Rosemount 5900S Medidor de nível de radar Manual de referência 300520PE, Rev. AA

Rosemount 5900S Medidor de nível de radar Manual de referência 300520PE, Rev. AA
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Rosemount 5900S
Medidor de nível de radar
www.rosemount-tg.com
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Rosemount 5900S
Medidor de nível de radar
AVISO
Leia este manual antes de começar a utilizar o produto. Por uma questão de segurança
pessoal e do sistema, bem como para obter um excelente desempenho do produto,
certifique-se de que compreende na totalidade o conteúdo deste manual antes de efectuar
operações de instalação, utilização ou manutenção do produto.
No caso de necessidade de assistência ou manutenção do equipamento, contacte o
representante local Emerson Process Management/Rosemount Tank Gauging.
Peças sobresselentes
Qualquer substituição de peças por peças sobresselentes não reconhecidas pode
comprometer a segurança. A reparação, isto é, a substituição de componentes, etc.,
poderá também comprometer a segurança, não sendo por isso permitida em qualquer
circunstância.
A Rosemount Tank Radar AB não assume quaisquer responsabilidades por avarias,
acidentes, etc. causados por peças sobresselentes não reconhecidas ou por qualquer
reparação que não seja realizada pela Rosemount Tank Radar AB.
Requisitos ETSI específicos (Europa)
O Rosemount 5900S deve ser instalado numa posição fixa permanente num depósito de
metal ou de betão reforçado fechado (não aberto), ou numa estrutura fechada semelhante
fabricada num material atenuante equiparável. As flanges e os acessórios do equipamento
Rosemount 5900S devem oferecer vedação relativamente a micro-ondas.
As portinholas ou as flanges de ligação no depósito devem ser fechadas para assegurar
uma fuga reduzida do sinal para o ar no exterior do depósito.
A instalação e manutenção do equipamento Rosemount 5900S apenas devem ser
realizadas por profissionais qualificados.
Requisitos FCC específicos (EUA)
O Rosemount 5900S gera e utiliza energia de radiofrequência. Se o equipamento não for
instalado e utilizado correctamente, ou seja, em conformidade com as instruções do
fabricante, pode violar os regulamentos FCC relativos à emissão de radiofrequência.
O Radar de Tank Rosemount 5900S foi certificado pela FCC sob condições de teste que
pressupõem a utilização de um depósito de metal.
Requisitos IC específicos (Canadá)
As aprovações de rádio para este dispositivo são aplicáveis para instalação num recipiente
totalmente fechado para evitar emissões de RF indesejáveis. Na aplicação ao ar livre, é
necessário dispor de licença para o local. A instalação deve ser realizada por profissionais
qualificados, em conformidade com as instruções do fabricante.
A utilização deste dispositivo baseia-se no princípio “sem interferência, sem protecção”. O
utilizador deve aceitar operações de radar de alta potência na mesma banda de frequência
que possa interferir com este dispositivo ou danificá-lo. Os dispositivos que interfiram com
as operações sujeitas à licença principal terão de ser removidos à responsabilidade do
utilizador.
www.rosemount-tg.com
CUIDADO
Os produtos descritos neste documento NÃO foram concebidos para aplicações
qualificadas como nucleares.
A utilização de produtos não qualificados para usos nucleares em aplicações que exijam
equipamentos, peças ou produtos qualificados como nucleares pode causar leituras
incorrectas.
Para obter informações sobre produtos da Rosemount qualificados como nucleares,
contacte o seu representante de vendas local da Rosemount.
Foto da capa: 5900_coverphoto.tif
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Índice
SECÇÃO 1
Introdução
1.1
1.2
1.3
1.4
1.5
1.6
1.7
Mensagens de segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1-1
Símbolos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1-2
Descrição geral do manual . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1-3
Documentação técnica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1-4
Serviço pós-venda. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1-5
Reciclagem/eliminação de produtos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1-5
Material das embalagens . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1-5
1.7.1
Reutilização e reciclagem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1-5
1.7.2
Recuperação de energia . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1-5
SECÇÃO 2
Descrição geral
2.1
2.2
2.3
2.4
2.5
Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2-1
Componentes . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2-2
Descrição geral do sistema . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2-3
Antenas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2-7
Procedimento de instalação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2-9
SECÇÃO 3
Instalação
3.1
3.2
Mensagens de segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-1
Considerações sobre a instalação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-3
3.2.1
Requisitos da antena cónica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-4
3.2.2
Requisitos da antena parabólica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-6
3.2.3
Requisitos da antena com tubo tranquilizador . . . . . . . . . 3-10
3.2.4
Requisitos da antena GPL/GNL . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-13
Instalação mecânica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-19
3.3.1
Antena cónica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-19
3.3.2
Antena parabólica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-21
3.3.3
Antena vectoria – versão fixa . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-30
3.3.4
Antena vectoria – portinhola articulada . . . . . . . . . . . . . . 3-33
3.3.5
Antena GPL/GNL . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-37
Instalação eléctrica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-41
3.4.1
Entradas de cabo/conduta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-41
3.4.2
Ligação à terra . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-41
3.4.3
Selecção de cabos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-42
3.4.4
Áreas perigosas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-42
3.4.5
Requisitos de alimentação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-42
3.4.6
Estimativa de potência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-42
3.4.7
Sistema Raptor Tankbus . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-43
3.4.8
Instalações típicas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-44
3.4.9
Ligação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-45
3.4.10 Blocos de terminais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-48
3.4.11 Diagramas de ligação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-51
3.3
3.4
www.rosemount-tg.com
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
SECÇÃO 4
Configuração
4.1
4.2
4.7
Mensagens de segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-1
Descrição geral . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-2
4.2.1
Configuração básica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-3
4.2.2
Configuração avançada . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-3
4.2.3
Ferramentas de configuração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-3
Configuração utilizando o Rosemount TankMaster. . . . . . . . . . . . . . 4-4
4.3.1
Assistente de instalação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-4
Configuração básica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-5
4.4.1
Geometria do depósito . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-5
4.4.2
Tank Scan (Análise do depósito) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-8
4.4.3
Empty Tank Handling
(Manuseamento do tanque vazio) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-9
Configuração avançada. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-13
4.5.1
Ambiente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-13
4.5.2
Tank Shape (Forma do depósito) . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-13
4.5.3
Surface Echo Tracking (Detecção de eco
emitido pela superfície) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-14
4.5.4
Filter Setting (Definição do filtro) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-16
Configuração GPL . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-18
4.6.1
Preparações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-18
4.6.2
LPG Setup (Configuração GPL). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-19
Calibração utilizando o WinSetup . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-27
SECÇÃO 5
Operação
5.1
5.2
5.3
Mensagens de segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5-1
Visualização de dados de medição . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5-2
Manuseamento do alarme. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5-2
SECÇÃO 6
Manutenção e resolução
de problemas
6.1
6.2
Mensagens de segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-1
Manutenção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-2
6.2.1
Ver registos introduzidos e registos mantidos . . . . . . . . . . 6-2
6.2.2
Fazer cópia de segurança da configuração do medidor . . 6-4
6.2.3
Para recuperar uma base de dados de configuração
de cópia de segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-6
6.2.4
Diagnóstico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-7
6.2.5
Actualizar o software do medidor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-8
6.2.6
Protecção contra escrita . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-10
6.2.7
Interruptor de protecção contra escrita . . . . . . . . . . . . . . 6-11
6.2.8
Registo de dados de medição . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-12
6.2.9
Carregamento da base de dados predefinida . . . . . . . . . 6-13
Resolução de problemas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-14
6.3.1
Estado do dispositivo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-18
6.3.2
Mensagens de advertência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-19
6.3.3
Mensagens de erro . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-20
6.3.4
Estado da medição . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-22
4.3
4.4
4.5
4.6
6.3
Índice-2
Índice
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
ANEXO A
Dados de referência
A.1
A.2
A.3
Especificações. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .A-1
Esquemas dimensionais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .A-5
Informações para encomenda. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .A-9
A.3.1
Cabeça do transmissor (TH) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .A-9
A.3.2
Antena parabólica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .A-10
A.3.3
Antena cónica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .A-10
A.3.4
Antena vectorial para tubo tranquilizador. . . . . . . . . . . . .A-11
A.3.5
Antena GPL/GNL . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .A-12
A.3.6
Opções do medidor de nível de radar 5900S . . . . . . . . .A-12
ANEXO B
Certificações do produto
B.1
B.2
B.3
Mensagens de segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .B-1
Conformidade com a UE . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .B-2
Certificações para locais perigosos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .B-3
B.3.1
Certificações da Factory Mutual EUA . . . . . . . . . . . . . . . .B-3
B.3.2
Certificações da Factory Mutual Canadá . . . . . . . . . . . . . .B-4
B.3.3
Informações sobre a Directiva ATEX Europeia . . . . . . . . .B-5
B.3.4
Certificação IECEx . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .B-6
Esquemas de aprovação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .B-7
B.4
Índice
Índice-3
Manual de referência
Série 5900S da Rosemount
Índice-4
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Índice
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Secção 1
Série 5900S da Rosemount
Introdução
1.1
1.2
1.3
1.4
1.5
1.6
1.7
1.1 MENSAGENS DE
SEGURANÇA
Mensagens de segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página 1-1
Símbolos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página 1-2
Descrição geral do manual . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página 1-3
Documentação técnica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página 1-4
Serviço pós-venda . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página 1-5
Reciclagem/ eliminação de produtos . . . . . . . . . . . página 1-5
Material das embalagens . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página 1-5
Os procedimentos e as instruções constantes deste manual podem exigir
precauções especiais para garantir a segurança dos profissionais que
efectuam as operações. As informações que constituam potenciais
problemas de segurança estão assinaladas com um símbolo de advertência
( ). Consulte as mensagens de segurança listadas no início de cada
secção antes de efectuar uma operação assinalada com este símbolo.
ADVERTÊNCIA
Se estas instruções de instalação não forem observadas, poderão ocorrer ferimentos
graves ou morte:
•
Assegure-se de que a instalação é efectuada apenas por pessoal devidamente
qualificado.
•
Utilize o equipamento apenas como é especificado neste manual. A não
observância desta advertência poderá comprometer a segurança fornecida
pelo equipamento.
Explosões podem causar morte ou ferimentos graves:
•
Certifique-se de que o ambiente de utilização do transmissor cumpre as devidas
certificações relativas a locais de perigo.
•
Antes de ligar um comunicador num ambiente onde existe o risco de explosão,
certifique-se de que os instrumentos no circuito são instalados de acordo com as
práticas intrinsecamente seguras ou práticas de ligações eléctricas no campo à
prova de incêndio.
•
Não retire a tampa do medidor em atmosferas explosivas quando o circuito estiver
activo.
Choques eléctricos podem causar ferimentos graves ou morte.
•
Tenha bastante cuidado quando entrar em contacto com os condutores e
terminais.
ADVERTÊNCIA
Qualquer substituição de peças por peças não reconhecidas pode comprometer a
segurança. A reparação, nomeadamente, a substituição de componentes, etc., poderá
também comprometer a segurança, não sendo por isso permitida em qualquer
circunstância.
www.rosemount-tg.com
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
1.2 SÍMBOLOS
A marca CE simboliza a conformidade do produto com
as Directivas da Comunidade Europeia aplicáveis.
O Certificado de Exame de Tipo CE é uma declaração
de uma Entidade de Certificação Notificada indicando
que este produto corresponde aos Requisitos de Saúde
e Segurança Essenciais da directiva ATEX.
Uma Marca da CERTIFICAÇÃO FM indica que o
equipamento foi aprovado pelas Certificações FM de
acordo com as Normas de Certificação e pode ser
instalado em locais de perigo.
Ligação à terra de protecção
Ligação à terra
Os cabos externos devem estar aprovados para
utilização a uma temperatura mínima de 81°C.
1-2
Secção 1. Introdução
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
1.3 DESCRIÇÃO
GERAL DO
MANUAL
Série 5900S da Rosemount
Este manual fornece informações sobre a instalação, configuração e
manutenção do Medidor de nível de radar série 5900S da Rosemount.
Secção 2: Descrição geral
•
Componentes do medidor
•
Descrição geral do sistema
•
Tipos de antena
•
Procedimento de instalação
Secção 3: Instalação
•
Considerações sobre a instalação
•
Instalação mecânica
•
Instalação eléctrica
Secção 4: Configuração
•
Configuração básica
•
Configuração avançada
•
Configuração utilizando o TankMaster WinSetup
•
Configuração GPL
•
Calibração
Secção 5: Operação
•
Visualização de dados de medição
•
Manuseamento do alarme
Secção 6: Manutenção e resolução de problemas
•
Funções de manutenção
•
Resolução de problemas
•
Estado do dispositivo e medições
•
Códigos de erro e de advertência
Anexo A: Dados de referência
•
Especificações
•
Esquemas de dimensões
•
Informações para encomenda
Anexo B: Certificações do produto
Secção 1. Introdução
•
Informações sobre a Directiva ATEX Europeia
•
Certificações FM
•
Etiquetas
•
Esquemas
1-3
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
1.4 DOCUMENTAÇÃO
TÉCNICA
1-4
O sistema Raptor inclui os seguintes documentos:
•
Descrição técnica do sistema Raptor (704010EN)
•
Manual de referência Rosemount 5900S (300520EN)
•
Manual de referência Rosemount 2410 (300530EN)
•
Manual de referência Rosemount 2240S (300550EN)
•
Manual de referência Rosemount 2230 (300560EN)
•
Manual de configuração do sistema Raptor (300510EN)
•
Folha de dados do produto Rosemount 5300 (00813-0100-4530)
•
Folha de dados do produto Rosemount 5400 (00813-0100-4026)
•
Manual de referência da série 5300 da Rosemount (00809-0100-4530)
•
Manual de referência da série 5400 da Rosemount (00809-0100-4026)
•
Manual de referência do Rosemount TankMaster WinOpi (303028EN)
•
Esquemas de instalação do Rosemount Raptor
Secção 1. Introdução
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
1.5 SERVIÇO
PÓS-VENDA
Para aceder ao serviço pós-venda, contacte o representante local
Emerson Process Management/Rosemount Tank Gauging. As
informações de contacto encontram-se no website www.rosemount-tg.com.
1.6 RECICLAGEM/
ELIMINAÇÃO DE
PRODUTOS
A reciclagem do equipamento e da embalagem deve ser realizada de acordo
com a legislação/regulamentação local e nacional.
A etiqueta abaixo é colocada nos produtos Rosemount Tank Gauging como
recomendação para os clientes caso se considere o encaminhamento para a
sucata.
A reciclagem ou a eliminação devem ser realizadas de acordo com as
instruções de separação correcta dos materiais ao desmontar as unidades.
PARATE
SE
STE
EL
TIC
Figura 1-1. É aplicada uma
etiqueta verde na caixa do
medidor de nível
& PLA
S
1.7 MATERIAL DAS
EMBALAGENS
A Rosemount Tank Radar AB está totalmente certificada de acordo com as
normas ambientais ISO 14001. Ao reciclar as caixas de cartão canelado ou
de madeira, utilizadas para enviar os nossos produtos, estará a contribuir
para proteger o ambiente.
1.7.1
Reutilização e
reciclagem
A experiência demonstra que as caixas de madeira podem ser utilizadas
várias vezes para diferentes fins. Após o desmantelamento cuidadoso, as
peças de madeira podem ser reutilizadas. Os resíduos metálicos podem ser
convertidos.
1.7.2
Recuperação de
energia
Os produtos que atingiram o fim da vida útil podem ser separados em
componentes de madeira e de metal, sendo que a madeira pode ser utilizada
como combustível em determinados fornos.
Devido ao baixo teor de humidade (aproximadamente 7%), este tipo de
combustível tem um valor calorífico superior ao do combustível de madeira
normal (teor de humidade de cerca de 20%).
Ao queimar o contraplacado interior, o azoto dos adesivos pode aumentar as
emissões de óxidos de azoto para o ar 3 a 4 vezes mais do que ao queimar
cascas e lascas de madeira.
NOTA!
O aterro não constitui uma opção de reciclagem, devendo ser evitado.
Secção 1. Introdução
1-5
Manual de referência
Série 5900S da Rosemount
1-6
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Secção 1. Introdução
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Secção 2
Descrição geral
2.1
2.2
2.3
2.4
2.5
2.1 INTRODUÇÃO
Introdução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página 2-1
Componentes . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página 2-2
Descrição geral do sistema . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página 2-3
Antenas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página 2-7
Procedimento de instalação . . . . . . . . . . . . . . . . . . página 2-9
O Rosemount 5900S É um medidor de nível de radar de dois fios para
efectuar medições sem contacto de alta precisão. O medidor de nível emite
continuamente um sinal de radar com variação de frequência em direcção à
superfície do produto. Isto permite efectuar medições de nível muito precisas,
processando a diferença entre as frequências dos sinais de radar emitidos e
recebidos.
O Rosemount 5900S faz parte do sistema flexível Raptor. O design avançado
e robusto faz com que seja adequado para uma ampla variedade de
aplicações. O equipamento foi concebido para efectuar medições de nível
de alta precisão e para lidar com formatos de tanques complexos e
obstáculos no tanque que possam interferir com os sinais de medição.
Figura 2-1. Integração do sistema
Medidor de nível
de radar 5900S
Transmissor de
temperatura 2240S
TankMaster
Unidade de
comunicação
de campo 2160
Tank Hub 2410
Bus de grupo
Bus principal
Bus secundário
Modem
Indicador 2230
Tankbus
Saídas do relé
O Rosemount 5900S fornecimentos de dados de medição e informações
sobre o estado ao Tank Hub Rosemount 2410 através do Tankbus(1)
intrinsecamente seguro.
Os dados de um grupo de tanques são transmitidos por uma unidade de
comunicação de campo (FCU) 2160, e distribuídos através do bus de grupo
para um PC TankMaster, ou um sistema anfitrião, sempre que a FCU receber
um pedido de dados.
(1)
www.rosemount-tg.com
O Tankbus intrinsecamente seguro está em conformidade com a norma
fieldbus FISCO FOUNDATION™.
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
2.2 COMPONENTES
Figura 2-2. Componentes do
Rosemount 5900S
1
2
2
3
4
6
8
7
5
1. Compartimento de terminais
2. Entradas dos cabos (adaptadores ½-14 NPT, M20 x 1.5)
3. Flange
4. Antena
5. Terminal de ligação à terra
6. Cobertura de protecção
7. Etiqueta
8. Cabeça do transmissor com componentes electrónicos de
processamento de sinal
2-2
Secção 2. Descrição geral
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
2.3 DESCRIÇÃO
GERAL DO
SISTEMA
Série 5900S da Rosemount
O Raptor é um sistema avançado de medição do nível do tanque de
radar para transferência de custódia e inventário. Este equipamento foi
desenvolvido para uma ampla variedade de aplicações em refinarias,
parques de tanques e tanques de combustível, e corresponde aos mais
elevados requisitos relativamente ao desempenho e à segurança.
Os dispositivos de campo no tanque comunicam através de um Tankbus
intrinsecamente seguro. O Tankbus baseia-se num fieldbus normalizado,
o fieldbus FISCO(1) FOUNDATION™, e permite a integração de qualquer
dispositivo que suporte esse protocolo. Utilizando um fieldbus de 2 fios
alimentado por bus intrinsecamente seguro, o consumo energético é
minimizado. O fieldbus normalizado também permite a integração de
equipamento de outros fornecedores no tanque.
A carteira de produtos Raptor inclui uma ampla variedade de componentes
para construir sistemas de medição de tanques personalizados de pequenas
ou grandes dimensões. O sistema inclui vários dispositivos, tais como
medidores de nível de radar, transmissores de temperatura e transmissores
de pressão para um controlo completo do inventário. Estes sistemas são
facilmente expandidos graças ao design modular.
O Raptor é um sistema versátil compatível e capaz de emular os principais
sistemas de medição de tanques. Além disso, a comprovada capacidade de
emulação permite modernizar passo a passo um parque de tanques, desde
medidores de nível a soluções para salas de controlo.
É possível substituir velhos medidores mecânicos ou servo-medidores por
medidores Raptor modernos, sem substituir o sistema de controlo nem os
cabos no campo. É ainda possível substituir antigos sistemas HMI/SCADA e
dispositivos de comunicação de campo sem substituir os medidores antigos.
A tecnologia distribuída pelas diferentes unidades do sistema recolhe e
processa continuamente dados de medição e informações sobre o estado.
Quando é recebido um pedido de informações, é enviada uma resposta
imediata com informações actualizadas.
O sistema flexível Raptor suporta várias combinações para alcançar a
redundância, desde a sala de controlo até aos diferentes dispositivos de
campo. A configuração da rede redundante pode realizar-se em todos os
níveis duplicando cada unidade e utilizando várias estações de trabalho da
sala de controlo.
(1)
Secção 2. Descrição geral
Consulte os documentos IEC 61158-2 e IEC/TS 60079-27
2-3
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Figura 2-3. Arquitectura do
sistema Raptor
CONTROLO OPERACIONAL
SISTEMA DE MEDIÇÃO DO NÍVEL DO TANQUE PARA TRANSFERÊNCIA
DE CUSTÓDIA/INVENTÁRIO
ÁREA NÃO PERIGOSA
ÁREA DE PERIGO
Transmissor de
temperatura 2240S
Medidor de nível
de radar 5900S
PC TankMaster
Indicador 2230
Tank Hub 2410
Transmissor
de pressão
3051S
Tankbus
Modem Field
Bus 2180
Unidade de comunicação
de campo 2160 Unidade
de comunicação
Bus de
grupo
Medidor de nível de
Medidor de nível
Modbus TRL2
644
644
Tank Hub 2410
Computador anfitrião
da fábrica
Transmissor de
temperatura 644
Divisor de
segmentos
Computador anfitrião
da fábrica
Tank Hub 2410
Tankbus
Transmissor de
temperatura 2240S
Transmissor
de nível 5400
Transmissor
de nível 5300
PC TankMaster
644
2-4
Secção 2. Descrição geral
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Software HMI TankMaster
A TankMaster é uma avançada interface homem-máquina (HMI) baseada em
Windows para a gestão completa do inventário de tanques. Esta interface
oferece as funções de configuração, manutenção, definição, inventário e transferência de custódia para sistemas Raptor e outros instrumentos suportados.
A interface TankMaster foi concebida para ser utilizada em ambiente
Microsoft Windows XP e Vista, proporcionando um acesso fácil a dados
de medição da rede de área local.
O programa TankMaster WinOpi permite ao operador monitorizar os dados
do tanque medidos. Inclui manuseamento do alarme, relatórios de lote,
manuseamento de relatórios automático, amostragem de dados de histórico
e cálculos de inventário, tais como volume, densidade observada e outros
parâmetros. Pode ligar-se um computador anfitrião da fábrica para o
processamento de dados subsequente.
O programa TankMaster WinSetup é uma interface gráfica de utilizador para
instalação, configuração e manutenção dos diferentes dispositivos no
sistema Raptor.
Unidade de comunicação de campo Rosemount 2160
A unidade de comunicação de campo (FCU) 2160 é um concentrador de
dados que procede à amostragem (poll) e ao armazenamento permanentes
de dados a partir de dispositivos de campo, tais como medidores de nível de
radar e transmissores de temperatura, numa memória intermédia. Sempre
que se recebe um pedido de dados, a FCU pode enviar dados imediatamente
de um grupo de tanques a partir da memória intermédia actualizada.
Tank Hub Rosemount 2410
O Tank Hub Rosemount 2410 funciona como fonte de alimentação para os
dispositivos de campo ligados na área de perigo utilizando o Tankbus
intrinsecamente seguro.
O 2410 recolhe dados de medição e informações sobre o estado de
dispositivos de campo num tanque. Tem dois bus externos para comunicação
com vários sistemas anfitriões. Existem duas versões do 2410 para
funcionamento num só tanque ou em vários tanques. A versão para
vários tanques suporta até 10 tanques e 16 dispositivos.
O 2410 está equipado com dois relés que suportam a configuração de até
10 funções de relé “virtual”, permitindo-lhe especificar vários sinais de fonte
para cada relé.
Medidor de nível de radar Rosemount 5900S
O medidor de nível de radar Rosemount 5900S é um instrumento inteligente
para medir o nível de produto no interior de um tanque. Podem utilizar-se
diferentes antenas para cumprir os requisitos de diferentes aplicações. O
5900S é capaz de medir o nível de praticamente qualquer produto, incluindo
betume, petróleo em bruto, produtos refinados, agentes químicos agressivos,
GPL e GNL.
O Rosemount 5900S envia micro-ondas em direcção à superfície do produto
no tanque. O nível é calculado com base no eco emitido pela superfície.
Nenhuma parte do 5900S está realmente em contacto com o produto no
tanque e a antena é a única parte do medidor exposta à atmosfera no tanque.
Secção 2. Descrição geral
2-5
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
A versão 2 em 1 do medidor de nível de radar 5900S tem dois módulos de
radar na mesma caixa do transmissor, permitindo duas medições de nível
independentes utilizando uma antena.
Radar de onda guiada Rosemount 5300
O Rosemount 5300 é um radar de onda guiada de 2 fios de qualidade
superior para a medição do nível de líquidos, a utilizar numa ampla variedade
de aplicações de precisão média sob várias condições de tanques. O
Rosemount 5300 inclui o 5301 para medições do nível de líquido e o 5302
para medições do nível de líquido e da interface.
Transmissor de nível de radar Rosemount 5400
O Rosemount 5400 é um transmissor de nível de radar sem contacto de
2 fios fiável para líquidos, a utilizar numa ampla variedade de aplicações
de precisão média sob várias condições de tanques.
Transmissor de temperatura de várias entradas Rosemount 2240S
O transmissor de temperatura de várias entradas Rosemount 2240S pode
ligar até 16 sensores de pontos de temperatura e um sensor de nível de água
integrado.
Indicador de campo gráfico Rosemount 2230
O Indicador de campo gráfico Rosemount 2230 apresenta dados de medição
do tanque de inventário, tais como nível, temperatura e pressão. As quatro
teclas permitem-lhe navegar pelos diferentes menus para fornecer todos os
dados do tanque, directamente no campo. O Rosemount 2230 suporta até
10 tanques. Podem utilizar-se até três Indicadores 2230 num só tanque.
Transmissor de temperatura modelo 644 da Rosemount
O Rosemount 644 é utilizado com sensores de temperatura de ponto único.
Transmissor de pressão Rosemount 3051S
A série 3051S consiste em transmissores e flanges adequados a todos os
tipos de aplicações, incluindo tanques de petróleo em bruto, tanques
pressurizados e tanques com/sem tecto flutuante.
Ao utilizar um transmissor de pressão 3051S perto da parte inferior do tanque
como complemento de um medidor de nível de radar 5900S, a densidade do
produto pode ser calculada e apresentada. Pode utilizar-se um ou mais
transmissores de pressão com diferentes escalas no mesmo tanque para
medir as pressões do vapor e do líquido.
Modem field bus Rosemount 2180
O modem field bus (FBM) Rosemount 2180 é utilizado para ligar um PC
TankMaster ao bus de comunicação TRL2. O 2180 é ligado ao PC utilizando
o RS232 ou a interface USB.
Consulte a Descrição técnica do sistema Raptor (documento n.º 704010en)
para obter mais informações sobre os diferentes dispositivos e opções.
2-6
Secção 2. Descrição geral
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
2.4 ANTENAS
O Rosemount 5900S com antena de corneta foi
concebido para uma antena de 8 polegadas a utilizar
em aberturas pequenas em tanques com tecto fixo.
O 5900S foi concebido para efectuar medições de
vários produtos petrolíferos e químicos. No entanto,
para betume/asfalto e produtos semelhantes,
recomenda-se a antena parabólica.
O Rosemount 5900S com antena parabólica mede
o nível de todos os tipos de líquidos, desde produtos
leves a betume/asfalto. O medidor foi concebido para
montagem em tanques com tecto fixo e possui
precisão de transferência fiscal.
A concepção da antena parabólica oferece uma
elevada tolerância relativamente a produtos
aderentes e condensados. O feixe estreito desta
antena faz com que seja adequada a tanques
estreitos com estruturas internas.
O Rosemount 5900S com antena vectorial para
tubo tranquilizador é utilizado em tanques com
tubos tranquilizadores e com todos os produtos
adequados a tubos tranquilizadores.
O medidor utiliza um modo de propagação de radar
com perda reduzida, que praticamente elimina a
influência do estado do tubo tranquilizador. A
medição realiza-se com a maior precisão, mesmo
que o tubo seja antigo, tenha ferrugem e esteja
coberto de tanques.
A antena vectorial para tubo tranquilizador
adequa-se a tubos de 5, 6, 8, 10 e 12 polegadas.
Pode ser montada num tubo tranquilizador existente
e não é necessário interromper o funcionamento do
tanque durante a instalação.
Existem duas versões do 5900S com antena
vectorial para tubo tranquilizador: fixa ou com
portinhola articulada. A portinhola articulada permite
proceder à amostragem do produto a todo o
comprimento do tubo ou à verificação manual.
Secção 2. Descrição geral
2-7
Manual de referência
Série 5900S da Rosemount
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
O Rosemount 5900S com antena GPL/GNL foi
concebido para medições de nível em tanques de
GPL e GNL. É utilizado um tubo tranquilizador de
4 polegadas como guia de onda para a medição e
impede que uma superfície turbulenta perturbe a
medição. Os sinais de radar são transmitidos no
interior do tubo em direcção à superfície.
A vedação de pressão consiste numa janela
aprovada para utilização em reservatórios de
pressão. O medidor está equipado de série com
uma válvula de isolamento resistente ao fogo e
com um sensor de pressão da fase de vapor.
O Rosemount 5900S com antena GPL/GNL está
disponível em duas versões para 150 PSI e 300 PSI.
O pino de verificação permite-lhe verificar as
medições sem abrir o tanque, comparando a
distância medida com a distância real do pino de
verificação.
2-8
Secção 2. Descrição geral
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
2.5 PROCEDIMENTO
DE INSTALAÇÃO
Série 5900S da Rosemount
Siga os passos que se seguem para proceder à instalação correcta:
Reveja as considerações sobre
a instalação.
Consulte “Considerações sobre a
instalação” na página 3-3.
Monte o medidor.
Consulte a “Instalação mecânica”
na página 3-19.
Ligue os fios do medidor.
Consulte a “Instalação eléctrica”
na página 3-41.
Certifique-se de que as tampas e as
ligações de cabo/conduta estão
bem apertadas
Ligue a alimentação do medidor
Configure o medidor.
Consulte a Secção 4: Configuração.
Verifique as medições
Active o interruptor de
protecção contra escrita
Secção 2. Descrição geral
Configuração SIL
2-9
Manual de referência
Série 5900S da Rosemount
2-10
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Secção 2. Descrição geral
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Secção 3
Série 5900S da Rosemount
Instalação
3.1
3.2
3.3
3.4
3.1 MENSAGENS DE
SEGURANÇA
Mensagens de segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página 3-1
Considerações sobre a instalação . . . . . . . . . . . . . página 3-3
Instalação mecânica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página 3-19
Instalação eléctrica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página 3-41
Os procedimentos e as instruções constantes desta secção podem exigir
precauções especiais para garantir a segurança dos profissionais que
efectuam as operações. As informações que constituam potenciais
problemas de segurança estão assinaladas com um símbolo de advertência
( ). Consulte as mensagens de segurança que se seguem antes de
efectuar uma operação assinalada com este símbolo.
ADVERTÊNCIA
Se estas instruções de instalação segura e de manutenção não forem observadas,
poderão ocorrer ferimentos graves ou morte:
Assegure-se de que a instalação é efectuada apenas por pessoal devidamente qualificado.
Utilize o equipamento apenas como é especificado neste manual. A não observância desta
advertência poderá comprometer a segurança fornecida pelo equipamento.
As reparações e as manutenções indicadas neste manual devem ser realizadas apenas por
pessoal qualificado.
Para evitar a ignição em atmosferas inflamáveis ou combustíveis, desligue a alimentação
antes de proceder a qualquer tipo de manutenção.
A substituição de componentes poderá comprometer a segurança intrínseca.
ADVERTÊNCIA
Explosões podem causar morte ou ferimentos graves:
Certifique-se de que o ambiente de utilização do transmissor cumpre as devidas
certificações relativas a locais de perigo.
Antes de ligar um comunicador num ambiente onde existe o risco de explosão,
certifique-se de que os instrumentos no circuito são instalados de acordo com as práticas
intrinsecamente seguras ou práticas de ligações eléctricas no campo à prova de incêndio.
Não retire a tampa do medidor em atmosferas explosivas quando o circuito estiver activo.
www.rosemount-tg.com
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
ADVERTÊNCIA
Os condutores poderão conter alta tensão que poderá resultar em choques
eléctricos:
Evite o contacto com os condutores e terminais.
Quando estiver a ligar os fios do medidor, certifique-se de que a alimentação principal para
o transmissor está desligada e de que as linhas para qualquer outra fonte de alimentação
externa estão desligadas.
Aviso
O dispositivo foi concebido para instalação num recipiente totalmente fechado para evitar
emissões de RF indesejáveis. A instalação deve ocorrer de acordo com os regulamentos
locais, podendo necessitar de aprovações locais.
A instalação em aplicações ao ar livre pode estar sujeita a aprovação de licença para o
local.
A instalação deve ser realizada por profissionais qualificados, em conformidade com as
instruções do fabricante.
3-2
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
3.2 CONSIDERAÇÕES
SOBRE A
INSTALAÇÃO
Série 5900S da Rosemount
Para encontrar um local adequado no tanque para o medidor de nível de radar
Rosemount 5900S, devem considerar-se cuidadosamente as condições do
tanque. O 5900S deve ser instalado de modo a minimizar a influência de
objectos interferentes, de preferência fora do feixe do sinal de radar.
Certifique-se de que as condições ambientais se inscrevem nos limites
especificados conforme indicado no Anexo A: Dados de referência.
Certifique-se de que o medidor de nível de radar Rosemount 5900S está
instalado de forma a não estar exposto a uma pressão e temperatura
superiores aos valores especificados no Anexo A: Dados de referência.
É da responsabilidade do utilizador assegurar que o dispositivo corresponde
aos requisitos específicos de instalação no interior do tanque, tais como:
•
compatibilidade química dos materiais em contacto com o fluido
•
pressão e temperatura de concepção/funcionamento
Para a especificação completa do dispositivo 5900S a instalar, pode
identificar o código do modelo na etiqueta da antena e fazê-lo corresponder
aos dados nas “Informações para encomenda” na página A-9.
Não instale o Rosemount 5900S em aplicações a que não se destina,
por exemplo, ambientes onde possa ser exposto a campos magnéticos
extremamente intensos ou a condições climatéricas rigorosas.
As antenas com superfícies em plástico e pintadas podem, sob determinadas
condições extremas, gerar um nível de carga electrostática capaz de causar
ignição. Ao proceder à instalação em áreas perigosas, certifique-se de que
utiliza ferramentas, material de limpeza, etc. que não sejam capazes de gerar
carga electrostática.
Consulte os capítulos 3.2.1 a 3.2.4 relativamente aos requisitos e às
recomendações a considerar ao instalar um medidor de nível de radar
Rosemount 5900S com diferentes tipos de antena.
Secção 3. Instalação
3-3
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
3.2.1
Requisitos da
antena cónica
O Rosemount 5900S com antena cónica deve ser instalado de forma a não
existirem tubos ou outros obstáculos que possam impedir que o feixe de
radar alcance o fundo do tanque sem obstruções. Estão disponíveis duas
flanges; uma flange horizontal para instalação vertical e uma flange inclinada
para instalação perto da parede do tanque.
Consulte os esquemas de instalação mecânica para obter mais informações
sobre os requisitos de instalação da antena cónica e sobre o espaço de
manutenção.
Requisitos do bocal
Altura máxima do bocal: 330 mm.
Diâmetro mínimo do bocal:
Quadro 3-1. Diâmetro mínimo
do bocal para o 5900S com
antena cónica
Flange
Diâmetro mínimo do bocal (mm)
Flange horizontal
Flange inclinada a 4°
180
185
Figura 3-1. Requisitos do bocal
para o medidor de antena
cónica
FLANGE HORIZONTAL
FLANGE INCLINADA A 4°
±1°
Altura máxima:
330 mm
±1°
Altura máxima:
330 mm
Mínimo de 800 mm
para maior precisão
Mínimo de 500 mm
com precisão reduzida
Nota!
Para obter um melhor
desempenho, a antena
deve ser mais extensa
que o bocal
Diâmetro mínimo
do bocal: 180 mm
3-4
Diâmetro mínimo
do bocal: 185 mm
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Requisitos de espaço livre
Existem duas flanges disponíveis para o medidor de antena cónica. Uma
flange tem uma inclinação de 4° e a outra é horizontal. Consulte o esquema
de instalação relativamente às dimensões da flange.
A flange horizontal pode ser utilizada se a parede não interferir com o feixe de
radar de 30° da antena cónica. Se a instalação do eixo da antena vertical não
for possível sem que a parede do tanque interfira com o feixe de radar, o
5900S tem de ser direccionado para um ponto afastado da parede utilizando
a flange de 4°. A inclinação é necessária para assegurar a máxima precisão.
Distância mínima de espaço livre C:
Quadro 3-2. Distância mínima
C até à parede do tanque para o
5900S com antena cónica
Flange
Distância mínima C até à parede do tanque (m)
Flange horizontal
Flange de 4°
Rx0,2 (R=altura de referência do tanque)
0,6(1)
(1) Em casos excepcionais, o 5900S com antena cónica pode ser instalado mais
perto da parede do tanque. Contacte a Emerson Process
Management/Rosemount Tank Gauging para obter aconselhamento.
Em alguns casos, quando não é necessário obter a precisão máxima, a
flange horizontal pode ser utilizada mesmo que a parede interfira com o feixe
de radar. Em caso de dúvida, contacte a Emerson Process Management/
Rosemount Tank Gauging ou um dos respectivos representantes para obter
aconselhamento.
Figura 3-2. Estão disponíveis
duas opções de flange
diferentes
Espaço de serviço de 550 mm
Parede do
tanque
Eixo da antena
Feixe de radar
de 30°
C
Linha de prumo vertical
FLANGE HORIZONTAL
Secção 3. Instalação
Altura de referência do tanque (R)
Espaço de serviço de 500 mm
Parede do
tanque
Eixo da antena
Feixe de radar
de 30°
Linha de prumo
vertical
C
4° ± 1°
FLANGE INCLINADA
3-5
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
3.2.2
Requisitos da
antena parabólica
Inclinação
A inclinação do Rosemount 5900S com antena parabólica não deve exceder
1,5° em direcção ao centro do tanque. Para produtos com uma elevada
condensação, tais como aplicações de betume/asfalto, o feixe de radar deve
ser direccionado verticalmente sem qualquer inclinação.
Figura 3-3. Inclinação máxima
com antena parabólica
Inclinação máxima: 1,5°
Requisitos da flange
O Rosemount 5900S com antena parabólica é montado no bocal do tanque
utilizando a flange esférica. O equipamento foi concebido para um ajuste fácil
da inclinação do medidor de acordo com os limites especificados.
Existem duas versões da flange esférica. Uma será fixa na flange através de
uma porca e a outra será soldada na flange.
A Flange esférica tem de ser montada na flange antes de montar o medidor
no bocal do tanque.
A flange tem de corresponder a determinados requisitos para assegurar que
o feixe de radar não é perturbado pela parede do tanque. Isto permite que o
sinal de radar seja reflectido na superfície do produto e transmitido de volta
para o medidor de nível a uma força de sinal máxima.
A flange do tanque tem de corresponder aos seguintes requisitos de
inclinação (consulte a Figura 3-4) para permitir o ajuste correcto da antena:
3-6
•
máximo de 4,5° de distância da parede do tanque
•
máximo de 2° em direcção à parede do tanque
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Figura 3-4. Inclinação máxima
da flange do tanque
Série 5900S da Rosemount
Inclinação máxima em direcção
ao centro do tanque
4,5° no
máximo
Inclinação máxima em direcção
à parede do tanque
2,0° no
máximo
Se a flange do tanque não corresponder aos requisitos conforme ilustrado na
Figura 3-4, os requisitos de inclinação para a antena parabólica podem ser
cumpridos utilizando a flange esférica soldada. A flange esférica pode ser
montada com um ângulo máximo de 17° relativamente à flange conforme
ilustrado na Figura 3-5:
Figura 3-5. Inclinação máxima
com flange soldada
60 mm
< 17°
Secção 3. Instalação
3-7
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Requisitos do bocal
Ao instalar o 5900S com antena parabólica num bocal com um diâmetro
de 20 pol., a altura do bocal não pode exceder os 600 mm. Tem de existir
uma passagem livre para o feixe de radar num ângulo de 5° do rebordo do
reflector parabólico para a extremidade inferior do bocal.
O 5900S deve ser instalado de forma a que a distância entre a flange e a
superfície do produto exceda os 800 mm. A precisão mais elevada é obtida
para níveis de produto inferiores a este ponto.
Figura 3-6. Requisitos do bocal
para o Rosemount 5900S com
antena parabólica
Diâmetro de > 500 mm (20 in.)
Mínimo de 800 mm para
maior precisão
Altura recomendada: 400 mm
Altura máxima: 600 mm
Mínimo de 500 mm com
precisão reduzida
5° no mínimo
5° no mínimo
Diâmetro de
440 mm
Linha de prumo vertical
Bocais com diâmetros superiores podem ter uma altura superior a
0,6 metros, desde que o requisito de 5° de passagem livre seja cumprido.
3-8
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Requisitos de espaço livre
O feixe de radar do 5900S com antena parabólica tem 10° de largura. De um
modo geral, os obstáculos (barras de construção, tubos com um diâmetro
superior a 2 pol., etc.) não são aceitáveis, uma vez que podem provocar ecos
interferentes. No entanto, na maior parte dos casos, uma parede do tanque
uniforme ou pequenos objectos não têm uma influência significativa sobre o
feixe de radar.
O eixo da antena deve estar localizado a uma distância de, pelo menos,
800 mm da parede do tanque para obter o melhor desempenho.
Figura 3-7. Requisitos de
espaço livre para o Rosemount
5900S com antena parabólica
Espaço recomendado: 550 mm
para instalação e manutenção
Espaço recomendado: 500 mm
para instalação e manutenção
5°
5°
Passagem livre
Linha de prumo vertical
Eixo da antena
1,5° no
máximo
0,8 m no
mínimo
Para proceder à avaliação, contacte a Emerson Process Management/
Rosemount Tank Gauging.
Secção 3. Instalação
3-9
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
3.2.3
Requisitos da
antena com tubo
tranquilizador
O Rosemount 5900S foi concebido para a montagem em tubo tranquilizador e
pode ser montado em flanges de tubo tranquilizador existentes sem interromper
o funcionamento do tanque. A Rosemount 5900S Antena de rede para tubo
tranquilizador está disponível para tubos de 5, 6, 8, 10 e 12 polegadas.
Existem duas versões disponíveis para corresponder a vários requisitos, no
sentido de facilitar a instalação e a manutenção:
•
A versão de Antena de rede para tubo tranquilizador fixa Rosemount
5900S tem uma flange para uma montagem fácil quando não é
necessário abrir o tubo tranquilizador para verificação manual
•
A versão de Antena de rede para tubo tranquilizador com portinhola
Rosemount 5900S é adequada a tubos tranquilizadores que
necessitam de ser abertos para verificação manual
Requisitos do tubo tranquilizador
A Rosemount 5900S Antena de rede para tubo tranquilizador adequa-se a
flanges e a tubos de 5, 6, 8, 10 e 12 polegadas. A adaptação é conseguida
seleccionando uma antena vectorial para tubo tranquilizador adequada.
O tubo tranquilizador tem de ser vertical(1) dentro de 0,5° (0,2 m ao longo de
20 m).
O Quadro 3-3 apresenta a ampla variedade de planos e diâmetros internos
dos tubos onde as antenas vectoriais podem ser montadas.
Quadro 3-3. Tamanho da
antena e diâmetro interno
do tubo adequado
Tamanho da antena
(in.)
Dimensão da antena
(mm)
5
Tamanho
Diâmetro interno (mm)
120,2
SCH10-SCH60
134,5–125,3
6
145,2
SCH10-SCH60
161,5–150,3
8
189
SCH20-SCH80
206,3–193,7
10
243
SCH10-SCH60
264,7–247,7
12
293,5
SCH 10-40-XS
314,7–298,5
(1)
3-10
Adequação à dimensão do tubo
Contacte a Emerson Process Management/Rosemount Tank Gauging para obter aconselhamento se
não for possível cumprir a este requisito.
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Requisitos da flange
O Rosemount 5900S com Antena de rede para tubo tranquilizador adequa-se
a flanges de 5, 6, 8, 10 e 12 polegadas. O medidor tem uma flange para
vedar o tanque. A flange do tanque tem de ser horizontal a ±2°.
Figura 3-8. A flange tem de ser
horizontal a ±2°.
ÁX.
±2° M
UE
TANQ
O
D
E
D
PARE
Instalação recomendada
Ao conceber novos tanques, é recomendável utilizar um tubo tranquilizador
de 8 pol. ou superior. Isto é particularmente importante em tanques com
produtos aderentes e viscosos. Consulte o esquema 9150 070-946 “Tubos
traquilizantes recomendados” para obter mais informações sobre os tubos
tranquilizadores recomendados para o Rosemount 5900S. Antes de fabricar
um novo tubo tranquilizador, é recomendável contactar a Emerson Process
Management/Rosemount Tank Gauging para obter aconselhamento.
Para obter um desempenho superior, a área total das ranhuras ou dos
orifícios no tubo tranquilizador não deve exceder os valores indicados no
Quadro 3-4. Os valores indicados dizem respeito à área total dos orifícios
em todo o comprimento do tubo, independentemente do comprimento. Em
alguns casos, é possível dispor de uma área total superior à indicada no
Quadro 3-4. Quando os limites forem excedidos, contacte a Emerson
Process Management/Rosemount Tank Gauging para obter aconselhamento.
Quadro 3-4. Área máxima de
ranhuras e orifícios
Dimensões do tubo (in.)
Área máx. de ranhuras e orifícios (m2)
Secção 3. Instalação
5
6
8
10
12
0,1
0,1
0,4
0,80
1,2
3-11
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Espaço livre
O espaço livre que se segue é recomendado para montar o 5900S com
antena vectorial para tubo tranquilizador:
Figura 3-9. Requisitos de
espaço livre para o 5900S com
antena vectoria na versão fixa
Espaço recomendado: 500 mm
para instalação e manutenção
Espaço recomendado: 550 mm
para instalação e manutenção
Mínimo de 800 mm para
maior precisão
Mínimo de 500 mm com
precisão reduzida
Superfície do produto
Figura 3-10. Requisitos de
espaço livre para o 5900S com
antena vectorial na versão com
portinhola
Tamanho da antena
Espaço B (mm)
5“
470
6“
470
8“
480
10 “
490
12 “
490
Espaço recomendado: 500 mm
para instalação e manutenção
Espaço (B) para abertura
Mínimo de 800 mm para
maior precisão
Mínimo de 500 mm com
precisão reduzida
Superfície do produto
3-12
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
3.2.4
Requisitos da
antena GPL/GNL
Série 5900S da Rosemount
Medição da temperatura e da pressão
As medições da temperatura e da pressão são pré-requisitos para a
realização de medições de nível de alta precisão em tanques de GPL/GNL.
Um sistema Raptor pode incluir medidores de nível de radar 5900S,
transmissores de temperatura de várias entradas 2240S, transmissores de
temperatura 644 e transmissores de pressão para obter todas as variáveis
de medição necessárias.
Tubo tranquilizador e pino de verificação
Deve instalar-se um tubo tranquilizador antes de proceder à instalação do
medidor. O tubo tranquilizador é fornecido pelo cliente e deve ser fabricado
de acordo com os esquemas de instalação.
São recomendados três tipos de tubo de aço:
•
DN100
•
Tubo de aço inoxidável SCH 10 de 4 polegadas
•
Tubo de aço inoxidável SCH 40 de 4 polegadas
Ao encomendar o medidor de nível, especifique o tipo de tubo no formulário
de informações do sistema requeridas (Required System Information, RSI).
O tubo tranquilizador deve ser vertical a ±0,5° e a flange do cliente deve ser
horizontal a ±1° conforme ilustrado na Figura 3-11 na página 3-14.
O tubo tranquilizador é fabricado com vários orifícios para permitir a circulação
correcta do produto e para assegurar a equalização da densidade do produto
no interior e no exterior do tubo. O diâmetro do orifício deve corresponder a
20 mm ou 3/4 pol.. Todos os orifícios na secção superior do tubo tranquilizador
devem ser posicionados ao longo de uma linha no lado do tubo.
O pino de verificação permite-lhe verificar medições de nível do 5900S
quando o tanque está pressurizado. Este pino está montado no tubo
tranquilizador num orifício orientado a 90 graus relativamente aos outros
orifícios.
O pino de verificação deve ser colocado numa posição 2500 mm abaixo da
flange conforme ilustrado na Figura 3-11 na página 3-14. Deve existir uma
distância mínima de 200 mm entre o pino de verificação e o nível máximo de
produto. Para cumprir este requisito, o pino de verificação pode ser montado
mais acima, até 1000 mm abaixo da flange.
O pino de verificação deve ser alinhado com um orifício do parafuso na flange
do tubo tranquilizador conforme ilustrado na Figura 3-11. A posição do pino de
verificação deve estar claramente marcada na flange do tubo tranquilizador
(consulte Figura 3-11) para permitir o alinhamento correcto do medidor 5900S.
Consulte o esquema de instalação 9140 041-910 para o tubo tranquilizador de
GPL/GNL para obter informações sobre como instalar o pino de verificação no
tubo tranquilizador. As instruções de instalação são fornecidas com o pino de
verificação e com a placa de deflexão.
Consulte “Configuração GPL” na página 4-18 e o Manual de configuração do
sistema Raptor, documento n.º 300510EN para obter mais informações sobre
como configurar o 5900S para efectuar medições de GPL/GNL.
Secção 3. Instalação
3-13
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Figura 3-11. Instalação do pino
de verificação e requisitos de
inclinação para a flange e para o
tubo tranquilizador
1000 < C < 2500 mm
Marca na flange do tubo
tranquilizador
200 mm no mínimo
O pino de verificação é
direccionado para o
orifício do parafuso na
marca da flange do tubo
Orifício para o pino
de verificação
Diâmetro de 20 mm
Flange vista
de cima
Orifício do
parafuso
Orifícios para
equalização da
densidade;
Diâmetro de
20 mm (3/4 in.)
Alinhe o pino de
verificação e o orifício
do parafuso a 1°
500 mm
Máximo de 1°
Máximo de 0,5°
3-14
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Placa de deflexão com anel de calibração
Está montada uma placa de deflexão na extremidade inferior do tubo
tranquilizador, possuindo um anel utilizado para calibrar o medidor na fase
de instalação quando o tanque está vazio. As instruções de instalação são
fornecidas com o pino de verificação e com a placa de deflexão.
Figura 3-12. Tubo tranquilizador
com placa de deflexão e pino de
verificação
Tubo tranquilizador
Anel de calibração
Suporte
Placa de
deflexão
150 mm no mínimo
A placa de deflexão pode ser fixada no tubo tranquilizador utilizando um de
três métodos:
•
Soldadura
•
Parafuso M4 e porca
•
Rebitagem
Para tubos com a dimensão de 4 pol. SCH 40 e DN 100, é necessário um
anel adicional para a placa de deflexão conforme ilustrado na Figura 3-13 e
Figura 3-14.
Consulte “Configuração GPL” na página 4-18 e o Manual de configuração do
sistema Raptor, documento n.º 300510EN para obter mais informações sobre
como configurar o 5900S para efectuar medições de GPL/GNL.
Secção 3. Instalação
3-15
Manual de referência
Série 5900S da Rosemount
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Figura 3-13. Montagem da placa
de deflexão no tubo de 4 pol.
SCH 40
O anel está marcado com
a indicação 4 pol. SCH40
Figura 3-14. Montagem da placa
de deflexão no tubo DN 100
O anel está marcado com a
indicação DN100
3-16
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Espaço livre
O espaço livre que se segue é recomendado para montar o 5900S com
antena GPL/GNL:
Figura 3-15. Requisitos de
espaço livre para o 5900S com
antena GPL/GNL
Transmissor de
pressão opcional
Espaço recomendado de 1000 mm
para instalação e manutenção
Espaço recomendado: 550 mm
para instalação e manutenção
Espaço mínimo de 1200 mm até
à superfície do produto para
uma precisão mais elevada
Mínimo de 800 mm com
precisão reduzida
Superfície do produto
Secção 3. Instalação
3-17
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Tubo de extensão para distância mínima
O medidor de nível de radar 5900S deve ser colocado de modo a existir uma
distância mínima de 1200 mm entre a flange e o nível máximo de produto
(consulte “Tubo tranquilizador e pino de verificação” na página 3-13). Se
necessário, pode montar-se um tubo de extensão para elevar o medidor de
nível. Isto permite realizar medições mais perto da parte superior do tanque,
situação que, de outro modo, não seria possível, conforme ilustrado na
Figura 3-16.
Figura 3-16. Rosemount 5900S
com tubo de extensão
Tubo de extensão
3-18
Espaço mínimo
de 1200 mm até
à superfície do
produto
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
3.3 INSTALAÇÃO
MECÂNICA
3.3.1
Antena cónica
Siga esta instrução quando instalar o Rosemount 5900S com antena cónica.
Consulte os “Requisitos da antena cónica” na página 3-4 para obter
informações sobre as considerações de montagem antes de instalar o
medidor no tanque.
Conjunto de antena
cónica e flange
Junta (fornecida pelo cliente)
Flange fornecida
pelo cliente
1. Verifique se todas as peças e
ferramentas estão disponíveis antes
de as transportar para o tecto do
tanque.
2. Coloque uma junta no encaixe e
insira cuidadosamente o conjunto
de antena cónica e flange.
3. Monte a flange no encaixe utilizando
porcas e parafusos adequados
(fornecidos pelo cliente).
4. Aperte a flange ao binário necessário,
dependendo do tipo de junta e de
flange.
Bocal
Quatro parafusos M10
e anilhas
Adaptador
Centro do tanque
5. Coloque o adaptador na flange.
A ranhura no adaptador deve ser
direccionada aproximadamente a 90°
para a linha de visão desde o bocal
até ao centro do tanque.
6. Aperte os quatro parafusos M10 com
anilhas manualmente, de modo a
que o adaptador possa ser rodado.
90°
Ranhura
Adaptador
Secção 3. Instalação
3-19
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Cabeça do
transmissor
Porca
8. Certifique-se de que o pino guia no
interior da cabeça do transmissor
encaixa na ranhura do adaptador.
Adaptador
9. Aperte a porca que liga a cabeça do
transmissor ao adaptador.
Tanque
45°
Centro do tanque
Linha de visão
45°
Cobertura de protecção
7. Coloque a cabeça do transmissor no
adaptador da antena.
10. A tampa sobre a cabeça do
transmissor tem fios cruzados que
se podem utilizar para alinhar
correctamente o medidor 5900S.
Se a cobertura de protecção estiver
colocada, o medidor pode ser
alinhado utilizando uma linha de
visão ao longo dos parafusos na
parte superior da cabeça.
11. Certifique-se de que o medidor é
direccionado a um ângulo de 45°
relativamente à linha de visão do
centro do tanque para o bocal.
12. Aperte os parafusos do adaptador
(4 × M10).
13. Se a cobertura de protecção tiver
sido removida, volte a colocá-la
sobre a cabeça e aperte o parafuso.
14. Ligue os cabos eléctricos e configure
o medidor utilizando o software
TankMaster WinSetup (consulte o
Manual de configuração do sistema
Raptor, documento n.º 300510EN)
3-20
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
3.3.2
Série 5900S da Rosemount
Antena
parabólica
Montagem da flange esférica grampeada
Para montar a Flange esférica grampeada, proceda do seguinte modo:
6–30
Recorte
1. Utilize uma flange com uma
espessura entre 6 e 30 mm.
2. Certifique-se de que o diâmetro
do orifício corresponde a 96 mm.
Faça um pequeno recorte num
dos lados do orifício da flange.
∅96
R3
50
Flange esférica
3. Coloque o anel em O na flange
e introduza a flange esférica no
orifício. Certifique-se de que o pino
no lado da flange esférica encaixa
no recorte da flange.
Porca
4. Aperte a porca de modo a que a
flange esférica encaixe correctamente
na flange (binário de 50 Nm).
Secção 3. Instalação
3-21
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Montagem da flange esférica soldada
Para montar a flange esférica soldada, proceda do seguinte modo:
1. Para a montagem horizontal de
acordo com os requisitos no
capítulo “Requisitos da antena
parabólica” na página 3-6,
certifique-se de que o diâmetro do
orifício corresponde a 116 ± 2 mm.
6–38 mm
116±2 mm
2. Se os requisitos da flange no
capítulo “Requisitos da antena
parabólica” na página 3-6 não forem
respeitados, o orifício tem de ser
maquinado para um formato oval
preparado para a soldagem
inclinada da flange esférica.
Placa de protecção
Flange esférica
Ranhura
3-22
3. Deixe que as placas de protecção
permaneçam na flange esférica até
que a soldagem termine. Estas
placas protegem a superfície da
flange esférica das faíscas
provocadas pela soldagem.
4. Certifique-se de que a flange
esférica está montada de modo a
que a ranhura esteja direccionada
para cima quando a flange estiver
montada no bocal do tanque.
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
5. Se a flange do tanque for inclinada,
certifique-se de que a flange
esférica é soldada de modo a
que esteja horizontal quando
for montada no tanque.
A inclinação da flange do tanque
não deve exceder os 17 graus.
60 mm
< 17°
Placa de protecção
6. Retire as placas de protecção
quando a flange esférica for
soldada à flange.
Placa de protecção
Secção 3. Instalação
3-23
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Montagem da antena parabólica
Siga esta instrução ao instalar a antena parabólica. Consulte os “Requisitos
da antena parabólica” na página 3-6 para obter considerações antes de
instalar o medidor no tanque.
1. Verifique se todas as peças e
ferramentas estão disponíveis antes
de as transportar para a parte
superior do tanque.
M5x5
2. Encaixe o reflector parabólico no
alimentador da antena e aperte os
cinco parafusos M5.
Reflector parabólico
Alimentador da antena
3. Aperte os parafusos.
3-24
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
4. Coloque os dois anéis em O nas
ranhuras na superfície superior da
flange esférica.
2 anéis em O
Flange esférica
Ranhuras
Flange
Porca
Anilha de
segurança
6. Monte as anilhas e as porcas.
Placa da etiqueta
da antena
Porca de orelhas
Anilha retentora
5. Rode a flange e introduza a guia de
onda da antena no orifício da flange.
Anilha esférica
7. Tenha em conta que o objectivo da
anilha de retenção consiste em
evitar que a antena caia no tanque.
Por isso, esta fica perfeitamente
encaixada na guia de onda da
antena.
Flange
Guia de onda
da antena
Secção 3. Instalação
3-25
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Porca de orelhas
8. Aperte a porca de orelhas e a porca
superior manualmente.
Porca superior
Guia de onda da antena
Flange
9. Coloque o conjunto da antena e da
flange no bocal do tanque e aperte
os parafusos da flange.
Antena
Bocal
3-26
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
10. Coloque o medidor de nível na guia
de onda da antena. Certifique-se de
que o pino guia no interior da cabeça
do transmissor encaixa na ranhura
da guia de onda da antena.
Guia de onda
da antena
Porca de
orelhas
Porca
12. Desaperte ligeiramente a porca de
orelhas.
Tanque
45°
11. Aperte a porca que liga a cabeça do
transmissor à antena.
Centro do tanque
Linha de visão
13. A tampa sobre a cabeça do
transmissor tem fios cruzados que
se podem utilizar para alinhar
correctamente o transmissor. Se
a cobertura de protecção estiver
colocada, o 5900S pode ser alinhado
utilizando uma linha de visão ao
longo dos parafusos na parte
superior da cabeça do transmissor.
14. Certifique-se de que o medidor é
direccionado a um ângulo de 45°
relativamente à linha de visão do
centro do tanque para a parede.
Secção 3. Instalação
3-27
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
15. Utilize as marcas na anilha esférica
para ajustar o medidor de modo a
que a antena esteja ligeiramente
inclinada a 1,5° em direcção ao
centro do tanque.
Nota: Para produtos com um
elevado nível de condensação, tais
como betume, o medidor deve ser
montado com uma inclinação de 0°
para alcançar a força de sinal
máxima.
Marcas
Centro do
tanque
Linha de prumo
0,5°
16. Aperte a porca de orelhas.
Incline a antena 1,5° em
direcção ao centro do tanque
3
2
1
0
2,5 1,5 0,5
0,5 1,5 2,5
0
1
2
3
Porca de
orelhas
17. Pode utilizar um nível para verificar
a inclinação correcta de 1,5° em
direcção ao centro do tanque.
Certifique-se de que o nível é
colocado numa superfície plana
e estável sobre a cabeça do
transmissor.
Se for necessário, desaperte a porca
de orelhas e ajuste o medidor.
Nota: Certifique-se de que a bolha
de ar toca, mas não se sobrepõe à
marca de 1,5°.
18. Aperte a porca de orelhas
firmemente.
3-28
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Cobertura de
protecção
19. Se a cobertura de protecção tiver
sido removida, volte a colocá-la
sobre a cabeça do transmissor e
aperte o parafuso.
Porca de orelhas
Porca
superior
20. Aperte a porca superior para
bloquear a porca de orelhas (retire
temporariamente a cabeça do
transmissor para arranjar espaço
para as ferramentas, se necessário)
e fixe dobrando a anilha de
segurança sobre a porca.
21. Ligue os cabos eléctricos e configure
o medidor utilizando o software
TankMaster WinSetup (consulte o
Manual de configuração do sistema
Raptor, documento n.º 300510EN).
Secção 3. Instalação
3-29
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
3.3.3
Antena vectoria –
versão fixa
Siga estas instruções passo a passo ao instalar a antena vectoria na
versão fixa. Consulte os “Requisitos da antena com tubo tranquilizador” na
página 3-10 para obter informações sobre as considerações de montagem
antes de instalar o medidor no tanque.
Placa da etiqueta
da antena
Porca
1. Introduza a guia de onda da antena no
orifício da flange e coloque a etiqueta
da antena na devida posição, com o
texto para baixo.
Guia de onda
da antena
Porca
2. Aperte a porca.
3. Fixe a porca dobrando a anilha de
segurança na placa da etiqueta sobre
a porca.
4. Dobre a placa da etiqueta da antena
na marca da ranhura para uma
posição com o texto claramente
visível.
3-30
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
5. Coloque o conjunto da antena e da
flange no bocal do tanque e aperte os
parafusos da flange.
6. Coloque cuidadosamente o medidor
sobre a guia de onda da antena e
aperte a porca. Certifique-se de que
o pino guia no interior da cabeça do
transmissor encaixa na ranhura da
guia de onda.
Cobertura de
protecção
Espaçador
7. Se a cobertura de protecção tiver sido
removida, volte a colocá-la sobre a
cabeça do transmissor e aperte o
parafuso.
Porca
Guia de onda
da antena
Ranhura
Secção 3. Instalação
3-31
Manual de referência
Série 5900S da Rosemount
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
8. Ligue os cabos eléctricos e configure
o 5900S utilizando o software
TankMaster WinSetup, consulte o
Manual de configuração do sistema
Raptor (documento n.º 300510EN).
3-32
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
3.3.4
Antena vectoria –
portinhola
articulada
Série 5900S da Rosemount
Siga estas instruções ao instalar a antena vectorial na versão com portinhola
articulada.
1. Monte a portinhola no bocal. A
portinhola tem uma flange soldada
com um padrão de orifício que
encaixa na flange do bocal.
Junta
2. Aperte os parafusos da flange. As
portinholas mais pequenas podem
ter dois pernos para além dos
parafusos.
Antena
Guia de onda da antena
Ranhura
Secção 3. Instalação
3. Monte a antena na tampa.
Certifique-se de que o pino guia no
interior da tampa encaixa na ranhura
da guia de onda da antena.
3-33
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Porca
Anel em O
4. Aperte a porca que fixa a antena à
tampa.
5. Verifique se o anel em O está
correctamente colocado em torno da
tampa e pressionado atrás da placa
de verificação manual.
Placa de
verificação
manual
3-34
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Aperte o parafuso
de bloqueio
Guia de onda da
antena
6. Feche a tampa e aperte o parafuso
de bloqueio.
7. Coloque cuidadosamente o medidor
sobre a guia de onda da antena e
aperte a porca. Certifique-se de que
o pino guia no interior da cabeça do
transmissor encaixa na ranhura da
guia de onda da antena.
Cobertura de
protecção
Espaçador
8. Se a cobertura de protecção tiver
sido removida, volte a colocá-la
sobre a cabeça do transmissor e
aperte o parafuso.
Porca
Guia de onda
da antena
Ranhura
Secção 3. Instalação
3-35
Manual de referência
Série 5900S da Rosemount
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
9. Ligue os cabos eléctricos e configure
o medidor utilizando o software
TankMaster WinSetup (consulte o
Manual de configuração do sistema
Raptor, documento n.º 300510EN).
3-36
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
3.3.5
Antena GPL/GNL
Série 5900S da Rosemount
Siga estas instruções passo a passo ao instalar a antena GPL/GNL. Consulte
os “Requisitos da antena GPL/GNL” na página 3-13 para obter informações
sobre as considerações de montagem antes de instalar o medidor no tanque.
NOTA!
Deve existir uma marca na flange do tubo tranquilizador para mostrar a
direcção do pino de verificação. Verifique cuidadosamente se o mecanismo
de fecho está alinhado com a marca na flange do tubo tranquilizador
conforme descrito abaixo.
1. Certifique-se de que todas as peças e
ferramentas estão disponíveis antes
de as transportar para a parte superior
do tanque.
2. Instale o tubo tranquilizador de acordo
com o esquema de instalação
mecânica 9240041-910.
3. Verifique se a antena de cone encaixa
no tubo tranquilizador. O intervalo
entre a antena de cone e o tubo não
deve exceder os 2 mm.
Máximo de 2 mm
Tampa de
protecção
Válvula de esfera
Mecanismo
de fecho
4. Monte a antena no mecanismo de
fecho utilizando quatro parafusos de
cabeça Allen M6. Tenha cuidado ao
manusear o conjunto do mecanismo
de fecho e da antena. É importante
que a antena não apresente danos
nem mossas.
Mantenha a tampa de protecção até
que a antena esteja instalada.
Quatro parafusos M6
Antena
Secção 3. Instalação
3-37
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
5. Coloque uma junta (fornecida
pelo cliente) na flange do tubo
tranquilizador.
Mecanismo
de fecho
Flange do tubo
tranquilizador
Alinhe a marca com o
entalhe na flange do tubo
7. Direccione o mecanismo de fecho de
modo a que a marca esteja alinhada
com o entalhe na flange do tubo.
8. Aperte o a flange do transmissor na
flange do tubo tranquilizador (porcas
e parafusos fornecidos pelo cliente).
Bocal
Entalhe que indica a direcção
do pino de verificação
Tampa de protecção
Não retire este cone!
3-38
6. Encaixe cuidadosamente a antena
no tubo tranquilizador.
9. O tanque está fechado e pode, no
que diz respeito ao equipamento
Rosemount Tank Gauging, ser
pressurizado.
10. Retire a tampa de protecção amarela
do guia de onda.
Não retire o cone de borracha.
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
11. Coloque o adaptador na flange.
Certifique-se de que os pinos guia na
flange encaixam nos orifícios na parte
inferior do adaptador.
Transmissor de pressão
Quatro parafusos M10
Suporte
Adaptador
Marca
Entrada para
o transmissor
de pressão
Flange
Válvula de esfera
Flange do
transmissor
Adaptador
12. Certifique-se de que a marca na parte
superior do adaptador está alinhada
com a marca na flange do
transmissor.
13. Monte o suporte e o transmissor de
pressão.
14. Aperte os quatro parafusos M10 com
as anilhas.
15. Ligue o tubo na entrada do transmissor
de pressão à entrada na flange e aperte
a porca.
Marca
Orifícios para
os pinos guia
Transmissor
de pressão
Suporte para o
transmissor de
pressão
Medidor de
nível 5900S
Porca
Adaptador
Tubo tranquilizador
Pino de
verificação
Secção 3. Instalação
16. Coloque o medidor de radar 5900S no
adaptador. Certifique-se de que o pino
guia no interior da guia de onda 5900S
encaixa na ranhura do adaptador.
Nota! O adaptador tem duas ranhuras.
Utilize a ranhura que permite que a
cabeça do transmissor se alinhe com o
pino de verificação conforme ilustrado
abaixo. A direcção do pino de
verificação é indicada pelas marcas
na flange do tubo tranquilizador e no
mecanismo de fecho. Consulte
“Requisitos da antena GPL/GNL” na
página 3-13 para obter mais
informações.
(A segunda ranhura no adaptador é
utilizada para verificar a medição ao
substituir um medidor de nível
TankRadar Rex por um Raptor 5900S.)
17. Aperte a porca que liga a cabeça do
transmissor ao adaptador.
3-39
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Medidor de
nível 5900
Marca que indica a direcção do
pino de verificação
Pino de
verificação
Tampa no
compartimento
do terminal
Transmissor
de pressão
3-40
Tubo
tranquilizador
18. Verifique se a cabeça do medidor de
nível está correctamente alinhada. A
tampa no compartimento do terminal
deve estar paralela com o pino de
verificação.
O entalhe na flange do tubo
tranquilizador indica a direcção
do pino de verificação.
19. Ligue os cabos eléctricos e configure
o medidor utilizando o software
TankMaster WinSetup, consulte o
Manual de configuração do sistema
Raptor (documento n.º 300510EN).
20. Configure o medidor de nível para
realizar medições de GPL (consulte
“Configuração GPL” na página 4-18).
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
3.4 INSTALAÇÃO ELÉCTRICA
3.4.1
Entradas de
cabo/conduta
A caixa dos componentes electrónicos possui duas entradas para ½-14 NPT.
Também estão disponíveis adaptadores minifast e eurofast M20×1.5 opcionais.
As ligações devem ser feitas de acordo com os regulamentos eléctricos locais
ou da fábrica.
Certifique-se de que as aberturas não usadas são devidamente vedadas
para prevenir a entrada de humidade ou outros contaminantes no
compartimento do bloco de terminais da caixa dos componentes electrónicos.
NOTA!
Utilize os bujões de metal incluídos para vedar as portas não utilizadas. Os
bujões de plástico montados aquando da entrega não são suficientes como
vedantes!
NOTA!
Recomenda-se a utilização de vedante do tipo PTFE para impedir a entrada
de água e para permitir a futura remoção do bujão/bucim.
NPT é a norma para as roscas cónicas. Encaixe o bucim com 5 a 6 roscas.
Tenha em conta que existirão roscas no exterior da caixa conforme ilustrado
abaixo.
Figura 3-17. Entrada do cabo
com bucim roscado NPT
O bucim roscado NPT deixa algumas
roscas no exterior da caixa
Certifique-se de que os bucins para entradas de cabos cumprem os
requisitos para classe IP 66 e 67.
3.4.2
Ligação à terra
A caixa deve estar sempre ligada à terra de acordo com os regulamentos
eléctricos nacionais e locais. A não observância desta advertência poderá
comprometer a segurança fornecida pelo equipamento. O método de ligação
à terra mais eficaz é uma ligação directa à terra com o mínimo de
impedância. Existem três ligações de parafuso de ligação à terra possíveis.
Dois parafusos estão localizados no interior do compartimento de terminais e
o terceiro está localizado na caixa. Os parafusos de ligação à terra internos
são identificados por um símbolo de ligação à terra:
.
NOTA!
Ligar o transmissor à terra através da ligação da conduta roscada pode não
fornecer uma ligação à terra adequada.
Ligação à terra – Fieldbus Foundation
Os fios de sinal do segmento do fieldbus não podem ser ligados à terra. Ligar
um dos fios de sinal à terra pode fazer com que todo o segmento fieldbus
seja desligado.
Secção 3. Instalação
3-41
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Ligação à terra da blindagem
Para proteger o segmento fieldbus contra ruídos, as técnicas de ligação à
terra recomendadas para cabos blindados, requerem normalmente um único
ponto de ligação à terra para cada cabo blindado de forma a evitar um anel
de ligação à terra. O ponto de ligação à terra deve localizar-se na fonte de
alimentação.
Os dispositivos Raptor concebidos para ligação “daisy-chain” oferecem um
terminal de passagem de circuito blindado e isolado para permitir uma
blindagem contínua através da rede tankbus.
Para evitar pontos de ligação à terra acidentais, a blindagem do cabo no
interior do compartimento do terminal deve ser isolada.
3.4.3
Selecção de
cabos
Utilize cabos blindados com pares entrelaçados para a série Rosemount
5900S para cumprir os requisitos FISCO(1) e aos regulamentos CEM. O cabo
preferencial é referido como cabo fieldbus tipo “A”. Os cabos devem ser
adequados à tensão de alimentação e aprovados para utilização em áreas
perigosas, quando aplicável. Nos EUA, podem utilizar-se condutas à prova
de explosão na proximidade do vaso.
É recomendável utilizar cabos de 1,0 mm2 (18 AWG) para facilitar a ligação
dos fios. No entanto, podem ser utilizados cabos entre 1,5 mm2 e 0,5 mm2
(16 AWG a 22 AWG).
A especificação do fieldbus FISCO FOUNDATION™ requer que os cabos para
o Raptor Tankbus estejam em conformidade com os seguintes parâmetros de
cabos:
Quadro 3-5. Parâmetros de
cabos FISCO
Parâmetro
Resistência do circuito
Indutância do circuito
Capacidade
Comprimento máximo de cada cabo
secundário
Comprimento máximo do cabo, incluindo a
junção e os ramais secundários
Valor
15Ω/km a 150Ω/km
0,4 mH/km a 1 mH/km
45 nF/km a 200 nF/km
60 m em aparelhos de classe IIC e IIB
1000 m em aparelhos de classe IIC e 1900 m
em aparelhos de classe IIB
3.4.4
Áreas perigosas
Quando o medidor de nível Rosemount 5900S é instalado em áreas perigosas,
devem respeitar-se os regulamentos e as especificações locais nos
certificados aplicáveis.
3.4.5
Requisitos de
alimentação
O Rosemount 5900S é alimentado através do tankbus intrinsecamente seguro
pelo Tank Hub Rosemount 2410. O 2410 alimenta o segmento fieldbus
intrinsecamente seguro actuando como fonte de alimentação FISCO no tankbus.
Quando é instalado num sistema de fieldbus FOUNDATION sem 2410, o 5900S
é alimentado pelo segmento FF.
3.4.6
Estimativa de
potência
O consumo energético do Rosemount 5900S corresponde a 50 mA para
dispositivos padrão e a 100 mA para as versões 2 em 1. Este facto deve ser
considerado ao ligar dispositivos de campo ao tankbus. Consulte a secção
“Estimativa de potência” no Manual de referência Rosemount 2410
(documento n.º 300530EN) para obter mais informações.
(1)
3-42
Consulte os documentos IEC 61158-2 e IEC/TS 60079-27:2002.
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
3.4.7
Sistema Raptor
Tankbus
Série 5900S da Rosemount
O sistema Raptor é fácil de instalar e ligar. Os dispositivos podem ser ligados
em “daisy-chain”, reduzindo o número de caixas de derivação externas.
Num sistema Raptor, os dispositivos comunicam com um Tank Hub
Rosemount 2410 através do tankbus intrinsecamente seguro. O tankbus está
em conformidade com a norma fieldbus FISCO(1) FOUNDATION. O Rosemount
2410 funciona como fonte de alimentação para dispositivos de campo no
tankbus. Um sistema FISCO permite que sejam ligados mais dispositivos de
campo ao segmento em comparação com sistemas SI convencionais com
base no conceito de entidade.
Terminação
É necessário um terminador em cada extremidade da rede fieldbus
FOUNDATION. De um modo geral, um terminador é colocado na fonte de
alimentação fieldbus e o outro no último dispositivo da rede fieldbus.
NOTA!
Certifique-se de que existem dois terminadores no fieldbus.
Num sistema Raptor, o Tank HubRosemount 2410 funciona como fonte de
alimentação. Uma vez que, normalmente, o 2410 é o primeiro dispositivo no
segmento fieldbus, a terminação integrada é activada na fábrica.
Outros dispositivos Raptor, tais como a versão padrão do medidor de nível de
radar Rosemount 5900S, o mostrador de campo gráfico Rosemount 2230 e o
transmissor de temperatura de várias entradas Rosemount 2240S também
têm terminadores integrados que podem ser activados facilmente
introduzindo uma ponte no bloco de terminais, quando necessário.
Concepção do segmento
Ao conceber um segmento fieldbus FISCO, devem considerar-se alguns
requisitos. A ligação dos cabos deve ocorrer em conformidade com os
requisitos FISCO descritos na “Selecção de cabos” na página 3-42.
Do mesmo modo, deve assegurar que a corrente de funcionamento total
dos dispositivos de campo ligados se insere na capacidade de saída do
Tank Hub Rosemount 2410. O débito do 2410 corresponde a 250 mA.
Consequentemente, o número de dispositivos de campo tem de ser
considerado de modo a que o consumo de corrente total seja inferior a
250 mA, consulte “Estimativa de potência” na página 3-42.
Outro requisito consiste em assegurar que todos os dispositivos de campo
dispõem de uma tensão de entrada mínima de 9 V nos respectivos terminais.
Deste modo, terá de ter em conta a queda de tensão nos cabos fieldbus.
Normalmente, as distâncias costumam ser bastante reduzidas entre o Tank
Hub Rosemount 2410 e os dispositivos de campo no tanque. Em muitos
casos, pode utilizar os cabos existentes, desde que os requisitos FISCO
sejam cumpridos (consulte “Selecção de cabos” na página 3-42).
Consulte o capítulo “Sistema Raptor Tankbus” no Manual de referência
Rosemount 2410 (documento n.º 305030EN) para obter mais informações
sobre a concepção do segmento de um sistema Raptor.
(1)
Secção 3. Instalação
FISCO=Fieldbus Intrinsically Safe Concept (conceito de fieldbus intrinsecamente seguro)
3-43
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
3.4.8
Instalações
típicas
O exemplo abaixo indicado (Figura 3-18) ilustra um sistema Raptor com
terminadores em ambas as extremidades do segmento fieldbus conforme
necessário num sistema fieldbus FOUNDATION. Neste caso, os terminadores
são activados no Tank HubRosemount 2410 e num dispositivo de campo
Raptor na extremidade do segmento de rede.
Figura 3-18. Exemplo de uma
ligação Raptor Tankbus para um
só tanque
Comprimento do tankbus até 1000 metros,
dependendo do número de dispositivos e
da qualidade do cabo
Tank Hub 2410 com fonte de
alimentação intrinsecamente
segura, condicionador de
alimentação integrado e
terminador incorporado
Terminador incorporado
Indicador 2230
Tankbus intrinsecamente
seguro
Medidor
de nível de
radar 5900S
Transmissor de temperatura
de várias entradas 2240S
Terminador
incorporado
activado no
último
dispositivo
A distância máxima entre o Tank Hub 2410 e os dispositivos de campo
no tanque depende do número de dispositivos ligados ao tankbus e da
qualidade dos cabos.
Consulte o capítulo “Instalação eléctrica” no Manual de referência
Rosemount 2410 (documento n.º 305030EN) para obter mais informações
sobre selecção de cabos, estimativa de potência e Raptor Tankbus.
Consulte também “Instalações típicas” no Manual de referência
Rosemount 2410 (documento n.º 305030EN) para obter mais exemplos
sobre como instalar sistemas Raptor.
3-44
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
3.4.9
Ligação
Série 5900S da Rosemount
Para ligar o medidor de nível Rosemount 5900S:
1. Certifique-se de que a fonte de alimentação está desligada.
2. Retire a tampa do compartimento do terminal.
3. Introduza os fios através do bucim/das condutas adequadas.
Instale os cabos com uma lira de forma a que a parte inferior do
circuito se encontre por baixo da entrada do cabo/da conduta.
4. Ligue os fios conforme descrito em “Blocos de terminais” na página 3-48.
5. Certifique-se de que o fio positivo do tankbus está ligado ao terminal
com a marca FB+ e que o fio negativo está ligado ao terminal com a
marca FB–.
6. Utilize bujões de metal para vedar as portas não utilizadas.
7. Coloque e aperte a tampa do compartimento dos terminais. Certifique-se
de que a tampa está totalmente encaixada para corresponder aos
requisitos de prevenção de explosões e para impedir a entrada de água
no compartimento do terminal.
8. Aperte a conduta/o bucim de cabo. Tenha em conta que é necessário
dispor de adaptadores para bucins M20.
NOTA!
Certifique-se de que os o rings e as sedes estão em bom estado antes de
montar a tampa para manter o nível específico de protecção contra a entrada.
Os mesmos requisitos são aplicáveis às entradas e saídas de cabos (ou
bujões). Os cabos devem ser devidamente montados nos bucins.
Figura 3-19. Compartimento dos
terminais
Tampa
3
5
1
1
4
2
Bucins de cabos
Parafusos de ligação à terra internos
Terminais para o sinal e fonte de alimentação
Parafuso de bloqueio (versão antideflagrante)
Parafuso de ligação à terra externo
Secção 3. Instalação
3-45
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Recomendações relativas ao condutor
Certifique-se de que utiliza cabos adequados para o bloco de terminais do
5900S. O bloco de terminais foi concebido para cabos que correspondem às
especificações ilustradas abaixo.
Figura 3-20. Requisitos relativos
aos condutores e ao isolamento
Isolamento do condutor,
diâmetro máximo: 2,9 mm
Comprimento de descarne: 8 a 9 mm
Secção transversal do condutor,
consulte o Quadro 3-6
Quadro 3-6. Secção transversal
do condutor
Ligação do condutor
Secção transversal
Mínima
2
Máxima
Sólida
0,2 mm /AWG 24
1,5 mm2 /AWG 16
Flexível
0,2 mm2 /AWG 24
1,5 mm2 /AWG 16
Com virola na extremidade
do cabo
0,25 mm2 /AWG 24
1,5 mm2 /AWG 16
Com virola de aro de plástico
0,25 mm2 /AWG 24
0,75 mm2 /AWG 19
Se o diâmetro do isolamento do condutor exceder os 2,9 mm, pode não ser
possível introduzir correctamente o cabo no bloco de terminais. Nesse caso, o
comprimento de descarne pode ter de ser aumentado. Ajuste o comprimento
de descarne de modo a que não apareça nenhum condutor descarnado no
exterior do terminal quando o condutor for ligado ao bloco de terminais.
3-46
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Um condutor liso ou um condutor flexível com virola na extremidade podem
ser introduzidos facilmente no bloco de terminais sem utilizar quaisquer
ferramentas. Caso se utilize um condutor flexível (entrançado), terá de premir
o botão de desarme para introduzir o condutor.
Figura 3-21. Um condutor liso
ou um condutor com virola
na extremidade pode ser
facilmente introduzido no
bloco de terminais
Bloco de terminais
Botões de
desarme
Condutor
Para desligar, prima o botão de desarme e retire o condutor.
Figura 3-22. Prima o botão para
soltar o condutor do bloco de
terminais
Bloco de terminais
Botões de desarme
1
Condutor
Secção 3. Instalação
2
3-47
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
3.4.10 Blocos de
terminais
Figura 3-23. Rosemount 5900S
compartimento dos terminais
Terminais de teste
Terminais de teste
FB+
FB–
FB–
FB+
Terminais de ligação
à terra, internos
Quadro 3-7. Ligações do bloco
de terminais para o 5900S
Ligação
Descrição
X1: Entrada do tankbus
Entrada do tankbus intrinsecamente seguro, alimentação e
comunicação
X2: Terminador activado
O terminador da linha integrado é ligado através do tankbus
quando uma ponte é colocada no bloco de terminais
X3: Circuito blindado
Conector “daisy-chain” de blindagem do cabo (não ligado à terra)
X4: Saída do tankbus
Saída do tankbus ligada a X1 para ligação “daisy-chain” opcional
a outros dispositivos
Terminais de teste
Terminais de teste para ligação temporária de um comunicador de
campo
O terminal X1 é ligado ao Raptor Tankbus intrinsecamente seguro.
Uma ponte no terminal X2 activa a terminação incorporada. A terminação
deve ser utilizada se o medidor Rosemount 5900S for instalado na
extremidade da rede tankbus. Consulte “Sistema Raptor Tankbus” na
página 3-43 para obter mais informações sobre a terminação do
Raptor Tankbus.
O terminal X3 é utilizado para ligar a blindagem do cabo, no sentido de
permitir uma blindagem contínua ao longo da rede tankbus.
O terminal X4 pode ser utilizado para a ligação “daisy-chain” a outros
dispositivos Raptor, tais como o Rosemount 2240S transmissor de
temperatura de várias entradas ou o Rosemount 2230 mostrador
de campo gráfico, consulte também Figura 3-26 na página 3-51.
3-48
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Bloco de terminais na versão dois em um
O Rosemount 5900S na versão dois em um pode ser ligado a um tankbus ou
a dois tankbuses individuais.
Figura 3-24. Compartimento do
terminal, versão 2 em 1
Dois tankbuses
Um tankbus
Terminais
de teste
Terminais
de teste
FB+
FB–
FB+
FB–
FB+
FB–
FB–
FB+
Pontes entre
X3 e X4
Terminais de ligação
à terra, internos
Ao utilizar dois tankbuses individuais, ligue X1 ao tankbus 1 e X4 ao tankbus 2.
Quadro 3-8. Ligações do bloco
de terminais para o 5900S com
dois tankbuses
Ligação
Dois em um/dois tankbuses
X1: Entrada do tankbus primário
Entrada do tankbus intrinsecamente seguro para o medidor de nível 1,
alimentação e comunicação
X2: Terminação primária activada
Terminação para o tankbus primário. O terminador da linha integrado é ligado
através do tankbus quando uma ponte é colocada no bloco de terminais.
X3: Saída do tankbus primário
Saída do tankbus primário ligada a X1 para ligação “daisy-chain” opcional a
outros dispositivos
X4: Entrada do tankbus secundário
Entrada do tankbus intrinsecamente seguro para o medidor de nível 2,
alimentação e comunicação
Terminais de teste
Terminais de teste para ligação temporária de um comunicador de campo
Ligue a X1 ao utilizar um só tankbus, e pontes entre X3 e X4.
Quadro 3-9. Ligações do bloco
de terminais para o 5900S com
um só tankbus
Ligação
Dois em um/um só tankbus
X1: Entrada do Tankbus primário
Entrada do tankbus intrinsecamente seguro, alimentação e comunicação
X2: Terminação primária activada
Terminação para o tankbus primário. O terminador da linha integrado é ligado
através do tankbus quando uma ponte é colocada no bloco de terminais.
X3: Saída do tankbus primário
X4: Entrada do tankbus secundário
Terminais de teste
Secção 3. Instalação
Pontes entre X3 e X4
Terminais de teste para ligação temporária de um comunicador de campo
3-49
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Sistema de segurança SIL do bloco de terminais do medidor
O Rosemount 5900S tem uma saída de alarme SIL2/SIL3 ligada ao Tank Hub
Rosemount 2410.
Figura 3-25. Compartimento do
terminal
Terminais de
teste
FB+
2 em 1: pontes opcionais
entre X3 e X4 para
ligação ao segundo
medidor de nível
–
FB–
+
Alarme SIL
Terminais de ligação à terra,
internos
Para a versão SIL 2 em 1 do Rosemount 5900S, são colocadas pontes
opcionais entre os terminais X3 e X4 para ligação ao segundo medidor de
nível de radar.
Quadro 3-10. Ligações do bloco
de terminais para o 5900S com
opção SIL
Ligação
Sistema de segurança SIL
X1: Entrada do tankbus primário
Entrada do tankbus intrinsecamente seguro, alimentação e comunicação
X2: Alarme
Saída de alarme SIL2/SIL3
(ligação ao bloco de terminais Exi no Tank Hub Rosemount 2410)
X3: Saída do tankbus primário
X4: Entrada do tankbus secundário
Pontes opcionais entre X3 e X4 para ligação ao segundo medidor de nível do
Rosemount 5900S/versão 2 em 1
Terminais de teste
Terminais de teste para ligação temporária de um comunicador de campo
Consulte o Manual de segurança Rosemount Raptor para utilização em
sistemas com instrumentos de segurança (documento n.º 300540en) para
obter mais informações sobre como configurar um sistema de segurança
Raptor SIL.
3-50
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
3.4.11 Diagramas de
ligação
Série 5900S da Rosemount
A versão padrão do Rosemount 5900S tem uma só entrada fieldbus
intrinsecamente segura. O 5900S tem uma terminação incorporada
através de curto-circuito do conector X2.
Pode utilizar-se uma saída intrinsecamente segura no conector X4 para
ligação “daisy-chain” a outros dispositivos num sistema Raptor.
O conector X3 é utilizado para uma ligação de cabo blindado de
entrada/saída do fieldbus (separada da ligação à terra do chassis).
A Figura 3-26 ilustra um diagrama de ligações típico com um medidor de
nível de radar Rosemount 5900S ligado a um transmissor de temperatura de
várias entradas Rosemount 2240S. Neste exemplo, a terminação é activada
no transmissor 2240S, uma vez que este é o último dispositivo no tankbus
(consulte “Sistema Raptor Tankbus” na página 3-43).
Se preferir ligar o 2240S ao Tank Hub 2410, pode estabelecer uma ligação
“daisy-chain” do 5900S ao 2240S e proceder à terminação do tankbus
através de uma ponte no terminal X2 no bloco de terminais 5900S.
Figura 3-26. Diagrama de
ligações 5900S
Comunicador
de campo
MEDIDOR DE NÍVEL DE
RADAR ROSEMOUNT 5900S
Tank Hub Rosemount 2410
PC TankMaster
Blindagem
Tankbus
Fonte de
alimentação
Transmissor de temperatura de
várias entradas Rosemount 2240S
com terminador incorporado
Consulte também “Blocos de terminais” na página 3-48 para obter
informações sobre as ligações do bloco de terminais.
Secção 3. Instalação
3-51
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Rosemount 5900S versão 2 em 1
O Rosemount 5900S versão 2 em 1 tem dois medidores de nível individuais
colocados na mesma caixa. Um dos tankbuses pode ser terminado no
compartimento do terminal do 5900S.
A versão 2 em 1 pode ser ligada a dois tankbuses individuais conforme
ilustrado na Figura 3-27 e 3-29, ou a um só tankbus conforme ilustrado na
Figura 3-28 na página 3-53.
O terminal X1 é uma entrada de tankbus intrinsecamente segura para o
medidor de nível 1 e o terminal X4 liga-se ao segundo medidor de nível.
A Figura 3-27 ilustra um diagrama de ligações com uma versão 2 em 1 do
medidor de nível de radar Rosemount 5900S ligado por “daisy-chain” a um
transmissor de temperatura de várias entradas Rosemount 2240S. Tenha em
conta que o tankbus primário é terminado no bloco de terminais 5900S (X2).
Figura 3-27. Diagrama de
ligações do Rosemount 5900S
para a versão 2 em 1 com
dois tankbuses
Comunicador
de campo
MEDIDOR DE NÍVEL DE RADAR
ROSEMOUNT 5900S (2 EM 1)
Terminação
Tank Hub Rosemount 2410
PC TankMaster
Transmissor de
temperatura de
várias entradas
Rosemount 2240S
Fonte de
alimentação
Tankbus secundário
(medidor 2)
Entrada do tankbus
primário (medidor 1)
Consulte também “Blocos de terminais” na página 3-48 para obter
informações sobre as ligações do bloco de terminais.
3-52
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
A Figura 3-28 ilustra a versão 2 em 1 do Rosemount 5900S com um só
tankbus intrinsecamente seguro. O tankbus é ligado ao primeiro medidor de
nível através do terminal X1, e ao segundo medidor de nível através de uma
ponte entre os terminais X3 (saída do tankbus primário) e X4 (entrada do
tankbus secundário).
A terminação do tankbus é activada no bloco de terminais 5900S (X2).
Figura 3-28. Diagrama de
ligações do Rosemount 5900S
para a versão 2 em 1 com um
só tankbus
Comunicador de campo
MEDIDOR DE NÍVEL DE
RADAR ROSEMOUNT 5900S
(2 EM 1)
Terminação
Tank Hub Rosemount 2410
PC TankMaster
Transmissor de
temperatura de
várias entradas
Rosemount 2240S
Fonte de
alimentação
Secção 3. Instalação
Tankbus
3-53
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Na Figura 3-29 um transmissor Rosemount 2240S está ligado ao segundo
medidor de nível de uma versão 2 em 1 do medidor de nível de radar
Rosemount 5900S.
O tankbus primário é terminado no bloco de terminais 5900S (X2). O tankbus
secundário é terminado activando a terminação incorporada do transmissor
de temperatura 2240S.
Figura 3-29. Diagrama de
ligações do Rosemount 5900S
versão 2 em 1 com
dois tankbuses
Comunicador de campo
Tank Hub Rosemount 2410
MEDIDOR DE NÍVEL DE
RADAR ROSEMOUNT 5900S
(2 EM 1)
Terminação
PC TankMaster
Fonte de
alimentação
3-54
Transmissor de temperatura
de várias entradas
Rosemount 2240S com
terminador incorporado
Entrada do tankbus secundário
(medidor 2)
Entrada do tankbus primário
(medidor 1)
Secção 3. Instalação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Secção 4
Série 5900S da Rosemount
Configuração
4.1
4.2
4.3
4.4
4.5
4.6
4.7
4.1 MENSAGENS DE
SEGURANÇA
Mensagens de segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .página 4-1
Descrição geral . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .página 4-2
Configuração utilizando o Rosemount TankMaster . . . .página 4-4
Configuração básica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .página 4-5
Configuração avançada . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .página 4-13
Configuração GPL . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .página 4-18
Calibração utilizando o WinSetup . . . . . . . . . . . . . . . . . .página 4-27
Os procedimentos e as instruções constantes desta secção podem exigir
precauções especiais para garantir a segurança dos profissionais que
efectuam as operações. As informações que constituam potenciais
problemas de segurança estão assinaladas com um símbolo de advertência
( ). Consulte as mensagens de segurança que se seguem antes de
efectuar uma operação assinalada com este símbolo.
ADVERTÊNCIA
Se estas instruções de instalação segura e de manutenção não forem observadas,
poderão ocorrer ferimentos graves ou morte:
Assegure-se de que a instalação é efectuada apenas por pessoal devidamente qualificado.
Utilize o equipamento apenas como é especificado neste manual. A não observância desta
advertência poderá comprometer a segurança fornecida pelo equipamento.
As reparações e as manutenções indicadas neste manual devem ser realizadas apenas por
pessoal qualificado.
A substituição de componentes poderá comprometer a segurança intrínseca.
ADVERTÊNCIA
Explosões podem causar morte ou ferimentos graves:
Certifique-se de que o ambiente de utilização do transmissor cumpre as devidas
certificações relativas a locais de perigo.
Antes de ligar um comunicador num ambiente onde existe o risco de explosão,
certifique-se de que os instrumentos no circuito são instalados de acordo com as práticas
intrinsecamente seguras ou práticas de ligações eléctricas no campo à prova de incêndio.
Não retire a tampa do medidor em atmosferas explosivas quando o circuito estiver activo.
www.rosemount-tg.com
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
4.2 DESCRIÇÃO
GERAL
A instalação e configuração de um sistema Rosemount Raptor consistem em
procedimentos simples e directos. Basicamente, os procedimentos incluem
os seguintes passos:
1. Configuração do protocolo de comunicação e dos parâmetros de
comunicação.
2. Configuração da unidade de comunicação de campo Rosemount 2160.
3. Configuração do Tank Hub Rosemount 2410.
4. Configuração de dispositivos de campo, tais como o medidor de nível de
radar Rosemount 5900S.
5. Calibração.
O programa TankMaster WinSetup é a ferramenta recomendada para a
instalação e configuração de um medidor de nível de radar Rosemount 5900S.
De preferência, o 5900S é instalado no âmbito do procedimento de instalação
de um Tank Hub Rosemount 2410.
Este é o procedimento padrão para instalar um medidor de nível de
radar 5900S:
a. Instale e configure o Tank Hub 2410 utilizando o assistente de
instalação do dispositivo no TankMaster WinSetup.
b. Conclua o procedimento de instalação do 2410 e certifique-se de
que a instalação automática dos dispositivos de campo ligados
ao tankbus, tais como o medidor de nível 5900S, está activada.
O Tank Hub 2410 e o 5900S (e outros dispositivos de campo no
tankbus) serão apresentados na área de trabalho do WinSetup.
c. Configure o medidor de nível 5900S através da janela Properties
(Propriedades).
Se um 5900S for adicionado a um sistema existente, a base de dados do
tanque Rosemount 2410 deve ser actualizada antes de configurar o 5900S.
A base de dados dos tanque s mapeia o 5900S para o tanque em que o
mesmo está instalado.
É fornecida uma descrição detalhada de como instalar e configurar
um Rosemount 5900S e outros dispositivos utilizando o software
TankMaster WinSetup no manual de configuração do sistema Raptor
(documento n.º 300510EN).
NOTA!
Se o sistema contiver uma unidade de comunicação de campo (FCU) 2160,
esta deve ser instalada e configurada antes dos outros dispositivos, tais
como medidores de nível e multiplexadores de temperatura.
O Rosemount 5900S suporta a configuração básica, que na maior parte
dos casos é suficiente. Existem também várias opções de configuração
avançadas disponíveis, que podem ser utilizadas para aplicações especiais
quando for necessário proceder a ajustes mais minuciosos.
4-2
Secção 4. Configuração
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
4.2.1
Configuração
básica
Série 5900S da Rosemount
A configuração básica inclui a especificação dos parâmetros para uma
configuração padrão. Na maior parte dos casos isso é suficiente. Uma
configuração básica inclui os seguintes itens:
•
Unidades de medição
•
Geometria do depósito; altura do depósito, tipo de depósito, tipo de
fundo do depósito, diâmetro do tubo, distância de supressão, distância
de calibração, etc.
•
Condições do processo; alterações rápidas do nível, turbulência,
espuma, sólidos, gama dieléctrica do produto
•
Volume; tipos de tanque padrão, tabela volumétrica
•
Análise do depósito; análise do sinal de medição do 5900S
•
Manuseamento do tanque vazio; optimização das medições junto à
parte inferior do depósito
Consulte “Configuração básica” na página 4-5 para obter mais informações.
4.2.2
Configuração
avançada
Para além da configuração básica, o Rosemount 5900S suporta funções
avançadas para optimizar o desempenho da medição em determinadas
aplicações. O 5900S pode ser ajustado para lidar com uma ampla variedade
de propriedades de produtos, vários tipos de depósitos, objectos interferentes
e condições de turbulência no depósito.
Exemplos de funções avançadas suportadas pelo Rosemount 5900S e pelo
programa de configuração Rosemount TankMaster WinSetup:
•
Detecção de eco emitido pela superfície
•
Definições do filtro
Consulte “Configuração avançada” na página 4-13 para obter mais
informações.
4.2.3
Ferramentas de
configuração
Estão disponíveis diferentes ferramentas para configurar um medidor de nível
Rosemount 5900S:
•
Rosemount TankMaster Winsetup
•
Comunicador de campo
O TankMaster Winsetup é um software fácil de utilizar que inclui opções de
configuração básicas, bem como funções de configuração e manutenção
avançadas.
Secção 4. Configuração
4-3
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
4.3 CONFIGURAÇÃO UTILIZANDO O ROSEMOUNT TANKMASTER
Recomenda-se que o Rosemount 5900S seja configurado utilizando a
ferramenta de configuração TankMaster Winsetup. O Winsetup suporta a
instalação e a configuração do Rosemount 5900S por qualquer um dos
seguintes métodos:
•
no âmbito do procedimento de instalação e configuração de um
Tank Hub Rosemount 2410 (recomendado)
•
utilizando o assistente de instalação TankMaster
Costuma instalar-se um Rosemount 5900S no âmbito do procedimento
de instalação ao instalar um Tank Hub Rosemount 2410 no TankMaster
WinSetup. O 5900S é apresentado na área de trabalho do WinSetup e
é configurado numa fase individual através da janela Properties
(Propriedades).
Consulte o Manual de configuração do Sistema Raptor (documento
n.º 300510EN) para obter mais informações sobre como utilizar o programa
TankMaster WinSetup para configurar um medidor de nível de radar
Rosemount 5900S.
4.3.1
Assistente de
instalação
O assistente de instalação WinSetup é uma ferramenta que facilita a
instalação e a configuração do Rosemount 5900S e de outros dispositivos.
Isso pode ser útil se o 5900S não tiver sido instalado no âmbito do
procedimento de instalação do 2410.
Consulte o Manual de configuração do sistema Raptor (documento
n.º 300510EN) para obter mais informações.
O 5900S também pode ser instalado utilizando o assistente de instalação
do TankMaster WinSetup.
NOTA!
Se o medidor de nível Rosemount 5900S tiver sido instalado “off-line” através
de um Tank Hub Rosemount 2410, tem de ser configurado separadamente
através da janela Properties (Propriedades).
Para instalar um Rosemount 5900S utilizando o assistente TankMaster
WinSetup efectue o seguinte:
1. Inicie o programa TankMaster WinSetup.
2. Seleccione a pasta Devices (Dispositivos).
3. Clique no botão direito do rato e seleccione Install New (Instalar Novo).
4. Siga as instruções.
Existem várias opções de configuração disponíveis que não estão incluídas
no assistente de instalação. Consulte “Configuração básica” na página 4-5 e
“Configuração avançada” na página 4-13 para obter informações sobre como
utilizar várias opções, tais como Tank Scan (Análise do depósito), Empty Tank
Handling (Manuseamento do tanque vazio), Surface Echo Tracking (Detecção
de eco emitido pela superfície) e Filter Settings (Definições do filtro).
Consulte também o Manual de configuração do sistema Raptor (documento
n.º 300510EN) para obter mais informações sobre como utilizar o programa
TankMaster WinSetup para configurar um Rosemount 5900S.
4-4
Secção 4. Configuração
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
4.4 CONFIGURAÇÃO
BÁSICA
4.4.1
Geometria do
depósito
Os parâmetros que se seguem são utilizados para configuração da geometria
do tanque de um medidor de nível de radar Rosemount 5900S:
Figura 4-1. Ilustração dos
diferentes parâmetros de
geometria do depósito
Ponto de
referência do
medidor
Ponto de referência do depósito
Distância de
referência do
medidor (G)
Ponto de referência do medidor
Distância de
supressão
Espaço livre
do depósito
Espaço livre
GAMA DE MEDIÇÃO
Altura de referência do
tanque (R)
Nível
Nível de zero
(Ponto de referência de verificação)
Desvio de nível
mínimo (C)
Quadro 4-1. Definição dos
parâmetros de geometria do
depósito
Altura do tanque (R)
Distância do ponto de referência do tanque ao nível de zero
Distância de referência do medidor (G)
Distância do ponto de referência do tanque ao ponto de referência do medidor
Desvio de nível mínimo (C)
Distância do nível de zero até à parte inferior do depósito
Distância de supressão
Define com que proximidade os níveis do ponto de referência do medidor
podem ser medidos
Secção 4. Configuração
4-5
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Altura de referência do tanque (R)
A altura de referência do tanque (R) é a distância do bocal de verificação
manual (ponto de referência do depósito) ao nível de zero (placa de
referência de verificação) perto ou na parte inferior do depósito.
Distância de referência do medidor (G)
A distância de referência do medidor (G) é a distância entre o ponto de
referência do tanque e o ponto de referência do medidor, localizado na
superfície superior da flange do cliente ou da tampa da portinhola na qual
o medidor está montado.
Para medidores de tubo tranquilizador, o ponto de referência está localizado na
marca de verificação manual no suporte do medidor de tubo tranquilizador.
G é positivo se o ponto de referência do tanque estiver localizado acima do
ponto de referência do medidor. Caso contrário, G é negativo.
Figura 4-2. Definição da
distância de referência do
medidor
Ponto de referência
do depósito
G>0
Ponto de referência
do medidor
G<0
Desvio de nível mínimo (C)
A distância de nível mínima (C) é definida como a distância entre o nível de
zero (ponto de referência de verificação) e o nível mínimo da superfície do
produto (parte inferior do depósito). Especificando uma distância C, a gama
de medição pode ser alargada para a parte inferior do depósito.
Se C>0, serão apresentados valores de nível negativos quando a superfície
do produto estiver abaixo do nível de zero. Seleccione a caixa de verificação
Show negative level values as zero (Apresentar valores de nível negativos
como zero) no TankMaster WinSetup se pretender que os valores de nível
abaixo do nível de zero sejam apresentados como nível=0.
As medições abaixo do nível de zero não serão aprovadas se C-distância=0,
ou seja, o 5900S comunicará um nível inválido.
Distância de supressão
A distância de supressão define com que proximidade ao ponto de referência
do medidor um valor de nível é aceite. Normalmente, a distância de
supressão não necessita de ser alterada. No entanto, se existirem ecos
interferentes na parte superior do depósito, por exemplo do bocal do
depósito, pode aumentar a distância de supressão para evitar medições na
região perto da antena.
4-6
Secção 4. Configuração
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Distância de calibração
Utilize esta variável para ajustar o transmissor de modo a que os níveis do
produto medidos correspondam aos níveis de verificação manual. Pode ser
necessário efectuar um pequeno ajuste quando o medidor é instalado devido
a, por exemplo, um desvio entre os esquemas do tanque e a altura real do
depósito.
Consulte “Calibração utilizando o WinSetup” na página 4-27 para obter mais
informações.
Diâmetro do tubo
Quando é instalado um medidor de nível de radar Rosemount 5900S num
tubo tranquilizador, deve especificar-se o diâmetro interno do tubo.
O diâmetro do tubo é utilizado para compensar a menor velocidade de
propagação de micro-ondas no interior do tubo. Um valor incorrecto resulta
num erro do factor de escala. Caso se utilizem tubos tranquilizadores
fornecidos localmente, certifique-se de que o diâmetro interno é considerado
antes de instalar o tubo.
Secção 4. Configuração
4-7
Manual de referência
Série 5900S da Rosemount
4.4.2
Tank Scan
(Análise do
depósito)
Figura 4-3. Janela Tank Scan
(Análise do depósito) do
WinSetup
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
A janela Tank Scan (Análise do depósito) é uma ferramenta útil para analisar
o sinal de medição do Rosemount 5900S. Esta janela permite-lhe visualizar
os ecos do tanque e configurar os parâmetros mais importantes para que o
medidor distinga o eco da superfície dos ecos interferentes e ruídos.
Para abrir a janela Tank Scan (Análise do depósito):
1. Inicie o programa TankMaster WinSetup.
2. Na área de trabalho do TankMaster WinSetup, clique com o botão direito
do rato no ícone que representa o medidor de nível de radar 5900S.
3. No menu pendente, seleccione a opção Properties (Propriedades).
É apresentada a janela RLG Properties (Propriedades RLG).
4. Na janela RLG Properties (Propriedades RLG), seleccione o separador
Advanced Configuration (Configuração avançada).
5. Clique no botão Tank Scan (Análise do depósito) para abrir a janela
Tank Scan (Análise do depósito):
6. A janela Tank Scan (Análise do depósito) contém a área do gráfico, a
área Legend/Options (Legenda/opções), os botões File Storage
(Armazenamento de ficheiros) e outros botões de acção.
Quando a janela Tank Scan (Análise do depósito) é aberta, o sistema começa
a ler os dados do tanque do medidor (processo indicado através de uma
barra de progresso no canto inferior direito).
A curva Tank Echo (Eco do depósito) mostra o sinal de medição em forma de
gráfico. Para além do eco da superfície, podem existir ecos de obstáculos no
depósito.
Na área do gráfico, pode configurar o medidor para filtrar os ecos originados por
obstáculos no tanque para facilitar a detecção do eco da superfície do produto.
O eco do tanque e os picos de eco podem ser actualizados a qualquer altura
através do botão Reread From Gauge (Ler novamente no medidor). A nova
curva de eco será apresentada como uma linha preta e a curva anterior como
uma linha cinzenta. O gráfico pode apresentar até duas curvas de eco antigas.
Um pico de eco antigo será marcado por uma pequena cruz. Este facto pode ser
utilizado para comparar o sinal do tanque existente com os sinais anteriores.
Consulte o manual de Configuração do sistema Raptor (documento
n.º 300510EN) para obter mais informações sobre como utilizar a função
Tank Scan (Análise do depósito).
4-8
Secção 4. Configuração
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
4.4.3
Empty Tank
Handling
(Manuseamento
do tanque vazio)
Série 5900S da Rosemount
A função Rosemount 5900S Empty Tank Handling (Manuseamento do
tanque vazio) lida com as situações quando o eco da superfície está perto da
parte inferior do depósito. Esta função permite:
•
detectar ecos do produto fracos
•
lidar com ecos perdidos
Se o eco da superfície se perder, esta função faz com que o 5900S apresente
uma medição de nível de zero e seja activado um alarme.
Para abrir a janela Empty Tank Handling (Manuseamento do tanque vazio):
1. Na área de trabalho do TankMaster WinSetup, clique com o botão direito
do rato no ícone que representa o medidor de nível de radar 5900S
pretendido.
2. No menu pendente, seleccione a opção Properties (Propriedades).
É apresentada a janela RLG Properties (Propriedades RLG).
3. Na janela RLG Properties (Propriedades RLG), seleccione o separador
Advanced Configuration (Configuração avançada).
4. Clique no botão Empty Tank Handling (Manuseamento do tanque
vazio):
Figura 4-4. Janela Empty Tank
Handling (Manuseamento do
tanque vazio) do WinSetup
Level Alarm is not set when Tank is Empty (O alarme de nível não é
definido quando o tanque está vazio)
Se o eco da superfície do produto se perder na área de detecção de tanque
vazio perto da parte inferior do depósito, o dispositivo entra no estado de
tanque vazio e é emitido um alarme de nível inválido (apresentado na janela
Diagnostics (Diagnóstico)).
Assinale esta caixa de verificação se não pretender que o alarme seja
emitido quando o medidor entrar no estado de tanque vazio.
Secção 4. Configuração
4-9
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Activar a função Extra Echo (Eco extra)
A função Extra Echo Detection (Detecção de eco extra) é utilizada para
depósitos com a parte inferior em forma de cúpula ou cone, desde que a
parte inferior do tanque não produza um eco forte quando o tanque estiver
vazio. Esta função traduz-se em medições mais robustas perto da parte
inferior do depósito.
Para depósitos com a parte inferior em forma de cone, pode surgir um eco
por baixo da parte inferior do tanque quando o tanque está vazio. Se o
dispositivo não for capaz de detectar a parte inferior do depósito, esta função
pode ser utilizada para assegurar que o dispositivo permanece no estado de
tanque vazio desde que este eco extra esteja presente.
Pode descobrir se esse eco existe utilizando a função Tank Scan (Análise do
depósito) quando o tanque estiver vazio. Certifique-se de que a análise se
prolonga abaixo da parte inferior do depósito. O espectro do tanque pode ser
utilizado para determinar valores adequados para parâmetros tais como
Extra Echo Min Distance (Distância mín. do eco extra), Extra Echo Max
Distance (Distância máx. do eco extra) e Extra Echo Min Amplitude
(Amplitude mín. do eco extra). Considera-se que o tanque está vazio quando
é apresentado um eco entre a distância mín. e máx. a uma amplitude acima
do limite especificado.
Extra Echo Min Distance (Distância mín. do eco extra)
Define a distância mínima até ao eco extra. Este parâmetro deve ser
superior à altura do depósito.
Extra Echo Max Distance (Distância máx. do eco extra)
Define a distância máxima até ao eco extra. Este parâmetro deve ser
superior a Extra Echo Min Distance (Distância mín. do eco extra).
Extra Echo Min Amplitude (Amplitude mín. do eco extra)
Define a força do sinal mínima do eco extra. Se a força do sinal exceder este
valor e se encontrar na região entre a distância mín. e a distância máx., o
dispositivo permanece no estado de tanque vazio e apresenta um nível=0.
Distância
Extra Echo Min. Distance (Distância mín. do eco extra)
4-10
Amplitude
Extra Echo Max. Distance (Distância máx. do eco extra)
Figura 4-5. Função Extra Echo
(eco extra)
Secção 4. Configuração
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Bottom Echo Visible if Tank is Empty (Eco inferior visível se o tanque
estiver vazio)
Ao utilizar esta função, o medidor de nível será capaz de detectar ecos de
superfície relativamente fracos perto da parte inferior do depósito, tratando o
eco inferior como um eco interferente. Esta função pode ser útil para produtos
relativamente transparentes para as micro-ondas como, por exemplo, óleo.
Antes de activar esta função, deve utilizar a função WinSetup/Tank Scan
(Análise do depósito) para descobrir se existe um eco claramente visível na
parte inferior do tanque quando o tanque está vazio. Se este for o caso, deve
assinalar-se a caixa de verificação Bottom Echo Visible If Tank Is Empty (Eco
inferior visível se o tanque estiver vazio) na janela Empty Tank Handling
(Manuseamento do tanque vazio).
Se a função Bottom Echo Visible... (Eco inferior visível...) estiver desactivada,
a procura do eco da superfície do produto é limitada a uma região perto da
parte inferior do tanque (Área de detecção de tanque vazio).
Se não existir um eco inferior forte a interferir com o eco da superfície,
assinale a caixa de verificação Use Automatic Empty Tank Handling Settings
(Utilizar as definições de manuseamento do tanque vazio automático) para
que o medidor de nível controle automaticamente a função de
manuseamento de tanque vazio.
Figura 4-6. Bottom Echo Visible
(Eco inferior visível)
Amplitude
Distância
Eco da superfície
Eco na parte inferior do depósito
Secção 4. Configuração
4-11
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Área de detecção de tanque vazio
A área de detecção de tanque vazio define uma gama entre um limite inferior
de 400 mm (16 in.) e um limite superior de 1000 mm (39 in.) acima da
parte inferior do depósito. Se o eco da superfície se perder nesta região,
considera-se que o tanque está vazio (o dispositivo entra no estado de
tanque vazio) e o medidor de nível apresenta uma leitura de nível zero.
Se o tanque estiver vazio, o medidor de nível 5900S procura a superfície do
produto numa região 2 x a área de detecção de tanque vazio. É importante
que não existam distúrbios nesta área, uma vez que quando se encontra um
novo eco, considera-se que seja a superfície do produto. Para assegurar
medições correctas nesta região, pode ser necessário filtrar as interferências.
A área de detecção de tanque vazio apenas é utilizada se não existir eco
inferior visível. A função Bottom Echo Visible if Tank is Empty (Eco inferior
visível se o tanque estiver vazio) deve ser desactivada.
Figura 4-7. Área de detecção de
tanque vazio
Área de detecção de tanque vazio
Se a superfície do produto se perder
nesta região, considera-se que o
tanque está vazio
4-12
Secção 4. Configuração
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
4.5 CONFIGURAÇÃO
AVANÇADA
Existem várias opções de configuração avançada para o medidor
Rosemount 5900S que podem ser úteis em determinadas situações.
Estas opções estão disponíveis através do TankMaster Winsetup e da
janela 5900 RLG Properties (Propriedades RLG do 5900).
4.5.1
Foam (Espuma)
Ambiente
Pode utilizar este parâmetro para optimizar o medidor em condições de
amplitudes de eco da superfície reduzidas e variáveis, como se verifica com
a espuma. Quando a espuma é leve e arejada, o nível de produto real é
medido. Para espuma compacta e densa, o transmissor mede o nível da
superfície superior da espuma.
Turbulent Surface (Superfície turbulenta)
Carregamento com salpicos, agitadores, misturadores ou produtos em
ebulição podem causar uma superfície turbulenta. Normalmente, as ondas
num tanque são bastante pequenas e causam mudanças de nível locais
rápidas. Ao definir o parâmetro Turbulent Surface (Superfície turbulenta), o
desempenho do medidor de nível é melhorado quando existem amplitudes
e níveis reduzidos e em rápida mudança.
Rapid Level Changes (Mudanças de nível rápidas)
Optimize o medidor de nível para condições de medição em que o nível do
produto se altera rapidamente devido ao enchimento e esvaziamento do
depósito. O Rosemount 5900S detecta mudanças de nível até 40 mm/s
(1,5 in./s). A função Rapid Level Changes (Mudanças de nível rápidas) permite
que o 5900S detecte mudanças de nível rápidas de até 200 mm/s (8 in./s).
A função Rapid Level Changes (Mudanças de nível rápidas) não deve ser
utilizada em condições normais quando a superfície do produto se move
lentamente.
Solid Products (Produtos sólidos)
A definição deste parâmetro optimiza o medidor para produtos sólidos, por
exemplo, betão ou granulados, que não são transparentes para os sinais de
radar. Por exemplo, este parâmetro pode ser utilizado quando a aplicação é
um silo com acumulação de produto.
Product Dielectric Range (Gama dieléctrica do produto)
A constante dieléctrica está relacionada com a reflectividade do produto. Este
parâmetro pode ser utilizado para optimizar o desempenho das medições. No
entanto, o medidor de nível será capaz de apresentar um bom desempenho
mesmo que o valor de constante dieléctrica seja diferente do valor
configurado.
4.5.2
Tank Shape
(Forma do
depósito)
Secção 4. Configuração
Os parâmetros Tank Type (Tipo de depósito) e Tank Bottom Type (Tipo de
fundo do depósito) optimizam o 5900S para várias geometrias de tanque e
para medições junto à parte inferior do depósito.
4-13
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
4.5.3
Surface Echo
Tracking
(Detecção de eco
emitido pela
superfície)
A função Surface Echo Tracking (Detecção de eco emitido pela superfície)
pode ser utilizada para eliminar problemas com determinados tipos de ecos
duplos abaixo da superfície do produto. Isto pode, por exemplo, ocorrer em
tubos tranquilizadores na sequência de vários reflexos entre a parede do
tubo, a flange e a antena. No espectro do depósito, estes ecos aparecem
como picos de amplitude a várias distâncias abaixo da superfície do produto.
Para activar esta função, certifique-se de que não existem ecos interferentes
acima da superfície do produto e seleccione a caixa de verificação Always
Track First Echo (Detectar sempre o primeiro eco).
Para abrir a janela Surface Echo Tracking (Detecção de eco emitido pela
superfície):
1. Na área de trabalho do TankMaster WinSetup, clique com o botão direito
do rato no ícone do medidor de nível de radar 5900S pretendido.
2. Seleccione a opção Properties (Propriedades) no menu pendente.
3. Na janela RLG Properties (Propriedades RLG), seleccione o separador
Advanced Configuration (Configuração avançada).
4. Clique no botão Surface Echo Tracking (Detecção de eco emitido pela
superfície):
Figura 4-8. Janela Surface Echo
Tracking (Detecção de eco
emitido pela superfície) do
WinSetup
Echo Timeout (Temporização de eco)
Utilize a função Echo Timeout (Temporização de eco) para definir o período
de tempo estabelecido até que o medidor comece a procurar um eco da
superfície após este ter sido perdido. Até que este período se esgote, o
medidor não inicia a procura nem emite quaisquer alarmes.
4-14
Secção 4. Configuração
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Close Distance (Distância curta)
Este parâmetro define uma janela centrada na actual posição da superfície
em que se podem seleccionar novos candidatos de eco da superfície. O
tamanho da janela é ±CloseDist. (Dist. curta). Os ecos fora desta janela
não serão considerados ecos da superfície. O medidor de nível passa
imediatamente para o eco mais forte (amplitude mais elevada) dentro desta
janela. Se ocorrerem mudanças de nível rápidas no depósito, pode ter de
aumentar a janela Close Distance (Distância curta) para impedir que o
medidor ignore mudanças de nível. Por outro lado, se a janela Close
Distance (Distância curta) for demasiado grande, o medidor pode
seleccionar um eco inválido como eco da superfície.
Slow Search (Procura lenta)
A função Slow Search (Procura lenta) controla o comportamento da procura
se o eco da superfície do produto se perder e, geralmente, pode ser utilizada
para depósitos com condições de turbulência. O medidor começa a procurar
a superfície no último nível de produto conhecido e aumenta gradualmente a
região de procura até que a superfície do produto seja encontrada. Quando
esta função é desactivada, o medidor procede à procura em todo o depósito.
Search Speed (Velocidade de procura)
O parâmetro Search Speed (Velocidade de procura) indica com que
velocidade a região de procura (janela Slow Search (Procura lenta)) é
expandida quando a função Slow Search (Procura lenta) está activa.
Secção 4. Configuração
4-15
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
4.5.4
Filter Setting
(Definição do
filtro)
Para abrir a janela Filter Setting (Definição do filtro):
1. Na área de trabalho do TankMaster WinSetup, clique com o botão direito
do rato no ícone do medidor de nível de radar 5900S pretendido.
2. Seleccione a opção Properties (Propriedades) no menu pendente.
3. Na janela RLG Properties (Propriedades RLG), seleccione o separador
Advanced Configuration (Configuração avançada).
4. Clique no botão Filter Setting (Definição do filtro):
Figura 4-9. Janela Filter Setting
(Definição do filtro) do WinSetup
Distance Filter Factor (Factor de filtro de distância)
Este parâmetro define a quantidade de filtragem de nível de produto (1 = 100%).
Um factor de filtro reduzido significa que um novo valor de nível é calculado
adicionando uma pequena fracção (por exemplo 1%) da mudança de nível ao
último valor de nível conhecido. Isso torna o valor de nível estável, mas o
dispositivo reage lentamente às mudanças de nível no depósito.
Um Filter Factor (Factor de filtro) elevado significa que uma fracção superior
da mudança de nível é adicionada ao valor de nível actual. Esta definição faz
com que o dispositivo reaja rapidamente às mudanças de nível, mas, por
vezes, o valor de nível apresentado pode ser ligeiramente instável.
4-16
Secção 4. Configuração
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Jump Filter (Filtro de salto)
A definição Jump Filter (Filtro de salto) costuma utilizar-se para aplicações
com superfícies que apresentam turbulência e simplificam o trabalho de
detecção de eco à medida que o nível passa, por exemplo, por um agitador.
Se o eco da superfície se perder e se encontrar uma nova superfície de eco,
a definição Jump Filter (Filtro de salto) faz com que o medidor de nível
aguarde algum tempo antes de saltar para o novo eco. Entretanto, o medidor
decide se o novo eco pode ser considerado um eco válido.
A função Jump Filter (Filtro de salto) não utiliza Distance Filter Factor (Factor
de filtro de distância) e pode ser utilizada em simultâneo com as funções
Least Square (Mínimo quadrado) ou Adaptive Filter (Filtro adaptativo).
Filtro Least Square (Mínimo quadrado)
O filtro Least Square (Mínimo quadrado) oferece uma precisão superior para
o enchimento ou esvaziamento lento do depósito. O valor de nível segue a
superfície com alta precisão e sem atraso à medida que o nível se altera. O
filtro Least Square (Mínimo quadrado) não pode ser utilizado em simultâneo
com o Adaptive Filter (Filtro adaptativo).
Adaptive Filter (Filtro adaptativo)
O filtro adaptativo adapta-se automaticamente ao movimento do nível da
superfície. Este filtro detecta as flutuações do nível do produto e ajusta
continuamente o grau do filtro em consonância. Preferencialmente, o filtro
pode ser utilizado em depósitos onde a detecção rápida das mudanças de
nível são importantes e a turbulência causa, ocasionalmente, leituras de nível
instáveis.
Secção 4. Configuração
4-17
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
4.6 CONFIGURAÇÃO
GPL
4.6.1
Preparações
Antes de iniciar a configuração do Rosemount 5900S para medições GPL,
certifique-se de que todas as instalações mecânicas são realizadas de
acordo com as instruções e de que todos os sensores externos, como os
sensores de pressão e de temperatura estão devidamente ligados.
Certifique-se de que a posição do pino de verificação é medida com precisão
e de que o diâmetro interno do tubo tranquilizador está disponível.
Instale o tanque e o medidor de nível Rosemount 5900S no TankMaster
WinSetup conforme descrito no Manual de configuração do sistema Raptor
(documento n.º 300510EN). Certifique-se de que são seleccionados os tipos
de tanque e dispositivo adequados e de que os sensores de temperatura e
pressão estão correctamente configurados. Verifique se o medidor comunica
com o PC TankMaster.
O vapor a alta pressão por cima da superfície do produto afecta a velocidade
de propagação das micro-ondas. O medidor de nível Rosemount 5900S é
capaz de compensar este facto, evitando desvios do nível medido devido ao
vapor.
Quando o medidor for instalado no tanque vazio, calibre o medidor e
configure-o para medições GPL.
A instalação do Rosemount 5900S para medições GPL envolve os seguintes
passos principais:
a. Instalação mecânica. Instale o medidor 5900S no tubo
tranquilizador. Meça a distância exacta até ao pino de verificação.
b. Configuração. No TankMaster Winsetup, configure o 5900S de
acordo com o procedimento padrão para instalar um medidor de
nível Rosemount 5900S (consulte o Manual de configuração do
sistema Raptor (documento n.º 300510EN).
c. Calibração do 5900S.
d. Configuração dos sensores de pressão.
e. Configuração do pino de verificação.
f. Verificação das medições GPL.
g. Configuração do método de correcção aplicável ao tipo de produto
específico no depósito.
O procedimento de instalação GPL é descrito na secção “LPG Setup
(Configuração GPL)” na página 4-19.
4-18
Secção 4. Configuração
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
4.6.2
LPG Setup
(Configuração
GPL)
Série 5900S da Rosemount
Na descrição que se segue, parte-se do princípio que o Rosemount 5900S
com Antena GPL/GNL está instalado no tanque e de que é realizada uma
configuração básica conforme descrito no Manual de configuração do
sistema Raptor (documento n.º 300510EN). Para configurar o 5900S para
medições GPL, realize os seguintes procedimentos:
1. Certifique-se de que o tanque está vazio e de que a atmosfera do tanque
apenas contém ar.
2. Verifique se a válvula de esfera (opcional) no medidor está aberta.
3. Certifique-se de que configura um dispositivo de alimentação Vapor
Pressure (Pressão de vapor).
Abra a janela ATD Properties (Propriedades ATD) e seleccione o
separador Advanced Parameter Source (Parâmetros avançados de
alimentação). Este separador permite-lhe mapear os parâmetros do
depósito, tais como Vapor Pressure (Pressão de vapor) para os
dispositivos de alimentação ligados ao tankbus.
Dispositivo de alimentação
e parâmetro de alimentação
Parâmetro do tanque –
pressão de vapor
NOTA!
A medição da pressão não é necessária para o método de correcção de Um
ou mais gases conhecidos, coeficiente de mistura conhecido (consulte o
passo 11 na página 4-26).
4. O valor de Vapor Temperature (Temperatura do vapor) é mapeada
automaticamente para um transmissor de temperatura de várias
entradas Rosemount 2240S. Este valor é calculado como valor médio
das leituras de temperatura de todos os elementos acima da superfície
do produto.
Secção 4. Configuração
4-19
Manual de referência
Série 5900S da Rosemount
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Os transmissores de temperatura Rosemount 644 têm de ser mapeados
manualmente para fornecer dados para realizar cálculos relativos a Vapor
Temperature (Temperatura de vapor) e Average Liquid Temperature
(Temperatura média de líquido). Tenha em conta que os parâmetros reais do
tanque Vapor Temperature (Temperatura de vapor) e Liquid Temperature
(Temperatura de líquido) não são mapeados. Os sinais de cada transmissor
644 no tanque são mapeados para separar os parâmetros de temperatura do
depósito. O valor Vapor Temperature (Temperatura de vapor) resultante será
calculado com base nos sinais dos transmissores 644 localizados acima da
superfície do produto actual.
O exemplo que se segue demonstra como configurar três transmissores 644
como dispositivos de alimentação de parâmetros:
a. Seleccione Temperature 1 (Temperatura 1) na lista Parameter
Mapping (Mapeamento de parâmetros) para o primeiro transmissor
de temperatura 644.
Se existir mais do que um transmissor 644 no depósito, os outros
transmissores também terão de ser mapeados:
Para o segundo e terceiro transmissor 644, seleccione Temperature 2
(Temperatura 2) e Temperature 3 (Temperatura 3) na lista Parameter
Mapping (Mapeamento de parâmetros).
b. No campo Source Device Type (Tipo de dispositivo de alimentação),
para cada parâmetro de temperatura (Temperature 1, 2, 3)
(Temperatura 1, 2, 3), seleccione o transmissor 644 a utilizar como
dispositivo de alimentação conforme ilustrado abaixo.
c. Na lista Source Parameter (Parâmetro de alimentação), seleccione
Temperature 1 (Temperatura 1). Tenha em conta que Temperature 1
(Temperatura 1) corresponde à designação do parâmetro de
alimentação para o sinal de temperatura de um transmissor de
temperatura Rosemount 644.
4-20
Secção 4. Configuração
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
5. Na área de trabalho do TankMaster WinSetup, seleccione o separador
Logical View (Vista lógica). Seleccione o ícone que representa o
medidor de nível de radar, clique no botão direito do rato e seleccione
LPG Setup (Configuração GPL).
Correction
(Correcção)
6. Na janela LPG Setup (Configuração GPL), clique no botão Correction
(Correcção).
7. Seleccione Air Correction Only (Apenas correcção de ar) na lista de
métodos de correcção e clique no botão OK.
Quando a configuração GPL estiver concluída, o método de correcção
tem de ser alterado para um método de correcção aplicável ao tipo de
produto específico utilizado.
NOTA!
A opção Air Correction Only (Apenas correcção de ar) apenas deve ser
utilizada quando a atmosfera do tanque contiver ar e não outros gases.
Secção 4. Configuração
4-21
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
8. Calibrar.
Certifique-se de que não existe líquido acima do anel de calibração(1) na
extremidade do tubo de aço ao calibrar o medidor. Quando não existir
produto acima do anel de calibração, este é o único objecto que será
detectado pelo medidor. Consequentemente, o nível de produto resultante
apresentado pelo 5900S será igual à posição do anel de calibração medida a
partir do nível de zero perto da parte inferior do depósito.
Verifique a distância medida pelo 5900S do ponto de referência do medidor
até ao anel de calibração. Esta distância é referida como o valor de espaço
livre definido como:
Espaço livre = R - L, em que:
•
R é a altura do tanque medida do ponto de referência do depósito até
ao nível de zero.
Para os depósitos GPL, o anel de calibração é utilizado como nível de
zero e o ponto de referência do tanque é igual ao ponto de referência
do medidor.
•
L é o nível de produto medido a partir do nível de zero. Consulte
também “Geometria do depósito” na página 4-5.
Se o valor de espaço livre não for igual à distância real entre o ponto de
referência do medidor e o anel de calibração, abra no TankMaster WinSetup
a janela Properties (Propriedades) (clique com o botão direito do rato no
ícone do dispositivo e seleccione Properties (Propriedades)), seleccione o
separador Geometry (Geometria) e ajuste o valor Calibration Distance
(Distância de calibração):
Geometria
Distância de calibração
(1)
4-22
Consulte “Requisitos da antena GPL/GNL” na página 3-13.
Secção 4. Configuração
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
9. Configure o pino de verificação.
Na janela LPG Setup (Configuração GPL), clique no botão Config Pins
(Pinos config.) para abrir a janela LPG Configure Pins (Pinos de
configuração GPL):
Introduza a posição do pino de verificação. A posição é medida do ponto
de referência do medidor até à posição real do pino de verificação.
Uma vez que não é possível realizar a verificação manual em depósitos
a alta pressão, a Emerson Process Management/Rosemount Tank
Gauging desenvolveu um método exclusivo para verificar a medição de
nível neste tipo de depósitos. O método baseia-se em medições num
modo especial de propagação de ondas de radar relativamente a um
pino de verificação fixo para verificar a medição.
NOTA!
O valor introduzido no campo Nominal Pos (Pos. nominal) diz respeito à
distância mecânica do ponto de referência do medidor ao pino de verificação
real. Este valor constituirá apenas um ponto de partida para o processo de
verificação através do qual se calcula a distância eléctrica do ponto de
referência do medidor ao pino de verificação. Na maior parte dos casos, a
distância eléctrica desvia-se da distância mecânica real.
Secção 4. Configuração
4-23
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
PONTO DE REFERÊNCIA
DO MEDIDOR
Distância do ponto de referência do
medidor até ao pino de verificação
PINO DE VERIFICAÇÃO
Certifique-se de que o valor limite corresponde a 500 mV.
A amplitude do eco do pino de verificação deve ser superior ao valor limite
para aparecer na janela LPGVerify (Verificar GPL) (consulte “Verifique a
medição do medidor.” na página 4-25). Se o pino de verificação não aparecer,
pode utilizar-se um valor limite menor. Verifique se o nível de produto não
está acima do pino de verificação.
NOTA!
Quando a superfície do produto está perto do pino de verificação, ocorre
interferência dos ecos de radar do pino de verificação e da superfície do
produto. Este facto pode reduzir a precisão da distância medida ao pino
de verificação. Recomenda-se que a verificação não seja realizada se a
distância entre o pino de verificação e a superfície do produto for inferior a
200 mm (consulte “Requisitos da antena GPL/GNL” na página 3-13).
Pino de verificação
Folga mínima de 200 mm
4-24
Secção 4. Configuração
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
10. Verifique a medição do medidor.
a. Na janela LPG Setup (Configuração GPL), clique no botão Verify
Pins (Verificar pinos). Certifique-se de que a Posição nominal do
pino de verificação aparece na janela LPG Verify Pins (Verificar
pinos GPL):
Posição
nominal
Posição
medida
b. Na janela LPG Verify Pins (Verificar pinos GPL), clique no botão
Start (Iniciar) para iniciar o processo de verificação.
c. Quando o processo de verificação estiver concluído, a posição
medida pelo medidor de nível aparece no campo Measured
Position (Posição medida).
d. Tenha em conta a posição do pino de verificação apresentada no
campo Measured Position (Posição medida). Se a posição se
desviar de Nominal Position (Posição nominal), volte à janela
LPG Configure Pins (Configurar pinos GPL) (na janela LPG Setup
(Configuração GPL), clique no botão Config Pins (Pinos config.),
consulte o passo 9 na página 4-23) e introduza a posição medida no
campo Nominal Position (Posição nominal).
NOTA!
A posição nominal introduzida da primeira vez diz respeito à distância
mecânica. A posição medida diz respeito à distância eléctrica, que é a
distância “vista” pelo medidor de nível.
e. Na janela LPG Verify Pins (Verificar pinos GPL), clique novamente
no botão Start (Iniciar) para iniciar uma nova verificação. Repita os
passos de b a d até que a posição nominal na janela LPG Configure
Pins (Configurar pinos GPL) seja igual à posição medida
apresentada na janela LPG Verify Pins (Verificar pinos GPL).
Secção 4. Configuração
4-25
Manual de referência
Série 5900S da Rosemount
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
11. Seleccione o método de correcção.
Estão disponíveis várias opções, dependendo da mistura de gás no
depósito. Na janela LPG Setup (Configuração GPL), clique no botão
Correction (Correcção) para abrir a janela LPG Correction
(Correcção GPL):
Seleccione um dos seguintes métodos de correcção:
a. Air Correction (Correcção do ar).
Este método apenas deve ser utilizado quando não existir vapor
no depósito, ou seja, quando o tanque estiver vazio e contiver
unicamente ar. Trata-se do método utilizado no passo inicial de
calibração do 5900S.
b. One known gas (Um gás conhecido).
Este método pode ser utilizado quando existir apenas um tipo de
gás no depósito. Trata-se do método que oferece a maior precisão
dos diferentes métodos de correcção. Tenha em conta que mesmo
pequenas quantidades de outro gás reduzem a precisão.
c. One or more unknown gases (Um ou mais gases desconhecidos).
Utilize este método para hidrocarbonetos, por exemplo
propano/butano, quando se desconhecer a mistura exacta.
d. Two gases with unknown mixratio (Dois gases com coeficiente de
mistura desconhecido).
Este método é adequado para uma mistura de dois gases, mesmo
que o coeficiente de mistura não seja conhecido.
e. One or more known gases with known mixratio (Um ou mais
gases conhecidos com coeficiente de mistura conhecido).
Este método pode ser utilizado quando existe uma mistura
conhecida de até 4 produtos no depósito.
Neste momento, o medidor de nível Rosemount 5900S está pronto a medir o
nível de produto quando o tanque é colocado em funcionamento.
4-26
Secção 4. Configuração
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
4.7 CALIBRAÇÃO UTILIZANDO O WINSETUP
A função Calibrate (Calibrar) consiste numa ferramenta do TankMaster
WinSetup que lhe permite ajustar um medidor de nível Rosemount 5900S
para minimizar o desvio entre os níveis de produto reais (verificação manual)
e os valores medidos pelo medidor de nível. Utilizando a função Calibrate
(Calibrar), pode optimizar o desempenho de medição ao longo de toda a
gama de medição da parte superior à parte inferior do depósito.
A função Calibration (Calibração) calcula uma distância de calibração
baseada no encaixe de uma linha recta nos desvios entre os níveis de
verificação manual e os níveis medidos pelo transmissor.
A função Calibration (Calibração) adequa-se especificamente a um
Rosemount 5900S com antena de rede para tubo tranquilizador. A velocidade
de propagação de radar é afectada pelo tubo tranquilizador. Com base no
diâmetro interno do tubo, o 5900S compensa automaticamente a influência
do tubo. Uma vez que pode ser difícil determinar com precisão o diâmetro
médio do tubo, costuma ser necessário efectuar uma pequena calibração. A
função Calibrate (Calibrar) calcula automaticamente um factor de correcção
para optimizar as medições do 5900S ao longo do tubo tranquilizador.
Procedimento
O processo de ajuste inclui os seguintes passos:
1. Registe os valores de espaço livre de verificação manual e os valores
correspondentes medidos pelo medidor de nível.
2. Introduza os valores de nível de verificação manual e os valores do
medidor de nível na janela Calibration Data (Dados de calibração) do
WinSetup (consulte “Para introduzir dados de calibração” na
página 4-29).
3. Analise o gráfico de calibração resultante e, se necessário, exclua os
pontos de medição que não se devem utilizar no cálculo de ajuste.
Informações necessárias
Certifique-se de que as informações que se seguem estão disponíveis
quando pretender utilizar a função Calibrate (Calibrar) no TankMaster
WinSetup:
•
Uma lista de valores de espaço livre verificados manualmente.
•
Uma lista de valores de nível medidos pelo 5900S que correspondem
aos valores de nível/espaço livre verificados manualmente.
Verificação manual
Profissionais
Apenas uma pessoa deve efectuar as medições manuais de espaço livre
para garantir a coerência entre medições.
Fita de verificação manual
Utilize apenas uma fita para a calibração. A fita deve ser fabricada em aço
e deve ter sido calibrada por um instituto de teste aprovado. Do mesmo
modo, deve estar isenta de curvas e dobras. O factor de expansão térmica
e a temperatura de calibração também devem ser fornecidos.
Secção 4. Configuração
4-27
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Portinhola de verificação manual
Deve estar disponível uma portinhola de verificação manual junto ao
medidor de nível. Se a portinhola de verificação manual estiver afastada
do medidor de nível, as diferenças nos movimentos do tecto podem
resultar em erros consideráveis.
Procedimento
Siga estas instruções quando proceder a verificações manuais:
•
efectue verificações manuais até que sejam obtidas três leituras
consecutivas no espaço de 1 mm
•
corrija a fita de acordo com o registo de calibração
•
anote o espaço livre de verificação manual e a leitura de nível do
medidor simultaneamente
Não proceda à calibração quando
4-28
•
estiver a decorrer o esvaziamento ou enchimento do depósito
•
os agitadores estiverem em funcionamento
•
se detectar a presença de ventos fortes
•
existir espuma na superfície do produto
Secção 4. Configuração
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Para introduzir dados de calibração
1. Na janela da área de trabalho do TankMaster WinSetup, seleccione o
medidor de nível 5900S a calibrar.
2. Clique com o botão direito do rato e seleccione Calibrate (Calibrar) ou
seleccione Calibrate (Calibrar) no menu Service/Devices
(Serviço/dispositivos).
Altura de
referência do
depósito
3. A janela Calibrate (Calibrar) está vazia antes de se proceder à introdução
de dados. Certifique-se de que o medidor comunica adequadamente com
o TankMaster verificando se Tank Reference Height (Altura de referência
do depósito) aparece no canto inferior esquerdo.
4. Clique no botão Calibration Data (Dados de calibração).
Medidor de nível
Verificação
com a mão
5. Introduza os valores de nível de verificação manual e os níveis
correspondentes medidos pelo medidor de nível 5900S. Recomenda-se
que os níveis de verificação manual se baseiem no valor médio de três
medições consecutivas no espaço de 1 mm. Para obter mais
informações, consulte “Verificação manual” na página 4-27.
NOTA!
A unidade de medição mm é utilizada na janela Calibration Data (Dados de
calibração).
Secção 4. Configuração
4-29
Manual de referência
Série 5900S da Rosemount
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
6. Clique no botão Refresh (Actualizar). Nesta altura, o WinSetup calcula
os desvios entre os níveis de verificação manual e os níveis medidos.
7. Clique no botão Save Calibration Data in PC Database (Guardar
dados de calibração na base de dados do PC) para guardar os valores
introduzidos e voltar à janela Calibrate (Calibrar).
8. A janela Calibrate (Calibrar) apresenta uma linha recta entre pontos
de medição, representando a diferença entre os valores de nível de
verificação manual e os valores medidos pelo medidor de nível. Para
antenas em tubo tranquilizador, é apresentada uma linha inclinada, caso
contrário a linha é horizontal. A inclinação deve-se ao impacto linear
causado pelo tubo tranquilizador na velocidade de propagação de
micro-ondas.
9. Verifique se a linha encaixa correctamente nos pontos de medição. Se
um ponto se desviar significativamente da linha, pode ser excluído dos
cálculos. Abra a janela Calibration Data (Dados de calibração) (clique no
botão Calibration Data (Dados de calibração)) e anule a selecção da
caixa de verificação correspondente na coluna Enable (Activar).
10. Clique no botão Write new calibration data to RTG (Registar novos
dados de calibração em RTG) para guardar os dados de calibração
actuais nos registos da base de dados do medidor de nível.
NOTA!
Ao clicar no botão Write new calibration data to RTG (Registar novos dados
de calibração em RTG), os valores de nível na janela Calibration Data (Dados
de calibração) são calculados novamente e os dados de calibração antigos
são substituídos.
4-30
Secção 4. Configuração
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Neste momento, pode verificar o resultado da calibração abrindo novamente
a janela Calibration (Calibração):
Tenha em conta que todos os valores medidos são ajustados de acordo com
a distância de calibração e o factor de correcção calculados. Na janela
Calibration Data (Dados de calibração) também pode ver que os valores de
nível medidos pelo medidor 5900S são ajustados. Os níveis de verificação
com a mão permanecem inalterados.
NOTA!
Quando a calibração estiver concluída, não altere a opção Calibration
Distance (Distância de calibração) na janela Properties/Tank Geometry
(Propriedades/geometria do depósito).
Secção 4. Configuração
4-31
Manual de referência
Série 5900S da Rosemount
4-32
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Secção 4. Configuração
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Secção 5
Série 5900S da Rosemount
Operação
5.1
5.2
5.3
5.1 MENSAGENS DE
SEGURANÇA
Mensagens de segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página 5-1
Visualização de dados de medição . . . . . . . . . . . . página 5-2
Manuseamento do alarme . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página 5-2
Os procedimentos e as instruções constantes desta secção podem exigir
precauções especiais para garantir a segurança dos profissionais que
efectuam as operações. As informações que constituam potenciais
problemas de segurança estão assinaladas com um símbolo de advertência
( ). Consulte as mensagens de segurança que se seguem antes de
efectuar uma operação assinalada com este símbolo.
ADVERTÊNCIA
Se estas instruções de instalação segura e de manutenção não forem observadas,
poderão ocorrer ferimentos graves ou morte:
Assegure-se de que a instalação é efectuada apenas por pessoal devidamente qualificado.
Utilize o equipamento apenas como é especificado neste manual. A não observância desta
advertência poderá comprometer a segurança fornecida pelo equipamento.
As reparações e as manutenções indicadas neste manual devem ser realizadas apenas por
pessoal qualificado.
ADVERTÊNCIA
Explosões podem causar morte ou ferimentos graves:
Certifique-se de que o ambiente de utilização do transmissor cumpre as devidas
certificações relativas a locais de perigo.
Antes de ligar um comunicador num ambiente onde existe o risco de explosão,
certifique-se de que os instrumentos no circuito são instalados de acordo com as práticas
intrinsecamente seguras ou práticas de ligações eléctricas no campo à prova de incêndio.
Não retire a tampa do medidor em atmosferas explosivas quando o circuito estiver activo.
www.rosemount-tg.com
Manual de referência
Série 5900S da Rosemount
5.2 VISUALIZAÇÃO DE
DADOS DE
MEDIÇÃO
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
O programa Rosemount TankMaster tem várias opções para visualizar dados
de medição e de inventário para depósitos individuais e grupos de tanques.
O TankMaster também oferece a opção de criar vistas personalizadas com
o seu próprio conjunto de parâmetros. Consulte o Manual de referência
TankMaster WinOpi (documento n.º 303028EN) para obter mais informações.
Figura 5-1. Exemplo de
visualização de um gráfico de
barras no TankMaster WinOpi
5.3 MANUSEAMENTO
DO ALARME
O programa Rosemount TankMaster WinOpi suporta uma ampla variedade
de funções de alarme. Os alarmes podem ser configurados para vários dados
de medição, tais como nível, temperatura média e pressão de vapor. Também
podem ser especificados limites de alarme para dados de inventário, tais
como o volume padrão líquido (Net Standard Volume, NSV).
Os alarmes activos podem ser apresentados na janela Alarm Summary
(Resumo de alarmes). O registo de alarmes permite-lhe visualizar os alarmes
que já não estão activos. O registo de alarmes pode guardar-se no disco para
referência futura.
Consulte o Manual de referência TankMaster WinOpi (documento n.º 303028EN)
para obter mais informações.
5-2
Secção 5. Operação
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Secção 6
Série 5900S da Rosemount
Manutenção e resolução de
problemas
6.1
6.2
6.3
6.1 MENSAGENS DE
SEGURANÇA
Mensagens de segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página 6-1
Manutenção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página 6-2
Resolução de problemas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página 6-14
Os procedimentos e as instruções constantes desta secção podem exigir
precauções especiais para garantir a segurança dos profissionais que
efectuam as operações. As informações que constituam potenciais
problemas de segurança estão assinaladas com um símbolo de advertência
( ). Consulte as mensagens de segurança que se seguem antes de
efectuar uma operação assinalada com este símbolo.
ADVERTÊNCIA
Se estas instruções de instalação segura e de manutenção não forem observadas,
poderão ocorrer ferimentos graves ou morte:
Assegure-se de que a instalação é efectuada apenas por pessoal devidamente qualificado.
Utilize o equipamento apenas como é especificado neste manual. A não observância desta
advertência poderá comprometer a segurança fornecida pelo equipamento.
As reparações e as manutenções indicadas neste manual devem ser realizadas apenas por
pessoal qualificado.
Para evitar a ignição em atmosferas inflamáveis ou combustíveis, desligue a alimentação
antes de proceder a qualquer tipo de manutenção.
A substituição de componentes poderá comprometer a segurança intrínseca.
ADVERTÊNCIA
Explosões podem causar morte ou ferimentos graves:
Certifique-se de que o ambiente de utilização do transmissor cumpre as devidas
certificações relativas a locais de perigo.
Antes de ligar um comunicador num ambiente onde existe o risco de explosão,
certifique-se de que os instrumentos no circuito são instalados de acordo com as práticas
intrinsecamente seguras ou práticas de ligações eléctricas no campo à prova de incêndio.
Não retire a tampa do medidor em atmosferas explosivas quando o circuito estiver activo.
www.rosemount-tg.com
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
6.2 MANUTENÇÃO
Esta secção descreve resumidamente funções que podem ser úteis para
proceder à manutenção de um medidor de nível de radar Rosemount 5900S.
Salvo indicação em contrário, a maior parte dos exemplos baseia-se na
utilização da ferramenta TankMaster WinSetup para aceder a estas
funções. Consulte o Manual de configuração do sistema Raptor (documento
n.º 300510EN) para obter mais informações sobre como utilizar o programa
TankMaster WinSetup.
6.2.1
Os dados medidos são continuamente armazenados nos Registos
introduzidos do medidor de nível de radar Rosemount 5900S. Através da
visualização dos registos introduzidos, pode verificar se o dispositivo está a
funcionar correctamente.
Ver registos
introduzidos e
registos
mantidos
Os registos mantidos armazenam vários parâmetros utilizados para
configurar o medidor de nível de radar Rosemount 5900S para várias
aplicações.
Utilizando o programa Rosemount TankMaster WinSetup, é possível editar os
registos mantidos introduzindo simplesmente um novo valor no campo de
introdução de valores adequado. Alguns registos mantidos podem ser
editados numa janela em separado. Neste caso, podem alterar-se bits de
dados individuais.
Para ver registos introduzidos ou mantidos de um 5900S, faça o seguinte:
1. Inicie o programa TankMaster WinSetup.
2. Na janela da área de trabalho do TankMaster WinSetup, seleccione o
medidor de nível de radar Rosemount 5900S:
3. Clique no botão direito do rato e seleccione a opção View Input/View
Holding Registers (Ver registos introduzidos/registos mantidos) ou no
menu Service (Manutenção) seleccione Devices>View Input/View
Holding Registers (Dispositivos; Ver registos introduzidos/registos
mantidos).
6-2
Secção 6. Manutenção e resolução de problemas
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
4. Seleccione Predefined (Predefinidos) para ver uma selecção básica de
registos. Seleccione a opção All (Todos) para ver uma variedade de
registos à sua escolha.
Para a opção All (Todos), tem de especificar uma gama de registos,
indicando um valor inicial no campo de introdução Start Register (Iniciar
registo) e o número total de registos a apresentar no campo Number of
Registers (Número de registos) (1–500). Recomendam-se até
50 registos para uma actualização rápida da lista.
5. Clique no botão Read (Ler). Neste momento, a coluna Value (Valor) é
actualizada com os valores de registo actuais.
Consulte o manual de Configuração do sistema Raptor (documento
n.º 300510EN) para obter mais informações sobre como editar os registos
mantidos.
Secção 6. Manutenção e resolução de problemas
6-3
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
6.2.2
Fazer cópia de segurança da configuração do medidor
Os registos introduzidos e os registos mantidos do medidor de nível de radar
Rosemount 5900S podem ser guardados no disco. Isto pode ser útil para a
realização de cópias de segurança e para a resolução de problemas. Pode
guardar um conjunto predefinido de registos mantidos para realizar uma
cópia de segurança da actual configuração do medidor. O ficheiro de cópia
de segurança pode ser utilizado para repor a configuração do 5900S numa
fase posterior.
Um dispositivo
Para guardar a configuração actual num ficheiro para um dispositivo 5900S,
efectue o seguinte:
1. Inicie o programa TankMaster WinSetup.
2. Na janela da área de trabalho do WinSetup, clique com o botão direito
do rato no ícone do medidor 5900S.
3. Seleccione a opção Devices/Save Database to File
(Dispositivos/guardar a base de dados num ficheiro).
Esta opção também está disponível no menu Service/Devices
(Serviço/dispositivos).
4. Seleccione as opções Holding Registers (Registos mantidos) e
Predefined Registers (Registos predefinidos) (a opção definida pelo
utilizador apenas deve ser utilizada para manutenção avançada).
5. Clique no botão Browse (Procurar), seleccione uma pasta e introduza
um nome para o ficheiro de cópia de segurança.
6. Clique no botão Save (Guardar) para começar a guardar os registos da
base de dados.
6-4
Secção 6. Manutenção e resolução de problemas
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Vários dispositivos
Para guardar uma cópia de segurança da configuração actual para vários
dispositivos, faça o seguinte:
1. Inicie o programa TankMaster WinSetup.
2. Na janela da área de trabalho do TankMaster WinSetup, seleccione a
pasta Devices (Dispositivos).
3. Clique no botão direito do rato e seleccione a opção Devices/Save
Database of All to Files (Dispositivos/guardar a base de dados de
todos em ficheiros).
Esta opção também está disponível no menu Service/Devices
(Serviço/dispositivos).
4. Seleccione um dispositivo no painel Available Devices (Dispositivos
disponíveis) e clique no botão Add (Adicionar) para o mover para o
painel Selected Devices (Dispositivos seleccionados). Repita o
procedimento para todos os dispositivos que pretende incluir.
5. Seleccione as opções Holding Registers (Registos mantidos) e
Predefined Registers (Registos predefinidos) (a opção definida pelo
utilizador apenas deve ser utilizada para manutenção avançada).
6. Clique no botão Browse (Procurar), seleccione uma pasta e introduza
um nome para o ficheiro de cópia de segurança.
7. Clique no botão Start (Iniciar) para guardar a cópia de segurança da
base de dados.
O ficheiro de cópia de segurança pode ser visualizado como ficheiro de texto
num programa de processamento de texto como, por exemplo, o Microsoft
Notepad:
Secção 6. Manutenção e resolução de problemas
6-5
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
6.2.3
Para recuperar uma base de dados de configuração de cópia de segurança
O TankMaster WinSetup permite-lhe substituir a actual base de dados de
registos mantidos por uma base de dados de cópia de segurança guardada
no disco. Isto pode ser útil, por exemplo, se pretender recuperar dados de
configuração perdidos.
Para carregar uma base de dados de registos mantidos faça o seguinte:
1. Seleccione na janela Workspace (Área de trabalho) o dispositivo para o
qual pretende carregar uma nova base de dados.
2. Clique no botão direito do rato e seleccione a opção Devices/Upload
Database (Dispositivos/carregar base de dados) ou no menu Service
(Manutenção) seleccione Devices/Upload Database
(Dispositivos/carregar a base de dados).
3. Clique no botão Browse (Procurar), seleccione um ficheiro de base de
dados para carregar ou introduza um caminho e um nome de ficheiro.
4. Clique no botão Upload (Carregar).
6-6
Secção 6. Manutenção e resolução de problemas
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
6.2.4
Diagnóstico
Série 5900S da Rosemount
O programa TankMaster WinSetup permite-lhe visualizar o estado actual do
dispositivo. A janela View Diagnostic Register (Ver registo de diagnóstico)
apresenta uma selecção de registos de base de dados que constitui uma
vista instantânea do modo de funcionamento do medidor. Também pode
configurar a janela adicionando registos de especial interesse.
Para ver e configurar os registos de diagnóstico:
1. Seleccione o ícone do medidor 5900S na área de trabalho do
TankMaster WinSetup.
2. Clique no botão direito do rato e seleccione View Diagnostic Registers
(Ver registos de diagnóstico).
Os valores de registo na janela de diagnóstico são apenas de leitura. Estes
valores são carregados do dispositivo quando a janela é aberta.
A cor de fundo cinzenta nas células da coluna Value (Valor) da tabela
significa que o registo é do tipo Bitfield ou ENUM. É possível abrir uma janela
Bitfield/ENUM expandida para este tipo de registo. Clique duas vezes na
célula para abrir a janela Bitfield/ENUM Expandida.
Se necessário, os valores podem ser apresentados como números
hexadecimais. Isto é aplicável a registos do tipo Bitfield e ENUM. Seleccione
a caixa de verificação Show in Hex (Apresentar como hexadecimal) para
apresentar os registos Bitfield e ENUM como números hexadecimais.
O botão Configure (Configurar) permite-lhe abrir a janela Configure
Diagnostic Registers (Configurar registos de diagnóstico), onde poderá
alterar a lista de registos a apresentar na janela View Diagnostic Registers
(Ver registos de diagnóstico). Consulte o Manual de configuração do sistema
Raptor (documento n.º 300510EN) para obter mais informações.
A janela Configure Diagnostic Registers (Configurar registos de diagnóstico)
também possui um botão Log Setup (Configurar registo) para aceder à janela
Register Log Scheduling (Planeamento de registo), que permite configurar o
planeamento de registo para iniciar e parar automaticamente o registo. Consulte
“Registo de dados de medição” na página 6-12 para obter mais informações.
Secção 6. Manutenção e resolução de problemas
6-7
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
6.2.5
Actualizar o software do medidor
O TankMaster WinSetup inclui a opção para actualizar os medidores de nível
de radar 5900S com novo software de aplicação.
Para carregar um novo programa, faça o seguinte:
1. Certifique-se de que o medidor de nível de radar 5900S dispõe de uma
comunicação estável com o TankMaster.
2. Na janela da área de trabalho do TankMaster WinSetup (Vista lógica),
abra a pasta Devices (Dispositivos) e seleccione o medidor 5900S a
actualizar (ou seleccione a pasta Devices (Dispositivos) para permitir a
programação de vários dispositivos).
3. Clique no botão direito do rato e seleccione a opção Program
(Programar) (opção Program All ((Programar todos) para a
programação de vários dispositivos).
4. O medidor 5900S aparece automaticamente no painel Program These
Devices (Programar estes dispositivos).
5. Se a pasta Devices (Dispositivos) tiver sido seleccionada para a
programação de vários dispositivos, seleccione o medidor 5900S a
programar no painel Available Devices (Dispositivos disponíveis) e
clique no botão Move (Mover).
6-8
Secção 6. Manutenção e resolução de problemas
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
6. Repita o procedimento para cada medidor 5900S a programar.
Utilize o botão Remove (Remover) se pretender alterar a lista de
dispositivos a programar.
7. Clique no botão Browse (Procurar) para localizar o ficheiro do programa
flash. A extensão de ficheiros *.cry é utilizada para estes ficheiros.
8. Clique no botão Start Programming (Iniciar programação). É apresentada
a janela Start Device Programming (Iniciar programação do dispositivo).
9. Clique no botão Start Programming (Iniciar programação) para activar
a programação do dispositivo.
Caso se utilize uma unidade de comunicação de campo (FCU) 2160, é
possível programar, no máximo, 25 dispositivos. Se existirem mais
dispositivos, a programação tem de ser dividida em dois passos.
10. Actualize a instalação do TankMaster adicionando os novos ficheiros
*.ini para o medidor 5900S à pasta de instalação do TankMaster.
São utilizados dois ficheiros *.ini para o 5900S, RLG.ini e RLG0xx.ini,
em que xx é o código de identificação do software da aplicação do
medidor 5900S.
O ficheiro RLG.ini é copiado para a pasta
C:\Program Files\Rosemount\Server.
O ficheiro RLG0xx.ini é copiado para a pasta
C:\Program Files\Rosemount\Shared.
Secção 6. Manutenção e resolução de problemas
6-9
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
6.2.6
Protecção contra
escrita
Um medidor de nível de radar Rosemount 5900S pode estar protegido contra
escrita para evitar alterações involuntárias da configuração.
1. Inicie o programa TankMaster WinSetup.
2. Na área de trabalho do WinSetup, seleccione o separador Logical View
(Vista lógica).
3. Clique com o botão direito do rato no ícone do medidor 5900S.
4. Seleccione a opção Write Protect (Protecção contra escrita) para abrir a
janela Write Protect (Protecção contra escrita).
5. Certifique-se de que a opção New State (Novo estado) está configurada
para Protected (protegido).
6. Clique no botão OK para guardar o novo estado e feche a janela
Write Protect (Protecção contra escrita).
6-10
Secção 6. Manutenção e resolução de problemas
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
6.2.7
Série 5900S da Rosemount
Interruptor de
protecção contra
escrita
Pode utilizar-se um interruptor para impedir que se façam alterações não
autorizadas no medidor de nível de radar Rosemount 5900S. Para proteger o
5900S contra escrita, faça o seguinte:
1. Verifique se existe algum parafuso
vedado. Contacte a Emerson
Process Management/Rosemount
Tank Gauging antes de quebrar o
vedante se a garantia ainda for
válida. Retire totalmente o vedante
de modo a não danificar as roscas.
2. Desaperte os parafusos e retire a
tampa.
3. Localize o interruptor de protecção
contra escrita.
Interruptor de protecção
contra escrita
4. Para proteger o 5900S contra escrita,
coloque o interruptor esquerdo na
posição ON.
5. Verifique se as superfícies de
contacto na caixa e na tampa estão
limpas. Substitua a tampa e aperte os
parafusos. Certifique-se de que a
tampa está totalmente encaixada
para corresponder aos requisitos de
prevenção de explosões e para
impedir a entrada de água no
compartimento do terminal.
ON
OFF
NOTA!
Certifique-se de que os anéis em O e as sedes estão em bom estado antes
de montar a tampa para manter o nível específico de protecção contra a
entrada.
Secção 6. Manutenção e resolução de problemas
6-11
Manual de referência
Série 5900S da Rosemount
6.2.8
Registo de dados
de medição
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
O medidor de nível de radar Rosemount 5900S suporta o registo de
diagnóstico. Esta função é útil para verificar se o medidor está a funcionar
correctamente. É possível aceder à função de registo utilizando o programa
TankMaster WinSetup. Para dar início ao registo, faça o seguinte:
1. Inicie o programa TankMaster WinSetup.
2. Seleccione o ícone do medidor 5900S na área de trabalho do WinSetup.
3. Clique no botão direito do rato e seleccione Logging (Registo).
4. O modo manual permite iniciar o registo a qualquer altura. No modo
automático, tem de especificar a hora de início e de fim.
5. O ficheiro de registo resultante não excederá o tamanho especificado
pelo parâmetro Max File Size (Tamanho máximo do ficheiro).
No modo automático, o registo decorrerá até que a data e a hora de fim
sejam alcançadas.
No modo manual, o registo decorrerá até que seja parado clicando no
botão Stop (Parar).
Quando o número de ficheiros de registo alcança o valor Max Log Files
(Máx. de ficheiros de registo), o TankMaster começa a substituir o
conteúdo dos ficheiros de registo existentes.
6. Os ficheiros de registo são armazenados no formato de ficheiro de
texto simples e podem ser visualizados em qualquer programa de
processamento de texto. Os ficheiros são armazenados na seguinte pasta:
C:\Rosemount\TankMaster\Setup\Log, em que C é o disco rígido onde o
software TankMaster está instalado.
O ficheiro do registo contém os mesmos registos introduzidos que a
janela View Diagnostic Registers (Ver registos de diagnóstico), consulte
“Diagnóstico” na página 6-7.
Pode alterar os registos introduzidos a incluir no ficheiro de registo
configurando a janela View Diagnostic Registers (Ver registos de
diagnóstico), consulte o Manual de configuração do sistema Raptor
(documento n.º 300510EN) para obter mais informações.
6-12
Secção 6. Manutenção e resolução de problemas
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
6.2.9
Carregamento da
base de dados
predefinida
Série 5900S da Rosemount
A base de dados predefinida corresponde às definições de fábrica originais
da base de dados de registos mantidos.
O TankMaster WinSetup oferece a opção de carregar a base de dados
predefinida. Esta acção pode ser útil se, por exemplo, pretender experimentar
novas definições da base de dados e depois pretender carregar as definições
de fábrica originais ou quando as condições do depósito tiverem sido alteradas.
Se forem apresentadas mensagens de erro ou ocorrerem outros problemas
relativamente à base de dados, é recomendável proceder à resolução de
problemas antes de carregar a base de dados predefinida.
NOTA!
O endereço do dispositivo permanece inalterado quando a base de dados
predefinida é carregada.
Para carregar a base de dados predefinida:
1. Seleccione o ícone do dispositivo pretendido na janela da área de
trabalho do TankMaster WinSetup.
2. Clique no botão direito do rato e seleccione a opção View Holding
Register (Ver registo mantido).
3. Seleccione a opção All (Todos) e introduza 65510 no campo de
introdução Start Register (Iniciar registo). Introduza o número de
registos que pretende apresentar no campo Number of Registers
(Número de registos) e clique no botão Read (Ler).
4. Introduza 65510 no campo de introdução Value (Valor).
5. Clique no botão Apply (Aplicar).
Secção 6. Manutenção e resolução de problemas
6-13
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
6.3 RESOLUÇÃO DE
PROBLEMAS
Quadro 6-1. Quadro de
resolução de problemas do
Rosemount 5900S
Sintoma
Ausência de comunicação
com o medidor de nível de
radar 5900S
6-14
Causa possível
Acção
Ligação
• Verifique se o dispositivo é apresentado na lista actual de dispositivos,
consulte o Manual de referência do Rosemount 2410 (documento
n.º 300530EN) para obter mais informações
• Verifique se os fios estão correctamente ligados aos terminais
• Verifique se os terminais apresentam sujidade ou defeitos
• Verifique o isolamento dos fios relativamente a possíveis
curto-circuitos à terra
• Verifique se não existem vários pontos de ligação à terra blindados
• Verifique se a blindagem do cabo apenas está ligada à terra na
extremidade da fonte de alimentação (cubo do depósito 2410)
• Verifique se a blindagem do cabo mantém a continuidade ao longo da
rede Tankbus
• Verifique se a blindagem no interior da caixa de instrumentos não está
em contacto com a caixa
• Verifique se não existe água nas condutas
• Utilize fios blindados com dois fios entrelaçados
• Ligue os fios com folga de gotejamento
• Verifique os fios do cubo do depósito 2410
Terminação do tankbus incorrecta
• Verifique se existem dois terminadores no tankbus. Normalmente, a
terminação incorporada no cubo do depósito 2410 é activada.
• Verifique se as terminações estão colocadas em ambas as
extremidades do tankbus
Existem demasiados dispositivos
no tankbus
• Verifique se o consumo de corrente total dos dispositivos no tankbus é
inferior a 250 mA. Consulte o Manual de referência Rosemount 2410
(documento n.º 305030en) para obter mais informações.
• Retire um ou mais dispositivos do tankbus. O cubo do depósito 2410
suporta um só depósito. A versão para vários depósitos do 2410
suporta até 10 depósitos.
Os cabos são demasiado longos
• Verifique se a tensão de entrada nos terminais do dispositivo é igual ou
superior a 9 V
Falha do hardware
•
•
•
•
•
Falha do software
• Reinicie o medidor 5900S. Utilize, por exemplo, o comando Restart
(Reiniciar) no TankMaster WinSetup.
• Reinicie todos os dispositivos desligando e ligando a fonte de
alimentação ao cubo do depósito 2410
• Contacte o departamento de manutenção da Emerson Process
Management/Rosemount TankGauging
Modem Field Bus (FBM)
• Verifique se o FBM está ligado à porta direita no PC da sala de controlo
• Verifique se o FBM está ligado à porta direita na unidade de
comunicação de campo (FCU) 2160
Verifique o medidor de nível de radar 5900S
Verifique a unidade de comunicação de campo (FCU)
Verifique o modem field bus
Verifique a porta de comunicação no PC da sala de controlo
Contacte o departamento de manutenção da Emerson Process
Management/Rosemount TankGauging
Secção 6. Manutenção e resolução de problemas
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Sintoma
Série 5900S da Rosemount
Causa possível
Acção
Ligação à FCU 2160
• Verifique se a porta direita do field bus na FCU 2160 está ligada ao bus
principal no cubo do depósito 2410
• Verifique os LED da porta de comunicação no interior da unidade de
comunicação de campo (FCU) 2160
Configuração incorrecta da
FCU 2160
• Verifique os endereços de comunicação Modbus do medidor de nível
de radar 5900S e do cubo do depósito 2410 na base de dados
secundária da FCU
• Verifique a configuração dos parâmetros de comunicação para as
portas fieldbus da FCU
• Verifique se está seleccionado o canal de comunicação correcto
Consulte o Manual de configuração do sistema Raptor (documento
n.º 300510EN) para obter mais informações sobre como configurar a
FCU 2160
Configuração incorrecta da base
de dados do depósito 2410
• Verifique a base de dados do depósito 2410; certifique-se de que o
dispositivo está disponível e mapeado para o depósito correcto
• Base de dados do depósito 2410; no TankMaster WinSetup, abra a
janela 2410 Tank Hub /Tank Database (Cubo do depósito/base de
dados do depósito 2410) e verifique se o endereço Level Modbus
(Modbus de nível) é igual ao endereço Modbus de 2410 Level
(Nível 2410) na base de dados secundária da FCU
• Consulte o Manual de configuração do sistema Raptor (documento
n.º 300510EN) para obter mais informações sobre como configurar a
base de dados do depósito 2410.
Ligação ao cubo do
depósito 2410
• Verifique os fios para o cubo do depósito 2410
• Verifique o cubo do depósito 2410; verifique o LED de erro ou o visor
integral para obter informações
Configuração do protocolo de
comunicação
Secção 6. Manutenção e resolução de problemas
No TankMaster WinSetup/Protocol Channel Properties (Propriedades do
canal de protocolo):
• Verifique se o canal de protocolo está activo
• Verifique a configuração do canal de protocolo (porta, parâmetros,
modem)
6-15
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Sintoma
Ausência de leitura de nível
6-16
Causa possível
Acção
Falha de comunicação
• Verifique os fios
• Verifique o endereço de comunicação Modbus para o medidor de nível
de radar 5900S. Consulte o Manual de configuração do sistema Raptor
(documento n.º 300510EN) para obter mais informações sobre
como configurar o endereço Modbus de um medidor de nível de
radar 5900S.
• Verifique a configuração da base de dados do depósito no cubo do
depósito 2410
• Verifique a configuração da base de dados secundária da FCU 2160
Configuração
• Verifique se o 5900S está configurado (consulte o Manual de
configuração do sistema Raptor (documento n.º 300510EN) para obter
mais informações)
Configuração incorrecta da base
de dados secundária da FCU
• Verifique o endereço de comunicação Modbus na base de dados
secundária da FCU. No TankMaster WinSetup, abra a janela FCU
Properties/Slave Database (Propriedades da FCU/base de dados
secundária) e verifique se o endereço Modbus 2410 Level (Nível 2410)
na base de dados secundária da FCU é igual ao endereço Level
Modbus (Modbus de nível) na base de dados do depósito 2410.
• Consulte o Manual de configuração do sistema Raptor (documento
n.º 300510EN) para obter mais informações sobre como configurar a
base de dados secundária da FCU 2160.
Configuração incorrecta da base
de dados do depósito 2410
• Verifique a base de dados do depósito 2410; certifique-se de que o
dispositivo está disponível e mapeado para o depósito correcto
• Base de dados do depósito 2410; no TankMaster WinSetup, abra a
janela 2410 Tank Hub /Tank Database (Cubo do depósito/base de
dados do depósito 2410) e verifique se o endereço Level Modbus
(Modbus de Nível) é igual ao endereço Modbus de 2410 Level
(Nível 2410) na base de dados secundária da FCU
• Consulte o Manual de configuração do sistema Raptor (documento
n.º 300510EN) para obter mais informações sobre como configurar a
base de dados do depósito 2410.
Falha do software ou do
hardware
• Verifique as informações de diagnóstico, consulte “Diagnóstico” na
página 6-7
• Verifique o registo introduzido de estado do dispositivo, consulte
“Estado do dispositivo” na página 6-18
• Contacte o departamento de manutenção da Emerson Process
Management/Rosemount TankGauging
Secção 6. Manutenção e resolução de problemas
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Sintoma
Leitura de nível incorrecta
Não é possível guardar a
configuração do medidor de
nível
Série 5900S da Rosemount
Causa possível
Acção
Configuração incorrecta
• Verifique a configuração da geometria do depósito e os parâmetros da
antena:
– Altura de referência do depósito (R)
– Distância de referência do medidor (G)
– Distância de calibração
– Tipo de antena
– Tamanho da antena (rede de tubos tranquilizadores)
Consulte o Manual de configuração do sistema Raptor (documento
n.º 300510EN) para obter mais informações sobre como utilizar o
TankMaster WinSetup para a configuração da geometria do depósito e
dos parâmetros da antena.
• Verifique se a instalação mecânica do medidor 5900S cumpre os
requisitos de instalação.
Verifique, por exemplo:
– a altura e o diâmetro do bocal
– se existem obstáculos perto do bocal
– a distância até à parede do depósito
– a inclinação
– se a totalidade das ranhuras/dos orifícios ainda se encontra no tubo
tranquilizador
Consulte o capítulo 3.2 “Considerações sobre a instalação”.
• Verifique a configuração dos parâmetros relativos ao ambiente, tais
como Foam (Espuma), Turbulent Surface (Superfície turbulenta), etc.,
bem como outras opções de configuração avançadas.
WinSetup: 5900S Properties/Environment (Propriedades/ambiente
do 5900S),
5900S Properties/Advanced Configuration (Propriedades/configuração
avançada do 5900S).
• Verifique o estado e as informações de diagnóstico, consulte
“Diagnóstico” na página 6-7.
Objectos interferentes no
depósito
• Verifique se o 5900S não ficou bloqueado num objecto interferente no
depósito
• Utilize a função Tank Scan (Análise do depósito) no TankMaster
WinSetup para analisar o sinal de medição:
– Verifique se existem ecos de distúrbio provocados por obstáculos no
depósito
– Verifique se existe um eco forte na parte inferior do depósito; utilize a
placa de deflexão na extremidade do tubo de aço tranquilizador.
Consulte o Manual de configuração do sistema Raptor para obter mais
informações sobre como utilizar a função Tank Scan (Análise do
depósito)
O medidor está protegido contra
escrita
• Verifique a posição do interruptor de protecção contra escrita e
certifique-se de que o mesmo se encontra na posição OFF, consulte
“Interruptor de protecção contra escrita” na página 6-11.
• Verifique a definição de protecção contra escrita no TankMaster
WinSetup, consulte “Protecção contra escrita” na página 6-10.
Secção 6. Manutenção e resolução de problemas
6-17
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
6.3.1
Estado do
dispositivo
As mensagens de estado do dispositivo que possam surgir no visor do Tank
Hub Rosemount 2410, no programa Rosemount TankMaster ou num visor
Rosemount 2230, são apresentadas no Quadro 6-2. O estado do dispositivo
encontra-se no registo introduzido 4000. Consulte “Ver registos introduzidos
e registos mantidos” na página 6-2 para obter mais informações sobre como
visualizar os registos introduzidos.
Quadro 6-2. Mensagens de
estado do dispositivo
Mensagem
Running Boot Software
(Execução do software de arranque)
Device Warning
(Advertência do dispositivo)
Device Error
(Erro do dispositivo)
Level correction error
(Erro de correcção de nível)
Invalid Measurement
(Medição inválida)
User Register Area Write Protected
(Área de registo do utilizador
protegida contra escrita)
Default Database
(Base de dados predefinida)
6-18
Descrição
Acção
• Não foi possível iniciar o software
da aplicação
• O software da aplicação não foi
carregado na memória flash
• O carregamento anterior do
software flash falhou
Reprograme o medidor com o novo software.
Contacte a Emerson Process. Departamento
de manutenção da Management/Rosemount
TankGauging.
Está activa uma advertência do
dispositivo.
Está activo um erro do dispositivo.
O módulo GPL está activado, mas
está configurado incorrectamente ou
não existem dados introduzidos do
sensor para pressão ou temperatura.
O medidor de nível indica que a
medição é inválida. Esta situação
pode ser causada por um problema
de medição real ou por outra
indicação de erro.
Os registos de configuração estão
protegidos contra escrita.
Simulation Active
(Simulação activa)
Todos os registos de configuração
estão definidos para os valores
predefinidos.
O cubo do depósito 2410 está no
modo de simulação
RM Reprogramming In Progress
(Reprogramação RM em curso)
Foi transferido novo software para o
medidor de nível de radar 5900S
Consulte “Mensagens de advertência” na
página 6-19 para obter detalhes.
Consulte “Mensagens de erro” na
página 6-20 para obter detalhes.
Consulte o registo introduzido 4702
LPGIregArea-LPG_Corr_Error para obter
mais informações.
Verifique as mensagens de erro, as
mensagens de advertência e o estado da
medição para obter detalhes.
Realize um dos seguintes procedimentos:
1. Utilize a função Lock/Unlock
(Bloquear/desbloquear) para desactivar a
protecção contra escrita do software.
2. Altere a posição do interruptor de
protecção contra escrita para OFF.
Certifique-se de que a calibração do
dispositivo é válida.
O 2410 está no modo de simulação durante
um período de tempo especificado. Pode ser
parado manualmente em qualquer altura.
Consulte a secção 6.2.9 “Carregamento
da base de dados predefinida” no manual
de referência do cubo do depósito
Rosemount 2410 (documento n.º 300530EN).
Verifique o funcionamento do 5900S quando
a reprogramação estiver concluída
Secção 6. Manutenção e resolução de problemas
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
6.3.2
Série 5900S da Rosemount
Mensagens de
advertência
O Quadro 6-3 apresenta uma lista de mensagens de advertência que podem
aparecer no visor integral do Tank Hub Rosemount 2410 e no programa
Rosemount TankMaster. Dispõe também da opção de visualizar o Input
Register 1004 (Registo introduzido 1004) para obter uma descrição geral
das advertências activas do dispositivo. As advertências são menos graves
que os erros.
Para cada mensagem de advertência apresentada, encontram-se
informações detalhadas nos registos introduzidos de 6100 a 6130 conforme
apresentado no Quadro 6-3.
Quadro 6-3. Mensagens de advertência
Mensagem
RAM warning
(Advertência RAM)
FPROM warning
(Advertência FPROM)
HREG warning
(Advertência HREG)
Other memory warning
(Outra advertência relativa
à memória)
MWM warning
(Advertência MWM)
RM warning
(Advertência RM)
Other hardware warning
(Outra advertência relativa
ao hardware)
Configuration warning
(Advertência de
configuração)
SW warning
(Advertência do software)
Descrição
Registo introduzido n.º 6100.
Bit 0: Pilha DSP
Bit 1: RAM DSP baixa
Registo introduzido n.º 6102.
Registo introduzido n.º 6104.
Bit 0: Registos mantidos de fábrica DSP
Acção
Contacte o departamento de manutenção da
Emerson Process Management/Rosemount
TankGauging.
Carregue a base de dados predefinida e reinicie
o 5900S. Contacte o departamento de
manutenção da Emerson Process Management/
Rosemount TankGauging se o problema
persistir.
Registo introduzido n.º 6106.
Registo introduzido n.º 6108.
Bit 1: Correspondência incorrecta da versão entre PM e RM
Registo introduzido n.º 6110.
Bit 1: Configuração do software
Bit 5: Soma de controlo FPROM
Bit 6: Versão FPROM
Bit 9: Soma de controlo HREG
Bit 10: Limite HREG
Bit 11: Escrita HREG
Bit 12: Leitura HREG
Bit 13: Versão HREG
Bit 14: ID inválida MWM
Bit 30: Advertência grave sobre o software
Registo introduzido n.º 6122.
Registo introduzido n.º 6128.
Bit 0: Super teste activo
Bit 1: Quadro ATP inválido
Bit 2: Quadro de correcção especial inválido
Bit 3: Quadro de correcção perto da zona inválido
Bit 4: Código de configuração do modelo inválido
Bit 5: Configuração de pinos GPL visíveis
Bit 6: Erro de configuração GPL
Bit 7: Modo de simulação utilizado
Bit 8: Modo de varrimento predefinido utilizado
Bit 9: Varrimento de teste utilizado
Bit 10: Quadro ACT inválido
Bit 11: Quadro UCT inválido
Bit 12: Advertência do modo de simulação simples
Bit 13: Advertência do modo de simulação de rampa
Bit 14: Filtro TSM demasiado estreito
Bit 15: Actualização de desvio MMS desactivada
Registo introduzido n.º 6130.
Bit 8: Advertência do software indefinido DSP
Secção 6. Manutenção e resolução de problemas
Contacte o departamento de manutenção da
Emerson Process Management/Rosemount
TankGauging
• Carregue a base de dados predefinida e
reinicie o medidor de nível, consulte
“Carregamento da base de dados predefinida”
na página 6-13.
• Configure o medidor de nível ou carregue um
ficheiro de configuração de cópia de
segurança (consulte “Para recuperar uma
base de dados de configuração de cópia de
segurança” na página 6-6).
• Contacte o departamento de manutenção da
Rosemount TankGauging se o problema
persistir.
Contacte o departamento de manutenção da
Emerson Process Management/Rosemount
TankGauging
6-19
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
6.3.3
Mensagens de
erro
O Quadro 6-4 apresenta uma lista de mensagens de erro que podem
aparecer no visor integral do Tank Hub Rosemount 2410 e no programa
Rosemount TankMaster. Dispõe também da opção de visualizar o Input
Register 1002 (Registo introduzido 1002) para obter uma descrição geral
dos erros activos do dispositivo.
Para cada mensagem de erro apresentada, encontram-se informações
detalhadas nos registos introduzidos de 6000 a 6030 conforme apresentado
no Quadro 6-4.
Quadro 6-4. Mensagens de erro
do Rosemount 5900S
Mensagem
RAM error
(Erro RAM)
FPROM error
(Erro FPROM)
Database (Hreg) error
(Erro da base de dados (Hreg))
6-20
Descrição
Acção
Registo introduzido n.º 6000.
Foi detectado um erro na memória de dados
(RAM) do medidor durante os testes de
arranque. Nota: isto reinicia automaticamente
o medidor.
Problema grave na RAM:
Bit 0: RAM DSP
Bit 1: Pilha DSP
Bit 2: Soma de controlo da RAM DSP
Bit 3: RAM DSP baixa
Registo introduzido n.º 6002.
Foi detectado um erro na memória do
programa do medidor (FPROM) durante os
testes de arranque. Nota: isto reinicia
automaticamente o medidor.
Problema grave na FPROM:
Bit 0: Soma de controlo do arranque DSP
Bit 1: Versão de arranque DSP
Bit 2: Soma de controlo da aplicação DSP
Bit 3: Versão da aplicação DSP
Bit 4: Dispositivo FPROM
Bit 5: Eliminação FPROM
Bit 6: Escrita FPROM
Bit 7: Bloqueio activo FPROM não utilizado
Registo introduzido n.º 6004.
Foi detectado um erro na memória de
configuração do transmissor (EEPROM). O
erro pode ser um erro de soma de controlo
que pode ser solucionado através do
carregamento da base de dados predefinida
ou um erro de hardware.
NOTA: os valores predefinidos são utilizados
até que o problema seja solucionado.
Os bits que se seguem indicam um grave
problema de registo mantido:
Bit 0: Soma de controlo DSP
Bit 1: Limite DSP
Bit 2: Versão DSP
Bit 3: Erro de escrita
Contacte o departamento de manutenção da
Emerson Process Management/Rosemount
TankGauging
Carregue a base de dados predefinida e
reinicie o medidor de nível de radar
Rosemount 5900S. Contacte o departamento
de manutenção da Emerson Process
Management/Rosemount TankGauging se o
problema persistir.
Secção 6. Manutenção e resolução de problemas
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Mensagem
Other Memory error
(Outro erro de memória)
Microwave Module error
(Erro do módulo micro-ondas)
RM error
(Erro RM)
Other hardware error
(Outro erro do hardware)
Configuration error
(Erro de configuração)
Software error
(Erro do software)
Descrição
Acção
Registo introduzido n.º 6006.
Registo introduzido n.º 6008.
Bit 0: Não ligado
Registo introduzido n.º 6010.
Bit 1: Configuração do software
Bit 5: Soma de controlo FPROM
Bit 6: Versão FPROM
Bit 9: Soma de controlo HREG
Bit 10: Limite HREG
Bit 11: Escrita HREG
Bit 12: Leitura HREG
Bit 13: Versão HREG
Bit 14: ID inválida MWM
Bit 30: SW Serious Error (Erro grave do
software)
Registo introduzido n.º 6022.
Foi detectado um erro do hardware não
especificado.
Bit 0: Internal Temp Out of Range
(Temperatura interna fora de gama)
Registo introduzido n.º 6028.
Pelo menos um parâmetro de configuração
está fora da gama permitida.
NOTA: os valores predefinidos são utilizados
até que o problema seja solucionado.
Bit 0: Código de início
Bit 1: Conversão de unidade FF
Registo introduzido n.º 6030.
Foi detectado um erro no software do
medidor 5900S.
Bit 0: Erro do software não definido DSP
Bit 1: A tarefa DSP não está em execução
Bit 3: Erro simulado
Secção 6. Manutenção e resolução de problemas
Contacte o departamento de manutenção da
Emerson Process Management/Rosemount
TankGauging.
• Carregue a base de dados predefinida e
reinicie o medidor de nível, consulte
“Carregamento da base de dados
predefinida” na página 6-13.
• Configure o medidor de nível ou carregue
um ficheiro de configuração de cópia de
segurança (consulte “Para recuperar uma
base de dados de configuração de cópia de
segurança” na página 6-6).
• Contacte o departamento de manutenção
da Rosemount TankGauging se o problema
persistir.
Contacte o departamento de manutenção da
Emerson Process Management/Rosemount
TankGauging
6-21
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
6.3.4
Estado da
medição
As informações do estado da medição encontram-se no registo introduzido
4002. O Quadro 6-5 apresenta os vários bits de estado que podem aparecer:
Quadro 6-5. Estado da medição
para o Rosemount 5900S
Mensagem
Full tank
(Depósito cheio)
Empty tank
(Depósito vazio)
Descrição
Acção
A medição do nível encontra-se no
estado de depósito cheio. O transmissor
aguarda que o eco da superfície seja
detectado na parte superior do depósito.
A medição do nível encontra-se no
estado de depósito vazio. O transmissor
aguarda que o eco da superfície seja
detectado na parte inferior do depósito.
O transmissor abandona o estado de depósito cheio
quando a superfície do produto se encontra abaixo da
área de detecção de depósito cheio.
Dirty antenna
(Antena suja)
Sweep linearization warning
(Advertência de linearização do
varrimento)
A antena está de tal modo contaminada
que pode afectar a medição do nível.
O varrimento não está linearizado
correctamente.
Tank signal clip warning
(Advertência de corte do sinal do
depósito)
O último sinal do depósito foi cortado por
saturação.
No surface echo
(Ausência de eco da superfície)
Não é possível detectar o impulso do eco
da superfície.
Predicted level
(Nível previsto)
Sampling failed
(Falha de amostragem)
Invalid volume value
(Valor de volume inválido)
Simulation Mode
(Modo de simulação)
O nível apresentado é previsto. Não foi
possível detectar o eco da superfície.
A amostragem do último sinal do depósito
falhou.
O valor de volume atribuído é inválido.
Advanced Simulation Mode
(Modo de simulação avançado)
Tracking Extra Echo
(Detectar eco extra)
Bottom Projection Active
(Projecção da parte inferior activa)
Pipe Measurement Enabled
(Medição do tubo activada)
Surface close to registered false echo
(Superfície próxima do eco falso
registado).
Sudden level jump detected
(Salto de nível súbito detectado).
6-22
O transmissor abandona o estado de depósito vazio
quando a superfície do produto se encontra acima da
área de detecção de depósito vazio.
Consulte “Empty Tank Handling (Manuseamento do
tanque vazio)” na página 4-9.
Limpe a antena.
Verifique as mensagens de advertência. Se a
advertência MWM estiver activa, tal pode indicar um
erro do transmissor. Contacte o departamento de
manutenção da Emerson Process Management/
Rosemount TankGauging.
Verifique as mensagens de advertência. Se a
advertência MWM estiver activa, tal pode indicar um
erro do transmissor. Contacte o departamento de
manutenção da Emerson Process Management/
Rosemount TankGauging.
Verifique se a configuração pode ser alterada de modo
a que o eco da superfície possa ser detectado na
região actual.
Consulte No surface echo (Ausência de eco da
superfície).
Verifique as mensagens de advertência.
Verifique o estado do volume para obter detalhes.
Nenhuma acção necessária.
O modo de simulação está activo. Os
valores de medição apresentados são
simulados.
O modo de simulação avançado está
activo. As medições atribuídas são
simuladas.
O transmissor está no estado de depósito
vazio a detectar um eco extra.
A função de projecção da parte inferior
está activa.
A medição do tubo está activa.
Para desligar o modo de simulação avançada defina o
registo mantido 3600=0 (consulte “Ver registos
introduzidos e registos mantidos” na página 6-2).
Verifique se o medidor de nível detecta a superfície do
produto aquando do enchimento do depósito.
Verifique se o medidor de nível detecta correctamente
a superfície do produto.
Nenhuma acção necessária.
Perto de um eco falso registado, a
precisão da medição pode ser
ligeiramente reduzida.
Isto pode resultar em vários problemas de
medição.
Utilizando a função Register False Echo (Registar eco
falso), o transmissor pode detectar a superfície do
produto perto de objectos interferentes.
Verifique o interior do depósito para descobrir o que
causa o problema de detecção da superfície.
Secção 6. Manutenção e resolução de problemas
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Anexo
Série 5900S da Rosemount
A
Dados de referência
A.1
A.2
A.3
Especificações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página A-1
Esquemas dimensionais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página A-5
Informações para encomenda . . . . . . . . . . . . . . . . . página A-9
A.1 ESPECIFICAÇÕES
Gerais
Produto
Princípio de medição
Antenas
Precisão do instrumento(1)
Estabilidade da temperatura
Fieldbus (padrão)
Tempo de actualização
Repetibilidade
Taxa de nível máxima
Possibilidade de selagem de metrologia
Aprovação do tipo de transferência fiscal
Certificações para locais perigosos
Segurança/sobreenchimento
Marcação CE
Certificações para locais normais
Comunicação/Indicação/Configuração
Variáveis de saída e unidades
Ferramentas de configuração
Características eléctricas
Fonte de alimentação
Tomada de corrente do bus
Potência de saída de micro-ondas
www.rosemount-tg.com
Medidor de nível de radar Rosemount 5900S
Onda continuamente modulada em frequência (FMCW, Frequency Modulated
Continuous Wave)
Antena cónica, antena parabólica, antena vectorial para tubo tranquilizador,
antena GPL/GNL
± 0,5 mm (0,020 in.)
Normalmente, < ± 0,5 mm (0,020 in.) em –40 a +70°C (–40 a +158°F)
FOUNDATION™ fieldbus FISCO (tankbus)
Nova medição a cada 0,3 s
0,2 mm (0,008 in.)
Até 200 mm/s
Sim
OIML R85:2008, e certificações nacionais, tais como PTB, NMi, etc.
ATEX, FM-C, FM-EUA, IECEx e certificações nacionais.
Certificação SIL 2 e SIL 3.
Contacte o representante local da Rosemount Tank Gauging para obter informações
sobre as aprovações nacionais, tais como a opção de protecção contra derrame
WHG (TÜV)
93/68/CEE: em conformidade com as directivas da UE aplicáveis (EMC, ATEX,
baixa tensão e R&TTE).
Em conformidade com FM 3810:2005 e CSA: C22.2 n.º 1010.1
Nível e espaço livre: metro, centímetro, milímetro, pé ou polegada
Taxa de nível: metro/segundo, metro/hora, pé/segundo, pé/hora, polegada/minuto
Intensidade do sinal: mV
Rosemount TankMaster WinSetup, comunicador de campo
Alimentação pelo Tank Hub Rosemount 2410 (9,0–17,5 V CC, não sensível à polaridade)
50 mA (100 mA para a versão 2 em 1)
< 1 mW (consulte também a descrição técnica do sistema Raptor)
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Características mecânicas
Material do invólucro e tratamento de
superfície
Entrada do cabo (ligação/bucins)
Cabos do tankbus
Terminação tankbus incorporada
Dimensões
Peso total
Alumínio fundido revestido a poliuretano
½-14 NPT para bucins ou condutas de cabos.
Opcional:
• Conduta/adaptador do cabo M20 x 1.5
• Bucins do cabo em metal
• Conector Eurofast macho de 4 pinos ou conector Minifast macho de 4 pinos tamanho A
0,5–1,5 mm2 (AWG 22–16), cabos blindados de pares entrelaçados
Sim (a ligar, se necessário)
Consulte “Esquemas dimensionais” na página A-5.
Cabeça do transmissor 5900S: 5,1 kg (11,2 lbs) para a versão simples e 5,4 kg (11,9 lbs)
para a versão 2 em 1
5900S com antena cónica: Aprox. 12 kg (26 lbs)
5900S com antena parabólica: Aprox. 17 kg (37 lbs)
5900S com antena vectorial para tubo tranquilizador: Aprox. 13,5–24 kg (30–53 lbs)
5900S com antena GPL/GNL: Aprox. 30 kg (66 lbs) para 6-pol. 150 psi, e 40 kg (88 lbs)
para 6-pol. 300 psi
Ambiente
Temperatura ambiente de funcionamento
Temperatura de armazenamento
Humidade
Protecção contra a entrada
Resistência a vibração
Telecomunicações (FCC e R&TTE)
Compatibilidade electromagnética
Protecção de transitórios/descargas
incorporada
Directiva para equipamentos de pressão
(PED)
–40 a +70°C (–40 a +158°F). Temperatura de arranque mínima de –50°C (–58°F)
–50 a +85°C (–58 a +185°F)
0–100% de humidade relativa
IP 66/67 e Nema 4X
IEC 60770-1 nível 1 e IACS UR E10 teste 7
Conformidade com:
• FCC 15B classe A e 15C
• R&TTE (Directiva UE 99/5/CE)
• ETSI (EN 302 372-1 V.1.1.1)
• IC (RSS210-5)
• Directiva EMC 2004/108/CE e EN61326-3-1
• OIML R85:2008
De acordo com IEC 61000-4-4-5, nível 2 kV à terra. Em conformidade com IEEE 587
categoria B, protecção de transitórios e com IEEE 472, protecção contra picos de
corrente
97/23/CE
5900S versão padrão
Terminação incorporada
Possibilidade de ligação “daisy chain”
Sim
Sim
5900S versão 2 em 1
Precisão do instrumento(1)
Separação
Ligação
Ligação ao tank hub
Terminação incorporada
Possibilidade de ligação “daisy chain”
± 0,5 mm (0,020 in.)(2)
Sistema electrónico do medidor de nível de radar separado galvanicamente e antena
partilhada para as duas unidades
Separado ou comum
Separado ou comum
Ligação de tankbus simples: Sim
Ligação de tankbus dupla: Possibilidade de terminar o tankbus primário
Não
5900S versão SIL
Separação
Terminação incorporada
Possibilidade de ligação “daisy chain”
A-2
Sistema electrónico do medidor de nível de radar separado galvanicamente e antena
partilhada para a versão SIL 3
Não
Não
Anexo A. Dados de referência
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
5900S com antena parabólica
Temperatura de funcionamento no tanque
Gama de medição
Gama de pressão
Material exposto à atmosfera do tanque
Dimensão da antena
Tamanho da tampa
Ligação do tanque
Máx. +230°C (+445°F)
0,8 a 30 m (2,6 a 100 ft) abaixo da flange
Possibilidade de medir 0,5 a 50 m (1,6 a 164 ft). A precisão pode ser reduzida
Para uma gama de medição superior, contacte o representante da Rosemount Tank
Gauging
Grampeado: –0,2 a 0,2 bar (–2,9 a 2,9 psig)
Soldado: –0,2 a 10 bar (–2,9 a 145 psig)
Antena: Aço à prova de ácido tipo EN 1.4436 (AISI 316)
Vedação: PTFE
O-ring: FPM (Viton)
440 mm (17 in.)
Abertura de 500 mm (20 in.)
O medidor é grampeado num orifício de 96 mm (3,78 in.) de diâmetro ou soldado num
orifício de 117 mm (4,61 in.) de diâmetro
5900S com antena cónica
Temperatura de funcionamento do tanque
Gama de medição
Gama de pressão
Material exposto à atmosfera do tanque
Dimensão da antena
Diâmetro do bocal
Ligação do tanque
Máx. +230°C (+445°F)
0,8 a 20 m (2,6 a 65 ft) abaixo da flange
Possibilidade de medir 0,5 a 30 m (1,6 a 100 ft). A precisão pode ser reduzida
–0,2 a 2 bar (–2,9 a 29 psig)
Antena: Aço à prova de ácido tipo EN 1.4436 (AISI 316)
Vedação: PTFE
O-ring: FPM (Viton)
175 mm (7 in.)
Mínimo de 200 mm (8 in.)
Padrão de furação de 8 pol. de acordo com ANSI 8 pol. classe 150/DN 200 PN 10.
A flange pode ser horizontal ou inclinada 4° para montagem junto à parede do tanque.
(Estão disponíveis outras flanges mediante pedido)
5900S com antena vectorial para tubo tranquilizador
Temperatura de funcionamento do tanque
Gama de medição
Gama de pressão
Material exposto à atmosfera do tanque
Dimensões do tubo tranquilizador
Ligação do tanque
Anexo A. Dados de referência
–40 a 120°C (–40 a 248°F)
0,8 a 30 m (2,6 a 100 ft) abaixo da flange
Possibilidade de medir 0,5 a 40 m (1,6 a 130 ft). A precisão pode ser reduzida
Para uma gama de medição superior, contacte o representante da Rosemount Tank
Gauging
–0,2 a 2 bar (–2,9 a 29 psig) a 20°C
Antena: Sulfureto de polifenileno (PPS)
Vedação: PTFE
O-ring: Fluorosilicone
Flange: Aço à prova de ácido EN 1.4404 (AISI 316L)
5, 6, 8, 10 ou 12 pol.
Padrão de furação de 8 pol. de acordo com ANSI 8 pol. classe 150/DN 200 PN 10
A-3
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
5900S com antena GPL/GNL
Temperatura de funcionamento na válvula
de esfera
Temperatura de funcionamento no tanque
Gama de medição
Gama de pressão
Sensor de pressão (opção)
Material exposto à atmosfera do tanque
Compatibilidade da dimensão do tubo
tranquilizador
Tamanho e classificação da flange
–55 a 90°C (–67 a 194°F)
–170 a 90°C (–274 a 194°F)
0,8 m a 30 m (2,6 a 100 ft) abaixo da flange
Possibilidade de medir 0,5 a 60 m (1,6 a 200 ft). A precisão pode ser reduzida
Para uma gama de medição superior, contacte o representante da Rosemount Tank
Gauging
–1 a 25 bar (–14,5 a 365 psig). Com válvula de esfera, máximo de 20 bar (300 psi).
Nota! As flanges podem ter uma classificação de pressão superior a 25 bar, mas a
pressão máxima do tanque continua a ser 25 bar
Rosemount 2051. Disponível com diferentes certificações para locais perigosos.
Para obter mais informações, consulte a Folha de dados do produto 2051
(documento número 00813-0100-4101)
Antena: Aço à prova de ácido tipo EN 1.4436 (AISI 316)
Vedação: Quartzo e PTFE
Escolha de antena para tubos tranquilizadores com as dimensões de 4 pol. sch. 10,
4 pol. sch 40 ou 100 mm (99 mm de diâmetro interno)
4 pol. 10 bar/150 psi ou 20 bar/300 psi
6 pol. 10 bar/150 psi ou 20 bar/300 psi
8 pol. 10 bar/150 psi ou 20 bar/300 psi
(1) A precisão do instrumento insere-se nas condições de referência. As condições de referência são: Medição realizada na bancada de teste da
Rosemount Tank Radar AB em Göteborg, Suécia. A bancada de teste é calibrada, no mínimo, anualmente por um laboratório reconhecido (SP, Instituto
de Investigação Técnica da Suécia). A faixa de medição estende-se até 30 m (98 ft). Temperatura e humidade aproximadamente constantes durante os
testes. A incerteza total na bancada de teste é inferior a 0,15 mm (0,006 in.).
(2) Pode ocorrer alguma degradação da precisão na unidade secundária.
A-4
Anexo A. Dados de referência
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
A.2 ESQUEMAS
DIMENSIONAIS
Figura A-1. Dimensões do
Rosemount 5900S com
antena cónica
226 mm
244 mm
350 mm
332 mm
177 mm
Diâmetro
de 177 mm
Flange inclinada 4º
Anexo A. Dados de referência
A-5
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Figura A-2. Dimensões do
Rosemount 5900S com
antena parabólica
297 mm
170 mm
244 mm
177 mm
226 mm
Diâmetro de 440 mm
A-6
Anexo A. Dados de referência
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Figura A-3. Dimensões do
Rosemount 5900S com
antena vectorial para tubo
tranquilizador
177 mm
306 mm
244 mm
226 mm
B
D
Quadro A-1. Tamanhos
disponíveis para a
antena vectorial para
tubo tranquilizador
Anexo A. Dados de referência
Diâmetro da antena (D)
5 pol./DN125 (diâmetro de 120 mm)
6 pol./DN150 (diâmetro de 145 mm)
8 pol./DN150 (diâmetro de 189 mm)
10 pol./DN150 (diâmetro de 243 mm)
12 pol./DN150 (diâmetro de 293 mm)
B (mm)
56
59
65
73
79
A-7
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Figura A-4. Dimensões do
Rosemount 5900S com antena
para tubo tranquilizador de
GPL/GNL
177 mm
490 mm
244 mm
226 mm
B
D
Quadro A-2. Tamanhos
disponíveis para a antena para
tubo tranquilizador de GPL/GNL
A-8
Diâmetro da antena (D)
4 pol. Sch10 (diâmetro de 107 mm)
4 pol. Sch40 (diâmetro de 101 mm)
DN100 (diâmetro de 99 mm)
B (mm)
752
534
502
Anexo A. Dados de referência
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
A.3 INFORMAÇÕES PARA ENCOMENDA
A.3.1
Cabeça do transmissor (TH)
Modelo (pos. 1)
Descrição do produto
5900S
Medidor de nível de radar
Código (pos. 2)
Classe de desempenho
P
Premium: ±0,5 mm (0,020 in.) de precisão do instrumento
Código (pos. 3)
Certificação de segurança (SIS)(1)
Nota
3
Certificação SIL3 de acordo com IEC 61508(2)
Requer Rosemount 2410 com saída do relé (SIS/SIL),
código 3
2
Certificação SIL2 de acordo com IEC 61508
• Alarme se um dos medidores estiver no modo de
alarme
• Requer Rosemount 2410 com saída do relé (SIS/SIL),
código 2
F
Nenhum. Pronto para actualização da certificação de
segurança (SIS)
0
Nenhum
Código (pos. 4)
Redundância
Nota
2
2 em 1; sistema electrónico independente do medidor de
nível de radar
A unidade secundária do medidor de nível de radar tem
uma precisão do instrumento de ± 3 mm (0,12 in.)
F
Nenhum. Pronto para actualização para 2 em 1
1
Nenhum. Sistema electrónico do medidor de nível de radar
simples
Código (pos. 5)
Tankbus: alimentação e comunicação
F
Fieldbus FOUNDATION™ de 2 fios alimentado (IEC 61158)
Código (pos. 6)
Certificação para locais perigosos
I1
Segurança intrínseca segundo a directiva ATEX
I5
Segurança intrínseca segundo FM-EUA
I6
Segurança intrínseca segundo FM-Canadá
Nota
Nota
Nota
Nota
I7
Segurança intrínseca segundo IECEx
KA
Segurança intrínseca segundo ATEX + segurança intrínseca
segundo FM-EUA(3)
KC
Segurança intrínseca segundo ATEX + segurança intrínseca
segundo IECEx(3)
KD
Segurança intrínseca segundo FM-EUA + segurança
intrínseca segundo FM-Canadá(3)
NA
Nenhum
Código (pos. 7)
Aprovação do tipo de transferência fiscal
Nota
R
Certificação de desempenho OIML R85 E
Requer o Tank Hub Rosemount 2410 com aprovação
para transferência fiscal OIML R85 E
0
Nenhum
Código (pos. 8)
Método de medição de radar
1
Tecnologia de radar FMCW 10 GHz
2
Tecnologia de radar FMCW 10 GHz para o mercado dos EUA
Código (pos. 9)
Caixa
Nota
A
Invólucro padrão
Alumínio revestido a poliuretano. IP 66/67
Anexo A. Dados de referência
Nota
A-9
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Código (pos. 10)
Ligações de cabo/conduta
Nota
1
½ - 14 NPT
Rosca fêmea. 1 bujão incluído
2
Adaptadores M20 x 1.5
Rosca fêmea. 2 adaptadores e 1 bujão incluídos
G
Bucins de cabos em metal (½-14 NPT)
Temperatura mín. –20˚C (–4˚F). Aprovação
ATEX/IECEx Exe. 2 bucins e 1 bujão incluídos
E
Conector macho Eurofast
1 bujão incluído
M
Conector macho Minifast
1 bujão incluído
(1) Disponível em Março de 2011.
(2) Requer “redundância” do código 2 na pos. 4 (2 em 1).
(3) Não disponível com antena GPL/GNL.
A.3.2
Antena parabólica
Código (pos. 11)
Antena
1P
Antena parabólica
Código (pos. 12)
Tamanho da antena
F
20 pol./DN 500, diâmetro=440 mm (17,3 in.)
Nota
Nota
Código (pos. 13)
Material da antena
S
Aço inoxidável (tipo de material correspondente a AISI 316/316L e EN 1.4401 /1.4404)
Código (pos. 14)
Vedação do tanque
PF
PTFE com O-ring em fluoropolímero FEP
Nota
Nota
Código (pos. 15)
Ligação do tanque
Nota
WE
Instalação soldada
Flange não incluída
CL
Instalação grampeada/roscada
Flange não incluída
Código (pos. 16)
Especial
Nota
0
Nenhum
A.3.3
Antena cónica
Código (pos. 11)
Antena
1H
Antena cónica
Código (pos. 12)
Tamanho da antena
8
8 pol./DN 200, diâmetro=175 mm (6,9 in.)
Nota
Nota
Código (pos. 13)
Material da antena
S
Aço inoxidável (tipo de material correspondente a AISI 316/316L e EN 1.4401 /1.4404)
Nota
Código (pos. 14)
Vedação do tanque
PV
PTFE com anel em O de fluoroelastómero Viton
Código (pos. 15)
Ligação do tanque
Nota
Nota
Flanges ANSI (SST AISI 316/316 L)
8A
8 pol. classe 150
8Z
8 pol. classe 150, inclinação de 4°
Flanges EN (SST EN 1.4401/1.4404)
LA
DN 200/PN 10
LZ
DN 200/PN 10, inclinação de 4°
Código (pos. 16)
Especial
0
Nenhum
A-10
Nota
Anexo A. Dados de referência
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
A.3.4
Série 5900S da Rosemount
Antena vectorial para tubo tranquilizador
Código (pos. 11)
Antena
1A
Antena vectorial para tubo tranquilizador
Código (pos. 12)
Tamanho da antena
5
5 pol./DN 125, diâmetro=120 mm (4,7 in.)
6
6 pol./DN 150, diâmetro=145 mm (5,7 in.)
8
8 pol./DN 200, diâmetro=189 mm (7,4 in.)
A
10 pol./DN 250, diâmetro=243 mm (9,8 in.)
B
12 pol./DN 300, diâmetro=293 mm (11,8 in.)
Código (pos. 13)
Material da antena
S
Aço inoxidável (AISI 316L/EN 1.4404) e PPS (sulfureto de polifenileno)
Código (pos. 14)
Vedação do tanque
FF
Instalação de flange fixa com O-ring em fluorosilicone
HH
Instalação de portinhola integrada com O-ring em fluorosilicone
Código (pos. 15)
Ligação do tanque
Nota
Nota
Nota
Nota
Nota
Flanges ANSI (SST AISI 316 L)
5A
5 pol. classe 150
6A
6 pol. classe 150
8A
8 pol. classe 150
AA
10 pol. classe 150
BA
12 pol. classe 150
Flanges EN (SST EN 1.4404)
KA
DN 150 PN 16
LA
DN 200 PN 10
MB
DN 250 PN 16
Código (pos. 16)
Especial
0
Nenhum
C
Flange grampeada em aço galvanizado (para tubos tranquilizadores
sem flange)
Anexo A. Dados de referência
Nota
Do mesmo tamanho que a ligação do tanque
A-11
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
A.3.5
Antena GPL/GNL
Código (pos. 11)
Antena
Nota
G1
Antena para tubo tranquilizador de GNL
Incluindo válvula de esfera integrada
G2
Antena para tubo tranquilizador de GPL
Incluindo válvula de esfera integrada e
transmissor de pressão
Nota
Código (pos. 12)
Tamanho da antena
A
4 pol. plano 10, diâmetro=107 mm (4,2 in.)
B
4 pol. Plano 40, diâmetro=101 mm (4,0 in.)
D
DN 100, diâmetro=99 mm (3,9 in.)
Código (pos. 13)
Material da antena
S
Aço inoxidável (tipo de material correspondente a AISI 316/316L e EN 1.4401 /1.4404)
Código (pos. 14)
Vedação do tanque
QA
Vedação de quartzo
Código (pos. 15)
Ligação do tanque
Nota
Nota
Nota
Flanges ANSI (SST AISI 316L)
4A
4 pol. classe 150
4B
4 pol. classe 300
6A
6 pol. classe 150
6B
6 pol. classe 300
8A
8 pol. classe 150
8B
8 pol. classe 300
Código (pos. 16)
Especial
Nota
V
Kit de verificação de medição
Inclui um pino de verificação e um kit de
deflector da extremidade do tubo
A.3.6
Opções do medidor de nível de radar 5900S
Código
Opções – nenhuma ou várias selecções possíveis.
Especificação pela ordem apresentada abaixo
QT
Certificação IEC 61508 e dados FMEDA(1)
Q4
Certificado de calibração
S4
Certificação de calibração testemunhada
Q8
Certificação de rastreabilidade do material da antena em
conformidade com a EN 10204 3.1(2)
ST
Placa de etiqueta gravada de aço inoxidável
P1
Teste de pressão hidrostática da antena
Nota
Certificação de calibração testemunhada
pelo instituto de metrologia certificado e
independente seleccionado pela fábrica
(1) Requer “certificação de segurança (SIS)” do código 2 ou 3 na pos.3 (SIL3 ou SIL2).
(2) A certificação inclui todas as peças húmidas de retenção da pressão.
Exemplo de código do modelo, Rosemount 5900S com antena vectorial
para tubo tranquilizador
5900S - P 3 2 F I1 R 1 A 1 - 1A 8 S HH 8A 0 - QT Q4
A-12
Anexo A. Dados de referência
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Anexo
Série 5900S da Rosemount
B
Certificações do produto
B.1
B.2
B.3
B.4
B.1 MENSAGENS DE
SEGURANÇA
Mensagens de segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página B-1
Conformidade com a UE . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página B-2
Certificações para locais perigosos . . . . . . . . . . . . página B-3
Esquemas de aprovação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . página B-7
Os procedimentos e as instruções constantes desta secção podem exigir
precauções especiais para garantir a segurança dos profissionais que
efectuam as operações. As informações que constituam potenciais
problemas de segurança estão assinaladas com um símbolo de advertência
( ). Consulte as mensagens de segurança que se seguem antes de
efectuar uma operação assinalada com este símbolo.
ADVERTÊNCIA
Explosões podem causar morte ou ferimentos graves:
Certifique-se de que o ambiente de utilização do transmissor cumpre as devidas
certificações relativas a locais de perigo.
Antes de ligar um comunicador num ambiente onde existe o risco de explosão,
certifique-se de que os instrumentos no circuito são instalados de acordo com as práticas
intrinsecamente seguras ou práticas de ligações eléctricas no campo à prova de incêndio.
Não retire a tampa do transmissor em atmosferas explosivas enquanto o circuito estiver
activo.
ADVERTÊNCIA
Se estas instruções de instalação segura e de manutenção não forem observadas,
poderão ocorrer ferimentos graves ou morte:
Certifique-se de que o transmissor é instalado por pessoal qualificado e em conformidade
com o código de conduta aplicável.
Utilize o equipamento apenas como é especificado neste manual. A não observância desta
advertência poderá comprometer a segurança fornecida pelo equipamento.
As reparações e as manutenções indicadas neste manual devem ser realizadas apenas por
pessoal qualificado.
Qualquer substituição de peças por peças sobresselentes não reconhecidas pode
comprometer a segurança. A reparação, nomeadamente, a substituição de componentes,
etc., poderá também comprometer a segurança, não sendo por isso permitida em qualquer
circunstância.
Para evitar a ignição em atmosferas inflamáveis ou combustíveis, desligue a alimentação
antes de proceder a qualquer tipo de manutenção.
www.rosemount-tg.com
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
ADVERTÊNCIA
Os condutores poderão conter alta tensão que poderá resultar em choques
eléctricos:
Evite o contacto com os condutores e terminais.
Quando estiver a ligar os fios do transmissor, certifique-se de que a alimentação principal
para o transmissor de radar está desligada e de que as linhas para qualquer outra fonte de
alimentação externa estão desligadas.
As antenas com superfícies não condutoras podem, sob determinadas condições
extremas, gerar um nível de carga electrostática capaz de causar ignição. Por isso, quando
a antena é usada numa atmosfera potencialmente explosiva, devem ser tomadas as
devidas medidas para prevenir uma descarga electrostática.
B.2 CONFORMIDADE
COM A UE
B-2
A declaração de conformidade CE para todas as directivas europeias
aplicáveis a este produto encontra-se no website da Rosemount Tank
Gauging www.rosemount-tg.com. Para obter uma cópia impressa, contacte
o nosso representante de vendas local.
Anexo B. Certificações do produto
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
B.3 CERTIFICAÇÕES
PARA LOCAIS
PERIGOSOS
Os medidores de nível da série 5900S da Rosemount com as etiquetas que
se seguem foram certificados como estando em conformidade com os
requisitos das agências de aprovação indicadas.
B.3.1 Certificações da
Factory Mutual EUA
Certificação de conformidade: 3035466.
Figura B-1. Etiqueta de
certificação de segurança
intrínseca da Factory Mutual
EUA
I5
Dispositivo de campo FISCO
Intrinsecamente seguro para ser utilizado com a classe I, divisão 1,
grupos A, B, C e D
Para cada canal: Ui=17,5 V, Ii=380 mA, Pi=5,32 W, Ci=1,1 nF, Li=1,5 µH
Entidade
Intrinsecamente seguro para ser utilizado com a classe I, divisão 1,
grupos A, B, C e D
Para cada canal: Ui=30 V, Ii=300 mA, Pi=1,3 W, Ci=1,1 nF, Li=1,5 µH
À prova de pós inflamáveis para classe II/III, divisão 1, grupos E, F e G.
Código de temperatura T4
Instalação de acordo com o esquema de controlo 9240040-917
Limites de temperatura ambiente: –50°C a +80°C
Condições especiais de utilização
1. As antenas vectoriais e parabólicas com superfícies em plástico e a
superfície da caixa pintada podem, sob determinadas condições
extremas, gerar um nível de carga electrostática capaz de causar
ignição. Devem ser tomadas as medidas adequadas para prevenir
descargas electrostáticas.
Anexo B. Certificações do produto
B-3
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
B.3.2 Certificações da
Factory Mutual Canadá
Figura B-2. Etiqueta de
certificação de segurança
intrínseca da Factory Mutual
Canadá
Certificação de conformidade: 3035466C.
I6
Dispositivo de campo FISCO
Intrinsecamente seguro para ser utilizado com a classe I, divisão 1,
grupos A, B, C e D
Para cada canal: Ui=17,5 V, Ii=380 mA, Pi=5,32 W, Ci=1,1 nF, Li=1,5 µH
Entidade
Intrinsecamente seguro para ser utilizado com a classe I, divisão 1,
grupos A, B, C e D
Para cada canal: Ui=30 V, Ii=300 mA, Pi=1,3 W, Ci=1,1 nF, Li=1,5 µH
À prova de pós inflamáveis para classe II/III, divisão 1, grupos E, F e G.
Código de temperatura T4
Instalação de acordo com o esquema de controlo 9240040-917
Limites de temperatura ambiente: –50°C a +80°C
B-4
Anexo B. Certificações do produto
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
B.3.3 Informações
sobre a Directiva ATEX
Europeia
O medidor de nível da série 5900S da Rosemount com a etiqueta que se
segue foi certificado como estando em conformidade com a Directiva 94/9/CE
do Parlamento e do Conselho Europeu conforme publicado no Jornal Oficial
das Comunidades Europeias n.º L 100/1 do dia 19 de Abril de 1994.
Figura B-3. Etiqueta de
certificação de segurança
intrínseca ATEX
I1
As informações que se seguem são fornecidas como parte da etiqueta
do transmissor:
•
Nome e endereço do fabricante (Rosemount)
•
Marca de conformidade CE
•
Número de modelo
•
Número de série do dispositivo
•
Ano de fabrico
•
Certificado de exame de tipo CE ATEX número FM 09ATEX0057X
•
Instalação de acordo com o esquema de controlo 9240040-917
Dispositivo de campo FISCO
•
Ex ia IIC T4 (–50°C <Ta< +80°C)
•
Para cada canal: Ui=17,5 V, Ii=380 mA, Pi=5,32 W, Ci=1,1 nF, Li=1,5 µH
Entidade
•
Ex ia IIC T4 (–50°C <Ta< +80°C)
•
Para cada canal: Ui=30 V, Ii=300 mA, Pi=1,3 W, Ci=1,1 nF, Li=1,5 µH
Condições especiais para utilização segura (X)
1. A caixa contém alumínio e considera-se que apresenta um risco
potencial de ignição por impacto ou fricção. É necessário ter cuidado
durante a instalação e a utilização para impedir o impacto ou a fricção.
2. As antenas vectoriais e parabólicas com superfícies em plástico e a
superfície pintada da caixa podem, sob determinadas condições
extremas, gerar um nível de carga electrostática capaz de causar
ignição para aplicações IIC. Por isso, quando estas antenas forem
usadas na categoria 1G, grupo IIC, devem ser tomadas as devidas
medidas para prevenir uma descarga electrostática.
Anexo B. Certificações do produto
B-5
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
B.3.4
Certificação IECEx
Figura B-4. Etiqueta de
certificação de segurança
intrínseca IECEx
I7
As informações que se seguem são fornecidas como parte da etiqueta
do transmissor:
•
Nome e endereço do fabricante (Rosemount)
•
Número de modelo
•
Número de série do dispositivo
•
Certificação de conformidade IECEx número IECEx FMG 09.0009X
•
Instalação de acordo com o esquema de controlo 9240040-917
Dispositivo de campo FISCO
•
Ex ia IIC T4 Ga/Gb (–50°C<Ta<+80°C)
•
Para cada canal: Ui=17,5 V, Ii=380 mA, Pi=5,32 W, Ci=1,1 nF, Li=1,5 µH
Entidade
•
Ex ia IIC T4 Ga (–50°C<Ta<+80°C)
•
Para cada canal: Ui=30 V, Ii=300 mA, Pi=1,3 W, Ci=1,1 nF, Li=1,5 µH
Condições de certificação especiais (X):
1. A caixa contém alumínio e considera-se que apresenta um risco
potencial de ignição por impacto ou fricção. É necessário ter cuidado
durante a instalação e a utilização para impedir o impacto ou a fricção.
2. As antenas vectoriais e parabólicas com superfícies em plástico e a
superfície pintada da caixa podem, sob determinadas condições
extremas, gerar um nível de carga electrostática capaz de causar
ignição para aplicações IIC. Por isso, quando estas antenas forem
usadas na categoria EPL Ga, Grupo IIC, devem ser tomadas as devidas
medidas para prevenir uma descarga electrostática.
B-6
Anexo B. Certificações do produto
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
B.4 ESQUEMAS DE
APROVAÇÃO
Série 5900S da Rosemount
Siga as instruções de instalação apresentadas nos esquemas de controlo
do sistema da Factory Mutual para manter os valores certificados para os
dispositivos instalados.
O esquema que se segue é incluído na documentação para o medidor de
nível de radar Rosemount 5900S:
Esquema de controlo do sistema 9240040-917 para instalação em locais
perigosos de aparelhos intrinsecamente seguros com certificação FM ATEX,
FM IECEx, FM-US e FM-C.
Consulte o CD-ROM de “Manuais e esquemas” fornecido com o medidor
de nível de radar 5900S para obter cópias electrónicas dos esquemas de
controlo do sistema.
Os esquemas também estão disponíveis no website da Rosemount Tank
Gauging: www.rosemount-tg.com.
Anexo B. Certificações do produto
B-7
Manual de referência
Série 5900S da Rosemount
B-8
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Anexo B. Certificações do produto
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Índice Remissivo
Numerics
C
E
2410 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2-5
Cabos externos . . . . . . . . . . . . . . . 1-2
Calibrar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-27
Campo Measured Position
(Posição medida) . . . . . . . . . . . . 4-25
Carregar a base de dados . . . . . . 6-6
Certificações do produto . . . . . . . . B-1
Close Distance (Distância curta) . 4-15
Configuração . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-2
Configuração GPL
Calibrar . . . . . . . . . . . . . . . . 4-22
configurar pinos . . . . . . . . . . 4-23
Distância de calibração . . . . 4-22
método de correcção . . . . . . 4-26
pinos de referência . . . . . . . 4-23
Vapor Pressure Source
(Alimentação de pressão
de vapor) . . . . . . . . . . . 4-19
Vapor Temperature (Temperatura
do vapor) . . . . . . . . . . . 4-19
verificar . . . . . . . . . . . . . . . . 4-25
Configurar pinos de referência . . 4-23
Configurar registos de diagnóstico 6-7
Cópia de segurança da base de dados
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-5
Curva Tank Echo
(Eco do depósito) . . . . . . . . . . . . . 4-8
Echo Timeout
(Temporização de eco) . . . . . . . . 4-14
Empty Tank Handling (Manuseamento
do tanque vazio) . . . . . . . . . . . . . . 4-9
alarme de nível . . . . . . . . . . . 4-9
Espaço livre
Antena cónica . . . . . . . . . . . . 3-5
Antena GPL/GNL . . . . . . . . . 3-17
Antena vectorial para tubo
tranquilizador . . . . . . . . 3-12
Extra Echo
Max Distance (Distância máx.
do eco extra) . . . . . . . . . 4-10
Min Amplitude (Amplitude mín.
do eco extra) . . . . . . . . . 4-10
Min Distance (Distância mín.
do eco extra) . . . . . . . . . 4-10
Extra Echo Detection
(Detecção de eco extra) . . . . . . . 4-10
A
Adaptive Filter (Filtro adaptativo) 4-17
Advanced Parameter Source
(Parâmetros avançados de
alimentação) . . . . . . . . . . . . . . . . 4-19
Advertências . . . . . . . . . . . . . . . . 6-19
Alimentador da antena . . . 3-24, 3-30
Altura de referência do tanque (R) 4-6
Altura do bocal . . . . . . . . . . . . . . . 3-8
Always Track First Echo (Detectar
sempre o primeiro eco) . . . . . . . . 4-14
Ambiente . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-13
Antena parabólica
espaço livre . . . . . . . . . . . . . . 3-9
requisitos da flange . . . . . . . . 3-6
requisitos de inclinação . . . . . 3-7
Antena vectoria . . . . . . . . . . . . . . 3-10
Antena vectorial para tubo
tranquilizador . . . . . . . . . . . 2-7, 3-10
Área de detecção de
tanque vazio . . . . . . . . . . . . 4-9, 4-12
Área de ranhuras . . . . . . . . . . . . .3-11
Asfalto . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2-7, 3-6
ATEX . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B-5
B
Base de dados predefinida . . . . . 6-13
Betume . . . . . . . . . . . . . . . . . 2-7, 3-6
Botão Calibration Data
(Dados de calibração). . . . . . . . . 4-29
Botão Config Pins (Pinos config.) 4-23
Botão Correction
(Correcção) . . . . . . . . . . . . 4-21, 4-26
Botão Log Setup
(Configurar registo) . . . . . . . . . . . . 6-7
Botão Verify Pins (Verificar pinos) 4-25
Bottom Echo Visible if Tank is Empty
(Eco inferior visível se o tanque
estiver vazio) . . . . . . . . . . . . . . . 4-12
Bucins . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-41
www.rosemount-tg.com
D
Dados de calibração . . . . . . . . . . 4-29
Diâmetro do tubo . . . . . . . . . . . . . 4-7
Diâmetro interno
Tubo tranquilizador . . . . . . . 3-10
Diâmetro interno do tubo . 3-10, 4-27
Diâmetro interno do
tubo tranquilizador . . . . . . . . . . . 3-10
Distance Filter Factor
(Factor de filtro de distância) . . . 4-16
Distância C . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-6
Distância de calibração
. . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-7, 4-27, 4-31
Distância de nível mínima (C) . . . . 4-6
Distância de referência
do medidor (G) . . . . . . . . . . . . . . . 4-6
Distância de supressão . . . . . 4-5, 4-6
Distâncias do depósito
Altura de referência
do tanque (R) . . . . . . . . . 4-6
Distância de nível mínima (C) 4-6
F
Factor de correcção . . . . . . . . . . 4-27
FCU . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2-5
Feixe de radar
Medidor de antena cónica . . . 3-4
Medidor de antena
parabólica . . . . . . . . 3-8, 3-9
Ficheiro de cópia de segurança . . 6-4
ficheiros ini . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-9
Filter Factor (Factor de filtro) . . . . 4-16
Filter Setting (Definição do filtro) . 4-16
Filtro Least Square
(Mínimo quadrado) . . . . . . . . . . . 4-17
Fita de verificação manual . . . . . 4-27
Flange esférica . . . . . . . . . . . . . . . 3-6
Foam (Espuma) . . . . . . . . . . . . . 4-13
Função Calibration (Calibração) . 4-27
Funções de relé . . . . . . . . . . . . . . 2-5
G
Guardar a base de dados
num ficheiro . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-4
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
N
I
Inclinação . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-28
antena parabólica . . . . . . . . . 3-6
Iniciar programação . . . . . . . . . . . 6-9
Interruptor de protecção
contra escrita . . . . . . . . . . . . . . . . 6-11
J
Janela Empty Tank Handling
(Manuseamento do tanque vazio) . 4-9
Janela LPG Correction
(Correcção GPL) . . . . . . . . . . . . . 4-26
Janela LPG Setup
(Configuração GPL) . . . . . . . . . . 4-21
Janela Tank Scan
(Análise do depósito) . . . . . . . . . . 4-8
Janela Write Protect
(Protecção contra escrita). . . . . . 6-10
Jump Filter (Filtro de salto) . . . . . 4-17
L
Least Square (Mínimo quadrado)
Lista actual . . . . . . . . . . . . . . . . .
Lista actual de dispositivos . . . . .
LPG Setup (Configuração GPL) .
4-17
6-14
6-14
4-21
M
Marca CE . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1-2
Medições GPL . . . . . . . . . . . . . . . 4-18
Medidor de antena cónica
cabeça do transmissor . . . . . 3-20
feixe de radar . . . . . . . . . . . . . 3-4
flanges . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-5
Medidor de antena parabólica
inclinação . . . . . . . . . . . 3-6, 3-28
Medidor de nível de radar 5900S . 2-5
Medidor de tubo tranquilizador
diâmetro do tubo . . . . . . . . . 3-10
Instalação recomendada . . . 3-11
Requisitos da flange . . . . . . 3-11
Medidor GPL/GNL
calibração . . . . . . . . . . . . . . . 3-15
Pino de verificação . . . . . . . . 3-13
tubo de extensão . . . . . . . . . 3-18
Tubo tranquilizador . . . . . . . 3-13
Métodos de correcção . . . . . . . . . 4-26
Métodos de correcção GPL . . . . 4-26
Modo de radar de perda reduzida . 2-7
Índice Remissivo-2
Nível de zero . . . . . . . . . . . . . 4-5, 4-6
O
O alarme de nível não
está definido . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-9
Obstáculos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-4
Opção Program (Programar) . . . . . 6-8
P
Pino de verificação
. . . . . . . . . . . . 3-13, 3-15, 4-18, 4-24
valor limite . . . . . . . . . . . . . . 4-24
Pinos de referência . 4-24, 3-37, 4-23
Placa de deflexão . . . . . . . . . . . . 3-15
Placa de referência de verificação 4-6
Planeamento de registo . . . . 6-7, 6-12
Plano do tubo . . . . . . . . . . . . . . . 3-10
Ponto de referência de verificação 4-6
Ponto de referência do depósito . . 4-6
Ponto de referência
do medidor . . . . . . . . . . . . . . . 4-5, 4-6
Portinhola de verificação manual 4-28
Predefinidos . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-3
Product Dielectric Range
(Gama dieléctrica do produto) . . . 4-13
R
Radar de onda guiada 5300 . . . . . 2-6
Rapid Level Changes
(Mudanças de nível rápidas) . . . . 4-13
Recuperar a base de dados de
segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-6
Referência zero . . . . . . . . . . . . . . . 4-5
Reflector parabólico . . . . . . . . . . . 3-24
Registo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-12
Registos de diagnóstico . . . . . . . . 6-7
Registos introduzidos . . . . . . . . . . 6-2
Registos mantidos . . . . . . . . . . . . . 6-2
Visualizar . . . . . . . . . . . . . . . . 6-2
Relés . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2-5
Requisitos de inclinação . . . . . . . . 3-7
Requisitos do bocal . . . . . . . . . . . . 3-8
Requisitos do tubo tranquilizador 3-10
S
Search Speed
(Velocidade de procura) . . . . . . . . 4-15
Símbolo FM . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1-2
Símbolos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1-2
Slow Search (Procura lenta) . . . . 4-15
Surface Echo Tracking (Detecção
de eco emitido pela superfície) . . 4-14
T
Tank Hub 2410 . . . . . . . . . . . . . . . 2-5
Tank Scan (Análise do depósito) . . 4-8
Tank Shape (Forma do depósito) 4-13
TankMaster . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2-5
TankMaster WinSetup . . . . . . . . . . 4-2
Tanque vazio . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-9
Transmissor de nível de
radar 5400 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2-6
Transmissor de temperatura 644 . 4-20
Tubo de extensão . . . . . . . . . . . . 3-18
Tubo tranquilizador . . . . . . . . . . . 3-13
área de ranhuras . . . . . . . . . 3-11
Medidor GPL/GNL . . . . . . . . 3-13
Turbulent Surface
(Superfície turbulenta) . . . . . . . . . 4-13
U
Unidade de comunicação
de campo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2-5
Unidade de comunicação
de campo 2160 . . . . . . . . . . . . . . . 2-5
V
Vapor Pressure Source (Alimentação
de pressão de vapor) . . . . . . . . . . 4-19
Vapor Temperature
(Temperatura do vapor) . . . . . . . . 4-19
Ver registos de diagnóstico . . . . . . 6-7
Ver registos introduzidos
e registos mantidos
predefinidos . . . . . . . . . . . . . . 6-3
Verificação manual . . . . . . . . . . . 4-27
W
WinOpi . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2-5
WinSetup . . . . . . . . . . . . . . . . 2-5, 4-2
Manual de referência
300520PE, Rev. AA
Dezembro de 2010
Série 5900S da Rosemount
Rosemount e o logótipo da Rosemount são marcas comerciais da Rosemount Inc.
HART é uma marca comercial da HART Communication Foundation.
PlantWeb é uma marca comercial de uma das empresas do grupo Emerson Process Management.
AMS Suite é uma marca comercial da Emerson Process Management.
FOUNDATION é uma marca comercial da Fieldbus Foundation.
VITON e Kalrez são marcas comerciais da DuPont Performance Elastomers.
Hastelloy é uma marca comercial da Haynes International.
Monel é uma marca comercial da International Nickel Co.
Todas as outras marcas são propriedades dos respectivos proprietários.
Emerson Process Management
Rosemount Tank Gauging
Box 130 45
SE-402 51 Göteborg
SUÉCIA
Tel. (internacional): +46 31 337 00 00
Fax (internacional): +46 31 25 30 22
E-mail: sales.rtg@emerson.com
www.rosemount-tg.com
Emerson Process Management, Lda.
Edifício Eça de Queiroz
Rua General Ferreira Martins 8 - 10ºB
Miraflores
1495-137 Algés
Portugal
Tel.: + (351) 214 134 610
Fax: + (351) 214 134 615
© 2010 Rosemount Tank Radar AB. Todos os direitos reservados.
Was this manual useful for you? yes no
Thank you for your participation!

* Your assessment is very important for improving the work of artificial intelligence, which forms the content of this project

Download PDF

advertising