Manual - TIP 125
Índice
Português4
1. Especificações técnicas
5
5
3. Produto
6
4. Instalação
8
5. Display
11
6. Configurações
11
6.1. Configurações de fábrica. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11
6.2. Acesso a rede . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11
6.3. Configuração de rede. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11
6.4. Interface do usuário. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12
6.5. Status. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12
6.6. Rede. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13
6.7. Conta . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16
6.8. Agenda. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25
6.9. Chamadas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 27
6.10. Segurança. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 28
6.11. Sistema. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29
6.12. Atualizações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35
6.13. Restaurar. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 37
6.14. Reiniciar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 38
6.15. Sair. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 38
6.16. Registro na placa ICIP . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 38
6.17. Operação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 40
7. Cuidados e segurança
41
7.1. Proteção e segurança de dados . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 41
7.2. Diretrizes que se aplicam aos funcionários da Intelbras. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 41
7.3. Diretrizes que controlam o tratamento de dados. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 41
7.4. Uso indevido do usuário e invasão de hackers . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 41
Termo de garantia
42
44
44
3. Producto
45
47
5. Pantalla
50
6. Configuraciones
50
80
81
82
Português
TIP 125
Terminal IP
Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras.
O TIP 125 é um telefone IP com alta qualidade de áudio, compatível com protocolo
de comunicação SIP e projetado para ser uma solução em redes VoIP (Voz sobre IP).
1. Especificações técnicas
Interface WAN
Interface LAN
Protocolo de sinalização
Codec
Fonte de alimentação
Potência de consumo máximo
Dimensões (L × C × A)
Peso
Temperatura
Umidade de operação
Umidade de armazenamento
10/100BASE-T 1 x RJ45¹
10/100BASE-T 1 x RJ45
SIP
G711, G723, G726, G729 , G722² (wideband) e iLBC
Entrada: 100 a 240 Vac 50-60 Hz
Saída: 12 V 1 A
2,5 W
150 × 150 × 45 mm
782 g
0 a 45 °C
0% a 85%
5% a 90%
¹ O TIP 125 possui suporte a PoE, este atende à norma IEEE 802.3af em sua interface WAN.
² O codec G722 (wideband) é responsável pelo HD Voice. No entanto, para conseguir usufruir da voz em alta definição, o PABX também deve
suportar este codec.
Atenção: estes aparelhos utilizam a tecnologia VoIP (voz sobre IP) e a qualidade de seu funcionamento depende das condições de
tráfego e priorização da rede à qual o produto está conectado. Em caso de anormalidades nas ligações estabelecidas, como problemas de
áudio, verifique antes a situação da rede com o provedor VoIP.
Consulte seu provedor VoIP sobre qual codec (codificador/decodificador de voz) utilizar e sobre as configurações necessárias no terminal IP para uma melhor qualidade de voz.
2. Características
»» Display LCD gráfico 128×32 pixels.
»» Suporte a codecs como o G.711, G.723, G.729, G.726, G.722 e iLBC.
»» Suporte a configuração via menu de voz, navegador web ou configuração de arquivo central através de servidor TFTP,
HTTP e HTTPS.
»» Atualização de firmware localmente.
»» Suporte a supressão de silêncio, VAD (Detecção de Atividade de Voz), CNG (Geração de Ruído de Conforto), cancelamento
de eco (G.165, G167 e G168) e PLC (Cancelamento de Perda de Pacote).
»» Atravessamento automatizado de NAT sem manipulação manual do firewall/NAT.
»» Suporte a gerenciamento e configuração remota.
5
3. Produto
1
2
3
4
5
6
9
8
7
Visão frontal
Teclas disponíveis:
1.Display.
2.Menu/Voltar: pressione esta tecla para iniciar o menu de navegação ou para voltar para a tela anterior.
3.Correio de voz¹/OK (tecla com LED sinalizador): pressione esta tecla para nagevar no menu ou acessar diretamente a interface do correio de voz.
4.Seta acima/Vol+: pressione esta tecla para navegar no menu ou ajustar o volume de áudio do monofone, headset,
viva-voz e da campainha do terminal.
5.Seta abaixo/Vol-: pressione esta tecla para navegar no menu ou ajustar o volume de áudio do monofone, headset,
viva-voz e da campainha do terminal.
6.Teclado alfanumérico: teclas do número zero (0) ao nove (9) e teclas com caracteres especiais asterisco (*) e sustenido (#).
7.Headset/speaker (tecla com LED sinalizador): permite realizar e receber chamadas através de um headset (opcional) ou através do viva-voz quando não houver headset conectado.
8.Mute (tecla com LED sinalizador): pressione esta tecla, durante a conversação, para interromper a transmissão de áudio.
9.Flash/rd: com o terminal em repouso pressione esta tecla para chamar o último número discado. Durante uma chamada, pressione essa tecla para transferi-la para outra pessoa.
¹ Verificar disponibilidade e compatibilidade com o PABX ou provedor.
6
1
2
3
4
5
Visão posterior
1.Conexão para fonte de alimentação 12 V.
2.Porta Ethernet para conexão de rede LAN.
3.Porta Ethernet para conexão de rede WAN.
4.Conexão para fone de cabeça (headset).
5.Conexão para monofone.
Padrão de sinalização dos LEDs
O terminal IP TIP 125 possui 3 teclas com LEDs de sinalização:
»» Tecla Correio de voz.
»» Tecla Mute.
»» Tecla Headset/Speaker.
Confira na tabela a seguir a sinalização do LEDs:
Tipo de sinalização
Significado
Inicialização
Sistema
Conta
Queda de rede
Atualização de firmware
Toque da campainha
Correio de voz
Falha no registro
Status
Todos os LEDs acesos, em seguida, o LED headset/speaker piscará até a completa
inicialização do terminal
Os LEDs mute, headset/speaker e correio de voz piscam sincronizadamente
Todos os LEDs piscando alternadamente
O LED correio de voz pisca na ligação entrante
O LED permance acesso enquanto houver uma mensagem de correio nova e não lida
Os LEDs mute e headset/speaker piscam alternadamente
7
4. Instalação
Prenda o suporte ao produto, conforme demonstração a seguir:
1.Posição parede:
»» Prezado cliente, este produto permite seu uso na posição parede. Quando for utilizá-lo nesta condição, o pé do produto
deve ser retirado, e deve ser acoplado ao equipamento o suporte para posição parede.
Suporte posição parede
»» Para uso na posição parede, você deve inserir o suporte na base do produto nas regiões destacadas, conforme imagem ilustrativa.
»» Ao ser acoplado o suporte parede a base do produto, também deve ser modificada a posição do suporte do monofone.
Suporte monofone
8
»» Retire o suporte monofone, e encaixe-o novamente deixando o suporte para apoio do monofone conforme destacado
na imagem ilustrativa.
2.Posição mesa:
»» Posicione o suporte sobre a parte posterior do aparelho (com o logotipo Intelbras para cima), de maneira que o fixador
central do suporte seja encaixado no terminal;
»» Empurre o suporte fazendo com que os fixadores da lateral esquerda, direita e o fixador central sejam encaixados no
terminal;
9
3.Conecte o monofone e/ou headset1, conforme imagem a seguir:
1
O headset deve ser adquirido separadamente.
A pinagem do headset para o terminal TIP 125 segue o padrão TX-, RX-, RX+ e TX+, conforme a imagem seguir:
-TX
-RX
+RX
+TX
Headset
4.Conecte a porta WAN do terminal IP ao seu equipamento de rede através de um cabo Ethernet e a fonte de alimentação
na entrada 12 Vdc2, conforme a figura a seguir:
Dispense o uso de fonte de alimentação externa caso seu terminal tenha suporte a tecnologia PoE.
2
5.O terminal também pode compartilhar a conexão com outros dispositivos de rede, como um PC. Para isso, conecte a
Porta LAN do terminal IP à interface de rede do computador, através de um cabo Ethernet.
10
5. Display
O TIP125 possui um display gráfico monocromático com resolução de 128×32 pixels. Consulte a tabela a seguir para obter
o significado de cada ícone que poderá aparecer no display:
Modo silencioso
Chamada não atendida
Atendimento automático
Bloqueio de teclas
Desvio habilitado
Sinaliza SRTP Ativo
6. Configurações
6.1. Configurações de fábrica
O produto vem de fábrica com as seguintes configurações:
»» Interface WAN (porta Internet): cliente DHCP (recebe IP da Rede).
»» Interface LAN (porta PC): modo bridge.
6.2. Acesso a rede
»» DHCP: o telefone receberá um endereço IP, máscara de rede e gateway fornecidos automaticamente por um servidor
DHCP, dispensando a necessidade de configurá-lo manualmente. Caso o telefone não receba as configurações de rede,
verifique se o telefone está configurado como DHCP.
»» IP estático: o endereço IP, máscara de rede e gateway serão configurados manualmente pelo usuário ou administrador
de rede, por meio do menu de voz.
6.3. Configuração de rede
Caso o terminal for funcionar no modo DHCP, onde ele receberá um endereço IP, máscara e gateway fornecidos automaticamente por um servidor DHCP, é dispensado a necessidade de configurá-lo manualmente. Caso o terminal IP não receba
as configurações de rede, verifique se o terminal IP está configurado como DHCP.
Configuração de rede com IP estático (fixo)
1.Pressione a tecla
;
, através das teclas direcionais
2.Selecione o item 6. Rede e pressione
3.Selecione a opção 1. WAN e pressione
4.Selecione a opção 2. IP Estático e pressione
selecione o item 3. Configuração e pressione a tecla
;
;
;
11
5.Digite os valores para cada opção através do teclado alfanumérico e pressione
para concluir a configuração;
6.O terminal deve ser reinicializado para que as alterações sejam aplicadas.
Obs.: para esclarecer dúvidas referentes a reinicialização do telefone, consulte o item 6.14. Reiniciar deste manual.
6.4. Interface do usuário
A configuração do TIP 125 é realizada através de um navegador web (Internet Explorer® 9, Mozilla Firefox® 3.0, Google®
Chrome 26).
Acesso ao menu de configuração web:
1.Primeiro, obtenha o endereço IP do TIP 125, através do status no display (ver item Verificar o status do telefone através do
aparelho). Em seguida, acesse o menu de configuração via web digitando http://IPdoTIP 125 para acesso via interface WAN;
2. Após acessar a URL, uma tela abrirá conforme a figura a seguir;
Obs.: por padrão, o nome de usuário e senha é admin.
3. Após inserir a senha correta, tem-se acesso ao menu de configuração web.
6.5. Status
A página status é exibida logo após o TIP 125 autenticá-lo. Neste menu são apresentados os status de parâmetros
importantes do sistema e das interfaces do TIP 125.
Status sistema
Exibe informações gerais do TIP 125.
Status sistema
Verificar o status do telefone através do aparelho
1.Pressione a tecla
12
selecione o item 1. Status e pressione a tecla
;
um status específico: 1. Gerais ou 2. Rede. Em seguida, pressione
para visualizar um status específico.
;
, através das teclas direcionais
2.Selecione com as teclas direcionais
3.Utilize as teclas direcionais
Status WAN
Exibe informações da conexão da interface WAN.
Status WAN
6.6. Rede
Neste menu são apresentadas as configurações de rede do TIP 125, como WAN e VLAN.
WAN
Este menu e submenus permitirão configurar os parâmetros referentes à interface WAN.
WAN
13
Nome do host
Quando se utiliza determinado tipo de acesso à internet a cabo, o provedor pode solicitar o nome do host e nome
do domínio como forma de identificação. Verifique com seu servidor de Internet se este serviço está configurado.
Na maioria dos casos, pode-se atribuir apenas um nome para a identificação do dispositivo na rede ou simplesmente
deixá-lo em branco.
Velocidade de acesso ao meio físico
É possível configurar como será o acesso do TIP 125 ao meio físico na interface WAN. Os valores podem ser negociação
automática (padrão), 10 MB full duplex, 10 MB half duplex, 100 MB full duplex e 100 MB half duplex.
MAC
Esta página permite configurar o endereço Ethernet/MAC para ser usado na interface WAN. Isto é tipicamente útil, pois
alguns provedores de internet só permitem a autenticação com o endereço MAC previamente especificado, ou em outros
casos deve-se utilizar o mesmo endereço MAC do computador que estava autenticado no provedor de internet.
Configurações de rede
Existem duas formas de configurar o acesso à internet no seu TIP 125:
»» Dinâmica
Se o modo Obter endereço IP automaticamente for selecionado, as informações de endereço IP, máscara de rede, IP do
gateway e IP do servidor DNS serão fornecidas pelo primeiro dispositivo de rede que implemente um servidor DHCP.
Esse equipamento pode ser um modem, roteador, switch ou um computador/servidor conectado na rede.
Configurando endereço IP dinâmico através do aparelho
1.Pressione a tecla
;
, através das teclas direcionais
2.Selecione o item 6. Rede e pressione
selecione o item 3. Configuração e pressione a tecla
;
3.Selecione a opção 1. WAN e pressione
;
4.Selecione a opção 1. DHCP e pressione
para concluir a configuração;
5.O terminal deve ser reinicializado para que as alterações sejam aplicadas.
Obs.: » Se o usuário realizar alguma alteração através do navegador web e em seguida clicar em Salvar, os novos valores não serão aplicados imediatamente. Neste caso, uma mensagem irá aparecer na tela, solicitando a reiniciação do equipamento.
»» Para esclarecer dúvidas referentes a reinicialização do telefone, consulte o item 6.14. Reiniciar deste manual.
»» Estática
Se o modo Endereço IP estático estiver selecionado, então será necessário preencher os campos endereço IP, máscara de
rede, gateway e servidor DNS primário de acordo com os especificados pelo provedor.
»» Endereço IP: o endereço IP pode ser considerado como um conjunto de números que representa o local de um
determinado equipamento em uma rede privada ou pública. Esse campo deve ser preenchido com o endereço IP da
porta WAN.
»» Máscara de rede: esse campo determina a máscara de rede da WAN.
»» Gateway: esse campo determina o endereço IP do gateway (equipamento que interliga mais de uma rede física,
responsável por interligar tais redes).
»» Servidor DNS primário/secundário: o DNS (Domain Name System - Sistema de Nomes de Domínios) é um sistema
de gerenciamento de nomes, traduzindo nomes de servidores em endereços de rede (IPs) e examinando/atualizando o
seu banco de dados de nomes. Se quiser usar seu próprio DNS, em vez de solicitar ao servidor de internet, deixe a caixa
selecionada e preencha os campos IP do Servidor DNS e IP do Servidor DNS2.
Configurando endereço IP estático através do aparelho
1.Pressione a tecla
;
, através das teclas direcionais
2.Selecione o item 6. Rede e pressione
;
3.Selecione a opção 1. WAN e pressione
14
4.Selecione a opção 2. IP Estático e pressione
;
;
selecione o item 3. Configuração e pressione a tecla
5.Digite os valores para cada opção através do teclado alfanumérico e pressione
para concluir a configuração;
6.O terminal deve ser reinicializado para que as alterações sejam aplicadas.
QoS
A opção de QoS quando habilitada, permite especificar prioridades para os pacotes ou classes de tráfego, ou seja, prioriza
pacotes melhorando a qualidade de comunicação tornando-se extremamente útil em condições de congestionamento de
tráfego na interface de saída destes pacotes e tráfegos.
Caso necessário habilitá-lo, basta selecionar o campo Habilitar QoS de camada 3 e escolher uma das opções disponíveis:
TOS ou DSCP em SIP, RTP e Dados. O valor TOS poderá ir de 0 a 7 e o valor do DSCP de 0 a 63.
Importante: estes parâmetros serão utilizados na rede para priorizar o tráfego de voz em relação ao tráfego de dados da rede.
VLAN
VLAN
O menu VLAN permite ao usuário configurar os parâmetros de VLAN para todos os pacotes originários da interface WAN,
além dos pacotes de sinalização SIP e RTP usados para as chamadas VoIP.
»» Habilitar VLAN: permite controlar se os pacotes serão marcados com VLAN ou não.
»» VLAN ID: identificador da VLAN. O valor deve ser entre 0 e 4094.
»» Prioridade IEEE 802.1q: prioridade da VLAN. O valor deve pode ser: Background, Não definido, Melhor esforço,
Excelente esforço, Carga controlada, Vídeo, Voz e Gerenciamento de rede.
Existem duas formas de configurar o acesso da VLAN no seu TIP 125
»» Dinâmica
Se o modo Obter via DHCP for selecionado, as informações de endereço IP, máscara de rede, e IP do gateway serão
fornecidas pelo primeiro dispositivo de rede que implemente um servidor DHCP.
»» Estática
Se o modo Obter via DHCP não for selecionado, então será necessário preencher os campos endereço IP, máscara de
rede e gateway.
»» Endereço IP: o endereço IP pode ser considerado como um conjunto de números que representa o local de um
determinado equipamento em uma rede privada ou pública. Esse campo deve ser preenchido com o endereço IP da
porta VLAN.
»» Máscara de rede: esse campo determina a máscara de rede da VLAN.
»» Gateway: esse campo determina o endereço IP do gateway.
15
Tráfego
Os tipos de pacotes e protocolos que utilizarão a interface VLAN são determinados em três tipos: SIP, RTP e Dados (acesso
a interface web do TIP 125).
QoS
A opção de QoS quando habilitada, permite especificar prioridades para os pacotes ou classes de tráfego, ou seja, prioriza
pacotes melhorando a qualidade de comunicação tornando-se extremamente útil em condições de congestionamento de
tráfego na interface de saída destes pacotes e tráfegos.
Caso necessário habilitá-lo, basta selecionar o campo Habilitar QoS de camada 3 e escolher uma das opções disponíveis:
TOS ou DSCP em SIP, RTP e Dados. O valor TOS poderá ir de 0 a 7 e o valor do DSCP de 0 a 63.
Importante: estes parâmetros serão utilizados na rede para priorizar o tráfego de voz em relação ao tráfego de
dados da rede.
Configurando VLAN através do aparelho
1.Pressione a tecla
, através das teclas direcionais
selecione o item 3. Configuração e pressione a tecla
;
2.Selecione o item 6. Rede e pressione
;
3.Selecione a opção 2. VLAN e pressione
;
4.Em VLAN, com as teclas
selecione a opção Habilitar e pressione
;
5.Em seguida, edite um valor para a opção VLAN ID e pressione
;
6.Com as teclas
selecione uma opção para o item Prioridade e pressione
;
7.Em sequência, com as teclas
selecione se a aquisição de endereço IP será DHCP. Caso não seja, digite os
valores para cada opção (Endereço IP, Máscara de sub-rede e Gateway Padrão) e pressione
após a edição de
cada item;
8.Por fim, configure o item QoS na camada 3 e pressione
para concluir a configuração.
6.7. Conta
Conta
16
Configuração básica
Estes campos devem ser preenchidos com a informação repassada pela operadora VoIP.
»» Status de registro: indica se a conta VoIP está ou não registrada no servidor SIP.
»» Habilitar conta: este parâmetro determina se a conta VoIP está habilitada para receber e realizar chamadas VoIP.
»» Enviar registro: habilita ou não o envio da mensagem REGISTER ao servidor SIP.
»» Nome de identificação: define o nome do assinante no serviço SIP. O valor deste campo será exibido no visor do
identificador de chamadas do usuário que estiver recebendo uma chamada proveniente do TIP 125. Em alguns casos, o
provedor VoIP pode sugerir a identidade real do chamador.
»» Nome de registro: define o número do telefone que será associado ao ID. Em algumas operadoras é solicitado que seja
utilizado o mesmo que o nome de usuário. A quantidade máxima de caracteres que pode ser utilizada é 50. É permitido
o uso de caracteres especiais, exceto “ | “.
»» Nome do usuário: exibe o endereço SIP que pode ser um número que sua operadora forneça ou um nome. A quantidade máxima
de caracteres que pode ser utilizada é 50. É permitido o uso de caracteres especiais, exceto “ | “.
»» Senha: senha da conta para autenticação junto ao provedor VoIP. A quantidade máxima de caracteres que pode ser
utilizada é 50. É permitido o uso de caracteres especiais, exceto “ | “.
»» Servidor SIP: este campo contém o endereço IP ou FQDN (por exemplo provedorvoip.net.br) do servidor proxy, e devem
ser preenchidos de acordo com as informações repassadas pelo provedor VoIP.
»» Porta do servidor SIP: este parâmetro define a porta do servidor VoIP que receberá as mensagens SIP. O valor padrão
de fábrica é 5060.
»» Outbound proxy: este campo determina se o TIP 125 deve utilizar o outbound proxy para realizar o encaminhamento
das mensagens SIP.
»» Endereço outbound proxy: este campo contém o endereço IP ou FQDN do proxy outbound.
»» Porta outbound proxy: este campo determina a porta do servidor proxy outbound. Caso necessário verificar com o
provedor VoIP a porta a ser utilizada.
»» Protocolo de transporte: protocolo das mensagens SIP: UDP, TCP ou TLS.
»» Número do correio de voz: este campo determina o número VoIP que o TIP 125 deve chamar para acesso de correio
de voz no servidor SIP.
»» Chamada anônima: se este item estiver selecionado, o cabeçalho From em uma mensagem “INVITE” será ajustado
para anônimo (anonymous), bloqueando a identificação de quem chama. Isso não impede que o provedor VoIP inclua
a identidade do chamador nas mensagens SIP. Neste caso, o TIP 125 realiza chamada sem incluir seu identificador nas
mensagens SIP.
»» Rejeitar chamada anônima: permite rejeitar chamadas que não contenham o nome do usuário chamador, ou seja, as
chamadas que vierem com o campo From da mensagem “INVITE”, com o valor Anonymous.
»» Autoatendimento: toda chamada entrante será atendida imediatamente no viva-voz. Caso o headset esteja conectado
no telefone, o atendimento será realizado pelo headset ao invés do viva-voz.
»» Tipo de ring: determina qual o tipo de ring que irá tocar no telefone por padrão, ou seja, quando o número do
chamador não estiver na agenda do telefone.
Configurar conta através do aparelho
1.Acesse o menu principal através da tecla
;
2.Seleciono a opção 3. Configuração e pressione a tecla
;
3.Selecione a opção 5. Conta e pressione a tecla
;
4.Através das teclas direcionais
selecione a opção Habilitar a conta VoIP e pressione
para confirmar
a opção desejada;
5.Em seguida, inicie a edição das opções, como nome Identificação, Nome de Registro, Nome de Usuário, Senha e Servidor
SIP. Digite nos campos das opções através do teclado alfanumérico. Para cada item, após a edição, pressione
.
6.No último item, Servidor SIP, pressione
para confirmar e salvar todas as configurações.
Configurar correio de voz através do aparelho
1.Acesse o menu principal através da tecla
;
2.Seleciono a opção 3. Configuração e pressione a tecla
3.Selecione a opção 8. Correio de voz e pressione a tecla
;
;
17
4.Em seguida, digite o número de acesso ao correio de voz;
5.Pressione
para confirmar.
Configurando chamada anônima e rejeitar chamada anônima através do aparelho
1.Pressione a tecla
;
, através das teclas direcionais
selecione o item 2. Facilidades e pressione a tecla
2.Selecione o item 5. Chamada anônima e pressione
;
3.Selecione através das teclas direcionais
o item Chamada anônima ou Rejeitar e pressione
;
4.Através das teclas direcionais
selecione se você deseja Habilitar ou Desabilitar a configuração previamente
selecionada;
5.Pressione
para concluir a configuração.
Selecionando um tipo de ring através do aparelho
1.Acesse o menu principal através da tecla
;
2.Seleciono a opção 3. Configuração e pressione a tecla
;
3.Selecione a opção 3. Tipo de ring e pressione a tecla
;
4.Através das teclas direcionais
selecione umas das opções de ring disponíveis no aparelho. Durante a seleção
de um determinado ring, ele irá tocar para que o usuário escute sua cadência e melodia;
5.Pressione
para confirmar a seleção.
Configuração NAT
»» Nenhuma: neste caso, o TIP 125 não passará por uma NAT.
»» IP para NAT: o endereço IP para NAT é usado em mensagens SIP/SDP, para endereçar corretamente o caminho do fluxo
RTP, quando o TIP 125 estiver conectado a um roteador ou firewall. Padrão: o campo não está preenchido.
»» IP do servidor STUN: esta é uma função do servidor para descobrir o IP externo do VoIP quando o mesmo se encontra
em uma rede interna. Normalmente, as operadoras VoIP especificam a necessidade ou não de seu uso.
»» Porta do servidor STUN: especifica a porta usada pelo serviço STUN.
Codecs
Codecs
Codecs de áudio
O TIP 125 suporta vários codecs, incluindo G.711A/U, G.723.1, G.729, G.726, G.722 e iLBC. Padrão de fábrica: codecs G.729
e G.711 (lei A e U) habilitados. O TIP 125 permite determinar a ordem e quais codecs estão presentes nas chamadas VoIP.
18
Avançado
Avançado
»» Tempo de registro: este parâmetro permite especificar com que frequência o TIP 125 irá atualizar seu registro com a operadora
VoIP. É permitido configurar qualquer valor no intervalo de 10 segundos e 10000 segundos. Padrão de fábrica: 90 segundos.
»» Porta SIP: define o número da porta de comunicação SIP para o VoIP. Será a porta a qual o TIP 125 receberá as
requisições SIP do provedor VoIP. Padrão de fábrica: 5060.
»» Parâmetro Rport: nas mensagens de requisição, como INVITE, REGISTER, por exemplo, será inserido no campo
Via, a tag rport. Com isso, o servidor VoIP poderá informar na resposta por qual IP recebeu a requisição do TIP 125.
Alguns servidores necessitam desta tag nas requisições para completar as chamadas.
»» Tipo de DTMF: esse parâmetro seleciona como os dígitos DTMF serão enviados na rede e que podem ser In-Band,
RFC2833 ou SIP INFO.
Obs.: se o codec utilizado for o G729, G723.1, G726, não selecione eventos DTMF como In-Band pois para esta
opção o DTMF não é suportado por estes codecs. Para o correto funcionamento com este codec, utilize RFC2833
ou SIP INFO.
»» Informação do DTMF: esse parâmetro determina como os dígitos DTMF (SIP INFO) são sinalizados e identificados no
protocolo SDP.
Obs.: existem diversas formas de sinalizar um evento SIP INFO, cada qual com uma regra diferente para empacotar
as informações de um dígito. Verifica no servidor SIP, qual a forma de sinalização para eventos DTMF.
»» Payload do DTMF: este parâmetro configura o tipo de carga (payload) do DTMF quando utilizado o evento DTMF
Out-of-band (RFC2833).
19
»» Flash event: permite definir qual o evento que a tecla Flash irá produzir após ser pressionada. No caso de evento DTMF,
o evento gerado poderá ser RFC2833 ou SIP INFO, de acordo com o configurado em Tipo de DTMF.
Obs.: a opção de Flash Event via evento DTMF impossibilita que o TIP 125 realize as funções de colocar uma
chamada em espera, transferência, pêndulo, conferência. Estes serviços deverão ser disponibilizados pelo provedor
VoIP. Por isso, verifique o padrão que o provedor VoIP ou central PABX opera ou suporta.
»» Prack (100rel): quando habilitado, o sistema irá enviar uma mensagem PRACK como reconhecimento das mensagens
SIP 1xx enviados pelo provedor VoIP, ou seja, uma confirmação do recebimento da mensagem ring.
»» Mensagem MWI: neste caso, o sistema envia a mensagem SIP SUBSCRIBE para o servidor VoIP. Em seguida o servidor
VoIP retorna a mensagem SIP “NOTIFY” com a tag MWI na parte do SDP, indicando se há ou não uma mensagem
(Correio) para o usuário.
»» Intervalo da mensagem MWI (s): define a periodicidade que as mensagens SIP SUBSCRIBE são enviadas ao servidor
para manter o TIP 125 atualizado com relação as mensagens MWI.
»» Criptografia de voz (SRTP): define se os pacotes RTP das chamadas serão criptografados. Para utilizar esta facilidade
o protocolo SIP deve ser configurado com TLS.
»» Período do RTP ptime (ms): determina o período de tempo em que o TIP 125 envia os pacotes RTP para a rede.
Em ligações VoIP, o áudio é transformado em pacotes de dados e este campo é o tempo que o TIP 125 aguardará para
envio dos pacotes (RTP). Padrão de fábrica: 20 ms.
»» Codificar SIP URI com os parâmetros do usuário: o sistema irá adicionar a informação user=phone, nas tags From
e To. Algumas operadoras requisitam a adição deste campo para redirecionar corretamente as chamadas VoIP.
»» Chamada em espera usar c=0.0.0.0 (RFC 2543) no SDP: quando habilitado, toda vez que o usuário do TIP 125
desejar colocar um usuário na espera, uma mensagem SIP INVITE será enviada após o pressionamento da tecla Flash.
O sistema irá configurar o campo c, no SDP com o valor 0.0.0.0 (de acordo com a RFC2543), indicando que a chamada
atual irá para o estado de espera. Caso contrário, o sistema irá configurar o campo rtpmap com o valor sendolnly
(RFC3263), ou seja, uma outra forma de informar que a chamada será colocada em espera.
»» Habilitar suporte a número global (E.164): quando habilitado, em todas as mensagens SIP INVITE serão
adicionados o prefixo + ao número discado pelo usuário.
Obs.: o provedor VoIP deverá ter suporte a este protocolo para que sejam interpretadas corretamente estas mensagens.
»» Enviar INVITE com cabeçalho de temporizador: as ligações saintes realizadas pelo tipo TIP 125, terão nas mensagens
INVITE a tag expires, a qual receberá o valor indicado no campo. A função desta tag é informar ao outro equipamento VoIP
o limite de tempo em que a mensagem será válida, antes que ocorra um desligamento (desistência da chamada).
»» Intervalo do temporizador INVITE: determina o período de tempo em que mensagens SIP com informações do usuário
serão enviadas durante uma ligação VoIP. É permitido configurar qualquer valor no intervalo de 10 segundos e 10000 segundos.
»» Tempo de pausa interdigital: tempo em que o sistema irá esperar o usuário digitar alguma tecla. Após este período
de tempo, o sistema realizará a discagem para o provedor VoIP com os dígitos anteriormente discados. É permitido
configurar qualquer valor no intervalo de 10 segundos e 1000 segundos.
»» Faixa de portas RTP: define a faixa de portas que poderá ser utilizada pelo TIP 125 na transmissão e recepção do
áudio. A faixa de portas RTP do provedor VoIP deve estar contida nesta configuração do TIP 125.
20
Plano
Plano
O plano de discagem é designado para provedores VoIP para adaptar e modificar a forma do TIP 125 coletar e enviar
dígitos discados. A sintaxe do plano de discagem é descrita a seguir:
»» Dígito: “0” | “1” | “2” | “3” | “4” | “5” | “6” | “7” | “8” | “9”.
»» Temporizador: “T” | “t”.
»» Letra: dígito | Temporizador | “#” | “*” | “A” | “a” | “B” | “b” | “C” | “c” | “D” | “d”.
»» Faixa: “X” | “x” – corresponde a qualquer dígito.
»» | “[“ Letras “]” – corresponde a qualquer letra especificada.
»» Letras: subfaixa | Subfaixa de letras.
»» Subfaixa: letra – corresponde a qualquer letra especificada.
»» | Dígito “-” Dígito – corresponde a qualquer dígito entre o primeiro e o último.
»» Posição: letra | Faixa.
»» ElementoString: posição – corresponde a qualquer ocorrência de posição |.
»» Posição “.” – corresponde a um arbitrário número de ocorrências incluindo o 0.
»» String: elementoString | ElementoString String.
»» ListaString: string | String “|” ListaString.
»» PlanoDiscagem: string | “(“ ListaString “)”.
Um plano de discagem, de acordo com a sintaxe apresentada, é definido por uma string ou por uma lista de strings.
Além disso, o plano permite inserir um temporizador no final do plano, para que a discagem ocorra após um determinado
período de tempo. O TIP 125 irá processar o plano de discagem e se o resultado corresponder a algum dos planos o TIP 125
realizará a discagem para o determinado número. O temporizador T é ativado quando todos os dígitos corresponderem
a algum plano de discagem. O período que o temporizador acrescenta após a discagem do último dígito é 4 segundos.
Obs.: o temporizador só será válido se este for inserido no final do plano de discagem. Por exemplo, 123xxxT é um
plano válido. Enquanto, que 27T3xxx não é um plano válido.
21
Exemplos de planos de discagem
»» Planos de discagem simples
O plano de discagem (xxxxx | xxxxT) irá corresponder ao primeiro plano se 5 dígitos forem discados. Com isso, o TIP 125
imediatamente após a discagem do quinto dígito irá enviar para a operador a discagem realizada. O mesmo plano
corresponderá também após a discagem de 4 dígitos e uma pausa superior a 4 segundos, o TIP 125 se encarregará de enviar
os dígitos a operadora VoIP.
»» Plano de discagem com livre acesso
O usuário poderá optar por um plano de discagem que não restringe os números nem as quantidades de dígitos discados.
Para isso, o usuário poderá optar pelo plano de discagem (x.T), o qual permite a discagem de qualquer quantidade de
números e após uma pausa de 4 segundos os dígitos serão enviados a operadora VoIP.
O plano de discagem (x.T) permite a utilização dos dígitos numéricos (0, 1...9), os caracteres especiais (* e #) e as
letras (A, B, C e D). Para os casos em que o usuário desejar discar, através da discagem rápida, para números VoIP que
contenham letras ou caracteres especiais que não estejam dentro do escopo do plano de discagem x.T, o usuário deve
retirar a seleção do campo Habilitar plano de discagem.
Obs.: o “ . ” é um elemento que deve ser inserido no plano de discagem.
»» Plano de discagem complexo
Este plano opera chamadas de longas distâncias iniciadas em 0, chamadas com 4 dígitos de extensão começando com 4, 5
ou 6, chamadas com 7 dígitos e prefixadas pelo dígito 8, chamadas para serviços que contenham três dígitos (exemplo 190),
chamadas para celular com 8 dígitos prefixadas por 91, e chamadas que comecem com 9011 e número variável de dígitos.
O plano de discagem seria: (0T|[4-6]xxx|8xxxxxxx|*xxx|91xxxxxx|9011x.T).
»» Opções no plano de discagem
O plano de discagem também pode operar sobre os dígitos discados pelo usuário, alterando o valor final do número
enviado ao provedor VoIP.
»» Dígitos para relacionamento: uma sequência de dígitos que serão usados para mapeamento da operação.
»» Operação: retirada, prefixada e substituída.
»» Dígitos para operação: dígitos a serem usados de acordo com o tipo de operação.
Obs.: é possível adicionar até 8 relacionamentos.
Exemplo de operações no plano de discagem
»» Retirada
Com esta operação, o TIP 125 irá retirar dígitos discados pelo usuário, de acordo com os dígitos preenchidos no campo
Dígito para relacionamento. Neste caso, o campo Dígito para operação deve estar em branco. Por exemplo, se os dígitos
00 forem preenchidos no campo Dígito para relacionamento e o campo Dígito para operação é deixado em branco, após
o usuário discar 0021072439668, o TIP 125 irá realizar a operação de substituição e o número se tornará 21072439668.
»» Substituição
Com esta operação o TIP 125 substituirá dígitos discados pelo usuário, de acordo com os dígitos alocados no campo Dígito
para relacionamento pelos dígitos no campo Dígito para operação. Por exemplo, se o dígito 0 for preenchido no campo
Dígito para relacionamento e 54 for preenchido no campo Dígito para operação, após o usuário discar 02167379104, o
TIP 125 irá realizar a operação de substituição e o número se tornará 542167379104.
»» Prefixo
Com esta operação o TIP 125 irá prefixar dígitos, de acordo com os dígitos preenchidos no campo Dígito para operação. Neste
caso, o campo Dígito para relacionamento pode ou não estar em branco. Por exemplo, se o campo Dígito para relacionamento é
deixado em branco e 7890 for preenchido no campo Dígito para operação, após o usuário discar 45671234, o TIP 125 irá prefixar
e o número se tornará 789045671234. Um outro exemplo, caso no campo Dígito para relacionamento for inserido 32290505 e
no campo Dígito para operação for inserido 011, o TIP 125 irá prefixar e o número se tornará 01132290505.
Obs.: uma outra alternativa de utilizar os dígitos para relacionamento, é informar o número de dígitos para que o plano
atue na discagem. Neste caso, o usuário especifica através do caracter x a quantidade de dígitos a serem relacionados.
Por exemplo, o usuário deseja que o após a discagem de 8 dígitos qualquer, o plano de discagem insira o prefixo 55. Neste
caso, o campo Dígito para relacionamento deve ser preenchido com xxxxxxxx e 55 deve ser preenchido no campo Dígito
para operação, após o usuário discar 81445656, o TIP 125 irá prefixar e o número se tornará 5581445656.
22
Configure o uso de facilidades dos seus números VoIP como: Desvio de chamada condicional, Retornar chamada, Não
perturbe, etc. Dependendo do Provedor VoIP, estes códigos podem criar incompatibilidades com alguns serviços oferecidos
pelo provedor VoIP ou PABX. Nestas situações, desabilite as facilidades do TIP 125.
Serviços suplementares
»» Não perturbe: esta facilidade faz com que o TIP 125 rejeite todas as chamadas entrantes.
»» Habilitar chamada em espera: determina se o TIP 125 terá suporte a chamadas em espera. As chamadas em espera
permitem que o TIP 125 atenda uma chamada entrante, mesmo que o usuário esteja em conversação em outra chamada.
Por exemplo, o usuário do TIP 125 está com uma chamada estabelecida. Ao receber uma nova chamada entrante,
proveniente de um usuário externo, o usuário irá receber bipes, que indicam que há uma nova chamada entrante.
Para que o usuário atenda esta nova chamada e coloque em espera a chamada atual, o usuário deve pressionar Flash.
Se o item não for selecionado, as chamadas que chegarem no TIP 125 enquanto o usuário estiver ocupado (por exemplo,
em conversação com outra chamada) serão rejeitadas.
Obs.: durante o período de tempo em que os bipes são enviados ao usuário do TIP 125, não será emitido o áudio
proveniente do usuário externo.
»» Bip de chamada na espera: o bip de chamada na espera pode ser omitido, caso esta opção esteja desabilitada.
»» Configurar # ou * como finalizador de número: determina qual tecla será utilizada para finalizar a discagem, e
assim adiantar o processo de discagem para o servidor SIP.
Configurando chamada em espera e bip de chamada em espera através do aparelho
1.Pressione a tecla
, através das teclas direcionais
selecione o item 2. Facilidades e pressione a tecla
;
2.Selecione o item 3. Chamada em espera e pressione
;
3.Através das teclas direcionais
selecione se você deseja Habilitar ou Desabilitar a chamada em espera e
pressione
;
4.Através das teclas direcionais
selecione se deseja Habilitar ou Desabilitar o bip e pressione
;
5.Pressione
para concluir a configuração.
Configurando Não perturbe através do aparelho
1.Pressione a tecla
;
, através das teclas direcionais
selecione o item 2. Facilidades e pressione a tecla
2.Selecione o item 2. Não perturbe e pressione
;
3.Através das teclas direcionais
selecione se você deseja Habilitar ou Desabilitar;
4.Pressione
para concluir a configuração.
23
Desvios
Desvios
Configuração - desvios
Esta característica permite encaminhar uma ligação que está chegando para outro número de telefone, por exemplo, um
celular ou a caixa de voz. Para o desvio de chamadas podem ser configuradas as seguintes opções:
»» Sempre: todas as ligações são imediatamente desviadas.
»» Se ocupado: as chamadas são imediatamente desviadas quando o telefone estiver ocupado.
»» Se não atende: as ligações são desviadas quando não atendidas após um período especificado (Tempo de Ring).
Configurando desvios através do aparelho
1.Pressione a tecla
;
, através das teclas direcionais
2.Selecione o item 1. Desvio e pressione
3.Através das teclas direcionais
sione
;
selecione o item 2. Facilidades e pressione a tecla
;
selecione umas das opções: Sempre, Se ocupado ou Se não atende e pres-
4.Através das teclas direcionais
selecione se você deseja Habilitar ou Desabilitar a configuração previamente
selecionada e pressione
;
5.Em seguida, na opção Desviar para, insira o ramal para onde a chamada será desviada;
6.Na opção de desvio Se não atende é possível configurar o tempo em que o aparelho irá tocar antes de desviar a chamada;
7.Pressione
para concluir a configuração.
Hotline
É possível configurar o TIP 125 para realizar automaticamente uma discagem para um número simplesmente retirando o
monofone do gancho, configurando a função Hotline. O aparelho vai discar automaticamente para o número programado
após o tempo programado.
»» Hotline: habilita a funcionalidade de Hotline no aparelho.
»» Número de hotline: determina o número VoIP que o TIP 125 irá discar após o período de tempo de Hotline ser alcançado.
»» Tempo de hotline: determina o período de tempo de Hotline, contado após a retirada do monofone do gancho.
24
Configurando hotline através do aparelho
1.Pressione a tecla
;
selecione o item 2. Facilidades e pressione a tecla
, através das teclas direcionais
2.Selecione o item 4. Hotline e pressione
3.Através das teclas direcionais
;
selecione Habilitar ou Desabilitar hotline e pressione
;
4.Em seguida, no item Hotline para digite o número que será discado automaticamente e pressione
;
5.Na sequência, no item Após, digite quantos segundos o aparelho irá esperar para realizar a discagem automaticamente
após a retirada do monofone do gancho.
6.Pressione
para concluir a configuração.
Obs.: através da tecla Menu/Retornar é possível apagar o tempo previamente configurado.
6.8. Agenda
Agenda
Contatos
O TIP 125 permite armazenar até 99 contatos na agenda e lista negra do seu telefone. Além de adicionar, editar, excluir,
discar e buscar um contato na agenda.
Adicionar um contato na agenda através do aparelho
1.Pressione a tecla
;
selecione o item 5. Agenda e pressione a tecla
, através das teclas direcionais
2.Selecione o item 2. Adicionar contatos e pressione
;
3.No teclado alfanumérico digite o nome do contato e pressione
;
4.Em seguida, através das teclas direcionais
selecione o tipo de ícone que irá representar este contato, e
pressione
;
5.Na sequência, digite o número do contato e pressione
;
6.Logo após, insira o número do índice do contato. O índice determina a posição do contato na agenda. Este campo normalmente é preenchido automaticamente. Em seguida, pressione
;
7.Por fim, selecione através das teclas direcionais
o tipo de ring para tocar quando este contato ligar para o
aparelho.
8.Pressione
para concluir a configuração.
25
Alterar um contato na agenda através do aparelho
1.Pressione a tecla
;
selecione o item 5. Agenda e pressione a tecla
, através das teclas direcionais
2.Selecione o item 1. Visualizar contatos e pressione
;
3.Em seguida, através das teclas direcionais
selecione o contato que deseja editar e pressione
;
4.Na sequência, selecione a opção Editar e pressione
;
5.Este passo é similar as etapas de adição de contato. Navegue dentre as opções do contato e edite o parâmetro desejado.
Para navegar/avançar entre as opções pressione
. Você deve navegar até a última opção para que o aparelho salve
as configurações editadas;
6.Por fim, pressione
para concluir a configuração.
Excluir um contato na agenda através do aparelho
selecione o item 5. Agenda e pressione a tecla
1.Pressione a tecla
, através das teclas direcionais
;
2.Selecione o item 1. Visualizar contatos e pressione
;
3.Em seguida, através das teclas direcionais
selecione o contato que deseja excluir e pressione
4.Na sequência, selecione a opção Excluir e pressione
5.Na tela de confirmação pressione a tecla
;
;
para confirmar a exclusão.
Acessar um contato na agenda através do aparelho
1.Pressione a tecla
;
selecione o item 5. Agenda e pressione a tecla
, através das teclas direcionais
2.Selecione o item 1. Visualizar contatos e pressione
3.Em seguida, através das teclas direcionais
;
selecione o contato que deseja chamar e pressione
4.Para realizar uma chamada para o contato selecionado, selecione a opção Chamar e pressione
;
.
Importar
Além de editar números na agenda, o TIP 125, permite carregar uma agenda previamente editada, normalmente provida
por outro telefone TIP 125.
Neste caso, o usuário deve exportar a agenda do telefone TIP 125 do qual deseja-se copiar a agenda. O arquivo exportado,
é um arquivo no formato .xml, contendo todos os itens da agenda. Em seguida, no telefone TIP 125 alvo, deve acessar a
página de Agenda>Importar e selecionar o arquivo previamente exportado.
Importar
26
Lista negra
O TIP 125 permite que chamadas de um determinado contato sejam bloqueadas e não sejam atendidas no aparelho.
O procedimento de inserir, remover e editar um contato da lista negra segue o mesmo procedimento para um contato da
agenda, descrito anteriormente.
Lista negra
6.9. Chamadas
Chamadas
A guia Histórico de chamadas apresenta a lista de chamadas realizadas, atendidas, desviadas e perdidas no telefone
TIP 125. A página apresenta informações referente a data, identidade local, nome e número do chamador. São
armazenadas até 100 chamadas de cada tipo (originadas, não atendidas, recebidas e desviadas).
27
Histórico de chamadas através do aparelho
Para identificar chamadas originadas, recebidas, desviadas e não atendidas realize o seguinte procedimento:
1.Pressione a tecla
, através das teclas direcionais
selecione o item 4. Histórico de chamadas e pressione a tecla
;
2.Utilize as teclas
para navegar no histórico de chamadas e escolher o tipo de chamada desejada no histórico,
em seguida pressione a tecla
;
3.Caso deseje, chamar para alguma chamada do histórico, selecione uma chamada através das teclas
e pressione
para que uma chamada seja realizada.
Chamadas originais
Chamadas atendidas
Chamadas desviadas
Chamadas não atendidas
Ícones dos tipos de chamadas
6.10. Segurança
Segurança
Nesta opção é possível modificar a senha do usuário do TIP 125. Caso for alterá-la, recomenda-se que contenha mais de
seis caracteres, sendo possível usar espaços e os caracteres (‘ ~ ! @ # $ % ^ & * ( ) _ + - = { } | [ ] \ : “ ; ‘ < > ? , . /). Após
modificar a senha, ao início de cada abertura da página de configuração web serão solicitadas essas informações, digite-as
para ter acesso à página. É recomendado modificar a senha padrão de fábrica.
Dica: não escolha uma palavra ou nome comum, use um nome/termo seguro, para impedir o acesso não autorizado ao
TIP 125. Para proteger seu computador, não anote sua senha ou compartilhe com outras pessoas.
Obs.: a senha cadastrada deve ter no mínimo 1 caracter e, no máximo, 20 caracteres.
28
Alterar senha através do aparelho
1.Acesse o menu principal através da tecla
;
2.Selecione a opção 3. Configuração e pressione a tecla
3.Selecione a opção 10. Alterar senha e pressione a tecla
;
;
4.Digite a senha atual através do teclado alfanumérico e pressione a tecla
5.Em seguida, no item Nova senha, digite a nova senha e pressione a tecla
6.No item Confirmar a senha, digite a nova senha novamente;
7.Pressione
;
;
para confirmar.
6.11. Sistema
Configuração de parâmetros gerais do sistema.
Horário
Horário
»» Horário manual: caso esta alternativa esteja habilitada, o sistema opta por um contador interno para determinar o
horário do sistema.
»» Data: data contabilizando os parâmetros: dia, mês e ano.
»» Horário: horário contabilizando os parâmetros: hora, minutos e segundos.
»» Formato da hora: determina como o parâmetro de horário será apresentado.
»» Formato da data: determina como o parâmetro de data será apresentado.
»» Fuso horário: selecione um dos fusos horários que aparece na lista. Para o Brasil, utilize GMT-3:00 - Brasília.
»» Servidor NTP primário: o NTP (Network Time Protocol) é um serviço que garante a atualização e sincronização dos
horários de vários servidores e serviços. Neste campo, pode-se colocar o Endereço IP ou a URL desse servidor. Exemplo:
a.ntp.br (horário oficial do Brasil).
»» Servidor NTP secundário: caso haja falha de conexão com o servidor primário o sistema irá buscar o horário em um
servidor alternativo.
»» Horário de verão: habilitando este parâmetro, o relógio do TIP 125 será adiantado em 1 hora.
Obs.: dependendo do servidor NTP utilizado, o horário de verão é fornecido automaticamente.
29
Alterando Data e Hora através do aparelho
Configuração automática de hora e data
1.Acesse o menu principal através da tecla
;
2.Selecione a opção 3. Configuração e pressione a tecla
3.Selecione a opção 2. Data e Hora e pressione a tecla
;
;
4.Em seguida, selecione a opção 1. Configuração NTP e pressione a tecla
;
5.Através das teclas direcionais
selecione uma das opções de fuso horário adequado a sua localidade e
pressione a tecla
;
6.Logo após, digite a URL do servidor primário e pressione a tecla
;
7.Depois digite a URL do servidor secundário. Este campo não é obrigatório. Pressione a tecla
;
8.Através das teclas direcionais
selecione se deseja Habilitar ou Não habilitar o horário de verão;
9.Pressione
para confirmar a configuração.
Configuração manual de hora e data
1.Acesse o menu principal através da tecla
;
2.Selecione a opção 3. Configuração e pressione a tecla
3.Selecione a opção 2. Data e Hora e pressione a tecla
;
;
4.Em seguida, selecione a opção 2. Ajuste manual e pressione a tecla
;
5.Através das teclas direcionais
selecione se deseja Habilitar ou Não habilitar o horário manual e pressione
a tecla
;
6.Em seguida, configure o item Data (AAAA-MM-DD) através do teclado e pressione a tecla
7.Na sequência, no item Hora (HH:MM:SS) digite a hora pelo teclado alfanumérico;
8.Pressione
para confirmar a configuração.
Configuração do formato de hora e data
1.Acesse o menu principal através da tecla
;
2.Selecione a opção 3. Configuração e pressione a tecla
3.Selecione a opção 2. Data e Hora e pressione a tecla
;
;
4.Em seguida, selecione a opção 3. Formato Data e Hora e pressione a tecla
;
5.Através das teclas direcionais
selecione umasdas opções de formato;
6.Pressione
30
para confirmar a configuração.
;
Telefone
Telefone
Telefone
»» Idioma: determina o idioma do sistema, como páginas web e menu de voz.
Alterar idioma através do aparelho
1.Acesse o menu principal através da tecla
;
2.Selecione a opção 3. Configuração e pressione a tecla
;
3.Selecione a opção 1. Idioma e pressione a tecla
;
4.Através das teclas direcionais
selecione uma das opções de idioma: Português ou Espanhol.
5.Pressione
para confirmar .
Controle de ganho
Permite definir o nível de áudio que se deseja durante uma conversação. Em alguns casos, o volume da ligação aumenta,
mas o ruído também pode aumentar. Por exemplo, se o volume recebido de áudio está baixo, aumenta-se o valor do
ganho de recepção.
Alterar volume através do aparelho
1.Acesse o menu principal através da tecla
;
2.Selecione a opção 3. Configuração e pressione a tecla
;
3.Selecione a opção 4. Volumes e pressione a tecla
;
4.Através das teclas direcionais
selecione uma das opções de volume: ring, viva-voz, headset ou monofone.
5.Pressione
para editar o volume desejado.
6.Através das teclas direcionais
selecione a intensidade do volume.
7.Pressione
para confirmar.
31
Suporte a headset
O usuário pode optar por utilizar o monofone ou o headset. Quando o check-box Habilitar Gancho, não estiver selecionado,
o TIP 125 irá interpretar que o usuário quer utilizar um headset e o monofone não poderá mais ser utilizado. Ainda como
suporte a headset, o TIP 125, pode bloquear os eventos produzidos pelo teclado, configuração Habilitar teclado, com exceção
da tecla MUTE. Caso as opções Habilitar Gancho e Habilitar teclado estejam desabilitadas, o TIP 125 só receberá chamadas,
não sendo mais possível realizar chamadas saintes. Toda chamada entrante irá tocar dois bips no headset, e automaticamente
a chamada será atendida. Estas configurações de headset são usuais em cenários de call-center, nos quais o operador deve
apenas atender as chamadas que chegam ao aparelho sem ter a opção de desligá-la.
Por fim, o usuário pode optar como as chamadas entrantes serão sinalizadas no telefone, quando um headset é conectado
ao aparelho. Tocar no speaker ou utilizar um bip no headset.
Alterar suporte a headset através do aparelho
1.Acesse o menu principal através da tecla
;
2.Selecione a opção 3. Configuração e pressione a tecla
;
3.Selecione a opção 7. Bloquear teclado e pressione a tecla
;
4.Através das teclas direcionais
selecione uma das opções de bloqueio: Bloqueio de teclado, Bloqueio de
gancho ou Bloqeuio de telefone;
5.Pressione
para editar o item selecionado;
6.Através das teclas direcionais
determine se você deseja Habilitar ou Desabilitar o item previamente selecionado;
7.Pressione
para confirmar.
Obs.: o bloqueio de telefone irá desabilitar tanto o teclado quanto os eventos de gancho. Por isso, muita atenção ao editar
este item. Para desativá-lo somente através da página web.
Configuração de voz
»» Supressão de silêncio
Controla a facilidade de supressão de silêncio/VAD para os codecs selecionados. Se habilitado, quando o silêncio é detectado,
uma pequena quantidade de pacotes VAD (ao invés de pacotes de áudio) será enviada durante o período sem conversação.
A maioria dos codecs só consegue trabalhar com supressão de silêncio com tamanho do pacote RTP até 30 ms.
Obs.: algumas operadoras não suportam a supressão de silêncio com determinadas configurações de codecs e período
do pacote RTP.
»» CNG (Comfort Noise Generator)
O CNG é ruído de conforto, gerado sinteticamente, para substituir o silêncio artificialmente quando o supressor de silêncio
atua (não detectando a voz). Desta maneira, este parâmetro só atua se o supressor de silêncio estiver habilitado.
Gerais
»» Quando em refuse enviar: chamadas rejeitadas podem ser sinalizadas com mensagens distintas. Normalmente, a
mensagem SIP 486 Busy Here é utilizada, mas customizações podem ser realizadas para determinados servidores VoIP.
»» Quando em DND enviar: chamadas rejeitadas por causa do serviço de DND (não perturbe), podem ser sinalizadas por
mensagens SIP diversas, dependendo do servidor VoIP.
Intercom
O modo Intercom é útil em um ambiente comercial como uma forma de acesso rápido à telefonista ou secretária. Por exemplo,
quando A pressiona a tecla programada como Intercom, imediatamente já é estabelecida uma ligação sem que B (secretária)
atenda a chamada, permitindo que A após acionar a função já possa falar. Existe a possibilidade de se configurar B para
receber uma Intercom no modo mudo, evitando que A escute B sem autorização, habilitando o Silenciar Intercom.
Obs.: o terminal TIP125 não possui tecla dedica a Intercom. A facilidade disponível neste aparelho corresponde ao re-
cebimento de chamadas com Intercom. O service de Intercom deve ser provido pelo PABX ou servidor, em que o TIP125
está conectado.
32
»» Permitir Intercom: habilita a facilidade de Intercom para as chamadas recebidas, permitindo que haja o auto-atendimento destas chamadas.
»» Silenciar Intercom: determina se as chamadas internas recebidas devem ser automaticamente colocadas no modo mudo.
»» Tom de Intercom: determina se um tom deve ser tocado quando uma chamada de Intercom chega ao equipamento.
»» Prioridade de Intercom: determina se uma chamada de intercom tem prioridade maior sobre uma chamada comum
em andamento. Neste caso, a chamada comum será colocada em espera para ser substituída pela chamada de intercom.
Configurando Intercom através do aparelho
1.Pressione a tecla
;
, através das teclas direcionais
selecione o item 2. Facilidades e pressione a tecla
2.Selecione a opção 6. Intercom e pressione a tecla
;
3.Através das teclas direcionais
selecione se deseja Habilitar ou Não habilitar o item Permitir Intercom e
pressione
;
4.Em seguida, com as teclas direcionais
determine se você deseja Habilitar ou Desabilitar o item Silenciar
Intercom e pressione
;
5.Na sequência, com as teclas direcionais
determine se você deseja Habilitar ou Desabilitar o item Tom de
Intercom e pressione
;
6.Por fim, com as teclas direcionais
determine se você deseja Habilitar ou Desabilitar o item Prioridade de
Intercom;
7.Pressione
para concluir a configuração.
Tons
Tons
Permite selecionar um tipo de tom dentre vários países. Cada país possui frequência e níveis de tons diferenciados.
Ring
Ring
33
O TIP 125 permite ao usuário carregar até 4 arquivos de ring, no formato .wav, para adicionar a lista de rings do
sistema. Os rings carregados podem ser utilizados para diferenciar a campainha para os contatos da agenda, quando
chamadas destes contatos chegam ao TIP 125. Internamente, o TIP 125 já possui 8 rings distintos para diferenciar as
chamadas entrantes.
Obs.: o arquivo .wav deve possuir 8 bits, taxa de amostragem de 8 khz e o formato WAV, com o tamanho máximo de 100 kB.
O arquivo deve ser codificado em formato PCMA.
Syslog
Syslog
O Syslog é o protocolo de envio de mensagens de logs. Os logs registram as informações do funcionamento do sistema,
como eventos e erros ocorridos, para uso posterior.
Estes registros possuem formato de mensagem e, através do Syslog, podem ser armazenados internamente ou enviados a
um servidor de Syslog externo, tanto na rede local como na internet, seguindo o padrão do IETF para a RFC 5424.
34
6.12. Atualizações
Atualização firmware
O firmware do TIP 125 pode ser atualizado localmente. Sempre verifique novas versões de firmware no site
www.intelbras.com.br.
Atualização firmware
»» Método local: neste método de download, é necessário possuir em seu computador o arquivo de firmware que
deseja enviar para o TIP 125. Em seguida, clique em Carregar Arquivo, e procure pelo arquivo de firmware que será
enviado. Após a seleção do arquivo de firmware, clique em Atualizar e o processo de envio do arquivo de firmware
para o TIP 125 irá iniciar.
Autoprovisionamento
O TIP 125 pode ser configurado com um servidor via TFTP, HTTP ou HTTPS, no qual o novo arquivo com as configurações
está localizado.
Se o servidor TFTP, HTTP ou HTTPS configurado for encontrado e um novo arquivo de configurações estiver disponível, o
TIP 125 irá tentar recuperar o arquivo. Para isso, o TIP 125 irá baixar o arquivo na memória RAM. Após a verificação do
checksum, o novo código será salvo na memória flash. Se o servidor ou a comunicação da rede falhar por algum motivo
(não está respondendo, não há arquivos disponíveis para atualização, ou o teste de checksum falhar), o TIP 125 irá abortar
o processo e reiniciar usando o código existente na memória flash.
A configuração remota através dos protocolos TFTP, HTTP ou HTTPS pode demorar de 1 a 20 minutos pela internet.
Recomenda-se conduzir esse processo através de uma rede controlada.
35
Autoprovisionamento
»» Habilitar servidor: deve ser habilitado para atualizar remotamente as configurações do TIP 125.
»» Protocolo: determina o protocolo utilizado para a comunicação com o servidor.
»» Servidor: nesse campo, insira um IP válido que possua o servidor TFTP, HTTP e HTTPS.
»» Caminho: nesse campo, insira um caminho adicional no servidor em que se localizam os arquivos de autoprovisionamento.
»» Tipo de autenticação: a captura dos arquivos em determinados casos pode precisar de autenticação por questões de
segurança. Duas formas são disponibilizadas, Username ou pelo endereço MAC.
»» Ao ligar: determina que a requisição ao servidor de autoprovisionamento ocorrerá toda vez que o telefone for ligado.
»» Repetidamente: determina que a requisição ao servidor de autoprovisionamento ocorrerá periodicamente em
intervalos de minutos.
»» Semanalmente: habilita a facilidade para que a requisição ao servidor de autoprovisionamento seja realizada
semanalmente, em horários pré-determinados pelo parâmetro horário e dias da semana.
36
6.13. Restaurar
Restaurar
Backup
Selecione o local e o nome do arquivo que deseja para salvar as configurações realizadas. Com esta opção é possível salvar
todas as configurações do TIP 125, como login, senha, configurações de codecs, usuário, etc.
Arquivo local
Recupere um arquivo com as configurações do TIP 125 realizadas anteriormente. Em seguida, clique em Nome de
Arquivo para localizá-lo. Após estas etapas, clique em Atualizar. A partir deste momento o TIP 125 irá receber e
atualizar o sistema com estas configurações.
Configuração de fábrica
Restaura os parâmetros predefinidos de fábrica.
Configuração de fábrica através do aparelho
1.Acesse o menu principal através da tecla
;
2.Seleciono a opção 3. Configuração e pressione a tecla
;
3.Selecione a opção 9. Configuração de fábrica e pressione a tecla
4.Na tela de confirmação informe a senha e pressione a tecla
;
para confirmar a restauração.
37
6.14. Reiniciar
Após cada alteração nas configurações, é necessário clicar em Reiniciar para que o sistema se configure com os valores alterados.
Reiniciar
Reiniciar através do aparelho
1.Acesse o menu principal através da tecla
;
2.Selecione a opção 6. Reiniciar e pressione a tecla
. Será solicitada uma confirmação no display;
3.Para confirmar pressione a tecla
ou cancele a operação pressionando a tecla
.
6.15. Sair
Permite realizar a desconexão da página de configuração.
.
Sair
6.16. Registro na placa ICIP
O TIP 125 após se registrar na placa ICIP (placa VoIP das centrais Impacta) irá assumir algumas premissas de configuração
para o correto funcionamento com este servidor VoIP. As particularidades de configuração assumidas tem o intuito de
compatibilizar serviços que atualmente não são possíveis realizar com telefones IPs comuns, como por exemplo, flash
sobre tom de ocupado.
38
O TIP 125 após identificar que está registrado na ICIP irá requisitar um arquivo de configuração à central, no qual
contém configurações básicas para o correto funcionamento. Neste arquivo conterá por exemplo, a cadência de tons
e rings, plano de discagem, tempo de registro, lista de codecs, forma de envio dos eventos DTMF e itens que estão
configurados na central Impacta.
Configuração VoIP na ICIP
O campo Senha do menu Conta – Básico do TIP 125, utilizada para se registrar na Impacta, é baseado na senha configurada
no campo Senha programada do ramal, menu De Usuário na página de configuração de ramal do programador web da
Impacta. Caso esta senha esteja em branco, deve-se programar uma senha na Impacta igual a do TIP 125, para que ele
consiga realizar o registro na central. No TIP 125, os campos Nome de identificação, Nome de registro e Nome do usuário
devem ser preenchidos com o número do ramal da ICIP.
Compatibilidade das configurações na ICIP
Para que a compatibilidade se mantenha durante o registro do equipamento na ICIP, o TIP 125 irá desabilitar alguns itens
de configuração para que o usuário não altere o valor destes e não gere incompatibilidade entre a ICIP e o TIP 125.
Os itens de configuração que não devem ser alterados estarão desabilitados na página. Além disso, na página web
que contém este item de configuração irá aparecer um lembrete, como segue: Alguns itens desabilitados pois foram
capturados da ICIP.
Essas são configurações que o TIP 125 captura da central e não devem ser alteradas.
As página afetadas por estas particularidades atualmente são: Usuário, Rede>Configuração, e Atualizações.
Obs.: maiores detalhes destas particularidades estão descritas no manual da placa ICIP.
Um exemplo de página customizada após o registro na placa ICIP, no qual os campos Tempo de registro, Tipo de DTMF,
Informação do DTMF, Payload do DTMF e Flash Event são desabilitados, pois seus valores são determinados pela placa ICIP.
Compatibilidade das configurações na ICIP
Inicialização automática
O serviço de atualização automática é útil quando se está instalando pela primeira vez os ramais IP. O TIP 125, ao iniciar
pela primeira vez ou após uma restauração de configuração, estará apto a buscar, via DHCP, o endereço da central ICIP.
Para isso, irá requisitar via DHCP um endereço de IP. Nesta requisição, o TIP 125 irá embutir o header sip-servers de
código 120. Este header tem a função de informar o endereço de um servidor SIP na rede. O servidor de DHCP da rede,
na qual o TIP 125 está conectado, poderá retornar junto com os outros headers, o header sip-servers com o valor do
endereço IP da central ICIP. Com isso, o TIP 125 irá se configurar para realizar uma requisição, com o intuito de adquirir
configurações básicas para se registrar na central ICIP, como número do ramal e senha do ramal. Se houver número
de ramal disponível na ICIP para este serviço, o servidor web da ICIP irá responder com um arquivo com informações
necessárias para o registro. Se houver sucesso no registro com a ICIP, o TIP 125 seguirá o fluxo normal e irá requisitar o
arquivo de configuração armazenado na ICIP.
39
Para prover este serviço, a central ICIP deve ser configurada, via web, para liberar a faixa de ramais disponíveis para a
configuração automática. Ou seja, na central determina-se os números/ramais que serão disponibilizados nas requisições
automáticas do TIP 125. Toda vez que um TIP 125 adquirir um número da central, o ramal correspondente sairá da lista de
disponíveis e não será mais oferecido a outro TIP 125.
Caso o número de ramais disponíveis esteja esgotado, a central ICIP irá retornar uma configuração inválida e o TIP 125
não registrará na ICIP.
Em servidores Linux® a configuração do serviço DHCP é editável no arquivo /etc/dhcpd/dhcpd.conf. O TIP 125 irá
avaliar o parâmetro 120, na requisição DHCP, para autoconfigurar com a ICIP. Exemplo de configuração com a rede
10.1.30.xxx:option sip-servers code 120 = {integer 8, ip-address};.
subnet 10.1.30.0 netmask 255.255.255.0 {
option sip-servers 1 10.1.30.61;
range 10.1.30.10 10.1.30.100;
range 10.1.30.150 10.1.30.200;
}
O endereço IP 10.1.30.61 é o IP da placa ICIP.
6.17. Operação
Transferência com consulta
Transfere a chamada com a realização de consulta.
Por exemplo, quando A e B estão em uma ligação e A necessita transferir a chamada para C, A pressiona Flash, A escuta
tom de discagem e B escuta música de espera. Em seguida, A disca o número de C. O telefone A escuta tom de chamada
e toca o ring. O telefone C atende a ligação e A e C conversam. Em seguida, A coloca o telefone no gancho e a chamada
será transferida entre B e C.
Discagem direta via IP
Esta facilidade permite que o usuário disque para um equipamento VoIP a partir de seu endereço IP. Para utilizar esta
facilidade, retire o telefone do gancho e tecle: endereço IP do equipamento VoIP desejado + #. A tecla * corresponde ao
“.” no endereço IP.
Por exemplo, para estabelecer uma ligação VoIP com o equipamento VoIP com endereço IP 192.168.1.100, retire o
monofone do gancho e digite 192*168*1*100#. Em seguida, o TIP 125 irá discar para o endereço IP do equipamento.
Obs.: é importante que os equipamentos que farão a ligação via IP estejam configurados com os mesmos codecs, caso não
estejam, ao atender, a ligação não será completada.
Rejeitar ligação
Esta facilidade permite rejeitar a chamada atual e retornar a outra chamada em espera. Para utilizá-la, pressione: Flash + 1.
Pêndulo
Esta facilidade retém a chamada atual e permite atender uma outra chamada que esteja em espera. O usuário pode
alternar entre duas chamadas através desta facilidade. Para utilizá-la, pressione: Flash + 2.
Conferência
A conferência pode ser solicitada quando o usuário estiver com uma ligação já atendida na espera e outra em conversação.
Para conectar as chamadas antiga e nova, pressione Flash + 3
40
7. Cuidados e segurança
7.1. Proteção e segurança de dados
»» Observar as leis locais relativas à proteção e uso de tais dados e as regulamenta­ções que prevalecem no país.
»» Objetivo da legislação de proteção de dados é evitar infrações nos direitos indi­viduais de privacidade baseadas no mau
uso dos dados pessoais.
Tratamento de dados pessoais
»» Este sistema utiliza e processa dados pessoais como senhas, registro detalhado de chamadas, endereços de rede e
registro dos dados de clientes, por exemplo.
7.2. Diretrizes que se aplicam aos funcionários da Intelbras
»» Os funcionários da Intelbras estão sujeitos a práticas de comércio seguro e confidencialidade de dados sob os termos
dos procedimentos de trabalho da companhia.
»» É imperativo que as regras a seguir sejam observadas para assegurar que as provisões estatutárias relacionadas a
serviços (sejam eles serviços internos ou administração e manutenção remotas) sejam estritamente seguidas. Isto
preserva os interesses do cliente e oferece proteção pessoal adicional.
7.3. Diretrizes que controlam o tratamento de dados
»» Assegurar que apenas pessoas autorizadas tenham acesso aos dados de clientes.
»» Usar as facilidades de atribuição de senhas, sem permitir qualquer exceção. Jamais informar senhas para pessoas não autorizadas.
»» Assegurar que nenhuma pessoa não autorizada tenha como processar (armazenar, alterar, transmitir, desabilitar ou
apagar) ou usar dados de clientes.
»» Evitar que pessoas não autorizadas tenham acesso aos meios de dados, por exemplo, discos de backup ou impressões
de protocolos.
»» Assegurar que os meios de dados que não são mais necessários sejam completamente destruídos e que documentos não
sejam armazenados ou deixados em locais geralmente acessíveis.
»» O trabalho em conjunto com o cliente gera confiança.
7.4. Uso indevido do usuário e invasão de hackers
»» As senhas de acesso às informações do produto permitem o alcance e alteração de qualquer facilidade, como o acesso
externo ao sistema da empresa para obtenção de dados e realizações de chamadas, portanto, é de suma importância
que as senhas sejam disponibilizadas apenas àqueles que tenham autorização para uso, sob o risco de uso indevido.
»» O produto possui configurações de segurança que podem ser habilitadas, e que serão abordadas neste manual, todavia,
é imprescindível que o usuário garanta a segurança da rede na qual o produto está instalado, haja vista que o fabricante
não se responsabiliza pela invasão do produto via ataques de hackers e crackers.
41
Termo de garantia
Fica expresso que esta garantia é conferida mediante as seguintes condições:
Nome do cliente:
Assinatura do cliente:
Nº da nota fiscal:
Data da compra:
Modelo: Nº de série:
Revendedor:
1.Todas as partes, peças e componentes do produto são garantidos contra eventuais defeitos de fabricação que porventura
venham a apresentar, pelo prazo de 90 (noventa) dias de garantia legal, mais 9 (nove) meses de garantia contratual,
contados a partir da data da entrega do produto ao Consumidor, conforme consta na Nota Fiscal de compra do produto,
que é parte integrante deste Termo em todo o território nacional.
2.Constatado o defeito, o Consumidor deverá imediatamente comunicar-se com o Serviço Autorizado mais próximo, por
intermédio dos meios de contatos divulgados no manual do produto ou no site (www.intelbras.com.br) – somente estes
estão autorizados a examinar e sanar o defeito durante o prazo de garantia aqui previsto. Caso o Consumidor leve o
produto a quem não está autorizado, esta garantia perderá sua validade, pois estará caracterizada a violação do produto.
3.A Intelbras não será de forma alguma responsável pelo uso e funcionamento de acessórios que não sejam de sua fabricação. Esses acessórios estão expressamente excluídos da garantia, e a Intelbras não será responsável por danos causados
ao produto decorrentes de sua utilização.
4.A garantia perderá totalmente sua validade na ocorrência de quaisquer das hipóteses a seguir: a) se o defeito não for de
fabricação; b) se o defeito for causado pelo Consumidor e/ou terceiros estranhos ao fabricante; c) se os danos ao produto
forem oriundos de acidentes, sinistros, agentes da natureza (raios, inundações, desabamentos, etc.), umidade, tensão
na rede elétrica (sobretensão provocada por acidentes ou flutuações excessivas na rede); d) se o produto tiver sofrido
influência de natureza química, eletromagnética, elétrica ou animal (insetos, etc.); e) se o número de série do produto
tiver sido adulterado ou rasurado; f) se o aparelho tiver sido violado.
5.Esta garantia não cobre perda de dados, portanto, recomenda-se que o Consumidor faça uma cópia de segurança regularmente em um drive de armazenamento das configurações do produto.
6.Na eventualidade de o Consumidor solicitar atendimento domiciliar, deverá contatar o Serviço Autorizado mais próximo
para consulta da taxa de visita técnica. Caso seja constatada a necessidade de retirada do produto, as despesas decorrentes de transporte, bem como a segurança de ida e volta do produto, ficam sob a responsabilidade do Consumidor.
Sendo estas condições deste Termo de Garantia complementar, a Intelbras S/A reserva-se o direito de alterar as características gerais, técnicas e estéticas de seus produtos sem aviso prévio.
O processo de fabricação deste produto não está coberto pelo sistema de gestão ambiental da Intelbras.
Todas as imagens deste manual são ilustrativas.
Internet Explorer e o logo da Internet Explorer são marcas registradas da Microsoft Corporation. Firefox é uma marca registrada da Mozilla
Foundation. GOOGLE é uma marca registrada da Google Inc. Asterisk é uma marca registrada de Digium, Inc. Linux é uma marca registrada de
Linus Torvalds.
42
10/100BASE-T 1 x RJ45¹
10/100BASE-T 1 x RJ45
SIP
G711, G723, G726, G729 , G722² (wideband) e iLBC
Entrada: 100 a 240 Vac 50-60 Hz
Salida: 12 V 1 A
2,5 W
150 × 150 × 45 mm
782 g
0 a 45 ºC
De 0% a 85%
De 5% a 90%
44
3. Producto
1
2
3
4
5
6
9
8
7
45
1
2
3
4
5
Los LED mute y headset/speaker parpadean alternadamente
46
Soporte del auricular
47
48
1
Headset
1
49
5. Pantalla
Llamada no atendida
Desvío habilitado
;
;
;
Estatus sistema
Estatus WAN
52
WAN
;
;
;
;
;
VLAN
54
55
56
;
;
5.Presione
para confirmar.
Códecs
57
58
59
Plan
Plan
62
Configurando No molestar a través del aparato
1.Presione la tecla
tecla
;
;
seleccione si desea Habilitar o Deshabilitar;
Desvíos
Desvíos
Configurando desvios através do aparelho
1.Pressione a tecla
;
, através das teclas direcionais
2.Selecione o item 1. Desvio e pressione
3.Através das teclas direcionais
sione
;
selecione o item 2. Facilidades e pressione a tecla
;
selecione umas das opções: Sempre, Se ocupado ou Se não atende e pres-
4.Através das teclas direcionais
selecione se você deseja Habilitar ou Desabilitar a configuração previamente
selecionada e pressione
;
5.Em seguida, na opção Desviar para, insira o ramal para onde a chamada será desviada;
6.Na opção de desvio Se não atende é possível configurar o tempo em que o aparelho irá tocar antes de desviar a chamada;
7.Pressione
para concluir a configuração.
63
Configurando hotline através do aparelho
1.Pressione a tecla
;
selecione o item 2. Facilidades e pressione a tecla
, através das teclas direcionais
2.Selecione o item 4. Hotline e pressione
3.Através das teclas direcionais
;
selecione Habilitar ou Desabilitar hotline e pressione
;
4.Em seguida, no item Hotline para digite o número que será discado automaticamente e pressione
;
5.Na sequência, no item Após, digite quantos segundos o aparelho irá esperar para realizar a discagem automaticamente
após a retirada do monofone do gancho.
6.Pressione
para concluir a configuração.
6.8. Agenda
Agenda
;
;
;
;
.
65
Importar
Lista negra
66
6.9. Llamadas
Llamadas
Llamadas contestadas
Llamadas desviadas
Llamadas perdidas
67
6.10. Seguridad
Seguridad
;
;
;
68
para confirmar.
;
Horario
;
;
;
;
69
;
;
;
;
;
;
Teléfono
Teléfono
70
;
;
;
para confirmar.
;
;
para confirmar.
Configurando Intercom a través del aparato
1.Presione la tecla
tecla
;
Tonos
Tonos
Timbre
Timbre
una taxa de amostragem de 8 khz.
Syslog
Syslog
73
74
75
6.13. Restaurar
Restaurar
76
Reiniciar
.
Salir
77
78
80
Colonia:
Marca:
C.P.:
Estado:
Distribuidor:
Fecha de compra:
Sello:
81
82
ecoamigável
uma das melhores
empresas para se trabalhar
Brasil
Suporte a clientes: (48) 2106 0006
Fórum: forum.intelbras.com.br
Suporte via chat e e-mail: intelbras.com.br/suporte-tecnico
SAC: 0800 7042767
Onde comprar? Quem instala?: 0800 7245115
México
Contactos para clientes en México: +52 (55) 5687 7484 | 01 800 000 7484
soporte.tec@intelbras.com.mx
Otros países / Other countries
soporte@intelbras.com
Intelbras S/A – Indústria de Telecomunicação Eletrônica Brasileira
Rodovia BR 101, km 210 – Área Industrial – São José/SC – 88104-800
www.intelbras.com.br | www.intelbras.com
02.16
Was this manual useful for you? yes no
Thank you for your participation!

* Your assessment is very important for improving the work of artificial intelligence, which forms the content of this project

Download PDF

advertising

Noutras línguas

Apenas as páginas do documento em Portugal foram exibidas