Manual do utilizador
Manual do utilizador
™
Software HLA Fusion
Software HLA Fusion™ v. 3.x.x
Para utilização em diagnóstico in vitro.
21001 Kittridge Street, Canoga Park, CA 91303-2801
Tel: (818)702-0042
www.onelambda.com
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
LABType®, LABScreen® e FlowPRA® são marcas comerciais registadas da One Lambda, Inc.
HLA Fusion™, LCT™, LAT™, Micro SSP™ e LABScan™ 100 são marcas comerciais
da One Lambda, Inc.
Luminex® é uma marca comercial registada da Luminex Corporation.
Windows® é uma marca comercial registada da Microsoft Corporation.
© Copyright 2012, One Lambda, Inc.
Todos os produtos de software One Lambda foram concebidos para auxiliar
profissionais com experiência na análise dos genes HLA através da sugestão de
resultados de tipologia. No entanto, quaisquer resultados clínicos ou diagnósticos
devem ser cuidadosamente revistos por uma pessoa qualificada em testes de tipologia
de HLA para assegurar a sua precisão. Este software poderá ser utilizado como
ferramenta auxiliar através da sugestão de resultados, mas não deverá ser utilizado
como o único método de determinação dos resultados reportáveis. Este software
destina-se a ser um auxiliar de laboratório, não uma fonte de resultados definitivos.
A conceção do software não mitiga os perigos associados ao software. O diretor ou
técnico do laboratório com formação em análises de histocompatibilidade deverá rever
todos os dados para detetar quaisquer problemas com o software.
Note que este documento foi preparado antes do lançamento do software HLA Fusion.
Assim, poderá notar ligeiras diferenças de conteúdo relativamente aos ecrãs efetivos da
aplicação.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
2
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Índice
INTRODUÇÃO ....................................................................................................................................................................... 14
™
O QUE É O SOFTWARE HLA FUSION ? .............................................................................................................................................. 14
DOCUMENTAÇÃO DO PRODUTO E FICHEIROS DE ATUALIZAÇÃO ......................................................................................... 15
ATUALIZAÇÕES DO PROGRAMA ........................................................................................................................................... 16
LIMITAÇÕES DO PROGRAMA ............................................................................................................................................... 17
ASSISTÊNCIA TÉCNICA .......................................................................................................................................................... 18
ÂMBITO DESTE MANUAL ..................................................................................................................................................... 19
NAVEGAÇÃO ........................................................................................................................................................................ 20
INICIAR SESSÃO NO FUSION ................................................................................................................................................. 21
RECUPERAR UM NOME DE UTILIZADOR OU PALAVRA-PASSE ESQUECIDOS .................................................................................................. 22
DEFINIÇÕES-CHAVE DO SISTEMA ......................................................................................................................................... 23
RESOLUÇÃO DO ECRÃ..................................................................................................................................................................... 23
PERMISSÕES DE FICHEIROS .............................................................................................................................................................. 24
INTERFACE DO UTILIZADOR ................................................................................................................................................. 25
PÁGINAS INICIAIS DO FUSION .......................................................................................................................................................... 25
INICIAR O NAVIGATOR (NAVEGADOR) ............................................................................................................................................... 27
Árvore do Navigator (Navegador) ....................................................................................................................................... 27
AGRUPAMENTO DE RESULTADOS ...................................................................................................................................................... 28
Agrupar por produto............................................................................................................................................................ 28
Agrupar por catálogo .......................................................................................................................................................... 29
Agrupar por data de teste ................................................................................................................................................... 29
Agrupar por data da sessão ................................................................................................................................................ 29
™
ACEDER ÀS FUNÇÕES DO SOFTWARE HLA FUSION ............................................................................................................. 30
OPÇÕES DO MENU PRINCIPAL .......................................................................................................................................................... 30
Analyze Data (Analisar dados) ............................................................................................................................................ 30
Reports (Relatórios) ............................................................................................................................................................. 30
Data (Dados)........................................................................................................................................................................ 30
Sample (Amostra) ................................................................................................................................................................ 30
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
3
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Patient Info (Informações do paciente) ............................................................................................................................... 31
Profile (Perfil) ....................................................................................................................................................................... 31
Utilities (Acessórios) ............................................................................................................................................................ 31
Help (Ajuda) ......................................................................................................................................................................... 31
Exit (Sair).............................................................................................................................................................................. 32
Botões da barra de ferramentas.......................................................................................................................................... 32
Find (Localizar)..................................................................................................................................................................... 33
Print Report (Imprimir relatório) ......................................................................................................................................... 34
Preview Report (Pré-visualizar relatório) ............................................................................................................................. 35
Print Screen (Imprimir ecrã)................................................................................................................................................. 35
Magnify (Ampliar) ............................................................................................................................................................... 36
Show Navigator (Mostrar Navegador) ................................................................................................................................ 36
Patient/Donor Information (Informações de paciente/dador) ............................................................................................ 37
Related Records (Registos relacionados) ............................................................................................................................. 38
Side-by-Side Analysis (Análise lado a lado).......................................................................................................................... 38
PRODUCT DATA ANALYSIS (ANÁLISE DE DADOS DO PRODUTO) ............................................................................................................... 39
Sample Navigation (Navegação de amostras) .................................................................................................................... 39
Sample Date (Data de amostra) .......................................................................................................................................... 40
ANÁLISE LABTYPE................................................................................................................................................................. 41
INICIAR A ANÁLISE LABTYPE................................................................................................................................................. 43
IMPORTAR DADOS DE SESSÃO LABTYPE (SEM HD) .............................................................................................................................. 43
ADQUIRIR DADOS DE SESSÃO LABTYPE (HD) ..................................................................................................................................... 51
ANALISAR SESSÕES EXON 4+ ................................................................................................................................................ 57
RESUMO DE SESSÃO LABTYPE .............................................................................................................................................. 60
A seleção de campos de resumo de sessão ......................................................................................................................... 60
Botões para exportar, pré-visualizar e imprimir .................................................................................................................. 61
SEPARADORES DE RESUMO DE SESSÃO LABTYPE ................................................................................................................................. 62
Separador de resumo .......................................................................................................................................................... 62
Separador de valor de controlo ........................................................................................................................................... 63
Resumo de controlo positivo ............................................................................................................................................... 63
Resumo de controlo negativo .............................................................................................................................................. 64
Resumo de contagem de esferas ......................................................................................................................................... 64
SEPARADOR DE ANÁLISE DE ESFERAS ................................................................................................................................................. 65
Resumo de reação falsa....................................................................................................................................................... 65
FUNÇÕES GERAIS DE RESUMO DE SESSÃO ........................................................................................................................................... 69
Excluir uma amostra da análise........................................................................................................................................... 71
CONFIGURAR ANÁLISE LABTYPE PARA A AMOSTRA ATUAL ................................................................................................. 72
ALTERAR A CONFIGURAÇÃO PARA A AMOSTRA ATUAL ........................................................................................................................... 72
Atribuir código ..................................................................................................................................................................... 73
Bw4/Bw6 em serologia ........................................................................................................................................................ 73
Dados demográficos ............................................................................................................................................................ 74
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
4
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Controlo positivo mínimo .................................................................................................................................................... 74
Contagem mínima de esferas .............................................................................................................................................. 75
Definir amostra de reação certa .......................................................................................................................................... 75
Ver CQ .................................................................................................................................................................................. 76
Definição de limiar positivo baixo........................................................................................................................................ 76
UTILIZAR A JANELA DE ANÁLISE DE DADOS LABTYPE ........................................................................................................... 77
ATALHOS DO TECLADO PARA NAVEGAÇÃO DE ANÁLISE LABTYPE............................................................................................................. 81
QUADRANTE 1 (HISTOGRAMA DE CQ) .............................................................................................................................................. 81
Separador de CQ .................................................................................................................................................................. 81
Separador Rxn (Reação) ...................................................................................................................................................... 82
Separador Rec Site (Local de reconhecimento).................................................................................................................... 84
Barra de reconhecimento .................................................................................................................................................... 86
Separador de CQ local ......................................................................................................................................................... 87
Separador de resultados de pacientes/amostras ................................................................................................................ 87
QUADRANTE 2 (DADOS DE ESFERAS) ................................................................................................................................................. 88
Separador de esfera............................................................................................................................................................. 88
Separador Raw (Em bruto) .................................................................................................................................................. 91
Separador Bead Info (Info de esferas) ................................................................................................................................. 92
QUADRANTE 3 (PERFIL DE REAÇÃO) ................................................................................................................................................. 93
Perfil de reação .................................................................................................................................................................... 93
QUADRANTE 4 ............................................................................................................................................................................. 96
Separador Pairs (Pares) ....................................................................................................................................................... 97
Atribuir um par de alelos da lista sugerida .......................................................................................................................... 98
Clique duas vezes num par de alelos no separador Pairs (Pares) para o atribuir à área de atribuição final de pares de
alelos. .................................................................................................................................................................................. 98
Atribuir manualmente um par de alelos.............................................................................................................................. 99
Separador Force (Forçar) ..................................................................................................................................................... 99
Separador Type/Subtype (Tipo/Sub-tipo) .......................................................................................................................... 100
Separador Match (Correspondência)................................................................................................................................. 101
Separador Sero (Serologia) ................................................................................................................................................ 101
Excluir sondas Exon 3 para um locus ................................................................................................................................. 102
Atribuição de códigos de alelos ......................................................................................................................................... 103
Atribuição de códigos de alelos ......................................................................................................................................... 104
Atribuição manual de códigos de alelos ............................................................................................................................ 104
Outra atribuição ................................................................................................................................................................ 107
Reanalisar .......................................................................................................................................................................... 108
Analisar sessões LABType combinadas .............................................................................................................................. 108
Adicionar comentários do utilizador às amostras ............................................................................................................. 109
Sinalizar uma amostra para testes adicionais ................................................................................................................... 110
Atribuir resultados de códigos de serologia e alelo a um paciente ................................................................................... 110
Pré-visualizar ou imprimir relatórios ................................................................................................................................. 111
Atribuir resultados codificados .......................................................................................................................................... 112
Guardar atribuições ........................................................................................................................................................... 112
Confirmar atribuições ........................................................................................................................................................ 113
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
5
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
OPÇÕES DO MENU DO BOTÃO DIREITO DO RATO DO NAVIGATOR (NAVEGADOR) PARA LABTYPE.................................... 114
OPÇÕES AO NÍVEL DA SESSÃO ........................................................................................................................................................ 114
Criar o CQ Lab .................................................................................................................................................................... 114
Revisão de sessão .............................................................................................................................................................. 115
Reanalisar com nova nomenclatura .................................................................................................................................. 116
OPÇÕES AO NÍVEL DA AMOSTRA ..................................................................................................................................................... 116
Related Records (Registos relacionados) ........................................................................................................................... 117
Side By Side Analysis (Análise lado a lado) ........................................................................................................................ 117
O Explorador do Fusion...................................................................................................................................................... 118
ANÁLISE MICRO SSP ........................................................................................................................................................... 120
INICIAR A ANÁLISE MICRO SSP ........................................................................................................................................... 121
CONFIGURAR A ANÁLISE DE DADOS MICRO SSP ................................................................................................................ 125
Atribuir código ................................................................................................................................................................... 125
Bw4/Bw6 em serologia ...................................................................................................................................................... 126
Dados demográficos .......................................................................................................................................................... 126
UTILIZAR A JANELA DE ANÁLISE MICRO SSP ....................................................................................................................... 127
Painel de gel de teste......................................................................................................................................................... 128
Visualizar os detalhes do poço........................................................................................................................................... 130
Trabalhar com imagens de gel .......................................................................................................................................... 130
Adicionar amostras............................................................................................................................................................ 132
Separador Rxn (Reação) .................................................................................................................................................... 134
Número de reações falsas permitidas ............................................................................................................................... 136
Forçar uma reação falsa .................................................................................................................................................... 136
ANÁLISE MICRO SSP COMBINADA ..................................................................................................................................... 137
REALIZAR ATRIBUIÇÕES DE TIPOLOGIA NA ANÁLISE MICRO SSP ........................................................................................ 139
Atribuir um par de alelos da lista sugerida ........................................................................................................................ 140
Separador Match (Correspondência)................................................................................................................................. 140
Atribuição manual de pares de alelos ............................................................................................................................... 141
Códigos de alelos possíveis ................................................................................................................................................ 141
Atribuição de códigos de alelos ......................................................................................................................................... 142
Atribuição manual de códigos de alelos ............................................................................................................................ 142
Códigos de alelos desconhecidos ....................................................................................................................................... 143
Outra atribuição ................................................................................................................................................................ 145
Campo de serologia possível ............................................................................................................................................. 145
Traduzir (apenas para formato de nomenclatura não atual) ............................................................................................ 146
Adicionar comentários às amostras .................................................................................................................................. 146
Sinalizar uma amostra para testes adicionais ................................................................................................................... 147
Imprimir a janela de análise atual ..................................................................................................................................... 147
Pré-visualizar ou imprimir relatórios ................................................................................................................................. 148
Atribuir resultados codificados .......................................................................................................................................... 148
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
6
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Guardar atribuições ........................................................................................................................................................... 148
Confirmar atribuições ........................................................................................................................................................ 149
RESUMO DA SESSÃO MICRO SSP........................................................................................................................................ 150
OPÇÕES DO MENU DO BOTÃO DIREITO DO RATO DO NAVIGATOR (NAVEGADOR) PARA MICRO SSP ................................ 152
OPÇÕES AO NÍVEL DA SESSÃO ........................................................................................................................................................ 152
Reanalisar com nova nomenclatura .................................................................................................................................. 152
Opções ao nível da amostra .............................................................................................................................................. 153
Registos relacionados ........................................................................................................................................................ 153
Análise lado a lado ............................................................................................................................................................ 153
ANÁLISE LABSCREEN .......................................................................................................................................................... 155
INICIAR A ANÁLISE LABSCREEN .......................................................................................................................................... 156
ADQUIRIR DADOS DA SESSÃO LABSCREEN ....................................................................................................................................... 156
ECRÃ DE RESUMO DA SESSÃO LABSCREEN ....................................................................................................................................... 161
UTILIZAR A JANELA DE ANÁLISE MISTA LABSCREEN ........................................................................................................... 163
LOCALIZAR ANTIGÉNIO ................................................................................................................................................................. 164
VISUALIZAR A TIPOLOGIA MOLECULAR DE ANTIGÉNIOS ........................................................................................................................ 165
Visualizar os resultados de rastreio de anticorpos MIC ..................................................................................................... 166
Ajustar valores de interrupção .......................................................................................................................................... 166
Gráfico de dados em bruto ................................................................................................................................................ 167
Tabela de dados em bruto ................................................................................................................................................. 168
Relatório de dados em bruto ............................................................................................................................................. 168
BARRA CREG ............................................................................................................................................................................ 169
Realizar atribuições ........................................................................................................................................................... 169
Guardar atribuições ........................................................................................................................................................... 170
CONFIRMAR ATRIBUIÇÕES............................................................................................................................................................. 170
ADICIONAR COMENTÁRIOS ÀS AMOSTRAS ........................................................................................................................................ 170
SINALIZAR UMA AMOSTRA PARA TESTES ADICIONAIS........................................................................................................................... 171
Imprimir a janela de análise atual ..................................................................................................................................... 171
PRÉ-VISUALIZAR E IMPRIMIR RELATÓRIOS ......................................................................................................................................... 171
UTILIZAR A JANELA DE ANÁLISE LABSCREEN PRA, ANTIGÉNIOS SIMPLES E SINGLES .......................................................... 173
TABELA CREG ........................................................................................................................................................................... 174
Localizar antigénio ............................................................................................................................................................ 175
Alterar a escala do laboratório .......................................................................................................................................... 176
Visualizar especificidades moleculares .............................................................................................................................. 177
Ajustar valores de interrupção .......................................................................................................................................... 177
Selecionar o limiar mínimo positivo................................................................................................................................... 178
Alterar a fórmula de normalização.................................................................................................................................... 178
Excluir antigénio(s) da análise ........................................................................................................................................... 178
Incluir/excluir Cw ............................................................................................................................................................... 179
Repor as predefinições em todas as opções ...................................................................................................................... 180
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
7
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Forçar positivo ................................................................................................................................................................... 180
Gráfico de dados em bruto ................................................................................................................................................ 180
Tabela de dados em bruto ................................................................................................................................................. 181
Relatório de dados em bruto ............................................................................................................................................. 181
Visualizar correspondência/não correspondência de DSA (antigénio específico do dador) .............................................. 182
Adicionar comentários às amostras .................................................................................................................................. 183
Sinalizar uma amostra para testes adicionais ................................................................................................................... 183
Imprimir a janela de análise atual ..................................................................................................................................... 183
Pré-visualizar e imprimir relatórios ................................................................................................................................... 183
Realizar atribuições finais .................................................................................................................................................. 184
Atribuições manuais .......................................................................................................................................................... 185
Atribuir valores negativos a amostras ............................................................................................................................... 185
Remover atribuições .......................................................................................................................................................... 185
Guardar atribuições ........................................................................................................................................................... 186
Confirmar atribuições ........................................................................................................................................................ 186
Obter valores de análise caudal (exceto para Singles) ...................................................................................................... 186
PRA do dador (exceto para Singles) ................................................................................................................................... 187
Selecionar interrupções de limiar mínimo positivo (exceto para Singles) ......................................................................... 187
Ocultar valores de análise caudal (antigénio simples) ...................................................................................................... 188
Navegar entre classe I e classe II (PRA de classe I e II combinadas) .................................................................................. 188
Ordenar antigénios (antigénio simples) ............................................................................................................................ 188
OPÇÕES DO MENU DO BOTÃO DIREITO DO RATO DO NAVIGATOR (NAVEGADOR) PARA LABSCREEN ............................... 190
Reanalisar com novas definições/novo catálogo .............................................................................................................. 190
Opções ao nível da amostra .............................................................................................................................................. 191
Registos relacionados ........................................................................................................................................................ 191
Análise lado a lado ............................................................................................................................................................ 191
ANÁLISE LAT ...................................................................................................................................................................... 194
INICIAR A ANÁLISE LAT ...................................................................................................................................................... 195
ADQUIRIR DADOS DA SESSÃO LAT .................................................................................................................................................. 195
Introdução manual de uma única sessão .......................................................................................................................... 196
Introdução manual de lote ................................................................................................................................................ 197
IMPORTAR FICHEIROS CSV NO LAT ................................................................................................................................................ 198
UTILIZAR A JANELA DE ANÁLISE MISTA LAT ....................................................................................................................... 203
Introduzir dados e padrão de reação................................................................................................................................. 204
UTILIZAR O LEITOR ELISA ............................................................................................................................................................. 205
Realizar atribuições ........................................................................................................................................................... 206
Guardar atribuições ........................................................................................................................................................... 206
CONFIRMAR ATRIBUIÇÕES............................................................................................................................................................. 207
Adicionar comentários às amostras .................................................................................................................................. 207
Sinalizar uma amostra para testes adicionais ................................................................................................................... 207
Adicionar informações sobre o tabuleiro........................................................................................................................... 209
Exportar dados da sessão .................................................................................................................................................. 209
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
8
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Tabela de dados em bruto ................................................................................................................................................. 209
Relatório rápido de dados em bruto .................................................................................................................................. 210
Imprimir a janela de análise atual ..................................................................................................................................... 211
Pré-visualizar e imprimir relatórios ................................................................................................................................... 211
UTILIZAR A JANELA DE ANÁLISE PRA/ANTIGÉNIO SIMPLES LAT ......................................................................................... 212
INTRODUZIR O PADRÃO DE REAÇÃO ................................................................................................................................................ 212
UTILIZAR O LEITOR ELISA ............................................................................................................................................................. 214
HISTOGRAMA PRA/ANTIGÉNIO SIMPLES LAT ................................................................................................................................... 214
Tabela CREG ...................................................................................................................................................................... 215
Localizar antigénio ............................................................................................................................................................ 216
Visualizar especificidades moleculares .............................................................................................................................. 216
Selecionar o limiar mínimo positivo ................................................................................................................................... 217
Excluir antigénios da análise ............................................................................................................................................. 217
Incluir/excluir Cw ............................................................................................................................................................... 218
NAVEGAR ENTRE A CLASSE I E A CLASSE II ........................................................................................................................................ 218
(Sessões PRA combinadas de classe I e II) ......................................................................................................................... 218
Tabela de dados em bruto ................................................................................................................................................. 218
Relatório de dados em bruto ............................................................................................................................................. 219
Exportar dados da sessão .................................................................................................................................................. 219
PRA do dador ..................................................................................................................................................................... 219
Adicionar comentários às amostras .................................................................................................................................. 219
Sinalizar uma amostra para testes adicionais ................................................................................................................... 220
Pré-visualizar e imprimir relatórios ................................................................................................................................... 220
REALIZAR ATRIBUIÇÕES FINAIS ....................................................................................................................................................... 220
Atribuições manuais .......................................................................................................................................................... 221
Atribuir valores negativos a amostras ............................................................................................................................... 221
Remover atribuições .......................................................................................................................................................... 221
Guardar atribuições ........................................................................................................................................................... 221
CONFIRMAR ATRIBUIÇÕES............................................................................................................................................................. 222
Obter valores de análise caudal ........................................................................................................................................ 222
NAVEGAR ENTRE A CLASSE I E A CLASSE II ........................................................................................................................................ 222
(Sessões de PRA combinadas de classe I e II)..................................................................................................................... 222
OPÇÕES DO MENU DO BOTÃO DIREITO DO RATO DO NAVIGATOR (NAVEGADOR) PARA LAT ........................................... 223
Reanalisar com novo catálogo .......................................................................................................................................... 223
OPÇÕES AO NÍVEL DA AMOSTRA ..................................................................................................................................................... 224
Registos relacionados ........................................................................................................................................................ 224
Análise lado a lado ............................................................................................................................................................ 224
ANÁLISE LCT ....................................................................................................................................................................... 225
INICIAR A ANÁLISE LCT ....................................................................................................................................................... 226
ADQUIRIR DADOS LCT ................................................................................................................................................................. 226
ECRÃ DE RESUMO DA SESSÃO DO LCT ............................................................................................................................................. 228
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
9
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
UTILIZAR A JANELA DE ANÁLISE DO LCT ............................................................................................................................. 231
PAINEL DE INTRODUÇÃO DE REAÇÃO E ANÁLISE ................................................................................................................................. 232
Adicionar informações sobre o tabuleiro........................................................................................................................... 232
Localizar antigénio ............................................................................................................................................................ 233
Tabela CREG ...................................................................................................................................................................... 233
Ordenar por posição do poço ............................................................................................................................................ 234
Selecionar o limiar mínimo positivo................................................................................................................................... 235
Excluir antigénios da análise ............................................................................................................................................. 235
Incluir/excluir Cw ............................................................................................................................................................... 236
Tabela de dados em bruto ................................................................................................................................................. 236
Relatório de dados em bruto ............................................................................................................................................. 237
PRA do dador ..................................................................................................................................................................... 237
Adicionar comentários às amostras .................................................................................................................................. 238
Sinalizar uma amostra para testes adicionais ................................................................................................................... 238
Imprimir a janela de análise atual ..................................................................................................................................... 238
PRÉ-VISUALIZAR E IMPRIMIR RELATÓRIOS ......................................................................................................................................... 239
REALIZAR ATRIBUIÇÕES FINAIS ....................................................................................................................................................... 239
Atribuições manuais .......................................................................................................................................................... 239
Atribuir valores negativos a amostras ............................................................................................................................... 240
Remover atribuições .......................................................................................................................................................... 240
Guardar atribuições ........................................................................................................................................................... 240
Confirmar atribuições ........................................................................................................................................................ 240
OPÇÕES DO MENU DO BOTÃO DIREITO DO RATO DO NAVIGATOR (NAVEGADOR) PARA SESSÕES LCT ............................. 241
Reanalisar com novo catálogo .......................................................................................................................................... 241
OPÇÕES AO NÍVEL DA AMOSTRA ..................................................................................................................................................... 241
OPÇÕES AO NÍVEL DA AMOSTRA ..................................................................................................................................................... 242
Registos relacionados ........................................................................................................................................................ 242
Análise lado a lado ............................................................................................................................................................ 242
RELATÓRIOS ....................................................................................................................................................................... 243
UTILIZAR A JANELA DE RELATÓRIOS ................................................................................................................................... 244
Aceder à janela de relatórios ............................................................................................................................................. 244
Selecionar tipo de relatório ............................................................................................................................................... 245
Refinar os dados do relatório ............................................................................................................................................ 245
Seleção de sessão/amostra ............................................................................................................................................... 246
Ver, imprimir ou exportar relatórios .................................................................................................................................. 247
Exportar relatório .............................................................................................................................................................. 249
Aceder a relatórios a partir do menu Os meus favoritos ................................................................................................... 249
Remover relatórios do menu Os meus favoritos................................................................................................................ 250
FERRAMENTAS DE RELATÓRIOS ......................................................................................................................................... 251
PERSONALIZAR A APARÊNCIA DO RELATÓRIO ..................................................................................................................................... 251
Criar modelos de exportação de dados personalizados .................................................................................................... 252
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
10
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Criar relatórios personalizados .......................................................................................................................................... 253
Configuração de relatório personalizado molecular e de anticorpos ................................................................................ 254
RESUMO DE AMOSTRAS................................................................................................................................................................ 255
RESUMO DE AMOSTRAS DE TIPOLOGIA MOLECULAR ........................................................................................................................... 255
Resumo de amostras de rastreio de anticorpos ................................................................................................................ 256
VER REGISTOS .................................................................................................................................................................... 257
INFORMAÇÕES DO PACIENTE ......................................................................................................................................................... 258
RELATÓRIO DE REGISTO DE AUDITORIA ............................................................................................................................................ 259
TIPOS DE RELATÓRIO ......................................................................................................................................................... 261
GESTÃO DE DADOS ............................................................................................................................................................ 265
GESTÃO DA SESSÃO ........................................................................................................................................................... 266
JANELA MANAGE SESSION DATA (GERIR DADOS DA SESSÃO) ................................................................................................................ 266
GESTÃO DE AMOSTRAS ...................................................................................................................................................... 268
IMPORTAR LISTAS DE AMOSTRAS ...................................................................................................................................... 269
FORMATOS DE INFORMAÇÕES PARA LISTAS DE AMOSTRAS .............................................................................................. 270
Novo formato de lista de volumes ..................................................................................................................................... 270
Lista de volumes: Amostras ‘X’ no formato antigo ............................................................................................................ 270
Antigo formato de lista de volumes, '11' para amostras AB/DR ....................................................................................... 270
Formato delimitado por vírgula......................................................................................................................................... 270
Formato delimitado por hífen............................................................................................................................................ 271
Formato SDF ...................................................................................................................................................................... 271
ID de local/amostra/paciente apenas ............................................................................................................................... 271
VER E EDITAR INFORMAÇÕES DAS AMOSTRAS.................................................................................................................................... 272
LISTAS DE TESTES ............................................................................................................................................................... 273
Criar novas listas de testes ................................................................................................................................................ 273
Ver e editar listas de testes existentes............................................................................................................................... 274
Eliminar listas de testes existentes .................................................................................................................................... 274
Exportar listas de testes..................................................................................................................................................... 275
LISTAS LUMINEX ................................................................................................................................................................ 276
CRIAR LISTAS LUMINEX................................................................................................................................................................. 276
Criar listas de trabalho de amostras.................................................................................................................................. 276
Criar desenho de placas ..................................................................................................................................................... 277
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
11
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
INFORMAÇÕES DO PACIENTE............................................................................................................................................. 280
IMPORTAR LISTAS DE PACIENTES/DADORES ...................................................................................................................... 281
GERIR REGISTOS DE PACIENTES/DADORES ........................................................................................................................ 282
ADICIONAR NOVOS REGISTOS DE PACIENTES/DADORES ....................................................................................................................... 282
Procurar registos de pacientes/dadores ............................................................................................................................ 283
Editar registos de pacientes/dadores ................................................................................................................................ 283
Associar uma ID de paciente/dador a IDs de amostras ..................................................................................................... 284
Traduzir resultados de pacientes/dadores associadas a novo código de alelos................................................................ 285
Associar registos de pacientes e dadores .......................................................................................................................... 285
Associar um doador a resultados de PRA do dador ........................................................................................................... 285
Imprimir registos de pacientes/dadores ............................................................................................................................ 286
Exportar registos de pacientes/dadores ............................................................................................................................ 286
Arquivar registos de pacientes/dadores ............................................................................................................................ 286
Eliminar registos de pacientes/dadores ............................................................................................................................ 287
Criar listas de pacientes/dadores ...................................................................................................................................... 287
LOCALIZAÇÃO DE ANTICORPOS DE PACIENTES................................................................................................................... 289
GESTÃO DE PERFIS ............................................................................................................................................................. 293
GESTÃO DE UTILIZADORES ................................................................................................................................................. 294
Visualizar a lista de utilizadores ........................................................................................................................................ 295
Adicionar novos utilizadores .............................................................................................................................................. 295
Editar perfis de utilizador .................................................................................................................................................. 295
Alterar palavras-passe ....................................................................................................................................................... 296
Repor palavras-passe ........................................................................................................................................................ 296
Alterar privilégios de utilizador ......................................................................................................................................... 296
Desativar utilizadores ........................................................................................................................................................ 297
PERFIL DO LABORATÓRIO .................................................................................................................................................. 298
Editar o perfil do laboratório ............................................................................................................................................. 299
Gerir códigos laboratoriais ................................................................................................................................................ 299
ACESSÓRIOS ....................................................................................................................................................................... 300
GERIR FICHEIROS DE REFERÊNCIA DE CATÁLOGOS ............................................................................................................................... 301
Atualizar ficheiros de catálogo de uma unidade local ou de rede ..................................................................................... 301
ATUALIZAR FICHEIROS DE CATÁLOGO A PARTIR DO SITE DE TRANSFERÊNCIAS DA ONE LAMBDA.................................................................... 303
ATUALIZAR FICHEIROS DE REFERÊNCIA DE TIPOLOGIA MOLECULAR .................................................................................. 305
Atualizar códigos NMDP de uma unidade local ou de rede............................................................................................... 305
Atualizar ficheiros NMDP a partir do website NMDP ........................................................................................................ 306
Criar um ficheiro de código local ....................................................................................................................................... 306
Atualizar o ficheiro de código local.................................................................................................................................... 307
Atualizar ficheiro equivalente a serologia a partir do website One Lambda..................................................................... 307
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
12
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
GESTÃO E INFORMAÇÕES DE CATÁLOGOS ......................................................................................................................................... 308
Arquivar catálogos ............................................................................................................................................................ 308
Desarquivar ficheiros ......................................................................................................................................................... 310
Visualizar informações de ficheiros de catálogos .............................................................................................................. 310
Eliminar informações de ficheiros de catálogos ................................................................................................................ 310
Criação de relatório com as informações de ficheiros de catálogos ................................................................................. 311
Associar ficheiros de catálogos de produtos e modelos Luminex ...................................................................................... 311
Importar ficheiros de frequência de alelos (Frequência demográfica) .............................................................................. 312
ATUALIZAR FICHEIROS DE FREQUÊNCIA DE ALELOS (FREQUÊNCIA DEMOGRÁFICA) ..................................................................................... 314
GERIR INFORMAÇÕES DA LISTA CREG ............................................................................................................................................. 316
ALTERAR DEFINIÇÕES DE CONFIGURAÇÃO DE PRODUTOS ................................................................................................. 317
ALTERAR A CONFIGURAÇÃO DE PRODUTOS MOLECULARES ................................................................................................................... 317
Criar um catálogo de sessão combinada LABScreen ......................................................................................................... 319
Alterar valor de soro negativo predefinido LABScreen ...................................................................................................... 320
Alterar a configuração de produtos combinados LABScreen............................................................................................. 320
Alterar a configuração de análise de rastreio de anticorpos ............................................................................................. 321
Importar ficheiros de SN .................................................................................................................................................... 322
SELECIONAR DEFINIÇÕES GERAIS ....................................................................................................................................... 323
Predefinições da impressora .............................................................................................................................................. 323
DEFINIR OS URLS E CAMINHOS DE DIRETÓRIO PREDEFINIDOS DO HLA FUSION ........................................................................................ 324
ATIVAR PRODUTOS ...................................................................................................................................................................... 325
. ................................................................................................................................................................. 325
CLIQUE EM OK
VALIDAÇÃO DO SOFTWARE ............................................................................................................................................... 326
IQ (QI) (QUALIFICAÇÃO DA INSTALAÇÃO) ........................................................................................................................................ 326
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
13
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Introdução
™
O que é o software HLA Fusion ?
O software HLA Fusion acompanha os produtos de tipologia molecular e rastreio de anticorpos da One
Lambda. Este software funciona autonomamente (num único computador) e em ambientes em rede.
As funcionalidades deste software permitem efetuar o seguinte:

Importar dados em bruto do analisador de fluxo LABScan 100

Introduzir padrões de reação manualmente para produtos Micro SSP, FlowPRA, LAT e LCT

Ler resultados ELISA para produtos LAT

Analisar dados em bruto e rever os resultados de forma gráfica

Ajustar valores de interrupção para clarificar os resultados

Atualizar facilmente informações de produto (isto é, informações de novo produto e lote)

Pesquisar dados específicos e criar relatórios padrão ou personalizados.
Nota:
Certifique-se de que transferiu o ficheiro de Nomenclatura de Janeiro de 2011 ou
posterior de equivalentes serológicos antes de importar catálogos ou de tentar analisar
sessões/amostras.
Certifique-se ainda de que o seu agrupamento do SQL Server corresponde ao agrupamento
de quaisquer instâncias de clientes (um agrupamento codifica as regras que regem a
utilização adequada de carateres para um idioma ou alfabeto). Se não tiver a certeza,
verifique junto do seu administrador de sistema/base de dados.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
14
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Documentação do produto e ficheiros de atualização
A ajuda online do HLA Fusion contém as informações e procedimentos mais atuais do HLA Fusion.
Está disponível na própria aplicação de software Fusion premindo a tecla F1 ou selecionando Help :
HLA Fusion Help (Ajuda > Ajuda do HLA Fusion). Apesar deste documento, o manual do utilizador
do HLA Fusion, ser mantido o mais atualizado possível, deve ser entregue muito antes do software
para permitir a sua tradução.
Geralmente, informações relativas à atualização do produto, como novas funcionalidades e resolução de
problemas, encontram-se nas Notas de lançamento do HLA Fusion. Se ocorrer um lançamento de
software de pequena dimensão e as notas de lançamento não estiverem atualizadas, é fornecido um
ficheiro README com uma lista de alterações ao software e informações pertinentes que ainda não
estão incluídas no manual do utilizador.
Adicionalmente, poderá aceder sempre às informações de atualização do produto mais atuais na opção
do menu Help > Product Update Notes (Ajuda > Notas de atualização do produto) na aplicação do
software do HLA Fusion ou no site de transferência do OLI.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
15
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Atualizações do programa
Nota:
Para obter os melhores resultados, certifique-se sempre de que está a utilizar a versão
mais recente do software HLA Fusion™.
O HLA Fusion detetará automaticamente se existir uma atualização/patch de software disponível e
informá-lo-á quanto à disponibilidade do mesmo. Poderá também obter atualizações do HLA Fusion
sob pedido. Contacte o seu representante da One Lambda, Inc. para obter uma cópia do software ou
consulte a secção de Assistência técnica abaixo para obter mais informações de contacto. As
atualizações de informações do produto (ficheiros de catálogos, etc.) para o HLA Fusion estão
disponíveis através do seu representante da One Lambda Inc. ou do website da One Lambda:
http://download.onelambda.com
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
16
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Limitações do programa
Todos os produtos de software da One Lambda destinam-se a auxiliar pessoal com experiência em
análise de HLA sugerindo resultados de tipologia e de rastreio de anticorpos. Contudo, os resultados
deverão ser cuidadosamente revistos por uma pessoa qualificada para efetuar testes de tipologia de
HLA ou de rastreio de anticorpos para garantir a precisão. Este software poderá ser utilizado como
ferramenta auxiliar através da sugestão de resultados, mas não deverá ser utilizado como o único
método de determinação dos resultados reportáveis. Este software destina-se a ser um auxiliar de
laboratório, não uma fonte de resultados definitivos.
Para assegurar a fiabilidade das informações de paciente armazenadas na base de dados, os
utilizadores devem garantir que o identificador para cada paciente é único e que o identificador para
cada amostra também é único. A capacidade de armazenamento do HLA é limitada pela sua versão
do Microsoft SQL Server. Consulte o Manual do Utilizador do Fusion Database Utility ou o website da
Microsoft (www.microsoft.com) para obter mais informações sobre a capacidade de armazenamento
das várias versões do SQL Server.
O HLA Fusion presume que os dados para cada entrada necessária se encontram em formato padrão
que não foi modificado. Os ficheiros de dados em bruto devem estar num ficheiro de formato de
valores separados por vírgulas (CSV) e devem seguir estas diretrizes:

O ficheiro de dados é um CSV gerado pelo LABScan100, utilizando versões de software 1.7,
2.2, 2.3 ou xPONENT 3.1.

Todos os produtos HD devem ser adquiridos na versão de software 2.2, 2.3 ou xPONENT 3.1.

O nome do ficheiro de dados,(também conhecido por Session ID [ID de sessão]) deve ter 40
carateres ou menos de comprimento e incluir a extensão de ficheiro .csv.

Os dados são gerados com base em modelos originais, não modificados fornecidos pela One
Lambda, Inc.

O utilizador é responsável pelas atribuições finais e deve rever todos os resultados sugeridos.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
17
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Assistência técnica
Para obter assistência técnica ou referir problemas de software, contacte o seu representante da One
Lambda. Nos Estados Unidos, marque 800-822-8824 ou na zona de Los Angeles, marque
818-702-0042. Contacte-nos por e-mail em: [email protected]
Para aceder aos requisitos do sistema, consulte o Guia de Instalação do Software HLA Fusion.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
18
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Âmbito deste manual
Este manual fornece informações sobre como importar dados em bruto, efetuar alterações nos valores
de interrupção e outros ajustes de configuração e controlo conforme sejam necessários para a análise e
também localizar e reportar resultados de análises. É muito importante reconhecer que os dados de CQ
(Controlo de qualidade) utilizados com este programa e as predefinições estabelecidas neste programa
baseiam-se na experiência da One Lambda com o produto num ambiente de investigação e
desenvolvimento rigorosamente controlado. Assim, um laboratório que efetue testes de tipologia de
HLA ou rastreio de anticorpos em outro ambiente poderá ter de repor os valores de interrupção para
cumprir requisitos laboratoriais específicos.
No Main Menu (Menu principal) do HLA Fusion, é possível aceder aos três componentes principais do
programa:

Analyze Data (Analisar dados)

Manage Records (Gerir registos)

Manage Samples (Gerir amostras)
Adicionalmente, poderá aceder às seguintes funcionalidades:

Patient Information (Informações do paciente)

Utilities (Acessórios)

Help (Ajuda)

Exit (Sair)
Este manual ajuda-o a começar a utilizar o HLA Fusion da One Lambda. Inclui uma visão geral do
sistema e, em seguida, direciona-o para o processo de análise de dados.
Consulte o Guia de Instalação do Software HLA para obter as instruções de instalação.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
19
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Navegação
Esta secção descreve as várias formas de aceder aos menus e funções do software HLA Fusion, bem
como sobre utilizar a ferramenta Navigator (Navegador) para aceder e deslocar-se entre sessões e
amostras.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
20
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Iniciar sessão no Fusion
1. Clique duas vezes no ícone do HLA Fusion
no ambiente de trabalho do seu computador.
Também poderá abrir o programa no menu do Windows: Iniciar > Programas > One
Lambda > HLA Fusion.
É apresentada a caixa de diálogo Security Login (Início de sessão de segurança).
Ecrã de início de sessão de segurança Fusion
Versão de SQL
Server utilizada
Base de dados
que o Fusion
está a utilizar
Agrupamento de
bases de dados
Introduza o seu User Name (Nome de utilizador) e Password (Palavra-passe) do HLA Fusion.
Clique no botão Log In
Nota:
(Iniciar sessão) para abrir o programa.
O campo Database (Base de dados) apresenta a base de dados à qual se encontra
atualmente ligado.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
21
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Recuperar um nome de utilizador ou palavra-passe esquecidos

Se esquecer o seu User Name (Nome de utilizador) do HLA Fusion, clique na ligação Forgot
User Name (Esqueci o nome de utilizador), introduza o seu primeiro e último nome e
selecione o seu cargo no laboratório (supervisor ou técnico). O sistema apresenta o nome de
utilizador correspondente aos dados que forneceu.

Se esquecer a sua palavra-passe do HLA Fusion, clique na ligação Forgot Password
(Esqueci a palavra-passe) e responda às duas perguntas de segurança que lhe foram pedidas
quando configurou o seu perfil de utilizador.

A palavra-passe é apresentada quando as perguntas forem respondidas corretamente.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
22
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Definições-chave do sistema
Resolução do ecrã
O software HLA Fusion requer uma resolução de ecrã de 1280 x 768. O software apresenta uma
mensagem se a resolução atual do seu ecrã for inferior às definições esperadas.
Nota:
Poderá escolher não apresentar esta mensagem através da ligação Edit (Editar) na secção
General Configurations (Configurações gerais) da página Home (Inicial).
Resolução mínima de ecrã
Poderá selecionar Yes (Sim) para que o sistema tente efetuar o ajuste. A aplicação continuará a ser
iniciada mesmo se não for possível ajustar a resolução. Ou, poderá selecionar No (Não) e ajustar
manualmente.
Adicionalmente, se o seu computador estiver a utilizar o sistema operativo Microsoft® Windows 7®,
a definição de visualização de texto deverá estar definida para Pequeno - 100% (predefinição).
Efetue estas etapas se for necessário ajustar o tamanho de visualização do ecrã:
1. Clique com o botão direito do rato no ambiente de trabalho do computador. Seleccione a opção
Resolução de ecrã.
É apresentada a janela Resolução de ecrã.
Janela de resolução de ecrã do Windows 7
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
23
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Selecione Aumentar ou diminuir o tamanho de texto e de outros itens, (consulte o anterior).
2. Selecione o tamanho de texto pequeno.
Windows - Selecionar pequeno
Permissões de ficheiros
Todos os utilizadores do HLA Fusion têm de ter lido e gravado permissões nos seguintes diretórios e
ficheiros:

OneLambda.Fusion.Interface.exe.config

ReportMap.xml

C:\OLI Fusion\(e todos os sub-diretórios e ficheiros nestes sub-diretórios)
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
24
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Interface do utilizador
Páginas iniciais do Fusion
Abre a janela Catalog
Management (Gestão
de catálogos)
Abre a janela
Reference File Update
(Atualização do
ficheiro de referência)
Abre a janela Analysis
Product Selection
(Seleção de produtos
de análise)
Notificação de que
estão disponíveis
catálogos novos ou
atualizados
Para verificar a
existência de
atualizações do
software Fusion
Abre a janela de
configuração da
impressora
Abre a janela de
configuração do Fusion
para geral (registo de
auditoria, ativação de
transferências
automáticas, tipo de
paciente, etc.) impressora,
URLs e de configuração de
caminho do diretório
Abre o ecrã
Users List (Lista
de utilizadores)
Abre a janela
Navigator Search
Criteria (Critérios
de pesquisa do
navegador)
O Explorador do
Fusion – clique
em qualquer
botão para abrir
o produto
correspondente
Verde se Audit Logging
(Registo de auditoria)
estiver ativado,
Vermelho se estiver
desativado
Barra de
estado
Esta opção da interface do utilizador permite aceder às páginas iniciais individuais do produto,
importar dados e visualizar janelas de análises. Também permite visualizar ou aceder a dados do
sistema ou do produto, transferências de ficheiros de referência e definições de configuração.
Nota:
Se a página atual não apresentar informações atualizadas depois de efetuadas quaisquer
modificações ou transferências, volte à página Home (Inicial) principal e, em seguida,
volte à página inicial do produto para ver as alterações.
Esta interface é o que verá quando iniciar sessão pela primeira vez no HLA Fusion.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
25
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Para apresentar a página inicial de um dos produtos indicados na área do canto inferior esquerdo da
página, clique no botão ou na opção do menu. Para LABScreen:

Na página principal do Fusion, clique no botão LABScreen ou clique no
botão LABScreen na barra de ferramentas do HLA Fusion na parte
superior do ecrã.
OU,

Selecione Analyze Data > LABScreen (Analisar dados > LABScreen) na
barra de menu do Fusion.
Repare como o ecrã muda para acomodar o produto One Lambda selecionado?
Nota:
As bases de dados migradas e as atualizadas partilham a mesma interface.
Se pretender fazer de uma das páginas iniciais do produto a página inicial predefinida para que cada vez
que inicie sessão no HLA Fusion, essa página inicial em particular seja
apresentada, proceda da seguinte forma:
1. Volte à Página inicial principal do Fusion clicando no botão Home Page (Página inicial) no
lado esquerdo do ecrã ou
no botão Página inicial na parte superior esquerda do ecrã na barra de ferramentas
do Fusion.
2. Na Página inicial, clique em [Edit] (Editar) no
lado direito da secção General
Configurations (Configurações gerais).
OU,
Clique na palavra Utilities (Acessórios) na barra de
tarefas do Fusion.
No separador General Settings (Definições gerais),
clique na seta pendente e selecione na lista pendente no
campo Default Home Page (Página inicial
predefinida) uma opção para definir como página
inicial predefinida.
3. Clique em Save (Guardar) e, em seguida, em Close (Fechar).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
26
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Iniciar o Navigator (Navegador)
Se o separador Navigator (Navegador) ainda não for apresentado no lado direito da janela da
aplicação, clique no botão da barra de ferramentas Show Navigator (Mostrar navegador)
para ativar a função Navigator (Navegador)
Ou,
Mova o cursor sobre o separador Navigator (Navegador) na
extremidade direita da janela da aplicação para deslizar o Navigator
(Navegador) para ficar à vista.
Árvore do Navigator
(Navegador) do Fusion
Árvore do Navigator (Navegador)
Utilizando a árvore do Navigator (Navegador), pode mover-se
facilmente entre produtos de análise, sessões, amostras e datas de
testes.
Nota:
Clique duas vezes numa sessão ou clique no sinal + à esquerda do módulo Catalog
(Catálogo), Date (Data) ou Product (Produto) para apresentar a lista de sessões.
Produtos
do HLA
Fusion
Sessões no
Navigator
(Navegador)
Clique num nome de amostra para a apresentar na janela de análise.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
27
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Agrupamento de resultados
As sessões e amostras apresentadas através da ferramenta Navigator (Navegador) podem ser ordenadas
por vários critérios:

Produto

Data da sessão

Catálogo

Data de teste
A predefinição é agrupar por Product (Produto). Consulte as próximas secções para obter os detalhes
sobre as várias opções de apresentação.
Agrupar por produto
Sessões revistas/não revistas
As sessões não
revistas são
apresentadas a
AZUL.
As sessões revistas
são apresentadas a
PRETO.
O Navigator (Navegador) apresenta sessões importadas
para cada tipo de produto, com base no intervalo de datas e
outros critérios definidos na opção Find (Localizar). Se já
estiver no modo de análise para um determinado produto,
apenas serão apresentadas as sessões que encaixam no
intervalo de datas para esse produto.
Clique no sinal + junto ao tipo de produto que lhe interessa
para apresentar as suas sessões.


As sessões apresentadas a azul são as que ainda
não foram revistas. Quando efetuar a revisão de
uma sessão, a sua cor na lista do Navigator
(Navegador) muda para preto.
Clique num nome de sessão para apresentar as amostras nessa sessão. Para LABType e
LABScreen, o sistema também efetua uma análise do lote e apresenta os resultados no Session
Summary (Resumo da sessão).
Se uma amostra de sessão for apresentada a vermelho,
significa que ocorreu falha de amostra em Batch
Analysis (Análise do lote).

Falha de amostra em Batch Analysis
(Análise do lote)
Clique num nome de amostra para a apresentar na
dados.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
28
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Agrupar por catálogo
Agrupar por catálogo
Ao selecionar a opção de agrupar por Catalog (Catálogo) no
Navigator (Navegador),
as sessões são apresentadas por ordem alfanumérica por
Nome de catálogo.
Agrupar por data de teste
Ao selecionar a opção de agrupar por Test Date (Data de teste), as sessões
são apresentadas por ordem cronológica pelas suas datas de teste.
Caso contrário, a utilização desta ferramenta é a mesma descrita
anteriormente em Agrupar por produto.
Agrupar por data da sessão
Ao selecionar a opção de agrupar por Session Date (Data da sessão), as
sessões são apresentadas por ordem cronológica das suas datas de criação.
Caso contrário, a utilização desta ferramenta é a mesma descrita anteriormente em Agrupar por produto
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
29
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Aceder às funções do software HLA Fusion™
Opções do menu principal
Opções na barra de menu do Fusion
Pode aceder às funcionalidades do HLA Fusion em qualquer altura a partir do Menu principal da barra
de ferramentas, que é apresentada na parte superior das janelas de aplicação do HLA Fusion. Consulte
as secções seguintes para obter uma lista das opções disponíveis em cada item do menu principal.
Analyze Data (Analisar dados)
Cada opção neste item de menu é um produto molecular ou anticorpo para o
qual poderá importar ficheiros CSV ou introduzir manualmente reações e
dados de análise. Para obter detalhes, consulte as secções de análise de
produtos individuais neste manual do utilizador.
Barra de menu: Analyze Data
(Analisar dados)
Reports (Relatórios)
Ao selecionar este item de menu, é apresentada a Reports Page (Página de relatórios), permitindo-lhe
criar relatórios dos seus dados de análise.
Data (Dados)
Ao selecionar este item de menu, é apresentada uma Data Window (Janela de dados) que permite gerir
(isto é, eliminar, arquivar, ativar ou mover) sessões e amostras, mapear alelos de sessão para uma nova
nomenclatura NMDP e visualizar/imprimir ficheiros de registo de dados de sessão.
Sample (Amostra)
As opções neste item de menu referem-se a importar, criar, gerir e exportar
informações da amostra. Este é igualmente o menu a utilizar para gerir
listas de testes Luminex e para criar listas de trabalho de amostras e
desenhos de placas.
Barra de menu: Sample (Amostra)
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
30
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Patient Info (Informações do paciente)
As opções neste item de menu referem-se a importar listas de
pacientes/dadores, gerir informações de paciente/dador individuais e
localizar dados de anticorpos do paciente.
Barra de menu: Patient Info
(Informações do paciente)
Profile (Perfil)
Barra de menu:
Profile (Perfil)
Existem pontos neste item de menu para criar e gerir o seu próprio perfil de
utilizador, listas de utilizadores do sistema e privilégios e informações laboratoriais.
Também existe uma opção para alternar entre as opções da página inicial
dependendo do seu sistema e preferências de navegação.
Utilities (Acessórios)
As opções neste item de menu
referem-se a importar ficheiros de
catálogos, códigos e serologia, configurar
os produtos moleculares e de anticorpos
que analisar, configurar o seu sistema
HLA Fusion e validação do sistema.
Help (Ajuda)
Barra de menu: Utilities (Acessórios)
Este item de menu permite aceder à seguinte informação do software
HLA Fusion:
Barra de menu: Help (Ajuda)

Ajuda online, que fornece orientação na utilização do software HLA Fusion.

Ligações para vídeos de iniciação, “Show Me” (Mostrar-me).

Notificação de atualizações e uma descrição de novas funcionalidades no software HLA Fusion
mais recente.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
31
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x

Perguntas frequentes dinamicamente atualizadas sobre o software HLA Fusion.

O número de build e de versão da aplicação de software HLA Fusion que está atualmente a
utilizar.
A ajuda online pode ser acedida em a partir de qualquer ponto da aplicação HLA Fusion
quando prime a tecla
no seu teclado. Ocasionalmente, são efetuadas atualizações à
ajuda online entre lançamentos do HLA Fusion. Para garantir que tem o ficheiro de ajuda
mais atual, visite o site de transferência OLI
em: download.onelambda.com/pub/tray_info/Windows/HLA_Fusion_Catalogs/Docume
Nota:
nt/
Exit (Sair)
Ao selecionar este item de menu, é apresentada uma caixa de diálogo
que permite selecionar Yes (Sim) para sair e fechar a aplicação HLA
Fusion ou selecionar No (Não) para manter a sessão atual aberta.
Mensagem de confirmação de saída
Botões da barra de ferramentas
O HLA Fusion fornece uma barra de ferramentas, apresentada mesmo por baixo das opções da barra de
menu principal com acesso a funções frequentemente mais utilizadas.
Botões da barra de ferramentas do Fusion

Também é possível passar com o rato por cima dos botões e surgirá uma etiqueta com o nome
de cada botão.

Note que alguns botões só estão disponíveis para utilização quando estiver no ecrã Analysis
(Análise).
A tabela seguinte descreve cada botão da barra de ferramentas:
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
32
One Lambda, Inc.
Botão
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Nome
Outros botões e
controlos
Home (Inicial)
Product Data
Analysis (Análise de
dados do produto)
Find (Localizar)
Sample Navigation
Tools (Ferramentas
de navegação de
amostras) (apenas
Print Report
(Imprimir
relatório)
visível durante a
análise de amostras).
Preview Report
(Pré-visualizar
relatório)
A ligação
<<Summary
(Resumo) retorna à
tabela de resumo de
amostra associada.
Print Screen
(Imprimir ecrã)
Apresenta a data da
amostra atual na
janela de análise.
Magnify (Ampliar)
Show Navigator
(Mostrar
Navegador)
Patient (Paciente)
Related Records
(Registos
relacionados)
Side-by-Side
Analysis (Análise
lado a lado)
Nome
Find (Localizar)
Clique no botão Find
(Localizar) para abrir a Search
Window (Janela de pesquisa) do HLA Fusion para registos
utilizando vários critérios. Poderá escolher pesquisar por
Patient ID (ID de paciente), Sample ID (ID de amostra),
Session ID (ID de sessão), Catalog ID (ID de catálogo)
(e especificidade) ou Other (Outro).
Other (Outro) permite fornecer vários critérios de pesquisa
incluindo: date range (intervalo de datas), session status
(estado da sessão) e catalog type (tipo de catálogo).
A caixa de diálogo Find (Localizar) também permite modificar os
critérios de ordenação e de apresentação de Navigator Session
(Sessão do navegador).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
33
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Ecrã Search (Pesquisar ) do Fusion
Seleccione estes
critérios de
pesquisa para
pesquisa básica.
Defina a ordem
pela qual os seus
resultados de
pesquisa serão
apresentados.
Selecione Other
(Outro) para ativar
a apresentação de
Sort (Ordenar) e
Field (Campo).
Procure por Date
range (Intervalo de
datas), Session
Status (Estado da
sessão) ou Catalog
Type (Tipo de
catálogo).
Escolha que
informação
pretende que
seja mostrada.
Depois de escolher os seus critérios de pesquisa,
clique no botão Find (Localizar) para iniciar a pesquisa.
Nota:
O intervalo de datas definido aqui, no campo Session Date (Data da sessão) é utilizado
como intervalo de datas predefinido por todo o HLA Fusion, tal como nas janelas do
Navigator (Navegador) e de Reports (Relatórios). Sempre que o altera e clica no botão
Find (Localizar), a predefinição muda para o resto da aplicação.
Print Report (Imprimir relatório)
Em qualquer ecrã Analysis (Análise), pode clicar no botão
(Imprimir) para apresentar uma lista dos
Print
relatórios que pode imprimir (os relatórios indicados são
específicos do produto que se encontra atualmente a
analisar, por isso, o que está apresentado no exemplo poderá
ser diferente). Se tiver configurado uma impressora
predefinida (configurada através de Utilities > Printer
Setup (Acessórios > Configuração da impressora) o
relatório selecionado é automaticamente enviado para a
impressora especificada. Caso contrário, é apresentada uma
caixa de diálogo onde poderá selecionar uma impressora.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Exemplo de opções de impressão de relatórios
Para utilização em diagnóstico in vitro
34
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Preview Report (Pré-visualizar relatório)
Em qualquer ecrã Analysis (Análise), clique no botão
(Pré-visualizar relatório) para
Preview Report
apresentar uma lista de relatórios que poderá verificar antes
de imprimir—os relatórios indicados são específicos do
produto que está atualmente a analisar. Os relatórios são
apresentados numa janela de pré-visualização. Utilize os
(Imprimir) e Export
(Exportar)
botões Print
na janela de pré-visualização para obter o relatório no
formato selecionado.
Clique no botão Close
(Fechar) no canto superior direito
do ecrã para sair da janela de pré-visualização.
Exemplo de opções de pré-visualização de
relatórios
Print Screen (Imprimir ecrã)
Em qualquer ecrã Analysis (Análise), clique no botão Print Screen
(Imprimir ecrã) para abrir
uma nova janela que contém uma captura de ecrã da janela de análise atual. Clique no botão Print
(Imprimir) (canto superior esquerdo) para enviar a captura de ecrã diretamente para a impressora.
Para fechar esta janela, clique no botão Exit
(Sair) ou no botão Close
(Fechar).
Exemplo de resultados de uma impressão de ecrã
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
35
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Magnify (Ampliar)
Em qualquer janela Analysis (Análise), clique no botão Magnify
(Ampliar) para ativar a lupa e
aumentar qualquer secção da janela. Utilize o seu rato para mover a lupa e utilize as teclas de seta no
seu teclado de computador para aumentar ou diminuir a altura e largura da área aumentada.
Clique em qualquer ponto do ecrã para desativar a lupa.
Ampliar uma área
Show Navigator (Mostrar Navegador)
Se o Navigator (Navegador) do Fusion (apresentado normalmente no lado direito da janela da
aplicação) não estiver visível, clique no botão Show Navigator
(Mostrar Navegador) na barra de
ferramentas. Quando o separador Navigator (Navegador) for apresentado, deslize o seu cursor sobre
ele para abrir o painel do Navigator (Navegador).
O Navigator
(Navegador)
do Fusion
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
36
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Patient/Donor Information (Informações de paciente/dador)
Em qualquer ecrã Analysis (Análise), clique no botão Patient
(Paciente) para apresentar o ecrã
Patient/Donor Information (Informações de paciente/dador) onde poderá introduzir ou editar
informações relacionadas com um paciente ou dador e associá-las à amostra atual.
Ecrã Patient/Donor Information (Informações de paciente/dador)
Também poderá abrir o ecrã Patient/Donor Information (Informações
de paciente/dador) em qualquer altura clicando em Patient Info
(Informações do paciente) na barra de menu do Fusion, seguido de
Manage Patient (Gerir paciente).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
37
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Related Records (Registos relacionados)
Um Related Record (Registo relacionado) é uma amostra que está associada de alguma forma à
amostra ou paciente atual.
Em qualquer ecrã Analysis (Análise), clique no botão Related Records
(Registos relacionados)
para carregar todos os registos relacionados com a amostra atual na lista pendente no campo Sample
ID (ID de amostra). Utilize as setas de navegação da amostra para apresentar a análise de cada registo
relacionado, um por um.
Para sair do modo Related Records (Registos relacionados) e voltar ao ecrã de análise anterior, clique
(Resumo) no lado esquerdo do campo Sample ID (ID de amostra) na
na ligação <<Summary
parte superior do ecrã.
Nota:
Esta função também pode ser acedida clicando com o botão direito do rato sobre uma
amostra no Navigator (Navegador) do Fusion. Reveja as secções específicas do produto
deste manual para obter mais informações sobre a utilização desta funcionalidade.
Side-by-Side Analysis (Análise lado a lado)
Em qualquer ecrã Analysis (Análise), clique no botão Side-by-Side Analysis
(Análise
lado-a-lado) na barra de ferramentas do Fusion para comparar a análise da amostra atual (com um
fundo castanho) com sessões de análise anteriores para a mesma ID de amostra.
Iniciar a análise lado-a-lado

Selecione uma análise de amostra anterior na lista apresentada para a comparar com a atual.
As duas janelas de análise são então apresentadas conjuntamente para comparação.

Cada janela pode ser redimensionada e movida arrastando e largando. Clique novamente no
para cancelar a apresentação de
botão Side-by- Side Analysis (Análise lado-a-lado)
comparação.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
38
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Análise
atual
Análise
anterior
Vista de análise lado-a-lado
Nota:
Esta função também pode ser acedida clicando com o botão direito do rato sobre uma
amostra no Navigator (Navegador) do Fusion.
Product Data Analysis (Análise de dados do produto)
Clique em qualquer um dos botões de Product Data Analysis
(Análise de
dados do produto) na barra de ferramentas do Fusion para apresentar a página inicial desse produto,
importar um ficheiro de sessão, introduzir manualmente uma sessão ou apresentar e selecionar da
Navigator List (Lista do Navegador) de sessões anteriormente importadas para esse produto.

Também poderá clicar em qualquer um dos produtos do Fusion
localizados no Fusion Explorer (Explorador do Fusion) na parte
inferior esquerda do ecrã da página inicial de um produto.
Fusion Explorer
(Explorador do Fusion)
Sample Navigation (Navegação de amostras)
As ferramentas Sample Navigation (Navegação de amostras) (apenas
acessíveis num ecrã Analysis [Análise]) fornecem-lhe acesso a todas as amostras
na sessão atual. Poderá selecionar uma amostra diferente na mesma sessão
efetuando a seleção na lista pendente no campo Sample ID (ID de amostra)
ou clicando nos botões de seta para a frente/para trás junto ao campo pendente.
Navegador de amostras
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
39
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Clique em <<Summary (Resumo) para voltar ao resumo dessa sessão.
Clicar na seta pendenteapresenta todas as amostras na sessão atual, conforme apresentado a
seguir:
Visualização pendente de amostras

Selecionar uma amostra desta lista no campo Sample ID (ID de amostra) torna essa amostra
ativa na janela de análise. Alternativamente, poderá utilizar os botões de setas para a frente
para selecionar amostras diferentes.
ou para trás

Clique neste botão
última amostra

Clicar em <<Summary (Resumo) leva-o novamente para o resumo de sessão da amostra atual.
para ir para a primeira amostra. Clique neste botão
para ir para a
Sample Date (Data de amostra)
Sample Date (Data de amostra)
Para a amostra atualmente em análise, o campo Sample Date (Data de
amostra) apresenta a data em que a amostra foi obtida.
A data de amostra pode ser definida e preenchida automaticamente na
tabela Session Import (Importar sessão).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
40
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Análise LABType
O módulo de análise HLA Fusion™ LABType® analisa ficheiros de saída CSV Luminex para produtos
LABType, incluindo ficheiros de saída HD. Os resultados de análise baseiam-se em especificações de
catálogo, códigos NMDP ou locais e ficheiros de referência equivalentes de serologia. Todos estes
podem ser transferidos e utilizados com o software Fusion.
Alguns pontos devem ser concluídos ou verificados antes de iniciar uma sessão de análise:

Certifique-se de que possui os ficheiros de catálogo mais recentes, bem como o código NMDP,
código local (se utilizado) ou ficheiros de referência equivalentes de serologia antes de analisar.
Poderá transferir ou atualizar catálogos existentes na Página inicial LABType.

Visualizar e modificar definições globais de configuração do produto antes de iniciar a análise.
As definições globais são apresentadas e podem ser modificadas na Página inicial LABType ou
através do menu Utilities (Acessórios). As definições globais aplicam-se a todas as novas sessões
importadas.

Poupe tempo ao importar ficheiros CSV verificando se os URLs e os caminhos de diretórios ou
pastas indicam os locais onde estes ficheiros são normalmente armazenados no seu sistema ou
rede. Estas definições também podem ser modificadas na secção General Configurations
(Configurações gerais) da página inicial do Fusion Explorer (Explorador do Fusion).

Poderá definir o HLA Fusion para permanecer numa amostra que já tinha guardado ou
confirmado em vez de mover automaticamente esta definição na secção General Configurations
(Configurações gerais) da página inicial do Fusion Explorer (Explorador do Fusion).
Nota:
Algumas das tarefas acima requerem privilégios de Utilizador supervisor. Poderá ter de
verificar junto do seu Supervisor se estas tarefas foram concluídas.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
41
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Visão geral do LABType
Processo de análise
Após importar a(s) sessão(ões), verifique se existe algum Controlo positivo baixo e Contagens de esferas
baixas na Tabela de resumo. Considere eliminar essas amostras.
Verifique no gráfico inferior esquerdo do ecrã Analysis (Análise) se existem
reações controladas–mesmo acima ou abaixo dos pontos de interrupção.
Verifique também os separadores Control (Controlo) e Bead Analysis (Análise de esferas).
Utilize o separador Force (Forçar) para ajudar a rever resultados
indesejáveis e de alelos raros (quadrante inferior direito).
Verifique a tabela de reações para rever padrões de
reatividade de alelos (quadrante superior esquerdo).
Assinale a caixa de Close Reaction (Reação controlada) para continuar a
finalizar designações (quadrante inferior direito).
Efetue quaisquer ajustes de valores de interrupção necessários
(quadrantes superior direito ou inferior esquerdo).
Efetue atribuições finais de par de alelos, serologia
e/ou codificadas (quadrante inferior direito).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
42
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Iniciar a análise LABType
Importar dados de sessão LABType (Sem HD)

no painel do Fusion Explorer
Clique no botão LABType
(Explorador do Fusion), no botão LABType
na barra de ferramentas
do Fusion ou clique em Analyze Data (Analisar dados) na barra de
ferramentas e selecione LABType.
É apresentada a Página inicial do LABType.
Se o código que estiver a ser utilizado
for NMDP, a versão é indicada aqui.
Clique para abrir o
Gestor de catálogos.
Clique para transferir
Ficheiros de referência
atualizados.
Para ver que
atualizações de
ficheiros de referência
estão disponíveis.
Clique aqui para
modificar as
Definições Globais
do LABType.
Clique nestas
ligações para
apresentar Catálogo,
Fichas de trabalho e
documentos
relativos a
sonda/primer
A função de atualizações de ficheiros de referência (canto superior direito) não funciona para ficheiros
NMDP ou sero-equivalentes.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
43
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Botão da barra de
ferramentas do
LABType
ID de sessão
Para
combinar
ficheiros CSV
para análise
Para indicar
ficheiros CSV
anteriormente
importados
Clique para
procurar
ficheiros CSV.
A data está realçada
Permite
a aaam
m
análise
maaarrreeelllooose as
definições regionais suplementar
ID de
Nomenclatura/ não corresponderem (isto é, B locus
com Bw4)
entre o ficheiro
catálogo versão IMGT
Atribuir tipo de
paciente à ID de
paciente
correspondente
Detalhes de
Amostras/
Pacientes
Ficheiros de
sessão CSV
Luminex
Botão de
página
inicial do
LABType
Define a ID de
paciente para
ser igual à ID
de amostra
Nota:
Clique duas vezes na
ID de amostra para
ver a lista de
amostras do
LABType (a ID de
amostra pode ser editada).
Indica valores de
Controlo
Positivo (PC)
para cada
amostra
Selecione a Análise
automática para
analisar todas as
amostras da sessão
quando importadas
Clique duas vezes
ID de paciente para
ver a lista de
pacientes atuais.
Abra as fichas de trabalho e as fichas de sonda/primer para verificar a exatidão dos
números de revisão (estes documentos não contêm um número de revisão no respetivo
nome de ficheiro).
2. Clique no ícone pequeno de Pasta
(Selecionar ficheiros CSV).
e selecione uma sessão(ões) no ecrã Select CSV Files
Selecionar/Importar ficheiros CSV
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
44
One Lambda, Inc.
Nota:
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
O HLA Fusion converte dados de ficheiros CSV gerados pelo Luminex, como data e hora,
para o código regional local se for especificado um código regional no ficheiro CSV. (Não é
possível especificar um código regional para ficheiros CSV criados como software Luminex, versão
2.2 ou anterior.) Se o primeiro campo da data estiver realçado a amarelo, indica que o
Fusion detetou uma correspondência de código regional errada. Neste caso, recomenda-se
que utilize o seletor pendente no segundo campo da data para escolher a data adequada,
tendo em consideração as diferenças regionais de formato de data.
3. Selecione da lista de ficheiros CSV a importar ou clique no ícone de Pasta
por cima da lista
para procurar um ficheiro(s) CSV do LABType CSV file(s) no seu sistema/rede. Se numa sessão
as amostras tiverem um valor de controlo positivo abaixo da definição mínima, são assinaladas
para que possa facilmente selecionar e eliminá-las da sessão.
Nota:
Poderá ver ficheiros CSV de produtos que não os do LABType ou outros ficheiros CSV. Isto
significa que deverá clicar primeiro numa sub-pasta do LABType ou que os seus ficheiros
da sessão LABType não se encontram no diretório para onde o HLA Fusion indica.
4. O HLA Fusion atribui uma Session ID (ID de sessão) (o nome de ficheiros CSV)
automaticamente. Opcionalmente, poderá editar o campo Session ID (ID de sessão). A ID pode
ser alfanumérica (conter letras e números) e será indicada por ordem alfabética com quaisquer
outros ficheiros de sessão LABType na sua base de dados.
Campo de ID de sessão
Nota:
Uma ID de sessão deve ser exclusiva na base de dados do Fusion. Se a ID de sessão já
existir, o HLA Fusion solicita que a seja alterado o nome da sessão. Recomenda-se
vivamente que não utilize carateres especiais neste campo, uma vez que podem
desempenhar uma função específica enquanto separadores de campo.
Para combinar ficheiros CSV para análise de conjuntos suplementar aplicável:
5. Selecione a caixa de verificação Combine CSV (Combinar CSV).
6. Em seguida, selecione as caixas de seleção à
esquerda de dois ou mais ficheiros de sessão
para combiná-los. Certifique-se de que
combina sessões de loci com ficheiros de
sessão de um kit suplementar adequado.
Quando tiver combinado sessões, são
apresentados separadores adicionais na tabela
de Sample/Patient Details (Detalhes de
amostras/pacientes) à direita do
separador Current (Atual), representando os
ficheiros combinados CSV .
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Coloque uma marca de
verificação aqui…
…e selecione
dois ou mais
ficheiros de sessão.
Para utilização em diagnóstico in vitro
45
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Separadores adicionados para as sessões combinadas.
7. Certifique-se de que o
campo Catalog ID (ID de
catálogo) contém a Combined
Session ID (ID de sessão
combinada) apresentada à sua
direita.
Catálogos combinados
8. Clique no botão Import
(Importar).
A sessão combinada é apresentada no campo Session ID (ID de sessão) com a
palavra Combined (Combinado) incluída à frente do seu nome de ID de sessão.
ID de sessão combinada
Nota:
Se não existirem amostras apresentadas no separador Combined (Combinado), selecionou
sessões que não podem ser combinadas. Não é possível combinar sessões cruzadas de loci,
(por ex., locus A e locus B).
9. Clique num ficheiro CSV para apresentar as suas amostras associadas na tabela Sample/Patient
Details (Detalhes de amostras/pacientes).
Sessão LABType - Tabela de detalhes de amostras/pacientes
Nota:
O botão Supplemental (Suplementar) pode ser utilizado para adicionar sessões que já
foram analisadas à sessão atual para uma análise combinada (por ex., sessões B7 com
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
46
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
sessões locus B). Isto não funciona para combinações de sessões cruzadas de loci
(como locus A e locus B).
10. Se já estiver associada uma amostra a um paciente, a ID de paciente e qualquer informação de
paciente existente ou relacionada é apresentada.
Para adicionar informações de paciente, proceda da seguinte forma:

Para adicionar dados de paciente que já estejam armazenados no
sistema, clique duas vezes na coluna Patient ID (ID de paciente) da
tabela de detalhes de amostras/pacientes ou

Clique em Patient Info (Informações do paciente) na barra menu do Fusion e selecione
Import Patient List (Importar lista de pacientes) para o ficheiros de informações de
paciente.

Para adicionar manualmente dados de paciente, introduza os dados diretamente nos campos
relacionados com o paciente na tabela.
Poderá atribuir automaticamente a ID de amostra aos campos de
Patient ID (ID de paciente) vazios selecionando a caixa de verificação
para Set empty Patient ID to Sample (Definir ID de paciente vazia
para amostra).
11. Selecione um ficheiro de catálogo. O método de seleção do ficheiro de catálogo varia dependendo
do ficheiro CSV e dos ficheiros de catálogo que possa ter importado anteriormente para o
LABType.
Se for necessário importar mais catálogos, clique na ligação [Download] (Transferir) na
Página inicial do LABtype. A lista pendente de Catalog (Catálogo) poderá não ser
imediatamente atualizada se tiver transferido os catálogos durante a sessão de
importação atual. Poderá ser necessário clicar no botão de Página inicial e , em seguida,
clique novamente no botão LABType para voltar ao processo de importação.
Nota:

Se o ficheiro CSV especificar um nome de modelo (apenas se aplica aos ficheiros CSV do
Luminex 2.2 e posterior)e um dos ficheiros de catálogo disponíveis for associado a esse
modelo e, em seguida, todas as novas sessões com o mesmo modelo selecionarão
automaticamente esse catálogo.
Listagem de catálogos
Conforme ilustrado aqui, também poderá selecionar um
ficheiro de catálogo diferente do que o Fusion selecionou
utilizando a lista pendente no campo Catalog ID (ID de
catálogo) e selecionando qualquer ficheiro de catálogo
indicado.
Se não existir correspondência de modelos, o sistema
considera então a correspondência de esferas mais
próxima entre a sessão e todos os ficheiros de catálogo
disponíveis. Se apenas um ficheiro de catálogo for uma
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
47
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
correspondência próxima, é automaticamente selecionado e poderá verificar se existem
amostras que tenham sido assinaladas como tendo um Controlo Positivo baixo (PC) ou esferas
baixo.
12. Se existir mais do que uma correspondência, é apresentada uma caixa de diálogo de validação de
catálogo com as melhores correspondências de esferas. Poderá confirmar o ficheiro de catálogo
selecionado clicando simplesmente no botão Close (Fechar). Ou poderá clicar duas vezes num
nome de ficheiro de catálogo na lista de Suggested Catalogs (Catálogos sugeridos).
Validação de catálogo
Clicar no botão Detail
(Detalhe) no ecrã Catalog
Validation (Validação de catálogo)
abre a janela Mismatched Beads
(Esferas sem correspondência)
que indica que esferas não foram
encontradas na sessão e/ou
catálogo.
Clique no botão OK
para fechar.
Após a validação do ficheiro de catálogo, o Fusion
poderá perguntar se gostaria de associar o nome de
modelo ao ficheiro de catálogo especificado.
Se clicar em Yes (Sim) para associar os dois, o sistema
seleciona automaticamente este ficheiro de catálogo
para importações futuras de quaisquer ficheiros CSV
que referem este modelo.
Associação de catálogo
Nota:
Se o catálogo e modelo incorretos forem associados, reveja a secção Associar ficheiros de
catálogos de produtos e modelos Luminex, para obter instruções sobre como remover a
associação.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
48
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Verifique se existem amostras que tenham sido assinaladas como tendo um Controlo positivo baixo (PC)
ou uma Contagem de esferas baixa; as filas de PC baixo ou as amostras de Contagem de esferas baixas
estão realçadas a Cinzento.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
49
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Poderá querer eliminar estas amostras porque frequentemente diminuem a velocidade da
análise. Contudo, essa remoção significa que já não necessita mais de localizar essas amostras. Proceda
da seguinte forma se pretender eliminar qualquer uma destas amostras:
13. Clique na extremidade da esquerda da coluna da posição Well (Poço) para realçar toda a fila da
amostra.
Clique numa amostra para selecioná-la – prima a tecla Eliminar do seu teclado para removê-la.
do teclado do seu computador para remover a amostra e impedi-la
14. Prima a tecla Eliminar
de ser importada como parte da sessão.
15. Depois de verificadas as informações relativas à sessão e à amostra, clique no
(Importar). A sessão acabada de importar é apresentada na árvore
botão Import
do Navigator (Navegador) a Azul na parte superior da lista.
Se selecionou a caixa de verificação Auto Analysis (Análise automática),
a sessão é importada e também analisada quando clicar em Import (Importar)
e é apresentada no Navigator (Navegador) do Fusion como sessão analisada.
Poderá continuar a importar Ficheiros de sessão Luminex ou poderá clicar numa sessão no Navigator
(Navegador) para iniciar uma Batch Analysis (Análise do lote).
Nota:
Quando um ficheiro CSV tiver sido importado, deixa de ser apresentado na lista de
importar sessões Luminex, a menos que selecione a caixa de verificação Include Imported
(Incluir importados). Isto poderá ser utilizado para voltar a importar uma
sessão com um novo nome e/ou utilizador.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
50
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Adquirir dados de sessão LABType (HD)
Para apresentar uma listagem de sessão(ões) HD na lista de Nomes de ficheiros CSV:
Selecionar ficheiros de sessão HD
Sessões HD
1. Clique no ícone de Pasta
. O ecrã
Select CSV Files (Selecionar ficheiros
CSV) é apresentado. Note que poderá ter
de abrir sessões HD a partir de um local
que não seja o caminho predefinido para
ficheiros LABType. Depois de clicar o
ícone de pasta, procure o local onde os
ficheiros HD LABType estão armazenados
no seu sistema/rede.
2. Clique no botão Open
Nota:
(Abrir).
O HLA Fusion converte dados de ficheiros CSV gerados pelo Luminex, como data e hora,
para o código regional local se for especificado um código regional no ficheiro CSV. (Não é
possível especificar um código regional para ficheiros CSV criados como software Luminex, versão
2.2 ou anterior.) Se o primeiro campo da data estiver realçado a amarelo, indica uma
correspondência de código regional errada. Neste caso, recomenda-se que utilize o seletor
pendente no segundo campo da data para escolher a data adequada, tendo em
consideração as diferenças regionais de formato de data.
3. Selecione uma sessão HD na lista de Nomes de ficheiros CSV para
apresentar as amostras que tem associadas na tabela atual de
Detalhes de amostras/pacientes, conforme indicado abaixo.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
51
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Amostras HD na tabela atual de detalhes de amostras/pacientes
Atenção:
Luminex 2.2/2.3: Certifique-se de que seleciona o ficheiro CSV no mesmo diretório que
contém todos os ficheiros de execução e o ficheiro de índice de execução (um ficheiro
geralmente oculto no diretório) que foram gerados pela máquina Luminex para uma pasta uma
pasta de sessão. Cada amostra na sessão deve correlacionar-se com um ficheiro de execução
neste diretório. Isto é essencial se o ficheiro CSV HD ainda não estiver convertido; o HLA
Fusion converte automaticamente quaisquer ficheiros HD não convertidos durante a
importação, se o ficheiro de saída não convertido residir no mesmo local que os ficheiros de
execução e o ficheiro de índice de execução para essa sessão.
xPONENT 3.1: O ficheiro de saída pode estar localizado em qualquer ponto. Não existe
nenhum ficheiro de índice de execução. Mas os ficheiros de execução devem estar juntos
num diretório que esteja estruturado com o diretório de sessão e, por baixo disso, os
ficheiros de execução.
Um ficheiro de saída
HD convertido
Ficheiro de saída HD original
(não convertido)
Deverá existir um
ficheiro de execução
para cada amostra
numa sessão HD.
O ficheiro RunFileIndex
está normalmente oculto.
Para visualizá-lo, selecione
Mostrar ficheiros ocultos
nas opções da pasta
Windows >>
Listagem de sessão HD (Luminex 2.2/2.3)
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
52
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
O Fusion atribui uma ID de sessão por defeito. Opcionalmente, poderá alterar a ID de sessão. Se o
ficheirosHD não tiver sido convertido, receberá o nome Output (Saída) até ser importado, altura em que
terá o nome da pasta de sessão de saída original (independentemente de ter ou não renomeado a pasta)
seguido de “_HD.”
Nota:
Uma ID de sessão deve ser exclusiva na base de dados do Fusion. Se a ID de sessão já
existir, o software pede-lhe que altere o nome da sessão. Recomenda-se vivamente que
não utilize carateres especiais neste campo, uma vez que podem desempenhar uma
função específica enquanto separadores de campo.
Nota:
Para visualizar o ficheiro RunFileIndex utilizando o Windows XP, abra o Explorador do
Windows e clique no botão Pastas. Em seguida, clique em Ver na Barra de título do
Windows e selecione Opções de pastas no meu pendente. Agora, clique no separador Ver
e percorra para baixo os Ficheiros e pastas ocultos. Selecione Mostras ficheiros e pastas
ocultos e Sair. Ao visualizar uma seleção de ficheiros CSV, altere Files of type (Ficheiros
do tipo) para All Files (Todos os ficheiros), para revelar o ficheiro RunFileIndex. No
Windows Vista e Windows 7, abra o Explorador do Windows e selecione Tools >> Folder
Options (Ferramentas >> Opções de pastas). Em seguida, clique no separador Ver e
selecione Mostras ficheiros, pastas e unidades ocultos. Se alterar o nome de uma sessão,
não mude para saída porque está reservado para o ficheiros de saída HD original.
Nota:
O botão Supplemental (Suplementar) pode ser utilizado para adicionar outras sessões à
atual (por ex., suplementar sessões locus B com B7) para análise. Isto não funcionar para
combinações de tipos de teste diferentes (como locus A e locus B).
Se uma amostra já estiver associada a um paciente, é apresentada a ID de paciente e qualquer informação
relacionada com o paciente.
4. Para adicionar informações de paciente, proceda da seguinte forma:

Para adicionar dados existentes do sistema, clique duas vezes na coluna Patient ID (ID de
paciente) da tabela Sample/Patient Details (Detalhes de amostras/pacientes) ou clique no
botão Patient List (Lista de pacientes) na barra de ferramentas. A janela Import Patient
(Importar paciente) é apresentada, permitindo importar o ficheiro de informações do paciente.

Para adicionar manualmente dados de paciente, basta introduzir dados nos campos da
tabela relacionados com o paciente.

Poderá atribuir a ID de amostra a campos de Patient ID (ID
de paciente) vazios selecionando a caixa de verificação
para Set empty Patient ID to Sample Definir ID de
paciente vazia para amostra).
5. Selecione um ficheiro de catálogo. O seu método de seleção de catálogo poderá ser um dos
seguintes, dependendo do ficheiro CSV e dos ficheiros de catálogo que importou para o LABType:
Nota:
Se não existirem ficheiros de catálogo disponíveis, reveja a secção Acessórios deste manual
para obter as instruções sobre como adicionar novos ficheiros de catálogo à base de dados.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
53
One Lambda, Inc.

Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Se o ficheiro CSV especificar um nome de modelo (apenas aplicável a ficheiros CSV do Luminex
2.2 e posterior) e um dos ficheiros de catálogo disponíveis estiver associado a esse modelo,
então esse ficheiro de catálogo é automaticamente selecionado. Se pretender selecionar um
ficheiro de catálogo diferente, poderá utilizar a lista pendente no campo Catalog ID
(ID de catálogo) para selecionar quaisquer outros ficheiros de catálogo aqui indicados.

Nota:
Se não existir correspondência de modelos, o sistema considera então a correspondência de
esferas mais próxima entre a sessão e todos os ficheiros de catálogo disponíveis.
É apresentada uma caixa de diálogo de validação. Poderá confirmar o ficheiro de catálogo
(Fechar). Ou clicar duas vezes
selecionado clicando simplesmente no botão Close
em outro nome de catálogo na lista de Suggested Catalogs (Catálogos sugeridos).
Os catálogos sugeridos na caixa de diálogo de validação poderão incluir também catálogos
que não sejam HD. Poderá identificar um catálogo HD pelo ‘H’ no nome (por ex.,
RSSOH2B1_003_05).
Uma lista de
ficheiros de
catálogo com o
mesmo número de
correspondências
ou melhor.
A letra “H” significa que o catálogo é HD.
6. Após a validação do ficheiro de catálogo, o sistema poderá perguntar se gostaria de associar o
nome de modelo ao ficheiro de catálogo especificado. Se associar os dois, todas as sessões novas
com o mesmo modelo irão selecionar automaticamente este catálogo.
Associação de modelos de catálogo
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
54
One Lambda, Inc.
Nota:
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Se o catálogo e modelo incorretos forem associados como no exemplo acima, reveja a
secção Associar ficheiros de catálogos de produtos e modelos Luminex para obter as
instruções sobre como remover a associação.
Verifique se existem amostras que tenham sido assinaladas como tendo um Controlo positivo baixo (PC)
ou uma Contagem de esferas baixa; as filas de PC baixo ou as amostras de Contagem de esferas baixas
estão realçadas a Cinzento.
Poderá querer eliminar estas amostras porque frequentemente diminuem a velocidade da
análise. Contudo, essa remoção significa que já não necessita mais de localizar essas amostras.
Proceda da seguinte forma se pretender eliminar qualquer uma destas amostras:
7. Clique na extremidade Cinzenta da esquerda da coluna da posição Well (Poço) para realçar
toda a fila da amostra.
Realçar uma fila de amostras para eliminação
8. Prima a tecla Delete
parte da sessão.
do teclado para remover a amostra e impedi-la de ser importada como
9. Depois de verificadas as informações relativas à sessão e à amostra, clique no
botão Import
(Importar).
A sessão é apresentada agora a Azul na parte superior da árvore do Navigator (Navegador).
Se selecionou a caixa de verificação Auto Analysis (Análise automática),
a sessão foi importada e analisada quando clicou no botão Import
(Importar).
A sessão é agora apresentada no Navigator (Navegador) como sessão Analyzed (Analisada).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
55
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Poderá continuar a importar mais ficheiros Luminex ou clicar numa Sessão no Navigator (Navegador)
para iniciar uma Batch Analysis (Análise do lote).
Nota:
Quando um ficheiro CSV tiver sido importado, deixa de ser apresentado na lista de
importar sessões Luminex a menos que selecione a caixa de verificação Include Imported
CSV (Incluir CSV importados).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
56
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Analisar sessões Exon 4+
O HLA permite analisar dados Exon 4+ com amostras LABType genéricas HD ou sem serem HD para
fornecer resultados de resolução mais elevada. Poderá aplicar resolução Exon 4+ a dados de tipologia de
locus A, B ou C.
Proceda desta forma para analisar amostras LABType com resolução Exon 4+:
1. Clique no botão LABType
.
É apresentada a página inicial LABType.
Página inicial LABType (Exon 4+)
2. Clique na ligação [Download] (Transferir) no canto superior direito da página inicial LABType e
transferira os catálogos necessários para analisar amostras LABType genéricas de locus A, B
e/ou C locus e Exon 4+ LABType (por ex., RSSO1E_001_00.cat).
3. Selecione ficheiros da lista de ficheiros CSV no lado esquerdo da página inicial LABType que
pretende importar para complementar com dados Exon 4+.

Ou clique no ícone de Pasta
e procure o(s) ficheiro(s) CSV LABType no seu
sistema/rede para localizar e selecionar ficheiros CSV.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
57
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
É apresentada a tabela de detalhes de sessão/paciente.
Importar sessão LABType (Exon 4+)
4. Importe as sessões que contêm amostras que pretende complementar com dados Exon 4+
seguindo o mesmo processo que utilizou anteriormente para importar ficheiros CSV para o
Fusion.
5. Utilize a janela de análise LABType do Fusion para analisar as amostras que pretende utilizar
em análise com o Exon 4+.
6. Clique no botão LABType para voltar à página inicial LABType.
7. Certifique-se de que transferiu o catálogo(s) do Exon 4+ (por ex., RSSO1E_001_00.cat). Se
ainda não o fez, clique na ligação [Download] (Transferir) no canto superior direito da página
inicial LABType e transfira o catálogo(s) necessário(s).
8. Depois do(s) catálogo(s) do Exon 4+ terem sido adicionados ao seu computador ou rede,
selecione sessões Exon 4+ na lista de ficheiros CSV no lado esquerdo da página inicial LABType.

acima da lista para procurar o(s) ficheiro(s) CSV
Ou clique no ícone de Pasta
LABType no seu computador ou rede para localizar e selecionar ficheiros CSV Exon 4+.
9. Isto irá apresentar as amostras Exon 4+ na Tabela de detalhes de sessão no lado direito da
janela LABType.
10. Clique no botão Supplemental (Suplementar) (note que o botão Import [Importar] não está
disponível nas sessões Exon 4+). É apresentada a janela Supplemental Analysis (Análise
complementar).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
58
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Seleção de sessão complementar (Exon 4+)
O Fusion associa automaticamente amostras Exon 4+ com amostras genéricas do mesmo locus. A cor
de fundo da fila indica o seguinte:

Nomenclatura errada, datas diferentes: Cor de rosa

Não foram encontradas amostras para associar com a amostra Exon 4+ específica: Laranja

Mais do que uma amostra associada a uma única Exon 4+: Azul ciano

A amostra tem uma reação falsa ou não apresenta solução: Cinzento claro
Certifique-se de que as amostras que pretende associadas para a análise complementar estão
selecionadas.
Nota:
Só é possível associar uma amostra a cada Exon 4+ por locus. Se existir mais do que uma
amostra genérica disponível para associação ao Exon 4+ de um locus em particular,
o sistema seleciona por defeito a amostra mais recentemente criada. Poderá selecionar
uma amostra mais antiga, se desejado.
Os dados Micro SSP podem ser combinados com dados Exon 4+ apenas depois de terem
sido combinados com dados LABType. Os dados LABType combinados com Exon 4+ não
podem ser combinados com dados Micro SSP.
11. Clique no botão Import
(Importar).
A sessão suplementar e todas as amostras associadas são apresentadas no Navigator (Navegador) do
Fusion onde o poderá selecionar para analisar na janela de análise do LABType.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
59
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Resumo de sessão LABType
A página de resumo de sessão pode ser iniciada clicando numa sessão na árvore de navegação. Apresenta
uma pré-visualização dos resultados de análise, indicando cada amostra na sessão e resultados de análise
de lote correspondentes.
Procure as amostras
Para aplicar o
Clique para atribuir os agrupamento P ou G para códigos XX e
resultados de análise
a amostras na sessão substitua-os com
como resultados finais que ainda não foram
código NMDP
para todas as amostras.
atualizado.
guardadas.
Separadores de
resumo de sessão.
O gráfico de
resumo
apresenta
pontos de
dados para
cada
amostra.
A seleção de
campos:
Clique para
incluir ou
excluir
colunas.
Pode introduzir comentários de forma livre aqui.
O Fusion regista ações recentes, como ajustar um valor de
Página de resumo de sessão LABType
A seleção de campos de resumo de sessão
Clique aqui
para abrir
Field
Chooser
(Seleção de
campos).
Clique no botão Field Chooser (Seleção de campos) na
extremidade esquerda dos cabeçalhos da tabela. Surge Field
Chooser (Seleção de campos). Isto permite-lhe selecionar ou limpar
as caixas de verificação junto aos cabeçalhos das colunas para incluir
ou excluir aquelas colunas da tabela de resumo. Selecionar ou anular
a seleção das caixas de verificação nesta janela atualiza
instantaneamente a tabela.
Também poderá reorganizar a ordem dos campos utilizando a ordem
dos campos utilizando o ponteiro do rato para arrastar e largar um
qualquer nome de campo num novo local no Field Chooser (Seleção
de campos).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
60
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Quando fecha a opção Field Chooser (Seleção de campos), é apresentada uma mensagem para
permitir que o utilizador guarde ou não as alterações efetuadas. Se clicar em Yes (Sim), as suas
alterações são guardadas para todos os futuros resumos da sessão do LABType neste mesmo computador
até se guardarem outras modificações.
Nota:
Se não visualizar um campo particular disponível no campo de seleção de campo e tiver a
certeza de que deveria existir, aceda a C:\HLA Fusion\temp e elimine o ficheiro
denominado Labtype_Layout.xml.
Botões para exportar, pré-visualizar e imprimir
Clicar no botão Export
(Exportar) na barra de ferramentas do Fusion irá formatar o Resumo
como ficheiro de folha de cálculo Microsoft Excel. O Fusion sugere um Session Name (Nome de
sessão) para a folha de cálculo, mas é possível alterá-lo.
Clicar no botão Print Preview
(Pré-visualizar) na barra de tarefas do Fusion não abre apenas uma
nova janela que mostra o aspeto de uma nova sessão ao imprimir, mas também permite selecionar as
páginas e/ou partes específicas de páginas que pretende imprimir.
Ao clicar o botão Print
(Imprimir), o Resumo é enviado diretamente para a impressora.
Ferramenta
Vista de largura Vista de página
de imagens
Controlo de
de página
completa
zoom pendente
Enviar resumo instantâneas Ferramenta
Vista de largura Ferramenta
de zoom
para a
Ferramenta
dinâmico
de página
de redução
impressora
de ampliar
Navegar de
página para
página
Pré-visualizar
Vista de
miniatura
Ecrã Print Preview (Pré-visualizar)
Clicar no botão Print (Imprimir)
no ecrã Print Preview (Pré-visualizar) irá enviar as imagens
que escolheu diretamente para a sua impressora.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
61
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Separadores de resumo de sessão LABType
Separador de resumo
O separador de resumo de sessão apresenta um gráfico de resumo de resultados. O gráfico
apresenta a qualidade de resultados de análise de lote para cada amostra:

Match M (Compatibilidade M) indica múltiplos resultados compatíveis (Laranja)

Match S (Compatibilidade S) indica um único resultado compatível (Vermelho)

False (Falso) indica uma reação falsa de resultados (Cor de rosa)

Miss (Perda) indica que não existem resultados sugeridos (Cinzento)
Gráfico de resumo de resultados (Separador Summary [Resumo])

Clique em qualquer um dos quadrados no gráfico de resumo de resultados para apresentar a
janela de análise de amostras correspondente.

Se o botão Auto Accept All (Aceitar todos automaticamente) estiver ativado na parte inferior
do ecrã de resumo de sessão, poderá clicar nele para atribuir os resultados possíveis como
resultados finais para todas as amostras - exceto aqueles com resultados ambíguos.
Esta função não está ativada a menos que a selecione
através da opção Molecular Product
Configuration>>Molecular Analysis
Configuration (Configuração de produto molecular >>
Configuração de análise molecular) no menu Utilities
(Acessórios).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
62
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Separador de valor de controlo
Este separador permite-lhe rever a qualidade dos valores de controlo para cada
amostra. Este separador divide-se em três gráficos, todos eles com os seguintes
elementos em comum:

O eixo X indica as amostras, ordenadas por posição no poço.

O eixo Y indica os valores de dados em bruto específicos de cada gráfico
(por ex., valores de controlo positivo e negativo).

Em qualquer gráfico, clique com o botão direito do rato para selecionar Exclude Sample
(Excluir amostra) ou Analyze Sample (Analisar amostra).

Clique duas vezes em qualquer marcador para ir para o ecrã de
análise dessa amostra.

Passar com o cursor sobre qualquer marcado apresenta a
anotação da amostra.
Resumo de controlo positivo
O gráfico de Resumo de controlo positivo (parte superior) apresenta o valor de controlo positivo
para cada amostra.

O eixo x indica os nomes de ID de amostra, ordenados por posição no poço.

O eixo y indica os valores de dados em bruto de controlo positivo.
A barra horizontal indica o valor configurado para o controlo positivo mínimo. Este valor pode ser
configurado através do menu Utilities > Molecular Product Configuration (Acessórios > Configuração de
produto molecular) ou configurando definições específicas da amostra na janela de análise.

Cada exão é representado por uma cor diferente.

Clique duas vezes em qualquer marcador para chamar a janela de análise da amostra.
Gráfico de resumo de controlo positivo
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
63
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Resumo de controlo negativo
O gráfico de Resumo de controlo negativo (meio) apresenta os valores de controlo negativo para
cada amostra.

O eixo X indica os nomes de ID de amostra, ordenados por posição no poço.

O eixo Y indica os valores de dados em bruto de controlo negativo.

Clique duas vezes em qualquer marcador para aceder à janela de análise dessa amostra.
Gráfico de resumo de controlo negativo
Resumo de contagem de esferas
O gráfico de Resumo de contagem de esferas (inferior) apresenta a Contagem de esferas mais baixa
por amostra.

O eixo X indica os nomes de ID de amostra, ordenados por posição no poço.

O eixo Y indica os valores de dados em bruto de controlo negativo.
A barra horizontal indica o valor configurado para a Contagem
mínima de esferas. Este valor pode ser globalmente configurado
através do menu Utilities >Molecular Product Configuration
(Acessórios > Configuração de produto molecular).
Poderá configurar definições específicas da amostra diretamente na
Janela de análise. Clique duas vezes em qualquer marcador para
aceder à Janela de análise dessa amostra.
Gráfico de resumo de controlo negativo
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
64
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Separador de análise de esferas
Este separador permite-lhe rever as informações de sessão globais para cada esfera. Este separador
apresenta três gráficos, que são descritos nas secções seguintes.
Separador de análise de esferas
Resumo de reação falsa
Com o gráfico no painel inferior, poderá rever o número de Reações falsas (positivas e negativas)
associado a cada esfera em toda a sessão.
Resumo de reação falsa
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
65
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
A cor da barra representa o tipo de reação falsa que existe:
 Verde = falso negativo
 Vermelho = falso positivo
A altura da barra de cores indica o número de reações falsas para a esfera indicada.
Clicar duas vezes numa das barras deste gráfico altera os gráficos de CQ e de esferas correspondentes
dessa esfera.
Da mesma forma, clicar duas vezes em uma das IDs de esferas juntamente com o eixo X altera os
gráficos de CQ e de esferas correspondentes dessa esfera.
Os dois gráficos no painel superior comparam os perfis de esferas da sessão atual (gráfico direito) com
um histograma das mesmas esferas num painel de CQ One Lambda (gráfico esquerdo). Se for utilizado
um CQ local para a sessão, o histograma de CQ local é apresentado no lado esquerdo.
Painel de CQ e gráfico de perfil de esferas




Passe com o seu cursor pelas barras nos histogramas para apresentar as informações sobre as
esferas.
Clique com o botão direito do rato num perfil de esferas para selecionar Exclude Sample
(Excluir amostra) ou Analyze Sample (Analisar amostra).
Clique duas vezes em qualquer esfera para ir diretamente para o ecrã Analysis (Análise) dessa
amostra.
Clique no botão Bead Info
esfera atual.
(Info de esferas) para ver as especificidades dos alelos da
Botão Bead Info (Info de esferas) – Especificidades dos alelos

Também poderá redimensionar estes gráficos colocando o seu cursor na área entre os
. Em seguida, poderá clicar e arrastar o
gráficos até a imagem do cursos mudar para
cursor para redimensionar os gráficos.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
66
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x

Para representar em escala os histogramas no Gráfico de painel de CQ, introduza um valor
na caixa de texto Max Scale (Escala máxima) e prima a tecla Enter
no seu teclado.
Isto repõe o valor do eixo Y superior do histograma do perfil de esferas para a sessão de CQ e
a sessão atual.

Utilizando os botões de Navegação de esferas
esferas.

Também poderá selecionar esferas individuais na lista pendente.

(Excluir esfera) para
Assinale a caixa Exclude Bead
remover a esfera atual da sessão de análise. A esfera excluída está
indicada no campo de comentários com uma notificação de que a
esfera foi excluída. Adicionalmente, as esferas excluídas são
apresentadas nos gráficos durante a análise como barras
CINZENTAS.

Os ajustes feitos aos valores de interrupção da sonda em Bead
Analysis (Análise de esferas) afetam todas as amostras nesta sessão.
Pré-ajustar valores para explicar condições e testes e laboratórios
individuais pode poupar tempo durante a análise alterando todas as
amostras de uma vez (isto é, globalmente).
, poderá navegar entre as
Lista pendente de esferas
Faça ajustes de valores de interrupção globais procedendo da seguinte forma:

Clique e mantenha premida a barra de interrupção da sonda de ajuste horizontal e arraste-a para
cima ou para baixo para uma nova definição de valor de interrupção.
Utilizando o
ponteiro o rato,
arraste e largue
esta linha para
cima ou para
baixo para
ajustar a
definição de
valor de
interrupção da
sonda.
Ajustar a barra de interrupção
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
67
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Para repor a interrupção, clique no botão Reset Cutoff
selecione uma opção e reposição na lista pendente.
(Repor valor de interrupção) e
Menu Repor interrupção

Ao ajustar o valor de interrupção, poderá determinar que esfera será apresentada depois do ajuste
selecionando ou desmarcando a seguinte caixa de verificação na parte inferior direita da janela
Bead Analysis (Análise de esferas):

Se a caixa de verificação estiver selecionada, a esfera seguinte com Reação falsa mais elevada é
apresentada depois do ajuste de valor de interrupção.

Se a caixa de verificação não estiver selecionada, a esfera apresentada antes do ajuste de valor de
interrupção ser efetuado permanece assim.
Existem dois campos deComentários na parte inferior—um de Utilizador para registar os seus
próprios comentários e um campo de Sistema onde o HLA Fusion regista ações recentes que efetuou
na janela Summary (Resumo), como ajustar um valor de interrupção. Os comentários do sistema não
podem ser editados.
Comentários e utilizador e sistema
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
68
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Funções gerais de resumo de sessão
Para além da funcionalidade dos três separadores e Resumo de sessão LABType, existem outras funções
que permitem manipular os dados da tabela de resumo.
Marcadores e amostra
Campo
de campo
Cabeçalhos de
colunas
Amostras:
Tabela de resumo de sessão

Poderá clicar duas vezes numa amostra na tabela de resumo ou clicar uma só vez num marcador
de amostra no gráfico de resumo para ir diretamente para o ecrã Analysis (Análise) para essa
amostra.

Clique duas vezes no campo User Comments (Comentários do utilizador) para adicionar ou editar
as suas observações. Os comentários gerados pelo sistema não podem ser modificados.

no lado esquerdo dos cabeçalhos da tabela.
Clique no botão de Seleção de campo
É apresentada a Field Chooser (Seleção de campo). Isto permite-lhe selecionar ou limpar as
caixas de verificação junto aos cabeçalhos das colunas incluir ou excluir aquelas colunas da
tabela de resumo.

Selecionar ou anular a seleção das caixas de verificação nesta janela atualiza instantaneamente a
tabela.
Nota:
Se não visualizar um campo particular disponível no campo de seleção de campo e tiver a
certeza de que deveria existir, aceda a C:\HLA Fusion\temp e elimine o ficheiro
denominado: Labtype_Layout.xml.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
69
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Seleção de campo

Clique no cabeçalho da coluna da Tabela de
resumo para ordenar a tabela por essa coluna.
O triângulo no cabeçalho da coluna indica a
ordem—para cima para ordem ascendente e
para baixo  para ordem descendente.

Também é possível arrastar e largar as colunas
para alterar a sua ordem.

Quando fecha a opção Field Chooser (Seleção de campo), é apresentada uma
mensagem de contexto para permitir que o utilizador guarde ou não as
alterações efetuadas. Se clicar em Yes (Sim), as suas alterações são guardadas
para todos os futuros resumos da sessão do LABType neste mesmo computador
até se guardarem outras modificações.
Reposicionar um campo

Clique no botão Export (Exportar) para guardar a Tabela de resumo no seu computador ou
na rede (a localização predefinida é C:\OLI FUSION\data\report). O ficheiro é guardado no
formato Excel (*.XLS).

Clique em Print
button (Imprimir) para imprimir um relatório da Tabela de resumo.
Uma tabela e resumo exportado (formato de folha e cálculo Excel)

(Pré-visualizar) para rever um relatório da tabela de
Clique no botão Preview
resumo antes e imprimir ou guardar.
Ecrã de pré-visualização
Utilize a barra de
deslocamento
para mover de
uma página para
a outra
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
70
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x

Na janela Print Preview (Pré-visualizar), o lado esquerdo símbolos para cada página do relatório.
Utilize a barra e deslocamento para se deslocar de uma página para outra ou clique num ícone de
página para ir para essa página.

Utilize a Roda do rato ou clique e desloque o rato para cima e para baixo para ampliar e
reduzir cada página na janela Print Preview (Pré-visualizar).
Excluir uma amostra da análise
Se pretende excluir uma amostra de uma sessão de análise, selecione a caixa
de verificação Exclude (Excluir)
junto a essa amostra.
Também poderá clicar com o botão
direito do rato na amostra num dos
gráficos no separador Control Value
(Valor e controlo) e
selecione Exclude Sample (Excluir amostra).
Isto significa que a amostra selecionada não é apresentada em relatórios do Fusion ou em Bead Analysis
(Análise de esferas), dados de Control Value (Valor de controlo) ou como resultados na janela Analysis
(Análise) de resultados.

As filas de amostras falsas na tabela de resumo estão realçadas a Cor de rosa; filas de amostras
com múltiplas correspondências estão realçadas a Laranja.

Se pretender que o HLA Fusion procure toda a sessão para XX códigos e substitui-los pelos
códigos NMDP mais atuais que importou, clique no botão Replace XX Code
(Substituir código XX). Recomenda-se a utilização desta função se o ficheiro NMDP atual foi
importado recentemente.
Nota:
Para amostras individuais, a função de substituição de código pode ser efetuada
selecionando o botão Reanalyze
(reanalisar) na janela de análise.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
71
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Configurar análise LABType para a amostra atual
As configurações LABType globais predefinidas podem ser definidas no menu Utilities (Acessórios).
Adicionalmente, as configurações também podem ser definidas a partir da janela de análise LABType
para a amostra atual.
Alterar a configuração para a amostra atual
Antes de iniciar aanálise, poderá alterar as opções de análise para a amostra atual utilizando o menu de
configuração conforme ilustrado abaixo. As alterações às definições de configuração durante a análise
afetam apenas a amostra atual.
Para alterar as definições de configuração para a amostra atual, clique no botão Set Config (Definir
conf.) no topo do quadrante 1 da janela de análise.
Botão Set Config (Definir conf.) no gráfico de CQ no quadrante um
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
72
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Atribuir código
Opções de configuração da amostra atual
Por defeito, o Fusion atribui códigos NMDP aos alelos. No entanto,
pode alterar estes códigos para uma das seguintes opções:

No Code (Sem código) - Os pares de alelos resultantes,
combinados numa cadeia sem código formatado, são
simplesmente condensados sem aplicar um formato
codificado.

Local Code (Código local) - Atribui definições de códigos
definidas pelo utilizador (código utilizado pelo seu laboratório)
para os resultados de códigos sugeridos.

P Grouping (Agrupamento P) - Codifica as cadeias de alelos no agrupamento P conforme
publicado pela IMGT.

G Grouping (Agrupamento G) - Codifica as cadeias de alelos no agrupamento G conforme
publicado pela IMGT.

Cross Code (Código transversal) - Permite combinações de alelos transversais aos grupos
serológicos (por exemplo, EAPW = DRB1*04:03:01DRB1*04:03:03). Por defeito, a
codificação transversal está desativada, pelo que os pares de alelos são condensados apenas
dentro dos mesmos grupos de alelos.
Bw4/Bw6 em serologia
Bw4/Bw6 em serologia
A serologia identificou vários pares de alelos
HLA-B que parecem diferir apenas na região
Bw4/Bw6—os dois epítopos serológicos
mutuamente exclusivos. Se selecionar esta
opção, Bw4/Bw6 é adicionado aos resultados
de serologia.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
73
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Dados demográficos
A opção Demographic Information (Dados demográficos) permite organizar
os alelos com base na sua frequência. Com base na seleção demográfica
efetuada, o HLA Fusion apresenta um máximo de três grupos na lista de
pares de alelos:

Grupo 1: Frequente em ambos os alelos

Grupo 2: Frequente apenas num ou no outro alelo

Grupo 3: Frequente em nenhum dos alelos
Frequência demográfica
Opção de configuração demográfica
Nota:
Se a opção Demographic Information (Dados demográficos) não estiver ativa (isto é,
a cinzento), é necessário importar um ficheiro de introdução da frequência dos alelos.
Na barra de menu do Fusion, selecione Utilities>Update Reference>Allele Frequency
(Acessórios>Atualizar referência>Frequência de alelos). Clique no botão para procurar e
localizar os ficheiros de Frequência de alelos. Clique em Import Allele Frequency
(Importar frequência de alelos).
Controlo positivo mínimo
Definir o controlo positivo mínimo
O valor de Minimum Positive Control (Controlo positivo
mínimo) predefinido atribuído pelo sistema é 1000. Se
pretendido, introduza um novo valor no campo do valor de
no seu
controlo positivo mínimo e prima a tecla Enter
teclado.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
74
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
A amostra é assinalada nos Comentários do sistema como tendo um Controlo positivo baixo se alguma média
aparada de controlo positivo na amostra atual se enquadrar no limiar que definiu. No separador de análise de
esferas, as barras de esferas para amostras inferiores ao limiar que definiu estão coloridas a CINZENTO.
Contagem mínima de esferas
Definir a contagem mínima de esferas
O valor predefinido de Minimum Bead Count (Contagem mínima de esferas) atribuído pelo sistema é
100. Se pretendido, introduza um novo valor no campo de valor de Minimum Bead Count (Contagem
mínima de esferas). A amostra é assinalada nos comentários como tendo uma contagem de esferas baixa
se alguma contagem de esferas baixa na amostra atual cair abaixo do limiar que definiu.
Definir amostra de reação certa
1. Clique no botão Set Config (Definir conf.) (superior direita) e
selecione a opção Set Sure Reaction Bead (Definir amostra
de reação certa) no menu de configuração para introduzir IDs
de esferas onde forçar valores positivos e negativos.
É apresentada a caixa de diálogo Force Sure Reaction
(Forçar reação certa).
2. Aqui, poderá introduzir IDs de esferas onde pretende forçar
positivos (os falsos positivos são considerados positivos
verdadeiros) ou negativos (os falsos negativos são considerados
falsos negativos).
Definir reação certa
Enter the bead ID’s you want to force POSITIVE here
(Introduzir as IDs de esferas que pretende forçar como POSITIVO
Enter the bead ID’s you want to force NEGATIVE here (Introduzir as
IDs de esferas que pretende forçar como NEGATIVO aqui).
Forçar reação certa
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
75
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Ver CQ
Esta lista emergente apresenta os painéis de CQ alternativos (que criou) que
estão disponíveis para o ficheiro de catálogos atual que podem ser apresentados
como histogramas no Quadrante 1da janela Analysis (Análise). Depois de clicar,
poderá efetuar a seleção nesta lista em vez de utilizar o CQ OLI.
Os painéis de CQ também podem ser criado clicando com o botão direito
numa sessão LABType guardada na árvore do Navigator (Navegador) e
selecionando Create Local QC (Criar CQ local).
Configurar painéis de CP alternativos
Definição de limiar positivo baixo
Definir limiar positivo baixo
O valor de Low Positive Threshold (Limiar positivo baixo)
predefinido atribuído pelo HLA Fusion é 200.
(Definir
Se pretendido, clique no botão Set Config
config.) e introduza um novo valor no campo Low Positive
Threshold (Limiar positivo baixo) na parte inferior do menu
emergente.
As amostras inferiores a este valor surgem no gráfico sob a
forma de barras verticais a CINZENTO, no Quadrante
superior direito (2) do ecrã Bead Analysis (Análise de esferas).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
76
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Utilizar a janela de análise de dados LABType
A janela de análise de dados LABType fornece dados de análise detalhados para cada amostra na
sessão. Pode rever as atribuições de alelos sugeridas pelo programa e modificar e aceitar as atribuições
de tipologia. O HLA Fusion sugere resultados de tipologia possíveis, mas a atribuição final deve ser
efetuada por si ou pelo seu supervisor.
Na janela de análise LABType poderá efetuar o seguinte:

Alternar entre formatos de código

Aplicar Bw4/Bw6 a resultados serológicos

Aplicar filtros de frequência

Mostrar o delta entre o sinal gerado e o ponto de interrupção para cada esfera

Apresentar dados de reação, local de reconhecimento, dados em bruto e de esferas

Navegar entre esferas

Excluir uma esfera da análise

Ajustar valores de interrupção

Atribuir pares de alelos não codificados

Atribuir um par de alelos codificado

Atribuir equivalentes a serologia

Realizar atribuições manuais

Remover atribuições

Guardar e confirmar os seus resultados de análise
A janela de análise LABType está dividida em quatro secções principais, ou Quadrantes, fornecendo
cada um deles dados específicos para análise.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
77
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
A janela de análise LABType
Apresenta o tabela
Apresenta o CQ LAB
Apresenta o CQ do utilizador
de reações
(se criado)
para cada sonda
Apresenta local e
Apresenta resultados de loci
dador de
Introduza novos valores aqui
para o paciente atual para a
reconhecimento
Apresenta o
para modificar o eixo Y do
a
m
o
s
t
r
a
s
e
l
e
c
i
o
n
a
d
a
para cada sonda
CQ OLI
histograma de CQ
Quadrante 1
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
78
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Quadrante 2
Apresenta
Apresenta o Apresenta o dados dados de
gráfico de de esferas em bruto esferas
esferas
Assinale para
excluir a esfera
atual
Definir o número
de reações falsas
Repõe a interrupção para
a esfera selecionada para
a predefinição da OLI ou
do Utilizador
Utilize para
selecionar
esferas na
amostra atual
Dia/hora
Amostra
(Vermelho)
CORES DAS BARRAS
Reação positiva: Vermelho
Reação negativa: AZUL
Esfera atual: Verde
Estas barras
indicam o Valor
normalizado de
cada esfera
numa amostra.
Representa os
Valores de dados
easerantaas
em bruAtporp
esfeprasredsedceoanlterloolso
Permite uma Apresenta resultadAogsrupa pares
Positivo e Negativo
como tipos e com o mesmo
de umafoernçsaap
ioositiva
sub-tipos padrão de reação
o
u
n
e
g
a
t
i
v
a
LABType.
Apresenta o
equivalente
serológico dos
pares de alelos
Quadrante
Os losangos
cinzentos
representam a
interrupção atual
de cada esfera.
Magenta =
Controlo
positivo
BBrraannccoo=
Controlo
negativo
Valor normalizado
(Percentagem
positiva)
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Esferas por ordem numérica
Para utilização em diagnóstico in vitro
Quadrante 3
79
One Lambda, Inc.
Permite uma
força positiva
ou negativa
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Agrupa pares
Apresenta
com o mesmo
resultados como
tipos e sub-tipos padrão de reação
Apresenta o
equivalente
serológico dos
pares de alelos
Quadrante 4
Apresenta
pares de
alelos
Emparelhar
atribuições do
separador
sugeridas
pelo HLA
Fusion
Desloca possíveis
códigos de alelos
não ambíguos
para a lista de
códigos
atribuídos
Introduza os seus próprios
comentários aqui
Para reanalisar uma amostra
Coloque uma marca de
depois de novo NMDP,
verificação aqui para Guarda o seu esquema
serologia , ou número
d
e
j
a
n
e
l
a
a
t
u
a
l
indicar que são
alterado de reações falsas
Notas apenas de leitura
introduzidas pelo Fusion
Atribuir os resultados
ao nível do paciente
Para atribuir e
guardar todos os
resultados
Guardar análise
para revisão e
aprovação
Para analisar
reações de dois
testes
O supervisor clica
aqui para confirmar
os resultados de
análise
Cada quadrante da janela Analysis (Análise) representa uma vista diferente da mesma amostra.
Os quadrantes estão ligados uns aos outros: uma alteração que efetue no Quadrante 2 (interrupção,
por exemplo) afeta a apresentação nos Quadrantes 1, 3 e 4. Cada quadrante pode ser redimensionado
vertical e horizontalmente:

Passe o cursor entre os quadrantes até a imagem do cursor alterar para
gráfico para o redimensionar.

Ou clique no botão Maximizar
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
. Clique e arraste o
do quadrante para modificar a apresentação do quadrante.
Para utilização em diagnóstico in vitro
80
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Atalhos do teclado para navegação de análise LABType
A tabela seguinte define algumas combinações do teclado do computador que poderá utilizar para
navegar rapidamente por uma amostra LABType durante a análise.
Combinação do
teclado
Para fazer isto...
+N
Navegar para a esfera seguinte (dos ecrãs de análise de esferas e de análise de
amostras)
+P
Navegar para a esfera anterior (dos ecrãs de análise de esferas e de análise de
amostras)
+A
Atribuir e ir para a amostra seguinte (do ecrã de análise de amostras)
Quadrante 1 (histograma de CQ)
Existem vários separadores neste quadrante, conforme explicado nas secções seguintes.
Separador de CQ
O separador QC (CQ) apresenta um histograma de perfil de reação para a esfera atual relativamente a
todas as amostras do painel de CQ utilizadas na análise.
Cada barra representa uma amostra de CQ e a sua altura representa o valor de reação normalizado.
Introduza um novo
valor de escala
máximo aqui
Passe o rato
para ver
detalhes de
amostras
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
81
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x

Passe com o cursor sobre qualquer amostra e os detalhes de amostra são apresentados,
incluindo resultados de tipologia (ver gráfico).

Para alterar a escala do histograma, clique dentro da caixa Max Scale (Escala máxima),
introduza novos limites e prima a tecla Enter
.
A função Max Scale (Escala máxima) define o intervalo máximo do eixo Y. Ao atualizar um novo
valor de Escala máxima, os histogramas de dados de CQ e de esferas atualizam automaticamente
para apresentar o intervalo entre zero e o novo valor máximo.

A linha de recuperação representa o valor de recuperação predefinido One Lambda.
Separador Rxn (Reação)
O separador Reaction Pattern (Padrão de reação) apresenta as reações positivas de cada esfera
(eixo X) relativamente a todos os alelos (eixo Y) definidos no ficheiro de catálogo.
Na janela de análise LABType no Quadrante 1, clique no separador Rxn para apresentar a Tabela de
padrão de reação.
Procura por
os pares
Clique para ordenar esferas
por reação de amostras
Clique duas vezes para
apresentar a esfera
selecionada no gráfico de
dados de esferas (Quadrante 2)
Clique para expandir ou
contrair a tabela
Dia/hora
Amostra
a AZUL
Positivo
positivos
têm um
fundo
escurecido
Um “X”
indica uma
reação
cromogénio
Clique nesta área para procurar por reação
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
82
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
A configuração predefinida:

As esferas são ordenadas por reação de amostra.

A amostra atual surge na linha superior da tabela em tipo de letra azul.

Os alelos positivos são indicados por baixo da fila de amostras e têm um fundo escurecido.

A cor salmão indica um falso positivo.

A cor verde indica um falso negativo.
As reações positivas são apresentadas como um “X” na tabela (Azul para a amostra atual e Preto
para as restantes). PC, NC e as esferas excluídas são apresentados como zero, “0” na tabela.
Se pretender expandir a tabela para o seu tamanho total, clique no
botão Maximizar. Para minimizar a vista, clique novamente no botão.
OU...
Clique duas vezes em qualquer parte da área
imediatamente acima da tabela, entre os botões Rxn
Reset (Repor reação) e Max (Máx.) para expandir a
tabela. Para repor o tamanho da tabela para o seu
tamanho de quadrante original, clique novamente
duas vezes na mesma área.
Introduza um alelo no campo e clique no botão Find
Allele (Encontrar alelo) para apresentar o alelo e o
respetivo padrão de reação na primeira linha. Clique
duas vezes no nome de um alelo para o colocar no
cimo da tabela. Pode colocar a totalidade de um
determinado grupo de alelos no cimo introduzindo
um grupo de alelos (por exemplo, DRB1*03).
Clique no cabeçalho da linha cinzenta em branco à esquerda do nome
do alelo ou da reação da amostra para mover todas as esferas com essa
reação para a esquerda. Clique no botão Rxn Reset (Repor reação)
para repor a configuração original da tabela.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
83
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Ao clicar num cabeçalho de coluna, a tabela é
ordenada pelos critérios de reação dessa
esfera. O primeiro clique ordena por ordem
ascendente, de cima para baixo. O segundo
clique ordena por ordem descendente.
Clique duas vezes na coluna de alelos para trazer o alelo selecionado para
cima para a parte superior da tabela de padrão de reação, mesmo por baixo da
amostra.
(Análise combinada) para analisar duas ou mais
Se utilizar o botão Analyze Combined
análises para a mesma amostra, as IDs de esferas em análises adicionais são diferenciadas da atual na
tabela de reação por um underscore e um número de sequência.
Por exemplo, se a amostra atual incluir uma esfera com IDde esfera 002 e a tiver analisado juntamente
com uma análise adicional para a amostra, essa mesma esfera para a segunda análise de amostra é
indicada como 002_0 na tabela de reação. O número a seguir ao underscore aumenta as amostras
adicionais que possa adicionar à análise combinada (_1 para um terceiro teste de amostra, etc.).
Separador Rec Site (Local de reconhecimento)
Este gráfico mapeia os locais de reconhecimento de todas as sondas na amostra e realça essas sondas
que escolhem quaisquer dois alelos selecionados pelo utilizador para comparação.

Eixo X: local de ligação de sonda na referência para os exões amplificados no kit de teste utilizado
(começando com exão 2’ na esquerda e avançando para exão 4 ou superior na direita, se aplicável
à amostra).

Eixo Y: esfera
Na janela de análise do LABType no Quadrante 1, clique no separador Rec Site (Local de
reconhecimento).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
84
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Sondas que sejam
positivas são
VERMELHAS.
Falha ou sondas de
especialidade são
apresentadas com um
conetor amarelo.
Sondas que sejam negativas
apresentam a cor AZUL.

As sondas que forem positivas para os alelos selecionados apresentam a cor Vermelha e são
apresentadas na parte superior do diagrama. As negativas apresentam a cor Azul e são
apresentadas por baixo das positivas.

As sondas são identificadas por uma barra horizontal na localização do local de reconhecimento.
A posição da sonda é identificada junto à barra.

Ao clicar numa sonda, o gráfico de esfera no Quadrante 2 atualiza e uma caixa de dados
emergente apresenta os campos seguintes:
1. ID de esfera
2. Local de reconhecimento
3. Número de exão

Gap (Falha) ou sondas de especialidade são indicadas por um conetor amarelo que junta dois
locais de reconhecimento. Os dados do local de reconhecimento que são apresentados quando
clica numa sonda de especialidade é para ambas as sondas ligadas.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
85
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Barra de reconhecimento
Ative a Barra de reconhecimento clicando no botão Recg. Bar
(Barra de reconhecimento).
Inicialmente, a barra surgirá no lado esquerdo do gráfico. Arraste a barra para a direita com o ponteiro
do rato. Quando libertar a barra, o sistema irá apresentar o Resumo do local de reconhecimento
(sondas positivas, negativas e excluídas) para onde quer que esta barra seja posicionada na janela.
Clique para
ativar a
barra de
CREG
Os barra de
CREG
Um resumo de
todas as
sondas que
ficam na área
antes da nova
Resumo do local de reconhecimento da sonda
Clique no botão OK
para ignorar o Resumo do local de reconhecimento.

Poderá introduzir até dois alelos, separados por um espaço, no Campo de texto de alelos
e prima na tecla Enter
no teclado.

Ou poderá pesquisar alelos clicando duas vezes o par de alelos na lista de resultados
de Possíveis pares de alelos (no Quadrante 4).
Local de reconhecimento – Pares de alelos
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
86
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Todas as sondas que são reativas ao(s) alelo(s) selecionado(s) apresentam cor:

Alelo 1: Magenta

Alelo 2: Ciano
Separador de CQ local
O separador Local QC (CQ local) apresenta um histograma do perfil de reação para a esfera atual
relativamente a todas as amostras que este utilizador alguma vez tenha executado para o mesmo produto
(mesmo lote/revisão) e ao longo de um intervalo de datas especificado.
Linha de valor
de interrupção
One Lambda
Separador de CQ local
Cada barra Verde representa uma amostra de CQ e a sua altura representa o valor de reação
normalizado. Isto irá servir como gráfico de CQ criado pelo utilizador.



Passe com o cursor sobre qualquer amostra e os detalhes de amostra são apresentados.
O gráfico é continuamente atualizado à medida que analisa o produto ao longo do tempo.
A linha de recuperação representa o valor de recuperação predefinido One Lambda.
Separador de resultados de pacientes/amostras
O separador Patient/Sample Results (Resultados de
pacientes/amostras) detalha todos os resultados para todos os testes
efetuados numa ID de amostra ou ID de paciente. Como são
guardados resultados para cada locus, ou o resultado de serologia ou o
código de alelo para cada locus surge nesta secção de todos os locus.
Clique em qualquer um dos separadores Cinzentos identificados ao
longo da parte superior da grelha para ordenar os resultados por
ordem ascendente ou descendente. A direção dos triângulos pequenos
indica como os resultados foram ordenados.
Passe o rato sobre qualquer Possible Allele Code (Código de alelo possível) para ver todo o código de
alelos.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
87
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Poderá utilizar o seu rato para alargar a grelha ou clique duas vezes
entre os separadores para aumentar automaticamente a largura da
coluna para acomodar todos os dados apresentados.
Separador de resultados de pacientes/amostras
Quadrante 2 (dados de esferas)
Existem três separadores neste quadrante que são explicados nas secções seguintes.
Separador de esfera
O separador
A primeira esfera Esfera anterior
Bead (Esfera)
apresenta o
histograma para a
esfera atualmente
selecionada. Cada
barra representa uma
amostra. A altura da
barra representa o
valor de reação
normalizado para a
esfera selecionada
nessa amostra.
Esfera seguinte
Última esfera
Clique para repor valores
para predefinição
A barra Vermelha
representa a amostra
atualmente
selecionada.
Barra de interrupção
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
O separador de esfera
Para utilização em diagnóstico in vitro
Amostra atual
88
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Clique duas vezes numa barra para navegar para a análise dessa amostra selecionada.
Poderá clicar nos botões de seta para selecionar uma barra de esfera e apresentar a esfera selecionada
no Quadrante 2.
Alternativamente, poderá selecionar também a esfera no Navegador de esferas na parte de cima.

Eixo X: Amostras ordenadas por ordem de reatividade (da mais fraca para a mais forte).

Eixo Y: Valor normalizado, (% positiva).

Pontos de dados: As barras representam o valor normalizado de uma amostra para a esfera
atual.

As cores das barras: Todas as barras são verdes, exceto a da amostra atual, que é vermelha.

Uma barra branca indica amostras com um controlo positivo (PC) baixo.

Linha de valor de interrupção: A linha de valor de interrupção encontra-se no valor de
interrupção da esfera atual (valores acima desta linha são considerados positivos).

A linha de valor de interrupção neste histograma pode ser modificada. Para ajustar os valores de
interrupção de amostra, proceda da seguinte forma:
1. Clique e mantenha premida a barra de interrupção horizontal e arraste-a para cima ou
para baixo para uma nova definição de interrupção. O valor de interrupção é apresentado
junto ao cursor e muda à medida que arrasta a barra para cima ou para baixo.
Ajustar a barra de interrupção
2. Para repor os valores predefinidos de interrupção, clique no botão Reset
e escolha uma opção predefinida.
(Repor)

Quando clica duas vezes numa barra de amostra, o módulo de análise apresenta os resultados
para a amostra selecionada.

Passe com o cursor sobre qualquer amostra e a barra fica amarela e os detalhes de amostra
são apresentados.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
89
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Detalhe de amostra

Se pretender excluir uma esfera da análise, assinale a caixa Exclude (Excluir). Quando
assinalada, a esfera atual é excluída da análise da amostra atual. Os resultados de análise são
atualizados para refletir a alteração e é adicionada uma anotação ao campo System Comment
(Comentário do sistema): Exclude Bead #[bead id] (Excluir esfera n.º [ID de esfera]).
Esfera excluída nos comentários do sistema

Se o HLA Fusion não conseguir determinar quaisquer resultados que correspondam exatamente
ao padrão de reação introduzido, analisa a reação pressupondo que existe uma reação falsa na
amostra. Se continuar a não ser possível encontrar uma solução, o sistema continua a procurar
nas reações falsas adicionais até atingir o número de reações falsas permitidas ou encontrar uma
solução.
A definição de reação falsa deve ser entre a definição mínima de 1 e a definição
máxima de 4.
Nota:
Independentemente do máximo de reações falsas aqui definido, a análise de amostras
para na primeira reação falsa encontrada.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
90
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Separador Raw (Em bruto)
Apresenta os dados para a amostra atual como tabela de valores. Na janela de análise LABType
no Quadrante 2, clique no separador Raw (Em bruto) para apresentar a Tabela de dados em
bruto.
Defina o limiar de reação de esfera controlada
(específico da amostra se efetuado aqui)
Reação
negativa
Reação
positiva
Sem reação
(se a esfera for excluída)
Separador Raw (Em bruto)
As colunas na tabela de Dados em bruto apresenta os seguintes tipos de dados:

Rxn (Reação): (1=negativa, 8=positiva, 0=sem reação)

Raw (Em bruto): dados em bruto para a média aparada fluorescente

Normal: valor normalizado

PosCtl: ID de esfera de controlo positivo

OLI Cutoff: interrupção de limiar positiva OLI predefinida

Sample Cutoff (Interrupção de amostra): interrupção de limiar positiva predefinida da amostra

Count (Contagem): contagem de esferas
As esferas que tenham reações que recaiam no intervalo do limiar de esferas controladas são realçadas a
amarelo.

Estas esferas controladas também são indicados na caixa de texto
Close Bead (Esfera controlada) no Quadrante 4.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
91
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
O Limiar de esfera controlada pode ser definido para todas as sessões LABType recentemente
importadas utilizando o menu Utilities > Molecular Product Configuration (Acessórios >
Configuração de produto molecular).
Isto define o intervalo de esferas controladas com base nos valores normalizados, +/- a partir da
interrupção atual para a esfera para que uma esfera possa ser considerada uma esfera controlada e ser
realçada a amarelo na tabela de dados em bruto. O valor predefinido é 3. Para alterar o valor de limiar,
.
introduza um novo valor na caixa Threshold (Limiar) e prima a tecla Enter
A tabela em bruto é instantaneamente atualizada e as filas com uma reação de esferas controlada são
realçadas a amarelo.

Clique no botão Maximizar para expandir a Tabela de dados em bruto. Clique no botão
novamente para minimizar a Tabela de dados em bruto.

Clique em qualquer cabeçalho de coluna para ordenar a Tabela de dados em bruto por essa
coluna. Clique duas vezes numa ID de esfera para selecionar essa esfera no separador Bead
(Esfera).

Os valores de contagem e IDs de esfera correspondentes a vermelho são aqueles que têm uma
contagem de esferas inferior ao limiar de controlo positivo baixo. O limiar mínimo de contagem
de esferas pode ser definido através do menu Utilities > Molecular Product Configuration
(Acessórios > Configuração de produto molecular) ou clicando em [Edit] (Editar) na parte de
configuração do LABType da página inicial do LABType. O limiar predefinido é 100.
Contagens de esferas inferior ao limiar de controlo positivo baixo
Separador Bead Info (Info de esferas)
Quando clicar no separador Bead Info (Info de
esferas), apresenta as especialidades de alelos da
esfera selecionada mais recentemente no histograma
de CQ ou no gráfico de perfil de esferas, bem como o
reconhecimento da sonda.
Separador Bead Info (Info de esferas)
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
92
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Quadrante 3 (Perfil de reação)
Perfil de reação
Quadrante3 apresenta o perfil de reação para a amostra atual em relação a todas as esferas na análise.
Altere o valor da escala
normalizada (eixo Y)
Clique para visualizar a diferença entre força de
sinal e o valor de interrupção para cada esfera.
Botão
maximizar
Dados de
reação
Esferas por ordem numérica

Eixo X: Esferas indicadas por ordem numérica da esquerda para a direita

Eixo Y: Valor normalizado (% positiva)

Pontos de dados: As barras representam o valor normalizado para todas as esferas na
amostra atual.

Cores das barras: Reação positiva = vermelho; reação negativa = azul; esfera atual
= verde.

Falso positivo ou Falso negativo: Azul claro

Esfera excluída: Cinzento
Quando uma barra é selecionada neste histograma, o histograma de perfil da esfera (no Quadrante 2) e o
histograma do painel de CQ (no Quadrante 1) atualizam para apresentar a esfera selecionada.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
93
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Este histograma pode ser expandido quando clicar no botão Maximizar
no canto superior esquerdo.
O histograma maximiza a largura do seu ecrã, permitindo mais espaço para visualizar as barras no gráfico.
Clique novamente no botão para o histograma voltar ao seu tamanho original dentro do quadrante.
Os losangos dentro do histograma indicam a posição de interrupção atual de cada esfera.
Os ajustes de interrupção ao nível da esfera podem ser efetuados neste quadrante arrastando e largando
as setas dentro das barras. Para ajustar valores de interrupção de esferas, siga estas instruções:

Clique e mantenha premido o losango de interrupção de esferas e arraste-o para cima ou para
baixo para uma nova definição de interrupção. O valor de interrupção é apresentado junto ao
cursor e muda à medida que arrasta a barra para cima ou para baixo.
Ajustar definições de interrupção de esferas
Clique, arraste e
largue estes
losangos -para
cima ou para
baixo- para
ajustar uma
definição de
interrupção de
esferas.
Quando tiver sido feito um ajuste de interrupção, o losango muda para uma seta delta que aponta na
direção em que a interrupção foi movida. A ponta da seta aponta para o local do novo valor de
interrupção de esferas ao longo do eixo x.
Seta delta de interrupção de esferas
Mudança de
sinal de
interrupção
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
94
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Pode passar com o ponteiro do rato sobre qualquer barra e os detalhes dessa esfera são apresentados
para a amostra.
Introduza os seus comentários nesta área.
Pode adicionar comentários à amostra escrevendo no
campo Comment (Comentário) na parte de baixo.
Clicar duas vezes nesta caixa de texto abre uma janela
muito maior para introduzir os seus comentários.
A barra magenta e o branco (ou a barra sem cor da direita) representam os valores de dados em bruto
para as esferas de controlo positivo e negativo de um ensaio LABType:
Magenta
Positivo
Controlo
Valor
Gerir
Valor
Eixo X: Esferas por ordem numérica.
Eixo Y: Valor de dados em bruto (média aparada).
Branco
Negativo
Controlo
Pontos de dados: As barras representam o valor de dados em bruto de
uma esfera vs. a reação da amostra.
Esferas
Cores/disposição das barras:

Controlo positivo = magenta

Controlo negativo = branco
Para expandir o histograma, clique duas vezes na área entre os Quadrantes 1 e 3. Para redimensionar o
histograma para o seu tamanho original, clique duas vezes entre o Quadrante 1 e 3 novamente. Ou clique
no botão Maximizar/Minimizar .
Para visualizar os dados Delta
(a diferença entre o sinal gerado e o
ponto de interrupção para cada esfera) clique no
botão View Delta (Ver delta).
Quadrante 3: Vista Delta
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
95
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Para voltar à vista normalizada, clique no mesmo botão que agora tem a inscrição View
Normal
(Ver normal).
Preferia tornar View Delta (Ver delta) a vista predefinida para apresentação automática sempre que seja
chamada uma amostra na janela de análise LABType?

Guarde o esquema enquanto este quadrante estiver no modo View Delta
(Ver delta) clicando no botão Save Layout
(Guardar esquema).
Depois de sair do Fusion e iniciar sessão novamente, as suas sessões LABType irão apresentar o
Quadrante 3 em modo View Delta (Ver delta).
Quadrante 4 (Resultados de teste)
O Quadrante 4 apresenta os resultados de tipologia para a amostra atual. No geral, os resultados de
tipologia incluem resultados possíveis e atribuições de utilizador para pares de alelos, resultados
codificados, resultados de equivalência serológica e outras atribuições.
O lado esquerdo mostra várias atribuições do separador de pares sugeridas pelo software. Deverá
efetuar todas as atribuições finais trazendo um par sugerido para a área de atribuição final ou
introduzindo um par de alelos.
Existe cinco separadores aqui:

O separador Pairs (Pares) apresenta os resultados de possíveis pares de alelos que
correspondem ao padrão de reação da amostra.

O separador Force (Forçar) apresenta uma lista de resultados de possíveis pares de alelos
alternativos para cada esfera se for permitida uma reação falsa adicional.

Com o separador Type/Subtype (Tipo/sub-tipo), quando um alelo de uma lista for
selecionado, os alelos correspondentes estão realçados noutra lista para mostrar possíveis
correspondências.

O separador Match (Correspondência) apresenta o formato codificado dos pares de alelos reais
da amostra.

O separador Sero (Serologia) apresenta todos os dados equivalentes a serologia sugeridos para a
amostra com base nos pares de alelos possíveis.
O lado direito mostra possíveis atribuições de código de alelos para a amostra, bem como reações de
esfera controladas.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
96
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Quadrante 4 – Resultados de teste
Separador Pairs (Pares)
O separador Pairs (Pares) apresenta os resultados de possíveis pares de alelos que correspondem ao
padrão de reação da amostra.
Os pares são sugeridos pelo HLA Fusion.

A lista identifica os pares e agrupa-os por pares de correspondência total (sem reações falsas) ou
pelo número de reações falsas.

Os resultados com reações falsas são listados com a identificação da esfera/poço responsável pela
falsa reação.

Os resultados apresentam um par de alelos por linha.

Os resultados homozigóticos possíveis com código são
anotados no campo System Comment (Comentário do
sistema).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
97
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Os pares de alelos são agrupados por grupos de frequência demográfica:

G1 (é frequente em ambos os alelos)

G2 (é frequente em um de dois alelos)

G3 (não é frequente em nenhum alelo)
Cada grupo de pares de alelos é identificado por "(G#)" no final de cada par de alelos para indicar
frequência demográfica.
Se os resultados de correspondência mais próxima incluírem uma reação falsa, a esfera de reação falsa
também é indicada.
No Solution (Sem solução) é a indicação listada se não existirem resultados que correspondam às
reações da amostra dentro de um número de falsas reações permitidas. Quando isto ocorre, aumente o
número de reações falsas e volte a analisar.
Atribuir um par de alelos da lista sugerida
Clique duas vezes num par de alelos no separador Pairs (Pares) para o atribuir à
área de atribuição final de pares de alelos.
Em alternativa, pode clicar para realçar um par de alelos na lista do separador Pairs (Pares) e clicar no
botão seta para baixo V (atribuir) junto ao título Assigned Allele Pairs (Pares de alelos
atribuídos) para o adicionar à área de atribuição final. Podem ser atribuídos múltiplos pares de alelos.
Para remover uma atribuição, clique e realce a atribuição na lista Assigned Allele Pairs (Pares de
alelos atribuídos) e clique no botão X (remover).
Atribuir e remover pares de alelos
Clique duas
vezes num
par para
movê-los
para a área
de atribuição
final.
Selecione e
clique no
botão X para
remover um
par atribuído.
…ou clique no
botão de
atribuição aqui.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
98
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Atribuir manualmente um par de alelos
As atribuições manuais devem ser introduzidas no Campo de introdução manual, em formato de
nomenclatura de alelos padrão. Separe os alelos com um espaço.
1. Introduza uma atribuição no campo de
texto abaixo da área Assigned Allele Pairs
(Pares de alelos atribuídos).
Área de
atribuição
manual
2. Prima a tecla Enter
para apresentar o alelo
introduzido na lista Assigned Allele Pairs
(Pares de alelos atribuídos) acima.
Também poderá efetuar uma atribuição no campo de introdução manual selecionando um par de alelos
sugerido e clicando no botão Atribuir (V) para mover o par para o campo de entrada manual, premindo
em seguida a tecla Enter
.
Nota:
Se realçara mais do que um par de alelos na Lista de pares, apenas o primeiro realçado é
atribuído ao campo de entrada manual.
Separador Force (Forçar)
O separador Force (Forçar) apresenta uma lista de resultados de possíveis pares de alelos alternativos
para cada esfera se for permitida uma reação falsa adicional. Por outras palavras, quando existe um
resultado de correspondência total, o sistema avalia a amostra com uma reação falsa única.

Esta lista aplica-se apenas a uma (1) reação falsa forçada.

Todos os resultados estão agrupados por ordem das esferas e reações—a predefinição é indicar
as esferas por ordem ascendente, com as reações falsas negativas indicadas em primeiro.

Utilize esta ferramenta para atribuições de alelos homozigóticos ou raros.

As reações falsas são mostradas em barras azul claro no histograma no Quadrante 3 para
facilitar localizar e ver dados de esferas.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
99
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Clique num sinal de mais (+)
para apresentar as atribuições
de pares de alelos sugeridas
associadas com o tipo de esfera
e reação.
Clique para ordenar
por falso positivo ou
falso negativo
Clique num sinal de menos
(-) para reverter a
apresentação.
Clique aqui para abrir
todos os resultados
de pares de alelos
para todas as
esferas.
Clique neste botão para
copiar dados para a área de
transferência que poderão
ser colados numa folha de
cálculo Excel.
Os resultados são agrupados por tipo de esfera e reação, Falso Negativo (FN) ou Falso Positivo
(FP).
Poderá alterar a ordem clicando no botão Allele 1 (Alelo 1), Allele 2 (Alelo 2) ou FP/FN até os
resultados serem apresentados pela sua ordem de preferência.

Clique em qualquer sinal de mais (+) para apresentar as atribuições de pares de alelos
sugeridas associadas com o tipo de esfera e reação.
Clique no botão Expand All (Expandir todos) para abrir todos os resultados de pares de alelos para
todas as esferas em simultâneo.
Clique no botão Collapse All (Fechar todos) para fechar todos os resultados de todas as esferas em
simultâneo.

Clique em Copy Data (Copiar dados) para enviar uma cópia destes dados para a área de
transferência do sistema para que possa ser colada numa folha de cálculo Excel.
Separador Type/Subtype (Tipo/Sub-tipo)
O alelo 1
corresponde
ao resultado
do alelo 2
selecionado.
Quando um alelo do lado esquerdo da lista é
selecionado, o(s) alelo(s) correspondente(s)
é(são) realçado(s) no lado direito para mostrar
possíveis correspondências nos resultados.
Separador Type/Subtype (Tipo/Sub-tipo)
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
100
One Lambda, Inc.
Nota:
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
A colocação lado-a-lado das duas listas não se destina a sugerir nenhum emparelhamento
de alelos.
Separador Match (Correspondência)
O separador Match (Correspondência) apresenta o formato codificado dos pares de alelos reais da
amostra. Um par de reação correspondente é um par de alelos (ou grupo de alelos) com um padrão de
reação que apresenta uma correspondência total ao padrão de reação da amostra atual.

Este resultado difere dos resultados de Possible Allele Code
(Código de alelo possível). O Possible Allele Code (Código de
alelo possível) condensa os resultados num único código
sempre que possível.

Ao passar o cursor sobre um formato de alelo codificado,
é apresentada a definição do código respetivo.
Separador Match (Correspondência)
Separador Sero (Serologia)
O separador Sero (serologia) apresenta todos os dados equivalentes a serologia sugeridos para a amostra
com base nos pares de alelos possíveis.
Nota:
Certifique-se de que importou o ficheiro atual de equivalentes a serologia através do
menu Utilities (Acessórios). Se selecionou a caixa de verificação Computer Assigned
Serology (Serologia assistida por computador) para a configuração do produto LABType,
ajustar os valores de interrupção resulta automaticamente nas atribuições de serologia.
Só é possível efetuar uma atribuição de serologia de cada vez por locus para a amostra. Assim, uma
atribuição de serologia atual é substituída se atribuir outra diferente.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
101
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Equivalente
serológico
Pares de alelos
associados ao
equivalente
serológico
Botão para
atribuir
Atribuição
serológica
Separador de equivalentes serológicos sugeridos
1. No Quadrante 4, clique no separador Sero (Serologia) para apresentar os equivalentes
serológicos para a amostra atual no painel superior do separador, acima dos seus pares de alelos
associados.
2. Clique duas vezes num equivalente e clique no botão V (atribuir) para copiá-lo para o
campo Assigned Sero (Serologia atribuída).
3. Clique no botão X (remover) para eliminar uma atribuição serológica ou para selecionar e atribuir
uma equivalência diferente para substitui-la.
Nota:
Para definir resultados de serologia atribuídos automaticamente, selecione Computer
Assigned Serology (Serologia atribuída por computador) na página de configuração do
produto LABType.
Excluir sondas Exon 3 para um locus
Surge a caixa de verificação
DQB1 devido a sem solução
Se estiver a analisar amostras de um kit DPA/DPB ou DQA/DQB
contendo sondas Exon 3, algumas das amostras podem resultar em
reações falsas ou em sem solução. Isto deve-se as informações de
sequência limitada disponíveis para sondas Exon 3. Para tais
amostras, poderá escolher para analisar sem sondas Exon 3.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
102
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Conforme o exemplo mostra, se existir uma reação falsa ou nenhuma solução para amostras com estes
loci, é apresentada uma caixa de verificação para permitir excluir o Exon 3. A caixa de verificação apenas
surge com reações falsas.
Se excluir sondas Exon 3 para um locus, tem os seguintes resultados:

É incluído um comentário no campo System Comment (Comentários do sistema) (Excluir sondas
<loci> Exon 3).

Todas as sondas Exon 3 são apresentadas como barras cinzentas no perfil de reação
(Quadrante 3).

A caixa de verificação <loci> é apresentada com uma marca de verificação.
Nota:
Se o falso ou sem solução for corrigido efetuando ajustes de interrupção sem ter de
excluir as sondas Exon 3, a caixa de verificação desaparece. Todas as exclusões manuais
Exon 3 e/ou ajustes globais serão mantidas como estão, quer as sondas Exon 3 estejam
incluídas ou excluídas.
Atribuição de códigos de alelos
A atribuição de códigos de alelos é efetuada no painel mais à direita do Quadrante 4.

O campo Possible Allele Code (Código de alelo possível) apresenta os resultados codificados
possíveis para todos os resultados que correspondam totalmente à amostra.

O tipo de código utilizado depende da sua seleção quando configurou o Fusion para análise do
LABType ou para esta amostra - código NMDP (predefinido), código local (definido pelo
utilizador) ou sem código.

O resultado codificado possível é listado na secção superior do campo.

A definição do código é listada por baixo.

Se não existirem códigos para alelos sugeridos, então a sugestão é listada com XX, o que significa
que o código é indefinido.

Para múltiplas sugestões XX, cada sugestão distingue-se dos outros numerando como XX1,
XX2 e assim por diante.
Códgo de alelo
indefinido
Código de alelo indefinido

Os códigos de alelos apresentados no campo Possible Allele Code(Código de alelo possível)
são condensados pelo sistema com base nas sugestões da lista de pares de alelos possíveis
apresentadas no separador Pairs (Pares).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
103
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x

O código de alelo baseia-se no código NMDP atual ou no código local instalado no sistema.
Por defeito, o sistema atribui códigos NMDP aos alelos. Opcionalmente, pode alterar estes
códigos para No Code (Sem código), Local Code (Código local) ou Cross Code (Código
transversal).

No Solution (Sem solução) é a indicação listada se não
existirem resultados que correspondam às reações da
amostra dentro de um número de falsas reações permitidas.
Se a amostra não apresentar solução, aumente o número de
reações falsas no quadrante superior direito para um
resultado sugerido.
Atribuição de códigos de alelos

Clique duas vezes no código de alelo possível ou
selecione o código sugerido e clique no
botão V (atribuir).

Clique no botão X (remover) para remover uma
atribuição de código de alelo.
Atribuição manual de códigos de alelos
1. Introduza uma atribuição no campo de texto imediatamente abaixo de Assigned Allele Code
(Código de alelo atribuído). Certifique-se de que introduz a atribuição com o formato de código de
alelo correto:

O formato da nova nomenclatura: X*##:##(####) X*##:##(####), em que X=tipo de locus e #=
número de código).

O formato da nomenclatura anterior: X*#### X*####, em que X=tipo de locus e #= número
de código).
Caso contrário, o Fusion não o aceita e pede que efetue correções.
Nota:
Se clicar no botão Translate (Traduzir) para apresentar alelos no formato da nova
nomenclatura, não poderá introduzir manualmente um código de alelo, exceto se
reanalisar a amostra e os alelos voltarem a ser apresentados no formato da nomenclatura
anterior.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
104
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Prima a tecla Enter
para mover o código de alelo que introduziu no campo Assigned Allele Code
(Código de alelo atribuído).
Se tiver um resultado homozigótico, o código atribuído pode ser editado no campo Manual
Allele Code (Código de alelo manual) para mostrar uma vez os resultados com código
homozigótico.
Nota:
Códigos de alelos desconhecidos
Os códigos de alelos desconhecidos são assinalados com XX, seguido de um número sequencial.
Os números são reiniciados em 1 para cada amostra e locus. Se vir códigos desconhecidos, primeiro,
deve certificar-se de que importou o ficheiro de NMDP mais recente. Se tiver o ficheiro de código mais
recente e continuar a ver códigos XX, poderá armazenar estes desconhecidos para submissão posterior
ao NMDP num ficheiro “.txt” com o nome nmdp_code_report.txt,(armazenado por defeito em
C:\OLI Fusion\data\NMDPExport)mas a localização pode ser alterada modificando o caminho
em Utilities>URLs & Paths [Acessórios > URLs e caminhos)). As informações do código são
incluídas neste ficheiro de texto à medida que são adicionadas; as adições mais recentes encontram-se
no final.
1. No campo Possible Allele Code (Código de alelo possível),
clique no código XX para apresentar os botões do Relatório de
código NMDP (à direita do campo System Comment [Comentário
do sistema]).
Botões de relatório de código NMDP:
Clique no botão Atribuir (V) e escolha uma das seguintes opções:

Para enviar a informação de código desconhecida diretamente para NMDP, clique no botão
. Se estiver ligado à Internet, o Fusion irá abrir a página de Internet
+RPT
Bioinformatics.NMDP.Org.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
105
One Lambda, Inc.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Para utilização em diagnóstico in vitro
106
One Lambda, Inc.

Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Para adicionar as informações de código desconhecido a
um ficheiro de texto (por defeito, guardado em
C:\OLI Fusion\data\NMDPExport) clique com o botão
direito do rato no botão +Rpt e selecione Save in text
file (Guardar em ficheiro de texto).


Depois do código desconhecido ser guardado, o Fusion
apresenta uma mensagem de confirmação de que o ficheiro
de texto foi guardado.
Para adicionar as informações de código desconhecido a um ficheiro Excel (por defeito,
guardado em C:\OLI Fusion\data\export\NMDPExport), clique com o botão direito do rato
+Rpt e selecione Save in Excel File (Guardar em ficheiro Excel).
Depois do ficheiro de folha de cálculo ter sido guardado, o Fusion
apresenta uma mensagem de confirmação.
Quando terminar, clique no botão Close (Fechar) (à direita do botão +Rpt) para remover os botões do
visor.
Nota:
O botão +Rpt retém a última seleção que efetuou (direta, texto ou Excel) para que possa
ser utilizada como atalho. A menos que pretenda alterar a sua seleção, a próxima vez que
reportar o código XX basta clicar em +Rpt.
Outra atribuição
O campo Other Assignment (Outra atribuição) poderá ser utilizado para realizar uma atribuição
simples que não esteja limitada a qualquer formato. Além disso, pode realçar e adicionar as atribuições
de serologia, pares ou códigos de alelos ao campo para modificação.
Pode realizar outras atribuições de códigos segundo
uma de duas formas:

Introduza um par de alelos ou código de alelo
no campo Other Assignment (Outra
atribuição).

Clique no botão V (atribuir) e selecione uma de duas opções:
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
107
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
1. Para atribuir apenas o código de alelo possível, selecione Assign Possible Allele Code
(Atribuir código de alelo possível) para trazer o Código de alelo possível realçado para o
campo Other Assignment (Outra atribuição).
2. Selecione Assign All (Atribuir tudo) para inserir as atribuições de Código de alelo possível,
Serologia atribuída ou Pares de alelos atribuídos no campo Other Assignment (Outra
atribuição).
Também pode optar por modificar qualquer parte do código copiado.
Os alelos introduzidos são atribuídos e incluídos em relatórios que são executados e que incluem esta
amostra, mas as atribuições de alelos feitas desta forma não estão indicadas no campo de atribuição final
para esta amostra.
Reanalisar
Se tiver importado um novo código NMDP, código local ou ficheiro de equivalentes a serologia para o
sistema ou alterar o número de reações falsas permitidas para uma amostra sem solução, poderá
clicar o botão Reanalyze (Reanalisar) para analisar os dados utilizando o(s) novo(s) ficheiro(s) de
referência ou para refletir alterações de reação falsa.
Botão Reanalyze (Reanalisar)
Nota:
Esta reanálise substitui apenas os códigos NMDP, local ou serológicos com diferentes
definições de reações falsas. Todas as outras alterações de definições resultam
geralmente numa reanálise automática da amostra imediatamente seguindo a alteração
de definições.
Analisar sessões LABType combinadas
O HLA Fusion suporta uma função de análise combinada para ambas as sessões de análise LABType
e Micro SSP. Numa análise combinada, as reações de dois testes da mesma amostra são combinadas
numa única análise que poderá gerar um resultado de resolução superior. O teste anterior deverá ter
a mesma ID de amostra.
Nota:
Para combinar uma amostra LABType genérica ou HD com Exon 4-7, a combinação deverá
ser efetuada a partir do 4-7.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
108
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Na janela Window (Análise) clique no botão Analyze Combined
(Analisar combinado).
A janela de contexto seguinte apresenta uma lista de sessões anteriores que utilizaram a amostra atual e
partilham a mesma ID de amostra.
1. Selecione as sessões anteriores pretendidas ao selecionar a caixa de verificação Combine
(Combinar) associada.
2. Clique no botão Analyze
(Analisar) na parte inferior da janela de contexto.

A tabela de padrão de reação inclui dados de esferas para todos os testes de amostra. As listas
de ID de esfera desta tabela fornecem a indicação de que as sessões selecionadas foram
combinadas e reanalisadas.

Se combinar uma amostra no formato de nomenclatura anterior com uma amostra no
formato de nomenclatura mais recente, os pares de alelos e o código possíveis e atribuídos são
apresentados no novo formato. Se a amostra com o formato de nomenclatura anterior
contiver um alelo que não esteja incluído na nova nomenclatura, esse alelo mais antigo é
ignorado.
Para repetir a análise combinada, clique no botão Reanalyze Combine (Reanalisar combinado).

Se as datas de nomenclatura entre a atual e as que estão a ser combinadas com ela entrarem
em conflito, as sessões selecionadas são realçada(s) a vermelho.

Se clicar no botão Analyze (Analisar) e existir um conflito de datas de nomenclatura, é
apresentada uma mensagem de aviso que permite optar entre continuar e cancelar a análise
combinada. Se continuar, será utilizada a nomenclatura do teste de amostra selecionado para
combinar com o atual.
Adicionar comentários do utilizador às amostras
Os comentários que o utilizador ou o sistema Fusion adicionam no campo Comments
(Comentários) são apresentados com os resultados das amostras nas funções atuais de sessão de
análise, procura de dados e criação de relatórios no HLA Fusion. Estão separados em comentários do
utilizador e do sistema. Poderá apenas adicionar ou editar no campo de comentários do utilizador.
1. Na janela de análise, introduza os seus comentários da amostra no campo User Comment
(Comentário de utilizador) abaixo da área Assignments (Atribuições), (máximo de 255 carateres).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
109
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Para abrir a área de
comentários maior
Clique duas
vezes em
qualquer ponto
desta área…
Campo de comentários
Os comentários são guardados apenas depois de clicar nos botões Save
(Confirmar).
(Guardar) ou Confirm
Sinalizar uma amostra para testes adicionais
Pode indicar a necessidade de realizar testes adicionais numa amostra
selecionando a caixa de verificação More Test (Mais testes).
A indicação More Test (Mais testes) é apresentada nos resultados,
pesquisa de dados e relatórios para a amostra.
Atribuir resultados de códigos de serologia e alelo a um paciente
Nota:
Esta função está disponível apenas a supervisores do laboratório e para amostras
guardadas.
Esta caixa de verificação é apresentada a cinzento até a amostra ter sido guardada ou atribuída e
apenas poderá ser selecionada por quem tenha privilégios de supervisor do laboratório. Se
selecionada, os resultados de código de serologia e alelo são então adicionados ao registo do paciente.

Na janela de análise, assinale a
caixa de verificação Patient
Assign (Atribuir paciente) abaixo
da área Assignments
(Atribuições).

Clique em Confirm>> (Confirmar) para conservar esta definição.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
110
One Lambda, Inc.

Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Se atribuiu anteriormente resultados ao paciente, é apresentada uma mensagem a perguntar se
pretende ou não sobrepor a atribuição anterior.
O botão Print Screen (Imprimir ecrã) imprime a janela de análise atualmente apresentada.

Na janela de análise, clique no botão Print Screen (Imprimir ecrã)
do Fusion para imprimir o ecrã de análise atual.
na barra de ferramentas
Pré-visualizar ou imprimir relatórios
Para visualizar um relatório LABType para a amostra atual, utilize os botões Preview
Report (Pré-visualizar relatório) e/ou Print Report (Imprimir relatório) na barra de ferramentas.
Na janela de análise, clique no botão Preview Report (Pré-visualizar relatório)
ou Print
Report (Imprimir relatório)
para apresentar uma lista dos relatórios que pode pré-visualizar ou
imprimir para a amostra atual.
Ou passe com o ponteiro do rato sobre o botão Print
(Imprimir) para ver uma lista de relatórios disponíveis.
Nota:
Se selecionar Molecular Custom (Relatório molecular personalizado), não é possível criar
um novo relatório personalizado nesse momento. Os únicos relatórios de personalização
disponíveis na janela de análise são os que possam ter sido anteriormente criados através
da janela Reports (Relatórios).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
111
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Atribuir resultados codificados
Utilize o botão Assign (Atribuir) para atribuir e guardar todos os resultados codificados possíveis não
ambíguos (os resultados para os quais existe apenas um resultado codificado). Para a atribuição de pares
serológicos ou de alelos ou quando pretender escolher no caso de resultados ambíguos, terá de movê-los
(Guardar).
manualmente para Assigned (Atribuído) e clicar no botão Save
Traduzir (apenas para formato de nomenclatura não atual)
O botão Translate (Traduzir)
é apresentado apenas se o formato de alelos da amostra
estiver com uma nomenclatura mais antiga. Clicar no botão Translate (Traduzir) tem os seguintes
efeitos:

Traduz e apresenta todos os códigos/pares de alelos/haplo atribuídos (exceto os do campo
Other Assignment [Outra atribuição]) e possíveis no formato de nomenclatura mais recente.

Se não for possível encontrar um alelo correspondente no novo formato, o alelo continua a ser
apresentado no formato antigo.

Pode visualizar e imprimir esta visualização, mas os resultados não podem ser guardados ou
incluídos em relatórios.

Para voltar ao formato de alelos antigo, pode navegar para outra amostra e voltar em seguida
a esta amostra.
Guardar atribuições
Nota:
Certifique-se de que efetuou as atribuições antes de guardar.
Os técnicos e supervisores de laboratório podem guardar resultados de análises para rever e aprovar
posteriormente. As amostras guardadas estão disponíveis para confirmação apenas por parte de um
supervisor de laboratório.

(Guardar) (localizado no canto inferior
Na janela de análise, clique no botão Save
direito da janela de análise) para guardar os resultados da análise para todas as especificidades
listadas atualmente na caixa de resultados Final Assignments (Atribuições finais).

O botão Save>> (Guardar) não atribui resultados; simplesmente guarda os resultados e
comentários da amostra.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
112
One Lambda, Inc.
Nota:
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Se forem adicionados comentários, a amostra terá de ser guardada para que os
comentários também sejam guardados.

Depois de guardar, o Fusion passa automaticamente para a amostra seguinte.

Para fins de confirmação, um Supervisor tem de aceder à amostra para a qual guardou as
designações. Pode voltar à amostra em qualquer altura antes da confirmação.

Se for necessário efetuar alterações, clique no botão Reanalyze
seguida, clique novamente no botão Save (Guardar).
(Reanalisar) e, em
Confirmar atribuições
Os supervisores de laboratório podem confirmar os resultados das análises. Quando eles o fazem, as
amostras são assinaladas como Approved (Aprovado). O botão Confirm (Confirmar) é apresentado a
roxo Quando visualiza uma amostra confirmada.

Na janela de análise, clique no botão Confirm
(Confirmar), localizado no canto
inferior direito da janela, para confirmar todos os resultados das análises que foram
guardados na caixa de resultados Final Assignments (Atribuições finais).

Passa automaticamente para a amostra seguinte para continuar a confirmar os resultados.

Quando regressa pela primeira vez a uma amostra confirmada, verá que o botão Confirm
(Confirmar) está agora sombreado a roxo para informar que foi confirmada
anteriormente.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
113
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Opções do menu do botão direito do rato do Navigator
(Navegador) para LABType
Opções ao nível da sessão
Existem três opções de menu que são apresentadas se clicar com o botão direito do rato numa sessão
ativa no Navigator (Navegador) (selecione primeiro a sessão clicando com o botão esquerdo do rato):
Opções do menu do Navigator (Navegador) ao nível da sessão
Criar o CQ Lab
Permite guardar o ficheiro de catálogo e os parâmetros de CQ da sessão selecionada como painel Lab QC
(CQ lab).

Este CQ local é configurado de forma semelhante a um ficheiro de catálogo onde o utilizador
pode, ao iniciar uma nova análise, selecionar o CQ local da lista de catálogos. As informações
de CQ local são então utilizadas na sessão de análise em vez do CQ One Lambda.

Quando selecionado, é apresentada uma caixa de diálogo solicitando que atribua um nome ao
novo CQ laboratorial (nome predefinido = [ID de catálogo atual]_LAB).
Caixa de diálogo Create new QC Session
(Criar nova caixa de diálogo de sessão de CQ)
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
114
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Depois de aceitar ou de introduzir o nome, clique no botão Create
(Criar).

O sistema guarda em seguida a sessão atual como CQ local utilizando o nome selecionado
incluído com um carimbo de data e hora (formato: aaaammddhhmmss).

Para novas sessões, este CQ local está disponível para seleção na lista pendente de ficheiros de
catálogo ao importar sessões LABType.

Este CQ também está indicado na lista pendente View QC (Ver CQ) através do menu de
configuração de amostras LABType quando abre uma nova sessão de análise.
CQ local depois de ser selecionado em View Lab QC (Ver CQ laboratorial)
Revisão de sessão
Esta opção obtida clicando o botão direito do rato fornece vários
sub-menus (critérios de filtros) que permitem rever as amostras
numa sessão de acordo com o tipo de resultados obtidos:

Review All (Rever todas) (predefinição) - todas as
amostras estão indicadas e disponíveis para análise.

Single Pair (Par único) - apenas são indicadas amostras
com resultados não ambíguos (amostras apresentadas com
marcadores quadrados vermelhos no gráfico de Resumo de
resultados no separador Summary [Resumo]).

Multiple Pairs (Pares múltiplos) - apenas são indicadas amostras com resultados ambíguos
(amostras apresentadas com marcadores quadrados laranja no gráfico de Resumo de resultados
no separador Summary [Resumo]).

Not Analyzed (Não analisadas) – quando selecionado, o Navigator (Navegador) apresentará
apenas essas amostras ou sessões que tenham sido importadas mas que ainda não foram
analisadas. Estas sessões surgirão a azul.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
115
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Miss (Perda) - apenas são indicadas amostras sem solução (amostras apresentadas com marcadores
quadrados cinzentos no gráfico de Resumo de resultados no separador Summary [Resumo]) de sessão.

False Reaction (Reação falsa) - apenas são indicadas amostras com reações falsas (amostras
apresentadas com marcadores quadrados cor-de-rosa no gráfico de Resumo de resultados no
separador Summary [Resumo]) de sessão.
As amostras na sessão onde clicou com o botão direito do rato são filtradas com base na opção de
sub-menu que selecionou. Os critérios de filtro são então carregados na lista de navegação de lote.
O Fusion leva-o em seguida para a janela de análise onde as amostras são apresentadas pela ordem
da lista de navegação de lote.
Reanalisar com nova nomenclatura
Permite reanalisar a sessão utilizando um ficheiro de catálogo novo ou atualizado.
1. Modificar ou alterar o nome da Old Session ID (ID de sessão antiga) dando-lhe uma
New Session ID (ID de nova sessão).
2. Clique na seta pendente no campo e New Catalog ID (ID de novo catálogo) e selecione um
novo ficheiro de catálogo da lista.
3. Clique no botão Analysis (Análise). A sessão na qual clicou com o botão direito do rato é agora
reanalisada utilizando o ficheiro de catálogo que selecionou.
Opções ao nível da amostra
Existem duas opções de menu que são apresentadas se clicar com o
botão direito do rato numa amostra ativa no Navigator (Navegador)
(selecione primeiro a sessão clicando com o botão esquerdo do
rato): Related Records (Registos relacionados) e Side-By-Side
Analysis (Análise lado a lado).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
116
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Related Records (Registos relacionados)
Um registo relacionado é um registo que está associado à amostra atual através da ID de paciente ou
da ID de amostra.
Nota:
Esta opção também está disponível ao utilizar o botão Related Records
relacionados) da barra de ferramentas.
(Registos
Selecione esta opção do menu para carregar todos os registos relacionados com a amostra atual na lista
pendente Sample (Amostra).
Lista pendente de amostras para os registos relacionados

Utilize as setas de navegação da amostra para apresentar a análise de cada registo relacionado um
por um.

Para voltar a visualizar as amostras na sessão atual, clique na ligação <<Summary (<<Resumo)
na parte superior da janela.
Side By Side Analysis (Análise lado a lado)
Utilize esta opção para comparar a análise da amostra atual com a anteriormente realizada.
Nota:
Esta opção também está disponível ao utilizar o botão Side By Side Analysis
lado a lado) da barra de ferramentas.
(Análise
A análise de amostra atual apresentada no ecrã
tem um fundo castanho-claro.
Opção do menu Side-by-Side Analysis (Análise lado a lado)
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
117
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Selecione uma análise de amostra anterior na lista apresentada para a comparar com a atual.
1. Clique no botão OK para apresentar as duas janelas de análise numa janela de comparação.
Dia/hora
anterior
Análise
anterior
Exemplo de janelas de análise lado a lado
Cada janela pode ser redimensionada e movida arrastando e largando.
1. Clique no botão Side-By-Side Analysis
cancelar a apresentação da comparação.
(Análise lado a lado) da barra de ferramentas para
O Explorador do Fusion
Pode remover o Explorador do Fusion que se encontra
do lado esquerdo do ecrã (também conhecido como o
painel de página inicial) para aumentar a área de ecrã
disponível para análise ou por uma questão de
preferência pessoal.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
118
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Para remover temporariamente o Explorador do Fusion, proceda da seguinte forma:
1. Clique com o botão direito do rato na caixa azul-escura na parte superior do Explorador do
Fusion (se estiver cinzenta, clique para mudar para a cor azul).
2. Clique em Hide (Ocultar) e o Explorador do Fusion desaparece.
Para repor o Explorador do Fusion, clique no ícone Home
(Início) na barra de ferramentas.
Para pousar temporariamente o Explorador do Fusion sobre uma janela de análise, proceda da
seguinte forma:
1. Clique com o botão direito do rato na caixa azul-escura na parte superior do Explorador do
Fusion.
2. Selecione Floating (Flutuante) no menu pendente e o Explorador do Fusion desencaixa-se.
Clique com o botão esquerdo do rato na área azul-escura para reposicionar o Explorador do
Fusion.
a. Pode posicionar o Explorador do Fusion em qualquer ponto sobre a janela de análise.
b. Em alternativa, utilize o rato para clicar, arrastar e largar o Explorador do Fusion na
parte superior, inferior ou numa das partes laterais do ecrã principal para o encaixar
numa nova localização.
Para repor o Explorador do Fusion na sua localização predefinida, clique, arraste e largue o
Explorador no extremo esquerdo do ecrã principal.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
119
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Análise Micro SSP
Os tabuleiros de tipologia do Micro SSP™ HLA utilizam a tecnologia de primer específico da
sequência. Estes tabuleiros estão disponíveis no formato de 96 poços. Os resultados da análise
baseiam-se nas especificações do catálogo, no código NMDP e nas referências de equivalentes a
serologia que pode importar através do software Fusion.
O software sugere as atribuições de pares de alelos, mas a atribuição final tem de ser realizada pelo
utilizador. Os resultados podem ser guardados na base de dados para revisão posterior por técnicos
de laboratório e para aprovação final pelos supervisores do laboratório.
Existem alguns pontos que devem ser concluídos ou verificados antes de iniciar uma sessão de análise:

Certifique-se de que possui os ficheiros de catálogo mais recentes, bem como o código NMDP,
o código local (se utilizado) ou os ficheiros de referência de equivalentes a serologia antes da
análise. Poderá transferir ou atualizar catálogos na página inicial do Micro SSP.

Visualize e modifique as definições globais de configuração do produto antes de iniciar a
análise. As definições globais são apresentadas e podem ser modificadas na página inicial do
Micro SSP. As definições globais aplicam-se a todas as sessões recém-importadas.

A predefinição do HLA Fusion é passar automaticamente para a amostra seguinte depois de
guardar ou confirmar uma amostra. Se preferir continuar numa amostra, proceda à alteração na
secção General Configurations (Configurações gerais) da página inicial do Explorador do Fusion.
Nota:
Algumas das tarefas acima requerem privilégios de utilizador supervisor. Poderá ter de
verificar junto do seu supervisor se estas tarefas foram concluídas.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
120
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Iniciar a análise Micro SSP
1. Clique no botão Micro SSP
no painel da página inicial, no ícone Micro SSP
da barra de ferramentas do Fusion ou selecione Analyze Data > Micro SSP (Analisar dados >
Micro SSP).
É apresentada a página inicial do Micro SSP.
Clique para abrir o ecrã Catalog Management (Gestão de catálogos).
Clique para abrir o
ecrã Update
Reference Files
(Atualizar ficheiros
de referência).
Clique para abrir o
ecrã Available
Referência Updates
(Atualizações de
referência
disponíveis).
(os catálogos apresentam
datas de nomenclaturas e
notas de revisão)
Clique para editar as
definições globais do
LABScreen.
Clique em qualquer
ligação para
apresentar o catálogo
selecionado, ficha de
trabalho selecionado
ou documentos de
sonda/sonda/primer.
Nota:
Abra as fichas de trabalho e as fichas de sonda/primer para verificar a exatidão dos
números de revisão (estes documentos não contêm um número de revisão no respetivo
nome de ficheiro).
1. Comece por clicar no botão Batch Entry (Introdução de lote) no
canto superior esquerdo do ecrã.
Coloque uma marca de verificaçãojunto a Include Imported
(Incluir importados) se também pretender incluir lotes anteriormente
importados.
É apresentada a janela Batch Entry (Introdução de lote).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
121
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Selecione o locus para filtrar
a lista de catálogos
Campo Sample Name
(Nome da amostra)
Procura ficheiros
CSV do Micro SSP
Inicia um novo lote
Campo Patient ID
(ID de paciente)
Guarda as informações
do lote atual
Acede ao ecrã
de análise
O sistema atribui um Batch Name (Nome do lote) automaticamente. Opcionalmente, pode alterar o nome.
Nota:
Um lote deve ser exclusivo na base de dados do Fusion para cada tipo de produto. Se já
existir, o software pede-lhe que altere o nome do lote. Recomenda-se vivamente que não
utilize caracteres especiais neste campo, uma vez que podem desempenhar uma função
específica enquanto separadores de campo.
2. Utilize o botão de procura (...) na parte inferior da janela para procurar e importar um ou mais
ficheiros .csv do Micro SSP ou siga os passos abaixo.
3. Utilize o menu pendente no campo Locus Filter (Filtro de locus) para selecionar um locus como
filtro da listagem de catálogos. Esta ação limitará a lista de catálogos no campo seguinte a apenas
os catálogos que incluam o locus selecionado.
4. Utilize o menu pendente no campo Catalog (Catálogo) para selecionar um ficheiro de catálogo.
Nota:
Se necessitar de importar mais catálogos, clique na ligação Download (Transferir) a
página inicial do Micro SSP para obter instruções sobre como adicionar novos ficheiros de
catálogo à base de dados.
A lista pendente de catálogos pode não ser imediatamente atualizada se tiver transferido
os catálogos durante esta sessão de importação. Pode ser necessário clicar no botão Home
(Início) e, em seguida, clicar novamente no botão Micro SSP para voltar ao processo de
importação.
5. Aceite o nome da sessão no campo Session (Sessão) ou modifique-o.
6. Introduza um nome no campo Sample Name (Nome da amostra). Se se tratar de um nome de
amostra existente, outros campos, como Patient ID (ID de paciente) e Ethnicity (Etnia), são
preenchidos com os dados existentes. Também pode clicar duas vezes no campo Sample Name
(Nome da amostra) para apresentar a janela Select Sample (Selecionar amostra), na qual pode
selecionar uma amostra.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
122
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
7. Clique na seta pendente no campo Sample Date (Data de amostra) e selecione uma data.
É apresentada a janela de análise para esta sessão.
8. Introduza uma ID no campo Patient ID (ID de paciente). Se se tratar de uma ID de
paciente/dador existente, outros campos, como First Name (Primeiro nome), Last Name (Último
nome) e Ethnicity (Etnia), são preenchidos com os dados existentes. Também pode clicar duas
vezes no campo Patient ID (ID de paciente) para apresentar a janela Select Patient (Selecionar
paciente), na qual pode procurar e selecionar uma ID de paciente.
Se ainda não tiverem sido preenchidos, pode introduzir um nome para o paciente ou dador nos
campos First Name (Primeiro nome) e Last Name (Último nome).
9. Se ainda não tiver sido preenchida, clique na seta pendente no campo Ethnicity (Etnia) para
selecionar a etnia do paciente/dador.
10. Se ainda não tiver sido preenchida, clique na seta pendente no campo Patient/Donor
(Paciente/Dador) para selecionar a opção paciente, dador ou ambos.
11. Se pretender associar uma imagem de gel à amostra, clique duas vezes no campo Gel Image
(Imagem de gel) e procure a localização da imagem que pretende adicionar à amostra.
Nota:
O Fusion suporta os formatos de imagem BMP, JPG, BMP e TIF. No entanto, determinadas
versões do formato TIF podem não ser suportadas pela versão do Windows utilizada no
computador.
Navegador de seleção de imagem de gel

Repita os passos acima até preencher as informações do lote ou até pretender guardar para
concluir o lote mais tarde. Cada sessão de lote Micro SSP pode consistir em tantas amostras
quantas pretenda analisar com informações de catálogo idênticas ou diferentes.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
123
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Realize uma das seguintes ações quando estiver pronto para parar de criar o lote:
(Seguinte >) para abrir a janela de análise Micro SSP.

Clique no botão Next >

Clique no botão Save
mais tarde.

Clique em New Batch (Novo lote) para iniciar a criação de um novo lote.

Clique em Close
(Guardar) para guardar as informações do lote atual e voltar
(Fechar) para sair da janela Batch Entry (Introdução de lote).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
124
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Configurar a análise de dados Micro SSP
As predefinições globais das configurações do produto Micro SSP podem ser definidas em dois locais:

A página inicial do Micro SSP

O menu Utilities (Acessórios) no ecrã inicial do HLA Fusion.
Além disso, as configurações também podem ser definidas dentro da janela de análise para a
amostra Micro SSP atual ao clicar com o botão direito do rato em qualquer ponto da janela de
análise para visualizar uma lista de contexto das opções de configuração.
Depois de iniciada uma análise, é necessário clicar com o botão direito do rato na área imediatamente
à direita do botão Find Allele
(Localizar alelo) para abrir o menu de configuração do Micro
SSP.
Menu de configuração do nível de amostra do Micro SSP
Atribuir código
Por defeito, o sistema atribui códigos NMDP aos alelos. No entanto, o utilizador pode alterar estes
códigos para uma das seguintes opções:

No Code (Sem código) - Os pares de alelos resultantes, combinados numa cadeia sem
código formatado, são simplesmente condensados sem aplicar um formato codificado.

P Grouping (Agrupamento P) - Codifica as cadeias de alelos no agrupamento P conforme
publicado pela IMGT.

G Grouping (Agrupamento G) - Codifica as cadeias de alelos no agrupamento G conforme
publicado pela IMGT.

Local Code (Código local) - Atribui definições de códigos definidas pelo utilizador
(código utilizado pelo seu laboratório) para os resultados de códigos sugeridos.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
125
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x

Cross Code (Código transversal) - Permite combinações de alelos transversais aos grupos
serológicos (por ex.,EAPW = DRB1*04:01/33/35/38/72/76). Por defeito, a codificação
transversal está desativada, pelo que os pares de alelos são condensados apenas dentro dos
mesmos grupos de alelos.

Bw4/Bw6 em serologia
Bw4/Bw6 em serologia
A serologia identificou vários pares de alelos HLA-B que parecem diferir
apenas na região Bw4/Bw6 - os dois epítopos serológicos mutuamente
exclusivos.
Se selecionar esta opção, Bw4/Bw6 é adicionado aos resultados de
serologia.
Dados demográficos
A opção Demographic Information (Dados
demográficos) permite organizar os alelos com base na
sua frequência.
Com base na seleção demográfica efetuada, o HLA Fusion apresenta um máximo de três grupos na
lista de pares de alelos:

Grupo 1: Frequente em ambos os alelos

Grupo 2: Frequente apenas num ou no outro alelo

Grupo 3: Frequente em nenhum dos alelos
Se a opção Demographic Information (Dados demográficos) não estiver ativa, é necessário importar um
ficheiro de introdução da frequência dos alelos.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
126
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Utilizar a janela de análise Micro SSP
A janela de análise apresenta informações de análise detalhadas para cada amostra na sessão. Pode
rever, modificar e aceitar as atribuições de alelos sugeridas pelo programa.
O HLA Fusion sugere resultados de tipologia possíveis, mas cabe-lhe a si realizar a atribuição final.
Quaisquer ajustes efetuados na janela de análise são específicos da amostra e afetam apenas a amostra
atual.
Na janela de análise, pode fazer o seguinte:

Utilizar o painel de gel de teste para alterar as reações e as posições das linhas de amostra.

Alterar o número permitido de falsas reações.

Forçar uma reação falsa.

Visualizar e imprimir resultados de análise de amostras.

Adicionar comentários e marcar para mais testes.
Pode voltar a um resumo da sessão a partir da janela de análise em qualquer altura clicando na
ligação <<Summary (<<Resumo) na barra de ferramentas do HLA Fusion junto a Sample ID (ID de
amostra).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
127
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Ecrã de análise MicroSSP
Os cromogénio
reação de
reação.
Tabelas de
introdução
e análise
Agrupa e
condensa
pares com o
mesmo
cromogénio
reação.
Apresenta
os pares
relacionados
Clique aqui
para ver ou
adicionar
uma imagem
de gel.
A área de
final
Coloque uma marca de verificação
aqui para indicar a necessidade de
realizar mais testes.
Uma marca de verificação aqui
atribui os resultados da análise
ao paciente.
Painel de gel de teste
O painel do lado esquerdo da janela apresenta cada poço do
teste nas linhas destinadas a duplicar o gel de teste. Cada poço é
apresentado com um botão de reação.
Se clicar ou introduzir através do teclado, pode modificar a
reação para o poço selecionado dentro das seguintes definições:

8 = reação positiva

1 = reação negativa

0= sem amplificação nítida (os poços com um 0
serão excluídos da análise)
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
128
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Se clicar com o botão direito do rato na área preta do painel de gel de teste, pode
selecionar uma ordem diferente para as reações ao clicar num poço: 0->1->8 ou 8->1->0,
etc.
Nota:

Depois de analisar um tabuleiro, não é possível
adicionar mais informações da amostra a esse
tabuleiro.

Se a amostra não tiver sido analisada, o botão no
extremo direito da parte inferior deste painel estará
identificado como Analyze (Analisar). Se já existir
uma análise para a amostra, o botão estará
identificado como Re-Analyze (Reanalisar).

Este botão é ativado apenas quando tiver sido introduzida uma ID de amostra. Se não
tiver sido introduzida uma ID de amostra ao clicar neste botão, a ID de amostra é
sinalizada com um "!" como estando vazia e não é realizada qualquer análise.

Se a reação de outro poço além do primeiro (1H) for definida como zero (0), é
apresentada uma mensagem que lhe permite ver informações sobre a reação sugeridas
pelo sistema para o ajudar a decidir se pretende analisar o poço não amplificado com uma
classificação positiva ou negativa. Se mais do que um poço for definido como zero, a
mensagem não é apresentada, mas as informações sobre a reação sugeridas podem ainda
assim ser visualizadas.
Para ver as reações possíveis caso o poço tenha sido positivo ou negativo, clique em Yes (Sim)
e percorra a lista Possible Allele Pairs (Possíveis pares de alelos) até aos cabeçalhos Neg
Reaction (Reação negativa) e Pos Reaction (Reação positiva). Se não for possível sugerir
nenhum dos tipos de resultado, o cabeçalho é No Solution (Sem solução) e não será seguido de
resultados.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
129
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Resultados possíveis para
um poço não amplificado
Cabeçalhos a
procurar ao
visualizar
resultados
possíveis de poços
não amplificados.
Visualizar os detalhes do poço
Pode visualizar detalhes exaustivos sobre a amostra atual ao passar o cursor sobre um poço na área
geral de gel de teste da janela de análise.
Visualizar os detalhes do poço (com o cursor do rato sobre um poço)
Trabalhar com imagens de gel

Se tiver uma imagem de gel já associada à amostra atual, pode visualizá-la ou
desassociá-la.
OU

Pode procurar e associar outra imagem
de gel à amostra atual.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
130
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Eis como pode associar uma imagem de gel à amostra atual:
1. Clique no botão View Gel
(Ver gel) no
canto inferior esquerdo do ecrã de imagens de
gel. Se não estiver atualmente associada qualquer
imagem a esta amostra, verá a seguinte
mensagem:
2. Clique no botão Yes (Sim) e o Fusion abre o ecrã
Select Gel Image (Selecionar imagem de gel).
3. Procure uma nova imagem de gel e clique no
(Abrir).
botão Open
4. O Fusion abre a janela Gel Image (Imagem de gel) e apresenta a imagem de gel que
selecionou. Se necessário, a janela pode ser redimensionada.
Se pretender associar esta imagem a esta amostra, clique no botão Link Image
imagem).
(Associar
Visualizador Gel Image (Imagens de gel)



Para ampliar (mais zoom), clique no
botão .
Para reduzir (menos zoom), clique no
botão .
Para rodar a imagem, clique no botão
Rotate
(Excluir antigénio).
-
Clique para
fechar o
visualizador
de gel
Mais zoom Menos zoom Clique para rodar Para associar a imagem
à amostra atual
a imagem de gel
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
131
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Para desassociar uma imagem já associada à amostra atual:
(Ver gel).
1. Clique no botão View Gel
2. Quando a imagem for apresentada no visualizador Gel Image (Imagem de gel), clique no
botão Unlink
(Desassociar).
Adicionar amostras
Existem dois métodos para adicionar e analisar amostras numa sessão:
1. Clique no botão Add New Sample
(Adicionar nova amostra).
2. Introduza uma nova ID de amostra ou Nome
de amostra no campo Sample ID (ID de
amostra) (acima da imagem de gel).
3. Selecione a Sample Date (Data de amostra)
clicando na seta para baixono campo
Date (Data) à direita do campo Sample ID
(ID de amostra).
4. Em seguida, clique no botão Analyze
(Analisar).
OU
Eis um método alternativo para adicionar amostras existentes para análise no Micro SSP:
1. Clique no botão Sample Selection (Seleção de amostra) à direita do campo Sample ID
(ID de amostra).
Selecione uma amostra existente na lista Available Samples
(Amostras disponíveis).
Pode utilizar a caixa de texto
na parte superior como
ferramenta de pesquisa.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
132
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
2. Clique no botão OK na parte inferior desta janela para mover a amostra na lista Available
Samples (Amostras disponíveis) para a caixa de texto Sample ID (ID de amostra) acima do
visualizador de imagens de gel. Pode utilizar o Nome de amostra existente ou criar um novo.
3. Selecione/crie uma Sample Date (Data de amostra).
4. Clique no botão Analyze
(Analisar).
View Gel (Ver gel)
Na janela de análise de serologia, pode visualizar o gel para a amostra atual. Esta ferramenta localiza o
ficheiro de gel (formato JPEG) associado ao ficheiro de dados CSV e apresenta-o na janela de análise.
1. Clique no botão View Gel (Ver gel). É apresentada uma imagem do gel para a amostra atual
numa nova janela.
2. Clique no botão Close (Fechar) ou em X para fechar o gel.
Modificar a posição de início da sessão
Para tabuleiros multi-teste, pode ignorar posições do tabuleiro de forma a corresponder às suas
fotografias de gel ao clicar no botão Add New Sample (Adicionar nova amostra) até ser
apresentada a posição correta para o início do teste.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
133
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Separador Rxn (Reação)
A tabela de padrões de reação apresenta as reações positivas para cada poço ou esfera se estiverem
combinadas com LABType (eixo x) versus cada alelo (eixo y) definido no catálogo atual.

A Tabela de padrões de reação é apresentada no painel direito da janela de análise Micro SSP.
Procura por alelo
Clique duas vezes em qualquer ponto
desta área para expandir a tabela até
metade da janela de análise.
O botão Max
(Máx.) expande
a tabela de
reações.
Clique para
ordenar a
tabela pelas
registo
reservatório
selecionado.
Procura por
cromogénio
reação
IDs das esferas para testes LabType
utilizados em análise combinada com a
amostra MicroSSP atual.
Configuração predefinida:

Os poços (esferas se se tratar de uma análise combinada com LABType) são ordenados por
reação da amostra.

A ID do poço depende da linha e localização da amostra no painel de gel de teste.

A amostra atual é apresentada com texto a azul, imediatamente abaixo da linha de loci
cruzados.

Os alelos positivos são listados abaixo da linha de amostras e realçados a amarelo.

Os poços de loci cruzados estão identificados com o símbolo de cardinal (#).

A cor salmão indica um falso positivo. A cor verde indica um falso negativo.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
134
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x

As reações positivas são apresentadas como um “X” na tabela (azul para a amostra
atual e preto para as restantes). PC, NC e as esferas excluídas são apresentados
como “0” na tabela.

Se pretender expandir a tabela para o tamanho de janela inteira, clique no botão
. Para voltar a minimizar, clique no botão
.

Clique duas vezes na área imediatamente acima da tabela, entre os botões Find
Allele (Localizar alelo) e Max (Máx.), para expandir a tabela até metade da janela
de análise. Para repor o tamanho original da tabela, clique novamente duas vezes
na mesma área.

Introduza um alelo no campo e clique no botão Find Allele (Localizar alelo) para
apresentar o alelo e o respetivo padrão de reação na primeira linha. Clique duas
vezes no nome de um alelo para o colocar no cimo da tabela. Pode colocar a
totalidade de um determinado grupo de alelos no cimo introduzindo um grupo de
alelos (por ex., DRB1*07).

Clique no cabeçalho da linha em branco à esquerda do nome do alelo ou da reação
da amostra para mover todas as esferas com essa reação para a esquerda. Clique
no botão Rxn Reset (Repor reação) (acima do botão Max [Máx.]) para repor a
configuração original da tabela.

Ao clicar num cabeçalho de coluna, a tabela é ordenada pelos critérios de reação
desse poço ou esfera (se combinada com LABType). O primeiro clique ordena por
ordem ascendente, de cima para baixo. O segundo clique ordena por ordem
descendente.

Se utilizar o botão Analyze Combined (Analisar combinado) na janela de análise
para analisar um teste LABType e um teste Micro SSP, as IDs das esferas do teste
LABType são apresentadas na linha de IDs dos poços na tabela Rxn (Reação). Estas
são reconhecidas pela ID de esfera seguida de um underscore e um 0.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
135
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Número de reações falsas permitidas
Se o HLA Fusion não conseguir determinar quaisquer resultados que correspondam exatamente ao
padrão de reação introduzido, analisa a reação pressupondo que existe uma reação falsa na amostra.
Se continuar a não ser possível encontrar uma solução, o sistema continua a procurar nas reações
falsas adicionais até atingir o número de reações falsas permitidas ou encontrar uma solução.
A definição de reação falsa permite definir o número de reações falsas permitidas:
Definição mínima = 0
Definição máxima = 4

Nota:
No campo # False Rxn (N.º reações falsas), clique
na seta para cima ou para baixo para alterar o
número de reações falsas permitidas.
Independentemente do máximo de reações falsas aqui definido, a análise de amostras
para na primeira reação falsa encontrada.
Forçar uma reação falsa
Quando uma amostra tem um resultado sem reações falsas (resultado de correspondência exata),
a função Force 1 (Forçar 1) obriga o HLA Fusion a reanalisar a reação de forma a permitir uma
possível reação falsa em qualquer poço. Esta função é utilizada para procurar resultados que possam
ser alterados por uma reação adicional.
1. Na janela de análise, clique no botão Force 1 (Forçar 1) para obrigar o programa a analisar a
amostra com uma reação falsa.
Clique no botão Reanalyze
(Reanalisar) para repor os resultados originais da análise.
Clique no botão Rxn Reset (Repor reação) para repor as predefinições da tabela de padrões de reação.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
136
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Análise Micro SSP combinada
O software HLA Fusion suporta uma função de análise combinada. Numa análise combinada, as
reações de dois testes da mesma amostra são combinadas numa única análise. O teste anterior deve
ter a mesma ID de amostra ou estar associado à mesma ID de paciente.
Para combinar os resultados de uma amostra, é necessário iniciar ou continuar um teste Micro SSP
específico do alelo e ter uma sessão Micro SSP ou LABType anteriormente guardada para realizar a
combinação. Depois de combinar as sessões, são apresentadas as atribuições de tipologia possíveis e a
tabela de padrões de reação altera-se de forma a refletir o padrão de reação de ambos os testes.
1. Na janela de análise, clique no botão Analyze Combined (Analisar combinado) abaixo da
tabela de padrões de reação. A janela Combined Analysis (Análise combinada) apresenta
uma lista das sessões anteriores que utilizaram a amostra atual e partilham a mesma ID de
amostra.
Selecione as sessões anteriores pretendidas ao selecionar as caixas de verificação Combine (Combinar)
no extremo esquerdo.
Clique no botão Analyze
Nota:
(Analisar) na parte inferior da janela de contexto.
Se combinar uma amostra no formato de nomenclatura anterior com uma amostra no
formato de nomenclatura mais recente, os pares de alelos e o código possíveis e
atribuídos serão apresentados no novo formato. Se a amostra com o formato de
nomenclatura anterior contiver um alelo que não esteja incluído na nova nomenclatura,
esse alelo mais antigo é ignorado.
Para repetir a análise combinada, clique no botão Reanalyze Combined (Reanalisar combinado).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
137
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x

Se as datas de nomenclatura entre a atual e as que estão a ser combinadas com ela entrarem
em conflito, as sessões selecionadas são realçadas a vermelho.

(Analisar) e existir um conflito de datas de nomenclatura,
Se clicar no botão Analyze
é apresentada uma mensagem de aviso que permite optar entre continuar e cancelar a análise
combinada. Se continuar, será utilizada a nomenclatura do teste de amostra selecionado para
combinar com o atual.
Nota:
Observe que o botão Analyze Combined (Analisar combinado) na janela de análises muda
para o botão Reanalyze Combined (Reanalisar combinado). Trata-se de uma indicação de
que as sessões selecionadas foram combinadas.Se as sessões estiverem combinadas,
é adicionada uma nota à caixa de comentários do sistema.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
138
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Realizar atribuições de tipologia na análise Micro SSP
O HLA Fusion permite atribuições de pares de alelos e codificações sugeridas pelo computador.
As atribuições de tipologia finais só podem ser realizadas por si ou pelo seu supervisor.
Na janela de análise, pode fazer o seguinte:

Alternar entre formatos de código

Aplicar Bw4/Bw6 a resultados serológicos

Aplicar filtros de frequência

Atribuir pares de alelos não codificados

Atribuir um par de alelos codificado

Atribuir equivalentes a serologia

Realizar atribuições manuais

Remover atribuições

Guardar e confirmar atribuições
Separador Pairs (Pares)
O separador Pairs (Pares) apresenta os resultados de possíveis pares de alelos que correspondem ao
padrão de reação da amostra. Os pares são sugeridos pelo software.

A lista identifica os pares e agrupa-os por pares de correspondência total (sem reações
falsas) ou pelo número de reações falsas. Os resultados com reações falsas são listados
com a identificação da esfera/poço responsável pela falsa reação.

Os resultados apresentam um par de alelos por linha.

Possíveis pares homozigóticos são sinalizados no campo
Comment (Comentário).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
139
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Atribuir um par de alelos da lista sugerida
1. Clique duas vezes num par de alelos em Possible Allele Pairs (Possíveis pares de alelos) para o
atribuir à área de atribuição final de pares.
Em alternativa, pode clicar para realçar um par de alelos na lista do separador Pairs (Pares) e
clicar no botão V (atribuir) junto ao título Assigned Allele Pairs (Pares de alelos
atribuídos) para o adicionar à área de atribuição final.
Para remover uma atribuição, selecione-a na lista Assigned Allele Pairs (Pares de alelos atribuídos) e
clique no botão X (remover).
Clique duas
vezes num par
para o atribuir
Selecione um par (ou
pares) de alelos e clique
neste botão para o(s)
enviar para a área de
atribuição final.
Área de
atribuição
final
Clique no botão “X”
para remover pares
de alelos.
Campo de
introdução
manual
Separador Match (Correspondência)
Esta grelha de dados apresenta o formato codificado dos pares de alelos reais da amostra. Um par de
reação correspondente é um par de alelos (ou grupo de alelos) com um padrão de reação que
apresenta uma correspondência total ao padrão de reação da amostra atual.
Passe o
ponteiro do
rato sobre um
alelo para ver
a definição do
código
respetivo.

Este resultado difere dos resultados de Possible Allele Code (Código de alelo possível).
O Possible Allele Code (Código de alelo possível) condensa os resultados num único código
sempre que possível.

Ao passar o cursor sobre um formato de alelo codificado, é apresentada a definição do código
respetivo.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
140
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Atribuição manual de pares de alelos
1. Certifique-se de que introduz a atribuição com o formato de código de alelo correto:

Formato da nova nomenclatura: X*##:##(####) X*##:##(####), em que X=tipo de
locus e #= número de código.

Formato da nomenclatura anterior: X*#### X*####, em que X=tipo de locus e #=
número de código.
Uma
atribuição
introduzida
manualmente.
Introduza uma atribuição na caixa de texto diretamente abaixo da lista Assigned Allele Pairs (Pares de
alelos atribuídos).
no teclado para mover o alelo introduzido para cima, para dentro da caixa de
Prima a tecla Enter
texto Assigned Allele Pairs (Pares de alelos atribuídos).
Códigos de alelos possíveis
O campo Possible Allele Code (Código de alelo possível) apresenta os resultados codificados possíveis
para todos os resultados que correspondam totalmente à amostra. O tipo de código utilizado depende da
seleção da sua configuração: código NMDP (predefinição), código local (definido pelo utilizador) ou sem
código.
Código de
alelo
atribuído
Definição do
código de
alelo
Código de
alelo
atribuído
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
141
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x

O resultado codificado possível é listado na secção superior do campo. A definição do
código é listada por baixo.

Se não existirem códigos para uma determinada sugestão, esta é listada com XX, o que
significa que o código é indefinido. Para várias sugestões XX, cada uma é numerada como
XX1, XX2, etc. para as distinguir entre si.

Os códigos de alelos apresentados no campo Possible Allele Code (Código de alelo
possível) são condensados pelo Fusion com base nas sugestões da lista de pares de alelos
possíveis apresentadas no separador Pairs (Pares).

O código de alelo baseia-se no código NMDP atual ou no código local instalado no sistema.
Por defeito, o sistema atribui os códigos NMDP aos alelos. Opcionalmente, pode alterar
estes códigos para No Code (Sem código), Local Code (Código local) ou Cross Code
(Código transversal).

No Solution (Sem solução) é a indicação listada se não existirem resultados que
correspondam às reações da amostra dentro do número de falsas reações permitidas.
Atribuição de códigos de alelos
1. Clique duas vezes no código de alelo possível ou selecione o código sugerido e clique no
botão V (atribuir).
Selecione um código de alelo e clique no botão X (remover) para remover uma atribuição de código de
alelo.
Atribuição manual de códigos de alelos
1. Introduza uma atribuição no campo de texto imediatamente abaixo de Assigned Allele
Code (Código de alelo atribuído). Certifique-se de que introduz a atribuição com o formato de
código de alelo correto:

Formato da nova nomenclatura: X*##:##(####) X*##:##(####), em que X=tipo de
locus e #= número de código.

Formato da nomenclatura anterior: X*#### X*####, em que X=tipo de locus e #=
número de código.
Caso contrário, o sistema não o aceita e pede-lhe para efetuar correções.
Nota:
Se clicar no botão Translate (Traduzir) para apresentar alelos no formato da nova
nomenclatura, não poderá introduzir manualmente um código de alelo, exceto se
reanalisar a amostra e os alelos voltarem a ser apresentados no formato da nomenclatura
anterior.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
142
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Prima a tecla Enter para mover o código de alelo que introduziu no campo Assigned Allele Code
(Código de alelo atribuído).
Nota:
Se tiver um resultado homozigótico, o código atribuído pode ser editado no campo Manual
Allele Code (Campo de alelo manual) para mostrar uma vez os resultados com código
homozigótico.
Códigos de alelos desconhecidos
Os códigos de alelos desconhecidos são assinalados com XX, seguido de um número sequencial.
Os números são reiniciados em 1 para cada amostra e locus. Se vir códigos desconhecidos, primeiro,
deve certificar-se de que importou o ficheiro de NMDP mais recente.
Se tiver o ficheiro de códigos mais recente e continuar a ver códigos XX, pode guardar estes
desconhecidos para inclusão posterior no NMDP num ficheiro .txt com o
nome nmdp_code_report.txt. Por defeito, o ficheiro de texto está guardado em C:\OLI
Fusion\data\NMDPExport, mas a localização pode ser alterada modificando o caminho
da Interface. As informações do código são incluídas no final deste ficheiro de texto à medida que são
adicionadas; as adições mais recentes encontram-se no final.
1. No campo Possible Allele Code (Código de
alelo possível), selecione o código XX para
ativar os botões do Relatório de código NMDP
na parte inferior do ecrã.
Selecione o
código XX
aqui…
… para ativar o
botão de
relatório
NMDP aqui.
Clique no
botão “X”
para
cancelar.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
143
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Clique com o botão direito do rato no botão Report
opções:
(Relatório) e selecione uma das seguintes
Para enviar as informações de códigos desconhecidos para o
NMDP, selecione Direct Request NMDP (Encaminhar
pedido de NMDP).

Para adicionar as informações de códigos
desconhecidos a um ficheiro de texto (por defeito,
guardado em C:\OLI Fusion\data\NMDPExport),
selecione Save in text file (Guardar em ficheiro de
texto).

Para adicionar as informações de códigos desconhecidos
num ficheiro Excel (por defeito, guardado em
C:\OLI Fusion\data\export\NMDPExport),
selecione Save in Excel File (Guardar em ficheiro
Excel) ou simplesmente clique com o botão esquerdo do
rato.
Quando tiver terminado, clique no botão
Nota:
para remover os botões do ecrã.
O botão +Rpt (+Relatório) guarda a última seleção efetuada (encaminhar, texto ou Excel)
para que possa ser utilizada como atalho; a não ser que pretenda alterar a sua seleção,
da próxima vez que incluir um código XX no relatório, basta clicar no botão +Rpt.
Seguem-se exemplos de cada resultado:
Encaminhar
para o NMDP
Código XX
guardado como
ficheiro de folha de
cálculo (.csv).
Código XX
guardado como
ficheiro de texto
(.txt).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
144
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Outra atribuição
O campo Other Assignment (Outra atribuição) pode ser utilizado para realizar uma atribuição
simples que não esteja limitada a qualquer formato. Além disso, pode realçar e adicionar as
atribuições de serologia, pares ou códigos de alelos ao campo para modificação.
Pode realizar outras atribuições de códigos segundo uma de duas formas:

Introduza um par de alelos ou código de alelo no campo Other Assignment (Outra atribuição).

Clique no botão V (atribuir) e selecione uma de duas opções:
1. Para atribuir apenas o código de alelo possível, selecione Assign Possible Allele Code
(Atribuir código de alelo possível).
2. Selecione Assign All (Atribuir tudo) para inserir as atribuições de Código de alelo possível,
Serologia ou Pares de alelos atribuídos no campo Other Assignment (Outra atribuição).

Pode então optar por modificar qualquer parte do código copiado.

O alelo introduzido é atribuído e incluído nos relatórios executados que incluam esta amostra.

Não é listado em quaisquer campos de atribuição final para esta amostra.
Campo de serologia possível
O campo de equivalente a serologia apresenta todas as sugestões de equivalente a serologia para a
amostra com base nos pares de alelos possíveis. Ao selecionar um equivalente a serologia
apresentado, os pares de alelos que lhe estão associados são apresentados no campo abaixo.
Nota:

Certifique-se de que importou o ficheiro atual de equivalentes a serologia através do
menu Utilities (Acessórios). Se surgir um zero (0) nas atribuições de serologia, isso
significa que é necessário importar o ficheiro atual de equivalentes a serologia.
Apenas pode ser realizada uma atribuição de equivalente a serologia para a amostra de cada
vez. Assim, uma atribuição de serologia atual é substituída se selecionar e atribuir outra
diferente.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
145
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Se se tratar de um teste com vários loci, pode ser atribuído mais do que um locus.
No entanto, apenas um locus pode ser atribuído em testes com um único locus.
Nota:
1. Clique duas vezes numa sugestão de serologia ou
realce-a e clique no botão V (atribuir) para a copiar
para o campo Assigned Serology (Serologia
atribuída).
Equivalente
a serologia
Selecione o equivalente a serologia e clique no botão X (remover)
para o remover. Em alternativa, selecione e atribua um diferente
para o substituir.
Pares de
alelos
relacionados
Atribuições
serológicas
Botão
para
atribuir
Botão para
remover
Traduzir (apenas para formato de nomenclatura não atual)
O botão Translate
(Traduzir) é apresentado se o seu formato dos alelos for apresentado
com uma nomenclatura mais antiga. Clicar no botão tem os seguintes efeitos:

Apresenta todos os códigos/pares de alelos atribuídos (exceto os do campo Other Assignment
[Outra atribuição]) e possíveis no formato de nomenclatura mais recente. Se não for possível
encontrar um alelo correspondente no novo formato, o alelo continua a ser apresentado no
formato antigo.

Pode visualizar e imprimir esta visualização, mas os resultados não podem ser guardados ou
incluídos em relatórios.

Para voltar ao formato de alelos antigo, pode navegar para outra amostra e voltar em seguida
a esta amostra.
Adicionar comentários às amostras
Os comentários que o utilizador ou o Fusion adicionam no campo Comments (Comentários) são
apresentados com os resultados das amostras nas funções atuais de sessão de análise, procura de
dados e criação de relatórios no HLA Fusion.
1. Na janela de análise, introduza os comentários da amostra no campo User Comment
(Comentário do utilizador) abaixo da área Assignments (Atribuições).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
146
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Em alternativa, clique duas vezes no campo de comentários do utilizador para abrir um espaço maior
para escrever.
Os comentários são guardados apenas
depois de clicar no
(Guardar).
botão Save
Nota:
Os seus
comentários
(máximo de
255 carateres)
Comentários
introduzidos
pelo HLA
Fusion
O campo maior para comentários do utilizador expande-se de forma a permitir um máximo
de 255 carateres.
Sinalizar uma amostra para testes adicionais
Pode indicar a necessidade de realizar testes adicionais numa amostra selecionando a caixa de
verificação More Tests (Mais testes) e clicando em seguida no botão Save >> (Guardar >>).
A indicação More Tests (Mais testes) é apresentada nos resultados, procura de dados e relatórios da
amostra.

Na janela de análise, clique na caixa de verificação More Tests
(Mais testes), localizada abaixo da área Assignments
(Atribuições).
Imprimir a janela de análise atual
O botão Print Screen (Imprimir ecrã) imprime a janela de análise atualmente apresentada.

Na janela de análise, clique no botão Print Screen
ferramentas para imprimir o ecrã de análise atual.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
(Imprimir ecrã) na barra de
Para utilização em diagnóstico in vitro
147
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Pré-visualizar ou imprimir relatórios
Para visualizar um relatório Micro SSP para a amostra atual, utilize o botão Preview Report
(Pré-visualizar/Relatório) e/ou Print Report (Imprimir relatório) na barra de ferramentas.
Na janela de análise, clique no botão Preview Report
(Imprimir
(Pré-visualizar relatório) ou Print Report
relatório) para apresentar uma lista dos relatórios que pode
pré-visualizar ou imprimir para a amostra atual. Os menus
pendentes de relatório são idênticos tanto para Preview Report
(Pré-visualizar relatório) como para Print Report (Imprimir
relatório).
Nota:
Se selecionar Molecular Custom (Relatório molecular personalizado), não é possível criar
um novo relatório personalizado nesse momento. Os únicos relatórios personalizados
disponíveis na janela de análise são os anteriormente criados através da janela Reports
(Relatórios).
Atribuir resultados codificados
Utilize o botão Assign
(Atribuir) para atribuir e guardar todos os resultados codificados
possíveis não ambíguos (os resultados para os quais existe apenas um resultado codificado).
Guardar atribuições
Os técnicos e supervisores de laboratório podem guardar resultados de análises para rever e aprovar
posteriormente. As amostras guardadas estão disponíveis para confirmação apenas por parte de um
supervisor de laboratório.

Na janela de análise, clique no botão Save
(Guardar), localizado no canto inferior
direito da janela de análise, para guardar os resultados da análise.

O Fusion passa automaticamente para a amostra seguinte.

As amostras devem ser guardadas para poder associar quaisquer comentários criados pelo
utilizador na base de dados ou em relatórios. Para fins de confirmação, um supervisor tem de
aceder à amostra para a qual guardou as atribuições.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
148
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Confirmar atribuições
Os supervisores de laboratório podem confirmar os resultados das análises. As amostras são assinaladas
como Confirmed (Confirmada).

Na janela de análise, clique no botão Confirm
(Confirmar), localizado no canto
inferior direito da janela de análise, para confirmar todos os resultados da análise.
Passa automaticamente para a amostra seguinte para continuar a confirmar os resultados.
Quando voltar pela primeira vez a uma amostra confirmada, verá que o botão Confirm
(Confirmar) está agora sombreado a roxo para informar que foi confirmada anteriormente.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
149
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Resumo da sessão Micro SSP
A tabela de resumo pode ser aberta clicando numa sessão na árvore de navegação no extremo
direito do ecrã. Esta lista cada amostra na sessão e quaisquer resultados da análise guardados.

Clique duas vezes numa amostra na Tabela de resumo para ir diretamente para o ecrã de análise
desta amostra.
Botão Field
Chooser
(Seleção de
campo)
Clique no botão Field Chooser
(Seleção de campo) à esquerda dos
cabeçalhos da tabela para apresentar a
seleção de campo.
Nesta janela, pode selecionar ou anular a
seleção das caixas de verificação junto
aos cabeçalhos das colunas para incluir
ou excluir essas colunas da Tabela de
resumo.
Selecionar ou anular a seleção das caixas
de verificação nesta janela atualiza
instantaneamente a tabela.
Nota:

Se não vir um determinado campo disponível através da seleção de campo e tiver a
certeza de que deveria existir, aceda a C:\HLA Fusion\temp e elimine o ficheiro com o
nome SSP_Layout.xml.
Clique no cabeçalho da coluna da Tabela de resumo para ordenar a tabela por essa coluna.
A seta pequena para cima ou para baixono cabeçalho da coluna indica a ordem: para
cima para a ordem Ascendente e para baixo para a Descendente.
Também pode clicar num cabeçalho e arrastá-lo e largá-lo para alterar
a ordem das colunas.

Pode guardar quaisquer modificações efetuadas no esquema
clicando no botão Yes (Sim) na caixa de mensagem que é
apresentada.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
150
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
As suas alterações são guardadas para todos os futuros resumos de sessões Micro SSP neste
computador até serem realizadas e guardadas modificações posteriores.

Clique no botão Export (Exportar) (localizado na parte inferior do ecrã) para guardar a
Tabela de resumo no computador ou na rede (a localização predefinida é C:\OLI
FUSION\data\report). O ficheiro será guardado no formato de folha de cálculo do Excel
(.XLS).

Clique no botão Print (Imprimir) para criar uma cópia em papel da Tabela de resumo.

Clique no botão Preview (Pré-visualizar) para visualizar e/ou redimensionar a Tabela de resumo
antes da impressão.
Na janela de pré-visualização da impressão, a barra de deslocamento de visualização de páginas do
lado esquerdo apresenta ícones para cada página do relatório.

Clique num ícone de página para a apresentar na janela de pré-visualização.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
151
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Opções do menu do botão direito do rato do Navigator
(Navegador) para Micro SSP
Opções ao nível da sessão
Existe um menu que é apresentado se clicar com o botão direito do rato numa sessão ativa no Navigator
(Navegador) (selecione primeiro a sessão clicando com o botão esquerdo do rato):
Reanalisar com nova nomenclatura
Permite reanalisar a sessão utilizando um catálogo novo ou
atualizado.
1. Depois de clicar com o botão direito do rato numa
sessão, é apresentado o ecrã Select New Product
(Selecionar novo produto).
2. Altere o nome da sessão.
3. Clique na seta pendente no campo New
Catalog ID (ID de novo catálogo) e selecione um
novo catálogo da lista.
4. Clique no botão Analysis
(Análise).
A sessão na qual clicou com o botão direito do rato é reanalisada com o catálogo que
selecionou.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
152
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Opções ao nível da amostra
São apresentadas duas opções de menu se clicar com o botão
direito do rato numa amostra ativa no Navigator (Navegador)
(selecione primeiro a amostra clicando com o botão esquerdo
do rato).
Registos relacionados
Um registo relacionado é um registo que está associado à amostra atual através da ID de paciente ou da
ID de amostra.
Nota:

Esta opção também está disponível ao utilizar o botão Related Records
relacionados) da barra de ferramentas.
(Registos
Clique com o botão direito do rato numa amostra do Navigator (Navegador) e
selecione Related Records (Registos relacionados) para carregar todos os registos
relacionados com a amostra atual na lista pendente Sample (Amostra) (na parte superior, ao
centro do ecrã).
ID de amostra
Botões de navegação
Utilize os botões de navegação da amostra para apresentar a análise de cada registo relacionado um
por um.
Para voltar a visualizar as amostras nas sessões atuais, clique na ligação <<Summary (Resumo)
na parte superior da janela.
Análise lado a lado
Utilize esta opção para comparar a análise da amostra atual com a anteriormente realizada.
Nota:
Esta opção também está disponível ao utilizar o botão da barra de ferramentas Side By
Side Analysis
(Análise lado a lado).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
153
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x

Clique com o botão direito na amostra e selecione Side By Side Analysis (Análise lado a lado).

Selecione uma análise de amostra anterior na lista apresentada para a comparar com a atual.
Em seguida, as duas janelas de análise são apresentadas numa janela de comparação.
Visualização de análise lado a lado
Dia/hora
anterior
Análise
anterior

Cada janela pode ser redimensionada e movida arrastando e largando.

Clique novamente no botão da barra de ferramentas Side-By-Side Analysis (Análise lado a
lado) para cancelar a apresentação de comparação.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
154
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Análise LABScreen
A função de análise LABScreen do programa permite analisar ficheiros de saída CSV Luminex de
produtos LABScreen. Os resultados da análise baseiam-se nas especificações do catálogo fornecidas
com o software HLA Fusion.
Alguns pontos devem ser concluídos ou verificados antes de iniciar uma sessão de análise:

Certifique-se de que dispõe dos ficheiros de catálogo mais recentes.

Poderá transferir ou atualizar catálogos na página inicial do LABScreen.

Algumas funções, como a normalização w632, podem não estar disponíveis se ainda não tiver
importado o(s) catálogo(s) apropriado(s).

Visualize e modifique as definições globais de configuração do produto antes de iniciar a
análise. As definições globais são apresentadas e podem ser modificadas na página inicial do
LABScreen ou através do menu Utilities (Acessórios). As definições globais aplicam-se a todas
as novas sessões importadas.

Poupe tempo ao importar ficheiros CSV verificando se os URLs e os caminhos predefinidos
indicam os locais onde estes ficheiros são normalmente armazenados no seu sistema ou rede.
Estas definições também podem ser modificadas na secção General Configurations
(Configurações gerais) da página predefinida do Fusion.

Se preferir que o HLA Fusion permaneça numa amostra que já tinha guardado ou confirmado
em vez de passar automaticamente para a amostra seguinte, pode defini-lo na secção General
Configurations (Configurações gerais) da página inicial do Explorador do Fusion .
Nota:
Algumas das tarefas acima requerem privilégios de utilizador supervisor. Poderá ter de
verificar junto do seu supervisor se estas tarefas foram concluídas.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
155
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Iniciar a análise LABScreen
Nota:
Se pretender definir a normalização W632 como a predefinição para a análise LABScreen
simples, selecione a caixa de verificação junto a Use W632 Normalization as Default
(Utilizar normalização W632 como predefinição) na página de configuração do produto de
análise LABScreen simples.
Adquirir dados da sessão LABScreen
Selecione o botão LABScreen no painel da página inicial
ou na barra de ferramentas do Fusion
A atualização de
catálogo mais recente.
Número atual de
catálogos
transferidos
disponíveis para
cada produto.
Clique para abrir a
gestor de catálogos.
.
Clique para
importar ficheiros
de referência
atualizados.
Informação sobre
atualizações de
ficheiros de
referência
disponíveis.
Selecione um
separador...
… para apresentar
as definições atuais
de configuração.
Clique para
modificar as
definições
globais do
LABScreen.
Dia/hora atuais
das mensagens
de aviso
Clique nas
ligações para
apresentar
documentos de
catálogo,
documentos de
sonda/primer.
É apresentada a página inicial do LABScreen.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
156
One Lambda, Inc.
Nota:
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Abra as fichas de trabalho e as fichas de sonda/primer para verificar a exatidão dos
números de revisão (estes documentos não contêm um número de revisão no respetivo
nome de ficheiro).
Coloque uma marca de
verificação aqui para
listar os ficheiros CSV
anteriormente
importados.
Clique no ícone de
pasta para
procurar ficheiros
CSV de sessão
Luminex na
localização
predefinida.
dados da
sessão são
listados
aqui.
Selecione uma sessão na lista CSV File Name
(Nomes de ficheiros CSV).
É apresentada a janela LABScreen Session Import (Importar sessão LABScreen).
A localização do
ficheiro CSV no
computador ou
na rede.
Versão do
ID de sessão Luminex
Selecione para analisar
automaticamente todas as
amostras da sessão ao
importar os CSVs.
A data será realçada a amarelo se as
definições regionais entre o ficheiro CSV
atual e o Fusion não coincidirem.
ID de catálogo e
Nomenclatura/
Versão da IMGT.
Valores de
Negativo
negativo (NS)
predefinidos
para as esferas.
Clique aqui
para ordenar
por paciente
ou dador.
Clique em qualquer
destes cabeçalhos
para ordenar por
ordem ascendente
ou descendente.
Clique duas vezes em qualquer ID
de paciente para ver a lista de
pacientes atuais.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Atribui o tipo de paciente
a uma ID de paciente.
Para utilização em diagnóstico in vitro
157
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
1. Clique no ícone de pasta pequena na parte superior da
lista CSV File Name (Nomes de ficheiros CSV)
Clique no ícone de pasta
do LABScreen.
para procurar por
ficheiros CSV.
2. Selecione um ficheiro da lista de ficheiros CSV
anteriormente importados ou clique no ícone de
pasta para procurar a localização do(s) ficheiro(s)
CSV do LABScreen no computador ou na rede.
Procurar ficheiros de sessão LABScreen
(Abrir) para apresentar as
3. Selecione um ficheiro CSV de sessão e clique no botão Open
amostras associadas na tabela Sample/Patient Details (Detalhes de amostras/pacientes) atual.
Nota:
Poderá ver ficheiros CSV de produtos que não os do LABScreen ou outros ficheiros CSV.
Isto significa que deverá clicar primeiro numa subpasta do LABScreen ou que os seus
ficheiros de sessão LABScreen não se encontram no diretório indicado pelo HLA Fusion.
Nota:
O HLA Fusion converte dados de ficheiros CSV gerados pelo Luminex, como data e hora,
para o código regional local se for especificado um código regional no ficheiro CSV. (Não
é possível especificar um código regional para ficheiros CSV criados com a versão do
software Luminex 2.2 ou anterior.) Se o primeiro campo da data estiver realçado a
amarelo, indica uma correspondência de código regional errada. Neste caso,
recomenda-se que utilize o seletor pendente no segundo campo da data para escolher a
data adequada, tendo em consideração as diferenças regionais de formato de data.
Se uma amostra já estiver associada a um paciente, é apresentada a ID de paciente e quaisquer
informações relacionadas com o paciente.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
158
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Para adicionar informações de paciente, proceda da seguinte forma:

Para adicionar dados do sistema, clique duas vezes na coluna Patient ID (ID de paciente) da
tabela Sample/Patient Details (Detalhes de amostras/pacientes) ou clique no botão Patient
List (Lista de pacientes) na barra de ferramentas. A janela Import Patient (Importar
paciente) é apresentada, permitindo importar o ficheiro de informações do paciente.

Para adicionar manualmente dados de paciente, introduza os dados nos campos da tabela
relacionados com o paciente.

Poderá atribuir a ID de amostra a campos de Patient ID (ID de paciente) vazios selecionando
a caixa de verificação para Set empty patient ID to Sample (Definir ID de paciente vazia
para amostra).
Para atribuir um Ab secundário às amostras, proceda da seguinte forma:

Para atribuir um Ab secundário a amostras individuais, selecione na lista pendente
Secondary Ab (Ab secundário) ou introduza-o no campo associado.

Para atribuir um Ab secundário a todas as amostras, selecione na lista pendente Apply to all
(Aplicar a todas) ou introduza-o no campo e, em seguida, selecione a caixa de verificação
Apply to all.
O sistema atribui uma ID de sessão automaticamente. Opcionalmente, pode alterar a ID.
Campo Session ID (ID de sessão) do LABScreen
Nota:
Uma ID de sessão deve ser exclusiva na base de dados do Fusion. Se a ID de sessão já
existir, o software pede-lhe que altere o nome da sessão. Recomenda-se vivamente que
não utilize carateres especiais neste campo, uma vez que podem desempenhar uma
função específica enquanto separadores de campo.
4. Selecione um ficheiro de catálogo. O seu método de seleção de catálogo será um dos seguintes,
dependendo do ficheiro CSV e dos ficheiros de catálogo que importou para o LABScreen.
Nota:
Se necessitar de importar mais catálogos, clique na ligação [Download] (Transferir) na
página inicial do LABScreen para adicionar novos ficheiros de catálogo à sua base de
dados. A lista pendente de catálogos pode não ser imediatamente atualizada se tiver
transferido os catálogos durante esta sessão de importação. Pode ser necessário clicar no
botão Home (Início) e, em seguida, clicar novamente no botão LABScreen para voltar ao
processo de importação.
Se o ficheiro CSV especificar um nome de modelo (apenas aplicável a ficheiros CSV do Luminex 2.2 e
posterior) e um dos catálogos disponíveis estiver associado a esse modelo, então esse catálogo é
automaticamente selecionado.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
159
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Também poderá selecionar um catálogo diferente do que o sistema selecionou utilizando a
lista pendente no campo Catalog ID (ID de catálogo) e selecionando qualquer catálogo listado.
Se não existir correspondência de modelos, o sistema considera então a correspondência de esferas mais
próxima entre a sessão e todos os catálogos disponíveis. Se apenas existir a correspondência próxima de
um catálogo, este é automaticamente selecionado e pode aceder ao botão
5. Depois de verificadas as informações relativas à sessão e à amostra, clique no botão Detail
(Detalhe). Se existir mais do que uma correspondência, é apresentada uma caixa de diálogo de
validação de catálogo com as melhores correspondências de esferas. Poderá confirmar o catálogo
selecionado clicando no botão Close (Fechar). Ou poderá clicar duas vezes num nome de catálogo
na lista Suggested Catalogs (Catálogos sugeridos).
Validação de catálogo LABScreen
Apresenta uma
lista de todos os
ficheiros de
catálogo com um
número idêntico ou
superior de
correspondências
de esferas.
6. Após a validação do catálogo, o sistema poderá perguntar se gostaria de associar o nome de
modelo ao catálogo.
Isto significa que, de futuro, em qualquer ficheiro CSV que
referencie este modelo, o sistema seleciona-o
automaticamente; no entanto, pode selecionar um catálogo
diferente para o ficheiro CSV antes de o importar.
Nota:
Se pretender ver a amostra de soro negativo (NS) selecionada sobreposta com o NS
predefinido para a amostra atual, deve fazê-lo antes de importar a sessão.
Se selecionar um ficheiro CSV de antigénios simples de classe I e um
catálogo com dados W6-32, é apresentada a caixa de verificação Apply
W6-32 (Aplicar W6-32). Se for apresentada esta caixa de verificação, pode
optar por normalizar os dados importados para W6-32 selecionando-a.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
160
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Deve importar um tipo de catálogo de antigénios simples LABScreen e um ficheiro CSV que contenha
dados W6-32 para aplicar a normalização W6-32.
7. Depois de verificadas as informações relativas à sessão e à amostra, clique no
(Importar). A sessão é apresentada na árvore do Navigator
botão Import
(Navegador) do lado direito para análise subsequente.
Poderá continuar a importar ficheiros de sessão Luminex ou poderá clicar numa sessão no Navigator
(Navegador) para iniciar a análise. Independentemente do modo, pode navegar entre sessões e amostras
de várias formas durante a análise.
Ecrã de resumo da sessão LABScreen
Na árvore do Navigator (Navegador), clique num nome de sessão. É apresentada a Tabela de resumo
da sessão.
Clique para
abrir a função
Field Chooser
(Seleção de
campo).
Clique para apresentar o relatório de lote LABScreen
PRA do dador de classe I, II e MIC
Ecrã de resumo da sessão LABScreen

Clique duas vezes numa amostra na Tabela de resumo para ir diretamente para o ecrã de
análise desta amostra.

Percorra a lista para a esquerda e para a direita para ver todas as colunas da Tabela de resumo.

(Seleção de campo) à esquerda dos cabeçalhos da tabela.
Clique no botão Field Chooser
É apresentada a caixa Field Chooser (Seleção de campo). Pode selecionar ou anular a
seleção das caixas de verificação junto aos cabeçalhos das colunas para incluir ou excluir essas
colunas da Tabela de resumo. Selecionar ou anular a seleção das caixas de verificação nesta
janela atualiza instantaneamente a tabela.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
161
One Lambda, Inc.

Nota:

Nota:
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Clique no botão Auto Accept All
(Aceitar todos automaticamente) para permitir
a atribuição e aceitação automática dos resultados (tanto caudais como de epítopos) após a
importação.
Se não vir um determinado campo disponível através da seleção de campo e tiver a
certeza de que deveria existir, aceda a C:\HLA Fusion\temp e elimine o ficheiro com o
nome: X_X_X(tipo de antigénio)_Layout.xml. Para uma lista dos nomes utilizados para
representar os ficheiros de esquema para os diferentes produtos de antigénio de rastreio,
consulte a secção Atribuição de nomes de ficheiros de esquema do resumo da sessão.
É possível modificar as colunas e a ordem da tabela de resumo
da sessão e guardar as suas seleções. Ao sair de Field Chooser
(Seleção de campo), é apresentada uma mensagem de contexto a
perguntar se pretende guardar quaisquer alterações efetuadas na
seleção de campo. Se selecionar Yes (Sim), apenas as colunas
selecionadas são apresentadas neste computador até serem
realizadas e guardadas modificações posteriores.
São sempre apresentadas duas colunas de dados da sessão, mesmo que guarde as
definições da seleção de campo: Sample ID (ID de amostra) e Well Pos (Poço positivo).

Além de Field Chooser (Seleção de campo), pode clicar em qualquer cabeçalho da coluna na
Tabela de resumo para ordenar a tabela por essa coluna. As setas no cabeçalho da coluna
indicam a ordem — seta para cima para ordem ascendente e seta para baixo para ordem
descendente. Também pode clicar num cabeçalho da coluna e arrastá-lo e largá-lo para alterar
a ordem das colunas.

(Exportar) para guardar a Tabela de resumo como uma folha
Clique no botão Export
de cálculo Excel (*xls) no computador ou na rede (a localização predefinida é C:\OLI
FUSION\data\report).

Os botões Print
(Imprimir) e Preview
(Pré-visualizar) aqui apresentados
oferecem funcionalidades semelhantes às de outros programas do HLA Fusion.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
162
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Utilizar a janela de análise mista LABScreen
Para cada amostra mista LABScreen na sessão atual, pode visualizar os dados de teste, ajustar os
valores de interrupção e atribuir resultados de rastreio, bem como:

Rever dados e realizar atribuições gerais

Colocar um círculo nos antigénios na tabela de especificidades

Visualizar especificidades moleculares

Visualizar resultados de rastreio de classe I, classe II e MIC

Ajustar valores de interrupção

Rever uma tabela de dados em bruto para todas as esferas na amostra

Sobrepor a amostra de soro negativo na amostra atual

Adicionar comentários, assinalar a amostra para mais testes e visualizar o relatório de análise de
uma amostra

Guardar e confirmar resultados
O ecrã de análise mista LABScreen:
Procura antigénios
(Encontre vários antigénios listando cada
um separado por um espaço.)
Ferramentas de análise
Especificidades
Tabela de
estatísticas
Os separadores
apresentados
mudam conforme o
tipo de kit utilizado.
Comentários
do utilizador
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Comentários
do sistema
Para utilização em diagnóstico in vitro
Guarda as
Clique para
apresentar dados atribuições
em bruto para
cada esfera
Confirma as
atribuições
163
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Nota:
Se preferir tornar Graph Raw (Gráfico de dados em bruto) a vista predefinida ao aceder à
janela de análise LABScreen, aceda às definições de configuração do produto LABScreen e
selecione a caixa de verificação junto a Display Graph Raw by Default (Visualizar gráfico
de dados em bruto por defeito).

Tanto a classe I como a classe II do HLA são apresentadas numa única janela com o primeiro
separador dos resultados de rastreio. Os resultados de MIC podem ser acedidos num separador
subsequente. Os resultados da análise são positivos, negativos ou indeterminados.

O valor normalizado é apresentado utilizando a fórmula de rácio para cada esfera na amostra.

As esferas revestidas com antigénios de classe I são listadas no histograma Class I (Classe I)
do lado esquerdo da janela Class I/II (Classe I/II) e as esferas revestidas com antigénios de
classe II são apresentadas no histograma Class II (Classe II) do lado direito da janela. As
etiquetas do eixo X mostram os números das esferas e as do eixo Y listam os intervalos de
valores normalizados das esferas para cada histograma.
Cores das barras:

Positivo =

Negativo =

Indeterminado =
Localizar antigénio
Introduza um ou vários antigénios para lhe(s) colocar um círculo na área de especificidade (no
centro) da janela de análise.
1. Na janela de análise, introduza os antigénios, separados por um espaço, no campo junto ao
(Localizar antigénio). As cadeias de antigénios que introduzir devem
botão Find Ag
corresponder ao antigénio apresentado na janela.
O campo Find Antigen (Localizar antigénio)
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
164
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Clique no botão Find Ag
introduzidos.
Nota:
(Localizar antigénio) para colocar um círculo nos antigénios
Se o antigénio introduzido for um antigénio amplo, será colocado um círculo nos
respetivos antigénios fragmentados. Por exemplo, se for introduzido o A9, serão colocado
um círculo no A23 e no A4.
Também pode clicar em qualquer das caixas na barra CREG (conforme apresentado acima) para colocar
um círculo nos antigénios da área de especificidades sem ter de introduzir o antigénio no campo Find
Antigen (Localizar antigénio).
Para colocar círculos nos
antigénios aqui…
… clique em
qualquer caixa
CREG aqui.
Visualizar a tipologia molecular de antigénios
1. Na janela de análise, selecione a caixa de verificação DNA (ADN)
abaixo de Sample Name (Nome de amostra), na parte superior, para
apresentar a tipologia molecular dos antigénios na amostra.
A tipologia molecular é apresentada a roxo na área de especificidade central do
ecrã.
Anule a seleção da caixa de verificação DNA (ADN) para voltar à visualização de
especificidades serológicas.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
165
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Visualizar os resultados de rastreio de anticorpos MIC
Selecione o separador identificado como MIC para rever os resultados de MIC para a amostra.
1. Na janela de análise, clique no separador MIC para apresentar os resultados de rastreio de MIC.
Ecrã de análise de anticorpos MIC
Para voltar aos resultados de classe I e classe II, clique no separador Class I & II (Classe I e II) no canto
inferior esquerdo.
Ajustar valores de interrupção
Pode alterar o valor de interrupção positiva ou negativa para cada amostra clicando e movendo as
linhas de interrupção nos histogramas. No entanto, pode alterar apenas uma interrupção de limiar de
cada vez.

Na janela de análise, clique na barra de interrupção e arraste-a e largue-a para cima ou para
baixo do gráfico de esferas para reanalisar a amostra com um novo valor de interrupção.
Interrupção positiva
reduzida para 0,9
Linha de interrupção
negativa
Interrupção positiva
reduzida para 1,3
(vermelha)
Linha de interrupção
negativa (verde)
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
166
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Cores dos valores de interrupção:

O limiar de interrupção positivo tem a cor vermelha.

O limiar de interrupção negativo tem a cor verde.
Repor as predefinições em todas as opções
Quaisquer alterações efetuadas podem ser repostas com os valores predefinidos.

Na janela de análise, clique no botão Use Default
(Utilizar predefinição) no canto
superior direito da janela para repor os valores predefinidos em todas as definições alteradas.
A amostra é reanalisada com os valores predefinidos que foram utilizados quando a amostra
foi selecionada para análise.
Gráfico de dados em bruto
O gráfico de dados em bruto apresenta o valor bruto de intensidade média de fluorescência (MFI) de
cada esfera sobreposto ao da MFI de soro de NC importado.
(Gráfico de dados em bruto) no
1. Na janela de análise, clique no botão Graph Raw
canto superior direito da janela para apresentar um gráfico de dados em bruto com valores de
fundo do NS selecionado ou predefinido para cada esfera.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
167
One Lambda, Inc.
2. Clique no botão Normal
normalizado.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
(canto superior direito) para voltar a um gráfico
Tabela de dados em bruto
As informações da análise são apresentadas sob a forma de tabela. Os poços positivos têm o texto a
vermelho. As linhas realçadas a amarelo têm valores de reação superiores ao limiar.
1. Para apresentar os dados de uma amostra sob a forma de tabela, clique no botão Raw Data
(Dados em bruto) no canto inferior direito da janela de análise LABScreen.
Tabela de dados em bruto mistos LABScreen
2. Clique num cabeçalho da coluna (por ex., Baseline [Linha de base]) para ordenar a tabela por esses
critérios.
(Fechar), localizado no canto superior direito do ecrã, para fechar a janela
3. Clique no botão Close
Raw Data Table (Tabela de dados em bruto) e voltar à análise.
Relatório de dados em bruto
Para navegar, exportar e imprimir mais facilmente, pode criar um relatório que contenha informações de
dados em bruto para a amostra atual.
1. Quando for apresentada a Tabela de dados em bruto, clique no botão Report
(Relatório) no canto inferior direito da janela Raw Data Table (Tabela de dados em bruto)
para apresentar um relatório dos dados em bruto.
Também pode utilizar o botão Print Screen
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
(Imprimir ecrã) para exportar os dados.
Para utilização em diagnóstico in vitro
168
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Tabela Statistics (Estatísticas)
Esta secção da janela de análise mista LABScreen encontra-se no canto inferior esquerdo da janela e
apresenta as estatísticas para cada tipo de resultado de rastreio. Os valores apresentados variam
conforme o separador de resultados de rastreio que estiver ativo.
Tabelas de estatísticas mistas LABScreen
Barra CREG
Realizar atribuições
Os botões de opção Final Assignment (Atribuição final) apresentam a atribuição sugerida pelo
Fusion. Para aceitar a atribuição conforme é apresentada, guarde ou confirme a amostra.
Para modificar a atribuição sugerida, proceda da seguinte forma:

Na janela de análise, selecione uma atribuição para cada classe utilizando as opções de Final
Assignment (Atribuição final): Positive (Positiva), Negative (Negativa) ou Undetermined
(Indeterminada).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
169
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Guardar atribuições
Os técnicos e supervisores de laboratório podem guardar resultados de análises para rever e aprovar
posteriormente. As amostras guardadas estão disponíveis para confirmação apenas por parte de um
supervisor de laboratório

(Guardar), localizado no canto inferior
Na janela de análise, clique no botão Save
direito da janela de análise, para guardar os resultados da análise para todas as
especificidades listadas atualmente no campo Final Assignments (Atribuições finais).
Depois de clicar no botão Save (Guardar), o Fusion passa automaticamente para a amostra seguinte.
Para fins de confirmação, um supervisor tem de aceder à amostra para a qual guardou as atribuições.
Se for necessário efetuar alterações, pode voltar à amostra em qualquer altura antes da confirmação.

Clique no botão Reanalyze
botão Save
(Guardar).
(Reanalisar) e, em seguida, clique novamente no
Confirmar atribuições
Os supervisores de laboratório podem confirmar os resultados das análises. Ao fazê-lo, as amostras
são assinaladas como Confirmed (Confirmadas).
O botão Confirm (Confirmar) é apresentado a roxo quando visualiza uma amostra confirmada.

(Confirmar), localizado no canto
Na janela de análise, clique no botão Confirm
inferior direito da janela, para confirmar todos os resultados das análises que foram
guardados na caixa de resultados Final Assignments (Atribuições finais).
Após a confirmação, o Fusion passa automaticamente para a amostra seguinte para continuar a
confirmar os resultados.
Quando voltar pela primeira vez a uma amostra confirmada, verá que o botão Confirm
(Confirmar) está agora sombreado a roxo para informar que foi confirmada anteriormente.
Adicionar comentários às amostras
Os comentários das amostras são apresentados para os resultados da amostra na sessão de análise
atual em todas as funções de análise, procura de dados e criação de relatórios no HLA Fusion.

Na janela de análise, introduza os comentários da amostra no campo Comment
(Comentário) abaixo da área Assignments (Atribuições).

Em alternativa, clique duas vezes num dos campos para apresentar uma janela de contexto,
que permite introduzir mais carateres de texto.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
170
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Introduza os seus comentários nesta área
Clique duas vezes num
dos campos de texto
Comentários do sistema automaticamente adicionados qui
para abrir a janela maior
de comentários
Sinalizar uma amostra para testes adicionais
Pode indicar a necessidade de realizar testes adicionais numa amostra selecionando a caixa de verificação
More Tests (Mais testes) e guardando. A indicação More Tests (Mais testes) é apresentada nos
resultados, procura de dados e relatórios da amostra.

Na janela de análise, selecione a caixa de
verificação More Tests (Mais testes) abaixo da área
Assignments (Atribuições) se forem necessários mais
testes.
Imprimir a janela de análise atual
O botão Print Screen (Imprimir ecrã) na barra de ferramentas do Fusion envia a janela de análise
atualmente apresentada para a impressora predefinida.

Na janela de análise, clique no botão Print Screen (Imprimir
ecrã) na barra de ferramentas para imprimir o ecrã de análise atual.

Este é impresso na impressora predefinida que selecionou para este
computador.
Pré-visualizar e imprimir relatórios
Para visualizar ou imprimir um relatório de Dados mistos de rastreio de anticorpos para a amostra
atual, utilize o botão Preview Report (Pré-visualizar relatório) na barra de ferramentas.

Na janela de análise, clique no botão Preview Report
(Pré-visualizar relatório) ou no
botão Print Report
(Imprimir relatório) para apresentar uma lista dos relatórios que
pode imprimir ou pré-visualizar para a amostra atual.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
171
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Relatórios disponíveis para pré-visualização ou impressão
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
172
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Utilizar a janela de análise LABScreen PRA, antigénios
simples e Singles
Existem várias tarefas que pode realizar na janela LABScreen para a análise dos produtos PRA,
antigénio simples e Singles:

Rever dados e atribuir especificidades

Colocar um círculo nos antigénios na tabela de especificidades

Visualizar especificidades moleculares

Ajustar valores de interrupção para a amostra

Visualizar o gráfico de dados em bruto

Excluir um antigénio da análise

Ordenar os antigénios para amostras de antigénios simples

Realizar atribuições de análises caudais ou de epítopos

Introduzir manualmente uma atribuição

Atribuir uma amostra como negativa

Adicionar comentários, assinalar para mais testes e/ou visualizar um relatório para a amostra
atual.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
173
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Clique para
aceder à
localização Ab
Especificidades
Barra CREG
Tabela
Statistics
(Estatísticas)
Lista os
antigénios
excluídos
Para um valor de Selecione uma
interrupção definido fórmula de
pelo utilizador
normalização
aqui
Clique para abrir
o ecrã de
seleção de dador
Campos de
comentários
Assinale se
forem
necessários
mais testes
Guarda/Confirma
Para
apresentar os as atribuições
resultados
como dados
Se preferir tornar Graph Raw (Gráfico de dados em bruto) a vista predefinida ao aceder à janela de
análise LABScreen, aceda às definições de configuração do produto LABScreen e selecione a caixa de
verificação junto a Display Graph Raw by Default (Visualizar gráfico de dados em bruto por defeito).
Tabela CREG
Os grupos CREG são apresentados na parte superior da tabela, com as especificidades para o grupo
apresentadas abaixo. As especificidades são realçadas numa das seguintes cores.
Se pretender ocultar a visualização da barra CREG, clique no título CREG na parte superior
da janela. É apresentada uma caixa de diálogo perguntando-lhe se pretende ocultar a
barra CREG. Clique em Yes (Sim) para a ocultar. Para voltar a visualizá-la, clique
novamente no título CREG e clique no botão Yes (Sim) para a mostrar.
Nota:

Roxo = Atribuições positivas da caixa Epitope Analysis Results (Resultados da análise de
epítopos)

Cor de rosa = Atribuições caudais que são mascaradas pela análise de epítopos

Azul = Atribuições de Cw

Verde = Atribuições de Bw4 e Bw6
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
174
One Lambda, Inc.

Clique num grupo
CREG ou em antigénios
para colocar um círculo
nas especificidades
correspondentes.

Clique com o botão
direito do rato num
antigénio para mover a
especificidade para a
caixa Final
Assignments
(Atribuições finais).
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Proceda da seguinte forma se pretender utilizar uma tabela CREG diferente:

Clique no botão da página inicial do LABScreen
ou selecione Utilities > Antibody Product
Configuration > Set Analysis Configuration
(Acessórios > Configuração de anticorpos > Definir a
configuração da análise).

Na página inicial, clique na ligação Edit (Editar) para
apresentar o menu Analysis Configuration
Settings (Definições de configuração da análise).

Selecione uma tabela na lista pendente CREG.

Clique no botão Save (Guardar) na parte inferior do menu.
Nota:
Para obter informações sobre como criar ou editar uma lista de CREG, reveja a
secção Gerir as informações da lista de CREG.
Localizar antigénio
Para introduzir vários antigénios, utilize um espaço para separar cada entrada. Todos os antigénios
introduzidos são apresentados com um círculo no campo de especificidade.
Clicar nas etiquetas dos campos Tail Analysis Results (Resultados da análise caudal), Epitope
Analysis Results (Resultados de análise de epítopos) ou Final Assignment (Atribuição final) coloca
círculos em todas as especificidades listadas no campo de resultados selecionado.
Clicar na etiqueta do campo Excluded Antigen (Antigénio excluído) coloca um círculo nos
antigénios excluídos.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
175
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Se utilizar a função Find Antigen (Localizar antigénio) enquanto a janela está a apresentar
especificidades moleculares, não é possível ver os antigénios com círculo até anular a seleção da caixa de
verificação DNA (ADN).
1. Na janela de análise, introduza os antigénios ou grupos
CREG (por ex., 1C ou 2C) no campo junto ao
botão Find Ag (Localizar antigénio).
(Localizar antigénio) e o Fusion coloca um círculo nos antigénios
2. Clique no botão Find Ag
ou grupos CREG introduzidos.
Clique novamente no botão Find Ag (Localizar antigénio) para remover os círculos dos antigénios no
campo de especificidade.
Alterar a escala do laboratório
O valor máximo para a escala do gráfico de esferas, segundo a linha de base, o utilizador ou a fórmula
de dados em bruto, pode ser modificado na janela de análise. Para tal, proceda da seguinte forma:

Clique com o botão direito do rato na área de fundo da janela de análise, imediatamente acima do
valor superior do eixo y do gráfico de esferas.
Clique com o botão direito do rato na área azul-clara para alterar a escala do laboratório.

Selecione Set Max Scale (Definir escala máxima).

Introduza um novo valor no campo Scale (Escala) e prima a tecla Enter
no teclado.
Para voltar ao valor da escala do laboratório, siga os passos acima, mas selecione a opção LAB Scale
(Escala do laboratório).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
176
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Visualizar especificidades moleculares
As especificidades moleculares são apresentadas no campo de especificidade da janela de análise e
podem ser utilizadas para realizar atribuições de alelos. Os resultados de rastreio são apresentados e
guardados como especificidades serológicas.
1. Na janela de análise, selecione a caixa de verificação DNA
(ADN) junto à parte
superior do ecrã de análise para apresentar as especificidades moleculares.
Anule a seleção da caixa de verificação para voltar às especificidades serológicas.
As especificidades moleculares são apresentadas quando a caixa de verificação DNA (ADN) está selecionada.
Ajustar valores de interrupção
Pode alterar um valor de interrupção de limiar para cada amostra. Pode alterar apenas uma
interrupção de limiar de cada vez.
1. Na janela de análise, clique na barra de interrupção que pretende ajustar.
2. Arraste e largue a barra de interrupção para ajustar a interrupção e reanalisar a amostra.
Ajustar interrupções de limiar
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
177
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Selecionar o limiar mínimo positivo
Pode alterar o limiar mínimo positivo utilizando o menu pendente acima do gráfico de
esferas.

Na janela de análise, selecione um novo limiar positivo na lista
pendente Threshold (Limiar) (junto às ferramentas de análise próximo da
parte superior da janela). A amostra é reanalisada de acordo com o novo limiar.
Os efeitos da alteração do limiar são apresentados nas caixas de resultados.
Alterar a fórmula de normalização
Por defeito, a análise LABScreen utiliza a fórmula de normalização Baseline (Linha de base). Pode alterar
a fórmula de normalização utilizada na análise para qualquer dos seguintes fins: classificação do rácio,
dados mistos e dados em bruto. Quando utilizar a fórmula de normalização Raw Data (Dados em bruto),
o controlo negativo da amostra é apresentado como uma linha preta no gráfico de reatividade de esferas.
As alterações aplicam-se apenas à amostra atual.

Na janela de análise, selecione uma nova fórmula de normalização na lista pendente Formula
(Fórmula). A amostra é reanalisada.
Seleção da fórmula de normalização
Excluir antigénio(s) da análise
Todos os antigénios introduzidos são excluídos da análise. Para introduzir vários antigénios, utilize uma
vírgula para separar as entradas de antigénios.
1. Na janela de análise, clique no botão Excl. Ag.
de contexto Exclude Antigen (Excluir antigénio).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
(Excluir antigénio). É apresentada a caixa
Para utilização em diagnóstico in vitro
178
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
2. Introduza os antigénios a excluir e clique no botão OK.
Se mudar de ideias e clicar no botão Clear
(Limpar), as suas
entradas serão eliminadas e verá a seguinte mensagem:
A amostra é reanalisada e os antigénios excluídos são listados no campo
Excluded Antigens (Antigénios excluídos) debaixo da caixa de estatísticas da
análise.
Para incluir novamente todos estes antigénios, clique de novo no
botão Excl. Ag
(Excluir antigénio), clique no botão Clear
(Limpar) para remover os antigénios do campo e, em seguida,
clique em OK para reanalisar com estes antigénios incluídos.
Nota:
Para excluir também todos os antigénios de tipologia para o paciente associado, selecione
a caixa de verificação Exclude Patient Typing (Excluir tipologia de paciente).
Incluir/excluir Cw
Pode incluir ou excluir especificidades de antigénios Cw da análise.
1. Próximo da parte superior da janela de análise, selecione a caixa
de verificação Cw para reanalisar com as especificidades Cw.
Anule a seleção da caixa de verificação Cw para reanalisar sem as especificidades Cw.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
179
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Gráfico de
esferas
Gráfico
esferas
Repor as predefinições em todas as opções
Quaisquer alterações que efetuar podem ser repostas com os valores predefinidos.

Na janela de análise, clique no botão Use Default
(Utilizar predefinição) no canto
superior direito da janela para repor os valores predefinidos em todas as definições alteradas
para esta amostra.

A amostra é reanalisada com os valores predefinidos.
Forçar positivo
Se uma amostra tiver uma contagem baixa de esferas, é apresentado o botão Force +ve
(Forçar
positivo), que permite forçar um resultado positivo ao recalcular a tolerância de contagens baixas de
esferas.

Para amostras de controlo negativo baixo, clique no botão Force +ve
positivo) para analisar a amostra como positiva.
(Forçar
A amostra é reanalisada.
Gráfico de dados em bruto
O gráfico de dados em bruto apresenta o valor bruto de intensidade média de fluorescência (MFI)
de cada esfera sobreposto ao da MFI de soro de NC importado.
1. Na janela de análise, clique no botão Graph Raw
(Gráfico de dados em bruto) para
apresentar o gráfico de dados em bruto com valores de fundo.
Clique no botão Normal
para voltar ao gráfico normalizado.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
180
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Tabela de dados em bruto
As esferas positivas são apresentadas em texto vermelho. As linhas realçadas a amarelo apresentam
valores normalizados que se situem acima do valor na caixa Min Value (Valor mínimo). As alterações
efetuadas na fórmula de normalização e no valor normalizado mínimo aplicam-se apenas à tabela de
dados em bruto e não à análise.
1. Na janela de análise, clique no botão Raw Data
(Dados em bruto) no canto inferior
direito da janela de análise para apresentar a Raw Data Table (Tabela de dados em bruto).
Tabela de dados em bruto do LABScreen PRA/SA
Clique num cabeçalho para ordenar a tabela por essa categoria.
Nota:
Pode selecionar uma fórmula diferente na lista pendente Formula (Fórmula) (entre linha
de base, classificação do rácio ou dados em bruto), mas, se o fizer, deve ajustar também
o Min Value (Valor mínimo) (o valor mais baixo de um positivo para a amostra atual com
base no limiar de reação selecionado) de forma a se correlacionar com a nova fórmula.
, localizado no canto superior direito da tabela, ou no botão Close
2. Clique no botão
(Fechar) para sair e voltar à análise.
Relatório de dados em bruto
Para navegar, exportar e imprimir mais facilmente, pode criar um relatório que contenha
informações de dados em bruto para a amostra atual.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
181
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
1. Quando for apresentada a Tabela de dados em bruto, clique no botão Report
(Relatório) no canto inferior direito da janela Raw Data Table (Tabela de dados em bruto)
para apresentar um relatório dos dados em bruto.
Visualizar correspondência/não correspondência de DSA (antigénio específico do dador)
Ao clicar no botão M, pode visualizar todas as informações de correspondência/não correspondência de
DSA para o paciente associado a esta amostra e o(s) dador(es) associado(s) ao paciente.
Nota:
Se não tiver um paciente associado a esta amostra, receberá uma mensagem de aviso e
não será possível visualizar quaisquer informações de correspondência/não
correspondência de DSA enquanto não associar um paciente à amostra e pelo menos um
dador ao paciente.
Para visualizar as informações, proceda da seguinte forma:
1. Clique no botão M (junto ao botão T do lado direito). Se tiver um paciente associado a esta amostra,
é apresentada a janela DSA Match/Mismatch (Correspondência/Não correspondência de DSA).
Se necessário, selecione outro dador na lista pendente
Donor ID (ID de dador).
Utilize os botões  ou - para expandir ou colapsar a
tabela.
As cores da tabela têm os seguintes significados:
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)

Verde: representa uma correspondência
de antigénio.

Laranja: representa uma não
correspondência de antigénio que foi
confirmada na atribuição final.

Amarelo: representa uma não
correspondência de antigénio que
ainda não foi confirmada na atribuição
final.
Para utilização em diagnóstico in vitro
182
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Adicionar comentários às amostras
Os comentários que o utilizador ou o sistema Fusion adicionam no campo Comments (Comentários) são
apresentados com os resultados das amostras nas funções atuais de sessão de análise, procura de dados e
criação de relatórios no HLA Fusion.
1. Na janela de análise, introduza os comentários da amostra no campo Comment
(Comentário) abaixo da área Assignments (Atribuições).
Os comentários são guardados quando clica em Save (Guardar).
Sinalizar uma amostra para testes adicionais
Pode indicar a necessidade de realizar testes adicionais numa amostra selecionando a caixa de
verificação More Tests  (Mais testes) e guardando.
A indicação More Tests (Mais testes) é apresentada nos resultados, procura de dados e relatórios da
amostra.
(Mais testes),

Na janela de análise, assinale a caixa de verificação More Tests
localizada abaixo da área Assignments (Atribuições).

É apresentada a janela Test Selection (Seleção de testes).

Selecione as caixas de verificação junto aos testes adicionais que pretende executar.

Introduza um nome para a lista de testes que está a criar.

Clique em Save (Guardar) para guardar a lista de testes e voltar à janela de análise.
Imprimir a janela de análise atual
O botão Print Screen (Imprimir ecrã) imprime a janela de análise atualmente apresentada.

Na janela de análise, clique no botão Print Screen
para imprimir o ecrã de análise atual.
(Imprimir ecrã) na barra de ferramentas
Pré-visualizar e imprimir relatórios
Para visualizar ou imprimir um relatório para a amostra atual, utilize o botão Preview Report
(Pré-visualizar relatório) na barra de ferramentas.

Na janela de análise, clique no botão Preview Report
(Pré-visualizar relatório) ou no
botão Print Report
(Imprimir relatório) para apresentar uma lista dos relatórios que
pode imprimir ou pré-visualizar para a amostra atual.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
183
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Relatórios disponíveis para
pré-visualização/impressão
Nota:
Se selecionar Custom Antibody (Anticorpo personalizado), não é possível criar um novo
relatório personalizado nesse momento. Os únicos relatórios personalizados disponíveis na
janela de análise são os anteriormente criados através da janela Reports (Relatórios).
Realizar atribuições finais
As atribuições finais podem ser realizadas a partir dos campos de resultados Tail (Caudal) (não se aplica
a amostras Singles LABScreen) ou Epitope (Epítopo).
Nota:
Se pretender que a média de positivos (normal) seja utilizada na análise de epítopos em
vez da média de positivos (em bruto), assinale a definição Use the Mean of Normal
(Utilizar a média normal) nos ecrãs de configuração dos produtos LABScreen PRA,
antigénio simples e Singles.
Na janela de análise, proceda de uma das seguintes formas para realizar atribuições:
 Clique duas vezes numa especificidade de um antigénio na caixa de resultados Tail (Caudal)
ou Epitope Analysis (Análise de epítopos) para atribuir o antigénio especificado à
lista Final Assignment (Atribuição final).
 Clique na especificidade para a realçar e clique no botão Assign Single
(Atribuir
simples) para a mover para a lista Final Assignment (Atribuição final).
Clique no botão Assign All
(Atribuir tudo) do lado direito da lista Tail (Caudal) ou
Epitope (Epítopo) para mover todos os resultados atuais nessa lista para a área Final
Assignments (Atribuições finais).
 Clique com o botão direito do rato numa especificidade ou grupo CREG na Tabela CREG para
a atribuir à área Final Assignments (Atribuições finais).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
184
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Atribuições manuais
É possível introduzir atribuições manuais no campo abaixo da caixa de resultados Final Assignments
(Atribuições finais). Introduza várias atribuições manuais em simultâneo ao deixar um espaço entre
cada especificidade.
1. Na janela de análise, introduza uma atribuição de especificidade de antigénio manual no
campo por baixo da caixa Final Assignment (Atribuição final).
Campo de
atribuição
manual
2. Clique no botão Assign (Atribuir) (), imediatamente acima do campo Manual Assignment
(Atribuição manual), ou prima a tecla Enter
para adicionar a atribuição à caixa de
resultados Final Assignment (Atribuição final).
Atribuir valores negativos a amostras
É possível atribuir um valor negativo a uma amostra, mesmo que a análise apresente alguns resultados
positivos.

(Atribuir valor negativo) (localizado
Na janela de análise, clique no botão Assign –ve
imediatamente acima do campo Manual Assignment [Atribuição manual]) para forçar a amostra
a apresentar um valor negativo.
Remover atribuições
É possível remover especificidades da caixa de resultados Final Assignments (Atribuições finais).
Pode remover mais de uma especificidade ao manter premida a tecla Ctrl e ao clicar em cada
especificidade que pretende remover.

Na janela de análise, clique nas especificidades para as realçar na lista Final Assignment
para selecionar mais de uma) e clique
(Atribuição final) (mantenha premida a tecla Ctrl
no botão Remove
(Remover) (localizado abaixo da caixa de resultados Final
Assignments [Atribuições finais]).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
185
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Guardar atribuições
Os técnicos e supervisores de laboratório podem guardar resultados de análises para rever e aprovar
posteriormente. As amostras guardadas estão disponíveis para confirmação apenas por parte de um
supervisor de laboratório.

(Guardar), localizado no canto inferior
Na janela de análise, clique no botão Save
direito da janela de análise, para guardar os resultados da análise para todas as
especificidades listadas atualmente no campo Final Assignments (Atribuições finais).
O Fusion passa automaticamente para a amostra seguinte.
Para fins de confirmação, um supervisor tem de aceder à amostra para a qual guardou as
atribuições. Se for necessário efetuar alterações, pode voltar à amostra em qualquer altura antes
da confirmação. Clique no botão Reanalyze (Reanalisar) e, em seguida, clique novamente no
botão Save (Guardar).
Confirmar atribuições
Os supervisores de laboratório podem confirmar os resultados das análises. Ao fazê-lo, as amostras
são assinaladas como Confirmed (Confirmadas). O botão Confirm (Confirmar) é apresentado com a
cor roxa quando visualiza uma amostra confirmada.

(Confirmar), localizado no canto
Na janela de análise, clique no botão Confirm
inferior direito da janela, para confirmar todos os resultados das análises que foram
guardados na caixa de resultados Final Assignments (Atribuições finais).
O Fusion passa automaticamente para a amostra seguinte para continuar a confirmar os
resultados.
Quando voltar pela primeira vez a uma amostra confirmada, verá que o botão Confirm
(Confirmar) está agora sombreado a roxo para informar que foi confirmada anteriormente.
Obter valores de análise caudal (exceto para Singles)
Os valores de análise caudal podem ser apresentados na análise no campo
de resultados Final Assignments (Atribuições finais), mas não são
armazenados para fins de procura ou criação de relatórios.

Na janela de análise, clique no botão T , localizado no canto
superior direito da caixa de resultados Final Analysis (Análise
final), para apresentar os valores de análise caudal na caixa de
resultados Final Assignments (Atribuições finais).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
186
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
PRA do dador (exceto para Singles)
Pode apresentar a percentagem de PRA do dador disponíveis no sistema ou de grupos de dadores
selecionados que correspondam aos anticorpos atribuídos por computador para a amostra atual.
Nota:
Para selecionar um dador ou grupos de dadores, clique no botão Donor PRA (PRA do
dador). Também pode selecionar grupos automaticamente selecionando Utilities >
General Settings (Acessórios > Definições gerais). Para criar um grupo de dadores,
selecione Patient Info > Manage Patient (Informações do paciente > Gerir paciente),
seguido de Donor (Dador) no campo Patient/Donor (Paciente/Dador) e preencha o campo
do grupo de dadores.
1. Para a análise de antigénio simples ou PRA, clique no botão Donor PRA
(PRA do
dador). Uma janela de contexto apresenta a percentagem de PRA do dador correspondentes e
o número total de dadores que foi considerado no cálculo.
Clique em OK para fechar a caixa. A percentagem e o número de
dadores continuam a ser apresentados junto ao botão Donor PRA
(PRA do dador).
Selecionar interrupções de limiar mínimo positivo (exceto para Singles)
Pode definir as interrupções de limiar mínimo positivo a utilizar em qualquer amostra LABScreen
PRA ou de antigénio simples. Para definir as interrupções para X8 - X2, reveja a secção Alterar a
configuração da análise de rastreio de anticorpos. Pode alternar entre as interrupções fornecidas
pela OLI e as definidas através do Fusion procedendo da seguinte forma:

Para selecionar interrupções definidas pelo utilizador, selecione a
caixa de verificação junto a User Cutoff (Interrupção definida pelo
utilizador).

Para voltar a utilizar as interrupções da OLI, anule a seleção da
caixa de verificação User Cutoff (Interrupção definida pelo
utilizador).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
187
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Ocultar valores de análise caudal (antigénio simples)
Pode optar por ocultar a visualização dos valores de análise caudal da análise de amostras de
antigénios simples, mas estes valores permanecem armazenados para fins de procura ou criação de
relatórios.
1. Selecione a opção de menu Utilities > Antibody
Product Configuration > Set Analysis
Configuration (Acessórios > Configuração de
anticorpos > Definir a configuração da análise).
2. Selecione LABScreen Single Antigen (Antigénio
simples LABScreen) no menu pendente Product Type
(Tipo de produto) na parte superior da janela.
3. Selecione a caixa de verificação Hide Tail Analysis Window (Ocultar janela de análise
caudal), localizada na parte inferior da caixa de diálogo de configuração do antigénio simples.
4. Clique no botão Save
(Guardar) na parte inferior do menu.
As amostras de antigénios simples LABScreen importadas após a alteração desta configuração não
apresentam a área de atribuição da análise caudal na janela de análise da amostra.
Navegar entre classe I e classe II (PRA de classe I e II combinadas)
Para sessões de LABScreen PRA de classe I e II combinadas, cada classe é analisada separadamente e tem
de ser guardada separadamente para que os resultados combinados sejam apresentados na base de
dados.
Certifique-se de que já criou um catálogo LABScreen PRA combinado de classe I e II antes de
importar as sessões combinadas.

Na janela de análise, clique nos botões Run Class I (Executar classe I) e Run Class
(Executar classe II), localizados na parte superior esquerda da janela de análise,
II
para alternar entre os resultados da classe I e classe II para a amostra atual.
Ordenar antigénios (antigénio simples)
Os tabuleiros de antigénios simples podem ser ordenados por especificidade em vez do valor de reação.
1. Para a análise de antigénios simples, clique no botão Sort Ag.
(Ordenar antigénios).
O gráfico é ordenado pelo número de esferas.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
188
One Lambda, Inc.
2. Clique no botão Refresh
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
(Atualizar) para voltar ao gráfico predefinido.
A análise de lotes mistos LABScreen permite analisar rapidamente uma sessão e guardá-la para revisão
posterior e atribuições finais. Não é possível visualizar graficamente as amostras durante a análise de
lotes e não são realizadas atribuições finais de rastreio.

Analise uma sessão por lotes

Visualize o relatório de análise de lotes

Guarde os resultados da análise
Visão geral
Depois de realizar a análise do lote, é apresentado o relatório da análise do lote LABScreen. Os resultados
podem ser guardados, mas têm de ser confirmados individualmente.
Guardar análise do lote
Os técnicos e supervisores de laboratório podem guardar resultados de análises de lotes para rever e
aprovar posteriormente. As amostras são assinaladas como Ready (Pronta).
1. Clique em Save>> (Guardar>>) na parte inferior do menu de relatório para guardar todas as
amostras na base de dados.
2. Clique em Exit (Sair) para fechar e voltar ao menu principal.
Rever/analisar amostras
Para que possa visualizar resultados de lote em maior detalhe depois de guardar, o botão Analyze
(Analisar) apresenta a sessão na janela de análise. É necessário guardar cada amostra individualmente se
não guardar a sessão de análise do lote antes de rever os resultados de lote.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
189
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Opções do menu do botão direito do rato do Navigator
(Navegador) para LABScreen
Nota:
Estas opções aplicam-se a todas as sessões e amostras LABScreen.
Existem opções de análise no Navigator (Navegador) –
dependendo se se encontra na vista de resumo da sessão
LABScreen ou num ecrã de análise para uma amostra.
Ao clicar com o botão direito do rato na sessão atual na janela
Navigator (Navegador), verá opções do menu que lhe permitem
afetar as suas sessões de análise LABScreen antes ou durante a
análise.
Reanalisar com novas definições/novo catálogo
Permite reanalisar a sessão utilizando novas
definições ou um catálogo atualizado. Eis como:
1. Clique na seta pendente no
campo New Catalog ID (ID de novo
catálogo) e selecione um novo catálogo da
lista.
2. Altere o nome da sessão (as sessões devem
ter nomes exclusivos).
3. Clique no botão Analysis
(Análise). A sessão na qual clicou com o
botão direito do rato é reanalisada com o
catálogo que selecionou.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
190
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Opções ao nível da amostra
Existem duas opções de menu que são apresentadas se clicar com o botão direito do rato numa amostra
ativa no Navigator (Navegador) (selecione primeiro a amostra clicando com o botão esquerdo do rato):
Opções do Navigator (Navegador) ao
nível da amostra
Registos relacionados
Um registo relacionado é um registo que está associado à amostra atual através da ID de paciente ou da
ID de amostra.
Nota:
Esta opção está disponível também ao utilizar o botão da barra de ferramentas Related
Records (Registos relacionados)
.

Clique com o botão direito do rato numa amostra do Navigator (Navegador) e
selecione Related Records (Registos relacionados) para carregar todos os registos
relacionados com a amostra atual na lista pendente Sample (Amostra) na parte superior do
ecrã. Utilize as setas de navegação da amostra para apresentar a análise de cada registo
relacionado um por um.

Para voltar a visualizar as amostras nas sessões atuais, clique na ligação <<Summary
(Resumo) na parte superior da janela.
Análise lado a lado
Utilize esta opção para comparar a análise da amostra atual com a anteriormente realizada.
Nota:
Esta opção também está disponível ao utilizar o botão da barra de ferramentas
Side-By-Side Analysis
(Análise lado a lado).
Lista de seleção de análise lado a lado
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
191
One Lambda, Inc.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Para utilização em diagnóstico in vitro
192
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x

Clique com o botão direito do rato numa amostra do Navigator (Navegador) e selecione Side
By Side Analysis (Análise lado a lado). Selecione uma análise de amostra anterior na lista
apresentada para a comparar com a atual. (A amostra atual é apresentada com um fundo
castanho-claro.)

Em seguida, as duas janelas de análise são apresentadas em conjunto numa janela de
comparação.

Cada painel da janela pode ser redimensionado e movido independentemente arrastando e
(Análise lado a lado) da barra de
largando. Clique no botão Side-by-side Analysis
ferramentas para cancelar a apresentação da comparação.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
193
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Análise LAT
A função de análise LAT™ do programa analisa os ficheiros de saída CSV, padrões de reação introduzidos
manualmente ou resultados ELISA como uma nova sessão e pode continuar a análise de uma sessão
anteriormente inacabada. Os resultados da análise baseiam-se nas especificações do catálogo fornecidas
com o software.
Existem alguns pontos que devem ser concluídos ou verificados antes de iniciar uma sessão de análise:

Certifique-se de que dispõe dos ficheiros de catálogo mais recentes antes de analisar. Poderá
.
transferir ou atualizar catálogos na página inicial do LAT clicando em

Visualize e modifique as definições globais de configuração do produto antes de iniciar a
análise. As definições globais são apresentadas e podem ser modificadas na página inicial do
ou através do menu Utilities (Acessórios). As definições globais
LAT clicando em
aplicam-se a todas as novas sessões importadas.

Poupe tempo ao importar ficheiros CSV verificando se os URLs e os caminhos predefinidos
indicam os locais onde estes ficheiros são normalmente armazenados no seu sistema ou rede.
Estas definições podem ser modificadas na secção Utilities > General Settings
(Acessórios > Definições gerais) da página inicial predefinida do Fusion.
Nota:
Algumas das tarefas acima requerem privilégios de Supervisor. Poderá ter de verificar
junto do seu supervisor se estas tarefas foram concluídas.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
194
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Iniciar a análise LAT
Adquirir dados da sessão LAT
Existem quatro métodos básicos para importar dados da sessão para análise LAT no HLA Fusion:
1. Introdução manual os dados de apenas uma sessão são manualmente introduzidos no
teclado.
2. Introdução de lote os dados de várias sessões são manualmente introduzidos numa série.
3. Ficheiro CSV um ficheiro CSV devidamente formatado é diretamente importado no Fusion
para análise LAT.
4. ELISAos dados da análise são lidos diretamente do leitor ELISA Biotek ELX 800.
Clique no botão LAT
do painel da página inicial ou no ícone LAT
ferramentas do Fusion para abrir o programa LAT.
É apresentada a página inicial do LAT.
Coloque uma
marca de
verificação aqui
para incluir os
ficheiros CSV
anteriormente
importados.
na barra de
Clique para abrir a janela
Update Reference File
Clique para abrir o
(Atualizar ficheiro de
Gestor de catálogos
referência)
Clique para abrir a
janela Available
Reference File Update
(Atualização do
ficheiro de referência
disponível)
Clique para
modificar as
definições globais
de LAT.
Lista de
ficheiros CSV
Clique nestas ligações
para visualizar o
catálogo selecionado
e documentos de
ficha de trabalho.
Nota:
Abra as fichas de trabalho para verificar a exatidão dos números de revisão (estes
documentos não contêm um número de revisão no respetivo nome de ficheiro).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
195
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Introdução manual de uma única sessão
Para introduzir manualmente uma única sessão para análise LAT,
proceda da seguinte forma:
1. Clique no botão Manual Entry (Introdução manual) na
parte superior do painel inicial do LAT.
2. No campo de texto superior da janela
seguinte, introduza um nome exclusivo para
a sessão de análise LAT que acaba de
introduzir manualmente.
3. Clique na seta para baixo do campo
Select Product Catalog (Selecionar
catálogo de produtos) e selecione o catálogo
de produtos LAT apropriado.
4. Em seguida, introduza a Test Date
(Data de teste) correta ou clique na seta
para baixo para revelar o calendário de
contexto e selecionar a data de teste.
5. Clique no botão Next
(Seguinte).
É apresentado o menu Data Input (Introdução de dados).
Este permite introduzir valores de reação para uma nova amostra.
Pode introduzir as amostras e reações numa sessão — um tabuleiro de 10
testes ou um tabuleiro de 20 testes. Os dados podem ser introduzidos
manualmente clicando em cada poço ou obtendo os valores de dados em bruto
de um leitor ELISA.
6. Introduza um ou mais Nomes de amostras. É necessário um Nome
de amostra exclusivo para a análise. A Sample Date (Data de amostra)
pode ser alterada aqui se necessário.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
196
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Introdução manual de lote
Para introduzir manualmente mais do que uma sessão para análise, proceda da seguinte forma:
1. Clique no botão Batch Entry
(Introdução de lote).
É apresentado um ecrã Session Summary
(Resumo da sessão) em branco.
Contrariamente à Introdução manual, que se limita a uma sessão apenas, a Introdução de lote permite
introduzir um grupo de sessões no ecrã Session Summary (Resumo da sessão). Isto permite introduzir
dados sob formato de uma tabela, em que cada linha representa uma sessão.
2. Introduza um nome exclusivo para este lote ou aceite o
nome de lote predefinido sugerido pelo Fusion.
3. Selecione manualmente e/ou introduza os dados da
sessão com a classe HLA (I, II, PRA de classe I + PRA de
classe II e classe simples I) do lado esquerdo do ecrã
Session Summary (Resumo da sessão) e continue para a
direita até terem sido introduzidos todos os dados
disponíveis para uma sessão.
Os campos com um asterisco () são obrigatórios. Isto inclui os campos preenchidos através de listas
pendentes (Catalog Name [Nome de catálogo] e Test Date [Data de teste]) e a Session ID (ID de
sessão).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
197
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Continue a introduzir os dados da sessão conforme necessário. Note que, assim que tiver introduzido
dados para uma sessão e começar a introduzir os dados para a sessão seguinte, não pode voltar à linha
anterior de dados da sessão. No entanto, depois de ter sido guardado, é possível reabrir e editar um lote.
4. Quando tiverem sido introduzidos todos
os dados para um lote de sessões, clique
(Guardar) na
no botão Save
parte inferior do ecrã. O lote foi
guardado e é incluído na lista pendente
Existing Batches (Lotes existentes) na
parte superior do ecrã.
5. Quando tiver terminado de introduzir os dados da sessão para este lote, clique no botão Next
(Seguinte).
Tal como a Introdução manual de dados da sessão discutida anteriormente, são apresentados o menu
Data Input (Introdução de dados) e a janela principal de análise LAT.
Importar ficheiros CSV no LAT
1. Clique no ícone de pasta
para abrir a lista Select CSV
Files (Selecionar ficheiros CSV).
2. Selecione uma ou mais sessões na lista Select CSV Files.
3. Clique no botão Open
(Abrir).
Os ficheiros CSV são então apresentados na lista CSV File Name
(Nomes de ficheiros CSV).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
198
One Lambda, Inc.
Nota:
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Poderá ver ficheiros CSV de produtos que não os do LAT ou outros ficheiros CSV. Isto
significa que deverá clicar primeiro numa subpasta do LAT ou que os seus ficheiros de
sessão LAT não se encontram no diretório indicado pelo HLA Fusion.
4. Clique num ficheiro CSV para apresentar as suas amostras associadas na tabela Current
Sample/Patient Details (Detalhes de amostras/pacientes atuais).
Tabela de detalhes de amostras/pacientes atuais
Se uma amostra já estiver associada a um paciente, é apresentada a ID de paciente e quaisquer
informações relacionadas com o paciente.
Para adicionar informações de paciente, proceda da seguinte forma:
1. Para adicionar dados do sistema, clique no botão Patient List
pacientes).
(Lista de
A janela Import Patient (Importar paciente) é apresentada, permitindo importar o ficheiro de
informações do paciente.
Clique no botão
Browse (Procurar)
para localizar as
listas de
informações de
pacientes.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
199
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Para adicionar manualmente dados de paciente, basta introduzir dados nos campos da tabela
relacionados com o paciente.

O Fusion pode atribuir a ID de amostra
aos campos de ID de paciente vazios
selecionando a caixa para atribuir a ID de
amostra a IDs de pacientes vazias.
2. O sistema Fusion atribui uma ID de sessão por defeito. Opcionalmente, pode introduzir uma
ID de sessão diferente.
Nota:
Uma ID de sessão deve ser exclusiva na base de dados do Fusion. Se a ID de sessão já
existir, o software pede-lhe que altere o nome da sessão. Recomenda-se vivamente que
não utilize caracteres especiais neste campo, uma vez que podem desempenhar uma
função específica enquanto separadores de campo.
3. Aceite o ficheiro de catálogo ou selecione um da lista pendente no campo Catalog ID (ID de
catálogo).
Nota:
Se for necessário importar mais catálogos, clique na ligação Download
(Transferir) na página inicial do LAT. A lista pendente de Catalog (Catálogo) poderá não
ser imediatamente atualizada se tiver transferido os catálogos durante a sessão de
importação atual. Pode ser necessário clicar no botão Home (Início) e, em seguida,
para voltar ao processo de importação.
clicar novamente no botão LAT
4. Depois de verificadas as informações relativas à sessão e à
(Importar).
amostra, clique no botão Import
A sessão é então apresentada na árvore do Navigator
(Navegador) do Fusion do lado direito do ecrã de análise
para análise subsequente.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
200
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Pode selecionar uma sessão no Navigator (Navegador) do Fusion para visualizar o respetivo resumo e,
em seguida, selecionar uma amostra do resumo da sessão para visualizar a respetiva análise. Em
alternativa, pode continuar a importar amostras da lista Import Sample (Importar amostra).
5. No Navigator (Navegador), clique num nome de sessão. É apresentada a Tabela de
resumo da sessão.
Campos de PRA do dador
Clique com o botão direito do rato para
permitir a aceitação automática de
atribuições e resultados (caudais e de
epítopos) durante a importação.
(LAT misto apenas)

Clique duas vezes numa amostra na Tabela de resumo para ir diretamente para o ecrã de
análise desta amostra.

Percorra a lista para a esquerda ou direita para apresentar todos os campos da Tabela de resumo.

Clique no botão Field Chooser (Seleção de campo) à esquerda dos cabeçalhos da tabela. Nesta
janela, pode selecionar ou anular a seleção das caixas de verificação junto aos cabeçalhos das
colunas para incluir ou excluir essas colunas da Tabela de resumo. Selecionar ou anular a seleção
das caixas de verificação nesta janela atualiza instantaneamente a tabela.
Nota:
Se não vir um determinado campo disponível através da seleção de campo e tiver a
certeza de que deveria existir, aceda a C:\HLA Fusion\temp e elimine o ficheiro com o
nome X_X_X(tipo de antigénio)_Layout.xml.

Clique no cabeçalho da coluna da Tabela de resumo para ordenar a tabela por essa coluna.
A seta no cabeçalho da coluna indica a ordem: seta para cima para ordem ascendente e seta
para baixo para ordem descendente. Também é possível arrastar e largar as colunas para
alterar a sua ordem.

É possível modificar as colunas e a ordem da tabela de resumo da sessão. Quando fecha a
opção Field Chooser (Seleção de campo), é apresentada uma mensagem de contexto para
permitir que o utilizador guarde ou não as alterações efetuadas. Se clicar em Yes (Sim), as
suas alterações são guardadas para todos os futuros resumos de sessão do LAT neste mesmo
computador até se guardarem outras modificações.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
201
One Lambda, Inc.

Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Clique no botão Export (Exportar) para guardar a Tabela de resumo no computador ou na
rede (a localização predefinida é C:\OLI FUSION\data\report). O ficheiro é guardado no
formato Excel (*.xls).
Tabela de resumo exportada como uma folha de cálculo do Excel


Clique em Print (Imprimir) para imprimir um relatório da Tabela de resumo.
Clique em Preview (Pré-visualizar) para visualizar um relatório da Tabela de resumo.
Imprimir/Pré-visualizar a tabela de resumo

Na janela de pré-visualização da impressão, a barra de deslocamento de visualização de páginas
do lado esquerdo permite-lhe selecionar diferentes páginas do relatório.

É possível modificar as colunas e a ordem da tabela de resumo da sessão. Pode guardar quaisquer
modificações efetuadas no esquema ao clicar no botão Save Layout (Guardar esquema). As suas
alterações são guardadas para todos os futuros resumos de sessões LAT no mesmo computador
até serem realizadas e guardadas modificações posteriores.
Se pretende excluir uma amostra de uma sessão de análise, selecione a caixa de verificação Exclude
(Excluir) junto a essa amostra. A amostra continua a ser apresentada na lista de amostras do Relatório;
para evitar que seja incluída nos dados do relatório, não selecione a amostra durante a criação do relatório.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
202
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Utilizar a janela de análise mista LAT
Para cada amostra na sessão atual, pode visualizar os dados de teste e atribuir resultados de rastreio.
O HLA Fusion analisa uma amostra quando se move para a visualizar. Para analisar uma sessão
completa, é necessário visualizar todas as amostras da sessão e atribuir os resultados.
Na janela de análise, pode:

Visualizar e imprimir resultados de análise de amostras

Colocar um círculo nos antigénios na tabela de especificidades

Ordenar por posição do poço

Adicionar comentários e identificar a amostra para a realização de testes adicionais

Visualizar um relatório rápido para a amostra atual

Exportar dados de reação para um ficheiro CSV
Nota:
Pode voltar a um resumo da sessão a partir da janela de análise em qualquer altura
clicando na ligação <<Summary (<<Resumo) na barra de ferramentas do HLA Fusion junto
à ID de amostra/sessão.
Ecrã de análise mista LAT
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
203
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Introduzir dados e padrão de reação
O menu de introdução de dados apresenta a reação atual para uma amostra existente ou permite
introduzir valores de reação para uma nova amostra. Esta área permite introduzir as amostras e reações
numa sessão — um tabuleiro de 10 testes ou um tabuleiro de 20 testes. Os dados podem ser introduzidos
manualmente ou obtendo os valores de dados em bruto de um leitor ELISA.
Introdução de dados e padrão de reação (tabuleiro de 10 testes)

O formato da secção de introdução de dados reproduz uma ficha de trabalho de análise mista
LAT. O painel de introdução de reação tem um esquema de tabuleiro. A linha de poços do
teste atual é realçada por um retângulo azul.

Cada poço é um botão que percorre o ciclo de valores de reação (1, 8, 6, 4, 2, 0). Os botões
têm um código de cores que corresponde às reações.

Pode introduzir reações clicando num botão e introduzindo um valor de reação ou clicando no
botão até este apresentar a reação pretendida. Quando o botão mudar, o realce avança para o
botão seguinte.

A navegação de botões ocorre da esquerda para a direita (1A –1F, 2A – 2F, etc.).

Quando o produto tiver um poço em branco, o botão de reação correspondente está
desativado.

A entrada/lista de amostras do tabuleiro encontra-se ao longo da parte lateral do painel.
É necessário introduzir uma ID de amostra para poder guardar a reação na base de dados.
A sessão não exige a utilização de todos os poços do tabuleiro.

Depois de analisar um tabuleiro, não é possível adicionar mais informações da amostra a esse
tabuleiro.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
204
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Utilizar o leitor ELISA
Para ler os dados de análise diretamente do leitor ELISA Biotek ELX 800, o computador no qual é
executado o HLA Fusion deve estar ligado ao leitor ELISA. Ligue e calibre o leitor ELISA de acordo com
as especificações do produto. O HLA Fusion apenas consegue analisar tabuleiros Terasaki de 96 poços.
O leitor ELISA lê os tabuleiros e transfere os dados em bruto para o HLA Fusion.

Na janela de análise, clique em Read From (Ler de) para importar dados do leitor ELISA.
O botão Read From (Ler de) é apresentado apenas quando o computador estiver ligado ao
leitor ELISA e se ainda não tiver introduzido reações manuais para o teste atual.
Nota:
Histograma LAT misto
Histograma para a análise mista LAT
Este histograma apresenta o valor de reação para cada posição de poço do tabuleiro atualmente numa
sessão. Também apresenta a média dos poços de controlo negativo para o grupo de testes como uma
barra verde-clara estreita sobreposta a cada barra do poço de reação.
Os poços são ordenados por grupos de teste: os poços de classe I, classe II e poços de controlo são
ordenados em conjunto.

O eixo X mostra a posição do poço.

O eixo Y lista os intervalos de valores de reação (por ex., 1 a 10).
As barras têm um código de cores baseado no respetivo valor de reação:

8 = vermelho

6 = laranja

4 = dourado

2 = azul

1 = verde
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
205
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
As linhas horizontais representam o limiar positivo que definiu para a classe I e a classe II. A(s) linha(s)
assume(m) a mesma cor que o código de cores de RXN.
Realizar atribuições
Os botões de opção Final Assignment (Atribuição final) apresentam a atribuição sugerida pelo
software: Positive (Positiva), Negative (Negativa) ou Undetermined (Indeterminada). Para aceitar a
atribuição, guarde ou confirme a amostra (consulte as secções seguintes).
Para modificar a atribuição sugerida, proceda da seguinte forma:
1. Na janela de análise, selecione uma atribuição para cada classe utilizando os botões de
opção Final Assignment (Atribuição final) — Positive (Positiva), Negative (Negativa) ou
Undetermined (Indeterminada).
Área de atribuições LAT
Guardar atribuições
Os técnicos e supervisores de laboratório podem guardar resultados de análises para rever e aprovar
posteriormente. As amostras guardadas estão disponíveis para confirmação apenas por parte de um
supervisor de laboratório.

(Guardar), localizado no canto inferior direito
Na janela de análise, clique no botão Save
da janela de análise, para guardar os resultados da análise para todas as especificidades listadas
atualmente na caixa de resultados Final Assignments (Atribuições finais).
O Fusion passa automaticamente para a amostra seguinte.
Para fins de confirmação, um Supervisor tem de aceder à amostra para a qual guardou as atribuições.
Pode voltar à amostra em qualquer altura antes da confirmação. Se for necessário efetuar alterações,
(Reanalisar) e, em seguida, clique novamente no botão Save
clique no botão Reanalyze
(Guardar).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
206
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Confirmar atribuições
Apenas os supervisores de laboratório podem confirmar os resultados das análises. Ao fazê-lo, as
amostras são assinaladas como Confirmed (Confirmadas). O botão Confirm (Confirmar) é apresentado
a roxo quando visualiza uma amostra confirmada.

Na janela de análise, clique no botão Confirm
(Confirmar), localizado no canto inferior
direito da janela, para confirmar todos os resultados da análise.
Passa automaticamente para a amostra seguinte para continuar a confirmar os resultados.
Quando voltar pela primeira vez a uma amostra confirmada, verá que o botão Confirm
(Confirmar) está agora sombreado a roxo para informar que foi confirmada
anteriormente.
Adicionar comentários às amostras
Os comentários que o utilizador ou o Fusion adicionam nos campos Comments (Comentários) são
apresentados com os resultados nas funções atuais de sessão de análise, procura de dados e criação de
relatórios no HLA Fusion.

Na janela de análise, introduza os comentários da amostra no campo Comment (Comentário)
abaixo da área Assignments (Atribuições).
Introduza os seus comentários nesta área
Clique duas vezes num
dos campos de texto
Comentários do sistema automaticamente
adicionados aqui
para abrir a janela
maior de comentários
Os comentários são guardados apenas depois de clicar nos botões Save (Guardar) ou Confirm
(Confirmar).
Sinalizar uma amostra para testes adicionais
Pode indicar a necessidade de realizar testes adicionais numa amostra selecionando a caixa de verificação
More Tests (Mais testes) e guardando em seguida.
A indicação More Tests (Mais testes) é apresentada nos resultados, procura de dados e relatórios da
amostra.
(Mais testes),
1. Na janela de análise, assinale a caixa de verificação More Tests
localizada abaixo da área Assignments (Atribuições), no canto inferior direito.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
207
One Lambda, Inc.
2. Clique em Save
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
(Guardar) ou Confirm
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
(Confirmar) para manter a definição.
Para utilização em diagnóstico in vitro
208
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Adicionar informações sobre o tabuleiro
Pode adicionar informações sobre o tabuleiro atual, como a data de validade, ao clicar no
botão Info
. É apresentada a caixa de diálogo seguinte quando clica neste botão, permitindo-lhe
adicionar informações sobre este tabuleiro de amostras.
Exportar dados da sessão
(Exportar) (localizado no canto inferior direito, imediatamente
Pode clicar no botão Export
acima do botão Save>> [Guardar>>]) para exportar os dados da sessão para um ficheiro semelhante ao
formato de ficheiro de saída CSV Luminex.
Se tiver uma estação de trabalho separada para o leitor ELISA e a análise, o ficheiro exportado pode ser
importado para análise e utilizado noutro computador.
Tabela de dados em bruto
As esferas positivas são apresentadas em texto vermelho. As linhas realçadas a amarelo têm valores de
reação normalizados superiores ao valor mínimo.
As alterações efetuadas na fórmula de normalização e no valor normalizado mínimo aplicam-se apenas à
tabela de dados em bruto e não à análise.
1. Na janela de análise, clique no botão Raw
apresentar a tabela de dados em bruto.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
(Em bruto) no canto inferior direito para
Para utilização em diagnóstico in vitro
209
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Tabela de dados em bruto
Clique num cabeçalho para ordenar a tabela por essa categoria.
Clique no botão Exit
(Sair) no canto superior direito da tabela para fechar a janela e voltar à análise.
Relatório rápido de dados em bruto
Para navegar, exportar e imprimir mais facilmente, pode criar um relatório que contenha informações de
dados em bruto para a amostra atual.
(Relatório) no
Quando for apresentada a Tabela de dados em bruto, clique no botão Report
canto inferior direito da janela da tabela Raw Data (Dados em bruto) para apresentar um relatório dos
dados em bruto.
Clique no botão Exit
(Sair) no canto superior direito da tabela para fechar a janela e voltar à análise.
(Imprimir ecrã) para apresentar uma pré-visualização da
Clique no botão Print Screen
porção atualmente visível da Tabela de dados em bruto.
Clique no botão Printer
(Impressora) no canto superior esquerdo da janela para enviar a imagem
diretamente para a impressora.
Clique no botão Exit
(Sair) ou Close
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
(Fechar) para fechar a janela e voltar à análise.
Para utilização em diagnóstico in vitro
210
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Imprimir a janela de análise atual
O botão Print Screen (Imprimir ecrã) envia a janela de análise atualmente visualizada para a
impressora predefinida para o seu computador.

Na janela de análise, clique no botão Print Screen
(Imprimir ecrã) na barra de ferramentas
do Fusion para imprimir a porção atualmente visível do ecrã de análise.
Pré-visualizar e imprimir relatórios
Para visualizar ou imprimir um relatório de Dados mistos de rastreio de anticorpos para a amostra atual,
utilize o botão Preview Report (Pré-visualizar relatório) na barra de ferramentas.

Nota:
Na janela de análise, clique no botão Preview Report
(Pré-visualizar relatório) ou Print Report
(Imprimir
relatório) para apresentar uma lista de relatórios que pode
imprimir ou pré-visualizar para a amostra atual.
Se selecionar Antibody Custom (Relatório de anticorpos personalizado), não é possível
criar um novo relatório personalizado neste momento. Os únicos relatórios personalizados
disponíveis na janela de análise são os anteriormente criados através da janela Reports
(Relatórios).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
211
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Utilizar a janela de análise PRA/antigénio simples LAT
Esta janela fornece informações de análise detalhadas para cada amostra na sessão. Permite rever,
modificar e aceitar as atribuições de especificidade sugeridas pelo programa. O HLA Fusion sugere
resultados de rastreio possíveis, mas a atribuição final deve ser efetuada pelo utilizador.
No menu da janela de análise, pode fazer o seguinte:


Nota:
Selecionar o limiar mínimo positivo
Excluir especificidades selecionadas ou Cw
Pode voltar a um resumo da sessão a partir da janela de análise em qualquer altura
clicando na ligação <<Summary (<<Resumo) na barra de ferramentas do HLA Fusion junto
à ID de amostra/sessão.
Análise PRA/antigénio simples LAT
Introduzir o padrão de reação
Clique em cada poço para alterar o respetivo valor de reação ou introduza um valor de reação quando o
poço estiver realçado. Os poços com margens brancas são poços de controlo; os poços com margens
pretas são poços de reação.
1. Na janela de análise, introduza o nome de uma amostra nos campos Top/Bottom Sample
(Amostra superior/inferior) e prima a tecla Enter
(para tabuleiros de dois testes, introduza
os nomes da amostra superior e inferior).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
212
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
2. Introduza os padrões de reação clicando nos poços para alterar o valor de reação. Em alternativa,
selecione um poço e introduza o valor de reação.
3. Clique no botão Reanalyze
(Reanalisar).
Não é obrigatório utilizar todos os poços de um tabuleiro.
A entrada do tabuleiro corresponde a um grupo de botões que representam cada poço. Os botões
percorrem o ciclo de valores de reação quando clicados (1, 8, 6, 4, 2, 0). Por defeito, é apresentado o 1.
As cores dos botões refletem os valores introduzidos: 1=verde, 2=azul-claro, 4=magenta;
6=vermelho; 8=azul-escuro.
Pode introduzir reações clicando num botão e introduzindo um valor de reação ou clicando no botão até
este apresentar a reação pretendida. Quando o valor de reação do botão mudar, o realce avança para o
botão seguinte.
A navegação de botões é da esquerda para a direita (1A –1F, 2A – 2F, etc.).
A imagem do tabuleiro (ordem dos botões, posição dos poços, etc.) recria o tabuleiro LAT executado na
realidade. Assim, num tabuleiro de 2 testes, a parte superior do tabuleiro é apresentada em primeiro
lugar para a primeira amostra e a metade inferior é apresentada em segundo lugar para a segunda
amostra. Quando adiciona um novo tabuleiro, a metade superior é apresentada em primeiro lugar,
seguida da metade inferior, se aplicável.
Pode adicionar informações sobre o tabuleiro, como a data de validade, ao clicar no botão + Info
apresentada a caixa de diálogo More Test Information (Mais informações de teste) quando clicar
neste botão, permitindo-lhe adicionar informações sobre este tabuleiro:
.É
Adicionar informações sobre o tabuleiro de teste
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
213
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Utilizar o leitor ELISA
Para importar os dados de análise diretamente do leitor ELISA Biotek ELX 800, o computador no qual é
executado o HLA Fusion deve estar ligado ao leitor ELISA. Ligue e calibre o leitor ELISA de acordo com
as especificações do produto. O HLA Fusion apenas consegue analisar tabuleiros Terasaki de 96 poços.
O leitor ELISA lê os tabuleiros e transfere os dados em bruto para o HLA Fusion.

Nota:
Na janela de análise, clique no botão Read From ELISA (Ler de ELISA) para importar os dados
do leitor ELISA.
O botão Read From (Ler de) é apresentado apenas quando o computador estiver ligado ao
leitor ELISA e se ainda não tiver introduzido reações manuais para o teste atual.
Histograma PRA/antigénio simples LAT
Apresenta a reação da amostra.
Histograma para PRA/antigénio simples LAT

Eixo Y = reatividade; eixo X = posição do poço e ordem das amostras.

Por defeito, o histograma é ordenado da reação mais alta para a mais baixa. Também pode clicar
no botão Sort by Well Position (Ordenar por posição do poço).

As barras são coloridas de acordo com a reação:
1=verde, 2= azul-claro, 4=amarelo; 6=castanho;
8=vermelho.

Ao passar com o cursor sobre uma barra, é apresentada
uma janela de contexto com a ID de esfera, Posição do
tabuleiro, Reação, Dados em bruto, Limiar e
Especificidade do poço.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
214
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Tabela CREG
Os grupos CREG são apresentados na parte superior da tabela, com as especificidades para o grupo
apresentadas abaixo. As especificidades são realçadas numa das seguintes cores.
Nota:
Se pretender ocultar a visualização da barra CREG, clique no título CREG na parte superior
da janela. É apresentada uma caixa de diálogo perguntando-lhe se pretende ocultar a
barra CREG. Clique em Yes (Sim) para a ocultar. Para voltar a visualizá-la, clique
novamente no título CREG e clique no botão Yes (Sim) para a mostrar.

Roxo = Atribuições positivas da caixa Epitope Analysis Results (Resultados da análise de
epítopos)

Cor de rosa = Atribuições caudais que são mascaradas pela análise de epítopos

Azul = Atribuições de Cw

Verde = Atribuições de Bw4 e Bw6

Clique num grupo CREG ou em antigénios para colocar um círculo nas especificidades
correspondentes.

Clique com o botão direito do rato num antigénio para mover a especificidade para a caixa Final
Assignments (Atribuições finais).
Proceda da seguinte forma se pretender utilizar uma tabela CREG diferente:
1. Clique no botão da página inicial
do LAT
ou selecione Utilities >
Antibody Product Configuration > Set
Analysis Configuration (Acessórios >
Configuração de anticorpos > Definir a
configuração da análise).
2. Na página inicial do LAT, clique na ligação
[Edit] (Editar) para apresentar a caixa de
diálogo Analysis Configuration Settings
(Definições de configuração da análise) (esta
caixa de diálogo é automaticamente
apresentada se estiver a aceder através do menu Utilities [Acessórios]).
3. Selecione uma tabela diferente na lista pendente CREG.
4. Clique no botão Save
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
(Guardar) na parte inferior deste ecrã.
Para utilização em diagnóstico in vitro
215
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Localizar antigénio
Todos os antigénios introduzidos são apresentados com um círculo no campo de especificidade. Para
introduzir vários antigénios, utilize um espaço para separar as entradas de antigénios. Clicar nas
etiquetas para Tail Analysis Results (Resultados da análise caudal), Epitope Analysis Results (Resultados
de análise de epítopos) ou Final Assignment (Atribuição final) cria círculos em redor das especificidades
listadas na área de resultados. Clicar na etiqueta “Exclude Antigen” (Excluir antigénio) coloca um círculo
nos antigénios excluídos.
Nota:
Se utilizar a função Find Antigen (Localizar antigénio) enquanto a janela está a apresentar
especificidades moleculares, não é possível ver os antigénios identificados com círculo até
anular a seleção da caixa de verificação DNA (ADN).
1. Na janela de análise, introduza os antigénios individuais ou grupos CREG (por ex., 1C ou 2C) no
campo junto ao botão Find Ag (Localizar antigénio).
2. Clique no botão Find Ag (Localizar antigénio) para colocar um círculo nos antigénios ou grupos
CREG introduzidos.
3. Clique novamente no botão Find Ag (Localizar antigénio) para remover os círculos dos
antigénios no campo de especificidade.
Visualizar especificidades moleculares
As especificidades moleculares são apresentadas apenas no campo de especificidade da janela de análise.
A Tabela CREG e os resultados de rastreio são apresentados e guardados como especificidades
serológicas.
1. Na janela de análise, selecione a caixa de verificação DNA (ADN) para apresentar as
especificidades moleculares.
2. Anule a seleção da caixa de verificação para voltar à visualização de especificidades serológicas.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
216
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Selecionar o limiar mínimo positivo
Pode alterar o limiar mínimo positivo utilizando o menu pendente.

Na janela de análise, selecione um novo limiar positivo na lista pendente Threshold (Limiar)
junto às ferramentas de análise próximo da parte superior da janela. A amostra é reanalisada de
acordo com o novo limiar. Os efeitos da alteração do limiar são apresentados nas caixas de
resultados.
Excluir antigénios da análise
Para introduzir vários antigénios, utilize uma vírgula para separar as entradas de antigénios. Todos os
antigénios introduzidos são excluídos da análise.
1. Na janela de análise, clique no botão Excl. Ag. (Excluir antigénio). É apresentada a caixa de contexto
Exclude Antigen (Excluir antigénio).
2. Introduza os antigénios a excluir, separados por vírgulas, e clique
em OK.
A amostra é reanalisada e os antigénios excluídos são listados no
campo Excluded Antigens (Antigénios excluídos) na caixa de
estatísticas da análise.
3. Para incluir todos estes antigénios novamente, clique de novo no
botão Excl. Ag (Excluir antigénio); clique em Clear (Limpar)
para remover os antigénios do campo e, em seguida, clique em OK
para reanalisar com estes antigénios incluídos.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
217
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Incluir/excluir Cw
Por optar por incluir ou excluir especificidades de antigénios Cw da análise.

Próximo da parte superior da janela de análise, selecione a caixa de verificação Cw para
reanalisar com as especificidades Cw.
Anule a seleção da caixa de verificação Cw para reanalisar sem as especificidades Cw.
Navegar entre a Classe I e a Classe II
(Sessões PRA combinadas de classe I e II)
Para sessões PRA combinadas de classe I e II, cada classe HLA é analisada separadamente e tem de ser
guardada separadamente para que os resultados combinados sejam apresentados na base de dados.
Certifique-se de que já criou um ficheiro de catálogo PRA combinado de classe I e classe II LAT antes de
importar as sessões combinadas).

Na janela de análise, clique no botão Run Class I (Executar classe I) ou Run Class II (Executar
classe II), localizados na parte superior central da janela de análise, para alternar entre os
resultados da classe I e classe I para a amostra atual.
(Depois de clicar no botão Run Class I [Executar classe I] e concluir a análise, o botão muda para
Run Class II [Executar classe II] e vice-versa.)
Tabela de dados em bruto
As esferas positivas são apresentadas em texto vermelho. As linhas realçadas a amarelo têm valores de
reação normalizados superiores ao valor mínimo. As alterações efetuadas na fórmula de normalização e
no valor normalizado mínimo aplicam-se apenas à tabela de dados em bruto e não à análise.
1. Na janela de análise, clique no botão Raw (Em bruto) no canto inferior direito para apresentar a
tabela de dados em bruto.
Realize uma ou mais das seguintes ações:

Clique num cabeçalho na parte superior de qualquer linha para ordenar a tabela por essa
categoria.

Clique no botão Report (Relatório) para criar um relatório da Tabela de dados em bruto.

Clique no botão Print Screen (Imprimir ecrã) para imprimir o ecrã tal como é visualizado.

Clique no botão Close (Fechar) para fechar a janela e para regressar à análise.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
218
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Relatório de dados em bruto
Pode criar um relatório que contenha informações de dados em bruto para a amostra atual.

Quando for apresentada a Tabela de dados em bruto, clique no botão Report (Relatório) no
canto inferior direito da janela da tabela Raw Data (Dados em bruto) para apresentar um relatório
dos dados em bruto.
Exportar dados da sessão
Pode clicar no botão Export (Exportar) para exportar dados de amostra para um ficheiro de saída
separado por vírgula. Este ficheiro pode ser importado para fins de análise. Esta funcionalidade pode ser
utilizada se tiver uma estação de trabalho separada para ELISA e análise.
PRA do dador
Pode apresentar a percentagem de PRA do dador disponíveis no sistema ou de grupos de dadores
selecionados que correspondam aos anticorpos atribuídos por computador para a amostra atual.
Nota:
Para selecionar um ou mais grupos de dadores, selecione Utilities > General Settings
(Acessórios > Definições gerais). Para criar um grupo de dadores, selecione Patient Info >
Manage Patient (Informações do paciente > Gerir paciente), seguido de Donor (Dador) no
campo Patient/Donor (Paciente/Dador) e preencha o campo do grupo de dadores.
1. Para a análise de antigénio individual ou PRA, clique no botão DPRA. Uma janela de contexto
apresenta a percentagem de PRA do dador correspondentes e o número total de dadores que foi
considerado no cálculo.
2. Clique em OK para fechar a caixa. A percentagem e o número de dadores continuam a ser
apresentados junto ao botão Donor PRA (PRA do dador).
Adicionar comentários às amostras
Os comentários que o utilizador ou o Fusion adicionam no campo Comments (Comentários) são
apresentados com os resultados nas funções da sessão de análise atual, procura de dados e criação de
relatórios no HLA Fusion.
 Na janela de análise, introduza os comentários da amostra no campo Comment (Comentário)
abaixo da área Assignments (Atribuições).
Pode clicar e arrastar o canto inferior direito para redimensionar a caixa de comentários. Os comentários
são guardados apenas depois de clicar no botão Save (Guardar) depois de concluída a análise.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
219
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Sinalizar uma amostra para testes adicionais
Marcar uma amostra para a realização de testes adicionais apresenta a caixa de verificação More Tests
(Mais testes) para os resultados da amostra na sessão de análise atual em todas as funções de análise,
procura de dados e criação de relatórios no HLA Fusion.

Na janela de análise, assinale a caixa de verificação More Tests (Mais testes), localizada abaixo
da secção Epitope Analysis Results (Resultados da análise de epítopos).
Pré-visualizar e imprimir relatórios
Para visualizar ou imprimir um relatório LAT PRA/SA para a amostra
atual, clique no botão Preview Report (Pré-visualizar relatório) na barra
de ferramentas do Fusion.

Nota:
Na janela de análise, clique no botão Preview
Report (Pré-visualizar relatório) ou no botão Print Report
(Imprimir relatório) para apresentar uma lista dos relatórios que
pode imprimir ou pré-visualizar para a amostra atual.
Se selecionar Molecular Custom (Relatório molecular personalizado), não é possível criar
um novo relatório personalizado neste momento. Os únicos relatórios personalizados
disponíveis na janela de análise são os anteriormente criados através da janela Reports
(Relatórios).
Realizar atribuições finais
É possível realizar atribuições finais a partir das listas de resultados Tail (Caudal) ou Epitope (Epítopo).
Depois de se mover uma especificidade para a área Final Assignments (Atribuições finais), deixa de ser
apresentada na sua caixa de resultados inicial.
Na janela de análise, proceda de uma das seguintes formas para realizar atribuições:

Clique duas vezes numa especificidade de um antigénio na caixa de resultados Tail (Caudal)
ou Epitope Analysis (Análise de epítopos) para listar o antigénio especificado no campo Final
Assignment (Atribuição final).

Clique na especificidade para a realçar e clique no botão Assign Single (Atribuir simples) para a
mover para a lista Final Assignment (Atribuição final).

Clique no botão Assign All (Atribuir tudo) do lado direito da lista Tail (Caudal) ou Epitope
(Epítopo) para mover todos os resultados atuais nessa lista para a área Final Assignments
(Atribuições finais).

Clique com o botão direito do rato numa especificidade ou grupo CREG na Tabela CREG para a
atribuir à área Final Assignments (Atribuições finais).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
220
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Atribuições manuais
É possível introduzir atribuições manuais no campo abaixo da caixa de resultados Final Assignments
(Atribuições finais). Introduza várias atribuições manuais ao deixar um espaço entre cada especificidade.
1. Na janela de análise, introduza uma atribuição de especificidade de antigénio manual no campo
por baixo da caixa Final Assignment (Atribuição final).
2. Clique no botão Assign (Atribuir) , imediatamente acima do campo Manual Assignment
(Atribuição manual) para adicionar a atribuição à caixa de resultados Final
Assignment (Atribuição final).
Atribuir valores negativos a amostras
É possível atribuir um valor negativo a uma amostra, mesmo que a análise apresente alguns resultados
positivos.

(Atribuir valor negativo), (localizado
Na janela de análise, clique no botão Assign -ve
imediatamente acima do campo Manual Assignment [Atribuição manual]) para atribuir um valor
negativo a todas as amostras na caixa de resultados Final Assignment (Atribuição final).
Remover atribuições
É possível remover especificidades do campo de resultados Final Assignments (Atribuições finais).
Pode remover mais de uma especificidade ao manter premida a tecla Ctrl e ao clicar em cada
especificidade que pretende remover.

Na janela de análise, clique nas especificidades para as realçar na lista Final Assignment
(Atribuição final), (mantenha premida a tecla CTRL para selecionar mais de uma) e clique no
(Remover), localizado abaixo do campo de resultados Final Assignments
botão Remove
(Atribuições finais).
Guardar atribuições
Os técnicos e supervisores de laboratório podem guardar resultados de análises para rever e aprovar
posteriormente. As amostras guardadas estão disponíveis para confirmação apenas por parte de um
supervisor de laboratório.

Na janela de análise, clique no botão Save >>(Guardar), (localizado no canto inferior direito da
janela de análise) para guardar os resultados da análise para todas as especificidades listadas
atualmente na caixa de resultados Final Assignments (Atribuições finais).
Desloca-se automaticamente para a amostra seguinte.
Para fins de confirmação, um Supervisor tem de aceder à amostra para a qual guardou as atribuições.
Pode voltar à amostra em qualquer altura antes da confirmação. Se for necessário efetuar alterações,
clique no botão Reanalyze (Reanalisar) e, em seguida, clique novamente no botão Save (Guardar).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
221
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Confirmar atribuições
Apenas os supervisores de laboratório podem confirmar os resultados das análises. Ao fazê-lo, as
amostras são assinaladas como Confirmed (Confirmadas). O botão Confirm (Confirmar) é apresentado
a roxo quando visualiza uma amostra confirmada.

Na janela de análise, clique no botão Confirm (Confirmar), localizado no canto inferior direito
da janela, para confirmar todos os resultados da análise.
Passa automaticamente para a amostra seguinte para continuar a confirmar os resultados.
Quando voltar pela primeira vez a uma amostra confirmada, verá que o botão Confirm (Confirmar) está
agora sombreado a roxo para informar que foi confirmada anteriormente.
Obter valores de análise caudal
Os valores de análise caudal podem ser apresentados no campo de resultados Final
Assignments (Atribuições finais), mas não são armazenados para fins de procura ou
criação de relatórios.

, localizado no canto superior direito da
Na janela de análise, clique no botão
caixa de resultados Final Analysis (Análise final), para apresentar os valores de
análise caudal no campo de resultados Final Assignments (Atribuições finais).

As amostras de antigénios simples LAT importadas após a alteração desta configuração não
apresentam a área de atribuição da análise caudal na janela de análise da amostra.
Navegar entre a Classe I e a Classe II
(Sessões de PRA combinadas de classe I e II)
Para sessões de PRA combinadas de classe I e II LABScreen, cada classe HLA é analisada separadamente
e tem de ser guardada separadamente para que os resultados combinados sejam apresentados na base de
dados.
Certifique-se de que já criou um ficheiro de catálogo de PRA combinado de classe I e II LABScreen antes
de importar as sessões combinadas.

Na janela de análise, clique nos botões Run Class I (Executar classe I) e Run Class
II (Executar classe II), localizados no canto superior esquerdo da janela de análise, para alternar
entre os resultados da classe I e classe I para a amostra atual.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
222
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Opções do menu do botão direito do rato do Navigator
(Navegador) para LAT
Nota:
Estas opções aplicam-se a todas as sessões e amostras LAT.
Existem opções de análise no Navigator (Navegador), dependendo se se encontra na vista de resumo da
sessão LAT ou num ecrã de análise para uma amostra.
Ao clicar com o botão direito do rato numa sessão ou amostra na janela Navigator (Navegador), acede a
opções do menu que lhe permitem afetar as suas sessões de análise LAT antes ou durante a análise.
Opções do menu ao nível da sessão do
Navigator (Navegador)
Reanalisar com novo catálogo
Permite a reanálise de uma sessão utilizando um catálogo novo ou atualizado.
1. Clique com o botão direito do rato na sessão no
Navigator (Navegador) do Fusion e selecione
Reanalyze using New Settings/Catalog
(Reanalisar utilizando novas definições/novo
catálogo).
2. Dê outro nome à sessão, atribuindo-lhe uma nova
Session ID (ID de sessão).
3. Clique na seta pendente no campo New Catalog
ID (ID de novo catálogo) e selecione um novo
catálogo da lista.
4. Clique no botão Analysis (Análise).
A sessão na qual clicou com o botão direito do rato é reanalisada utilizando uma nova ID de sessão
com o catálogo que acabou de selecionar.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
223
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Opções ao nível da amostra
As opções Related Records (Registos relacionados) e Side By Side Analysis (Análise lado a lado)
são apresentadas se clicar com o botão direito do rato numa amostra ativa no Navigator (Navegador),
(em primeiro lugar, selecione a amostra com o botão esquerdo do rato):
Registos relacionados
Um registo relacionado é um registo associado à amostra atual por ID de paciente ou de amostra.
Nota:
Esta opção está disponível também ao utilizar o botão da barra de ferramentas Related
Records (Registos relacionados).
 Selecione esta opção do menu para carregar todos os registos relacionados com a amostra atual
na lista pendente Sample (Amostra). Utilize as setas de navegação da amostra para apresentar a
análise de cada registo relacionado um por um.
 Para voltar a visualizar as amostras nas sessões atuais, clique na ligação <<Summary (Resumo)
na parte superior da janela.
Análise lado a lado
Utilize esta opção para comparar a análise da amostra atual com a análise de uma amostra realizada
anteriormente.
Nota:

Esta opção também está disponível ao utilizar o botão Side By Side Analysis (Análise lado
a lado) da barra de ferramentas.
Selecione uma amostra para a comparar com a amostra atual.
Em seguida, as duas janelas de análise são apresentadas em conjunto numa janela de
comparação.

Cada janela pode ser redimensionada e movida arrastando e largando.
Clique novamente no botão da barra de ferramentas Side-By-Side Analysis (Análise lado a lado) para
cancelar a apresentação de comparação.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
224
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Análise LCT
A função de análise LCT do programa analisa valores de reação introduzidos manualmente como uma
nova sessão. Os resultados da análise baseiam-se nas especificações do catálogo fornecidas com o
software HLA Fusion.
Existem alguns pontos que devem ser concluídos ou verificados antes de iniciar uma sessão de análise:

Certifique-se de que possui os ficheiros de catálogo mais recentes, bem como o código NMDP,
código local (se utilizado) ou ficheiros de referência equivalentes de serologia antes de analisar.
Poderá transferir ou atualizar catálogos na Página inicial do LCT.

Visualize e modifique as definições globais de configuração do produto antes de iniciar a análise.
As definições globais são apresentadas e podem ser modificadas na página inicial do LCT.
As definições globais aplicam-se a todas as novas sessões importadas.

Poupe tempo ao importar catálogos e ficheiros verificando se os URLs e os caminhos predefinidos
indicam os locais onde estes ficheiros são normalmente armazenados no seu sistema ou rede.
Estas definições também podem ser modificadas na secção General Configurations
(Configurações gerais) da página inicial predefinida do Fusion.
Nota:
Algumas das tarefas acima requerem privilégios de Utilizador supervisor. Poderá ter de
verificar junto do seu supervisor se estas tarefas foram concluídas.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
225
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Iniciar a análise LCT
Adquirir dados LCT
1. Selecione o botão LCT no painel da página inicial
.
Fusion
ou na barra de ferramentas do
É apresentada a página inicial do LCT.
Nota:
Se não estiver a utilizar a interface de utilizador predefinida do Fusion, os dados e
ligações apresentados do lado direito da janela não são apresentados.
Clique para abrir a
Gestor de relatórios
Clique para abrir a janela
Atualizar ficheiro de referência
Clique para abrir a
janela Atualização de
referência disponível
(os catálogos
apresentam a data da
nomenclatura e notas
de revisão)
Clique para
modificar as
definições
Globais de LCT
Clique nestas
ligações para
apresentar o
catálogo
selecionado, ficha
de trabalho ou
documentos de
sonda/primer.
A Página inicial do LCT
Nota:
Abra as fichas de trabalho e as fichas de sonda/primer para verificar a exatidão dos
números de revisão (estes documentos não contêm um número de revisão no respetivo
nome de ficheiro).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
226
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
2. Clique no botão Batch Entry (Introdução de lote).
É apresentado o ecrã Batch Entry (Introdução de lote) do LCT.
Observe que o Fusion designou automaticamente um nome da sessão. Opcionalmente, pode alterar o
nome da sessão.
Nota:
Uma ID de sessão deve ser exclusiva na base de dados do Fusion. Se a ID de sessão já
existir, o software pede-lhe que altere o nome da sessão. Recomenda-se vivamente que
não utilize carateres especiais neste campo, uma vez que podem desempenhar uma
função específica enquanto separadores de campo.
3. Utilize o menu pendente no campo Catalog (Catálogo) para selecionar um ficheiro de catálogo.
Nota:
Se for necessário importar mais catálogos, clique na ligação Download(Transferir) na
página inicial do LCT.
A lista pendente de catálogos pode não ser imediatamente atualizada se tiver transferido
os catálogos durante esta sessão de importação. Pode ser necessário clicar no botão Home
(Início) e, em seguida, clicar novamente no botão LCT para voltar ao processo de
importação.
4. Aceite a data atual ou selecione uma data de teste diferente e clique em Next> (Seguinte).
É apresentada a janela de análise para esta sessão.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
227
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Janela de análise do LCT
Cada sessão do LCT consiste em tantas amostras quantas pretende analisar com as mesmas informações
de catálogo.
Ecrã de resumo da sessão do LCT
É possível apresentar a Tabela de resumo ao clicar numa sessão na árvore de navegação. Lista cada
amostra na sessão. Esta opção permite-lhe analisar rapidamente uma sessão e guardá-la para revisão
posterior e atribuições finais.
Seleção de campo
Campos de PRA do dador
Tabela de resumo da sessão do LCT

Clique duas vezes numa amostra na Tabela de resumo ou num ponto de dados para ir
diretamente para o ecrã de análise para esta amostra.

Percorra a lista para a esquerda ou direita para ver todos os campos da Tabela de resumo.

Clique no botão Field Chooser (Seleção de campo) do lado esquerdo da fila de cabeçalho da
coluna. É apresentada a janela Field Chooser (Seleção de campo). Nesta janela, pode selecionar
ou anular a seleção das caixas de verificação junto aos cabeçalhos das colunas para incluir ou
excluir essas colunas da Tabela de resumo. Selecionar ou anular a seleção das caixas de
verificação nesta janela atualiza instantaneamente a tabela.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
228
One Lambda, Inc.
Nota:
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Se não vir um determinado campo disponível através da seleção de campo e tiver a
certeza de que deveria existir, aceda a C:\HLA Fusion\temp e elimine o ficheiro com o
nome X_X_X(tipo de antigénio)_Layout.xml.
Resumo da sessão do
LCT Seleção de campo

Clique no cabeçalho da coluna da Tabela de resumo para ordenar a tabela
por essa coluna. A seta no cabeçalho da coluna indica a ordem: seta para
cima para ordem ascendente e seta para baixo para ordem descendente.
Também é possível arrastar e largar as colunas para alterar a sua ordem.

É possível modificar as colunas e a ordem da tabela de resumo da sessão.
Quando fecha a opção Field Chooser (Seleção de campo), é apresentada
uma mensagem de contexto para permitir que o utilizador guarde ou não
as alterações efetuadas. Se clicar emYes (Sim), as suas alterações são
guardadas para todos os futuros resumos da sessão do LCT neste mesmo
computador até se guardarem outras modificações.

Clique no botão Export (Exportar) para guardar a Tabela de resumo no
seu computador ou na rede (a localização predefinida é C:\OLI
FUSION\data\report). O ficheiro é guardado no formato Excel (*.XLS).

Clique em Print (Imprimir) para imprimir um relatório da Tabela de resumo.

Clique em Preview (Pré-visualizar) para visualizar um relatório da Tabela de resumo.
Resumo da sessão do LCT exportado como um ficheiro de folha de cálculo
Pré-visualização da impressão do resumo da sessão do LCT

Na janela de pré-visualização da impressão, a barra de deslocamento de visualização de páginas
do lado esquerdo permite-lhe selecionar diferentes páginas do relatório.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
229
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x

É possível modificar as colunas e a ordem da Tabela de resumo. Pode guardar quaisquer
modificações efetuadas no esquema ao clicar no botão Save Layout (Guardar esquema)
.
As suas alterações são guardadas para todas as futuras tabelas de resumo da sessão do LCT neste
mesmo computador até serem guardadas outras alterações.

Se pretende excluir uma amostra de uma sessão de análise, selecione a caixa de verificação
Exclude (Excluir) junto a essa amostra. A amostra continua a ser apresentada na lista de
amostras do Relatório, por isso, para evitar que seja incluída nos dados do relatório, não selecione
a amostra durante a criação do relatório.
Nota:
Certas colunas de dados são consideradas essenciais e não podem ser excluídas para além
do período de visualização atual da Tabela de resumo. Se excluir um destes campos, a sua
coluna não é apresentada até navegar para outro lado na aplicação. Se regressar a esta
Tabela de resumo a partir de uma janela de análise de amostras ou do Navigator
(Navegador), essa coluna é novamente apresentada. As colunas de dados consideradas
essenciais são específicas ao produto.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
230
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Utilizar a janela de análise do LCT
Para cada amostra de LCT na sessão atual, pode visualizar os dados de teste, ajustar o valor de
interrupção e atribuir resultados de rastreio. É possível efetuar várias tarefas a partir da janela de análise
do LCT:

Rever dados e atribuir especificidades

Colocar um círculo nos antigénios na tabela de especificidades

Visualizar especificidades moleculares

Visualizar resultados de rastreio

Adicionar comentários e identificar a amostra para a realização de testes adicionais

Visualizar um relatório para a amostra atual
Definição de limiar de
valor basal
Caixa de pesquisa de antigénio
Clique para ordenar
por posição do poço
Painel de
introdução
de reação
Gráfico de
esferas
Especificidades
Ferramentas
de análise
Barra CREG
Área de
atribuição final
Tabela de
estatísticas
Área de comentários (clique
duas vezes para a expandir)
Clique para
apresentar %
de PRA do
dador
Selecione, se
forem necessários
mais testes
Clique para
apresentar
resultados como
dados em bruto
Botões para
guardar e
confirmar
A janela de análise do LCT
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
231
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Painel de introdução de reação e análise
O painel no canto superior esquerdo da janela apresenta cada agrupamento de esferas do teste num
separador separado. Cada esfera é listada com o botão de especificidade e reação.
Para alternar entre os painéis, clique no separador do grupo de esferas selecionado.
Depois de clicar, a reação para a esfera selecionada muda entre os seguintes números e cores:
Painel de introdução de
reação e análise

1 (verde)

8 (vermelho)

6 (laranja)

4 (dourado)

2 (azul claro)

0 (cinzento)

Se alterar um botão de reação, o enfoque muda para o botão seguinte. Pode igualmente
introduzir manualmente as reações, em vez de clicar nos botões.

Este painel lança a análise da amostra atual utilizando as alterações mais recentes na reação.

Se a amostra ainda não tiver sido analisada, o botão é identificado como Analyze (Analisar).
Se já existir a análise para a amostra, o botão é identificado como ReAnalyze (Reanalisar). Este
botão é ativado apenas quando tiver sido introduzida uma ID de amostra. Se ainda não tiver
sido introduzida uma ID de amostra quando se clica neste botão, o campo de ID de amostra é
assinalado com !, e não é efetuada qualquer análise.
Adicionar informações sobre o tabuleiro
Pode adicionar informações sobre o tabuleiro atual, como a data de validade, ao clicar no
botão +Info (Mais informações)
. É apresentada a caixa de diálogo seguinte quando clica neste
botão, permitindo-lhe adicionar informações sobre este tabuleiro de amostras.
Ecrã Adicionar informações sobre o tabuleiro
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
232
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Localizar antigénio
Para introduzir vários antigénios, utilize um espaço para separar as entradas de antigénios. Todos os
antigénios introduzidos são apresentados com um círculo no campo de especificidade. Clicar nas
etiquetas para Tail Analysis Results (Resultados da análise caudal), Epitope Analysis Results (Resultados
de análise de epítopos) ou Final Assignment (Atribuição final) cria círculos em redor das especificidades
listadas na área de resultados. Clicar na etiqueta “Exclude Antigen” (Excluir antigénio) coloca um círculo
nos antigénios excluídos.
Nota:
Se utilizar a função Find Antigen (Localizar antigénio) enquanto a janela está a apresentar
especificidades moleculares, não é possível ver os antigénios identificados com círculo até
anular a seleção da caixa de verificação DNA (ADN).
1. Na janela de análise, introduza os antigénios ou grupos CREG (por ex., 1C ou 2C) no campo junto
ao botão Find Ag (Localizar antigénio).
2. Clique no botão Find Ag (Localizar antigénio)
grupos CREG introduzidos.
para colocar um círculo nos antigénios ou
Clique novamente no botão Find Ag (Localizar antigénio) para remover os círculos dos antigénios no
campo de especificidade.
Tabela CREG
Os grupos CREG são apresentados na parte superior da tabela, com as especificidades para o grupo
apresentadas abaixo. As especificidades são realçadas numa das seguintes cores.
Nota:
Se pretender ocultar a visualização da barra CREG, clique no título CREG na parte superior
da janela. É apresentada uma caixa de diálogo perguntando-lhe se pretende ocultar a
barra CREG. Clique em Yes (Sim) para a ocultar. Para voltar a visualizá-la, clique
novamente no título CREG e clique no botão Yes (Sim) para a mostrar.

Roxo = Atribuições positivas da caixa Epitope Analysis Results (Resultados da análise de
epítopos)

Cor de rosa = Atribuições caudais que são mascaradas pela análise de epítopos

Azul = Atribuições de Cw

Verde = Atribuições de Bw4 e Bw6
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
233
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Clique em qualquer
uma destas áreas na
barra CREG para
colocar um círculo
nos antigénios no
sistema de
especificidade acima.
1. Clique num grupo CREG ou em antigénios para colocar um círculo nas especificidades
correspondentes.
2. Clique com o botão direito do rato num antigénio para mover a especificidade para a caixa Final
Assignments (Atribuições finais).
Proceda da seguinte forma se pretender utilizar uma tabela CREG diferente:
ou selecione Utilities > Antibody Product
1. Clique no botão da página inicial do LCT
Configuration > Set Analysis Configuration (Acessórios > Configuração de produtos de
anticorpos >Definir a configuração da análise).
2. Na página inicial, clique na ligação Edit (Editar) para
apresentar a caixa de diálogo Analysis Configuration
Settings (Definições de configuração da análise). (Esta
caixa de diálogo já é visualizada se estiver a aceder à
mesma através do menu Utilities [Acessórios].)
3. Selecione uma tabela na lista pendente CREG.
4. Clique em Save (Guardar).
Ordenar por posição do poço
Este botão é apresentado quando o histograma está atualmente ordenado por reação. Ao clicar no
mesmo, ordena o histograma por posição do poço e o botão é identificado como Refresh (Atualizar).
1. Na janela de análise, clique no botão Sort by Well Position (Ordenar por posição do poço)
.
.
2. Para voltar a ordenar por reação, clique no botão Refresh (Atualizar)
Antes de Ordenar por posição do poço ser selecionado - por ordem de reação.
Depois de Ordenar por posição do poço ser selecionado - por ordem de posição do poço.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
234
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Selecionar o limiar mínimo positivo
Pode alterar o limiar mínimo positivo utilizando o menu pendente.

Na janela de análise, selecione um novo limiar positivo na lista pendente Threshold (Limiar), junto
às ferramentas de análise próximo da parte superior da janela. A amostra é reanalisada de acordo
com o novo limiar. Os efeitos da alteração do limiar são visualizados nas caixas de resultados.
Definir o limiar mínimo positivo
Excluir antigénios da análise
Todos os antigénios introduzidos são excluídos da análise. Para introduzir vários antigénios, utilize uma
vírgula para separar as entradas de antigénios.
1. Na janela de análise, clique no botão Excl. Ag (Excluir antigénio)
diálogo Exclude Antigen (Excluir antigénio).
. É apresentada a caixa de
Definição para excluir antigénio
Introduza os antigénios que pretende excluir e clique em OK.
Nota:
Para excluir também todos os antigénios de tipologia para o paciente associado, selecione
a caixa de verificação Exclude Patient Typing (Excluir tipologia de paciente).
A amostra é reanalisada e os antigénios excluídos são listados no campo Excluded Antigens (Antigénios
excluídos) debaixo da caixa de estatísticas da análise.
Para incluir estes antigénios novamente, clique de novo no botão Excl. Ag (Excluir antigénio), clique
em Clear (Limpar) para remover os antigénios do campo e, em seguida, clique em OK para reanalisar
com estes antigénios incluídos.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
235
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Incluir/excluir Cw
Por optar por incluir ou excluir especificidades de antigénios Cw da análise.
1. Próximo da parte superior da janela de análise, selecione a caixa de verificação Cw
reanalisar com as especificidades Cw.
2. Anule a seleção da caixa de verificação Cw
para
para reanalisar sem as especificidades Cw.
Tabela de dados em bruto
As esferas positivas são apresentadas em texto vermelho. As filas realçadas a amarelo apresentam valores
normalizados acima do valor mínimo introduzido na caixa Min Value (Valor mínimo). As alterações
efetuadas na fórmula de normalização e no valor normalizado mínimo aplicam-se apenas à tabela de
dados em bruto e não à análise.
1. Na janela de análise, clique no botão Raw Data (Dados em bruto) no canto inferior direito da
janela de análise para apresentar a tabela de dados em bruto.
2. Clique num cabeçalho para ordenar a tabela por essa categoria.
3. Clique em
no canto superior direito da tabela para fechar a janela e voltar à análise.
Tabela de dados em bruto
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
236
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Relatório de dados em bruto
Para navegar, exportar e imprimir mais facilmente, pode criar um relatório que contenha informações de
dados em bruto para a amostra atual.
1. Quando for apresentada a Tabela de dados em bruto, clique no botão Report (Relatório) no
canto inferior direito da janela Raw Data Table (Tabela de dados em bruto) para apresentar um
relatório dos dados em bruto.
Relatório de dados em bruto de LCT
PRA do dador
Pode apresentar a percentagem de PRA do dador disponíveis no sistema ou de grupos de dadores
selecionados que correspondam aos anticorpos atribuídos por computador para a amostra atual.
Nota:
Para selecionar um ou mais grupos de dadores, selecione Utilities > General Settings
(Acessórios > Definições gerais). Para criar um grupo de dadores, selecione Patient Info >
Manage Patient (Informações do paciente > Gerir paciente), seguido de Donor (Dador) no
campo Patient/Donor (Paciente/Dador) e preencha o campo do grupo de dadores.
1. Para a análise de antigénio individual ou PRA, clique no
.
botão DPRA
Mensagem de contexto DPRA
Uma janela de contexto apresenta a percentagem de PRA do dador
correspondentes e o número total de dadores que foi considerado no cálculo.
2. Clique em OK para fechar a caixa.
A percentagem e o número de dadores continuam a ser apresentados junto ao
botão Donor PRA (PRA do dador).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
237
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Adicionar comentários às amostras
Os comentários das amostras são apresentados para os resultados da amostra na sessão de análise atual
em todas as funções de análise, procura de dados e criação de relatórios no HLA Fusion.
1. Na janela de análise, introduza os comentários da amostra no campo Comments (Comentários)
abaixo da área Assignments (Atribuições).
Campo de comentários padrão
A janela de comentários é
apresentada se clicar duas
vezes no campo de
comentários padrão.
Os comentários são guardados apenas quando clica em Save (Guardar).
Sinalizar uma amostra para testes adicionais
Marcar uma amostra para a realização de testes adicionais apresenta a caixa de verificação More Tests
(Mais testes) para os resultados da amostra na sessão de análise atual em todas as funções de análise,
procura de dados e criação de relatórios no HLA Fusion.

Na janela de análise, assinale a caixa de verificação More
Tests (Mais testes), localizada abaixo da área Assignments
(Atribuições).
Imprimir a janela de análise atual
O botão Print Screen (Imprimir ecrã) imprime a janela de análise atualmente apresentada.

Na janela de análise, clique no botão Print Screen
imprimir o ecrã de análise atual.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
(Imprimir ecrã) na barra de ferramentas para
Para utilização em diagnóstico in vitro
238
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Pré-visualizar e imprimir relatórios
Para visualizar ou imprimir um relatório de Dados mistos de
rastreio de anticorpos para a amostra atual, utilize o botão
Preview Report (Pré-visualizar relatório) na barra de
ferramentas.

Pré-visualizar ou imprimir relatórios
Na janela de análise, clique no botão Preview Report
ou no botão Print Report
(Pré-visualizar relatório)
(Imprimir relatório)
para apresentar uma lista dos
relatórios que pode imprimir ou pré-visualizar para a
amostra atual.
Realizar atribuições finais
É possível realizar atribuições finais a partir das listas de resultados Tail (Caudal) ou Epitope (Epítopo).
Depois de se mover uma especificidade para a área Final Assignments (Atribuições finais), deixa de ser
apresentada na sua caixa de resultados inicial. Pode selecionar mais de uma especificidade num
determinado campo de resultados ao manter premida a tecla Ctrl e ao clicar em várias especificidades.
Na janela de análise, proceda de uma das seguintes formas para realizar atribuições:

Clique duas vezes numa especificidade de um antigénio na caixa de resultados Tail (Caudal)
ou Epitope Analysis (Análise de epítopos) para atribuir o antigénio especificado ao
campo Final Assignment (Atribuição final).

Clique na especificidade para a realçar e clique no botão Assign Single (Atribuir simples)
para a mover para o campo Final Assignment (Atribuição final).

Clique no botão Assign All (Atribuir tudo)
do lado direito da lista Tail (Caudal) ou Epitope
(Epítopo) para mover todos os resultados atuais nessa lista para o campo Final Assignments
(Atribuições finais).

Clique com o botão direito do rato numa especificidade ou grupo CREG na Tabela CREG para a
atribuir à área Final Assignments (Atribuições finais).
Atribuições manuais
É possível introduzir atribuições manuais no campo abaixo do campo de resultados Final Assignments
(Atribuições finais). Introduza várias atribuições manuais ao deixar um espaço entre cada especificidade.
1. Na janela de análise, introduza uma atribuição de especificidade de antigénio manual no campo por
baixo da caixa Final Assignment (Atribuição final).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
239
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Clique no botão Assign (Atribuir)
,
imediatamente acima do campo Manual
Assignment (Atribuição manual) para adicionar
a atribuição ao campo de resultados Final
Assignment (Atribuição final).
Área de
atribuição
manual
Atribuir valores negativos a amostras
É possível atribuir um valor negativo a uma amostra, mesmo que a análise apresente alguns resultados
positivos.

, localizado
Na janela de análise, clique no botão Assign -ve (Atribuir valor negativo)
imediatamente acima do campo Manual Assignment (Atribuição manual) para atribuir um valor
negativo a todas as amostras na caixa de resultados Final Assignment (Atribuição final).
Remover atribuições
É possível remover especificidades do campo de resultados Final Assignments (Atribuições finais).
Pode remover mais de uma especificidade ao manter premida a tecla Ctrl
e ao clicar em cada
especificidade que pretende remover.

Na janela de análise, clique nas especificidades para as realçar na lista Final Assignment (Atribuição
final), (mantenha premida a tecla CTRL para selecionar mais de uma) e clique no botão Remove
(Remover), localizado abaixo da caixa de resultados Final Assignments (Atribuições finais).
Guardar atribuições
Os técnicos e supervisores de laboratório podem guardar resultados de análises para rever e aprovar
posteriormente. As amostras guardadas estão disponíveis para confirmação apenas por parte de um
supervisor de laboratório

Na janela de análise, clique no botão Save (Guardar)
, (localizado no canto inferior direito da
janela de análise) para guardar os resultados da análise para todas as especificidades listadas
atualmente no campo Final Assignments (Atribuições finais).
O Fusion passa automaticamente para a amostra seguinte.
Para fins de confirmação, um supervisor tem de aceder à amostra para a qual guardou as atribuições. Se for
necessário efetuar alterações, pode voltar à amostra em qualquer altura antes da confirmação. Clique no
(reanalisar) e, em seguida, clique novamente no botão Save
(Guardar).
botão Reanalyze
Confirmar atribuições
Os supervisores de laboratório podem confirmar os resultados das análises. Ao fazê-lo, as amostras são
assinaladas como Confirmed (Confirmadas). O botão Confirm (Confirmar) é apresentado a roxo
quando visualiza uma amostra confirmada.

Na janela de análise, clique no botão Confirm (Confirmar)
, localizado no canto inferior
direito da janela, para confirmar todos os resultados das análises que foram guardados na caixa de
resultados Final Assignments (Atribuições finais).
Passa automaticamente para a amostra seguinte para continuar a confirmar os resultados.
Quando voltar pela primeira vez a uma amostra confirmada, verá que o botão Confirm (Confirmar)
está agora sombreado a roxo
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
para informar que foi confirmada anteriormente.
Para utilização em diagnóstico in vitro
240
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Opções do menu do botão direito do rato do Navigator
(Navegador) para sessões LCT
Estão disponíveis opções de análise através do Navigator (Navegador) — quer se encontre na vista de
resumo da sessão LCT quer se encontre num ecrã de análise para uma amostra. Ao clicar com o botão
direito do rato numa sessão ou amostra na janela Navigator (Navegador) quando é apresentado um
resumo da sessão ou janela de análise, acede a opções do menu que lhe permitem afetar as suas sessões
de análise LCT antes ou durante a análise.
Clique com o botão direito do rato
nas opções (Nível da amostra)
Clique com o botão direito do rato nas
opções (Nível da sessão)
Reanalisar com novo catálogo
Permite que a sessão seja reanalisada utilizando um ficheiro de catálogo novo ou atualizado.
1. Altere o nome da sessão.
2. Clique na seta pendente no campo New Catalog ID (ID de novo catálogo) e selecione um novo
catálogo da lista.
3. Clique no botão Analysis (Análise).
A sessão na qual clicou com o botão direito do rato é reanalisada com o ficheiro de catálogo que
acabou de selecionar.
Reanalisar com um novo catálogo
Altere o nome
da nova sessão
para evitar
nomes
duplicados da
sessão.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
241
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Opções ao nível da amostra
As opções do menu Related Records (Registos relacionados) e Side By Side Analysis (Análise lado a
lado) são apresentadas se clicar com o botão direito do rato numa amostra ativa no Navigator
(Navegador), (em primeiro lugar, selecione a amostra com o botão esquerdo do rato):
Registos relacionados
Um registo relacionado é um registo associado à amostra atual por ID de paciente ou de amostra.
Nota:
Esta opção está disponível também ao utilizar o botão da barra de ferramentas Related
Records (Registos relacionados)
.

Selecione esta opção do menu para carregar todos os registos relacionados com a amostra atual na
lista pendente Sample (Amostra). Utilize as setas de navegação da amostra para apresentar a análise
de cada registo relacionado um por um.

Para voltar a visualizar as amostras nas sessões atuais, clique na ligação <<Summary (Resumo) na
parte superior da janela.
Análise lado a lado
Utilize esta opção para comparar a análise da amostra atual com a anteriormente realizada.
Nota:
Esta opção está disponível também ao utilizar o botão da barra de ferramentas Side By
Side Analysis (Análise lado a lado)
.
Análise lado a lado
Análise
atual
Análise
anterior
1. Clique com o botão direito do rato numa amostra no Navigator (Navegador). É apresentada uma
lista das amostras disponíveis.
2. Selecione uma análise de amostra anterior na lista apresentada para a comparar com a atual. Em
seguida, as duas janelas de análise são apresentadas numa janela de comparação. Cada janela pode
ser redimensionada e movida arrastando e largando. Clique no botão Side By Side Analysis
(Análise lado a lado) da barra de ferramentas para cancelar a apresentação da comparação.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
242
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Relatórios
O HLA Fusion™ fornece formatos de relatórios diferentes onde pode inserir os seus dados das análises e
resultados. No menu Reports (Relatórios), pode efetuar o seguinte:

Criar, imprimir e exportar relatórios para dados de análise para todos os produtos suportados.

Criar resultados personalizados para os quais determina o tipo de conteúdo.

Criar relatórios para submissão eletrónica, como relatórios NMDP HML.

Guardar, no máximo, 18 relatórios numa lista My Favorites (Os meus favoritos) para acesso
conveniente.

Modificar a aparência de qualquer relatório, como tipos de letra, formatação e cores de fundo
(apenas os supervisores).
Para além disso, em seguida encontrará algumas considerações a ter em conta antes de criar relatórios no
HLA Fusion:

A data do relatório encontra-se num tipo de letra diferente dos outros conteúdos do relatório. Isto
é intencional para permitir que o campo de data do Crystal Report seja apresentado no formato
PDF em várias definições regionais e de idiomas.

Verifique os relatórios e os dados durante o processo de instalação e validação.

Todos os ficheiros de relatórios são disponibilizados para que possa organizar e dimensionar os
campos de forma a satisfazer as suas necessidades.
Nota:
Para visualizar os relatórios, o seu computador tem de ter algum controlador de
impressora instalado. Se não tiver um controlador de impressora instalado, pode transferir
uma cópia gratuita do PDF Distiller em Adobe.com, ou Microsoft Office Document Image
Writer em Microsoft.com. Além disso, pode imprimir e exportar estes relatórios da janela
de análise ou resumo de lote.
As IDs de amostras, IDs de pacientes, IDs de poços, Alelos, Serologia, entre outros, são
ordenados de forma alfanumérica nos relatórios, tal como acontece noutros formulários e
listas do HLA Fusion.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
243
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Utilizar a janela de relatórios
As secções seguintes descrevem como criar, guardar e imprimir um relatório que contenha os dados da
sua análise. Eis os passos principais que deve tomar para criar um relatório a partir desta janela:
1. Selecione um tipo de relatório.
2. Conforme necessário, selecione os critérios para refinar os dados do relatório, como intervalo de
datas.
3. Selecione as sessões ou amostras para incluir no relatório.
4. Selecione o botão View Report (Ver relatório) ou Export Report (Exporta relatório)
Aceder à janela de relatórios
É possível aceder à janela Reports (Relatórios) através de uma de duas formas:


Na página inicial, clique no botão Reports
(Explorador do Fusion).
na barra de menu do Fusion.
Ou clique em,
(Relatórios) no Fusion Explorer
É apresentada a janela Reports (Relatórios) com uma lista de quaisquer sessões que se encontrem
dentro do intervalo de datas (com base no intervalo de datas definido na caixa de diálogo Find
[Localizar]). Se não for apresentada nenhuma sessão, tente modificar o intervalo de datas.
Definir a ordem e
critério de ordenação
para colunas de
relatórios.
Título do
relatórios
Criar um
Para formatar
relatório Guardar e relatórios e criar
Atalhos para
Para fechar separado aceder até
modelos de
outras opções do a janela de para cada 18 relatórios
exportação de
menu Fusion.
relatórios amostra diferentes
dados
Intervalo de
datas para
sessões
apresentadas
Clique para
filtrar as
sessões pelos
critérios
selecionados
Pode agrupar
uma ID de
catálogo e
alelos (que
Ver,
personalizar,
exportar ou
enviar um
relatório por
e-mail.
Título do
relatório
Lista de
sessões
filtradas por
tipo de
relatório e
critérios de
introdução.
correspondam
aos alelos no par
de alelos ou
campo de alelos
designado.)
Critérios para refinar
os dados do relatório
(filtra as sessões
apresentadas)
Selecione um
separador para ver
por sessão ou
amostra.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
244
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Selecionar tipo de relatório

Selecione um relatório nas opções de menu do tipo de relatório apresentadas na parte superior da
janela Reports (Relatórios). A lista de sessões no painel direito da janela Reports (Relatórios) é
filtrada para apresentar apenas as sessões relacionadas com o tipo de relatório selecionado.
Tipos de relatório
Refinar os dados do relatório
Se necessário, utilize o painel esquerdo da janela Reports (Relatórios) para filtrar adicionalmente as
sessões que pretende incluir no seu relatório. Existe uma série de critérios que pode definir:
1. Introduza a ID de paciente, ID de sessão do ID
de amostra nos respetivos campos ou procure as
informações com o botão Browse
(Procurar).
2. Ajuste o intervalo de datas. Utilize os
calendários pendentes nos campos Session
Date (Data da sessão) para selecionar uma data
de início e fim diferente.
3. Introduza ou procure as caraterísticas ou
estados da amostra ou sessão específicos
(consulte abaixo).
4. Depois de definir os critérios e clicar no
botão Find (Localizar) no painel esquerdo da
janela Reports (Relatórios), a lista de sessões
no painel direito da janela é filtrada em
conformidade.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
Clique para filtrar as
sessões pelos critérios
selecionados.
Amostra, estado
da sessão ou
outras
características
como critérios de
pesquisa
245
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Seleção de sessão/amostra

Na lista de amostras/sessões, clique no sinal + junto a qualquer sessão para expandir a
visualização para mostrar as suas amostras.
Vista por sessões
ou por amostras
Uma sessão com
algumas, mas nem
todas as amostras
selecionadas
Sessões
Uma sessão com
todas as amostras
selecionadas
Amostras:
1. Selecione as caixas de verificação junto a cada amostra que pretende incluir num relatório.
Selecione a caixa de verificação junto a uma ID de sessão para incluir todas as suas amostras,
(Anule a seleção da caixa de verificação de qualquer amostra ou sessão que não pretende incluir
no relatório.)
2. Se, pelo menos, uma amostra tiver sido selecionada para uma sessão, a célula Include (Incluir)
para essa sessão é realçada a cinzento. Se todas as amostras para uma sessão forem selecionadas,
existe uma caixa de verificação na célula Include In (Incluir em).
3. (Opcional) Para visualizar todas as amostras disponíveis ou para visualizar apenas as amostras
que selecionou até ao momento, clique no separador Samples (Amostras) e selecione ou anule a
seleção da caixa de verificação para Show selected samples (Mostrar amostras selecionadas).
4. Alternativamente, pode clicar com o botão direito do rato numa sessão ou amostra e aplicar uma
das seguintes opções:
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
246
One Lambda, Inc.
Nota:
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x

Select All (Selecionar tudo): selecionar todas as
sessões e amostras para inclusão no relatório.

Deselect All (Anular a seleção de tudo): anular
a seleção de todas as sessões e amostras da
inclusão no relatório.

Analysis Select (Seleção de análise):
especificar o tipo de relatório do produto de
análise (LABType, Micro SSP, LABScreen, etc.)

Category Select (Seleção de categoria):
escolher a categoria do relatório - molecular ou
anticorpos.
Para criar um relatório separado para cada amostra selecionada, selecione a caixa de
verificação junto a 1 Sample per Report (1 amostra por relatório).
Ver, imprimir ou exportar relatórios

Depois de escolher o tipo de relatório e de selecionar todas as amostras pretendidas, clique
em View Report (Ver relatório). O relatório é apresentado numa janela separada, o Report
Viewer (Visualizador de relatórios).
Exemplo de um relatório visualizado no Report Viewer (Visualizador de relatórios)
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
247
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
O Report Viewer (Visualizador de relatórios) contém vários botões de barra de ferramentas para lhe
permitir exportar, imprimir e navegar no seu relatório.
A funcionalidade destes botões é descrita na tabela seguinte:
Barra de ferramentas do Report Viewer (Visualizador de relatórios)
A sua função
Botão da barra de
ferramentas
Exportar relatório: Exporta os relatórios num dos vários
formatos disponíveis, incluindo, Crystal Report, PDF e
Microsoft Word.
Imprimir relatório: Envia o relatório atual diretamente para
a impressora.
Alternar árvore de grupo: Abre um painel em árvore no
lado esquerdo da janela Report Viewer (Visualizador de
relatórios), que lista todas as amostras incluídas no relatório
atual.
Navegador de páginas do relatório: Se o relatório tiver
várias páginas, estes botões permitem-lhe deslocar-se para
a primeira página, para a página seguinte, para a página
anterior ou para a última página.
Localizar texto: Clicar neste botão abre uma caixa de texto
que lhe permite pesquisar e localizar texto no relatório.
Zoom: Clique na seta para baixo neste botão para escolher
uma definição de zoom, ver uma página inteira do relatório
ou ver por largura da página do relatório.
Para fechar a janela Report Viewer (Visualizador de relatórios), clique no botão Close (Fechar)
canto superior direito do visualizador.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
no
248
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Exportar relatório
1. Clique no botão Export Report (Exportar relatório)
quando pretender exportar um
relatório num de vários formatos padrão. É apresentada a caixa de diálogo Select Output
Directory and Save Type (Selecionar diretório de saída e guardar tipo).
Ecrã Guardar como de destino/ficheiro de relatório exportado
1. Introduza um nome para o relatório atual exportado ou procure um ficheiro de relatório a
exportar.
2. Selecione um formato na lista pendente Save as type (Guardar como) (Excel, Acrobat, Word ou
Rich Text Format).
3. Clique em OK. Por predefinição, o ficheiro é guardado em C:\OLI Fusion\data\report).
Aceder a relatórios a partir do menu Os meus favoritos
O menu My Favorite (Os meus favoritos) é uma forma conveniente para aceder e gerar os relatórios que
utiliza com mais frequência. Pode incluir, no máximo 18 tipos de relatórios no menu pendente My
Favorite (Os meus favoritos), incluindo relatórios personalizados. É simples adicionar ou eliminar os
relatórios da lista.
Adicionar relatórios ao menu Os meus favoritos
1. Certifique-se de que selecionou o relatório que pretende adicionar ao menu My Favorite
(Os meus favoritos) (verifique se o nome é apresentado na secção Report Options [Opções do
relatório] da janela Reports [Relatórios]).
Adicionar um novo relatório ao menu Os meus favoritos
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
249
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
2. Selecione My Favorite > Add to My Favorite (Os meus favoritos > Adicionar aos meus
favoritos).
O nome do relatório atual é adicionado ao seu menu My Favorite (Os meus favoritos). Quando
pretender gerar este relatório, basta clicar no seu nome na parte inferior do menu My Favorite
(Os meus favoritos).
Os relatórios guardados são
listados abaixo desta linha e
podem ser acedidos em
qualquer altura.
Remover relatórios do menu Os meus favoritos
1. Selecione My Favorite (Os meus favoritos) e selecione o relatório que pretende remover da lista
de relatórios na parte inferior do menu. O menu My Favorite (Os meus favoritos) fecha.
2. Selecione My Favorite > Remove from My Favorite (Os meus favoritos > Remover dos
meus favoritos).
O relatório que selecionou no passo 1 deixa de ser apresentado na parte inferior do menu My Favorite
(Os meus favoritos).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
250
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Ferramentas de relatórios
Personalizar a aparência do relatório
Nota:
É necessário ser um utilizador com nível de supervisor no HLA Fusion e ter instalado o
software Crystal Report Designer no seu computador para utilizar esta função.
Esta função permite-lhe formatar a aparência dos relatórios do HLA Fusion para cumprir as suas
necessidades específicas. Por exemplo, pode alterar o estilo do tipo de letra, o tamanho e a cor, bem como
a localização dos campos de texto e dados no relatório.

O HLA Fusion lança automaticamente o Report Designer, se este estiver instalado no diretório
predefinido (C:\Program Files\Business Objects\Business Objects Enterprise
12.0\win32_x86\crw32.exe).

Utilize o Bloco de notas para abrir o ficheiro OneLambda.Fusion.Interface.exe, localizado
em C:\Program Files\One Lambda\HLAFusion\IVD. Certifique-se de que o nome do caminho do
Crystal Report Designer é introduzido na linha seguinte deste ficheiro (consulte a figura
abaixo): <add key="ReportDesigner" value="C:\Program Files\Business
Objects\BusinessObjects Enterprise 12.0\win32_x86\crw32.exe" />
Editar o OneLambda.Fusion.Interface.exe
 Tenha em atenção que todos os ficheiros de relatórios utilizados no HLA Fusion estão instalados
no diretório C:\OLI Fusion\rpt, e todos têm a extensão .rpt. Estes ficheiros podem ser movidos
para qualquer parte para acesso central, mas para o fazer, tem de atualizar o
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
251
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
ficheiro OneLambda.Fusion.Interface.exe de forma a refletir a nova localização (consulte a figura
acima).
 Quando abre um relatório para o personalizar, é criada automaticamente uma cópia de segurança
com o carimbo de data/hora como o sufixo do nome do relatório. Isto permite-lhe recuperar o
formato original do relatório, se necessário.
1. Selecione Reports > Tools > Customize Report (Relatórios > Ferramentas > Personalizar
relatório).
Utilize as ferramentas do Crystal Report Designer para modificar a aparência do seu relatório.
Depois de efetuar alterações no formato do relatório, guarde-o. Certifique-se de que não altera o nome do
ficheiro do relatório. Da próxima vez que executar este relatório no HLA Fusion, o relatório terá a
aparência mais recentemente guardada no Crystal Report Designer.
Criar modelos de exportação de dados personalizados
1. Selecione Tools > Setup Export (Ferramentas > Configurar exportação) para personalizar a
exportação de dados de relatórios ao configurar os modelos que determinam o tipo de dados de
relatórios (sessão, amostra, paciente, resultados, etc.) que é exportado quando seleciona esse
modelo.
É apresentada a caixa de diálogo Export Data Setup (Configuração
de exportação de dados), permitindo-lhe selecionar o nome do modelo
de exportação, os campos a incluir e a ordem dos campos que pretende
para o modelo. Selecione as caixas de verificação do lado esquerdo para
selecionar a categoria e os campos. No lado direito da caixa de diálogo,
arraste e largue os campos ou mantenha premida a tecla CTRL e prima
as tecas de setas para cima/para baixo para alterar a ordem.
Ecrã de Configuração de exportação de dados
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
252
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
2. Quando terminar, clique no botão Save (Guardar).
O novo modelo é adicionado aos modelos de exportação disponíveis no menu Tools > Export Data
(Ferramentas > Exportação de dados).
Exportar dados - selecionar modelo
3. Quando estiver pronto para exportar dados, em primeiro lugar, selecione todas as sessões que
pretende incluir na lista disponível. Em seguida, selecione Tools > Export Data (Ferramentas >
Exportar dados e selecione um dos modelos. É apresentada a caixa de diálogo Export Data
(Exportar dados).
Exporta dados - localização para guardar o ficheiro
4. Selecione o formato para os dados exportados —XML, CSV ou Texto. O ficheiro de dados
exportado é guardado por predefinição em C:\OLI Fusion\data\export.
Criar relatórios personalizados
Certos tipos de relatórios permitem-lhe personalizar os tipos de campos que pretende incluir.
Nota:
Para os relatórios Molecular Custom (Molecular personalizado) ou Custom Antibody
(Anticorpo personalizado), tem de garantir que o tipo de letra Free 3 of 9 Extended está
instalado no seu computador—caso contrário, o código de barras não é reconhecido.
Se necessário, pode transferir este tipo de letra gratuitamente
em http://www.free-barcode-font.com/.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
253
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
1. Para criar um relatório personalizado, selecione um tipo de relatório que contenha a palavra
"Custom" (Personalizado) no seu nome (por ex., Molecular Custom [Molecular personalizado]
no menu de tipo de relatório Generic Typing [Tipologia genérica]).
2. Clique no botão Setup (Configurar) na secção Report Options (Opções de relatórios) da janela.
Ecrã de configuração de relatório personalizado molecular
Ecrã de configuração de relatório personalizado de anticorpos
É apresentada a janela Custom Report Setup (Configuração de relatório personalizado),
permitindo-lhe personalizar o conteúdo do relatório ao selecionar entre várias categorias e campos.
Configuração de relatório personalizado molecular e de anticorpos
1. Introduza um nome ou selecione um na lista pendente.
2. Selecione a caixa de verificação junto a cada campo que pretende incluir neste relatório.
Nota:
Para incluir todos os campos relacionados, pode clicar no botão Check All (Selecionar
tudo) para selecionar todos os campos na categoria.
3. Clique no botão Save
que acabou de selecionar.
(Guardar) para guardar a configuração do relatório personalizado
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
254
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Resumo de amostras
A função Sample Summary (Resumo de amostras) lista várias amostras e os respetivos resultados de
tipologia.

Selecione as amostras utilizando a janela Reports (Relatórios).

Clique no botão Sample Summary (Resumo de amostras). É apresentada a janela Sample
Summary (Resumo de amostras); contém dois separadores — Molecular e Antibody
(Anticorpo).
Janela de resumo de amostras
Resumo de amostras de tipologia molecular
Os registos de tipologia de antigénios selecionados são apresentados no separador Molecular do ecrã
Sample Summary (Resumos de amostras). Pode visualizar as informações de tipologia num formato
condensado, bem como apresentar mais detalhes para qualquer amostra.
1. Selecione as amostras utilizando a janela Reports
(Relatórios).
2. Clique no botão Sample Summary (Resumo de
amostras). O separador predefinido é Molecular.
3. Selecione uma opção na lista pendente Select Type of Data to Display (Selecionar tipo de
dados a apresentar).
Relatórios – Ecrã de resumo de amostras
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
255
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
A janela apresentada depende da opção selecionada.
(Exportar) para exportar os dados apresentados como um

Clique no botão Export
ficheiro Excel.

Clique no botão DNA
Excel.
para exportar as especificidades moleculares como um ficheiro
4. Clique no botão Close (Fechar)
janela Reports (Relatórios).
no canto superior direito da janela para fechar e regressar à
Resumo de amostras de rastreio de anticorpos
Quaisquer registos de rastreio de anticorpos selecionados são apresentado no separador Antibody
(anticorpo) do ecrã Sample Summary (Resumos de amostras). Pode visualizar as informações de
rastreio num formato condensado, bem como apresentar mais detalhes para qualquer amostra.
1. Selecione as amostras utilizando a janela Reports (Relatórios).
(Resumo de amostras).
2. Clique no botão Sample Summary
3. Clique no separador Antibody (Anticorpo).
Relatórios – Ecrã de resumo de amostras

Clique no botão Export
ficheiro Excel.
(Exportar) para exportar os dados apresentados como um

Clique no botão DNA para exportar as especificidades moleculares como um ficheiro Excel.
4. Clique no botão Close (Fechar)
janela Reports (Relatórios).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
no canto superior direito da janela para fechar e regressar à
Para utilização em diagnóstico in vitro
256
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Ver registos
A função View Records (Ver registos) apresenta os resultados de tipologia e detalhes da análise para cada
amostra selecionada. As informações da amostra são apresentadas para uma amostra de cada vez.
No menu View Records (Ver registos), pode ver os registos de rastreio e tipologia individualmente.
1. Selecione os registos de dados utilizando a janela Reports (Relatórios).
Relatórios – ecrã Ver registos
2. Clique no botão View Records
3. Utilize os botões de setas
(Ver registos).
para navegar pelas amostras.
4. Clique no botão View Analysis (Ver análise)
amostra atual.
para abrir a janela de análise para a
É possível redimensionar a janela de análise.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
257
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Relatórios – ecrã Ver registos
(Fechar) para fechar a janela e regressar à
5. Clique no botão Close
janela Reports (Relatórios).
Informações do paciente
Pode visualizar os registos de pacientes associados a amostras selecionadas ao clicar no separador
Patient Info (Informações do paciente). Também é possível visualizar as informações do paciente por
ID de paciente utilizando a função de procura de pacientes do menu Patient Management (Gestão de
pacientes). No menu Patient Info (Informações do paciente), pode visualizar os registos do
paciente/dador.
Para visualizar as informações do paciente, tem de selecionar uma ou mais amostras. É possível
visualizar, mas não pode editar as informações apresentadas.
1. Selecione sessões ou amostras na janela Reports (Relatórios) que tenham uma ID de
paciente/dados associada.
2. Clique no botão Patient Info (Informações do paciente)
.
É apresentado o ecrã Patient/Donor Information (Informações de paciente/dador).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
258
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Ecrã de informações do paciente
3. Clique no separador Test Info (Informações do teste) para ver essas informações para o
paciente/dador atual. Se for apresentado mais de um cartão de informações, utilize os botões de
setas para navegar pelos registos do paciente.
4. Clique no botão Close (Fechar)
janela Reports (Relatórios).
no canto superior direito da janela para fechar e regressar à
Relatório de registo de auditoria
É possível visualizar e imprimir um relatório da atividade do utilizador para a base de dados atual.
Estes dados estão disponíveis apenas se tiver efetuado o seguinte:

Configurou e ligou-se a uma base de dados de registo de auditoria (consulte o Manual do
Utilizador do HLA Fusion Database Utility).

Ativou o Audit Logging (Registo de auditoria) na página inicial predefinida do HLA Fusion.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
259
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Depois de concluídos os passos acima e se pretender visualizar os dados do registo de auditoria, proceda
da seguinte forma:
É possível aceder à janela Reports (Relatórios) através de uma de duas formas:

Na página inicial, clique em Create Reports (Criar relatórios).

Nas opções do menu principal do Fusion, selecione Reports (Relatórios).
Selecione Miscellaneous > Audit Trail Log (Diversos > Registo de auditoria). É apresentada a caixa
de diálogo Audit Trail Log (Registo de auditoria).
Ecrã de registo de auditoria

Utilize a seta pendente para selecionar o Utilizador para o qual pretende ver as ações da base de
dados.

Selecione o intervalo de datas e as opções que pretende incluir no relatório.
Clique em List
(Listar) para ver o relatório. Se pretender exportar o relatório de registo de auditoria
(Exportar).
para Excel, clique em Export
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
260
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Tipos de relatório
Estão disponíveis vários tipos de relatório. Embora a maioria dos tipos de relatório esteja listada nesta
secção, tenha em atenção que uma vez que por vezes são adicionados novos relatórios entre atualizações
deste manual do utilizador, poderá ver mais relatórios listados no software.
Patient (Paciente) - (todos os pacientes na base de dados do Fusion)

Patient Summary (Resumo de pacientes) - (resumo dos resultados dos testes de tipologia e de
anticorpos associados a uma ID de paciente)

Patient Typing for Batch (Tipologia de paciente por lote) - (relatório de resumo de tipologia
em diferentes loci para um conjunto de amostras, com base numa sessão selecionada)

Patient Custom (Personalizado de paciente) - (seleciona o tipo de dados do paciente a incluir
para as amostras selecionadas)
Generic Typing (Tipologia genérica) - (dados de tipologia das amostras LABType e MicroSSP
analisadas)

Molecular Custom (Molecular personalizado) - (seleciona o tipo de dados moleculares a
incluir para um conjunto de amostras)

Custom Typing Results by Sample (Resultados de tipologia personalizados por amostra) (seleciona o tipo de dados moleculares a incluir para as amostras selecionadas)

Allele Summary (Resumo de alelos)- (relatório de tipologia dos pares de alelos possíveis e
resultados de códigos de alelos atribuídos a um conjunto de amostras)

Allele Code (Código de alelo) - (relatório de tipologia dos códigos de alelos possíveis e
resultados de códigos de alelos atribuídos a um conjunto de amostras)

Molecular Typing Summary (Resumo de tipologia molecular) - (relatório de tipologia do
possível código de alelo, código de alelo atribuído, pares de alelos atribuídos, serologia
atribuída e outras atribuições a um conjunto de amostras)
LABType - (dados de amostras LABType analisadas)

Panel Summary (Resumo do painel) - (relatório da atribuição final codificada com NMDP e
sondas para um conjunto de amostras numa sessão)

QC Overview (Visão geral de CQ) - (resumo das amostras com uma contagem baixa de
esferas, controlo baixo positivo, alterações no valor de interrupção global antes da análise,
bem como alterações específicas nas amostras para uma sessão de amostras)

Combined Panel Summary (NMDP) (Resumo do painel combinado) - (folha de cálculo das
atribuições com o código NMDP para sessões individuais ou várias sessões)
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
261
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
MicroSSP - (dados de amostras Micro SSP analisadas)

SSP Report (Relatório SSP) - (relatório de tipologia detalhado para testes Micro SSP™ que
podem ser personalizados)
Generic Antibody (Anticorpo genérico) - (dados de anticorpos de amostras LABScreen, FlowPRA, LAT
ou LCT analisadas)

Antibody Custom (Anticorpo personalizado) - (o utilizador pode personalizar um relatório
para dados de anticorpos para um conjunto de amostras)

Antibody Screening/ID (Rastreio/ID de anticorpos) - (relatório de dados de anticorpos fixo
em termos de formato)

Antibody Screening Results (Resultados do rastreio de anticorpos) - (tabela de resumo para
um conjunto selecionado de amostras, que inclui os resultados finais globais, % de PRA,
outras atribuições e comentários)
LABScreen - (dados de amostras LABScreen analisadas)

LSM Detail (Detalhes LSM) - (informações detalhadas do teste para registos de análise mistos
de anticorpos)

LSM Summary (Resumo de LSM) - (resultados globais de testes para registos de análise
mistos de anticorpos)

LSM Overview (Visão geral de LSM) - (resultados globais de testes para registos de análise
mistos de anticorpos, incluindo o número total de resultados positivos, negativos e
indeterminados. O utilizador pode determinar o rácio de esfera mais elevado e mais reduzido
encontrado para cada amostra )
LAT - (dados de amostras LAT analisadas)

LAT-Mixed Raw Data (Dados em bruto combinados do LAT) - (resultados de várias amostras
num tabuleiro de análise combinada do LAT, incluindo um esquema de tabuleiro de
introdução de dados em bruto originais e resultados de testes)

LAT-Mixed (Combinada do LAT) (resultados de uma única amostra num tabuleiro de análise
combinada do LAT, incluindo um esquema de tabuleiro de introdução de dados em bruto
originais e resultados de testes)

LAT-Specificity Raw Data (Dados em bruto de especificidade LAT) - (resultados de dados em
bruto para tabuleiros HD ou especificidade LAT, incluindo um esquema de tabuleiro de
introdução de dados em bruto originais e resultados de testes)

LAT Specificity (Especificidade LAT) - (relatório de especificidade completo para tabuleiros
HD e de especificidade LAT, incluindo atribuições globais, caudais, de epítopos, atribuições
caudais manuais e detalhes de testes)
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
262
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
LCT - (dados de amostras LCT analisadas)

LCT Specificity (Especificidade LCT) - (detalhes de testes de uma única amostra num
tabuleiro de análise LCT)
FlowPRA - (dados de amostras FlowPRA analisadas)

Flow PRA Specificity (Especificidade FlowPRA) - (detalhes de testes de uma única amostra
num tabuleiro de análise FlowPRA®)
Specialty (Especialidade) - (relatórios criados para finalidade especializada)

Antibody Reaction (Reação de anticorpos) - (tabela de resumo de atribuições de
especificidade informáticas com base nas pontuações de reação)

SCORE - (relatório de exportação utilizado pelo software SCORE)

LABType - (relatório de exportação abrangendo resultados LABType)

LABScreen - (relatório de exportação abrangendo resultados LABScreen)

Reaction Assignment Report (Relatório de atribuição de reação) - (relatório de exportação
incluindo a ID de amostra e cadeia de reação)

NMDP Code Report (Relatório de código NMDP)
Os relatórios de especialidade seguintes são personalizados para utilizadores específicos:

LBSW

HML V0.2

HML V0.3

CL

NBS

Thai Export

UMC-Utrecht Report

BML

ABMDR

CMDP
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
263
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Statistical (Estatística) - (dados estatísticos ou agregados para criação de tendências, medição,
monitorização, etc.)

Allele Group Frequency (Frequência do grupo de alelos) - (apesenta a frequência dos grupos
de alelos com base nos primeiros dois dígitos de uma atribuição de alelos para sessões
selecionadas ou a base de dados)

Allele Group Frequency Extended (Frequência do grupo de alelos alargada) - (apresenta a
frequência de grupos de alelos com base em resultados de código NMDP ou atribuição ao
nível de alelos para sessões selecionadas ou base de dados)

Cutoff Adjustment Summary (Resumo de ajuste do valor de interrupção) - (resumo de todas
as alterações dos valores de interrupção efetuadas para sessões selecionadas ou com base num
ficheiro de catálogo específico)
Miscellaneous (Diversos) - (relatórios que não se incluem em nenhuma das categorias acima)

Database Information (Informações da base de dados) - (descreve a utilização da base de
dados atual)

Batch Data File Summary (Resumo do ficheiro de dados do lote) - (um registo do estado de
todas as sessões executadas no sistema)

Serological Equivalent (Equivalente serológico) - (lista de alelos e respetivas definições
equivalentes serológicas)

NMDP Code (Código NMDP) - (lista de códigos NMDP e respetivas definições de alelos)

Typing Query (Consulta de tipologia) - (relatório de pesquisa da base de dados que lista as
amostras encontradas para um alelo selecionado)

Audit Trail Log (Registo de auditoria) - (um registo com toda a atividade especificada para
um utilizador selecionado na base de dados atual do Fusion)
My Favorite (Os meus favoritos) - (qualquer um dos relatórios acima guardados numa lista de
favoritos)

Os relatórios listados dependem do que guardou neste menu,
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
264
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Gestão de dados
Quando seleciona o item de menu Data (Dados), é apresentada uma janela que lhe permite gerir os
ficheiros da sessão, bem como criar ficheiros de registo dos dados da sessão. Neste menu, pode eliminar,
arquivar, ativar e mover sessões para uma base de dados diferente. Pode igualmente mapear os alelos
numa sessão par ao novo formato de nomenclatura.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
265
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Gestão da sessão
Para gerir os seus dados ao nível da sessão, utilize a opção Data (Dados) no menu principal do HLA
Fusion. Quando seleciona o menu principal Data (Dados), é apresentada a janela Manage Data (Gerir
dados).
Selecione registos de pacientes
para arquivar ou eliminar.
Ordenar/selecionar opções de visualização
Ver dados da
sessão e
adicionar
comentários.
Definir
critérios de
pesquisa
Sair da
janela
Gerir
dados.
Copiar dados de
pacientes para outra
base de dados
Mover sessões
Restaurar
Traduzir
Arquivar a
Imprime
uma sessão
para uma base
alelos da detalhes sobres sessão
de dados
sessão para o
selecionada. arquivada e
os testes
disponibilizá
diferente
novo formato realizados,
-la para
quem os
utilização.
realizou, etc.
Eliminar
registo
selecionado
Janela Manage session data (Gerir dados da sessão)

Quando clica em Translate Alleles
(Traduzir alelos), todos os pares de alelos finais e
código para as sessões selecionadas são convertidos para o novo formato de nomenclatura e
armazenados na base de dados.

Quando clica em Move Sessions
(Mover sessões), pode selecionar outra base de dados
do Fusion para a qual as sessões selecionadas são movidas.
O HLA Fusion permite-lhe criar ficheiros de
registo das suas sessões de análise
selecionadas, que pode depois imprimir ou
arquivar.
1. Forneça todas as informações
necessárias sobre a sessão ao utilizar
os menus pendentes e botões de
pesquisa no lado esquerdo da janela
Data (Dados).
Depois de selecionar uma sessão, as suas
informações são apresentadas no lado direito da
janela, o painel Session Info (Informações da
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
266
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
sessão), onde pode adicionar informações.
2. Depois de possuir todas as informações que pretende incluir no registo, clique em Save
(Guardar).
Depois de apresentar o registo da sessão que pretende, utilize os botões Print Session Log,
Archive, Active e Delete (Imprimir registo da sessão, Arquivar, Ativar e Eliminar) na parte inferior da
janela para gerir o registo.
Nota:
Também é possível eliminar as amostras individualmente, sem ter de eliminar uma sessão
inteira. A única exceção são as amostras LABType ou Micro SSP que foram combinadas.
O HLA Fusion permite-lhe mover registos de pacientes.
1. Selecione Patient ID (ID de paciente) como o Sorted Select Level (Nível de seleção
ordenado). É apresentada a janela Select Patient (Selecionar paciente).
2. Selecione um ou mais pacientes.
É apresentada a seguinte janela:
3. Selecione procurar (...) no campo Target Database (Base de dados de destino) para
selecionar a base de dados para a qual pretende mover os registos de pacientes selecionados.
4. Depois de selecionar a base de dados de destino, clique em Send to Target Database
(Enviar para base de dados de destino).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
267
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Gestão de amostras
No HLA Fusion, as listas de amostras são uma forma simples de introduzir uma grande lista de IDs de
amostras e outras informações das amostras na base de dados para utilizar em sessões de análise.
As listas de amostras podem encontrar-se no formato .xls, CSV ou .txt. No menu Sample List Import
(Importar lista de amostras), pode importar listas de amostras ou editar listas de amostras antes da
importação.
Nota:
Verifique todos os dados que importar à medida que o HLA Fusion efetua a validação de
dados mínima aquando da importação.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
268
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Importar listas de amostras
As listas de amostras são uma forma simples de introduzir uma extensa lista de IDs de amostras e outras
informações das amostras na base de dados para utilizar em sessões de análise.
1. No menu principal, selecione Sample > Import Sample List (Amostra > Importar lista de
amostras).
Ecrã Importar lista de amostras
É apresentada a janela Import Sample List (Importar lista de amostras).
2. Clique no botão Search Sample List (Pesquisar lista de amostras); procure a lista de amostras a
ser importada; e clique em Open (Abrir).
3. Introduza um nome no campo List ID (ID da lista), e, se necessário selecione um código do
laboratório ou Contact ID (ID de contacto) na lista pendente.
4. Confirme as informações da amostra e edite, se necessário.
5. Clique para anular a seleção das caixas de verificação de quaisquer amostras que não pretende
importar.
6. Clique em Import List (Importar lista) para importar as listas de amostras selecionadas.
7. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu principal.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
269
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Formatos de informações para listas de amostras
As informações incluídas numa lista de amostras que importar para o HLA Fusion devem encontrar-se
num dos seguintes formatos.
Novo formato de lista de volumes
Este ficheiro indica os campos (por esta ordem):
ShipmentLoc(1 – 13),SampleIDName(0198-0398-0),SampleType(AB, DR or AB/DR),
TurnaroundTime(14, 21 ou 14AB/21DR),DCN (3 dígitos).
Exemplo:
1 - 13,0198-0398-0,AB/DR,14AB/21DR,074
Lista de volumes: Amostras ‘X’ no formato antigo
Este ficheiro indica os campos (por esta ordem):
ShipmentLoc,SampleIDName,SampleType (1, 2, 3..., e um 'X' para amostras AB/DR),DCN
Exemplo:
1 - 12,0287-7867-8,X,074
Antigo formato de lista de volumes, '11' para amostras AB/DR
Este ficheiro apresenta a lista (por esta ordem):
ShipmentLoc, SampleIDName, SampleType (1, 2, 3..., e um '11' para amostras AB/DR), DCN
Exemplo:
1 - 15,0287-0779-2,11,074
Formato delimitado por vírgula
Cada campo é separado por vírgulas. A utilização de aspas em redor de um campo é opcional e é
necessário apenas se os conteúdos do campo utilizarem uma vírgula, o que poderia confundir a separação
de campos. Este ficheiro apresenta a lista (por esta ordem):
ShipmentLoc, SampleIDName, SampleType (AB, DR ou AB/DR), TurnaroundTime (14, 21 ou
14AB/21DR), DCN
Exemplo:
"1","12","0287-7867-8","AB/DR","14AB/21DR","074"
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
270
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Formato delimitado por hífen
Cada campo é separado por um hífen. Este ficheiro apresenta a lista (por esta ordem):
ShipmentLoc, SampleIDName, SampleType (AB, DR ou AB/DR), TurnaroundTime (14, 21 ou
14AB/21DR), DCN
Exemplo:
1
12
0287-7867-8
AB/DR 14AB/21DR
074
Formato SDF
Cada campo é separado por vírgulas. Este ficheiro apresenta a lista (por esta ordem):
BoxSlot, DonarID, SampleType (AB, DR or AB/DR), TurnaroundTime (14, 21 ou 14AB/21DR),
DonarCenter
Exemplo:
1120287-7867-8AB,DR14,21074
ID de local/amostra/paciente apenas
Este é um ficheiro Microsoft Excel. Este ficheiro apresenta a lista (por esta ordem):
Fila 1: Título de coluna “Local” e “Sample” (Amostra) e “Patient” (Paciente)
Coluna A: LocalID (ID de local)
Coluna B: SampleIDName (Nome ID de amostra)(obrigatório)
Coluna C: PatientIDName (Nome ID de paciente)
Coluna D: Data
Exemplo:
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
271
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Ver e editar informações das amostras
É possível editar as informações das amostras, mas não é possível editar as IDs de pacientes associados é possível adicionar apenas novas IDs de pacientes.
1. No menu principal, selecione Sample > Manage Sample Info (Amostra > Gerir
informações de amostra).
Ecrã Gerir amostra
2. Utilize os filtros para localizar amostras e clique em View Sample (Ver amostra).
Nota:
É possível utilizar carateres universais no campo Sample ID (ID de amostra) para aumentar
os resultados.
3. Efetue a edição das informações da amostra.
Nota:
Pode alterar o nome de uma amostra ao modificar o nome no campo Sample ID (ID de
amostra). As IDs de amostras são listadas por ordem alfanumérica, com todas as IDs que
iniciem com números listadas em primeiro lugar.
4. Clique em Save (Guardar) para guardar. Ou clique em Delete (Eliminar) para eliminar a
amostra.
5. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu principal.
Nota:
Não lhe é permitido eliminar uma amostra que faça parte de uma sessão já analisada.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
272
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Listas de testes
Uma lista de testes é uma lista de IDs de amostras que podem ser utilizadas repetidamente para inserir
automaticamente as IDs de amostras numa sessão de análise que possa ser lida pelo Luminex®. É uma
ferramenta útil quando tem um grupo de amostras que serão executadas em vários testes.
No menu Test List (Lista de testes) pode:

Criar novas listas de testes

Ver e editar listas de testes existentes

Eliminar listas de testes

Exportar listas de testes para um ficheiro .txt
Criar novas listas de testes
É possível criar listas de testes na ordem na qual se pretende analisar as amostras.
1. No menu principal, selecione Samples > Manage Test List (Amostras > Gerir lista de testes).
Ecrã Gerir lista de testes
2. Introduza um nome para a nova lista de testes e clique em Continue>> (Continuar).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
273
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
3. Pesquise as amostras que pretende adicionar à lista de testes utilizando os campos de pesquisa e
clique em Apply (Aplicar) para ver os resultados da pesquisa.
4. Realce as amostras e clique em Add>>
5. Clique em Save
6. Clique em Close
(Adicionar) para as adicionar à lista de testes.
(Guardar) para guardar a nova lista de testes.
(Fechar) para regressar ao menu principal.
Ver e editar listas de testes existentes
É possível ver ou editar listas de testes em qualquer altura.
1. No menu principal, selecione Manage Samples > Manage Test List (Gerir amostras > Gerir
lista de testes).
2. Utilize a lista pendente para selecionar uma lista de testes e clique em Continue>> (Continuar).
3. Clique em Delete List (Eliminar lista) para eliminar permanentemente a lista de testes
selecionada.
4. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu principal.
Eliminar listas de testes existentes
Eliminar uma lista de testes remove a lista da base de dados, mas as IDs de amostras não são removidas
ou alteradas na base de dados.
1. No menu principal, selecione Manage Samples > Manage Test List (Gerir amostras > Gerir
lista de testes).
2. Utilize o menu pendente para selecionar uma lista de testes e clique em Continue>>
(Continuar).
3. Adicione, remova ou mova as amostras, conforme desejar.
4. Clique em Save (Guardar) para guardar a nova lista de testes.
5. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu principal.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
274
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Exportar listas de testes
É possível exportar listas de testes apenas para utilizar fora do HLA Fusion como um ficheiro .txt.
1. No menu principal, selecione Manage Samples > Manage Test List (Gerir amostras > Gerir
lista de testes).
2. Utilize o menu pendente para selecionar uma lista de testes e clique em Continue>>
(Continuar).
3. Clique em Export (Exportar) para exportar os detalhes da lista de testes como um ficheiro .txt.
4. Se lhe for pedido para guardar a lista de testes antes da exportação, clique em Yes (Sim) para
guardar e continuar.
5. Selecione uma localização para guardar a lista de testes e introduza um nome do ficheiro para a
mesma.
6. Clique em Save (Guardar).
7. Quando lhe for pedido para criar uma entrada na Lista de pacientes Luminex, clique em No
(Não).
8. Clique em Close (Fechar) para fechar e regressar ao menu principal.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
275
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Listas Luminex
O HLA Fusion pode criar uma lista Luminex para uma lista de testes nova ou existente. Pode utilizar esta
lista para adicionar rapidamente informações, como ID de amostra, antes de criar um ficheiro de saída
CSV Luminex. Na janela Create/Edit Test List (Criar/editar lista de testes) pode criar uma lista
Luminex
Criar listas Luminex
Os ficheiros de listas Luminex podem ser editados depois de serem exportados, mas as alterações não são
refletidas na lista de testes a partir da qual foram criadas.
1. No menu principal, selecione Samples > Manage Test List (Amostras > Gerir lista de testes).
2. Utilize o menu pendente para selecionar uma lista de testes e clique em Continue>>
(Continuar).
3. Clique em Export (Exportar) para exportar.
4. Selecione uma localização para guardar a lista de testes e introduza um nome do ficheiro.
5. Clique em Save (Guardar).
6. Quando lhe for pedido para criar uma entrada na Lista Luminex, clique em Yes (Sim).
7. Clique em OK na mensagem de confirmação para regressar à janela Test List (Lista de testes).
8. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu principal.
Criar listas de trabalho de amostras
Nota:
A função Sample Work list (Lista de trabalho de amostras) está disponível apenas se tiver
instalado o SQL 2005 ou versão superior.
Criar uma lista de trabalho de amostras
A funcionalidade da lista de trabalho de
amostras no software HLA Fusion
dá-lhe a flexibilidade de atribuir vários
testes a amostras selecionadas. Estas
informações são utilizadas na conceção
de placas para o processamento
Luminex.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
276
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
1. Selecione Sample > Create Sample Work list (Amostra > Criar lista de trabalho de amostras)
no menu principal do HLA Fusion.
Proceda de uma das seguintes formas para pesquisar amostras:
a. Clique no separador Search by sample (Pesquisar por amostra), utilize os critérios de
pesquisa para especificar as amostras às quais gostaria de atribuir testes e clique em
Search (Pesquisar).
b. Clique na lista Search by test (Pesquisar por teste), utilize os critérios de pesquisa para
especificar as listas de testes às quais gostaria de atribuir testes e clique em Search
(Pesquisar).
2. Selecione uma amostra ou várias amostras (ao manter o botão do rato premido e arrastar).
3. As amostras selecionadas são realçadas.
4. Agora, atribua um ou mais testes ao selecionar as caixas de verificação para os testes que pretende
executar nas amostras (listados em LABScreen Tests [Testes LABScreen] e/ou LABType Tests
[Testes LABType]).
5. Depois de terminar de atribuir testes a todas as amostras selecionadas, clique em Save (Guardar)
para guardar a lista de trabalho.
Criar desenho de placas
Nota:
A função Plate Designer (Desenhador de placas) está disponível apenas se tiver instalado o
SQL 2005 o versão superior.
A funcionalidade do Plate Designer (Desenhador de placas) no software HLA Fusion dá-lhe a
flexibilidade de organizar e planear as suas amostras num formato de placa pronto para processamento
através do sistema Luminex. Em primeiro lugar, é necessário criar uma lista de trabalho de amostras.
Criar um desenho de placa - Pesquisar por amostra
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
277
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
1. Selecione Sample > Create Plate Design (Amostra > Criar desenho de placa) no menu
principal do HLA Fusion.
2. Introduza um nome para a nova placa ou selecione um nome de placa existente na lista
pendente Plate Name (Nome da placa) para editar uma placa.
3. Selecione LABScreen ou LABType na lista pendente Assay type (Tipo de ensaio).
4. Proceda de uma das seguintes formas para pesquisar amostras:

Clique no separador Search by sample (Pesquisar por amostra), utilize os critérios de
pesquisa para especificar as amostras que gostaria de atribuir aos poços de placas e clique
(Pesquisar).
em Search

Clique no separador Search by test list (Pesquisar por lista de testes), utilize os critérios de
pesquisa para especificar as listas de testes que gostaria de atribuir aos poços de placas e
clique em Search
(Pesquisar).
Criar um desenho de placa - Pesquisar por lista de testes
5. Selecione uma amostra ou várias amostras (ao manter premido o botão do rato a arrastar) e
utilize o botão de setas esquerdas <<para atribuir estas amostras a um poço na placa. Repita este
procedimento até concluir o desenho da sua placa. Para remover uma amostra da placa, realce o
poço que contém a amostra e clique no X.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
278
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
6. Clique em Optimize (Otimizar) para permitir que o sistema do Fusion organize as amostras
selecionadas de forma apropriada na placa.
7. Clique em Save (Guardar) para guardar o desenho da sua placa.
8. Clique em Report (Relatório) se pretender ver e imprimir um relatório das informações do
desenho da sua placa: Posição do poço, nome de ID de amostra e nome de ID de teste.
9. Clique em Export to Luminex IS (Exportar para o Luminex IS) para criar um desenho de placa
que é exportado e pode ser aberto e utilizado através do software Luminex IS. Se selecionar esta
opção, terá de atribuir modelos Luminex a cada tipo de teste no desenho de placa.
Relatórios - Atribuir modelos Luminex
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
279
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Informações do paciente
O HLA Fusion™ pode armazenar informações do paciente e ID de amostras associadas a pacientes e
dadores. Pode armazenar todas as informações de tipologia e rastreio num local para cada paciente.
Nota:
Verifique todos os dados que importar à medida que o HLA Fusion efetua a validação de
dados mínima aquando da importação.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
280
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Importar listas de pacientes/dadores
Depois de criar uma lista de pacientes/dadores, pode importar as informações para o HLA Fusion.
1. No menu principal, selecione Patient Info > Import Patient List (Informações do paciente >
Importar lista de pacientes).
É apresentada a janela Patient Import (Importar paciente):
Janela Importar paciente
2. Selecione a caixa de verificação na coluna Import (Importar) para cada paciente que pretende
importar.
3. Clique no botão Import (Importar) para importar os pacientes verificados.
4. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu principal.
Nota:
O sistema HLA Fusion verifica as listas de pacientes/dadores que tenta importar para
verificar se todos os carateres incluídos nos dados são suportados pelo Fusion. Se o seu
sistema tiver carateres não suportados, é apresentada uma mensagem para o informar e a
lista não é importada.
Os registos de pacientes recentemente importados apresentam os alelos no novo formato
de nomenclatura. Os registos de pacientes existentes apresentam os alelos com o formato
de alelos existente.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
281
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Gerir registos de pacientes/dadores
O menu Patient/Donor Management (Gestão de pacientes/dadores) permite-lhe gerir um registo de cada vez.
No menu Patient/Donor Management (Gestão de pacientes/dadores) pode:

Adicionar novos registos de pacientes/dadores

Pesquisar registos de pacientes/dadores existentes

Editar registos de pacientes/dadores

Associar IDs de pacientes/dadores a IDs de amostras

Associar registos de pacientes e dadores

Atribuir um dados ao PRA do dador

Imprimir, exportar e arquivar registos de pacientes
Adicionar novos registos de pacientes/dadores
Pode adicionar informações de pacientes utilizando o menu Patient/Donor Information (Informações de
pacientes/dadores). Esta é a melhor opção para adicionar um pequeno número de registos de pacientes.
1. No menu principal, selecione Patient Info > Manage Patient (Informações de pacientes >
Gerir paciente).
Clique para apresentar uma lista de pacientes/dadores na base de
dados do Fusion que pode pesquisar ao utilizar vários critérios.
Depois de selecionar
um paciente ou
um dador, coloque
uma marca de
verificação
aqui para editar
os campos
de informação.
Ferramentas para gerir
informações de
pacientes e dadores.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
Converte o código de alelo atribuído e
pares ao novo formato de nomenclatura e
guarda estas informações na base de
dados do Fusion.
282
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
2. Introduza uma ID no campo Patient/Donor (Paciente/dador). A ID pode ser alfanumérica
(contém letras e/ou números), ou clique em Search (Pesquisar) e selecione um paciente/dador
da lista.
3. Introduza as informações do paciente/dador. Os campos com um asterisco (*) são obrigatórios.
4. Clique em Add New(Adicionar novo) para guardar os dados e adicionar as informações de
pacientes/dadores à base de dados do Fusion.
5. Clique em Close (Fechar) para fechar e regressar ao menu principal.
Procurar registos de pacientes/dadores
Esta opção permite-lhe procurar pelos registos ou pesquisar registos específicos.
1. No menu principal, selecione Patient Info > Manage Patient (Informações de pacientes >
Gerir paciente).
2. Introduza uma ID de paciente/dador e clique em Retrieve (Recuperar) para apresentar as
informações de pacientes. Ou clique em Search (Pesquisar) para procurar registos de pacientes e
procurar por nome, ID de paciente, se está ativo ou arquivado, etc.
3. Realce um registo de paciente e clique em OK para apresentar.
Editar registos de pacientes/dadores
Nota:
É necessário ser um supervisor para poder editar um registo de pacientes/dadores.
É possível editar todas as informações de pacientes/dadores (exceto ID de paciente/dador).
1. No menu principal, selecione Patient Info > Manage Patient (Informações de pacientes >
Gerir paciente).
2. Selecione um registo de paciente/dador.
3. Selecione a caixa de verificação junto ao Edit Mode (Editar modo). Existe a mesma caixa de
verificação Edit Mode (Editar modo) em ambos os formulários divididos por separadores.
4. Edite as informações de pacientes/dadores em um ou ambos os formulários divididos por
separadores. Os campos com um asterisco (*) são obrigatórios.
5. Clique em Save (Guardar) para guardar as suas alterações.
6. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu principal.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
283
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Associar uma ID de paciente/dador a IDs de amostras
Não é possível associar uma ID de amostra a mais de um registo de paciente ou dador, mas um registo de
paciente ou dador poderá ter mais de uma ID de amostra associada ao mesmo.
No menu principal, selecione Patient Info > Manage Patient (Informações de pacientes > Gerir
paciente).
1. Selecione o separador HLA Tests (Testes HLA).
Ecrã Informações de pacientes/dadores – Separador Testes HLA
2. Clique no botão Associate Sample IDs (Associar IDs de amostras).
3. Na janela Patient/Donor Sample Association (Associação de amostras de
pacientes/dadores), realce uma ID de amostra e clique em > para a adicionar à Patient/Donor
Sample List (Lista de amostras de pacientes/dadores). (Clique em < para remover uma ID de
amostra realçada da lista.)
4. Clique em Save (Guardar) para guardar os dados.
5. Clique em OK para regressar ao registo do paciente.
6. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu principal.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
284
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Traduzir resultados de pacientes/dadores associadas a novo código de alelos
É possível traduzir os resultados de pacientes ou dadores para atualizar os nomes de códigos de alelos
para o novo formato de códigos de alelos NMDP.
O novo formato irá afetar o código de alelos e pares de alelos atribuídos ao paciente/dador selecionado e
será armazenado na base de dados do Fusion no novo formato.
1. No menu principal, selecione Patient Info > Manage Patient (Informações de pacientes >
Gerir paciente).
2. Selecione um registo de paciente/dador.
3. Clique em Translate Alleles (Traduzir alelos).
4. Clique em Save (Guardar) para guardar os dados.
5. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu principal.
Associar registos de pacientes e dadores
É possível associar uma ID de paciente a mais de um registo de dador e uma ID de dador pode ter mais
de um registo de paciente associado à mesma.
1. No menu principal, selecione Patient Info > Manage Patient (Informações de pacientes >
Gerir paciente).
2. Selecione um registo de paciente/dador.
3. Clique no separador Test Info (Informações do teste).
4. Clique no botão Associate Donor IDs (Associar IDs de dador).
5. Na janela Patient/Donor Sample Association (Associação de amostras de
pacientes/dadores), realce uma ID de dador e clique em >para a adicionar à Patient/Donor
Sample List (Lista de amostras de pacientes/dadores). (Clique em < para remover uma ID de
dador realçada da lista.)
6. Clique em Save (Guardar) para guardar os dados.
7. Clique em OK para regressar ao registo de pacientes.
8. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu principal.
Associar um doador a resultados de PRA do dador
É possível incluir uma ID de dador no cálculo para a
percentagem de PRA do dador para os antigénios.
1. No menu principal, selecione Patient Info >
Manage Patient (Informações de pacientes >
Gerir paciente).
2. Selecione um dador ou crie um novo.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
285
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
3. Certifique-se de que o paciente/dador arquivado é definido para Donor (Dador).
4. Selecione a caixa de verificação Include in Donor PRA (Incluir no PRA do dador).
Imprimir registos de pacientes/dadores
O HLA Fusion imprime ambos os separadores Record Management (Gestão de registos)
independentemente do separador atualmente visualizador.
1. No menu principal, selecione Patient Info > Manage Patient (Informações de pacientes >
Gerir paciente).
2. Selecione um registo de paciente/dador.
3. Clique em Print (Imprimir) para imprimir.
4. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu principal.
Exportar registos de pacientes/dadores
É possível exportar registos de pacientes/dadores individualmente para um ficheiro CSV. O ficheiro tem
o mesmo formato que uma lista de pacientes.
1. No menu principal, selecione Patient Info > Manage Patient (Informações de pacientes >
Gerir paciente).
2. Selecione um registo de paciente/dador.
3. Clique em Export (Exportar) para exportar.
4. Selecione uma localização para guardar o ficheiro CSV e introduza um nome do ficheiro.
5. Clique em Save (Guardar).
6. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu principal.
Arquivar registos de pacientes/dadores
Os registos de pacientes/dadores arquivados estão agora disponíveis para criação de relatórios ou
associação. Pode continuar a visualizar os registos arquivados e a reativá-los ao anular a seleção da caixa
de verificação Archive (Arquivar).
1. No menu principal, selecione Patient Info > Manage Patient (Informações do paciente >
Gerir paciente).
2. Clique no separador General Info (Informação geral).
3. Selecione um registo de paciente/dador.
4. Na janela Patient/Donor List (Lista de pacientes/dadores), selecione Archive (Arquivar) na
lista pendente Active/Archive (Ativo/Arquivar).
5. Clique em Save (Guardar) para guardar.
6. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu principal.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
286
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Eliminar registos de pacientes/dadores
É possível eliminar registos de pacientes/dadores através da opção de menu Manage Patient (Gerir
paciente).
1. No menu principal, selecione Patient Info > Manage Patient (Informações de pacientes >
Gerir paciente).
2. Clique no separador General Info (Informação geral).
3. Selecione um registo de paciente/dador.
4. Clique em Delete (Eliminar) para eliminar o registo de paciente/dador da base de dados do
Fusion.
5. Clique em Save (Guardar).
Criar listas de pacientes/dadores
O seguinte é um exemplo de uma lista de pacientes que pode ser criada e as diretrizes para o fazer. A lista
de pacientes tem de ser formatada para importar através de um programa como Excel ou Bloco de notas
e guardada como um ficheiro CSV compatível com Windows.
O primeiro campo/secção tem de conter os nomes dos campos da lista de pacientes, cada um separado
por vírgulas.
Nota:
Criar uma nova lista de pacientes pode ser simplificado ao exportar primeiro uma lista
existente para o formato CSV e utilizar os respetivos campos para criar a sua nova lista.
Nomes de campos da lista de pacientes e formato
PatientIDName,CategoryGrp,FamilyID,FirstName,MiddleName,LastName,Ssn,Dob,Gender,Ethni
city,Address,City,State,Region,Country,ZipCode,Email,Phone,WkPhone,Cellular,Fax,Emplo
yer,SpouseName,SpouseBloodType,EmergencyContact,EmrgncyTel,DCN,HospitalName,Division,
BloodType,Disease,RhBloodType,PatientDonorFlg,Associated SampleIDs,Associated
DonorIDs,HLA1_A,HLA2_A,HLA1_B,HLA2_B,HLA1_BW,HLA2_BW,HLA1_C,HLA2_C,HLA1_DRB1,HLA2_DRB
1,HLA1_DRB3,HLA2_DRB3,HLA1_DRB4,HLA2_DRB4,HLA1_DRB5,HLA2_DRB5,HLA1_DQB1,HLA2_DQB1,HLA
1_DQA1,HLA2_DQA1,HLA1_DPB1,HLA2_DPB1,HLA3,HLA1_DRB4,HLA2_DRB4,HLA1_DRB5,HLA2_DRB5,HLA
1_DQB1,HLA2_DQB1,HLA1_DQA1,HLA2_DQA1,HLA1_DPB1,HLA2_DPB1,HLA1_DPA1,HLA2_DPA1,HLA1_MIC
A,HLA2_MICA,HLA1_MICB,HLA2_MICB,HLA_KIR,ClassI_AbSpec,ClassII_AbSpec,MIC_AbSpec,Unacc
eptableAntigens,AcceptableAntigens,Notes,SHLA1_A,SHLA2_A,SHLA1_B,SHLA2_B,SHLA1_Cw,SHL
A2_Cw,SHLA1_DR,SHLA2_DR,SHLA1_DR345,SHLA2_DR345,SHLA1_DQ,SHLA2_DQ,SHLA1_DP,SHLA2_DP,D
onorType,IncludeInDonorPRA
As linhas subsequentes devem listar as informações do paciente atual, por ordem alfanumérica (podem
ser letras e/ou números) separadas por vírgulas. Se não existir nenhuma informação para o paciente
num campo particular, esse campo necessita ainda assim de uma vírgula como marcador de posição.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
287
One Lambda, Inc.
Nota:
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Para todas as entradas de serologia manuais, o locus tem de preceder o valor.
Por exemplo, para um locus A de valor 23, tem de introduzir A23.
Exemplo de lista de pacientes/dadores
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
288
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Localização de anticorpos de pacientes
É possível localizar a resistência de anticorpos para cada paciente ao longo de um período de tempo.
As informações localizadas são obtidas a partir dos dados de tipologia armazenados no seu cartão de
informações de paciente/dador e dados de anticorpos nas suas amostras de análise (LABScreen Single
Antigen [Antigénios simples LABScreen] e LABScreen Singles [Individuais LABScreen]). Proceda da
seguinte forma para apresentar gráficos e dados que localizam os dados de anticorpos de um paciente.
Certifique-se de que introduziu as informações do paciente e dador no HLA Fusion. Caso contrário, pode
importá-las de uma lista de pacientes e/ou introduzir manualmente os dados no separador Test Info
(Informações do teste) no cartão de informações do paciente/dador. Os registos de pacientes e dadores
têm de estar associados.
1. Selecione Patient Info > Ab Tracking (Informações do paciente > Localizar anticorpos).
É apresentada a janela Patient Antibody Tracking (Localizar anticorpos de pacientes).
Clicar no botão
Guardar aqui guarda
quaisquer amostras
listadas
nesta área para
futura análise como
amostras dentro do
intervalo de datas
selecionado.
Janela Localizar anticorpos de pacientes
2. Clique na seta pendente junto ao campo Patient ID (ID de paciente) para selecionar entre uma
lista de pacientes armazenados na sua base de dados do Fusion. Ou clique em Search
(Pesquisar) e pesquise por ID de paciente, primeiro e último nome, etc.
3. Os campos de tipologia molecular e serológica são automaticamente preenchidos com os dados
disponíveis para o paciente especificado.
4. Selecione o intervalo de datas de início e fim no qual pretende ver os dados de antigénio de
amostras para este paciente (clique nas setas pendentes nos campos de data para apresentar um
calendário).
5. Pode selecionar Secondary Ab (Anticorpo secundário) ou introduzir um à sua escolha. Esta é
uma forma para filtrar amostras e significa que as amostras que pretende visualizar têm de ter
um anticorpo secundário. Caso contrário, não estarão disponíveis quando clicar em Find
(Localizar).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
289
One Lambda, Inc.

Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
(Opcional) Pode apresentar a percentagem de PRA dos dadores disponíveis no sistema ou de
grupos de dadores selecionados que correspondam aos anticorpos atribuídos por
computador para a amostra atual.
6. Clique no botão Donor PRA (PRA do dador) para apresentar a caixa de diálogo seguinte a partir
da qual pode selecionar os grupos de dadores ou todos os dadores.
O cálculo de PRA do dador é apresentado junto ao botão Donor PRA (PRA do dador).
Seleção de grupo de dadores
7. Clique no botão Find (Localizar) para apresentar uma lista de amostras para este paciente que
se encontrem dentro do intervalo de datas especificado.
Localizar lista de pacientes
Nota:
Para adicionar atribuições finais a uma amostra, clique duas vezes na coluna Final
Assignment (Atribuição final) para a amostra, para apresentar a janela de análise e
adicionar a atribuição. Além disso, é possível incluir apenas amostras com uma data nesta
localização. Se a coluna Sample Date (Data da amostra) estiver vazia para uma amostra,
clique na célula vazia Sample Date (Data da amostra) e utilize o localizador de datas
pendente para adicionar uma data.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
290
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
8. Selecione a caixa de verificação na coluna Include (Incluir) para a(s) amostra(s) que pretende
incluir nos gráficos e dados de localização de anticorpos.
Os gráficos são apresentados (para apresentar um tipo de gráfico específico, clique no separador
associado).
9. Selecione a caixa de verificação para o(s) antigénio(s) que pretende incluir na localização.
Tipologia molecular
Tipologia serológica
Intervalo de datas
Amostras:
Exemplos
de gráficos
que podem ser
apresentados
com a localização
de anticorpos
Opções disponíveis
se clicar com o botão
direito num gráfico.
Incluir lista de antigénios
10. Selecione a fórmula a utilizar para os gráficos ao clicar na seta pendente no campo Formula
(Fórmula) (Default [Predefinida] versus Raw [Em bruto]). A fórmula também pode ser alterada
depois da apresentação dos gráficos, caso pretenda comparar a localização com diferentes
fórmulas.
Pode clicar duas vezes num gráfico para o expandir e aí encontrará opções ao clicar com o botão direito
do rato em cada gráfico (consulte o gráfico abaixo). Pode igualmente utilizar os botões para
nos cantos superiores direitos para expandir os gráficos.
expandir/contrair
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
291
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x

(Opcional) Pode adicionar dados do doador, se desejar, ao utilizar a seta pendente junto ao
campo Donor ID (ID de dador) para selecionar a partir de uma lista de dadores associados ao
paciente selecionado. Também pode criar um novo dador ao inserir um nome único no campo
Donor ID (ID de dador) e preencher a tipologia molecular e serológica.

(Opcional) Introduza um valor numérico no campo User-defined cutoff (Valor de interrupção
definido pelo utilizador). Se pretende localizar a força do sinal de anticorpos com ou sem o valor
de interrupção aplicado, selecione ou anule a seleção da caixa junto a User-defined cutoff
(Valor de interrupção definido pelo utilizador).

(Opcional) Selecione a caixa de verificação junto a Track DSA (Localizar DSA) para localizar
antigénios específicos de dadores. Se tiver esta opção selecionada e existirem antigénios
específicos a dadores que não foram testados com kits de produtos OLI, estes são listados.
Lista pendente da ID de dador.
Selecione
para incluir a
localização
de Classe II,
Selecione para
localizar
antigénios
específicos ao
dador.
Lista antigénios
não testados
com kits de
teste OLI.
Informações de anticorpos de dadores

(Opcional) Selecione a caixa de verificação DQA/DPA para incluir estes na localização de Classe II.

(Opcional) Introduza manualmente a tipologia de dadores no campo Sero Typing (Tipologia
serológica).
11. Clique no botão Data Table (Tabela de dados) para apresentar um ficheiro CSV com a tabela de
dados em bruto com o sinal de antigénios do paciente ao longo de um período de tempo.
A tabela pode ser impressa ou exportada.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
292
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Gestão de perfis
O HLA Fusion™ rastreia todas as alterações nos dados de análise efetuadas pelos utilizadores e permite
uma maior segurança dos dados através de uma confirmação dupla dos resultados de análise (Guardar e
confirmar) . O HLA Fusion também armazena informações laboratoriais gerais a serem utilizadas nos
relatórios, incluindo vários códigos laboratoriais contratuais.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
293
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Gestão de utilizadores
No menu principal Profile (Perfil) pode:

Adicionar novos utilizadores

Editar perfis de utilizador existentes

Alterar palavras-passe

Repor palavras-passe

Arquivar utilizadores
O HLA Fusion utiliza dois níveis de utilizadores para uma maior segurança e controlo dos resultados de
tipologia e rastreio.
O supervisor pode...
O técnico laboratorial pode...
Modificar todas as definições de
configuração do produto
Modificar todas as definições de configuração do
produto—exceto ativar Auto Accept All (Aceitar todos
automaticamente) e Computer Generated Serology
(Serologia gerada por computador) para produtos
LABType e Micro SSP
Guardar e confirmar resultados de análise
Analisar os dados e guardar os resultados de análise
Atualizar ficheiros de referência, como
catálogos e códigos NMDP
(Apenas se autorizado pelo supervisor) - Atualizar
ficheiros de referência, como catálogos e códigos NMDP
Arquivar catálogos
Arquivar catálogos
Modificar e eliminar dados da sessão e
amostra
(Apenas se autorizado pelo supervisor) - Modificar e
eliminar dados da sessão e amostra
Modificar a sua própria conta de utilizador
ou outras contas de utilizador
Alterar o perfil do laboratório
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Modificar apenas a própria conta
Gerir informações de amostras e pacientes
Para utilização em diagnóstico in vitro
294
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Visualizar a lista de utilizadores
A opção List User (Listar utilizadores) apresenta um alista de todos os utilizadores atualmente na base de
dados, tanto ativos como não. Pode procurar e selecionar perfis de utilizadores.
1. No menu principal, selecione Profile > List User (Perfil > Listar utilizadores).
2. Introduza um nome e clique em Search (Pesquisar) para pesquisar os utilizadores atuais.
3. Clique duas vezes no lado esquerdo de uma entrada de utilizador para ver o perfil.
4. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu principal.
Adicionar novos utilizadores
Os supervisores podem adicionar novos utilizadores ao nível de supervisor ou técnico. Os técnicos não
podem adicionar novos utilizadores. Os campos com um asterisco (*) são obrigatórios.
1. No menu principal, selecione Profile > List User (Perfil > Listar utilizadores).
2. Clique em Add User (Adicionar utilizador) para adicionar um novo utilizador.
3. Introduza novas informações do utilizador.
4. Selecione a caixa de verificação Active (Ativo) no campo Role (Função) para ativar a conta de
utilizador.
Nota:
Se este for um perfil de um técnico laboratorial e pretende permitir a atualização do
ficheiro de referência e/ou privilégios de gestão de dados para este utilizador, selecione
as caixas de verificação apropriadas.
5. Clique em Save (Guardar) para guardar as novas informações do utilizador e regressar ao menu
principal ou clique em Close (Fechar) para ignorar as alterações e regressar ao menu principal
sem guardar.
Editar perfis de utilizador
Os supervisores podem editar o perfil de utilizados de qualquer utilizador. Os técnicos só podem editar os
seus próprios perfis. Os campos com um asterisco (*) são obrigatórios.
1. Para editar o seu próprio perfil, selecione Profile > My Profile (Perfil > O meu perfil).
2. Para selecionar a partir de uma lista de utilizadores, selecione Profile > List User (Perfil > Listar
utilizadores) e clique duas vezes no lado esquerdo de um utilizador para selecionar esse perfil.
3. Edite as informações do utilizador.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
295
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
4. Clique em Save (Guardar) para guardar as informações do utilizador e regressar ao menu
principal.
5. Clique em Close (Fechar) para ignorar as alterações e regressar ao menu principal sem guardar.
Alterar palavras-passe
Os supervisores podem alterar palavras-passe para qualquer utilizador, mas têm de ter à sua disposição a
palavra-passe antiga do utilizador. Os técnicos só podem alterar as suas próprias palavras-passe.
1. No menu principal, selecione Profile > My Profile (Perfil > O meu perfil).
2. No perfil de utilizador, clique no botão Change Password (Alterar palavra-passe).
3. Introduza as palavras-passe atual e nova.
4. Clique no botão Save Password (Guardar palavra-passe) para alterar a palavra-passe. Ou clique
em Close (Fechar) para fechar e regressar ao menu principal sem alterar a palavra-passe.
Repor palavras-passe
Se um utilizador perder ou se esquecer da sua palavra-passe, o HLA Fusion pode repor a palavra-passe.
A nova palavra-passe é a mesma que o nome de utilizador do utilizador. Apenas os supervisores podem
repor a palavra-passe de um utilizador.
1. No menu principal, selecione Profile > List User (Perfil > Listar utilizadores) e selecione um
utilizador.
2. No perfil de utilizador, clique no botão Reset Password (Repor palavra-passe).
3. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu principal.
Alterar privilégios de utilizador
Apenas os supervisores podem modificar o nível de privilégios de um utilizador.
1. No menu principal, selecione Profile> List User (Perfil > Listar utilizadores)
2. Clique duas vezes no lado esquerdo de um utilizador para abrir o seu perfil.
3. No perfil de utilizador, selecione a caixa de verificação junto a Manage Data (Gerir dados) ou
Update Reference Files (Atualizar ficheiros de referência) ou ambos, para conceder ao
utilizador selecionado privilégios para estas atividades na aplicação do Fusion.
4. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu principal.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
296
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Desativar utilizadores
Os supervisores podem desativar utilizadores que já não estejam a utilizar o HLA Fusion. As informações
do utilizador continuam armazenadas na base de dados, mas o utilizador não é capaz de iniciar sessão no
programa.
1. No menu principal, selecione Profiles > List User (Perfis > Listar utilizadores) e selecione um
utilizador para editar.
2. Anule a seleção da caixa de verificação Active (Ativo) para desativar o utilizador.
3. Clique em Save (Guardar) para guardar as informações do utilizador e regressar ao menu
principal ou clique em Close (Fechar) para ignorar as alterações e regressar ao menu principal
sem guardar.
Nota:
Se um User ID (ID de utilizador) continuar associada a registos de análise, essa ID de
utilizador não pode ser eliminada.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
297
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Perfil do laboratório
O menu Lab Profile (Perfil do laboratório) apresenta as informações de contacto para o seu laboratório,
informações da rede utilizada pelo HLA Fusion e códigos laboratoriais contratuais NMDP. A maioria
destas informações são introduzidas durante a instalação, mas podem ser atualizadas em qualquer
altura. Apenas os supervisores podem alterar o perfil do laboratório.
No menu Lab Profile (Perfil do laboratório) pode:

Editar o perfil do laboratório

Adicionar, editar e remover códigos laboratoriais

Alterar o caminho da rede

Alterar o nome do servidor de e-mail
Ecrã de informações do perfil do laboratório
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
298
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Editar o perfil do laboratório
As informações do laboratório são apresentadas na maioria dos relatórios e incluem informações de
contacto para o seu laboratório. Estas informações são inicialmente introduzidas durante a instalação e
podem ser editadas em qualquer altura no menu Lab Profile (Perfil do laboratório). Os campos com um
asterisco (*) são obrigatórios.
1. No menu principal, selecione Profile > Lab Profile (Perfil > Perfil do laboratório).
2. Edite as informações do perfil do laboratório.
3. Clique em Save (Guardar) para guardar as alterações e regressar ao menu principal ou clique
em Cancel (Cancelar) para regressar ao menu principal sem guardar quaisquer alterações.
Gerir códigos laboratoriais
Os códigos laboratoriais são utilizados em relatórios NMDP para identificar laboratórios contratuais.
É possível introduzir e armazenar vários códigos laboratoriais no HLA Fusion. Pode selecionar o código
laboratorial que pretende utilizar quando cria um relatório NMDP. Apenas os três primeiros dígitos de
um código laboratorial são utilizados nos relatórios NMDP; as descrições do código laboratorial não são
incluídas nos relatórios.
1. No menu principal, selecione Profile > Lab Profile (Perfil > Perfil do laboratório).
Adicionar, editar ou eliminar códigos laboratoriais:

Clique em Add Lab Code (Adicionar código laboratorial) para adicionar um novo código
laboratorial. Introduza as informações na nova fila.

Realce um código laboratorial que pretenda editar. Clique em Edit Lab Code (Editar código
laboratorial) para editar o código laboratorial.
2. Edite as informações do código laboratorial.
3. Realce um código laboratorial que pretenda eliminar.
4. Clique em Delete Lab Code (Eliminar código laboratorial) para eliminar o código laboratorial.
5. Clique em Save (Guardar) para guardar as alterações e regressar ao menu principal ou clique
em Cancel (Cancelar) para ignorar as alterações e regressar ao menu principal sem guardar.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
299
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Acessórios
O HLA Fusion™ utiliza uma série de ficheiros de referência para a análise de dados que precisem de ser
atualizados para novos produtos, lotes e revisões. Pode igualmente alterar várias definições globais de
produtos para personalizar a análise para o seu laboratório e pode modificar as predefinições do sistema
para refletir o seu sistema de ficheiros pessoal ou de rede.
Aviso:
Utilize sempre os ficheiros de referência mais recentes para a análise. Caso contrário, os resultados da
análise poderão não ser exatos.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
300
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Gerir ficheiros de referência de catálogos
Os ficheiros de referência de catálogos contêm todas as informações específicas das reações necessárias
para a análise, incluindo o seguinte:

Especificidades de esferas e poços

Informações de CQ

Valores de interrupção

Informações de esferas e primer
Cada novo lote ou revisão de um produto necessita do seu próprio ficheiro de catálogo para que os
resultados da análise sejam exatos.
Atualizar ficheiros de catálogo de uma unidade local ou de rede
Os supervisores laboratoriais podem introduzir novos ficheiros de catálogo para utilizar na análise
quando estiverem disponíveis novos produtos, lotes ou atualizações. Os ficheiros de catálogo estão
disponíveis também no site de transferências da One Lambda.
1. Na página principal ou em quaisquer páginas principais dos produtos, clique na ligação
[Download] (Transferir) ou no menu principal, selecione Utilities > Update Reference >
Update Reference File (Acessórios > Atualizar referência > Atualizar ficheiro de referência).
É apresentada a caixa de diálogo Update Reference File (Atualizar ficheiro de referência).
Árvore do
diretório
de ficheiros
Catálogos
Opções de
catálogos
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
301
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Se as suas informações de serologia estiverem desatualizadas ou se ainda não as importou, é apresentada
uma mensagem como a ilustrada abaixo. Se não visualizar este tipo de mensagem, avance para o passo
seguinte. Se visualizar a mensagem, clique em OK para abrir a caixa de diálogo Serology Import
(Importar serologia).
Aviso de ficheiro equivalente a serologia
Certifique-se de que a opção Catalog (Catálogo) está selecionada.
2. Utilizando a árvore do diretório de ficheiros, localize os ficheiros de catálogo a serem importados.
O número
de catálogos
atualmente na
sua base de dados
do Fusion.
Catálogos
atualizados e
revistos
disponíveis para
transferir.
Lista todos os catálogos
disponíveis
Nota:
Catálogos disponíveis que não se
encontram na sua base de dados do Fusion.
Para determinar qual o catálogo mais recente disponível, o HLA Fusion analisa primeiro o
número de lote e depois o número de revisão. Um número de lote atualizado é assinalado
como a versão mais recente de um catálogo, mesmo que exista também uma atualização
no número de revisão do lote anterior desde a última vez que transferiu catálogos.
3. Realce os ficheiros que pretende importar ou clique em Select All
selecionar todos os ficheiros listados.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
(Selecionar tudo) para
302
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Se selecionar um catálogo para importar que se encontre no antigo formato de alelo, é notificado através
de uma mensagem. Se não visualizar esta mensagem, avance para o passo seguinte. Se visualizar a
mensagem, selecione a opção Translate (Traduzir) que pretende utilizar antes de avançar para o passo
seguinte.
Nota:
Se selecionar Yes (Sim) ou Yes All (Sim a tudo), o software irá traduzir o antigo formato de
alelo par ao formato mais recente. Para os produtos moleculares (LABType ou Micro SSP),
o software ignora completamente o antigo formato, se não encontrar um alelo
correspondente na nova lista de formatos. Para anticorpos, se o software não encontrar
um alelo correspondente no novo formato, mantém o alelo do antigo formato, mas
adiciona dois pontos.
Opção para traduzir alelos
5. Clique em Yes (Sim) ou Yes All (Sim a tudo) para importar os ficheiros de catálogo selecionados.
Nota:
A importação do catálogo demora mais tempo se selecionar a opção para traduzir alelos.
6. Uma caixa de diálogo de confirmação apresente os resultados de importação, clique em Close
(Fechar).
7. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu Update Reference (Atualizar referência).
Os ficheiros de catálogo importados podem ser utilizados sem reiniciar o Fusion.
Atualizar ficheiros de catálogo a partir do site de transferências da One Lambda

Os ficheiros de catálogo de produtos estão disponíveis no site de transferências da One Lambda
(http://download.onelambda.com).
1. Na página principal ou em quaisquer páginas principais dos produtos, clique na
ligação Download (Transferir) ou no menu principal, selecione Utilities > Update Reference
> Update Reference File (Acessórios > Atualizar referência > Atualizar ficheiro de referência).
É apresentada a caixa de diálogo Update Reference File (Atualizar ficheiro de referência).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
303
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
2. Clique em Auto Update
(Atualização automática) para abrir a janela Catalog
Updates Selection (Seleção de atualizações de catálogo) da One Lambda.
3. Selecione a caixa de verificação junto aos ficheiros que pretende importar. Clique nos sinais de
mais ou menos na árvore do diretório de ficheiros para localizar os ficheiros de catálogo para cada
produto. Pode também clicar em Select All (Selecionar tudo) ou Deselect All (Anular a seleção
de tudo) para selecionar ou anular a seleção de todas as caixas de verificação de uma só vez.
4. Clique em Import
(Importar) para importar os ficheiros de catálogo selecionados.
5. Quando a caixa de diálogo de confirmação apresentar os resultados de importação, clique em OK.
6. Clique em Close
(Fechar) e, em seguida, clique em Yes (Sim) para regressar ao menu
Update Reference (Atualizar referência).
Os ficheiros de catálogo importados podem ser utilizados sem reiniciar o Fusion.
Nota:
Pode também clicar em Go to OLI (Ir para OLI), clique nas ligações par aos produtos e
ficheiros de catálogo que pretende importar e siga as instruções de transferência.
Se a opção Auto Update (Atualização automática) não responder, verifique a sua
conetividade à rede e se o URL definido para One Lambda em Utilities >
URLs & Paths(Acessórios > URLS e caminhos) está correto.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
304
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Atualizar ficheiros de referência de tipologia molecular
Os ficheiros de referência contêm informações de códigos de alelos e informações equivalentes de
serologia utilizadas na análise. É importante atualizá-las regularmente para obter atribuição de
serologia e códigos de alelos exatos.
No menu Update Reference (Atualizar referência) pode transferir os ficheiros necessários:

Códigos NMDP

Códigos locais

Ficheiros equivalentes a serologia
Atualizar códigos NMDP de uma unidade local ou de rede
O National Marrow Donor Program (NMDP) fornece uma lista de códigos de alelos que podem ser
utilizados na análise de tipologia molecular. Se tiver uma lista atual armazenada na sua unidade local ou
em rede, utilize este procedimento para a importar, de forma a que o HLA Fusion possa aceder à mesma.
O ficheiro de código NMDP mais recente está disponível no site de transferências NMDP.
1. Na página principal ou em quaisquer páginas principais dos produtos, clique na
ligação Download (Transferir) ou no menu principal, selecione Utilities > Update Reference
> Update Reference File (Acessórios > Atualizar referência > Atualizar ficheiro de referência).
É apresentada a caixa de diálogo Update Reference File (Atualizar ficheiro de referência).
Árvore de
pastas/
diretório
2. Selecione a opção NMDP.
Opção de
código NMDP
Informação
sobre a última
transferência e
atualização
Atualização do código NMDP
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
305
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
3. Navegue até ao ficheiro NMDP numa unidade local ou em rede, utilizando a árvore Import
Directory (Importar diretório).
4. Clique em Import NMDP (Importar NMDP) para importar o ficheiro selecionado.
5. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu Update Reference (Atualizar referência).
Atualizar ficheiros NMDP a partir do website NMDP
Siga este procedimento para importar a lista NMDP do website NMDP.
1. Na página principal ou em quaisquer páginas principais dos produtos, clique na
ligação Download (Transferir) ou no menu principal, selecione Utilities > Update Reference
> Update Reference File (Acessórios > Atualizar referência > Atualizar ficheiro de referência).
2. É apresentada a caixa de diálogo Update Reference File (Atualizar ficheiro de referência).
3. Selecione a opção NMDP.
4. Clique em Auto Update (Atualização automática), que importa automaticamente o ficheiro
NMDP atual para utilizar no HLA Fusion. Ou clique em Go to NMDP (Ir para NMDP e siga as
instruções para transferir um ficheiro NMDP a partir do website.
Nota:
Se a opção Auto Update (Atualização automática) não responder, verifique a sua
conetividade à rede e se o URL definido para NMDP em Utilities > URLs & Paths
(Acessórios > URLS e caminhos) está correto.
Criar um ficheiro de código local
Os ficheiros de código local são criados por laboratórios individuais; os códigos locais são criados para
realizar atribuições de tipologia ambíguas mais fáceis de armazenar e ler. Por exemplo, as ambiguidades,
como B*1501/1501N/1502, podem ser condensadas com um código para B*15AB para manter registos
mais simples.
1. Copie o modelo de código local de um CD do HLA Fusion para uma unidade local.
2. Utilize um editor de texto para editar o modelo e adicionar definições de código.
3. Siga o formato do exemplo, utilizando um Separador para separar cada campo e uma barra
oblíqua para separar vários valores num campo:

código da letra <separador> extensão numérica do alelo à qual o código de aplica
4. Guarde o ficheiro como local_code.txt
Consulte a secção seguinte, Atualizar o ficheiro de código local, para importar o ficheiro.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
306
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Atualizar o ficheiro de código local
Após a criação de um ficheiro de código local, este tem de ser atualizado no HLA Fusion.
1. Na página principal ou em quaisquer páginas principais dos produtos, clique na
ligação Download (Transferir) ou no menu principal, selecione Utilities > Update Reference
> Update Reference File (Acessórios > Atualizar referência > Atualizar ficheiro de referência).
É apresentada a caixa de diálogo Update Reference File (Atualizar ficheiro de referência).
Atualizar ficheiro de referência: código local
Árvore de
diretório/
pasta
Opção de
código local
2. Selecione a opção Local Code (Código local).
3. Utilize a árvore Import Directory (Importar diretório) para localizar e selecionar o ficheiro de
código local a importar.
4. Clique em Import Local Code (Importar código local) para importar o(s) ficheiro(s)
selecionado(s).
5. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu Update Reference (Atualizar referência).
Atualizar ficheiro equivalente a serologia a partir do website One Lambda
O ficheiro equivalente a serologia pode ser atualizado automaticamente a partir do site de transferências
da One Lambda (http://download.onelambda.com).
1. Na página principal ou em quaisquer páginas principais dos produtos, clique na
ligação Download (Transferir) ou no menu principal, selecione Utilities > Update Reference
> Update Reference File (Acessórios > Atualizar referência > Atualizar ficheiro de referência).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
307
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
É apresentada a caixa de diálogo Update Reference File (Atualizar ficheiro de referência).
Atualizar ficheiro de referência: Equivalente a serologia
Árvore de
diretório/
pasta
Opção
Equivalente a
serologia
2. Selecione a opção Serology Equivalent (Equivalente a serologia).
3. Clique em Auto Update
(Atualização automática) para abrir a janela Catalog
Updates Selection (Seleção de atualizações de catálogo) da One Lambda.
4. Selecione a caixa de verificação junto a todos os ficheiros que pretende importar.
5. Clique em Import Serology (Importar serologia) para importar os ficheiros selecionados.
Os ficheiros de catálogo estão prontos para utilizar sem reiniciar o HLA Fusion.
6. Uma caixa de diálogo de confirmação apresente os resultados de importação, clique em OK.
(Fechar) e, em seguida, clique em Yes (Sim) para regressar ao menu
7. Clique em Close
Update Reference (Atualizar referência).

Se a opção Auto Update (Atualização automática) não responder, verifique a sua conetividade à
rede e se o URL definido para Serologia em Utilities > URLs & Paths (Acessórios > URLS e
caminhos) está correto.
Gestão e informações de catálogos
Arquivar catálogos
Pode arquivar ficheiros de catálogos que já não são utilizados. As informações de catálogos continuam a
existir na base de dados, mas não são incluídas na lista de ficheiros de catálogos disponíveis para
análise. Os ficheiros de catálogos também podem ser reiniciados para utilizar na análise.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
308
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
1. No menu principal, selecione Utilities > Update Reference > Catalog
Information/Management (Acessórios > Atualizar referência > Informações/gestão de
catálogos).
Arquivar catálogo
2. Selecione a caixa de verificação S (selecionar) para os ficheiros de catálogos que pretende
arquivar e clique em Archive
(Arquivar).
3. Quando uma mensagem de contexto apresentar Data Saved (Dados guardados), clique em OK.
4. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu principal.
Nota:
Quando importar uma nova versão de um ficheiro de catálogo, o sistema arquiva
automaticamente a versão anterior.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
309
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Desarquivar ficheiros
Os ficheiros de catálogos arquivador apresentam um A na coluna Status (Estado) quando visualiza a
lista de catálogos e a caixa de verificação para Show Archived Catalogs (Mostrar catálogos
arquivados) está selecionada.
Caixa de verificação Catálogos arquivados
Arquivar e desarquivar ficheiros de catálogos
Coloque uma marca de
verificação aqui e clique no
botão Desarquivar para
desarquivar o catálogo.
A letra “A”
indica que o
catálogo foi
arquivado.
Coloque uma marca de
verificação aqui e clique no
botão Arquivar para
arquivar o catálogo.

Na janela Archive Catalog (Arquivar catálogo), selecione as caixas de verificação junto aos
catálogos que pretende desarquivar e clique em Unarchive (Desarquivar).
Visualizar informações de ficheiros de catálogos
Pode visualizar informações sobre um ficheiro de catálogo e gerar um relatório no menu Catalog
Information (Informações do catálogo). Os ficheiros de catálogos apresentados com um A na respetiva
coluna Status (Estado) foram arquivados.
1. No menu principal, selecione Utilities > Update Reference > Catalog Management
(Acessórios > Atualizar referência > Gestão de catálogos).
2. Clique no cabeçalho de uma coluna se pretende ordenar a lista de ficheiros de catálogos.
3. Clique em Report (Relatório) para preencher um relatório que pode ser impresso e exportado
das informações do catálogo atualmente apresentado.
Eliminar informações de ficheiros de catálogos
Pode eliminar um ficheiro de catálogo no menu Catalog Management (Gestão de catálogos). Os
ficheiros de catálogos apresentados com um A na respetiva coluna Status (Estado) foram arquivados.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
310
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
1. No menu principal, selecione Utilities > Update Reference > Catalog
Information/Management (Acessórios > Atualizar referência > Informações/gestão de
catálogos).
2. Selecione a caixa de verificação junto a qualquer catálogo que pretende eliminar.
3. Clique em Delete (Eliminar) para remover as informações do catálogo.
Criação de relatório com as informações de ficheiros de catálogos
Pode visualizar e colocar em relatório, informações sobre um ficheiro de catálogo e gerar um relatório no
menu Catalog Information (Informações de catálogos).
1. No menu principal, selecione Utilities > Update Reference > Catalog Management
(Acessórios > Atualizar referência > Gestão de catálogos).
2. Clique no cabeçalho de uma coluna se pretende ordenar a lista de ficheiros de catálogos.

(Opcional) Se pretende um relatório no formato antigo, selecione a caixa de verificação junto
a Old Format Report (Relatório no formato antigo).
3. Clique em Report (Relatório) para preencher um relatório que pode ser impresso e exportado
das informações do catálogo atualmente apresentado.
Associar ficheiros de catálogos de produtos e modelos Luminex
Pode associar um ficheiro de catálogo com o nome do modelo Luminex utilizado para um produto
específico. O HLA Fusion associa automaticamente a ID de catálogo e nomes de modelos na primeira vez
que executa a análise para o produto. Após a realização de uma associação, o HLA Fusion seleciona
automaticamente o ficheiro de catálogo associado ao modelo utilizado no ficheiro CSV quando iniciar a
análise. Pode igualmente adicionar, remover ou alterar manualmente as associações.
1. No menu principal, selecione Utilities > Catalog Template Association (Acessórios >
Associação de modelos de catálogo).
Adicionar, remover ou modificar uma associação:
2. Adicione uma nova associação.
3. Selecione um ficheiro de catálogo.
4. Introduza um novo nome de modelo ou clique em Browse (Procurar) para selecionar um
ficheiro de modelo Luminex (formato .lxt) para associar ao nome de ficheiro.
5. Remova uma associação.
6. Selecione um ficheiro de catálogo.
7. Selecione um nome de modelo e clique em Remove (Remover).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
311
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Modificar uma associação:
1. Selecione um ficheiro de catálogo.
2. Edite o(s) nome(s) de modelo(s) existente(s).
3. Clique em Save (Guardar) para guardar as alterações.
4. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu principal
Importar ficheiros de frequência de alelos (Frequência demográfica)
Pode importar ficheiros de frequência para utilizar na análise, com base nos dados demográficos.
1. No menu principal, selecione Utilities > Update Reference > Allele Frequency
(Acessórios > Atualizar referência > Frequência de alelos).
2. Selecione a opção Create Demographic Group (Criar grupo demográfico).
Importar frequência de alelos
3. Clique no botão Browse
alelos).
(Procurar) e localize os ficheiros Allele Frequency (Frequência de
4. Clique em Import (Importar).
Quando um ficheiro de frequência de alelos é importado com êxito, os grupos que contém são listados
em Demographic Group and Frequency in Database (Grupos demográfico e frequência na base de
dados).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
312
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
5. Clique em Save (Guardar).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
313
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Se o cabeçalho para a coluna de qualquer ficheiro de frequência de alelos que importar estiver vazio,
toda a coluna não é importada para o Fusion, independentemente de quaisquer outros dados que
contenha. Se as colunas estiverem duplicadas, o Fusion dá-lhe uma mensagem de erro e não importa
o ficheiro de frequência de alelos.
Os dados incluídos no ficheiro de frequência de alelos poderão parecer semelhantes a este gráfico.
Atualizar ficheiros de frequência de alelos (Frequência demográfica)
Pode modificar os ficheiros de frequência de alelos antes de os utilizar na análise com base nos dados
demográficos.
1. No menu principal, selecione Utilities > Update Reference >Allele Frequency (Acessórios
> Atualizar referência > Frequência de alelos).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
314
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Importar frequência de alelos
2. Selecione a opção Update Alleles and Frequencies (Atualizar alelos e frequências).
3. Clique no botão Browse
pretende atualizar.
(Procurar) e localize o ficheiro de frequência de alelos que
4. Clique duas vezes no ficheiro ou clique em Open (Abrir) na janela de procura.
5. Proceda de qualquer uma das seguintes formas para modificar o ficheiro:

Adicione/elimine alelos

Elimine dados demográficos existentes

Altere as frequências de alelos

Converta o formato de alelos
6. Clique em Translate Alleles (Traduzir alelos).
7. Clique em Update (Atualizar).
8. Clique em Close (Fechar).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
315
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Gerir informações da lista CREG
Pode modificar listas CREG existentes ou criar novas para utilizar na análise de PRA e Single Antigen
LABScreen, FlowPRA, LAT ou LCT. Proceda da seguinte forma para criar ou modificar uma lista CREG:
1. Selecione Utilities > Update Reference > CREG Information Management (Acessórios >
Atualizar referência > Gestão de informações CREG).
É apresentada a janela CREG Management (Gestão CREG).
Ecrã Gestão CREG
2. Selecione um grupo CREG existente na lista pendente CREG Type (Tipo de CREG) ou
introduza um nome para o novo grupo no campo New CREG Type (Novo tipo CREG).
Proceda de uma das seguintes formas:

Introduza informações novas ou modifique informações existentes nos campos Group
Name (Nome do grupo) e/ou Group Detail (Detalhes do grupo) e clique em Save
(Guardar).

Realce uma fila de informações de grupo existentes e clique em Delete Group (Eliminar
grupo).
3. Quando completar a criação ou modificação do grupo CREG, clique em Close (Fechar).
Nota:
Verifique os seus dados antes de guardar e não misture alelos com o formato de
nomenclatura antigo com alelos no formato mais recente na mesma tabela CREG.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
316
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Alterar definições de configuração de produtos
As alterações nas definições de análise dos produtos aplicam-se apenas a amostras não analisadas
anteriormente. As amostras analisadas anteriormente têm de ser reanalisadas para que as alterações
sejam aplicadas.
No menu Product Configuration (Configuração de produtos) pode

Alterar a configuração do produto Micro SSP

Alterar a configuração do produto LABType

Alterar as definições do produto para a análise combinada LABScreen

Alterar definições de análise de rastreio de anticorpos

Alterar valores de soro negativo predefinidos para análise LABScreen
Alterar a configuração de produtos moleculares
As alterações nas definições de análise LABType e Micro SSP aplicam-se apenas a amostras que ainda
não foram guardadas ou confirmadas. Para alterar as definições de análise para amostras anteriormente
guardadas ou confirmadas, deve alterar as definições na janela de análise de produtos e reanalisar a
amostra.
1. Na página inicial LABType ou Micro SSP clique em Edit (Editar) ou selecione Utilities >
Molecular Product Configuration > Molecular Analysis Configuration (Acessórios >
Configuração de produtos moleculares > Configuração de análise molecular) no menu principal
do HLA Fusion.
2. Selecione LABType ou Micro SSP no menu pendente Product Type (Tipo de produto).
Definições de configuração LABType e Micro SSP
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
317
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
3. Altere os valores de configuração, conforme necessário.

Save Force 1 Pairs (Guardar pares de força 1) guarda pares de força 1 na base de dados
durante a análise. Os pares de força 1 são igualmente apresentados nos relatórios que contêm
estas informações.

Allow Auto-Accept All (Permitir a aceitação automática de tudo) pode ser selecionado
apenas por alguém com privilégios de utilizador supervisor e permite selecionar um botão
no resumo de sessão LABType para aceitar os resultados de análise de lote para todas as
amostras.

Computer Assigned Serology (Serologia atribuída por computador) pode ser selecionado
apenas por alguém com privilégios de utilizador supervisor e preenche automaticamente os
campos de atribuição de serologia de análise LABType e Micro SSP, bem como armazena os
resultados na base de dados. Se esta opção estiver selecionada, é apresentada uma mensagem
de aviso para recordar que as atribuições são estimativas e não devem ser aceites sem
verificação.
Aviso de atribuição automática de serologia
4. Clique em Save
5. Clique em Close
referência).
(Guardar) para guardar as alterações.
(Fechar) para regressar ao menu Update Reference (Atualizar
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
318
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Criar um catálogo de sessão combinada LABScreen
Para executar uma sessão de análise combinada LABScreen de classe I e II, crie um catálogo combinado
para utilizar para a sua sessão. Tem de utilizar um ficheiro de catálogo de classe I e um ficheiro de
catálogo de classe II com as mesmas esferas de controlo positivo e negativo, mas que não tenha outras
esferas em comum.
1. Selecione Utilities > Antibody Product Configuration (Acessórios > Configuração de
produtos de anticorpos.) no menu principal do HLA Fusion.
2. Clique em Create Combined Products (Criar produtos combinados) para abrir o menu
Combined Products (Produtos combinados).
Ficheiros de catálogo combinado LABScreen
3. Selecione o primeiro catálogo de produto a ser combinado e clique em
4. Selecione o segundo catálogo de produto a combinar e clique em
.
O nome do novo ficheiro de catálogo aparece na parte inferior do menu de seleção.
5. Clique em Save
(Guardar) para guardar o novo ficheiro de catálogo combinado para
utilizar na análise LABScreen.

Opcional: Clique em Clear (Limpar) para repor as seleções e iniciar de novo.
6. Clique em Close
(Fechar).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
319
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Alterar valor de soro negativo predefinido LABScreen
É possível ajustar ou adicionar soros de controlo para cada produto ou lote. Pode alterar o valor de
fluorescência médio aparado para cada esfera individualmente.
1. Selecione Utilities > Antibody Product Configuration (Acessórios > Configuração de
produtos de anticorpos.) no menu principal do HLA Fusion.
2. Clique em Set Default Negative Serum Value (Definir valor de soro negativo predefinido)
para abrir o ecrã Default Negative Serum Value (Valor de soro negativo predefinido).
Definir valor de soro negativo predefinido
3. Selecione um ficheiro de catálogo.
4. Selecione um soro negativo existente ou
5. Selecione Add New NS Name (Adicionar novo nome de
soro negativo) no menu pendente para criar um novo soro
negativo.
6. Introduza um nome para o novo soro negativo no campo
Current NS (Soro negativo atual).
7. Edite os valores Default NS (Soro negativo predefinido) para
as esferas desejadas.
8. Clique em Save (Guardar) para guardar as alterações.
9. Clique em Close
(Fechar).
Configuração de produtos LABScreen Mixed
Alterar a configuração de produtos combinados LABScreen
Pode alterar as definições de limiar positivo e negativo de análise
combinada LABScreen para cada produto ou lote. Os novos valores
de limiar de interrupção são utilizados em todas as sessões de
análise para esse produto ou lote.
1. Na página inicial do LABScreen, clique em Edit (Editar) ou
selecione Utilities > Antibody Product Configuration
(Acessórios > Configuração de produtos de anticorpos) no
menu principal do HLA Fusion.
2. Clique em Set Mixed Product Configuration (Definir
configuração de produtos combinados) para abrir o menu
LABScreen Mixed Configuration (Configuração combinada
LABScreen).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
320
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
3. Selecione um catálogo de produto na lista pendente Catalog ID (ID de catálogo).
4. Edite os valores de limiar. Para catálogos de produtos combinados LABScreen, os valores de
limiar podem ser definidos ao nível da esfera.
5. Clique em Save
6. Clique em Close
(Guardar) para guardar os valores.
(Fechar).
Alterar a configuração de análise de rastreio de anticorpos
As alterações na configuração de análise de rastreio de anticorpos são realizadas por tipo de produto e
aplicam-se apenas às sessões analisadas após a realização das alterações.
1. Na página inicial do LABScreen, FlowPRA, LAT ou LCT, clique em [Edit] (Editar) ou selecione
Utilities > Antibody Product Configuration (Acessórios > Configuração de produtos de
anticorpos) no menu principal do HLA Fusion.
2. Clique em Set Analysis Configuration (Definir configuração de análise) para abrir o menu
Analysis Configuration Settings (Definições de configuração de análise).
3. Selecione um tipo de produto na lista pendente Product Type (Tipo de produto).
4. Altere os valores, conforme necessário.
5. Clique em Save (Guardar) para guardar os valores.
6. Clique em Close (Fechar).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
321
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Importar ficheiros de SN
Os ficheiros de Soro Negativo (SN) podem ser importados para serem referenciados durante a análise.
1. No menu principal, selecione Utilities > Antibody Product Configuration (Acessórios >
Configuração de produtos de anticorpos).
2. Clique em NS File Import (Importar ficheiro SN) para abrir o menu NS File Import (Importar
ficheiro SN).
Informar ficheiro SN
3. Clique no botão Browse
(Procurar) para localizar e selecionar os ficheiros SN.
4. Clique em Import NS File (Importar ficheiro SN).
Quando um ficheiro SN é importado com êxito, é listado em Existing NS Files (Ficheiros SN
existentes).
5. Clique em Close (Fechar) para regressar ao menu Update Reference (Atualizar referência).
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
322
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Selecionar definições gerais
Pode definir um número de definições gerais do sistema, incluindo as predefinições da impressora, URLs
e caminhos.
1. Selecione Utilities > General Settings (Acessórios > Definições gerais) no menu principal do
HLA Fusion.
É apresentada a caixa de diálogo General Settings (Definições gerais).
Definições gerais do Fusion
2. Utilize os menus pendentes ou selecione as caixas de verificação para realizar as suas seleções
nesta caixa de diálogo.
3. Depois de terminar todas as suas seleções, clique em Save (Guardar).
Predefinições da impressora
No separador Printer Setup (Configuração de impressora) na caixa de diálogo General Settings
(Definições gerais), pode selecionar definições, como a impressora predefinida e o tamanho do papel, que
serão aplicadas quando imprimir relatórios ou realizar a impressão de ecrã.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
323
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
1. Selecione Utilities > General Settings (Acessórios > Definições gerais) e clique no separador
Printer Setup (Configuração de impressora).
Configuração de impressora
2. Selecione entre as seguintes opções para os painéis Print Screen (Impressão de ecrã) e Print
Report (Imprimir relatório) da caixa de diálogo:

Se pretende visualizar uma pré-visualização da impressão ou caixa de diálogo de imprimir
relatório sempre que imprime, certifique-se de que a opção Yes (Sim) está selecionada.
Caso contrário, selecione No (Não).

Se não pretende selecionar uma impressora sempre que imprime, selecione a impressora
predefinida e tamanho do papel nos menus pendentes.
Nota:
Esta configuração de impressora predefinida pode ser substituída pelas propriedades de
página específicas de certos relatórios.
3. Clique em Save
(Guardar).
Definir os URLs e caminhos de diretório predefinidos do HLA Fusion
A opção URLs & Paths (URLs e caminhos) no menu General Settings (Definições gerais) permite-lhe
definir os URLs predefinidos para websites OLI e NMDP para transferir ficheiros de referência e catálogo
e atualizações de produtos. Esta opção também lhe permite definir o caminho de diretório onde o HLA
Fusion, por predefinição, armazena catálogos, ficheiros de sessão/lote, relatórios, etc. Modificar os URLs
ou caminho antecipadamente permite-lhe evitar ter de procurar os ficheiros sempre que precisa deles.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
324
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
1. Clique em [Edit] (Editar) no lado direito do painel General Configuration (Configuração geral) da
página inicial predefinida do HLA Fusion ou selecione Utilities > General Settings
(Acessórios > Definições gerais) no menu principal do HLA Fusion.
Selecione o separador URLs ou o separador Paths (Caminhos).
Separador URLs
Separador Caminhos
2. Introduza um URL e verifique se funciona ao clicar em
. Para os caminhos, utilize o botão
(Procurar) para localizar o diretório que pretende utilizar para a finalidade
Browse
especificada (por ex., onde pretende armazenar relatórios quando são gerador).
3. Clique em Save
(Guardar).
Ativar produtos
A opção Products Selection (Seleção de produtos)
no menu Utilities (Acessórios) permite-lhe ativar
ou desativar os vários produtos de análise OLI que
podem ser utilizados com o HLA Fusion.
1. No menu principal, selecione Utilities >
Products Selection (Acessórios >
Seleção de produtos).
Selecione ou anule a seleção da caixa de
verificação junto ao(s) produto(s) que pretende
ativar ou desativar.
Clique em OK
Selecionar/ativar produtos
.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
325
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Validação do software
O software HLA Fusion tem a funcionalidade de ajudar no processo de validação exigido por
laboratórios, clínicas e hospitais que procuram cumprir as normas GCP, GLP e GMP. A validação do
software HLA Fusion para o seu ambiente laboratorial por razões regulamentares ou de desempenho,
pode ser automática utilizando as opções IQ (QI) (Qualificação da instalação) e OQ (QO) (Qualificação
operacional) no menu Utilities > Validation (Acessórios > Validação). O seu laboratório poderá optar
por executar um processo de validação regulamentar padrão para ajudar a resolver problemas ou para
fornecer informações para preparar uma atualização de software.
IQ (QI) (Qualificação da instalação)
O processo QI ajuda-o na qualificação da instalação do software HLA Fusion ao fornecer uma função
incorporada. Depois da conclusão da qualificação da instalação, é gerado um relatório dos resultados,
que pode guardar, imprimir ou exportar para Excel.
Se os seus resultados de QI o preocuparem, exporte-os para um ficheiro Excel e envie o
ficheiro por e-mail para o apoio ao cliente da OLI.
Nota:
1. No menu principal, selecione Utilities > Validation > IQ (Acessórios > Validação > QI).
É executado o teste de validação. Quando estiver concluído, é apresentado um relatório com as
seguintes categorias de dados:

Informações sobre os sistemas (por ex., sistema operativo)

Ambiente (por ex., caminho de diretório onde os ficheiros do programa HLA Fusion são
armazenados)

URLs (por ex., o URL para o site de transferências de catálogos)

Informações da base de dados (por ex., nome da base de dados)

Número e tipos de ficheiros instalados (por ex., dll)

Informações do laboratório (por ex., nome e morada do seu laboratório)

Configuração de análise para cada produto (por ex., baixa contagem de esferas para LABType)
2. Pode selecionar para guardar, pré-visualizar, imprimir ou exportar o relatório para Excel.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
326
One Lambda, Inc.
Manual do Utilizador do software HLA Fusion versão 3.x.x
Exemplo de relatório de QI
Relatório de QI típico
Qualificação da instalação (QI)
O processo de QI ajuda-o na qualificação da instalação ao fornecer uma funcionalidade incorporada.
Pode ser realizada apenas se tiver concluído o processo de QI conforme explicado acima. A qualificação
da instalação passa por uma série de processos de QA para analisar o lote e catálogo pré-carregado e
compara-os com os resultados predefinidos.
Depois da conclusão da validação da instalação, é gerado um relatório dos resultados, que pode guardar,
imprimir ou exportar para Excel. Se os resultados o preocuparem, exporte-os para um ficheiro Excel e
envie este ficheiro por e-mail para o apoio ao cliente da OLI.

No menu principal, selecione Utilities > Validation > Installation (IQ) (Acessórios >
Validação > Instalação [QI]).
É executado o teste de validação. Quando estiver concluído, é apresentado um relatório com os dados
relativos ao funcionamento do HLA Fusion no ambiente de trabalho do seu computador.
HLAF-MAN-v3.x.x-PT-00, Rev. 0 (Manual do utilizador do HLA Fusion v3.x.x)
Para utilização em diagnóstico in vitro
327
Was this manual useful for you? yes no
Thank you for your participation!

* Your assessment is very important for improving the work of artificial intelligence, which forms the content of this project

Download PDF

advertisement