricos) e para pacientes do tipo Lactente/Neonatal. Cada conjunto de alarmes é definido separadamente.
Os limites de alarme podem ser alterados para os alarmes urgente e de cautela no ecrã de Limites de Alarme. O
ecrã de Limites de Alarme é acedido através do ecrã de Analisar Alarme. No ecrã de Limites de Alarme, os alarmes
de cautela podem ser activados ou desactivados. (Se forem desactivados os alarmes de cautela, os valores na coluna
de alarme de cautela ficarão a cinzento.) Os limites também podem ser repostos para as Predefinições Institucionais
através do botão REPOR PREDEF no ecrã.
Nota:
Em ambientes de alta altitude, os valores de EtCO2 podem ser mais baixos do que os observados ao nível
do mar, tal como descrito pela lei de pressões parciais de Dalton. Quando utilizar o monitor em ambientes
de alta altitude, é aconselhável considerar o ajustamento das definições de alarme de EtCO2 em
conformidade.
Figura 30 - Ecrã de limites de alarme

1.
PARA ALTERAR OS LIMITES DE ALARME:
Abra o ecrã de Limites de Alarme, seleccionando o botão LIMITES ALARME na barra de menus na parte
inferior do ecrã de Analisar Alarme.
2.
Para modificar uma definição, desloque-se para a definição de limite individual utilizando o manípulo de
controlo. Clique no manípulo de controlo para seleccionar essa definição e depois rode o manípulo de controlo
para seleccionar um novo valor. Clique novamente no manípulo de controlo para definir o novo valor.
3.
Para activar os alarmes de cautela, clique no botão ACTIVAR CAUTELA no ecrã, utilizando o manípulo de
controlo. Os valores limite do alarme de cautela irão agora ficar activos e podem ser alterados neste ecrã da
mesma forma que se podem alterar os limites de alarme urgente. O botão ACTIVAR CAUTELA irá
apresentar DESACTIV CAUTELA quando forem activados os alarmes de cautela e clicar no botão
DESACTIV CAUTELA irá desactivar os alarmes de cautela.
4.
Utilize o manípulo de controlo para seleccionar INÍCIO e clique novamente no manípulo de controlo para
regressar ao ecrã de Início.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
81
Alarmes e mensagens
Alterar o limite superior do alarme no sentido do limite inferior do alarme irá forçar a deslocação do limite inferior
para baixo, se necessário, de modo a manter uma diferença de pelo menos 5 unidades entre os limites superior e
inferior do alarme. Este tipo de ajuste faz com que o limite inferior do alarme também mude de cor, de modo a que
se torne óbvio que está activo. Da mesma forma, alterar o limite inferior do alarme no sentido do limite superior do
alarme irá forçar a deslocação do limite superior do alarme para cima, se necessário, de modo a manter uma
diferença de pelo menos 5 unidades entre os limites superior e inferior do alarme. Este tipo de ajuste faz com que o
limite superior do alarme também mude de cor, de modo a que se torne óbvio que está activo.
O alarme irá disparar se exceder o valor do limite superior ou se descer abaixo do limite inferior, e não apenas se
chegar a esses valores.
Os limites de alarme serão repostos para as predefinições de fábrica quando o dispositivo for desligado. Para tornar
as alterações permanentes, utilize o Modo de Assistência Técnica para alterar as Predefinições Institucionais para
os limites de alarme (consulte Predefinições institucionais na página 131).
Nota:
Quando o limite de alarme de SpO2 está definido abaixo de 85%, a mensagem LIMITE ALARME MÍN
SpO2: XX irá aparecer na área do cabeçalho, indicando o nível do limite de alarme B SpO2.
Testar as definições de alarme de capnografia
Para testar o alarme de Sem Respiração, estabeleça uma visualização de respiração normal no dispositivo. Assim
que for apresentada a respiração normal, retire o tubo de amostragem da boca do paciente para criar uma situação
de sem respiração. O dispositivo deverá então apresentar um alarme de Sem Respiração.
Alarmes de SpO2 e segundos de saturação
O Capnostream utiliza a tecnologia SatSeconds da Nellcor para ajudar a reduzir o número e a frequência de falsos
alarmes de SpO2.
Ao monitorizar os limites de alarme superior e inferior da saturação do oxigénio, é activado um alarme audível
quando um destes limites é violado, nem que seja por um ponto percentual. Na gestão tradicional de alarmes,
sempre que o nível % de SpO2 ultrapassa o limite do alarme, o alarme soa de cada vez que o limite é ultrapassado.
Se não forem pretendidos alarmes tão frequentes, podem evitar-se utilizando a técnica SatSeconds desenvolvida
pela Nellcor. Utilizando esta técnica, os limites de alarme superior e inferior são definidos da mesma forma que na
gestão tradicional de alarmes. Pode também definir-se um limite de segundos de saturação para fazer soar um
alarme tendo em conta não só o ultrapassar do limite de alarme % de SpO2, mas também o tempo em que a leitura
% de SpO2 do paciente está acima ou abaixo do limite.
O método de cálculo é o seguinte:
O valor de segundos de saturação é calculado multiplicando o número de pontos percentuais a que a % de SpO2 cai
fora do limite do alarme pelo número de segundos a que o nível % de SpO2 permanece fora desse limite. Isto pode
exprimir-se sob a forma de equação:
Pontos x Segundos = Segundos de Saturação
Onde:
Pontos = pontos percentuais de %SpO2 fora do limite
Segundos = número de segundos em que %SpO2 permanece nesse ponto fora do limite
O tempo de resposta do alarme, presumindo um limite de segundos de saturação definido para 50 e o limite de
alarme mínimo de SpO2 definido para 90, é descrito e ilustrado em seguida.
Neste exemplo, o nível % de SpO2 desce para 88 (2 pontos) e permanece lá durante um período de 2 segundos
(2 pontos x 2 segundos = 4 segundos de saturação).
A %SpO2 cai então para 86 durante 3 segundos e depois para 84 durante 6 segundos.
82
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Alarmes e mensagens
Os segundos de saturação resultantes são:
Segundos %SpO2 Segundos de Saturação
2x2=4
4 x 3 = 12
6 x 6 = 36
Total de segundos de saturação = 52
Após cerca de 10,9 segundos, o alarme de SpO2 iria soar, porque tinham sido excedidos 50 segundos de saturação
(repare na seta na figura seguinte).
Os níveis de saturação podem oscilar, em vez de permanecerem estáveis, durante um período de vários segundos.
Frequentemente, os níveis % de SpO2 podem oscilar acima e abaixo do limite de alarme, entrando novamente no
intervalo de não alarme várias vezes.
Durante essas oscilações, o Capnostream integra o número de pontos % de SpO2, tanto positivos como negativos,
até o limite de segundos de saturação (definição do tempo de segundos de saturação) ser atingido ou o nível % de
SpO2 voltar a um intervalo normal e aí permanecer.
Visualização do alarme de segundos de saturação
17B
Os segundos de saturação são apresentados na área de visualização de SpO2 no ecrã do monitor. Quando a opção
SegSat (segundos de saturação) está activada e a leitura de SpO2 está abaixo do mínimo, o contador de segundos de
saturação será iniciado. Se o limite de segundos de saturação for atingido, um alarme audível soa e a taxa numérica
% de SpO2 apresentada pisca. Tal como na gestão normal de alarmes, o alarme audível pode ser silenciado,
premindo o botão SILENCIAR ALARME (
).
Limites de alarme - predefinições de fábrica
84B
As predefinições de fábrica para os limites de alarme de Adulto e Neonatal são apresentadas na Tabela 32 - Limites
de alarme predefinidos de fábrica na página 134.
Os alarmes de cautela estão desactivados por predefinição.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
83
Do not touch this field - it is invisible and does not appear in the
final document
Capítulo 10
Utilizar as tendências
Introdução
Os ecrãs de visualização de tendências
Ecrã de visualização de tendência gráfica
Ecrã de visualização de tendência tabular
Seleccionar parâmetros de tendências
Notas importantes relativas a relatórios de tendências
Eventos específicos tal como visualizados nos dados de tendências
Utilizar o ecrã de tendência gráfica para monitorizar pacientes
Imprimir os dados de tendências
Limpar a memória de tendências
Configurar tendências
Introdução
O Capnostream armazena os dados do paciente que fornecem informações detalhadas acerca do histórico do
paciente durante a monitorização.
A visualização de tendências permite-lhe ver o histórico do paciente como parte da análise médica para auxiliar na
avaliação do paciente.
A instituição pode definir o armazenamento de tendências para: 12 horas de dados com resolução de 5 segundos,
24 horas de dados com resolução de 10 segundos ou 72 horas de dados com uma resolução de 30 segundos.
Os dados de tendências armazenam os seguintes parâmetros:
•
•
Hora, Data, EtCO2, FR, SpO2, FP, IPI (onde relevante).
•
Eventos causados pelo equipamento, tais como BATERIA FRACA ou outras mensagens relacionadas com o
monitor.
•
•
•
Marcadores de eventos introduzidos pelo utilizador, juntamente com qualquer etiqueta de evento.
Alarmes de paciente de prioridade alta (apenas alarmes urgentes vermelhos) (excluindo o alarme máximo de
FiCO2, que não é armazenado na memória de tendências).
Marcador de INIC CASO para indicar o início de um caso.
Contagem de ocorrências de alarmes (para todos os alarmes de prioridade alta).
Lembre-se de que A/h e ODI (mesmo se disponíveis) não aparecem nos ecrãs de tendências ou em impressões. A/h
e ODI são registados (e podem ser visualizados) no ecrã de Relatório de Apneia e Dessaturação de O2 e na
impressão. Para obter mais detalhes, consulte Relatório de apneia e dessaturação de O2 na página 94.
A alteração da resolução da frequência de armazenamento de dados só pode ser efectuada no ecrã de Predefinições
Institucionais (consulte Predefinições institucionais na página 131).
Nota:
Ao alterar a definição da resolução, irá apagar os dados de tendências armazenados anteriormente na
memória.
Os dados de tendências podem ser visualizados no monitor, impressos e transferidos através de uma ligação
RS-232 ou de um dispositivo de memória flash USB para transferência para um computador e análise adicional.
Caso o paciente seja monitorizado por um período mais longo do que é possível armazenar na memória do monitor,
recomenda-se transferir regularmente os dados do paciente utilizando a interface USB, como descrito no
Capítulo 13 Transferir dados de pacientes na página 104.
84
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Utilizar as tendências
Os ecrãs de visualização de tendências
Os dados de tendências são apresentados em dois formatos diferentes: gráfico e tabular. O ecrã de Tendência
Gráfica permite-lhe ver os dados do paciente ao longo de uma escala temporal mais alargada (2, 4 ou 12 horas de
cada vez) e percorrer os dados em busca de padrões, eventos específicos ou alarmes.
Assim que tiver localizado os dados que lhe interessam, pode ampliar um evento específico ou examinar as
mensagens e os dados utilizando o ecrã de Tendência Tabular. O ecrã de Tendência Tabular apresenta os dados
num formato de tabela de fácil leitura.
Para alterar a ordem dos parâmetros apresentados nos ecrãs de tendências, consulte Alterar a ordem de parâmetros
na visualização de tendências na página 136.
Ecrã de visualização de tendência gráfica

PARA VER O ECRÃ DE VISUALIZAÇÃO DE TENDÊNCIA GRÁFICA:
1.
A partir do ecrã de Início, utilize o manípulo de controlo para seleccionar TENDÊNCIA a partir dos botões na
barra de menus na parte inferior do ecrã. É apresentado o ecrã de Tendência Gráfica, mostrado na Figura 31 Visualização de tendência gráfica, abaixo.
Hora e data
da localização
do cursor
Linha amarela
do cursor
Nível de zoom
Dados do
paciente
em tempo
real
Dados do
paciente na
localização do
cursor
Indicador de
evento
Figura 31 - Visualização de tendência gráfica
2.
Note que os ecrãs de tendências apresentam as informações de tendências (descritas abaixo) e os valores
numéricos em tempo real relativos ao paciente, que são apresentados no lado direito do ecrã. Os dados de
tendências apresentados são os dados do histórico da memória de tendências. Quando o ecrã é aberto pela
primeira vez, apresenta a linha do cursor a meio da visualização gráfica, que é o ponto médio dos dados
apresentados. Os dados relativos ao paciente no ponto temporal indicado pelo cursor são apresentados à
esquerda. Os detalhes relativos à visualização de tendência gráfica aparecem na secção seguinte.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
85
Utilizar as tendências
Visualização de tendência gráfica
No centro do ecrã estão as visualizações de tendências gráficas. Os dois gráficos superiores apresentam dados de
tendências de capnografia do histórico: EtCO2 a branco e valores da frequência respiratória a azul. Da mesma
forma, os dois gráficos do meio apresentam dados de tendências de oximetria de pulso do histórico do paciente:
Dados de SpO2 a rosa e valores de frequência de pulso a verde. O gráfico inferior apresenta valores IPI num gráfico
colorido a laranja.
No lado esquerdo do ecrã estão os dados do histórico do paciente na hora e data em que o cursor está situado. São
apresentadas a data e hora exactas de registo da localização do cursor.
•
•
Nível de zoom: pode ser definido para 2, 4 ou 12 horas utilizando a tecla ZOOM.
•
Indicador de alarme: linhas vermelhas verticais largas que poderão aparecer nos quatro gráficos, mostrando
em que ponto temporal ocorreu um alarme. Para os alarmes de EtCO2, SpO2, FR e FP, a linha vermelha
desenha-se através do respectivo gráfico da forma de onda desse parâmetro. No caso dos alarmes de
S/ RESP, a linha vermelha estende-se pelos gráficos de EtCO2 e FR. Os detalhes do alarme actual podem
ser vistos no ecrã de visualização de Tendência Tabular, descrito em Ecrã de visualização de tendência
tabular e apresentado na página 88.
•
Indicador de evento: linha rosa vertical pequena ao longo da parte inferior do gráfico, que mostra quando um
evento foi registado. O evento real pode ser visto no ecrã de visualização de Tendência Tabular, descrito em
Ecrã de visualização de tendência tabular na página 88.
Linha amarela do cursor: a linha vertical amarela passa pelos quatro gráficos e pode ser movida com o
manípulo de controlo quando a opção DESLOCAR está seleccionada. A linha do cursor apresenta a
localização actual nos dados de tendências, com a data e hora exactas listadas sob o cabeçalho LOC
CURSOR, junto ao canto superior esquerdo do ecrã, como mostrado na Figura 31 - Visualização de
tendência gráfica na página 85.
Os controlos seguintes para a visualização de tendências gráficas são seleccionados na barra de menus.
•
TABULAR – alterna a visualização de Gráfica para Tabular (na visualização de Tendência Tabular, este
controlo altera a visualização para Gráfica). Consulte Ecrã de visualização de tendência tabular na página 88
para obter uma explicação da visualização de tendência tabular.
•
DESLOCAR – permite-lhe deslocar-se pelos dados do paciente. A data e hora da localização do cursor estão
indicadas em LOC CURSOR.
•
•
•
ZOOM – permite-lhe aumentar ou diminuir o segmento de tempo que está a ver.
IMPRIMIR TEND – fornece uma impressão da visualização de tendências presentemente vista no ecrã.
LIMITES DE ALARME – apresenta o ecrã de Limites de Alarme, permitindo-lhe ver quais são as definições
e modificá-las se necessário.
Utilizar DESLOCAR e ZOOM
Há muitas formas de utilizar os ecrãs de tendências para examinar dados de pacientes. Segue-se uma breve
descrição de um método geral de procura e visualização de eventos específicos no ecrã de Tendência Gráfica.
86
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Utilizar as tendências

PARA VER DADOS DE TENDÊNCIAS NO MODO DE DESLOCAR:
1.
No modo de Tendência Gráfica, utilize o manípulo de controlo para seleccionar DESLOCAR na barra de
menus. A caixa em torno da palavra DESLOCAR na barra de menus e o cabeçalho de hora/data ficam ambos
amarelos, indicando que está em modo de deslocação.
Figura 32 - Modo de deslocar na tendência gráfica
2.
Quando se desloca para o final do ecrã e continua a deslocar, o ecrã irá mudar para adicionar 1/2 período
seguinte ou anterior à visualização (por ex., se estiver a ver uma visualização de 2 horas, das 4 PM às 6 PM e
se deslocar para trás até às 4 PM, a linha amarela irá regressar ao meio do ecrã e irá ver das 3 PM às 5 PM no
ecrã). Deslocar-se completamente para a direita e ouvir um sinal sonoro significa que está na hora actual.
Deslocar-se completamente para a esquerda e ouvir um sinal sonoro significa que está no início dos dados
registados.
3.
Para ver um período de tempo mais curto ou mais longo no visor, seleccione ZOOM na barra de menus e gire
o manípulo de controlo para alterar a resolução para 2, 4 ou 12 horas. A caixa na barra de menus em torno de
ZOOM passa a amarelo para indicar que está a mudar o nível de zoom. Clique novamente no manípulo de
controlo para sair da função de Zoom. Pode então regressar ao modo de Deslocar para continuar a
inspeccionar os dados registados do paciente.
Para ver a maior quantidade de dados do paciente, mude a resolução para 12 horas. Para tal, utilize o manípulo
de controlo para seleccionar e clique em ZOOM na barra de menus. A caixa em torno de ZOOM irá mudar de
azul para amarelo e a área do título que indica a resolução da visualização irá também mudar para amarelo.
Gire o manípulo de controlo para seleccionar a VISUALIZAÇÃO 12 HR e depois clique no manípulo de
controlo.
Agora utilize o manípulo de controlo para seleccionar e clique em DESLOCAR na barra de menus. A caixa
em torno de DESLOCAR irá mudar de azul para amarelo e o cabeçalho de hora e data sob LOC CURSOR
irá também mudar para amarelo. Gire o manípulo de controlo para deslocar o cursor para a esquerda ou para a
direita. Ao girar o manípulo de controlo, a hora muda e os dados do paciente no lado esquerdo do ecrã mudam
também para mostrar as leituras nesse ponto temporal.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
87
Utilizar as tendências
Para encontrar um evento ou uma ocorrência de alarme, desloque-se na visualização gráfica para procurar
marcadores de evento e de alarme, como mostrado anteriormente na Figura 31 - Visualização de tendência
gráfica na página 85. Coloque a linha amarela do cursor sobre o marcador vermelho de alarme e depois saia do
modo de Deslocar clicando no manípulo de controlo. Quando faz zoom para uma visualização diferente de
tempo, o cursor irá aparecer a meio do ecrã gráfico na hora apropriada que estava marcada no ecrã anterior.
Utilize o botão ZOOM para seleccionar uma opção de Zoom (por ex., para ir para um nível inferior de zoom,
como 4, 2 ou 1 horas) e desloque-se novamente até encontrar a área específica de interesse.
Para sair do modo de alteração de Zoom, clique no manípulo de controlo.
4.
Para sair do modo de Deslocar, clique no manípulo de controlo.
Para ver mais informações acerca do paciente apresentado, use o manípulo de controlo para seleccionar a
visualização de tendência TABULAR na barra de menus e veja as instruções seguintes na secção Ecrã de
visualização de tendência tabular na página 88.
Ecrã de visualização de tendência tabular

1.
PARA VER O ECRÃ DE VISUALIZAÇÃO DE TENDÊNCIA TABULAR:
No modo de Tendência Gráfica, utilize o manípulo de controlo para seleccionar TABULAR na barra de
menus. Irá aparecer o ecrã de visualização de Tendência Tabular. Para entrar no modo de Tendência Tabular a
partir do ecrã de Início, clique em TENDÊNCIA na barra de menus e, em seguida, em TABULAR na barra de
menus.
Figura 33 - Visualização de tendência tabular
88
2.
Tenha em atenção que os dados de paciente em tempo real são apresentados no lado direito do ecrã, enquanto
o lado esquerdo do ecrã apresenta a Tendência Tabular com os dados detalhados do histórico do paciente.
3.
Clique em ZOOM na barra de menus para alterar a resolução de tempo da visualização actual para 60, 15,
3 ou 1,5 minutos ou para a definição MÍNIMO. A definição MÍNIMO é definida como a resolução de
gravação de tendência e pode ser 5, 10 ou 30 segundos (consulte Predefinições institucionais na página 131
para obter instruções acerca de como alterar a resolução de gravação).
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Utilizar as tendências
Os controlos para a visualização de dados tabulares são:
•
GRÁFICA – alterna a visualização de Tabular para Gráfica (na visualização de Tendência Gráfica, este
controlo altera a visualização para Tabular).
•
•
DESLOCAR – permite-lhe deslocar-se pela tabela de dados do paciente.
•
•
IMPRIMIR TEND – fornece uma impressão da visualização de tendências presentemente vista no ecrã.
ZOOM – permite-lhe aumentar ou diminuir a quantidade de tempo que se considera para a média de cada
ponto de dados apresentado na tabela. Na definição mais baixa, o zoom permite-lhe examinar alarmes e
eventos detalhados.
LIMITES DE ALARME – apresenta o ecrã de Limites de Alarme, permitindo-lhe ver quais são as definições
e modificá-las se necessário.
A tabela seguinte fornece uma amostra da visualização tabular com uma resolução de 1,5 minutos.
Tabela 20 - Exemplo de visualização tabular
HORA
12:23 AM
10
12:24 AM
40
12:26 AM
10
12:27 AM
40
12:29 AM
10
12:30 AM
EtCO2
FR
SpO2
FP
mmHg
bpm
(resp/min)
%
bpm
(bat/min)
IPI
EVENTOS
17
98
71
9
2*
16
98
71
7
5*
16
98
70
7
17
98
71
7
16
98
71
8
MAI 23 10
41
MAI 23 10
48
MAI 23 10
49
1
21*
MAI 23 10
35
22*
MAI 23 10
29
1
22*
MAI 23 10
Os eventos são indicados por um triângulo (semelhante ao botão de evento situado no painel frontal do
monitor) e os alarmes são indicados por um asterisco. O número ao lado de cada um indica quantos alarmes
ou eventos ocorreram durante esse período de tempo.
4.
Para ver eventos e alarmes específicos, altere a definição de ZOOM para o valor MÍNIMO, que altera o nível
de zoom para o intervalo temporal mais baixo. Irão agora aparecer eventos e alarmes específicos na tabela, e
pode utilizar a opção Deslocar para se deslocar para cima e para baixo na tabela. A tabela seguinte apresenta
uma amostra da visualização tabular na resolução MÍNIMO (neste caso, a resolução mínima está definida nos
5 segundos).
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
89
Utilizar as tendências
Tabela 21 - Exemplo de visualização tabular detalhada
HORA
seg
3:23 AM
EtCO2
mmHg
FR
bpm
(resp/min)
SpO2
%
FP
bpm
(bat/min)
IPI
EVENTOS
PROPOFOL
MAI 23 10
05
29
22
99
74
8
10
29
20
99
73
8
15
29
20
100
71
8
20
27
16
92
66
4
25
26
14
88
64
4
30
26
14
88
65
4
35
26
14
88
65
4
40
26
14
88
65
4
45
26
14
88
65
4
50
26
14
88
65
4
No exemplo anterior, foi administrado oxigénio ao paciente durante o período entre as 3:23:05 e as 3:23:10
PM, seguido por um aumento na frequência respiratória para um nível que accionou o alarme de valor
elevado. Isto é indicado pela seta ascendente vermelha. Da mesma forma, um alarme de baixa frequência
respiratória teria uma seta descendente vermelha.
Se o Modo de Marcação de Eventos estiver definido para RÁP, não está disponível nenhuma informação de
texto no nível mais baixo de zoom, mas irá aparecer na mesma um triângulo a indicar que foi marcado um
evento.
5.
O monitor irá reter até 72 horas de dados do paciente. Se houver mais dados do que aqueles que consegue
visualizar no ecrã, deslocar-se para cima irá alterar a visualização para dados anteriores e deslocar-se para
baixo irá alterar a visualização para dados posteriores.
Seleccionar parâmetros de tendências
O dispositivo apresenta os seguintes parâmetros de tendências: EtCO2, FR, SpO2, FP e IPI. A ordem pretendida dos
parâmetros pode ser definida pelo utilizador no ecrã de Tendência: Configuração Visor (consulte Alterar a ordem
de parâmetros na visualização de tendências na página 136 para obter detalhes). Se não pretende visualizar estes
parâmetros nos relatórios de tendências, seleccione a opção EM BRANCO para alguns espaços no ecrã de
Tendência: Configuração Visor.
Notas importantes relativas a relatórios de tendências
Tenha em atenção os seguintes aspectos relativos a relatórios de tendências, nomeadamente a relatórios de
tendências tabulares no ecrã, relatórios de tendências impressos e relatórios de tendências transferidos:
90
•
Cada valor apresentado na memória de tendências é uma média dos resultados para cada segundo durante o
período de amostragem. Por exemplo, para um período de amostragem de 30 segundos, o resultado
apresentado de cada 30 segundos é uma média dos pontos de dados para cada um dos 30 segundos durante o
período de amostragem.
•
Se tiver ocorrido um alarme durante o período de amostragem (por ex., num determinado ponto durante os
30 segundos de um período de tempo de 30 segundos, quando forem gravados dados a cada 30 segundos),
este será assinalado, mesmo se o valor médio gravado não indicar uma causa para um alarme.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Utilizar as tendências
•
"EtCO2 indisponível" é gerado a cada hora para um Autozero e demora 15 segundos. Quando isto ocorre,
EtCO2 e outros valores fisiológicos são mantidos nos seus valores anteriores a Autozero.
Eventos específicos tal como visualizados nos dados de tendências

PARA PESQUISAR EVENTOS ESPECÍFICOS NOS DADOS DE TENDÊNCIAS:
1.
Utilize o cursor no ecrã de Tendência Gráfica para localizar uma área de interesse.
2.
Utilize ZOOM para chegar tão próximo quanto possível da área específica.
3.
Mude para a visualização de Tendência Tabular.
4.
Utilize DESLOCAR para encontrar a área de interesse.
5.
Coloque o zoom na resolução mínima para ver informações detalhadas de alarmes e eventos.
Utilizar o ecrã de tendência gráfica para monitorizar pacientes
É possível utilizar o ecrã de Tendência Gráfica como o ecrã de monitorização principal, em vez do ecrã de Início.
Em vez de ver as formas de onda em tempo real, a tendência gráfica permite-lhe controlar facilmente as alterações
na condição do paciente. Os dados numéricos em tempo real são apresentados no lado direito do ecrã, tanto para os
ecrãs de Tendência como de Início.
Ao utilizar o ecrã de Tendência Gráfica como o ecrã de monitorização principal, é importante certificar-se de que
os gráficos são actualizados com os dados mais recentes. Isto acontecerá automaticamente desde que não tenha sido
utilizada a função de Deslocar desde que entrou no ecrã de Tendência Gráfica. Enquanto está no modo de
actualização automática, o ecrã irá actualizar automaticamente os novos dados à direita da linha amarela do cursor.
Quando a área à direita do cursor está preenchida, o gráfico irá mudar, permitindo que sejam representados mais
pontos de dados.
Se utilizar a funcionalidade de Deslocar e depois quiser voltar a utilizar a Tendência Gráfica para monitorizar o
paciente, regresse simplesmente ao ecrã de Início e depois seleccione novamente TENDÊNCIA.
Imprimir os dados de tendências
Se estiver instalada uma impressora opcional, pode obter uma impressão dos dados de tendências que são
apresentados no ecrã, seleccionando IMPRIMIR TEND na barra de menus.
Limpar a memória de tendências
Recomenda-se que a memória de tendências seja apagada quando o monitor for ligado a um novo paciente, de
modo a evitar confundir os dados do paciente anterior com os do paciente actual. Se estiver a trabalhar com casos e
o caso actual for terminado, a memória de tendências é automaticamente apagada.

PARA APAGAR A MEMÓRIA DE TENDÊNCIAS:
1.
Para apagar os dados de tendências da memória do monitor, utilize o manípulo de controlo para ir ao ecrã de
Início e seleccione SISTEMA no menu.
2.
No ecrã de Sistema, seleccione LIMPAR TEND. Irá aparecer a palavra CONFIR? acima da barra de menus.
3.
Se tiver a certeza de que quer apagar a memória de tendências, clique no manípulo de controlo. Se não quiser
apagar a memória de tendências, gire o manípulo para a esquerda ou para a direita para cancelar.
4.
Quando a máquina é ligada, aparece uma mensagem a sugerir que apague a memória de tendências, de modo a
iniciar um novo paciente sem que haja informações de pacientes anteriores na memória de tendências. Este
ecrã aparece na Figura 34 - Mensagem de memória de tendências, abaixo. Clique em SIM para apagar a
memória de tendências. Se pretender continuar a fazer medições no mesmo paciente que anteriormente,
poderá querer manter a memória de tendências. Nesse caso, clique em NÃO. Se registar os dados de um
paciente como parte de um caso, a memória de tendências será sempre apagada quando encerrar o caso.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
91
Utilizar as tendências
Figura 34 - Mensagem de memória de tendências
Configurar tendências
Para alterar os parâmetros das visualizações de tendências, vá ao ecrã de Início e seleccione SISTEMA para ver o
ecrã de Configuração do Sistema. A tabela seguinte apresenta as opções tal como aparecem no ecrã de
Configuração do Sistema.
Tabela 22 - Parâmetros do monitor
DATA
HORA
IDIOMA
MD MARCAÇÃO EVENTOS
VIS GRÁF TEND [hora]
VIS INCRE TEND [min]
CHAMAR ENFERMEIZ
ECRÃ DE INÍCIO
VISOR IPI INÍ (hora)
ALARME IPI
MAIO 25, 2011
11:27:32 AM
INGLÊS
DETLH
4 horas
1,5 min
DESACT
PADRÃO
1 hora
DESACT
Os parâmetros dos dados de tendências são o Modo de Marcação de Eventos, visualização de Tendência Gráfica e
visualização de Incrementos de Tendências.
As definições de visualização de tendências referem-se à forma como o ecrã será inicialmente apresentado quando
entrar no modo de Tendência. Assim que estiver no ecrã de Tendência, estas visualizações podem ser facilmente
alteradas utilizando a funcionalidade de Zoom. Estas definições manter-se-ão até que o monitor seja desligado.
A alteração da resolução da frequência de armazenamento de dados só pode ser efectuada no ecrã de Predefinições
Institucionais (consulte Predefinições institucionais na página 131).
92
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Utilizar as tendências
Modo de marcação de eventos
•
Marcação de eventos detalhados: quando o botão de Evento é premido, pode introduzir uma descrição
específica do evento a partir de uma tabela de 30 valores definíveis pelo utilizador (consulte a secção
Introduzir eventos de pacientes na página 47).
•
Marcação de eventos rápidos: assinala que ocorreu um evento quando o botão de Evento é premido, mas não
apresenta quaisquer detalhes.
Se o monitor estiver definido para o modo de Marcação de Eventos Detalhados, mas não tiver tempo de
introduzir o evento detalhado, pode introduzir-se uma marca de evento rápido premindo o botão de Evento duas
vezes.
Visualização de tendência gráfica
As opções de visualização de Tendência Gráfica são de 2, 4 e 12 horas. A predefinição de fábrica é de 4 horas.
Visualização de incrementos de tendências
As opções de visualização de Incrementos de Tendências para a visualização de Tendência Tabular são MÍNIMO,
1,5, 3, 15 ou 60 minutos. A predefinição de fábrica é de 1,5 minutos. A definição MÍNIMO é definida como a
resolução de gravação de tendência e pode ser 5, 10 ou 30 segundos (consulte Alterar as predefinições
institucionais na página 131 para obter instruções acerca de como alterar a resolução de gravação).
A alteração da resolução da frequência de armazenamento de dados só pode ser efectuada no ecrã de Predefinições
Institucionais (consulte Predefinições institucionais na página 131).
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
93
Do not touch this field - it is invisible and does not appear in the
final document
Capítulo 11
Relatórios
Relatório de apneia e dessaturação de O2
Opções do relatório impresso
Relatórios impressos
Exemplos de relatórios
Quando o utilizador clica no botão RELATÓRIOS no ecrã de Início, o relatório de apneia e dessaturação de O2
aparecerá no ecrã. Consulte Relatório de apneia e dessaturação de O2, abaixo para obter mais informações. Para
imprimir outros relatórios de paciente, clique no botão IMPRIMIR RELATÓRIO no ecrã de Relatório de Apneia e
Dessaturação de O2. Para obter mais informações, consulte Relatórios impressos na página 98.
Se a visualização de A/h e ODI estiver indisponível ou desactivada (no ecrã de Predefinições Institucionais ou de
Configuração do Sistema), ou se o Tipo de Paciente estiver definido para Lactente/Neonatal ou para um dos tipos
de paciente Pediátrico, o botão RELATÓRIOS não aparecerá. Clicar no botão IMPRIMIR no ecrã de Início irá
abrir o ecrã de Imprimir. Para obter mais informações, consulte Relatórios impressos na página 98.
Relatório de apneia e dessaturação de O2
Os relatórios de apneia e dessaturação no ecrã e impressos mostram um panorama abrangente do número de
eventos de apneia e dessaturação de O2 num determinado período de tempo de 2, 4, 8 ou 12 horas. Mostram o
resultado médio de A/h e ODI para o período completo, bem como uma listagem do número de eventos durante
cada parte do período de tempo definido, com os eventos de apneia listados pelo número de segundos de duração
de cada evento. A soma dos eventos em cada linha no período de tempo completo (2, 4, 8 ou 12 horas, consoante
definido pelo utilizador) é também mostrada. Estes relatórios fornecem detalhes relativos ao estado de A/h e ODI
do paciente, e um panorama geral que pode ajudar o prestador de cuidados de saúde a detectar tendências do
paciente nestas áreas.
Este relatório só está disponível para pacientes adultos, dado que A/h e ODI estão apenas disponíveis para
pacientes adultos.
Nos casos em que parte da informação do período definido está em falta (por ex., SpO2 não foi medida durante uma
determinada meia hora durante as 12 horas vistas no ecrã, pelo que não foi possível medir ODI nessa meia hora), a
secção de tempo relevante estará esbatida a cinzento para indicar que faltam dados. Se a primeira hora de
monitorização ainda não tiver decorrido na totalidade, a secção de tempo relevante neste ecrã também estará
esbatida a cinzento (dado que A/h e ODI são indicadores/hora, não é possível calculá-los e apresentá-los se menos
de uma hora de dados estiver disponível).
94
Nota:
Este relatório é actualizado a cada 60 segundos. Dado que os valores de A/h e ODI no ecrã de Início são
actualizados uma vez por segundo, poderá haver ocasionalmente uma ligeira discrepância temporária
entre os valores dos dois ecrãs.
Nota:
Recomenda-se a visualização deste ecrã quando o prestador de cuidados de saúde pretende obter mais
informações acerca dos eventos de apneia e dessaturação de O2 do paciente ou quando um indicador no
ecrã de Início aponta para a visualização do relatório. Durante a visualização do relatório no ecrã do
monitor, esta não é actualizada, pelo que não se recomenda a visualização contínua deste relatório no
monitor, mas sim a visualização contínua do ecrã de Início durante a monitorização de um paciente. Os
valores de EtCO2, FiCO2, FR, SpO2 e FP são actualizados continuamente em todos os ecrãs, incluindo o
ecrã de Relatório de A/h e Dessaturação de O2.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Relatórios
O ecrã de Relatório de Apneia e Dessaturação de O2 é acedido através do botão RELATÓRIOS no menu do ecrã
de Início. O relatório impresso visto no ecrã de Imprimir Relatório pode ser impresso a partir do ecrã de Relatório
de Apneia e Dessaturação de O2 com a impressora incorporada do Capnostream (através do botão INICIAR
IMPRESS) ou guardado numa unidade de memória flash USB (através do botão INICIAR USB).
Os botões do ecrã de Relatório de Apneia e Dessaturação de O2 são:
•
•
•
•
•
TENDÊNCIA – para o ecrã de Tendência Gráfica.
IMPRIMIR – o utilizador acede ao ecrã de Imprimir padrão.
ZOOM – altera o período de tempo visualizado no ecrã para outra opção. As opções são 2, 4 e 12 horas.
DESLOCAR – move o cursor pelo ecrã para ser possível visualizar diferentes intervalos de tempo.
IMPRIMIR RELATÓRIO – o utilizador acede ao ecrã de Relatório de Apneia e Dessaturação de O2:
Imprimir Relatório.
As informações fornecidas no relatório de apneia e dessaturação de O2 guardado numa unidade de memória flash
USB são:
Nome do relatório
Descrição
Relatório de apneia e
dessaturação de O2
Ficheiro delimitado por tabulações
com o sufixo .txt. Regista dados
de A/h e ODI, e todos os dados de
tendências das 2, 4, 8 ou 12 horas
anteriores (consoante o nível de
ZOOM seleccionado).
Campos incluídos
DATA, HORA, ID CASO, TIPO DE PACIENTE, ZOOM
SELEC
Contagens de apneia e de dessaturação para cada
período de tempo do relatório, somatório das contagens
de apneia e de dessaturação para o período completo, e
média dos resultados de A/h e ODI
Leituras do paciente: EtCO2, FR, SpO2, FP, IPI
Ocorrências de alarme urgente do paciente: A EtCO2, B
EtCO2, MÁX FR, MÍN FR, S/ RESP, A SpO2, B SpO2,
MÁX FP, MÍN FP, MÍN IPI
Ocorrências de mensagens de advertência do
equipamento:
Eventos: EVENTO 1, EVENTO 2, EVENTO 3
O relatório de apneia e dessaturação de O2 impresso inclui as seguintes informações:
Nome do relatório
Descrição
Campos incluídos
Relatório de apneia e
dessaturação de O2
Dados de A/h e ODI juntamente
com leituras do paciente (tal como
vistas no relatório de tendências)
e dados de tendências gráficas.
Relatório que apresenta dados
das 2, 4, 8 ou 12 horas anteriores
(consoante o nível de ZOOM
seleccionado).
DATA, HORA, ID CASO, TIPO DE PACIENTE, ZOOM
SELEC, somatório das contagens de apneia e de
dessaturação para o período completo, média dos
resultados de A/h e ODI desse período, e contagens de
apneia e de dessaturação para cada período de tempo do
relatório.
Leituras do paciente: EtCO2, FR, SpO2, FP, IPI
Gráficos de tendências gráficas do paciente: EtCO2, FR,
SpO2, FP, IPI
É apresentado um exemplo de relatório de apneia e dessaturação de O2 impresso na Figura 36 - Relatório impresso
de apneia e dessaturação na página 97.
É apresentado um exemplo do ecrã de Relatório de Apneia e Dessaturação de O2 na Figura 35 - Ecrã de relatório de
apneia e dessaturação na página 96.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
95
Relatórios
Média de
apneias por
hora
Contagens e
somas de
apneia
Contagem de
dessaturação
Soma de
dessaturação
ODI
Figura 35 - Ecrã de relatório de apneia e dessaturação
Informações do
paciente vistas no ecrã
96
Explicação
A/h (apneias por hora)
Média/hora de A/h durante o período de tempo completo que
aparece no ecrã
ContApneia (contagem
de apneia)
Soma de todas as ocorrências de Sem Respiração (apneia) em
cada categoria de tempo (≥10 segundos, 10-19 segundos,
20-29 segundos) durante o período de tempo completo que
aparece no ecrã
SOMA (soma de apneia)
Número de ocorrências de Sem Respiração (apneia) em cada
categoria de tempo (≥10 segundos, 10-19 segundos,
20-29 segundos) em cada intervalo dentro do período de tempo
relevante (neste caso, de 12:00 AM a 1:00 AM)
Cont Des-sat (contagem
de dessaturação)
Soma de todas as ocorrências de dessaturação durante o
período de tempo completo que aparece no ecrã
SOMA (soma de
dessaturação)
Número de ocorrências de dessaturação em cada intervalo
dentro do período de tempo relevante (neste caso, de 12:00 AM
a 1:00 AM)
ODI (índice de
dessaturação de oxigénio)
Média/hora de ODI durante o período de tempo completo que
aparece no ecrã
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Relatórios
Figura 36 - Relatório impresso de apneia e dessaturação
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
97
Relatórios
Opções do relatório impresso
O monitor Capnostream pode ser adquirido com uma impressora de fita térmica incorporada. O menu de impressão
de relatórios no Capnostream destina-se à utilização com a impressora opcional.
Para imprimir um relatório numa impressora externa, o procedimento recomendado consiste em transferir os dados
para um computador utilizando um dispositivo de memória USB flash (consulte Transferência de dados através da
porta de dados USB na página 104). O relatório pode então ser formatado e impresso utilizando o computador.
Estão disponíveis os seguintes relatórios impressos:
•
•
•
•
•
•
•
Relatório de caso tabular
Relatório de caso gráfico
Relatório de tendência tabular
Relatório de tendência gráfica
Formas de onda contínua em tempo real
Forma de onda de CO2 contínua em tempo real
Tabular contínuo em tempo real
O relatório de apneia e dessaturação de O2 impresso (se disponível) foi abordado anteriormente.
Os dados impressos para os relatórios de tendências são os dados que foram apresentados pela última vez no ecrã
de Tendência na altura em que foi seleccionado IMPRIMIR TEND. A resolução do relatório de caso é sempre a
resolução mínima (detalhe máximo).
Os dados tabulares contínuos em tempo real são impressos no mesmo intervalo de actualização dos valores no ecrã.
Os gráficos de forma de onda contínua em tempo real são impressos como visualizados no ecrã.
Tenha em atenção que todos os relatórios de tendências e casos devem ser impressos antes de concluir o caso.
Assim que termina um caso, os dados de caso e de tendência são apagados da memória e deixa de ser possível
imprimir.
Relatórios impressos
O ecrã de Imprimir é acedido através do ecrã de Relatório de Apneia e Dessaturação de O2 (se A/h e ODI estiverem
activados) ou do ecrã de Início (se A/h e ODI estiverem indisponíveis ou desactivados).
O ecrã de Imprimir permite-lhe escolher qual o relatório a imprimir e também começar e interromper a impressão
de um relatório.
98

1.
PARA IMPRIMIR UM RELATÓRIO:
No ecrã de Início, seleccione RELATÓRIOS.
2.
No ecrã de Apneia e Dessaturação de O2 que aparecer, seleccione IMPRIMIR para visualizar o ecrã de
Imprimir apresentado na Figura 37 - Ecrã de imprimir na página 99.
3.
Para pacientes do tipo Lactente/Neonatal, seleccione IMPRIMIR no ecrã de Início para visualizar o ecrã de
Imprimir.
4.
Utilize o manípulo de controlo para seleccionar o tipo de relatório a imprimir. Só se pode seleccionar um tipo
de relatório de cada vez. Um asterisco (*) irá indicar o relatório que foi seleccionado. Se escolher um relatório
de caso e nenhum caso estiver presentemente activo, o campo à direita do nome do relatório irá indicar SEM
CASOS.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Relatórios
Figura 37 - Ecrã de imprimir
5.
Escolha os dados a imprimir:
Seleccione a opção FORMATO IMPRESS no ecrã de Imprimir. No ecrã de Formato de Impressão,
seleccione os parâmetros que pretende imprimir no relatório.
Aparecem três colunas de dados num relatório impresso nos formatos tabulares e dois gráficos num relatório
impresso nos formatos gráficos. O formato de impressão seleccionado aplica-se a todos os relatórios a serem
impressos.
Nota:
Para um relatório de tendência tabular ou tendência gráfica, se FiCO2 for seleccionado, a coluna é deixada
em branco, porque os dados de FiCO2 não são armazenados na memória de tendências.
Para os relatórios tabulares, estão disponíveis para selecção as opções EtCO2, FiCO2, FR, SpO2, FP, IPI e em
branco. Para os relatórios gráficos, estão disponíveis para selecção as opções EtCO2, FR, SpO2, FP, IPI e em
branco. Seleccionar em branco significa que nada será impresso nessa coluna.
6.
Clique em RETROCEDER na barra de menus na parte inferior do ecrã para regressar ao ecrã de Imprimir.
7.
Clique em INICIAR IMPRESS no ecrã de Imprimir para começar a imprimir. Para parar de imprimir, para
parar uma impressão contínua ou abortar outros relatórios que não tenham sido concluídos, clique no botão
PARAR IMPRESS no ecrã.
Tabela 23 - Relatórios impressos – parâmetros
Nome do
relatório
Todos os
relatórios
Descrição
Campos incluídos
Intervalo temporal do
relatório
Nome do relatório (RELATÓRIO DE
TENDÊNCIAS, RELATÓRIO DE CASO ou
RELATÓRIO EM TEMPO REAL)
Tipo de paciente (ADULTO, PEDIÁTRICO
[3 intervalos etários] ou
LACTENTE/NEONATAL)
Identificação do caso
DATA, HORA
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
99
Relatórios
Nome do
relatório
Relatório de
caso tabular
Descrição
Campos incluídos
Intervalo temporal do
relatório
Leituras do paciente do
caso registado em
formato tabular. O
tempo entre as entradas
de dados é a menor
resolução disponível
para a visualização de
incrementos de
tendências
(30 segundos).
Leituras do paciente no início e no final de
um período de registo: EtCO2, FiCO2, FR,
SpO2, FP, IPI.
Do início do caso até à hora
actual; assim que o caso é
interrompido, os dados
deixam de estar disponíveis
Leituras do paciente: Três dos parâmetros
seguintes (consoante os parâmetros
escolhidos no ecrã de FORMATO DE
IMPRESSÃO; consulte Para imprimir um
relatório na página 98): EtCO2, FiCO2, FR,
SpO2, FP, IPI.
Ocorrências de alarme urgente do
paciente: A EtCO2, B EtCO2, MÁX FR, MÍN
FR, S/ RESP, A SpO2, B SpO2, MÁX FP,
MÍN FP, MÍN IPI.
Ocorrências de mensagens de advertência
do equipamento: CO2 INDISP, SpO2
INDISP, BATERIA FRACA
Eventos: EVENTO 1, EVENTO 2,
EVENTO 3
Relatório de
caso gráfico
Relatório de
tendência tabular
Leituras do paciente do
caso registado em
formato gráfico. O
tempo entre as entradas
de dados é a menor
resolução disponível
para a visualização de
incrementos de
tendências
(30 segundos).
Leituras do paciente da
memória de tendências
em formato tabular. O
tempo entre as entradas
de dados é a resolução
definida para a
visualização de
incrementos de
tendências (MÍNIMO
[30 segundos],
1,5 minutos, 3 minutos,
15 minutos, 60 minutos).
Leituras do paciente no início e no final de
um período de registo: EtCO2, FR, SpO2,
FP, IPI.
Gráficos dos níveis de dois dos seguintes
parâmetros (segundo os parâmetros
escolhidos no ecrã de FORMATO DE
IMPRESSÃO; consulte Para imprimir um
relatório na página 98) em intervalos de
30 segundos: EtCO2 (mmHg), FR (bpm,
respirações por minuto), SpO2 (%), FP
(bpm, batimentos por minuto), IPI.
DATA, HORA
Leituras do paciente no início do período
de registo: EtCO2, FiCO2, FR, SpO2, FP,
IPI.
Leituras do paciente em intervalos
definidos para a visualização de
incrementos de tendências: Três dos
parâmetros seguintes (consoante os
parâmetros escolhidos no ecrã de
FORMATO DE IMPRESSÃO; consulte
Para imprimir um relatório na página 98):
EtCO2, FiCO2, FR, SpO2, FP, IPI.
Ocorrências de alarme urgente do
paciente: A EtCO2, B EtCO2, MÁX FR, MÍN
FR, S/ RESP, A SpO2, B SpO2, MÁX FP,
MÍN FP, MÍN IPI.
Ocorrências de mensagens de advertência
do equipamento: CO2 INDISP, SpO2
INDISP, BATERIA FRACA
Eventos: EVENTO 1, EVENTO 2,
EVENTO 3
100
Do início do caso até à hora
actual; assim que o caso é
interrompido, os dados
deixam de estar disponíveis
Os dados de tendências, tal
como aparecem no ecrã de
Tendência actualmente
apresentado ou, se estiver
a imprimir a partir do ecrã
de IMPRIMIR, o ecrã de
Tendência mais
recentemente apresentado.
Apenas os pontos de dados
actualmente visíveis no
ecrã (cerca de dez pontos
de dados) serão impressos.
Assim, o nível de ZOOM no
ecrã de Tendência (as
opções disponíveis são 2, 4
e 12 horas) irá determinar o
número de minutos/horas
de dados vistos na
impressão. Depois de
apagar as tendências, os
dados deixam de estar
disponíveis.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Relatórios
Nome do
relatório
Descrição
Relatório de
tendência gráfica
Leituras do paciente da
memória de tendências
em formato gráfico. O
tempo entre as entradas
de dados é a resolução
definida para a
visualização de
incrementos de
tendências (MÍNIMO
[30 segundos],
1,5 minutos, 3 minutos,
15 minutos, 60 minutos).
Leituras do paciente no início do período
de registo: EtCO2, FR, SpO2, FP, IPI.
Gráficos dos níveis de dois dos seguintes
parâmetros (segundo os parâmetros
escolhidos no ecrã de FORMATO DE
IMPRESSÃO; consulte Para imprimir um
relatório na página 98) em intervalos
definidos para a visualização de
incrementos de tendências: EtCO2, FR,
SpO2, FP, IPI.
Os dados de tendências, tal
como aparecem no ecrã de
Tendência actualmente
apresentado ou, se estiver a
imprimir a partir do ecrã de
IMPRIMIR, o ecrã de
Tendência mais
recentemente apresentado.
Assim, o nível de ZOOM no
ecrã de Tendência (as
opções disponíveis são 2,
4 e 12 horas) irá determinar
o número de horas de dados
vistos na impressão. Depois
de apagar as tendências, os
dados deixam de estar
disponíveis.
Forma de onda
contínua em
tempo real
Apresentação gráfica
dos níveis de EtCO2 e
SpO2, com um ponto de
dados a cada
50 milissegundos
Leituras do paciente no início do período
de registo: EtCO2, FiCO2 , FR, SpO2 , FP
Gráficos de níveis de EtCO2 e SpO2.
Dados em tempo real
desde que se prime
INICIAR IMPRESS até que
se prime PARAR IMPRESS
Forma de onda
de CO2 contínua
em tempo real
Apresentação gráfica
dos níveis de EtCO2,
com um ponto de dados
a cada 50 milissegundos
Leituras do paciente no início do período
de registo: EtCO2, FiCO2 , FR, SpO2 , FP.
Dados em tempo real
desde que se prime
INICIAR IMPRESS até que
se prime PARAR IMPRESS
Tabular contínuo
em tempo real
Apresentação tabular de
EtCO2, FR e FP, com
uma linha de dados a
cada 2 segundos
Leituras do paciente no início do período
de registo: EtCO2, FiCO2, FR, SpO2, FP,
IPI.
Três dos parâmetros seguintes (consoante
os parâmetros escolhidos no ecrã de
FORMATO DE IMPRESSÃO; consulte
Para imprimir um relatório na página 98):
EtCO2, FiCO2, FR, SpO2, FP, IPI.
Dados em tempo real
desde que se prime
INICIAR IMPRESS até que
se prime PARAR IMPRESS
*
Campos incluídos
Intervalo temporal do
relatório
Tenha em atenção que, em todos os casos, EtCO2 e FiCO2 são apresentados em unidades seleccionadas, SpO2 em
percentagens, e FR e FP em bpm (respirações por minuto e batimentos por minuto, respectivamente).
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
101
Relatórios
Exemplos de relatórios
Exemplos de relatórios de caso
Seguem-se exemplos de relatórios de caso tabulares e gráficos, como descrito anteriormente.
Figura 38 - Impressão de exemplos de relatórios de caso
102
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Relatórios
Exemplos de relatórios de tendência
Seguem-se exemplos de relatórios de tendências tabulares e gráficas, como descrito anteriormente.
Figura 39 - Relatórios de tendências impressos
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
103
Do not touch this field - it is invisible and does not appear in the
final document
Capítulo 12
Transferir dados de pacientes
Introdução
Transferência de dados através da porta de dados USB
Transferência de dados através da porta RS-232
Exportação de dados analógicos com o
Funcionamento da chamada de enfermeiro
Tipos de sistemas de chamada de enfermeiro
Funcionamento com sistemas de dados de pacientes hospitalares
Funcionamento com monitores de paciente Philips e com o módulo VueLink
Funcionamento com sistemas Nuvon VEGA
Introdução
O Capnostream pode exportar os dados armazenados e actuais para dispositivos externos através dos seguintes
métodos:
•
Transferência de dados através de um dispositivo de memória USB flash para posterior transferência para um
computador
•
•
Ligação directa a um computador através da porta RS-232
Saída analógica de 7 canais
A ocorrência de uma condição de alarme pode também ser indicada num sistema externo através da funcionalidade
de Chamada de Enfermeiro.
Transferência de dados através da porta de dados USB
Há sete tipos de relatórios que podem ser transferidos para um dispositivo de memória flash USB, tal como descrito
na tabela seguinte. Há cinco tipos de relatório que estão em formato de texto e que são adequados para utilização
em aplicações como o Microsoft Excel. Os dois tipos de relatórios de dados binários destinam-se a aplicações
avançadas de programação.
Além disso, é possível transferir o relatório de apneia e dessaturação de O2 (se A/h e ODI estiverem disponíveis)
para um dispositivo de memória flash USB. Consulte Relatório de apneia e dessaturação de O2 na página 94 para
obter mais informações.
Todos os alarmes de A/h e ODI não serão registados quando A/h e ODI não estiverem disponíveis.
104
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Transferir dados de pacientes
Tabela 24 - Tipos de transferência de dados
Nome do relatório
Relatório de caso
tabular
Relatório de tendência
tabular
Descrição
Campos incluídos
Ficheiro delimitado por tabulações
com o sufixo .txt. (Os ficheiros
delimitados por tabulações podem
ser exportados para o Excel,
utilizando “tabulação” como o
delimitador.) Elabora o relatório
dos dados armazenados na
memória de tendências que são
atribuídos ao caso seleccionado.
O tempo entre as entradas de
dados é a resolução definida para
o armazenamento de tendências
(5, 10 ou 30 segundos).
DATA, HORA
Ficheiro delimitado por tabulações
(.txt). Elabora o relatório de todos
os dados armazenados na
memória de tendências. O tempo
entre as entradas de dados é a
resolução definida para o
armazenamento de tendências
(5, 10 ou 30 segundos).
DATA, HORA
Leituras do paciente: EtCO2, FR, SpO2, FP, IPI.
Ocorrências de alarme urgente do paciente: A EtCO2, B
EtCO2, MÁX FR, MÍN FR, S/ RESP, A SpO2, B SpO2,
MÁX FP, MÍN FP, MÍN IPI, EVNT APNEIA 10-19 SEG,
EVNT APNEIA 20-29 SEG, EVNT APNEIA >30 SEG,
EVNT DES-SAT
Ocorrências de mensagens de advertência do
equipamento: CO2 INDISP, SpO2 INDISP, BATERIA
FRACA
Eventos: EVENTO 1, EVENTO 2, EVENTO 3
Leituras do paciente: EtCO2, FR, SpO2, FP, IPI.
Ocorrências de alarme urgente do paciente: A EtCO2, B
EtCO2, MÁX FR, MÍN FR, S/ RESP, A SpO2, B SpO2,
MÁX FP, MÍN FP, MÍN IPI, EVNT APNEIA 10-19 SEG,
EVNT APNEIA 20-29 SEG, EVNT APNEIA >30 SEG,
EVNT DES-SAT.
Ocorrências de mensagens de advertência do
equipamento: CO2 INDISP, SpO2 INDISP, BATERIA
FRACA
Eventos: EVENTO 1, EVENTO 2, EVENTO 3
Forma de onda de
CO2 contínua em
tempo real
Ficheiro delimitado por tabulações
(.txt) com entradas de dados a
cada 50 milissegundos.
DATA, HORA
Tabular contínuo em
tempo real
Ficheiro delimitado por tabulações
(.txt), semelhante ao relatório de
Tendência Tabular, mas
transmitido linha a linha em tempo
real.
DATA, HORA
Leitura do paciente a cada 50 milissegundos (para criar a
forma de onda de CO2): CO2*
Leituras do paciente: EtCO2, FiCO2, FR, SpO2, FP, IPI,
A/H, ODI.
Ocorrências de alarme urgente do paciente: A EtCO2, B
EtCO2, MÁX FR, MÍN FR, S/ RESP, A SpO2, B SpO2,
MÁX FP, MÍN FP, MÍN IPI, EVNT APNEIA 10-19 SEG,
EVNT APNEIA 20-29 SEG, EVNT APNEIA >30 SEG,
EVNT DES-SAT.
Ocorrências de mensagens de advertência do
equipamento: CO2 INDISP, SpO2 INDISP, BATERIA
FRACA
Eventos: EVENTO 1, EVENTO 2, EVENTO 3
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
105
Transferir dados de pacientes
Nome do relatório
Descrição
Tabular contínuo em
tempo real com forma
de onda contínua em
tempo real (o nome
abreviado é
TRANSFERÊNCIA
CONTÍNUA
COMPLETA)
Ficheiro delimitado por tabulações
(.txt), semelhante ao relatório
Tabular Contínuo em Tempo Real,
transmitido linha a linha, mas com
entradas de dados a cada
50 milissegundos (20 vezes por
segundo). São mostrados dados
de CO2, que podem ser utilizados
para criar uma forma de onda
contínua em tempo real, com
entradas de dados a cada
50 milissegundos. Os dados
tabulares são registados em
pontos de dados com base na
resolução definida para o
armazenamento de tendências
(5, 10 ou 30 segundos), pelo que
os dados entre estes pontos são
repetidos em linhas adicionais.
Campos incluídos
DATA, HORA
Leituras do paciente (na resolução de armazenamento de
tendências): EtCO2, FiCO2, FR, SpO2, FP, IPI, A/H, ODI
Ocorrências de alarme urgente do paciente: A EtCO2,
B EtCO2, MÁX FR, MÍN FR, S/ RESP, A SpO2, B SpO2,
MÁX FP, MÍN FP, MÍN IPI, EVNT APNEIA 10-19 SEG,
EVNT APNEIA 20-29 SEG, EVNT APNEIA >30 SEG,
EVNT DES-SAT
Ocorrências de mensagens de advertência do
equipamento: CO2 INDISP, SpO2 INDISP, BATERIA
FRACA
Eventos: EVENTO 1, EVENTO 2, EVENTO 3
Leitura do paciente a cada 50 milissegundos (para criar a
forma de onda de CO2): Onda CO2
Transferência
contínua binária total
Consulte o documento Protocolos de Transferência de Dados Capnostream
Transferência de
tendência binária total
Consulte o documento Protocolos de Transferência de Dados Capnostream
*
CO2 em mm/Hg (milímetros de mercúrio)
Tenha em atenção que, nos ficheiros .txt, as primeiras seis linhas de dados são como se segue:
Linha 1 – Nome do tipo de relatório
Linha 2 – Em branco ou ID do paciente (se o relatório for um relatório de caso)
Linha 3 – Tipo de paciente (consulte Configurar o tipo de paciente na página 46 para obter informações acerca de
tipos de paciente)
Linha 4 – Em branco
Linha 5 – Cabeçalhos das colunas
Linha 6 – Segunda linha dos cabeçalhos das colunas
O Capnostream reconhece os dispositivos de unidade de memória flash fabricados por SanDisk, Lexar e PNY
Technologies. Não irá reconhecer unidades de memória flash com capacidades avançadas que necessitem da
instalação de controladores adicionais, como o Sandisk U3. O limite de capacidade de uma unidade USB que pode
ser utilizada com o Capnostream é de 8 GB. Um dispositivo de memória flash típico é apresentado em seguida.
Figura 40 - Dispositivo de memória flash típico
106
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Transferir dados de pacientes

PARA REGISTAR OS DADOS CAPNOSTREAM NUM DISPOSITIVO USB:
1.
Insira uma unidade de memória flash USB na porta USB na parte de trás do Capnostream.
2.
Quando a unidade de memória flash for detectada, o ícone USB irá aparecer no canto superior direito do visor,
ao lado do símbolo do alarme. Dependendo do tipo de unidade, isto poderá demorar até 40 segundos.
Ícone da porta
USB
Figura 41 - Ícone USB
Nota:
A porta USB no monitor Capnostream destina-se apenas a utilização com um dispositivo de memória flash.
Não é uma porta USB inteiramente funcional. Não tente ligar o monitor a um computador através da porta
USB.
3.
Depois de o ícone USB aparecer, o monitor está pronto a exportar dados para o dispositivo de memória flash
USB.
4.
A partir do ecrã de Início, seleccione o botão SISTEMA na barra de menus para abrir o ecrã de Sistema e, em
seguida, seleccione EXPORTAÇÃO DE DADOS.
5.
Utilize o manípulo de controlo para seleccionar o relatório pretendido na tabela de EXPORTAÇÃO DE
DADOS, como mostrado em seguida. Note que as opções de Caso Tabular e Tendência Tabular apenas estão
disponíveis quando um caso está activo. Se o caso actual for encerrado, o caso e a memória de tendências são
apagados e esta informação deixará de estar disponível.
Tabela 25 - Seleccionar o tipo de exportação de dados
CASO TAB
TEND TAB
FORMA ONDA CO2 CONT TP REAL
TAB CONT TEMPO REAL
TRANSFERÊNCIA CONTÍNUA COMPLETA
TRANSF CONT BIN TOTAL
TRANSF TEND BIN TOTAL
6.
Irá aparecer um asterisco à esquerda do nome do relatório seleccionado. Se nenhum caso estiver activo, irá
aparecer o texto SEM CASOS à direita da opção de Caso Tabular quando essa opção for seleccionada.
7.
Gire o manípulo de controlo para seleccionar INICIAR USB na barra de menus e clique para iniciar a
transferência de dados. A exportação de dados pode ser abortada, clicando novamente para seleccionar
PARAR USB.
CUIDADO: Se a unidade de disco de memória flash for removida do Capnostream quando a transferência de
dados estiver em curso, os dados poderão não ser legíveis. Antes de remover a unidade de memória
flash, a transferência de dados deve ser concluída ou interrompida, seleccionando PARAR USB na
barra de menus.
Nota:
Se o Capnostream não detectar a unidade de memória flash, retire e volte a inserir a unidade de memória
flash. Se a unidade de memória flash ainda não for detectada, verifique se a unidade que está a ser
utilizada é de um fabricante suportado.
Se o espaço livre em disco na unidade de memória flash for inferior a 100 kb, não será permitido escrever
na unidade de disco USB. Nesta situação, se a transferência de dados já estiver em curso, será abortada.
Qualquer nova transferência de dados NÃO PODE ser iniciada na condição de espaço em disco
insuficiente.
Nota:
Tenha em atenção os detalhes adicionais relativos a relatórios de tendências em Notas importantes
relativas a relatórios de tendências na página 90.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
107
Transferir dados de pacientes
A quantidade máxima de dados que pode ser transferida num único ficheiro é de 65.536 linhas (isto corresponde à
dimensão máxima por folha de um ficheiro Excel no Excel 2003 e anterior). Se os dados excederem 65.536 linhas,
é aberto automaticamente um novo ficheiro e os dados continuam a ser transferidos para o novo ficheiro. Nesta
situação, o nome do novo ficheiro é indexado, tal como descrito na seguinte Tabela 26 - Convenções de nomes para
ficheiros.
Seguem-se estimativas dos tamanhos aproximados dos ficheiros que podem ser gerados. Para os casos de pacientes
em que os eventos e alarmes sejam registados extensivamente, os tamanhos dos ficheiros serão maiores.
Caso tabular: 1 hora @ resolução de 30 s: 21 kB
Tendência tabular: 1 hora @ resolução de 30 s: 24 kB
Forma de onda de CO2 contínua em tempo real: 1 hora @ resolução de 50 ms: 4,2 MB
Tabular contínuo em tempo real: 1 hora @ resolução de 2 s: 264 kB
Transferência contínua completa: 1 hora @ resolução de 50 ms: 12 MB
Transferência contínua binária total: 1 hora @ resolução de 50 ms: 732 kB
Transferência de tendência binária total: 1 hora @ resolução de 30 s: 5 kB
Convenção de nomes para os ficheiros USB
Para os diferentes tipos de relatório, utiliza-se a seguinte convenção para os nomes.
<TIPO DE RELATÓRIO>_<TIPO DE PACIENTE>_<DATA DO RELATÓRIO>_<HORA DO RELATÓRIO>_
<ID PAC>_<N.º DO FICHEIRO>.ext
Onde:
•
TIPO DE RELATÓRIO – identificador do tipo de relatório, com três letras (consulte a Tabela 26 Convenções de nomes para ficheiros).
•
•
•
•
TIPO DE PACIENTE – tipo de paciente (Adulto, Pediátrico 6-12 anos, etc.).
•
N.º DO FICHEIRO – um número de série executável que indica se os dados foram divididos em vários
ficheiros.
•
A extensão de ficheiro .ext é .txt (tipo de ficheiro delimitado por tabulações) ou .bin (tipo de ficheiro
binário).
DATA DO RELATÓRIO – Data de início em que o relatório foi efectuado, no formato aammdd.
HORA DO RELATÓRIO – Hora de início em que o relatório foi efectuado, no formato hhmmss.
ID PAC – Identificação do paciente, tal como introduzida no dispositivo (ou fornecida automaticamente pelo
dispositivo).
O campo de identificação do paciente no monitor contém o carácter '/', que não é um carácter válido para nomes de
ficheiros. É substituído por um hífen '-' para os nomes de ficheiros. O carácter '/' é utilizado pelo monitor para
indicar múltiplos ficheiros com a mesma identificação do paciente (por ex. - Silva/1, Silva/2, Silva/3).
Exemplos de nomes de ficheiros:
Para diferentes relatórios efectuados a 15 de Janeiro de 2011 às 05:23:57 para o paciente com a ID de paciente
"20090115035705", os nomes dos ficheiros seriam:
Tabela 26 - Convenções de nomes para ficheiros
Tipo de relatório
108
Nome do ficheiro
Relatório de caso tabular
RCT_ADULTO_110115_052357_20110115035705_1.txt
Relatório de tendência tabular
RTT_ADULTO_110115_052357_20110115035705_1.txt
Forma de onda de CO2 contínua em
tempo real
FCT_ADULTO_110115_052357_20110115035705_1.txt
Tabular contínuo em tempo real
TCT_ADULTO_110115_052357_20110115035705_1.txt
Transferência contínua completa
TRCC_ADULTO_110115_05235720110115035705_1.txt
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Transferir dados de pacientes
Tipo de relatório
Nome do ficheiro
Transferência contínua binária total
TCT_ADULTO_110115_052357_20110115035705_1.bin
Transferência de tendência binária total
TTT_ADULTO_110115_052357_20110115035705_1.bin
Relatório de apneia e dessaturação de O2
(se disponível)
RAD_ADULTO_110115_052357_20110115035705_1.txt
Exemplos
Utilizando o mesmo exemplo descrito anteriormente, ficheiros múltiplos para o mesmo relatório tabular contínuo
em tempo real teriam este aspecto:
Tipo de relatório
Nome do ficheiro
Tabular contínuo em tempo real TCT_110115_052357_1.txt TCT_110115_052357_2.txt
TCT_110115_052357_3.txt TCT_110115_052357_4.txt ... TCT_110115_052357_10.txt ...
TCT_110115_052357_100.txt ... TCT_110115_052357_1000.txt
Nota:
Os ficheiros binários nunca são divididos em vários ficheiros porque não têm a limitação de comprimento
imposta pelo MS Excel.
Mensagens de erro USB
As seguintes mensagens poderão aparecer na área de mensagens do monitor:
DISPOSITIVO USB NÃO ENCONTRADO: Mensagem de advertência apresentada se existir uma tentativa de
operação USB na ausência de um dispositivo USB.
DISPOSITIVO USB FALHOU: Mensagem apresentada quando o dispositivo USB foi detectado, mas não foi
possível concluir a transferência de dados com êxito.
USB FLASH CHEIO: Mensagem de advertência apresentada quando já não é possível transferir dados para um
dispositivo de memória USB porque está cheio.
TEMPO LIMITE USB: Mensagem de advertência apresentada quando o monitor não consegue estabelecer
comunicação com o dispositivo USB.
Leitura dos dados do paciente a partir de ficheiros Capnostream guardados
Os tipos de relatório USB que têm um tipo de ficheiro .txt (delimitado por tabulações) são ficheiros de texto. Isto
torna-os fáceis de ler na maior parte das folhas de cálculo e das aplicações de software de base de dados. Neste
caso, o tipo de formato .txt significa que existe uma tabulação entre cada parte dos dados em cada linha do ficheiro.
A Nota de aplicação de transferência de dados do paciente, que explica a utilização dos dados transferidos, está
disponível no CD do Manual do Operador.
Os dois tipos de relatório USB que têm um tipo de ficheiro .bin são ficheiros binários. Estes ficheiros destinam-se a
utilização por programadores que estejam a criar programas de aplicações para utilização com o Capnostream. Os
formatos de ficheiro binário são descritos no documento Protocolos de transferência de dados Capnostream, que
está disponível no CD do Manual do Operador.
Transferência de dados através da porta RS-232
O Capnostream está equipado com uma ligação RS-232 de 9 pinos na parte de trás do monitor. Para obter
informações detalhadas acerca da utilização desta funcionalidade, consulte o documento Protocolos de
transferência de dados Capnostream, disponível no CD do Manual do Operador. A transferência de dados
VueLink através da porta RS-232 tem de ser activada no Capnostream; consulte Alterar as predefinições
institucionais na página 131.
A velocidade de transferência de dados para a interface RS-232 é definida no ecrã de Predefinições Institucionais:
Monitor. A predefinição de fábrica é a detecção automática da velocidade de transferência de dados.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
109
Transferir dados de pacientes
Consulte Alterar as predefinições institucionais na página 131 para obter informações acerca de como alterar a
velocidade de transferência de dados.
A transferência de dados via RS-232 pode decorrer em simultâneo com a transferência de dados via unidade de
memória flash USB.
Nota:
A porta RS-232 tem isolamento eléctrico, em conformidade com IEC 60101-1-1. Os dispositivos não
médicos, tais como PCs e impressoras, poderão ser ligados a esta porta sem isolamento eléctrico
adicional. Estes dispositivos têm de ser colocados a, pelo menos, 1,5 metros do ambiente do paciente.
A porta RS-232 pode ser utilizada para transferir dados para um PC através de Profox. Para obter mais detalhes,
contacte Profox Associates, Inc. em http://www.profox.net/.
Exportação de dados analógicos com o Capnostream®20p
Equipamento necessário
É apresentada em seguida uma lista dos itens necessários para configurar a transferência de dados entre um monitor
Capnostream e um sistema analógico.
Item
Detalhes/PN Oridion
®
®
Monitor Capnostream 20p
Qualquer monitor Capnostream 20p (CS20)
Cabo digital/analógico
010492 (deve ser adquirido em separado)
Sistema analógico (laboratório de sono ou outro sistema analógico)
N/D
Para a maioria dos sistemas, cabos de comunicação padrão com
ficha de áudio mono de 3,5 mm (1/8") para transferência de dados do
cabo conversor digital/analógico para o sistema analógico (o número
de cabos necessário dependerá do número de canais de
transferência dos dados).
Alguns sistemas necessitarão de cablagem diferente ou de um
adaptador, como o Remlogic, que necessita de conectores do tipo
ficha telefónica.
Estes cabos devem ser adquiridos
separadamente e podem ser obtidos em
qualquer loja de equipamento electrónico.
Para sistemas não padrão, poderão ser
necessários tipos de cabos diferentes.
Para configurar a transferência de dados entre o monitor e o dispositivo analógico, devem ser configuradas as
seguintes ligações:
•
•
Ligação do cabo D/A ao monitor
Ligação do cabo D/A ao dispositivo de gravação analógica
Estas ligações são descritas em seguida. Depois de efectuadas estas ligações, os dados serão transmitidos do
monitor para o dispositivo analógico, desde que os dois dispositivos estejam ligados.
O cabo de dados que liga os dois dispositivos inclui sete canais de dados. Cada canal de dados tem uma potência de
saída de 0-1 volts (1 V é o valor Máx Cal, isto é, o valor máximo) com uma corrente de dissipação de, pelo menos,
12 mA. Cada canal está também protegido contra curto-circuitos nas saídas.
Para todos os parâmetros medidos, um valor de sinal de medição de 0,9 volts é a medição da escala completa, isto
é, o valor válido mais alto possível.
Para a calibração de parâmetros (efectuada antes da medição para preparar o dispositivo para uma medição
precisa), é utilizado um valor de sinal de 1,0 volts (para Máx Cal ou Cal Gan); na medição, este número indica um
valor inválido. Para um sinal de 0,0 volts (Mín Cal, Cal Zero), indique o valor da escala zero para um sinal enviado
pelo Capnostream ao dispositivo analógico. Os valores de 0 V e 1,0 V são fornecidos apenas para fins de
calibração. Tenha em atenção que 1,0 V não indica um valor real que possa ser produzido por uma medição do
paciente real.
Tenha também em atenção que 1,0 V é o sinal enviado pelo Capnostream, medido na extremidade do cabo D/A.
Cablagem adicional ligada ao cabo D/A poderá reduzir ligeiramente este sinal. Uma lista dos valores de sinais
analógicos disponíveis aparece na Tabela 28 - Valores da calibração D/A, abaixo.
110
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Transferir dados de pacientes
Ligar o Capnostream e um dispositivo analógico com o cabo D/A

PARA LIGAR O CABO D/A AO MONITOR
1.
Insira o conector de saída analógica do cabo de comunicação na porta analógica de 15 pinos do monitor. Esta
porta, localizada na parte de trás do monitor Capnostream, está assinalada com a indicação Analog Out (saída
analógica).
Conectores para
dispositivo
analógico
Conector de
saída analógica
(para fixar ao
Capnostream)
Figura 42 - O cabo D/A do Capnostream (PN 010492)
Porta analógica
Figura 43 - A porta analógica no Capnostream
2.
O dispositivo Capnostream está configurado para a saída de sete sinais analógicos, sendo que cada um irá
transferir dados relativos a um parâmetro diferente medido pelo dispositivo.
3.
Se pretender efectuar alterações aos parâmetros predefinidos exportados nos diferentes canais, consulte a
descrição seguinte.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
111
Transferir dados de pacientes
4.
Se não pretender efectuar alterações aos valores de sinais predefinidos para cada canal, ligue o cabo D/A ao
dispositivo analógico, como descrito em seguida.

1.
PARA LIGAR O CABO D/A AO DISPOSITIVO ANALÓGICO
Na extremidade do cabo D/A, existem sete pares de fios com conectores, com os sete canais disponíveis com
códigos de cor para corresponderem ao isolamento que reveste o par de fios correspondente do cabo D/A.
Consulte a tabela seguinte em relação aos códigos de cor. Já especificou os valores dos sinais para cada um
destes conectores.
2.
Seleccione cada um dos conectores de saída pretendidos (fios com códigos de cor) e, utilizando um cabo de
comunicação padrão com uma ficha de áudio mono de 3,5 mm (1/8"), fixe cada conector ao canal de saída
relevante no dispositivo analógico. (Uma extremidade do cabo deve ter uma ficha de áudio mono de 3,5 mm
(1/8") para ligação ao cabo D/A; a outra extremidade deve ter um conector adequado ao seu dispositivo
analógico.)
3.
Repita este procedimento para cada ligação que pretender efectuar.
A tabela seguinte lista as cores dos cabos e dos canais para o cabo D/A.
Tabela 27 - Códigos de cor do cabo D/A
Canal de dados
Cor
C1
VERMELHO
C2
BRANCO
C3
VERDE
C4
AZUL
C5
AMARELO
C6
CASTANHO
C7
LARANJA
Alterar valores predefinidos de canais digitais/analógicos no Capnostream
O Capnostream consegue exportar sete sinais analógicos, correspondentes aos diversos parâmetros que monitoriza.
Há 12 definições diferentes disponíveis para estes sete canais de exportação de dados. Embora o Capnostream seja
fornecido com valores predefinidos de sinais para cada canal, estes podem ser alterados utilizando o procedimento
seguinte.
As definições actuais e as opções disponíveis são apresentadas quando acede ao ecrã de Configuração Digital para
Analógica do Capnostream, como mostrado na figura anterior.

1.
PARA ALTERAR PERMANENTEMENTE OS VALORES PREDEFINIDOS DOS CANAIS D/A NO CAPNOSTREAM
ATRAVÉS DO ECRÃ DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA
Para efectuar alterações a definições que serão armazenadas permanentemente no monitor Capnostream, aceda
ao ecrã de Predefinições Institucionais, como se segue: Na barra de menus do ecrã de Início do Capnostream,
clique em SISTEMA>ASSIST TÉCNICA. Introduza a palavra-passe de assistência técnica (Palavra-passe de
assistência técnica do Capnostream na página 150) e clique em PREDEF INST>MONITOR>D/A.
2.
Utilize o manípulo de controlo para seleccionar o canal ao qual pretende atribuir um sinal, rodando o manípulo
de controlo até alcançar o canal pretendido. Clique quando esse canal estiver realçado. Em seguida, gire o
manípulo de controlo para seleccionar o sinal a ser atribuído a esse canal. Clique novamente no manípulo de
controlo para seleccionar o sinal. Repita o processo para cada canal a que pretenda atribuir ou voltar a atribuir
sinais.
3.
Qualquer sinal pode ser atribuído a qualquer canal. Além disso, o mesmo sinal pode ser atribuído a múltiplos
canais.
112
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Transferir dados de pacientes

PARA ALTERAR TEMPORARIAMENTE OS VALORES PREDEFINIDOS DOS CANAIS D/A NO CAPNOSTREAM
ATRAVÉS DO ECRÃ DE SISTEMA
1.
Para efectuar alterações temporárias aos valores predefinidos dos canais D/A, seleccione SISTEMA na barra
de menus do ecrã de Início do Capnostream. Seleccione CONFIG D/A na barra de menus do ecrã de
SISTEMA. Os sete canais de dados fornecidos estão listados no lado esquerdo do ecrã. Os sinais disponíveis
para atribuir aos canais estão listados no lado direito.
2.
O procedimento de realização de alterações é igual ao descrito no Passo 2 desta secção.
3.
Depois de efectuadas as alterações pretendidas, conclua o processo de ligação, ligando o cabo D/A ao
dispositivo analógico, como descrito anteriormente.
4.
Estas alterações permanecerão activas até o monitor ser desligado. Para efectuar alterações permanentes às
definições D/A, consulte o anterior.
5.
Depois de efectuadas as alterações pretendidas, conclua o processo de ligação, ligando o cabo D/A ao
dispositivo analógico, como descrito anteriormente.
Figura 44 - Ecrã de configuração digital/analógica do Capnostream
Calibrar o dispositivo analógico para o Capnostream
O dispositivo analógico deve ser calibrado com o cabo D/A para funcionar com o monitor Capnostream, utilizando
o procedimento descrito em seguida. Dado que o sinal enviado do monitor para o dispositivo analógico está em
volts, o dispositivo analógico deve ser calibrado para que possa interpretar o valor de voltagem que recebe como o
valor correcto do paciente.
O procedimento de calibração inclui duas partes: calibração de ganhos e calibração de zero.
•
A calibração de ganhos é utilizada para indicar o valor máximo para um parâmetro, que corresponde à
voltagem máxima (1,0 V) no dispositivo analógico.
•
A calibração de zero é utilizada para indicar o valor mínimo do paciente (zero) para um parâmetro, que
corresponde à voltagem zero (0,0 V) no dispositivo analógico.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
113
Transferir dados de pacientes
O procedimento de calibração

PARA CALIBRAR UM DISPOSITIVO ANALÓGICO (COMO UM POLISSONÓGRAFO) PARA UTILIZAÇÃO COM O
CAPNOSTREAM
1.
Certifique-se de que o monitor Capnostream e o dispositivo analógico estão ligados através do cabo D/A,
como descrito anteriormente, e que foi atribuído o valor de sinal necessário a cada canal, como descrito na
Tabela 28 - Valores da calibração D/A, abaixo, se pretendido.
2.
Para a calibração de zero, utilize o manípulo de controlo para seleccionar o botão do menu CAL D/A e
seleccione a definição MÍN CAL. Todos os canais serão definidos para SEMPRE MÍN. Confirme se a saída
no dispositivo analógico é zero no canal ou canais relevantes.
3.
Para a calibração de ganhos, utilize o manípulo de controlo para seleccionar o botão do menu CAL D/A e
seleccione a definição MÁX CAL. Todos os canais serão definidos para SEMPRE MÁX. Confirme se a saída
no dispositivo analógico é o canal ou canais relevantes, correspondendo à saída mais alta do canal/canais.
4.
Gire o manípulo de controlo na barra de menus e clique em REPOR CAL. Todos os canais voltarão a enviar
um sinal de acordo com os valores de medição reais.
5.
Após a conclusão do processo de calibração, a escala D/A ficará definida. Assim sendo, o dispositivo
analógico poderá interpretar o sinal que recebe do monitor e registar correctamente os valores do paciente. Por
exemplo, dado que agora reconhece que 0 V = 0 mmHg (para CO2 exalado) e 1,0 V = 111 mmHg (para CO2
exalado), um sinal recebido do monitor de 0,37 V será interpretado no dispositivo analógico como 41 mmHg.
6.
Após a definição da escala D/A, deve ser efectuada a calibração de zero e de ganhos para cada canal,
independentemente do polissonógrafo.
7.
Verifique se os valores do Capnostream são transferidos de forma precisa para o dispositivo analógico,
monitorizando-o durante algum tempo e depois verificando os valores no monitor e no dispositivo analógico.
Se os valores não estiverem a ser transferidos de forma precisa, a calibração e/as atribuições de canal poderão
não ter sido efectuadas correctamente.
Tabela 28 - Valores da calibração D/A
Parâmetro
Escala
EtCO2 + F RESP (valor de
EtCO2 quando se assinala o final
da respiração, 0 V de outra
forma)
100 mmHg = 0,9 V
(intervalo
predefinido de
EtCO2 para D/A)
Ou
150 mmHg = 0,9 V
(alteração opcional
do intervalo de
EtCO2 para D/A;
pode ser efectuada
no ecrã de
Configuração D/A)
100 mmHg = 0,9 V
100 mmHg = 0,9 V
150 BPM
(respirações por
minuto) = 0,9 V
100 mmHg = 0,9 V
0 V = sim; 1 V = não
100% Sat. = 0,9 V
250 BPM
(batimentos por
minuto) = 0,9 V
EtCO2
FiCO2
FR
ONDA CO2
Medição de CO2 VÁLIDO
SATURAÇÃO SpO2
FREQ PULSO
114
Valor 0 V
(Valor mínimo
para Cal Zero)
Valor 1,0 V
(Valor máximo
para Cal Gan)
0=0V
111 mmHg = 1,0 V
Ou
167 mmHg = 1,0 V
(dependendo da
escala utilizada)
0=0V
0=0V
0=0V
111 mmHg = 1,0 V
111 mmHg = 1,0 V
167 BPM = 1,0 V
0=0V
0=0V
0=0V
0=0V
111 mmHg = 1,0 V
N/D
111% = 1,0 V
278 BPM = 1,0 V
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Transferir dados de pacientes
Parâmetro
Escala
FORMA ONDA SpO2 (forma de
onda plet.)
ONDA QUAD 1 Hz, 50% ciclo
obrigatório
Sem sinal (SEMPRE MÁX)
Sem sinal (SEMPRE MÍN)
IPI*
*
Valor 0 V
(Valor mínimo
para Cal Zero)
Valor 1,0 V
(Valor máximo
para Cal Gan)
255 Plet. = 0,9 V
0=0V
283 Plet. = 1,0 V
0 V – 1 V p-p
0=0V
N/D
1V
0V
IPI 0 = 0 V
IPI 10 = 0,9 V
0=0V
0=0V
0=0V
N/D
N/D
IPI 11 = 1,0 V
Um sinal IPI inválido (que será recebido quando não estiverem disponíveis os valores de todos os
parâmetros, não sendo calculado o IPI) dará um valor de 1,0 V.
Trabalhar com o sistema digital/analógico
Depois de ligados e calibrados os dispositivos como descrito anteriormente, pode começar a trabalhar com o
sistema. Tenha em atenção as informações seguintes.
Função do monitor
O monitor funciona normalmente durante a comunicação.
Nota:
Tenha em atenção que não é necessário utilizar o botão DESACTIVAR na barra do menu D/A do
Capnostream. Por predefinição, a opção D/A do Capnostream está activada. (Quando a comunicação D/A
está activada, este botão tem o nome DESACTIVAR.) Este botão pode ser utilizado para desactivar a
opção D/A no Capnostream, se pretendido.
Resolução de problemas
Alguns dos problemas com que se pode deparar ao configurar o sistema de conversão digital/analógico são
descritos em seguida, juntamente com sugestões para resolver esses problemas.
Tabela 29 - Resolução de problemas
Questão
Componente
relevante
Problema
Solução
Os dados de CO2 não
são transferidos.
Dispositivo analógico
A calibração não foi
efectuada ou foi
efectuada
incorrectamente.
Calibre o dispositivo
analógico como descrito
neste documento.
Os dados de CO2 não
são transferidos.
Cabo D/A
Conector não utilizado
no cabo D/A foi
encurtado.
Não encurte fios/conectores
que não estejam em
utilização.
Os dados de CO2 não
são transferidos.
Monitor
A comunicação D/A foi
desactivada.
Aceda ao ecrã de
Configuração D/A do
Capnostream e clique no
botão ACTIVAR na barra de
menus.
Os dados são
transferidos, mas os
valores não são iguais
aos do Capnostream.
Monitor e dispositivo
analógico
A calibração está
incorrecta.
Repita a calibração que
determina a escala de volts
para o valor do parâmetro.
Os dados são
transferidos, mas os
valores não são iguais
aos do Capnostream.
Monitor e dispositivo
analógico
As atribuições de canal
estão incorrectas.
Verifique as atribuições de
canal.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
115
Transferir dados de pacientes
Funcionamento da chamada de enfermeiro
O monitor Capnostream permite a ligação a um sistema externo de chamada de enfermeiro. Quando ligado, o
monitor envia informações para o sistema institucional de chamada de enfermeiro, informando que ocorreu uma
condição de alarme e alertando o pessoal médico de que o paciente requer cuidados médicos. Os únicos dados
transferidos para um sistema de chamada de enfermeiro são dados de alarme, como descrito na Tabela 31 Indicadores de chamada de enfermeiro na página 118.
A saída de alarme de chamada de enfermeiro fica activa ao mesmo tempo que ocorre um alarme no monitor e
permanece activa enquanto a condição de alarme estiver presente. Quando a condição de alarme deixa de estar
presente (isto é, quando o alarme no monitor termina), a saída de alarme de chamada de enfermeiro também fica
inactiva.
O cabo de chamada de enfermeiro (3,5 m) pode ser adquirido junto da Oridion (peça número 011149). Uma
extremidade do cabo de chamada de enfermeiro liga-se ao monitor Capnostream. O cabo é fornecido sem
terminação para ser adaptado ao seu sistema de chamada de enfermeiro.
Tipos de sistemas de chamada de enfermeiro
De uma perspectiva de activação/desactivação de alarme, os sistemas de chamada de enfermeiro podem ser
habitualmente configurados de duas formas: bloqueio ou não bloqueio.
Sistemas de bloqueio: a luz/o alarme de chamada de enfermeiro permanece activo até que o dispositivo ligado
termine de emitir o alarme e até que o enfermeiro cancele o alarme premindo o botão CANCELAR ALARME do
sistema de chamada de enfermeiro.
Sistemas de não bloqueio: a luz/o alarme de chamada de enfermeiro permanece activo até que o dispositivo ligado
termine de emitir o alarme. A intervenção do utilizador NÃO é necessária se a condição de alarme deixar de existir.
Isto significa que, se a condição de alarme se corrigir sozinha, a luz e o toque de chamada de enfermeiro terminam
automaticamente.
Quando existir uma interface entre o Capnostream e um sistema de chamada de enfermeiro, deve ser utilizada uma
configuração de não bloqueio.
Tenha em atenção que ambos os tipos de sistemas de chamada de enfermeiro não permitem silenciar um alarme de
chamada de enfermeiro enquanto existir um alarme activo de um dispositivo ligado, como um monitor
Capnostream.
O cabo de chamada de enfermeiro
O monitor tem um relé incorporado que pode ser ligado a um sistema de chamada de enfermeiro hospitalar
utilizando o cabo de chamada de enfermeiro. Os detalhes acerca do cabo de chamada de enfermeiro são
apresentados em seguida.
116
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Transferir dados de pacientes
Tabela 30 - Especificações de chamada de enfermeiro
Parâmetro
Valor
Corrente de transporte nominal
2A
Corrente máxima permitida
2A
Tensão máxima permitida
24V CC
Entrada de áudio estéreo
3,5 mm (1/8")
Figura 45 - Ficha de áudio estéreo para chamada de enfermeiro
Aparece um diagrama de correspondência dos pinos da ficha de áudio estéreo na Figura 45 - Ficha de áudio estéreo
para chamada de enfermeiro, acima. Tenha em atenção o seguinte:
•
•
N1 (COMUM) - N2 (NORMALMENTE FECHADO): Configuração normalmente fechada do relé
N1 (COMUM) - N3 (NORMALMENTE ABERTO): Configuração normalmente aberta do relé

1.
PARA CONFIGURAR A TRANSFERÊNCIA DE DADOS DA CHAMADA DE ENFERMEIRO:
Para utilizar a função de Chamada de Enfermeiro, ligue o cabo de chamada de enfermeiro à tomada de
chamada de enfermeiro na parte de trás do monitor, como mostrado em seguida.
2.
Ligue a outra extremidade do cabo ao sistema da instituição, tal como determinado pelos requisitos da
instituição.
3.
Active a ligação da chamada de enfermeiro, tal como descrito em Activar a chamada de enfermeiro, abaixo.
Ligação da
chamada de
enfermeiro
Figura 46 - Ponto de ligação para chamada de enfermeiro
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
117
Transferir dados de pacientes
Activar a chamada de enfermeiro
A predefinição de fábrica para a chamada de enfermeiro é de desactivada e, para que funcione, tem de ser activada.
Isto pode ser efectuado utilizando o ecrã de Configuração do Sistema; contudo, irá repor a definição de desactivada
quando o monitor for desligado. Para activar permanentemente a funcionalidade de Chamada de Enfermeiro,
active-a utilizando o ecrã de Monitor na secção de Predefinições Institucionais do modo de Assistência Técnica, tal
como se segue:

1.
PARA ACTIVAR A CHAMADA DE ENFERMEIRO:
Ligue o monitor e espere que apareça o ecrã de Início. Utilize o manípulo de controlo para seleccionar o botão
SISTEMA para abrir o ecrã de Sistema e, em seguida, seleccione ASSIST TÉCNICA e introduza a palavrapasse de assistência técnica (consulte Palavra-passe de assistência técnica do Capnostream na página 150).
2.
A partir do ecrã de ASSIST TÉCNICA, seleccione PREDEF INST (predefinições institucionais) e depois
seleccione MONITOR.
3.
Utilize o manípulo de controlo para seleccionar CHAMAR ENFERMEIZ e altere a opção para ACTIV.
4.
Seleccione RETROCEDER, RETROCEDER e INÍCIO para sair do modo de Assistência Técnica. A nova
definição será agora armazenada.
5.
Teste o sistema de chamada de enfermeiro, tal como descrito em Testar a chamada de enfermeiro, abaixo.
6.
Tenha em atenção que os dados de chamada de enfermeiro não serão transferidos se os alarmes tiverem sido
silenciados temporariamente (através do botão Silenciar Alarme na parte frontal do monitor). Consulte
Silenciar alarmes na página 80 para obter detalhes relativos a esta funcionalidade. Os dados de chamada de
enfermeiro serão transferidos na mesma se os alarmes forem silenciados através das Predefinições
Institucionais (consulte Predefinições institucionais na página 131).
Testar a chamada de enfermeiro
Verifique se o sistema está a funcionar, forçando a ocorrência de um alarme de teste (tal como respirar para o
FilterLine por alguns segundos e depois parar, de modo a originar um alarme de S/ RESP). Confirme se foi
recebido o resultado esperado, de acordo com a norma para o sistema de chamada de enfermeiro da instituição.
Poderá ser uma luz de aviso ligada ou um sinal de áudio gerado quando o evento de alarme ocorrer.
A tabela seguinte descreve quais os alarmes indicados pela saída da chamada de enfermeiro.
Tabela 31 - Indicadores de chamada de enfermeiro
Tipo de alarme
Activa a chamada de enfermeiro
Alarmes de paciente urgentes de prioridade alta (vermelhos)
Alarmes de paciente de cautela de prioridade alta (amarelos)
Alarmes de prioridade média
Advertências
Advertências silenciosas
SIM
NÃO
SIM
NÃO
NÃO
Funcionamento com sistemas de dados de pacientes hospitalares
O monitor Capnostream permite a conectividade com sistemas de dados de pacientes hospitalares (Bernoulli® e
Oxinet® III) produzidos e/ou comercializados pela CPC (Cardiopulmonary Corporation). Esta opção possibilita a
transferência normal em tempo real de dados entre o monitor e os sistemas de dados de pacientes hospitalares.
Estão disponíveis configurações de oito ou doze camas.
Antes de iniciar o processo de ligação, certifique-se de que o seguinte equipamento está disponível:
•
•
•
118
Sistema Bernoulli® ou Oxinet® III instalado no hospital
Ponte de cliente Bernoulli-MSM ou Oxinet com terminação de um cabo com conector D de 9 pinos
Monitor Capnostream
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Transferir dados de pacientes
Ligue o sistema, tal como descrito nas IDU fornecidas com a ponte de cliente Bernoulli-MSM ou Oxinet. O sistema
é utilizado com um cabo em Y, que liga a ponte de cliente ao Capnostream e à tomada de parede. Certifique-se de
que todos os conectores estão firmemente ligados para não haver interrupção da alimentação eléctrica do
Capnostream durante o funcionamento com este sistema.
Assim que a ligação entre os dispositivos for efectuada como descrito anteriormente, os dados em formato binário
são transferidos automaticamente do monitor Capnostream para o sistema Bernoulli®/Oxinet® III. Não é necessária
uma definição adicional do monitor.
São transferidos os seguintes dados de medição:
•
•
•
•
•
•
CO2 instantâneo
EtCO2
FiCO2
Frequência respiratória
SpO2
Pulsação
Adicionalmente, as informações relativas ao tipo de paciente, dados de alarme e definições do dispositivo (limites
de alarme, etc.) são transferidas.
Está também disponível uma interface de sinais vitais de enlace externo para um sistema de informações clínicas,
bem como uma interface de enlace externo ADT (admitir, dar alta e transferir), no sistema Bernoulli.
Para obter mais informações relativas ao sistema Bernoulli®/Oxinet® III ou para resolução de problemas do
procedimento de configuração, contacte o seu distribuidor local.
CUIDADO: Se a conectividade com o sistema hospitalar de dados de pacientes falhar devido a uma falha no
sistema hospitalar de dados de pacientes ou da respectiva cablagem, o Capnostream não enviará
dados ao sistema.
CUIDADO: Desligue a indicação de alarme audível do Capnostream só depois de garantir que o paciente será
monitorizado continuamente por outros meios aceitáveis.
Funcionamento com monitores de paciente Philips e com o módulo VueLink
O capnógrafo/oxímetro de pulso Capnostream®20p efectua a interface com diversos sistemas de monitores Philips
através do módulo VueLink. Em seguida, as informações são integradas automaticamente nas tendências, cálculos,
relatórios e registos dos monitores Philips.
Antes de iniciar o processo de ligação, certifique-se de que o seguinte equipamento está disponível:
•
•
Um dispositivo Capnostream (com tubos de amostragem de CO2)
•
•
Cabo (Oridion PN CS08745 é um conjunto que inclui este cabo e instruções)
Um módulo VueLink (Philips PN M1032A): Tipo A (#A01) ou B/Auxiliary Plus (#A05), disponibilizado
pela Philips
Um monitor de paciente Philips
Ligue o sistema como descrito no manual da interface de comunicação VueLink (Oridion PN 012422).
Após a ligação dos dispositivos conforme descrita anteriormente, os dados serão transferidos automaticamente do
monitor Capnostream para o monitor de paciente Philips. Não é necessária uma definição adicional do monitor.
São transferidos os seguintes dados de medição:
•
•
•
Forma de onda de CO2
Forma de onda (plet.) de SpO2 (apenas com módulos do tipo B)
Frequência respiratória (AWRR)
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
119
Transferir dados de pacientes
•
•
•
•
•
•
EtCO2
FiCO2 (IMCO2)
SpO2 (apenas com módulos do tipo B)
Frequência de pulso (apenas com módulos do tipo B)
IPI (apenas com módulos do tipo B, se o Capnostream for definido para transferir IPI)
A/h e ODI (se disponíveis; apenas com módulos do tipo B; se transferidos, FiCO2 não será transferido)
Adicionalmente, as informações relativas ao tipo de paciente, dados de alarme e definições do dispositivo (limites
de alarme, etc.) são transferidas.
O módulo VueLink da Philips e o monitor de paciente Philips irão funcionar com os dispositivos Capnostream com
a versão de software 5.7 e posterior. O Capnostream é compatível com todos os monitores de paciente Philips que
funcionem com os módulos VueLink. Para obter informações mais detalhadas relativas a produtos Philips, consulte
o manual de referência do utilizador do monitor de paciente Philips específico.
Funcionamento com sistemas Nuvon VEGA
O Capnostream pode também ser ligado ao sistema VEGA da Nuvon para fins de interface com sistemas de
informações clínicas para representação gráfica dos sinais vitais do paciente electronicamente.
A ligação do Capnostream ao sistema VEGA é inteiramente efectuada pelo especialista de implementação da
Nuvon no local, com a ajuda de um representante do departamento de TI do hospital. Todos os dados fisiológicos
de pacientes desenvolvidos pelo Capnostream são enviados ao sistema VEGA para serem utilizados pelo sistema
de informações clínicas. Para obter mais informações acerca do sistema Nuvon VEGA, contacte um representante
de vendas da Oridion ou contacte directamente um representante de vendas da Nuvon.
120
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Do not touch this field - it is invisible and does not appear in the
final document
Capítulo 13
Manutenção e resolução de problemas
Introdução
Determinar as horas para assistência técnica do monitor
Calibração de CO2
Verificação da calibração de CO2
Manutenção
Substituir os fusíveis
Substituição do rolo de papel da impressora
Limpeza
Resolução de problemas
Devolução do monitor
Assistência técnica
Introdução
O Capnostream não requer qualquer assistência técnica de rotina, para além de testes ao desempenho exigidos pela
instituição do operador. O monitor apenas requer assistência técnica por pessoal qualificado uma vez a cada 30.000
horas de funcionamento.
O mecanismo de detecção de CO2 do monitor deve ser calibrado periodicamente, como detalhado em seguida em
Calibração de CO2 na página 122. A calibração de CO2 pode ser verificada em qualquer altura para garantir que a
calibração está dentro dos limites de funcionamento correctos.
Resolução de problemas na página 126 aborda as potenciais dificuldades, as possíveis causas e sugestões para a sua
resolução.
Nota:
Contacte o seu distribuidor local ou consulte o Manual de Assistência Técnica relativamente às instruções
de assistência técnica e à realização de testes e verificações de desempenho.
Determinar as horas para assistência técnica do monitor
A informação no ecrã de Assistência Técnica apresenta o número de horas restantes até que seja necessária
assistência técnica ou calibração. Para aceder ao ecrã de Assistência Técnica, seleccione SISTEMA na barra de
menus na parte inferior do ecrã de Início e depois seleccione ASSIST TÉCNICA. Não é necessária nenhuma
palavra-passe para ver o número de horas até que seja necessária assistência técnica. O ecrã de Assistência Técnica
principal é apresentado em seguida.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
121
Manutenção e resolução de problemas
Figura 47 - Ecrã de assistência técnica
Quando o monitor atingir as 30.000 de utilização, envie-o para um centro de assistência técnica autorizado.
Contacte o seu representante local para obter instruções de envio.
Calibração de CO2
Nota:
A unidade está calibrada quando sai da fábrica.
O monitor deve ser calibrado por pessoal qualificado de assistência técnica após as primeiras 1200 horas ou
12 meses de funcionamento, dependendo do que ocorrer primeiro. Depois disso, a calibração deve ser efectuada a
cada 12 meses ou após 4000 horas de funcionamento, dependendo do que ocorrer primeiro.
Para o ajudar a planear antecipadamente o próximo processo de calibração, o monitor armazena tanto o número de
horas de funcionamento até ser necessária a calibração como a data da última calibração.
Quando é necessária calibração, o monitor irá apresentar a mensagem de advertência CALIBRAÇÃO
NECESSÁRIA na área de mensagens.
O número de horas de funcionamento restantes até à calibração aparece no ecrã de boas-vindas de cada vez que o
monitor é ligado (consulte a Figura 9 - Ecrã de boas-vindas na página 33). Após ser excedido o número limite de
horas de funcionamento, a mensagem irá mudar para CALIBRAÇÃO ATRASADA. O número de horas de
funcionamento até à calibração também pode ser visualizado no ecrã de Assistência Técnica e este também irá
mudar para CALIBRAÇÃO ATRASADA da mesma forma que o ecrã de boas-vindas, se tiver sido atingido o
limite. Os dados no ecrã de Assistência Técnica são actualizados quando o monitor é ligado e também de cada vez
que a palavra-passe é introduzida para aceder ao modo de Assistência Técnica.
Nota:
Recomenda-se que calibre o monitor dentro do período de 2 semanas assim que a mensagem
CALIBRAÇÃO NECESSÁRIA aparecer no monitor.
122
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Manutenção e resolução de problemas
Nota:
A monitorização de CO2 no monitor Capnostream entrará automaticamente no modo de Standby quando o
monitor Capnostream for deixado ligado durante 30 minutos ou mais sem um FilterLine ligado. Este modo
de Standby automático reduz a necessidade de calibração frequente quando o monitor for deixado ligado
durante longos períodos de tempo sem um FilterLine ligado. Neste caso, os períodos de tempo em que um
monitor está activo sem um FilterLine ligado não irão ser contabilizados para o tempo de calibração,
evitando assim a necessidade de calibrações desnecessárias.
Para visualizar a data da última calibração, entre no modo de assistência técnica e aceda ao ecrã de Calibração. A
partir do ecrã de Início, seleccione o botão SISTEMA para abrir o ecrã de Sistema e, em seguida, seleccione o
botão ASSIST TÉCNICA para abrir o ecrã de Assistência Técnica Introduza a palavra-passe de assistência técnica
e, em seguida, seleccione CAL CO2. Este ecrã apresenta o número de horas restantes até ao prazo da assistência
técnica, a data da última calibração efectuada e a data em que deve efectuar-se a próxima calibração (um ano após a
calibração mais recente). É necessário utilizar a palavra-passe de acesso ao modo de Assistência Técnica para
visualizar este ecrã.
Verificação da calibração de CO2
Dependendo das políticas e dos procedimentos institucionais, o monitor pode ser verificado em qualquer altura para
determinar se a detecção de CO2 está dentro dos limites aceites. O procedimento de verificação da calibração
seguinte contém instruções passo a passo para efectuar uma verificação da calibração.
CUIDADO: A verificação da calibração deve ser efectuada com um kit de calibração autorizado pelo fabricante,
que contenha uma mistura de gás de 5% CO2 21% O2 e Bal N2 e os meios de ligação autorizados
(peça em "T").
Pode adquirir um kit de calibração autorizado pelo fabricante junto da Scott Medical (peça número T4653ORF2BD). Inclui:
• Gás de calibração com 5% CO2, 21% O2 Bal N2
• Adaptador de tubagem (peça em "T")
• Tubo de calibração (calibração FilterLine)
Nota:
Se este processo for executado durante a alimentação do monitor com bateria, certifique-se de que a
bateria está completamente carregada.
Antes de verificar a calibração, verifique se o tubo de calibração fornecido com o kit de calibração está bem
ligado.
Procedimento de verificação da calibração
Nota:

1.
Em qualquer altura do procedimento de verificação da calibração, pode voltar ao primeiro ecrã, clicando no
botão RETROCEDER.
PARA EFECTUAR A VERIFICAÇÃO DA CALIBRAÇÃO:
Utilize o manípulo de controlo para aceder ao ecrã de VERIFICAÇÃO DE CALIBRAÇÃO CO2 . No ecrã de
Início, seleccione o botão SISTEMA no menu e depois seleccione VER CAL. Ou, no ecrã de Assistência
Técnica, seleccione CAL CO2 e, em seguida, seleccione VER CAL.
É apresentado o ecrã de VERIFICAÇÃO DE CALIBRAÇÃO CO2. As instruções do ecrã irão guiá-lo através
de diversos passos de Verificação da Calibração.
2.
O ecrã apresenta a mensagem: LIGAR FILTERLINE AO MONITOR. Ligue o tubo de calibração ao monitor
e seleccione INICIAR para iniciar a verificação da calibração.
3.
O ecrã apresenta a mensagem: LIGAR GÁS DE CALIBRAÇÃO [5% CO2, 21% O2, COMPENSAR N2].
Ligue a outra extremidade do tubo de calibração à botija de gás e depois seleccione PROSSEGUIR.
4.
O ecrã apresenta a mensagem: ABRIR FORNECIMENTO DE GÁS DO CILINDRO. Abra a botija de gás e
seleccione PROSSEGUIR.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
123
Manutenção e resolução de problemas
Nesta altura, o módulo efectua uma verificação da calibração. Ao fazê-lo, apresenta a mensagem
VERIFICAÇÃO DE CALIBRAÇÃO EM CURSO. Se o módulo de CO2 ainda estiver a aquecer, o monitor
apresenta a mensagem NÃO PREPARADO PARA CALIBRAR. Espere até que o módulo esteja pronto e
depois seleccione PROSSEGUIR.
5.
Quando o módulo tiver concluído as medições de verificação da calibração e estiver a processar os dados,
apresenta a mensagem:
A CALCULAR RESULTADOS; FORNECIMENTO DE GÁS PODE SER FECHADO.
6.
Feche o fornecimento de gás para a verificação da calibração. Se tiver de interromper a verificação da
calibração antes de estar concluída, utilize o manípulo de controlo para seleccionar PARAR.
7.
O ecrã apresenta a mensagem: DESLIGAR GÁS DE CALIBRAÇÃO E FILTERLINE e PROSSEGUIR.
O módulo apresenta então:
VERIFICAÇÃO DE CALIBRAÇÃO CONCLUÍDA
CO2 MEDIDO X,X%
ESPECIFICAÇÃO DE PRECISÃO PARA GÁS DE 5% É 4,7 - 5,3%.
Seleccione RETROCEDER para voltar ao ecrã de Início ou INICIAR para efectuar novamente a verificação
da calibração.
8.
Se o resultado da verificação da calibração indicar que o monitor tem a calibração desactualizada, é
apresentada a mensagem CO2 MEDIDO FORA DE ESPECIFICAÇÕES. CALIBRAÇÃO
RECOMENDADA. Neste caso, deve ser efectuado o procedimento de calibração. Consulte o manual de
assistência técnica ou técnicos de assistência autorizados da Oridion.
9.
Se o monitor não conseguir concluir a verificação da calibração, aparece a mensagem CALIBRAÇÃO
FALHOU com uma das seguintes mensagens de erro:
FILTERLINE NÃO LIGADO
CALIBRAÇÃO FALHOU: SEM GÁS, CONCENTRAÇÃO DE GÁS INCORRECTA OU GÁS INSTÁVEL
ERRO DE MEDIÇÃO - VERIFICAR TODAS AS LIGAÇÕES E TENTAR NOVAMENTE
CALIBRAÇÃO ABORTADA PELO UTILIZADOR
AUTO-TESTE INTERNO DO MÓDULO CO2 FALHOU
Manutenção
O monitor não requer qualquer assistência técnica de rotina, para além de testes ao desempenho exigidos pela
instituição do operador. A secção Resolução de problemas na página 126 aborda as potenciais dificuldades, as suas
causas possíveis e sugestões de resolução das mesmas.
A manutenção periódica é recomendada consoante as horas de funcionamento:
•
•
A bomba de CO2 deve ser substituída a cada 30.000 horas de funcionamento.
•
O número de horas restantes do monitor até ao limite de 30.000 horas de funcionamento até que seja
necessária assistência técnica é apresentado quando a unidade é ligada. Pode também ser visualizado no ecrã
de Assistência Técnica.
•
O tempo de reserva da bateria de iões de lítio poderá degradar-se ao longo de um dado período de tempo.
Para evitar a degradação da capacidade da bateria, recomenda-se que esta seja substituída a cada dois anos.
Nota:
124
Deve ser efectuada uma calibração após as 1200 horas iniciais de utilização e, após essa calibração, uma vez
ao ano ou a cada 4000 horas de funcionamento, dependendo do que ocorrer primeiro (consulte Calibração de
CO2 na página 122).
Contacte o seu representante local para encomendar peças sobresselentes, kits de calibração ou para
qualquer questão relacionada com a assistência técnica e a manutenção periódica.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Manutenção e resolução de problemas
Substituir os fusíveis
O monitor está protegido contra picos de corrente por dois fusíveis. Se estes queimarem, o monitor não irá ligar-se
e a bateria não irá carregar.
Para substituir os fusíveis, desligue o monitor e desligue o cabo de alimentação do monitor.
Os fusíveis estão localizados na parte de trás do monitor, abaixo da ligação do cabo eléctrico. Utilize uma chave de
fendas para retirar a tampa do compartimento dos fusíveis e substitua-os apenas por fusíveis do mesmo tipo (F3,
15 A 250 V). Empurre a tampa do compartimento dos fusíveis para fechar e depois volte a ligar o cabo de
alimentação e a ligar o monitor.
Nota:
Os fusíveis queimados indicam que ocorreu uma situação eléctrica anormal. Se a causa não for conhecida,
contacte o seu representante para determinar se é necessária assistência técnica.
Substituição do rolo de papel da impressora
Se a impressora ficar sem papel, substitua-o por um rolo de papel térmico para impressora (Oridion peça #010516)
ou por um papel semelhante que cumpra os requisitos definidos nas especificações em Impressora térmica interna
(opcional) na página 144.

1.
PARA SUBSTITUIR O PAPEL DA IMPRESSORA:
Abra a tampa de plástico na impressora.
2.
Retire o rolo vazio do interior do compartimento do papel.
3.
Insira um novo rolo de papel na direcção apresentada na figura seguinte, de modo a que a extremidade solta de
papel saia pela parte superior da tampa de plástico, tal como mostrado.
Botão de
alimentação
(feed)
Figura 48 - Inserção do rolo de papel na impressora
4.
Feche a porta de modo a ouvir um clique ao fechar. Prima brevemente o botão de alimentação (feed) para
verificar se o papel está correctamente alinhado e não fica preso no canto da tampa.
Limpeza
Para limpar as superfícies do monitor, humedeça ligeiramente um pano com uma solução de álcool a 70% e passe
em todas as superfícies. Também podem utilizar-se toalhetes com álcool. A frequência do procedimento de limpeza
deve estar em conformidade com a política do hospital.
Para limpar o ecrã, utilize um pano húmido e que não deixe resíduos.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
125
Manutenção e resolução de problemas
Para limpar os sensores reutilizáveis Nellcor, retire primeiro o sensor do paciente e desligue-o do dispositivo
Capnostream. A superfície do sensor pode ser limpa com uma solução de álcool isopropílico a 70%. Se for
necessária uma desinfecção de baixo nível, utilize uma solução de lixívia de 1:10. Não utilize lixívia não diluída
(5%~5,25% de hipoclorito de sódio), nem outra solução de limpeza que não as aqui recomendadas, dado que
podem causar dados permanentes no sensor. O sensor com mola de orelha pode ser limpo com ou embebido em
(durante 10 minutos) álcool isopropílico a 70%. Se a mola de orelha for embebida, enxagúe-a com água e deixe-a
secar ao ar antes de a utilizar no paciente seguinte. Não esterilize a mola de orelha por irradiação, vapor ou óxido
de etileno. Consulte as instruções de utilização de cada sensor reutilizável para obter instruções específicas.
AVISO:
Não autoclave ou esterilize este dispositivo.
CUIDADO: Não aplique sprays ou despeje líquidos directamente no monitor, acessórios ou consumíveis.
CUIDADO: Não utilize produtos de limpeza cáusticos ou abrasivos, ou solventes fortes, incluindo soluções à base
de petróleo ou acetona, para limpar o dispositivo.
CUIDADO: Os consumíveis Microstream® EtCO2 foram concebidos para uma só utilização por paciente e não
devem ser reprocessados. Não tente limpar, desinfectar ou soprar o FilterLine, pois poderá danificar o
monitor.
CUIDADO: Não exponha os pinos do conector do sensor de SpO2 à solução de limpeza, pois poderá danificar o
sensor.
CUIDADO: Se for utilizada uma diluição de lixívia de 1:10 (0,5% a 1% de solução de hipoclorito de sódio) em
toalhetes para desinfectar as superfícies externas do monitor, a exposição dos conectores e do visor à
solução de lixívia deve ser evitada. A limpeza repetida com lixívia ao longo do tempo poderá causar
descoloração e resíduos nas superfícies.
Resolução de problemas
Esta secção indica os potenciais problemas que poderá encontrar durante a utilização do monitor e as sugestões de
resolução dos mesmos. Se não conseguir resolver o problema, contacte a assistência técnica qualificada ou o seu
representante local.
Eléctrico
Problema
O monitor não se liga.
Os indicadores laranja
de energia eléctrica
(CA) e verde de
monitor ligado estão
acesos, mas a unidade
não funciona com a
bateria quando o cabo
principal de
alimentação eléctrica
está desligado.
126
Causa
Acção
A bateria interna está completamente
descarregada e o cabo de
alimentação está mal ligado ou
desligado, ou o cabo tem uma
ligação eléctrica com defeito.
Verifique a ligação do cabo de
alimentação.
A tomada de parede de electricidade
não tem corrente e a bateria interna
não está carregada.
Verifique as ligações e corrija o
problema.
Fusíveis queimados.
Substitua os fusíveis. Contacte o
seu representante para determinar o
motivo do problema eléctrico.
A bateria não está bem ligada ao
monitor.
Abra o compartimento da bateria e
verifique se o cabo da bateria está
bem ligado à tomada para bateria.
(Consulte Instalar a bateria na
página 24).
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Manutenção e resolução de problemas
Problema
Causa
Acção
O monitor está ligado à
tomada, mas não
parece carregar a
bateria.
A electricidade não está a chegar ao
monitor.
Verifique se o indicador laranja de
energia eléctrica (CA) está aceso.
Se não estiver, verifique se o cabo
de alimentação CA está bem ligado
a uma tomada de electricidade com
corrente.
A bateria não está
totalmente carregada
depois de estar ligada à
electricidade durante
24 horas.
A bateria não foi completamente
recarregada.
Desligue o monitor da electricidade
durante 3 a 4 horas e depois volte a
ligá-lo. A bateria irá agora
recarregar-se completamente
quando for ligada à electricidade.
Se, mesmo assim, a bateria não se
recarregar completamente,
substitua-a.
Problemas de CO2
Problema
Causa
Acção
Aparece
constantemente a
mensagem S/RESP e
pisca o indicador
vermelho de alarme.
Causa fisiológica.
Verifique o paciente.
Filterline entupido ou obstruído.
Verifique o FilterLine e substituao se estiver obstruído.
FilterLine preso em alguma coisa ou
tubo dobrado.
Verifique o FilterLine do monitor
em todo o percurso até ao
paciente para ver se o tubo está
dobrado, torcido ou preso na
cama ou no equipamento.
O FilterLine está ligado,
mas a bomba não está
a funcionar e não são
apresentadas leituras
de CO2, EtCO2 ou FR.
O FilterLine não está bem ligado.
Verifique se a ficha do FilterLine
está aparafusada ao monitor.
Anel dourado gasto ou sujo.
Verifique se o anel dourado na
extremidade do conector do
FilterLine está presente e não
está danificado ou coberto de
sujidade. Limpe qualquer
sujidade existente ou substitua o
FilterLine, conforme necessário.
A leitura dos valores de
EtCO2 é irregular.
Paciente com ventilação assistida em
respiração espontânea.
Nenhuma acção necessária.
Existe uma fuga nas vias aéreas.
Verifique se há fugas nas
ligações e nos tubos do paciente
e corrija, se necessário.
Calibração incorrecta.
Verifique a calibração. Consulte
Verificação da calibração de
CO2 na página 123.
A definição TEMP CORP, PRESSÃO,
SAT está desligada.
Verifique a definição TEMP
CORP, PRESSÃO, SAT nas
definições institucionais.
Consulte Parâmetros de CO2 na
página 138 para obter detalhes.
Os valores de EtCO2
são consistentemente
mais altos ou mais
baixos do que o
esperado.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
127
Manutenção e resolução de problemas
Sensor de SpO2
Problema
Acção
Sem sinal de SpO2:
Aparece uma
visualização de zero
para a saturação do
oxigénio e frequência
de pulso.
O sensor não está bem ligado ao
monitor ou ao cabo de extensão.
Verifique se o sensor e o cabo
de extensão (se utilizado) estão
bem ligados ao monitor.
A mensagem para
substituir o sensor de
SpO2 surge no ecrã
Capnostream.
A placa de SpO2 não está a receber
informação do cabo.
Desligue e volte a ligar o sensor
de SpO2 e tente novamente.
Se a mensagem continuar a
aparecer, substitua o cabo ou o
sensor.
Perda do sinal de
pulsação ou de SpO2:
Aparece uma
visualização de zero
para a saturação do
oxigénio e frequência
de pulso.
Sensor aplicado incorrectamente no
paciente.
Verifique a aplicação do sensor.
A perfusão do paciente poderá ser muito
fraca.
Verifique a condição do paciente.
O sensor ou o cabo de extensão do
sensor poderá estar danificado.
Substitua o sensor ou o cabo de
extensão do sensor.
Movimentação excessiva do paciente ou
interferência electrocirúrgica.
Se possível, mantenha o
paciente quieto. Verifique se o
sensor está bem fixo e
correctamente colocado.
Substitua-o se necessário,
mude-o para um novo local de
aplicação ou utilize um sensor
que tolere mais movimentação.
Iluminação excessiva.
Verifique a colocação do sensor
ou cubra o sensor com material
escuro ou opaco.
Colocação do sensor numa extremidade
onde já está a ser utilizada uma
braçadeira de pressão arterial, um
cateter arterial, uma linha intravascular
ou verniz de unhas.
Verifique a colocação do sensor.
Condição do paciente.
Verifique o paciente.
Movimentação excessiva do paciente.
Se possível, mantenha o
paciente quieto e utilize um
sensor que tolere mais
movimentação.
Aparecem medições
imprecisas de SpO2.
128
Causa
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Manutenção e resolução de problemas
Impressora
Problema
A impressora não
imprime. A luz
vermelha de alarme da
impressora está a
piscar.
A impressora funciona,
mas o papel sai em
branco.
Causa
Acção
A tampa da impressora está aberta.
Abra completamente a tampa de
plástico da impressora,
certifique-se de que há um
pedaço de papel da impressora
fora do monitor e depois feche a
tampa de modo a ouvir um clique
ao colocá-la no lugar.
O papel da impressora não está a
passar adequadamente através da
tampa de plástico ou ficou preso na
mesma.
Abra a tampa de plástico da
impressora e puxe o papel para
que fique um pedaço de papel
fora do monitor. Segure o papel
de forma a que um pedaço de
papel da impressora permaneça
fora do monitor e depois feche a
tampa de modo a ouvir um clique
ao colocá-la no lugar.
A impressora está sem papel.
Abra a tampa de plástico e insira
um novo rolo de papel.
O rolo de papel está colocado ao
contrário no compartimento da
impressora do monitor.
Abra a tampa de plástico,
coloque o rolo de papel ao
contrário e volte a colocar a
tampa de plástico, tendo o
cuidado de deixar um pedaço de
papel fora do monitor.
Chamada de enfermeiro
Problema
A saída da chamada de
enfermeiro não
funciona.
Causa
Acção
A chamada de enfermeiro não está
activada.
Active a função da Chamada de
Enfermeiro a partir do ecrã de
Configuração do Sistema ou a
partir do ecrã de Predefinições
Institucionais no modo de
Assistência Técnica.
Problema com os fios na ficha de áudio.
Verifique se os fios do cabo e da
ficha de áudio estão ligados à
tomada de chamada de
enfermeiro na parte de trás do
monitor.
Causa
Acção
Ligação D/A
Problema
A saída D/A não
funciona.
A saída D/A não está activada.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Aceda ao ecrã de Configuração
D/A e active a saída D/A.
129
Manutenção e resolução de problemas
Calibração de CO2
Problema
A mensagem
CALIBRAÇÃO
NECESSÁRIA aparece
no monitor, mas o ecrã
de boas-vindas mostra
que ainda restam
algumas horas até à
próxima calibração.
Causa
Acção
Já se passou mais de um ano desde a
última calibração de CO2.
Efectue uma calibração de CO2.
Devolução do monitor
Se for necessário devolver o monitor para reparação, contacte o seu representante local para obter instruções de
envio.
Para voltar a embalar o monitor, desligue os acessórios do monitor. Embale o monitor na caixa original. Se já não
tiver a caixa original, utilize uma caixa adequada e encha-a com a quantidade adequada de material de
acondicionamento. Não é necessário devolver os sensores, os consumíveis Microstream® EtCO2 ou os cabos de
alimentação.
Se houver uma avaria do monitor, embale cuidadosamente o monitor com um consumível não utilizado da mesma
caixa ou lote do consumível utilizado no momento da avaria e devolva-o juntamente com o monitor para inspecção.
Assistência técnica
Para obter informações técnicas, contacte o seu representante local ou escreva para
[email protected]
O Manual de Assistência Técnica inclui informações necessárias aos técnicos qualificados para efectuarem a
assistência técnica do monitor.
Consulte também a área de Serviços Técnicos na secção de Capnografia do nosso sítio web
http://www.oridion.com/.
Se for necessário devolver o monitor para reparação, contacte o seu representante local para obter instruções de
envio.
130
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Do not touch this field - it is invisible and does not appear in the
final document
Apêndice 1
Definições institucionais
Predefinições institucionais
Alterar as predefinições institucionais
Repor as predefinições de fábrica
Enviar ou transferir predefinições institucionais
Alterar as definições do monitor
Predefinições institucionais
O Capnostream é enviado de fábrica com todas as definições alteráveis configuradas de acordo com as tabelas da
secção Alterar as definições do monitor na página 132. Estas designam-se por Predefinições de Fábrica. Caso um
ambiente específico de utilização indique que são preferíveis ou necessárias outras definições, ou a política
institucional requeira valores diferentes das Predefinições de Fábrica, podem alterar-se as predefinições para que
entrem em vigor sempre que o monitor for ligado. Isto é mais fiável do que esperar que os membros do pessoal
alterem as definições antes de cada utilização.
As predefinições podem ser alteradas manualmente por um técnico autorizado/engenheiro biomédico para a
produção de predefinições institucionais. As predefinições são definidas no ecrã de Predefinições Institucionais,
acedido a partir do ecrã de Assistência Técnica. O ecrã de Assistência Técnica está protegido por palavra-passe.
O procedimento está descrito em Alterar as predefinições institucionais, abaixo.
Alterar as predefinições institucionais
A partir do ecrã de Início, utilize o manípulo de controlo para seleccionar o botão SISTEMA e depois seleccione o
botão ASSIST TÉCNICA no menu para abrir o ecrã de Assistência Técnica. Aparece a caixa de introdução da
palavra-passe próximo do topo do ecrã.
INTROD PAL-P
Tal como descrito em Navegação no ecrã na página 40, utilize o manípulo de controlo para seleccionar INTROD
PAL-P. Utilizando o manípulo de controlo, introduza a palavra-passe e clique novamente no manípulo de controlo
após a introdução da última letra. A palavra-passe aparece em Palavra-passe de assistência técnica do Capnostream
na página 150. A página da palavra-passe de assistência técnica pode ser removida do manual por motivos de
segurança.
Utilize o manípulo de controlo para seleccionar PREDEF INST. Tem a opção de alterar as predefinições de
LIMITES DE ALARME, TENDÊNCIA, MONITOR, CO2 e SpO2.
AVISO:
A alteração das definições poderá afectar negativamente a monitorização dos pacientes. As alterações
às definições institucionais só podem ser efectuadas por pessoal autorizado.
Nota:
Os pacientes não serão monitorizados pelo dispositivo enquanto este estiver no modo de Assistência
Técnica, mesmo que o monitor seja ligado a um paciente durante o modo de Assistência Técnica. (O
monitor entra no modo de Assistência Técnica assim que for introduzida a palavra-passe de assistência
técnica.) Por isso, poderá querer remover o FilterLine do paciente ou desligar o FilterLine do monitor
enquanto coloca o monitor no modo de Assistência Técnica. Não serão registados quaisquer dados
enquanto o monitor estiver no modo de Assistência Técnica, pelo que tentar monitorizar durante o modo de
Assistência Técnica irá originar problemas de dados em falta.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
131
Definições institucionais
Repor as predefinições de fábrica
Cada secção das definições descritas em seguida permite-lhe repor as definições de fábrica para essa secção
específica. Pode ainda fazer uma reposição global de todas as definições em todas as secções para as respectivas
predefinições de fábrica. Para isso, seleccione REPOR quando seleccionar pela primeira vez o ecrã de
Predefinições Institucionais.
Figura 49 - Ecrã de predefinições institucionais
Enviar ou transferir predefinições institucionais
O Capnostream fornece a opção de enviar predefinições institucionais do monitor para uma unidade de memória
flash USB ou de transferir predefinições institucionais de uma unidade de memória flash USB para o monitor.
Este utilitário é utilizado, por exemplo, para simplificar o processo quando uma instituição pretende que todos os
dispositivos de um determinado grupo ou secção utilizem as mesmas predefinições institucionais. Num caso desses,
as alterações às predefinições institucionais podem ser efectuadas num só dispositivo, e essas predefinições podem
ser enviadas para um dispositivo de memória flash USB, como descrito em seguida. Depois, essas predefinições
podem ser transferidas para os outros dispositivos Capnostream na secção/instituição utilizando este procedimento.

1.
PARA ENVIAR OU TRANSFERIR PREDEFINIÇÕES:
Para enviar, insira uma unidade de memória flash USB, com pelo menos 2 KB de memória livre, na porta
USB do Capnostream. Para transferir, insira uma unidade de memória flash USB com as predefinições
institucionais (enviadas anteriormente para a mesma) na porta USB do Capnostream.
2.
Clique no botão do menu SISTEMA para aceder ao ecrã de Sistema principal.
3.
Clique no botão do menu ASSIST TÉCNICA para aceder ao ecrã de Assistência Técnica e introduzir a
palavra-passe de assistência técnica (consulte Palavra-passe de assistência técnica do Capnostream na
página 150).
4.
Clique no botão do menu SUPORTE SOFTWARE para aceder ao ecrã de Suporte de Software. O ecrã de
Suporte de Software é apresentado na Figura 50 - Ecrã de suporte de software na página 133.
132
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Definições institucionais
5.
Clique no botão PREDEF ENVIO para enviar predefinições de uma unidade de memória flash USB para o
Capnostream ou clique no botão PREDEF TRANSF para transferir predefinições do Capnostream para uma
unidade de memória flash USB. Transferir predefinições irá criar uma pasta com o nome settings (definições)
na unidade de memória flash USB, que irá conter os ficheiros que podem ser utilizados para enviar
predefinições para outro Capnostream. Depois de enviar predefinições, o monitor irá encerrar-se
automaticamente; reinicie o monitor para retomar a operação.
Figura 50 - Ecrã de suporte de software
Alterar as definições do monitor
Limites de alarme
Há dois conjuntos de limites de alarme que são guardados no monitor: um para o tipo de paciente Adulto/Pediátrico
e outro para Lactente/Neonatal. (Os limites de Adulto/Pediátrico são relevantes para pacientes adultos e para os três
tipos de paciente pediátrico.) As predefinições de fábrica para os limites de alarme de Adulto e Neonatal são
apresentadas anteriormente na Tabela 32 - Limites de alarme predefinidos de fábrica na página 134.
Para alterar os limites de alarme para cada tipo de paciente, abra o ecrã de Predefinições Institucionais. Seleccione
LIMITES DE ALARME e, em seguida, utilize o manípulo de controlo para seleccionar DEF LACTENTE/NEO ou
DEF ADULTO/PEDIÁT ou DEF ATRASO ALARME, consoante necessário. Ser-lhe-á então apresentado o ecrã
de Predefinições Institucionais: Limites de Alarme: Lactente/Neonatal ou o ecrã de Predefinições Institucionais:
Limites de Alarme: Adulto/Pediátrico ou Atraso Alarme. Para obter mais informações acerca das opções do ecrã de
Atraso Alarme, consulte Atraso de alarme na página 73.
Altere as definições, tal como descrito na secção Alterar os limites de alarme na página 81.
Por predefinição, os alarmes de cautela estão desactivados e, no ecrã de Limites de Alarme, os valores para as
definições dos alarmes de cautela aparecem a cinzento. Seleccione ACTIVAR CAUTELA se pretender activar os
alarmes de cautela. Quando os alarmes de cautela estão activados, os valores das definições dos alarmes de cautela
alteram-se de cinzento para branco.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
133
Definições institucionais
Figura 51 - Ecrã de limites de alarme das predefinições institucionais
As predefinições de fábrica para os limites de alarme Adulto/Pediátrico e Lactente/Neonatal são apresentadas em
seguida.
Tabela 32 - Limites de alarme predefinidos de fábrica
Parâmetro
Urgente
vermelho
adulto/
pediátrico
Cautela
amarelo
adulto/
pediátrico
Urgente
vermelho
lactente/
neonatal
Cautela
amarelo
lactente/
neonatal
Intervalo de
alarme
A EtCO2
60
55
50
45
5-150 mmHg
B EtCO2
15
17
20
22
0-145 mmHg
A FiCO2
8
8
5
5
2-98 mmHg
MÁX FR
30
25
65
60
5-150 bpm (resp/min)
MÍN FR
5
7
25
28
0-145 bpm (resp/min)
S/ RESP
30
N/D
15
N/D
10-60 seg
A SpO2
100
100
98
98
25-100% saturação
B SpO2
85
90
85
90
20-95% saturação
MÁX FP
140
140
200
200
30-240 bpm (bat/min)
MÍN FP
50
50
100
100
25-235 bpm (bat/min)
MÍN IPI
3
5
N/D
N/D
1-9 ou DESL
SEGSAT
25
25
25
25
10, 25, 50, 100 ou
DESL
134
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Definições institucionais
Atraso de alarme
Diversos alarmes podem ser atrasados por um período de 10, 15, 20 ou 30 segundos, ou nenhum (Atraso Alarme
desactivado). Esta opção está disponível para todos os tipos de pacientes.
O atraso de alarme pode ser definido no ecrã de Predefinições Institucionais, acedido através de SISTEMA>
ASSIST TÉCNICA>INTROD PAL-P (consulte Palavra-passe de assistência técnica do Capnostream na
página 150)>PREDEF INST>LIMITES ALARME>DEF ATRASO ALARME.
Tabela 33 - Predefinições de fábrica e definições opcionais de atraso de alarme
Parâmetro
Escolhas
Predefinição de fábrica
ATRASO ALARME MÁX EtCO2
10, 15, 20, 30 segundos ou DESACT
DESACT
ATRASO ALARME MÁX FR
10, 15, 20, 30 segundos ou DESACT
DESACT
ATRASO ALARME MÍN SpO2
10, 15, 20, 30 segundos ou DESACT
DESACT
ATRASO ALARME MÍN FP
10, 15, 20, 30 segundos ou DESACT
DESACT
ATRASO ALARME MÁX FP
10, 15, 20, 30 segundos ou DESACT
DESACT
Definições de tendências
As Predefinições Institucionais podem ser definidas para alterar a Tendência armazenada no monitor e a forma de
apresentação no ecrã. Para as definições de tendências específicas para SpO2 e CO2, consulte as definições
individuais descritas em seguida para os parâmetros de SpO2 e CO2.
Tabela 34 - Definições de tendências predefinidas de fábrica e opcionais
Parâmetro
Escolhas
Predefinição de fábrica
Res gravação tendência
5 segundos a 12 horas
10 segundos a 24 horas
30 segundos a 72 horas
30 segundos a 72 horas
Predef vis increm tabular
MÍNIMO, 1,5, 3, 15 ou 60 minutos
1,5 minutos
Predef vista gráfica
2, 4 ou 12 horas
4 horas
A predefinição do visor IPI de início (consulte Visor IPI na página 65) também aparece no ecrã de Predefinições
Institucionais: Tendência.
A resolução de gravação de tendência predefinida determina quantas horas de informação do paciente conseguem
ser gravadas.
A visualização de incremento tabular permite que a predefinição seja definida para os valores da tabela.
A predefinição da vista gráfica pode ser alterada para que a janela de tendências apresente um período de tempo de
dados diferente.
Nota:
A alteração da resolução de tendência irá apagar a memória de tendências, apagando quaisquer dados de
pacientes que estivessem no monitor.
Para fazer alterações às predefinições de tendências, clique em ASSIST TÉCNICA>PREDEF INST>
TENDÊNCIA na barra de menus. Utilize o manípulo de controlo para navegar para os parâmetros descritos
anteriormente e clique para ver as opções. Escolha uma opção utilizando o manípulo de controlo e clique
novamente para registar essa opção como sendo a predefinição.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
135
Definições institucionais
Alterar a ordem de parâmetros na visualização de tendências
Os ecrãs de Tendência Gráfica e Tabular apresentam cinco parâmetros de paciente diferentes. A ordem dos
parâmetros de tendências pode ser alterada no ecrã de Predefinições Institucionais, de forma a mostrar os
parâmetros mais relevantes no primeiro ecrã de visualização de tendências em vez de no segundo. O procedimento
é o seguinte: Clique em SISTEMA>ASSIST TÉCNICA>INTROD PAL-P (consulte Palavra-passe de assistência
técnica do Capnostream na página 150) >PREDEF INST>TENDÊNCIA>VISOR CONFIG. para abrir o ecrã de
Predefinições Institucionais: Tendência: Configuração Visor.
Para cada posição que pretenda alterar, desloque o cursor para essa linha com o manípulo de controlo, clique no
manípulo de controlo e, em seguida, seleccione na coluna de Parâmetros Disponíveis os parâmetros que pretende
mostrar nessa linha. Por exemplo, na Posição do Parâmetro 1, a predefinição é EtCO2. Para alterar a visualização de
tendências para que o IPI apareça como o primeiro parâmetro no ecrã de Tendência, desloque o cursor para
Parâmetros Seleccionados: EtCO2, clique no manípulo de controlo e, em seguida, desloque-se com o manípulo de
controlo até atingir IPI na coluna de Parâmetros Disponíveis. Clique com o manípulo de controlo para colocar o IPI
como o primeiro parâmetro na visualização de tendências.
Clique em RETROCEDER>RETROCEDER>RETROCEDER>INÍCIO para manter as suas selecções quando
terminar de alterar a visualização de tendências. Para voltar ao visor predefinido, clique em PREDEFINIÇÕES no
ecrã de Predefinições Institucionais: Tendência: Configuração Visor.
As etiquetas de eventos utilizadas na gravação de tendências também podem ser alteradas no ecrã de Predefinições
Institucionais: Tendência, utilizando a barra de menus. Uma explicação detalhada aparece em Eventos, abaixo.
Eventos
Podem armazenar-se até 10 nomes de eventos em cada uma das três categorias no Capnostream. Isto permite que o
profissional de saúde de serviço descreva o evento que foi introduzido na memória do monitor. As três categorias
são medicação, acções do paciente e acções de intervenção clínica.
A maior parte dos nomes de eventos são fornecidos como predefinições de fábrica, com alguns deixados em branco
em cada uma das três categorias. No entanto, todos os 30 nomes de eventos podem ser editados para fornecerem as
descrições mais apropriadas para o ambiente em que o monitor irá ser utilizado.
Cada nome de evento pode ter até 11 caracteres alfanuméricos. Se um nome de evento for deixado em branco, será
armazenada uma selecção desse evento na memória de tendências como evento Rápido (consulte Introduzir eventos
de pacientes na página 47 para obter informações acerca da utilização de eventos).
Eventos de medicação
Permite que a instituição introduza um conjunto de 10 etiquetas de eventos que o operador pode utilizar para
marcar a administração de medicamentos na altura da monitorização. Os medicamentos predefinidos são:
FENTANYL, VERSED, MIDAZOLAM, MORFINA, DEMEROL, PROPOFOL, SURFACTANTE e OUTROS.
As três últimas definições estão em branco. Todas as definições são alteráveis. Para repor os eventos de medicação
para as definições de fábrica, utilize o manípulo de controlo e seleccione PREDEFINIÇÕES.
Eventos do paciente
Permite que a instituição introduza um conjunto de 10 etiquetas de eventos que o operador pode utilizar para
marcar eventos que ocorram ao paciente na altura da monitorização. Os eventos do paciente predefinidos são:
COMER, BEBER, TOSSIR, DEAMBULAR, PEITO PC, VIRADO, RESSONAR e OUTROS. As duas últimas
definições estão em branco. Todas as definições são alteráveis. Para repor os eventos do paciente para as
predefinições de fábrica, utilize o manípulo de controlo e seleccione PREDEFINIÇÕES.
136
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Definições institucionais
Eventos de intervenção
Permite que a instituição introduza um conjunto de 10 etiquetas de eventos que o operador pode utilizar para
marcar eventos em que tenha ocorrido uma intervenção física ou de outro tipo durante o período de monitorização.
Os eventos de intervenção predefinidos são: OXIGÉNIO, SUCÇÃO, AJUS V RESP, NARCAN, ROMAZICON,
NEB TX, ESTIMULADO, CO2 INSUF (Insuflação de CO2), ABG e OUTROS. As duas últimas definições estão
em branco. Todas as definições são alteráveis. Para repor os eventos de intervenção para as predefinições de
fábrica, utilize o manípulo de controlo e seleccione PREDEFINIÇÕES.
Como alterar as predefinições de eventos
A partir do ecrã de Assistência Técnica, seleccione o ecrã de PREDEF INST e depois o ecrã de TENDÊNCIA. Na
barra de menus do ecrã de Predefinições Institucionais: Tendência estão as opções para seleccionar MED para
alterar as definições de eventos de medicação, PAC para alterar as definições de eventos do paciente e INT para
alterar as definições de eventos de intervenção. Para alterar um evento, desloque-se até uma etiqueta de evento em
particular e clique para limpar o campo e introduzir outro nome de evento.
Definições do monitor
No ecrã de Predefinições Institucionais, seleccione MONITOR.
Figura 52 - Predefinições Institucionais: Monitor
As predefinições institucionais que podem ser definidas para o monitor são as seguintes:
Parâmetro
Escolhas
Predefinição de fábrica
dd mmm aa ou
mmm dd, aa
mmm dd, aa
Formato de hora
12 ou 24 horas
12 horas
Idioma
Inglês, Espanh, Franc, Alemão, Ital,
Neerl., Port., Russo, Sueco, Nor,
Japonês
INGLÊS
Silenc alarme áudio
MÁXIMO, ÚLT DEF, ÁUDIO DESL
MÁXIMO
MD marcação eventos
RÁP/DETLH
DETLH
V baud RS232
AUTO; 9600 ; 19,2K; 57,6K; 115,2K
AUTO
Formato de data
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
137
Definições institucionais
Parâmetro
Escolhas
Predefinição de fábrica
Chamar enfermeiz
ACTIV/DESACT
DESACT
Ecrã de início
PADRÃO, NUMÉR
PADRÃO
Visor IPI (nos ecrãs de Início,
Tendência e Analisar Alarme)
ACTIV/DESACT
ACTIV*
Alarme IPI
ACTIV/DESACT
DESACT
Função RS232
VueLink: IPI, A/H, ODI
VueLink: IPI
VueLink: APENAS CO2
PADRÃO
PADRÃO
Visualização A/h e ODI (se
disponíveis)
ACTIV/DESACT
ACTIV*
Modo standby dos parâmetros
ACTIV/DESACT
DESACT
*
Tenha em atenção que IPI não está disponível para pacientes do tipo Lactente/Neonatal e, por isso, é automaticamente
desactivado para pacientes do tipo Lactente/Neonatal. Adicionalmente, A/h e ODI não estão disponíveis para pacientes
do tipo lactente/neonatal ou pediátricos.
Parâmetros de CO2
É possível definir predefinições institucionais para todos os parâmetros de CO2 que sejam configuráveis no
monitor. Para alterar os parâmetros, seleccione CO2 no ecrã de Predefinições Institucionais.
Parâmetro
UNIDADES CO2
TEMP CORP,PRESSÃO,SAT*
VISUALIZAÇÃO FICO2
TP LI BOMBA DESL [min]
ESCALA FORMA ONDA CO2 (mmHg)
ESCALA ETCO2 VIS TEND
ESCALA FR VIS TEND
VEL EXAME ADLT/PEDIÁT (mm/seg)
VEL EXAME LACTENTE/NEO (mm/seg)
*
Escolhas
mmHg, kPa, Vol%
LIG/DESL
LIG/DESL
5, 10, 15 ou 30
50, 100, 150, Auto
50, 100, 150
50, 100, 150
3, 6,3, 12,5, 25
3, 6,3, 12,5, 25
Predefinição de fábrica
mmHg
LIG
LIG
15
Auto
50
50
6,3
6,3
Temp corp, pressão, sat (ou BTPS) denota a correcção padrão utilizada durante a medição da temperatura corporal,
pressão e saturação. A temp corp, pressão, sat deve ser definida para LIG durante todos os procedimentos de medição.
O dispositivo desliga automaticamente a correcção temp corp, pressão, sat durante os procedimentos de calibração e
volta a ligá-la após estes procedimentos. Não há necessidade de o utilizador fazer quaisquer alterações à definição
temp corp, pressão, sat.
Parâmetros de SpO2
É possível definir predefinições institucionais para todos os parâmetros de SpO2 que sejam configuráveis no
monitor. Para alterar os parâmetros, seleccione SpO2 no ecrã de Predefinições Institucionais.
Parâmetro
TOM DA PULSAÇÃO
SEGSAT
ESCALA SPO2 VIS TEND
ESCALA FP VIS TEND
VEL EXAME ADLT/PEDIÁT (mm/seg)
VEL EXAME LACTENTE/NEO (mm/seg)
138
Escolhas
LIG/DESL
LIG/DESL
0-100, 50-100
150, 300
3, 6,3, 12,5, 25
3, 6,3, 12,5, 25
Predefinição de fábrica
DESL
LIG
50-100
150
25
25
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Definições institucionais
Definições do canal digital para analógico
Para alterar as atribuições predefinidas de canal para a saída analógica, no ecrã de Predefinições Institucionais,
seleccione MONITOR e depois seleccione D/A. Siga as instruções, como descrito em Exportação de dados
analógicos com o na página 110.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
139
Apêndice 2
Do not touch this field - it is invisible and does not appear in the
final document
Especificações
Fonte de alimentação
Bateria
Controlos
Visor
Capnografia Microstream®
TM
Oximetria de Pulso Nellcor OxiMax
Alarmes
Saídas
Impressora térmica interna (opcional)
Características gerais
Classificação do equipamento
Conformidade
Fonte de alimentação
Item
Tensão de entrada
Fusíveis
Potência de entrada
Valor
100-240V CA, 50/60 Hz
Dois F3,15 A 250 V
90 VA
Bateria
Item
Tipo de bateria
Funcionamento da bateria
Tempo de carregamento da bateria
Valor
14,8V, 4Ah iões de lítio
2,5h (sem registo térmico)
100% em 12h
Controlos
Item
Painel frontal
140
Valor
1 interruptor para o controlo de Lig/Desl monitor
4 teclas de função específicas
1 codificador óptico com interruptor
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Especificações
Visor
Item
Ecrã
Velocidade de seguimento
Taxa de amostragem da forma de
onda
Armazenamento de tendências
Visualização de tendências
Valor
Visor TFT a cores de 162 mm (6.4")
Campo de píxeis: 0,204 (H) x 0,204 (V) mm (0.008")
Área activa de visualização: 130,56 (H) x 97,92 (V) mm (5.14 x
3.86")
Resolução de 640 x 480 píxeis
Ângulo de visualização (vertical) 110°
Ângulo de visualização (horizontal) 140°
3,0, 6,3, 12,5 e 25 mm/seg
75,7 amostras/seg para SpO2 (fixo)
20 amostras/seg para Capnografia (fixo)
Armazenamento de 8640 pontos
- 12h a uma resolução de 5s
- 24h a uma resolução de 10s
- 72h a uma resolução de 30s
Visualização gráfica:
- visualizações de 2h, 6h, 12h
Visualização tabular:
- 60 min, 15 min, 3 min, 1,5 min e resolução mínima (resolução
mínima configurável para 5, 10, ou 30 segundos)
Capnografia Microstream®
Item
Unidades de CO2
Intervalo de CO2, EtCO2, FiCO2
Resolução da forma de onda de
CO2
Resolução de EtCO2, FiCO2
Precisão de CO2
Intervalo da frequência respiratória
Precisão da frequência respiratória
Alarmes de CO2
Taxa de fluxo
Amostragem da forma de onda
Tempo de resposta
Tempo de inicialização
Intervalo de calibração
Valor
mmHg ou kPa ou Vol%
0-150 mmHg
0,1 mmHg
1 mmHg
0-38 mmHg: ± 2 mmHg
39-150 mmHg: ± (5% da leitura + 0,08% para cada 1 mmHg
acima de 38 mmHg)
0-150 bpm (resp/min)
0-70 bpm: ±1 bpm
71-120 bpm: ±2 bpm
121-150 bpm: ±3 bpm
S/ RESP, A EtCO2, B EtCO2, MÁX FR, MÍN FR, MÍN IPI (IPI
também requer informações de oximetria de pulso)
50 (42,5 ≤ fluxo ≤ 65) ml/min, fluxo medido através do volume
20 amostra/s
2,95 segundos (típico)
40 segundos (típico)
Calibrar inicialmente após 1200 horas de funcionamento, depois
uma vez ao ano ou após 4000 horas de funcionamento,
dependendo do que ocorrer primeiro.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
141
Especificações
Oximetria de Pulso Nellcor OxiMaxTM
Item
Intervalo de medição de SpO2
Precisão de SpO2
Modos adulto e pediátrico
Intervalo de SpO2: 70% - 100%
Intervalo de SpO2: 0 - 69%
Modo lactente/neonatal
Intervalo de SpO2: 70% - 100%
Intervalo de SpO2: 0 - 69%
Intervalo da frequência de pulso
Precisão da frequência de pulso
Alarmes
Intervalo de SegSat
Valor
0-100%
± 2 dígitos
Não especificado
± 3 dígitos
Não especificado
20-250 bpm (bat/min)
± 3 bpm
Limites de alarme ajustáveis
A SpO2, B SpO2, MÁX FP, MÍN FP
10, 25, 50, 100
Alarmes
Item
Alarmes de aviso de paciente de
prioridade alta
Alarmes de cautela de paciente
Alarme de prioridade média
Advertências
Advertências silenciosas
Controlo do volume de alarme
Silenciar alarme temporariamente
142
Valor
LED vermelho a piscar
Valor numérico vermelho a piscar
Padrão de sinais sonoros de alarme de prioridade alta
Indicação de alarme no ecrã
Chamada de enfermeiro
LED amarelo a piscar
Valor numérico amarelo a piscar
LED amarelo a piscar
Sinal sonoro triplo a cada trinta segundos
Indicação de alarme no ecrã
Chamada de enfermeiro
Sinal sonoro único
Indicação de advertência no ecrã
Indicação de advertência no ecrã
5 passos
Todos os alarmes audíveis silenciados por 2 minutos
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Especificações
Saídas
Saída analógica
Conector de tipo D fêmea de 15 pinos
Estrutura dos pinos:
Pino
1
2
3
4
5
6
7
8
Atribuição
Terra
Sinal do canal 1
Terra
Sinal do canal 2
Terra
Sinal do canal 3
Terra
Sinal do canal 4
Pino
9
10
11
12
13
14
15
Atribuição
Terra
Terra
Sinal do canal 5
Terra
Sinal do canal 6
Terra
Sinal do canal 7
Chamada de enfermeiro
Relé normalmente aberto/normalmente fechado
Corrente de transporte nominal: 2A
Corrente máxima permitida: 2A
Tensão máxima permitida: 24V CC
Capacidade de contacto: 2A @ 24V CC.
Entrada de áudio estéreo de 1/8”
Pino da ficha de áudio estéreo correspondente
N1 - N2: Relé normalmente fechado
N1 - N3: Relé normalmente aberto
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
143
Especificações
RS-232
Conector de tipo D fêmea de 9 pinos
Estrutura dos pinos
Pino
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Atribuição
-PC_RX
PC_TX
-Terra com isolamento
-----
USB
Conector anfitrião tipo A USB (fêmea)
Apenas para utilização com unidades de memória flash.
Estrutura dos pinos
Pino
Atribuição
1
2
3
4
VBUS
Dados Dados +
Terra
Impressora térmica interna (opcional)
Item
Tipo
Método de impressão
Densidade de pontos
Largura do papel
Diâmetro do rolo de papel (máximo)
Comprimento do papel (máximo)
Velocidade
144
Valor
Dois canais
Registo térmico
203 dpi
58 mm (2 ¼")
1/2
40 mm (1 ")
15,2 metros (50 ft)
25 mm/s
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Especificações
Características gerais
Item
Dimensões da unidade
Peso da unidade
Temperatura de funcionamento
Pressão e altitude de
funcionamento
Humidade de funcionamento
Temperatura de armazenamento e
transporte
Pressão e altitude de
armazenamento e transporte
Humidade de armazenamento e
transporte
Dimensões do produto embalado
Peso do produto embalado
Valor
167 mm (a) x 220 mm (l) x 192 mm (p)
(6.6" (a) x 8.7" (l) x 7.6" (p))
3,6 kg (7,94 lb)
0 °C a 35 °C (32 °F a 95 °F)
Pressão: 430 mmHg a 795 mmHg
Altitude: -381 m a 4572 m (-1250 ft a 15.000 ft)
10% a 95% sem condensação
Até ao limite inferior de -35 °C (-31 °F)
Até ao limite superior de 70 °C (158 °F)
Pressão: 430 mmHg a 795 mmHg
Altitude: -381 m a 4572 m (-1250 ft a 15.000 ft)
10% a 95% sem condensação
315 mm (a) x 340 mm (l) x 285 mm (p)
(12.4" (a) x 13.4" (l) x 11.2" (p))
6,6 kg (14.55 lb)
Classificação do equipamento
Item
Tipos de protecção contra choque
eléctrico
Grau de protecção contra choque
eléctrico
Modo de funcionamento
Grau de protecção contra entrada
de líquidos
Valor
Classe 1
Tipo BF à prova de desfibrilador
Contínuo
IEC 60601-1, sub-cláusula 44.6 para equipamento de classe
IPX1 à prova de gotas
Conformidade
Este produto foi concebido para estar em conformidade com as normas seguintes:
IEC/EN 60601-1
UL 60601-1
CSA C22.2 N.º 601.1-M90
IEC/EN 60601-1-2/2001 Classe A, Emissão Irradiada e Conduzida
IEC 60601-1-8 (alarmes audíveis e visuais)
ISO 21647 (capnografia)
ISO 9919 (oximetria de pulso)
IEC 60601-2-49 Requisitos particulares para a segurança de equipamento multifunções de monitorização de pacientes
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
145
Especificações
Imunidade electromagnética
O monitor é adequado para utilização no ambiente electromagnético especificado. O utilizador do monitor deverá
assegurar que é utilizado num ambiente electromagnético tal como o descrito em seguida.
Tabela 35 - Indicações e declaração do fabricante – emissões electromagnéticas
Teste de emissões
Conformidade
Emissões RF CISPR 11
Grupo 1
Emissões RF
CISPR 11
Emissões harmónicas
IEC 61000-3-2
Flutuações de
tensão/emissões de
cintilação IEC 61000-3-3
Classe A
Não aplicável
Em conformidade
Ambiente electromagnético – indicações
O monitor utiliza energia RF apenas para o seu
funcionamento interno. Assim sendo, as suas
emissões RF são muito baixas e é improvável que
possam causar interferências em equipamentos
electrónicos próximos.
O monitor é adequado para ser utilizado em todas
as instalações, para além das domésticas e nas
directamente ligadas à rede eléctrica pública de
baixa tensão que fornece energia aos edifícios
utilizados para fins domésticos.
Tabela 36 - Indicações e declaração do fabricante – imunidade electromagnética
Teste de imunidade
Nível de teste
IEC 60601
Nível de
conformidade
Descarga
electrostática
IEC 61000-4-2
± 6 kV contacto
± 8 kV ar
± 6 kV contacto
± 8 kV ar
Transiente eléctrico
rápido/rajada
IEC 61000-4-4
± 2 kV para linhas de
fonte de alimentação
± 1 kV para linhas de
entrada/saída
± 1 kV linha(s) para
linha(s)
± 2 kV linha(s) para
terra
1
<5% UT
(>95% queda em UT)
para 0,5 ciclos
40% UT (60% queda
em UT) para 5 ciclos
70% UT (30% queda
em UT) para
25 ciclos
<5% UT (>95%
queda em UT) para
5s
3 A/m
± 2 kV para linhas de
fonte de alimentação
± 1 kV para linhas de
entrada/saída
± 1 kV linha(s) para
linha(s)
± 2 kV linha(s) para
terra
<5% UT
(>95% queda em UT)
para 0,5 ciclos
40% UT (60% queda
em UT) para 5 ciclos
70% UT (30% queda
em UT) para
25 ciclos
<5% UT (>95%
queda em UT) para
5s
3 A/m
3 Vrms 150 kHz a
80 MHz
3V
Pico de tensão
IEC 61000-4-5
Quedas de tensão,
interrupções breves e
variações de tensão
nas linhas de entrada
da fonte de
alimentação
IEC 61000-4-11
Campo magnético da
frequência da rede
eléctrica (50/60 Hz)
IEC 61000-4-8
RF conduzida
IEC 61000-4-6
146
Ambiente electromagnético –
indicações
Os pavimentos devem ser de madeira,
cimento ou cerâmica. Se os pavimentos
estiverem revestidos com material sintético,
a humidade relativa deve ser de pelo
menos 30%.
A qualidade da electricidade da rede deve
ser a habitual para um ambiente comercial
ou hospitalar.
A qualidade da electricidade da rede deve
ser a habitual para um ambiente comercial
ou hospitalar.
A qualidade da electricidade da rede deve
ser a habitual para um ambiente comercial
ou hospitalar. Se o utilizador do monitor
necessitar de um funcionamento contínuo
durante um cortes de electricidade da rede,
recomenda-se que o monitor esteja ligado a
uma bateria ou a uma fonte de alimentação
ininterrupta.
Os campos magnéticos da frequência da
rede eléctrica devem estar aos níveis
típicos de um ambiente comercial ou
hospitalar normal.
Os equipamentos de comunicações de RF
portáteis e móveis não devem ser utilizados
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Especificações
Teste de imunidade
RF irradiada
IEC 61000-4-3
Nível de teste
IEC 60601
3 V/m 80 MHz a
2,5 GHz
Nível de
conformidade
3 V/m
Ambiente electromagnético –
indicações
junto de qualquer parte do monitor,
incluindo cabos, a uma distância de
separação inferior à recomendada,
calculada a partir da equação aplicável à
frequência do transmissor.
Distâncias de separação recomendadas:
150 kHz a 80 MHz: d= 1,2
80 MHz a 800 MHz: d= 1,2
800 MHz a 2,5 GHz: d= 2,3
onde P é a potência de saída máxima
nominal do transmissor em watts (W), de
acordo com o fabricante do transmissor, e d
é a distância de separação recomendada
2
em metros (m).
As intensidades de campo de
transmissores de RF fixos, como
determinado por um exame local
electromagnético, devem ser inferiores ao
nível de conformidade em cada gama de
a,b
frequência.
Podem ocorrer interferências nas
proximidades de equipamentos marcados
com o seguinte símbolo:
1 UT corresponde à tensão da rede pública CA antes da aplicação do nível de teste.
2 Entre 80 MHz e 800 MHz, aplica-se a gama de frequência superior.
NOTA: Estas directrizes podem não ser aplicáveis em todas as situações. A propagação electromagnética é afectada pela absorção e reflexão por
estruturas, objectos e pessoas.
a As intensidades de campo de transmissores fixos, como estações-base de telefones de rádio (telemóveis, telefones sem fio) e rádios móveis terrestres, radioamador, difusão de rádio AM e FM, e difusão de TV
não podem ser teoreticamente previstas com precisão. Para determinar o ambiente electromagnético resultante de transmissores de RF fixos, deve considerar-se a realização de um exame local electromagnético.
Se a intensidade de campo medida no local de utilização do monitor exceder o nível de conformidade de RF aplicável indicado anteriormente, deve ser verificado o funcionamento normal do monitor. Se for
observado um desempenho anormal, poderão ser necessárias medidas adicionais, tais como reorientar ou reposicionar o monitor.
b Na gama de frequência entre 150 kHz e 80 MHz, as intensidades de campo devem ser inferiores a [V1] V/m.
O monitor destina-se a ser utilizado num ambiente electromagnético em que as perturbações de RF irradiadas estão
controladas. O cliente ou utilizador do monitor pode ajudar a evitar a interferência electromagnética, mantendo uma
distância mínima entre equipamento de comunicações de RF portátil e móvel (transmissores) e o monitor, como
recomendado em seguida, em conformidade com a potência de saída máxima do equipamento de comunicações.
Tabela 37 - Distâncias de separação recomendadas entre
equipamentos de comunicações de RF portáteis e móveis e o monitor
Potência de saída máxima
nominal do transmissor
em W
Distância de separação de acordo com a frequência do transmissor
1
em m
150 kHz a 80 MHz
80 MHz a 800 MHz
800 MHz a 2,5 GHz
d= 1,2
d= 1,2
d= 2,3
0,01
0,12
0,12
0,23
0,1
0,38
0,38
0,73
1
1,2
1,2
2,3
10
3,8
3,8
7,27
100
12
12
23
Para transmissores com uma potência de saída máxima nominal não listada anteriormente, a distância de separação
recomendada d em metros (m) pode ser estimada utilizando a equação aplicável à frequência do transmissor, em
que P é a potência de saída máxima nominal do transmissor em watts (W), de acordo com o fabricante do
transmissor.
1 Entre 80 MHz e 800 MHz, aplica-se a distância de separação para a gama de frequência superior.
NOTA: Estas directrizes podem não ser aplicáveis em todas as situações. A propagação electromagnética é afectada pela absorção e reflexão
por estruturas, objectos e pessoas.
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
147
Do not touch this field - it is invisible and does not appear in the final
document
Apêndice 3
Consumíveis Microstream EtCO2
Consumíveis Microstream EtCO2
Consumíveis Microstream EtCO2
Os produtos com a designação H (para utilização em ambientes humidificados) estão assinalados com um asterisco
(*) na tabela seguinte.
Consumíveis Microstream
Consumíveis entubados
Conjunto FilterLine Adulto/Pediátrico
Conjunto FilterLine Adulto/Pediátrico 100 un.
Conjunto FilterLine H Adulto/Pediátrico*
148
XS04620
010579
XS04624
Conjunto FilterLine H Adulto/Pediátrico 100 un.*
Conjunto FilterLine H Lactente/Neonatal*
Conjunto FilterLine Adulto/Pediátrico Longo
Conjunto FilterLine H Adulto/Pediátrico Longo*
Conjunto FilterLine H Lactente/Neonatal Longo*
Conjunto VitaLine H Adulto/Pediátrico*
010580
006324
007768
007737
007738
010787
Conjunto VitaLine H Lactente/Neonatal*
Consumíveis não entubados
Smart CapnoLine Plus (conector de O2)
010807
Smart CapnoLine Plus (conector de O2) 100 un.
Smart CapnoLine Plus Longo (conector de O2)
Smart CapnoLine Plus Longo (conector de O2) 100 un.
Smart CapnoLine Plus O2 (tubagem de O2)
Smart CapnoLine Plus O2 (tubagem de O2) 100 un.
Smart CapnoLine Plus O2 Longo (tubagem de O2)
Smart CapnoLine Plus O2 Longo (tubagem de O2) 100 un.
Smart CapnoLine Pediátrico
Smart CapnoLine O2 Pediátrico (tubagem de O2)
Smart CapnoLine O2 Ped. Longo (tubagem de O2)
Smart CapnoLine H Plus O2 (tubagem de O2)*
Smart CapnoLine H Plus O2 (tubagem de O2) 100 un.*
Smart CapnoLine H Plus O2 Longo (tubagem de O2)*
Smart CapnoLine H O2 Pediátrico (tubagem de O2)*
Smart CapnoLine H O2 Pediátrico Longo (tubagem de O2)*
Smart Capnoline Guardian (conector de O2)
Smart Capnoline Guardian (conector de O2) 100 un.
010209
010340
010339
009822
010210
009826
010341
007266
007269
007743
010433
010625
012463
010582
012464
012528
012537
009818
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Consumíveis Microstream EtCO2
Consumíveis Microstream
Smart Capnoline Guardian O2 (tubagem de O2)
Smart Capnoline Guardian O2 (tubagem de O2) 100 un.
Smart Capnoline Guardian O2 Longo (tubagem de O2)
Smart Capnoline Guardian O2 Longo (tubagem de O2) 100 un.
012529
012538
012530
012539
Correia de gancho e presilha
FilterLine Nasal Adulto O2/CO2 (tubagem de O2)
FilterLine Nasal Adulto O2/CO2 (tubagem de O2) 100 un.
FilterLine Nasal Adulto Longo O2/CO2 (tubagem de O2)
FilterLine Nasal Adulto Longo O2/CO2 (tubagem de O2) 100 un.
012542
006912
010304
007739
010344
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
149
Do not touch this field - it is invisible and does not appear in the final
document
Apêndice 4
Palavra-passe de assistência técnica do
Capnostream
Palavra-passe de assistência técnica do Capnostream
|
|
|
Palavra-passe de assistência técnica do Capnostream
Esta palavra-passe de assistência técnica é: SERV
|
|
|
|
|
|
|
|
|
|
|
|
|
|
|
|
|
|
|
|
|
|
|
|
|
|
150
Monitor Portátil de Cabeceira Capnógrafo/Oxímetro de Pulso
Was this manual useful for you? yes no
Thank you for your participation!

* Your assessment is very important for improving the work of artificial intelligence, which forms the content of this project

Download PDF

advertisement