ESQUENTADORES ESTANQUES A GÁS

ESQUENTADORES ESTANQUES A GÁS
ESQUENTADORES ESTANQUES A GÁS
Manual de Instalação e utilização
SensorCompact
Ler as instruções de instalação antes de instalar o aparelho!
WTD 12 AM1 E23/31
Antes de colocar o aparelho em funcionamento, ler as instruções de
WTD 15 AM1 E23/31
utilização!
WTD 18 AM1 E23/31
6 720 808 759 (2013/11) PT
Observe as indicações de segurança contidas nas instruções de
serviço!
O local de instalação deve cumprir as exigências de ventilação!
A instalação só pode ser efectuada por uma firma
especializada autorizada!
Índice
Índice
1
2
3
5.7
5.8
Esclarecimento dos símbolos e indicações de
segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .3
1.1
Esclarecimento dos símbolos . . . . . . . . . . . . 3
1.2
Indicações gerais de segurança . . . . . . . . . . 3
Indicações sobre o aparelho . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
2.1
Conformidade do aparelho,
certificação CE . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .5
2.2
Lista de modelos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
2.3
Material que se anexa . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
2.4
Chapa de caraterísticas . . . . . . . . . . . . . . . . 5
2.5
Descrição do aparelho . . . . . . . . . . . . . . . . . 5
2.6
Acessório (não fornecidos com o aparelho) 5
2.7
Dimensões . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
2.8
Construção do aparelho . . . . . . . . . . . . . . . . 7
2.9
Esquema elétrico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8
2.10
Dados técnicos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9
2.11
Acessórios de exaustão . . . . . . . . . . . . . . . 10
2.11.1 Saída vertical . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11
2.11.2 Saída horizontal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11
Instruções de utilização . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
3.1
Visor digital - descrição . . . . . . . . . . . . . . . .
3.2
Antes de colocar o aparelho em
funcionamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
3.3
Ligar/desligar o aparelho . . . . . . . . . . . . . .
3.4
Regulação da temperatura . . . . . . . . . . . . .
3.5
Botão de programação . . . . . . . . . . . . . . . .
3.6
Purga do aparelho . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
3.7
Códigos de erros no display . . . . . . . . . . . .
3.8
Limpeza da frente do aparelho . . . . . . . . . .
5.9
Ligação do gás . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17
Instalação de acessórios de exaustão/
admissão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .17
Arranque do aparelho . . . . . . . . . . . . . . . . . 18
6
Ligação elétrica (só para técnicos especializados
e habilitados) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .19
6.1
Ligação do cabo de alimentação elétrica . . 19
6.2
Troca do cabo de alimentação elétrica . . . 19
7
Regulação do gás (só para técnicos especializados
e habilitados) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .19
7.1
Regulação de fábrica . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19
7.2
Modo de serviço . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20
7.3
Alimentação com gás butano . . . . . . . . . . . 20
7.4
Ajuste do aparelho . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20
7.4.1
Acesso às tomadas de pressão . . . . . . . . . 20
7.4.2
Ajuste da pressão no queimador
(Parâmetro P0) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .20
7.4.3
Ajuste do caudal máximo (Parâmetro P1) . 20
7.4.4
Ajuste do caudal mínimo (Parâmetro P2) . 21
7.5
Mudança do tipo de gás . . . . . . . . . . . . . . . 21
8
Manutenção (só para técnicos especializados e
habilitados) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .22
8.1
Retirar da frente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22
8.2
Trabalhos de manutenção periódicos . . . . 22
8.3
Substituíção de fusíveis (caixa
de comando) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .23
8.4
Arranque depois da realização dos
trabalhos de manutenção . . . . . . . . . . . . . .23
11
11
11
11
12
12
12
13
13
4
Regulamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13
9
Problemas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24
5
Instalação (só para técnicos especializados e
habilitados) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
5.1
Indicações importantes . . . . . . . . . . . . . . .
5.2
Escolha do local de instalação . . . . . . . . . .
5.2.1
Local de instalação . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
5.2.2
Comprimento total da instalação
(aparelhos tipo C) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
5.3
Distâncias mínimas . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
5.4
Montagem da barra de fixação à parede . .
5.5
Instalação do aparelho . . . . . . . . . . . . . . . .
5.6
Ligação de água . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
10
Protecção do ambiente/reciclagem . . . . . . . . . . . . 26
11
Garantia dos produtos da marca Vulcano . . . . . . . 27
12
Certificado de homologação . . . . . . . . . . . . . . . . . . 30
2
13
14
14
14
15
15
16
16
16
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
Esclarecimento dos símbolos e indicações de segurança
1
Esclarecimento dos símbolos e indicações de segurança
1.1 Esclarecimento dos símbolos
Indicações de aviso
As indicações de aviso no texto são identificadas com um triângulo de aviso.
Adicionalmente, as palavras identificativas
indicam o tipo e a gravidade das consequências se as medidas de prevenção do perigo
não forem respeitadas.
As seguintes palavras identificativas estão definidas e podem
estar utilizadas no presente documento:
• INDICAÇÃO significa que podem ocorrer danos materiais.
• CUIDADO significa que podem provocar lesões ligeiras a
médias.
• AVISO significa que podem provocar lesões graves ou mortais.
• PERIGO significa que podem provocar lesões graves a mortais.
Informações importantes
As informações importantes sem perigo para
pessoas ou bens são assinaladas com o símbolo ao lado.
Outros símbolos
Símbolo
Significado
▶
Passo operacional

Referência num outro ponto no documento
•
Enumeração/Item de uma lista
–
Enumeração/Item de uma lista (2.º nível)
Tab. 1
1.2 Indicações gerais de segurança
Estas instruções de instalação destinam-se ao proprietário, a
técnicos especializados e habilitados em instalações de gás e
de água, eletricidade e técnica de aquecimento.
▶ Antes da utilização ler e conservar os manuais de utilização
(aparelho, regulador de aquecimento, etc.).
▶ Ler as instruções de instalações (aparelho, regulador de
aquecimento, etc.) antes da instalação.
▶ Ter em atenção as indicações de segurança e de aviso.
▶ Ter em atenção os regulamentos nacionais e regionais, regulamentos técnicos e diretivas.
▶ Documentar trabalhos efetuados.
Procedimento em caso de cheiro a gás
Em caso de fuga de gás existe perigo de explosão. Em caso de
cheiro a gás tenha em atenção as seguintes normas de procedimento.
▶ Evitar a formação de faíscas e chamas:
– Não fumar, não utilizar isqueiros e fósforos.
– Não accionar qualquer interruptor elétrico, não retirar
qualquer ficha.
– Não telefonar e não tocar às campainhas.
▶ Bloquear a alimentação de gás no dispositivo principal de
corte ou no contador de gás.
▶ Abrir portas e janelas.
▶ Avisar todos os habitantes e abandonar o edifício.
▶ Impedir a entrada de terceiros no edifício.
▶ No exterior do edifício: Telefonar aos bombeiros, à polícia e
à empresa de fornecimento de gás.
Utilização conforme as disposições
O aparelho só deve ser utilizado para a produção de água
quente sanitária para consumo humano em instalações domésticas ou equivalentes, com utilização intermitente.
Qualquer outro tipo de utilização é considerado incorreto. Não
é assumida nenhuma responsabilidade por danos daí resultantes.
Segurança de aparelhos com ligação elétrica para utilização doméstica e fins semelhantes
Para evitar perigos devido a aparelhos elétricos são válidas de
acordo com EN 60335-1 as seguintes especificações:
“Este aparelho pode ser utilizado por crianças de 8 anos ou
mais e por pessoas com capacidades físicas, sensoriais ou
mentais limitadas ou com falta de experiência e conhecimento,
se forem vigiadas ou tiverem recebido instruções relativas ao
uso do aparelho de uma forma segura e compreenderem os riscos envolvidos. As crianças não devem brincar com o aparelho.
A limpeza e manutenção não devem ser feita por crianças sem
supervisão.”
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
3
Esclarecimento dos símbolos e indicações de segurança
“Se o cabo de ligação à rede estiver danificado, este deve ser
substituído pelo fabricante ou o seu serviço de apoio ao cliente
ou uma pessoa com semelhantes qualificações para evitar perigos.”
Instalação, colocação em funcionamento e manutenção
A instalação, colocação em funcionamento e manutenção apenas pode ser efetuada por uma empresa especializada e autorizada.
▶ Verificar a estanquidade das ligações ao aparelho (gás, água
e condutas de exaustão).
▶ Na operação controlada pelo ar ambiente: assegurar que o
local de instalação cumpre com os requisitos de ventilação.
▶ Montar apenas peças de substituição originais.
Inspecção e manutenção
Inspecções e manutenções regulares são condição para a operação segura e ecológica da instalação de aquecimento.
Recomendamos a celebração de um contrato anual de inspecção e de manutenção com a marca.
▶ Os trabalhos apenas podem ser efetuados por uma empresa
especializada e autorizada.
▶ Eliminar imediatamente todas as falhas detetadas.
Qualquer situação que não cumpra as condições descritas no
manual, deverá ser devidamente avaliada por um técnico especializado e habilitado. No caso de aprovação da sua utilização,
o técnico deverá adaptar os requisitos de manutenção ao desgaste e condições associadas, assim como às normas e requisitos do mercado e aplicação em causa.
Modificações e reparações
Alterações incorretas no aparelho ou em outras partes da instalação podem provocar danos pessoais e/ou danos materiais.
▶ Os trabalhos apenas podem ser efetuados por uma empresa
especializada autorizada.
▶ Nunca remover a frente do aparelho.
▶ Não efetuar alterações no aparelho ou em outras partes da
instalação.
Funcionamento em função do ar ambiente
O local de instalação deve estar bem ventilado quando o aparelho retirar ar de combustão do local.
▶ Não fechar nem reduzir as aberturas de ventilação e de
purga de ar nas portas, janelas e paredes.
▶ Assegurar o cumprimento dos requisitos de ventilação após
consulta com um técnico especializado e habilitado:
– em caso de alterações na construção (por ex. substituição de janelas e portas)
– em caso de montagem posterior de instalações com condutas de saída de ar para o exterior (por ex. ventiladores
para extracção ou renovação de ar, ventilador da cozinha
ou aparelhos de ar condicionado).
Ar de combustão/Ar do compartimento
O ar do local de instalação deve estar livre de partículas em suspensão, de substâncias inflamáveis ou quimicamente agressivas.
▶ Não utilizar nem armazenar materiais facilmente inflamáveis
ou explosivos (papel, benzina, diluentes, tintas, etc.) nas
proximidades do aparelho.
▶ Não utilizar nem armazenar substâncias corrosivas (diluentes, colas, produtos de limpeza com cloro, etc.) nas proximidades do aparelho.
Entrega ao proprietário
Instrua o proprietário sobre a utilização e as condições de operação da instalação e do aparelho.
▶ Explicar a operação e aprofundar nomeadamente todas as
tarefas relacionadas à segurança.
▶ Advertir que as modificações ou reparações apenas podem
ser efetuadas por uma empresa especializada e autorizada.
▶ Advertir à necessidade da inspecção e manutenção periódica para a operação segura e ecológica.
▶ Entregar ao proprietário as instruções de instalação e de
operação para serem conservadas.
Trabalhos elétricos
Os trabalhos elétricos apenas podem ser efetuados por técnicos especializados e habilitados para instalações elétricas.
▶ Antes de trabalhos elétricos:
– Desligar a tensão de rede (todos os pólos) e proteger
contra uma ligação inadvertida.
– Confirmar a ausência de tensão.
▶ Ter também em atenção os esquemas de ligação de outras
partes da instalação.
4
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
Indicações sobre o aparelho
2
Indicações sobre o aparelho
Os aparelhos WTD são aparelhos para a produção de água
quente prontos a funcionar pelo simples carregar de um botão.
2.1 Conformidade do aparelho,
certificação CE
• Elementos de fixação
• Casquilho de ligação de gás ½ “-> ¾ “ (aparelhos GN)
• Documentação do aparelho
2.4 Chapa de caraterísticas
Este aparelho cumpre os requerimentos das diretivas europeias 2009/142/EC, 2006/95/EC, 2004/108/EC e corresponde à amostra de homologação descrita no correspondente
certificado de prova CE.
A chapa de caraterísticas encontra-se no exterior do aparelho,
na parte inferior do lado direito.
O aparelho foi testado conforme EN 26.
No respetivo local, encontram-se as indicações sobre a
potência do aparelho, dados de homologação e o número de
série.
Modelo
2.5 Descrição do aparelho
WTD 12/15/18 AM.E...
Categoria do aparelho
II2R3R
(tipo de gás)
Tipo de instalação
B23, C13, C33, C53, C63, C83
Tab. 2
2.2 Lista de modelos
WTD12
WTD12
WTD15
WTD15
WTD18
WTD18
Tab. 3
[W]
[T]
[D]
[12]
[A]
[M]
[E]
[23]
[31]
A
A
A
A
A
A
M
M
M
M
M
M
E
E
E
E
E
E
23
31
23
31
23
31
Esquentador de água a gás
Termoestático
Digital user interface
Capacidade (l/min)
Câmara estanque
Exaustão forçada
Ignição elétrica
Aparelho ajustado para gás natural
Aparelho ajustado para propano
•
•
•
•
•
•
Aparelho para instalação mural, estanque
Visor multifuncional
Aparelho para o funcionamento com gás natural e gás G.P.L.
Ignição eletrónica
Sensor do caudal de água
Sensores de temperatura para monitorização da temperatura da água à entrada e à saída do aparelho.
• Dispositivos de segurança:
– Elétrodo de ionização
– Termofusível
– Sensor de temperatura de água à saída
– Caixa de comando
– Sensor de temperatura do ar
• Ligação elétrica: 230 V, 50 Hz.
2.6 Acessório (não fornecidos com o aparelho)
•
•
•
•
Kit de transformação de tipo de gás
Acessórios de exaustão
Kit anti-gelo
Controlo remoto.
Os dígitos de identificação indicam o grupo de gás, conforme
EN 437:
Dígitos de
identificação
Índice Wobbe
(WS) (15 °C)
Tipo de gás
23
12,7-15,2 kWh/m3
Gás natural grupo 2R
31
20,2-21,3 kWh/m3
G.P.L. grupo 3R
Tab. 4
2.3 Material que se anexa
• Esquentador estanque a gás
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
5
Indicações sobre o aparelho
2.7 Dimensões
Fig. 1
Dimensões (em mm)
Ligações
Água
Gás
B
568
C
170
Fria
Quente
Nat.
GPL
WTD12
A
300
WTD15
300
568
170
¾“
½“
¾“
½“
WTD18
364
568
175
Tab. 5
6
Dimensões (em mm)
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
Indicações sobre o aparelho
2.8 Construção do aparelho
Fig. 2
[1]
[2]
[3]
[4]
[5]
[6]
[7]
[8]
[9]
[10]
[11]
[12]
Adaptador de gases queimados
Toma de medição de gases queimados
Câmara de combustão
Elétrodo de ionização
Queimador
Tomada de pressão do ar na caixa
Ventilador
Sensor de temperatura do ar da caixa
Termofusível
Sensor de temperatura de água à saída
Saída de água
Cabo de ligação com ficha
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
[13]
[14]
[15]
[16]
[17]
[18]
[19]
[20]
[21]
[22]
[23]
Toma de medição do ar de combustão
Coletor dos gases da combustão
Elétrodo de ignição
Tomada de pressão do gás no queimador
Sensor de caudal de água
Caixa de comando
Sensor de temperatura de água à entrada
Válvula de gás
Entrada de água
Tomada de pressão de gás à entrada
Gás
7
Indicações sobre o aparelho
2.9 Esquema elétrico
1
2
3
M1
230 V
AC
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
6720804089-10.1V
Fig. 3
[1]
[2]
[3]
[4]
[5]
[6]
[7]
8
Esquema elétrico
Elétrodo de ionização
Ventilador
Elétrodo de ignição
Alimentação
Ligação para kit anti-gelo
Ligação para controlo remoto
Eletroválvula 1
[8]
[9]
[10]
[11]
[12]
[13]
[14]
[15]
Eletroválvula 2
Eletroválvula 3
Eletroválvula 4
Termofusível
Sensor de caudal de água
Sensor de temperatura do ar da caixa
Sensor de temperatura de água à saída
Sensor de temperatura de água à entrada
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
Indicações sobre o aparelho
2.10 Dados técnicos
Caraterísticas técnicas
Símbolos
Unidades
WTD12
WTD15
WTD18
Pn
kW
20,8
25,4
31,6
Pmin
kW
2,9
3,8
4,8
Potência1)
Potência útil
Potência útil mínima
Gama de regulação
Caudal térmico
2,9 - 20,8
3,8 - 25,4 4,8 - 31,6
Qn
kW
22,5
27,5
Qmin
kW
3,0
4,0
5,0
Eficiência a 100% da carga nominal
%
91,5
91,5
91,5
Eficiência a 30% da carga nominal
%
94
94
94
Caudal térmico mínimo
34,0
Dados referentes ao gás
Pressão de alimentação de gás admissível
Gás natural
G20
mbar
20
20
20
Butano
G30
mbar
28-30
28-30
28-30
Propano
G31
mbar
37
37
37
Gás natural
G20
m3/h
2.4
2.9
3.6
Butano
G30
kg/h
1.8
2.2
2.7
Propano
G31
kg/h
1.7
2.1
2.6
pw
bar
12
12
12
pwmin
bar
0,1
0,1
0,1
Caudal de arranque
l/min
2,2
2,2
2,2
Caudal máximo, correspondente a uma elevação de
temperatura de 35 °C
l/min
9,0
10,0
13,0
Consumo de gás
Dados referentes à água
Pressão máxima admissível2)
Pressão mínima de funcionamento
Circuito de exaustão
Caudal de produtos da combustão3)
Temperatura dos gases de combustão nos pontos de medição
kg/h
50
70
85
°C
170
170
170
Circuito elétrico
Alimentação elétrica
V
230
230
230
Potência máxima absorvida
W
100
100
100
Tipo de protecção
IPX4D
Generalidades
Peso (sem embalagem)
kg
10
11
12
Altura
mm
570
570
570
Largura
mm
300
300
364
Profundidade
mm
170
170
175
Tab. 6
1) Hi 15 °C - 1013 mbar - seco: Gás natural 34,02 MJ/m3 (9,5 kWh/m3)
Butano 45,65 MJ/kg (12,7 kWh/kg) - Propano 46,34 MJ/kg (12,9 kWh/kg)
2) Considerando o efeito de dilatação da água, não deve ultrapassar-se este valor
3) Para potência calorífica nominal
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
9
Indicações sobre o aparelho
2.11 Acessórios de exaustão
PERIGO: Instalar a conduta de gases queimados de forma a que não haja fugas.
▶ O não cumprimento deste requisito pode
originar a fuga de gases da combustão
para o compartimento de instalação do
aparelho, vindo a resultar em danos pessoais ou morte.
Em baixo encontra uma listagem de acessórios. Utilizar somente acessórios originais.
Recomendamos a utilização de um acessório
de recolha de condensados.
Condutas concêntricas
As condutas concêntricas dos acessórios de exaustão têm um
diâmetro interno de 80 mm e externo de 110 mm.
Tipo
Descrição
Referência
AZ266/1
Conjunto saída horizontal
7 719 002 758
AZ229
Curva 90°
7 719 001 398
AZ230
Curva 45°
7 719 001 399
AZ231
Troço reto 500 mm
7 719 001 400
AZ232
Troço reto 750 mm
7 719 001 401
AZ264
Troço reto 1500 mm
7 719 001 783
AZ233
União
7 719 001 402
AZ186
Conjunto saída vertical
7 719 001 067
Recolha de condensados
7 719 001 789
AZ270
Tab. 7
Acessórios para saída de gases Ø80-110mm
Condutas separadas
As condutas separadas dos acessórios de exaustão têm um diâmetro interno de 80 mm.
Tipo
Descrição
Referência
AZ298
Adaptador de saída bi-tubo (Ø 80/110 ->Ø 80-Ø 80)
7 719 001 957
AZ299
Adaptador de saída bi-tubo com recolha de condensados (Ø 80/110 ->Ø 80-Ø 80) 7 719 001 991
-----
Adaptador de saída bi-tubo (Ø 60/100 ->Ø 80-Ø 80)
7 736 995 095
-----
Curva 90°
7 736 995 107
-----
Curva 45°
7 736 995 106
-----
Troço reto 500 mm
7 736 995 100
-----
Troço reto 1000 mm
7 736 995 101
-----
Troço reto 2000 mm
7 736 995 102
AZ171
Conjunto saída horizontal
7 719 000 993
-----
Troço reto 1000 mm + espelhos
7 736 995 105
-----
Troço reto 135 mm com recolha de condensados
7 736 995 103
Tab. 8
10
Acessórios para saída de gases Ø80mm
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
Instruções de utilização
3.1 Visor digital - descrição
2.11.1Saída vertical
Comprimentos máximos (Lmax)
Lmax
Condutas concêntricas
WTD12
WTD15
12 m
WTD18
10 m
Condutas separadas
15 m + 15 m
Tab. 9
2.11.2Saída horizontal
Fig. 4
Comprimentos máximos (Lmax)
Lmax
Condutas concêntricas
Condutas separadas
WTD12
WTD15
WTD18
10 m
15 m + 15 m
6m
[1]
[2]
[3]
[4]
[5]
Visor digital
Botão ON/OFF
Botão de programação
Painel LCD
Botão de avanço
Botão de retorno
3.2 Antes de colocar o aparelho em funcionamento
Tab. 10
3
CUIDADO:
▶ O primeiro arranque do esquentador
deve ser realizado por um técnico especializado e habilitado, que fornecerá ao
cliente todas as informações necessárias
ao bom funcionamento do mesmo.
Instruções de utilização
Abrir todos os dispositivos de bloqueio de
água e gás.
CUIDADO: Queimadura!
Na zona do queimador, a frente pode atingir
temperaturas elevadas, havendo o risco de
queimadura em caso de contacto.
▶ Verificar que o tipo de gás indicado na placa de caraterísticas é o mesmo que o utilizado no local.
▶ Efetuar a ligação do aparelho à corrente elétrica.
▶ Abrir a válvula de gás da instalação.
▶ Abrir a válvula de água da instalação.
3.3 Ligar/desligar o aparelho
Ligar
Por defeito a temperatura de aquecimento
da água é de 42 °C.
▶ Pressionar o botão
.
O painel mostra a temperatura de água pretendida.
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
11
Instruções de utilização
Se, após 30 segundos, não se atingir a temperatura selecionada, surge no painel LCD o símbolo de uma torneira, indicando que o caudal de água necessita de ser ajustado.
▶
aumentar o caudal de água para obter a temperatura
selecionada.
▶
reduzir o caudal de água para obter a temperatura selecionada.
3.5 Botão de programação
Memorizar a temperatura de saída da água
Fig. 5
Desligar
▶ Pressionar o botão
.
3.4 Regulação da temperatura
O valor de temperatura indicado no painel
LCD corresponde à temperatura pré-selecionada.
▶ Pressionar os botões
dido.
e
, até obter o valor preten-
Fig. 7
▶ Pressionar os botões
e
para selecionar a temperatura a memorizar.
▶ Pressionar o botão de programação durante 3 segundos
para gravar a temperatura.
Quando o display parar de piscar a temperatura encontra-se
gravada na memória.
Selecionar a temperatura memorizada
Para selecionar a temperatura memorizada.
▶ Pressionar o botão de programação durante 1 segundo.
O display mostra a temperatura previamente memorizada, e
esta passa a ser a temperatura selecionada.
Fig. 6
Regulando a temperatura para o valor mínimo de acordo com
as necessidades, reduz-se o consumo de energia, de água e
diminui-se a probabilidade de depósito de calcário na câmara
de combustão.
CUIDADO: A indicação de temperatura no
display é aproximada, confirme sempre com
a mão antes de dar banho a crianças ou idosos.
Caudal de água
3.6 Purga do aparelho
INDICAÇÃO:
A não realização da purga do aparelho sempre
que exista o risco de congelação, pode danificar componentes do aparelho.
Colocar previamente um recipiente debaixo do
aparelho de forma a recolher toda a água que
sair do aparelho.
A temperatura no display pisca enquanto não for atingido o
valor selecionado.
12
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
Regulamento
Caso exista o risco de congelação, deve proceder da seguinte
forma:
▶ Fechar a válvula de água a montante do aparelho.
▶ Abrir uma torneira de água quente.
▶ Retirar o freio de fixação [2] localizado no tubo de entrada
de água [1].
▶ Retirar a tampa [3].
▶ Deixar vazar toda a água contida dentro do aparelho.
4
Regulamento
Deve ser cumprida a norma EN26 e normas locais respeitantes
à instalação do aparelho e evacuação dos gases de combustão.
5
Instalação (só para técnicos especializados e habilitados)
PERIGO: Explosão!
▶ Fechar sempre a torneira do gás, antes
dos trabalhos nas peças condutoras de
gás.
3
1.
2.
2
1
A instalação, a ligação elétrica, a instalação
do gás, a ligação das condutas de exaustão/
admissão de ar, bem como o primeiro arranque, são operações a realizar exclusivamente por técnicos autorizados.
6720804089-07.1V
Fig. 8
Parafuso de purga
O aparelho só pode ser utilizado nos países
indicados na chapa de caraterísticas.
[1] Entrada de água
[2] Freio de fixação
[3] Tampa
A instalação de um kit anti-gelo protege o aparelho contra eventuais riscos de congelação.
3.7 Códigos de erros no display
INDICAÇÃO: Danos no aparelho!
Ligações não estanques.
▶ Não colocar o aparelho no chão com as ligações voltadas para baixo por forma a
não danificar as roscas metálicas.
Ver tabela 17 na página 24.
Rearme do aparelho
Algumas das possíveis falhas podem ser solucionadas fazendo
o rearme do aparelho, para tal:
▶ Pressionar o botão
durante 3 segundos.
3.8 Limpeza da frente do aparelho
▶ Limpar a frente do aparelho apenas com um pano e um
pouco de detergente.
Não utilizar detergentes corrosivos e/ou
abrasivos.
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
CUIDADO:
▶ A temperatura da água à entrada do aparelho não pode exceder os 60 °C.
▶ Montar uma válvula de 3 vias ou termóstatica (ajustada para valores inferiores a
60 °C) sempre que a temperatura de entrada da água exceder estes valores.
▶ No caso de instalação solar, certificar-se
que a instalação contém um vaso de expansão.
13
Instalação (só para técnicos especializados e habilitados)
5.2 Escolha do local de instalação
Instalação solar (termossifão)
5.2.1 Local de instalação
T
Indicações gerais
3
5
4
1
2
2
6720608999-11.6V
Fig. 9
[1]
[2]
[3]
[4]
[5]
Instalação solar
Água fria da rede
Entrada de água
Válvula termóstatica
Vaso de expansão
Unidade de segurança
▶ Cumprir as determinações específicas de cada país.
▶ O esquentador não pode ser instalado sobre uma fonte de
calor.
▶ Respeitar as medidas mínimas de instalação indicadas na
Fig. 10.
▶ O aparelho não deverá ser instalado em locais cuja temperatura ambiente possa ser inferior a 0 °C. Caso exista o risco
de congelação, desligar e purgar o aparelho (Fig. 8).
-ou▶ Instalar o acessório anti-gelo.
▶ Assegurar que existe no local uma tomada para ligação elétrica, que seja de fácil acesso após a instalação do esquentador.
Aparelhos tipo B
Para temperaturas de saída superiores a
45 °C recomendamos a utilização de um sistema descalcificante.
▶ Não instalar o aparelho em compartimentos com volume
inferior a 8m3 (não considerar o volume do mobiliário desde
que este não exceda os 2m3).
Admissão de ar (aparelhos tipo B)
O local destinado à instalação do aparelho deve ser provido de
uma área de alimentação de ar de acordo com a tabela.
5.1 Indicações importantes
▶ Antes de realizar a instalação, consultar a companhia de fornecimento de gás e a norma sobre aparelhos a gás e ventilação de locais.
Aparelho
Área útil mínima
WTD12...
 60 cm2
Qualidade da água
WTD15...
 90 cm2
O aparelho deve ser usado com água compatível para consumo
humano de acordo com a legislação em vigor. Em regiões em
que a dureza da água é elevada recomenda-se o uso de um sistema de tratamento da água. De uma forma geral, os parâmetros de água que afetam a precipitação do calcário devem
respeitar os valores apresentados na tabela 11.
WTD18...
 120 cm2
Tab. 12 Áreas úteis para admissão de ar
Os requisitos mínimos estão acima listados, devem no entanto
ser respeitados os requisitos específicos de cada país.
Ar de combustão
TDS (Sólidos Dissolvidos Totais)
(mg/l)
Dureza
(mg/l)
pH
0 - 600
0 - 180
6,5 - 9,0
Tab. 11
INDICAÇÃO: Danos no aparelho!
O não cumprimento destes valores pode levar
ao entupimento parcial e envelhecimento acelerado da câmara de combustão.
14
A grelha de admissão do ar para a combustão deve situar-se
num local bem ventilado.
Para evitar corrosão, é necessário que o ar de combustão seja
isento de substâncias agressivas.
Substâncias agressivas são os hidrocarbonetos halogenados
que contém cloro ou flúor. Estas substâncias encontram-se em
solventes, tintas, colas, gases ou líquidos propulsores e produtos de limpeza domésticos.
Caso estas condições não se possam assegurar, deverá ser
escolhido outro local para a admissão do ar.
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
Instalação (só para técnicos especializados e habilitados)
5.2.2 Comprimento total da instalação (aparelhos tipo C)
C
O comprimento total da instalação não pode exceder os valores
indicados nas tabelas 9 e 10, nem ser inferior aos valores indicados na tabela 13 (Lmin).
Por cada acessório utilizado deve ser considerado para determinação do comprimento total da instalação, o comprimento
equivalente (Leq).
A
Em instalações horizontais não deve ser considerada para efeitos de cálculo a primeira
curva posicionada logo à saída do aparelho.
Ø
Acessório
Leq
Lmin
Ø 80
Curva 90°
1,5 m
0,5 m
Ø 80/110
Curva 90°
2m
0,4 m
Ø 60/100
Curva 90°
2m
0,375 m
Tab. 13 Comprimentos equivalentes
Temperatura da superfície
A temperatura máxima da superfície do aparelho encontra-se
abaixo de 85 °C. Conforme TRGI ou TRF, não são portanto
necessárias quaisquer distâncias de protecção para materiais
inflamáveis e móveis embutidos. Ter em atenção as diferentes
diretivas estaduais vigentes.
A
B
6720804089-14.1V
Fig. 10
Distâncias mínimas
[A] Lateral  1 cm
[B]  40 cm
[C] Frente  2 cm
Distâncias mínimas a pontos de exaustão
5.3 Distâncias mínimas
I
Determinar o local de colocação do aparelho considerando as
limitações seguintes:
▶ Afastamento máximo de todas as partes salientes, tais como
mangueiras, tubos, etc.
▶ Assegurar o bom acesso nos trabalhos de manutenção, respeitando as distâncias mínimas indicadas na Fig. 10.
6720806426-05.1V
Fig. 11
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
Distâncias mínimas a pontos de exaustão
15
Instalação (só para técnicos especializados e habilitados)
Distâncias mínimas a pontos de exaustão
(mm)
A
Debaixo da janela
600
B
Ao lado da janela
400
C
Debaixo de uma abertura para admissão/
exaustão
600
D
Ao lado de uma abertura para admissão/
exaustão
600
E
Na vertical entre dois pontos de exaustão
1 500
F
Na horizontal a um ponto de exaustão
1 000
G
Debaixo da varanda
300
H
Ao lado da varanda
1 000
I
Ao chão ou a outro piso
2 200
J
A pontos de exaustão verticais ou horizontais
300
K
Debaixo do beiral
300
L
Á parede / canto / esquina do edifício
300
▶ Retirar a embalagem da parede.
▶ Abrir os furos respetivos (Ø 8mm).
▶ Fixar a barra de fixação à parede utilizando os parafusos e as
buchas fornecidos.
5.5 Instalação do aparelho
INDICAÇÃO: O aparelho pode ficar danificado devido a sujidade nas tubagens!
▶ Purgar e lavar as tubagens para eliminar
possíveis corpos estranhos.
▶ Verificar se está incluído todo o material indicado.
▶ Retirar os tampões das uniões de gás e água.
▶ Na chapa de identificação, verificar a identificação do país
de destino e a adequação ao tipo de gás fornecido para
empresa de abastecimento de gás ( página 7).
▶ Encaixar o aparelho de modo a que este fique na vertical.
Tab. 14
5.4 Montagem da barra de fixação à parede
Antes da montagem da barra de fixação, assegurar que as ligações de água/gás/acessórios de exaustão são garantidas.
Não é necessária uma protecção de parede especial. A parede
deve ser plana e capaz de suportar o peso do aparelho.
▶ Retirar o aparelho da embalagem.
▶ Fixar a embalagem à parede marcar a posição dos orifícios
de fixação.
CUIDADO:
▶ Nunca apoiar ou sustentar o esquentador
nas ligações de água e gás.
Para facilitar a montagem é aconselhável fazer em primeiro lugar a ligação da água, e só
posteriormente as restantes ligações.
5.6 Ligação de água
▶ Identificar a tubagem de entrada e saída de água, de forma a
evitar uma possível troca.
INDICAÇÃO: Danos no aparelho!
Bloco de água danificado.
Ø 8 mm
Ø 8 mm
▶ Ao apertar a ligação de água fria, fixar o
bloco de água conforme indicado na
Fig. 13.
__________________________________
_________________________
Read installation
_________________________
manual prior to
Read user manual
installation of
_________________________
this unit!
before putting
_________________________
The installation
this unit in operation!
___
__________________________________
room must
en
cs
fulfill the ventilation
_________________________
requirements!
Před instalací
_________________________
prostudujte instala
Před spuštěním
č
_________________________
prostudujte návodní návod!
Místnost
_________________________
pro obsluhu!
instalace musí
___
__________________________________
splňovat podmínky
_________________________ pro zajišt
Vor Installation
ění přívodu spalovaného
_________________________
Installationsanleitung
vzduchu!
Vor Inbetriebnahme
_________________________
lesen!
Bedienungsanleitung
_________________________
Der Aufstellraum
lesen!
___
__________________________________
muss
de
die Beluftungsanforderu
dz
_________________________
ngen erfullen!
_________________________
‫ﻗﺑ ﺗلﺎﻳرﻛلﺎﻳر ﻵﻟﺔ‬
‫ﻗلﺎﻳرٍء ﻟﺗﻌﻠلﺎﻳرﻣﺎت ﻟﺗﻘﻬﻧلﺎﻳر ﻗ‬
_________________________
‫ﻗﺑ ﺗﺷﻐلﺎﻳر ﻵﻟﺔ‬
‫ﺔلﺎﻳرلﺎﻳرﺟﻰ‬
_________________________
‫ﺔﻟلﺎﻳرلﺎﻳرﺟﻰ ﻗلﺎﻳرٍء ﺗﻌﻠلﺎﻳرﻣﺎت ﻻﺳﺗﻌﻣﺎ ﻟﻠﺗﻬ&لﺎﻳرﺔ ﻓﻲ ﻣﻛﺎ) ﻟﺗلﺎﻳرﻛلﺎﻳر‬
___
__________________________________
‫ﻛ ﻟﺷلﺎﻳر&( ﻟﻼزﻣﺔ‬
‫لﺎﻳرﺟ ﺗ&ﻓلﺎﻳرلﺎﻳر‬
Leer las instrucciones_________________________
_________________________
Leer las instrucciones tecnicas antes de instalar
_________________________
el aparato!
para el usuario
_________________________
El calentador
antes de poner
___
solo puede
__________________________________
es
fr
en funcionamiento
ser instalado en
un local que cumpla
el aparato!
_________________________
Lire la notice technique
los requisitos
_________________________
de ventilacion
Lire la notice d'utilisationavant d'installer l'appareil!
_________________________
adecuados!
avant la mise
Le lieu
_________________________
d'installation doit
en fonctionnement
___
__________________________________
repondre aux
de l'appareil!
prescriptions de
Prima di effettuare _________________________
ventilat!
_________________________
Prima di effettuare l'installazione dell'apparecchio
_________________________
_________________________
Le caratteristiche la messa in servizio leggere leggere le istruzioni di installazione!
___
le istruzioni
di ventilazione
it
devono
del
d'uso!
locale nel quale
essere conformi
__________________________________
e installato l'apparecchio
alle normative
vigenti!
_________________________
Prieš montuojant
_________________________
Prieš paleidžiant perskaityti montavimo instrukciją!
_________________________
_________________________
Patalpoje, kuriojeperskaityti naudojimo instrukciją!
___
__________________________________
dirbs
lt
lv
įrenginys, užtikrinti
reikiamą ventiliacij
_________________________
Pirms montāžas
ą!
_________________________
izlasīt montāžas
Pirms iedarbin
_________________________
instrukciju!
āžanas izlasīt
lietošanas
Uzst
_________________________
ādīšanas telpai
instrukciju!
___
__________________________________
jānodrošina vēdināšanas
prasības!
Voor het installeren, __________________________________________________
Voor het in bedrijft installatievoorschrift doorlezen!
_________________________
nemen, bedieningsvoorschrif
_________________________
De opstellingsruimte
___
__________________________________ dient
t doorlezen!
nl
ma
aan de
daavoor geldende
_________________________
voorschriften te
_________________________
voldoen!
_________________________
_________________________
‫ﻗﺑ ﺗلﺎﻳرﻛلﺎﻳر ﻟﺟﻬﺎز‬
‫لﺎﻳرﺟ ﻗلﺎﻳرٍء ﻟﻛﺗلﺎﻳر‬
‫ﻗﺑ ﺗﺷﻐلﺎﻳر ﻟﺟﻬﺎز‬
‫ﻗلﺎﻳرٍء ﻛلﺎﻳرﻔلﺎﻳرﺔ ﻻﺳﺗﻌﻣﺎ‬
‫ﻟﺗﻬ&لﺎﻳرﺔ‬
3
___
__________________________________
‫زلﺎﻳرﺟ‬
(&‫) لﺎﻳرﺳﺗﺟلﺎﻳر ﻟﺷلﺎﻳر‬
‫ﺗلﺎﻳرﻛلﺎﻳر ﻟﺟﻬﺎز لﺎﻳرﺟ‬
_________________________
pl
)‫ﻣﻛﺎ‬
Przed zainstalowaniem
_________________________
Przed uruchomieniem przeczytać instrukcję
_________________________
instalacji!
przeczyta
_________________________
Miejsce monta
___
żu musi spełnia ć instrukcję obsługi!
__________________________________
ć wymagania
_________________________ dotyczące
pt
Ler as instruções
wentylacji!
_________________________
Antes de colocar de instalação antes de instalar
_________________________
o aparelho em
o
_________________________
O local de instalação
funcionamento, aparelho!
___
__________________________________
ler as
deve
cumprir
instruções
de utilização!
as exigências
_________________________
de ventilação!
_________________________
_________________________
_________________________
___
6720804089-12.1V
Fig. 12
16
Escantilhão de montagem
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
Instalação (só para técnicos especializados e habilitados)
2
Instalação com tubo flexível (G.P.L.)
1
6720804089-08.2V
Fig. 13
▶ Após a conclusão da rede de gás, deve ser realizada uma limpeza cuidadosa e efetuado um teste de estanquidade; para
evitar danos por excesso de pressão no automático de gás,
este deve ser efetuado com a válvula de gás do aparelho
fechada.
▶ Verificar se o caudal e a pressão fornecidos pelo redutor instalado, são os indicados para o consumo do aparelho (ver
dados técnicos na tab. 6).
Ligação da água
▶ Efetuar as ligações de entrada (Fig. 13, [2]) e saída
(Fig. 13, [1]) de água utilizando os acessórios de ligação
fornecidos ou recomendados.
▶ De forma a evitar problemas provocados por alterações de
pressão súbitas na alimentação, aconselha-se a montagem
de uma válvula anti-retorno a montante do aparelho.
5.7 Ligação do gás
PERIGO: O não cumprimento das normas
legais aplicáveis pode originar um fogo ou
explosão, causando danos materiais, pessoais ou até mesmo morte.
Utilizar somente acessórios originais.
PERIGO: Perigo de vida causado pela fuga
de gás!
▶ Proceder à substituição do tubo sempre
que verificar que está ressequido e quebradiço.
▶ Proceder à substituição do tubo no mínimo de quatro em quatro anos.
A instalação, quando feita em tubo flexível (não metálico), só
para aparelhos destinados a ser ligados a uma garrafa de
Butano, deve obedecer ao seguinte:
• ter um comprimento mínimo possível, no máximo de 1,5m;
• o tubo estar de acordo com ET IPQ 107-1 e normas aplicáveis;
• ser controlável em todo o seu percurso;
• não se aproximar de zonas de libertação de calor;
• evitar dobras ou outros estrangulamentos;
• a ligação nas extremidades ser feita com acessórios adequados e abraçadeiras sem ranhuras
▶ Verificar se o tubo de alimentação está limpo.
▶ Utilizar o acessório porta borrachas (fornecido) e uma abraçadeira própria para fazer a ligação à entrada de gás do aparelho.
Instalação com ligação a uma rede de abastecimento de gás
No caso de ligação com gás butano.
▶ Efetuar o ajuste conforme indicado na
secção 7.3.
A ligação do gás ao esquentador tem que cumprir obrigatoriamente o disposto nas Normas Portuguesas.
▶ Assegurar-se primeiro que o esquentador a instalar corresponde ao tipo de gás fornecido.
▶ Montar uma válvula de corte de gás à entrada, o mais próximo possível do aparelho.
▶ No caso de uma instalação com ligação a uma rede de abastecimento de gás é obrigatório utilizar tubos metálicos, de
acordo com as normas aplicáveis.
Para efetuar a ligação entre a rede de abastecimento de gás e o
esquentador, deve utilizar o acessório fornecido:
▶ Apertar a rosca no tubo de entrada de gás.
▶ Utilizar a extremidade em cobre para fazer a soldadura ao
tubo da rede de abastecimento
5.8 Instalação de acessórios de exaustão/admissão
Para a instalação dos acessórios devem ser seguidas as instruções do respetivo manual.
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
17
Instalação (só para técnicos especializados e habilitados)
PERIGO: Instalar a conduta de gases queimados de forma a que não haja fuga!
▶ O não cumprimento deste requisito pode
originar a fuga de gases da combustão
para o compartimento de instalação do
aparelho, vindo a resultar em danos pessoais ou morte.
• Simultaneamente, dá-se a produção de faíscas e a válvula de
gás (Fig. 2, [13]) abre passagem para o queimador.
• O queimador acende. Inicialmente só uma parte do queimador é acesa.
• O elétrodo de ionização (Fig. 2, [4]) supervisiona a presença da chama.
• A temperatura da água é controlada automaticamente pelos
sensores de acordo com a temperatura selecionada.
▶ Uma vez efetuada a ligação da conduta deve sempre ser
verificada e garantida a sua vedação.
Corte de segurança quando é ultrapassado o tempo de
segurança
Exaustão tipo C63
Se não fôr possível obter a chama dentro do intervalo de segurança estipulado, é efetuado um corte de segurança.
Neste tipo de instalação, somente podem ser utilizadas
condutas com certificação EN1856 e EN1859, as aberturas de
exaustão/admissão têm de estar em compartimentos com
pressão semelhantes.
A instalação não deve ultrapassar os valores indicados na
Tab. 15 (medidos nas tomas de pressão do aparelho - Fig. 2,
[2] e [13]) devendo ser ajustados para os valores abaixo.
P entrada (mbar)
WTD12
WTD15
WTD18
-1,5
-1
-0,8
1
2
2,2
3
3
P saída (mbar)
P
2,5
CO2 (%) G20
5,5
CO2 (%) G30
6,8
CO2 (%) G31
6,6
Caudal dos produtos da
combustão (kg/h)
38,48
46,96
A existência de ar no tubo de alimentação do gás (primeiro
arranque do aparelho ou arranque após longos períodos de inatividade) pode provocar atraso ou dificuldade na ignição.
Neste caso e se a tentativa de ignição se prolongar demasiado,
os dispositivos de segurança bloqueiam o funcionamento e é
necessário deixar purgar o ar do circuito.
Corte de segurança devido a uma temperatura de água
excessiva
A caixa de comando deteta a temperatura da água através da
resistência do NTC colocada no tubo de saída de água. No caso
de detetar temperatura excessiva efetua um corte de segurança.
Corte de segurança devido a deficientes condições de
exaustão
58,08
O aparelho deteta deficientes condições de exaustão, efetuando um corte de segurança.
Temperatura máxima dos
gases da combustão ( °C)
170
Rearranque após corte de segurança
Temperatura mínima dos
gases da combustão ( °C)
50
Para voltar a colocar o aparelho em serviço depois de ter sido
efetuado um corte de segurança:
Table 15
▶ Fechar e voltar a abrir uma torneira de água quente.
5.9 Arranque do aparelho
Água quente
Abrir as válvulas de passagem do gás e da água e controlar a
estanquidade de todas as ligações.
Colocar o botão ON/OFF (Fig. 5) em posição de funcionamento (capítulo 3.3). Deste modo o aparelho fica pronto a funcionar.
Sempre que se abrir uma torneira de água quente, a passagem
de água pelo sensor de caudal de água (Fig. 2, [17]) faz com
que este envie um sinal à caixa de comando. Este sinal provoca
o seguinte:
• O ventilador começa a trabalhar
18
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
Ligação elétrica (só para técnicos especializados e habilitados)
6
Ligação elétrica (só para técnicos
especializados e habilitados)
PERIGO: Devido a choque elétrico!
▶ Desligar a alimentação elétrica antes de
efetuar qualquer trabalho no aparelho.
Todos os dispositivos de regulação, de comando e de segurança do aparelho são fornecidos de fábrica já ligados e prontos para entrar em funcionamento.
CUIDADO: Trovoada!
▶ O aparelho deverá ter uma ligação independente no quadro elétrico, protegido
por um disjuntor diferencial de 30 mA e linha de terra. Em zonas com frequência de
trovoadas deve-se também colocar um
protetor de trovoadas.
6.1 Ligação do cabo de alimentação elétrica
A ligação elétrica deve ser feita de acordo
com as regras vigentes sobre instalações
elétricas domésticas.
▶ Uma ligação terra é essencial.
▶ Ligar o cabo de alimentação a uma tomada de corrente com
ligação terra.
6.2 Troca do cabo de alimentação elétrica
Se o cabo de alimentação se danificar, deve
ser substituído por uma peça de substituíção
de origem.
7
Regulação do gás (só para técnicos
especializados e habilitados)
7.1 Regulação de fábrica
Os componentes selados não devem ser violados.
Os aparelhos são fornecidos selados depois de terem sido
regulados na fábrica para os valores que figuram na chapa de
caraterísticas.
Gás natural
Os aparelhos não devem ser postos em funcionamento se a pressão dinâmica de ligação
for inferior a 17 mbar ou superior a 25 mbar.
Gás líquido
Os aparelhos não devem ser postos em
funcionamento se a pressão dinâmica de ligação for:
- Propano: inferior a 25 mbar ou superior a
45 mbar
- Butano: inferior a 20 mbar ou superior a 35
mbar.
PERIGO:
▶ As operações em seguida descritas só deverão ser efetuadas por um técnico especializado e habilitado.
▶ Desligar o cabo de alimentação da tomada.
▶ Desapertar o parafuso de fixação do cabo à caixa do aparelho.
▶ Retirar a frente do aparelho (Fig. 16, página 22).
▶ Desapertar a caixa de comando da chapa de suporte.
▶ Soltar os terminais do cabo de alimentação à caixa de
comando.
▶ Retirar o cabo de alimentação e substituí-lo por um novo.
▶ Colocar a frente do aparelho.
▶ Verificar o correto funcionamento.
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
19
Regulação do gás (só para técnicos especializados e habilitados)
7.2 Modo de serviço
Aceder ao modo de serviço
▶ Pressionar e manter pressionadas, simultaneamente,
e
durante 3 segundos.
,
B
A
-
+
6720804089-11.1V
Fig. 15
Fig. 14
Modo de serviço
Display com indicação “P2”.
O modo de serviço encontra-se ativado.
7.3 Alimentação com gás butano
▶ Entrar no Modo de serviço (secção 7.2).
Display com indicação “P2”.
▶ Pressionar
até o display indicar “P7”.
▶ Pressionar o botão
.
Display com indicação “31”.
▶ Pressionar
até o display indicar “30”.
▶ Pressionar o botão
.
O ajuste para gás butano encontra-se finalizado.
7.4 Ajuste do aparelho
Iniciar o ajuste sempre por “P0” seguido de
“P1” e “P2”.
Não pode ser feito o ajuste individual de
qualquer um dos parâmetros.
7.4.1 Acesso às tomadas de pressão
▶ Retirar a frente do aparelho (ver página 22).
[A] Tomada de pressão de ar na caixa
[B] Tomada de pressão de gás no queimador
7.4.2 Ajuste da pressão no queimador (Parâmetro P0)
▶ Ligar o aparelho no botão ON/OFF.
▶ Desapertar o parafuso obturador do ponto de tomada de
pressão [B].
▶ Ligar o manómetro, ligação “+”, ao ponto de medição.
▶ Entrar no Modo de serviço (secção 7.2).
Display com indicação “P2”.
▶ Pressionar
até o display indicar “P0”.
▶ Pressionar o botão
.
▶ Abrir uma torneira de água quente.
Deixar estabilizar o valor medido no manómetro.
▶ Pressionar
ou
até que o manómetro indique o
valor indicado na Tab. 16.
▶ Pressionar
durante 3 segundos.
O valor pisca em sinal de confirmação.
▶ Pressionar
para sair deste modo.
Display com indicação P0.
▶ Fechar a torneira de água quente.
▶ Desligar o manómetro do ponto de medição.
▶ Apertar o parafuso obturador do ponto de tomada de pressão [B].
O ajuste da pressão do queimador encontra-se finalizado.
7.4.3 Ajuste do caudal máximo (Parâmetro P1)
▶ Desapertar o parafuso obturador do ponto de tomada de
pressão [A].
▶ Ligar o manómetro, ligação “-”, ao ponto de tomada de pressão [A].
▶ Desapertar o parafuso obturador do ponto de tomada de
pressão [B].
20
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
Regulação do gás (só para técnicos especializados e habilitados)
▶ Ligar o manómetro, ligação “+”, ao ponto de tomada de
pressão [B].
▶ Pressionar
até o display indicar “P1”.
▶ Pressionar o botão
.
Display com indicação “E”.
▶ Pressionar
até o display indicar “L1”.
▶ Pressionar o botão
.
O aparelho encontra-se em posição de ajuste de caudal de
gás máximo.
▶ Abrir uma torneira de água quente.
▶ Pressionar
ou
até que o manómetro indique o
valor indicado na Tab. 16.
▶ Pressionar
durante 3 segundos.
O valor pisca em sinal de confirmação.
▶ Pressionar
.
Display com indicação “L1”.
▶ Fechar a torneira de água quente.
▶ Pressionar
até o display indicar “E”.
▶ Pressionar o botão
.
Display com indicação “P1”.
O ajuste do caudal de gás máximo encontra-se finalizado.
7.4.4 Ajuste do caudal mínimo (Parâmetro P2)
▶ Pressionar
até o display indicar “P2”.
▶ Pressionar o botão
.
Display com indicação “E”.
▶ Pressionar
até o display indicar “L2”.
▶ Pressionar o botão
.
▶ Abrir uma torneira de água quente.
O aparelho encontra-se em posição de ajuste de caudal de
gás mínimo.
▶ Pressionar
ou
até que o manómetro indique o
valor indicado na Tab. 16.
▶ Pressionar
durante 3 segundos.
O valor pisca em sinal de confirmação.
▶ Pressionar
.
Display com indicação “L2”.
▶ Fechar a torneira de água quente.
▶ Pressionar
até o display indicar “E”.
▶ Pressionar o botão
.
Display com indicação “P2”.
▶ Pressionar simultaneamente
,
e
durante 3
segundos.
Display com indicação da temperatura seleccionada.
▶ Desligar o manómetro dos pontos de tomadas de pressão
[A] e [B].
▶ Apertar os parafusos obturadores dos ponto de tomadas de
pressão [A] e [B].
O ajuste do caudal de gás mínimo encontra-se finalizado.
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
Gás natural H Butano
WTD12
WTD15
WTD18
1,7
Pressão
WTD12
dinâmica de
WTD15
ligação
WTD18
(mbar)
20
Ø injetor
Pressão de WTD12
queimador WTD15
(mbar) - P0 WTD18
Propano
1,3
29
37
1,2
Diferencial WTD12
pressão do
queimador WTD15
MAX (mbar)
WTD18
- P1
4,8 - 5,2
4,6 - 5,0 5,5 - 5,9
5,1 - 5,5
4,8 - 5,2 6,3 - 6,7
4,1 - 4,5
4,1 - 4,5 5,0 - 5,4
Diferencial WTD12
pressão do
queimador WTD15
MIN (mbar)
WTD18
- P2
0,6 - 0,8
0,6 - 0,8 0,7 - 0,9
0,7 - 0,9
0,7 - 0,9 0,8 - 1,0
0,8 - 1,0
0,7 - 0,9 0,8 - 1,0
Tab. 16 Pressão do queimador
7.5 Mudança do tipo de gás
Utilizar apenas os kits de conversão de origem. A conversão só
deve ser efetuada por um técnico especializado e habilitado.
Os kits de conversão de origem são fornecidos com instruções
de montagem.
21
Manutenção (só para técnicos especializados e habilitados)
8
Manutenção (só para técnicos especializados e habilitados)
▶ Desapertar os 5 parafusos de fixação da frente (Fig. 16,
[2]).
Para garantir que o consumo de gás e a emissão de gases se
mantêm nos valores óptimos, recomendamos que o aparelho
seja inspeccionado anualmente e, caso seja necessário, sejam
efetuados trabalhos de manutenção.
A manutenção só deverá ser efetuada por
um técnico especializado e habilitado.
PERIGO: Por descarga elétrica!
▶ Cortar sempre a corrente elétrica no aparelho (fusível, interruptor de potência de
segurança) antes de realizar trabalhos na
parte elétrica.
▶ O seu aparelho só deve ser assistido por um Posto de Assistência Técnica Vulcano.
▶ Empregar unicamente peças de substituíção originais.
▶ Encomendar as peças de substituíção de acordo com a lista
de peças de substituíção do aparelho.
▶ Substituir as juntas e o-rings desmontados por outros
novos.
▶ Só devem ser empregues as seguintes massas lubrificantes:
– Nas uniões hidráulica: Unisilikon L 641 (8 700 918 024
0).
– Uniões roscadas para gás: HFt 1 v 5 (8 709 918 010).
8.1 Retirar da frente
▶ Retirar o espelho do aparelho, para tal basta puxá-lo ligeiramente na sua direcção (Fig. 16, [1]).
1
2
2
Fig. 16
6720804089-07.1V
Retirar a frente
▶ Retirar a frente.
8.2 Trabalhos de manutenção periódicos
Verificação funcional
▶ Verificar o bom funcionamento de todos os elementos de
segurança, regulação e verificação.
Câmara de combustão
▶ No caso de estar suja:
– Desmontar a câmara de combustão.
– Limpar a câmara aplicando um jato de água no sentido
longitudinal das lamelas.
INDICAÇÃO: Danos no aparelho!
Danos na câmara de combustão.
▶ Não aplicar um jato demasiado forte ou com
orientação diferente da indicada.
▶ Se a sujidade for persistente: mergulhar as lâminas em água
quente com detergente, e limpar cuidadosamente.
▶ Regiões com dureza de água média/alta: descalcificar o interior da câmara de combustão e os tubos de ligação.
▶ Montar a câmara de combustão utilizando novas juntas.
Queimador
▶ Inspeccionar anualmente o queimador e limpá-lo se for
necessário.
22
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
Manutenção (só para técnicos especializados e habilitados)
No caso de estar muito sujo (gordura, fuligem):
▶ Desmontar o queimador.
▶ Utilizar uma escova e limpar a superfície das flautas.
▶ Soprar as flautas utilizando um jato de ar.
Filtro de água / Restritor
▶
▶
▶
▶
▶
Fechar a válvula de passagem de água.
Desapertar o tubo de entrada de água [1].
Retirar o freio de fixação [2] da tampa do bloco de água [3].
Retirar a tampa do bloco de água.
Utilizar uma chave e empurrar, cuidadosamente, o filtro/
restritor do caudal de água [4].
▶ Substituir o filtro/restritor do caudal de água.
1
4.
1.
4
3
2
3.
2.
6720806219-04.1V
Fig. 17
8.3 Substituíção de fusíveis (caixa de comando)
▶
▶
▶
▶
Desapertar o parafuso de fixação da caixa de comando.
Soltar todas as ligações à caixa de comando.
Abrir a caixa de comando.
Substituir o fusível.
8.4 Arranque depois da realização dos trabalhos
de manutenção
▶ Reapertar todas as ligações.
▶ Ler o capítulo 3 "Instruções de utilização" e o capítulo 7 "Afinações".
▶ Verificar a regulação do gás (pressão de queimador).
▶ Verificar estanquicidade do circuito d e exaustão (com a
frente colocada).
▶ Verificar que não há fugas de gás e água.
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
23
Problemas
9
Problemas
A montagem, manutenção e reparação só devem ser efetuadas por técnicos especializados e habilitados. No quadro seguinte são
descritos as soluções para possíveis problemas (soluções seguidas de * só deverão ser efetuadas por técnicos especializados e
habilitados).
Visor
Descrição
Solução
A0
Sensor de temperatura de entrada e saída danificados.
Desligar o aparelho.
Chamar um técnico especializado e habilitado.
A1
Temperatura dentro da caixa muito elevada (tempe- O aparelho regula automaticamente a potência do
ratura exterior demasiado elevada, câmara de com- aparelho para evitar o sobreaquecimento.
bustão calcificada).
A4
Sensor de temperatura do ar da caixa com defeito.
A7
Sensor de temperatura de água à saída com defeito. Verificar sensor de temperatura e respetivas ligações. *
A9
Sensor de temperatura de água à saída não está mon- Verificar montagem.
tado de forma correta.
Pressão de entrada do gás baixa.
Verificar a pressão de entrada.*
C7
Ventilador não funciona.
Verificar as ligações do ventilador.
Fechar e abrir uma torneira de água quente.
CA
Caudal de água acima do valor máximo especificado. Verificar filtro/restritor do caudal de água.
CF
Bloqueio da saída dos gases da combustão.
C1
Caudal de ar insuficiente para arranque.
E0
Avaria na caixa eletrónica.
E1
Sensor de temperatura de água à saída deteta sobre- Arrefecer o aparelho e experimentar novamente.
aquecimento.
Se o problema persistir chame um técnico especializado e habilitado.
E2
Sensor de temperatura de entrada com defeito.
E4
Sensor de temperatura do ar da caixa deteta sobrea- Desligar o aparelho.
quecimento (fuga de produtos da combustão dentro Chamar um técnico especializado e habilitado.
da câmara de combustão).
Verificar sensor de temperatura e respetivas ligações.*
Remover sujidade ou outro impedimento à conduta de exaustão/admissão.
Fechar e abrir uma torneira de água quente.
Se o problema persistir chame um técnico especializado e habilitado.
Pressionar o botão de rearme.
Se o problema persistir chame um técnico especializado e habilitado.
Verificar sensor e respetivas ligações. *
E9
Termofusível.
Chamar um técnico especializado e habilitado. *
EA
A chama não é detetada.
Controlar a pressão da alimentação de gás, a ligação de rede, o elétrodo de ignição e o elétrodo de
ionização.*
Fechar e abrir uma torneira de água quente.
Tab. 17
24
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
Problemas
Visor
Descrição
Solução
F7
Apesar de o aparelho estar desligado, a chama é
detetada.
Verificar os elétrodos e o cabo. Verificar a conduta
de gases queimados e a placa de circuito
impresso.*
FA
Falha na válvula de gás.
Chamar um técnico especializado e habilitado.
FC
Botões pressionados por mais de 30s.
Libertar o botão.
Com indicação
A temperatura de saída selecionada é inferior à
, mas sem exis- potência mínima que o aparelho fornece.
tência de instalação
Aumentar o caudal de água quente. Se o problema
persistir aumentar a temperatura de saída.
Com indicação
e temperatura da
água baixa.
Ressonância
Aparelho faz ruído anormal (vibração).
Chamar um técnico especializado e habilitado.
Tab. 17
Nota: avarias diagnosticadas pelo esquentador através de sinal luminoso no botão de rearme combinado com uma indicação no painel LCD resultam no bloqueio do aparelho por razões de segurança. Depois do problema resolvido é necessário premir o botão de
rearme para que o aparelho volte a funcionar.
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
25
Protecção do ambiente/reciclagem
10 Protecção do ambiente/reciclagem
Protecção do meio ambiente é um princípio empresarial do
Grupo Bosch.
Qualidade dos produtos, rendibilidade e protecção do meio
ambiente são objetivos com igual importância. As leis e decretos relativos à protecção do meio ambiente são seguidas à
risca.
Para a protecção do meio ambiente são empregados, sob considerações económicas, as mais avançadas técnicas e os
melhores materiais.
Embalagem
No que diz respeito à embalagem, participamos dos sistemas
de aproveitamento vigentes no país, para assegurar uma reciclagem otimizada.
Todos os materiais de embalagem utilizados são compatíveis
com o meio ambiente e reutilizáveis.
Aparelho obsoleto
Aparelhos obsoletos contém materiais que podem ser reutilizados.
Os módulos podem ser facilmente separados e os plásticos são
identificados. Desta maneira, poderão ser separados em diferentes grupos e posteriormente enviados a uma reciclagem ou
eliminados.
26
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
Garantia dos produtos da marca Vulcano
11 Garantia dos produtos da marca Vulcano
1. Designação social e morada do Produtor ou representante
Bosch Termotecnologia, SA; Capital social: €2.500.000,00;
NIPC 500666474;
Estrada Nacional nº 16, Km 3,7, 3801-856 Aveiro, Portugal.
Esta garantia não limita os direitos de garantia do Comprador
procedentes de contrato de compra e venda nem os seus direitos legais, nomeadamente os resultantes do Decreto-Lei n.º
67/2003 de 8 de abril e do Decreto e Lei nº 84/2008 de maio,
e do Artigo 921º do Código Civil, que regulam certos aspetos
na venda de bens de consumo e das garantias a elas relativas
2. Identificação do Produto sobre o qual recai a garantia
Para identificação correta do Produto objeto das condições de
garantia, a fatura de compra deve incluir os dados da embalagem do Produto: modelo, referência de dez dígitos e nº de
etiqueta FD. Em alternativa, estes dados, encontram-se na
placa de características do Produto.
3. Condições de garantia dos Produtos
3.1 A Bosch Termotecnologia, SA responde perante o Comprador do Produto, pela falta de conformidade do mesmo com o
respetivo contrato de compra de venda, durante um prazo
estabelecido na legislação aplicável ao uso dado ao equipamento, período de garantia de 2 anos para uso doméstico, e de
6 meses em equipamentos em uso profissional, a contar da
data de entrega do bem.
3.2 Para exercer os seus direitos, o Comprador deve denunciar
ao vendedor a falta de conformidade do Produto num prazo de
dois meses a contar da data em que a tenha detetado.
3.3 Durante o período de garantia as intervenções no Produto
serão exclusivamente realizadas pelos Serviços Técnicos Oficiais da Marca. Todos os serviços prestados no âmbito da presente garantia, serão realizados de segunda a sexta-feira,
dentro do horário e calendário laboral legalmente estabelecidos em cada região do país.
3.4 Todos os pedidos de assistência deverão ser apresentados
aos nossos serviços centrais de assistência técnica pelo
número de telefone 808 275 325 ou 211540721 Vulcano. O
Comprador no momento da realização da assistência técnica
ao Produto, deverá apresentar como documento comprovativo
da garantia do Produto, a fatura ou outro documento relativo à
compra do Produto do qual conste a identificação do Produto
objecto da presente garantia e a data de compra do mesmo. Em
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
alternativa, e de modo a validar a garantia do Produto poderão
ser utilizados os seguintes documentos: contrato de abastecimento do gás ou energia elétrica (apenas em novas habitações
e dependendo do equipamento); e no caso de habitações já
existentes, cópia do termo de responsabilidade emitido pela
entidade responsável pela montagem do equipamento.
3.5 O Produto destinado a uso doméstico terá que ser instalado por um profissional qualificado, de acordo com a regulamentação em vigor nomeadamente Decreto-Lei n.º 78, n.º 79
e n.º 80/2006, de 04 de abril, Decreto-Lei n.º 152/2005, de
31 de agosto, Decreto-Lei n.º 56/2011, de 21 de abril, bem
como outras regulamentações aplicáveis para aspetos como
abastecimento de água, gás, gasóleo, eletricidade e/ou outros
relacionados com o equipamento ou setor, e conforme o descrito no manual de instalação e utilização e com os acessórios
originais ou recomendados pela marca. Uma instalação de Produto não conforme com as especificações do fabricante e/ou,
que não cumpra a regulamentação legal sobre esta matéria,
não dará lugar à aplicação da presente garantia, sendo necessária a correção da instalação, e retificação dos defeitos e dos
danos causados ao Produto, com vista a aplicação das condições de garantia descritas neste documento. Sempre que um
nosso Produto seja instalado no exterior, este deverá ser protegido contra efeitos meteorológicos, nomeadamente chuva e
ventos. Nestes casos, poderá ser necessária a proteção do
aparelho mediante um armário ou caixa protetora devidamente
ventilada (excluindo painéis solares, kits termossifão, unidades exteriores de ar condicionado e bombas de calor, se cumpridas as normas de instalação).
3.6 Não deverão instalar-se aparelhos de câmara de combustão aberta em locais que contenham produtos químicos no
ambiente, nomeadamente em cabeleireiros, já que a mistura
desses Produtos com o ar pode produzir gases tóxicos na combustão, uma rápida corrosão e o deficiente funcionamento do
aparelho. Neste tipo de ambientes é especialmente recomendado o aparelho de câmara de combustão estanque.
3.7 Em acumuladores de água a gás, acumuladores indiretos,
termoacumuladores elétricos, termossifões e caldeiras que
incluam depósitos acumuladores de água quente, para que se
aplique a prestação em garantia, deverá ser realizada a verificação anual do ânodo de proteção destes depósitos pelo Serviço
Técnico Oficial e substituído quando necessário. Depósitos
sem manutenção deste ânodo de proteção, não serão abrangidos pelas condições de garantia. Para evitar danos no depósito
por sobrepressão, deverá no momento da sua instalação
observar-se o seu correto funcionamento, de referir que as válvulas deverão ter um valor igual ou inferior à pressão suportada
pelo depósito, assim como deverá ser revisto periodicamente
o correto funcionamento da válvula de segurança da instala27
Garantia dos produtos da marca Vulcano
ção. Independentemente do tipo de aparelho, todas as válvulas
de segurança deverão ser canalizadas para dreno, para evitar
danos na habitação por descargas de água. Não poderá existir
válvula de corte entre o acumulador e a referida válvula de
segurança. A garantia do Produto não inclui os danos causados
pela não canalização da água descarregada por esta válvula
bem como danos provocados pela corrosão galvânica nas tubagens ou equipamento devido ao não uso de separadores dielétricos na ligação do equipamento a tubagens metálicas cujas
características dos materiais aplicados potenciem este tipo de
corrosão.
Os acumuladores ou depósitos de água quente, termoacumuladores a gás ou elétricos, ou aplicados em sistema de termossifão destinam-se a ser usados exclusivamente para o
aquecimento de água potável de acordo com o Decreto-Lei n.º
306/2007, de 27 de agosto e instalados de acordo com restantes normas aplicáveis ao setor nomeadamente:
• Portaria nº 1081/91, de 24 de outubro (instalação de termoacumuladores elétricos);
• DIN 1988-2 e DIN 4753-1 (Uso, seleção e aplicação de dispositivos de segurança, proteções catódicas, grupos de
segurança compostos por válvula de retenção e segurança
para instalações de água potável);
• DIN EN 806 (Regras técnicas para instalações de água potável);
• DIN EN 1717 (Proteção da água potável contra sujidades
nas instalações de água potável e exigências gerais para os
dispositivos de segurança designados para a prevenção
contra a contaminação da água potável devido a refluxo);
• DIN 4708 (Instalações centrais para o aquecimento de
água);
• EN 12975 (Instalações solares térmicas e os seus componentes).
3.8 Coletores solares e sistema termossifão. A garantia comercial para este Produto é extensível até 6 anos (com inicio desde
a data de instalação) desde que comprovada a manutenção
recomendada pela Bosch Termotecnologia, SA ao sistema e
executada por técnicos certificados para o efeito. Durante os
dois primeiros anos, em cumprimento com a atual legislação
em vigor, o Produtor responde perante o Comprador do Produto, pela falta de conformidade do mesmo com o respetivo
contrato de compra e venda, a contar da data de entrega do
bem.
Consideram-se incluídos neste âmbito os custos de reparação
do Produto ou sua substituição, transporte e meios de elevação, mão de obra de montagem e desmontagem e deslocação.
Do terceiro ao sexto ano, para os Produtos com 6 anos de
garantia, apenas se encontra incluído o custo de disponibilização do substituto, os restantes custos são uma incumbência do
Comprador. Esta garantia não cobre a quebra do vidro do cole-
28
tor assim como danos de transporte, armazenamento não adequado ou instalação que afetem o coletor ou termossifão.
3.9 A água ou fluido utilizado no sistema de consumo, aquecimento ou arrefecimento (caldeiras, radiadores, depósitos e ou
permutadores internos ou externos) devem cumprir os requisitos legais, bem como garantir as condições de instalação e funcionamento definidas pelo fabricante, as características
químicas da água ou fluido utilizado deverão estar de acordo
com as exigências do fabricante, nomeadamente no que respeita a condutividade, dureza, PH, alcalinidade e concentração
de cloretos. Caso algum destes indicadores apresente valores
fora do recomendado, a presente garantia deixará de ter efeito.
3.10 O uso de anticongelante ou aditivos nos sistemas solar,
aquecimento ou arrefecimento será permitido desde que cumpram as especificações do fabricante.
3.11 Fica a cargo do Comprador garantir que são efetuadas
manutenções periódicas, conforme indicado nos manuais de
instalação e manuseamento, que acompanham o Produto.
3.12 Salvo nos casos expressamente previstos na lei, uma
intervenção em garantia não renova o período de garantia do
Produto.
3.13 Em geral, os equipamentos devem ser instalados em
locais acessíveis, e sem risco para o técnico, especialmente
nos equipamentos coletores solares, depósitos termossifão e
de ar condicionado os meios necessário para o acesso a eles
estará a cargo do Comprador.
3.14 Esta garantia é válida para os Produtos e equipamentos
produzidos ou representados pela Bosch Termotecnologia, SA
e que tenham sido adquiridos e instalados em Portugal.
4. Circunstâncias que excluem a aplicação da garantia
Ficam excluídos da garantia, ficando o custo total da reparação
a cargo do utilizador, os seguintes casos:
4.1 Operações de manutenção, conversões do tipo de gás,
arranques, limpeza e afinação do Produto, inspeções de gás,
ou substituição das pilhas. No ar-condicionado: má fixação de
unidades, gotejamento de condensados de água por maus isolamentos, cabos elétricos mal dimensionados, acréscimo/
decréscimo de fluido refrigerante nas seguintes situações: distância excessiva/insuficiente entre unidades, fugas causadas
por má instalação.
4.2 Deficiências de componentes externos ao Produto que
possam afetar o seu correto funcionamento, bem como danos
materiais ou outros (ex. telhas, telhados, coberturas impermeabilizadas, tubagens ou danos pessoais) pelo uso indevido de
materiais na instalação, não cumprimento de instalação de
acordo com normas de instalação do produto, regulamentação
aplicável ou regras de boa arte, nomeadamente, aplicação de
tubos adequados à temperatura em uso, aplicação de válvulas
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
Garantia dos produtos da marca Vulcano
antirretorno, válvulas de segurança ou misturadoras de temperatura automáticas.
4.3 Produtos cujo funcionamento tenha sido afetado por falhas
ou deficiências de componentes externos, ou por deficientes
dimensionamentos.
4.4 Defeitos provocados pelo uso de acessórios ou de peças de
substituição que não sejam as determinadas pelo fabricante.
Os aparelho de câmara de combustão estanque, quando as
condutas de evacuação utilizadas na instalação não são homologadas pelo fabricante.
4.5 Os defeitos que provenham do incumprimento das instruções de instalação, utilização e funcionamento ou de aplicações não conformes com o uso a que se destina o Produto, ou
ainda de fatores climáticos anormais, de condições estranhas
de funcionamento, de sobrecarga ou de uma manutenção ou
limpeza realizados inadequadamente.
4.6 Os Produtos que tenham sido modificados ou manipulados
por pessoas alheias aos Serviços Técnicos Oficiais da marca e
consequentemente sem autorização explícita do fabricante.
4.7 As avarias causadas por agentes externos (roedores, aves,
aranhas, etc.), fenómenos atmosféricos e/ou geológicos (terramotos, tempestades, geadas, granizos, trovoadas, chuvas,
etc.), ambientes agressivos ou salinos, assim como, as derivadas de pressão de água excessiva, alimentação elétrica inadequada, pressão ou abastecimento dos circuitos inadequados,
atos de vandalismo, confrontos urbanos e conflitos armados
de qualquer tipo bem como derivados.
Nota: No caso de aparelhos a gás, e antes da respetiva instalação o Comprador deverá verificar se o tipo de gás abastecido
se adequa ao utilizado pelo Produto, através da visualização da
sua chapa de características. Do mesmo modo e antes da sua
utilização, o Comprador deverá verificar que o Produto foi instalado conforme a regulamentação vigente e por técnicos qualificados.
cadas no manual de instalação e utilização que acompanha o
aparelho). Quando a instalação não permita acesso imediato e
seguro aos equipamentos, os custos adicionais de meios de
acesso e segurança ficarão a cargo do comprador.
4.11 Serviços de informação ao domicilio, sobre utilização do
seu sistema de aquecimento, climatização, programação e/ou
reprogramação de elementos de regulação e controlo, tais
como: termóstatos, reguladores, programadores, etc.
4.12 Serviços de ajuste de cargas de gás em sistemas de ar
condicionado ou bombas de calor, limpeza ou substituição de
filtros, deteção de fugas de gás em tubagens externas ao aparelho, danos produzidos devido a necessidade de limpeza das
máquinas. Limpeza e retificação de condutas para drenagem
de condensados.
4.13 Serviços de urgência não incluídos na prestação de garantia, i.e., serviços de fins de semana e feriados, por se tratar de
serviços especiais não incluídos na cobertura da garantia e
que, têm portanto um custo adicional, realizar-se-ão exclusivamente a pedido expresso do cliente.
5. O Produtor corrigirá sem nenhum encargo para o Comprador, os defeitos cobertos pela garantia, mediante a reparação
do Produto ou pela sua substituição. Os Produtos, os equipamentos ou peças substituídas passarão a ser propriedade do
Produtor.
6. Sem prejuízo do que resulta do legalmente estabelecido, a
responsabilidade do Produtor, em matéria de garantia, limitase ao estabelecido nas presentes condições de garantia.
Bosch Termotecnologia SA
4.8 Relativamente aos Produtos, às peças ou componentes
danificados no transporte ou na instalação.
4.9 As operações de limpeza realizadas ao aparelho ou componentes do mesmo, motivadas por concentrações no ambiente
de gorduras, sujidade ou outras circunstâncias do local onde
está instalado. Também se exclui da prestação em garantia as
intervenções para a descalcificação do Produto, (a eliminação
do calcário ou outros materiais depositados dentro do aparelho e produzido pela qualidade da água de abastecimento). De
igual forma são excluídas da prestação de garantia as intervenções de purga de ar do circuito ou desbloqueio de bombas circuladoras.
4.10 O custo da desmontagem de móveis, armários ou outros
elementos que impeçam o livre acesso ao Produto (se o Produto for instalado no interior de um móvel ou outro espaço
dedicado), deve respeitar as dimensões e características indiSensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
29
Certificado de homologação
12 Certificado de homologação
(&7\SH([DPLQDWLRQ&HUWLILFDWH
7KLVLVWRFHUWLI\WKDW
%RVFK7HUPRWHFQRORJLD6$
(1NP&DFLD
$YHLUR
3RUWXJDO
+ROGV&HUWLILFDWH1XPEHU
&(
,QUHVSHFWRI
'RPHVWLF:DOO0RXQWHG*DVILUHG:DWHU+HDWHUVDVOLVWHGRQSDJHV
7\SHVDPSOHVUHSUHVHQWDWLYHRIWKHSURGXFWVGHWDLOHGKDYHEHHQWHVWHGDQGH[DPLQHGDFFRUGLQJWRWKHSURFHGXUHV
VSHFLILHGLQ$QQH[,,(&7\SH([DPLQDWLRQRIWKH(XURSHDQ*DV$SSOLDQFH'LUHFWLYH(&DQGIRXQGWR
FRPSO\ZLWKWKH(VVHQWLDO5HTXLUHPHQWVGHWDLOHGLQ$QQH[,RIWKH'LUHFWLYH
QWVGHWDLOHGLQ$QQH[,RIWKH'LUH
)RUDQGRQEHKDOIRI%6,
D1RWLILHG%RG\IRUWKHDERYH'LUHFWLYH
YH
1RWLILHG%RG\1XPEHU
*DU\)HQWRQ*OREDO$VVXUDQFH'LUHFWRU
)LUVW,VVXHG /DWHVW,VVXH 3DJHRI
7KLV&HUWLILFDWHUHPDLQVWKHSURSHUW\RI%6,DQGVKDOOEHUHWXUQHGLPPHGLDWHO\RQUHTXHVW
7RFKHFNLWVYDOLGLW\WHOHSKRQH$QHOHFWURQLFFHUWLILFDWHFDQEHDXWKHQWLFDWHGRQOLQH
,QIRUPDWLRQDQG&RQWDFW%6,.LWHPDUN&RXUW'DY\$YHQXH.QRZOKLOO0LOWRQ.H\QHV0.337HO
%6,$VVXUDQFH8./LPLWHGUHJLVWHUHGLQ(QJODQGXQGHUQXPEHUDW&KLVZLFN+LJK5RDG/RQGRQ:$/8.
$0HPEHURIWKH%6,*URXSRI&RPSDQLHV
Fig. 18
30
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
Apontamentos
SensorCompact – 6 720 808 759 (2013/11)
31
VULCANO
Departamento Comercial
Av. Infante D. Henrique, lotes 2E e 3E
1800-220 Lisboa
tel. 218 500 300 fax 218 500 301
[email protected]
Bosch Termotecnologia SA
Sede
E.N. 16 - km 3,7 Aveiro
3800-533 Cacia
www.vulcano.pt
Was this manual useful for you? yes no
Thank you for your participation!

* Your assessment is very important for improving the work of artificial intelligence, which forms the content of this project

Download PDF

advertisement