Manual técnico System Access Point SAP-S-1-84 SAP-S

Manual técnico System Access Point SAP-S-1-84 SAP-S
3273-1-8551│18.07.2014
Manual técnico
System Access Point
SAP-S-1-84
SAP-S-127.1
[email protected] ®
Índice
1
Notas sobre o manual ________________________________________________________________ 3
2
Segurança _________________________________________________________________________ 4
2.1
Símbolos usados ______________________________________________________________________ 4
2.2
Utilização conforme ____________________________________________________________________ 5
2.3
Uso apropriado _______________________________________________________________________ 5
2.4
Grupo alvo / qualificação do pessoal_______________________________________________________ 5
2.5
Instruções de segurança ________________________________________________________________ 6
3
Notas sobre a proteção ambiental ______________________________________________________ 7
4
Descrição do produto ________________________________________________________________ 8
5
6
7
4.1
Material fornecido _____________________________________________________________________ 9
4.2
Vista geral dos tipos ___________________________________________________________________ 9
Dados técnicos ____________________________________________________________________ 10
5.1
Vista geral __________________________________________________________________________ 10
5.2
Dimensões__________________________________________________________________________ 10
5.3
Esquemas de conexão ________________________________________________________________ 11
Montagem ________________________________________________________________________ 12
6.1
Instruções de planeamento _____________________________________________________________ 12
6.2
Instruções de segurança para a montagem ________________________________________________ 12
6.3
Montagem / instalação ________________________________________________________________ 13
Colocação em funcionamento _________________________________________________________ 18
7.1
Requisitos do sistema _________________________________________________________________ 19
7.2
Ligação à rede _______________________________________________________________________ 19
7.3
Estabelecer a ligação à interface de utilizador do System Access Point __________________________ 22
7.4
Mais esclarecimentos sobre as funções da rede ____________________________________________ 26
7.5
Efetuar os ajustes básicos da interface de utilizador _________________________________________ 28
7.6
Estrutura do menu principal_____________________________________________________________ 29
7.7
Estrutura da área de trabalho ___________________________________________________________ 30
7.8
Criar a estrutura da casa _______________________________________________________________ 31
7.9
Atribuir os aparelhos às divisões _________________________________________________________ 32
7.10
Possibilidades de ajuste por canal _______________________________________________________ 36
7.11
Fazer conexões ______________________________________________________________________ 37
7.12
Comando de tempo ___________________________________________________________________ 39
7.13
Painéis _____________________________________________________________________________ 43
7.14
Outras definições gerais no System Access Point ___________________________________________ 44
8
Possibilidades de atualização _________________________________________________________ 46
9
Operação _________________________________________________________________________ 47
10
9.1
Elementos de indicação e de operação ___________________________________________________ 47
9.2
Master Reset sem acesso à interface de utilizador web _______________________________________ 47
Manutenção _______________________________________________________________________ 48
10.1
Limpeza ____________________________________________________________________________ 48
Manual técnico 3273-1-8551
│2
[email protected] ®
1
Notas sobre o manual
Notas sobre o manual
Leia o manual atentamente e siga as instruções apresentadas. Deste modo, evita os
danos pessoais e materiais e garante uma operação segura e uma longa vida útil do
aparelho.
Guarde o manual cuidadosamente.
Se vender o aparelho, entregue também o manual.
A Busch-Jaeger não oferece garantia para os danos resultantes da não observação do
manual.
Se necessitar de outras informações ou tiver perguntas sobre o aparelho, entre em
contato com a Busch-Jaeger ou visite-nos na internet em:
www.BUSCH-JAEGER.com
www.abb.com/freeathome
Manual técnico 3273-1-8551
│3
[email protected] ®
2
Segurança
Segurança
O aparelho foi construído de acordo com a regras técnicas válidas no respectivo
período e é seguro para a operação. Ele foi controlado e saiu da fábrica num estado
seguro e perfeito.
Porém, há perigos residuais. Leia e observe as instruções de segurança para evitar os
perigos.
A Busch-Jaeger não oferece garantia para os danos resultantes da não observação
das instruções de segurança.
2.1
Símbolos usados
Os seguintes símbolos indicam perigos especiais no manejo com o aparelho ou
oferecem instruções úteis.
Atenção
Este símbolo, juntamente com a palavra sinalizadora "Atenção"
indica uma situação perigosa que pode levar à morte ou a lesões
sérias.
Atenção – danos materiais
Este símbolo indica uma situação provavelmente prejudicial para o
produto. A não observação pode ter como consequência uma
danificação ou destruição do produto.
Nota...
Este símbolo indica informações úteis ou referências a outros
temas. Isto não é uma palavra sinalizadora para uma situação
perigosa.
Este símbolo indica informações sobre o meio ambiente.
Para indicar perigos especiais, os seguintes símbolos são usados no manual:
Este símbolo indica uma situação perigosa devido a um choque
elétrico. Se tal nota indicada não for observada, lesões graves ou
mortais podem ser a consequência.
Manual técnico 3273-1-8551
│4
[email protected] ®
2.2
Segurança
Utilização conforme
O aparelho é um dispositivo de controlo e de colocação em funcionamento central
para a montagem saliente e fixa. Por cada sistema só pode ser instalado um
System Access Point.
O aparelho tem a seguinte utilização:
» a operação de acordo com os dados técnicos e tipos de carga apresentados,
» a instalação em interiores secos,
» com as possibilidades de conexão disponíveis no aparelho.
A utilização apropriada inclui também a observação de todas as informações deste
manual.
Nota...
Observar as indicações sobre a Cyber Security (ver código QR no
folheto do aparelho ou em www.busch-jaeger-catalogue.com).
2.3
Uso apropriado
Qualquer utilização não mencionada no capítulo 2.2 é considerada como não
apropriada e pode levar a danos pessoais e materiais.
A Busch-Jaeger não se responsabiliza por danos resultantes da utilização não
apropriada do aparelho. O risco é então de total responsabilidade do utilizador /
proprietário.
O aparelho não é concebido para:
»
»
»
»
2.4
alterações arbitrárias na construção,
reparações,
o uso na área externa ou na área de células húmidas,
o uso com um acoplador de barramento adicional.
Grupo alvo / qualificação do pessoal
A instalação, colocação em funcionamento e manutenção do aparelho só podem
ser feitas por eletricistas formados com a respectiva qualificação.
O eletricista deve ter lido e entendido o manual e seguir as instruções.
O eletricista deve observar os regulamentos nacionais, válidos no seu país,
relativos à instalação, o controlo funcional, a reparação e a manutenção de
produtos elétricos.
O eletricista deve conhecer e aplicar corretamente as "cinco regras de segurança"
(DIN VDE 0105, EN 50110):
1. Desligar a tensão;
2. Bloquear contra um novo ligamento;
3. Verificar a ausência de tensão;
4. Fazer a ligação terra e curto-circuitar;
5. Cobrir ou isolar as peças próximas sob tensão.
Manual técnico 3273-1-8551
│5
[email protected] ®
2.5
Segurança
Instruções de segurança
Atenção
Tensão elétrica! Perigo de morte e de incêndio devido à tensão
elétrica de 230 V.
No caso de contato direto ou indireto com peças condutoras de
tensão, há uma perigosa passagem de corrente pelo corpo. As
consequências podem ser o choque elétrico, queimaduras ou a
morte.
» Os trabalhos na rede de 230 V só devem ser feitos por eletricistas
especializados.
» Antes da montagem/desmontagem, desligue a tensão de rede.
» Nunca use o aparelho com cabos de conexão danificados.
» Não abra coberturas parafusadas da carcaça do aparelho.
» Só use o aparelho se ele estiver num estado técnico perfeito.
» Não faça modificações ou reparações no aparelho, nos seus
componentes e acessórios.
» Mantenha o aparelho longe da água e ambientes húmidos.
Atenção – danos materiais
Danos no aparelho por influências externas.
A humidade e a sujidade do aparelho podem levar à destruição do
aparelho.
» Proteja o aparelho contra humidade, sujidade e danos no
transporte, no armazenamento e na operação.
Manual técnico 3273-1-8551
│6
[email protected] ®
3
Notas sobre a proteção
ambiental
Notas sobre a proteção ambiental
Todos os materiais de embalagem e os aparelhos são equipados com
identificações e selos de controlo para a eliminação especializada e adequada.
Os produtos correspondem aos requisitos regulamentos legais, especialmente a
lei sobre aparelhos eletrónicos e elétricos e o regulamento REACH (diretiva
UE 2002/96/CE WEEE e 2002/95/CE RoHS - Restrição de Certas Substâncias
Perigosas), (regulamento UE-REACH e lei para a execução do regulamento (CE)
N°.1907/2006).
O aparelho contém matérias-primas preciosas que podem ser
reutilizadas. Os aparelhos elétricos e eletrónicos não devem ser
jogados no lixo doméstico.
» Faça a eliminação do material de embalagem e dos aparelhos
elétricos ou dos seus componentes sempre através dos pontos
de coleta autorizados ou empresas de eliminação.
Manual técnico 3273-1-8551
│7
[email protected] ®
4
Descrição do produto
Descrição do produto
Fig. 1: Vista geral do produto
[1] Lado da frente do aparelho
[2] Teclas de comando e LEDs de estado
O aparelho é um dispositivo de controlo e de colocação em funcionamento
central para a montagem saliente e fixa. O System Access Point estabelece a
conexão entre os participantes do [email protected] e o smartphone, o tablet ou o PC.
Durante a colocação em funcionamento, o Sistem Access Point consegue
identificar e programar os participantes. Além disso, ele executa programas Astro
e de tempo e serve como mediador para ligar funções através da App
[email protected]
A interface de utilizador web do System Access Point pode ser simultaneamente
acedida e operada por vários participantes (computadores e / ou dispositivos
móveis) através da App [email protected] De acordo com a quantidade de alterações
realizadas, poderá ocorrer uma redução do desempenho. Deste modo, as
alterações necessitam de mais tempo até serem aplicadas. Por isso,
recomendamos que a interface de utilizador seja utilizadas por, no máximo, 4
participantes em simultâneo.
Depois de ligar a tensão de barramento, o System Access Point reconhece
automaticamente todos os aparelhos ligados ao sistema, se os mesmos
estiverem corretamente conectados. O acoplador de barramento integrado
possibilita a conexão à linha de barramento [email protected]
O System Access Point também é considerado um participante do sistema.
Outras características do produto:
» LEDs verdes como indicação de estado.
Manual técnico 3273-1-8551
│8
[email protected] ®
4.1
Descrição do produto
Material fornecido
O material fornecido contém o aparelho e um terminal de conexão de
barramento fornecido. Os cabos adaptadores adicionais não estão incluídos no
material fornecido.
4.2
Vista geral dos tipos
N° do artigo
Nome do produto
Alimentação de corrente
SAP-S-1-84
System Access Point
230 V~ 70 mA, 50/60 Hz;
SAP-S-127.1
System Access Point
127 V~ 120 mA, 50/60 Hz;
Tab.1: Vista geral dos tipos
Manual técnico 3273-1-8551
│9
[email protected] ®
5
Dados técnicos
5.1
Vista geral
Dados técnicos
Parâmetro
Valor
Alimentação de corrente
SAP-S-1-84:
230 V~ 70 mA, 50/60 Hz;
SAP-S-127.1:
127 V~ 120 mA, 50/60 Hz;
Terminais de parafusos: 2x2,5 mm2 fixo;
2x1,5 mm2 flexível
Tensão de barramento; participante do
barramento
24 VDC (através de fonte de alimentação
separada); 1 (12mA)
Ligação
Terminal de conexão de barramento: 0,4-0,8 mm
Tipo de cabo
J-Y(St)Y, 2x2x0,8 mm
Isolamento
6-7 mm
Tomada de ligação RJ
RJ45
Classe de proteção
IP20
Temperatura ambiente
- 5 °C – + 45 °C
Temperatura de armazenagem
- 20 °C – + 70 °C
Tab. 2: Dados técnicos
5.2
Dimensões
Nota...
Todas as informações sobre as dimensões são indicadas em mm.
Fig. 2: Dimensões
Manual técnico 3273-1-8551
│10
[email protected] ®
5.3
Dados técnicos
Esquemas de conexão
Fig. 3: Conexão elétrica
Manual técnico 3273-1-8551
│11
[email protected] ®
6
Montagem
6.1
Instruções de planeamento
Montagem
Nota...
As instruções de aplicação e planeamento para o sistema podem
ser consultadas no manual do sistema do [email protected] Este pode
ser descarregado em www.abb.com/freeathome.
6.2
Instruções de segurança para a montagem
Fig. 4: Circuitos de corrente SELV
[1] Linha de barramento
[2] Alimentação de 230 V
Atenção – perigo de morte por curto-circuito
Perigo de morte por tensão elétrica no valor de 230 V no caso de
curto-circuito na linha de baixa tensão.
» Observar que deve haver uma separação de espaço (> 10 mm)
dos circuitos de corrente SELV com os outros circuitos de
corrente (ver Fig. 4).
» Se a distância mínima não for alcançada, usar p. ex.
mangueiras de isolamento ou fichas eletrónicas
» Observar a polaridade correta.
» Observar as normas aplicáveis.
Manual técnico 3273-1-8551
│12
[email protected] ®
Montagem
Atenção – perigo de morte por tensão elétrica
No caso de contato direto ou indireto com peças condutoras de
tensão, há uma perigosa passagem de corrente pelo corpo. As
consequências são o choque elétrico, queimaduras ou a morte.
Os trabalhos nas instalações elétricas executados de forma
inapropriada colocam em perigo a própria vida e a vida do
utilizador. Além disso, podem ocorrer incêndios e sérios danos
materiais.
» Instalar os aparelhos somente se possuir as conhecimentos e
experiência necessários sobre eletrotécnica (ver o
capítulo 2.4).
» Usar o equipamento de proteção pessoal apropriado
» Usar ferramentas e aparelhos de medição apropriados.
» Verificar o tipo da rede de alimentação de tensão (sistema TN-,
sistema IT, sistema TT) para garantir as condições de conexão
resultantes (ligação ao neutro clássica, ligação terra, medidas
adicionais necessárias, etc.).
6.3
Montagem / instalação
Nota...
Os aparelhos com acoplador de barramento integrado estão
previstos para a montagem saliente fixa. A introdução do cabo é
realizada através das respetivas caixas embutidas ou salientes.
O cabo de barramento é sempre introduzido no lado de trás! Assim,
a introdução do cabo é sempre realizada através de uma caixa
embutida.
» A ligação dos cabos CAT com patch é feita diretamente através da
tomada RJ45. Utilizar apenas cabos CAT blindados!
» No caso de instalações com conexão fixa fora da instalação, é
necessário prever um dispositivo de separação que esteja
facilmente acessível.
» Nas instalações com conexão por encaixe, a caixa de tomada tem
de ser montada perto da instalação e ser facilmente acessível.
A montagem pode ser realizada em 2 variantes.
Manual técnico 3273-1-8551
│13
[email protected] ®
6.3.1
Montagem
Variante de montagem A
O cabo de alimentação de 230 V, o cabo de barramento e o cabo CAT (opcional
para LAN) são introduzidos pelo lado de trás. São utilizadas 2 caixas embutidas.
A distância mínima entre as caixas embutidas é de, no mínimo, 80 mm.
» Abrir a tampa da caixa.
- Utilizar uma chave de fendas e introduzir a
mesma na ranhura ilustrada.
- Pressionar ligeiramente o suporte para
dentro e dobrar a tampa da caixa para
cima.
» Com uma chave de fendas, quebrar por
trás os dois locais de quebra [1] para a
introdução dos cabos.
» Conectar a linha de barramento
[email protected] [1] ao terminal de conexão de
barramento.
Observar a polaridade correta!
» Conectar a alimentação de 230 V [2] no
bloco de terminais inferior.
» Como opção, existe a possibilidade de
conectar um cabo CAT [3] (para LAN) à
tomada RJ45.
Observar os esquemas de conexões no
capítulo 5.3.
Manual técnico 3273-1-8551
│14
[email protected] ®
Montagem
» Desenhar os furos na parede.
» Fixar a parede traseira com 4 parafusos à
parede.
» Posicionar a tampa da caixa na margem
superior da parede traseira.
» Fechar a tampa da caixa.
Manual técnico 3273-1-8551
│15
[email protected] ®
6.3.2
Montagem
Variante de montagem B
O cabo de barramento é introduzido no lado de trás. O cabo de alimentação de
230 V e o cabo CAT (opcional para LAN) são instalados de modo saliente e
introduzidos pelo lado de baixo. Depois, é necessário utilizar apenas uma caixa
embutida.
» Abrir a tampa da caixa.
- Utilizar uma chave de fendas e introduzir a
mesma na ranhura ilustrada.
- Pressionar ligeiramente o suporte para
dentro e dobrar a tampa da caixa para
cima.
» Com uma chave de fendas, quebrar por
trás o local de quebra [1] para a introdução
do cabo.
» Desaparafusar a fixação do cabo [2].
Manual técnico 3273-1-8551
│16
[email protected] ®
Montagem
» Conectar a linha de barramento
[email protected] [1] ao terminal de conexão de
barramento.
Observar a polaridade correta!
» Conectar a alimentação de 230 V [2] no
bloco de terminais inferior.
» Como opção, existe a possibilidade de
conectar um cabo CAT [3] (para LAN) à
tomada RJ45.
Observar os esquemas de conexões no
capítulo 5.3.
» Desenhar os furos na parede.
» Fixar a parede traseira com 4 parafusos à
parede.
» Voltar a aparafusar a fixação do cabo.
» Com uma chave de fendas, quebrar os
locais de quebra [1] para a introdução do
cabo pelo lado de baixo.
» Posicionar a tampa da caixa na margem
superior da parede traseira.
» Fechar a tampa da caixa.
Manual técnico 3273-1-8551
│17
[email protected] ®
7
Colocação em funcionamento
Colocação em funcionamento
A colocação em funcionamento é feita através da interface web do System
Access Point.
O System Access Point estabelece a conexão entre os participantes do
[email protected] e o smartphone, o tablet ou o PC. Durante a colocação em
funcionamento, através dele os participantes são identificados e programados.
Os aparelhos que estão conectados fisicamente ao barramento [email protected]
registam-se automaticamente no System Access Point. Eles transmitem
informações sobre o seu tipo e funções compatíveis.
Nos seguintes capítulos, é descrita a colocação em funcionamento do System
Access Point.
Nota...
Todos os aparelhos do sistema devem ser cableados corretamente e
conectados na linha de barramento!
» A colocação em funcionamento é feita através do System Access
Point.
» Para a colocação em funcionamento é necessário um smartphone,
tablet ou PC. Recomendação: conectar o aparelho por WLAN com
um smartphone, tablet ou PC.
» Não é necessário um software adicional.
» Para a colocação em funcionamento através do smartphone ou
tablet, recomendamos a utilização da App [email protected] que pode
ser descarregada gratuitamente da App Store (para iOS) ou da
Google Play Store (para Android).
Manual técnico 3273-1-8551
│18
[email protected] ®
7.1
Colocação em funcionamento
Requisitos do sistema
Interface de utilizador
Para abrir a interface de utilizador web do System Access Point é necessário um
computador com adaptador de rede LAN ou WLAN e browser de internet
instalado.
Como browser recomendamos:
»
»
»
»
Firefox (a partir da versão 9)
Internet Explorer (a partir da versão 11)
Google Chrome
Safari
App [email protected]
Para a instalação da App [email protected] é necessário um smartphone ou tablet
com o sistema operativo Android (a partir de 4.4) ou iOS (a partir de iOS 7).
Rede doméstica
Para poder aceder simultaneamente à App [email protected] e aos serviços de
internet (p. ex. e-mail) durante a operação normal, é necessário incorporar o
System Access Point na sua rede doméstica existente após a colocação em
funcionamento. Para isso, é necessário um router com interface Ethernet ou
WLAN.
7.2
Ligação à rede
Durante a colocação em funcionamento, o System Access Point disponibiliza
uma própria WLAN, de modo a poder ser confortavelmente programado, mesmo
se não existir uma infraestrutura de rede.
No estado final, o System Access Point deve estar configurado como participante
dentro da infraestrutura de rede existente. O System Access Point pode ser
conectado à infraestrutura de rede doméstica através da porta Ethernet
incorporada ou através da antena WLAN integrada.
Manual técnico 3273-1-8551
│19
[email protected] ®
7.2.1
Colocação em funcionamento
Ligação através da WLAN
Se não existir a possibilidade de conectar o System Access Point por cabo ao
router de internet, o System Access Point pode ser registado como Client na
rede WLAN existente.
Fig. 5: Ligação através da WLAN
[1] System Access Point
[2] Distribuição
[3] Router IP
7.2.2
Ligação através do cabo patch
Se o System Access Point e o router de internet estiverem instalados lado a lado,
eles podem ser conectados com um cabo patch.
Fig. 6: Ligação através do cabo patch
[1] System Access Point
[2] Distribuição
[3] Router IP
Manual técnico 3273-1-8551
│20
[email protected] ®
7.2.3
Colocação em funcionamento
Ligação através do cabo de instalação no caso de cablagem estruturada
Se o System Access Point for conectado através de um cabo de instalação CAT,
este pode ser conectado através de um adaptador LSA à tomada RJ45.
Fig. 7: Ligação com cablagem estruturada
[1] System Access Point
[2] Distribuição
[3] Alimentação de tensão
[4] Terminais patch Ethernet
[5] Switch
[6] Router IP
Manual técnico 3273-1-8551
│21
[email protected] ®
7.3
Colocação em funcionamento
Estabelecer a ligação à interface de utilizador do System Access Point
Para estabelecer a ligação são necessárias informações sobre as configurações
da rede.
Fig. 8: Impressão na fonte de alimentação
[1] Código WLAN (SSID)
[2] Palavra-passe
[3] Endereço IP
[4] Endereço MAC LAN
[5] Endereço MAC WIFI
»
-
Abrir a tampa do System Access Point.
As informações sobre as configurações da rede estão impressas na fonte de
alimentação.
Em seguida, usar uma das seguintes possibilidades para abrir a interface de
utilizador do System Access Point.
Manual técnico 3273-1-8551
│22
[email protected] ®
7.3.1
Colocação em funcionamento
Variante A: estabelecer a ligação com smartphone/tablet
Fig. 9: Ligação com smartphone
[1]
[2]
[3]
[4]
[5]
Instalar a App [email protected] gratuita para Android ou iOS.
Ligar o System Access Point à corrente elétrica.
Prestar atenção para que o modo de Accesspoint [2] esteja ativado (tecla
esquerda acesa). Caso contrário, pressionar a tecla Accesspoint para
ativar o mesmo.
Conectar o aparelho final com a WLAN do System Access Point
(SSID: SysAPXXXX). Introduzir a palavra-passe (ver capítulo 0).
Iniciar a App.
A App estabelece automaticamente a ligação ao System Access Point.
Manual técnico 3273-1-8551
│23
[email protected] ®
7.3.2
Colocação em funcionamento
Variante B: estabelecer a ligação com o PC através da WLAN
Fig. 10: Ligação com PC através da WLAN
[1]
[2]
[3]
[4]
Ligar o System Access Point à corrente elétrica.
Prestar atenção para que o modo de Accesspoint esteja ativado (tecla
esquerda acesa). Caso contrário, pressionar a tecla Accesspoint para
ativar o mesmo.
Conectar o PC com a WLAN do System Access Point (SSID: SysAPXXXX).
Introduzir a palavra-passe (ver capítulo 0).
Iniciar o browser de internet.
Introduzir o endereço IP "192.168.2.1" na linha de endereço e confirmar o
mesmo.
A conexão ao System Access Point está estabelecida.
Manual técnico 3273-1-8551
│24
[email protected] ®
7.3.3
Colocação em funcionamento
Variante C: estabelecer a ligação com o PC através do cabo patch
Fig. 11: Ligação com PC através do cabo patch
[1]
[2]
Conectar o System Access Point e o PC com o router.
Ligar o System Access Point à corrente elétrica.
Prestar atenção para que o modo de Accesspoint não esteja ativado. Se
estiver ativado, pressionar a tecla Accesspoint para desativar o mesmo.
Nota...
Agora, o System Access Point funciona como um "DHCP Client". Isso
significa que ele está acessível através do endereço IP que foi
automaticamente atribuído pelo router.
Abrir a interface de utilizador do System Access Point. Para tal, existem 2
possibilidades:
A - Abrir o Windows Explorer do seu PC. Em "Rede" é exibido o System
Access Point como dispositivo. Com um duplo clique sobre o dispositivo,
abrir a interface de utilizador (requisito: o computador tem de suportar
UPnP).
B - Introduzir o endereço IP que foi automaticamente atribuído pelo router
na linha de endereço (o IP atribuído pode ser consultado na interface de
utilizador do seu router).
Exemplo Fritzbox: em "Rede doméstica > Rede", configurar a vista para
"Avançado" para exibir os endereços IP.
[3]
A conexão ao System Access Point está estabelecida.
Manual técnico 3273-1-8551
│25
[email protected] ®
Colocação em funcionamento
7.4
Mais esclarecimentos sobre as funções da rede
7.4.1
Modo de Accesspoint
O modo de Accesspoint está previsto para a colocação em funcionamento do
sistema. O System Access Point estabelece uma própria WLAN e age como
servidor DHCP (os dispositivos que estabelecem um ligação como Client com a
WLAN recebem automaticamente um endereço IP).
Vantagem:
O sistema também pode ser colocado em funcionamento e operado sem um
router existente (p. ex. Fritzbox)
Desvantagem:
No modo de Accesspoint, o System Access Point não consegue estar
simultaneamente ligado ao router de internet. Por isso, para uma operação
contínua, o System Access Point deve estar configurado como LAN ou WLAN
Client. Assim, os utilizadores podem navegar simultaneamente com os seus
dispositivos pela internet e operar o sistema [email protected] sem ter de mudar entre
as diferentes redes WLAN.
Fig. 12: Tecla Accespoint
[1] Tecla Accespoint
»
»
Pressionar a tecla Accesspoint [1] para ativar ou desativar o modo de
Accesspoint. Durante a primeira colocação em funcionamento, o modo de
Accesspoint está automaticamente ativado.
O nome da rede (SSID), a palavra-passe WLAN e o endereço IP do System
Access Point podem ser consultados nos dados que estão impressos na
fonte de alimentação (ver capítulo 0).
Manual técnico 3273-1-8551
│26
[email protected] ®
7.4.2
Colocação em funcionamento
Modo LAN / WLAN Client
Se já existir um router, recomendamos que o System Access Point seja ligado à
rede como Client através da LAN ou WLAN.
Para ativar o modo Client, existem as seguintes possibilidades:
»
A - Antes da colocação em funcionamento, conectar o System Access Point
com o router através da LAN. O cabo conectado é automaticamente
reconhecido e o modo de Accesspoint desativado. O System Access Point
recebe automaticamente o endereço IP que é atribuído pelo router. Durante
a tentativa para estabelecer a ligação, a indicação de ligação pisca. Depois
de estabelecer a ligação, a indicação de ligação fica permanentemente
acesa.
» B - Depois da colocação em funcionamento, conectar o System Access
Point com o router através da LAN. Para tal, o modo de Accesspoint tem de
ser desativado manualmente. Esse procedimento pode ser realizado no
próprio aparelho pressionado a tecla ou nas configurações da rede da
interface de utilizador. O System Access Point recebe automaticamente o
endereço IP que é atribuído pelo router. Durante a tentativa para estabelecer
a ligação, a indicação de ligação pisca. Depois de estabelecer a ligação, a
indicação de ligação fica permanentemente acesa.
» C - Depois da colocação em funcionamento, conectar o System Access
Point com o router através da WLAN. Esse procedimento tem de ser
realizado através das configurações da rede da interface de utilizador. Aí,
deve-se escolher o nome* da rede com a qual pretende estabelecer uma
ligação e introduzir o código da rede. O System Access Point recebe
automaticamente o endereço IP que é atribuído pelo router. Durante a
tentativa para estabelecer a ligação, a indicação de ligação pisca. Depois de
estabelecer a ligação, a indicação de ligação fica permanentemente acesa.
O modo de Accesspoint pode ser novamente ativado a qualquer altura. Se
desativar o modo de Accesspoint, o modo LAN Client ou, se o mesmo foi
configurado, o WLAN Client é automaticamente ativado.
Nota...
A lista dos nomes propostos para a rede (SSIDs) é criada durante o
procedimento de arranque do System Access Point. As redes
WLAN que neste momento não estão acessíveis não são exibidas
na lista das propostas.
Manual técnico 3273-1-8551
│27
[email protected] ®
7.5
Colocação em funcionamento
Efetuar os ajustes básicos da interface de utilizador
Nota...
Para mais informações, consultar as ajudas online das respetivas páginas
pressionando o botão "?".
Durante a primeira colocação em funcionamento, será solicitado a introduzir os
seguintes dados básicos (assistente de configuração automático!).
Os dados são guardados no System Access Point. A introdução dos dados pode
ser ignorada, no entanto, pode levar a limitações significativas. Mas a introdução
pode ser realizada posteriormente a qualquer altura.
Língua
Seleciona a língia dos textos exibidos. Estão disponíveis as seguintes línguas:
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
Alemão
Dinamarquês
Inglês
Espanhol
Finlandês
Francês
Italiano
Norueguês
Holandês
Polaco
Português
Russo
Sueco
Chinês
Local
Serve de base para a função Astro.
Hora / data
Ajusta a hora do sistema. A hora é automaticamente sincronizada de existir uma
ligação à internet.
Nome de utilizar / palavra-passe
Permite proteger as configurações contra um ajuste errado. Existe a
possibilidade de adicionar posteriormente outros utilizadores.
Nota...
A palavra-passe tem de possuir, no mínimo, 4 caracteres.
Nome da instalação
Nome com o qual o dispositivo é exibido dentro da rede IP.
Manual técnico 3273-1-8551
│28
[email protected] ®
7.6
Colocação em funcionamento
Estrutura do menu principal
O menu principal é a base de partida para todos os outros passos.
Fig. 13: Menu principal
[1] Tópicos de menu
[2] Utilizador registado
[3] Menu "Configuração do aparelho"
[4] Menu "Definições"
Na área do centro existem tópicos de menu [1] que têm de ser sucessivamente
processados para a configuração (da esquerda para a direita). Visto que os
passos estão interligados entre si, eles permanecem desativados até que o
passo anterior esteja processado.
Em baixo à esquerda é indicado qual o utilizador [2] que está registado.
Além disso, os menus "Configuração do aparelho" [3] e "Definições" [4] podem
ser acedidos a partir do menu principal.
Manual técnico 3273-1-8551
│29
[email protected] ®
7.7
Colocação em funcionamento
Estrutura da área de trabalho
A área de trabalho dos tópicos de menu "Estrutura da casa", "Atribuição" e
"Conexão" é dividida em duas áreas: a planta baixa (área de trabalho) no lado
esquerdo e a vista de lista no lado direito.
Fig. 14: Área de trabalho
[1] Planta baixa (área de trabalho)
[2] Ampliar/diminuir
[3] Vista de lista
A respetiva área pode ser ampliada ou reduzida através da barra do título [2].
Todas as ações podem ser realizadas na planta baixa [1], como também na vista
de lista [3].
Se for realizada uma alteração na planta baixa [1], essa alteração também é
realizada na vista de lista [3] e vice-versa.
Ambas as áreas apresentam diferentes vistas da mesma configuração. Enquanto
a planta baixa apresenta uma vista gráfica e permite a operação por Drag&Drop,
a vista de lista apresenta uma vista em forma de tabela geral.
Manual técnico 3273-1-8551
│30
[email protected] ®
7.8
Colocação em funcionamento
Criar a estrutura da casa
O primeiro passo da configuração é a criação da estrutura da casa.
Aqui é criada uma vista digital da habitação ou da casa com todos os andares e
divisões. Estas informações são utilizadas no próximo passo para atribuir uma
função aos aparelhos existentes na casa e de posicionar os mesmos no seu
local de montagem. Além disso, a planta baixa criada aqui é utilizada, após a
colocação em funcionamento, para a visualização da instalação e como ajuda de
orientação para os consumidores conectados.
Nota...
Se forem usados aparelho no exterior como, por exemplo,
lâmpadas em varandas ou no jardim, deve-se criar uma divisão
para isso, como "Varanda" ou "Jardim" de modo a poder posicionar
os aparelhos aí.
Nota...
Para mais informações, consultar as ajudas online das respetivas
páginas pressionando o botão "?".
Fig. 15: Vista dos andares
»
Com a função Drag&Drop, arrastar o símbolo do andar [1] pretendido para a
área de trabalho [2].
Para renomear o andar:
» Clicar no símbolo da chave de parafusos [3].
O andar selecionado é exibido na vista de lista e pode ser renomeado aí.
Para adicionar divisões ao andar:
»
-
Clicar no símbolo da seta do andar [4] pretendido.
A planta baixa do andar selecionado é exibida na área de trabalho.
Manual técnico 3273-1-8551
│31
[email protected] ®
Colocação em funcionamento
Fig. 16: Planta baixa do andar
»
Com a função Drag&Drop, arrastar o símbolo da divisão [1] pretendida para
a área de trabalho [2].
Para renomear a divisão:
»
-
7.9
Clicar no símbolo da chave de parafusos [3].
A divisão selecionada é exibida na vista de lista e pode ser renomeada aí.
Atribuir os aparelhos às divisões
No próximo passo, os aparelhos conectados no sistema devem ser identificados,
ou seja, eles são atribuídos, de acordo com a sua função, a uma divisão e
recebem um nome descritivo.
Nota...
Na barra "Adicionar aparelho" são apenas exibidas as aplicações
que realmente podem ser conectadas ao sistema.
Elas só são exibidas até serem arrastadas com a função
Drag&Drop para a planta baixa. A lista torna-se cada vez mais
pequena à medida que os aparelhos são posicionados.
Manual técnico 3273-1-8551
│32
[email protected] ®
Colocação em funcionamento
Fig. 17: Adicionar aparelho
»
Selecionar da barra "Adicionar aparelho" a aplicação desejada e puxá-la
com a função Drag&Drop para a planta baixa na área de trabalho.
Fig. 18: Atribuição
-
Abre-se automaticamente uma janela popup, na qual estão listados todos os
aparelhos adequados à aplicação selecionada.
Se, após o posicionamento na planta baixa, existirem vários aparelhos para
seleção na janela popup, é necessário escolher o aparelho que irá comutar a
função pretendido.
A identificação do aparelho desejado só pode ser feita de 3 modos.
Manual técnico 3273-1-8551
│33
[email protected] ®
7.9.1
Colocação em funcionamento
Identificação dos aparelhos
Identificação através do número de série
Fig. 19: Identificação através do número de série
»
Comparar os números curtos de 3 dígitos do Identlabel, que deve estar
colado no plano do aparelho, com os números na lista e identificar o
aparelho procurado e o canal procurado.
Identificação por ligação (só adequado para atuadores)
Fig. 20: Identificação por ligação
»
»
»
Selecionar um aparelho e um canal da lista.
Acionar o botão na vista detalhada do aparelho.
O consumidor conectado é ligado.
Continuar até ter encontrado o aparelho procurado.
Manual técnico 3273-1-8551
│34
[email protected] ®
Colocação em funcionamento
Identificação através da operação no próprio local
Fig. 21: Identificação através da operação no próprio local
»
»
7.9.2
Ir até ao aparelho que deve ser conectado com a aplicação selecionada.
Premir a tecla "Ident" no aparelho.
O aparelho correspondente é automaticamente selecionado. No caso de um
atuador com vários canais, é ainda necessário escolher o canal correto.
Dar um nome
Fig. 22: Dar um nome
»
»
Dar um nome de fácil compreensão, sob o qual a aplicação será indicada
posteriormente (p. ex. "luz do teto").
Acionar o sinal de verificação em baixo, à direita, para confirmar as suas
entradas.
Manual técnico 3273-1-8551
│35
[email protected] ®
7.10
Colocação em funcionamento
Possibilidades de ajuste por canal
Para cada canal, é possível fazer ajustes gerais e ajustes de parâmetros
especiais.
Selecionar o aparelho
Fig. 23: Selecionar o aparelho
»
-
Selecionar o símbolo do aparelho [1] na planta baixa da vista de trabalho.
São mostradas todas as possibilidades de ajuste para o respectivo canal na
vista de lista [2].
Nota...
Os possíveis ajustes dos parâmetros dos diversos aparelhos
podem ser consultados no manual técnico do respetivo aparelho.
Manual técnico 3273-1-8551
│36
[email protected] ®
7.11
Colocação em funcionamento
Fazer conexões
Os sensores e atuadores registados no passo "Atribuição" podem agora ser
conectados entre si para realizar comutações de LIGAR/DESLIGAR,
comutações, cenas, etc.
7.11.1 Conectar atuador e sensor
Fig. 24: Conectar atuador e sensor
»
»
-
-
Para conectar um atuador com um sensor, clicar primeiro no sensor [1]
pretendido que deve comandar o atuador e então no atuador [2].
Acionar o sinal de verificação em baixo, à direita, para confirmar as suas
entradas.
Uma linha de conexão azul mostra a conexão entre ambos os aparelhos. A
configuração feita é automaticamente transmitida para os aparelhos. A
transmissão pode levar alguns segundos (de acordo com o número dos
aparelhos afetados). Durante a transmissão, é mostrada uma barra de
progresso ao redor dos aparelhos afetados.
Após a conclusão da transmissão, o sensor pode ser comandado
diretamente no local.
Manual técnico 3273-1-8551
│37
[email protected] ®
Colocação em funcionamento
7.11.2 Possibilidades de comutação
Existem diversas possibilidades de comutação.
Fig. 25: Possibilidades de comutação
[1] Comutação
[2] Comutação em grupo
[3] Cena
Comutação [1]
Um atuador é conectado a um ou vários sensores.
Comutação em grupo [2]
Vários atuadores do mesmo tipo (p. ex. todas as luzes de um corredor, todos os
estores de uma divisão) são reunidos num grupo. O grupo comporta-se como um
único atuador e pode ser conectado aos sensores ou a cenas (no caso de
LIGAR, todos os atuadores do grupo são ligados, no caso de DESLIGAR, todos
os atuadores do grupo são desligados).
Cena [3]
Uma cena estabelece um estado que pode ser definido pelo utilizador. Assim, o
utilizador pode, p. ex. criar uma cena "TV" em que a luz da sala é reduzida, a luz
do corredor é desligada e os estores são fechados.
Assim, as cenas não podem ser LIGADAS ou DESLIGADAS. Quando uma cena
é ativada, o sistema estabelece sempre o mesmo estado predefinido. Os
estados dos participantes de uma cena podem ser definidos durante a criação
da mesma. Uma cena criada também pode ser conectada a um sensor para que
ela também possa ser comutada no próprio local.
Manual técnico 3273-1-8551
│38
[email protected] ®
7.12
Colocação em funcionamento
Comando de tempo
Todas as cenas e todos os aparelhos programados do sistema podem ser
comutados de forma automatizada através do comando de tempo.
Nota...
Para mais informações, consultar as ajudas online das respetivas
páginas pressionando o botão "?".
7.12.1 Perfis de tempo
Um perfil de tempo define um grupo de tempos de comutação. Existe a
possibilidade de criar vários perfis de tempo e comutados ativamente /
inativamente de forma independente uns dos outros (gancho de certo verde =
perfil de tempo ativo > ações de comutação memorizadas são executadas).
Assim, existe a possibilidade de criar, p. ex. perfis separados para o comando
dos estores e das luzes para obter uma organização melhor. Ou pode ser criado
um perfil de férias especial que apenas é ativado durante a ausência.
Fig. 26: Comando de tempo - vista de perfis
[1] Vista geral de perfis
[2] Símbolo da chave de parafusos
[3] Vista de lista
Todos os perfis de tempo são exibidos na vista de perfis [1]. Ao selecionar um
perfil, todos os tempos de comutação dos aparelhos e cenas memorizados
nesse perfil são exibidos numa linha temporal através de uma vista geral.
Através do símbolo da chave de parafusos [2], existe a possibilidade de criar
outros perfis e de renomear ou eliminar perfis existentes.
»
»
Em primeiro lugar, selecionar o perfil que deve ser editado e, depois, clicar
no símbolo da chave de parafusos [2].
Através do símbolo da seta no modo de edição pode-se assumir conteúdos
de perfis que já foram criados no perfil atualmente ativo.
Manual técnico 3273-1-8551
│39
[email protected] ®
Colocação em funcionamento
No estado de fábrica já foram criados dois perfis:
»
»
perfil base,
perfil de presença.
Perfil base
O perfil base pode ser livremente editado. Ele já contém o objeto "Comutação
dia/noite" no modo Astro.
A comutação dia/noite serve de momento de comutação entre claro e escuro
para os elementos de comando e os dimmer para o LED de estado ou a
luminosidade de ativação (regulável nos parâmetros do elemento de comando
ou do dimmer).
Exemplo de aplicação: a luz do corredor não deve ser ligada após as 23:00 com
100% de luminosidade, mas sim, apenas com uma luminosidade reduzida de
40%.
Ou: a luz de orientação dos sensores no quarto de dormir deve ser desligada
após as 23:00 horas.
Perfil de presença
O perfil de presença é um perfil de tempo especial com o qual é possível realizar
uma simulação de presença. A linha temporal da simulação de presença é
preenchida com as ações de comutação pretendidas do mesmo modo como um
perfil de tempo normal. No entanto, não é necessário definir um tempo de
comutação.
Em vez disso, os tempos de comutação são automaticamente preenchidos com
dados históricos que realmente foram executados. Isto é, uma cópia dos hábitos
reais de utilização. Nos dados históricos são memorizados todos os
acontecimentos dos últimos 7 dias. Não são memorizados acontecimentos que
foram ligados e novamente desligados numa sequência rápida. A simulação de
presença pode ser editada, ativada e desativada do mesmo modo que todos os
outros perfis de tempo. Existe a possibilidade de adicionar comutações
adicionais ou de eliminar determinados acontecimentos.
Manual técnico 3273-1-8551
│40
[email protected] ®
Colocação em funcionamento
7.12.2 Linha temporal
Fig. 27: Comando de tempo - linha temporal
[1] Linha temporal
[2] Pôr do sol
[3] Nascer do sol
[4] Acontecimento de comutação
A linha temporal [1] indica todos os tempos de comutação de um dia da semana
selecionado. As ações de comutação que ocorrem na mesma altura são exibidas
em forma de cascata.
Os momentos do nascer do sol [3] e do pôr do sol [2] são assinalados através
dos símbolos do sol e da lua.
Através da seleção de um determinado acontecimento de comutação [4], a vista
muda para a vista detalhada.
Manual técnico 3273-1-8551
│41
[email protected] ®
Colocação em funcionamento
7.12.3 Vista detalhada
Fig. 28: Comando de tempo - vista detalhada
[1] Linha temporal (vista detalhada)
[2] Vista de lista
Na vista detalhada pode-se adaptar o tempo de comutação através da
deslocação de um símbolo assinalado na linha temporal [1] ou através dos
ajustes na vista de lista [2].
Do mesmo modo podem ser definidos os dias de semana nos quais um
acontecimento deve ser repetido ou a comutação pode ser ativada através da
função Astro. Os tempos de comutação podem ser interligados com as horas do
pôr do sol e do nascer do sol através da função Astro.
Vista de lista
Todos os aparelhos e cenas pré-programados podem ser selecionados através
da vista de lista [2]. Eles são ordenados aí pelo local de montagem. Esses
aparelhos podem ser posicionados na linha temporal [1] através da função
Drag&Drop de modo a definir os tempos de comutação.
Manual técnico 3273-1-8551
│42
[email protected] ®
7.13
Colocação em funcionamento
Painéis
Na configuração dos painéis existe a possibilidade de ajustar livremente os
botões do painel de 7“ [email protected] e da barra de favoritos (visível na vista de
comando da App). Todos os painéis instalados no sistema podem ser
selecionados a partir da barra de seleção inferior.
Importante: só são exibidos painéis que foram anteriormente posicionados na
planta baixa durante o passo de colocação em funcionamento "Atribuição"!
A partir da vista de lista, os canais do atuador atribuídos podem ser posicionados
no painel através da função Drag&Drop. Após a conformação, a configuração é
asumida e é visível após alguns segundos no aparelho.
Nota...
Para mais informações, consultar as ajudas online das respetivas
páginas pressionando o botão "?".
Manual técnico 3273-1-8551
│43
[email protected] ®
7.14
Colocação em funcionamento
Outras definições gerais no System Access Point
Informações do sistema
Informação sobre o estado da versão de software atual.
Rede
Aqui podem ser parametrizadas as configurações de rede do System Access
Point. Possíveis definições:
»
»
LAN Client - utilização quando o System Access Point é conectado ao router
de internet através do cabo de rede.
Nota: este modo é automaticamente ativado quando o modo de Accesspoint
está desativado (LED da tecla esquerda apagado).
WLAN Client - utilização quando o System Access Point é conectado ao
router de internet através da WLAN.
Utilizador
Aqui podem ser criados, eliminados ou atribuídos direitos a outros utilizadores. O
sistema faz a diferença entre 3 tipos de utilizadores com diferentes direitos:
»
»
»
Utilizador "Instalador"
Possui todos os direitos (Master Reset; criação de cópias de segurança dos
dados).
Utilizador "Configuração"
Não consegue realizar alterações críticas no sistema (alteração das
configurações do agrupamento de canais nos dimmer; reconfiguração das
entradas binárias).
Utilizador "Operação"
Não consegue realizar alterações no sistema, mas apenas operar os
aparelhos.
Geral
Aqui é definido o nome do sistema, a língua do sistema, o local e a hora.
Segurança de dados
A segurança de dados memoriza todas as configurações realizadas. A
segurança de dados é realizada, em primeiro lugar, na memória interna do
System Access Point, mas depois também pode ser exportada. A segurança de
dados é realizada automaticamente em intervalos regulares, mas também pode
ser criada manualmente. As cópias de segurança de dados que foram criadas
pelo tipo de utilizador "Instalador", podem ser carregadas por outros utilizadores,
mas não podem ser eliminadas pelos mesmos.
Serviço
Carrega a firmware atual para os aparelhos [email protected] A firmware atual
apenas é necessária quando a atualização dos aparelhos foi negada durante o
diálogo de atualização (ver também o capítulo 8).
Manual técnico 3273-1-8551
│44
[email protected] ®
Colocação em funcionamento
Master Reset
Repõe todos os aparelhos [email protected] conectados ao barramento para as
configurações de fábrica. Todas as cópias de segurança de dados, dados do
utilizador, plantas baixas e programas de tempo não são alterados.
Repor o banco de dados
Repõe o System Access Point totalmente ou parcialmente para as configurações
de fábrica. A seleção dos parâmetros que podem ser repostos é realizada na
janela popup.
Manual técnico 3273-1-8551
│45
[email protected] ®
8
Possibilidades de atualização
Possibilidades de atualização
Uma atualização do firmware é realizada através das configurações do aparelho
da interface de utilizador web do System Access Point.
Fig. 29: Atualização do firmware
Carregar o firmware
Ao premir o botão "Carregar firmware", ocorre uma atualização do firmware do
System Access Point e dos aparelhos [email protected] O ficheiro de atualização
contém as atualizações do System Access Point e também as atualizações de
todos os aparelhos do sistema. A atualização é composta por quatro passos:
[1]
[2]
[3]
[4]
Atualização do firmware no System Access Point – ocorre
automaticamente depois de selecionar o ficheiro de atualização.
Preparação do firmware - ocorre automaticamente depois do upload bem
sucedido. O procedimento pode demorar alguns minutos.
Instalação do firmware - ocorre após a confirmação do diálogo de
atualização. A atualização demora alguns minutos. Após uma atualização
bem sucedida, o System Access Point é reiniciado. Isso pode levar que a
página de internet no browser apresente, como anteriormente, um
processo de atualização contínuo. Uma atualização da página de internet
(tecla F5) resolve o problema.
Atualização do firmware de todos os aparelhos [email protected] conectados ao
barramento - após a confirmação do diálogo de atualização, todos os
aparelhos [email protected] conectados ao barramento são automaticamente
atualizados. A atualização ocorre sempre simultaneamente em dois
aparelhos e pode ser reconhecida através do piscar alternativo dos LEDs.
O processo demora aprox. 2 minutos por aparelho. O sistema pode ser
operado normalmente durante a atualização.
Manual técnico 3273-1-8551
│46
[email protected] ®
9
Operação
9.1
Elementos de indicação e de operação
Operação
Fig. 30: Elementos de indicação e de operação
[1] Tecla Accesspoint
[2] Indicação de ligação
[3] Indicação de funcionamento
Tecla Accesspoint
» Tecla de função: premir a tecla para ligar/desligar o modo de Accesspoint
» LED de estado: aceso = modo de Accesspoint LIGADO; apagado = modo de
Accesspoint DESLIGADO
Indicação de ligação
» Tecla de função: sem função
» LED de estado: aceso = ligação com LAN /WLAN; apagado = sem ligação
com LAN/WLAN; piscar = tentativa para estabelecer ligação
Indicação de funcionamento
» Tecla de função: sem função
» LED de estado: aceso (50%) = tensão ligada, aparelho está a arrancar;
aceso = aparelho operacional; apagado = sem tensão; piscar = erro
9.2
Master Reset sem acesso à interface de utilizador web
Um Master Reset ocorre do seguinte modo:
»
»
»
Remover a cobertura do System Access Point.
Premir brevemente a tecla Reset (por cima do terminal de conexão de
barramento).
Durante o procedimento de arranque, premir todas as três teclas
simultaneamente até todos os três LEDs fiquem acesos. Isso pode demorar
até um minuto. O System Access Point está então novamente no estado de
fornecimento.
Manual técnico 3273-1-8551
│47
[email protected] ®
10
Manutenção
Manutenção
O aparelho dispensa manutenção. No caso de danos (p. ex. no transporte ou
armazenamento), não devem ser feitas reparações. Se abrir o aparelho, o direito
à garantia é cancelado!
O acesso ao aparelho para a operação, o controlo, as inspeções, a manutenção
e a reparação deve ser garantido (segundo DIN VDE 0100-520).
10.1
Limpeza
Aparelhos sujos podem ser limpos com um pano seco. Se isto não for suficiente,
pode ser usada uma solução de água com sabão e um pano levemente húmido.
Não usar de forma alguma produtos corrosivos ou solventes.
Manual técnico 3273-1-8551
│48
Uma empresa do grupo ABB
Busch-Jaeger Elektro GmbH
Código Postal
58505 Lüdenscheid
Freisenbergstraße 2
58513 Lüdenscheid
www.BUSCH-JAEGER.com
[email protected]
Serviço de distribuição central:
Tel.: +49 2351 956-1600
Fax: +49 2351 956-1700
Nota
É reservado o direito a
modificações técnicas, bem como
modificações no conteúdo deste
documento a qualquer momento e
sem aviso prévio.
Para os pedidos, são válidas as
informações detalhadas acordadas.
A ABB não se responsabiliza por
eventuais erros ou conteúdos
incompletos neste documento.
Reservamo-nos todos os direitos
sobre este documento e os temas e
ilustrações nele contidos. A
reprodução, a transmissão a
terceiros ou a utilização do
conteúdo, mesmo de partes dele,
são proibidas sem a permissão
prévia e por escrito da ABB AG.
©
Copyright 2014 Busch-Jaeger
Elektro GmbH
Todos os direitos reservados
3273-1-8551 | 18.07.2014
[email protected] ®
Was this manual useful for you? yes no
Thank you for your participation!

* Your assessment is very important for improving the work of artificial intelligence, which forms the content of this project

Download PDF

advertisement